__MAIN_TEXT__
feature-image

Page 1

ENCONTRADO, NO RIO PIRACICABA, CORPO DE RAPAZ DESAPARECIDO

PÁGINA 9

48(0/È6$%(248(',= 7 a 13 de Maio de 2021

FUNDADOR: MÁRCIO PASSOS - DESDE 1984

Ano 38 - Edição 2632 - R$1,00

Começa vacinação de pessoas com comorbidades Desde ontem (6), a Prefeitura de João Monlevade vacina pessoas com comorbidades contra o coronavírus no município. A imunização dos pacientes com comorbidades é realizada logo

após a vacinação dos idosos de 60 anos. A vacinação teve início com pacientes renais crônicos, de 18 a 59 anos de idade, que fazem procedimentos de diálise. Hoje (7), quem toma a vacina são

Dia das Mães: amor que se multiplica

Niemar Silva Fotografia

Para celebrar o Dia das Mães, comemorado no domingo (9), A Notícia conta a histó-

ria das mamães que estreiam a maternidade de forma especial: Bárbara Coura (foto) espera

COM 50 UNIDADES

trigêmeas e Paula Silva festeja um mês da chegada dos gêmeos Henry e Sophia. Pág 6.

pessoas com síndrome de Down. Os próximos grupos a receberem as doses serão definidos conforme o Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra Covid-19. Veja na Página 3.


7 a 13 de Maio de 2021

2 Opinião

EDITORIAL

CHARGE

Vacina para todos

Aos poucos, João Monlevade vai vacinando seus grupos prioritários. Nesta semana, foram vacinadas pessoas de 60 a 62 anos e, ontem, iniciou a vacinação dos grupos de pessoas com comorbidades. Sem vacina, não há esperança de retomar a vida como era antes. Nos municípios vizinhos, a vacinação também avança, o que é bom para o Médio Piracicaba, uma das regiões mais integradas do Estado. Prefeitos fecharam a cara e endureceram as regras de circulação, limitando atividades comerciais e demais estabelecimentos e conseguiram reduzir as taxas de contágio e de mortalidade. O remédio amargo já dá resultados, pois a taxa de ocupação dos leitos do hospital também vem caindo após meses de operação acima dos 100%. No entanto, embora na Onda Vermelha e com a vacinação em andamento, não é hora de re-

laxar. Caso contrário, as cidades podem reviver o aumento de casos, mortes, além de novo ciclo de confinamento. Domingo será o segundo Dia das Mães na pandemia. Muitos chorarão a falta delas, que perderam a vida para a Covid-19. O Brasil registra 450 mil mortes e João Monlevade, tem 183 óbitos. Muitas vidas se foram e é preciso preservar a saúde, para estancar essa mortandade. Sem vacina, não há esperanças de tempos melhores. A vacinação urgente, já, e para todos, é a única forma de conter a disseminação da doença que arrasa o mundo. Caso contrário, novas variantes podem continuar em circulação, prejudicando ainda mais a todos. O governo precisa agilizar a liberação de mais doses da vacina. É preciso mais eficiência e que a população também faça a sua parte. Está difícil, mas vai passar.

Sem vacina, não há esperanças de tempos melhores.

Exemplo (*) JÚLIA FAGUNDES Exemplo. Acho que não tem nenhuma outra palavra que consiga te descrever melhor, vovô. Exemplo de determinação que começou quando era ainda menino trabalhando no bar do seu pai onde juntava dinheiro jogando sinuca para poder estudar. Exemplo de coragem e dedicação vistas naquele menino que saiu da roça, passou na prova lógica de um colégio público de BH, e depois de um ano de muito estudos, dúvidas e superação passou em medicina na UFMG. Exemplo de inovação, ao decidir se especializar em patologia clínica depois de atuar por anos como clínico geral, se tornando um dos pioneiros de Minas Gerais no combate à infecção hospitalar. Exemplo de força e trabalho duro, mesmo doente fazia questão de ir ao laboratório e ainda pegava estrada e ia para Perdões para poder cuidar da fazenda. Exemplo de honestidade, ética e moral. Valores que fez questão de passar para seus filhos e netos.

Exemplo de pai. Criou muito bem quatro filhos admiráveis na profissão e na bondade. E por ter criado esses filhos tão bem, foi capaz de mimar seus 12 netos que se enchem de orgulho de ter um avô como o senhor. Exemplo de amor e parceria. Você e a vovó se completam como ninguém. Me divertia com o ciúmes que um sentia do outro e com as histórias que vocês viviam juntos. Que saudades vou ter de tentar entender com você a física e a química por trás dos truques culinários; de ir à fazenda e ter você para me mostrar com orgulho as vacas bem cuidadas e o novo método de ventilação; de te escutar cantando “A Perpétua”; do seu churrasco; e das nossas conversas chupando manga espada. Como eu queria ter dito mais o tanto que me orgulho e me espelho em você. Mas quero que saiba que vou levar seus valores e ensinamentos sempre comigo.

(*) JÚLIA FAGUNDES COUTO é neta do médico e ex-vice-prefeito José Nelson Fagundes, falecido no último dia 29 de abril

Positividade (*) LÉIA ESPÍNDOLA E ERCY EDUARDA A Acimon Mulher - Câmara da Mulher Empreendedora, neste ano de 2021, de forma diferente e inovadora, deu início aos projetos trazendo o que há de melhor nos temas atuais. Realizamos a Semana da Mulher marcada por diversas palestras com temas relevantes, debates e discussões. Neste mês de maio, marcado pela figura feminina, o mês que celebra mais uma vez a mulher, desta vez em sua maior essência, SER MÃE, a Acimon Mulher lança um novo projeto, o “POSITIVIDADE”, em parceria com a Acimon e com o jornal A Notícia. O objetivo do projeto é emanar uma escuta ativa de forma potencializada por meio dos canais de comunicação mais usados no momento que são o rádio e o jornal. A pandemia trouxe diversas reflexões sobre a forma humana de se relacionar, conviver, aprender e principalmente de olhar o outro, pois nossa audição ficou mais apurada quando tivemos que ler nos olhos dos outros o que se expressavam além das palavras por trás de máscaras. Nosso objetivo na realização deste projeto é trazer um novo olhar para o momento que estamos vivendo, ver a vida de outro jeito e trazer mais confiança e certeza de que vamos sair fortes dessa situação. Apresentar o projeto para a Equipe Acimon Mulher em reunião realizada no dia 27 de abril reavivou o desejo de ir em busca de novas oportunidades, acendeu a motivação e o engajamento das empresárias, fomentando o desejo de ver mais um projeto realizado. O projeto será realizado através do “Programa de rádio”, pela “Acimon Web Rádio”. Vamos bater um papo interativo e descontraído com empreendedoras da nossa cidade e convidadas, buscan-

do mostrar como elas enfrentaram e estão enfrentando a vida profissional e pessoal tirando uma lição positiva de vida com alegria e dinamismo. O bate-papo vai ao ar pela Acimon Web Rádio no programa “Papo D’elas” às sextas-feiras. O mesmo será matéria no mesmo dia na coluna do jornal A Notícia, atingindo assim um público diferenciado que ama a escuta e a leitura. O bate-papo também será publicado em podcast, estando sempre à disposição de quem quiser escutar. Será um momento de falar de mulher para mulher! No nosso primeiro encontro vamos conversar com a empreendedora Fabiane Silva Carneiro, sócia proprietária da Enjatec, que vai nos contar como lidar com os três fi lhos na faixa escolar e como vem se equilibrando entre a empresa que lidera e a missão de ser mãe-educadora. A cada semana vamos trocar ideias com mulheres de todos os segmentos do empreendedorismo feminino. Além de um bate-papo interativo, vamos nos manter firmes positivamente no mercado de trabalho e na liderança da família. Assim podemos trocar idéias e inspirar outras mulheres a realizar o sonho de ser uma empreendedora. O interessante é mostrar para elas que também passamos por diversos desafios, tais como a maternidade, falta de apoio familiar, conseguir investimentos para começar o próprio negócio e outros. Com certeza este bate-papo terá uma riqueza de conhecimento e idéias para aguçar a criatividade e competência de várias mulheres. Somos guerreiras atuantes e, com a somatória deste networking, seremos ainda mais vitoriosas!

(*) LÉIA ESPÍNDOLA E ERCY EDUARDA são, respectivamente, presidente e vice-presidente da Acimon Mulher

Maternidade - O avesso do avesso (*) ALESSANDRA TELES

“Não é sobre tudo o que seu dinheiro é capaz de comprar E sim sobre cada momento que juntas podemos passar Contigo aprendi que o mais importante é ser do que ter E pelo que eu me tornei só tenho a te agradecer”. Trecho da música Trem Bala (Especial Dia das Mães) – Ana Vilela

Hoje vou falar sobre como a maternidade me transformou. É uma mutação sem precedentes. Tem magia, loucura, dores, tristezas, alegrias e o entendimento real do que é amar. Amar incondicionalmente, amar mais que a si mesmo em muitos momentos. Aquela historinha de coloca a máscara primeiro em você e depois no filho em caso de despressurização... sei não... também não quero precisar de saber, diga-se de passagem. É uma montanha russa, a gente vai de 0 a 100 km/h em 10 segundos. Um dia, você olha para aquele serzinho e se pega com cara de boba, aquele sorrisão no canto dos lábios, agradecendo a Deus por ter sido tão abençoada. Em outros dias você quer fechar a porta do banheiro, colocar uma música alta para não ouvir mais nada, ou então ter um pó de pirlimpimpim para desaparecer. Sumir, só voltar quando ela tiver sei lá ... 18 anos. Falo aqui também por ser uma mãe solo. Das minhas dificuldades, preconceitos que começaram bem pertinho. Cansaço, mágoas, triste-

zas, momentos de desespero e das vezes que me perguntei “será que vou conseguir”. Mãe não é um estado civil. Evoluam. E não para por aí. Sou branca e minha filha é negra e já me perguntaram das formas mais criativas como é a adoção, respondo que é um gesto lindo. Dependendo da pessoa, eu explico que a Yasmin é minha filha biológica. Se não, só dou um sorriso e aceno com a cabeça. Mãe é mãe e se manifesta, independentemente, de cor, raça ou idade, mãe é mãe, o que importa é o amor dentro do coração. Como Deus é grandioso e com a ajuda de muitos - em especial a minha mãe – muita força, fé e coragem a gente consegue. Dia após dia. A maternidade nos dá superpoderes, fazemos coisas que nem imaginávamos, nos superamos, mudamos nosso modelo mental. Nos tornamos leoas protegendo a cria e gatinhas quando aqueles olhinhos pequenos nos fitam. Só queremos nos enroscar e ronronar. Eu sei que é nossa responsabilidade educar, repassar nossos valores, apoiar, orientar, mas digo aqui com convicção que é a minha filha que me ensina todos os dias. Ela me mostra que a vida é maravilhosa, que podemos ser felizes com muito pouco, que temos muito mais a agradecer do que ficar lamentando. Um abraço ou o calor da sua respiração me dá paz na vida. É um alento diante do caos. A Yasmin me faz querer ser uma pessoa melhor todos os dias. Erro sim, mas tentando acertar. A minha vida tem um marco claríssimo: antes e depois dela. Eu fui revirada do avesso. Em me perdi, me encontrei, uma confusão de sentimentos, mas o maior deles é gratidão. Então filha, obrigada por me transformar diariamente. Obrigada por existir e fazer meu mundo mais colorido. Feliz dia “da filha que me transformou em mãe”. Te amo infinito.

(*) ALESSANDRA TELES é monlevadense e especialista em RH

COXIA Mães Pesquisa do Sebrae MG aponta que a pandemia impactou em cheio a rotina das mães empreendedoras. Segundo o estudo, a sobrecarga com os afazeres domésticos levou 33% das mulheres com filhos a reduzirem o tempo dedicado aos negócios, contra 24% dos pais. As mulheres com filhos pequenos, de até 10 anos, foram as mais impactadas, já que metade delas reduziu sua jornada de trabalho por causa dos cuidados dedicados aos filhos e à casa.

Desigualdade O resultado da pesquisa aponta que a mesma proporção de mulheres, 3 em cada 10, gasta mais de três horas por dia nas tarefas do lar e nos cuidados com os filhos, enquanto apenas 16% dos homens vivem a mesma realidade. No caso de mães de filhos pequenos, a maioria (54%) enfrenta a mesma situação. Hora de repensar as relações familiares, sobretudo, na distribuição das atividades do lar, para diminuir as desigualdades. Talvez esse seja o melhor presente para as mães.

abrigar as secretarias de Meio Ambiente, de Esportes e a Fundação Casa de Cultura. Se sair do papel, será um dos maiores acertos da administração Laércio, já que Monlevade é carente de opções de lazer.

Canil E a novela do canil? Projeto do ex-prefeito Gustavo Prandini para abrigar a memória do aço no Parque do Areão foi abandonado por Teófilo Torres. Depois, Simone quis transformar o espaço em Centro de Zoonoses. Agora, Laércio pode reformar o atual canil, nas dependências do DVO, e acabar com a ideia do abrigo de cães abandonados no Areão. A pergunta que não cala: E os recursos públicos já investidos?

Bastidores Nos bastidores, o nome do vice-prefeito, Fabrício Lopes (Avante), circula como o de candidatíssimo a prefeito em 2024. Em apenas 4 meses, já se especula que o vice vem quente para a disputa e tem buscado cada vez mais espaço dentro da administração Laércio. Será que emplaca?

Na banca

Articulado

O livro do jornalista Márcio Passos, “Muito Antes pelo Contrário”, também pode ser encontrado na Banca da Praça 7, do popular Zé Maria. A coletânea de crônicas, histórias e opiniões pode ser adquirida por R$39,00. Vale a leitura!

Fabrício já mostrou que é bom de articulação política, ao juntar uma série de partidos que apoiaram a chapa vitoriosa nas últimas eleições. Inclusive, com nomes de candidatos declaradamente avessos ao PT. Além disso, Lopes é o primeiro nome da história política municipal a deixar o cargo de vice-prefeito em um grupo, para assumir o mesmo cargo em grupo rival e ainda vencer as eleições.

Cemitério A Prefeitura de Monlevade mandou projeto de Lei para a Câmara que regulamenta e muda regras em cemitérios da cidade. Chama atenção é que, agora, prestadores de serviços funerários deverão ser cadastrados junto à Secretaria de Serviços Urbanos. Isso significa que não havia cadastro para a função. Além disso, a medida visa acabar com reclamações junto à administração das necrópoles, sobre venda de túmulos para mais de uma família.

Problema O problema não é novo e vira e mexe volta à tona, com pessoas tendo o desprazer de encontrar outros corpos em jazigos familiares. É preciso rigor, mais fiscalização e seriedade para resolver a questão.

Areão Menina dos olhos do governo Laércio, o parque do Areão pode receber um grande projeto para se tornar um complexo de lazer, esportes, sustentabilidade e meio ambiente. A proposta ainda prevê que o local pode

Rotatória A Prefeitura de João Monlevade promete instalar, ainda neste mês de maio, a rotatória ligando as avenidas Getúlio Vargas e Gentil Bicalho, para quem quer seguir sentido bairro Santa Bárbara. O assunto foi tratado em coletiva do prefeito Laércio há uma semana. Vamos aguardar.

Incubadora A Prefeitura realiza trabalhos de drenagem de uma nascente que fica nos fundos da sede da Incubadora de Empresas, no bairro Belmonte. A drenagem da nascente, segundo o governo, é uma obra emergencial e visa prevenir danos futuros na estrutura do prédio da Incubadora. O espaço, após anos de descaso, também tem recebido atenção da gestão municipal. Ali será implantado o CAT/Sine e novas empresas também já se instalaram no local.

4XHPOrVDEHRTXHGL] Diretora Geral: Maria Cecília A. Passos Registro profissional: MG07860JP

Editor: Erivelton Braz Assistente: João Vítor Simão Diagramação e Arte: Julieta Bittencourt Gráfica Nina: Guilherme Bessa e Sanzio Miranda Impressão: Editora Gráfica Nina Publicado desde 1984 - Propriedade da empresa A Notícia Regional Ltda. Circulação: João Monlevade e região Av. Rodrigues Alves, nº 78, República, João Monlevade/MG


Geral 3

7 a 13 de Maio de 2021

Monlevade inicia vacinação de pessoas com comorbidades PACIENTES QUE FAZEM HEMODIÁLISE JÁ ESTÃO SENDO CONVOCADOS PARA SE VACINAR ORDEM DE VACINAÇÃO

CONFIRA A LISTA DE COMORBIDADES E QUEM DEVE SER VACINADO

A Prefeitura de João Monlevade iniciou, ontem (6), a vacinação das pessoas com comorbidades contra o coronavírus no município. Os pacientes renais crônicos dialíticos, de 18 a 59 anos de idade que residem no município, começaram a ser convocados pelo setor de hemodiálise para receber a primeira dose da vacina. A vacinação ocorre no local em que eles fazem o procedimento médico, no bairro Vila Tanque, próximo ao Hospital Margarida Segundo a administração, dentro do grupo de comorbidades, hoje (7), a Secretaria de Saúde começa a vacinar as pessoas com síndrome de Down, de 18 a 59 anos. A vacinação

será realizada das 8h às 15h em dois locais: no Centro Educacional, bairro Carneirinhos (a pé) e na Policlínica - antigo PA, bairro Belmonte (drive-thru). Será necessário apresentar CPF, documento com foto e comprovante de endereço. A vacinação dos idosos de 60 ou mais anos de idade, que ainda não receberam a primeira dose da vacina, prossegue também nesta sexta-feira, nos mesmos locais e horários onde serão vacinadas as pessoas com síndrome de Down. Já a aplicação da segunda dose em profissionais e trabalhadores da saúde ocorre na Policlínica (antigo PA), porém das 7h30 às 15h, a pé.

Conforme o Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra Covid-19, a imunização dos pacientes com comorbidades é realizada logo após a vacinação dos idosos de 60 anos. Para vacinar esse grupo, o Ministério da Saúde emitiu a nota técnica número 467/2021, no dia 26 de abril, informando as diretrizes para esta etapa da vacinação. De acordo com a nota, a imunização dessa população ocorrerá em duas fases. Na primeira fase serão vacinadas: pessoas com síndrome de Down acima de 18 anos; pessoas com doença renal

crônica em terapia de substituição renal (diálise), acima de 18 anos; gestantes e puérperas com comorbidades acima de 18 anos; pessoas com comorbidades de 55 a 59 anos e pessoas com deficiência permanente cadastradas no Programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC) de 55 a 59 anos. Na segunda fase serão vacinadas as pessoas com comorbidades; pessoas com deficiência permanente cadastradas no BPC e gestantes e puérperas independentemente de condições pré-existentes. Entretanto, este grupo será vacinado seguindo as faixas de idade na seguinte ordem: 50 a 54 anos, 45 a 49 anos, 40 a 44 anos, 30 a 39 anos e 18 a 29 anos.

Os monlevadenses com comorbidades precisam agilizar os documentos para receber a vacina contra o coronavírus, segundo a Prefeitura. Esses pacientes terão de entregar uma cópia dos relatórios que comprovem o complicador de sua saúde no ato da vacinação. No entanto, leitor do A Notícia, morador do bairro Loanda, relatou dificuldades para

marcar consulta com médico para conseguir o relatório que ateste a doença. Ele conta que procurou o posto médico do bairro para conseguir o relatório que comprova a comorbidade, conforme pedido pela administração. No entanto, segundo ele, não há vagas para consultar neste mês. “Além disso, a equipe do posto disse não ter sido orientada sobre

como proceder nestes casos”, afirmou. Questionada, a Prefeitura respondeu que se a pessoa residir em uma área com cobertura de Estratégia em Saúde da Família (ESF), ela deve procurar a equipe de ESF que faz o acompanhamento dos pacientes daquela região. “Nas áreas do Município onde não há cobertura de ESF, a Prefeitura vai

aumentar o atendimento médico e os plantões, para agilizar as consultas das pessoas que precisam dos relatórios. Vale ressaltar que desde março a Secretaria de Saúde vem recomendando que as pessoas providenciem os relatórios para evitar qualquer tipo de problema para se vacinar”, informou a administração.

Saúde pede documentos de pacientes para vacina

Vanderlei Miranda toma posse hoje como vereador

Arquivo JAN

Vanderlei Miranda (PL - foto) será empossado vereador hoje, sexta-feira (7), na Câmara Municipal, pelo presidente Gustavo Maciel (Podemos). Ele foi contacta-

do pelo Cartório Eleitoral de João Monlevade para reassumir a cadeira no Legislativo e foi diplomado no início da semana. Ao A Notícia, o novo parlamentar monlevadense disse esperar muito trabalho. "Nesses quatro meses fora, pude fazer uma reflexão melhor da política local", afi rmou. Esse é o quarto mandato de Vanderlei Miranda, que recebeu 566 votos nas eleições de 2020. Ele volta ao Legislativo municipal em substituição a Andréa Corrêa Martins (PTB), que enfrenta um processo de perda do mandato movido pelo advogado e

também candidato em 2020 Gleidson Caetano (Podemos). O denunciante argumenta que ela deixou a Secretaria de Saúde depois do prazo estabelecido no calendário eleitoral. Recentemente, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu pela impugnação da candidatura de Andréa. Ela pode recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF), mas precisa deixar o cargo. Em suas redes sociais, Andréa agradeceu aos eleitores. “Depois de ter decisão favorável à minha candidatura em segunda instância ao cargo de vereadora nas eleições de 2020, recebi com pesar a deci-

são do TSE que determinou a minha saída imediata do mandato. Durante esse período que estive à câmara municipal procurei trabalhar em prol da população de Monlevade sem distinção partidária, mantendo diálogo aberto com o poder executivo e propondo soluções para mais diversos problemas enfrentados pelo povo de João Monlevade. Os advogados que me assessoram estão avaliando as medidas que poderão ser adotadas, enquanto isso irei dedicar à minha família. Agradeço imensamente o carinho e as mensagens de manifestações de apoio que tenho recebido”, afi rmou.

Presidente da Câmara diz que relação com governo é harmônica O presidente da Câmara de João Monlevade, Gustavo Maciel (Podemos - foto), declarou ao A Notícia que a relação com a Prefeitura é harmônica. “Temos um diálogo aberto que facilita muito na construção de propósitos que beneficiam a população. Principalmente, neste momento que estamos passando, de pandemia”, afirmou. Segundo Maciel, que determinou o retorno das atividades presenciais na Câmara a partir desta semana, foram feitas adaptações, na forma de trabalhar para atender as urgências e necessidades que a situação exige. O presidente, no entanto, destacou que o Legislativo não parou o trabalho. “Realizamos reuniões online, com apreciações e aprovações de importantes projetos, como o caso da aprovação da matéria do executivo que tem como finalidade a aquisição de vacinas para combate à pandemia do Coronavírus, medicamentos, insumos e equipamentos. Também aprovamos um projeto que regulamenta a cessão de funcionários públicos ao Hospital Margarida durante a ocorrência da pandemia”, relembrou.

Em sua primeira Legislação, como vereador e presidente, Maciel afirmou que todos todos os vereadores são sensíveis às causas que afetam a população. Para ele, o perfil dos parlamentares desta legislatura, está focado em resolver demandas do cidadão. “Não diria que os parlamentares atuais são de oposição e nem situação. Todos estão empenhados trabalhando em conjunto por um bem comum buscando a transparência e principalmente com responsabilidade com o dinheiro público”, afirmou.

REUNIÃO Na primeira reunião ordinária da Câmara de João Monlevade, após retorno às atividades presenciais, os vereadores aprovaram quatro proposições. Dessas, foram dois projetos de lei e dois anteprojetos. Outras seis matérias foram lidas e agora passarão pelas Comissões Permanentes para deliberação. Em Redação Final, foi aprovado o projeto de lei n° 1.155/2021, de autoria do vereador Gustavo Prandini (PTB), que altera a Lei Municipal nº

1.739/2008. O objetivo da matéria é desburocratizar a instalação de postos de combustíveis na cidade e, com isso, atrair outras empresas fortalecendo a livre concorrência e fomentando a economia no município. Assim como na votação em 2º Turno, o vereador Revetrie Teixeira (MDB) se manifestou pela abstenção. Ainda em Redação Final, os vereadores aprovaram o projeto de lei n° 1.170/2021, do Executivo, que dispõe sobre a concessão do Auxílio Aluguel, ampliando o prazo do benefício de seis meses para dois anos em virtude da pandemia da Covid-19. Também foram aprovados os anteprojetos de lei nº 03 e 04. O primeiro, de autoria do vereador Thiago Titó (PDT), dispõe sobre a criação do Fundo Municipal de Trânsito (FUMTRAN). O objetivo da proposta é garantir recursos financeiros direcionados à melhoria do trânsito como sinalização, fiscalização, policiamento e outros. Já o segundo anteprojeto, de iniciativa dos vereadores Andréa da Saúde (PTB), Tonhão (Cida-

Diabetes mellitus - Qualquer indivíduo com diabetes. Pneumopatias crônicas graves - Indivíduos com pneumopatias graves incluindo doença pulmonar obstrutiva crônica, fibrose cística, fibroses pulmonares, pneumoconioses, displasia broncopulmonar e asma grave (uso recorrente de corticoides sistêmicos, internação prévia por crise asmática); e outras doenças que causam comprometimento pulmonar crônico. Hipertensão Arterial Resistente (HAR) - Quando a pressão arterial (PA) permanece acima das metas recomendadas com o uso de três ou mais anti-hipertensivos de diferentes classes, em doses máximas preconizadas e toleradas, administradas com frequência, dosagem apropriada e comprovada adesão ou PA controlada em uso de quatro ou mais fármacos anti-hipertensivos. Hipertensão arterial estágio 3 - PA sistólica ≥180mmHg e/ ou diastólica ≥110mmHg independente da presença de lesão em órgão-alvo (LOA) ou comorbidade. Hipertensão arterial estágios 1 e 2 com lesão em órgão-alvo e/ou comorbidade - PA sistólica entre 140 e 179mmHg e/ou diastólica entre 90 e 109mmHg na presença de lesão em órgão-alvo e/ou comorbidade. Doenças cardiovasculares: Insuficiência cardíaca (IC) - IC com fração de ejeção reduzida, intermediária ou preservada; em estágios B, C ou D, independente de classe funcional da New York Heart Association. Cor-pulmonale e Hipertensão pulmonar - Cor-pulmonale crônico, hipertensão pulmonar primária ou secundária. Cardiopatia hipertensiva - Cardiopatia hipertensiva (hipertrofia ventricular esquerda ou dilatação, sobrecarga atrial e ventricular, disfunção diastólica e/ou sistólica, lesões em outros órgãos-alvo). Síndromes coronarianas - Síndromes coronarianas crônicas (Angina Pectoris estável, cardiopatia isquêmica, pós Infarto Agudo do Miocárdio, outras). Valvopatias - Lesões valvares com repercussão hemodinâmica ou sintomática ou com comprometimento miocárdico (estenose ou insuficiência aórtica; estenose ou insuficiência mitral; estenose ou insuficiência pulmonar; estenose ou insuficiência tricúspide, e outras). Miocardiopatias e Pericardiopatias - Miocardiopatias de quaisquer etiologias ou fenótipos; pericardite crônica; cardiopatia reumática. Doenças da Aorta, dos Grandes Vasos e Fístulas arteriovenosas - Aneurismas, dissecções, hematomas da aorta e demais grandes vasos. Arritmias cardíacas - Arritmias cardíacas com importância clínica e/ou cardiopatia associada (fibrilação e flutter atriais; e outras). Cardiopatias congênita no adulto - Cardiopatias congênitas com repercussão hemodinâmica, crises hipoxêmicas; insuficiência cardíaca; arritmias; comprometimento miocárdico. Próteses valvares e Dispositivos cardíacos implantados Portadores de próteses valvares biológicas ou mecânicas; e dispositivos cardíacos implantados (marca-passos, cardio desfibriladores, ressincronizadores, assistência circulatória de média e longa permanência). Doença cerebrovascular - Acidente vascular cerebral isquêmico ou hemorrágico; ataque isquêmico transitório; demência vascular. Doença renal crônica - Doença renal crônica em estágio 3 ou mais (taxa de filtração glomerular < 60 ml/min/1,73 m2) e/ ou síndrome nefrótica.

Arquivo JAN

dania), Doró da Saúde (PSD) e Rael Alves (PSDB), dispõe sobre a criação do Programa Municipal de Promoção do Direito ao Acesso à Saúde Mental para crianças e adolescentes. A proposta visa a instituição de medidas permanentes de proteção à saúde mental de crianças e adolescentes no município tendo em vista que o tratamento psíquico desses pacientes, até então feito em Belo Horizonte, foi suspenso.

Imunossuprimidos - Indivíduos transplantados de órgão sólido ou de medula óssea; pessoas vivendo com HIV; doenças reumáticas imunomediadas sistêmicas em atividade e em uso de dose de prednisona ou equivalente > 10 mg/dia ou recebendo pulsoterapia com corticoide e/ou ciclofosfamida; demais indivíduos em uso de imunossupressores ou com imunodeficiências primárias; pacientes oncológicos que realizaram tratamento quimioterápico ou radioterápico nos últimos 6 meses; neoplasias hematológicas; e outras doenças que causam imunossupressão (como síndrome de Cushing, lúpus eritematoso sistêmico, doença de Chron, imunodeficiência primária com predominância de defeitos de anticorpos). Hemoglobinopatias graves - Doença falciforme e talassemia maior; e outras doenças raras. Obesidade mórbida - Índice de massa corpórea (IMC) ≥ 40. Síndrome de Down - Trissomia do cromossomo 21. Cirrose hepática - Cirrose hepática Child-Pugh A, B ou C. Outras doenças raras que causam deficiências intelectuais e/ou motoras e cognitivas - Doenças raras que causam deficiências intelectuais e/ou motoras e cognitivas como a síndrome Cornélia de Lange, a doença de Huntington.


4

7 a 13 de Maio de 2021

Geral

Areão terá complexo de esportes, lazer e cultura em projeto sustentável COMISSÃO CONCLUI PRIMEIRA FASE PARA REVITALIZAÇÃO DO PARQUE Após 90 dias de trabalho, a comissão especial para revitalizar o Parque do Areão concluiu, na tarde de quarta-feira (5), os estudos que vão subsidiar a criação de um Termo de Referência para balizar projetos de efetivação do Parque Municipal do Areão. Segundo o presidente da comissão, Geraldo Magela Gonçalves (o Dindão), a primeira fase do trabalho consistiu em apontar os órgãos e equipamentos que vão compor o complexo – que será um espaço para o desenvolvimento esportivo, educacional, cultural, ambiental e de lazer do município. O projeto prevê inicialmente a construção de Centro Olímpico, Centro Cultural, Concha Acústica para pequenas apresentações artísticas, borboletário, Pump Track (pista para bicicletas que poderá ser usada para patins e skates, atendendo crianças e adultos); bike parque; pistas de skates, espelhos d´água, viveiro florestal, trilhas para caminha-

da; campo escola de escalada, ilhas de quiosques, espaços de convivência, inúmeros mirantes e muito espaço verde. Entre os órgãos municipais que foram identificados compatíveis para estarem locados no espaço estão as secretarias de Esporte, Meio Ambiente e a Fundação Casa de Cultura. Um Centro de Extensão Universitário, Museu Temático, Biblioteca e uma Escola de Agroecologia também terão espaço no complexo, que oferecerá ainda espaço para a implantação do Quartel da Polícia Militar de Meio Ambiente.

SUSTENTABILIDADE Um dos desafios para o projeto é a criação de condições para que as águas das chuvas que caiam na área do parque permaneçam ali, que todo esgoto produzido no parque seja tratado no local e que nenhum resíduo sólido saia do parque, sendo trabalhado também no local. Um projeto para produ-

Acom/PMJM

PARQUE do Areão pode ser transformado com revitalização

ção de energia própria (solar e eólica) também é estudado.

PARTICIPAÇÃO POPULAR O projeto inicial iria contar com a participação da população nos diversos trabalhos de revitalização do parque, por meio de cursos de permacultura, mas devi-

Monlevade ainda não definiu retorno das aulas presenciais Enquanto várias cidades brasileiras já promoveram o retorno às aulas presenciais de algumas faixas etárias, João Monlevade ainda não tem definições sobre o tema. Conforme a secretária municipal de Educação, Maria do Sagrado Coração Rodrigues Santos, um Grupo Especial de Trabalho foi criado para pensar o possível retorno e como ele será feito. “Iremos reunir na próxima semana para discutirmos e alinharmos todas essas questões, no momento,

não há definições”, informa. A Notícia questionou à secretária, qual será a prioridade de retomada de aulas presenciais no município (creches, pré-escola, ensino fundamental). No entanto, segundo ela, isso também, ainda não está definido pelo grupo temático.

KITS DE ALIMENTAÇÃO Segundo a secretária, a Prefeitura continua entregando o kit de alimentação às famílias dos estudantes, de

do à pandemia do coronavírus essa participação permanece suspensa. Entretanto, para aproximar a população dos trabalhos está sendo lançado um canal de relacionamento, onde o interessado poderá enviar sugestões e manifestar o interesse em participar de alguma forma do projeto, seja como pa-

trocinador, apoiador ou voluntário. Basta enviar um e-mail para o contato areao. pmjm@pmjm.mg.gov.br

COMISSÃO A comissão, designada pela Portaria 222/2021, assinada pelo prefeito Laércio Ribeiro (PT), responsável pelo proje-

to, é formada por representantes das secretarias de Meio Ambiente, Djaine Ferreira; Serviços Urbanos, Guilherme Barbosa; Procuradoria Jurídica, Cristiano Vasconcelos; Assessoria de Comunicação e Relações Públicas, Sérgio Henrique Braga, além do presidente, Dindão, assessor de Comunicação do governo.

Canil pode ser reformulado e não deve ir para o Areão REUNIÃO ALINHA ESFORÇOS PARA REESTRUTURAÇÃO

acordo com o formulário socioeconômico, encaminhado para as escolas e entregue à Secretaria Municipal de Educação. “Por esse formulário foram identificados os alunos da rede municipal que estão em maior vulnerabilidade social. Ao todo, são 2.400 kits mensais. No ano passado eram 1600 e a Prefeitura ampliou (por meio de recursos próprios) mais 800 kits de alimentação escolar para os alunos”, informa a secretária.

Prefeitura de Monlevade quer mudar regras em cemitérios (DAM), posteriormente solicitando a elaboração e emissão do documento de Perpetuidade do Titular. O projeto já está na Câmara e será analisado pelas comissões competentes. A Prefeitura também anunciou a reativação do escritório do Cemitério do Baú, que contará com a presença de um funcionário de carreira. Esse servidor ficará responsável por cuidar do local, orientando o público e prestando as informações necessárias para os sepultamentos.

DENÚNCIA

Arquivo JAN

CEMITÉRIO de Carneirinhos em João Monlevade

A Prefeitura de João Monlevade enviou à Câmara Municipal um projeto de lei para regular o uso dos três cemitérios públicos da cidade. De acordo com o Executivo, a proposta modifica a atual legislação, em vigor desde 1966, e é apresentada em resposta a “várias denúncias”. Entre as novidades postuladas está o credenciamento dos prestadores de serviços funerários junto à Secretaria de Serviços Urbanos, uma

promessa para sanear a maior causa de reclamações junto à administração das necrópoles. Também será exigido que esses profissionais somente trabalhem com identificação. Pela nova proposta, quem requisitar a concessão perpétua de uma campa deverá encaminhar os documentos para o setor da Dívida Ativa da Prefeitura, com finalidade de requerer a Documentação de Arrecadação Municipal

Em março deste ano, o vereador Pastor Lieberth (Democratas) apontou para possíveis irregularidades na gestão dos cemitérios de João Monlevade. Em reunião da Câmara Municipal, o parlamentar relatou ter ouvido queixas sobre supostas cobranças abusivas de membros de uma família que possui uma campa. Outros questionamentos feitos por Lieberth a partir de informações de moradores são a venda do mesmo jazigo para mais de uma família e a contratação irregular de funcionários para os cemitérios. Em dezembro do ano passado, os familiares de um rapaz falecido aos 20 anos relataram ao A Notícia momentos de constrangimento ao sepultá-lo, pois a sua sepultura era reclamada por outros donos.

Reprodução

REUNIÃO discutiu futuro do canil

Segundo o vereador Belmar Diniz (PT), líder do governo na Câmara, o prefeito Laércio Ribeiro (PT) trabalha com a ideia de revitalizar o atual espaço do canil, e não levá-lo para o Parque do Areão, conforme proposta da ex-prefeita Simone Carvalho (PTB), que iniciou a adaptação do antigo projeto Memorial do Aço em Centro de Controle de Zoonoses Municipal. Segundo o parlamentar, por considerar que, por ser cercada por vegetação, a área possui maior risco de proliferação de leishmaniose e outras doenças. Uma reunião para discutir e apresentar propostas de melhoria e reformas do atual canil municipal foi realizada na manhã de ontem (6). O espaço, que acolhe animais abandonados, funciona nas dependências da Secretaria de Obras, no bairro Belmonte. Além de Belmar, participaram do encontro os secretários municipais de Obras e Serviços Urbanos, Eduardo Bastos, e de Saúde, Mirellié Santos; a coordenadora da Vigilância em Saúde, Viviane Ambrósio; o encarregado Ermelino Hilário; e funcionários dos setores de veterinária, engenharia, da Secretaria de Serviços Urbanos e do próprio canil. Entre as melhorias propostas, estão o isolamento pleno

dos cães dos outros setores da Secretaria, a pavimentação, criação de uma área verde com plantio de árvores, instalação de baias cobertas e reestruturação da área de atendimento aos animais. O projeto deve ser apresentado em cerca de vinte dias, passando posteriormente à fase de elaboração de uma planilha de custos. Caso seja necessário, recursos extras podem ser captados, através de parcerias ou emendas parlamentares. Segundo o vereador, R$60 mil já estariam reservados para os serviços. Belmar cita, por exemplo, uma destinação que está viabilizando com o deputado federal Reginaldo Lopes (PT), ou um acordo com o Rotary Club para instalação dos telhados. A reestruturação, prevê Diniz, exigirá o erguimento de estruturas provisórias para acomodar os caninos. O vereador calcula que o projeto esteja finalizado entre seis e sete meses. Ao longo dos anos, o Canil Municipal já foi alvo de críticas por alegadas más condições de acolhimento e conforto para os animais. Atualmente, abriga cerca de 65 cães, que convivem com as manobras de máquinas do DVO, peças deixadas no depósito e até com cavalos, que também são levados para o pátio.

RELEMBRE O Memorial do Aço foi projetado e teve a obra iniciada no fim do governo do ex-prefeito Gustavo Prandini. À época, orçado em R$370 mil, mal as paredes foram levantadas, as obras foram paralisadas ainda em 2012 (último ano do mandato do ex-prefeito) e nunca mais foram retomadas. A gestão do ex-prefeito Teófilo Torres ignorou a obra que recebeu recursos públicos na gestão anterior. Abandonado e depredado, o “elefante branco” foi anunciado pelo governo da ex-prefeita Simone Carvalho, em 2018, como um Centro de Controle de Zoonoses Municipal. O edital para iniciar o processo de construção foi publicado em julho daquele ano. Segundo o documento, a Prefeitura investiria cerca de R$265 mil para implantar o centro de zoonoses no local. Posteriormente, a Prefeitura divulgou o valor total da obra de adaptação do Memorial do Aço em canil municipal: R$272.025,06. A empresa AOT Ambiental e Empreendimentos Técnicos Ltda ME venceu a licitação para conduzir os trabalhos. Agora, o atual governo pensa em descartar o uso do espaço como canil e não informou o que fará com a parte construída.


Região 5

7 a 13 de Maio de 2021

Programa Panorama Cultural entrevista presidente da Associação de Artesãos O programa Panorama Cultural desta sexta-feira (7) vai ao ar às 20h e traz para o canal do Youtube da Prefeitura de São Gonçalo do Rio Abaixo uma entrevista com a presidente da Associação dos Artesãos do município, Vera Raimunda Rodrigues. Nesta edição, a entrevista será conduzida pela professora Mírian Blonski. A entrevista faz parte do projeto Cultura em Casa e já trouxe encontros com os cantores Ramon e Rafael e Ralan e Rafael, além da escritora Odete Rodrigues. Ambas con-

duzidas pelo radialista Roger Judson. O secretário da pasta, Aulus Rodrigues, informa que, a princípio, o panorama irá abranger apenas figuras são-gonçalenses, mas com o retorno da programação normal do Centro Cultural, haverá entrevistas com artistas que visitarem a cidade. Ainda segundo o secretário, o Panorama vem como uma oportunidade do artista continuar conectado com seu público diante do contexto da pandemia. Além disso, ele considera importante o envol-

vimento de toda equipe da secretaria em uma produção que utiliza toda estrutura já existente. Confira mais esta edição do Panorama Cultural no canal, acesso pelo QR Code.

Nívia MartinsACOMPSGRA

MOMENTO de gravação da entrevista que vai ao ar hoje às 20h

Retomada a pavimentação no Refórgio e Morro de São Pedro

Artistas de São Gonçalo podem se inscrever na Lei Municipal de Incentivo à Cultura Artistas de São Gonçalo do Rio Abaixo podem se inscrever na Lei Municipal de Incentivo à Cultura até o dia 21 de maio. A iniciativa contempla projetos artístico-culturais de pessoas físicas ou jurídicas residentes no município, há no mínimo dois anos, e que tenham atuação comprovada na área cultural. Os projetos aprovados serão financiados com recursos municipais. Para a elaboração e inscrição dos projetos, os interessados deverão observar as exigências dispostas na Instrução Normativa 01/2021 e nos Editais 01/2021, 02/2021 ou 03/2021, conforme enquadramento do projeto cultural a ser apresentado. Nesta semana, a Secre-

taria de Cultura ofereceu oficina para a elaboração de projetos culturais da Lei Municipal. O secretário Aulus Rodrigues explicou que o objetivo da iniciativa foi esclarecer dúvidas e orientar sobre o processo de inscrição e contribuir para uma maior participação no incentivo. Os documentos completos estão disponíveis para consulta e download no site da Prefeitura. Confira.

Reprodução

CAPACITAÇÃO acontece no Centro Cultural

Projeto Bela Vista 60 anos recolhe sugestões de cidadãos

Acom/PMSGRA

MÁQUINAS operam nas comunidades

OBJETIVO É OUVIR AS PESSOAS PARA TORNAR A CIDADE MELHOR A Prefeitura de Bela Vista de Minas lançou, no dia 29 de abril, data e aniversário de 57 anos do município, o Projeto Bela Vista 60 anos. A iniciativa coleta sugestões dos cidadãos para melhorar a cidade, nos próximos três anos, e torná-la um lugar melhor para se viver, com a participação de todos. Na mensagem do projeto, a administração da prefeita Samantha Ávila (PSDB) convida a uma reflexão: “nossa cidade está completando 57 anos e merece parabéns. Mas qual é o futuro que você quer para ela? É pensando no amanhã que a prefeitura está lançando novo projeto que irá coletar sugestões para fazer de Bela Vista de Minas um lugar melhor. Um plano que norteará os nossos

próximos 3 anos, quando o município completará seis décadas. Então participe, ninguém melhor do que você para nos mostrar o que a cidade mais precisa”. Para participar, basta preencher um formulário no site da Prefeitura com as sugestões. O belavistano também pode postar nas redes sociais a sua opinião e usar a hashtag #BV60anos. Clique no Qrcode e acesse o documento:

Erivelton Braz

PREFEITA Samantha lança projeto que busca a melhoria da cidade com participação popular

OBRAS AUMENTAM CAPACIDADE PARA OS PRÓXIMOS 30 ANOS de Federal de Minas Gerais (UFMG), Antônio Mendonça. Segundo a administração, a construção da nova vala será numa área de 14 mil m2, dentro do próprio aterro. “A medida é necessária devido à vida útil da atual estrutura do aterro sanitário, que suporta a carga de resíduos por, aproximadamente, mais dois anos”, informa a Prefeitura. De acordo com o secretário Eduardo Quaresma, será preparado o orçamento dos recursos que serão empregados na obra para a licitação.

Orçamento de 2021. No início do ano, a Prefeitura determinou a suspensão de todas as obras, reuniu as empresas responsáveis e assinou um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), reformulando todos os cronogramas físico-financeiros das obras. A previsão é de que a pavimentação seja concluída até setembro deste ano.

Itabira entre as quatro cidades de Minas em programa de integridade

Aterro Sanitário de São Gonçalo será ampliado O Aterro Sanitário de São Gonçalo do Rio Abaixo será ampliado e pode comportar resíduos gerados pela população pelos próximos 30 anos. A previsão é que a expansão do Aterro seja iniciada ainda neste ano. Nesta semana, os secretários municipais de Meio Ambiente, Eunice Florência dos Santos, e de Obras, Eduardo José Quaresma, conheceram o projeto de ampliação do aterro municipal. A apresentação foi feita durante reunião com o professor do Departamento de Geotecnia da Universida-

A pavimentação, melhoria e revitalização das estradas das comunidades de Refórgio e Morro de São Pedro, na zona rural do município de São Gonçalo do Rio Abaixo, foram retomadas nesta semana. Conforme a Prefeitura, assim como outras obras, essa estava suspensa por falta de detalhamento no projeto de engenharia e por não estar prevista no

Acom/PMSGRA

REUNIÃO ocorreu nesta semana para tratar sobre as obras do aterro municipal

Itabira é uma das quatro cidades de Minas Gerais que aderiu ao projeto Time Brasil. A inciativa, promovida pela Controladoria-Geral da União (CGU), tem a missão de fortalecer e perpetuar a cultura da integridade nos estados e municípios, com aprimoramento da gestão pública e no fortalecimento do combate à corrupção com plano de ação baseado na transparência. A adesão de Itabira foi assinada na terça-feira (4), pelo prefeito Marco Antônio Lage (PSB), durante a participação em um seminário online da I Semana da Integridade do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG). Dentre as 853 cidades mineiras, além de Itabira, apenas Santa Luzia, Lagoa Santa e Governador Valadares foram convidadas a aderir ao projeto. De acordo com o secretário municipal de Auditoria Interna e Controladoria, Maurício Mendes, a iniciativa possui três eixos: transparência, inte-

gridade e participação social. O projeto está de acordo com a Agenda 2030 (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável), aprovada em Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) em setembro de 2015, em especial no que se refere às três metas do Objetivo 16 – Paz, Justiça e Instituições Eficazes. Para o prefeito Marco Antônio Lage, a adesão ao projeto é a sinalização de que Itabira pretende seguir o caminho da transparência e da probidade na gestão pública. O chefe do Executivo destaca que a meta é construir um importante “pacto pela transparência”, com adoção de todos os mecanismos de controle necessários. “Tratar daquilo que é público exige esse comprometimento, esse olhar para a transparência e para a retidão. Itabira ser uma das poucas cidades mineiras que aderiu a este projeto mostra que a nossa intenção é seguir nesta direção”, disse o prefeito.


7 a 13 de Maio de 2021

6 Geral

GÊMEOS! TRIGÊMEAS!

Mamães de primeira viagem estreiam na maternidade de forma especial no sétimo mês de gravidez das trigêmeas Clara, Vitória e Beatriz. A mamãe das meninas explica que a gestação de trigemelar não completa nove meses, chegando geralmente a sete ou oito meses, ou quando a saúde da mãe e dos bebês permitir. “Ainda não há data certa para elas nascerem, quanto mais dias e semanas desenvolvendo no útero, melhor. Como a possibilidade da prematuridade é grande, os médicos recomendam parto com obstetra especialista e em hospital com UTI neonatal disponível, caso seja necessário”, explica a mamãe. Já que em Monlevade não há esta infraestrutura, possivelmente elas irão nascer em Belo Horizonte.

MÚLTIPLOS

Maria Cecília Passos

PAULA carrega os gêmeos Sophia e Henry, nascidos há um mês

Há um ano, no Dia das Mães, a maternidade ainda era um sonho para a psicóloga Paula Roberta dos Santos Silva, 32, e para a fisioterapeuta e organizadora de eventos Bárbara Coura, 36. As duas monlevadenses, que se conhecerem na recepção de consultórios médicos, tornam-se mães neste ano de uma forma muito especial: engravidaram de múltiplos. Paula de um casal de gêmeos e Bárbara de trigêmeas! Questionadas de qual a sensação do primeiro Dia das Mães como mães, comemorado neste domingo (9), elas

demonstram muita emoção. “Uma sensação maravilhosa, saber que meu sonho se realizou”, declara Paula. “É incrível parar para pensar e ver como Deus opera milagres em nossas vidas. Em meio a tantas notícias angustiantes, tristes, somos muito gratos por recebermos esta benção”, afirma Bárbara. Paula comemora seu primeiro Dia das Mães com Henry e Sophia em seus braços. Os gêmeos nasceram de parto cesariano no dia 5 de abril no Hospital Margarida, em João Monlevade, após 37 semanas de gestação. Já Bárbara está

Casada há cinco anos com o técnico em segurança do trabalho Marlon Henrique Martins, 34, Paula conta que sempre teve o desejo de ser mãe, mas não fez nenhum tratamento para engravidar. Os gêmeos foram uma grande surpresa. “Foi uma gravidez super planejada. Tivemos uma perda gestacional em 2019 e em 2020 engravidamos novamente. Quando descobri que eram gêmeos fiquei sem reação, demorei um pouco a acreditar. Mas logo em seguida fiquei muito feliz em saber que meu bebê arco íris (que nasce após uma perda gestacional), na verdade, seriam dois”, conta. Ela lembrou que o marido reagiu muito bem, afirmando que um seria companhia para o outro. A família também ficou bastante feliz, mas todos muito surpresos. Bárbara é casada há quatro anos com o cirurgião dentista Marcelo Marques, 36, e também já vinha pensando e planejando o momento para

aumentar a família. “Desde sempre desejávamos ter filhos. Mas realmente com ritmo de vida profissional mais acelerado, ainda estávamos esperando um momento ‘ideal’ para vivermos a maternidade. Então, no início do ano passado, concordamos que seria o momento mais adequado e, a partir daí, decidimos fazer alguns exames médicos e descobrimos uma alteração. Orientados por nossos médicos e após algumas consultas, decidimos fazer o tratamento pela fertilização”, relembra a futura mamãe. Bárbara conta que após três semanas do resultado positivo, fizeram o primeiro ultrassom para confirmar a gestação. “Já estávamos muito felizes com a notícia de um ou mesmo dois bebês. Mas mais uma vez, como para Deus nada é impossível, nos descobrimos ‘grávidos’ de três bebês! Um caso muito raro, em que duas placentas se formam, cada uma com um bebê e em uma delas o bebê se multiplicou em dois. Num primeiro momento, muito surpresos, nunca imaginávamos. Mas muito felizes com a notícia!”, relata emocionada.

AS GESTAÇÕES Paula conta quer teve uma gestação bastante tranquila ao longo dos nove meses, tendo sido acompanhada em Monlevade por dois obstetras e também por um médico nutrólogo. Ela engordou cerca de 11 kg e as crianças nasceram muito saudáveis. O Henry com 2300kg e 45 centímetros e a Sophia com 2040kg e 43 centímetros. Três dias após o nascimento eles já estavam em casa. Bárbara, que gera uma criança a mais que Paula, está com sete meses de gestação, mas com útero compatível a uma gestante de nove meses. “É uma gestação diferente,

com mais sintomas pelo nível triplicado de hormônios e que exige alguns cuidados especiais com minha saúde e a dos bebês. Mais exames são necessários, mais cuidados. Graças a Deus as bebês estão crescendo bem e com saúde”, conta Bárbara.

APOIO E PANDEMIA Questionada sobre como tem sido cuidar de gêmeos, Paula diz que falar que está sendo fácil é mentira. “Mas é gratificante quando olho para eles. O amor por eles supera qualquer dificuldade. Além disso, tenho contado com uma rede de apoio maravilhosa: papai, vovó e titia”, afirma a mamãe. Gestação e bebês recém-nascidos durante a pandemia também tem sido um desafio para Paula. “Já éramos cuidadosos, mas com a gestação foi necessário ter ainda mais cuidados. Após o nascimento dos bebês, foi a mesma coisa. Sem visitas, cuidado dobrado e as saídas de casa realmente só quando necessário: médico, para fazer exames e vacinas. Na situação que estamos vivendo o melhor a se fazer é evitar riscos”, explica. Bárbara, que também já está planejando sua rede de apoio, comenta sobre o cenário difícil diante da pandemia do coronavírus. “Todas as mamães que estão tendo seus be-

bês agora estão encarando um cenário mais difícil – cuidados especiais e visitas mais restritas para preservar a saúde das bebês e também dos familiares”, explicou.

AMOR QUE MULTIPLICA A criação de gêmeos desperta muitas curiosidades e de trigêmeos, mais ainda. Paula conta que, desde que nasceram, ela já identifica diferença no comportamento dos seus gêmeos, pois “cada bebê é único e tem suas particularidades”. Indagada se pretende ter mais filhos, ela responde humorada: “brinco com as pessoas que já abri e fechei a fábrica. Eles serão únicos”. Questionada sobre qual conselho daria para as mulheres que ainda têm dúvidas se quererem ter filhos, Bárbara também responde aos risos: “Algumas verdades precisam ser ditas, não existe um momento ideal para a maternidade, se procurá-lo, não vai encontrar”. Para ela, é possível conciliar vida profissional e a maternidade e que para grandes sonhos é necessário muita coragem e resiliência. “E sobre a possibilidade de vir múltiplos não há controle. Por isso mesmo, torna-se uma viagem ao desconhecido que exige coragem. Uma nova vida surge, onde o amor não se divide, só se multiplica!”, conta emocionada.

Sapateiro monlevadense não para aos 90 anos

João Vitor Simão

“Meu trabalho é minha diversão, é minha oração”. Com essa frase, Manoel Pereira Neto (foto), morador de João Monlevade, define o que o motiva a continuar no trabalho, aos 90 anos. Ele permanece na ativa e dedicando-se ao mesmo ofício há décadas: a sapataria. “Sô” Manoel é um dos resistentes no ramo, e permanece trocando solas e reparando calçados na oficina que montou há mais de 30 anos no bairro Alvorada, em João Monlevade. Nascido em 14 de março de 1931, em Dionísio, o senhor Manoel viveu uma fase em que a cidade abrigava várias pequenas fábricas de botinas para os operários da Companhia Siderúrgica Bel-

go-Mineira (CSBM), que vivia momento de acelerada produção. Aos 23 anos, ainda na cidade natal, começou a fabricar os calçados, feitos a partir das tiras dos grandes pneus de máquinas e caminhões. Todo o trabalho era feito com facas afiadas e muita força e habilidade: “As nossas mãos ficavam com uma camada bem grossa de calos”, relembra. Dois anos depois de começar a trabalhar com sapatos, ele veio para João Monlevade, onde montou uma pequena oficina. Produzindo cinco pares em um dia e deixando outros cinco já prontos para o dia seguinte, ele permaneceu na profissão até 1962, quando foi admitido na Belgo-Mineira e suspendeu o seu período como sapateiro. Trabalhou no setor de descarga e depois como manobreiro e maquinista dos trens da companhia. Após 30 anos de serviços, o senhor Manoel Neto aposentou-se e voltou ao antigo labor. Após um “estágio” na sapataria de um amigo, ele voltou ao ofício, adaptando-se aos novos tempos. Naquelas três décadas, várias mudanças na moda dos calçados foram sentidas, com a popularização dos tênis e dos sapatos prontos: “Antigamente, usava-se palmilha de sola, e hoje a maioria dos calçados é feita com pa-

pelão. Por isso, não uso mais tachinhas”. Por conta disso, o senhor Manoel passou a trabalhar majoritariamente com reparos. Ao longo das últimas três décadas, ele conquistou uma ampla freguesia. Desde que o senhor Manoel voltou ao ramo da sapataria, trabalho não faltou, embora tenha sofrido uma baixa com a pandemia. Mesmo aos 90 anos, ele permanece trabalhando e “cumprindo horário” na sua própria oficina, instalada no bairro Alvorada: “Às vezes, quando eu fico duas ou três horas sem serviço, sinto-me sem ambiente”. Como toda profissão, o sapateiro também tem suas particulari-

dades: por exemplo, cerca de 20% dos fregueses não voltam para buscar os sapatos que levam para consertar. Ele admite que a função que desempenha está em vias de acabar, mas não a encara como um fardo. Para o senhor Manoel, manter-se na ativa é uma forma de, aos 90 anos, conservar a mente tão ativa quanto aquela do jovem dionisiano de 23 anos: “Não fico à toa, não gosto de ficar por aí sem fazer nada”. Casado com a senhora Janete Santiago e pai de doze filhos, ele permanece atendendo na rua Lucindo Caldeira, 149, Alvorada. Seu telefone é o (31) 3852-2840.

Divulgação

SÔ MANOEL segue firme no ofício aos 90 anos

Márcio Oliveira

BÁRBARA e as trigêmeas em pintura feita por Márcio Oliveira. Duas estão na mesma placenta e a terceira em placenta diferente

CDL amplia horário do comércio De olho nas vendas do comércio para o Dia das Mães, celebrado no domingo (9), a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) alterou o horário das lojas em João Monlevade. O setor lojista pode ficar aberto hoje (7) e amanhã (8), até às 20h. Para o vice-presidente da CDL Monlevade, Luiz Carlos Valente, o Dia das Mães movimenta a economia municipal e é uma oportunidade para a retomada do setor, em tempos de pandemia. “Estamos adaptando a novos tempos, mas

melhorando dia a dia, temos de reinventar, a normalidade só vai chegar depois de todos vacinados. Vamos sair dessa mais humanos e melhores”, afirma. A expectativa é de boas vendas, já que a data é a segunda melhor no ano segundo comerciantes, perdendo apenas para o Natal. Além disso, a Prefeitura de João Monlevade antecipou metade do 13º salário dos servidores, junto ao salário de abril, injetando R$7,3 milhões na economia local.


Geral 7

7 a 13 de Maio de 2021

Pandemina afeta transporte público em João Monlevade Todos os dias, muitos monlevadenses utilizam o transporte público coletivo. Trabalhar, estudar, fazer compras, comparecer a um compromisso ou passear são algumas das razões que levam boa parte dos cidadãos a tomar um ônibus em seus deslocamentos diários. No entanto, desde março do ano passado, também os coletivos de João Monlevade foram impactados pela disseminação do coronavírus. Os sucessivos decretos municipais alteraram as regras para a circulação dos ônibus municipais. Entre as exigências impostas nos últimos 13 meses e meio, estão a limitação do transporte apenas para passageiros sentados, a obrigatoriedade do uso de máscaras faciais, a higienização mais rigorosa dos veículos e o reforço nas linhas. A partir de janeiro deste ano, álcool em gel passou a estar disponível aos usuários sempre que eles embarcam. Os horários foram remanejados para, segundo a concessionária Enscon, adequar-se à demanda. Passageiros relatam a situação do transporte público. Lílian Cristina, moradora do bairro Boa Vista, costuma utilizar as linhas 12 e 152 para deslocar-se para a região de Carneirinhos. Ela reclama que, principalmente, aos sábados e domingos, as linhas são reduzidas, obrigando o marido e vários vizinhos a caminharem até a região central. Dona Geralda Aparecida, que reside no bairro Novo Cruzeiro, costuma utilizar a linha 30 para chegar

Acom/PMJM

FISCAL da Prefeitura orienta motorista

ao trabalho, no bairro República. Ela diz que já precisou voltar para várias paradas antes daquelas que costuma usar para conseguir embarcar. Em uma ocasião, conta, ela chegou a um ponto de ônibus às dez da manhã, mas entrou em casa pouco antes das 14 horas, devido a atrasos.

MOTORISTAS O trabalho dos motoristas dos ônibus também mudou com a pandemia. Cleonice Soares

Silva trabalha com a linha 11 de segunda a sexta-feira, dirigindo a 154 aos fins de semana. Ela conta que sentiu um certo medo no início da propagação do coronavírus, mas que agora sente-se mais tranquila, principalmente pelas medidas profiláticas adotadas no transporte coletivo. Sua percepção é a de que o número de passageiros caiu nos últimos meses, à exceção da entrada matinal dos funcionários da ArcelorMittal. No início da Covid-19, conta Cleonice, foi preciso enfatizar

Desafios da vida urbana POR DESRESPEITO, ENTULHOS E LIXO OCUPAM CALÇADAS E PREJUDICAM PEDESTRES

Divulgação

NÃO É RARO encontrar entulhos em calçadas e passeios

Caminhar pelas calçadas de João Monlevade tem sido uma peripécia. Não é de hoje que na região central ou nos bairros, os passeios são entupidos com obstáculos de toda sorte. Além dos postes, árvores e lixeiras, que precisam ser instalados ali, os pedestres dividem espaço com veículos estacionados, montes de brita e areia, portões deixados abertos, lixo e móveis velhos. Em algumas vias, como nas avenidas Wilson Alvarenga, Getúlio Vargas e Armando Fajardo, o transeunte precisa desviar das carrocerias dos carros e caminhonetes paradas nos “estacionamentos exclusivos para clientes”. Mas também nas ruas é fácil verificar o estacionamento irregular. Além dos veículos deixados em áreas proibidas, é comum ver também os carros parados na contramão, sobre faixas de

pedestres ou na frente de pontos de ônibus. As vagas de idosos ou deficientes físicos nem sempre são respeitadas. Um leitor flagrou uma caçamba de lixo deixada sobre uma vaga para idosos, a título de exemplo. Outro desafio para os pedestres são as calçadas irregulares. Garagens, rampas e degraus ocupam os passeios usados pelos cidadãos. A Prefeitura de João Monlevade anunciou que avalia implantar medidas para frear o despejo irregular de lixo e entulho. Entre as propostas, estão a criação de um ecoponto, onde o cidadão pode deixar os restos de uma pequena obra em sua residência, e também de um depósito de inservíveis, que receberá móveis, eletrodomésticos e outros objetos inutilizados. Em ações de limpeza, a Prefeitura informa que removeu cerca de 200 caminhões de

lixo, desde sucat a a mó veis vel hos.

LEGISLAÇÃO O Código de Trânsito Brasileiro (CTB) diz que estacionar um veículo sobre a calçada ou em faixas de pedestres são infrações graves, e o condutor é sujeito a multa e a remoção do automóvel. Deixar o carro a menos de dez metros do ponto de ônibus é uma infração média, com o motorista também sujeito a multa e remoção. Já o abandono de materiais nos passeios é punido pelo Código Municipal de Posturas, com multas entre duas e vinte unidades fiscais do município. Denúncias podem ser encaminhadas pelo telefone da Secretaria de Serviços Urbanos: 3852-3151, ou pelo celular 98766-5067. Por se tratar de um número com WhatsApp, o denunciante poderá enviar fotos e vídeos.

ao público a necessidade de usar a máscara, tarefa que ela exerceu com diplomacia e sem a ocorrência de atritos: “Eu costumo levar sempre máscaras novas. Às vezes, quando o pas-

sageiro a esquece e não pode perder o ônibus, eu a ofereço para ele poder viajar”. Trabalhando na Enscon há nove anos, ela também foi diagnosticada com o coronavírus, sofrendo apenas uma leve dor no olho esquerdo e ficando isolada pelo tempo prescrito pelo médico. Edson dos Anjos conhece como poucos o transporte público em João Monlevade. Ele trabalha em ônibus desde o tempo da antiga empresa Transcomol, começando como agente de bordo, e há nove anos dirige os ônibus, fazendo atualmente a linha 11 de segunda a sexta-feira e a 151 aos fins de semana. No começo da Covid-19, ele também sentiu dificuldades para trabalhar, muito por conta da responsabilidade diante de um cenário incerto. Segundo Edson, no princípio houve alguma resistência dos usuários em usar a máscara, mas, sem confrontos e com um trabalho de conscientização, hoje o público já utiliza a proteção com mais naturalidade. Ele também sente uma diminuição do número de passageiros, que hoje são mais restritos aos trabalhadores e aos idosos. Apesar dos tempos difíceis, em que todos ficam apreensivos, Edson conserva

a esperança de um retorno à vida normal: “Isso vai passar, se Deus quiser, e nós teremos tranquilidade de novo”.

REFORÇO E SEGURANÇA Segundo o diretor da Enscon, Eduardo Lara, em respostas a questionamentos, as linhas serão reforçadas já a partir deste fim de semana. O reforço também ocorre de segunda à sexta-feira. Ele afirma que os ônibus mantêm a higienização ao fim de cada viagem, e as linhas foram reforçadas, já que existe a limitação de transporte à metade da capacidade total de cada veículo. Sem especificar o número, Lara diz ainda que alguns motoristas da Enscon foram detectados com a Covid-19, mas todos cumpriram o tratamento em casa e sem maiores transtornos, e já estão recuperados. O diretor cita estudos da Universidade de São Paulo (USP) e outras instituições que apontam que os ônibus são locais seguros em relação ao coronavírus, pois todos os passageiros usam máscaras e evitam socializar dentro dos carros, que trafegam com as janelas sempre abertas.

Campanha “Monlevade Solidária” beneficia 100 famílias em 20 dias DOAÇÃO DE ALIMENTOS CONTINUA NOS POSTOS DE VACINAÇÃO Quem vai se vacinar contra a Covid-19 em Monlevade pode ajudar a quem mais precisa, doando um ou mais itens que compõem a cesta básica, como arroz, feijão, óleo, leite, açúcar ou pó de café. A Campanha para coleta de alimentos “Monlevade Solidária: Vacinar e doar, duas ações pela vida”, continua no município. Segundo dados dos organizadores, com pouco mais de 20 dias de Campanha, 100 famílias de João Monlevade serão beneficiadas com a distribuição das primeiras cestas montadas com os alimentos doados pela população. Os donativos são recolhidos nos postos de vacinação no município e encaminhados para a sede da Sociedade São Vicente de Paulo (SSVP), onde voluntários montaram as cestas que serão distribuídas para as famílias em situação de vulnerabilidade social, a partir deste sábado (8). A campanha de mobilização para arrecadar alimentos da cesta básica é uma iniciativa da Prefeitura de João Monlevade e promovida por organizações da sociedade civil com o apoio da Câmara Municipal. O objetivo é ajudar a população em maior vulnerabilidade social devido aos efeitos da pandemia da Covid-19. As doações continuam e devem ser feitas no ato de vacinação, nos postos distribuídos pela cidade. Todos os pontos municipais de vacinação poderão receber doações, incluindo aqueles que funcionam apenas no sistema de drive-thru. Grupos de voluntários estarão recebendo os donativos e organizando a logística de distribuição como a Sociedade São Vicente de Paulo. Em reunião virtual na última terça-feira (4), a equipe da Secretaria de Assistência Social do município apresentou aos voluntários a unificação do cadastro que identifica as famílias assistidas por cada entidade no município. Assim, será possível evitar a duplicidade dos nomes de pessoas que

Acom/PMJM

DONATIVOS são recolhidos nos postos de vacinação e encaminhados para a sede da Sociedade São Vicente de Paulo

já recebem cestas. Para a secretária de Assistência Social do município, Marinete Morais, a campanha é uma realidade muito significativa em João Monlevade. “Cada dia é perceptível o crescimento e a visibilidade da ação por meio do processo de construção coletiva”, explica lembrando a união de forças para que tudo fosse possível. Ela aproveita para agradecer as equipes voluntárias, bem como as entidades parceiras e também às gerentes das unidades de Saúde que não mediram esforços para coletar os alimentos. Além disso, ela ressalta a participação e a mobilização da população nesta campanha.

VOLUNTÁRIOS Segundo a Prefeitura, mais de 25 entidades da sociedade civil e grupos de voluntários integram o "Monlevade Solidária". Para um dos voluntários, o presidente da Sociedade São Vicente de Paulo (SSVP), João Batista Rozário Santos, a população de João Monlevade e a sociedade civil organizada têm feito um bom trabalho. “Todos estão unidos num só coração. O nosso sentimen-

to é o de dever cumprido e de sempre fazer o melhor para os nossos irmãos necessitados. Participar deste movimento é um chamado de Deus”, explica. Segundo a voluntária do Lions Clube Centro, Edna Maria, a comunidade monlevadense atendeu ao chamado da campanha. “O sentimento que nos move é o do servir", comenta a voluntária que esteve presente com outras amigas no drive-thru na igreja Sagrado Coração de Jesus. Lá, a equipe do Lions recebeu os mantimentos doados pela população, assim como em vários outros pontos com presença de outras entidades da sociedade civil.

COLETA Além das unidades básicas de saúde do município, as pessoas interessadas em ajudar também podem encaminhar as doações para a Associação Regional de Promoção e Ação Social (Arpas), localizada na rua Padre Hildebrando de Freitas, 135, bairro Vila Tanque, na Sociedade São Vicente de Paulo em Carneirinhos e também para o Buffet Barenze localizado rua Juventino Alves Caldeira, 106 A, bairro Santa Bárbara.


7 a 13 de Maio de 2021

8 Classificados/Região

Monlevadense ingressa em curso nos Estados Unidos

Divulgação

LUCAS vai estudar em conceituada universidade nos EUA

1 IMÓVEIS Aluguel

APTO na av. Castelo Branco, bairro República, c/3 qtos (sendo 1 suíte), sala p/2 ambientes, banheiro social, cozinha c/ armário, área de serviço, vaga de garagem. Tr. 3851-3596 PJ857 ________________ APTO na av. Getúlio Vargas, em cima do Magazine Luiza, c/3 qtos (1 c/suíte), dependência. Bom p/ comércio. Tr. 98771-2900 ________________ APTO na rua Campestre, bairro São Jorge, c/3 qtos (sendo 1 suíte c/varanda e todos c/armários), sala de visita, cozinha, banheiro social, área de serviço c/quartinho de despejo e banheiro, garagem p/2 carros. Tr. 3851-3596 PJ857 ________________ APTO na rua Guanabara, 253, apt.106, bairro República. C/2 qtos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço. Tr. 3852-2048 ________________ APTO na rua Monte Santo, bairro Carneirinhos, c/3 qtos (1 suíte), banheiro social, sala conj. c/copa, cozinha, área de serviço, dependência c/banheiro, 2 vagas de garagem. Tr. 99196-0171 ________________ APTO na rua Princesa Isabel, bairro Castelo, c/2 qtos, sala, cozinha conj. c/área de serviço, banheiro social, garagem. Tr. 3851-3596 PJ857 _________________ APTO na rua Santa Mônica, bairro José Elói, c/2 qtos, sala, cozinha, banheiro, área de serviço. R$400,00. Tr. Carlos 98681-8835 ________________ APTO na rua São Lucas, nº 55, atrás do Via 2000, c/3 qtos, 2 vagas de garagem, área p/ churrasco, quadra de peteca. Tr. 98771-2900 ________________ APTO no bairro Alvorada, c/3 qtos (suíte), sala p/2 ambientes, banheiro social, cozinha, área de serviço e garagem. Tr. 3851-5121 PJ3637 ________________ APTO no bairro Vale do Sol, rua Dona Clara, bloco 19, apt. 102, c/2 qtos, sala, cozinha e banheiro. Tr. Genivaldo 995890930 ________________ APTO no bairro Vale do Sol, c/3 qtos, sala, cozinha, área de serviço, banheiro social e garagem. Tr. 3851-5121 PJ3637 ________________ BARRACÃO na rua Richard, nº 40, fundo com av. Getúlio Vargas 4.375, c/100m² livre, s/divisória, 2 banheiros. Tr. 98771-2900 ________________ CASA na rua Santa Mônica, bairro José Elói, c/sala, 2 qtos, cozinha, banheiro, área de serviço. R$400,00. Tr. Carlos (31) 98681-8835

________________ CASA no bairro República, c/3 dormitórios, sem garagem, ótima localização. Tr. Luzia 38524190/98010-4190 ________________ LOJA na av. Alberto Lima, 1977. Tr. 99918-5050 ________________ LOJA na av. Getúlio Vargas, bairro Carneirinhos, aprox. 100m², sobreloja c/100m² e 3 banheiros. Tr. 3851-3596 PJ857 ________________ LOJA no bairro Santa Bárbara, c/aprox. 60m², banheiro. Tr. 3851-5121 PJ3637 _________________ QUITINETE atrás do EPA. Tr. 99781-4345/99602-6759 _________________ QUITINETE na av. Getúlio Vargas, bairro Carneirinhos, c/1 qto, cozinha, banheiro. Tr. 38513596 PJ857 _________________ QUITINETE na av. Getúlio Vargas, c/1 qto, sala, cozinha e banheiro social. Tr. 3851-5121 PJ3637 _________________ QUITINETE na rua Mumbica, bairro José Elói. Tr. Luzia 38524190/98010-4190 _________________ QUITINETE na rua Olinda Dias Fernandes, bairro Santa Bárbara. Tr. Luzia 3852-4190/980104190 _________________ QUITINETES (novas) na av. Getúlio Vargas, nº 4.375, bairro Carneirinhos. Tr. 98771-2900 _________________ QUITINETES (novas) na rua do Andrade, bairro José Elói, c/ garagem. Tr. 3852-4190/980104190 _________________ QUITINETES (novas) nos bairros Rosário e José Elói. Tr. 3852-4190/98010-4190 _________________ RESTAURANTE montado, onde funcionava o Buteco da Vila, em frente à Funcec. Tr. 98771-2900 _________________ SALA na av. Wilson Alvarenga, c/banheiro e área de 35m². Tr. 3851-5121 PJ3637 _________________ SALA na av. Wilson Alvarenga, no edifício São Gonçalo. Tr. 3851-5121 PJ3637 _________________ SALA na av. Wilson Alvarenga, bairro Carneirinhos, c/aprox. 50 metros, banheiro, garagem e elevador. Tr. 3851-3596 PJ857

2 IMÓVEIS Compra e Venda

APTO na rua Etelvino Rocha, bairro Vale do Sol, c/3 qtos (sendo 2 c/móveis planejados), banheiro, cozinha planejada, uma vaga na garagem. Tr. Mauro 99946-9636 ________________

Um estudante monlevadense será aluno de uma das instituições mais prestigiadas do mundo. Formado em Ciências Contábeis há menos de um ano pela Faculdade Doctum, Lucas Boanerges de Castro participará do programa Leadership & Innovation (“Liderança & Inovação”, em tradução livre) do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (Massachusetts Institute of Technology), o conhecido MIT, nos Estados Unidos. Durante três meses, ele estará em contato com gerentes, diretores e CEOs de grandes corporações internacionais, que tratarão da inovação dentro do universo empresarial. A universidade americana,

APTO na rua Gomes Batista, 639, apt. 202, bairro Lourdes, c/2 qtos (c/armários), sala, cozinha, banheiro, área de serviço, 1 vaga de garagem. Tr. 985101759/98201-0840 ________________ APTO na rua Guanabara, nº 209, bairro República, c/2 qtos, 2 banheiros, área de tanque e garagem. Tr. 99781-4345 ________________ APTO no bairro Carneirinhos, c/2 qtos (sendo 1 suíte), sala, cozinha conj. c/área de serviço. Pode ser usado como ponto comercial, excelente localização. Tr. 3851-3596 PJ857 ________________ APTO no bairro Novo Horizonte, c/3 qtos (sendo 1 suíte c/planejados), banheiro social, sala, cozinha c/armários planejados e bancadas, área de serviços, 2 sacadas e 1 vaga de garagem. Tr. 3851-3596 PJ857 ________________ APTO no bairro Recanto do Paraíso, c/3 qtos (sendo 1 suíte), sala c/sacada, cozinha, área de serviço, 2 vagas de garagem. Tr. 3851-3596 PJ857 ________________ APTO no bairro Vale do Sol, c/3 qtos, sala, cozinha, área de serviço, banheiro social e garagem. Tr. 3851-5121 PJ3637 ________________ ÁREA no bairro Nova Esperança, c/aprox. 5.393,50m², c/23 metros de frente, 60,40 metros de fundo, 109,40 metros pela direita e 137 metros pela esquerda. Área possui 3 casas. C/escritura e registro. Tr. 3851-3596 PJ857 ________________ CASA em São Gonçalo do Rio Abaixo, c/2 qtos, toda murada. Aceita-se carro. R$120 mil. Tr. 97510-2426/99607-9699 ________________ CASA na av. Isaac Cassimiro Gomes, nº 1667, Loanda. Tr. 3850-8405/98011-3482 ________________ CASA na av. W3, nº 125, bairro Loanda, c/3 qtos, sala, copa, cozinha, banheiro, área. Tr. Maria Francisca 3851-0793/991498115 ________________ CASA na rua Palmeiras, 178, bairro Alvorada, c/510m², 8 qts, 3 salas, 6 banheiros, sendo 3 suítes. Garagem p/2 carros. Área livre no lote de 150m². Aceita-se troca por apartamento em Monlevade ou Belo Horizonte, ou lote. Tr. 98765-2269 ________________ CASA no bairro Areia Preta, c/3 qtos (sendo 1 suíte), sala de visita, sala de jantar, sala de TV, cozinha, banheiro social, área de serviço c/banheiro, lavanderia, área de churrasco e alpendre. Tr. 3851-3596 PJ857 ________________ CASA no bairro Paineiras, c/ área de 307m² e lote 388m², sendo frente de 14m e fundos área verde c/42m². Tr. 38515121 PJ3637 ________________ CASA no bairro República, c/4 qtos (sendo 1 c/suíte e 2 c/ armários planejados), cozinha grande, varanda, área de lavanderia no terraço, piscina e sauna. Dependência p/empregada c/banheiro, garagem p/3 carros. Tr. 98674-4388 ________________ CASA no bairro Satélite, 2 andares, c/3 qtos (sendo 1 suíte c/sacada, todos com móveis planejados), sala p/2 ambientes, banheiro social, lavabo, cozinha planejada, lareira, área de serviço, área externa, espaço gourmet, garagem p/2 carros. Tr. 3851-3596 PJ857 ________________ CASA/GALPÃO no bairro

fundada em 1861, analisou o currículo de Lucas, e verificou que ele condizia com a proposta do programa, estando apto a participar. Depois, ele passou por etapas de seleção, até receber finalmente a luz verde. Por conta da pandemia, ele participará virtualmente do programa, pretendendo ainda visitar o campus da instituição, na cidade de Cambridge.

TRAJETÓRIA ESCOLAR Ao longo de sua trajetória escolar, o estudante passou pelas escolas públicas João XXIII, Israel Pinheiro (Emip), Luiz Prisco de Braga

Nossa Senhora da Conceição, área construída c/aprox. 327m², 2 lotes c/área total de 600m². Tr. 3851-5121 PJ3637 ________________ CHÁCARA em Bom Jesus do Amparo, c/2000m², c/um imóvel de 10 cômodos. R$165 mil. Tr. 99626-6721 ________________ CHÁCARA no bairro Boa Vista, c/casa, 1200m². Tr. 987040531 ________________ CHÁCARAS (4) de 5 mil metros cada em São Gonçalo do Rio Abaixo, perto da Porteira Amarela. Valor a combinar. Aceita-se carro. Tr. 38510102/98962-0102 ________________ LOJA, sobreloja e quintal na av. Alberto Lima, 1977. Área total de 714m². Tr. 99918-5050 ________________ LOTE na rua Castanheiras, bairro Sion, c/360m². Tr. 987580195 ________________ LOTE na rua Emílio Gonçalves, bairro Cruzeiro Celeste. R$65 mil. Aceita-se carro ou moto novos. Tr. Antônio 38525189/99808-3598/98704-9455 ________________ LOTE na rua Trinta, bairro Loanda, c/360 m². Tr. 98745-5636 ________________ LOTE no bairro Aclimação, c/ aprox. 588m². Excelente localização. Tr. 3851-3596 PJ857 ________________ LOTE no bairro Cidade Nova, urbanizado, c/360m². Tr. 98758-0195 ________________ LOTE no bairro Cidade Nova, c/390m², na rua 38, quadra 19. R$100 mil. Tr. 98912-9665 ________________ LOTE no bairro Metalúrgico. Tr. c/Edna ou Daniel 3851-0102 ________________ LOTE no loteamento Parques do Vale, ao lado da Lagoa Silvana, em Ipatinga, c/área total de 376m², em área residencial. C/escritura. R$120.000,00. Somente interessados. Tr. José Luiz (31) 99963-0778 _________________ LOTES no bairro Sion, c/ área de 360m². Tr. 3851-5121 PJ3637 ________________ PONTO COMERCIAL na av. Alberto Lima, nº1977, loja, sub loja e quintal. Área 714m². Tr. 99918-5050 ________________ PRÉDIO de 3 andares na av. Cândido Dias, bairro Loanda, nº1513 (possui 3 aluguéis). Tr. Edmilson 97501-8265 ________________ QUITINETE toda mobiliada no bairro Rosário, rua Angelina Ponce Martins, c/quarto, sala, cozinha, banheiro, c/52m². R$160 mil. Tr. 98721-8650 ________________ TERRENO c/7 hectares, casa colonial, ou chácaras. Na região de Abre Campo. Aceita-se troca no negócio. Tr. c/Edna ou Daniel 3851-0102 ________________ TERRENO em São Gonçalo do Rio Abaixo, c/2,5 hectares c/muita água de nascente. Tr. 97510-2426/99607-9699 ________________ TERRENO na rua Magalhães Pinto, bairro Cruzeiro Celeste, c/6.300m². R$600 mil. Tr. Antônio 3852-5189/998083598/98704-9455 ________________ TERRENO no bairro José Elói, c/190m². R$45 mil. Aceita-se moto ou carro de menor valor como parte do pagamento. Tr. 98721-8650

e Doutor Geraldo Parreiras, com os pais trabalhando arduamente para oferecer a melhor educação aos filhos. Os familiares destacam que Lucas sempre lutou muito pelos seus sonhos: “Ele sempre afirmou que dinheiro em educação não é despesa, é investimento para a vida. Ele nunca mediu esforços para conquistar os sonhos dele, e graças a Deus

tiveram pessoas boas que o incentivaram muito, entre essas, o casal Rosemeire Armond e o saudoso professor Cristiano Prandini Nunes, do Pré-Vestibular Ômega”, afirma o irmão Melquisedeque Castro. Atualmente, Lucas cursa uma especialização em finanças pela Fundação Comunitária de Ensino Superior de Itabira (Funcesi).

AVISO DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO Nº 016/2021 MODALIDADE PREGÃO PRESENCIAL Nº 016/2021 REGISTRO DE PREÇOS O DAE - Departamento Municipal de Águas e Esgotos de João Monlevade – MG, torna público que fará realizar licitação na modalidade Pregão Presencial do tipo menor preço por lote, nos termos das Leis nº 8.666/93, nº 10.520/02 suas alterações conforme Lei nº 8.883/94 e 9.648/98, e Decretos Municipais nº 123/2020 e n° 075/2008, cujo objeto é a contratação de empresa(s) especializada(s) para registro de preços de manutenção preventiva e corretiva em equipamentos utilizados pelo DAE para distribuição de água para população de João Monlevade/MG, tudo de acordo com as exigências constantes do Edital. Valor Estimado: R$ 1.186.164,39 (um milhão cento e oitenta e seis mil cento e sessenta e quatro reais e trinta e nove centavos). O Edital completo encontra-se à disposição dos interessados na sede do DAE, situado à Rua Duque de Caxias, 192 – Bairro José Elói, no horário de 08:00 às 11:00 horas e de 13:00 às 17:00 horas ou pelo site www.daejoaomonlevade.com.br, sendo a entrega das propostas até as 14:00 horas do dia 20/05/2021, no Protocolo do Setor de Suprimentos. João Monlevade, 27 de abril de 2021. José Afonso Martins Diretor DAE

3 VEÍCULOS

VENDE-SE Fiat Punto Sporting, 1.8, 2015/2016. 2º dono. Tr. (31) 99233-5021

4 DIVERSOS

VENDE-SE esterco. Tr. 995300471/3852-2474 ________________ VENDEM-SE areia e brita. Tr. Rogério 98608-0943 ________________ VENDEM-SE uma serra circular de bancada c/gabinete Dewalt 745, 220 volts; 10 serras de reserva; um esmeril c/amolador de serra e broca; uma furadeira Bosch profissional; uma serra tico-tico Bosch. Tudo por 7 parcelas de R$500,00 no cartão. Tr. Willian 3852-2719

5

Faz saber que pretendem se casar: REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL ESTADO DE MINAS GERAIS Registro Civil das Pessoas Naturais Oficial Titular: Rosa Maria Bedetti Frade Tavares Rua Brasília, n. 91, Lucília 35930-010 - João Monlevade - MG 020233 - CLEIDSON CRISTINO RITA, maior, Mecânico, residência Rua Cecília Meireles, nº 172, Palmares, João Monlevade-MG, filho(a) de JOSÉ GERALDO RITA e SIRLEI AUGUSTA RITA; e FERNANDA APARECIDA FERREIRA, maior, Vendedora, residência Rua José de Alencar, nº 216, Palmares, João Monlevade-MG, filho(a) de GILMAR PERPÉTUO FERREIRA e MARIA DE FÁTIMA PERDIGÃO FERREIRA; 020234 - FRANCISNEY FERNANDES DE OLIVEIRA, maior, Autônomo, residência Rua São Francisco, nº 30, Ernestina Graciana, João Monlevade-MG, filho(a) de JOSÉ GERALDO DE OLIVEIRA e RITA CORREIA DE OLIVEIRA; e FRANCIELLE APARECIDA FERNANDES DE ARAUJO, maior, Promotor de vendas, residência Rua Coelho Neto, nº 88, Cruzeiro Celeste, João Monlevade-MG, filho(a) de GERALDO GOMES DE ARAUJO e CONCEIÇÃO MARIA FERNANDES DE ARAUJO; 020235 - WARLEM JÚNIO DOMINGUES, maior, Lubrificador, residência Rua Barra Mansa, nº 1176, Apto 304, Bloco 16, Vale do Sol, João Monlevade-MG, filho(a) de PAULO AFONSO DOMINGUES e VANDA DO CARMO DOS SANTOS DOMINGUES; e CRISTIANE IRINEU MARTINS, maior, Chefe de serviço, residência Rua Barra Mansa, nº 1179, Apto 304, Bloco 16, Vale do Sol, João Monlevade-MG, filho(a) de e MARLENE DAS GRAÇAS MARTINS; 020236 - FÁBIO SARTORI JÚNIOR, maior, Administrador, residência Rua Campestre, nº 185, São Jorge, João Monlevade-MG, filho(a) de FÁBIO SARTORI e MARIA MARGARIDA BUENO SARTORI; e LILIANE GUIMARÃES OLIVEIRA, maior, Professora, residência Rua Campestre, nº 185, São Jorge, João Monlevade-MG, filho(a) de HELENO DE OLIVEIRA e MARIA DO CARMO GUIMARÃES OLIVEIRA;

SERVIÇOS

INVESTIGADOR particular c/10 anos de experiência. Tr. 99555-9153 _________________ PEDREIRO, serviços de alvenaria, lajes, ferragens, construção, acabamento. Tr. 98681-3393 _________________ PEDREIRO de alvenaria e acabamento. C/referência. Tr. 99921-1657 _________________ REALIZA-SE serviço de demolição em geral e limpeza. Tr. Adriano 98721-8650 ________________ SERVIÇOS GERAIS, passadeira. Tr. Marina 38514365/98838-4232

020237 - VAGNER ADALBERTO DE SOUZA, maior, Operador de processo industrial, residência Rua Antônio Loureiro Sobrinho, nº 121, Lucília, João Monlevade-MG, filho(a) de FRANCISCO DE SOUZA FILHO e VÂNIA LÚCIA GUALBERTO DE SOUZA; e GIGLIANE CRISTINA NUNES, maior, Do lar, residência Rua Antônio Loureiro Sobrinho, nº 121, Lucília, João Monlevade-MG, filho(a) de MOACIR NUNES e MARIA AUCILIADORA; 020238 - ALFREDO DOS SANTOS, maior, Ajudante de pedreiro, residência Rua Violeta, nº 61, São João, João Monlevade-MG, filho(a) de FLÁVIO VERIANO SANTOS e MARIA DAS GRAÇAS DOS SANTOS; e VANESSA MARIA, maior, Babá, residência Rua Violeta, nº 61, São João, João Monlevade-MG, filho(a) de e TÂNIA MARIA; 020239 - MARCONI FILADELFO FERREIRA, maior, Vendedor, residência Rua Montevideo, nº 295, Cruzeiro Celeste, João Monlevade-MG, filho(a) de BENEDITO FILADELI FERREIRA e MARIA JOSÉ FONSECA FERREIRA; e SHEILA MARIA LIMA, maior, Analista financeiro, residência Rua Montevideo, nº 295, Cruzeiro Celeste, João Monlevade-MG, filho(a) de BRAZ MACHADO LIMA e MARINA IMACULADA LIMA; 020240 - HENRIQUE SOARES DOS SANTOS, maior, Técnico eletroeletrônica, residência Rua Trinta e sete, nº 54, Cruzeiro Celeste, João Monlevade-MG, filho(a) de GERALDO SOARES DOS SANTOS e CECILIA TEODORO DOS SANTOS; e GRACIELE CRISTINA DIAS, maior, Vendedora, residência Rua Alice de Oliveira, nº 205, Quadra 19, Planalto, João Monlevade-MG, filho(a) de CARLOS BALBINO DIAS e ELENICE CRISTINA XAVIER;

Os contraentes apresentaram os documentos exigidos pelo art.1525 do Código Civil Brasileiro. Se alguém souber de algum impedimento, que os impeçam de se casar, que o faça na forma da Lei: João Monlevade 6/05/2021 ROSA MARIA BEDETTI FRADE TAVARES Oficial do Registro Civil Cartosoft - Automação de Cartórios do Registro Civil | www.cartosoft.com.br


Polícia 9

7 a 13 de Maio de 2021

PM investiga abordagem de militares a homem negro em Monlevade SERVENTE DE PEDREIRO LEVA SOCOS E SOFRE GOLPE 'MATA-LEÃO' DURANTE REVISTA. SEGUNDO OS PMS, ELES ATUARAM PORQUE FORAM INSULTADOS A Polícia Militar abriu um procedimento administrativo para apurar as circunstâncias de uma abordagem ocorrida na noite do dia 29 de abril no bairro Cruzeiro Celeste, em João Monlevade.O caso ocorreu em uma distribuidora de bebidas às margens da avenida Armando Fajardo, próximo ao encontro com a BR-381 e tem gerado muita repercussão, inclusive, na mídia nacional. Imagens de câmeras de monitoramento do estabelecimento mostram dois policiais fazendo uma revista em um rapaz negro, quando um deles dá um golpe em suas pernas, na tentativa de derrubá-lo. Após a queda, os PMs atracaram-se a ele no chão, na tentativa de imobilizá-lo e dão

socos nele. O suspeito tenta, de todas as formas, desvencilhar-se da ação, agitando, principalmente, as pernas, mas continua recebendo golpes, até ser agarrado por um dos militares pelo pescoço, num golpe popularmente conhecido como “mata-leão”. O golpe pode provocar a morte, porque impede a respiração do imobilizado. Em dado momento, o rapaz ergue as mãos, mas não é largado pelos PMs. Uma mulher também tenta intervir a favor do homem, mas é afastada por um dos policiais. Ela parece tentar argumentar, mas não é ouvida. De acordo com o boletim de ocorrência, o homem foi preso por desacato porque insultou os PMs. A Polícia Civil informou,

nesta segunda-feira (3), que ratificou a prisão em flagrante do suspeito pelo crime de desacato. Após o pagamento da fiança no valor de R$1.100, ele foi liberado no mesmo dia da prisão. A Polícia Militar disse que o Comando da 17ª Companhia de Polícia Militar Independente "já está de posse das imagens e irá instaurar um procedimento, para verificar a atuação dos militares". A PM reiterou que "pauta suas ações em táticas, técnicas policiais, cadernos doutrinários e seus Manuais de Procedimentos Operacionais e na garantia dos Direitos Humanos". Ainda segundo a Polícia, a investigação está em andamento e qualquer medida só poderá ser adotada após a apuração dos fatos. Reprodução

PM também apura abordagem a ambulante em São Gonçalo do Rio Abaixo A Polícia Militar também abriu inquérito para verificar uma abordagem a uma idosa em São Gonçalo do Rio Abaixo. Em vídeo que circulou amplamente pelas redes sociais, é possível ver dois policiais segurando a senhora dentro do camburão de uma viatura. Na filmagem, feita por pessoas que passavam pelo local da ação, é possível escutar a idosa gritar por várias vezes a frase “ai, meu braço quebrado!”. Na nota, a corporação diz que foi chamada pelos fiscais sanitários da Prefeitura para dar suporte a uma verificação de uma denúncia de descumprimento das medidas de contenção à Covid-19. No local, encontraram a vendedora ambulante, de 69 anos, que estava em situação irregular perante o decreto municipal. Houve uma tentativa de diálogo entre as partes que, segundo o texto, mostrou-se infrutífera. Como a mulher resistiu, foi necessário que ela fosse conduzida de “forma técnica, para preservar sua integridade física”. A nota termina dizendo que, mesmo a senhora não

POLICIAL dá golpe em homem no chão

Localizado o corpo de operário desaparecido

tendo formalizado uma queixa contra os militares, a corporação abriu um procedimento administrativo para apurar a sua conduta. Confira a íntegra do texto, enviado pelo 26º Batalhão da Polícia Militar :

NOTA À IMPRENSA

O Comando do 26° BPM informa que por volta das 10hs de segunda-feira, dia 03/05, a Polícia Militar foi acionada para apoiar os Fiscais Sanitários que atuavam no Centro da cidade de São Gonçalo do Rio Abaixo para verificar uma situação de descumprimento do decreto da prefeitura municipal n°073/2021, de 26 de abril de 2021. No local, foi constatada a veracidade da denúncia, sendo a autora uma Senhora de 69 anos que exercia comércio irregular (ambulante). Inicialmente, foram realizadas tentativas de diálogo com a senhora, a qual acabou resistindo às ações dos fiscais da Prefeitura Municipal de São Gonçalo do Rio Abaixo, ocasionando o descumprimento das medidas impostas no De-

Reprodução

FÉLIX Júnior estava desaparecido desde sábado Divulgação/PMMG

IDOSA de 69 anos foi segurada dentro de viatura

creto supracitado. Diante dos fatos houve necessidade de condução da autora, de forma técnica para preservar a sua integridade física. Por fim, o Comando do 26º

BPM informa ainda, que mesmo não havendo formalização de queixa por parte da autora, foi instaurado um procedimento para apurar os fatos.

Troca tiros com a PM e vai para o Hospital Um homem acabou no hospital na noite da última segunda-feira (3) após trocar tiros com a Polícia em Dom Silvério. Pouco antes das 21 horas, a Polícia Militar partiu para averiguar uma denúncia de que um indivíduo estaria armado no bairro São Geraldo. Segundo militares, ao chegarem à rua Antônio Alexandre Aleixo, os policiais encontraram o rapaz, de 20 anos, que estava em posse de um revólver calibre .38. Conforme a PM, em vez de

obedecer à ordem de parada, o abordado reagiu e disparou duas vezes contra um militar, que revidou e atingiu o autor da agressão, que caiu ao chão. Ele foi imobilizado, algemado e socorrido ao Hospital Nossa Senhora da Saúde, em Dom Silvério, para receber os primeiros-socorros. Segundo a Polícia Militar, o autor, a princípio, estaria fora de risco de perder a vida. O revólver usado no crime foi apreendido.

O corpo do operário Félix Júnior, desaparecido em João Monlevade, foi encontrado nas águas do rio Piracicaba, no trecho de Bela Vista de Minas, na tarde de ontem (6). Segundo o delegado regional, Paulo Tavares Neto, peritos estiveram no local para os trabalhos habituais e levaram o corpo para o IML, no Cemitério do Baú. Segundo relatos, Félix desapareceu por volta das 19

horas do sábado (1º), após supostamente ter tido um surto, enquanto trabalhava para uma empreiteira, na área da ArcelorMittal. Desde então, a busca mobilizou bombeiros, amigos e voluntários, que percorreram as matas da região do bairro Pedreira, em busca de notícias. Ao longo de cinco dias, foram feitas intensas varreduras, que contaram com um cão farejador.

Ação antidrogas apreende 22 barras de maconha em Rio Piracicaba Divulgação/PMMG

POLICIAIS verificavam denúncia quando encontraram autor

Ladrões assaltam oficina em Monlevade Um assalto a uma oficina mecânica na terça-feira (4) em João Monlevade terminou com um carro abandonado em Bom Jesus do Amparo. Por volta das 22h30, algumas pessoas estavam em uma oficina mecânica na rua Haiti, no bairro Petrópolis, quando um rapaz entrou e perguntou por alguém de nome Ronaldo, que não estava lá. Ao ouvir a negativa,

esta pessoa foi embora, voltando pouco depois acompanhado por um homem armado. Eles renderam os presentes, e enquanto um deles fechava o portão, o outros os levava para os fundos, amarrava-os e exigia que lhes dessem as chaves de um Honda Civic que estava ali, fugindo em seguida. A Polícia Militar foi acionada, e iniciou as buscas pelo veículo

e pelos bandidos, montando um cerco na altura do quilômetro 390. Algum tempo depois, o carro indicado chegou, e os ocupantes perceberam a presença dos militares. Eles tentaram escapar, aumentando a velocidade e fazendo ultrapassagens perigosas. Os policiais acompanharam a fuga, e percebendo que os bandidos usariam o

trevo como retorno, utilizaram a viatura para fechá-los. Sem saída, os marginais abandonaram o Civic e correram por uma área de mata, não sendo localizados. Agora, os trabalhos centram-se em encontrá-los e prendê-los. O carro foi removido para o pátio de Barão de Cocais.

Divulgação/PMMG

MULHER estava em carro que transportava drogas

A Polícia Militar Rodoviária (PMRv) realizou na quarta-feira (5) uma importante apreensão de drogas em Rio Piracicaba. Por volta das 13h50, uma equipe da PM realizava uma operação antidrogas na MG-123, quando reparou que um Chevrolet Celta e um Volkswagen Polo que passavam convergiram a uma rua paralela quando perceberam a fiscalização. Os militares tentaram abordá-los, mas eles fugiram através de um matagal. Os militares acionaram as

outras equipes para providenciarem o cerco e o bloqueio, sem sucesso. No entanto, uma mulher de 46 anos, que estava dentro de um dos carros, foi localizada. Ela não teve o nome identificado. Uma busca veicular revelou a presença de 22 barras de material semelhante a maconha. Ela foi presa e levada para a Delegacia de Polícia Civil de João Monlevade com a droga, dois telefones celulares e duas bolsas. A PM procura agora pelos dois suspeitos, ambos de 36 anos.


7 a 13 de Maio de 2021

10 Geral

1BSBQMBOFKBSBRVFMFEJBUŸPFTQFDJBMEP $BTBNFOUP BOJWFSTSJP 'PSNBUVSB  FOUSFNFNDPOUBUPDPOPTDP $PNFNPSB£±FTJOUJNJTUBTOPDPOGPSUPF TFHVSBO£BEBTVBDBTB SFB WFSEFPVTBMŸPEFGFTUBT $FMFCSBOEPKVOUPT PTNFMIPSFTNPNFOUPT "HVBSEBNPTTFVDPOUBUP 

XXXGFTUBTQSBUJDBTDPNCS "WFOJEB$BTUFMP#SBODP  3FQ¶CMJDB+.

Profile for jan regional

Edição 2632  

Edição 2632  

Advertisement

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded