__MAIN_TEXT__
feature-image

Page 1

%'$)V

0!7$$ ~

.).%0. .!#.=!=.

~

~

"%6!/).(.! FUNDADOR: MÁRCIO PASSOS - DESDE 1984

16 a 22 de Abril a de 2021

Ano 38 - Edição 2629 - R$1,00

Covid mata mais homens e infecta mais mulheres

Um levantamento divulgado pela Prefeitura de Monlevade mostrou que os homens são os

que mais morrem com o coronavírus no município, enquanto as mulheres são as mais con-

taminadas. A doença se alastra, principalmente, entre adultos em idade ativa e nos bairros mais

Velório: R$258 mil jogados fora

Erivelton Braz

Fechado há mais de um ano, depredado e abandonado, o Velório Municipal (foto) já consumiu R$258 mil em reformas e melhorias

que foram jogadas no lixo. Agora, a Prefeitura de Monlevade anuncia nova licitação paa reforma no valor de mais R$280 mil. Além disso,

a Prefeitura já gastou cerca de R$120 mil com aluguel de espaço improvisado. O custo total ultrapassa R$600 mil. Veja na página 3

populosos. Os dados ainda mostram que o índice de contaminação em Monlevade estava

em 1,093, o que signi- tras 109 pessoas. Essa ficava que um grupo de taxa é considerada alta 100 infectados retrans- pelos especialistas. Veja mite a doença para ou- na Página 3.


2 Opinião

16 a 22 de Abril a de 2021

EDITORIAL

CHARGE

Retrato do atraso

O velório municipal de João Monlevade está prestes a consumir mais dinheiro público. Abandonado e depredado, o espaço público bate recorde de investimentos nos últimos anos. Sem cumprir a sua função, o local se transforma num verdadeiro fune ral de recursos públicos. A má gestão das obras por par te do poder público já consumiu R$258 mil e, agora, a Prefeitura abre licitaç ão para investir mais R$28 0 mil. Isso, entre o ano de 2016 até agora. Em cinc o anos, o velór io vai c onsumir mais de meio milhão de reais. É muito dinheiro desperdiç ado, graç a à falta de f isc aliza ç ão das obras por par te dos dois ex- pre feitos e ex-vereadores das duas últimas legislaturas. Do local, foram levados objetos da es-

trutura, como a f iação, lâmpadas, torneiras e o espaço está sujo, pichado e quebrado. Falta seriedade e respeito com o dinheiro que sai dos cofres da Prefeitura. Vale lembrar que a administração municipal ainda mantém, desde 2019, um espaço alugado no bairro Santa Bárbara, ao custo de R$7,5 mil por mês. Desde janeiro de 2020 até o momento, somam-se quase R$120 mil com os pagamentos de aluguéis. O município precisa exigir garantias de qualidade dos ser viços prestados pelas empresas que executam as obras. Do contrário, o poder público f ica refém de ser viços mal feitos e gasta bem mais do que o necessário para a sua realização. O veló rio municipal, do jeito que está, é o retrato do atraso em que Monlevade está inserida.

Monlevade 57 anos, vale a pena! (*) NADJA LÍRIO FURTADO Há pouco mais de uma centena de dias assumi a direção da Fundação Casa de Cultura de João Monlevade e a cada dia que passa a soma das conquistas não diminui o saldo de desafios. Há sempre um punhado deles esperando para brotar do piso de cerâmica da sala de direção na rua Timóteo 142. Mas não venho aqui para falar sobre isso. Não necessariamente. Como dizia Pessoa: “Tudo vale a pena se a alma não é pequena”, e, para mim, a alma de toda cidade é a sua cultura, as suas muitas formas de ver, viver, criar e fazer. A nossa cultura é rica, mas passou por anos de uma desvalorização sistemática, cujas consequências percebemos no baixo consumo e na diminuída produção de bens culturais. O povo da cultura resiste firme, forte, mas muitos estão cansados. Precisamos rememorar os nossos poetas, nossos tantos artistas de todas as muitas linguagens. Precisamos acordar as crianças para todas as belezas que podem ser construídas com um pouco de emoção e coragem. Eu quero fazer parte desse resgate, junto a todos vocês. Acredito que possa ser feito. Por esse motivo, no mês do 57º Aniversário de João Monlevade, a Fundação Casa de Cultura realiza 3 projetos: os concursos de poesia e artes visuais “A Monlevade que eu sonho”, cujas inscrições encerraram dia 15 de abril, com o intuito de fomentar a arte criativa, promover a nossa memória e estimular a reflexão sobre a cidade que desejamos; o projeto “Mutirão de amor”, uma série de vídeos de performances artísticas dedicadas ao povo monlevadense; e, do dia 22 a 29 de abril, uma semana de celebração, informação, saúde, sustentabilidade e muita arte. Estamos na segunda etapa dos concursos “A Monlevade que eu sonho”, em que as Comissões Julgadoras farão a seleção de 10 poemas e 10 obras visuais. O resultado será publicado nas re-

des da Fundação Casa de Cultura, onde a população votará pelos 3 melhores de cada categoria, os vencedores receberão premiação e participarão de uma exposição pós-pandemia. O projeto “ Mutirão de amor” já conta com a participação de dezenas de artistas de várias linguagens e funciona como uma corrente: cada participante foi convidado por outro artista. As vídeo-performances, que incluem declamações de poemas, interpretações de coreografias, gravações de canções, etc, serão publicadas nas redes da Fundação diariamente, a partir do dia 19 de abril. O objetivo é compartilhar alento e emoção, e também mostrar que temos muitos grandes artistas. Quanto à programação da semana do aniversário, serão cerca de 30 atividades, dentre elas apresentações artísticas; mostra de dança; espetáculos teatrais; oficinas de teatro, canto, dança, artes visuais, agroecologia, fotografia, e muito mais. Teremos também palestras que abordarão temas como saúde mental em tempos de isolamento, nutrição preventiva e os patrimônios históricos e culturais de João Monlevade. Entre as entrevistas, papos abertos com a cantora lírica Sylvia Klein, diretamente de Berlim, o poeta e escritor Kaio Carmona, direto de Luanda – Angola, e o músico multi-instrumentista Juninho Ibituruna, que vai conversar conosco de Lisboa – Portugal. Entre os participantes e parceiros, a Universidade Federal de Minas Gerais, o Palácio das Artes, a ArcelorMittal e as secretarias municipais de Meio Ambiente, Assistência Social e Esportes. Todas as ações são voluntárias e serão realizadas remotamente, seguindo todos protocolos de segurança para a contenção do vírus da Covid-19. Em nome da Fundação, peço a vocês que aproveitem essa oportunidade. É um presente carinhoso que preparamos para vocês.

(*) NADJA LÍRIO FURTADO é cantora, compositora e diretora-presidente da Fundação Casa de Cultura

Marca dos 100 dias (*) ERIVELTON BRAZ Na último sábado (10), prefeitos e vereadores completaram 100 dias dos mandatos assumidos em 1º de janeiro. A marca é emblemática para quem exerce a função pública. É que passados mais de três meses nos cargos, os chefes do Executivo e parlamentares já tiveram tempo para sinalizar a que vieram e a população também pode sentir como será o tom da gestão. A data, conforme cartilha do Marketing Político e governamental, é importante para quem foi eleito, pois é depois desse período que a opinião pública, a oposição parlamentar e a imprensa têm condições de traçar um “perfil ” do governo que está gerindo o município. Os primeiros 100 dias, historicamente, funcionam como cartão de visita. Além disso, os dias resumem bem se o governo terá ou não a capacidade de realizar as promessas firmadas em campanha. Em Monlevade, por exemplo, o prefeito Laércio Ribeiro (PT) e o vice, Fabrício Lopes (Avante) prometeram uma série de ações para 120 primeiros dias. A marca será no fim do mês e o prefeito promete divulgar um balanço do período. Até o momento, percebe-se um bom entrosamento do prefeito e vice, vistos sempre juntos, em reuniões, eventos e na tomada de decisões importantes do município. Na campanha, ambos anunciaram que uniriam a experiência de um à juventude do outro, para trabalhar por Monlevade. Fabrício assumiu a importante Secretaria de Planejamento, que tem a missão de arrancar projetos e garantir o cumprimento de metas da gestão. Além do entrosamento entre eles, os 100 primeiros dias foram marcados por convergência com várias classes, políticas, empresariais e comunitárias, o que demonstra abertura do governo ao diálogo. Isso é um ponto positivo, já que não havia diálogo no governo da ex-prefeita Simone Carvalho (PTB), marcado por decisões unilaterais e verticais do

marido dela. Isso é um ponto positivo para a atual gestão, uma vez que, na atualidade, força e competência devem estar aliadas à capacidade de dialogar com todos os grupos. Percebe-se uma aproximação também com a Câmara Municipal que ainda não demonstrou se a maioria dos parlamentares será situação ou oposição. O diálogo, na verdade, tem sido mais amistoso do que de embate. A olhar pelos 100 primeiros dias, Laércio e Fabrício terão vida fácil com os vereadores. Isso, porque não há, por enquanto, nenhum nome que se destaque como voz da oposição na atual legislatura. Mas tudo pode mudar, como as nuvens. Outra percepção desses 100 primeiros dias da administração em Monlevade trata-se do foco em Saúde e enfrentamento da pandemia, desafio maior de todos os gestores do país. Tentando conciliar economia e saúde, a administração em Monlevade apertou alguns segmentos, mas cedeu em outros e tem ainda o desafio de tirar as pessoas da rua. Precisa de mais comunicação e ações para evitar aglomerações em casas lotéricas, bancos e nas principais ruas e avenidas. Os ônibus também precisam de atenção para evitar superlotação. Mas em linhas gerais, o governo Laércio tomou medidas importantes como os repasses ao Hospital Margarida para enfrentar a Covid. No entanto, nos primeiros 100 dias, ficou devendo ampliar a comunicação com a população. Faltou estreitar laços nas redes sociais, fazer lives, conceder entrevistas para a imprensa, fazer mais pronunciamentos. Ainda não ficou exatamente claro o que Laércio pretende fazer, a longo prazo, durante a sua gestão e qual será a principal missão e a marca que ele quer deixar do seu governo. Pode-se dizer que começou bem, mas Monlevade merece mais. A torcida é que os acertos sejam maiores que os erros, o que fará o governo crescer. Ainda é cedo para qualquer afirmação definitiva porque sempre é tempo de mudanças.

(*) ERIVELTON BRAZ é editor do A Notícia e fundador da Rotha Assessoria em Comunicação

Vamos falar sobre Empatia? (*) ALESSANDRA TELES

Empatia é uma habilidade social. Muito tem se falado sobre essa compreensão emocional, principalmente diante da tempestade que estamos atravessando. Esta competência exige ternura, compaixão e impulso ao altruísmo. Atenção ao que é dito e ao que não é dito. Trata-se de generosidade e acolhimento. Empatia é sobre conexão, escuta ativa sem interrupções e formulação mental de uma resposta ou conselho. A empatia lida com as emoções do outro. É sobre ele, não sobre você. É ser coadjuvante de uma história, participar da narrativa alheia com interesse sincero. É coração conversando com coração. Temos um termômetro emocional que é uma espécie de regulador imaginário. A gente aprender a ler o outro. Se o momento for delicado, de extrema raiva, tristeza, desespero e emoções afins, o melhor a se fazer é o ouvir. O conselho pode até ser bem-vindo, mas cuidado! É importante um pedido claro - e se fosse com você? Aconselhar nessas horas pode ser um terreno minado. Pessoas são diferentes, com expectativas e reações diferentes. E se serve um conselho - evite aconselhar. Deixa o outro esvaziar. Uma sugestão errada, na hora errada e da forma errada pode ser catastrófica e difícil reversão. Talvez não seja uma boa hora para manifestos verbais. Quem sabe num outro momento, quando a água estiver menos turva. Se o interlocutor disser - tenho certeza - é melhor deixá-lo com sua certeza e depois ponderar. Vá por mim, a chance de se fazer

entender é próxima de zero. Recue. Quando meu pai faleceu eu passei por todas as famosas fases do luto: negação e isolamento, raiva, barganha, depressão e aceitação. Quando estava no primeiro estágio, da negação e isolamento, eu levei bem à sério esse momento e me desconectei mesmo do mundo. Criei um escudo imaginário, ninguém me acessava. Estava nos lugares de corpo presente. Saía do serviço às 17h59 e corria para casa ficar na minha redoma. Só eu comigo mesma. Aí vocês devem estar se perguntando? O que tem a ver fases do luto com empatia? Tem a ver que uma grande amiga minha, a Pat, soube interpretar o que sentia com maestria. Ela me procurava e eu dizia: “quero ficar quietinha no meu canto”, ligava de novo e a resposta era a mesma, passados uns 10 ... 15 dias, ela não desistiu de mim e respondeu “Lê, eu sei que quer ficar sozinha no seu canto, então eu vou aí ficar quietinha com você”. Ela veio, não forçou conversa, trouxe um lanche e me acolheu com o olhar e o ombro. Chorou junto comigo. Era disso que precisava, esvaziar. Ela foi o alfinete que estourou a bolha. Empatia querido leitor, não é resolver o problema do outro e sim sentir pelo outro. E neste momento que tal praticarmos mais da empatia? Se alguém com problemas de saúde, ou que os negócios estão difíceis, se sente angustiado, triste, não faça uma batalha de quem tem ou não o problema maior. Como já dizia Caetano, cada um sabe a dor e a delícia de ser o que é.

(*) ALESSANDRA TELES é monlevadense e especialista em RH

COXIA Lotado

Bastidores

Apesar de ter aumentado os leitos do CTI e da enfermaria, o Hospital Margarida segue lotado. Antes, eram 10 leitos de CTI e, agora, são 25. Também eram 12 leitos de enfermaria e, agora, são 24. Mesmo assim, a casa de saúde segue lotada. Sinal que, se não frear a contaminação, sempre haverá colapso na área de saúde. A responsabilidade é de todos. A dica é manter o isolamento social, lavar as mãos com frequência e usar máscaras. É hora de evitar sair sem necessidade e ter cuidado com a saúde.

Também nos bastidores, corre o nome do ex-prefeito de São Gonçalo do Rio Abaixo, Antônio Carlos Noronha Bicalho (PDT), para tentar uma vaga no Legislativo estadual. Será?

120 dias Laércio e Fabrício deixaram passar em branco a marca dos 100 dias de governo, celebrado no último sábado (10). No entanto, conforme apurado, vão esperar os 120 dias, completos no fim do mês, para falar das ações do início do mandato. Na campanha, o prefeito prometeu melhorar vários pontos da cidade em um plano emergencial de quatro meses. A data também será próxima do aniversário da cidade. O que vem por aí?

Promessas Algumas das promessas ainda não saíram do papel. É o caso da reconstrução da ponte no bairro Santa Cruz, levada pela enchente há anos. Outras ações seriam implementadas na área da saúde, social e econômica, além de mudanças e melhorias no trânsito da cidade.

Rotatória A rotatória que vai ligar as avenidas Getúlio Vargas à Gentil Bicalho, na Praça Domingos Silvério, ainda não saiu do papel e era uma das promessas do plano de 120 dias. A promessa, feita em janeiro, animou os motoristas, mas ainda não foi cumprida. O governo prometeu melhorias no trânsito em três meses. Algumas intervenções foram feitas, mas ainda faltam outras. O povo está cobrando...

Djalma Bastos Djalma Bastos (PSD) afirmou que será candidato a deputado estadual no ano que vem. O ex-vereador não tentou a reeleição em 2020 porque queria se afastar. Agora, garante que vai para a disputa a um cargo na Assembleia de Minas.

Tito e Mucida Falando em Assembleia, O Médio Piracicaba já tem dois representantes: os deputados Tito Torres (PSDB) e Bernardo Mucida (PSB). Ambos ampliam a representação da região e vêm fortes para disputar os votos.

Falsa vacina A Polícia Federal investiga o caso da falsa enfermeira que também teria vindo a Monlevade aplicar a falsa vacina que, na verdade, era soro fisiológico. No entanto, não há confirmação se ela esteve por aqui e quem foi enganado por ela. Mesmo assim, há rumores de que figurões da política estariam envolvidos no esquema montado pelo dono da Saritur, empresa que presta serviços também em cidades da região. As investigações continuam.

Muro Uma máquina que presta serviço para a Prefeitura perdeu o freio e quebrou parte do muro do Estádio Louis Ensch, no Areia Preta. A Prefeitura disse que a empresa vai ressarcir os prejuízos. Falando em estádio, o local está completamente abandonado e repleto de mato. Uma lástima.

Decretos A sucessão de decretos para regular o comércio em João Monlevade provoca nós nas mentes de lojistas, clientes e cidadãos. A cada semana, as regras para funcionamento dos estabelecimentos mudam, deixando os monlevadenses cada vez mais confusos e alimentando as críticas ao governo de Laércio Ribeiro (PT). Esperemos a próxima mudança...

Prisão A operação República, desencadeada pelas polícias Civil e Militar, acabou com uma quadrilha que assaltava comércios em João Monlevade. Entre os presos, está um policial militar. Para quem acha que polícia não prende polícia, essa é uma resposta. Demonstra que a corporação é séria e não tolera crimes, mesmo entre os seus membros. De toda forma, a prisão de um policial suspeito de praticar associação criminosa não é uma boa notícia para a corporação.

Emip O A Notícia agradece ao gentil convite da Escola Municipal Israel Pinheiro (Emip) para a aula virtual ministrada no último sábado (10), para falar sobre a Covid-19 em João Monlevade e sobre a cobertura jornalística da pandemia. Em especial, o jornal agradece à professora Rita Carolino pela oportunidade.

4XHPOrVDEHRTXHGL] Diretora Geral: Maria Cecília A. Passos Registro profissional: MG07860JP

Editor: Erivelton Braz Assistente: João Vítor Simão Diagramação e Arte: Julieta Bittencourt Gráfica Nina: Guilherme Bessa e Sanzio Miranda Impressão: Editora Gráfica Nina Publicado desde 1984 - Propriedade da empresa A Notícia Regional Ltda. Circulação: João Monlevade e região Av. Rodrigues Alves, nº 78, República, João Monlevade/MG


Geral 3

16 a 22 de Abril a de 2021

Coronavírus infecta mais mulheres e mata mais homens em Monlevade De acordo com um levantamento divulgado pela Prefeitura, com dados do último dia 8, as mulheres são a maioria a contrair a Covid-19 em João Monlevade: 51%. No entanto, são os homens que mais morrem, respondendo por 53% dos óbitos. A faixa etária a mais perder cidadãos é aquela entre os 70 e os 79 anos, com 33,3% dos falecimentos, seguida pelos grupos entre 60 a 69 anos (25%), entre 80 e 89 anos (16,6%) e entre 50 a 59 anos (15,27%). Já quando se trata de contaminação, os adultos em idade ativa são a maior parte dos casos comprovados da Covid-19 no município. De acordo com o estudo, 77,73% dos contaminados pelo coronavírus têm entre 20 e 59 anos. O boletim é semanal e divulgado todas as sextas-feiras, porque leva em consideração, a semana epidemiológica.

Conforme os dados divulgados, até a última semana, a faixa mais afetada é aquela com pessoas com idades entre 30 e 39 anos, com 1.430 ocorrências, o equivalente a 23,45% do total das 6.098 anotações da Covid-19. Em seguida, aparece a faixa entre os 40 e os 49 anos, com 1.194 registros, o que representa 19,58%. Logo em seguida, aparecem os cidadãos entre os 20 e 29 anos, com 1.114 casos, ou 18,26% do universo. Por outro lado, os monlevadenses com menos de 20 anos são 7,44% das contaminações pelo coronavírus na cidade. Ao todo, 68% dos pacientes com a Covid-19 comprovada apresentaram algum sintoma da doença, enquanto 32% foram assintomáticos. O levantamento mostrou que os bairros com mais casos foram o Loanda (417), o Cruzeiro Celeste (313), o Rosário

(220) e o Santa Bárbara (205), regiões com população maior e mais pessoas em idade ativa. Por outro lado, os bairros com menos ocorrências foram o Corumbiara de Vanessa (5), Estâncias Burian e Pedreira (3 cada um) e Beira-Rio, com dois registros. Já os bairros com mais mortes são Santa Bárbara (11), Cruzeiro Celeste (10), Loanda e Rosário (8 cada um). Segundo os dados divulgados, 71% dos que perderam a vida tinham alguma comorbidade, sendo as mais comuns as cardiopatias, a diabetes, as doenças pulmonares e a obesidade. O índice de pessoas cumprindo tratamento em João Monlevade chegou a um pico de 807 cidadãos no início de abril, o que representa 1% da população do município com o coronavírus ao mesmo tempo. De acordo com o boletim epidemiológico, divulgado

Acom/PMJM

CENTRAL da Covid atende pacientes com suspeita da doença

na última quarta-feira (14), eram 616 os monlevadenses em processo de recuperação. Em 8 de abril, a taxa de transmissão estava em 1,093, o que significa que um grupo de 100 infectados retransmite a doença para outras 109 pessoas. Essa taxa é considerada alta pelos especialistas.

Obras no velório passam de R$600 mil

Hospital dobra leitos de CTI e enfermaria, mas segue lotado O Sistema Único de Saúde (SUS) acaba de autorizar o funcionamento de mais 10 leitos para o CTI do Hospital Margarida. Desde a terça-feira (13), a casa de saúde conta com 25 leitos de CTI para a Covid. Os leitos estão montados no quarto andar, reservado para o setor especial para tratar a doença e serão usados conforme demanda. Recentemente, a enfermaria especial para Covid também duplicou os leitos de 12 para 24. Porém, apesar da ampliação, o Hospital Margarida segue lotado. De acordo com o boletim da casa de saúde, com dados das 16h de ontem (15), o CTI abrigava 24 pacientes, o que equivale a 96% de sua capacidade. Já a enfermaria especial, que trabalha com 67% de sua capacidade, atende a 18 pacientes. Segundo o provedor da entidade, José Alberto Grijó, a ampliação de 100% dos leitos de CTI e da enfermaria só foi possível com recursos destinados pela ArcelorMittal Brasil, Prefeitura e Câmara de Monlevade. "O Hospital agradece às parcerias público e privadas que estão contribuindo para o enfrentamento da doença. Agradecemos à ArcelorMittal,

Erivelton Braz

VELÓRIO Municipal está abandonado e depredado

Arquivo JAN

HOSPITAL MARGARIDA tem muitos pacientes com Covid

a Prefeitura e à Câmara de João Monlevade que, mais uma vez, mostraram-se sensibilizadas e não medem esforços para que o Hospital garanta atendimento aos cidadãos", destacou José Alberto. A parceria entre a Prefeitura de João Monlevade e o Hos-

pital Margarida possibilitou o credenciamento de dez leitos no Centro de Terapia Intensiva (CTI). Antes, eles não recebiam recursos federal ou estadual. Agora, o Ministério da Saúde destinará R$480 mil por mês para a manutenção desses leitos. “Já desenvolvemos uma

série de ações em prol do hospital, inclusive com parcerias envolvendo a Câmara Municipal e a ArcelorMittal. O credenciamento desses leitos está coroando este esforço de toda à comunidade em prol do Hospital Margarida”, disse o prefeito Laércio Ribeiro (PT).

Posto de Identificação da Câmara de Monlevade retoma atendimento A partir da próxima segunda-feira, 19, o Posto de Identificação da Câmara Municipal de João Monlevade voltará a atender. As pessoas que já tinham feito o agendamento antes do fechamento temporário do Posto para a emissão da carteira de identidade não precisarão agendar novamente. Funcionários do setor já estão entrando em contato para marcar uma nova data para o atendimento. De acordo com a gerente do Posto de Identificação, Tarsila de Figueiredo Diniz Bitencourt, cerca de 50 pessoas aguardam o reagendamento. O Posto de Identificação paralisou os atendimentos em março, aderindo à Onda Roxa do Governo do Estado e ao Decreto Municipal restringindo o atendimento presencial. Agora, as atividades retornam tomando todas as medidas necessárias para evitar aglome-

ração e a possível transmissão do Coronavírus. Os agendamentos serão feitos um por vez. De acordo com o presidente da Casa, Gustavo Maciel (Podemos), o retorno do atendimento é de suma importância, além de ser uma necessidade do cidadão. “Infelizmente, o Posto precisou ficar fechado nesse período, não por uma vontade nossa, mas por uma necessidade diante da pandemia. Sabemos da importância e urgência que as pessoas têm em emitir o documento, mas também precisamos ser responsáveis pensando na integridade da população e do servidor da Casa”, disse. O presidente Gustavo destacou que vem estudando, juntamente com os funcionários do setor, medidas para facilitar o atendimento e, principalmente, o agendamento. Segundo ele, nos próximos dias será apresentado um novo meio para o

agendamento. “Temos ciência da dificuldade que muitas vezes o cidadão tinha para fazer o agendamento, que antes era por telefone. Já estamos estudando a nova modalidade de agendamento que irá facilitar para o cidadão, além de ser mais transparente”, falou.

POLÍCIA AFIRMA QUE EMITIU 212 DOCUMENTOS Nesta semana, a Polícia Civil afirmou que emitiu 212 carteiras de identidade neste ano e que, mesmo frente à pandemia do novo coronavírus e diante de dificuldades, mantém o serviço. O cidadão que necessitar do documento deve encaminhar e-mail para identif icacaojoaomonlevade1@ gmail.com. A Polícia informa que é preciso especificar a urgência ou emergência.

Segundo a chefia da 4ª Regional, a análise das urgências e emergências se dará pela equipe da Polícia Civil, seguindo exclusivamente o determinado pelo Governo do Estado. “Entendemos a demanda reprimida e optamos pelo agendamento online diante das reclamações dos cidadãos sobre dificuldade de contato telefônico para agendamento. Todos que solicitam agendamento via e-mail e comprovam a urgência ou emergência são atendidos nesta delegacia. Como informei, devido ao baixo número do nosso efetivo e ao andamento das investigações, dispomos de uma servidora na delegacia para emissão de carteiras de identidade. Apesar de todos os desafios, o retorno tem sido positivo por parte da população”, enfatizou o delegado Paulo Tavares.

A Prefeitura de Monlevade publicou novo edital para reformas no velório municipal. Agora, o valor global da obra é de R$279.006,76. Somados aos R$200 mil investidos em 2016, na gestão do ex-prefeito Teófilo Torres (PSDB) e dos R$58 mil, na reforma do telhado, pagos pela administração Simone Carvalho (PTB), o custo das obras no local ultrapassa R$500 mil, gastos nos últimos cinco anos. A abertura dos envelopes da nova licitação será dia 3 de maio. A gestão Teófilo entregou as obras de melhorias diversas, como ampliação da varanda, construção e reformas de banheiros, pintura, troca de piso, além de instalações elétricas, paisagismo e construção de bancos de concreto. Pouco tempo depois, no governo Simone, o prédio apresentou vazamento e in-

filtração no telhado, exigindo obra emergencial. No entanto, apesar de tantos investimentos, o local está abandonado, depredado, pichado, sujo e sem qualquer condição de uso. Do velório, foram roubadas até a fiação e torneiras. A capela para orações, que fica ao lado do espaço, se transformou em dormitório para andarilhos e animais abandonados. Desde janeiro do ano passado, a Prefeitura paga cerca de R$7,5 mil por mês pela locação do prédio para abrigar um "velório provisório", no bairro Santa Bárbara. Ao todo, o município já pagou cerca de R$120 mil aos proprietários do espaço. Se considerado essa despesa, os gastos com velórios em Monlevade pagos pela Prefeitura chegam a R$658 mil.

João Monlevade já vacinou 11,5 mil pessoas Em João Monlevade, 11.541 pessoas já tomaram, pelo menos, a primeira dose das vacinas contra a Covid. Em relação à segunda dose, 3.552 já foram imunizadas. Até a última sexta-feira (9), o município tinha 11.183 vacinados em primeira dose e 2.692 em segunda dose. A vacinação continua hoje (16), em idosos com 65 anos, segundo a Vigilância em Saúde (Visa). A aplicação da primeira dose será para quem tem 65 anos e 11 meses de idade, 65 anos e 10 meses de idade e 65 anos e 9 meses de idade. Também continua a vacinação de idosos com idade de 66 a 69 anos. A aplicação será na Igreja Sagrado Coração de Jesus, em frente à Câmara Municipal, de 8h30 às 15h (no sistema Drive thru – veículo); no Centro Comunitário do Cruzeiro Celeste, rua Nova York, de 7h30 às 11h e de 13h às 15h (no

sistema tradicional – a pé), e no Centro Educacional em Car neirinhos, de 8h30 às 15h (no sistema tradicional – a pé). Também hoje, a Visa continua a aplicação da segunda dose da vacina entre os idosos com mais de 70 anos, conforme a data que consta no cartão de vacinação. O local de vacinação desta faixa etária continua no Centro Educacional, em Carneirinhos, de 8h30 às 15h, (no sistema tradicional – a pé). Já a aplicação da segunda dose entre profissionais de saúde também prossegue hoje, no Centro de Saúde Padre Hildebrando no bairro Vila Tanque, de 7h30 às 11h e de 13h às 15h (sistema tradicional - a pé). A Visa destaca que o intervalo entre a primeira e a segunda dose é de, no mínimo, 15 dias para quem tomou a vacina Coronavac, e de 90 dias para a Astrazeneca.


4

16 a 22 de Abril a de 2021

Região

Mapeamento de Distrito Industrial identifica áreas em São Gonçalo A Prefeitura de São Gonçalo do Rio Abaixo realiza um novo mapeamento do Distrito Industrial, áreas I e II. De acordo com a secretária de Desenvolvimento Econômico, Maria Inês de Araújo Moreira, o objetivo do trabalho é identificar as áreas já concedidas e as disponíveis no Distrito I e avaliação do Distrito II, para ampliar a divulgação aos inte-

ressados na instalação de empresas no local. O engenheiro Agrimensor, Hudson Fernando da Silva Rodrigues, da Secretaria de Serviços Urbanos, é um dos responsáveis pelo mapeamento. Ele informa que os trabalhos estão em andamento e abrangem um estudo amplo da área, com levantamento topográfico conforme normas técnicas,

onde se relacionam todas as mudanças efetivadas em um empreendimento civil durante sua execução e, também, durante o seu uso. Segundo o levantamento, atualmente, estão disponíveis no Distrito I A - 11 áreas, com 35.168,51 m². No Distrito I B - 17 áreas, em um total de 107.540,98 m². O Distrito II possui 10 áreas, com 154.300,82 m².

Márcio Passos assume Secretaria de Governo de Itabira MÁRCIO já ocupou o mesmo cargo na década de 90, na gestão de Li Guerra

Divulgação

O jornalista Márcio Magno Passos assumiu, ontem (15), a Secretaria de Governo de Itabira. Ele substitui Gabriel Quintão, que passa a comandar a Assessoria de Gestão, Programas e Metas. Márcio Passos, 70, já ocupou a mesma função durante o governo de Olímpio Pires “Li” Guerra (1993-1996), e agora é responsável pela coordenação política da gestão de Marco Antônio Lage (PSB), pelo relacionamento com a Câmara Municipal e pela comunicação do Executivo. Já a pasta a ser chefiada

por Quintão será reestruturada, com o objetivo de ser a Assessoria de Relações Institucionais, absorvendo parte das funções da Secretaria de Governo. Serão atribuições do novo assessor as relações da Prefeitura com entidades sociais, políticas, econômicas e culturais, além dos entes federais, estaduais e regionais. De acordo com o prefeito Marco Antônio Lage, a mudança se dá a partir de uma observação da necessidade de expandir a representatividade de Itabira em outras esferas, além de fortalecer a relação

com as instituições locais. “Nestes 100 primeiros dias analisamos que a Secretaria de Governo tem muitas atividades internas e locais, também muito importantes. Sentimos a necessidade de ter este braço mais institucional, cujo perfil do Gabriel se adequa bem. E passamos a contar com toda experiência do Márcio Passos nessa coordenação política”, comenta o prefeito. Na terça-feira, o prefeito já havia informado a substituição de Eliana Horta por Luciana Sampaio na Secretaria Municipal de Saúde.

TRAJETÓRIA Fundador do A Notícia, em 1984, Márcio Passos deixou o comando do jornal em 2014, quando se aposentou. Ele tem larga experiência em consultorias políticas para prefeituras da região, além de ter coordenado dezenas de campanhas eleitorais, em mais de 50 anos de carreira como comunicador e especialista em Marketing Político, sendo uma das principais referências no seguimento.

Bela Vista abre processo seletivo para 44 vagas A Prefeitura de Bela Vista de Minas publicou nesta semana edital para a realização de Processo Seletivo Público para contratação temporária de profissionais que desenvolverão atividades de nível médio e superior no órgão. O Processo Seletivo visa à contratação temporária de 44 (quarenta e quatro) profissionais nas funções de: Agente Comunitário de Saúde, Agente de Combate a Endemias, Assistente Social, Psicólogo,

Técnico de Enfermagem, Enfermeiro, Médico, para prestarem serviços nos departamentos municipais de saúde e assistência social. Conforme a administração, as inscrições para o Processo Seletivo serão realizadas via internet, pelo site: https://concurso.fundacaocefetminas.org. br. O candidato, no ato da inscrição, deverá estar ciente e ter a aceitação das normas e condições estabelecidas no Edital, em relação às quais não poderá

alegar desconhecimento. O edital e as demais informações do processo podem ser obtidas pelo QR Code.

Em São Gonçalo, Ouvidoria Municipal já atendeu 600 pessoas

Nívia MartinsACOMPMSGRA

TRABALHOS de reestruturação e atendimento por telefone e e-mails continuam

A Prefeitura de São Gonçalo do Rio Abaixo está reestruturando o serviço da Ouvidoria Muni-

cipal. Mesmo assim, a população está sendo ouvida e já somam mais de 600 atendimentos.

De acordo com o responsável pela reestruturação, Breno Augusto Aranda Vieira, os trabalhos de orientação e direcionamento dos serviços oferecidos no município continuam. Além disso, o setor está criando campanhas que irão divulgar a importância da participação do cidadão. A alteração é devido a onda roxa que restringe o atendimento a telefones e e-mails. A Ouvidoria tem papel importante na elaboração de políticas públicas que atendam às demandas da população de forma democrática e visa garantir transparência aos órgãos públicos. O telefone de contato da Ouvidoria é o (31) 3820-1951 e-mail: ouvidoria@saogoncalo. mg.gov.br.

Divulgação

DISTRITO Industrial de São Gonçalo tem áreas disponíveis

Prefeitura implanta acolhimento psicológico para servidores A Prefeitura de São Gonçalo quer oferecer uma melhor qualidade de vida para o servidor público e implanta, pela primeira vez, um serviço de acolhimento psicológico para funcionários. O setor de Recursos Humanos (RH) agora conta com a psicóloga Valesca de Assis Medrado, que atuará em todas as secretarias com um trabalho de gestão de pessoas. Segundo Valesca, o serviço será direcionado por demanda, conforme avaliação de cada secretário ou responsável dos setores. “Todos os casos serão avaliados e se necessário sugerido o encaminhamento”, explica.

Uma das ações já realizadas foram Encontros de Acolhimento com os Monitores, responsáveis pelas orientações aos cuidados contra a disseminação da Covid-19. Divididos em grupos, os monitores expuseram suas experiências e tiraram dúvidas quanto aos trabalhos e, principalmente, a forma de lidar com o público das mais diversas personalidades. Um outro projeto do RH a ser implementado junto à Secretaria de Administração é o Programa de Atenção aos Servidores na Prevenção ao Uso de Drogas no Ambiente de Trabalho. Esse consiste

em desenvolver atividades educativas e de conscientização do problema do uso e abuso de substâncias psicoativas no trabalho. A secretária de Administração, Margareth do Rosário Rodrigues de Almeida Pereira, considera que a contratação da psicóloga irá contribuir para a implementação dos trabalhos de Gestão de Pessoas. “Através dos atendimentos poderemos identificar as necessidades e insatisfações dos servidores no ambiente de trabalho, o que possibilitará melhoria do bem estar destes”, acrescenta.

Itabira cria moeda social que pagará R$140 a 4.579 famílias SEGUNDO PREFEITO, MEDIDA É PERMANENTE A Câmara Municipal de Itabira aprovou, nesta semana, a criação da “Facilita”, moeda social custada pela Prefeitura, a ser paga a 4.579 famílias que vivem em situação de vulnerabilidade no município. Conforme o Projeto, de autoria do Executivo Municipal, será paga a quantia de R$140,00 a cada beneficiário para a compra de alimentos, gás de cozinha, produtos de limpeza e de higiene pessoal.

Segundo a Prefeitura, no primeiro ano de aplicação, serão disponibilizados R$5.769.540,00. Conforme o prefeito Marco Antônio Lage (PSB), o benefício não é auxílio emergencial, porque é permanente, incluído no rol de outros mantidos pela Secretaria Municipal de Assistência Social. O projeto agora segue para segunda votação e aguarda sanção do prefeito.

Inscrições para Lei de Incentivo à Cultura seguem até 21 de maio A Prefeitura de São Gonçalo do Rio Abaixo lançou três editais da Lei Municipal de Incentivo à Cultura para apoiar projetos culturais a serem realizados no município. O período de inscrição teve início no dia 7 de abril e vai até o dia 21 de maio. Poderão apresentar projetos artístico-culturais pessoas físicas ou jurídicas residentes em São Gonçalo do Rio Abaixo há no mínimo dois anos e que tenham atuação comprovada na área cultural. Os projetos aprovados serão financiados com recursos próprios do município. Para a elaboração e inscrição dos projetos, os interessados deverão observar as exigências dispostas na Instrução Normativa 01/2021 e nos Editais 01/2021, 02/2021 ou 03/2021, conforme enquadramento do projeto cultural a ser apresentado. Os documentos completos estão disponíveis para consulta e download no site www.saogoncalo. mg.gov.br O lançamento dos editais da Lei de Incentivo à Cultura é uma das ações do pro-

Divulgação

NA FOTO, o Centro Cultural de São Gonçalo do Rio Abaixo

grama Cultura em Casa, que tem como objetivo facilitar o acesso a atividades culturais, incentivar a produção artística e promover entretenimento para a população. A iniciativa reúne uma série de ações promovidas pela Prefeitura durante o período de isolamento social, de forma a possibilitar que o público tenha acesso a atividades e eventos culturais sem precisar sair de casa. De acordo com o secretário de Cultural Aulus Rodrigues, os editais da Lei de Incentivo à Cultura são fundamentais

para a garantia de uma produção cultural com liberdade e diversidade, pois é o próprio artista, grupo ou entidade cultural que constrói a sua proposta de trabalho. “A Lei de Incentivo não é importante apenas para o setor artístico do município, mas também para que toda a população são-gonçalense tenha, cada vez mais, acesso à cultura”, destacou. Para mais informações, os interessados poderão entrar em contato pelo e-mail cultura@ saogoncalo.mg.gov.br ou pelo telefone (31) 3820-1901.


Geral 5

16 a 22 de Abril a de 2021

Rotatória prometida por Prefeitura ainda não saiu do papel GOVERNO LAÉRCIO DIZ QUE NÃO HÁ ATRASO, MAS OBRAS NO TRECHO NÃO FORAM INICIADAS A Prefeitura de João Monlevade ainda não tirou do papel a proposta de voltar com um “retorno em gota” no trânsito na Praça Domingos Silvério, sentido à avenida Gentil Bicalho. A ideia é evitar que o motorista tenha que seguir até à rua Hidelbrando Santana, para subir sentido Santa Bárbara. A medida evitaria um gargalo na região da Caixa Econômica, que está quase sempre congestionada. “Seria bom se voltasse (ao que era antes). É o que eu mais queria, está até demorando. Dar aquela volta terrível é demais com o combustí-

vel no preço que está”, afirma o aposentado Rubens Nazareno de Souza. Weverton Portes, que trabalha em uma banca na praça Domingos Silvério, também é favorável à instalação da rotatória, pois, segundo sua percepção, a saída desafogaria o trânsito na avenida Getúlio Vargas, e permitiria mais opções de trajetos aos motoristas. Anunciadas em janeiro como uma “revolução no trânsito”, as mudanças na região central foram realizadas parcialmente, retomando o sentido de algumas vias. Porém, a rotatória que interliga as avenidas

Getúlio Vargas à Wilson Alvarenga e Gentil Bicalho não foi executada. À época do anúncio, a Prefeitura afirmou que poderia concluí-las em 30 dias. Enquete do A Notícia mostra que 83% dos entrevistados aprovaram as mudanças já realizadas. Ressalta-se que elas só foram possíveis porque a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), a Associação Comercial, Industrial e Prestação de Serviços de João Monlevade (Acimon) e o Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas, Material Elétrico e Eletrônico de João Monlevade (Sime)

PESQUISA CDL MONLEVADE

João Vitor Simão

ROTATÓRIA faria ligação de avenidas

71% das empresas terão demissões, e dois terços atrasam salários

se uniram e compraram um conjunto semafórico novo, pelo valor de R$38 mil. Outra proposta anunciada pelo governo Laércio Ribeiro (PT) e que ainda não foi executada, é controlar o tráfego de veículos pesados nos horários de maior movimento no centro da cidade. Outra medida ainda pendente é a proibição do estacionamento de carretas e “cavalos mecânicos” no centro. Os veículos estacionados atrapalham a visão de motoristas e podem servir de esconderijo ou escada para marginais. Outro projeto anunciado em janeiro

e ainda não realizado trata da substituição de quebra-molas por lombadas eletrônicas.

PREFEITURA DIZ QUE ESTÁ NO PRAZO Conforme a Prefeitura, as obras no trânsito estão sendo realizadas “dentro do nosso cronograma, portanto não há atraso”, embora tenha-se passado dois meses do anúncio das mudanças. No entanto, o governo não anunciou quando serão executadas ou finaliza-

das. “Estamos fazendo todos os estudos necessários de planejamento para que na hora que os serviços comecem haja o menor impacto possível no trânsito. Tão logo todo este planejamento termine, vamos executar a obra. Lembrando que toda parte de mobilidade urbana e o estudo de tráfego já estão sendo concluídos e muito em breve a Prefeitura fará a modificação naquele trecho do trânsito. As intervenções já feitas não só melhoraram o fluxo como também atendeu à reivindicação de toda cidade”, disse a administração ao A Notícia.

Supermercados abertos no sábado e fechados no domingo NOVO DECRETO APRESENTA FLEXIBILIZAÇÃO DE ALGUNS SETORES Erivelton Braz

REGIÃO central de Monlevade

Uma pesquisa realizada pela Câmara de Dirigentes Lojistas de João Monlevade (CDL-JM), divulgada na terça-feira (13), fornece uma dimensão da crise provocada pela pandemia da Covid-19. Conforme a entidade, de 126 empresas consultadas no município, 71% delas já demitiu ou demitirá funcionários no futuro mais imediato. Das empresas, 68% não havia quitado os salários de março dos empregados. O crédito também está minguado: 42% dos entrevistados não terá acesso à empréstimos da rede bancária, segundo a CDL. O estudo também apurou que grande parte das empresas está incluída nas listas de prote-

ção ao crédito, comprometidas, principalmente, pelos pagamentos de águas e eletricidade. O fornecimento desses serviços pode ser cortado das pessoas jurídicas mesmo durante a pandemia da Covid-19.

REUNIÃO PARA ABERTURA Na manhã de terça-feira (13), a CDL reuniu-se com a Prefeitura e pediu a flexibilização das medidas restritivas ao comércio. Entre as propostas, estão a extensão do horário de funcionamento das lojas, a permissão de venda de produtos

considerados “não-essenciais” nos supermercados e a adoção de novas formas de atendimento pelos estabelecimentos. Os resultados da pesquisa também foram apresentados. Participaram da reunião o prefeito, Laércio Ribeiro (PT); o vice-prefeito, Fabrício Lopes (Avante); o chefe de Gabinete, Geraldo Giovani Silva; o vice-presidente da CDL, Luís Carlos Valente; e o supermercadista e ex-vereador Antônio Carvalho “Lelê” Fraga (Democratas). O município está inserido na Onda Roxa do Governo do Estado e há um decreto do prefeito Laércio Ribeiro vigente até a próxima segunda-feira (19), também com restrições.

Erivelton Braz

SUPERMERCADOS suspendem venda de produtos não essenciais

O prefeito Laércio Ribeiro (PT) publicou um novo decreto no fim da tarde de segunda-feira (12), em que apresenta flexibilização de alguns setores do comércio em João Monlevade. Conforme o documento, que

“Serei eternamente grata à equipe do Margarida”, diz professora que venceu a Covid-19 Todos os dias surgem novos casos da Covid-19 em João Monlevade, mas as curas também são muitas. Alguns se recuperam em casa, porém, outros sentem a gravidade da doença ao precisarem de internação hospitalar. Foi o que aconteceu com a professora aposentada Lourdes das Graças Ferreira (Santinha), de 61 anos, moradora do bairro Rosário. Ela foi diagnosticada com o coronavírus no dia 30 de março e a gravidade da doença a levou ao Hospital Margarida. “Precisei ser internada e recebi alta no dia 8 de abril, quando renasci. Gratidão à Deus por ter me curado, gratidão ao meu esposo, filhos, pai, irmãs, genro, familiares

e amigos que mesmo de longe oraram e torceram pela minha saúde”, contou a professora aposentada. Lourdes diz ainda que será eternamente grata à equipe do Hospital Margarida que cuidou dela com todo carinho, atenção e profissionalismo. “Que Deus ilumine e proteja cada um deles. Sempre serão lembrados por mim. Voltei a respirar graças à equipe médica. Muito obrigada!”, declarou. Outro professor que deixou o Hospital Margarida, nesta semana, foi Afonso Alves Ferreira. Ele saiu da casa de saúde com uma placa: “Com Jesus, eu venci a Covid”.

Divulgação

PROFESSORA Lourdes venceu a Covid-19

tem validade até a próxima segunda-feira (19), seguimentos que estavam proibidos de funcionar já retomaram as atividades, seguindo protocolos. Mais flexível, o novo decreto permite que atacarejos, hipermercados, supermercados, mercados e demais estabelecimentos de comércio de gêneros alimentícios funcionem de segunda a sábado, entre 5h e 22h. Aos domingos, o comércio segue fechado, funcionando por delivery. Os supermercados também continuam proibidos de vender produtos de outras categorias. As padarias e lanchonetes podem manter as portas abertas até às 22h. Também os escritórios de advocacia voltaram a atender os clientes até às 20h. As lojas de autopeças são novamente autorizadas a reabrir de segunda a sexta-feira, assim como as oficinas mecânicas, borracharias, concessionárias e agências de veículos. Clínicas de estética, salões de beleza, barbearias, estúdios de tatuagens e afi ns foram autorizados a funcionar. Os setores estão fazendo agendamento prévio e o atendimento deve ocorrer de forma individualizada, não podendo haver fila de espera entre os clientes nos recintos e com espaço de tempo de 30 minutos entre os agendamen-

tos para a devida higienização. O horário de funcionamento deve ser das 9h às 18h, de segunda à sexta-feira. Os espaços devem ficar fechados aos sábados e domingos. Outro setor que voltou é o das academias de ginástica e congêneres. Os estabelecimentos podem fazer atendimento individualizado e agendado, de segunda à sexta-feira de 5h às 22h, seguindo os protocolos do Minas Consciente. Os Centro de Formação de Condutores também já podem retornar com as aulas de direção, permanecendo suspensas as aulas de Legislação. Outras medidas do decreto anterior, no entanto, permanecem vigentes. Continua proibido o consumo de bebida alcoólica em locais públicos. Setores como o de cerimoniais e festas, por exemplo, permanecem impedidos de trabalhar normalmente, assim como ficam proibidas as festas e aglutinações de pessoas em locais públicos. Os funerais continuam com duração máxima de três horas, e o culto público nas igrejas será vetado aos sábados e domingos. O novo texto enfatiza a obrigatoriedade do álcool em gel, da máscara facial e da distância mínima entre os presentes.


16 a 22 de Abril a de 2021

6 Classificados

IMÓVEIS Aluguel APTO na av. Castelo Branco, bairro República, c/2 qtos (sendo 1 suíte), sala, banheiro social, cozinha c/armário, área de serviço, vaga de garagem. Tr. 3851-3596 PJ857 _________________ APTO na av. Castelo Branco, bairro República, c/2 qtos, sala, cozinha, banheiro social, 1 vaga de garagem. Tr. 3851-3596 PJ857 _________________ APTO na av. Getúlio Vargas, bairro Santa Bárbara, c/2 quartos. Tr. 3852-1030 _________________ APTO na av. Getúlio Vargas, em cima do Magazine Luiza, c/3 qtos (1 c/suíte), dependência. Bom p/ comércio. Tr. 98771-2900 _________________ APTO na rua Amazonas, bairro Satélite, c/3 qtos, sala, cozinha, banheiro social, área de serviço. Tr. 38513596 PJ857 _________________ APTO na rua Guanabara, 253, apt.106, bairro República. C/2 qtos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço. Tr. 3852-2048 _________________ APTO na rua Monte Santo, bairro Carneirinhos, c/3 qtos (1 suíte), banheiro social, sala conj. c/copa, cozinha, área de serviço, dependência c/ banheiro, 2 vagas de garagem. Tr. 99196-0171 _________________ APTO na rua Santa Mônica, bairro José Elói, c/2 qtos, sala, cozinha, banheiro, área de serviço. R$400,00. Tr. Carlos 98681-8835 _________________ APTO na rua São Lucas, nº 55, atrás do Via 2000, c/3 qtos, 2 vagas de garagem, área p/churrasco, quadra de peteca. Tr. 98771-2900 _________________ APTO no bairro Alvorada, c/3 qtos (suíte), sala p/2 ambientes, banheiro social, cozinha, área de serviço e garagem. Tr. 3851-5121 PJ3637 _________________ APTO no bairro Vale do Sol, rua Dona Clara, bloco 19, apt. 102, c/2 qtos, sala, cozinha e banheiro. Tr. Genivaldo 99589-0930 _________________ APTO no bairro Vale do Sol, c/3 qtos, sala, cozinha, área de serviço, banheiro social

2 IMÓVEIS Compra e Venda APTO na rua Etelvino Rocha, bairro Vale do Sol, c/3 qtos (sendo 2 c/móveis planejados), banheiro, cozinha planejada, uma vaga na garagem. Tr. Mauro 99946-9636 _________________ APTO na rua Gomes Batista, 639, apt. 202, bairro Lourdes, c/2 qtos (c/armários), sala, cozinha, banheiro, área de serviço, 1 vaga de garagem. Tr. 98510-1759/98201-0840 _________________ APTO na rua Guanabara, nº 209, bairro República, c/2 qtos, 2 banheiros, área de tanque e garagem. Tr. 997814345 _________________ APTO no bairro Alvorada, c/3 qtos (sendo 1 suíte, todos c/ armários), sala p/2 ambientes, cozinha, banheiro social, área de serviço, garagem. Tr. 38513596 PJ857 _________________ APTO no bairro de Lourdes, c/3 qtos (sendo 1 suíte planejada c/sacada lateral, qto solteiro planejado), dependência completa (qto de despejo e banheiro), banheiro suíte e social c/armários, box blindex e espelho, cozinha planejada c/bancada em granito, copa, área de serviço c/2 tanques, sala c/2 ambientes c/sacada grande, painel montado na sala, gesso em todo apto. Prédio c/alarme e sem elevador; 2 vagas de garagem. Tr. 38513596 PJ857 _________________ APTO no bairro Vale do Sol, c/3 qtos, sala, cozinha, área de serviço, banheiro social e garagem. Tr. 3851-5121 PJ3637 _________________ ÁREA no bairro Nova Esperança, c/aprox. 5.393,50m², c/23 metros de frente, 60,40 metros de fundo, 109,40 metros pela direita e 137 metros pela esquerda. Área possui 3 casas. C/escritura e registro. Tr. 3851-3596 PJ857 _________________ CASA em Jacaraípe (ES), rua Belo Horizonte, c/3 qtos, sala, cozinha, banheiro, garagem. Tr. (31) 98695-6608 _________________ CASA em São Gonçalo do Rio Abaixo, c/2 qtos, toda murada. Aceita-se carro. R$120 mil. Tr. 97510-2426/996079699 _________________ CASA na av. Isaac Cassimiro

Gomes, nº 1667, Loanda. Tr. 3850-8405/98011-3482 CASA na av. W3, nº 125, bairro Loanda, c/3 qtos, sala, copa, cozinha, banheiro, área. Tr. Maria Francisca 38510793/99149-8115 _________________ CASA na rua Palmeiras, 178, bairro Alvorada, c/510m², 8 qts, 3 salas, 6 banheiros, sendo 3 suítes. Garagem p/2 carros. Área livre no lote de 150m². Aceita-se troca por apartamento em Monlevade ou Belo Horizonte, ou lote. Tr. 98765-2269 _________________ CASA no bairro Areia Preta, c/3 qtos (sendo 1 suíte), sala de visita, sala de jantar, sala de TV, cozinha, banheiro social, área de serviço c/banheiro, lavanderia, área de churrasco, alpendre. Tr. 3851-3596 PJ857 _________________ CASA no bairro Paineiras, c/ área de 307m² e lote 388m², sendo frente de 14m e fundos área verde c/42m². Tr. 38515121 PJ3637 _________________ CASA no bairro República, c/4 qtos (sendo 1 c/suíte e 2 c/armários planejados), cozinha grande, varanda, área de lavanderia no terraço, piscina e sauna. Dependência p/empregada c/banheiro, garagem p/3 carros. Tr. 98674-4388 _________________ CASA/GALPÃO no bairro Nossa Senhora da Conceição, área construída c/aprox. 327m², 2 lotes c/área total de 600m². Tr. 3851-5121 PJ3637 _________________ CHÁCARA em Bom Jesus do Amparo, Lago Azul, antigo Morro Redondo. C/7 qtos, 3 banheiros, 2000m². Tr. 996266721/99853-5985 _________________ CHÁCARA no bairro Boa Vista, c/casa, 1200m². Tr. 98704-0531 _________________ CHÁCARAS (4) de 5 mil metros cada em São Gonçalo do Rio Abaixo, perto da Porteira Amarela. Valor a combinar. Aceita-se carro. Tr. 38510102/98962-0102 _________________ COBERTURA no bairro Aclimação, c/4 qtos (sendo 1 suíte c/hidro e armários), sala de estar, cozinha ampla e armário, área de serviço. 2º pav. c/área de churrasco, SPA (jacuzzi), sala de cinema montada c/ projetor 3D embutido e tela de 106 polegadas, barzinho, sauna, 3 vagas de garagem, box de despejo. Prédio c/salão de festas. Tr. 3851-3596 PJ857 _________________ LOJA, sobreloja e quintal na av. Alberto Lima, 1977. Área total de 714m². Tr. 99918-5050 _________________ LOTE na rua Castanheiras, bairro Sion, c/360m². Tr. 98758-0195 _________________

LOTE na rua Emílio Gonçalves, bairro Cruzeiro Celeste. R$65 mil. Aceita-se carro ou moto novos. Tr. Antônio 38525189/99808-3598/987049455 _________________ LOTE na rua Trinta, bairro Loanda, c/360 m². Tr. 987455636 _________________ LOTE no bairro Cidade Nova, urbanizado, c/360m². Tr. 98758-0195 _________________ LOTE no bairro Cidade Nova, c/390m², na rua 38, quadra 19. R$100 mil. Tr. 98912-9665 _________________ LOTE no bairro Metalúrgico. Tr. c/Edna ou Daniel 38510102 _________________ LOTE no loteamento Parques do Vale, ao lado da Lagoa Silvana, em Ipatinga, c/área total de 376m², em área residencial. C/escritura. R$120.000,00. Somente interessados. Tr. José Luiz (31) 99963-0778 _________________ LOTES (2) no bairro Aclimação. Medindo aprox. 510m² cada um. Tr. 3851-3596 PJ857 _________________ LOTES no bairro Sion, c/ área de 360m². Tr. 3851-5121 PJ3637 _________________ PONTO COMERCIAL na av. Alberto Lima, nº1977, loja, sub loja e quintal. Área 714m². Tr. 99918-5050 _________________ PRÉDIO de 3 andares na av. Cândido Dias, bairro Loanda, nº1513 (possui 3 aluguéis). Tr. Edmilson 97501-8265 _________________ QUITINETE em Carneirinhos, c/suíte planejada, sala, cozinha planejada conj. c/ área de serviço, Tr. 3851-3596 PJ857 _________________ QUITINETE toda mobiliada no bairro Rosário, rua Angelina Ponce Martins, c/quarto, sala, cozinha, banheiro, c/52m². R$160 mil. Tr. 987218650 _________________ TERRENO c/7 hectares, casa colonial, ou chácaras. Na região de Abre Campo. Aceita-se troca no negócio. Tr. c/Edna ou Daniel 3851-0102 _________________ TERRENO em São Gonçalo do Rio Abaixo, c/2,5 hectares c/muita água de nascente. Tr. 97510-2426/99607-9699 _________________ TERRENO na rua Magalhães Pinto, bairro Cruzeiro Celeste, c/6.300m². R$600 mil. Tr. Antônio 3852-5189/998083598/98704-9455 _________________ TERRENO no bairro José Elói, c/190m². R$45 mil. Aceita-se moto ou carro de menor valor como parte do pagamento. Tr. 98721-8650

3 VEÍCULOS VENDE-SE Fiat Punto Sporting, 1.8, 2015/2016. 2º dono. Tr. (31) 99233-5021

_________________ VENDEM-SE areia e brita. Tr. Rogério 98608-0943 _________________ VENDEM-SE uma serra circular de bancada c/gabinete Dewalt 745, 220 volts; 10 serras de reserva; um esmeril c/ amolador de serra e broca; uma furadeira Bosch profissional; uma serra tico-tico Bosch. Tudo por 7 parcelas de R$500,00 no cartão. Tr. Willian 3852-2719

5

4 DIVERSOS

SERVIÇOS VENDE-SE esterco. 99530-0471/3852-2474

Faz saber que pretendem se casar: REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL ESTADO DE MINAS GERAIS Registro Civil das Pessoas Naturais Oficial Titular: Rosa Maria Bedetti Frade Tavares Rua Brasília, n. 91, Lucília 35930-010 - João Monlevade - MG Edital de Fora - HUMBERTO DE OLIVEIRA E SILVA, maior, Aposentado, residência Rua Manoel Martins Vieira, nº 555, Apto 101, Centro, São Domingos do Prata-MG, filho(a) de HUGO DE OLIVEIRA E SILVA e MARIA JOSÉ TELES E SILVA; e JUSSARA SANDER BARREIROS, maior, Técnico de enfermagem, residência Rua Márcio Pessoa, nº 484, Novo Horizonte, João Monlevade-MG, filho(a) de BIOLKINO JOSÉ BARREIROS e LINA SANDER BARREIROS; 020215 - IGOR SANTANA SCHIAVO, maior, Auxiliar de Escritório, residência Rua Itatiaia, nº 145, Promorar, João Monlevade-MG, filho(a) de LIBERO CESÁRIO SCHIAVO e ANA MARIA FILGUEIRA SANTANA; e BEATRIZ DOS SANTOS MARTUCHELLO, maior, Operadora de caixa, residência Rua Estrela Guia, nº 143, Santa Cecília, João Monlevade-MG, filho(a) de WEMERSON DE LIMA MARTUCHELLO e PATRÍCIA PAULA DOS SANTOS MARTUCHELLO; 020216 - MAURO LUCAS DE ARAÚJO, maior, Aposentado, residência Rua Geraldo Miranda, nº 209, Apto 101, Nossa Senhora da Conceição, João Monlevade-MG, filho(a) de JOAQUIM CUSTÓDIO DE ARAÚJO e BENEDITA MARIA DA CONCEIÇÃO ARAÚJO; e MARIA CELESTE DE ARAÚJO, maior, Aposentada, residência Rua Dr. Richard, nº 71, Lucília, João Monlevade-MG, filho(a) de JOAQUIM DE ARAÚJO e RITA MARTINS BARROS DE ARAÚJO; 020217 - GABRIEL BARBOSA BATISTA, maior, Vendedor, residência Rua Colatina, nº 136, Industrial, João Monlevade-MG, filho(a) de JOSÉ JOÃO BATISTA e ROZANA APARECIDA BARBOSA BATISTA; e BÁRBARA VIEGAS DOS SANTOS, maior, Vendedora, residência Rua Colatina, nº 136, Industrial, João Monlevade-MG, filho(a) de CARLOS CAMPOS SANTOS e DYENNE GRÉCIA DE OLIVEIRA; 020218 - ALAN MAX FERREIRA COELHO, maior, Motorista, residência Rua Beija Flor, nº 120, Cidade Nova, João Monlevade-MG, filho(a) de LEONEL COELHO e EVA LÚCIA FERREIRA COELHO; e CHAYANNE SABRINA DA SILVA, maior, Manicure, residência Rua Beija Flor, nº 120, Cidade Nova, João Monlevade-MG, filho(a) de AILTON RODRIGUES DA SILVA e CONCEIÇÃO APARECIDA MARQUES DA SILVA; 020219 - DOUGLAS MORAIS COSTA, maior, Empresário, residência Rua Quarenta e um, nº 515, Cruzeiro Celeste, João Monlevade-MG, filho(a) de ANTONIO MORAIS DA COSTA e CECILIA AMELIA DE MORAIS; e GAIA FARINA, maior, Estudante, residência Rua Quarenta e um, nº 515, Cruzeiro Celeste, João Monlevade-MG, filho(a) de MATTIA FARINA e SCILLA VOLPIN; 020220 - JÚLIO CÉSAR ANANIAS, maior, Servidor Público, residência Rua Vitória, nº 215, de Lourdes, João Monlevade-MG, filho(a) de PAULO CÉSAR ANANIAS e MARIA DA CONSOLAÇÃO ANANIAS; e MAIARA LIMA VIDAL, maior, Bacharel em Direito, residência Rua Serra Negra, nº 91, Rosário, João Monlevade-MG, filho(a) de JOSÉ MATEUS VIDAL e MARIA DA GLÓRIA LIMA VIDAL; 020221 - JOSÉ VINÍCIUS FERREIRA DOS SANTOS, maior, Embalador, residência Rua Emílio Gonçalves, nº 166, Cruzeiro Celeste, João Monlevade-MG, filho(a) de JOSÉ MARQUES DOS SANTOS e MARIA APARECIDA FERREIRA DOS SANTOS; e MARLUCE SANTOS PEREIRA, maior, Operadora de caixa, residência Rua Emílio Gonçalves, nº 178, Cruzeiro Celeste, João Monlevade-MG, filho(a) de CLAUDIONOR SANTOS PEREIRA e MARIA DE LOURDES JESUS SANTOS; 020222 - PAULO ROBERTO ROLA, maior, Motorista, residência Rua Moreira de Souza, nº 78 A, Novo Horizonte, João Monlevade-MG, filho(a) de JOSÉ ALVES RÔLA e MARIA CARMEN MANCUZO RÔLA; e MARIA APARECIDA BITENCOURT, maior, Assistente Administrativo, residência Rua Beija Flor, nº 219, Cidade Nova, João Monlevade-MG, filho(a) de JOSÉ CARNEIRO BITENCOURT e MARIA CUSTÓDIA BITENCOURT; 020223 - JONY TIAGO BARROS DE LIMA, maior, Operador de máquina, residência Rua Cascata, nº 126, Ipiranga, João Monlevade-MG, filho(a) de ANTÔNIO DUARTE DE LIMA e VÂNIA DA SILVA BARROS; e TAÍS MARTINS ROSA MANIÃO, maior, Do lar, residência Rua Cascata, nº 126, Ipiranga, João Monlevade-MG, filho(a) de JÚNIO CARLOS MANIÃO e MARIA DA CONCEIÇÃO MARTINS ROSA;

Os contraentes apresentaram os documentos exigidos pelo art.1525 do Código Civil Brasileiro. Se alguém souber de algum impedimento, que os impeçam de se casar, que o faça na forma da Lei:

Tr.

INVESTIGADOR particular c/10 anos de experiên-

CÂMARA MUNICIPAL DE ALVINÓPOLIS - MG - Edital de licitação pública – PROCESSO N.º 005/2021 - CREDENCIAMENTO N.º 001/2021 - Objeto – Credenciamento de profissionais autônomos (taxistas), para os fins de transporte de vereadores e servidores a serviço da Câmara Municipal de Alvinópolis MG, em veículos em perfeito estado de conservação, tendo no percurso estradas asfaltadas ou não. - Edital completo, sem custos, à disposição na sede da Câmara Municipal de Alvinópolis - Rua 05 de fevereiro, nº. 14 - Bairro Parte Alta - Alvinópolis - MG - Recebimento dos envelopes, habilitação e julgamento: 10/05/2021, às 14h00min. PREFEITURA MUNICIPAL DE BELA VISTA DE MINAS Publicação de Licitação: Processo Administrativo nº 09/2021 – CHAMADA PÚBLICA Nº 01/2021 no dia 11/05/2021 às 09h. Objeto: Aquisição de Gêneros Alimentícios da Agricultura Familiar. O Edital se encontra à disposição dos interessados no setor de licitações, de segunda à sexta-feira no horário de 7h às 11h e 13h às 17h ou através do site: www.belavistademinas.mg.gov.br Maiores informações tel.: (31) 3853-1271/1272. Samanta Aparecida Ávila Costa Magalhães – Prefeita Municipal. PREFEITURA MUNICIPAL DE BELA VISTA DE MINAS/MG Aviso de Licitaç ão PREGÃO PRESENCIA L N º 01/2021 no dia 3 0/0 4/2021 às 0 9 h. Objeto: Aquisiç ão de oxigênio gás puro medicinal. O Edital se enc ontra à public ado no w w w.belavistademinas.mg.gov.br Maiores informações poderão ser adquiridas pelo telefax: (31) 3853 -1271/1272. Samantha Aparecida A.Costa Magalhães – Prefeita Municipal.

COOPERATIVA DE ECONOMIA E CRÉDITO MÚTUO DOS SERVIDORES PÚBLICOS MUNICIPAIS EM JOÃO MONLEVADE LTDA. - COPREMON CNPJ: 18.310.649/0001-74 Ɩ NIRE: 31400010491 ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA EDITAL 1ª, 2ª E 3ª CONVOCAÇÃO

João Monlevade 15/04/2021 ROSA MARIA BEDETTI FRADE TAVARES Oficial do Registro Civil Cartosoft - Automação de Cartórios do Registro Civil | www.cartosoft.com.br

A SUDESTE BRASIL COOPERATIVA DE TRANSPORTES para ampliar a prestação de serviço nos municípios do Médio Piracicaba comunica: Cadastra- se para futura agregação, na região do médio Piracicaba, veículos com motoristas e maquinas com operadores: Trator de pneu com grade aradora, com braço estendido a partir de 85 HP, máximo 10 anos de fabricação, Trator de esteira a partir de 90HP, máximo 10 anos de fabricação, Pá Carregadeira capacidade mínima de 156 HP, máximo 10 anos de fabricação, Retro Escavadeira capacidade mínima de 85HP, máximo 10 anos de fabricação, Escavadeira Hidráulica capacidade mínima de 21t, máximo 10 anos de fabricação, Caminhão Traçado Caçamba com capacidade mínima de 18m3, máximo 10 anos de fabricação, Caminhão Pipa capacidade mínima de 10m3 potável, máximo 10 anos de fabricação, Caminhão Pipa capacidade mínima de 10m3 não potável, máximo 10 anos de fabricação, Caminhão 3/4, carroceria aberta, de madeira, capacidade 3,5 ou 4,0 toneladas, máximo 10 anos de fabricação, Caminhão báscula, toco, capacidade mínima de 6m³, máximo 10 anos de fabricação, Caminhão 3/4 Baú, capacidade mínima de 6,0 toneladas, máximo 10 anos de fabricação. Os motoristas deverão ser os proprietários dos veículos. Solicitar ficha de cadastro pelo e-mail sudestebrasilft@yahoo.com. Dúvidas (031) 3667-0924.

cia. Tr. 99555-9153 _________________ OFERECE-SE para trabalhar como pedreiro. Serviços de alvenaria, lajes, ferragens, construção, acabamento. Tr. 98681-3393 _________________ OFERECE-SE para trabalhar como pedreiro de alvenaria e acabamento. C/referência. Tr. 99921-1657 _________________ REALIZA-SE serviço de demolição em geral e limpeza. Tr. Adriano 98721-8650

WWW.ANOTICIAREGIONAL.COM.BR

1

e garagem. Tr. 3851-5121 PJ3637 _________________ BARRACÃO na rua Richard, nº 40, fundo com av. Getúlio Vargas 4.375, c/100m² livre, s/divisória, 2 banheiros. Tr. 98771-2900 _________________ CASA na rua Santa Mônica, bairro José Elói, c/sala, 2 qtos, cozinha, banheiro, área de serviço. R$400,00. Tr. Carlos (31) 98681-8835 _________________ CASA no bairro República, c/3 dormitórios, sem garagem, ótima localização. Tr. Luzia 3852-4190/98010-4190 _________________ LOJA na av. Alberto Lima, 1977. Tr. 99918-5050 _________________ LOJA na av. Wilson Alvarenga, bairro Carneirinhos, c/ aprox. 50m² c/sobreloja, 1 banheiro. Tr. 3851-3596 PJ857 _________________ LOJA no bairro Santa Bárbara, c/aprox. 60m², banheiro. Tr. 3851-5121 PJ3637 _________________ QUITINETE atrás do EPA. Tr. 99781-4345/99602-6759 _________________ QUITINETE na av. Getúlio Vargas, bairro Carneirinhos, c/1 qto, cozinha, banheiro. Tr. 3851-3596 PJ857 _________________ QUITINETE na av. Getúlio Vargas, c/1 qto, sala, cozinha e banheiro social. Tr. 38515121 PJ3637 _________________ QUITINETE na rua Mumbica, bairro José Elói. Tr. Luzia 3852-4190/98010-4190 _________________ QUITINETE na rua Olinda Dias Fernandes, bairro Santa Bárbara. Tr. Luzia 38524190/98010-4190 _________________ QUITINETES (novas) na av. Getúlio Vargas, nº 4.375, bairro Carneirinhos. Tr. 987712900 _________________ QUITINETES (novas) na rua do Andrade, bairro José Elói, c/garagem. Tr. 38524190/98010-4190 _________________ QUITINETES (novas) nos bairros Rosário e José Elói. Tr. 3852-4190/98010-4190 _________________ RESTAURANTE montado, onde funcionava o Buteco da Vila, em frente à Funcec. Tr. 98771-2900 _________________ SALA na av. Wilson Alvarenga, c/banheiro e área de 35m². Tr. 3851-5121 PJ3637 _________________ SALA na av. Wilson Alvarenga, no edifício São Gonçalo. Tr. 3851-5121 PJ3637 _________________ SALA na av. Wilson Alvarenga, bairro Carneirinhos, c/ aprox. 50 metros, banheiro, garagem e elevador. Tr. 38513596 PJ857

A Presidente do Conselho de Administração da Cooperativa de Economia e Crédito Mútuo dos Servidores Públicos Municipais em João Monlevade Ltda. - COPREMON, no uso das atribuições que lhe confere o Estatuto Social, convoca os associados desta cooperativa, que nesta data são em número de 1.838 (mil oitocentos e trinta e oito), em pleno gozo de seus direitos sociais, para se reunirem em ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA, a realizar-se na sede da Cooperativa, localizada na Rua Pedro Bicalho, nº 234, Bairro Novo Horizonte, nesta cidade de João Monlevade, Estado de Minas Gerais, CEP: 35.930-072, no dia 28 (vinte e oito) de abril de 2.021, às 15:00 (quinze) horas, com a presença de 2/3 (dois terços) dos associados, em primeira convocação; às 16:00 (dezesseis) horas, com a presença de metade mais 1 (um) dos associados, em segunda convocação; ou às 17:00 (dezessete) horas, com a presença de no mínimo 10 (dez) associados, em terceira e última convocação, para deliberarem sobre os seguintes assuntos: ORDEM DO DIA:

AVISO DE LICITAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL Nº 01/2021 A Câmara Municipal de João Monlevade torna público que fará realizar licitação, na modalidade Pregão Presencial nº 01/2021, do tipo Menor Preço, critério de julgamento Menor Preço Por Item, nos termos das Leis Federais nºs 10.520/02 e 8.666/93 e suas posteriores alterações. Objeto: Aquisição de materiais de limpeza, utensílios diversos e gêneros alimentícios para atender a Câmara Municipal de João Monlevade, conforme especificações contidas no Anexo I – Termo de Referência do edital. Data de abertura: 04/05/2021, às 9 horas, na Sede da Câmara Municipal de João Monlevade. Edital disponível no site da Câmara (http://www.joaomonlevade.mg.leg.br), Link Transparência - Licitações e Contratos - Processos Licitatórios 2021, ou no Setor de Licitações para cópia magnética mediante o fornecimento de algum dispositivo de mídia (pen drive ou CD). Outras informações pelo telefone (31) 3852-3906 ou através do e-mail: licitacao@joaomonlevade.mg.leg.br. Câmara Municipal de João Monlevade, 14 de abril de 2021. Mary Caetano Silva Santos - Chefe de Compras, Licitações e Contratos.

Pauta da Assembleia Geral Ordinária - AGO 1) Prestação de contas dos órgãos de administração, relativa ao exercício encerrado em 31/12/2020, acompanhada do parecer do Conselho Fiscal, do relatório de gestão 2020, do balanço 2020, do parecer do serviço de auditoria, dos demonstrativos do resultado apurado e das demais contas do exercício encerrado em 31 de dezembro de 2020. 2)

Destinação das sobras líquidas apuradas no exercício de 2020.

3)

Uso e aplicação do FATES.

4)

Assuntos de interesse geral sem caráter deliberativo.

João Monlevade, 16 de abril de 2021. Maria Goretti Cota Martins Presidente do Conselho de Administração da COPREMON


Polícia 7

16 a 22 de Abril a de 2021

POLÍCIA PRENDE POLÍCIA

Operação conjunta da Civil e Militar prende PM e outros dois em Monlevade As polícias Civil e Militar deflagraram ao amanhecer de terça-feira (13) a operação República, que prendeu integrantes de uma quadrilha de assaltos ao comércio de João Monlevade. Segundo informações oficiais, foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão, expedidos pelo juíz da comarca. Três pessoas foram presas, incluindo um policial militar, detido por colegas de corporação. Nenhum dos nomes dos envolvidos foi divulgado, nem pelos delegados, nem pela PM.

O bando era investigado desde dezembro do ano passado, suspeito de assaltar estabelecimentos comerciais visando, principalmente, malotes e cofres de postos de combustíveis. As investigações, conduzidas pelo setor de inteligência da Polícia Civil, demonstraram que pelo menos cinco roubos foram praticados em João Monlevade. O policial, conforme informações, estaria ajudando a quadrilha com proteção, suporte e informações privilegiadas para a prática dos crimes. A ação também apreendeu

telefones móveis, mídias eletrônicas e um automóvel, supostamente adquirido com dinheiro dos crimes. Já na casa do policial militar preso, foram recolhidos um tablet, um computador e nove aparelhos celulares. Todo o material será periciado. Os envolvidos responderão por crimes de roubo e corrupção ativa e passiva, além de crimes previstos na lei 12.850/2013, sobre as associações criminosas. O policial militar está detido no quartel do 26º Batalhão, em Itabira, enquanto os outros dois foram remetidos ao presí-

dio de Ipatinga. Os trabalhos investigativos foram conduzidos pelo delegado regional de João Monlevade, Paulo Tavares Neto, e pela delegada Monique Morais Bicalho. Em nota, a 4ª Delegacia Regional de Polícia Civil disse que a operação República “representa uma grande ação no combate aos crimes violentos na região, uma vez que essa organização criminosa era a responsável por grande parte dos roubos e furtos qualificados, praticados nos últimos meses”.

Testemunhas do desastre da Ponte Torta serão ouvidas em Alagoas e Goiás

Polícia Civil prende suspeito de agredir e matar idoso em São Domingos do Prata A Polícia Civil prendeu na quarta-feira (14) um suspeito de matar um aposentado na zona rural de São Domingos do Prata em março. O homem, identificado com as iniciais V. A. G. P., foi detido na localidade de Divino, também em São Domingos do Prata. Ele é suspeito de, em 17 de março, ter agredido e assaltado um casal de idosos na localidade de Quaresma. O senhor José Torres Martins Bueno foi espancado a pauladas, enquanto o marginal roubou-lhe uma arma de fogo. O idoso precisou ser inter-

nado no Hospital João XXIII, em Belo Horizonte, em virtude dos ferimentos que sofreu, mas acabou falecendo no dia 21 de março, segundo a Polícia. O crime foi classificado como latrocínio, que é um roubo seguido de morte, e consternou a comunidade. Todos os policiais civis de São Domingos do Prata foram empenhados para localizar e prender o marginal, cumprindo o mandado expedido pela Justiça. Os trabalhos investigativos foram comandados pela delegada Camila Batista Alves.

Divulgação/PCMG

OPERAÇÃO da PC ocorre menos de um mês após latrocínio

Quatro pessoas são assassinadas em uma semana na região A semana foi violenta no Médio Piracicaba. Nos últimos sete dias, quatro pessoas

MONLEVADE Um cadeirante foi assassinado na manhã de domingo (11) em João Monlevade. Por volta das 10h45, a Polícia Militar foi acionada à rua Aníbal Torres Duarte, no bairro Nova Monlevade. No local, uma testemunha, de 40 anos, contou que a vítima, conhecida como “Luciano Cadeirante”, estava na varanda de casa, montando um guarda-roupas. Um homem chegou à residência e disparou contra o deficiente, de 50 anos, que caiu já sem vida. Em seguida, o assassino fugiu a pé por uma área de pastagem. Luciano era conhecido na cidade por vender balas e fazer artesanatos. Além disso, recebeu ajuda de vários monlevadenses para auxiliar em tratamentos de saúde. Além da Polícia Militar, a Perícia Técnica da Polícia Civil também compareceu ao local do crime, constatando que o disparo entrou pela lateral esquerda da cabeça e saiu pela lateral direita. Após os trabalhos policiais, o corpo foi liberado para a funerária, que o levou ao Instituto Médico Legal (IML). Várias viaturas e helicóptero Pégasus, da PM, foram empregados nas buscas pelo assassino. Na segunda-feira (12), chegou aos PMs a informação de que o

foram assassinadas a tiros na região. Em três desses casos, a polícia já prendeu sus-

responsável pelo assassinato estaria escondido na casa de uma tia. Como o suspeito, de 30 anos, já era conhecido do meio policial, ele foi encontrado por volta das 10h30, na rua Filomena Tomásia, também no bairro Nova Monlevade. Preso, ele foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil para prestar esclarecimentos.

SÃO JOSÉ DO GOIABAL O domingo (11) também foi violento em São José do Goiabal. Por volta das 9h15, a Polícia Militar foi acionada ao bairro São João, onde estava o corpo de um rapaz de 21 anos, com várias marcas semelhantes a balas. Uma testemunha relatou que a vítima sofria de transtornos psiquiátricos, e que, por voltas das 8h30, caminhava pela rua aparentando estar muito nervoso. Ele bradava ser “sujeito homem” e que não iria fugir. Em seguida, ouviu-se o som de disparos, com o criminoso tendo fugido de motocicleta. A polícia mantém as ações para encontrar o assassino e elucidar o crime.

SANTA BÁRBARA Em Santa Bárbara, um crime aconteceu na segunda-feira (12), na rua Visconde do Rio

Divulgação/PCMG

MÍDIAS eletrônicas serão periciadas durante investigações

peitos pelos crimes. Confira a síntese das ocorrências:

Branco, no bairro São Vicente, quando o motociclista, de 26 anos, saía para fazer mais uma entrega para um restaurante. Por volta das 12h10, o profissional foi baleado por outro motoqueiro, que fugiu em seguida. As investigações apontaram para um suspeito, que teria tido um desentendimento com a vítima e jurou-lhe vingança. Os trabalhos prosseguiram na terça-feira (13), quando denúncias levaram a polícia ao paradeiro de um rapaz de 21 anos. Uma operação da Polícia Militar o cercou e prendeu dentro de um imóvel em construção. Ao ser preso, ele portava uma arma calibre .12 de fabricação caseira, pronta para atirar. Ele e o material foram levados para a Delegacia de Polícia Civil.

BARÃO DE COCAIS Na terça-feira (13), a violência mostrou a face em Barão de Cocais. Por volta das 3h10, testemunhas encontraram um cadáver no quilômetro 17 da MG436, no trecho do bairro Garcia, e acionaram a Polícia Militar. A vítima, de 45 anos, já estava sem vida, e a Perícia Técnica da Polícia Civil pôde constatar um furo de bala em sua nuca. Há a hipótese de que a execução tenha ocorrido em outro local

entre cinco a seis horas antes da descoberta do corpo, que teria sido deixado às margens da via. A PM logo foi informada sobre um possível responsável pelo crime, e partiu para apurar as denúncias. Ao chegarem ao local, o suspeito tentou fugir, mas foi capturado. Na casa, foram apreendidas uma pistola .765 com três cartuchos intactos, buchas de maconha, um televisor furtado, entre outros. O rapaz, de 19 anos, foi preso em flagrante e levado para a Delegacia de Polícia Civil. Os trabalhos investigativos centram-se agora em encontrar o outro autor do crime, que teria disparado o tiro fatal.

OPERAÇÃO DA PM Na tarde da quarta-feira (14), o 26º Batalhão iniciou uma operação integrada para coibir os crimes violentos na área, que inclui Santa Bárbara e Barão de Cocais. Suspeitos foram abordados e denúncias de tráfico de drogas e porte ilegal de arma foram verificadas. Durante a ação, não se verificaram crimes violentos nos municípios. A operação integrada será repetida em dias e horários alternados, de forma a aumentar a segurança das comunidades.

Reprodução/WhatsApp

ÔNIBUS caiu de uma altura de 34 metros, matando 19 pessoas

Prosseguem as investigações sobre a queda do ônibus de viagem na Ponte Torta, trecho de João Monlevade da BR-381, no dia 4 de dezembro do ano passado. Testemunhas serão ouvidas pela Polícia Civil nos estados de Alagoas e Goiás para ajudar a esclarecer as circunstâncias do desastre, que matou 19 pessoas e deixou outras 29 feridas. Em Alagoas, estado onde se iniciou a trágica viagem, residem muitas das vítimas, enquanto em Goiás, está instalada a sede da JS Turismo, empresa apontada como tendo sublocado o ônibus da Localima. De acordo com o delegado regional de João Monlevade, Paulo Tavares Neto, que comanda as investigações, as testemunhas serão ouvidas por carta precatória, em parceria com as polícias civis desses estados. O laudo pericial, que traz dados técnicos e científicos sobre a dinâmica do desastre, já foi concluído. A reconstituição do acidente mobilizou

12 policiais civis. O motorista do ônibus, Luiz Viana de Lima, já havia prestado depoimento à Polícia Civil em João Monlevade a 7 de dezembro. O ônibus da Localima Turismo e da JS Turismo saiu da cidade alagoana de Mata Grande com destino a São Paulo, transportando 48 pessoas. Ele passava por João Monlevade, no sentido Belo Horizonte, quando, por volta das 13h10 do dia 4 de dezembro de 2020, arrebentou a mureta da Ponte Torta e despencou sobre a Estrada de Ferro Vitória a Minas (EFVM). Cinco pessoas, incluindo o motorista, conseguiram saltar do veículo antes que ele se precipitasse nos 34 metros de abismo. O resgate mobilizou socorristas de todo o Médio Piracicaba, e o atendimento aos feridos empenhou grande parte do corpo de profissionais do Hospital Margarida. O desastre foi uma das piores tragédias rodoviárias da história da região.

AVISO DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO Nº 014/2021 MODALIDADE PREGÃO PRESENCIAL Nº 014/2021 O DAE - Departamento Municipal de Águas e Esgotos de João Monlevade – MG, torna público que fará realizar licitação na modalidade Pregão Presencial do tipo menor preço por lote, nos termos das Leis nº 8.666/93, nº 10.520/02 suas alterações conforme Lei nº 8.883/94 e 9.648/98, Decreto Municipal nº 015/2019 e Súmula do TCU nº 257/2010, cujo objeto é a contratação de empresa para prestação de serviços de engenharia para o DAE na EAT-Loanda e no reservatório do Bairro Alvorada incluindo reforço estrutural e impermeabilização, tudo em conformidade com as especificações técnicas constantes do edital e seus anexos. Valor Estimado: R$ 41.423,88 (quarenta e um mil quatrocentos e vinte e três reais e oitenta e oito centavos). O Edital completo encontra-se à disposição dos interessados na sede do DAE, situado à Rua Duque de Caxias, 192 – Bairro José Elói, no horário de 08:00 às 11:00 horas e de 13:00 às 17:00 horas ou pelo site www.daejoaomonlevade.com.br, sendo a entrega das propostas até as 14:00 horas do dia 04/05/2021, no Protocolo do Setor de Suprimentos. João Monlevade, 13 de abril de 2021. JOSÉ AFONSO MARTINS Diretor do DAE

AVISO DE LICITAÇÃO PROCESSO LICITATÓRIO Nº 015/2021 MODALIDADE PREGÃO PRESENCIAL Nº 015/2021 O DAE - Departamento Municipal de Águas e Esgotos de João Monlevade – MG, torna público que fará realizar licitação na modalidade Pregão Presencial do tipo menor preço por lote, nos termos das Leis nº 8.666/93, nº 10.520/02 suas alterações conforme Lei nº 8.883/94 e 9.648/98, e Decretos Municipais nº 123/2020 e nº 126/2013, cujo objeto é a contratação de empresa para prestação de serviços técnicos profissionais na realização de Análise Química. Valor Estimado: R$ 265.558,70 (duzentos e sessenta e cinco mil quinhentos e cinquenta e oito reais e setenta centavos). O Edital completo encontra-se à disposição dos interessados na sede do DAE, situado à Rua Duque de Caxias, 192 – Bairro José Elói, no horário de 08:00 às 11:00 horas e de 13:00 às 17:00 horas; ou disponível para download através do site www.daejoaomonlevade.com.br. A entrega das propostas será até as 14:00 horas do dia 05/05/2021, no Protocolo do Setor de Suprimentos João Monlevade, 13 de abril de 2021. JOSÉ AFONSO MARTINS Diretor do DAE


16 a 22 de Abril a de 2021

8 Geral

Jornalista lança livro em Monlevade O jornalista e escritor monlevadense Will Jony lançou o seu livro intitulado “A Máquina que Vomitava Vozes”. O lançamento aconteceu na noite da última quarta-feira (14), através de uma “live”, no Facebook, quando houve mais de 600 interações dos internautas. Na oportunidade, Will Jony falou sobre a sua obra e colocou disponível o endereço eletrônico para quem queira adquirir o livro. A professora de Português e Redação, irmã do autor, Cleoni-

ce Gomes (que redigiu o prefácio do livro) também participou da “live” e recomendou a leitura da obra, afirmando que se trata de um rico e polêmico trabalho histórico, que leva o leitor à reflexão sobre vários episódios tidos e havidos como verdadeiros, mas que podem não corresponder à realidade dos fatos. “A Máquina que Vomitava Vozes” revela que não são verdadeiras diversas versões de histórias contadas por meio da mídia, ao longo do tempo. Segundo o autor, a “Máquina” (que

captura vozes que estão soltas na atmosfera desde o princípio do mundo) mostra a realidade de muitas histórias que foram contadas, revelando bastidores relacionados a diversos temas contados por meio dos livros, jornais, rádios, revistas, TVs, governos e redes sociais. Com 60 páginas e 17 capítulos, “A Máquina que Vomitava Vozes” mostra aspectos surpreendentes, sempre trazendo à tona temas antigos e atuais, como: a Independência do Brasil, bastidores das eleições, a máfia das

vacinas, o vírus da Covid-19 e as barragens das mineradoras. “Que o mundo fique sempre alerta aos fatos, que as pessoas exijam transparência e clareza nas comunicações (oficiais ou não). Assim, conhecendo-se os dois lados da mesma moeda, todos estejamos livres para tirarmos as próprias conclusões, sem manipulações, objetivando-se conscientes tomadas de decisões”, ressalta o autor. O livro custa R$29,00 e encomendas podem ser feitas através do Facebook do autor.

São Gonçalo na I Semana de Incentivo à Literatura Para estimular o hábito de leitura e dar mais visibilidade à Literatura, a Biblioteca Pública Municipal de São Gonçalo participará, entre 19 e 23 de abril, da I Semana Estadual de Incentivo à Literatura. A

iniciativa é da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo (Secult). A programação, que traz como tema os 300 anos de Minas Gerais, terá ações virtuais, e uma série de atividades que valorizam a leitura e

evidenciam a importância das bibliotecas como fomentadoras da arte e da cultura, principalmente da literatura. Em São Gonçalo, o foco será a produção literária da cidade. Ao longo da semana, escritoras são-gonçalenses participarão de entrevistas na Rádio São Gonçalo FM para falar sobre suas obras, compartilhar experiências e indicações literárias. A Prefeitura também fará uma sequência de posts em suas redes sociais com indicações literárias e pequenos vídeos com as escritoras convidadas. A Semana Estadual de Incentivo à Literatura

(31) 3851-5409 Avenida Wilson Alvarenga, 675, Carneirinhos, João Monlevade

é uma oportunidade para que o público conheça a diversidade do trabalho das bibliotecas no estado, mesmo com a suspensão das atividades em função das medidas de distanciamento social.

Dr. José Nelson Fagundes CRM - MG 6084 Médico Patologista Clínico Medicina Laboratorial Título SBPC/ML

Reprodução

WILL JONY e a irmã, professora Cleonice, no lançamento

Dr. Tales Alvarenga Fagundes CRM - MG 33120 Médico Patologista Clínico Título SBPC/ML Médico Endocrinologista Título SBEM

Dr. Tiago Alvarenga Fagundes CRM - MG 38200 Médico Endocrinologista Título SBEM

Profile for jan regional

Edição 2629  

Edição 2629  

Advertisement

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded