Page 1

www.alo.com.br JORNAL

ALO

BRASÍLIA

ANO 12 - Nº 2676 „ SEGUNDA-FEIRA „ DISTRIBUIÇÃO GRATUITA

15 ABR 2019

TESTE PARA ZIKA: MAIS RÁPIDO E BARATO Exames para identificar infecção pelo vírus da doença em breve vão poder ser feitos em 20 minutos. Pesquisadores da Fiocruz desenvolveram um método simples e 40 vezes mais barato que o tradicional / PÁGINA 6

INFLAÇÃO AFETA BRASILEIRO QUE MUDA HÁBITOS A inflação para todas as faixas de renda acelerou pelo quarto mês seguido. Preços dos alimentos são os vilões e fizeram com que os “estoques” deixassem de ser feitos em casa / PÁGINA 7

MIL NOVOS FEDERAIS PARA A SEGURANÇA Bolsonaro confirma convocação de policiais. Junto com o pacote anticrime, proposto pelo ministro Sérgio Moro, a nomeação do novo efetivo para a Polícia Federal faz parte do plano para combater o crime organizado e a corrupção no país / PÁGINA 2

GDF ADIA MUDANÇA PARA SEDE EM TAGUATINGA Finalizado em 2014, Centro Administrativo do DF continua desocupado enquanto governo gasta, somente com aluguéis, R$ 9 milhões, mais toda a manutenção de prédios / PÁGINA 3

BRASIL LIDERA RANKING DE CHAMADAS SPAM

PÁGINA 6


2

J S E G U N D A - F E I R A ,

15

DE ABRIL DE

2019

BRASÍLIA

www.alo.com.br

JORNAL

ALO

rasil B TOMAZ SILVA/AGÊNCIA BRASIL

Guedes disse que é possível reverter decisão de presidente O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que é possível reverter decisão “não muito razoável” de Jair Bolsonaro e que o presidente deveria estar preocupado com “efeitos políticos” ao interferir nos preços do diesel da Petrobras. “Acho que o presidente tem muitas virtudes, fez muita coisa acertada e ele já disse que não conhece muito eco-

nomia. Então se ele, eventualmente, fizer alguma coisa que não seja muito razoável, tenho certeza que conseguimos consertar. Uma conversa conserta tudo”, afirmou Guedes em Washington, após participar de reuniões com autoridades no FMI (Fundo Monetário Internacional). O ministro lembrou que Bolsonaro já disse reiteradas vezes que não conhece muito

de economia e admitiu que a ação do Planalto sobre os preços do combustível refletiu de maneira negativa no mercado financeiro. Segundo o chefe da equipe econômica, a preocupação do presidente pode ter sido a ameaça de uma nova greve dos caminhoneiros, que gerou uma crise de abastecimento no Brasil em maio do ano passado. REPRODUÇÃO

Bolsonaro confirma convocação de mil policiais federais vo efetivo para a Polícia Federal faz parte do plano para combater o crime organizado e a corrupção no país. “O objetivo é compor gradativamente o quadro de inteligência, como no trabalho da Lava-Jato (combate à corrupção) e outros serviços de segurança nacional dentro do orçamento possível destes primeiros 100 dias de mandato”, escreveu Bolsonaro em sua conta no Twitter. O concurso previa a contratação de 500 pesso-

as, com nível superior de escolaridade, para as cinco carreiras policiais: 150 para delegado; 60 para perito criminal federal; 80 para escrivão; 30 para papiloscopista e 180 para agente de polícia federal. Os aprovados estão em fase de convocação para a última etapa do concurso, que é o curso na Academia Nacional de Polícia. A formação dura aproximadamente cinco meses e tem caráter eliminatório.

Atuação de militares é “surpresa positiva”, diz professor de Harvard Antes de Jair Bolsonaro tomar posse como presidente da República, o professor da Universidade de Harvard Scott Mainwaring, que estuda política brasileira há mais de 30 anos, previu que o ex-deputado teria dificuldades na relação com o Congresso Nacional, que sua coalizão poderia sofrer divisões e manifestou preocupação com a proteção de diretos de minorias a partir de janeiro de 2019. Após 100 dias de governo, o americano avalia que essas três previsões

JORNAL

ALO

BRASÍLIA

Alô Brasília Comunicação Ltda. CNPJ: 09612937/0001-92 Matriz: Setor de Autarquias Sul (SAUS), Quadra 5, Bloco K, nº 17, Ed. Ok Office Tower, 13º andar. Asa Sul, Brasília, DF - CEP: 70.070-050 Telefone: 98565-6473 comercial@alo.com.br

Tel: 3223-3410

se confirmaram, mas destaca que os últimos três meses também trouxeram uma “surpresa positiva”. Em entrevista à BBC News Brasil, o professor da Kennedy School of Government diz que se surpreendeu com a atuação dos militares que ocupam cargos-chave no Executivo, em particular com a do vice-presidente, Hamilton Mourão (PRTB). “Durante a campanha, Mourão fez declarações que indicavam que ele era cético em relação à democracia. Mas, desde que assumiu a Vice-Presidência,

ele aderiu de maneira consistente a um discurso e comportamento democráticos. Isso foi uma surpresa positiva”, afirma. Além de fazer um balanço do início de governo Bolsonaro, ele arrisca novas previsões. Em política externa, o professor de Harvard acha que a proximidade de Bolsonaro com o presidente americano, Donald Trump, pode trazer benefícios para o Brasil, se o governo brasileiro souber manter, ao mesmo tempo, uma boa relação com a China.

O presidente da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) da Câmara dos Deputados, Felipe Francischini (PSL-PR), afirmou que a proposta que amplia o orçamento impositivo (PEC 34/19) pode ser votada na comissão na próxima semana. Ele reafirmou que a reforma da Previdência (PEC 6/19) continua sendo prioridade na CCJ. A proposta é o primeiro item da pauta, e a previsão é iniciar a discussão da matéria hoje (15/04). No entanto, se um requerimento de inversão de pauta for apresentado, Francischini disse que vai colocá-lo em votação. “O plenário da CCJ é soberano. Se aprovar [o reque-

rimento de inversão de pauta], o primeiro item será o orçamento impositivo”, informou. Francischini reconheceu o esforço do governo para articular a base aliada e aprovar a reforma. “Estão fazendo trabalho de corpo a corpo, conversando indi-

vidualmente com cada deputado, começando pelos integrantes da CCJ. Até a próxima terça, deve ter mapeamento das intenções de votos. Na etapa da CCJ, acredito que já há condições para superar obstáculos”, declarou.

Sites do governo vão migrar para portal único

DIREÇÃO

IMPRESSO Presidente: Guilherme Queiroz Diretor: Hélio Queiroz Superintendente: Nathalie Maia Editor Chefe: Lívio di Araújo Comercial: Francis Leandro Circulação: Marco A. Queiroz Colunista social: Marlene Galeazzi

Orçamento impositivo pode ser votado antes da reforma ALEX FERREIRA/CÂMARA DOS DEPUTADOS

O presidente Jair Bolsonaro confirmou ontem (14/04) a convocação de mais de mil policiais federais aprovados em concurso público no ano passado. A medida havia sido anunciada pelo ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, como parte das ações dos primeiros 100 dias de governo. Junto com o pacote anticrime, proposto pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, e que está em tramitação no Congresso Nacional, a nomeação do no-

PORTAL Presidente: Guilherme Queiroz Diretor: Hélio Queiroz Superintendente: Nathalie Maia Editor de Portal: Reynaldo Rodrigues Comercial: Francis Leandro

Em menos de dois anos, o governo federal deverá ter apenas um canal na internet, o portal único GOV. BR. É o que institui o Decreto 9.756/2019, publicado em edição extra do

Diário Oficial. O texto, assinado pelo presidente Jair Bolsonaro, define regras de unificação dos canais digitais englobando os portais na internet e os aplicativos móveis, e estabelece prazos

para que o GOV.BR esteja completamente disponível ao cidadão. O portal único é uma medida que tem sido adotada por outros países, como Reino Unido e México.


3

J S E G U N D A - F E I R A ,

15

DE ABRIL DE

istrito Federal D REPRODUÇÃO

REPRODUÇÃO/CEB

Mudança para Taguatinga é adiada, sem data marcada O Governo do Distrito Federal vai esperar um pouco mais para ocupar o Centro Administrativo, em Taguatinga. A mudança, marcada para acontecer no última sexta-feira (12/04), não ocorreu. Em janeiro, o governador Ibaneis Rocha havia dito que ocupariam o prédio até março. Em março, mudou a data para o meio do ano. Mas, no início de abril, o governo divulgou a data de 12 de abril como o dia da mudança. Agora, não há nova data para evento. O Centro Administrativo do DF foi finalizado em 2014 e inaugurado no último dia da gestão de Agnelo Queiroz (PT) à frente do Palácio do Buriti. O prédio tem 182 mil m² e capacidade para receber 13 mil

servidores mas, desde a inauguração, está desocupado e virou alvo de polêmicas e suspeitas de corrupção. Ibaneis defende a mudança como medida para conter gastos com o aluguel de prédios. “Temos uma administração que está bastante desorganizada, espalhada em diversos prédios pela cidade. Prédios alugados que dão uma despesa só com aluguel de R$ 9 milhões, mais toda a manutenção de prédios que não são nossos”, afirmou. No início de abril, o governo divulgou a data de 12 de abril como a que marcaria o início do processo de mudança do Executivo para Taguatinga. Com o objetivo de suspender a medida, o Ministério Público de Contas

do DF ajuizou representação contra a mudança. Segundo o MP, “é impossível estabelecer, diante das informações disponíveis, vantagem de qualquer natureza, notadamente econômica, com a mudança ocorrendo em espaço de tempo tão diminuto e, claramente, sem planejamento”. O Tribunal de Contas do DF negou o pedido de cautelar do Ministério Público. Mas a promessa da ocupação ainda não se concretizou. O evento marcado para a assinatura do termo de autorização, que permite a mudança para o prédio, foi adiado. Antes da assinatura, o governo Ibaneis diz que vai aguardar um posicionamento do Tribunal de Contas do DF.

BRASÍLIA

www.alo.com.br

JORNAL

2019

ALO

Operação da CEB melhora iluminação no entorno do Hospital de Ceilândia O sol se põe, mas parece dia na QNM 28 e no estacionamento do Hospital Regional de Ceilândia. Ao entardecer, os postes acendem automaticamente, sem deixar que as centenas de pessoas que passam na região fiquem no escuro. Esse é o resultado bem-sucedido de uma ação da Companhia Energética de Brasília (CEB), que, em março, realizou a substituição de 398 lâmpadas de vapor de sódio por luminárias de LED, alterando completamente as condições da iluminação pública no local. “A economia de energia pode chegar a 60%”, explica

Paulo Henrique Nazareth, engenheiro eletricista da CEB há 21 anos, situando a diferença entre esse equipamento e as lâmpadas comuns. “Os LEDs possuem 60 mil horas de vida útil e perdem apenas 30% de luz quando atingem esse tempo. Já as lâmpadas de vapor de sódio queimam quando chegam às 32 mil horas”. No entorno do Hospital de Ceilândia, o consumo de energia de uma lâmpada de vapor de sódio de 400w custava R$ 68,70 por mês. Agora, o gasto mensal será de R$ 38,27. A previsão da área técnica da CEB é que o investimento em lâmpadas

LED retorne para os cofres públicos em 33 meses, apenas com a economia de energia. A instalação de luminárias de LED na região trouxe segurança não só para os comerciantes locais, mas também para os trabalhadores do hospital de Ceilândia. Vigilante há três anos, Edimar Campos conta que trabalhar naquela área é arriscar a vida todos os dias. “Perdemos um colega vigilante que foi surpreendido por um bandido que roubou sua arma e atirou, relata. “Com essa claridade, é mais difícil que isso aconteça novamente. ”

Vice anuncia benfeitorias no transporte aos moradores do Paranoá RENATO ALVES/AGÊNCIA BRASÍLIA

Restaurante Comunitário de Brazlândia é reaberto à comunidade

Em Brazlândia, lago transborda com chuva

Com a cozinha completamente refeita, o Restaurante Comunitário de Brazlândia reabriu as portas. A unidade estava interditada desde a sexta-feira (05/04), quando ocorreu uma explosão no local de cozimento dos alimentos. Dois trabalhadores estavam no momento do incidente. Um auxiliar de 24 anos sofreu lesão leve, mas já está de volta ao trabalho, enquanto que uma cozinha, que se recupera bem de queimaduras e logo voltará ao serviço. Tanto o acompanhamento às consultas após a alta, quando a aquisição do remédio foram feitas pela empresa contratada pela secretaria.

O Lago Veredinha, em Brazlândia, transbordou deixando moradores da cidade bastante assustados. A chuva que caiu na cidade foi a responsável pela quantidade excessiva de água no lago. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), durante uma hora choveu o equivalente a 12 dias em Brazlândia. A cidade foi a que concentrou a maior quantidade de chuva no fim de semana, de acordo com o Inmet. Foram 59,6 mm de água das 15h às 16h de sábado (13/04). A média nesta época do ano é de 4,5 mm por dia. A previsão do Inmet é mais chuva em todo o Distrito Federal hoje (15/04).

Além da panela onde suspeita-se que tenha ocorrido a explosão, todas as outras foram trocadas por questão de precaução, bem como as caldeiras. A equipe de manutenção instalou conexões dos panelões. Ainda precisou ser feita a colocação do telhado e de um forro novo no teto da cozinha e da lateral do restaurante, que ficaram danificados. Por fim, ocorreu a troca das coifas e dos exaustores, além da pintura do espaço. Equipe da Defesa Civil atestou reabertura. Apesar dos indícios de explosão de uma das panelas, somente o laudo da Polícia Civil vai afirmar a causa do incidente.

O vice-governador Paco Britto anunciou que, por determinação do governador Ibaneis Rocha, serão feitos estudos de viabilidade, por meio da Sociedade de Transportes Coletivos de Brasília (TCB), para aumentar a frota de ônibus circulante aos sábados e domingos. “Essa ação traz o governo para perto do povo”, ressaltou o vice-governador. “A população precisa da gente, da prestação dos serviços públicos para ter qualidade de vida e dignidade”. Mais uma boa notícia referente ao transporte público, junto à da expansão do número de ônibus a circular nos fins de semana no Paranoá, foi comemorada durante a ação do SOS DF. O DFTrans terá disponíveis veículos para locomoção das crianças integrantes dos Bombeiros Mirins até o projeto Corpo de Bombeiros Mirins. Outra novidade anunciada é a inauguração, no local, da Agên-

cia do Trabalhador, em parceria com o Ministério e a Secretaria do Trabalho. Já o administrador regional do Paranoá, Serginho Damasceno, destacou a instituição de um turno especial da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) para garantir a segurança das famílias.

Segundo ele, os assaltos eram comuns nas paradas de ônibus. “Com o turno extra [da PM], das quatro da manhã ao meio-dia, houve uma redução de quase 90% dos homicídios”, afirmou. “Há mais de 100 dias, tivemos um, sendo que ocorriam por volta de cinco, nos fins de semana.”


4

J S E G U N D A - F E I R A ,

15

DE ABRIL DE

2019

ALO

distrito Federal D

“Precisamos buscar novo perfil de empregos”, diz deputado

Distrital faz cobranças sobre o Fundo Garantidor

A Câmara Legislativa lançou a Frente Parlamentar em Apoio à Implantação do Parque Tecnológico de Brasília (Biotic). O objetivo, além de acompanhar a instalação desse polo de tecnologia, é ajudar a alavancar o crescimento econômico, tecnológico e biotecnológico do DF. Parlamentares, representantes do governo e profissionais da área foram unânimes na defesa de que Brasília precisa deixar de ter a economia alicerçada no serviço público e passar a explorar a vocação para ser a “capital da inovação”. “Temos potencial único para o desenvolvimento

A deputada Arlete Sampaio (PT) presidiu debate sobre o Instituto de Previdência dos Servidores do DF (Iprev-DF). Foram apresentados questionamentos sobre a saúde financeira dos fundos criados a partir da reestruturação previdenciária dos servidores públicos distritais e a previdência complementar a cargo da DF-Previcom . A parlamentar explicou os principais pontos da reestruturação feita em 2017: unificação dos fundos capitalizado e financeiro – juntando os servidores que ingressaram no serviço público do DF antes e depois de 2007 –; previsão de um sistema de aposentadoria complementar, e criação do Fundo Solidário Garantidor, composto e abastecido por bens imóveis e receitas advindas de participação so-

da área de ciência e tecnologia, e precisamos buscar um novo perfil de empregos para os próximos anos”, afirmou o presidente da frente parlamentar, Eduardo Pedrosa (PTC). “Alguns governos ficaram conhecidos por terem gerado cidades, outros por terem feito obras. Chegou a hora de um DNA diferente: esse governo pode ficar marcado por ter desenvolvido a capital da inovação”, acrescentou o distrital, que acredita que o Biotic pode virar referência na área. Segundo o vice-governador do DF, Paco Britto, uma das prioridades do govenador Ibaneis Rocha é

BRASÍLIA

www.alo.com.br

JORNAL

“redirecionar” a economia local: “O Distrito Federal precisa se libertar da economia baseada só no setor de serviços e na renda do funcionalismo. Precisamos mudar de paradigma”. Britto listou uma série de fatores que confirmam, em sua opinião, a vocação da cidade para as áreas de ciência e tecnologia: localização central, facilidades oferecidas pelo aeroporto, qualidade de vida e nível intelectual da população. O vice-governador elogiou a criação da frente parlamentar: “Unindo forças teremos resultados melhores e mais rápidos”.

O Parque Tecnológico de Brasília (Biotic) está sendo instalado perto da Granja do Torto, abrangendo uma área de 1 milhão de metros quadrados. No local, o governo espera cultivar a economia do conhecimento, como um novo vetor de desenvolvimento econômico e social e de diversificação da estrutura produtiva do DF. Para isso, o parque deverá ser um espaço de encontro entre governo, academia e iniciativa privada, visando a atrair atores das áreas de pesquisa e inovação, como empresas e startups.

CARLOS GANDRA/CLDF

cietária no BRB, dividendos de juros de capital próprio das estatais, entre outras fontes. O objetivo é cobrir eventuais rombos no sistema previdenciário. “Que gestões estão sendo feitas para o pleno desempenho do Fundo Garantidor?”, questionou a parlamentar. Conforme destacou, há terrenos da Terracap que ainda não foram

repassados e estatais que não estão repassando os dividendos. “Isso nos coloca numa situação curiosa: precisamos torcer muito para o BRB dar muito certo. E fazer campanha para os servidores não fazerem portabilidade para outro banco, para que a entidade se mantenha valorizada. Isso vai importar para o Fundo Garantidor”, disse.

Menos de um mês na presidência do Iprev-DF, Ney Ferraz Júnior garante, contudo, que “a casa está bem organizada”. O instituto, de acordo com ele, registra 148 mil segurados, dos quais 86 mil estão na ativa. “Ainda estamos numa situação confortável”, destacou, comparando com a situação de estados como o Rio de Janeiro e o Espírito Santo. O gestor ainda destacou que, em 2018, o fundo financeiro teve uma rentabilidade de R$ 270 milhões.

Possibilidade do GDF perder R$ 750 mi ao ano preocupa distritais A possibilidade de o Distrito Federal perder cerca de R$ 750 milhões a cada ano – a partir de recente decisão do Tribunal de Contas da União (TCU) que determinou o recolhimento aos cofres da União dos recursos descontados, a título de Imposto de Renda, sobre o contracheque de servidores da Polícia Civil, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros – causa preo-

SILVIO ABDON/CLDF

cupação aos deputados distritais. O tema foi debatido na Casa, bem como soluções para o problema. Quem trouxe a questão à discussão foi o deputado Rodrigo Delmasso (PRB). Na avaliação do distrital, “se o GDF não conseguir derrubar a decisão no Supremo Tribunal Federal (STF), haverá um rombo no caixa”. O tribunal também determinou

que sejam ressarcidos R$ 10 bilhões que já teriam sido retidos irregularmente. “O quadro empurrará o DF para uma crise orçamentária e financeira”, resumiu. Na opinião de Chico Vigilante (PT), “se essa situação perdurar, o DF vai à falência”. Por isso, conclamou toda a sociedade brasiliense “a se unir em torno da defesa do DF”.

PDAF enfrenta problemas como atrasos no repasse de verbas Dois temas que afetam diretamente o sistema público de ensino do Distrito Federal – o Programa de Descentralização Administrativa e Financeira (PDAF) e a gestão democrática das escolas – foram discutidos em audiência pública na Câmara Legislativa. A intenção, segundo o deputado Reginaldo Veras (PDT), que coordenou o debate, “foi colher subsídios que possam ser traduzidos, efetivamente, em ações”. Os participantes abordaram, entre outras questões, a

militarização de escolas e defenderam, por exemplo, a reeleição dos dirigentes escolares. O PDAF vem enfrentando vários problemas, desde atrasos no repasse de verbas a problemas burocráticos. Professores presentes à audiência reclamaram que os diretores dos estabelecimentos escolares “têm os seus CPFs comprometidos” com as despesas que precisam realizar e sugeriram que os profissionais de contabilidade também sejam responsabilizados. E ainda que

seja elevado o valor per capita que é repassado pelo GDF. O fim do mandato dos atuais dirigentes das escolas públicas – uma nova eleição está prevista para o segundo semestre – preocupa a comunidade escolar. Um estudo apresentado no evento prevê que 87% dos estabelecimentos de ensino terão as equipes substituídas o que poderia significar “descontinuidade” de várias ações. “O gestor escolar é um

prefeito”, comparou Veras, chamando a atenção para as inúmeras atividades que os responsáveis pelas escolas precisam assumir. Enquanto a deputada Arlete Sampaio (PT), considerou os relatos dos professores “questões extremamente relevantes vivenciadas no dia a dia”. Ela lamentou que, apesar disso, “os governos não consigam desenvolver projetos que possam resolver os problemas que vêm sendo apontados”. Como exemplo, citou a questão da violência.

CRÉDITOCARLOS GANDRA/CLDF


5

www.alo.com.br

15

DE ABIL DE

2019

Marlene Galeazzi marlenegaleazzi@gmail.com

BRASÍLIA

JORNAL

J S E G U N D A - F E I R A ,

ALO

lash F

FORTALEZA DAS VIRTUDES A designer de jóias Vânia Ladeira, sempre criativa, lançou “Virtudes” sua mais nova coleção, em evento concorridíssimo no B Hotel, tendo como embaixador o nadador olímpico Glauber Silva. O trabalho, que ganhou muitos elogios, foi inspirado na fortaleza das virtudes que nutrem o espírito humano. O coquetel teve um pocket show de Adriana Samartine.

A designer Vânia e a bela paisagem de Brasília

Hugo e Leliane Lima

Marília, Caroline Santos, Kakau Lassio, Vânia, Juliana Cunha Campos e Glauber

Sheila e Debora Lettieri

Mariana Vicenthini

Vânia com convidados

PÁSCOA EM PIRI Celina e Jorge Jardim com filhos e netos amanhã seguem para Pirenópolis. Goianos de tradição, nesta época do ano participam de perto das celebrações religiosas que acontecem por lá na Semana Santa. Heloisa e Henrique Hargreaves resolveram mudar de cenário nesta semana que antecipa a Páscoa. O querido casal, em tempo de dolce far niente, aproveita as delícias de Cabo Frio.

BRASÍLIA, MEU AMOR Em homenagem ao aniversário de Brasília, Graça Cantanhede vai lançar o livro “Brasília, meu amor”. Próximo dia 23, às 18h30, na Livraria Cultura do Casa Park. A noite de autógrafos promete ser muito concorrida.

SOL E MAR Regina e Josélio Moura curtem o feriadão que já se aproxima na praia de Guarapari. Retornam depois da Páscoa e já agendam nova viagem para o exterior.


6

J Q U A R T A - F E I R A ,

10

DE ABRIL DE

2019

ALO

acional N Briga entre torcedores do Corinthians e São Paulo tem 14 feridos Uma briga entre torcedores do Corinthians e do São Paulo na manhã de ontem (14/04) deixou 14 pessoas feridas. O confronto ocorreu em Ferraz de Vasconcelos, cidade da Região Metropolitana de São Paulo. A polícia foi acionada às 10h28. Os feridos foram levados para três hospitais: pronto-socorro regional de Guainases, pronto-socorro de Ferraz de Vasconcelos e para o de Santa Marcelina, em Itaquaquecetuba (SP). Segundo a Polícia Militar, cinco pessoas foram detidas e estão na Delegacia de Polícia de Ferraz de Vasconcelos. Os times do Corinthians e do São Paulo irão fazer hoje, às 16 horas, no estádio do Morumbi, a primeira partida da final do Campeonato Paulista de futebol.

Mega-Sena acumula e vai pagar R$ 52 milhões O concurso 2142 da Mega-Sena não teve acertadores no prêmio principal de R$ 45 milhões. Os números sorteados foram: 07, 40, 44, 50, 52 e 57. A quina - cinco números - teve 65 ganhadores, cabendo a cada um deles R$ 55.484,51. E a quadra - quatro números - registrou 5.028 acertadores. Cada um ficará com R$ 1.024,68. O próximo sorteio da Mega-Sena será no dia 17, quarta-feira. E a previsão é de um prêmio de R$ 52 milhões. As informações são do site da Caixa Econômica Federal.

REPRODUÇÃO

BRASÍLIA

www.alo.com.br

JORNAL

Ligações de robôs, um problema mundial REPRODUÇÃO

O celular toca, a tela mostra um número estranho e a voz do outro lado reproduz uma mensagem automática, é assumida por algum atendente de telemarketing ou simplesmente dá lugar a um toque de que a ligação caiu. É bem possível que você faça parte das milhões de pessoas que em todo o mundo que já receberam ou, na pior das hipóteses, ainda recebe cotidianamente - ligações do tipo, que em outras línguas já até ganharam um vocábulo próprio. Em inglês, por exemplo, são as “robocalls” e em espanhol, “robollamadas” - em português, seria algo como “robochamadas”. Não há dados oficiais e mundiais consolidados sobre este fenômeno recente. Mas quem trabalha com o tema - de órgãos de defesa

do consumidor a empresas de tecnologia - garante: o Brasil, ao lado de países como Índia e Estados Unidos, é um dos lugares no planeta que mais abriga ligações do tipo, mostrou reportagem da BBC News Brasil. No levantamento mundial mais recente, relativo ao ano de 2018 (período de janeiro a outubro), o Brasil apareceu em primeiro lugar no número de chamadas spam recebidas por usuário - 37,5 por mês, um aumento de 81% em relação ao mesmo período de 2017. O Truecaller tem 300 milhões de usuários no mundo - 3,3 milhões no Brasil. No país, as chamadas de spam têm uma característica muito particular: uma das ofertas mais frequentes é de operadoras de telefonia.

Fiocruz desenvolve teste para Zika mais barato e rápido Exames para identificar infecção pelo vírus da Zika em breve vão poder ser feitos em 20 minutos. Pesquisadores da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), em Pernambuco, desenvolveram um método simples e 40 vezes mais barato que o tradicional. A expectativa é que chegue aos postos de saúde antes do final do ano, beneficiando, principalmente, os municípios afastados dos grandes centros, onde o resultado do teste de Zika pode demorar até 15 dias. As informações são de um dos criadores da técnica, o pesquisador da unidade Jefferson Ribeiro. “Tendo em vista que a técnica atual (PCR) é extremamente cara e o Brasil tem poucos laboratórios de referência que podem realizar o diagnóstico de Zika – até um tempo atrás eram apenas cinco, inclusive a Fiocruz de Pernambuco -, uma cidade

pequena, no interior do estado, acaba prejudicada. A amostra precisa sair do interior, ir para a capital, para ser processada, enfim, se pensarmos nesses municípios, o resultado pode demorar 15 dias”, destaca Ribeiro. Outra vantagem do novo teste é que pode ser feito por qualquer pessoa nos posto de saúde, não exige treinamento complexo. Com um kit rápido, basta coletar amostras de saliva ou urina, misturar com reagentes fornecidos em um pequeno tubo plástico e depois aquecer em banho maria. Vinte minutos depois, se a cor da mistura se tornar amarela, está confirmado o diagnóstico de Zika, se ficar laranja, o resultado é negativo. Hoje, o teste PCR (reação em da polimerase), com reagentes importados, é feito com material genético retirado das amostras, o que demora mais.

No ano passado, o aplicativo registrou que 32% das chamadas spam no Brasil vieram de empresas de telecomunicação; 36% de outras empresas ou campanhas políticas através do telemarketing; 20% foram tentativas de golpes e fraudes; 10% classificadas como “incômodos” (incluindo, por exemplo, trotes e assédio); e 2% provenientes de serviços financeiros.

Prefeitura do Rio usará escolas como abrigos em caso de temporal REPRODUÇÃO

A prefeitura do Rio de Janeiro anunciou ontem (14/04) medidas adicionais de prevenção que devem ser tomadas em caso de chuvas fortes a partir de hoje. Entre as ações, estão o uso de 87 escolas como abrigos e o acionamento de sirenes em algumas comunidades antes do índice pluviométrico previsto no protocolo. As mudanças no plano de ação para chuvas foram anunciadas diante da previsão de chuva moderada a forte que pode ocorrer hoje, incluindo possíveis pancadas muito fortes em pontos isolados. As sirenes em comunidades com áreas de risco serão acionadas caso as chuvas

atinjam 45 milímetros por hora e, em locais como a Rocinha, Vidigal e Babilônia, o acionamento pode ser antes desse índice. Vias muito afetadas pelas chuvas neste ano poderão ser fechadas em caso de novos temporais. Estão na lista

a Avenida Niemeyer, Estrada Grajaú-Jacarepaguá, Alto da Boa Vista, mergulhão da Barrinha, Estrada da Barra da Tijuca (entre as pontes velha e nova), Rua Jardim Botânico e mergulhão Billy Blanco (perto do Terminal Alvorada, na Barra da Tijuca).

Sobe para nove total de mortos em desabamento da comunidade de Muzema

SUMAIA VILELA/AGÊNCIA BRASIL

Com a retirada de mais dois corpos dos escombros, subiu para nove o número mortos no desabamento de dois prédios na comunidade da Muzema, na zona oeste do Rio de Janeiro. Na noite de sábado (13/04), os bombeiros retiraram o corpo de uma mulher adulta e de uma criança do sexo mas-

culino. Ao todo, foram retiradas 17 pessoas dos escombros, sendo sete já sem vida. Outras duas pessoas que foram socorridas e hospitalizadas não resistiram aos ferimentos: um homem de 41 anos e um adolescente de 12. Os bombeiros trabalhavam ontem (14/04) com a esti-

mativa de que ainda há 15 desaparecidos sob o que restou dos prédios. O trabalho de salvamento ocorre ininterruptamente desde a tragédia, que ocorreu na manhã de sexta-feira. Mais de 100 bombeiros se revezam no salvamento, que conta com cães farejadores e um drone.


7

J S E G U N D A - F E I R A ,

15

DE ABRIL DE

2019

conomia E REPRODUÇÃO

BRASÍLIA

www.alo.com.br

JORNAL

ALO

Inflação acelera em todas as faixas de renda A inflação para todas as faixas de renda acelerou pelo quarto mês seguido, de acordo com o Indicador Ipea de Inflação por Faixa de Renda, referente a março. As maiores contribuições para esse resultado vieram de itens que afetam mais as famílias de menor poder aquisitivo, como cereais (5,2%), tubérculos (18,7%), hortaliças (6,1%) e frutas (4,3%). Os preços dos alimentos foram os principais responsáveis pela inflação de 0,8% na clas-

se mais baixa e responderam por 64% dessa variação total. Ainda que em menor escala, a alta dos transportes também impactou esse segmento, devido aos reajustes nas tarifas de ônibus urbano (0,9%) e de trens (2,1%). No acumulado do ano, a inflação das famílias de renda mais baixa apontou variação de 1,73%, com 0,24 ponto percentual acima da registrada pelas famílias mais ricas (1,49%). Na comparação das taxas acumuladas em 12 meses, essa alta da inflação do segmento mais pobre é ainda mais signifi-

cativa. De abril de 2018 a março de 2019, a inflação da classe de menor poder aquisitivo acumulou alta de 4,96%, ou seja, 0,67 ponto percentual acima da registrada na parcela de renda mais elevada (4,28%). Segundo o Ipea, essa piora da inflação para os mais pobres é ainda mais evidente quando se nota que, em março de 2019, enquanto a inflação da classe mais baixa foi 20 vezes maior que a registrada nesse mesmo mês de 2018, a aceleração da inflação da classe mais alta em 2019

Setor de serviços tem queda de 0,4% de janeiro para fevereiro

Mudança de comportamento: Comprar só o que precisa

Economistas voltam a piorar projeção para o PIB

O volume de serviços no país recuou 0,4% na passagem de janeiro para fevereiro. Essa é a segunda queda consecutiva do indicador, que já havia caído 0,4% entre dezembro e janeiro. Os dados são da Pesquisa Mensal de Serviços (PMS), divulgados pelo IBGE. Nos outros tipos de comparação, no entanto, o setor de serviços apresenta altas: 3,8% na comparação com fevereiro do ano passado, 2,9% no acumulado do ano e 0,7% no acumula-

A estratégia de deixar de fazer estoque doméstico de produtos, adotada intuitivamente pelo consumidor, foi provocada pela alta de preços de vários itens nos últimos meses, revelou reportagem publicada pelo jornal O Estado de S. Paulo. Quanto às idas ao supermercado, o consumidor está desembolsando entre R$ 100 e R$ 120 a cada viagem e traz para casa uma quantidade menor de produtos. Isso provocou uma mudança nos hábitos referentes

Ao longo de 2019, os analistas têm piorado de forma seguida as projeções para a economia. No início do ano, havia a expectativa de que o Produto Interno Bruto (PIB) poderia crescer até 3%. Essas projeções iniciais foram revisadas para uma alta de 2%, e agora os novos números são ainda mais fracos: indicam um crescimento próximo de 1,5%. A safra ruim de indicadores do primeiro trimestre tem levado parte

do de 12 meses. Na passagem de janeiro para fevereiro, três das cinco atividades de serviços pesquisadas pelo IBGE tiveram queda: transportes, serviços auxiliares aos transportes e correio (-2,6%), outros serviços (3,8%) e serviços prestados às famílias (-1,1%). Os serviços profissionais, administrativos e complementares mostraram estabilidade. O único segmento em alta foi o de serviços de informação e comunicação (0,8%).

ELZA FIUZA/ARQUIVO/AGÊNCIA BRASIL

à estocagem de produtos. Enquanto o preço da comida disparou, a renda da maioria dos brasileiros não acompanhou essa alta, especialmente num momento em que o desemprego se mantém em níveis elevados e a ocupação cresce impulsionada pela informalidade que remunera os trabalhadores com rendimentos entre 30% e 40% menores comparados aos obtidos pelos empregados com carteira assinada.

REPRODUÇÃO

MARCELO CASAL JR./AGÊNCIA BRASIL

Projeto prevê mandato de quatro anos para dirigentes do Banco Central O projeto de lei complementar que estabelece autonomia para o Banco Central (BC) prevê mandatos fixos de quatro anos para presidente e diretores, não coincidentes com o de presidente da República. A proposta também estabelece

trocas de diretores e presidente do BC, de forma escalonada e não simultânea. O projeto foi assinado pelo presidente Jair Bolsonaro. A medida foi um dos compromissos defendidos pelo presidente durante a campanha eleitoral.

A proposta seguirá para apreciação do Congresso Nacional, com início da tramitação pela Câmara dos Deputados. De acordo com o projeto, a função principal do BC continua a ser o controle da inflação, atingindo as metas definidas

de bancos e consultorias a promover um novo movimento de corte nas projeções de crescimento econômico para o Brasil neste ano. Os dois maiores bancos privados do país deram o tom desse maior pessimismo com a economia brasileira neste ano. O Itaú reduziu a previsão para o PIB de 2% para 1,3%, e o Bradesco diminuiu a projeção de 2,4% para 1,9%, segundo reportagem do Portal G1.

pelo Conselho Monetário Nacional. O objetivo do projeto é garantir por lei que não haja ingerências políticas nas decisões do banco. Nos últimos anos, houve um acordo informal para que não houvesse interferência.

ANTÔNIO CRUZ/AGÊNCIA BRASIL


8

J S E G U N D A - F E I R A ,

15

DE ABRIL DE

2019

BRASÍLIA

www.alo.com.br

JORNAL

ALO

ida & Lazer V DIVULGAÇÃO

Desfile com Cia. Néia e Nando é atração de Páscoa em Shopping A Páscoa desembarca no Jk Shopping (Avenida Hélio Prates, QNM 34 – entre Taguatinga e Ceilândia) com uma programação especial. Com muita doçura e encantamento a Cia. Teatral Néia e Nando apresentará durante esse período lindas Paradas de Páscoa. Tudo em uma

atmosfera cênica para enaltecer e manter vivo o espírito dessa data tão especial, principalmente para os pequenos. Os desfiles com 20 personagens e seis carros vão encher de cor e magia os corredores do shopping nos dias 20 e 21 de abril, sempre a partir das 16h. Após o desfile, os per-

sonagens ficarão atendendo o público por meia-hora para interagir e fazer fotos. Já nos dias em que não forem realizadas as paradas, as alegorias ficarão expostas na praça central para visitação de quem estiver passando por lá. O evento é gratuito e livre para todas as idades.

DIVULGAÇÃO

Los Hermanos em Brasília Após quase 4 anos distante dos palcos, mais uma vez é chegada a hora de matar as saudades e reencontrar fãs e amigos. No dia 27 de abril, no Estádio Nacional Mané Garrincha, às 22h, tem Los Hermanos na capital. Batman Zavareze, que novamente assina a direção de arte, criou um cená-

rio com LEDs de diferentes gerações fabricadas dos anos 1980 até hoje. A estética gráfica e tecnológica vai gerar um mosaico de texturas de peças obsoletas com outras ultramodernas de altíssima definição. A trilha sonora da espera é assinada por Paulo Sattamini da Tecla Music Agency. Os ingres-

sos variam de R$ 240 (inteira) a R$ 120,00 (meia) para Arena, R$ 300,00 (inteira) e R$ 150,00 (meia) para cadeira e R$ 400,00 (inteira) e R$ 200,00 (meia) para a área Premium – com bar exclusivo. Classificação: 18 anos desacompanhado (6 anos a 17 anos acompanhados de pai ou mãe).

REPRODUÇÃO

Maurício Meireles “leva o caos” ao teatro dos Bancários Dia 28 de abril, acontece o show “Levando o Caos” de Mauricio Meirelles no Teatro dos Bancários (314/315 Sul), às 20h. O novo espetáculo segue com o formato consagrado do “Perdendo Amigos”, eleito o melhor stand up no Grande Prêmio Risadaria Smiles REPRODUÇÃO

O cerrado em coleção de Théa Sisson A arte de Théa Sisson revela muito da relação do homem com a natureza, das figuras humanas e suas vivências pessoais. Artista plástica autodidata desde a infância, ela contou com mestres de técnicas variadas para aprimorar o talento.

Com a maturidade e traços apurados, Sisson imprime forte emoção e transmite grande sensibilidade em suas telas. Até 17 de abril, pela coletânea Cerrado Esperança, a arte de Théa Sisson poderá ser apreciada na Galeria de Arte da Ca-

sa Thomas Jefferson Hall (SEP Sul 706/906). Cerrado Esperança apresenta uma coleção documental da destruição causada pelo fogo na Chapada dos Veadeiros. A entrada é franca e a exposição é livre para todos os públicos.

do Humor Brasileiro por dois anos consecutivos, em 2016 e 2017. Em 90 minutos de apresentação, Meirelles continua abordando temas mais profundos, de forma madura e sempre bem-humorada, baseado em sua vivência. Seus textos novos

falam sobre depressão, feminismo dentro e fora do casamento, formas de criação dos animais domésticos, a gravidez da esposa, preconceitos que todos possuem, entre muitos outros. Ingressos: R$ 90,00 (inteira) e R$ 45,00 (meia). Classificação: 14 anos.

Profile for Alô Brasília Comunicações Ltda

Seg, 15/04/2019  

Seg, 15/04/2019

Seg, 15/04/2019  

Seg, 15/04/2019