Page 1

Reprodução da Internet

ANO 10 - Nº 2448 „ QUINTA-FEIRA „ DISTRIBUIÇÃO GRATUITA www.alo.com.br AGRONEGÓCIO GANHA DESTAQUE E ELEVA MERCADO NO DF E REGIÃO

17 MAI 2018 /

Feira AgroBrasília recebe grande leilão de animais de primeira linha, o que deve gerar milhões em negócios. Em outro lado, DF recebe campanha de vacinação assistida contra a febre aftosa.

PÁGINA 3 e 7

/

SERÁ O FIM DA FILA?

Reprodução

Agências da Previdência Social (INSS) deixam de agendar atendimento presencial para pedidos de aposentadoria por idade e salário-maternidade. Os serviços migram para o modo online. Benefícios só poderão ser solicitados por telefone ou internet. A medida vale a partir da próxima segunda-feira (21). PÁGINA 2

UNIDADE DO NA HORA CHEGA A BRAZLÂNDIA

TRÊS PRESOS SAÍRAM E NÃO VOLTARAM

AQUELE SOM QUE TODO MUNDO QUER SABER DE ONDE VEM

Nova agência de serviços do GDF foi instalada no Setor Tradicional da cidade e reúne órgãos públicos das Secretarias e do DFTrans.

987 presos foram liberados no Saidão do Dia das Mães, mas nem todos retornaram para continuar a cumprir pena pelos delitos cometidos.

Banda As Bahias e a Cozinha Mineira faz três shows na Caixa Cultural Brasília nesse fim de semana e traz um pouco de progressão para a capital.

PÁGINA 3

PÁGINA 3

PÁGINA 8 Gui Paganini


2

J Q U I N T A - F E I R A ,

17

DE MAIO DE

2018

acional N

ALO

Antonio Cruz/Agência Brasil

Charge

Impostos por aplicativo de transporte individual pode mudar

Aposentadoria por idade e salário maternidade serão agendados online A partir de segunda-feira (21) o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) deixa de agendar atendimento presencial para pedidos de aposentadoria por idade e salário-maternidade. Os dois benefícios só poderão ser solicitados por telefone ou internet o que vai encurtar a distância entre o segurado e

o benefício. Ao acessar o site do INSS ou ligar para o 135, ao invés de agendar uma data para ser atendido, o segurado receberá direto o número do protocolo de requerimento, eliminando a etapa do agendamento. A medida vale inicialmente para os benefícios de Salário Maternidade e Aposentadoria por Idade ur-

banos. Assim, aos poucos, do modelo convencional em que o segurado agenda uma ida ao Instituto para levar documentos e formalizar o pedido. Agora, ao fazer o pedido, o cidadão acompanha o andamento pelo site ou por telefone e, somente se necessário, será chamado para ir à agência do INSS.

Cultura investe R$ 1,3 bi em audiovisual O Ministério da Cultura aprovou, nesta semana, o primeiro Plano Anual de Investimentos do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA), com mais R$ 705 milhões para o setor. No total, os valores já chegam a R$ 1,376 bilhão para novos projetos neste ano. Entre os editais previstos estão programadas linhas para desenvolvimento, produção e distribuição de conteúdos

de cinema e TV, formação e capacitação, games e realidade virtual e aumentada, restauração de arquivos, entre outras áreas. O ministro da pasta ressalta que as novas linhas lançadas ao longo deste ano representam um marco para o audiovisual brasileiro, com forte impacto positivo sobre o desenvolvimento do setor e sua contribuição para o desenvolvimento do País.

Ministro defende debate sobre merenda

No total os valores chegam a R$ 1,376 bilhão para novos projetos neste ano

Em audiência pública realizada na quarta-feira (15) na Comissão de Educação do Senado Federal, o ministro da Educação, Rossieli Soares, destacou que o reajuste de 20% nos valores repassados pela União a estados e municípios para a merenda escolar não foram suficientes para atualizá-lo para “valores reais”. Questionado sobre o projeto de Lei do Senado 394/2016, da senadora Rose de Freitas (Podemos–ES), que estabelece que valores repassados pelo governo federal para a merenda escolar de estados e municípios deverão ser atualizados anualmente pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), o ministro sugeriu que o debate seja ampliado.

Reprodução

JORNAL

ALO

BRASÍLIA

Alô Brasília Comunicação Ltda. CNPJ: 09612937/0001-92 Matriz: Setor de Autarquias Sul (SAUS), Quadra 5, Bloco K, nº 17, Ed. Ok Office Tower, 13º andar. Asa Sul, Brasília, DF - CEP: 70.070-050 Telefone: 3335-9200 comercial@alo.com.br

DIREÇÃO

EDITOR-CHEFE

PRESIDENTE Hélio Queiroz

Hélio Queiroz

COORDENADOR DE REDAÇÃO

DIRETOR EXECUTIVO Guilherme Queiroz

Fernando Lackman

SUBEDITOR Luis Xavier

DIRETOR REGIONAL - RJ / SP

Marianno de Azeredo Santos / marianno@gmx.com.br

BRASÍLIA

www.alo.com.br

JORNAL

Foi aprovado nesta terça-feira (15) o projeto de Lei do Senado 493/2017 — Complementar, que muda regras de tributação sobre aplicativos de transporte de passageiros, como Uber, Cabify, 99 Pop e similares, pela Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), onde recebeu voto favorável do relator Armando Monteiro (PTB- PE). Agora a proposta do senador Airton Sandoval (PMDB-SP) vai ao Plenário em regime de urgência. O projeto altera o recolhimento do Imposto sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISS), de competência dos municípios. De acordo com a proposição, o tributo será cobrado pelo município do local do embarque do usuário e não onde está sediada a empresa de tecnologia, como ocorre atualmente. O autor da proposta afirma que a intenção é distribuir mais entre os municípios o produto da arrecadação do ISS. O relator lembrou que o PLS não implicará perda de arrecadação, de tribuição dos recursos.

Valter Luís

Itamaraty solicita acesso a documentos da CIA O Ministério das Relações Exteriores (MRE) informou nesta terça-feira (15) que o governo brasileiro aguarda posicionamento ao pedido encaminhado nessa segunda-feira (14) pela embaixada do Brasil em Washington ao Departamento de Estado norteamericano para ter acesso

aos documentos produzidos pelo serviço de inteligência dos Estados Unidos (CIA) sobre a ditadura militar. De acordo com registros da CIA, os documentos que vieram a público mostram novos fatos sobre a participação do Estado na execução e tortura de opositores da ditadura.

Ação contra incentivos fiscais fica fora da pauta A ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal, decidiu retirar de pauta a Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI 2441) contra os incentivos fiscais dos estados. A atitude foi tomada após reunião, na terça-feira (15), com os senadores Ronaldo Caiado e Wilder Morais (Democratas-GO), para esclarecer

que existe uma lei complementar aprovada pelo Congresso Nacional legalizando os incentivos.O julgamento da ADI estava pautada para esta quarta-feira (16), o que vinha causando inquietação nos estados envolvidos já que os benefícios fiscais são fundamentais para a manutenção de milhares de empregos.

Vice-procurador Luciano Mariz é contra redução automática de foro

Ex-técnico acusado de abuso sexual depõe na CPI dos Maus Tratos

Fachin autoriza inquérito para investigar doações a senadores do MDB

O vice-procurador-geral da República Luciano Mariz Maia entregou documento aos 15 ministros da Corte Especial do Superior Tribunal de Justiça (STJ), no qual se posicionou contrário à redução automática do foro privilegiado para governadores. Para Mariz Maia não é possível aplicar automaticamente a governadores o entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF), que restringiu o foro privilegiado de deputados federais e senadores para os crimes cometidos no exercício do mandato e em função do cargo.

O ex-técnico da seleção brasileira de ginástica olímpica Fernando de Carvalho Lopes negou ter praticado abuso sexual de atletas durante 15 anos, até 2016, quando foi afastado da equipe olímpica dos Jogos Rio 2016, após dennúncias de um menor. Ele depôs nesta quarta-feira (16) à Comissão Parlamentar de Inquérito dos Maus Tratos (CPIMT) e foi questionado também por supostos desvios de dinheiro público destinado a pagar a bolsa dos jovens. Segundo ele, os salários eram repassados conforme orientação da supervisora do clube.

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin decidiu hoje (16) determinar abertura de inquérito para investigar suposto repasse de R$ 40 milhões em doações eleitorais a políticos do MDB do Senado. As investigações devem envolver os senadores emedebistas Renan Calheiros (AL), Jader Barbalho (PA), Romero Jucá (RR), Eunício Oliveira (CE), Eduardo Braga (AM), Edison Lobão (MA), Valdir Raupp (RO), Roberto Requião (PR), além do exsenador e atual ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) Vital do Rego.


3

J Q U I N T A - F E I R A ,

17

DE MAIO DE

2018

www.alo.com.br

istrito Federal D Tony Winston Agência Brasília

Jovens já podem se inscrever para o #BoraVencer

ALO

„ O programa #BoraVencer, que terá seu último aulão do semestre no final do mês de maio, iniciou etapa de inscrições a partir desta quarta-feira(16). O encontro acontece dia 27 no Centro de Convenções Ulysses Guimarães e terá como tema as disciplinas de química, redação, literatura e línguas estrangeiras.

Na Hora inaugura unidade em Brazlândia Os moradores de Brazlândia agora podem contar com a mais nova unidade do Na Hora, no Lote 3 da Área 4 do Setor Tradicional da cidade. O posto foi entregue nesta quarta (16), e reúne serviços públicos das

Secretarias de Fazenda e de Justiça e Cidadania e do Transporte Urbano do Distrito Federal (DFTrans). Aqueles antes oferecidos na Agência da Receita que funcionava no local permanecerão disponíveis. O atendimento será

das 7h30 às 18h30 nos dias úteis e das 7h30 às 12h30 aos sábados. Além do inaugurado em Brazlândia, existem outros seis em todo o DF: Ceilândia, Gama, Riacho Fundo I, Rodoviária do Plano Piloto, Sobradinho e Taguatinga.

TRANSPORTE Antes e depois, haverá transporte gratuito para os jovens. O ônibus parte da plataforma inferior A da Rodoviária do Plano Piloto, das 11 às 14 horas, em direção ao local de aula, e faz o caminho de volta , do Centro de Convenções até a Rodoviária, ao final. Os interessados devem acessar o site da Secretaria de Políticas para Crianças, Adolescentes e Juventude para concorrer a uma das 2,8 mil vagas.

Riacho Fundo II cadastra ambulantes e food trucks A partir desta segundafeira (21), a administração regional do Riacho Fundo II vai cadastrar ambulantes e proprietários de food trucks interessados em participar da festa de aniversário de 23 anos da cidade, nos dias em 25 e 26 de maio. O sorteio das 30 vagas ocorrerá na terça-feira (22), às 9 horas, na administração regional. Para concorrer, é preciso comparecer, com a carteira de identida-

nistração para o exercício financeiro do próximo ano, com foco na busca de equilíbrio entre os recursos que entram e gastos públicos. No Distrito Federal, o texto da LDO precisa ser encaminhado à Câmara Legislativa até 15 de maio. Suas funções estão esti-

de, ou enviar representante com procuração reconhecida em cartório. Para a ocupação do espaço público serão cobrados R$ 0,76 por metro quadrado (m²) e por dia. Cada vendedor ambulante em barraca poderá dispor de área com medida máxima de 4×4 metros, o correspondente a 16 m². Todas as informações estão no edital de convocação publicado no Diário Oficial do Distrito Federal desta quarta-feira (16).

Empresa se manifesta sobre denúncia Após repercussão de informações que teria levado à demissão do presidente do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), Francisco Lopes, sobre um contrato de R$ 8,8 milhões com uma empresa de informáti-

ca sediada em um pequeno estoque de bebidas, em Brasília, a RSX informática enviou nota de esclarecimento à imprensa. A empresa afirma ser vítima de uma campanha insidiosa de difamação perpetrada.

Gabriel Jabor Agência Brasília

Projeto do Orçamento já está na Câmara Legislativa Na tarde desta terça-feira (15), o governo de Brasília protocolou na Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) o texto do Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (PLDO) para o exercício de 2019. A proposta estabelece as metas e prioridades da admi-

BRASÍLIA

JORNAL

puladas na Constituição Federal, na Lei de Responsabilidade Fiscal (LC nº 101, de 2000) e na Lei Orgânica do Distrito Federal. Após o recebimento da proposta, a Câmara Legislativa tem até 30 de junho para análise e aprovação do projeto.

NÚMEROS DO ORÇAMENTO R$ 1,1 bilhão – Conclusão de projetos que já estão na fase final de execução R$ 39,8 bilhões - Previsão de receitas para o próximo exercício, já incluídos os recursos destinados ao Fundo Constitucional do DF 3.010 convocações do Executivo, especialmente para saúde, educação e Polícia Civil, além de 133 cargos para o Legislativo. R$ 220 milhões - Implementação de reajustes, a partir do segundo semestre de 2019, caso a previsão de receitas se concretize.

Três detentos não retornaram após saidão do Dia das Mães No período de Dia das Mães, 987 presos foram liberados para a saída temporária. Todos deveriam retornar às unidades prisionais até as 10 horas desta segundafeira (14), mas três estão foragidos. Eles representam 0,3% do total. Os detentos cumprem penas em regime

semiaberto e foram autorizados pela Vara de Execução Penal a ficar com os familiares de 11 a 14 de maio. Aqueles que não se apresentaram no prazo estabelecido podem perder direito ao regime semiaberto quando forem recapturados, além de responder a inquérito disci-

plinar. Essa foi a terceira saída temporária de 2018. No ano todo, serão nove saidões, o que totaliza os 35 dias determinados pelo Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios. Os períodos de liberdade não são, necessariamente, vinculados a datas comemorativas.

Distrito Federal recebe vacinação assistida contra febre aftosa No mês da vacinação contra a febre aftosa, técnicos da Secretaria da Agricultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural acompanham a aplicação das doses em propriedades consideradas mais suscetíveis ao aparecimento da doença. A vacinação assistida ocorre nas unidades em que há manipulação de produtos e subprodutos animais, que ficam à margem de rodovias

ou que têm intensa comercialização de bovídeos. No período de campanha, até 31 de maio, é obrigatório para as propriedades que recebem e as que vendem os animais apresentar o formulário de vacinação preenchido. MULTA As punições para quem não vacinar o rebanho podem variar de R$ 182,22 ou de R$12,15 por animal, com

prevalência do maior valor. Para aqueles que não comprovarem a vacinação, a multa é de R$ 182,22. Além disso, fica impedido qualquer tipo de venda enquanto a situação não for regularizada. O prazo para a entrega dos formulários que comprovam a aplicação das ampolas vai até 11 de junho. O procedimento pode ser feito presencialmente nos escritórios da Secretaria da Agricultura.


4

J Q U I N T A - F E I R A ,

17

DE MAIO DE

2018

istrito Federal D Marcello Casal Jr/Agência Brasil

ALO

Hospital brasiliense conquista certificação As acreditações hospitalares são programas de melhoria contínua que conferem certificação às unidades de saúde que seguem protocolos adotados para garantir qualidade e segurança aos pacientes. O Hospital Brasília é o primeiro da capital a receber a certificação Diamante

A informalidade domina o trabalho doméstico no Brasil

ERIKA MANHATYS O trabalho doméstico é uma das ocupações mais antigas do mundo e já passou por diversas transformações ao longo dos séculos. Ligado ao colonialismo e à servidão, durante séculos este serviço foi realizado por meio da escravidão. Este espectro gerou uma mão-de-obra barata e sem respaldo legal que se mantém até os dias atuais. A legislação passou a dar suporte à categoria, a partir de 1972, com a Lei 5.859 que reconheceu o trabalho doméstico como uma função, a qual aplicava-se a assinatura em carteira de trabalho. Anos depois, em 1988, foi publicada uma nova lei mór no Brasil, a Constituição Federal, que propôs a todos os trabalhadores, incluindo os domésticos, direitos como o 13º salário, férias remuneradas, licença maternidade e aposentadoria. Os avanços foram significativos para toda classe operária do país, entretanto ainda restavam muitos direitos que os funcionários domésticos não faziam jus. Para preencher esta lacuna legal, finalmente há três anos, em 2015, a Lei Complementar nº 150, estendeu os direitos trabalhistas para a classe doméstica. Os funcionários contratados por pessoas físicas, agora tinham os mesmos direitos daqueles contratados por empresas e passaram a contar com jornada máxima

de trabalho, horas extras e adicionais e o recolhimento da fonte do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). Apesar das mudanças legais representarem um avanço para a categoria e para a afirmação do serviço doméstico como uma função trabalhista como qualquer outra. Porém, com as novas obrigações geradas ao contratante, muitas pessoas tiveram de dispensar o seu funcionário e assim, o trabalho doméstico informal cresceu desde 2015. Segundo dados da Organização Mundial do Trabalho (OIT), apenas um terço dos trabalhadores domésticos possuem carteira assinada. A maior parcela, dois terços, desempenham a função sem estarem cobertos pela legislação e consequentemente, não têm acesso a dispositivos de proteção social. A informalidade é reforçada pela crise que o país passa e com o massivo número de desocupação que tem melhorado a passos curtos. A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio (PNAD), do último trimestre de 2017, mostra que o trabalho doméstico informal foi um grande motivo que impulsionou a taxa de ocupação. No período houve um aumento de 2,9% no número de trabalhadores domésticos, o que corresponde a 177 mil postos a mais, segundo a pesquisa, grande parte das contratações ocorreram na informalidade. A mudança na lei surtiu

do programa. A avaliação da certificadora no Hospital Brasília começou ainda em 2016, o processo foi concluído em abril. A entrega oficial do selo ocorrerá hoje (17), às 9h, na Embaixada do Canadá, e contará com a presença do CEO da Rede Ímpar e do corpo de diretores do hospital.

Definida responsável pela Brasília Junina

A mudança na lei surtiu efeitos positivos no mais amplo sentido aos trabalhadores domésticos

efeitos positivos no mais amplo sentido aos trabalhadores domésticos. Rosana Silva trabalha na área há mais de 10 anos e teve sua carteira assinada um ano antes da promulgação da Lei Complementar, em 2014. Ela afirma que a maior mudança ocorreu a respeito de seus direitos sociais diante o Estado. “Meus direitos sempre foram oferecidos, mesmo antes de assinar a carteira. Eu sempre tirei férias remuneradas de 30 dias, por exemplo”. Rosana explica que o maior benefício que ela percebeu foi ter acesso a direitos sociais prestados pelo Estado. “A maior vantagem foi poder tirar minha licença maternidade, pude ficar em casa e receber meu salário enquanto estive afastada”. FATOS E NÚMEROS NACIONAIS

A Associação Imaginário Cultural será a responsável por gerir a programação do Brasília Junina 2018. Ela foi escolhida por meio de chamamento público cujo resultado saiu nesta quarta-feira (16). Entre as funções da organização da sociedade civil está a de organizar a logística de apresentação dos grupos que também serão selecionados por chamamento público

posteriormente. O circuito deste ano compreende pelo menos 40 apresentações de quadrilhas juninas, 15 trios de forró, etapas dos campeonatos brasileiros de quadrilha junina e apoio aos festejos juninos tradicionais do DF. Esta edição vai incluir também atividades tradicionais que já ocorrem nas regiões administrativas.

Planetário promove curso de astronomia

planetário em 25 e 26 de maio (sexta e sábado). Na sexta, o curso começa às 19h e termina até as 21h. No sábado, vai das 9h ao meiodia e das 14h às 18h. Os professores Adriano da Silva Leonês e Paulo Eduardo de Brito ensinarão aos participantes noções básicas sobre astronomia e ciências espaciais.

„ Estarão abertas a partir desta sexta-feira (18) as inscrições para o minicurso Astronomia para Apressados, do Planetário de Brasília. As inscrições vão até quartafeira (23), das 8h às 18h. As aulas serão dadas no próprio

Andre Borges/Agência Brasília

> Apenas 42% dos trabalhadores domésticos contribuem para a previdência social e só 32% possuem carteira de trabalho assinada; > Só 4% da categoria é sindicalizada; > Em 2016, dos mais de seis milhões de trabalhadores domésticos do Brasil, 92% eram mulheres; > Em 2015, ano de mudança na legislação, existiam cerca de 156 mil crianças e adolescentes em situação de trabalho infantil doméstico. Em 2014, este número era de 406 mil, uma redução de 61% dos casos.

BRASÍLIA

www.alo.com.br

JORNAL

Inscrições seguem até o dia 23 de maio no Planetário

Acordo prevê tecnologia de ponta para rede pública de ensino „ O governo de Brasília, por meio da Secretaria de Educação, assinou acordo de intenções com a empresa de computadores Microsoft no Brasil para absorção de tecnologia de ponta e conhecimento técnico a serviço da rede de ensino público do Distrito Federal. O acordo foi firmado durante a Bett Educar, feira de educação que ocorreu na semana passada em São Paulo. A iniciativa, segundo a secretaria, é um primeiro passo para capacitação de crianças e jovens em tecnologia, a fim de estimular ideias inovadoras e empreendedoras. A partir de 10 de junho, as instituições de ensino do DF terão acesso às plataformas Microsoft com o Office 365 para educação (nuvem).

Deputados questionam condições estudantis „ A assistência estudantil a discentes em situação de vulnerabilidade socioeconômica tem sido tema central dos debates a respeito da realidade orçamentária enfrentada pelas instituições públicas de ensino superior no Brasil. Na última semana, reitores de 15 universidades – entre elas, a UnB – estiveram na Câmara dos Deputados para um debate sobre o assunto, com a participação do ministro da Educação, Rossieli Soares. Ele esteve na reunião conjunta das Comissões de Educação, e de Fiscalização Financeira e respondeu a perguntas dos deputados a pedido da Andifes e da União Nacional dos Estudantes (UNE).


5

www.alo.com.br BRASÍLIA

JORNAL

ALO Conceito

ROBSON RODOVALHO

J Q U I N T A - F E I R A ,

17

DE MAIO DE

Marlene Galeazzi marlenegaleazzi@gmail.com lash F Fotos: Arquivo Pessoal

ATÉ BREVE Com um delicioso e descontraído churrasco, familiares e amigos de despediram de Yves Kokoyama que deixou Brasília para assumir, no Acre, a Gerência Executiva Regional de Habitação da Caixa Econômica Federal. Ele e a esposa já estão devidamente instalados em Rio Branco e se preparando para receber os filhos que também se mudam para lá no final do ano. Yves, aluno de Direito do IESPLAN, transferiu o curso para faculdade daquele estado. Que seja feliz na nova empreitada. São os votos da coluna.

Bispo presidente do Ministério Sara Nossa Terra e ex-deputado federal.

Yves Kokoyama de Almeida com Divanilza Rocha de Almeida, Gabriela Vieira Lira e seus pais, Maria Kokoyama e Antônio Ives de Almeida

Quais são seus maiores medos? Entenda que a fé transforma seus medos em desafios

O homem natural tem medo de algumas coisa. Ele teme a morte, a pobreza, a doença, as críticas. Nós, cristãos, também tememos muitas dessas coisas (em um nível menor, porque estamos crescendo em Deus. Por exemplo, muitos têm dificuldades em semear financeiramente na Igreja ou repartir alguma coisa com outra pessoa por causa do medo de que lhes faltará amanhã. Assim, retêm, seguram o que têm. Só que isso é um engano do diabo, porque sabemos que existe uma lei da semeadura e da colheita. Não importa quem, se é cristão ou não, qualquer pessoa que fizer uma semeadura, seja boa ou ruim, terá uma colheita de mesma qualidade, de mesmo nível, de mesmo tamanho. Esta não é uma lei humana, mas divina, infalível. Talvez você diga: “Mas de que adianta eu ser bom, semear em outras pessoas. Se só recebo ingratidão?”. Eu sei que você já questionou isso. Você investe bondade, paciência, perdão, amor em uma pessoa e o que recebe em troca? Traição, coisas ruins, negativas. Isso faz que você tenha medo de continuar semeando. Mas entenda que a fé transforma seus medos em desafios. Descubra quais são seus medos. Você pode enfrentá-lo, você pode orar sobre eles e vencê-los. Não há crescimento sem mudanças, e não existem mudanças sem perdas, sacrifícios e dores. Toda mudança envolve riscos e perdas, e tudo o que é novo traz medo. Mas encare, enfrente seus medos, porque a hora de sua vitória irá chega, e a dor vai passar. O problema do medo não é senti-lo, mas é o que ele produz em nós. Diante de uma situação nova, de algo que nunca fez, o que o medo produz em você? Uma reação de fuga ou de luta? Já pensou se Davi tivesse enfrentando o gigante? Ele não teria sido rei.Portanto, não deixe que seus medos tomem as decisões por você.

O conteúdo do artigo é responsabilidade de seu autor e não representa, necessariamente, a opinião deste jornal.

Jael, Ruth e Janice Silva

OUTLET „ Rejane Castilho e Karla Rosa convidam para o lançamento do Extra Chique Outlet. Terça-feira, dia 22, das 19h às 21h, no Sensorial Café Galeria & Piano.

SUSHI SAN „ Segunda-feira, dia 21, das 19h30 às 21h30, o Sushi Sana, um novo conceito de marca, recebe convidados para apresentar as novas instalações da 106 Sul. A casa promete bombar.

NIVER „ Nossos abraços de hoje, com votos de saúde, vida longa e todas as bençãos dos céus vão para as amigas queridas que estão trocando de idade. Armildes Correa, a colunista de Taguatinga, e as talentosas fotógrafas, Mila Perilo e Zuleika de Souza.

MODA „ No próximo dia 24 de maio, o Museu da República abre suas portas para um evento pra lá de fashion. O Destaque Moda Senac DF terá ampla programação de palestras, e à noite um belo desfile com três estilistas que participaram de um concurso, no qual foram inscritos mais de 150 projetos.

2018

O casal com as crianças e os amigos, Juliana e Carla Nina, e Renan Chaves de Almeida


6

J Q U I N T A - F E I R A ,

17

DE MAIO DE

2018

www.alo.com.br

Sandro Gianelli sandrogianelli@hotmail.com

BRASÍLIA

JORNAL

ALO

Ons & Offs

Sem foro privilegiado

Reprodução da internet

A deputada distrital Telma Rufino (Pros) perdeu o foro privilegiado. O Conselho Especial do Tribunal de Justiça do Distrito Federal (TJDFT) mandou para a primeira instância o processo envolvendo a parlamentar sobre falsificação de diploma. A decisão contou com o apoio dos 16 desembargadores presentes na sessão.

A deputada distrital Telma Rufino perde o foro privilegiado

Acabou geral A decisão do Conselho Especial do TJDFT segue a mesma linha definida pelo Supremo Tribunal Federal que acabou com o foro privilegiado. O caso da deputada Telma Rufino restringiu o foro para todos os deputados distritais do DF.

Aguardando análise

Na bronca

Além de não ter havido a prevenção na manutenção dos extintores, sequer o processo de contratação da empresa que terá a responsabilidade de resolver o problema chegou ao fim. A Secretaria de Saúde afirmou que o processo está em fase de análise. O Tribunal de Contas do DF (TCDF) determinou que o IHB resolva o problema.

Podemos e PP se uniram e querem que o tempo de TV destinado aos partidos no horário eleitoral gratuito não sejam contabilizados pela quantidade de deputados federais eleitos em 2014, que é a regra vigente. Os partidos querem que seja contabilizado a quantidade atual de parlamentares.

100 dias

Bolsonaro beneficiado

O GDF só conseguiu abrir a licitação para a recuperação da Galeria dos Estados e de dois viadutos após 100 dias da queda. Quem passa pela região terá que esperar um pouco mais. As empresas terão até o dia 13 de junho para enviar suas propostas. Depois tem que aguardar a escolha da vencedora e na sequência o início, andamento e término da obra.

Se o Supremo Tribunal Federal (STF) acatar, a mudança será significativa não apenas para o Podemos e o PP. O PSL, do presidenciável Jair Bolsonaro, teria uma alteração significativa. Saltando de 1 segundo em cada bloco do horário fixo, para 11 segundos e de 2 inserções na programação semanal para 14 inserções por semana.

Programação aberta Fim do terrorismo

Sem manutenção

Reprodução da internet

Os extintores de incêndio do Instituto Hospital de Base (IHB) estão vencidos há 10 meses. A população espera dos gestores públicos, que ações como essa sejam antecipadas para que os trabalhos não sejam prejudicados.

Extintores vencidos no Instituto Hospital de Base (IHB)

O reajuste de 2,06% relativo a tarifa extraordinária na conta de água do DF foisuspenso por Paulo Salles, diretorpresidente da Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento do DF (Adasa).

O Podemos também terá um ganho significativo. Hoje o partido conta com 5 segundos, se sua solicitação for aceita, passará para 17 segundos em cada bloco do horário fixo. Agora, nas inserções semanais o ganho é ainda maior, o Podemos sai de 7 e passa para 29 inserções na programação aberta da TV.

Contrário O vice-procurador-geral da república, Luciano Mariz Maia, se posicionou contra à redução automática do foro privilegiado para governadores. Ele alegou que não é possível aplicar automaticamente aos governadores o entendimento do Supremo Tribunal federal (STF) que restringiu o foro privilegiado de deputados federais e senadores.

PP e DEM O PP sairá de 50 segundos para 68 segundos e as inserções semanais passariam de 65 para 89. Outra sigla beneficiada é o DEM, que tem 28 segundos e passaria para 57. Chegando a 74 inserções comerciais semanais.

Envie fotos da sua cidade, críticas, sugestões ou denúncias pelo WhatsApp (61) 98406-8683

ntorno E

Finalmente

Reprodução da internet

Meio a meio Parte da viagem será de responsabilidade do próprio município e parte fica com o transporte coletivo do DF. A ideia é que os ônibus que operam nos municípios do Entorno passem a pegar os passageiros de Goiás e deixarem nos terminais do DF que ficam mais próximos ao município.

Parece que o caos no transporte público que liga a região do Entorno ao DF está próximo de chegar ao fim. A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) preparou um Plano de Outorga, que prevê intensa participação do transporte público do Governo do Distrito Federal. Responsabilidade de transportes é dividida entre DF e município

Sem definição Em seguida, os usuários são distribuídos para os seus destinos com os veículos do DF. O objetivo é acabar com o fluxo direto entre os municípios e as cidades do DF. Mas, por enquanto, ainda não há nada definido. O projeto depende de aval do Ministério dos Transportes.


J Q U I N T A - F E I R A ,

17

DE MAIO DE

2018

www.alo.com.br

ALO

conomia E

Leilão de animais de primeiro porte deve movimentar AgroBrasília tersal atrás do CTG. Há 10 anos presente na AgroBrasília, o pecuarista Rogério Tokarski declara-se bastante satisfeito com a atividade e os bons resultados alcançados. “O Distrito Federal possui animais de alto valor genético. Nosso haras, por exemplo, produziu o terceiro melhor cavalo do Brasil da raça árabe. Temos a campeã nacional da raça wagyu, que é o boi japonês, simplesmente a melhor carne que existe.

Cerca de quatro mil agricultores do Distrito Federal, Goiás e Minas Gerais são esperados no Espaço da Agricultura Familiar, na 11ª edição do evento

Amanda Oliveira

Neste sábado, 19 de maio, às 15 horas, o Haras Rancho Tokarski promove mais um grande leilão de bovinos, equinos e caprinos de alto valor genético, na 11ª AgroBrasília. Serão leiloados 35 animais, dentre cavalos da raça árabe, bovinos da raça wagyu, carneiros Dorper e White Dorper, além do gado produzido pelo Guzerá da Capital, convidado especial. O leilão será no Parque Tecnológico Ivaldo Cenci, no ta-

Projeto Indústria 2027

Fazenda poderá rever projeção do PIB „A declaração foi feita a jornalistas após a divulgação, nesta manhã, do Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br), que teve retração 0,13% de janeiro a março, comparado ao do último trimestre do ano passado.O IBC-Br foi criado pelo Banco Central para tentar antecipar, por aproximação, a evolução da atividade econômica. O indicador oficial é o PIB, calculado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que será divulgado no próximo dia 30.

Exportações do agronegócio apresentam aumento As exportações brasileiras de produtos do agronegócio atingiram US$ 8,89 bilhões em abril de 2018, cifra 2,7% superior ao valor registrado em igual mês do ano anterior. O percentual representa um aumen-

to de US$ 231,63 milhões no volume de comércio. Os números foram divulgados pela Secretaria de Relações Internacionais do Agronegócio (SRI) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

Banco Central mantém juros em 6,5% ao ano Índice de Atividade Econômica do Banco Central teve retração 0,13% de janeiro a março

Atividade econômica tem queda de 0,13% A atividade econômica registrou queda no primeiro trimestre deste ano. O Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br), dessazonalizado (ajustado

para o período), teve retração 0,13% de janeiro a março, comparado ao último trimestre de 2017, de acordo com dados divulgados ontem (16). Na comparação com o pri-

Reprodução

„O Instituto Euvaldo Lodi (IEL) e a Confederação Nacional da Indústria (CNI) realizam, em parceria com a revista Exame, o fórum Inovação – A Indústria do Futuro, que vai acontecer no dia 18 de maio. A ocasião marcará o lançamento de estudo inédito do Projeto Indústria 2027, realizado pela CNI e pelo IEL, com execução técnica dos institutos de economia da UFRJ e da Unicamp. As inscrições no evento devem ser feitas em inovacao@cni.com.br.

BRASÍLIA

JORNAL

UE proíbe importação da carne de frango „A União Europeia publicou ontem no Jornal Oficial da União Europeia o regulamento que proíbe a importação de carne de frango de pelo menos 20 frigoríficos brasileiros. Doze deles pertencem à companhia de alimentos BRF. A proibição foi decidida com base em denúncias de fraudes cometidas por empresários e fiscais agropecuários federais, decorrentes da terceira fase da Operação Carne Fraca, deflagrada pela Polícia Federal, em março do ano passado.

meiro trimestre do ano passado, houve crescimento de 0,86% (sem ajuste para o período). Em 12 meses encerrados em março, o indicador apresentou crescimento de 1,05%.

Alta atual é diferente de outros períodos em que a moeda norteamericana esteve no topo

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central decidiu ontem (16) manter os juros básicos da economia brasileira em 6,5% ao ano. A decisão surpreendeu o mercado, que esperava uma redução da taxa. A decisão interrompeu um ciclo de 12 quedas consecutivas e foi tomada por unanimidade entre os integrantes

do Conselho. A taxa Selic permanece no menor nível desde o início da série histórica do Banco Central. Analistas financeiros e o próprio BC sinalizavam que poderia haver ainda mais um corte de 0,25%, antes da interrupção da queda, mas o cenário externo mais volátil influenciou a decisão do Copom de não reduzir dessa vez.

Alta do dólar ainda não preocupa Tesouro Nacional A alta do dólar, por enquanto, não preocupa por ser um movimento de curto prazo, avaliou o secretário do Tesouro Nacional, Mansueto Facundo de Almeida Junior, após participar de reunião da Comissão de Finanças e Tributação da Câmara dos Deputados. “O Banco Central tem instrumentos para lidar com isso. Por enquanto, não preocupa. É bem diferente de 2002 e de outros anos. Naquela época, tinha o problema da dívida pública. Não é caso agora”, disse.

Divulgação

7


8

J Q U I N T A - F E I R A ,

17

DE MAIO DE

2018

www.alo.com.br BRASÍLIA

JORNAL

ALO

ida & Lazer V

Comédia e música Nany People (foto) e o cantor Guilherme Arantes desembarcam em Brasília neste fim de semana. Eles vão se apresentar na Fun House Brasília durante a quarta edição da Unasíndico, evento que reúne síndicos e gestores de condomínios. O stand-up comedy, com Nany People, será sexta-feira, dia 18, às 18h. No sábado, dia 19, Guilherme Arantes encerra o encontro com show às 19h. Quem quiser participar, pode se inscrever pelo site unasindico. com.br. Classificação Indicativa: livre para todos os públicos. Divulgação

Divulgação

Natiruts Índigo Cristal Para a alegria dos conterrâneos brasilienses da Natiruts, o grupo tem show confirmados para o dia 2 de junho, na terceira edição do festival Natiruts no Parque. O evento conta ainda com apresentações completas de Flora Matos, cantora de rap brasileira, e outras atrações. Os ingressos custam R$ 70 (meia) nas lojas Cool Cat e Lojas Koni Store e no guichê da Eventim no piso G2 do Brasília Shopping. Na Praça das Fontes (Parque da Cidade), a partir das 16h. Classificação indicativa: recomendado para maiores de 16 anos.

Divulgação

Viagem ao Japão A escola Fashion Teen, em parceria com o shopping Pier 21, apresenta a exposição “Uma Viagem ao Japão”. Serão 11 looks confeccionados pelas alunas do Curso de Moda inspirados no Japão. As alunas estudaram diferentes aspectos do país e confeccionaram os looks utilizando técnicas de customização, costura e colagem. Visitação até 19 de maio (sábado), com entrada franca. De domingo a quinta-feira, das 12h às 01h; de sexta-feira a sábado, das 12h às 02h, no Pier 21 (SCES, Trecho 2). Classificação Indicativa: livre para todos os públicos. Jailton Costa/Divulgação

Show Mulher Considerada uma das maiores revelações da música brasileira atual, a banda ‘As Bahias e a Cozinha Mineira’ desembarca em Brasília para curtíssima temporada de três shows, nos quais apresenta canções de seus dois álbuns, “Mulher” e “Bixa”. A banda, formada por Rafael Acerbi, na guitarra, Carlos Eduardo Samuel, nos teclados, Danilo

Capixaba com instrumental chique

Moura, na percussão, Vitor Coimbra, na bateria, e Rob Ashttonfen, no baixo, e Assussena e Raquel nos vocais, se apresenta na CAIXA Cultural Brasília nos dias 18, 19 e 20 de maio. Sexta, às 20h, sábado, às 20h, e domingo, às 19h. Os ingressos custam R$ 20 (inteira), na bilheteria do teatro. Informações: 3206-6456. Classificação indicativa: livre para todos os públicos.

Divulgação

Gui Paganini/Divulgação

Depois de dois anos de imersão em estúdios em Brasília e São Paulo, o cantor, instrumentista e compositor Paulo Lessa lança, na capital, o show de Lado Alado, seu primeiro álbum. Capixaba radicado em Brasília desde os oito anos de idade, o artista, de 28, mescla rock pro-

gressivo com a nova música popular brasileira. A mistura deu certo e ele vem se destacando no cenário musical. Lessa tocará na sexta-feira (18), às 20h, no Casa Thomas Jefferson Hall (706/906 Sul). A entrada é livre e gratuita. Classificação Indicativa: livre para todos os públicos.

Últimos dias de Brennand Até o dia 20 de maio, a Caixa Cultural Brasília abriga a exposição inédita Francisco Brennand – Mestre dos Sonhos, que reúne cerâmicas, pinturas e desenhos criados pelo artista pernambucano. Cerca de 14 mil pessoas já visitaram a mostra na capital federal. A mostra está aberta à visitação gratuita de terças-feiras a domingos, das 9h às 21h, na Caixa Cultural Brasília (SBS – Quadra 4). Entrada franca. Classificação indicativa: livre para todos os públicos.

Qui, 17/05/2018  

Edição de Quinta-feira, 17/05/2018, do Jornal Alô Brasília

Qui, 17/05/2018  

Edição de Quinta-feira, 17/05/2018, do Jornal Alô Brasília