Page 1

14 MAR

BRASÍLIA

JORNAL

ALO

2018

ANO 10 - Nº 2400 „ QUARTA-FEIRA „ DISTRIBUIÇÃO GRATUITA

EFEITOS DA RECUPERAÇÃO ECONÔMICA AMPLAMENTE SENTIDOS o Brasil N

Edilson Rodrigues/Agência Senado

m Brasília E

o Mundo N

Edilson Rodrigues/Agência Senado

Moritz Hager

EMPRESARIADO VIRA A PÁGINA DA RECESSÃO

CRISE FINANCEIRA DÁ ESPAÇO PARA RETOMADA

OMC RECONHECE RECUPERAÇÃO DO MERCADO NACIONAL

Comércio varejista cresceu 0,9% de dezembro para janeiro, segundo estudo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). No período pesquisado, cinco dos oito segmentos do varejo tiveram crescimento, com destaque para artigos de uso pessoal e doméstico (6,8%). Também foi registrada maior volume de vendas no setor de supermercados (2,3%) e vestuário e calçados (0,9%).

O Índice de Confiança do Empresário do Comércio do Distrito Federal (Icec-DF) registrou crescimento de sete pontos em fevereiro de 2018, atingindo 121,2 pontos no mês. Esse é o melhor resultado desde janeiro de 2014. Os empresários brasilienses acreditam que este será um ano de boas vendas para o comércio”, ressalta o presidente da Fecomércio-DF, Adelmir Santana.

O diretor-geral da Organização Mundial do Comércio (OMC), Roberto Azevêdo, afirmou na segunda-feira (12), durante encontro com presidente Michel Temer, que a entidade e a comunidade internacional avaliam a recuperação da economia brasileira como algo “muito importante”. De acordo com Azevêdo, mesmo com diversos riscos como medidas protecionistas, “estamos em processo de retomada de forma muito positiva”.

PÁGINA 7

m porém U

BRASILEIRO ANDA PESSIMISTA COM A ECONOMIA O consumidor brasileiro ainda está desanimado com a economia, segundo o Indicador de Confiança do Consumidor, divulgado hoje (13) pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL). Segundo os dados, 74% dos brasileiros avaliam a situação atual econômica como ruim, enquanto apenas 4% a consideram ótima ou boa. Página 7

Edilson Rodrigues/Agência Senado


2

J Q U A R T A - F E I R A ,

14

DE MARÇO DE

2018

acional N Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Governo não descarta privatização dos Correios

Tenho para mim o seguinte: está faltando humildade a setores do Judiciário que, no lugar de se comportarem como guardiões da Constituição, parece que desejam inventar uma nova Constituição. Me surpreende porque, pelo que eu sei, o indulto de Natal é prerrogativa do presidente da República.” Carlos Marun Ministro da Secretaria de Governo

Ministro Luís Roberto Barroso restabelece indulto natalino O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu, monocraticamente, restabelecer em partes o decreto de indulto natalino que foi editado pelo presidente Michel Temer no ano passado, mantendo de fora, porém, os crimes de colarinho branco. O decreto havia sido suspenso pela presidente do

STF, ministra Cármen Lúcia, em dezembro, durante o recesso do Judiciário, após pedido da procuradora-geral da República, Raquel Dodge, que o considerou inconstitucional. A decisão foi mantida posteriormente por Barroso, relator da ação, que pediu então que o assunto fosse pautado em plenário. Como a ação

não foi pautada por Cármen Lúcia nos meses de março e abril, Barroso resolveu estabelecer por conta própria os critérios que julgou adequados para a concessão do indulto, que é uma prerrogativa do presidente da República, prevista na Constituição, de dar perdão judicial a pessoas condenadas por alguns crimes. Flickr tsejusbr

BRASÍLIA

www.alo.com.br

JORNAL

ALO

Mesmo com a decisão do Tribunal Superior do Trabalho (TST) que obriga os empregados dos Correios e seus dependentes a pagar mensalidade para manter os planos de saúde, o governo não descarta a privatização da empresa pública. “Eu sei que é muito difícil cortar direitos dos trabalhadores, mais triste é você fechar uma empresa porque ela está insolvente”, disse o ministro da Ciência, Gilberto Kassab.

Acordo para usar satélites da UE O Brasil assinou, ao lado do Chile e da Colômbia, um acordo de cooperação para participar do programa Copernicus de Observação e Monitoramento da Terra da União Europeia (UE). Com isso, os países latino-americanos passam a ter acesso às informações produzidas pelos seis conjuntos de satélite.

Charge

Valter Luís

Mais tempo para analisar conteúdo do ensino médio „ Reunidos na capital cearense, secretários de diversos estados discutiram na segunda-feira (12) a proposta do Ministério da Educação (MEC) para a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) do ensino médio. Os secretários alegaram que não tiveram tempo para conversar com os técnicos dos estados que participaram de reuniões sobre a BNCC na última semana e pediram mais tempo para tentar consolidar uma posição única.

Prêmio visa combate à corrupção „ “Combate à corrupção”: Este é será o tema da 15ª edição do Prêmio Innovare. O objetivo será identificar e divulgar ideias e projetos inovadores no sistema de justiça com relação ao tema para que eles possam ser replicados por todo o Brasil. O Innovare premiará seis categorias: Tribunal, Juiz, Ministério Público, Defensoria Pública, Advocacia e Justiça e Cidadania. Na categoria Justiça e Cidadania, o foco são as empresas, organizações nãogovernamentais (ONGs) e outras entidades que não integrem o sistema de Justiça. Os interessados em apresentar práticas inovadoras, que beneficiem a Justiça do Brasil, devem acessar o site do Instituto Innovare até o dia 30 de abril para fazer a inscrição.

Vanessa critica mudanças no Bolsa Família A senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) expressou preocupação sobre possível mudança do nome do programa Bolsa Família para Bolsa Dignidade e o pagamento adicional de R$ 20 para os benefi-

ciários que realizarem trabalho voluntário. Ao criticar o fato de ter tomado conhecimento da decisão pela imprensa, Vanessa disse que apresentou requerimento de convocação do ministro do Desenvolvimento

Social e Agrário, Osmar Terra, para que preste esclarecimentos ao Senado. Para a senadora, ao mudar o nome do programa para Bolsa Dignidade, o governo trata a população como indigna.

E quem não quer? A maioria dos brasileiros espera que o futuro presidente do Brasil seja honesto e não tenha se envolvido em casos de corrupção. Essas foram as prioridades apontadas pelos entrevistados pela pesquisa Retratos da Sociedade Brasileira

JORNAL

ALO

BRASÍLIA

Alô Brasília Comunicação Ltda. CNPJ: 09612937/0001-92 Matriz: Setor de Autarquias Sul (SAUS), Quadra 5, Bloco K, nº 17, Ed. Ok Office Tower, 13º andar. Asa Sul, Brasília, DF - CEP: 70.070-050 Telefone: 3335-9200 comercial@alo.com.br

DIREÇÃO

EDITOR-CHEFE

PRESIDENTE Hélio Queiroz

Hélio Queiroz

COORDENADOR DE REDAÇÃO

DIRETOR EXECUTIVO Guilherme Queiroz

Fernando Lackman

SUBEDITOR Luis Xavier

DIRETOR REGIONAL - RJ / SP

Marianno de Azeredo Santos / marianno@gmx.com.br

- Perspectivas para as eleições de 2018, feita pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) em parceria com o Ibope, divulgada ontem. Para 87% dos brasileiros é muito importante que o candidato à Presidência da República seja honesto e

não minta na campanha. Para 84% é muito importante que nunca tenha se envolvido em casos de corrupção. A pesquisa aponta ainda que 66% preferem votar em um candidato honesto, mesmo que defenda políticas com as quais ele não concorda.

Carlos Marun critica decisão do Judiciário A decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso de alterar o decreto presidencial de indulto natalino reverberou no Palácio do Planalto. Avisado por jornalistas sobre a

decisão, o ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, afirmou que “falta humildade” ao Judiciário. Para o ministro, querem “inventar uma nova Constituição”. Marun criticou a própria alteração do decreto

de indulto natalino e também a quebra de sigilo bancário do presidente Temer, ocorrida na semana passada. Ele disse que está ocorrendo um “aviltamento” das prerrogativas presidenciais pelo Judiciário.


3

J Q U A R T A - F E I R A ,

14

2018

DE MARÇO DE

www.alo.com.br

ALO Agência Brasil

istrito Federal D Sétima Corrida pela Água será realizada no próximo domingo em Brasília

Federal, motoristas de Uber e outros aplicativos reivindicaram o aumento da idade veicular de cinco para oito anos dos carros que fazem transporte por aplicativos no DF. O mediador do debate, deputado Prof. Israel Batista (PV), lembrou que o processo de regulamentação de aplicativos de transporte individual no DF levou quase um ano para ser negociado e aprovado desde a apresentação do projeto em 2015. Segundo Israel, Brasília foi a primeira cidade do País a adotar uma regulamentação moderna e agora corre o risco de retroceder, uma vez que nenhuma outra cidade exige a retirada de circulação de carros com mais de cinco anos de uso.

mente 18 litros de água a menos consumidos diariamente por cada pessoa em relação ao ano anterior (2016), quando a média ficou em 147 litros por habitante. Segundo a Caesb, com esse resultado, o DF aproximase do índice recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), que é 110 litros per capita por dia. Para a companhia, os dados demonstram evolução na consciência do

Carlos Gandra CLDF

uso racional da água pela população e o êxito das campanhas educativas feitas no Distrito Federal. O resultado também posiciona o DF em um índice de consumo inferior à média nacional, que está em 154,1 litros diários por habitante, de acordo com dados do Sistema Nacional de Informações sobre o Saneamento (Snis) do Ministério das Cidades, referentes a 2016.

Caesb usa lodo de esgoto para recuperar áreas degradadas „ A Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb)

Tony Winston/Agência Brasília

Em meio ao racionamento, a população do Distrito Federal conseguiu reduzir o consumo de água em 12,2% e fechou 2017 com o menor índice dos últimos anos, segundo balanço divulgado pela Companhia de Saneamento Ambiental do DF (Caesb). No ano passado, o consumo total ficou em 144,6 milhões de metros cúbicos (m3), o que dá uma média de 129 litros por habitante por dia. São exata-

Agência Brasil

DF economiza água e se aproxima da meta mundial

Força-tarefa oncológica atende 150 pacientes no IHBDF

produz cerca de 300 toneladas de lodo de esgoto por dia. O material retirado no processo de tratamento é rico em matéria orgânica e tem auxiliado na recuperação de cascalheiras no Distrito Federal. O projeto será apresentado no 8º Fórum Mundial da Água, de 18 a 23 de março. O encontro internacional deverá reunir 45 mil pessoas no Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha e no Centro de Convenções Ulysses Guimarães.Coordenada pela Caesb, a prática trouxe resultados positivos em relação a áreas exploradas pela extração de britas e rochas para a construção civil. Na Estação de Conservação do Jardim Botânico de Brasília, no Lago Sul, o local recuperado já apresenta vegetação densa em apenas dois anos após a aplicação do lodo.

Curso capacita servidores para atender usuários de álcool e drogas

„ O Instituto Hospital de Base

do Distrito Federal (IHBDF) promoveu, neste sábado (10), a primeira força-tarefa de oncologia da instituição, realizada no ambulatório da unidade, para atender 150 pacientes diagnosticados com câncer. Ao longo das próximas três semanas, a expectativa é que mais 150 pessoas sejam atendidas, em torno de 50 por semana. Para o diretor-presidente do Instituto Hospital de Base, Ismael Alexandrino, a força-tarefa é um marco de atuação positiva em relação aos pacientes que aguardam a muito tempo uma consulta na oncologia. Depois da avaliação dos médicos, os pacientes são direcionados ao tratamento, caso necessário.

Motoristas querem aumentar limite de idade de veículos que fazem transporte por App „ Em audiência pública, no plenário da Câmara Legislativa do Distrito

„ As inscrições para a 7ª edição

da Corrida e Caminhada pela Água estão abertas. O evento integra a programação do Fórum Mundial da Água, que será realizado em Brasília, entre os dias 18 e 23 deste mês. As inscrições podem ser feitas no site www.centraldacorrida.com.br/ corridaecaminhadapelaagua2018. Com percurso de 5 quilômetros, a competição será no dia 18 de março, a partir das 7h, na Esplanada dos Ministérios. A participação é gratuita e limitada a 4 mil vagas, sendo 2.500 para a corrida e 1.500 para a caminhada. Na retirada do kit de corrida sugere-se a doação de 1kg de alimento não perecível. Os três primeiros colocados de cada modalidade ganharão um troféu, e os demais participantes, uma medalha. A Corrida e Caminhada pela Água é promovida pela Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal (Adasa), em parceria com a Agência Nacional de Águas (ANA) e o Ministério do Meio Ambiente (MMA) para comemorar o Dia Mundial da Água, que é lembrado em 22 de março.

BRASÍLIA

JORNAL

„ Servidores da Secretaria de Saúde que trabalham com usuários de

Governo pede à Justiça declaração de ilegalidade da greve no Detran A Procuradoria-Geral do Distrito Federal ajuizou, na tarde desta segunda-feira (12), ação pela declaração de abusividade da greve anunciada pelo sindicato dos servidores do Detran (Sindetran). O objetivo da medida é garantir o funcionamento regular do órgão de trânsito, diante do anúncio de greve por tempo indeterminado desde ontem (13). A procuradoria solicita, em tutela de urgência, que, em caso de greve, seja determinado o retorno imediato de

100% dos servidores ao trabalho, em especial nas atividades de fiscalização. Solicita também a aplicação de multa diária de R$ 300 mil por descumprimento da decisão. O órgão pede igualmente à Justiça que aplique multa diária de R$ 300 mil, caso haja impedimento do acesso ao trabalho dos servidores que não aderirem à greve, bem como de cidadãos que busquem atendimento nos postos do Detran/DF.

DETERMINAÇÃO O desembargador Arnoldo Camanho de Assis, da 2ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT), determinou que 80% dos servidores do Departamento de Trânsito do Distrito Federal (DetranDF) não abandonem os postos de trabalho. A ação foi analisada em caráter de urgência até que a Corte decida sobre a ilegalidade ou abusividade da greve.

álcool e drogas poderão se inscrever, a partir de 19 de março até 8 de abril, para o curso gratuito Estratégias Integradas de Cuidado aos Usuários de Álcool e outras Drogas, promovido pela Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (Senad), do Ministério da Justiça e Segurança Pública. Serão oferecidas mil vagas para o DF. “O curso vai capacitar profissionais de nível superior da saúde e da assistência social com técnicas de intervenções, entre elas, prevenção de recaídas, redução de danos, manejo de contingências”, explica o diretor-geral do Hospital São Vicente de Paulo, Leonardo Moreira.

Agricultura tem a maior alta na geração de empregos no DF „ O Distrito Federal é conhecido pelo grande número de funcionários

públicos e pela economia baseada, principalmente, no setor de serviços. Apesar disso, a agricultura da região mostra que, além de contribuir com alimentos saudáveis e produzidos com tecnologia de ponta, pode se superar e ser a que teve a maior taxa de crescimento percentual na geração de empregos. Segundo dados do Ministério do Trabalho e Emprego, o saldo foi positivo em 1,7% em janeiro, número a ser comemorado, pois historicamente a agricultura não tem taxas expressivas na geração de empregos no DF.


4

J Q U A R T A - F E I R A ,

14

DE MARÇO DE

2018

www.alo.com.br BRASÍLIA

JORNAL

ALO

istrito Federal D Kartódromo do Guará na mira da iniciativa privada

Para não ser prejudicado pela greve dos Correios

Novacap cancela realização de concurso público

„ Para fomentar a prática do kart no Distrito Federal, o governo

„ A Fundação Procon-SP informou ontem que o consumidor que não

de Brasília quer firmar concessão do Kartódromo do Guará. Pelos próximos 30 anos, a estrutura deve ser administrada pela iniciativa privada. Essa é a ideia com o edital de licitação já publicado na edição do Diário Oficial do DF. Para tanto, o futuro concessionário deverá investir cerca de R$ 13,9 milhões na revitalização do espaço. A abertura dos envelopes ocorre em 12 de abril, às 14 horas. A partir desta data, a Secretaria de Fazenda estima um período de 60 a 90 dias para a assinatura do contrato com o concessionário. “Habilitar o Kartódromo do Guará seria um ganho para o kartismo regional, diminuindo as viagens dos competidores”, observa o subsecretário de Parcerias Público-Privadas da Secretaria de Fazenda, Rossini Dias.

receber boletos bancários ou faturas por conta da greve dos Correios deve entrar em contato com a empresa credora antes do pagamento para não ser obrigado a pagar juros, ter seu nome negativado ou cancelamento dos serviços. O Procon alega que não receber a fatura, boleto bancário ou qualquer outra cobrança, que saiba ser devedor, não isenta o consumidor de efetuar o pagamento. As empresas que enviam cobrança pelos Correios são obrigadas a oferecer outras formas de pagamento ao consumidor, como internet, sede da empresa ou depósito bancário. As empresas que enviam produtos pelos Correios devem encontrar outra forma para que sejam entregues ao consumidor no prazo contratado. O consumidor pode procurar assistência no site do órgão. www.procon.sp.gov.br

„Em respeito à decisão do Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF), a Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap) cancelou as provas do concurso público que seriam aplicadas no próximo domingo (18), até que a Corte tome decisão em relação ao certame. O cancelamento será publicado no Diário Oficial do Distrito Federal na próxima semana. O tribunal pediu a suspensão das provas até que sejam dadas mais informações sobre a viabilidade do valor da taxa de inscrição. A Novacap foi comunicada da decisão na sexta-feira (9) e tem o prazo de cinco dias para encaminhar à Corte as explicações da contratada sobre os custos do processo seletivo. Tão logo o tribunal avalie e se manifeste pela liberação do concurso, a Novacap publicará novo cronograma de etapas da seleção. As provas seriam feitas em 18 de março, e os candidatos ao cargo de topógrafo teriam, além do teste objetivo, uma etapa prática, marcada para 30 de abril.


5

www.alo.com.br

DE MARÇO DE

2018

lash F Divulgação

ALO

14

Marlene Galeazzi marlenegaleazzi@gmail.com

BRASÍLIA

JORNAL

J Q U A R T A - F E I R A ,

Hélio Pohlot/Divulgação

Conceito

EUSTAQUIO FERREIRA

Eleições Requerem Cautela e Avaliação Vários candidatos a candidatos ao Executivo e Legislativo do DF têm seus nomes cogitados nos últimos meses com vistas às eleições deste ano. Alguns sobejamente conhecidos, outros nem tanto, mas todos com propósitos de convencer a população de que seriam a melhor opção para resolver ou mediar as questões de seu interesse. Há um leque de questões que demandam soluções, algumas mais urgentes para alguns e outras para outros. A população de maior renda, em geral se preocupa com a segurança, com a conservação das vias no centro da cidade, com as ocupações irregulares nas proximidades de seus locais de moradia ou de trabalho. As populações de menor renda esperam melhoria na oferta de creches, nos serviços de transportes coletivos, maior acesso às escolas para os filhos, pronto-atendimento nos serviços de saúde, mais oferta de empregos e também melhoria na segurança. Serviços como limpeza pública e disposição final dos resíduos sólidos, conservação de edifícios e obras públicas, abastecimento de água potável e tratamentos de águas servidas, manutenção das áreas verdes, iluminação de áreas públicas, são notados quando se tornam problemas e pouco influenciam nas escolhas dos eleitores. O eleitor, a meu ver, deve evitar se envolver no acirramento dos ânimos e procurar avaliar os candidatos por sua vida pública, por suas respostas às situações concretas, pelas propostas às questões que atualmente se apresentam. O conteúdo do artigo é responsabilidade de seu autor e não representa, necessariamente, a opinião deste jornal.

Marcelo Pimenta e Luciana Rocha nop lançamento do IBRAFE-Instituto Brasiliense de Fornecedores certificados em eventos sociais

Janete Vaz, sócia-fundadora do Sabin Medicina Diagnóstica, foi homenageada em uma solenidade no Palácio do Buriti no Dia Internacional da Mulher. A homenagem contou com a presença do Governador Rodrigo Rollemberg, da primeira dama, Márcia Rollemberg, entre outras autoridades e teve como intenção condecorar a empresária de destaque.

PARA NÃO ESQUECER A Câmara Legislativa do Distrito Federal e a Embaixada de Israel realizaram sessão solene em homenagem ao Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto, no plenário da Câmara O propósito da solenidade foi destacar a importância do ensino do Holocausto para as gerações futuras e condenar toda e qualquer manifestação Logo após, foi aberta a exposição “Além do Dever” no foyer do plenário, onde poderá ser vista até o final do mês. Ela homenageia diplomatas que tiveram participação ativa ajudando judeus a escaparem das forças nazistas durante a Segunda Guerra Mundial. Entre eles, Luis Martins de Souza Dantas e Aracy Carvalho de Guimarães Rosa, ambos reconhecidos com o título de “Justos entre as Nações” pelo Yad Vashem. Divulgação

Abertura oficial da exposição

O embaixador Yossi Shelley falando no Plenário

O embaixador de Israel, ministro Ofir Akunis, deputado Joe Valle e o embaixador Galvão

O músico Thiago Francis prestou homenagem às vítimas do holocausto


6

J Q U A R T A - F E I R A ,

14

DE MARÇO DE

2018

www.alo.com.br

Sandro Gianelli BRASÍLIA

JORNAL

ALO Nova marca

Na onda da mudança de nome o PPL passará a se chamar de Pátria Livre, a executiva nacional poderá lançar uma nova marca do partido que pretende aproximar a população das ideias e propostas do partido. O número 54 continua firme e forte.

Presidenciável Além da possibilidade de uma mudança de marca o Pátria Livre se posicionará para o eleitorado com um candidato a Presidência da República, será o filho do expresidente João Goulart – Jango (1961 a 1964), João Vicente Goulart.

sandrogianelli@hotmail.com

Ons & Offs Fórum Mundial da Água

ntrevista E

Brasília receberá nos próximos dias 18 a 23 deste mês o 8º Fórum Mundial da Água. O evento será a primeira edição realizada na América Latina e tem o objetivo de promover a conscientização, construir compromissos políticos e provocar ações em temas críticos relacionados à água.

Combate a crise hídrica No DF, a deputada distrital Luzia de Paula é autora de várias propostas em defesa da água e que vão de encontro ao combate da crise hídrica. A parlamentar possui três Leis aprovadas e nove projetos de lei em tramitação na Câmara Legislativa.

Cara nova no DF João Vicente Goulart assumiu o comando do Pátria Livre no Distrito Federal e pretende eleger pelo menos dois deputados distritais. Na eleição de 2014, o Pátria Livre elegeu a deputada distrital Telma Rufino, que hoje está sem partido.

Sem solução Obras de novas unidades de creches estão abandonadas no Distrito Federal, além disso, um relatório do Tribunal de Contas do DF (TCDF), afirma que creches recém construídas já apresentam trincas e buracos na estrutura. Outro problema recorrente é a falta de vagas, que ainda não são suficientes para cobrir a demanda.

Na Bronca

Envie fotos da sua cidade, críticas, sugestões ou denúncias pelo WhatsApp (61) 98406-8683

ntorno E

Moradores do Park Way estão na bronca com a Administração do Park Way e a Novacap. Várias reclamações foram feitas para a ouvidoria do GDF sem nenhuma solução. A tormenta dos moradores são buracos no asfalto próximo a “linha do trem”, na SMPW quadra 3, próximo à Estação Bernardo Sayão.

Vice no comando

Baldy no PP Nesta quarta-feira (14), o ministro das Cidades, Alexandre Baldy, assina ficha de filiação ao Partido Progressista. Baldy é deputado federal licenciado por Goiás. Entre 2011 a 2013, foi secretário de Indústria e Comércio de Goiás, nomeado pelo governador Marconi Perillo. Sua pasta pode ajudar bastante a região do Entorno, como no caso das obras do Corumbá IV.

O vice-prefeito de Santo Antônio do Descoberto, Aleandro da Renascer, é o novo prefeito da cidade. Aleandro assumiu o mandato interinamente por conta de um afastamento médico do prefeito Dr. Adolpho, que teve um infarto. Adolpho foi o prefeito mais votado de Goiás e o segundo proporcionalmente do país nas eleições de 2016.

Paulo Fernando (Patriota) Advogado, pré-candidato a deputado federal e presidente do Patriota-DF.

Livramento “Sou suplente de deputado federal, na eleição de 2014 fui candidato pelo PSDB e confesso que foi um livramento ter saído do PSDB. Eu ficava extremamente desconfortável em estar no partido vendo o envolvimento de alguns filiados em escândalos recentes”.

Frente Cristã “Criamos uma Frente Cristã proporcional para deputado federal inicialmente entre o Patriota, PSC, PRB, e num segundo momento a articulação avançou e se somaram a Frente o DEM, e o PSD, o grupo está conversando com outros partidos. Estamos fazendo o inverso, primeiro vamos montar as alianças proporcionais e mais na frente discutiremos as coligações majoritárias”.

Partido de direita “O Patriota é um partido com pensamento firme, ou seja, é um partido realmente de direita, um partido realmente conservador em defesa da vida, em defesa da família, as questões relacionadas ao aborto e a questão da legítima defesa”.

Indefinido “O Patriota não definiu apoio a nenhum candidato ao Governo do Distrito Federal. Estamos aguardando as definições da executiva nacional do partido. Existe uma possibilidade de o Patriota indicar o vice-presidente na chapa do deputado federal Jair Bolsonaro (PSL), após as definições da nacional iremos definir nosso caminho do Distrito Federal”.


7

J Q U A R T A - F E I R A ,

14

DE MARÇO DE

2018

www.alo.com.br BRASÍLIA

JORNAL

ALO

conomia E

Edilson Rodrigues/Agência Senado

OMC reconhece recuperação econômica do Brasil „ O diretor-geral da Organização Mundial do Comércio (OMC), Roberto Azevêdo, afirmou na segunda-feira (12) que a entidade e a comunidade internacional avaliam a recuperação da economia brasileira como algo “muito importante”. Diante desse quadro, ele relatou que a organização deve revisar para melhor as previsões para o Brasil. “A recuperação da economia brasileira é uma coisa bem importante e bem recebida pelo mundo”, disse Azevêdo, em entrevista ao Planalto. Durante reunião com o presidente da República, Michel Temer, no Palácio do Planalto, foram discutidos a retomada da economia do País, a abertura comercial e o compromisso brasileiro de manter essa posição e o sistema de comércio multilateral. De acordo com Azevêdo, a economia e o comércio global seguem em recuperação. “Há riscos geopolíticos, riscos de medidas protecionistas e de guerras comerciais. No entanto, se nada disso ocorre, estamos em processo de retomada da economia e de comércio de forma muito positiva”, argumentou.

Mercado financeiro reduz projeção de inflação

O volume de vendas do comércio varejista brasileiro cresceu 0,9% de dezembro de 2017 para janeiro deste ano. A alta veio depois de uma queda de 0,5% de novembro para dezembro. O dado, da Pesquisa Mensal do Comércio (PMC), foi divulgado ontem pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Também foram registradas altas na média móvel trimestral (0,3%), na comparação com janeiro de 2017 (3,2%) e no acumula-

do de 12 meses (2,5%). De dezembro para janeiro, cinco dos oito segmentos do varejo tiveram crescimento, com destaque para outros artigos de uso pessoal e doméstico (6,8%) e equipamento e material para escritório, informática e comunicação (3,7%). Outros segmentos com alta foram supermercados, alimentos, bebidas e fumo (2,3%), tecidos, vestuário e calçados (0,9%) e livros, jornais, revistas e papelaria (0,3%).

Brasilienses mais otimistas Segundo o Indicador de Confiança do Consumidor, 74% dos brasileiros avaliam a situação atual econômica como ruim, enquanto apenas 4% a consideram ótima ou boa.

Indicador aponta pessimismo do consumidor brasileiro O consumidor brasileiro ainda está pessimista com a economia, segundo o Indicador de Confiança do Consumidor, divulgado ontem pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL). O indicador somou 42,8 pontos em fevereiro, valor acima do observado em igual período do ano passado (41,4 pontos), mas ainda abaixo dos

JORNAL

50 pontos, o que indica pessimismo. Entre 50 e 100 pontos o indicador passa a indicar otimismo com a economia. Segundo os dados, 74% dos brasileiros avaliam a situação atual econômica como ruim, enquanto apenas 4% a consideram ótima ou boa. Entre os que fazem uma avaliação negativa da economia, a maior parte cita o desemprego como principal razão para isso (64%), seguido pelos

BRASÍLIA

„ O mercado financeiro reduziu pela sexta semana seguida a estimativa para a inflação este ano. A expectativa do mercado para Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), desta vez, passou de 3,70% para 3,67%, de acordo com o Boletim Focus, publicação divulgada todas as semanas pelo Banco Central (BC), elaborada com base em pesquisa sobre os principais indicadores econômicos. A projeção está mais distante do centro da meta de 4,5%, mas acima do limite inferior de 3%. Para 2019, a estimativa para a inflação caiu, pela segunda semana consecutiva, ao passar de 4,24% para 4,20%, abaixo do centro da meta de 4,25%.

Comércio varejista cresce 0,9% de dezembro para janeiro

ALO comercial@alo.com.br

preços altos (60%) e as elevadas taxas de juros (38%). “A consolidação da volta da confiança é uma condição necessária para a retomada do consumo das famílias e dos investimentos entre os empresários, mas isso dependerá, fundamentalmente, do aumento de vagas de emprego e ganhos reais de renda, depois de um longo período de queda”, disse o presidente da CNDL, José Cesar da Costa.

Telefone: 3335-9200

O Índice de Confiança do Empresário do Comércio do Distrito Federal (IcecDF) registrou crescimento de sete pontos em fevereiro de 2018, atingindo 121,2 pontos no mês, mantendo-se acima da zona de indiferença (100 pontos). Em relação ao mesmo período do ano passado, o índice apresentou crescimento de 21,9 pontos. Esse é o melhor resultado desde janeiro de 2014, quando o indicador apresentou 122,4 pontos. É o que mostra a pesquisa divulgada pela Fecomércio-DF. “Os empresários já estão tentando virar a página da recessão econômica. Eles estão mais confiantes de um crescimento significativo a partir de agora. A população talvez esteja sentindo

essa melhora mais devagar, pois a taxa de desemprego ainda não está em um patamar favorável. Os empresários brasilienses acreditam que este será um ano de boas vendas para o comércio”, explica o presidente da Fecomércio-DF, Adelmir Santana. O estudo mostra ainda que todos os indicadores que compõem o índice apresentaram uma melhoria na comparação mensal, mas o índice que mais teve crescimento foi o que mede as Condições Atuais da Economia, com uma melhora de 15,4 pontos, ficando-se em 86,5 pontos. A situação das Condições Atuais do Comércio também cresceu, registrando avanço de 14 pontos, ficando em 98,3 pontos.


J Q U A R T A - F E I R A ,

14

DE MARÇO DE

2018

BRASÍLIA

www.alo.com.br

JORNAL

ALO

mpreendedorismo E

Jovem investe nos estudos por meio do esporte Ele tem somente 18 anos, mas o senso de gestão de um veterano. O estudante de Publicidade Lucas Meneguim organiza torneios de tênis desde os 15 anos. Atualmente, o promotor (e competidor) do San Marino Open, com premiação em dinheiro para os campeões, tem o objetivo de angariar verba com suas competições para estudar Business nos EUA a partir de agosto. O torneio segue até 25 de março e reúne cerca de 200 participantes nas quadras de saibro da Associação dos Servidores do Tribunal de Contas da União (ASTCU), no Setor de Clubes Sul. Como surgiu a ideia de organizar esses torneios? Eu pretendo estudar Business nos EUA a partir de agosto. Como jogo tênis desde criança e participo de competições, resolvi usar o esporte para garantir uma bolsa, provavelmente em Nova Iorque. Além disso, percebi que a organização de eventos aqui em Brasília poderia me ajudar a custear minha permanência durante o tempo que eu precisar morar lá. Mas você organiza e também compete? Pois é, são minhas duas paixões. Acredito que por meio do

tênis eu possa sedimentar meu futuro, seja na área esportiva ou seja no campo da gestão. Não preciso abrir mão de um para seguir com o outro. Na minha vida, são ações complementares. Quando começou a trabalhar com a promoção de eventos esportivos? Aos 15 anos, quando eu queria fazer um torneio entre amigos em uma quadra residencial, com umas 20 pessoas, mas consegui apoio e divulgação e 60 pessoas se inscreveram. Precisei levar a disputa para um clube transformar em algo maior. Aos 16 ocorreu a mesma situação, só

que ainda com mais participantes. Até minha ida para os Estados Unidos, em agosto, pretendo promover mais dois. Como é feito do planejamento à execução desses torneios? O primeiro passo é buscar possíveis apoios ligados ao esporte e o segundo e mostrar a esses patrocinadores em potencial que é interessante associar suas marcas ao evento. Essa é a parte mais complicada. Daí para frente é o que já sei fazer por costume: montar as chaves, colocar a arbitragem e buscar local para os jogos.

Quando você descobriu o mundo dos negócios? Desde criança eu gostava de vender coisas. Eu costumava pedir para o pessoal da minha família fazer bolos e eu vendia para os amigos. Um tempo depois, já envolvido com o tênis, eu comecei a comprar equipamentos e produtos importados e revender para os colegas de treino. Desde então não parei mais. Quem são suas inspirações? Eu costumo observar muito o profissionalismo do suíço Roger Feder e o carisma do tricampeão de Roland Garros Gustavo Kuerten, o Guga. Tanto no mundo do tênis,

quanto na vida fora das quadras, esses dois são grandes exemplos de atletas e cidadãos. Um dia você terá de escolher entre jogar ou gerenciar. Como será nesse dia? Eu tenho a meta de somar pontos para o ranking da ATP, onde está a nata do tênis mundial. Porém, sei que muito em breve terei de fazer uma escolha, ou o esporte ou a gestão. Estou me planejando para seguir competindo por alguns anos, mas acredito que a rotina de organização de torneios vai ser o caminho a ser seguido.

Mulheres empreendem mais que os homens

Pequenos negócios Janeiro tem lideram geração de recorde de novos empregos em janeiro microempreendedores

„ As mulheres chefiam a maioria (51,5%) dos novos negócios no país,

„ Depois de fechar 2017 como as grandes geradoras do emprego formal,

„ Em janeiro de 2018, 180.146 microempreendedores individuais

segundo constatou a pesquisa Global Entrepreneurship Monitor (GEM). Entre os novos empreendedores, aqueles que possuem um negócio com até 3,5 anos, as mulheres têm uma taxa de empreendedorismo superior à dos homens. A taxa delas é de 15,4%, enquanto a masculina é de 12,6%. A pesquisa GEM 2016 constatou também que as mulheres abrem uma empresa mais por necessidade do que os homens. Entre os novos empresários, 48% delas iniciam a atividade empresarial porque precisam complementar a renda ou se buscam recolocação no mercado de trabalho.

com um saldo de 330 mil novas vagas geradas ao longo do ano, as micro e pequenas empresas brasileiras iniciaram 2018 repetindo o desempenho positivo no mercado de trabalho. Em janeiro, os pequenos negócios brasileiros foram responsáveis pela geração de 82,5 mil empregos com carteira assinada. No mesmo período, as médias e grandes empresas fecharam quase 4 mil vagas. Os dados são do levantamento mensal realizado pelo Sebrae, com base no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), fornecido pelo Ministério do Trabalho e Emprego.

(MEIs) surgiram no país, 85,7% do total de 210.135 novas empresas constituídas no primeiro mês do ano. O total de MEIs nascidos no mês é o maior já registrado pelo Indicador Serasa Experian de Nascimentos de Empresas desde que a apuração passou a ser feita, em 2010. Já o total geral de empresas criadas é o segundo maior número já apurado, perdendo apenas para fevereiro/2017, quando a criação de novos negócios bateu o recorde com 210.724.

MAIS QUALIFICADAS Segundo a pesquisa Donos de Negócio no Brasil, análise de gênero (que utiliza dados da Pnad/IBGE de 2016) o número de brasileiras empresárias cresceu 34% entre 2001 e 2014, enquanto o aumento de homens nesta situação, no mesmo período, foi de 14%. Elas empreendem mais em casa (35%), são mais qualificadas que os homens empresários e dedicam menos tempo ao negócio (34 horas semanais, enquanto os homens trabalham 42 horas por semana). “Esse movimento de empoderamento feminino é crescente há alguns anos e em várias esferas, seja na política, na iniciativa privada e, claro, à frente dos negócios”, analisa o presidente do Sebrae, Guilherme Afif Domingos.

CONFIANTES “2018 tende a ser um ano de recuperação mais acentuada da economia e essa sinalização aparece antes na micro e pequena empresa. É o pequeno negócio que segura o emprego em momentos de crise e é também quem começa a contratar quando a situação financeira demonstra melhorias. Mesmo endividados, os empresários de micro e pequena empresa continuam investindo na mão de obra formal, confiantes na recuperação maior da economia, no aumento das vendas e na regularização de suas dívidas”, analisa o presidente do Sebrae, Guilherme Afif Domingos. Em comparação com o saldo de empregos gerados pelos pequenos negócios em janeiro do ano passado, o levantamento do Sebrae verificou um aumento de 100% na quantidade de vagas geradas.

MAIOR REPRESENTATIVIDADE A quantidade de novos microempreendedores individuais em janeiro/2018 é 12,9% superior ao levantamento de janeiro/2017, quando 159.522 novas empresas desse segmento nasceram, frente a um total de 194.199 novas companhias. De janeiro de 2010 a janeiro de 2018, a representatividade dos MEIs foi praticamente crescente e impulsionou o aumento geral no número de novas empresas no país. Em oito anos, os Microempreendedores Individuais passaram de 25,2%, em janeiro/2010, para 85,7%, em janeiro/2018. O setor de serviços continua sendo o mais procurado por quem quer empreender: em janeiro de 2018, 136.998 novas empresas surgiram neste segmento, o equivalente a 65,2% do total de nascimentos. Os novos comércios totalizaram 55.570 (26,4% do total).

Divulgação

8

Qua, 14/03/2018  

Edição de Quarta-feira, 14/03/2018, do Jornal Alô Brasília

Qua, 14/03/2018  

Edição de Quarta-feira, 14/03/2018, do Jornal Alô Brasília