Page 1

ANO 9 - Nº 2080 „ SEXTA-FEIRA, 2 DE DEZEMBRO DE 2016 „ DISTRIBUIÇÃO GRATUITA

www.alo.com.br

Valter Luís

CUIDADOS AO DIRIGIR

DURANTE A CHUVA Órgãos de trânsito orientam cautela aos motoristas que tiverem que usar o carro em dias de asfalto molhado para evitar acidentes. PÁGINA 3

Reprodução da Internet

ATENDIMENTO A TODOS SOMENTE EM UM ANO Coleta seletiva deve demorar cerca de um ano para atender a todas as regiões do Distrito Federal. Atualmente, o serviço ocorre em dezesseis localidades. De acordo com o Serviço de Limpeza Urbana (SLU), a ideia é atuar em áreas comerciais e verticalizadas em todas as cidades, mas, principalmente, onde a geração de materiais recicláveis é maior. PÁGINA 3 Reprodução da Internet

LUZINHAS DE NATAL NA MIRA DA DEFESA CIVIL

Órgão faz ronda pelo Distrito Federal atrás de enfeites e adereços elétricos que possam ocasionar choques. PÁGINA 3

IGUARIA TIPICAMENTE BRASILEIRA VÃO COMEÇAR AS INVESTIGAÇÕES Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos pretende encaminhar dois especialistas para investigarem o acidente que matou parte do time da Chapecoense. / Página 6

De procedência indígena, a tapioca vem caindo cada vez mais no gosto popular. Confira o roteiro das melhores tapiocarias do DF.

PÁGINA 4 Reprodução da Internet


J S E X T A - F E I R A ,

2

DE DEZEMBRO DE

2016

TEMPO NO DF

SOL E AUMENTO DE NUVENS DE MANHĂƒ. PANCADAS DE CHUVA Ă€ TARDE E Ă€ NOITE. MĂ X. 29Âş C. MĂ?N. 19° C. 60% DE CHANCES DE CHUVA 36% DE UMIDADE DO AR

www.alo.com.br BRASĂ?LIA

JORNAL

ALO

Pontodevista Wilson Dias - AgĂŞncia Brasil

tuitando

@Fredmelopaiva “Homenagem do AtlĂŠtico Nacional hoje foi tĂŁo linda que derreteu atĂŠ coração de vampiroâ€? Fred Melo Paiva Colunista

@Gloriaperez “Nossos polĂ­ticos deviam todos reler a revolução francesa: estĂŁo dando de Maria Antonieta!â€? GlĂłria Perez Autora de novelas

@Wanderelyjp “A ColĂ´mbia teve um comportamento civilizado, elegante e solidĂĄrio. Merece aplausos dos brasileirosâ€?. Wanderley Nogueira Jornalista e palestrante

JORNAL

ALO

BRASĂ?LIA

AlĂ´ BrasĂ­lia Comunicação Ltda. CNPJ: 09612937/0001-92 Matriz: Setor de Autarquias Sul (SAUS), Quadra 5, Bloco K, nÂş 17, Ed. Ok OfďŹ ce Tower, 13Âş andar. Asa Sul, BrasĂ­lia, DF - CEP: 70.070-050 Telefone: 3335-9200 PARQUE GRĂ FICO

Quadra 10, Lote 25/26, SĂŁo SebastiĂŁo, DF

DĂŞnio SimĂľes/GDF

2

weather.com

IMAGEM DO DIA

conceito conceito

PROTESTO DOS ENGRAVATADOS

NENA MEDEIROS*

A Aposta

A associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) fazem manifestação em frente ao STF contra aprovação da lei anticorrupção

Todo ator tem que fazer ďŹ lmes ruins de vez em quando, o truque ĂŠ nunca ser ruim em nenhum deles. Christopher Lee

piniĂŁo O

2016, o Ano da ResiliĂŞncia I

S

into orgulho quando olho para o caminho que percorri atÊ aqui (sobretudo, nos últimos 12 meses) e vejo o quanto avançei no que diz respeito à resiliência, isto Ê, à habilidade de persistir nos momentos difíceis, mantendo a esperança e a saúde mental, mesmo quando o mundo parece desabar. Em geral, pessoas altamente resilientes tornam-se mais fortes depois de situaçþes complexas. Isso ocorre SRUTXHHODVGHVHQYROYHPFRQ¿DQoD em si, aprendendo novas formas de OLGDUFRPRVFRQÀLWRVHSULQFLSDO mente, sendo positivas. A propósito, que ano foi este (#peloamor)? Com desemprego em índices estratosfÊricos e crescentes, empresas fechando as portas e outras se virando em mil para manterem-se de pÊ, quebras de paradigma na forma repugnante de fazer polítiFDLQ~PHURV¿QVGHUHODFLRQDPHQ tos, entre outras mudanças estruturais na minha própria vida e na de muitos que me cercam, a palavra resiliência nunca foi tão usada e requerida. Hå quem tenha aprendido o

DIREĂ‡ĂƒO

VLJQL¿FDGRGHODQDPDUUD Trocando uns miúdos, a resiliência depende de algumas condiçþes psicológicas internas e externas. No nível interno, são favorecidas as pessoas otimistas, que assumem a responsabilidade pelas próprias escolhas, que prezam a autonomia, que estabelecem vínculos sociais e famiOLDUHVSRVLWLYRVHTXHVmRÀH[tYHLVQR que tange a mudança de posicionamentos e pensamentos. No espectro das condiçþes externas estão as relaçþes positivas, aquelas que promovem suporte afetivo/ material, acolhimento e cumplicidade. Neste sentido, como você tem percebido seus relacionamentos? Estå satisfeito com os resultados gerados pelos encaminhamentos do FRQÀLWRVHPVHXGLDDGLD"eQRWyULR SDUDYRFrTXHRFRQÀLWRSRGHVHUXP degrau rumo à maior plenitude em seus relacionamentos? Leia a segunda parte na edição de segunda-feira (5).

FLĂ VIO RESENDE JORNALISTA

CONSELHO CONSULTIVO

PRESIDENTE HĂŠlio Queiroz

COMERCIAL Francis Leonardo comercial@alo.com.br OPEC opecbsb@alo.com.br

DIRETORA EXECUTIVA Luciana Conti luciana.conti@alo.com.br

CIRCULAĂ‡ĂƒO Paulo Costa circulacao@alo.com.br

NEGĂ“CIOS E PROJETOS ESPECIAIS

Marianno de Azeredo Santos

021 3942-2101 011 3280-2101 marianno@gmx.com.br

Pensei em falar do Chapecoence e o terrĂ­vel acidente que ceifou vidas jovens e promissoras, puxando pelo viĂŠs da comoção nacional e da exploração da mĂ­dia. DaĂ­, o Congresso bagunça o pacote anticorrupção e ri na cara da gente. Para piorar, Temer sanciona a lei anticonstitucional que eleva Rodeios e outros que tais Ă categoria de manifestação cultural. Fosse pouco, a polĂ­cia desce o sarrafo nos manifestantes em protesto contra a bandalheira. Desisto. Tantos assuntos, todos deprimentes e... XĂĄ pra lĂĄ. Eu quero ĂŠ rir. TrĂŞs amigos num bar observam um grupo de garotas numa mesa prĂłxima. - Vamos lĂĄ? - Vou nada! Diz que a mulherada aqui nĂŁo dĂĄ mole pra ralĂŠ, nĂŁo... - Bobagem! - EntĂŁo vai lĂĄ, uĂŠ!! - Vou mesmo! - Vai! Duvido vocĂŞ sentar lĂĄ, com elas. NĂŁo deu outra. Fizeram a aposta: quem conseguisse ao menos sentar-se com elas, ganharia uma caixa de cerveja de cada um dos outros dois. 2 SULPHLUR WHQWRX 2V RXWURV ÂżFDUDP DFRPSD nhando enquanto ele aproximava-se delas, com jeito de galĂŁ de cinema... Parou ao lado da mesa, jogou sua melhor cantada em voz impostada e arqueou a sobrancelha direita. As trĂŞs caĂ­ram na gargalhada e o mandaram passear. Como combinado, para nĂŁo atrapalhar os outros, ele foi mesmo, rabo entre as pernas, sentar-se no balcĂŁo. O segundo foi mais esperto, aproximou-se timidamente, disse umas trĂŞs ou quatro palavras que elas lhe pediram para repetir, tĂŁo suave e delicadamente ele as proferiu e, em seguida, pediu licença para sentar. Elas lhe deram um desculpa qualquer e tambĂŠm o dispensaram. Pelo menos, educadamente. 2WHUFHLURÂżFRXDOJXQVPLQXWRVOXFXEUDQGRRTXH podia fazer, meneou a cabeça negativamente, com um muxoxo. Depois, deu de ombros, murmurando: “ah! sĂŁo duas caixas de cerveja... tĂĄ valendo!â€? e levantou-se, caminhando na direção das moças. Assim que estava YLVtYHOROKRXÂż[DPHQWHSDUDXPDGHODV6HPSDUDUGH encarĂĄ-la, requebrou os quadris, desmunhecou e aproximou-se, quase gritando, afetado: - Me-ni-na!! Esse seu brinco ĂŠ um lu-xo!!! Posso ver mais de perto? E jĂĄ foi se sentando. *NENA MEDEIROS, empregada pĂşblica, protetora de animais e escritora O conteĂşdo do artigo ĂŠ responsabilidade de seu autor e nĂŁo representa a opiniĂŁo deste jornal.

REDAĂ‡ĂƒO

EDITOR-CHEFE Leonardo Ribbeiro MTb 06738/DF

EDITOR EXECUTIVO Ă damo AraĂşjo aaraujo@alo.com.br

REVISĂƒO Luis Xavier de França luis.xavier@alo.com.br

PORTAL ALĂ” BRASĂ?LIA portal@alo.com.br

BRASĂ?LIA & CIDADES cidades@alo.com.br VIDA & LAZER lazer@alo.com.br BRASIL & MUNDO brasil@alo.com.br PODER & PODER poder@alo.com.br ESPORTES esportes@alo.com.br ARTE diagramacao@alo.com.br


3

J S E X T A - F E I R A ,

BRASĂ?LIA

ALO

BrasĂ­lia

2016

SOCIEDADE NO DESENVOLVIMENTO

cidades

ESTĂƒO ABERTAS AS INSCRIÇÕES PARA O 1Âş FĂ“RUM DISTRITAL – BRASĂ?LIA CIDADĂƒ – PROTAGONISMO SOCIAL E INOVAĂ‡ĂƒO. O ENCONTRO OCORRERĂ DE SĂ BADO (3) A TERÇA-FEIRA (6), NO CENTRO DE CONVENÇÕES. AS INSCRIÇÕES, GRATUITAS, SĂƒO FEITAS NO PORTAL DO VOLUNTARIADO.

LIMPEZA URBANA J Dezesseis regiĂľes jĂĄ contam com a modalidade seletiva

CONTRA A CORRUPĂ‡ĂƒO

Órgão jurídicos criticam a Câmara dos Deputados O Conselho Nacional de Procuradores-Gerais (CNPG), composto pelos Procuradores-Gerais do MinistÊrio Público dos Estados e da União, manifestaram sua indignação com a manobra realizada na madrugada de terçafeira (29), durante votação na Câmara dos Deputados, que resultou na completa descaracterização do projeto de lei de iniciativa popular destinado a combater a corrupção (Dez Medidas contra a Corrupção). De acordo com os magistrados, o projeto de lei contou com a subscrição de mais de dois milhþes de cidadãos brasileiros que não foram ouvidos por seus representantes eleitos. Ainda de acordo com os juristas, ao contrårio, a Câmara dos Deputados optou por retirar as principais medidas de combate à corrupção, substituindo-as por outras destinadas a retaliar e a prejudicar o

DE DEZEMBRO DE

&

www.alo.com.br JORNAL

2

trabalho realizado pelo MinistĂŠrio PĂşblico e pelo Poder JudiciĂĄrio na responsabilização de agentes pĂşblicos e privados pela prĂĄtica de crimes, notadamente na Operação Lava Jato. TJDFT – Para o presidente do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos TerritĂłrios, o desembargador Mario Machado, ĂŠ clara a tentativa de intimidar e comprometer nĂŁo sĂł a iniciativa dos promotores e procuradores, como tambĂŠm a prĂłpria independĂŞncia da função judicial. Ele espera que, na instância do Senado Federal, as decisĂľes tomadas na Câmara dos Deputados sejam corrigidos. “De qualquer forma, ĂŠ certo que os juĂ­zes brasileiros nĂŁo se intimidarĂŁo. Como disse a Ministra CĂĄrmen LĂşcia, “o JudiciĂĄrio ĂŠ, por imposição constitucional, guarda da Constituição e garantidor da democraciaâ€?, disse em nota.

Coleta somente daqui um ano DĂŞnio SimĂľes/AgĂŞncia BrasĂ­lia

STEPHANNY GUILANDE

A

coleta seletiva no Distrito Federal de forma integral ocorrerå somente em 2018. De acordo com o Serviço de Limpeza Urbana (SLU), o serviço irå a todas as regiþes administrativas em suas åreas comerciais e verticalizadas, onde a geração de materiais reciclåveis Ê maior. Atualmente, hå esse tipo de trabalho somente em Brasília, Cruzeiro, Sudoeste, Octogonal, SIG, Taguatinga, Ceilândia, à guas Claras, Vicente Pires, SCIA/Estrutural, Park Way (Quadras 3, 4 e 5), Santa Maria (cooperativa R3); Samambaia (cooperativa Recicle a Vida); Brazlândia (cooperativa Acobraz); Candangolândia e no Núcleo Bandeirante (cooperativa Renascer). Duas empresas contratadas em 2014 solicitaram a suspensão dos contratos em função da baixa adesão da população à coleta seletiva. O SLU Informou por

TRABALHO estĂĄ suspenso em algumas cidades do Distrito Federal

meio de nota que o serviço de coleta seletiva estå suspenso nas seguintes cidades: Park Way (com exceção das quadras 3, 4 e 5), Gama, Recanto das Emas, Riacho Fundo I, Riacho Fundo II, Planaltina, Paranoå, Itapoã, São Sebastião, Fercal, à rea Rural do DF, Guarå, SIA, Lago Sul/Jardim Botânico, Lago Norte e Varjão.

Nas Regiþes Administrativas aonde o serviço de coleta seletiva oficial foi suspenso temporariamente, o SLU orienta os moradores a manterem o håbito de separar os materiais reciclåveis dos orgânicos para que a implantação seja eficaz. BRASIL – Apenas 18% dos municípios brasileiros pra-

ticam a chamada coleta seletiva de lixo. Isso corresponde a 1.055 cidades. Os números são de uma pesquisa realizada pela organização não-governamental Compromisso Empresarial para a Reciclagem (Cempre). Apesar de ser ainda baixo, o número de municípios que fazem coleta seletiva cresceu 138% desde o ano de 2010.

RONDA

ESTRADAS

Defesa Civil vistoria enfeites de Natal

Cuidados ao dirigir em dias de chuva no DF

A Defesa Civil do Distrito Federal promove atÊ 16 de dezembro inspeção tÊcnica em enfeites de Natal instalados em shoppings, casas e comÊrcios. O objetivo de acordo com a entidade, Ê reduzir o risco de choques elÊtricos e incêndios. A operação foi batizada de São Nicolau, em alusão ao santo que distribuía presentes e crianças e foi associado ao Papai Noel. De acordo com a Defesa Civil, a ação se baseia em levantamentos prÊvios de tÊcnicos e em denúncias feitas pela população. Duas duplas de SUR¿VVLRQDLVYmRSHUFRU rer os estabelecimentos em horårio comercial. Nesta semana, o foco são

os shoppings. Em relação a casas, o trabalho ocorrerå na decoração externa. A entidade recomenda que, ao comprar e montar os enfeites de ¿PGHDQRVHMDPREVHU vadas regras båsicas de segurança, como não deixar equipamentos luminosos, mais conhecidos como pisca-piscas, em contato com a ågua. OuWUDGLFDUHOHYDQWHD¿UPD Ê a de não deixar as årvores de Natal ornamentadas próximo a cortinas, armårios, forros de mesa ou qualquer material que entre em combustão. A principal preocupação que o consumidor deve ter na hora de comprar enfeites Ê verificar se o SURGXWRWHPFHUWL¿FDomR

Ao dirigir durante tempestades, o motorisWDÂżFDFRPDYLVLELOLGDGH comprometida em comparação aos dias sem chuva. AlĂŠm da ĂĄgua sobre a visĂŁo do condutor, os vidros podem embaçar, e as YLDV ÂżFDP HVFRUUHJDGLDV Os ĂłrgĂŁos de trânsito alertam que a cautela na direção deve ser redobrada nesses perĂ­odos. O diretor-geral do Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal (DER-DF), Henrique Luduvice, destaca a importância de ficar a pelo menos 50 metros do carro da frente. “O motorista precisa manter distância segura para uma frenagem, caso o carro da frente freie ou fure um pneu, por exemplo.â€?

Pedro Ventura /AgĂŞncia BrasĂ­lia

MOTORISTA tem de ďŹ car atento aos Ă­tens de segurança

Outro cuidado Ê com poças d’ågua ao mudar de faixa. Com a velocidade, a ågua Ê jogada no parabrisa do veículo que estå logo atrås, ou ao lado, o que pode atrapalhar a visão do condutor.

AQUAPLANAGEM – Uma das principais preocupaçþes com a pista molhada Ê o risco de aquaplanagem do veículo, quando hå perda de controle por falta de aderência dos pneus. Por isso, Ê fundamental dirigir

em velocidade mais baixa. Nesses casos, Ê importante que os pneus estejam em boas condiçþes, com a calibragem indicada para o tipo de veículo (a informação estå nos manuais) e com aderência.


J S E X T A - F E I R A ,

www.alo.com.br BRASĂ?LIA

JORNAL

ALO

2

DE DEZEMBRO DE

2016

SHOW

&

MATO GROSSO E MATHIAS PROMETEM FAZER APRESENTAĂ‡ĂƒO HISTĂ“RICA EM BRASĂ?LIA. A DUPLA SE APRESENTA NA CASA NOTURNA BAMBOA. A PARTIR DAS 23H. INGRESSOS CUSTAM A PARTIR DE R$ 30. CI: 18ANOS.

Vida Lazer

RÉVEILLON

Ingressos para a maior festa da virada do DF Foi dada a largada para a aquisição de ingressos para quem quer participar a melhor festa de rÊveillon de Brasília. A Celebration. O evento, que ocorre a partir das 22h do dia 31, no Minas Hall. As entradas estão à venda na Bilheteria Digital e no próprio local, no SCEN Trecho 3, Conjunto 6, Minas Brasília Tênis Clube. Os ingressos custam R$ 280 (individual), R$ 1.280 (bistrô para quatro), R$ 1.920 (bistrô para seis), R$ 3.040 (mesa para oito) e R$ 10 mil (camarote). As formas de pagamento são em dinheiro e em cartão (dÊbito e crÊdito). No crÊdito, Ê possível parcelar em atÊ três vezes.

Serviço Celebration Minas Hall – O melhor RĂŠveillon de BrasĂ­lia Data: 31 de dezembro Local: Minas Hall - SCEN Trecho 3, Conjunto 6, Minas BrasĂ­lia TĂŞnis Clube Ingressos: R$ 280 (individual), R$ 1.280 (bistrĂ´ para quatro), R$ 1.920 (bistrĂ´ para seis), R$ 3.040 (mesa para oito) e R$ 10 mil (camarote) Pontos de venda: Bilheteria Digital e no prĂłprio local Formas de pagamento: dinheiro e cartĂŁo (dĂŠbito e crĂŠdito). No crĂŠdito em atĂŠ trĂŞs parcelas. Informaçþes: 99212-6436 e www.minashall.com.br ClassiďŹ cação indicativa: livre

GASTRONOMIA J Culinåria típica do Norte e Nordeste conquista brasiliense Reprodução

TĂĄ, tĂĄ, tapioca REYNALDO RODRIGUES

U

ma iguaria tipicamente brasileira, a tapioca Ê de origem indígena. Ela Ê feita da fÊcula que Ê extraída da mandioca, tambÊm Ê conhecida como gama da tapioca, polvilho, goma seca, polvilho doce. Seu preparo Ê simples, feita em frigideira ou chapa aquecida, ela vira uma espÊcie de panqueca ou crepe seco. Pode ser recheada ou não, sendo que seu recheio tradicional Ê coco e o queijo. A culinåria que Ê tradição no Norte e Nordeste do país se tornou muito popular entre os brasilienses, a tapioca pode ser encontrada em di-

versos lugares e preparadas de variadas formas. Conheça algumas casas especializadas mais visitadas da capital. EMPĂ“RIO TROPICAL Localizada no Setor Hoteleiro Sul a primeira vista, esta ĂŠ apenas uma loja de artesaQDWRÂż[DGDQDJDOHULDGHXP hotel. Entre objetos de decoração e quadros, o cliente do EmpĂłrio Tropical encontra um extenso menu de tapiocas. A tapioca de queijo de minas com manteiga de garrafa, por exemplo, vem acompanhada por molho de redução de vinho (R$ 6,50). Algumas das criaçþes levam ingredientes regionais. TAPIOCARIA RAĂ?ZES DO SERTĂƒO Ex-morador de rua, o

hoje empresårio Durley da Silva comanda esta tapiocaria na Asa Norte. Único item de seu menu, a tapioca aparece em 107 variaçþes. Destaque para a de carne de sol, purê de mandioca e queijo de coalho (R$ 16,50), marca da loja. De sobremesa, a versão de chocolate, morango e castanha-de-caju (R$ 15,90) faz sucesso. A casa tambÊm serve o quitute em rodízio, no qual inclui todos os sabores, em porçþes menores, a R$ 59,90. MARTINICA CAFÉ Na Asa Norte, o cardåpio do Martinica CafÊ contempla petiscos, tortas e as famosas tapiocas. Dessa última seção, costuma ser muito procurado

a versão recheada com coco e queijo (R$ 10,55). TambÊm são famosos o creme de abóbora com maçã (R$ 14,80) que são servido apenas no endereço da 303 Norte. TAPIOCARIA MARIA BONITA Casa conhecida por relacionar tapiocas com reFKHLRVEHPQRUGHVWLQRV¿FD localizada no Sudoeste. Entre as especialidades, carne de sol mais queijo de coalho (R$ 10,00) e carne de siri (R$ 12,60). Ainda constam combinaçþes de peito de peru com pasta de queijo de coalho (R$ 10,00) e de rúcula com ricota e tomate seco (R$ 10,50). O cardåpio tambÊm contempla receitas de cuscuz.

SHOW

Brasília In Concert com o cantor Daneil O cantor Daniel se apresenta na capital federal em um concerto que reúne suas cançþes e sucessos da música brasileira. A novidade para Brasília Ê que o cantor estarå acompanhado pela Orquestra Brasília Sinfônica, regida pelo maestro Joaquim França, e farå parte do projeto Brasília in Concert. Outro destaque se då para os instrumentos de cordas como violinos, violas e violoncelos, um naipe de metais com sax, flauta, trompete e trombone, e os novos arranjos que enaltecem os grandes sucessos selecionados para esta apresentação. Um projeto com detalhes, arranjos e acordes definidos e trabalhados, música por música, celebra os mais de 30 anos de carreira de Daniel com cançþes que certamente fizeram parte da trilha sonora de muitos ou ainda farão a partir desse show.

Serviço BrasĂ­lia In Concert Onde: Centro de Convençþes Ulysses GuimarĂŁes Quando: domingo (4) Quanto: a partir de R$ 100 ClassiďŹ cação indicativa: livre

Divulgação

4


Marlene Galeazzi

ALÔ BRASÍLIA

„

5

„ S E X TA - F E I R A ,

2

DE DEZEMBRO DE

2016

RUMO A WASHINGTON Fotos: Arquivo Pessoal

&

Vida Lazer

Aldaceli e o marido, conselheiro Glauco Veloso A elegância na medida certa Ela vai fazer falta. A bela Aldaceli di Paula, consultora de imagem e estilo, que estudou moda em vários países, está trocando de endereço. Deixa Brasília para viver em Washington, para onde o marido, o diplomata Glauco Veloso, foi transferido para trabalhar na nossa embaixada da capital americana. Lá, ela continuará seu brilhante trabalho que tem orientado tantas mulher em tudo o que diz respeito a moda e sobre o que as ´pessoas podem ou não podem usar. Ela é membro da AICI – Assoc of Image Consultants Internacional - e proprietária da a Multimarcas feminina Aldaceli di Paula. Vai deixar muitas saudades.

marlenegaleazzi@gmail.com

CHÁ DAS CINCO Cláudia Galdina recebeu as amigas em sua bela casa no Lago Sul, que recebeu decoração especial, para um chá das cinco. Delícias da Swit Cake e doces da Maria Amélia e Cirônia. As convidadas brindaram com champanhe e ganharam uma bela lembrança, presente da anfitriã. Fotos de: Divulgação

TEMPO DE SOLIDARIEDADE Dezembro chegou, 2016 começa a se perder no túnel do tempo e 2017 vem surgindo do outro lado do horizonte. Último mês do ano, não podemos esquecer, festeja o nascimento de Jesus e, por isto mesmo, é o mês da solidariedade. Vamos reservar um momento destes 31 dias para voltarmos nossos olhos aos mais carentes, aos mais necessitados. Será o melhor presente que poderemos dar ao Deus Menino.

SENTIMENTO

Em família: Galdina com a filha e neta

A anfitriã recebendo Bete Campos

As amigas convidadas para o evento

Decoração de uma das mesas

A coluna se solidariza com a dor das famílias e dos amigos das vítimas do acidente com o avião que levava os jogadores do Chapecoense a Colômbia. Solidariedade também com a dor que todos nós brasileiros sentimos. O consolo é saber que a vida não termina aqui. Um dia nos reencontraremos.

OPENING Na próxima terça-feira, dia 6, o Piazza 8 do Sudoeste realizará um opening para a imprensa e amigos. Sem dúvida, a noite deverá ser das mais agradáveis.


6 BRASĂ?LIA

ALO

2

DE DEZEMBRO DE

2016

SOBE EXPECTATIVA DE VIDA

&

www.alo.com.br JORNAL

J S E X T A - F E I R A ,

Brasil Mundo

A EXPECTATIVA DE VIDA DO BRASILEIRO NASCIDO EM 2015 É DE 75,5 ANOS, SEGUNDO DADOS DIVULGADOS PELO IBGE. A EXPECTATIVA DE VIDA PARA BRASILEIROS NASCIDOS EM 2014, DIVULGADA NO ANO PASSADO, ERA DE 75,2 ANOS.

TRAGÉDIA J Dois especialistas do Cenipa vão investigar queda de avião da Chapecoense na Colômbia

FIOCRUZ

Brasileiros investigarĂŁo a queda

O

Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronåuticos (Cenipa), do Comando da Aeronåutica brasileira, informou que enviarå dois investigadores a Medellín para atuar nas investigaçþes do acidente com o avião da LaMia, que levava a equipe da Chapecoense à cidade colombiana. Os especialistas brasileiros embarcarão em um dos três aviþes HÊrcules da Força AÊrea Brasileira que estão de prontidão na Base AÊrea de Manaus, aguardando acionamento para decolar para a Colômbia e trazer os corpos das vítimas para o Brasil. Todas as vítimas jå foram LGHQWL¿FDGDVHFRUSRVIR

ram liberados para preparação para viagem. O acidente PDWRX  SHVVRDV H GHL[RX seis feridas. As autoridades da AeronĂĄutica Civil da ColĂ´mbia FRQÂżUPDUDPTXHRDYLmRTXH transportava a equipe catarinense para MedellĂ­n caiu sem “uma gota de combustĂ­velâ€? SUy[LPRDXPPRUURHP&HU ro Gordo e que agora serĂŁo investigadas as causas do que provocou a pane seca. O diretor-geral da LaMia, Gustavo Vargas, declarou ontem (30) que o piloto deve ter avaliado que RFRPEXVWtYHOHUDVXÂżFLHQWH para chegar ao seu destino, SRLVH[LVWLDDRSomRGHID]HU uma pausa em BogotĂĄ para abastecer, que foi descartada por completo.

Reprodução da Internet

FALTA DE COMBUSTĂ?VEL ĂŠ a hipĂłtese quase certa

Publicidade

Epidemia de zika será mais fortes neste ano Ao participar do 2 º Seminário Dengue, Chikungunya H =LND 'HVD¿RV QD Atenção à Saúde na Chikungunya, no auditório da Escola Nacional de Saúde Pública (Ensp/ Fiocruz), em Manguinhos, no Rio, o diretor regional da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) no Mato Grosso do Sul, Rivaldo Venâncio, disse que epidemias das doenças zika e chikungunya, ambas transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti, serão ainda maiores no YHUmRGH do que foram na última temporada.

FIM DA POLĂŠMICA

Suspensa exigĂŞncia de cadeirinha

BRASĂ?LIA

JORNAL

ALO

comercial@alo.com.br Telefone: 3335-9200

2 &RPLWr ([H cutivo do Conselho Nacional do Trânsito (Contran) decidiu VXVSHQGHUDH[LJrQ cia de dispositivo de segurança para o transporte de crianças com atÊ 7 anos e meio em veículos escolares antigos. A resolução foi publicada ontem no DiåULR2¿FLDOGD8QLmR De acordo com RWH[WRDGHFLVmROH vou em conta dificuldades tÊcnicas, econômicas e sociais para a adaptação dos veículos em circulação ao uso da FDGHLULQKDHDEDL[D oferta no mercado de dispositivos de retenção apropriados para veículos escolares dotados de cintos de segurança do tipo subabdominal (cinto de dois pontos).


7 www.alo.com.br

2

DE DEZEMBRO DE

2016

A política no seu dia a dia BRASÍLIA

JORNAL

J S E X T A - F E I R A ,

ALO

ONS&OFFS

Presente!

Celson Bianchi / Jornalista E-mail: celsonbianchi@alo.com.br

DE OLHO

O senador Reguffe (sem partido/DF) foi o único representante do DF a rebater ação de parlamentares contra as 10 medidas contra a corrupção. “Absurda e revoltante essa decisão da Câmara de desfigurar o projeto das 10 medidas contra a corrupção, um projeto que teve a assinatura de mais de dois milhões de brasileiros. Esse país não pode ser o país da impunidade!”, senador Reguffe em discurso no plenário. Reprodução da Internet

O presidente da Confederação Nacional dos Servidores Públicos (CNSP), Antonio Tuccílio, se posicionou sobre a proposta do GDF de remanejar recursos do Iprev para pagar salários de servidores. “Como existem dois fundos, um antes e outro após 2007, a ideia de transferir de um para outro até que é razoável. Porém, utilizar o superávit para fechar a folha é temerário, pois no futuro dirão que a Previdência Social está quebrada, mesmo que a Seguridade Social, do qual a Previdência faz parte, esteja com superávit”, disse.

De olho 2 Segundo Antonio Tuccilio, existem outras formas de cortes para serem efetuados. Primeiro: cortar os cargos comissionados que não passam de apadrinhados; segundo: remanejar secretarias para outras pastas; e realizar cortes no Legislativo que tem benesses extraordinárias, nos salários acima do teto do Judiciário, na publicidade e em veículos oficiais, entre outros.

Reprodução da Internet

CERTEIRO O líder do Democratas no Senado Federal Ronaldo Caiado (GO) comentou a recente aprovação na Câmara do pacote de medidas propostas pelo Ministério Público de combate à corrupção. O projeto vai ser debatido agora em Senado, onde o democrata defendeu que ele siga o trâmite normal pelas comissões, sem nenhum requerimento de urgência. “Tenho o compromisso com todos os movimentos de rua e com a população brasileira em defender esse pacote anticorrupção. O Brasil já demonstrou um sentimento por um novo sistema de prática política. Não é admissível nesse momento uma queda de braço entre os poderes e nem podemos caminhar para um enfraquecimento das instituições. Nós, líderes, devemos buscar a interação com outros poderes para um movimento de pacificação”, defendeu Caiado.

NÃO PASSOU BATIDO Ex-distrital Olair Francisco passou pela Câmara Legislativa nesta semana. Visitou gabinetes e esteve em reunião da Comissão de Economia Orçamento e Finanças (CEOF). Na saída anunciou que a partir de janeiro vai para as ruas ‘visitar amigos’ visando 2018. Só não decidiu ainda que cargo almeja.

Certeiro 2

Divulgação

O senador deixou claro que vai ser contra qualquer tentativa de acelerar o processo de votação da proposta na Casa, exigindo que o texto passe antes pela Comissão de Constituição e Justiça onde deverá ser debatido. “O Democratas no Senado não vai permitir de forma alguma que esse pacote seja pautado de forma urgente. Vamos exigir que ele siga o trâmite tradicional, passando pela Comissão de Constituição e Justiça onde vamos nos debruçar, estudar item por item e apresentar um texto que garanta as 10 medidas”, afirmou.

REFLEXÃO DO DIA Geraldo Magela/Agência Senado

CONVOCAÇÃO Domingo (4) está prevista manifestação na Esplanada dos Ministérios em favor das 10 medidas contra a corrupção. Além dos tradicionais MBL e Vem Pra Rua, o movimento contará com participação de representantes do Movimento Limpa Brasil, que tem à frente no DF o jornalista Ricardo Noronha. O ato está marcado para começar às 10 horas.

Não vejo sentido em renúncia de procuradores da Lava - jato. Eles estão lá cumprindo obrigação funcional e não uma missão política. Se isso ocorrer, vai parecer pizza combinada.

MIGUEL LUCENA- DELEGADO/PCDF


Sex, 02/12/2016  

Edição de Sexta-feira, 02/12/206, do Jornal Alô Brasília

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you