Page 1

DOMINGO, 21

DE ABRIL DE

2013

D I S T R I B U I Ç Ã O G R AT U I TA

ALO

Roberval Eduão

ANO 4 - Nº 1078

BRASÍLIA

53 ANOS

A CIDADE QUE MANTÉM A CAPACIDADE DE SONHAR

MAIS UM ANO DE VIDA E A CAPITAL SEGUE EMBALANDO OS PROJETOS ESPERANÇOSOS DOS BRASILIENSES


BRASÍLIA 53 ANOS

Acesse nosso portal

www.alo.com.br

DOMINGO, 21

DE ABRIL DE

2013

pontode ponto devista

FESTEJOS O GDF preparou esquema especial de transporte para atender a populaçao drante os festejos dos 53 anos de Brasília. O metrô funcionará das 7h à meianoite. As linhas de ônibus com destino à Rodoviária do Plano Piloto terão viagens extras

Roberval Eduão

ALO 2

Fotos: Roberval Eduão

Brasília: capital dos sonhos e da esperança A capital que nasceu do sonho de um estadista, Juscelino Kubitschek, em 1960, até hoje é fonte de inspiração para milhões de pessoas. Hoje, aos 53 anos, a cidade que foi construída para abrigar até 500 mil habitantes, é o coração que faz pulsar o ideal de mais de 2 milhões de cidadãos que vivem à sua volta. Muitos dependem por completo dessa jovem senhora e, nesses casos, os probemas se tornam mais evidentes. Nada apagará os anseios da população que aqui vive, nem mesmo a data do aniversário da cidade, mas hoje escolhemos continuar buscando neste pequeno quadrado a possibilidade de realizar nossos sonhos. Não importa o quão impossível eles possam parecer, Brasília tem a energia que necessitamos para seguir acreditando. Temos dificuldades, sim, e não são poucas. O importante é que a cidade ainda proporciona a esperança de que estaremos melhor no próximo ano. São muitas as demandas da população, principalmente, no que se refere à saúde, educação, transporte público, segurança, mobilidade, entre outras. Pelo que se sabe dos órgãos oficiais do DF, ações importantes a serem executadas até 2014 encherão os brasilienses de orgulho. A expectativa da população é grande quanto a isso. Aguardamos com ansiedade que no próximo aniversário tenhamos mais ainda a comemorar. Queremos, a cada ano, poder bater no peito e gritar bem alto: “Somos brasilienses e com muito orgulho!”. Que venham os 54 anos, 55 e todos os outros. Teremos sempre em mente que, mais que uma região que abriga sonhos, a capital federal é a luz que encanta nossas vidas. Parabéns, Brasília!

ALO

BRASÍLIA

Alô Brasília Comunicação Ltda. CNPJ: 09612937/0001-92 O Alô Brasília é auditado pela Moore Stephens International PRESIDENTE / Hélio Queiroz DIRETORA EXECUTIVA / Ivanilda Queiroz comercial@alo.com.br PUBLICIDADE / ( 61) 3335 - 9232 e-mail: comercial@alo.com.br

REDAÇÃO (61) 3335-9200 e-mail - redacao@alo.com.br

EDITORA-CHEFE Lilian Magalhães lilian.magalhaes@alo.com.br

SUBEDITOR João Porto joao.porto@alo.com.br

REVISOR Rodrigo Ramthum

EDITOR DE ESPORTES Ádamo Araújo aaraujo@alo.com.br

COMERCIAL

GERENTE COMERCIAL Keila Rocha keila.rocha@alo.com.br

TELEFONES: (61) 9972-7804 (61) 9249-8324

CIRCULAÇÃO (61) 3335-9235

GERENTE DE CIRCULAÇÃO / Paulo Sérgio paulo.costa@alo.com.br O Alô circula diariamente em todo o Distrito Federal - As edições impressas estão disponiveis diariamente no portal www.alo.com.br MATRIZ / Setor Comercial Sul (SCS), quadra 05 bloco B, número 73. Edifício Farah Brasília - DF / CEP: 70.305-000 Fone: 3335-9200

IMPRESSÃO GRÁFICA ALÔ BRASÍLIA / Quadra 10 Lote 25 / 26, São Sebastião - DF Fone (61) 3224-6049 / 3335-3600

TIRAGEM:

45.000 exemplares (de segunda à sexta) 10.000 exemplares (sábado e domingo)


BRASÍLIA 53 ANOS

Acesse nosso portal

www.alo.com.br

DOMINGO, 21

&

DE ABRIL DE

2013

Brasília

cidades

NOTÍCIAS SOBRE COMPORTAMENTO, SEGURANÇA E SERVIÇOS

CONSELHO DE POLÍTICAS DE ASSENTAMENTO (CPA) definirá na próxima semana áreas em Planaltina, São Sebastião e Brazlândia para iniciar o processo de reforma agrária. Com isso, cerca de 600 famílias assentadas estão mais perto de alcançar a regularização fundiária

Divulgação

ALO 4

CULTURA  Entre reformas e reinaugurações, governo espera abrir espaços tradicionais do Planalto Central

Turismo com qualidade MARCUS FOGAÇA

F

oram longos 16 anos fechados, mas em 2013 o Planetário de Brasília será reaberto para visitação pública a partir de junho, totalmente reformado e modernizado, para oferecer à população e aos turistas um entretenimento científico e tecnológico de ponta, com o que há de melhor em projeção digital. A Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação gastou mais de R$ 15 milhões para restaurar o espaço, que ganhará

uma biblioteca onde havia um aquário. A nova estrutura também deve oferecer lugares especiais para a realização de exposições, palestras e oficinas. A proposta é aproveitar ao máximo o espaço para aliar modernidade e tecnologia ao ensino, utilizando atividades multimídias. “O planetário será uma importante ferramenta de conhecimento, que vai ajudar muito na formação da população, principalmente dos estudantes”, destaca o secretário de ciência, tecnologia e inovação, Glauco Rojas.

Roberval Eduão

Planetário de Brasília

ATÉ JUNHO obras serão concluídas e local será reaberto à visitação

Roberval Eduão

Cine Brasília

Enquanto alguns famosos pontos turísticos de Brasília são reabertos para visitação pública, outros anunciam o fechamento de suas portas para serem reformados. Este é o caso do Teatro Nacional de Brasília. Nesse mês, a Secretaria de Cultura anunciou que o espaço ficará fechado, a partir de agosto, para revitalização de todos os 17 espaços que compõe o complexo cultural. A estimativa é que sejam gastos R$ 96 milhões em toda a obra de restauro e que ela seja concluída no prazo de dez meses, a contar da data que será iniciada. A obra do Teatro contempla o restauro e a modernização das estruturas físicas, hidráulicas, elétricas e acústica. Roberval Eduão

FAROESTE CABOCLO foi o filme escolhido para o retorno do cinema

Cine Brasília comemora 53 anos amanhã (22). O espaço, que é um dos pontos de cultura mais famosos do Distrito Federal, passou por uma grande obra de ampliação, modernização e restauro, que custou aos cofres públicos cerca de R$ 8,2 milhões. O local será reaberto ao público no final de maio. O objetivo da Secretaria de Cultura é que a reinauguração seja marcada pela exibição do filme Faroeste Caboclo. Conhecido por ser a casa do Festival de Cinema de Brasília, um dos festivais mais conceituados do país, além de receber diversas mostras cinematográficas, o Cine Brasília, localizado na EQS 106/107 (Asa Sul), destaca-se por oferecer cinema de qualidade a preços acessíveis.

Teatro Nacional TEATRO ficará de recesso para revitalização do espaço. Custo será de R$ 96 milhões


cidades

TURISMO  Para atender visitantes, cidade se prepara com Centros de Atendimento

5

DOMINGO, 21

DE ABRIL DE

ALO

2013

BRASÍLIA

conceito conceito

Roberval Eduão

Uma homenagem de viés “A chuva disse que ia ali comprar uma cigarra e nunca mais voltou.” - Thiago Medeiros

JÁ FUNCIONAM sete centros de atendimento aos visitantes

Preparativos para a Copa JÉSSICA NASCIMENTO

B

rasília é conhecida por ser uma cidade totalmente planejada. Obras arquitetônicas como a Catedral de Brasília, Congresso Nacional, Templo da Legião da Boa Vontade e Palácio do Planalto devem atrair milhares de turistas com a chegada da Copa do Mundo. Para suprir a demanda, a Secretaria de Turismo promete trabalhar com um conjunto de ações que deverão gerar resultados inéditos na Capital Federal. De acordo com a Secretaria, a preparação da cidade começou com a revitalização e ampliação dos Centros de Atendimento ao Turista (CAT’s). Em 2011, havia apenas dois estabelecimentos, onde, segundo o órgão, trabalhavam pessoas sem qualificações. Atualmente, são sete unidades. Os profissionais que atendem os turistas passaram por um curso de capacitação de, aproximadamente, 120 horas e são capazes de falar até oito idiomas, incluindo libras. “Esse, sem dúvidas, foi um grande diferencial no receptivo da cidade e só recebemos elogios”, disse a assessoria de imprensa. Para promover o turismo de Brasília, a Secretaria ressalta que foram 30

feiras de turismo e outros segmentos; Road shows e workshops em seis capitais do Brasil e países da América do Sul para divulgação da capital; Lançamento de exposição, em Buenos Aires. Neste ano, o órgão está acompanhando a Embratur em ações de divulgação das cidades sedes em 14 países, pelo projeto Goal to Brazil, pelo qual Brasília foi anfitriã no Chile. A promessa para o ano que vem da Secretaria é aumentar em 15% o número de hotéis. Atualmente, Brasília conta com mais de 19 mil leitos e 222 estabelecimentos de hospedagens. Cerca de 13,2 mil leitos estão instalados na capital. A previsão é que as sinalizações bilíngues também estarão prontas no próximo aniversário de Brasília, segundo a Secretaria. O projeto já foi aprovado e possui verba empenhada junto ao Ministério do Turismo. Atualmente, o programa se encontra em fase de análise técnica , ou seja, após a aprovação, as equipes responsáveis irão detalhar a ação, escolher o desenho, localização e tipologia das placas. As próximas fases incluem a aprovação do Termo de referência pela Caixa Econômica, responsável pela liberação da verba, a licitação da empresa que ficará com a execução do serviço e as obras.

ABRIL ACABANDO e tome chuva! Amo Brasília, mas, de chuva... gosto, não. Chuva é um mal necessário: sem ela, adeus vida por aqui. Mas, gostar... gosto, não. Tem quem goste. Samambaias, por exemplo. Eu, que não sou uma samambaia, só tolero a chuva quando ela cai no telhado e embala o sono. O sono ou as outras coisas que se fazem na cama, além de dormir. Sendo a chuva um mal necessário, por ser mal, preferia nem vê-la, por necessário, poderia ser diária. Assim, seria fantástico se chovesse todos os dias, sempre entre as três e as seis da manhã. - E os trabalhadores noturnos? - Estamos falando de ideal. Num mundo ideal, não há trabalhadores noturnos. Todos estariam em suas camas, ouvindo o barulho da chuva e dormindo, ou fazendo coisas que se fazem na cama, além de dormir. Como ideal não é real, em Brasília chove por meio ano, depois de seis meses de seca.

NENA MEDEIROS, empregada pública, protetora de animais e escritora Ou seja, em Brasília, ou a gente craquela, ou embolora. E embolora encalacrado num trânsito ainda mais lento que o normal, pois o brasiliense não sabe dirigir na chuva. Aliás, o brasiliense não é mesmo lá muito bom na direção. Mas, isto, é tema para um outro texto! Hoje é dia de festa! Brasília faz 53 anos. Sim, falta o mar. Há o entorno, a

violência e os engarrafamentos aumentando em progressão geométrica. Mas há esse céu de azul profundo que assume cores deslumbrantes ao entardecer. Com nuvens esparsas, então... impossível não apaixonar. Há os espaços amplos e verdes, a exuberante arquitetura, a sinfonia das cigarras. Brasília, por centro do poder, tem a pecha de cidade sem lei, onde lama e corrupção grassam pelo Congresso, Palácios e Ministérios. Esquecem, os que nos rotulam, que quase nenhum dos políticos que sujam nossa imagem e abalam nosso moral nasceu por aqui. Nem para a vida pública. O brasiliense, em geral, é bom e honesto, alegre, solidário e trabalhador como qualquer outro brasileiro, todos representados aqui, por sua gente ou cultura. Amo Brasília! Uma ótima cidade para se viver, estudar, trabalhar, crescer. Por isso, está no coração do Brasil, metafórica e literamente falando. Já de chuva... gosto, não!

53 ANOS

&

Brasília


cidades

6

DOMINGO, 21

Serviços no feriado  Saúde Nos dias 20 e 21, funcionarão as emergências dos hospitais e as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) do Recanto das Emas, Samambaia, Núcleo Bandeirante e São Sebastião. Além disso, 130 unidades de Saúde abrirão amanhã para campanha de vacinação contra a gripe.

 Caesb A Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb) prestará atendimento 24 horas pela Central de Relacionamento com o Cliente – telefone 115. As atividades essenciais de manutenção e operação serão mantidas, em esquema de plantão.

 CEB A Companhia Energética de Brasília prestará atendimento 24 horas pela Central de Relacionamento com o Cliente, pelo telefone 116. As atividades essenciais de manutenção e operação serão mantidas, em esquema de plantão. As agências, retornarão às atividades na segunda (22), a partir das 8h.

 Comércio De acordo com o Sindicato do Comércio, os shoppings irão funcionar das 14h às 18h.

 Biblioteca Nacional de Brasília Estará fechada. Voltará a funcionar das 8h às 19h45, de segunda a sexta-feira; e nos sábados e domingos, das 12h30 às 18h30.

 Museu Nacional O museu estará fechado e retorna, das 8h às 19h45, de segunda a sexta-feira; e sábados, domingos e feriados, das 12h30 às 18h30.

 Parque Nacional de Brasília (Água Mineral) Abrirá para o público em horário normal, das 8h às 16h. Os ingressos custam R$ 6,50. Crianças com até 11 anos de idade e idosos com 60 anos ou mais não pagam entrada.

 Parques do DF Funcionarão normalmente durante o fim de semana, das 6h às 20h.

 Jardim Zoológico A Fundação Jardim Zoológico de Brasília receberá os visitantes das 9h às 17h. Os ingressos custam R$ 2. Crianças até 5 anos de idade e idosos acima de 60 não pagam entrada.

 Jardim Botânico Funcionará normalmente, das 9h às 17h. Os ingressos custam R$ 2. Crianças de até 10 anos e idosos acima de 60 não pagam entrada.

DE ABRIL DE

ALO

2013

BRASÍLIA

53 ANOS

&

Brasília

COMPORTAMENTO  Durante seus 53 anos de história, Brasília desenvolveu suas próprias peculiaridades

Todo o Brasil se encontra aqui MARCUS FOGAÇA

C

omer pastel na rodoviária do Plano Piloto, brincar no parque Ana Lídia, passar o dia no Zoológico, divertir-se em um dos muitos bares espalhados pelo Distrito Federal ou aproveitar os fins de semana no cinema são algumas das atividades quase que obrigatórias e rotineiras para qualquer pessoa que nasceu por aqui ou decidiu adotar o Planalto Central como casa. Durante muitas décadas, a cidade foi considerada sem identidade devido a grande quantidade de migrantes que fixaram residência por aqui. No dia de hoje, exatamente 53 anos após sua fundação, Brasília já possui mais pessoas nascidas na cidades do que imigrantes. De acordo com dados do último censo do Instituto Brasilei-

ro de Geografia e Estatística (IBGE), realizado em 2010, dos mais de 2,6 milhões de moradores, pelo menos 53% vivem aqui desde que nasceram. Fato que influenciou fortemente a busca pela identidade do brasiliense. A independência cultural é, para muitos brasilienses, motivo de orgulho, como é o caso dos amigos Ricardo Branco, 26 anos, e Daniel Alves, 27. A dupla conta que gosta muito de reunir os amigos para jogar futebol no Parque da Cidade e que pelo menos uma vez por semana vão a algum barzinho com as namoradas. “O brasiliense se diverte com muito pouco. Basta reunir os amigos e ir para lugares como o Pontão (do Lago Paranoá), Ermida Dom Bosco ou mesmo a praça do Cruzeiro. São programas típicos que sempre dão certo”, comenta Daniel.

A estudante Paula Soares, 23 anos, conta que o brasiliense absorveu o que havia de movimento cultural em cada região do país e direcionou para uma identidade própria. “Temos uma variedade grande de programação devido à pluralidade da população, mas é engraçado que o brasiliense mesmo, sempre acaba indo para os mesmos lugares e fazendo as mesmas coisas. É por isso que eu acho que surgiu a história que em Brasília só existem três pessoas. Eu, você e nosso conhecido”, brinca. Na opinião de Ricardo, as peculiaridades dos brasilienses passou de geração para geração. “Nos anos 1980, divertir-se em Brasília era um problema, então as pessoas buscaram alternativas mais tranquilas e baratas. Isso deu tão certo e virou tradição e é perpetuada até hoje”, comenta. Roberval Eduão

 Torre de TV Digital Funcionará normalmente, das 9h às 17h. A visitação demora em torno de 20 minutos, com a supervisão de um guia treinado. É recomendável chegar com antecedência, pois haverá distribuição de senhas. A subida na torre só não será autorizada por questões de segurança, em caso de chuva.

 Torre de TV Funcionará normalmente, das 9h às 18h. A subida só não será autorizada, por questões de segurança, se chover.

DIFICILMENTE, encontra-se no DF alguém que não tenha experimentado o pastel da rodoviária


cidades

8

DOMINGO, 21

DE ABRIL DE

ALO

2013

BRASÍLIA

53 ANOS

&

Brasília

EDUCAÇÃO  A promessa é restaurar escolas tradicionais e construir outras novas em locais que ainda carecem

Meta é renovar e ampliar a rede Roberval Eduão

PATRÍCIA FIGUERÊDO

O

Governo do Distrito Federal ampliou a atenção ao setor educacional neste ano. Os brasilienses ainda cobram mudanças no cenário atual, mas os responsáveis por essa política pública destacam que as medidas tomadas foram positivas. Para o próximo ano já foi projetado a construção, reconstrução e reforma de escolas como o Caseb, Gisno, Elefante Branco e Escolas Parque, além da construção de novas escolas nas cidades satélites e no Plano Piloto. Um caso marcante no setor educacional neste ano foi o acordo firmado entre os professores e o GDF que atendeu às principais reivindicações da categoria. Das 392 escolas públicas do DF, um total de 294 foram reformadas no período das férias, enquanto as demais passam por manutenções. A subsecretária de logística da Secretaria de Educação, Reuza Durço, estima que os projetos com previsão para 2014 sejam iniciados até dezembro deste ano. A Secretaria de Educação projeta para o pró-

PROFESSORES pedem revisão nos modelos dos conteúdos curriculares e nas metodologias

ximo ano a reelaboração do currículo da educação básica. Espera-se também a ampliação do número de escolas que ofertam o ensino integral

e o Programa DF Alfabetizado. Para a educação de jovens e adultos, a secretaria planeja uma avaliação da metodologia utilizada, dentre ou-

tras ações que, segundo o órgão, buscam proporcionar uma educação pública gratuita e democrática, voltada à formação integral do ser humano.

Para a professora Wanessa Rodrigues, 24 anos, além das adequações físicas, é preciso romper com os modelos curriculares atuais. “Metodolo-

gias novas que possam contemplar o aluno em sua totalidade, reconhecendo que cada uma tem seu tempo devem ser implantadas”, apontou.

IGUALDADE RACIAL

Cotas no serviço público são tema de audiência As cotas raciais no serviço público foram tema de audiência pública promovida na última semana, pela Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão, do Ministério Público Federal. A medida está prevista no Estatuto da Igualdade Racial. O subprocurador-geral do Ministério Público do Trabalho, Otávio Brito, considera legítima a proposta de adoção de cotas raciais em seleções públicas de servidores. “Os concursos públicos por si só estão deslegitimando as instituições. Então a aprovação das cotas é essencial”. Ele apontou ainda atuação tímida dos poderes públicos no cumprimento de políticas de ações afirma-

Reprodução

DOCUMENTO prevê a existência de vagas destinadas para negros em empresas do governo

tivas. “As instituições não têm acompanhado a evolução da sociedade. É preciso que o Ministério Público saia do gabinete e vá ao encontro dela.” O coordenador do Movimento Educação e Cidadania de Afrodescendentes e Carentes (Educafro), frei David Santos, destacou que a população negra tem renda 64,2% inferior em comparação a dos brancos, e 20,6% menos crescimento profissional. “Quando fomos discutir cotas nas universidades, o grande problema foi meritocracia. Entramos e provamos que a nossa média é superior ou igual à da classe média”. “Vamos continuar falando de tudo que é impor-

tante para que a equidade antes da igualdade se estabeleça como um processo, como um caminho para que sejamos efetivamente uma sociedade com regime democrático de Direito, mas também que seja uma sociedade culturalmente democrática”, defendeu Nelson Inocêncio, coordenador do Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros da Universidade de Brasília (UnB). Entre os concurseiros, a proposta não tem consenso. A auxiliar administrativa Mayara Silva, 20 anos, é contra a medida. “Não acho que uma pessoa negra tenha menos tempo para estudar do que eu, ou seja menos inteligente”, diz a jovem.


BRASÍLIA 53 ANOS

Acesse nosso portal

www.alo.com.br

&

DOMINGO, 21

DE ABRIL DE

2013

Vida Lazer

CULTURA, FILMES, SHOWS E FESTAS

ÚLTIMO DIA da exposição interativa “Pátio Brasília – Uma homenagem aos 53 anos da capital”, a mostra acontece na Praça Central do Pátio Brasil, das 12h às 20h. Entrada franca. Classificação indicativa: livre

Divulgação

ALO 10

MÚSICA  No centro do poder do Brasil, a cidade mostra sua diversidade cultural com músicos de destaque nacional

Capital de vários sons C

om repertório variado, Brasília abre os braços e mostra grandes talentos que surgiram no coração do Brasil. Rock, axé, samba, sertanejo, forró, MPB, entre outros, fazem parte desse cenário que abrange tantos estilos. Denominada como a Capital do Rock, aqui surgiu bandas como Legião Urbana, Capital Inicial, Plebe Rude, Raimundos, artistas que até hoje são referência no cenário musical brasileiro.

Divulgação

Etno: inspiração no rock’roll

CIBELE MOREIRA

Seguindo os passos desses grandes artistas está a banda Etno, que representa o que é hoje o novo rock nacional. O grupo, que faz parte da cena musical da cidade, há 10 anos, apresenta um estilo mais acústico, e une o antigo sentimento do rock'n roll a novas tecnologias. Com letras que falam sobre críticas sociais e temas como sonhos e transformações, a banda resgata a tradição do gênero musical. Filhos da capital do Brasil, a banda faz da cidade um ambiente de inspiração para as composições. E no aniversário desse berço musical, o vocalista, Tiago Freitas, deixa uma mensagem para Brasília: “Os músicos estão cada vez conquistando mais espaço na cena musical, tanto local quanto nacional. Brasília é, sim, a capital do rock! Os artistas daqui merecem ser reconhecidos”.

Outro segmento musical é o grupo cultural Pé de Cerrado. Com alegria, dedicação e talento, apresenta um trabalho de pesquisa com muita música, poesia, teatro, folclore e circo. Saudando a origem do povo brasileiro e revelam os traços dos índios, negros e sertanejos. Juntos desde 1999, os integrantes da banda – Pablo Ravi (voz e sanfona), Bruno Ribeiro (voz e violão), Bruno Berê (violão, flauta e percussão), Pablo Fagundes (gaita e flauta), Fernando Rodrigues (contrabaixo e percussão), Clênio Guimarães (percussão) e com a parceria dos Irmãos Saúde (Ruiberdam e Ankomárcio Saúde – do Circo Teatro Artetude) – eles imprimem nas letras do Pé de Cerrado incentivos de boas atitudes, responsabilidade com o próximo e com o mundo, contemplação e respeito à natureza.

Pé de Cerrado com boas maneiras

Divulgação


Divulgação

E quem disse que Brasília também não é a cidade do samba? As meninas do SaiaBamba chegaram para inovar. Em um meio dominado pelos homens, o SaiaBamba apresenta uma boa combinação: roda de samba, seis mulheres e muito swing. A malemolência delas é vista pelo repertório, que é muito bem selecionado, abrangendo desde artistas consagrados da música brasileira até os mais recentes, misturando, com muito bom gosto, o samba, funk, pop e soul. O grupo é formado por Amanda Costa (percussão e vocais), Cris La Plata (cavaco e vocais), Inaê Moraes (percussão), Itana Moraes (voz e violão), Ju Rodrigues (voz e pandeiro) e Tati Moraes (percussão).

A cidade abraça Pedro Paulo & Matheus

SaiaBamba: mulheres caem no samba

DOMINGO, 21

Um dos principais nomes da música sertaneja em Brasília, a dupla Pedro Paulo & Matheus se aproxima dos 15 anos de carreira. Donos de uma sonoridade especial, como a voz grave e marcante de Pedro Paulo e a segunda voz de Matheus, que, juntas dão um tom único às canções próprias e as interpretações inesquecíveis dos artistas. Os sertanejos já somam inúmeras apresentações, sempre lotando ginásios, casas de shows, festas de peão e feiras agropecuárias, aumentando ainda mais o reconhecimento popular, solidificando o respeito e o carinho de quem os conhece e têm acompanhado a trajetória. Para comemorar o aniversário da capital federal, Pedro Paulo demonstra o carinho que eles têm pela cidade. “Brasília é a capital de todos os brasileiros e mãe de muitos. Nós temos um carinho muito grande por Brasília. Tudo que nós temos, é aqui! Nossa carreira se iniciou aqui, nossos fãs... somos apaixonados pela cidade, Brasília nos abraça”. Entre tantos outros artistas, a capital federal é palco de muitos talentos. Com uma miscigenação forte que contempla tantos estilos e gostos, fazendo da cidade um sinônimo de arte e beleza.

DE ABRIL DE

ALO

2013

BRASÍLIA

Atrações da Festa Palco principal – Rádio Cultura 25 Anos - 21 de Abril 15h às16h Nós Negras 16h10 às 17h40 Maria Gadú 18h às 19h30 Hamilton de Holanda e convidados: Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro, Milton Nascimento e Pedro Martins 19h50 às 21h00 Teatro Mágico 21h20 às 21h40 Cia Nós do Bambu 21h50 às 23h30 Lenine

Palco Praça Infantil - 21 de Abril das 10h às 18h 10h às 11h30 11h45 às 13h 15h às 16h30 16h45 às 18h

Xaxará e a Mala para sempre Palhaçaria Pilombetagem Brincantes do Gama Debussy para Crianças

Palco Erudito / Instrumental - 21 de Abril 15h às 16h30 16h45 às 18h 18h às 19h30

Marakamundi Rênio Quintas Gabriel Preusse e Paulo Ohana

53 ANOS

11

Divulgação

&

Vida Lazer


cidades

13

DOMINGO, 21

DE ABRIL DE

2013

ALO BRASÍLIA

53 ANOS

&

Brasília

CICLOVIAS  Expectativa é que até o próximo ano, cerca de 600 quilômetros de vias devem ser construídas pelo DF

‘Camelo’ volta à moda PATRÍCIA FIGUERÊDO

C

om o objetivo de desenvolver um novo hábito na cultura brasiliense e promover sustentabilidade, o Comitê de Mobilidade Urbana por bicicletas iniciou um projeto que busca transformar a famosa camelo, eternizada na música do Legião Urbana, em um meio de transporte. Aproximadamente 229 quilômetros de ciclofaixas já estão prontas e 113 quilômetros em construção. A expectativa é de que até 2014, 600 quilômetros estejam concluídos. O projeto de uso de bicicletas trabalha com três grandes eixos: mudança cultural, infraestrutura e serviços. Campanhas educativas, bicicletário de grande porte na rodoviária do Plano Piloto e bicicletas para aluguel são algumas das iniciativas que devem estar prontas até 2014. O coordenador do Comitê de Mobilidade Urbana por bi-

cicletas, Paulo Alexandre Passos, informou que o projeto de entrega de bicicletas nas escolas já foi iniciado com a compra de 3 mil, sendo que dessas, 300 já foram entregues. Segundo ele, até 2014, mais 12 mil serão adquiridas. Segundo a Secretaria de Obras, Sudoeste, Recanto das Emas, Santa Maria e Ceilândia já contam com ciclovias e ciclofaixas. As obras da Asa Sul, Asa Norte, UNB, Ceilândia, Paranoá, Gama e Eixo Monumental estão em andamento. Vale ressaltar que ciclovias são exclusivas para circulação de bicicletas e ciclofaixas são integradas ao trânsito de veículos. O programa Acelera DF prevê a construção de ciclovias também em Águas Claras, Riacho Fundo II, Park Way, Samambaia, Guará, Brazlândia, Planaltina, São Sebastião, Sobradinho e Taguatinga. Para as obras, foram destinados R$30 milhões.

Roberval Eduão

Roberval Eduão

uão

l Ed

erva

Rob


cidades

14

DOMINGO, 21

DE ABRIL DE

TRANSPORTE  Depois de ajustes no setor, até o fim deste ano, brasilienses terão serviço com mais qualidade e mais adequado às necessidades locais Roberval Eduão

NOVA FROTA de ônibus deverá entrar em circulação até o final do ano

Melhorias à vista com novos ônibus e expansão do metrô JÉSSICA NASCIMENTO

O

s problemas no transporte público da capital do país parecem estar próximo do fim. Isso é o que promete a Secretaria de Transportes. Segundo o subsecretário, Luiz Messina, no aniversário de 54 anos de Brasília, a sociedade terá uma prestação de serviço com mais efeito e infraestrutura. Modernização da frota

com carros articulados – os minhocões – e expansão do Metrô também são garantias para o aniversário de 54 anos da capital federal. A Companhia do Metropolitano do DF está em fase de elaboração dos Projetos Básico e Executivo para a Expansão de 7,5km da linha de metrô. Serão duas novas estações e mais 2,5 km de via em Ceilândia; duas novas estações e 4 km

Licitações em andamento

O Governo do Distrito Federal recebeu na terça-feira (16) as propostas financeiras das duas empresas que participam da concorrência pela concessão do transporte coletivo da bacia 1. O edital divide a capital do país em cinco bacias e estabelece que cada concorrente poderá controlar

apenas uma delas. A bacia 3 terá uma frota de 483 ônibus e atenderá as regiões do Núcleo Bandeirante, Samambaia, Recanto das Emas, Riacho Fundo I e Riacho Fundo II. A bacia 4 contará com 464 veículos, que atenderão parte de Taguatinga, Ceilândia, Guará, Águas Claras e uma região do Park Way.

de via, em Samambaia; e a primeira estação da Asa Norte, com 1 km de via, até a altura do hospital Hospital Regional da Asa Norte. A estimativa é de que mais de 30 mil novos passageiros possam utilizar o sistema. A previsão de término do projeto de expansão do Metrô é para o final de 2013, quando poderá ser realizada a licitação para as obras, com previsão de 24 meses para a concluA Viação Pioneira, que já assinou contrato com o GDF, será responsável pela bacia 2, com 640 ônibus. Gama, Paranoá, Santa Maria, São Sebastião, Candangolândia, Lago Sul, Jardim Botânico, Itapoã e parte do Park Way serão beneficiadas. A Expresso São José foi a vencedora da bacia 5, que atende as regiões de Brazlândia, Ceilândia,

ALO

2013

BRASÍLIA

ACESSIBILIDADE

Rodoviárias rumo à adequação acessível Quem chega a Brasília tem uma boa impressão de acessibilidade devido à infraestrutura da Rodoviária Interestadual. No entanto, o mesmo não acontece com a rodoviária do Plano Piloto. No local, faltam elevadores e escadas rolantes que funcionem, piso tátil para deficientes visuais e profissionais que entendam libras. O aposentado Walson Barreto, 43 anos, utiliza o metrô e a Rodoviária todos os dias. Ele é cadeirante e relatou que os elevadores, dificilmente, funcionam. Barreto contou que o elevador do local ficou, recentemente, quatro meses sem funcionar. “Em um desses dias, fui pela escada e a pessoa que estava me levando me deixou cair. Quebrei o braço”, disse. Uma resolução da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) obriga as transportadoras rodoviárias de passageiros em viagens interestaduais e internacionais a se adequarem, até 2 de dezembro de 2014, ao transporte de pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida. Até a da-

ta divulgada, cada ponto de venda das empresas deverá ter ao menos um balcão adaptado às normas de acessibilidade. De acordo com a resolução, todos os terminais e pontos de seção deverão informar com dispositivos sonoros, táteis e visuais as formas de atendimento preferencial e de compra do bilhete, os serviços de transporte de tecnologia assistida – cadeira de rodas, muletas, andador – e de bagagem, o acesso do cão-guia e os procedimentos de emergência. De acordo com a Sosicam, empresa responsável pela Rodoviária Interestadual de Brasília, 90% do local é acessível. “Os 10% já estão sendo encaminhados. Temos adaptações que nem são obrigatórias. Sempre estamos atrás dessas normalizações”,disse o gerente Rodrigo Fernandes. A Secretaria de Transporte e a Novacap prometem que, em 2014, um piso todo tátil, com faixas e esferas em relevo sejam implantados na rodoviária do Plano Piloto. Placas com informações para deficientes auditivos também serão instaladas. (J.N.) Roberval Eduão

são. As obras serão custeadas com recursos do PAC. “Atualmente não tínhamos um transporte de qualidade. Até o final de 2014, queremos colocar 2,6 mil ônibus nas ruas com menos emissor de poluentes”, diz o subsecretário, Luiz Messina. Transportes que irão fazer a linha Santa Maria e Gama até o Plano Piloto, e Eixo Oeste até a EPTG também serão implantados em 2014. SIA, SCIA, Vicente Pires e parte de Taguatinga. Quinhentos e setenta e seis veículos serão disponibilizados. A bacia 1, que ainda não está definida, atende as regiões de Brasília, Sobradinho, Planaltina, Cruzeiro, Sobradinho II, Lago Norte, Sudoeste/Octogonal, Varjão e Fercal. Uma frota de 417 ônibus atenderão essas regiões.

53 ANOS

&

Brasília

CADEIRANTES ainda não tem tratamento adequado


cidades

18

DOMINGO, 21

DE ABRIL DE

ALO

2013

BRASÍLIA

Roberval Eduão

53 ANOS

&

Brasília

Roberval Eduão

SEGURANÇA  Intenção é derrubar pela metade o número de sequestros relâmpagos no Distrito Federal, até o final do mês

Queda nos números de violência JÉSSICA NASCIMENTO

O

número de sequestros relâmpago caiu cerca de 27%, de acordo com a Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal. A meta é manter uma redução de 50% até o final do mês. Entre 1º de janeiro e 15 de abril do ano passado, foram registradas 238 ocorrências, contra 174 no mesmo período deste ano. A prisão de pessoas por tráfico de drogas aumentou em 20,2% e de porte/uso de drogas em 32,1%. Já os casos de

prisão por porte ilegal de armas cresceu 47,6%. Segundo o secretário de Segurança, Sandro Avelar, a integração entre as forças e a aplicação do policiamento apertaram o cerco contra a criminalidade. “Estamos desenvolvendo ferramentas de investigação e repressão que permitem que a polícia se antecipe ao crime. Pelo menos 45 criminosos já foram presos neste ano pela prática de sequestro relâmpago”, disse. Em 2012, mais de 2.500 armas foram apreendidas em todo o DF, com destaque

Entorpecentes De acordo com a Secretaria de Segurança Pública, projetos como o Plano Distrital de Enfrentamento ao crack e outras Drogas, além de palestras ministradas pelos policiais, auxiliam na prevenção, recuperação de usuários e a repressão ao tráfico de drogas. No primeiro trimestre de 2013, para as pistolas (1770), revólveres (501) e espingardas (134). A Polícia Militar Roberval Eduão

2370 suspeitos foram presos por traficarem ou utilizarem entorpecentes. O órgão ressaltou que em 2013, houve um aumento do número de escolas atendidas pelo Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd), ampliação do Projeto Esporte à Meia-noite para as Vi-

las Olímpicas, aumento de operações voltadas à desconstituição da rede de narcotráfico,mapeamento e investigação dos principais atores da rede de oferta de drogas no DF, intensificação do cumprimento de mandados de prisão relativos aos crimes de tráfico de drogas e de associação para o tráfico.

é a corporação com o maior número de apreensões com aproximadamente 70,57%,

seguido pela Polícia Civil, com 26,60% .As outras forças acumulam juntas

A maconha foi a droga mais apreendida em até agora, 304,545 kg só em 2013. Logo depois vem o lança perfume com: 13.596,85 unidades. Cerca de 9,890 quilos de cocaína e crack também foram confiscados. 54 comprimidos de ecstacy e 0,635 gramas de haxixe e merla. 2,83%. Cerca de sete armas são apreendidas por dia, segundo a Secretaria. Roberval Eduão


cidades

20

DOMINGO, 21

DE ABRIL DE

ALO

2013

BRASÍLIA

53 ANOS

&

Brasília

SAÚDE  Apesar dos problemas identificados pelos pacientes, GDF percebe que saúde teve avanços significativos

Saldo ainda é positivo JÉSSICA NASCIMENTO

H

ospitais lotados, ausência de médicos, demora no atendimento e falta de remédios são apenas alguns exemplos das dificuldades que a saúde pública do Distrito Federal enfrenta nos últimos anos. Os pacientes seguem reclamando da infraestrutura e apontam inúmeras falhas. Porém, a Secretaria de Saúde ressalta que a capital do país tem o “privilégio” de ter recursos suficientes para atender bem a população. Segundo o secretário de Saúde, Rafael Barbosa, a grande quantidade de pacientes vindos do Entorno aumentam o tempo de espera dos pacientes nos hospitais. “É preciso estabelecer acordos para que Goiás e Minas assumam casos mais simples e nós fiquemos com a alta complexidade. Afinal, são quase dois milhões de cidadãos de outras unidades da federação que vem em busca de atendimento”, disse. De acordo com

Barbosa, em alguns casos, as consultas na rede privada demoram quase o dobro do tempo aguardo na rede pública. A Secretaria de Saúde informou que, em dois anos, o órgão disponibilizou 231 novos leitos públicos de UTI – o dobro do que foi criado em 50 anos. Reformas nas unidades de saúde, contratação de nove mil servidores, ampliação na rede de atenção com a abertura de Unidades de ProntoAtendimento (UPAs) e Clínicas da Família e melhoras na cobertura da Saúde da Família também foram feitas. O secretario ressaltou que a ausência de médicos vai acabar. Rafael Barbosa classificou a implantação do Ponto Eletrônico como fundamental para findar as ausências dos profissionais. “Aumentamos a responsabilização dos profissionais de saúde e garantir que a hora contratada seja de fato trabalhada”, disse. A aposentada Wilma Vianna, de 76 anos con-

Roberval Eduão

PONTO ELETRÔNICO vai ajudar na fiscalização da jornada de trabalho dos profissionais

tou que tem pavor e pena de ver as pessoas nas filas dos hospitais. “Falta estrutura, médico e principalmente humanização dos profissionais”, disse.

Segundo ela, quem recorre ao plano de saúde também não tem solução. “ É o mesmo tempo nas filas mesmo tempo de espera e você ainda paga por isso”

“Se a saúde pública fosse melhor, ninguém precisaria recorrer aos hospitais particulares”. Para os 54 anos de Brasília em 2014, a Se-

cretaria de Saúde prometeu construir um novo hospital no Gama e um Hospital do Trauma, anexo ao Hospital de Base. Além de novas dez UPAs.

NOVOS BRASILIENSES

DESTAQUE

Maternidade de Ceilândia é reaberta

GDF tem unidade de referência em parto

O governador Agnelo Queiroz reabriu a maternidade do Hospital Regional de Ceilândia (HRC) ao final da última semana. Todas as áreas da unidade de saúde foram completamente higienizadas para garantir maior proteção aos pacientes. Na quarta-feira (17), o centro obstétrico passou por desinfecção completa, que incluiu teto, chão e mobiliário. No dia seguinte, o serviço foi executado nos 49 leitos da maternidade, que é a maior do Distrito Federal. A Secretaria de Saúde também trocou todos os equipamentos do local, além dos antibióticos e produtos de limpeza, para se prevenir contra a bactéria Serratia marscenses. Nos últimos cin-

SESDF

co dias, o GDF agiu para reverter o fechamento, ocorrido sábado passado, com o objetivo de assegu-

rar a proteção dos pacientes e evitar a propagação da infecção hospitalar. No HRC são realiza-

dos aproximadamente 490 partos por mês, e as altas são dadas, em média, em até 48 horas.

Referência no serviço de parto humanizado oferecido pelo governo Agnelo Queiroz, a Casa de Parto de São Sebastião, primeira do segmento no DF, realizou mais de 1,1 mil atendimentos desde sua criação, em 2009. Chefe da unidade de saúde, Jussara Vieira destacou a qualidade do serviço prestado por enfermeiros obstetras e técnicos de enfermagem. Esses servidores oferecem acompanhamento em tempo integral às pacientes. “Elas se sentem satisfeitas e bem acolhidas, pois recebem assistência individualizada”, afirmou. A equipe recebe, avalia e orienta as gestantes e parturientes. Os casos que não se adequam ao

atendimento pelo enfermeiro obstetra são encaminhados ao Hospital Regional do Paranoá – referência mais próxima – ou para uma Unidade Básica de Saúde (UBS). O serviço traz benefícios como estabilidade emocional e tranquilidade, uma vez que a paciente pode escolher uma pessoa da família para ficar ao seu lado durante o parto. Além disso, desde o nascimento o bebê fica junto à mãe. Para serem atendidas no local, as mulheres precisam ter feito o pré-natal de, no mínimo, seis consultas, nunca ter passado por cesariana e não apresentar indicativo de gravidez de risco, como por exemplo, pressão alta.


cidades

22

DOMINGO, 21

DE ABRIL DE

ALO

2013

BRASÍLIA

53 ANOS

&

Brasília

ENTORNO  Projetos governamentais prometem diminuir demandas geradas pelas cidades que fazem limite com o DF Divulgação

GOVERNO acredita que políticas públicas do DF precisam ser estendidas a regiões próximas

Sem abandonar a vizinhança PATRÍCIA FIGUERÊDO

O

Distrito Federal possui as próprias demandas em relação a áreas como saúde, educação e transporte público. Paralelamente a isso, ainda tem, geralmente, que suprir as das cidades do Entorno.

Apesar de não ter responsabilidade constitucional com as regiões, o GDF determina que as políticas públicas sejam estendidas às cidades de Minas Gerais e Goiás. O governo local pretende implantar, até 2014, projetos que visam diminuir as demandas vindas dos municípios vizinhos.

Para o secretário de Desenvolvimento da Região Metropolitana do DF, Arquicelso Bites, “as cidades vizinhas podem trazer problemas, mas também são soluções”. Segundo ele, no abastecimento de água, essas regiões auxiliam, já que elas comportam rios e córregos. Em contrapartida, no

tocante à saúde pública, o Entorno representa entre 30% e 40% das demandas nos hospitais, segundo a Secretaria de Saúde. O secretário de Saúde, Rafael Barbosa, ressaltou que a rede pública do DF poderia ser mais eficiente e capaz de atender a todos os moradores, se a deman-

da do Entorno diminuísse. “Os municípios vizinhos deveriam ter, pelo menos, o básico”, apontou. Até o aniversário de Brasília do próximo ano, a Secretaria do Entorno informou que hospitais, Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e Centros de Saúde devem ser construídos nas

cidades vizinhas para reduzir as demandas nas unidades de saúde do DF. O governo local também estima que a geração de empregos aumente a renda nessas cidades. Esse conjunto de fatores eliminaria a necessidade de pessoas virem para Brasília em busca de trabalho.

CONTENÇÃO DA EPIDEMIA

Cidades próximas recebem testes de dengue A Secretaria de Saúde do Distrito Federal (DF) entregou na última semana 18 mil kits de teste rápido para diagnóstico de dengue que serão distribuídos em oito municípios do Entorno na tentativa de conter a epidemia que atinge o estado de Goiás (GO). Os kits serão repassados para as seguintes lo-

calidades: Águas Lindas de Goiás (5 mil), Cidade Ocidental (mil), Formosa (mil), Luziânia (mil), Novo Gama (mil), Planaltina de Goiás ( mil), Santo Antônio do Descoberto (5 mil) e Valparaíso de Goiás (3 mil). Por meio de nota, a secretaria ressaltou que grande parte dos morado-

res do Entorno passa mais tempo no Distrito Federal do que em suas próprias cidades e que é preciso criar uma barreira para conter o mosquito Aedes aegypti. Segundo o órgão, qualquer surto ou epidemia de dengue em municípios vizinhos traz sobrecarga ao sistema de saúde do Distrito Federal.

Plano de Ação Integrada A distribuição dos kits integra o Plano de Ação Integrada de Combate à Dengue, criado em janeiro pelos governos do DF e de GO e que visa a dar apoio a municípios do Entorno com registro de surtos e

epidemias da doença. Dados da Secretaria de Saúde de Goiás indicam que o estado já notificou 98.754 casos de dengue este ano – um aumento de 721,85% em relação ao mesmo período de 2012.

Além disso, sete municípios goianos registraram pelo menos uma morte em consequência da doença – cidades de Goiânia, Porangatu, Rialma, Campinorte, Trindade, Santo Antônio do Descoberto e Piracanjuba.


cidades

24

DOMINGO, 21

DE ABRIL DE

2013

ALO BRASÍLIA

53 ANOS

&

Brasília

INDÚSTRIA  Atividade representa a maior parte dos investimentos industriais do Distrito Federal, atualmente

Construção civil ainda é líder Roberval Eduão

Roberval Eduão

PATRÍCIA FIGUERÊDO

C

PROGRAMA IDEAS pretende fortalecer os investimentos

omparada a outras cidades, Brasília ainda conta com reduzida atividade industrial, sendo que a construção civil é o setor mais representativo na economia. Para reforçar e fortalecer as mais de 2 mil indústrias do Distrito Federal, o GDF implantou o Programa IDEAS em janeiro de 2013 e espera incentivar o crescimento das empresas já instaladas na região, além de atrair novos investidores e criar novos postos de trabalho até 2014. Nas atividades econômicas, o DF tem 9,8% de indústrias fixas, segundo a Federação das Indústrias do Distrito Federal (Fibra). Com a implantação do IDEAS, o presidente da Fi-

bra, Antônio Rocha, acredita que a cidade irá atrair novos investidores, ao elevar a participação da indústria na economia local, além de aumentar a oferta de emprego e gerar mais renda. “O setor de alimentos e bebidas tem ganhado destaque e contribui com 69% da economia local. Já o setor de Fármacos deveria ter mais investimento, pois corresponde ao perfil do DF”, defende. O IDEAS Industrial permite a concessão de financiamento a empresários do setor. É uma medida pioneira que ao invés de estimular investimentos do setor por meio de isenção de impostos, passa agora a adotar um sistema de financiamento público, que prioriza o retorno do repasse para a população.

Roberval Eduão


BRASÍLIA 53 ANOS

Acesse nosso portal

www.alo.com.br

PAULISTÃO

São Paulo terá Fabuloso frente o Mogi Líder isolado do Paulistão, o São Paulo encara hoje o Mogi Mirim, no Romildo Ferreira, às 16h, na última rodada da primeira fase do Campeonato Paulista. A novidade no Tricolor fica por conta do retorno de Luis Fabiano à equipe. Recuperado de um trauma na panturrilha esquerda, o camisa 9 são-paulino treinou na manhã desta sexta-feira e comandará os reservas diante do Sapão. Fabuloso não atuava desde o último dia 31, quando enfrentou o Corinthians, também pelo Estadual. Por outro lado, também recuperado de lesão (edema na coxa direita), o camisa 10 Jadson não atuará em Mogi. Convocado para o amistoso da Seleção Brasileira na próxima quarta, o técnico Ney Franco preferiu poupá-lo até lá para, quando retornar da Amarelinha, estar inteiro fisicamente para as quartas de final do Paulista e as oitavas de final da Libertadores.

DOMINGO, 21

DE ABRIL DE

2013

O GOLEIRO Rogério Ceni agendou sua aposentadoria para o final do ano. Porém, o atleta de 40 anos deve continuar. A intenção do arqueiro é a de se mudar para os EUA, onde moraria e seguiria por mais um tempo na carreira em alguma equipe do liga norte-americana de futebol. Ceni desconversa e não confirma a notícia

Esportes

COPA DO BRASIL  Botafogo x Sobradinho é antecipado para quarta-feira

Antes do esperado A

mudança de data da partida entre Botafogo e Sobradinho, que estava marcada para quinta-feira e foi antecipado para quarta-feira, trouxe uma boa notícia e uma má para o Alvinegro. A má é o desfalque do goleiro Jefferson, que estará com a Seleção Brasileira para o amistoso contra o Chile, no mesmo dia, no Mineirão. Por outro lado, a equipe ganhará um dia a mais de preparação e descanso para a semifinal do Campeonato Estadual, que será no dia 27 de abril, ainda sem adversário definido. No site da CBF, aliás, esse é o motivo descrito para a mudança. O horário do confronto também foi modificado. Inicialmente seria às 21h50 e agora será às 19h30. O camisa 12 Renan será o titular na partida decisiva. Na ida, disputada na última quarta-feira, no Bezerrão, no Distrito Federal, as equipes empataram em 0 x 0.

Reprodução

“Agora vamos falar de coisa boa: estou treinando numa academia para que no meio do ano esteja pronto para jogar num clube” ADRIANO JOGADOR SEM CLUBE

TIMES ALVINEGROS terão menos tempo para treinar para jogo decisivo da fase inicial

Campeonato nacional pode ser paralisado A paralisação da Copa do Brasil-2013 é uma ameaça real e até o Superior Tribunal de Justiça Desportiva admite esta possibilidade, apesar de não desejá-la. O motivo é a confusão que se instalou na

Justiça da Paraíba, cujos protagonistas são o Sousa e o CSP, e que já fez com que o Coritiba ainda não estreasse na competição. O temor é ter que reviver a incerteza que ocorreu antes da Série C de

2012, quando o também paraibano Treze bateu o pé via Justiça comum contra a CBF e o STJD, pleiteando e depois conseguindo uma vaga na Terceirona. A competição ficou parada por mais de um mês.

MINEIRO

Abel Braga vai poupar titulares frente o Bangu

Cuca não confirma equipe

O técnico Abel Braga vai poupar quase todos os titulares para o jogo com o Bangu, pela última rodada da Taça Rio, às 16h de hoje, em São Januário. O treinador decidiu deixar de fora seus principais atletas para não correr o risco de perdê-los para os jogos decisivos do Campeonato Carioca e da Taça Libertadores. Para o confronto diante do time banguense, o comandante Tricolor deverá utilizar apenas Rhayner (foto) e Rafael Sóbis entre os que estão jogando constantemente. Wagner também pode aparecer. Mesmo liberado do embate, todo o elenco vai

Jogo rápido

Reprodução

CARIOCA

Rossana Fraga/Photocamera

Reprodução

ALO 28

treinar na tarde deste sábado nas Laranjeiras. BOTAFOGO Classificado para as semifinais da Taça Rio e com a primeira colocação geral praticamente assegurada, o Botafogo se dará ao luxo de escalar uma equipe completamente formada por reservas contra o Volta Redonda, às 16h de hoje, no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda. Com isso, o técnico Oswaldo de Oliveira deverá colocar em campo a seguinte formação: Renan; Edilson, Antônio Carlos, André Bahia e Lima; Jadson, Lucas Zen, Jeferson e Gegê; Bruno Mendes e Henrique.

O Atlético-MG treinou com uma equipe bem diferente da que atuava ao longo do ano, inclusive com o meia Leleu entre os titulares. Mas, em sua entrevista, o técnico Cuca deixou em aberto a escalação do time que pega o Villa Nova, às 16h de hoje, no Mineirão. Cuca afirmou que espera até por Diego Tardelli (foto), que faz um trabalho de

fortalecimento muscular, e explicou os motivos de não tê-lo utilizado na quarta-feira, diante do São Paulo. Se por um lado a intenção do treinador é utilizar todos os titulares possíveis, por outro ele também pensa em poupar os pendurados, casos de Réver e Leandro Donizete, mas não definiu nada e explicou os motivos da formação usada no treino. Reprodução

 Reforço

Vasco faz contato com ex-goleiro O SONHO do Vasco em repatriar o goleiro Hélton, do Porto (Portugal) começa a ganhar força. A diretoria do Cruz-Maltino, por intermédio do diretorexecutivo René Simões que classificou o jogador como “desejável” entrou em contato com o camisa 1 para sondá-lo e manifestou o desejo na sua contratação, o que deixou o jogador feliz, já o interesse é do clube que o projetou para o futebol.

 Travou

Fazenda bloqueia Dedé no Cruzeiro DEPOIS DE Romário, a Fazenda Nacional é o novo obstáculo da venda já concretizada do zagueiro Dedé do Vasco para o Cruzeiro. Um oficial de Justiça bateu em São Januário nesta tarde de sexta-feira e depois seguiu direto para a Federação de Futebol do Estado do Rio (Ferj) com um mandado de segurança que proíbe a transferência dos direitos federativos do jogador até a quitação de parte da dívida do clube carioca com a Fazenda.


REVANCHE

Napão pede luta contra Browne O desfecho da luta contra Travis Browne, no TUF 17 Finale, realizado no ultimo sábado, em Las Vegas, não foi do jeito que Gabriel Napão esperava. O brasileiro perdeu de forma polêmica para o adversário, que desferiu cotoveladas ilegais em sua nuca e foi nocauteado no primeiro round. O lutador e sua equipe técnica já pleiteiam uma nova luta entre os dois. Treinador de Napão e líder da Team Link, academia onde treina o lutador, Marco Alvan prepara um material para ser enviado para a Comissão Atlética de Nevada para tentar transformar o resultado oficial em “No Contest” (luta sem resultado). Ele explica que desde o último domingo, dia 14, prepara uma carta composta por vídeo e fotos para comprovar que os golpes foram na ilegais.

ALÔ BRASÍLIA

30

DOMINGO, 21

DE ABRIL DE

2013

APOSENTADORIA  Anderson Silva revela desejo de lutar por mais cinco anos

Adeus ao octógono A

nderson Silva volta à jaula do UFC no dia 6 de julho, em Las Vegas, contra o invicto Chris Weidman. Durante gravação de comercial da Philips, em São Paulo, o campeão dos pesos médios do Ultimate pregou respeito ao oponente, que vem de vitória por nocaute sobre Mark Muñoz, excompanheiro de treinos do “Spider”. “Ele é quase 10 anos mais jovem do que eu, mas deve ser respeitado. Está conduzindo a luta de forma saudável e teremos um excelente combate”, disse Anderson. Cotado para assinar contrato de 10 lutas com o UFC, o recordista de vitórias consecutivas na organização revelou que sua prioridade é continuar lutando por mais cinco anos. “Se eu conseguir encaixar todas estas lutas em cinco anos será ótimo, caso contrário, vou ficar devendo aos fãs do UFC”, finaliza o campeão.

SPIDER está em vias de acertar um acordo de mais 10 lutas

Brasileiro inicia preparação O lutador Anderson Silva revelou, em São Paulo, durante a gravação da nova campanha publicitária para a linha de barbeadores da Philips, que está ansioso para o confronto com Chris Weidman, no dia 6 de ju-

lho, em Las Vegas. O atleta, que começou na terça-feira (16) a preparação para sua 11ª defesa de cinturão dos médios do UFC, disse que a diferença de idade de Weidman não será um problema.

UFC 162 Las Vegas, Estados Unidos Sábado, 6 de julho de 2013 Anderson Silva x Chris Weidman Chan Sung Jung x Ricardo Lamas Tim Boetsch x Mark Munoz Frankie Edgar x Charles do Bronx Dennis Siver x Cub Swanson Roger Gracie x Tim Kennedy Andrew Craig x Chris Leben David Mitchell x Mike Pierce Edson Barboza x John Makdessi Seth Baczynski x Brian Melancon Shane Del Rosario x Dave Herman

JUDÔ

Evento leva fãs para treinar com lutadores do UFC

Seleção brasileira tenta medalhas no Pan

Reprodução

A seleção brasileira de judô embarcou no meio da semana para a Costa Rica, onde disputa o Pan-Americano, hoje. A competição marca a volta de Rafaela Silva à categoria leve (-57kg), na qual competiu nos Jogos Olímpicos de Londres. A carioca vinha disputando torneios na divisão acima (63kg), na qual não teve uma boa adaptação. Além de Rafaela, a delegação brasileira contará com os medalhistas olímpicos Sarah Menezes, Fe-

lipe Kitadai, Rafael Silva e Mayra Aguiar, além de Tiago Camilo, Luciano Corrêa, Érika Miranda (foto),e Ketleyn Quadros. O Pan-americano ganhou mais importância este ano por ter aumentado o número de pontos que distribui para o ranking mundial. Agora, o campeão continental recebe 400 pontos; o segundo colocado, 240; e o terceiro, 160. A pontuação vale quatro vezes mais do que um título em uma Reprodução

BRASILIENSE Paulo Thiago será um dos treinadores

mês, no UFC Jaraguá, está ansioso para sentir o carinho dos fãs. “Vai ser bem legal, bastante interessante. Estar no meio dos fãs e ter essa interação será ótimo. Também é pelos fãs que nós lutamos. Eles movem nosso esporte e é bom estar mais próximo.

BRASÍLIA

Jogo rápido Reprodução

Reprodução

TREINO COM FERAS

Nos dias 27 e 28 deste mês, no Centro de Convenções Sul-América, no Rio de Janeiro, acontece o Bad Boy Experience. Com a intenção de aproximar os fãs dos profissionais de MMA, a marca vai dar a oportunidade do público fazer um treino com os lutadores do UFC, Erick Silva, o brasiliense Paulo Thiago e afiar ainda mais seu jogo com os treinadores Rogério Camões e Josuel Distak. De acordo com os organizadores, a expectativa de público é grande e as inscrições já começaram. O Bad Boy Experience vai dividir espaço com o Arnold Classic, que estará pela primeira vez no Brasil, além do primeiro Meeting de Ciências de Artes Marciais. Atleta da X-Gym, Paulo Thiago, que tem luta marcada para o próximo

ALO

53 ANOS

Esportes

O público sempre quer saber mais da gente e é uma oportunidade de retribuir tanto carinho. Espero que muita gente compareça”. Quem quiser participar, basta acessar http:// eventos.tatame.com/badboyexperience/ e fazer a inscrição para o evento.

“Quero provar para todas aquelas pessoas que acham que vou ser morto ou que ele (Anderson Silva) é imbatível, que estão errados. Só quero chocar o mundo” CHRIS WEIDMAN ADVERSÁRIO DO SPIDER NO UFC 162

 Para elas

MMA feminino pode ser ampliado SATISFEITO com os lucros gerados pelas lutas e o nível técnico das lutadoras, o presidente do UFC Dana White já pensa em criar mais divisões para o MMA feminino na organização. Ele acompanhou de perto a seletiva que reuniu 50 mulheres em busca de vaga para o próximo The Ultimate Fighter, em Las Vegas, e disse que outras categorias de peso poderão ser acrescentadas para receber novas atletas, no futuro.

 Categoria

Toquinho cogita ir para os meio-médios ROUSIMAR Toquinho está mesmo disposto a mudanças. Após migrar da Brazilian Top Team para a Team Nogueira, o peso médio do UFC cogita a descer de categoria e ir para os meio-médios, segundo o empresário de Toquinho, Alex Davis, revelou. A decisão ainda está sendo estudada. Davis ainda lembra que Toquinho acaba de operar o joelho e está suspenso por doping até agosto. Neste meio tempo, serão feitos testes com o lutador descendo de 84kg para 77kg.


Jogo rápido Reprodução

ALÔ BRASÍLIA

31

DOMINGO, 21

BRASILEIRO DE MARCAS  Brasília recebe a segunda etapa da categoria no dia do aniversário da cidade

Festa nas pistas

A

“Receber os X Games mostra potencial brasileiro para esportes de ação” BOB BURNQUIST SKATISTA

 Olimpíadas

Surfistas querem apoio do ministro BASTANTE PRATICADO em todo o litoral brasileiro, o surfe pode ser uma das modalidades de exibição do programa dos Jogos Olímpicos de 2016. Este é o desejo de atletas, dirigentes e empresários do ramo, que se reuniram com o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, em Brasília, e ganharam apoio para a causa. “O ministro já se posicionou e disse que enviará uma carta para o presidente do COI (Comitê Olímpico Internacional)”, contou um dos idealizadores da campanha “Surf 2016”, Romeu Andreatta.

partir das 8h de hoje, o Autódromo de Brasília recebe a segunda etapa da Copa Petrobras de Marcas e o alvo de todos é tentar alcançar e superar o líder Ricardo Maurício. O atual campeão pilota o Honda Civic, um dos cinco carros representados na competição que também tem o Toyota Corolla XRS, Chevrolet Cruze, Ford Focus e Mitsubishi Lancer GT. Junto com a Copa Petrobras de Marcas também integra o evento a Fórmula 3 Sul-americana, a principal categoria continental de monopostos e uma das mais importantes formadoras de pilotos no mundo. As duas têm rodada dupla. Enquanto a F3 tem uma corrida às 10h25, a Copa Petrobras tem as provas no domingo, uma às 9h10 e a outra às 12h45. TOYOTA RZ A equipe Toyota RZ espera repetir o bom resultado da

Divulgação

2013

PROVA candanga terá duas baterias durante o dia

temporada passada, quando venceu pela primeira vez na competição, já na segunda etapa de sua temporada de estreia. “Temos boas lembranças de Brasília e o Corolla XRS mostrou um excelente desempenho na temporada passada não só lá, como também em outras pistas onde vencemos. Sabemos que será uma etapa de muito trabalho já que a catego-

ria é bastante competitiva, mas queremos repetir a vitória, então vamos em busca do nosso maior objetivo: vencer”, destacou o chefe da equipe Jorge Salmini. “A simplicidade da pista e as altas velocidades fazem com que alguns detalhes contem muito neste fim de semana. Com a competitividade apresentada em Interlagos, será uma grande disputa”, finalizou. EMOÇÃO NO ALTO

VÔLEI DE PRAIA Mauricio Kaye/cbv

MENINAS ainda brigam pelo título da temporada

Estrangeiros vão jogar em Brasília GOLFISTAS DE sete países sul-americanos já confirmaram presença no 30º Aberto de Golfe de Brasília, um dos mais importantes torneios do calendário do golfe nacional, que acontece até hoje no Clube de Golfe de Brasília, no Distrito Federal. A Federação Centro-Oeste Nordeste de Golfe (Fecong), que organiza o evento, convidou os golfistas para aumentar o nível técnico da disputa. Além dos gringos, os principais atletas do Brasil confirmaram presença.

Cinco anos depois, Brasília volta a sediar uma etapa do Circuito Brasileiro de Vôlei de Praia. Pela 14ª vez na história, a capital federal receberá os principais atletas das areias, que desfilam talento desde a última sexta-feira na arena montada na Esplanada dos Ministérios. A final, inclusive, será disputada no dia do aniversário de 53 anos da cidade. Mas este não é o único atrativo da 10ª e última etapa da temporada 2012/2013. Brasília será palco do

título do torneio feminino. Na briga, apenas duas duplas: Ágatha/Bárbara Seixas (PR/RJ) e Lili/Rebecca (ES/CE). A diferença entre elas é de apenas 120 pontos. Para não depender das adversárias, a paranaense e a carioca só precisam de um terceiro lugar para se sagrar campeãs. Lembrando que, entre os homens, a parceria Bruno Schmidt/Pedro Solberg (DF/RJ) já garantiu o título em Maceió (AL) por antecipação. Eles venceram sete de nove etapas já realizadas.

Público poderá voar de balão sem pagar nada A Esplanada dos Ministérios recebe apresentações de balonismo. Além de assistir ao belo espetáculo de cores no céu, a população poderá participar de voos extras e conferir toda a programação do alto. Os voos serão realizados de forma gratuita. Para participar, é preciso se inscrever no local onde estarão os balões a partir das 20h. TÊNIS NA CAPITAL

Veteranos jogam no DF a partir de amanhã Começa amanhã, nas quadras do Iate Clube de Brasília e no Clube do Exército, o ITF Seniors de Brasília. A competição nível G1 mundial, e conta pontos para o ranking nacional (CBT), sul-americano (COSAT) e mundial (ITF) quebrou o recorde de participantes do circuito com 347 tenistas inscritos nas categorias: 35 a 75, masculina e feminina.

ALO BRASÍLIA

PARATLETAS

Clube recebe torneio para cadeirantes A Confederação Brasileira de Tênis (CBT) realiza desde a última sexta-feira o DF Wheelchair Tennis Open – Torneio Internacional de Tênis em Cadeira de Rodas. As disputas acontecem na Associação Médica de Brasília (Setor de Clubes Sul, Trecho 03 - conj 06). O evento será aberto

Editais

Cidade tem etapa final com vários de atrativos

 Golfe

DE ABRIL DE

53 ANOS

Esportes

ao público e contará com a presença de atletas do Brasil, além da participação de alunos de Centros Olímpicos, de escolas públicas, associações e profissionais da área esportiva e social. O Tênis em cadeira atualmente, é uma das modalidades paralímpicas que mais cresce no mundo inteiro.


Dom, 21/04/2013  

Edição de Domingo, 21/04/2013 do Jornal Alô Brasília

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you