Page 1

Lajeado, quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017 Ano 14 - Nº 1785 Avulso: R$ 2,00 Fundado em julho de 2002 Fechamento da edição: 21h

LAJEADO

Município e MP buscam conciliação CAROLINA CHAVES

Apesar da decisão judicial de reabrir a rua Albert Schwitzer, impasse permanece. MP e governo Página 5 agendam reunião.

MAIOR CENTRO DE COMPRAS DO VALE

Dívida do M.Grupo leva shopping a leilão E

mpresa RB Capital solicita à Justiça a venda do Insatisfeitos com a atual gestão, lojistas defendem imóvel às margens da BR-386 para quitar dívidas. a mudança. Além das dívidas do M.Grupo, gestora do Credor paulista deve repassar a administração do condomínio, GlobalMall, atrasou pagamento de luz e energia Página 4 local para outra organização. pode ser cortada até o fim da semana. ANDERSON LOPES

ENSINO SUPERIOR

Acadêmicos retornam às aulas hoje ARQUIVO A HORA

Instituição registrou aumento de 300 alunos em relação ao primeiro semestre de 2016. Univates tem 10,8 Página 12 mil matriculados. TROCA DE COMANDO: sem dinheiro para quitar dívidas, M. Grupo terá de levar prédio à leilão. Pedido de penhora já foi protocolado na Justiça

LAJEADO

TEMPO NO VALE Nebulosidade e chance de chuva Mínima: 23°C - Máxima: 33ºC FONTE: CIH/UNIVATES

TEUTÔNIA

Iniciativa possibilita Lojistas iniciam melhorias em acessos liquidação

A precariedade nas entradas aos bairros Centenário e Imigrante dificulta a entrada e saída de veículos na BR-386. Alguns buracos chegam a ter 40 centímetros de profundidade. Pedido de

melhoria foi exposto em abaixo-assinado com 240 adesões. Convênio entre município, PRF e Dnit preveem pavimentação e sinalização nas alças de acesso. Página 6

Promoção organizada pela CIC tem 170 estabelecimentos participantes e se estende até a próxima segunda-feira. Página 8


2

A HORA · QUINTA-FEIRA, 16 DE FEVEREIRO DE 2017

Editorial

EXPEDIENTE Diretor Geral Adair G. Weiss Diretor de Conteúdo Fernando A. Weiss Diretor de Operações Fabricio de Almeida REDAÇÃO Av. Benjamin Constant, 1034/201 Fone: 51 3710-4200 CEP 95900-000 - Lajeado - RS www.jornalahora.inf.br ahora@jornalahora.inf.br COMERCIAL e ASSINATURAS Av. Benjamin Constant, 1034/201 CEP 95900-000 - Lajeado - RS comercial@jornalahora.inf.br assinaturas@jornalahora.inf.br entrega@jornalahora.inf.br

Os artigos e colunas publicados não traduzem necessariamente a opinião do jornal e são de inteira responsabilidade de seus autores. Tiragem média por edição: 6.000 exemplares. Disponível para verificação junto ao impressor (ZH Editora Jornalística)

Fundado em 1º de julho de 2002 Vale do Taquari - Lajeado - RS

INDICADORES ECONÔMICOS

MOEDA

COMPRA

VENDA

Dólar Comercial

3,07

3,07

Dólar Turismo

3,04

3,22

Euro

1,06

1,06

Libra

1,24

1,24

Peso Argentino

15,48

15,48

Cotação do dia anterior até 17:45h, Valor econômico.

ÍNDICE

MÊS

% MÊS

% ACUMULADO ANO

ICV (Dieese)

01/2017

1,04

1,04

IGP - DI (FGV)

01/2017

0,43

5,99

IGP - M (FGV)

01/2017

0,64

6,66

INPC (IBGE)

01/2017

0,42

5,44

INCC

01/2017

0,29

6,31

01/2017

0,38

5,34

IPC-A (IBGE)

MÊS

TJLP ANO

% MÊS

01/2017

% ACUMULADO ANO

7,50

SELIC META

13,00

TR

01/2017

0,03

0,02

CDI MENSAL

01/2017

1,08

1,08

OURO E PETROLEO

FECHAMENTO

OURO GOLD (Onça Troy) PETROLEO BRENT

USD 15/02/2017 1.223,90 USD 15/02/2017 53,20

BOLSAS MUNDIAIS

IBOVESPA (BRA) DOW JONES (EUA) S&P 500 (EUA)

PONTOS

DATA

%

67.896,40

1,77

20.580,53

0,37

2.337,58

0,40

NASDAQ (EUA)

5.800,51

0,31

DAX 30 (ALE)

11.793,93

0,19

FSTE 100 (GRB)

7.302,41

0,47

A

decisão do STF de autorizar a nomeação de Moreira Franco para o Ministério da Secretaria Especial da República alerta a sociedade. Essa medida abre um precedente perigoso. Em uma condição muito similar, em março de 2016, o mesmo STF proibiu o ex-presidente Lula de ser nomeado ministro e ter foro privilegiado. Por mais que seja uma liminar do magistrado Celso de Mello, ela tem aplicação imediata e contrasta com a ordem anterior do ministro Gilmar Mendes. Cabe recapitular os argumentos da decisão de março do ano passado. PSDB e o PPS pediram um mandado de segurança para suspender a nomeação. Alegavam que ocorreu um “desvio de finalidade”, pois o real motivo seria proteger o ex-presidente da investigação comandada pelo juiz Sérgio Moro, dando-lhe foro privilegiado. O pedido foi acatado e o petista não pode assumir a função. No caso mais recente, o presidente Michel Temer promoveu Moreira Franco, então secretário-executivo do Programa de Parceria de Investimentos, a novo ministro da Secretaria-Geral da Presidência. O aliado do presidente foi citado 34 vezes por um

Artigo

O futuro da política nacional é nebuloso e falta aos agentes públicos conhecimento para interpretar a pluralidade da opinião pública.”

dos executivos da Odebrecht, mas ainda não é investigado pela operação. Em documentos entregues à Justiça, ele aparece como beneficiário de contribuições ilegais para campanhas sob o apelido de Angorá. Sobre o mesmo pretexto, Psol e Rede ingressam com um pedido de

segurança de “desvio de finalidade”. “O próprio plenário do Supremo Tribunal Federal, em julgamentos colegiados, já se pronunciou no sentido de negar legitimação universal ao partido político para impetrar mandado de segurança coletivo”, afirmou o ministro no despacho. Um parecer oposto ao de Gilmar Mendes. “Eu mesmo registrei discordância quanto à possibilidade do partido político impetrar segurança em favor de ‘interesses outros que não os de seus eventuais filiados’. Percebo que a análise que fiz daquela feita foi excessivamente restritiva”, declarou perante a corte. Mesmo os grupos que apoiaram o impeachment, como o “Movimento Brasil Livre” e o “Vem Pra Rua”, também já externaram insatisfação com as manobras políticas efetivadas para proteger aliados políticos do presidente Michel Temer. Tanto que os integrantes organizam protestos para os o dia 26 de março em diversas capitais. Os atos unem a defesa pelo conjunto de reformas previstas pelo presidente e pela continuidade da Operação Lava-Jato. Outros pontos dos protestos estão a indicação de Alexandre de Moraes para a corte suprema da Justiça e as articulações para

anistiar políticos investigados pela prática de caixa 2, além da nomeação de Moreira. Cabe ressaltar, essa será a volta às ruas desses grupos que foram os mobilizadores para a continuidade da deposição de Dilma Rousseff. Mas agora não pedem o “Fora Temer.” Os manifestantes acertam na maioria das cobranças, mas silenciam em um outro detalhe importante. Não se falam do depoimento de Eduardo Cunha ao juiz Sérgio Mouro. No dia 7 deste mês, o ex-deputado afirmou, com detalhes, qual a participação do presidente Michel Temer nas nomeações à Petrobrás. Cunha passou a ser descartável. Como presidente da câmara, teve atuação enaltecida por muitos defensores do impeachment e agora é ignorado. O futuro da política nacional é nebuloso e falta aos agentes públicos conhecimento para interpretar a pluralidade da opinião pública. Ao mesmo tempo em que há mais luz sobre ideais conservadores, também há mais mobilização de grupos defensores das liberdades individuais. Mesmo assim, algumas decisões são feitas sem qualquer preocupação em atender ou mesmo contemporizar o anseio das massas.

Juliano Roso deputado estadual pelo PC do B

Precisamos falar sobre o Banrisul

SALÁRIO MÍNIMO ANO: 2017 - R$ 937,00

TAXAS E CERTIFICADOS

Um peso e duas medidas

HORÁRIO

17:25 17:25

Recentemente participei de um debate sobre a privatização de bens públicos. Na ocasião, apontei razões que reforçam a defesa de empresas estatais, principalmente o nosso Banrisul. Apesar disso, muitas pessoas parecem desconhecer os fatos e acreditam que a venda de patrimônio público resolve o problema da crise que passa o Rio Grande. Vejamos. O governador Antonio Brito vendeu patrimônio

público em sua gestão com esse mesmo discurso de diminuir o custo do Estado e sua economia. Resultado: a dívida do Estado aumentou de R$ 22 bilhões para R$ 40 bilhões na época. Um Banrisul público não é um peso para o Estado. Muito pelo contrário. Esse banco estatal possibilitou que milhares de servidores estaduais que tiveram seus salários parcelados pelo governo Sartori conseguissem ter

acesso a empréstimos para honrar compromissos prioritários. Com lucro estimado em R$ 840 milhões anuais, o Banrisul é um dos poucos bancos estatais que sobrou depois da era privatista imposta pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. O tamanho do banco, presente em 95% dos municípios gaúchos, é motivo de cobiça por pares privados. O pretexto de que um banco estatal serve apenas

para perpetuar a corrupção é descabido e ingênuo. A corrupção é feita por pessoas, não por instituições, e ocorre inclusive no setor privado. Portando, antes de tomarmos como verdade o discurso parcial de parte da mídia vamos nos informar e tentar entender melhor o que há por trás desse modelo de Estado. Depois da venda, nada mais poderá ser feito só nos restará o lamento.

FECHAMENTO

cotação do dia anterior até 17h45min

Erramos Diferentemente do publicado na edição de ontem, na matéria “Vereadores aprovam

abertura de crédito”, a reunião sobre os pedágios na BR-386 ocorre quinta (hoje) e não quar-

ta, como divulgado. O encontro foi promovido pela ANTT e não pelo Dnit.


Opinião

A HORA · QUINTA-FEIRA, 16 DE FEVEREIRO DE 2017

Fernando Weiss

Turnê em Brasília (interino)

fernandoweiss@jornalahora.inf.br

É hoje

A

audiência pública para debater a proposta de privatização da BR-386 ocorre a partir das 14h em Porto Alegre. A região marca presença em peso e deve ocupar boa parte das limitadas 230 vagas disponíveis para o público. As caravanas do Vale partirão cedo para a Capital, pois a ordem de chegada determina a entrada, ou não, no auditório do SESC. Aliás, audiência de tamanho interesse e proporção, capaz de mobilizar várias regiões do Estado, projetada para ocorrer em auditório com espaço tão reduzido é falta de

3

estratégia. Ou a estratégia é ter poucas pessoas, o que é provável. Lideres regionais levam na manga, duas sugestões de mudança. Uma, é adiar o processo licitatório a tempo de organizar uma audiência pública no Vale. A segunda, caso o adiamento seja negado, é apresentar reivindicações pontuais em relação aos pedágios, sobremaneira, diminuição do preço das tarifas sugeridas e também encurtar o prazo de início das obras de duplicação da BR a partir de Lajeado. Pelo edital, a nova concessionária terá compromisso de iniciar

as obras a partir do 10º ano de contrato. Pelo exposto, as entidades classistas e as autoridades regionais fizeram o tema de casa. Resta saber, se terão poder de influência e se conseguirão sensibilizar a Agencia Nacional do Transportes Terrestres, a mudar o edital. A síntese soa acertada. O Vale não é contra a privatização, desde que o contrato, os preços das tarifas, a exigência de obras e os devidos prazos sejam coerentes e estejam a altura do impacto que os novos pedágios geram sobre a população.

Uma dúzia de prefeitos, vices e vereadores do Vale do Taquari peregrinam em Brasília esta semana. Entre outras coisas, buscam verbas e emendas parlamentares. Quem não é visto não é lembrado, ensina máxima antiga. Mesmo assim, sugere-se aos eleitores, monitoramento sobre a eficácia destas viagens, já que são custeadas com dinheiro público. Afinal, ir a Brasília não pode se transformar em passeio.

61 anos A Cooperativa Certel inaugura a partir das 9h de hoje, novo transformador às margens da Via Lactea, entre os bairros Teutônia e Languiru. O ato marca a passagem dos 61 anos de uma das maiores cooperativas do Estado, crucial e estratégica no desenvolvimento regional. A inauguração também re-

afirma o foco da cooperativa, carregado, outra vez, sobre a geração de energia. Depois do momento turbulento e do pedido de socorro solicitado aos associados, a Certel reafirma compromisso com a qualidade de abastecimento mostra sinais de recuperação. Bom para a região

ARQUIVO A HORA

Que sócio é esse?

BR-386 está sem pedágio desde 2013, quando o então governador Tarso Genro romper contrato com a Sulvias. Passados quatro anos, União mostra incompetência para administrar rodovias e apresenta plano de nova concessão

A morte do jovem empresário estrelense, Jonas Vieira, 31, estava mal contada desde o princípio. A versão apresentada pelo sócio, Jonathan Frühauf, era paradoxal. Desde o relato até os horários dos acontecimentos continham incongruências que deixavam claro o envolvi-

mento do sócio. Foi rápido e certeiro o experiente delegado de Estrela, José Romaci Reis, em esclarecer o caso, que surpreendentemente, aponta o namorado de Jonathan, Jeférson Vieira, como o principal mentor da tocaia e consequente assassinato do empresário.

Agora é oficial Faz tempo, correm boatos pela cidade sobre o leilão do Shopping Lajeado. No ano passado, o titular desta coluna, Rodrigo Martini, falou sobre o assunto, mas na época,

a direção do M Grupo negou. Agora porém, com as dificuldades financeiras expostas, com decreto de falência apresentado, a empresa responsável pelo

único Shopping do Vale confirma o leilão, solicitado por um dos credores. Desde que assumiu o Shopping, em 2012, o M Grupo nunca concluiu as reformas e as

obras de melhorias propostas. O marasmo frustra lojistas, que reclamam de diminuição de público em função das intermináveis obras. Ccomerciantes

chegaram a trocar as galerias do Shopping por imóveis no centro da cidade, alegando incompatibilidade entre preço do aluguel e potencial de clientes.


4

Cidades

A HORA · QUINTA-FEIRA, 16 DE FEVEREIRO DE 2017

Prédio do shopping de Lajeado vai a leilão Credor pede venda do imóvel para quitar dívida. Local também corre risco de ficar sem luz ANDERSON LOPES

Lajeado

S

em condições de quitar as dívidas, o M.Grupo verá o imóvel onde está localizado o Shopping Lajeado ir a leilão. O pedido foi feito pela RB Capital Securitizadora. A empresa fez a solicitação de venda do prédio na Justiça, e se prepara para repassar o local para um novo administrador. A empresa de São Paulo quer que apenas o prédio seja vendido, pois este pertence ao M. Grupo. A administração do condomínio seguirá sendo feita pela GlobalMalls, pertencente ao mesmo conglomerado, mas sem qualquer débito com a RB. A venda do local foi noticiada em dezembro pelo colunista Fernando Albrecht, do Jornal do Comércio. De acordo com o jornalista, o local seria leiloado para quitar um passivo de aproximadamente R$ 600 milhões com mais de cinco mil empresas. Na época a coordenadora da GlobalMalls, Rozeli Belusso, negou a informação. A negativa não está equivocada, pois a gestão do condomínio segue com a empresa na qual a executiva atua. Quem confirma o leilão é o advogado da Associação dos Lojistas do Shopping Lajeado, César Bublitz. “Há uma ação de penhora do prédio e ela vai retornar a investidores de São Paulo. A RB é dona do prédio na forma de alienação fiduciária.” Bublitz diz que os paulistas devem entregar o imóvel para outra empresa. “O prédio será retomado pela RB, porque ele já está em avaliação e será feito um leilão. No momento da venda, a RB vai dar o prédio para outra administradora.” O responsável da RB pela negociação com o M.Grupo estava em reunião durante a tarde de ontem e não pode atender a reportagem. A assessoria de imprensa informou apenas que, em caso de leilão, o local não será fechado. Segundo a empresa a mudança que ocorrerá são os administradores do imóvel.

Lojistas torcem por mudança Uma possível troca de adminis-

Propriedade do M.Grupo deve ser entregue para grupo paulista nos próximos meses. Lojistas comemoram mudança

nas com alguns lojistas.” Outra reclamação é a paralisação das obras de melhoria do local, iniciadas há cerca de três anos atrás. “Muitos lojistas anteciparam receita para a reforma do shopping. A fachada que era para ser construída até metade de 2014 até hoje não foi alterada”, relata Stela. A falta de manutenção causou rachaduras no prédio e infiltrações em algumas lojas, gerando prejuízos aos empresários. Em meio a esse cenário, foi divulgado ontem a falência de uma das empresas do M. Grupo. A operação em crise é do ramo imobiliário, a empresa vendeu na planta apartamentos na região metropolitana, mas o imóveis não foram entregues. A medida não atinge a operação do shopping de Lajeado.

EDUARDO AMARAL

RISCO DE FICAR SEM LUZ

Falta de manutenção gerou rachaduras e infiltrações, causando prejuízos a lojistas

Muitos lojistas anteciparam receita para a reforma do shopping. Stela Maris Presidente da associação de Lojistas

tradores é bem vista pelos lojistas. A presidente da Associação dos Lojistas do Shopping Lajeado, Stela Maris, fala da insatisfação dos colegas com a forma como o local vem sendo administrado. “Essa troca de administração com certeza vai ser positiva, porque pior do que está não pode ficar.” Falta de transparência, cobranças elevadas e falta de manutenção são os principais problemas apontados pelos profissionais que atuam no local. “Eles não prestam contas há muito tempo. A gente nem sabe o que está pagando, dobrou o condomínio esse mês. Eles estão cobrando, certamente, pelas lojas fechadas”, afirma Stela. A associação projeta que 30% das lojas tenham sido fechadas no último ano. A presidente reclama ainda da falta de diálogo dos gestores. “A superintendente tem contato ape-

Outro problema são os atrasos no pagamento da conta de luz. A administração do local acumula dívida de aproximadamente R$ 1 milhão com a concessionária de energia. O valor foi parcelado, entretanto a parcela que venceu em janeiro não foi paga pela GlobalMalls, que administra o condomínio. Com o atraso, a energia deveria ser cortada, porém a RGE-Sul estendeu o prazo de pagamento até sexta-feira, 17. “Há o risco do corte de energia, nós já falamos com o jurídico da RGE eles estão segurando para ver se o pagamento será feito até sexta”, explica Bublitz. O advogado afirma estar atento às negociações da empresa com a concessionária. “Estamos aguardando que eles paguem a conta até sexta-feira para evitar o corte. Tem o risco, mas está sendo monitorado com o departamentos jurídico da RGE.” Segundo Bublitz, os administradores têm bus-

cado ajuda dos lojistas para quitar a dívida. “A administração tem procurado lojistas no sentido de antecipar valores para tentar pagar esse parcelamento.” Incomodados com a falta de transparência, os empresários já acionaram a justiça para cobrar o detalhamento dos gastos. “Os lojistas estão pedindo uma prestação de contas para identificar o que originou este e outros débitos”, informa o advogado da associação. A RGE-Sul não divulgou os valores do débito e nem confirmou se há risco de corte. Por meio da assessoria a empresa afirmou apenas que “a negociação está em andamento.” Durante a tarde de ontem a reportagem entrou em contato com a administração do shopping. Os responsáveis em Lajeado declararam que não poderiam se manifestar sobre nenhum assunto. No número da sede do M. Grupo em Porto Alegre ninguém atendeu.


Cidades

A HORA · QUINTA-FEIRA, 16 DE FEVEREIRO DE 2017

Indústrias reduzem investimentos Estado A intenção de investimento é a menor desde 2010, é o que mostra pesquisa da FIERGS. O estudo foi realizado entre 21 de novembro e 9 de dezembro. Em 2017, apenas 59,9% das empresas consultadas pretendem investir. A maior parte das iniciativas (68,3%) deverá se concentrar nos projetos em desenvolvimento. A incerteza econômica é o motivo da cautela para a maioria dos entrevistados (92,2%), seguida pela reavaliação da demanda/ociosidade elevada (64,2%) e o custo do crédito/ financiamento (43,2%). Entre as indústrias que pretendem investir, a compra de máquinas e equipamentos deve ser a principal razão (91,7%). A principal meta atender ao mercado doméstico (62,3%).

Senac realiza formatura de 15 Jovens Aprendizes Lajeado O dia 17 de fevereiro será de festa para os 15 formandos da turma de Jovem Aprendiz do Senac Lajeado. Os alunos do curso Aprendizagem Comercial irão receber os certificados às 19h no auditório do Sesc Lajeado, localizado na rua Silva Jardim, 135. A cerimônia é voltada para parentes, amigos e convidados dos alunos. O programa Jovem Aprendiz atende as empresas que desejam contratar jovens para o segmento do comércio de bens, serviços e turismo. Como forma de educação inclusiva, o aluno é contratado pela empresa e realiza o treinamento por meio dos cursos de aprendizagem do Senac da região, nas modalidades presencial e a distância. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (51) 3748.4644 ou no site

5

Município pretende debater reabertura de rua com Colégio Justiça determinou retirada do portão, mas escola recorreu CAROLINA CHAVES DA SILVA

“Como a prefeitura aceitou a sentença em primeira instância, deve atendê-la. Só eles podem fazer algo a respeito, tomar alguma atitude.” A defesa do Colégio acredita que a tramitação do caso na Justiça impede que o município tome qualquer atitude para retirada dos portões. Entendimento contrário ao do promotor.

RELEMBRE O CASO Cidade

A HORA · FIM DE SEMANA, 22 E 23 DE OUTUBRO DE 2016

11

MP sugere ao governo retirar portões Executivo aguarda posição do Colégio Gustavo Adolfo para encaminhar a decisão ANDERSON LOPES

Lajeado

nós é sempre uma tortura para se locomover. A rua aqui em frente vai só numa direção, e precisamos fazer toda uma volta”, relata. Antes das eleições, ele conta que os vizinhos tiveram uma reunião com o atual prefeito, Luís Fernando Schmidt, que se comprometeu a retirar os portões em breve. “Não poderiam recuar agora”. A vendedora Katiana Schmidt, 30, mora na lateral do colégio e também aguarda uma solução. “Ninguém tem o direito de fechar uma rua. Ela é pública. Podiam fazer inúmeras coisas ali: colocar um guarda, uma passarela.”

O

Escola está sendo ampliada. Além do clamor pela reabertura da rua, moradores reclamam dos entulhos depositados no local

promotor público Neidemar Fachinetto orienta o governo municipal a reabrir a rua Albert Schweitzer, no bairro São Cristóvão. A via está fechada desde janeiro de 2013 por dois portões instalados pelo Colégio Sinodal Gustavo Adolfo. O objetivo da instituição era garantir a segurança dos alunos, que cruzam a rua para ir de um prédio a outro da escola. O ato foi autorizado pelo Legislativo e Executivo. Em abril deste ano, a juíza Carmen Luiza Rosa Constante Barghouti determinou a retirada das grades que fecham a via, processando o município e o colégio, por meio de uma ação aberta pelo MP. Como o Executivo não entrou com recurso na decisão, Fachinetto considera que a sentença foi acolhida, e deve ser atendida. “Acredito que, como a prefeitura não se manifestou, deve ter concordado com a definição. Então, agora, tem o poder de reabrir a rua. Mas isso depende somente deles, porque ainda resta saber se o colégio entrará com o recurso, o que não fez até agora, mas ainda poderá fazer”, esclarece.

Governo aguarda

Lajeado

O

s portões que fecham a rua Albert Schweitzer, no bairro São Cristóvão voltam a ser motivo de debate. Ministério Público e o Executivo pretendem se reunir para tratar do tema. De acordo com o prefeito Marcelo Caumo, a pretensão é buscar uma alternativa para a polêmica iniciada em 2013. O promotor Neidemar Fachinetto será o intermediador da conversa entre o município e a escola. A diretoria da Colégio Sinodal Gustavo Adolfo deverá ser contatada para tratar do assunto. De acordo com entrevista cedida por Caumo, na sexta-feira passada, o objetivo inicial é dialogar com a comunidade escolar. Ele afirma que, por enquanto, está se inteirando da situação. “Como característica nossa, vamos buscar a conciliação. Mas se não chegarmos a um consenso, teremos de agir.” Para Fachinetto, esta é a única forma de encontrar uma solução rápida, tendo em vista que ainda está em análise judicial a partir de Ação Civil Pública movida por ele em 2013, apontando a incons-

titucionalidade da lei que previu a concessão da via.

Postura dos moradores Residente da Rua Comandante Wagner faz 31 anos, Cecilia Wendt, 69, afirma que nestes quatro anos não consegue sair ou chegar em casa de maneira rápida. “Depois que começam as aulas fica tudo trancado. Poderiam colocar um guarda lá, uma passarela, qualquer coisa, mas não trancar”, reclama. Ela participou dos protestos contra a instalação do portão, e espera que o município haja de acordo

Como característica nossa, vamos buscar a conciliação.” Marcelo Caumo prefeito

com o interesse público. “Antes passava até ônibus ali, agora estão ocupando a rua para depositar entulhos. É vergonhoso.” Doris Prass, 71, compartilha do mesmo pensamento. Ela afirma que o marido já tratou da questão com a nova gestão, e aguarda posicionamento. “No contrato fica claro que o município pode revogar. É isso que precisam fazer.” A reportagem tentou contato com o diretor da escola, Edson Wiethölfer, diversas vezes, entre a sexta-feira passada e ontem. Mas não obteve sucesso.

Saiba mais Em abril do ano passado, quase três anos após a abertura da ação, a juíza Carmem Rosa Constante Barghouti emitiu sentença a respeito do caso. Ela determinou a retirada das grades que fecham a via, sob pena de multa diária de R$ 5 mil, e outros R$ 2 mil por qualquer obstáculo que seja colocado na rua. A administração passada concordou com o apontamento. Mas a escola entrou com recurso. Por isso, o processo ainda está sub judice, e será repassado ao Tribunal de Justiça, que poderá manter ou revogar a decisão.

O assessor jurídico do município, Edson Kober, ainda não viu a notificação. Antecipa que o Exe-

DECISÃO Rua no São Cristóvão permanece fechada faz quase quatro anos. Situação confronta moradores e direção do colégio

cutivo não adotará medida antes do prazo para recurso do colégio esgotar. “Não interpusemos recurso porque entendemos que a rua precisa ser liberada. Esta gestão entendeu que este é um anseio da comunidade. Mas precisamos aguardar, porque se houver recurso a matéria vai ser rediscutida, e a decisão poderá mudar.” Ele acredita que, além de abrir precedentes, a medida é prejudicial aos cofres públicos, tendo em vista que o município e a escola foram condenados a retirar as grades, sob pena de multa diária de R$ 5 mil, e R$ 2 mil por qualquer obstáculo colocado na via.

Cada uma delas a ser paga individualmente pelos dois condenados. “Alguém vai ter que pagar por esse prejuízo”, alerta.

Colégio recorre e impasse continua A assessoria jurídica do Gustavo Adolfo é feita pelo escritório Schumacher, que entrou com embargos de declaração na decisão da juíza. “Queremos sanar algumas dúvidas, em relação à decisão dela”, explica o advogado da causa, Luís Alberto Plein. Ele afirma que, quando houver retorno do pedido, eles terão 15 dias para entrar com

o recurso, o que será feito. Dessa forma, a ação será remetida à análise do Tribunal de Justiça do Estado (TJE), que poderá manter a sentença da juíza ou revogá-la. Ele acredita que, por estar sub judice, o caso não é passível de interferência da prefeitura.

Moradores pedem avanço do município O aposentado Pedro Nelson Wendt, 72, reside faz 30 anos na rua, agora em frente aos portões. Ele afirma que nos últimos quatro anos têm passado por inúmeros percalços para sair de casa. “Pra

Após avaliar a ação aberta pelo MP, a juíza considerou que a posição dos moradores estava correta, tendo em vista que o fechamento não visava o atendimento de interesses públicos, mas, sim, de poucos, como citou na sentença. A fim de cancelar, de modo permanente o cerceamento, ela considerou inconstitucional a lei que previa a concessão da rua. Porém, o prazo para recursos foi aberto, e agora o processo poderá parar no Tribunal de Justiça.

Desde dezembro de 2011, a escola tem autorização do município para utilizar a via. A concessão previa que por cinco anos a área de uso público passe a ser de utilidade privada. O objetivo era garantir a segurança dos alunos, tendo em vista que a via separa dois terrenos de propriedade da escola. Um deles com sala de aula e pátio, e outro com uma quadra esportiva, um estacionamento e uma igreja evangélica. Em novembro de 2012, o município e a escola assinaram contrato prevendo a concessão, estipulando novamente os cinco anos. Porém, somente em janeiro de 2013, a escola interditou a via. Descontentes com a situação, moradores fizeram manifestações e audiência pública para pedir a retirada dos portões. Os fatos motivaram a abertura da ação pelo MP.


6

Cidades

A HORA · QUINTA-FEIRA, 16 DE FEVEREIRO DE 2017

Parceria garante melhorias em acessos Convênio entre município, PRF e Dnit possibilita atender demanda de moradores FOTOS ANDERSON LOPES

Lajeado

U

m dos principais problemas enfrentados pelos moradores lindeiros à BR-386 são as alças de acesso improvisadas. Muitas não tem camada asfáltica. Apresentam enormes buracos que danificam os veículos. A situação oferece risco aos motoristas e dificulta o fluxo nos pontos. Nos últimos anos, após a morte de pedestres e motoristas, melhorias foram feitas nas rótulas do bairro Olarias e Conventos. Os locais mais precários se localizam nas entradas do Centenário, Imigrante e Distrito Industrial. O alto fluxo de caminhões danifica as vias laterais. Na entrada do bairro Centenário, do lado direito da rodovia, sentido Lajeado/Soledade, buracos medem mais de um metro de largura e cerca de 40 centímetros de profundidade. O ponto não tem pavimentação. Os veículos que ingressam na rodovia pela Rua Paulo Emílio Thiesen, precisam reduzir a velocidade e quase parar para evitar danos materiais. Para retornar à BR-386, o acostamento é irregular e exige atenção. Diante dos problemas de mobilidade, a associação de moradores fez um abaixo assinado solicitando ao município, uma camada asfáltica, paralela a BR-386. O documento reúne mais de 280 assinaturas e foi entregue ao governo. A demanda será viabilizada

Na entrada do Centenário, alça tem buracos profundos e alto fluxo de caminhões

Próximo a PRF, a precariedade da via dificulta mobilidade dos veículos

por meio de parceria entre administração municipal, Polícia Rodoviária Federal e Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit). Dois projetos, preveem pavimentação e sinalização das alças. Uma delas localizada na entrada da Rua Carlos Gomes, principal ligação do Bairro Centenário. Outra fica próxima a Polícia Rodoviária Federal, Rua Paulo Emílio Thiesen entrada do Bairro Imigrante.

Obras previstas para março De acordo com o coordenador de projetos especiais do governo, Izidoro Fornari Neto, a administração fará as obras de infraestrutura, a base da via, e fornecerá materiais. O Dnit conclui a obra com aplicação da camada asfáltica e sinalização. Segundo Fornari, um esboço de projeto já existia e foi concluído mediante a solicitação das co-

munidades lindeiras. Os dois projetos foram encaminhados em regime de urgência ao Legislativo. Após autorização, a obra será executada. Conforme, Fornari, o procedi-

mento é necessário, pelo investimento ser feito em área do Dnite. O tema foi abordado durante a sessão dessa terça-feira na câmara. Parlamentares apon-

taram que as melhorias qualificarão o tráfego na região. De acordo com o líder de governo, o vereador Mozart Lopes, a expectativa é que até meados de março as obras sejam iniciadas.


Cidades

A HORA · QUINTA-FEIRA, 16 DE FEVEREIRO DE 2017 MACIEL DELFINO

Acordo com o Senai encerra em novembro. Setor de Lácteos está inativo

Convênio para curso do Senai não sai do papel Prédio necessita de adequações Teutônia

F

alta de infraestrutura impede funcionamento do setor de lácteos da escola técnica do Senai. O Executivo assinou acordo de cooperação em 2015 e se comprometeu a ofertar contrapartida de R$ 200 mil. Além disso, ficou responsável em reformar o prédio para o ensino teórico e prático para calçados e laticínios. Os equipamentos ainda estão embalados e o professor contratado no ano passado está ocioso. O convênio firmado vence em novembro deste ano e a renovação é incerta. O investimento total alcança R$ 900 mil. O diretor de operações Leandro Menezes, afirma que parte do acordo foi cumprido. Ainda não ocorreu nenhuma reunião com o atual governo, mas acredita que ao fim do convênio haverá resposta para a escola na cidade. “Falta infraestrutura dentro das exigências. As máquinas estão lá. Já havia sido acordado com o prefeito anterior”. Hoje são três turmas na produção de calçados. Os estudantes são matriculados por meio do Programa Jovem Aprendiz e encaminhados pelas indústrias calçadistas.

Governo posterga decisão Conforme secretário do planejamento, Ricardo Wagner, a administração está traçando as metas de forma estratégica. Em

conjunto com o Movimento Brasil Competitivo (MBC) querem tomar decisões que interfiram no desenvolvimento contínuo. Propostas da campanha terão prioridade. O objetivo é definir os passos de cada secretaria. O município está tomando decisões para se posicionar estrategicamente no mercado. Para levar o município a um posicionamento diferente, e fomentar situações com o futuro, que possam levar a patamares diferentes. Dentro disso serão feitos os próximos investimentos, afirma.

Unidade móvel para mais cursos A perspectiva inicial do Senai era ampliar o catálogo de cursos ofertados para diversificar a mão de obra. O ensino técnico-profissionalizante em panificação, elétrica e automação, são oportunidades disponíveis em ambiente móvel. Um ônibus adaptado e uma carreta possuem todos os equipamentos necessários para as aulas. A principal demanda para implantação do sistema é aumento da capacidade de energia. A escola foi instalada em novembro de 2015. O ginásio de esportes foi alugado pelo município por R$ 3,2 mil. Além do Executivo, a Câmara de Indústria, Comécio e Serviços (CIC), Calçados Beira Rio, Calçados Piccadilly, Grupo Krabbe, Cooperativa Languiru e Elegê foram parceiras no projeto de promover os cursos.

7


8

Cidades

A HORA · QUINTA-FEIRA, 16 DE FEVEREIRO DE 2017

Campanha oferta até 50% de desconto Realizada pela CIC, Liquida Teutônia inicia hoje e vai até a próxima segunda-feira MACIEL DELFINO

Teutônia

C

ampanha aposta em descontos como principal atrativo para impulsionar vendas. O Liquida Teutônia, organizado pela Câmara de Indústria, Comércio e Serviços (CIC). Os descontos e promoções são elaborados conforme a gerência de cada loja. O número de inscritos de 2017 se manteve o mesmo do ano passado: 170. Eles recebem material de divulgação como cartazes e folders para estamparem as vitrines. A vendedora Ketlin Faleiro, 18, da Adriana Modas, de Canabarro, trabalha fazem três anos

Ketlin aposta no Liquida como ferramenta para divulgar as promoções na loja

na venda de vestuário masculino, feminino e acessórios. Ela aproveita o Liquida para incrementar a decoração e vender mais. Além da loja física, intensifica a divulgação na página da loja, no Facebook. “Muitas pessoas que nos procuram deixam de comprar no Natal para comprar nesse período”. Uma das proprietárias da Raio de Sol Modas, Suelin Petters, 26, afirma que a transição de ano foi positiva. Ela administra duas lojas em Canabarro e uma em Languiru e, no fim de 2016, tiveram que contratar mais dois funcionários para dar conta do movimento de clientes.

Apesar do retorno de festas como Natal e Ano Novo, relata que janeiro foi motivador. Em relação ao ano passado, as vendas aumentaram em 15%. Para continuar o “bom momento” ampliaram o catálogo de produtos e ofertas. A decoração é fator principal para chamar os clientes. Entre as ofertas, descontos de até 50%. Aqueles com crediário em dia são agraciados com o desconto e ainda podem parcelar em três vezes pelo preço à vista. “A nossa expectativa é muito boa. O ano iniciou bem. Estamos focando nas cobranças e por outro lado apresentando propostas diferentes nas compras à vista”.

Reload Sindilojas Festival aborda arquitetura e design

Colinas prepara atrações à Páscoa

Lajeado

A cidade iniciou o preparativos para a Páscoa. Cerca de 30 voluntárias se reuniram no Centro de Referência de Assistência Social (Cras) junto com a oficineira de artesanato Jaqueline Scottá para produzir objetos de decoração que serão espalhados pela cida-

Mostrar a arquitetura como uma ferramenta para tornar os negócios mais lucrativos é a proposta do workshop Design Além do Óbvio, ministrado pelo arquiteto Reinaldo Leão Fortes no dia 21 de março, durante o Reload Sindilojas Festival. Com início às 16h30min, no Clube Tiro e Caça, em Lajeado, o painel abordará novos conceitos e o uso da criatividade para impactar clientes, demonstrando a importância de integrar projetos de layout ao planejamento estratégico das empresas. Sócio da Sceno Arquitetura e atuando nas áreas de conceptu-

al branding, arquitetura, retail e visual merchandising, Fortes busca inspiração na observação de coisas e pessoas, com atenção especial às novas tendências. “Nesta profissão precisamos ser curiosos e investigativos, e quanto mais tivermos esse perfil, mais chance dos projetos darem certo”. Assim como a arquitetura, as áreas de gastronomia, RH, marketing, sustentabilidade e varejo também serão contempladas pelo Reload Sindilojas Festival, que inicia às 12h e oferece ainda atrações musicais, pilates no solo, Espaço Kids e food truck. O evento é uma realização do Sindilojas Vale

do Taquari e tem o patrocínio de SafeWeb, Sicredi, Imojel e Corsan, com o apoio de Fecomércio Sesc/Senac e Sebrae. O workshop Design Além do Óbvio tem o patrocínio especial de Brava Forma, Costaneira e C.L.A Móveis Decor. Os ingressos podem ser adquiridos no site www.reloadsindilojas.com.br ou na sede da entidade, Rua Borges de Medeiros, 475 – Sala 201. O valor do investimento varia de R$ 30 a R$ 100 para associados Sindilojas/Sicredi Vale do Taquari, e de R$ 48 a R$ 140 para os demais interessados. Mais informações nos telefones 3748-5723 e 37102080.

Colinas

de. A elaboração dos materiais será finalizada até a abertura da ColinasFest, no dia 16 de março. Os encontros ocorrem de segunda a quinta, das 13h30min às 17h. Interessados em participar podem entrar em contato com a Secretaria de Educação, pelos telefones (51) 3760-4000 ou 3760-4020.

Levantamento mostra situação das pontes Paverama O setor de Engenharia e a Secretaria de Obras avaliam a necessidade de reforma nas pontes e pontilhões. A primeira obra que está sendo

recuperada é a ponte da Baixada dos Ismael. A referida ponte ficou sem condições de uso em função do acúmulo de peso e das últimas enxurradas, que comprometeram as estruturas da mesma.


9

A HORA · QUINTA-FEIRA, 16 DE FEVEREIRO DE 2017 21h10min

Passar por (?) e baiExpres- xos: viver momentos são que bons e designa o Melanina ruins contexto por trás de um acontecimento

Cede (seu O pecado dinheiro a do comilão caridade) (Catol.)

Peça dos purificadores de água

Pronunciar em voz alta

Líder da Revolução Chinesa

Marca registrada de Rapunzel Tolher

Tratamento à mãe de amiguinhos

É abafado pelo silenciador Lar

(?) Giardini, atriz de “Amor à Vida”

21/06 a 20/07

O encontro entre Lua e Júpiter, ambos em trígono com o Sol, beneficia a vida em família, pois amplia sua percepção a respeito das necessidades domésticas. Número da sorte:800

Viagem turística em navios

Leão 21/07 a 20/08 Período cobrado pela faxineira Imitar o pardal Resultado esperado da cirurgia de colocação de banda gástrica

Boxe Função do esterco em plantações

Número de células da ameba Períodos

A harmonia Lua-Júpiter favorece sua criatividade frente aos desafios, sobretudo os de natureza interpessoal, considerando a harmonia com o Sol. Número da sorte: 597

Virgem 21/08 a 20/09

Doutrina budista (?) Lee, cartunista

Lua e Júpiter se associam em conjunção na área material e em trígono com o Sol no setor relacionado ao cotidiano, fortalecendo seu entendimento acerca das questões a serem melhoradas para o bom funcionamento do dia-a-dia. Número da sorte: 214

Árvore brasileira (?) Lopes, sambista

Ray Charles, cantor dos EUA

Libra

Extensão de sites de escolas Afrontada

Soma de dinheiro (p. ext.) Esteroide utilizado como anti-inflamatório

BANCO

Que possui fundamentação (a ideia)

Ingrediente da omelete light Gritar

Preposição de “máquina de escrever”

18h

79

21/09 a 20/10

Associados em seu signo, Lua e Júpiter também se aspectam em trígono com o Sol, ampliando seu senso de valorização pessoal e deixando-lhe mais aberto a expandir seus interesses. Número da sorte: 226

21/10 a 20/11

Solução

Lua e Júpiter formam conjunção na área de crise e se aspectam em trígono com o Sol, ampliando sua percepção a respeito dos desafios. Número da sorte: 343

21/11 a 20/12 O encontro Lua-Júpiter na área de amizades sugere fortalecimento relacionado à presença de amigos, o que é corroborado pelo trígono com o Sol. Número da sorte: 201

T

I

S O N A

E NCA R A DA

I E C L A IA N D E E ER

D EF O A D O I S B E

G U N L E A M P A L O E N C A R U E Z P E O I

M D O I S T C A MA R O R R T I A A M A P S O T I

21/12 a 20/01

LOTERIAS

Quinta – Garcez revela a Joana que ela irá desfilar como modelo. Renato despista Nanda, mas Rômulo afirma que o professor mentiu. Manuela envia para Caio uma foto de Ricardo e Tânia juntos, e Juliana a repreende. Joana fala com Giovane sobre o novo trabalho como modelo. Manuela arma para Tânia e Ricardo confronta a filha. Nanda desconfia de Renato e se irrita com a aproximação entre Rômulo e Sula. Lucas e Luiza se beijam, e Martinha os observa. Sula tem uma ideia para ajudar Rômulo. Cleo se insinua para Jorjão. Tânia tem uma conversa sobre paternidade com Lucas.

Câncer

Rua (abrev.) Achavam graça de Desinência verbal da 2ª conjugação

Em sã (?): com sinceridade

Movimento do cavalo no xadrez

18h

Gêmeos 21/05 a 20/06 A conjunção Lua e Júpiter, em trígono com o Sol, estimula a busca de novas experiências e uma vivência mais ampla no âmbito social. Número da sorte: 256

Órgão que segrega o leite Cheia

Quinta – Loretta decide contar para Vittorio o que esconde sobre seu passado. Milena adota outro cachorro. Mocinha ouve Tanaka revelar a verdade sobre sua família para Gaetano e Mario. César decide deixar Arraial do Sol Nascente. Dora se anima ao saber que seus vestidos serão publicados na revista. Mesquita questiona a precipitação de Louzada em querer resolver o caso de Alice. Mario garante a Mesquita que irá desmascarar César. Carol afirma a Louzada que Alice não é a culpada dos crimes de que está sendo acusada. Loretta fala para Lenita que sabe onde está sua filha.

Malhação

Touro 21/04 a 20/05 Lua e Júpiter se aproximam na sexta casa e formam trígono com o Sol, favorecendo sua percepção frente às demandas do cotidiano. Você se sentirá mais seguro e essa postura lhe guiará na superação de dificuldades. Número da sorte: 497

Pratica o esporte de Felipe França

Mata em sacrifício

César decide deixar Arraial do Sol Nascente

Pessoa apática (fig.)

“L”, em CLT Medida de remédio

19h25min

Sol Nascente

© Revistas COQUETEL

“(?) nas Estrelas”, série de ficção (TV)

21/03 a 20/04

Lua e Júpiter se associam na área de relacionamentos e fazem trígono com o Sol, deixando-lhe mais atento às necessidades das pessoas e disposto a superar as diferenças que fragilizam a convivência. Número da sorte:807

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS www.coquetel.com.br

A península de Portugal e Espanha

Quinta –Léo se descontrola ao ver o clipe da banda sendo exibido no telão, para alegria de Gordo. Daniel garante a Júlia que não existe motivo para fazer a exumação do corpo de Alex. Léo diz a Diana que Gordo quis derrubá-lo. Gordo beija Eva. JF sai com uma moça, sob o olhar crítico de Nicolau. Caio aconselha Nicolau a contar para Luana que JF sai com outras meninas. Gui discute com Júlia por causa de sua obsessão com Alex. Léo avisa a Diana que quer a banda 4.4 fora da gravadora. Nanda beija uma foto de Gordo, revelando sua paixão pelo chefe. Gui e Diana esperam a juíza para assinar o divórcio. Eva e Gordo se encontram no consultório dela. Chiara não percebe que sua pulseira caiu durante o passeio no parque ecológico. Diana recebe uma ligação da escola informando que Chiara se perdeu na floresta. Chiara cai no meio da mata e grita por socorro.

Áries

© COQUETEL 2016

4/stan. 5/imola. 6/bradar. 9/cortisona. 14/pigmento da pele.

Rock Story

Palavras Cruzadas

J A N O L T R T N O L A S D C A I A N S C I A B B I A R R D A U D R B A C O R

Quinta – Tião se declara para Magnólia. Letícia e Tiago ficam furiosos com Marina. Sílvia tenta consolar Ciro. Ruty Raquel se irrita com o desprezo de Antônio. Salete sugere que Flávia peça dinheiro a Tião. Tiago e Letícia discutem. Helô liga para Laura e Pedro flagra a esposa. Ciro marca um encontro com Aline e Yara fica apreensiva. Letícia procura Marina. Gigi tenta convencer Magnólia a se casar com Tião. Luciane vai com Gledson até a clínica de reabilitação. Laura pede demissão. Ciro e Yara se beijam. Magnólia pensa em surpreender Tião. Luciane aconselha Gustavo a se afastar de Salete. Tiago revela a Antônio que fica perturbado na presença Marina.

P F I G I M E N T C O D A P P E L V E

A Lei do Amor

Dupla Sena

Terça-feira

Timemania

Concurso nº 1608

Concurso nº 994

1º sorteio 08-14-28-34-36-41

05-14-20-65-66-69-80 7 números acertados - Não houve acertador! 6 números acertados-2 apostas ganhadoras, R$ 41.606,71

2º sorteio 06-11-12-32-33-35

5 números acertados-124 apostas ganhadoras, R$ 958,67 4 números acertados-2676 apostas ganhadoras, R$ 6,00 3 números acertados-26902 apostas ganhadoras, R$ 2,00

14/2/2016

Quina Concurso nº 4311

Sorteio 02-09-41-72-73 Quina - 5 números acertados Não houve acertador Quadra - 4 números acertados 52 apostas ganhadoras, R$ 6.989,67 Terno - 3 números acertados 4726 apostas ganhadoras, R$ 115,64 Duque - 2 números acertados 118739 apostas ganhadoras, R$ 2,53

Conjuntos na área profissional, Lua e Júpiter fortalecem seu talento empreendedor e a articulação de ideias criativas que enaltecem seus projetos. Número da sorte: 857

Aquário 21/01 a 20/02 A proximidade entre Lua e Júpiter na nona casa e os trígonos de ambos com o Sol promovem reflexões importantes que lhe ajudam em um planejamento coeso da vida e na superação de dificuldades. Número da sorte: 748

Peixes

21/02 a 20/03

A Lua forma conjunção com Júpiter e trígono com o Sol no circuito de crise, intensificando sua sensibilidade e lhe predispondo a uma postura introspectiva, buscando o autoconhecimento. Número da sorte: 564

Cursos de instrutor de trânsito e de Libras recebem inscrições Lajeado - A Univates está com inscrições abertas para cursos de Educação Continuada na área de educação e ensino. Os interessados podem se inscrever para aulas de “Formação de Instrutor de Trânsito”, que busca qualificar interessados para serem instrutores de trânsito, e no curso de

“Libras - noções básicas”, que visa a possibilitar conhecimentos básicos da Língua Brasileira de Sinais. Para participar do curso de instrutor de trânsito, é necessário ter mais de 21 anos, Ensino Médio completo e estar habilitado a dirigir há, no mínimo, dois anos. Após a inscrição, que

pode ser feita até o dia 20 de fevereiro, será agendado um teste psicológico. Se aprovado, o aluno deve efetuar a sua matrícula até 23 de fevereiro. As aulas começam no dia 3 de março e encerram-se no dia 7 de julho. O investimento para participar é de R$ 105,00 para o exame psicológico e de

seis parcelas de R$ 328,00 para a realização do curso. Nos dois cursos, estudantes dos cursos técnicos, de graduação e pós-graduação e diplomados de graduação da Univates recebem 10% de desconto. As inscrições podem ser feitas no Núcleo de Educação Conti-

nuada (sala 110 do Prédio 1) ou pelo site www.univates.br/inscricoes/extensao. Mais informações podem ser solicitadas pelos telefones (51) 3714-7011 ou (51) 3714-7000, ramais 5209 ou 5210, ou pelo e-mail educacaocontinuada@univates.br.


10

A HORA · QUARTA-FEIRA, 16 DE FEVEREIRO DE 2017

classihora@jornalahora.inf.br | LIGUE 3710-4222 E ANUNCIE

EMPREGOS

VEÍCULOS

ARROIO CEL: consertos, acessórios, desbloqueio, celular, chip, cartão operadoras. Tr.: 3716-2218/92055373

VEÍCULOS CHEVROLET Celta LS 1.0 2011/2012.Básico, Ar quente e limpador e desembaçador traseiro. Único dono, manutenção em dia. Tr. 51 99683 4189. R$ 17.500,00. Aberto p/ negociação!

MOTOS Vendo Titan Fan 2009, preta, c/ partida e baú. R$ 3.500,00. Aceito troca. Tr. (51) 999567659.

Marcenaria Althaus - móveis projetados,TUDO em aberturas. Contate pelos Fones: (51)9613-6912/9454-6342. SBL- Esquadrias e consertos em ferro e alumínio.Tr.: 99182-2561 com Sérgio PERFORMANCE VIDROS-Execução e acabamento ao seu alcance! Fachadas de vidro, temperado e laminado, vidros residenciais, tampos, espelhos, box e outros. Tr.:99571-2199/9 9934-5015 AZULEGISTA PREMIUM -Colocação de pisos e porcelanato. Contato:9 92687647/ 98410-1822 c/ Valdir A. Krüger

CASA/JARDIM MÓVEIS FERRARI móveis e esquadrias planejados e sob medida, restaurações. Tr.: 99744-7962 JARDINAGEM manutenção, montagem e podas em geral. Tr.: 99916-5101

NEGÓCIOS Vende-se 2 pneus 195/65, aro 15, Duranza. R$ 150,00. Tr. 993410695.

SERVIÇOS CONSTR./REF VENDE-SE e instala-se ar condicionados de 9, 12 e 18, e 24 mil btus , com garantia, ótimo Preço. Fone: 51 998093546 51 98202-9712 COLOCAÇÃO DE PISO CERÂMICO, PORCELANATO E PISO LAMINADO.Tr.:981561145 whats Anjos da Refrigeração - conserto de máquinas de refrigeração, instalação de ar condicionado split, lavadora e secadora. Mais de 20 anos de experiência. Rua Alma Lawall, 344 - Centenário/Lajeado. Contate: (51)9131-0748 ou (51)3748-0465

Sidnei Gesso - decoração em gesso, sancas, molduras roda forro, divisórias em gesso acartonado e gesso em geral. Tr.: (51)997948098 ou e-mail: gessosidnei@gmail.com Dessoy e Dossena Ltda-Pinturas, roçadas, jardinagem, colocação de pisos, montagem de móveis,instalação elétrica e hidráulica, limpeza e lavagem com lava-jato, e outros serviços.Fone: 9 9217-7073 Fabio / 9 92604930 e Camila

CHAP/MEC MECÂNICA Egomar: injeção Eletrônica, motor, caixa, suspensão e freio. Tr.: 3710-1733 LEURY PELÍCULAS: Películas automotivas e residenciais. Tr.: 3748-7641 ou 99636-8449. MECANICA DO SILVIO manutenção freio, ar, embreagem em geral. Tr.: 998338059 / 99587-5847 Metalúrgica Buhl - Esquadrias de inox, alumínio e ferro. Rua Pará, 236. Bairro dos estados - Estrela. Contate (51)37122991/98632-2991 ou e-mail: valdirbuhl@oi.com.br

DIVERSOS L.A Lava Car - Estacionamento, Jet cera, lavagem (expressa, completa, tapetes residenciais). Lavagem completa de 2ª a 5ª R$ 24,00, 6ª e sab. R$ 30,00. Rua Pinheiro Machado, 696 Centro/Lajeado. Tele-busca (51)992107335 Auto Elétrica Merlo - alternador, motores de partida, limpadores, peças e serviços de elétrica em geral. Rua Maurício Cardoso, 181- São Cristóvão - Lajeado. (51)99371-9629 Auto Estofamento Aquimo - restauração de estofados para veículos inclusive carros antigos. BR 386 km 341 Conventos/Lajeado, em frente do Restaurante Panelão. (51)3748-9816"

SERVIÇOS

IMÓVEIS SP Portaria. Segurança 24h para o seu negócio! Tr.: 99805-2396

DIVERSOS LOJA Fina Estampa Roupas e Acessórios. Rua Adão Henrique Fett, 167, B. Boa União, Estrela-RS. Tr.: (51) 999260594 TRANPORTES BUNEKER LTDA. Fretamento, transporte escolar e turismo. Contato: (51)3762-6435 e (51)998182877 TAFARELL Lanches, com tele-entrega, bairro centro em Lajeado. Tr.: 3709-0232

BAR e MERCADO GOMES de Verena Gomes de Oliveira - Linha Ano Bom - Colinas. Contato: 3760-4141 SCHNEIDER CONSTRUÇÕES - Entregamos sua Casa pronta. Faça seu orçamento. Av. São Pedro, 908 - Poço das Antas. (51)37731163/99714-1992 B. KLEIN VARIEDADES aluguel de roupas de festas e 1ª eucaristia, aviamentos e patchwork, confecções feminino e masculino. Centro/ Santa Clara - acima da Certel – (51)3782-1193

ANGELARTS-Adesivos, Logotipos,Criações, Cartões e Banners.Entre em Contato:51 3716-2383/ 51 991818514 PADARIA BUTH Saborosas cucas recheadas e pães para lancherias. Atende Teutônia e Westfália. FONE: 051 99289-0168

NEGÓCIOS ANIMAIS Patinha Pet Shop - Tudo para seu amiguinho se sentir em casa. Banho e tosa anexo a loja ,Av. 28 de maio, 1148 Santa Clara do Sul. Tele-busca (51)994555971 (51)997682285


Cidades

A HORA · QUINTA-FEIRA, 16 DE FEVEREIRO DE 2017

11

CRE ajusta detalhes para volta às aulas Cerca de 2,5 mil professores integram o quadro das 88 escolas estaduais da região THIAGO MAURIQUE

Vale do Taquari

Para abril, está prevista a realização do projeto de curtas-metragens produzidos pelos grêmios estudantis. Intitulado “A vida é intertextual”, a proposta culmina em um evento dedicado à exibição do material produzido pelos alunos. Ainda está prevista a realização de um seminário para os responsáveis pelos alunos. “Entendemos que a escola só terá sucesso com a participação dos pais”, afirma Greicy.

D

iretores e coordenadores pedagógicos da área de abrangência da 3ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE) se reuniram ontem, em Lajeado, para debater ações e organizar o ano letivo das escolas estaduais. O evento ocorreu no Colégio Castelo Branco, em Lajeado, e teve a presença de representantes dos 88 colégios da rede pública. De acordo com a coordenadora da 3ª CRE, Grecy Weschenfender, o encontro serviu para troca de ideias diante da perspectiva de um ano difícil financeiramente. Segundo ela, buscarão parcerias, além de uma gestão mais próxima das escolas para superar eventuais empecilhos. “Hoje é um dia profícuo e só temos a agradecer aos gestores e professores comprometidos em receber da melhor forma possível nossos 21 mil alunos.” Conforme Greicy, no ano passado as escolas elaboraram regimentos que estão em análise na Coordenadoria. Lembrando que cada educandário tem autonomia para definir seus currículos e ressalta a seriedade do trabalho realizado. “Respeitamos a realidade de cada escola e não podemos perder de vista o início da Base Nacional Curricular, ainda em discussão”, ressalta. Lembra ainda da necessidade de discutir o novo Ensino

OBRAS EM ANDAMENTO

Encontro de diretores e coordenadores pedagógicos da rede estadual ocorreu ontem, no colégio Castelo Branco, em Lajeado

Médio, que deve ser implementado a partir de 2019. “Estamos lendo e analisando a proposta, não podemos nos posicionar contra ou a favor sem ter conhecimento”, alega. De acordo com a coordenadora, a mudança é debatida fazem mais de 20 anos e precisa acontecer. Entretanto alguns pontos aprovados ainda precisam de revisão e diálogo. Em relação ao número de docentes, Greicy assegura que as escolas estarão com o quadro completo. Segundo ela, podem ocorrer situações pontuais em casos onde os servidores pedem dispensa. “Ontem duas profes-

Prazo para entrega do Talão encerra hoje, adverte Secretaria Paverama A Secretaria Municipal da Agricultura e Meio Ambiente comunica a todos os agricultores que possuem talão de produtor no município, para fazer a apresentação dos blocos no setor de talões junto a Secretaria da Agricultura e Meio Ambiente. Os talões a se-

rem apresentados são os que estão em uso, com movimentação ou sem movimentação. Os talões devem ser apresentados na sede da pasta até hoje, na Rua 4 de Julho, nº 7098, nos seguintes horários: Pela manhã das 7h30 às12h e à tarde das 13h30 às 17h. Mais informações podem ser obtidas pelo fone (51) 3761-1102.

soras pediram desligamento por terem sido nomeadas em concursos municipais, mas rapidamente agimos para suprir essas faltas”, aponta. Cerca 2,5 mil professores compõem o quadro de docentes.

Projetos pedagógicos Em 2017 a 3ª CRE aposta em ações que visam divulgar a cul-

tura da Paz. Entre as propostas estão o aperfeiçoamento das Comissões Internas de Prevenção de Acidentes e Violência Escolar (Cipaves). Formadas por representantes de alunos, pais, professores, funcionários e das direções, as comissões realizam um trabalho permanente de conscientização e prevenção de conflitos.

De acordo com a Coordenadoria, até junho serão finalizadas obras de melhorias que somadas chegam a R$ 3 milhões. Entre elas estão a cobertura dos ginásios da Otília Corrêa de Lima, em Lajeado e Guararapes em Arroio do Meio. Também estão em andamento a reparação na infraestrutura do colégio Santo Antônio, em Lajeado, e a reforma geral da escola Assunção de Taquari.


12

Cidades

A HORA · QUINTA-FEIRA, 16 DE FEVEREIRO DE 2017

Mais de 10 mil alunos retornam à Univates Instituição atende acadêmicos de 140 cidades ANDERSON LOPES

Lajeado

P

ara os 10,8 mil estudantes da graduação, sequencial, pós-graduação e cursos técnicos as aulas iniciam hoje. São 303 matriculados a mais do que em 2016, quando foram registrados 10,4 mil inscritos. A instituição que acolhe universitários de 140 cidades do Estado, prepara recepção para os estudantes e para os 29 intercambistas inscritos neste ano. Na aula inaugural, DJs no campus, shows de voz e violão, pocket show com a banda Hello! Ms.Take e intervenções artísticas e culturais. Haverá iluminação especial em torno do laguinho. Lajeado é a cidade que mais matricula alunos na Univates. São 3,9 mil. O curso de Direito é o líder de procura. O centro de ensino tem 178 alunos em cursos de Educação Continuada nestes dois primeiros meses do ano. A instituição registrou três cursos em processo de descontinuação para 2017. Engenharia de Alimentos, Química Industrial e Redes de Computadores tiveram baixa procura e novas vagas não serão oferecidas. Quem estiver cursando, terá a conclu-

Intervenções artísticas, shows e integração são atrativos da recepção

são garantida. Conforme a coordenadora da Comissão de Acolhida, Neri Teresinha Salvi, as atividades proporcionam integração da comunidade acadêmica. “Queremos acolher das mais diferentes formas. É um momento especial.”

1,6 Gbps de internet Conforme sugerido por estudantes na Avaliação Institucional, área de Tecnologia da Informação (TI), os acadêmicos, funcionários e professores terão disponíveis 1,6 Gbps de internet. Um aumento de 80% na velocidade em comparação com o ano passado. O estacionamento dos ônibus atrás do Prédio 16 rece-

beu cobertura completa do sinal wi-fi. Outra novidade são os totens de consulta com tecnologia touchscreen. É um teste para verificar se essa é uma alternativa para os terminais de consulta disponíveis no campus. Um sistema de cache do Google tornará o acesso às aplicações Google for Education muito mais rápido na rede da Univates. Os dispositivos também devem facilitar o novo sistema de impressões nos totens de autoatendimento instalados nos Prédios 12 e 18 e na Biblioteca. É possível acessar com o Cartão Institucional ou com o usuário e senha de aluno.

Reunião de famílias do CRAS será dia 22

Caps AD tem televisor furtado

Imigrante

Lajeado

O Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) convoca todos os pais das crianças e adolescentes inscritos nos programas de Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos para reunião que será realizada no dia 22 de feverei-

ro, às 17h30min, no Auditório da Escola Estadual 25 de Maio. O encontro terá como tema “Valores”, mais informações podem ser obtidas diretamente no CRAS, localizado na Rua Guilherme Ernesto Lagemann, 516, no Centro de Imigrante, ou pelo telefone (51) 3754 1220, em horário de expediente.

O Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (Caps AD) foi arrombado na madrugada do dia 14, e teve uma televisão de LED de 32 polegadas furtada. A tramela do portão que delimita o espaço com a calçada de passeio, assim como a tramela de uma porta que dá acesso ao primeiro pavimento do prédio foram torcidas até quebrar. Segundo a enfermeira Franciele Schmitz, além da televisão, foi furtada uma manta que ficava sobre um dos sofás da sala de convivência. Ela salienta que foi a primeira vez que o Caps AD foi arrombado. “


A HORA · QUINTA-FEIRA, 16 DE FEVEREIRO DE 2017

13


14

Cidades

A HORA · QUINTA-FEIRA, 16 DE FEVEREIRO DE 2017

Multimulher começa com Arte na Escadaria Campanha ocorre em março e chega na 11ª edição BRUNA NUNES BRAUN/DIVULGAÇÃO

Estrela

D

urante o mês de março, quando é comemorado o Dia Internacional da Mulher, a administração de Estrela promove a 11ª edição do Multimulher. O evento em parceria com diversas entidades do município, começa no dia 5. Na abertura, haverá uma edição especial do Arte na Escadaria, na Rua Arnaldo J. Diel. Nesta ocasião serão oferecidos serviços gratuitos às mulheres por salões de beleza e de estética. No mesmo dia será realizada a 3ª edição da Só Elas, com corrida, caminhada e kangoo. Já no dia 8, o município faz a entrega do Troféu Multimulher, que vai distinguir mulheres em dez categorias: Agricultura, Artes e Cultura, Batalhadora, Educadora, Empreendedora, Liderança Social, Liderança Comunitária, Nossa História, Servidora Pública, Voluntária. O evento ocorre em paralelo ao 19º Encontro Regional das Trabalhadoras Rurais, promovido pela Regional Sindical do Vale do Taquari, no Centro Comu-

Reunião nesta semana ajustou detalhes da 11ª edição do Multimulher

nitário Cristo Rei. No dia 13, haverá palestra da Zoraia Sesti Lahude, no salão de eventos do Hospital Estrela. A consultora de estilo fala sobre a importância da imagem pessoal e profissional. A programação segue com o Chá da Integração, dia 18, na sede da Associação de Moradores do Bairro das Indústrias. Já no dia 24, o público poderá participar de um show de humor com Beto Pires, na Soges. No local também ocorre o leilão promovido pela Faculdade La Salle em parceria com o Lions Clube. Os ingressos custam R$ 15.

Venda de camisetas A venda de camisetas alusivas ao Multimulher começa na próxima semana. As peças estão disponíveis por R$ 25, na sala da Liga Feminina de Combate ao Câncer da Comunidade Evangéli-

ca. Também serão vendidas pelas voluntárias da Liga, aos sábados, no calçadão.

Solidariedade A arrecadação derivada dos eventos realizados durante o Multimulher será revertida para entidades como o Hospital Estrela, Liga Feminina de Combate ao Câncer e Associação de Mulheres Estrelenses.

Parceria Na última terça-feira, 14, representantes das entidades organizadoras começaram os preparativos das atividades. O Multimulher é promovido pelo Governo de Estrela, Liga Feminina de Combate ao Câncer, Emater, Associação de Mulheres Estrelenses, Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Estrela, Lions Clube, Rotary Club, Hospital Estrela, Faculdade La Salle, Apae e Arte na Escadaria, com apoio da Soges e da Câmara de Vereadores.


A HORA · QUINTA-FEIRA, 16 DE FEVEREIRO DE 2016

PATROCÍNIO:

Copa Cigha

Lajeadense decide vaga para a final em clássico Partida contra o Avenida ocorre na Arena Alviazul, às 20h30min EZEQUIEL NEITZKE

Dois jogos movimentam o Torneio de Férias CTC O Torneio de Férias/Lojas Calci do Clube Tiro e Caça realiza hoje mais uma rodada. A partir das 19h, duas partidas movimentam os associados. Os jogos definem a última equipe classificada para as quartas de final e a primeira semifinalista. Às 19h jogam Amnésia e Aliança. Quem perder dá adeus ao torneio. Quem vencer enfrenta o Rebordose nas quartas de final. Às 20h, o Shark Ataque disputa com o Supérfluos uma vaga na semifinal. Quem perder também se despede do campeonato.

Coroas Mirim D é o primeiro finalista No duelo dos últimos times invictos, o Coroas Mirim D venceu o Aliança por 4 a 2 e se tornou o primeiro finalista do Torneio de Férias. Josimar da Rosa, o “Índio” Tadeu Scherer, Dimiti e Rodrigo Johann, o “Padre” marcaram para o Coroas Mirim D. Markus Konzen e Tiago Unnewehr fizeram para o Aliança. Agora o Coroas Mirim D aguarda o adversário da decisão.

Avates inicia temporada Voleibol Técnico Rodrigo Bandeira encaminhou a equipe que disputa a partida de volta da Copa Cigha

A

Arena Alviazul sedia hoje o primeiro jogo oficial da temporada. A partir das 20h30min, o Lajeadense recebe o Avenida, de Santa Cruz do Sul, pela partida de volta da semifinal da Copa Cigha. Ingressos serão vendidos somente na hora ao preço de R$ 20 (cadeiras e visitantes) e R$ 15 (arquibancada social). Após vencer a partida de ida

por 1 a 0, um empate garante o time na decisão. Caso o Avenida vença por uma diferença de um gol, a decisão de quem avança vai para as penalidades. Vitória com uma diferença de dois ou mais gols dá a vaga ao time do Vale do Rio Pardo. Para a partida, o treinador Rodrigo Bandeira deve mandar a mesma equipe que iniciou a partida de segunda-feira. Pau-

lo Henrique, Luís Felipe, Danilo Mendes, Basso, Vinícius Kaiser, Índio, Emerson Dantas, Ariel, Marquinhos, Cidinho e Flávio Torres. Na outra semifinal, o Guarani, de Venâncio Aires, venceu o FC Santa Cruz por 4 a 3 e está a um empate da decisão. A partida de volta ocorre amanhã, no Estádio dos Plátanos, em Santa Cruz do Sul, às 20h30min.

Nessa segunda-feira, foi realizada a reunião inicial da temporada 2017 das equipes de voleibol feminino da Associação Vale do Taquari de Esportes (Avates) e do Colégio Martin Luther, de Estrela.

A apresentação oficial das atletas foi realizada no auditório do colégio. Após breve explanação do calendário de competições, horários dos treinamentos e projeções para o ano, foi dado início ao trabalho com avaliações físicas e primeiras atividades

Fase eliminatória ocorre em Lajeado Circuito Verão Sesc Entre os dias 20 de fevereiro e 4 de março o Parque Professor Theobaldo Dick sedia uma etapa do Circuito Verão Sesc de Eswocorrem sempre a partir das 19h, nas modalidades de Beach Soccer Masculino (dias 20, 21 e 22 de fevereiro) e Feminino (23 de

fevereiro e 2 de março), Vôlei de Areia Masculino (23 de fevereiro) e Feminino (21 de fevereiro) e Futvôlei (22 de feveiro). As finais ocorrem no dia 4 de março. As equipes campeãs em cada modalidade disputarão a final estadual em Torres entre os dias 11 e 12 de março. Podem participar pessoas com mais de 16 anos.


Jornalismo / redação: ahora@jornalahora.inf.br Publicidade: comercial@jornalahora.inf.br Assinaturas: assinaturas@jornalahora.inf.br

Lajeado, Quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

DIVULGAÇÃO

Grêmio

STJD mantém multa por invasão de campo Presença de Carol no gramado custou ao clube R$ 50 mil LUCAS UEBEL

Destaque da Ponte Preta, Pottker está bem próximo de fechar com o colorado

Direção fica próxima de anunciar atacante William Pottker Internacional

Kannemann voltou a treinar com o grupo de jogadores do Grêmio. Atleta deve iniciar partida de domingo como titular

O

Grêmio bem que tentou reverter a multa aplicada pela presença de Carol Portaluppi no gramado da Arena na festa do penta da Copa do Brasil, mas a tentativa foi em vão. O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) negou o recurso apresentado pelo clube, em julgamento ontem, e manteve a pena de R$ 50 mil pelo ingresso da filha do técnico Renato Portaluppi no campo. O Tricolor terá de pagar R$ 3

mil, referentes ao uso de sinalizadores e arremessos de bobina por parte da torcida durante a partida. No julgamento anterior, o clube ainda recebeu advertência pelo atraso na partida, e Kannemann foi absolvido por confusão com Erazo, ao final da decisão. Além destes casos, o Grêmio também tem uma pendência do ano passado: o julgamento do recurso do clube gaúcho a pena imposta a Edílson, lateral-direito que sequer estreou em 2017, por conta das

agressões a Rodrigo Dourado no Gre-Nal. Ele foi punido com cinco jogos de suspensão, mas liberado após cumprir duas partidas com pedido de efeito suspensivo.

Kannemann volta aos treinos O treino de ontem teve uma novidade. O zagueiro Kannemann voltou a treinar com o grupo. Os lesionados Luan, Jael, Pedro Rocha, Beto da Silva e Edílson continuaram sem participar das atividades e não tem previsão de retorno

A contratação de William Pottker, 23, avançou. Internacional e Ponte Preta se reuniram nas últimas horas e registraram progresso no acordo pelo atacante. Além de pagamento parcelado, o clube gaúcho deverá emprestar Fernando Bob. Além do empréstimo do volante, o colorado pagará um valor a Ponte Preta: cerca de dois milhões de euros (R$ 6,5 milhões na cotação atual) por 70% dos direitos do centroavante. O Inter usou o interesse da Ponte Preta em Bob para ganhar terreno. Depois do negócio frustrado com o Corinthians, Pottker recebeu sinalização de aumento salarial e luvas. Uma espécie de compensação. Com as tratativas em andamento, Fernando Bob sequer foi relacionado para a estreia do

Inter na Copa do Brasil ontem. O volante aguarda, em Porto Alegre, sinal verde para embarcar rumo a Campinas. Marcelo Cirino está perto do colorado Marcelo Cirino trocará o Flamengo pelo Internacional. Ontem, o Colorado chegou a um acordo com o Atlético-PR e agora depende de detalhes burocráticos para confirmar a transferência. Atualmente emprestado ao Flamengo, o atacante assinará com o time gaúcho mediante empréstimo do volante Eduardo Henrique ao Furacão. Cirino sequer foi relacionado para o jogo do Flamengo diante do América-MG, em Brasília, válido pela Primeira Liga. O atacante ainda precisa acertar salários com o Inter, mas a fase avançada do negócio rende otimismo aos envolvidos.

AH - Principal | 16 de fevereiro de 2017  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you