Page 1

CABO VERDE

MAIO 2018

P R OJ E TO MISSIONÁRIO

   Grimaldo Nunes Medeiros


APRE SE NTA Ç Ã O DO PR OJE TO ! Or neglected agreeable of discovery concluded oh it sportsman. Week to time in john. Son elegance use weddings separate. Ask too matter formed county wicket oppose talent. Mais de 85% da população é Católica Romana, de acordo com uma pesquisa informal feita pelas igrejas locais. A maior denominação protestante é a Igreja do Nazareno. Outros grupos incluem Adventista do Sétimo Dia, A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias (Mórmons), as Assembleias de Deus a Igreja Universal do Reino de Deus, e outros grupos Evangélicos e Pentecostais, somando cerca de 10% de cristãos (não católicos). Existem pequenas comunidades Bahá’í e um pequena (mas crescente) comunidade Muçulmana (4%). O número de ateus é estimado em menos de 1 % da população. Não há associação entre as diferenças religiosas e étnicas e as afiliações políticas, no entanto, a hierarquia católica é simpática para o Partido Movimento para a Democracia (MPD), que governou o país de 1991 a 2001. Enquanto que muitos católicos foram uma vez hostis ao Partido Africano para a Independência de Cabo Verde (PAICV), que passou a ser o partido governante, em 2001, alguns se tornaram apoiantes do PAICV, devido a um conflito no seio do MPD ao longo do último mandato. Existem grupos missionários estrangeiros que operam no país.. A Constituição prevê a liberdade de religião, e o Governo geralmente respeita este direito na prática. O governo E.U. não recebeu relatos de abusos sociais ou discriminação com base na crença religiosa ou prática. Em parceria com o Projeto Semeadores e com a ajuda de Jesus estaremos indo às almas de Cabo Verde para a Glória de Deus.

ARTE E DIAGRAMAÇÃO JOÁS INACIO joasinacio.blogspot.com


sumário 4 QUEM SOMOS Somos obreiros no campo de Caratinga/MG com bom relacionamento com campos vizinhos bem como campo de Cel. Fabriciano/Ipatinga,Campo de Ipanema dentre outros.

8

página 4

O QUE É O PROJETO SEMEADORES

Assembléia de Deus Campo de Caratinga, desde 1937 atua firmemente na pregação do evangelho e no discipulado, afim de alcançarmos ...

12 PALAVRA DO DIRETOR Motivados pelo amor de Deus temos levado a Boa Semente da Palavra para os corações de muitos cristãos alcançados em diversos países ...

14

NOSSO PAÍS ALVO

Cabo Verde, oficialmente República de Cabo Verde, é um país insular localizado num arquipélago formado por dez ilhas vulcânicas ...

18 OBJETIVOS

página 6

Queremos ver Cabo Verde adorando o verdadeiros Deus. Tendo a realidade deles redimida pela verdade do evangelho, que traz justiça, paz e fortalece o amor fundamental a família ...

20 RECURSOS RECUSOS HUMANOS, Nossa família e obreiros visitantes e novos convertidos e novos

página 9

página 10

obreiros nativos.. RECURSOS MATERIAS, Bíblias, revistas, folhetos para evangelismo, caixa de som, cadeiras, instrumentos musicais, microfones ...

20 RISCOS E ALTERNATIVAS Sabendo ser um Pais cuja economia gira em torno de turismo e que 95% da populaçao é catolico e com o apoio do governo, estamos amparando o projeto ...

22 DESAFIO No alcance dos alvos com os quais estamos comprometidos, temos como próximo passo ampliar nosso alcance para as demais ilhas de Cabo Verde ...

página 15

PROJETO CABO VERDE 

3


A P R E S E N TA Ç Ã O

QU E M SO M O S ?

Somos obreiros no campo de Caratinga-MG com bom relacionamento com campos vizinhos bem como campo de Cel. Fabriciano/Ipatinga, Campo de Ipanema dentre outros. Grimaldo Nunes Medeiros

4 

PROJETO CABO VERDE


A P R E S E N TA Ç Ã O

V

INDO DE FAMÍLIA humilde órfão de pai mas com carinho de minha mãe Aparecida Nunes de Souza me ensinou o caminho da humildade passando pela oração e não deixava que faltasse a Escola Bíblica Dominical. Meus irmãos Rubens Nunes Medeiros e Roseny Nunes Medeiros grandes companheiros nesta caminha. Minha esposa Josiane de Oliveira Marques Medeiros que já atuou como regente do conjunto de jovens e agora como secretária de missões. Meu filho Joao Medeiros Neto faz 18 anos em agosto/2018; Membro da igreja, participa do conjunto de jovens e assíduo na escola Dominical. Meu filho Lucas Gabriel Marques Medeiros, com 15 anos membro da igreja, está no conjunto de adolescentes é vocal do grupo e também aluno assíduo na EBD. Minha filha Gabriela Marques Medeiros faz 11 anos em setembro/2018 está no conjunto de crianças atua como vocal e também aluna assídua da EBD e já auxilia os professores. PORTANTO, SOMOS UMA família que decidimos obedecer ao chamado de Deus, amando-o e em gratidão servindo ao Reino, anunciando o evangelho de Cristo por onde passarmos. SEMPRE ATUANDO COMO professor de

EBD/ superintendente e secretário de missões dentre outras atividades de apoio aos nossos pastores Regionais. REALIZAMOS O 15° encontro de missões, já desenvolvemos escolas bíblicas de férias, cruzadas evangelísticas, cultos “relâmpagos” e também nos lares.

D

ESENVOLVEMOS ESTES TRABALHOS, juntos em parceria com Dc. Rubens, passamos pelo conselho de missões em Caratinga e também realizamos muitas viagens missionárias em regiões do Brasil e também trans-cultural (Cuba, Paraguai, Holanda, Israel, Ucrânia, Guiné Bissau, Portugal e Cabo Verde) e vários intercâmbios com missionários que vieram em nossa cidade. ATENDO AO MINISTÉRIO como Evangelista realizando cultos e ministrando a palavra de Deus em culto e estudo Doutrinário; tendo cursado vários cursos: Técnico em contabilidade, bacharel em Administração de Empresas e Direito, exercendo advocacia e na área empresarial e mestrando em teologia pela FAETEO.

PROJETO CABO VERDE 

5


SEMEADORES

PROJ E TO SEM E ADO R E S O QUE É O PROJETO SEMEADORES Da Secretaria de Missões da Assembleia de Deus Caratinga-MG

www.projetosemeadores.org

| (33) 3321. 3951

6 

PROJETO CABO VERDE


SEMEADORES

A

ASSEMBLÉIA DE DEUS Campo de Caratinga, desde 1937 atua firmemente na pregação do evangelho e no discipulado, afim de alcançarmos os nossos propósitos e cumprirmos a nossa missão como Igreja. Presidia pelo Pastor Ary Ferreira Coelho a mais de 40 anos, a ADECC segue avançando a carreira que nos esta proposta. A SECRETARIA DE Missões da igreja Evangélica Assembléia de Deus “OS SEMEADORES”, tem por objetivo principal, a divulgação do evangelho de Cristo no Brasil e no mundo. Para tanto, prepara, envia e sustenta missionários em busca das almas. Pela misericórdia de Deus e com apoio de voluntários, atuamos em diversas cidades do Brasil e ao redor do mundo.

SemeadoresOficial @ProjetoSemeadores @somossemeadores

MAIS www. PROJETO SEMEADORES .com PROJETO CABO VERDE 

7


SEMEADORES

PALAVRA DO DIRETOR

P

ALAVRA DO DIRETOR DO PROJETO SEMEADORES Motivados pelo amor de Deus temos levado a Boa Semente da Palavra para os corações de muitos cristãos alcançados em diversos países. Nós, de fato, estamos fazendo uma grande obra, por isso não podemos parar. Creiam, orem e invistam cada vez mais em missões. Pois, havendo boa vontade na continuidade da cooperação, teremos recursos para avançar ainda mais no trabalho missionário. Esta grande obra é um esforço coletivo entre todos os Semeadores ( Missionários, Igreja, contribuintes, organização do Projeto Semeadores e todos os envolvidos). Me apaixonei por Missões muito cedo como secretário de Missões da Igreja que congregava, adotando missionários e projetos infantis, daí em diante essa chama missionária toma conta cada vez mais do meu coração. Hoje nossa secretaria

desenvolve e apóia vários proje- o Senhor tem te dado: seus talentos de alfabetização e nutrição a tos, finanças, orações.... crianças carentes como o Projeto Resgate no Ceará, o Projeto 4 por 14 e Aajun no Peru, iniciamos o Novo Projeto na África ( GuinéBissau) onde mais de 120 crian- TODOSJUNTOSPORMISSÕES

#

Esta grande obra é um esforço coletivo entre todos os Semeadores ( Missionários, Igreja, contribuintes, ... e todos os envolvidos) ças recebem lance e educação escolar e têm acesso ao esporte e lazer oferecidos pelos missionários em projetos sociais/evangelísticos; em seqüência ( Cabo Verde) como um projeto em parceria está em andamento desde o momento em que espiamos o País, para o envio de mais uma família de missionários aquela nação. Seja você também um participante destes projetos, contribuindo com o que

D

EUS ABENÇOE SEMPRE sua vida e seus sonhos. PAZ!

PR. WELLITON da Silveira

GUINEA Viagem missionária a Guiné Bissau acompanhando o Pr. Welliton.

8 

PROJETO CABO VERDE


MISSĂ•ES

NOSSAS LIDERANÇAS

đ?&#x;™

Pr. Ary Ferreira

Coelho.

đ?&#x;š

Pr. Elizeu Elias Fer-

reira Coelho.

đ?&#x;›

Pr. Welliton Vieira

da Silveira.

đ?&#x;œ

Pr. Francisco de

Assis (Chiquinho).

PROJETO CABO VERDE 

9


A LVO

PAÍS ALVO | CABO VERDE Cabo Verde, oficialmente República de Cabo Verde, é um país insular localizado num arquipélago formado por dez ilhas vulcânicas na região central do Oceano Atlântico. A cerca de 570 quilômetros da costa da África Ocidental, as ilhas cobrem uma área total de pouco mais de 4.000 quilômetros quadrados.

navegação entre Europa, Índia e Austrália, a população aumentou de forma constante. No momento da sua independência de Portugal, em 1975, os cabo-verdianos emigraram para todo o mundo, de tal forma que a população no século XX com mais de meio milhão de pessoas nas ilhas é igualada pela diáspora cabo-verdiana na Europa, na América e na África.

A economia cabo-verdiana é principalmente focada no Os exploradores portugueses descobriram e coloniza- crescente turismo e em investimentos estrangeiros, ram as ilhas que se benefidesabitadas ciam do clima no século quente o ano XV, o pritodo, da paimeiro assensagem divertamento sificada e da europeu nos riqueza cultrópicos. tural, espeIdealmente cialmente localizado na música. para o comércio de escraHistoricamente, o nome “Cabo Verde” tem sido usado vos no Atlântico, o arquipélago prosperou e muitas para se referir ao arquipélago e, desde a indepenvezes chegou a atrair corsários e piratas, entre eles Sir dência, em 1975, ao país. Em 2013, o governo local Francis Drake, na década de 1580. As ilhas também determinou que a designação em português “Cabo foram visitadas pela expedição de Charles Darwin Verde” passaria a ser utilizado para fins oficiais, como em 1832. na Organização das Nações Unidas (ONU).

Apesar da escassez de recursos, uma eficiente gestão da economia tem produzido uma melhora das receitas do país.

O arquipélago foi ocupado e, conforme a colónia cresceu em importância entre as principais rotas de

10 

PROJETO CABO VERDE


A LVO

CULTURA:

de lagosta e atum não é completamente explorado[1].

Em todos os seus aspectos, a cultura de Cabo Verde caracteriza-se por uma miscigenação de elementos europeus e africanos. Não se trata de um somatório de duas culturas, convivendo lado a lado, mas sim, um terceiro produto, totalmente novo, resultante de um intercâmbio que começou há quinhentos anos.

O país tem anualmente um grande déficit comercial, financiado pela ajuda internacional e pelos muitos emigrantes espalhados pelo mundo, que contribuem com remessas financeiras que suplementam o PIB em mais de 20%. O turismo e a exploração do sal é outra fonte de receitas importante, contribuindo com mais de 10% dos 820 milhões de Euros do PIB de O caso cabo-verdiano pode ser situado no contexto Cabo Verde no ano de 2005[2]. comum das nações africanas, no qual as elites, que questionaram a superioridade racial e cultural euro- Apesar da escassez de recursos, uma eficiente gestão péia e que, em alguns casos, empreenderam uma da economia tem produzido uma melhora das receitas longa luta armada contra o imperialismo europeu e do país. Reformas económicas continuadas têm estipela libertação nacional, utilizam hoje o domínio dos mulado o setor privado e atraído investimento estrancódigos ocidentais como principal instrumento de geiro para diversificar a economia. As perspectivas dominação interna. futuras dependem enormemente da manutenção dos fluxos de ajuda, do estímulo ao turismo, às remesECONOMIA: sas dos emigrantes e ao resultado dos programas de desenvolvimento do governo. O país tornou-se Cabo Verde sofre com a escassez de recursos natu- membro da Organização Mundial do Comércio em rais, inclusive água, agravada pelas secas prolonga- julho de 2008. ▣ das e pelo solo pobre em várias ilhas. A economia é orientada para os serviços, sendo que o comércio, o transporte, o turismo e os serviços públicos representam cerca de 3/4 do PIB[1]. Apesar de quase 70% da população viver na zona rural, a agricultura e a pecuária são pouco desenvolvidas e têm pequena participação no PIB. Cerca de 73% dos alimentos têm que ser importados. O potencial da pesca, principalmente “Deus quer a evangelização do mundo, mas se nós nos recusarmos a ir até os confins da terra e anunciar este Evangelho a todos, incorremos no risco de estarmos nos opondo à vontade de Deus.”

PROJETO CABO VERDE 

11


CABO VERDE

HINO DE CABO VERDE

GEOGRAFIA:

Canta, irmão Canta, meu irmão Que a liberdade é hino E o homem a certeza. Com dignidade, enterra a semente No pó da ilha nua; No despenhadeiro da vida A esperança é do tamanho do mar Que nos abraça, Sentinela de mares e ventos Perseverante Entre estrelas e o atlântico Entoa o cântico da liberdade. Canta, irmão Canta, meu irmão Que a liberdade é hino E o homem a certeza.

Localização: Continente Africano Cidades Principais: Cidade da Praia, Mindelo e Porto Novo.

DADOS PRINCIPAIS: Nome Oficial: República de Cabo Verde Área: 4.033 km² Capital: Praia População: 530,1 mil habitantes (estimativa 2018) Nacionalidade: cabo-verdiana Governo: República Parlamentarista Divisão administrativa: 10 ilhas e 22 conselhos

Clima: tropical Densidade demográfica: 131,44 hab./km² (estimativa 2018). Fuso horário: UTC-1 Código telefone: +238 DADOS CULTURAIS E SOCIAIS: Composição da População: crioulos (71%), grupos étnicos autóctones (28%), europeus ibéricos (1%). Idioma: português (oficial) e crioulo. Religião principal: catolicismo (cerca de 85% da população) IDH: 0,648 (Pnud 2015) - índice de desenvolvimento humano médio. Esperança de vida: 72 anos Analfabetismo: 18% (estimativa 2016)

12 

PROJETO CABO VERDE


CABO VERDE

O Palácio Presidencial, construído no fim do século XIX para ser a residência do governador português. Está na zona chamada Plateau onde se encontram importantes edifícios públicos e outras construções como a Câmara Municipal e o museu etnográfico.

ECONOMIA: PIB (Produto Interno Bruto): US$ 3,6 bilhões (estimativa 2016) PIB per Capita: US$ 6.870 (estimativa 2016) Força de trabalho: 205 mil trabalhadores (estimativa 2018) Moeda: escudo cabo-verdiano RELAÇÕES INTERNACIONAIS: Organizações que participa: ONU (Organização das Nações Unidas), FMI (Fundo Monetário Internacional), Banco Mundial, e UA (União Africana). RELIGIÃO EM CABO VERDE: Mais de 85% da população é Católica Romana, de acordo com uma pesquisa informal feita pelas igrejas locais. A maior denominação protestante é a Igreja do Nazareno. Outros grupos incluem Adventista do Sétimo Dia, A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos

Dias (Mórmons), as Assembleias de Deus a Igreja Universal do Reino de Deus, e outros grupos Evangélicos e Pentecostais, somando cerca de 10% de cristãos (não católicos). Existem pequenas comunidades Bahá’í e um pequena (mas crescente) comunidade Muçulmana (4%). O número de ateus é estimado em menos de 1 % da população. Não há associação entre as diferenças religiosas e étnicas e as afiliações políticas, no entanto, a hierarquia católica é simpática para o Partido Movimento para a Democracia (MPD), que governou o país de 1991 a 2001. Enquanto que muitos católicos foram uma vez hostis ao Partido Africano para a Independência de Cabo Verde (PAICV), que passou a ser o partido governante, em 2001, alguns se tornaram apoiantes do PAICV, devido a um conflito no seio do MPD ao longo do último mandato. Existem grupos missionários estrangeiros que operam no país.. A Constituição prevê a liberdade de religião, e o Governo geralmente respeita este direito na prática. O governo E.U. não recebeu relatos de abusos sociais ou discriminação com base na crença religiosa ou prática.

TOPO ESQUERDO Prédios comerciais numa rua de Praia. CENTRO Palácio Presidencial de Cabo Verde, em Praia (capital e maior cidade de Cabo Verde).

ETIMOLOGIA O nome do país provém do vizinho Cabo Verde, na costa senegalesa, avistado por exploradores portugueses em 1444, alguns anos antes das ilhas serem descobertas. Em 24 de outubro de 2013, foi anunciado nas Nações Unidas que o nome oficial não deve mais ser traduzido para outras línguas. Em vez de “Cabo Verde”, a designação “República de Cabo Verde” está a ser usada.▣ PROJETO CABO VERDE 

13


A LVO | M I S S Ã O | VA LO R E S

ALVO MISSÃO

VALORES

PRINCÍPIOS

14 

PROJETO CABO VERDE

Ver comunidades, famílias e lideres, todos vivendo um evangelho que gera justiça e transformação para eles e para sociedades

Levar as pessoas a viverem de maneira digna do Senhor agradando-lhe em tudo, frutificando em toda a boa obra e crescendo no pleno conhecimento de Deus o qual deseja que todos homens sejam salvos...

• • • •

Verdade que transforma realidade Justiça e paz Amor Família.

• • • • • • • • • • • • • • • • • • • •

-Ouvir a voz de Deus -Intercessão -Meditação na palavra de Deus -Oração -Coração limpo e bom testemunho -Fé -Proclamar o evangelho -Discipulado -Treinamento -Trabalho em equipe -Unidade -Santidade -Generosidade -Transparência -Mordomia -Respeitar autoridades -Integridade -Perdão -Coragem -Renovação da mente


OBJETIVOS

OBJETIVO PRIMÁRIO

Queremos ver Cabo Verde adorando o verdadeiros Deus. Tendo a realidade deles redimida pela verdade do evangelho, que traz justiça, paz e fortalece o amor fundamental a família. OBJETIVO SECUNDÁRIO • Pessoas entendendo cristo

• Batismo

• Vidas se rendendo a Jesus

• Uma comunidade que não tenha do que se envergonhar

• Compreensão do amor a Deus e ao próximo

• Alegria das pessoas em estar na presença de • Reconhecimento da Bíblia como regra de fé e Deus pratica • Família dentro dos padrões bíblicos • Entendendo a Palavra • Justiça sendo um valor • Abandono da idolatria

METODOLOGIA

• Interseção e oração • Meditação na palavra • Oração nos lares • Visitas semanais as comunidades • Percorrer a cidade em busca de pessoas que deixaram o evangelho

• Visitar autoridades e instituições local. • Abrir casa culto até poder alugar um local. • Levantar recursos humanos fazendo discípulos. • Estabelecer Escola Bíblica Dominical.

PROJETO CABO VERDE 

15


RECURSOS

BENEFÍCIOS EXTERNOS Além das ilhas Caboverdianas Guiné-Bissau e Senegal.

RECUSOS HUMANOS Nossa família e obreiros visitantes e novos convertidos e novos obreiros nativos.

RECUSOS MATERIAIS Bíblias, revistas, folhetos para evangelismo, caixa de som, cadeiras, instrumentos musicais, microfones, carro para transporte.

EURO

MANUTENÇÃO FAMILIAR MENSAL

$ 1.875

ÁGUA & LUZ

EURO

$ 400

R$ 1.600

ALIMENTAÇÃO E HIGIENE

EURO

$ 750

16 

R$ 3.000

PROJETO CABO VERDE

EURO

$ 250

R$ 1.000

COMUNICAÇÃO

EURO

$ 150

R$ 600

R$ 7.500

ESCOLA DAS CRIANÇAS

EURO

$ 200

R$ 800

COMBUSTÍVEL

EURO

$ 125

R$ 500


DESAFIO

DESAFIO FINANCEIRO DESAFIO PASSAGENS SEGURO SAÚDE MÓVEIS

EURO

MANUTENÇAO E CAPTAÇAO DE RECURSOS DO PROJETO O projeto estava em observaçao pela diretoria analisando desde o ano passado, foi feito pesquisa de campo analisando o choque cultural e o impacto do projeto na naçao a ser alcançada/burocracias vem sendo vencidas de forma progressiva bem como o apoio ao pojeto por outras instituições o que está em andamento. Observando a manutenção da família missionária em primeira mão e futuramente adoção de obreiros nativos.

REAIS

Escola, pré-escolar e primário para crianças nativas é algo a ser analisado no local por ser objeto que também agrada o governo local e comunidade internacional. BENEFICIOS A COMUNIDADE ASSISTIDA Entendendo que o nosso tempo em Cabo Verde como família será de no mínimo 3 anos e que temos uma certa liberdade de pregar dentro de nossos espaços particulares bem como ruas e praças, para tanto estaremos alugando um local que nos dê condiçoes e esse é um dos benefícios que será desfrutado pela comunidade de Praia, capital do País e principal cidade da ilha de Santiago.

PROJETO CABO VERDE 

17


R I S C O S E A LT E R N AT I VA S

RISCOS E ALTERNATIVAS Sabendo ser um País cuja economia gira em torno de turismo e que 85% da populaçao é católico e com o apoio do governo, estamos amparando o projeto com missões já estabelecidos no País. Outro possível risco é de negativa de visto de permanencia. Portanto, para qualquer um dos riscos, temos uma alternativa que é a retirada do país e ida para GuinéBissau onde se encontra a missão dos Semeadores e outros projetos brasileiros.

18 

PROJETO CABO VERDE


DESAFIO

SOMOS GRATOS desde já por sua atenção e apoio.

DESAFIO

N

O ALCANCE DOS alvos com os quais estamos comprometidos, temos como próximo passo ampliar nosso alcance para as demais ilhas de Cabo Verde

Grimaldo Nunes e Josiane

CARATINGA - MG, 02 de MAIO, 2018.

LOGO, GOSTARÍAMOS DE estender nosso, convite à sua partipaçao neste projeto. NOSSO CONVITE É que o amado Pastor juntamente com a Igreja, extensivo também a empresários, patrocine parte do nosso orçamento familiar mensal, pelo período mínimo de 03 anos, de acordo com o que lhes parecer razoável. NÓS E NOSSA liderança nos colocarmos à sua inteira disposição para, se necessário, fornecer maiores informações.

____________________________ Grimaldo Nunes Medeiros

____________________________ Josiane O. M. Medeiros

PROJETO CABO VERDE 

19


Contribua com esse projeto:

SICOOB Credileste

AgĂŞncia 4346 Conta corrente 2994-7 Banco do Brasil AgĂŞncia 2106-7 Conta corrente 16.483-6

Projeto Cabo Verde  

Projeto de Missões no Cabo Verde Missionário Grimaldo Nunes

Projeto Cabo Verde  

Projeto de Missões no Cabo Verde Missionário Grimaldo Nunes

Advertisement