Page 1

USUI REIKI E ESTILOS DE VIDA

臼 井

ESPECIAL REIKI NAS FÉRIAS CAMINHADA PELA PAZ HOSPITAL DE REIKI EM VERMIL DICAS DE PRÁTICA

O8


A revista USUI, Reiki e Estilos de Vida, é uma revista online do CENIF, Centro Português de Investigação e Formação em Terapias Complementares, com o propósito de informar e apoiar os seus alunos e amigos.

ÍNDICE 6 10

36

Editorial CAMINHADA PELA PAZ NO MUNDO EM GUIMARÃES Caminhar pela paz, cultivar a paz PRÁTICA DE REIKI Especial Reiki nas Férias Reconquistar o poder pessoal Enviar Reiki para amigos Ser mais positivo com a prática de Reiki Como compreender a Missão de Vida Leitura de Verão com O Grande Livro dos Chakras e da Anatomia Energética Na vida, nem tudo corre bem mas isso até pode ser bom O que praticar? Cinco princípios para quando não consegues... ou te falta algo NOTÍCIAS E PROJETOS Celebrar o Dia das Virtudes do Imperador Meiji Projeto “Reiki – Cuidar de quem Cuida Reiki em Associações – Workshop de Reiki em animais na PRAVI Vamos ajudar a Associação amigos de quatro patas O sonho comanda a vida Cenif de Guimarães e da Amadora de mãos dadas em mais uma caminhada Hospital de Reiki na junta de freguesia de Vermil A natureza do ser humano Cenif na caminhada da Cercigui Causa Fundação Ronald McDonald Foi assim o Curso de Reiki em Animais no Algarve, com apoio à PRAVI e à Cadela Carlota & Companhia Calendário de Atividades Workshop De Voluntários Viagem a Marrocos O Caminho do Reiki WAKING DREAM THERAPY: O QUE É? O QUE TRANSFORMA?

72 74 94

TERAPIAS NATURAIS Limpar Cristais que “não precisam” ser limpos O que é uma leitura de aura A responsabilidade de uma leitura de aura TESTEMUNHOS E PARTILHAS Porque praticam Reiki Não estou sozinha Porque ir aprender reiki tão longe? A Doença, o meu maior Mestre ESTILOS DE VIDA O meu dia de Reiki no trabalho livros recomendados

CONTACTOS www.cenif.com | Escola@cenif.com


EDITORIAL

4

USUI


VERÃO... TAMBÉM COM REIKI Entramos em mais um período de Verão, de férias, ou de pelo menos uns dias mais agradáveis com predisposição ao convívio, ao ar livre, à mudança dos padrões de vida.

臼 井

Neste oitavo número da nossa Revista Usui, Reiki e Estilos de Vida, vamos abraçar algumas dicas para este verão, desde a mudança de atitudes, desintoxicação, entre muitos outros. Reiki é mesmo um caminho que nos traz grandes capacidades e uma delas, bem importante, é a capacidade de saber gerir os maus momentos. Querer felicidade, todos nós queremos, mas na verdade, o segredo está na capacidade de viver com os maus momentos e, para isso, o Mestre Usui indicou-nos cinco pilares fortes - a harmonia, a confiança, a gratidão, a diligência e a bondade. Muito obrigado a ti, que estás a ler esta revista e muito obrigado a todos os formadores e alunos do CENIF que participaram com artigos e ideias para a revista. Só por hoje, tem um dia feliz. João Magalhães e Sílvia Oliveira

Reiki e Estilos de Vida - CENIF

5


CAMINHADA PELA PAZ NO MUNDO EM GUIMARÃES


CAMINHAR PELA PAZ, CULTIVAR A PAZ Pelo segundo ano consecutivo, Sílvia Oliveira promoveu a Segunda Caminhada Noturna pela Paz no Mundo. Esta caminhada decorreu no dia 27 de Julho, na cidade de Guimarães e realizou-se entre as 21h00 e as 23h00, com um percurso pela horta pedagógica, estação e ciclovia, indo também até ao teleférico.


À semelhança do ano passado, os participantes percorrem as ruas de Guimarães com t-shirts brancas e lanternas. No fim do percurso, no Toural, formaram uma roda gigante, num gesto simbólico à Paz no Mundo.

ESTE ANO, A 2ª EDIÇÃO CONTOU COM MAIS DE DUAS CENTENAS DE PESSOAS E, DEVIDO À SATISFAÇÃO DOS PARTICIPANTES, O CENIF (CENTRO PORTUGUÊS DE INVESTIGAÇÃO E FORMAÇÃO EM TERAPIAS COMPLEMENTARES) CONTA PARA O ANO TER MAIS PARTICIPANTES. Este evento tem como objetivo dar maior visibilidade à cidade de Guimarães, fazer uma caminhada e apelar às Paz no Mundo.

SÍLVIA OLIVEIRA

CENIF GUIMARÃES


PRÁTICA DE REIKI ESPECIAL REIKI NAS FÉRIAS

10

USUI


Prรกtica de Reiki - CENIF

11


ALGUMAS DICAS DE REIKI PARA AS TUAS FÉRIAS

12

USUI


RECONQUISTAR O PODER PESSOAL Poder pessoal é um conceito que pode estar agora em voga, mas nem sempre é bem compreendido, apesar de muitas vezes sofrermos com o efeito do excesso ou defeito da sua energia.

Sem dúvida que são muitos os fatores que te podem deixar sem poder pessoal, esses são fatores exteriores, mas o teu interior está também com alguma fragilidade, caso contrário, nada exterior te afectaria. Então, para recuperares o teu poder pessoal e reconquistares a tua autoestima, poderás fazer algumas práticas de Reiki:

O PODER PESSOAL E COMO O RECONQUISTAR

Através do byosen, sente que partes do teu corpo estão mais em desequilíbrio e necessitam de tratamento;

Já sentiste borboletas na barriga quando tens que ir a uma reunião? Ou uma espécie de murro no estômago em determinadas situações e confrontos de opinião? Estas são algumas das formas de expressão do teu poder pessoal. No campo da energia, podemos encontrar o poder pessoal no Chakra do Plexo Solar, ou seja, o nosso terceiro Chakra que fica na região abdominal do estômago, pâncreas. Este terceiro Chakra é conhecido, pelos hindus, como Manipura, que significa a Cidade das Mil Jóias. Mas porque terá um Chakra um nome tão efusivo? Este Chakra não representa apenas energia, mas também uma tomada de consciência, é aqui que reside a nossa “digestão” emocional, a gestão de todas as emoções/pensamentos que temos e, por consequência, a nossa capacidade de lidar com elas, daí ser também o centro do nosso poder pessoal. Muitas situações da nossa vida destroem o nosso poder pessoal. Isto acontece porque muitas razões, como a pressão de actividades que temos que pouco espaço nos deixa para refletir, filtrar e construir as emoções/ pensamentos, a fraca capacidade de comunicação com que lidamos diariamente, o bullying que sofremos pela parte da moralidade e racionalidade, assim como a destruturação que as relações têm estado a encarar nestes nossos dias.

Depois, aplica o teu autotratamento, tendo um especial cuidado com esses locais; Irás reparar que o poder pessoal tem a ver com uma atitude, por isso mesmo, reflete com os cinco princípios, de que forma o teu poder pessoal está a ser minado ou de que forma não te estás a saber valorizar; E porque não refletires com os poemas do Imperador Meiji? Quando compreenderes bem o que há a mudar, experimenta a técnica Seiheki Chiryo, será muito importante para o teu trabalho interior. A reconquista do poder pessoal é muito importante e tenho a certeza que o conseguirás fazer. Nunca te esqueças de quem és e lembra-te de uma preciosa lição – o que sofreste, não faças os outros sofrer. Ou seja, revê as tuas ações para com os outros, capacita-os e não os faças sofrer. Inconscientemente fazemos muitas pessoas sofrer, precisamos levar isso à nossa consciência e começarmos a mudar os padrões que temos. O poder pessoal é muito importante, faz parte de uma enorme harmonia que deve existir na humanidade.

Prática de Reiki - CENIF

13


ENVIAR REIKI PARA AMIGOS Os nossos amigos são tão importantes que precisamos enviar Reiki para eles com regularidade e podemos fazê-lo de uma forma tão bonita e preciosa. COMO ENVIAR REIKI PARA OS NOSSOS AMIGOS DE CORAÇÃO Com o segundo nível de Reiki aprendes a técnica Enkaku Chiryo, o envio de Reiki à distância. Muitas vezes enviamos Reiki para quem está doente, ou para quem nos pede ou necessita, mas devemos também enviar Reiki mesmo para quem “não esteja a precisar”, neste caso prático, os nossos amigos.

Então, esses amigos são como uma jóia preciosa que não se gasta com o tempo nem se desvaloriza, por isso mesmos, sempre que possamos, podemos enviar Reiki para eles, por exemplo, da seguinte forma: • Faz o banho seco; • Liga-te à energia e recita os cinco princípios;

Na vida temos amigos genuínos, amigos de coração, que talvez sejam menos que os dedos de uma mão. São amigos que o tempo não distancia, mas que os momentos da vida podem ter em distância, no entanto, no nosso reencontro, tudo está como antes, a amizade mantém-se.

• Desenha ou visualiza os três símbolos do último para o primeiro; • Indica “Vou iniciar o envio de Reiki à distância”; • Visualiza o teu amigo; • Imagina como se estivesse entre as tuas mãos e envia-lhe Reiki; • Pede para a energia lhe dar alegria, paz, felicidade e muitas coisas boas na vida; • Visualiza-o muito feliz; • Quando quiseres terminar, imagina que ele vai desaparecendo muito contente; • Desenha ou visualiza os três símbolos; • Indica que “Termino o envio de Reiki à distância”; • Faz o banho seco; • Agradece. Os nossos amigos são mesmo muito importantes, vale a pena enviar-lhes Reiki e dar-lhes o desejo de tudo o que há de bom na vida.

14

USUI


SER MAIS POSITIVO COM A PRÁTICA DE REIKI Qualquer um quer ser mais positivo na vida, ou seja, encarar os problemas com uma atitude serena, relacionar-se construtivamente com as pessoas, viver cada momento mais plenamente e com maior felicidade. Ser mais positivo na vida pode também ter um caminho através da prática de Reiki.

COMO REIKI TE PODE AJUDAR A SER MAIS POSITIVO NA VIDA Se queres ser mais positivo então tens que perceber o que te levou a encarar a vida de uma forma menos positiva. Para isso podes, por exemplo, escrever num papel uma questão que estejas a encarar de forma negativa. Esta será uma atitude a resolver. Por exemplo o conflito com um colega de trabalho. Vamos observar de que forma este relacionamento te está a afectar através dos cinco princípios: • Sou calmo – De que forma esta situação te está a tirar a calma e paz interiores? • Confio – Perdeste a tua autoconfiança ou a confiança na outra pessoa, em que momento? • Sou grato – Que lições tu podes tirar desta situação? • Trabalho honestamente – Faz uma observação sincera sobre as tuas reações e as da outra pessoa. Como achas que interferem uma com a outra? • Sou bondoso – Como podes levar a bondade a esta situação? Ou porque perdeste o teu coração com esta situação? Este tipo de reflexão ajuda-nos a enquadrar o que se passa connosco e a nossa relação com o outro. Depois, precisamos reforçar a nossa forma de estar e ser mais positivo na vida. Não é de um momento para o outro que alguém se torna mais positivo, mas é um percurso que se vai construindo, por vezes com alguma dor pelo meio, mas

não nos podemos esquecer da alegria de percorrer o caminho que nos levará mais longe, aproveitando uma vida genuinamente pacífica e feliz. Com a prática de Reiki, poderás desenvolver a consciência que te permite ser mais positivo ao longo dos vários desafios de vida. Não quer dizer que isto seja uma promessa, ou que realmente Reiki será algo de bom para ti, nem sempre faz sentido para todos, no entanto, ficam aqui as dicas do que poderás fazer com a prática de Reiki.

A prática de Reiki para ser mais positivo • Em primeiro lugar, precisas compreender o que é a filosofia de vida e o conceito da “Arte Secreta de Convidar a Felicidade“. O Usui Reiki Ryoho foi desenvolvido para que pudesse ser praticado por qualquer pessoa, no entanto, há que fazer sentido pois não é apenas uma prática energética, é também uma filosofia de vida e assim, é indicado que cumpramos essa filosofia de vida nas nossas questões quotidianas. Por isso, faz frequentemente uma revisão de vida através dos cinco princípios e mesmo na loucura do trânsito ou nos apertões dos transportes públicos, recita os cinco princípios e compreende as suas lições. • Depois, aplica-te no autotratamento, é cuidar de ti, por isso há uma razão para o fazeres. Lembra-te do que o Mestre Usui dizia… Só por hoje, porque hoje é que pode fazer toda a diferença. • Compreende as técnicas de Reiki e faz uso do Nentatsu, a técnica para alcançar o pensamento positivo, pois irá ajudar-te a construir uma atitude positiva genuína, uma mudança de pensamento o que te levará a ser mais positivo. • E claro, não te esqueças de meditar regularmente, por isso aplica-te com o Joshin Kokyu Ho, a grande técnica da respiração.

Prática de Reiki - CENIF

15


COMO COMPREENDER A MISSÃO DE VIDA Todos nós chegamos a algum momento em que queremos compreender a nossa missão de vida. O que estou cá a fazer? Para que? sentimos que há algo mais do que aquilo que fazemos todos os dias e que, possivelmente, não nos estamos a cumprir. COMPREENDER A MISSÃO DE VIDA E COMO A ENCONTRAR Desesperamos por não entender a nossa missão de vida porque consideramos que é uma única, ou seja, algo de grande que é orientador, mas será mesmo? Se observares a tua vida, irás ver que segues o grande caminho da vida, mas que nesse caminho existem várias vias paralelas. Vias que representam algo como: • As amizades;

Começa então por ter o entendimento do teu percurso de vida. Como te relacionas com os teus amigos e o que há a melhorar, o que podes fazer para que a tua família seja mais estruturada, o que há a realizar no trabalho e nos relacionamentos do trabalho, que coisas te motivam na vida e o que tens feito para as alcançares e, principalmente, quais os maiores bloqueios, desafios, na tua vida. Ao realizares estas questões irás compreender melhor a tua missão de vida, vais entender que há algo de base que precisa ser trabalhado, assim como há uma paixão que te movimenta ao longo da vida… e assim vais descortinando aquilo que antes pensavas ser difícil de descobrir.

• A família; • O trabalho; • A paixão; • Os desafios que temos que ultrapassar; • E muito mais… Em cada uma destas vias, temos uma missão de vida. Se encarares as coisas que são mais fortes na tua vida, como os exemplos que dei, poderás compreender, realmente, que não existe algo como uma única missão de vida, mas sim um conjunto de missões que no seu todo farão a tua missão de vida.

16

USUI

Mantém-te firme naquilo que acreditas e muda o que tens que mudar, para teu bem e sempre para bem de todos. Define de que lado da estrada estás e, mesmo que faças alguns desvios, consegues sempre regressar a esse lado. A tua missão de vida é sem dúvida importante, porque a tua vida é importante.


LEITURA DE VERÃO COM O GRANDE LIVRO DOS CHAKRAS E DA ANATOMIA ENERGÉTICA A leitura de verão, muitas vezes quer-se leve, alegre, ou então até mesmo construtiva, inspiradora e com tempo, predisposição, para finalmente colocar alguns temas com mais clareza. O GRANDE LIVRO DOS CHAKRAS E DA ANATOMIA ENERGÉTICA COMO LEITURA DE VERÃO Em O Grande Livro dos Chakras e da Anatomia Energética, podes encontrar vários temas que podem ir ao encontro de momentos leves, com exercícios inspiradores, ou mesmo com o aprofundamento de temas que há muito tempo querias abordar. Então, para a tua leitura de verão, quero dar-te algumas dicas que possam ser úteis com este livro.

DESENVOLVER A PRÁTICA SENSITIVA Podes aproveitar para fazer alguns exercícios para sentires e interpretares a energia da pessoa, quer dos seus chakras, quer da aura. A partir da página 125 poderás ler algumas dicas interessantes e formas de interpretares o que sentes.

OS CHAKRAS SEGUNDO A PERSPETIVA HINDU Podes aprofundar o teu saber no significado e representação dos chakras segundo a antiga tradição hindu a partir da página 224, que começa com o conceito primordial da Kundalini. Este sim é um tópico que irá requerer mais atenção, concentração, na tua leitura.

UMA LEITURA MAIS CONTEMPORÂNEA DOS CHAKRAS Se quiseres, podes observar, a partir da página 17, como são os nossos chakras principais e secundários a partir das interpretações ocidentais que incluem também as glândulas endócrinas. A leitura de O Grande Livro dos Chakras e da Anatomia Energética não precisa ser feita sequencialmente e podes abordar, primeiro, temas que te sejam mais interessantes. É claro que o todo do livro compõe um determinado saber com um determinado objetivo, mas isso irás descobrir ao longo da tua leitura. Diverte-te e que a tua leitura de verão seja boa e útil, que te traga momentos duradouros de contentamento e felicidade.

DESINTOXICAR DOS TRÊS VENENOS Na página 348 podes ler exercícios tibetanos que são muito simples, mas também extremamente úteis para saberes lidar e purificar a tua raiva, apego e ignorância, relativa a situações que viveste ou que vives.

Prática de Reiki - CENIF

17


NA VIDA, NEM TUDO CORRE BEM MAS ISSO ATÉ PODE SER BOM Nem tudo corre bem, há momentos em que estamos acima da onde, mas outros em que ficamos bem abaixo da linha de água, correndo ainda o risco de nos afogarmos. Mas porque será que quando nem tudo corre bem isso poderá ser bom para nós?

UMA ATITUDE PARA QUANDO NEM TUDO CORRE BEM NA VIDA Zenão era um cínico. Não acreditando numa vida sem apreciar o seu lado bom, resolveu fundar um novo conceito filosófico – o estóico. Sim, podemos apreciar os prazeres da vida, não podemos sim é depender deles ou apenas viver para esses mesmos prazeres. Ser estóico na vida é firmar-se naquilo que é mais importante e saber resistir ao que é aparente. Na nossa educação, somos ensinados a querer alcançar o melhor, a viver o melhor, a ter o melhor. Uns assim se esforçam acérrimamente, outros escolhem caminhos desviados para o ter, outros ainda sofrem porque não conseguem alcançar esse dito “melhor”. Mas há ainda aqueles que observam essa corrida como sendo um completo desperdício de energia, fazendo muitas vezes a pessoa perder a vista do que é essencial na vida.

18

USUI


Quando nem tudo nos corre bem na vida temos a oportunidade de criar um novo eu, de reconstruir ou construir um “sistema de crenças” que realmente faça frutificar o que há de bom e de genuíno.

ASSIM CHEGAMOS À PRÁTICA DE REIKI, DO USUI REIKI RYOHO. O Mestre Usui indicou-nos “A missão do Usui Reiki Ryoho é guiar para uma vida pacífica e feliz, curar os outros, melhorar a sua felicidade e a nossa”. Ele não nos queria induzir em erro, prometendo felicidade, mas sim saber ter uma atitude estoica, recta, directa, no caminho que levamos. Através da nossa filosofia de vida, compreendemos como quando nem tudo corre bem existe um enorme crescimento. Para o fazer, aplicamos os cinco princípios: Se esta situação está a correr mal, de que forma eu contribuí para a sua criação, como eu perdi harmonia, ou como levei desarmonia aos outros e à situação; Se a minha vida não está a correr bem, porque perdi a confiança em mim para a endireitar? Porque não aceito que sou capaz de aprender a viver nos bons e nos maus momentos da vida? Se nem tudo corre bem o que eu tenho a aprender com estas situações? O que a vida realmente me quer dizer?

posso eu mesmo viver melhor e fazer a minha vida melhor? Se não tivermos estes momentos em que as coisas nem sempre correm bem, não teremos o impulso de querer mudar o que tem que ser mudado. Há que criar condições genuínas para vivermos uma vida cada vez melhor. Aceitar os maus momentos é incrivelmente importante, porque nem sempre tudo tem que correr bem e o que corre mal, por vezes leva-nos ao nosso caminho ainda mais depressa. Tem força e serenidade.

Será que sou diligente no meu caminho de vida? Espero que as coisas aconteçam ou esforço-me para as concretizar, aproveitando todo o saber que daí vem? Quando as coisas não correm bem, será que consigo continuar a ser bondoso? O que pode estar a faltar em mim, para que exista desarmonia e desequilíbrio na minha vida? Sem querer atribuir culpas a outros, como JOÃO MAGALHÃES E SÍLVIA OLIVEIRA

Prática de Reiki - CENIF

19


20

USUI


O QUE PRATICAR? A PRÁTICA MEDITATIVA COM O OM E porque não experimentares escutar o som criativo do OM? Este é um mantra muito importante na tradição hindu e que te traz grande energia e ligação ao Universo, é como se a sua vibração fosse dissolvendo a energia dos pensamentos destruidores que tens e te trouxesse a harmonia e ligação à fonte da vida. Experimenta... OOOOOOOOMMMMMMMMMMMMM.

JOÃO MAGALHÃES

CENIF AMADORA

Prática de Reiki - CENIF

21


CINCO PRINCÍPIOS PARA QUANDO NÃO CONSEGUES... OU TE FALTA ALGO

22

USUI


COMO LIDAR COM A FALTA DE CALMA

AS LIÇÕES DA PRÁTICA DE REIKI PARA LIDAR COM A FALTA DE CALMA

A falta de calma é algo que nos assola o quotidiano, com frequência. Não porque sejamos pessoas que não cultiva a calma, ou não quer ser calmo, mas sim porque algo nos faz ter falta de calma.

Se te encontras num momento de falta de calma, a energia pode ajudar-te a perceber o que se está a passar contigo. Reiki, a Energia Universal, tem tudo a ver com equilíbrio e harmonia, ela representa a Energia Criadora da Natureza e, como tal, no mundo natural tudo tem que permanecer em harmonia, caso contrário, as reacções podem ser devastadoras. Experimenta aplicar o autotratamento completo. Coloca a intenção de compreenderes porque estás com falta de calma e que a Energia te auxilie a encontrar a harmonia que perdeste temporariamente. Sente como estás em cada posição, que imagens surgem na tua mente, que emoções transbordam do teu coração. Tudo isso pode ter a ver com a tua falta de calma. Observa se estás com demasiado stress acumulado. A prática do autotratamento poderá auxiliar, a não ser que tenhas ficado com algum “trauma”, ou seja, com um novo padrão que te leva sempre a um comportamento errado ou até autodestruidor.

Prática de Reiki - CENIF

23


Lembra-te dos cinco princípios. Esta falta de calma tem tudo a ver com o primeiro princípio, por isso mesmo é que a harmonia é a base da nossa prática. Tenta pensar porque razão perdeste a tua harmonia, a calma e se realmente vale a pena estares a prosseguir com essa falta de calma. Num segundo, tudo pode mudar se a tua mente se iluminar, ou seja, se te desapegares ao objecto do teu sofrimento e te focares naquilo que é verdadeiramente importante, ou seja, tu mesmo. Sempre que te estejas a sentir com falta de calma, retira-te interiormente, mesmo que estejas rodeado de gente. Silencia-te e recita interiormente os cinco princípios, de forma genuína. Entrega-te a eles, à filosofia de vida e sente como nada do que te tira a calma faz sentido. Se estás a lidar com alguém que está com falta de calma, então observa também alguns conselhos da nossa prática. Se essa pessoa te está a fazer sofrer, significa que ela também está em sofrimento. De alguma forma, ela tem uma dor, como se fosse um espinho cravado e está a reagir violentamente. O que é preciso é que não interpretes essa reação como se fosse dirigida a ti. Muito possivelmente ela nem sequer te está “a ver”, apenas está estimulada por algo que lhe aconteceu e, perante esta situação, reage com falta de calma.

A REFLEXÃO ATRAVÉS DOS POEMAS DO IMPERADOR MEIJI Para estes momentos com falta de calma, procurar encontrar o teu centro também nas palavras sábias do Imperador Meiji. Por exemplo, ao escrever este artigo para ti, deparei-me à primeira vista com o poema 85 e fez todo o sentido. 85 — BARCO ATRAVÉS DO CANAVIAL Pode ser difícil atravessar o rio cheio de canas grossas. No entanto, leva tempo para controlar a forma como usas uma longa vara lentamente: alcançar o objetivo é um caminho longo e difícil, mas leva o teu tempo e mantém-te focado.

As dificuldades da ausência de harmonia e calma são como as canas grossas que dificultam a travessia do rio. Se souberes ser sábio, usando a tua harmonia interior e genuína como condutora do teu comportamento, da tua acção e reação, aquele que é um caminho longo torna-se mais fácil de levar.

24

USUI


A FALTA DE AUTOCONFIANÇA E COMO LIDAR COM ELA A falta de autoconfiança é uma questão que assola a vida de todos nós, algures na vida e poderá manter-se mais ou menos tempo, consoante a nossa capacidade compreender quem somos e o potencial que temos. A falta de autoconfiança pode ser um trampolim para um grande crescimento humano ou um caminho descendente e vertiginoso, do qual não se vê volta a dar. COMO PODES LIDAR COM A FALTA DE AUTOCONFIANÇA Vamos encarar uma situação e, de repente, parece que algo em nós está a faltar, uma força, uma vontade, algo de interior. Procrastinamos, adiamos o inadiável e, cada vez mais, vamos sofrendo com esta falta que estamos a ter. A autoconfiança pode surgir da nossa própria desatenção ou de condições exteriores, como a pressão, atitudes constantes que outros possam ter para connosco, ou da dificuldade que encontramos em determinado percurso da vida. Em última análise, a falta de autoconfiança é como o esquecimento do regar e cuidar de uma bela flor interior. À medida que vai faltando água e nutrientes, ela vai mirrando, até murchar. O segundo princípio de Reiki, Só por hoje confio, vai ao encontro da necessidade que temos de ultrapassar as crises de falta de autoconfiança, compreendendo que tipo de sofrimento estamos a passar, que insatisfação permanece em nós e o que precisamos de cultivar

para conseguirmos chegar a nós mesmos. Se estás a passar por uma crise de falta de autoconfiança, observa a tua questão à luz dos cinco princípios. De que forma foste perdendo o teu equilíbrio e harmonia e que lições tens a compreender, para que possas olhar para ti e perceberes o que é realmente importante neste longo caminho da vida. Aplica autotratamento regularmente, trabalha bem os teus chakras inferiores e lembra-te que tudo requer trabalho e aplicação – tu consegues, isso sem dúvida alguma. Se necessário procura também um terapeuta de Reiki e caso haja uma condição médica, procura um especialista recomendado.

A REFLEXÃO ATRAVÉS DOS POEMAS DO IMPERADOR MEIJI Procurei, entre os 125 poemas do Imperador Meiji, um que à sorte me pudesse falar sobre a autoconfiança: 40 — TOPO DA MONTANHA Pode parecer impossível escalar o topo da montanha que sobe alto no céu, mas irás encontrar uma forma se tentares. Há um caminho se houver uma vontade.

Na sua grande sabedoria, o Imperador Meiji adverte-nos que, apesar da montanha parecer inalcançável, há sempre uma forma de chegarmos ao seu topo. Precisamos tentar, com vontade e com o desenvolvimento da sabedoria.

Prática de Reiki - CENIF

25


COMO LIDAR COM A FALTA DE GRATIDÃO Um dos temas mais interessantes na prática de Reiki é a filosofia de vida e a falta de gratidão é algo que podemos observar à luz da sua sabedoria, pois pertence à categoria do terceiro princípio – Só por hoje, sou grato. Como lidar com a falta de gratidão tendo entendimento e cumprindo a prática de Reiki Quando alguém sente a falta de gratidão de outrem é como se lhe retirasse as esperanças do que faz, ou como se lhe espetassem uma faca no coração. Como esta atitude é tão fulcral para todos nós, precisamos compreender os dois lados – o da pessoa que manifesta a falta de gratidão e o da pessoa que sofre com essa ausência. Alguém que, em determinado momento, falha a expressão da gratidão, é porque talvez não saiba o que isso quer dizer para a outra pessoa, porque talvez tenha introversão, ou não consiga mesmo comunicar aquilo que sente, claro que podem existir muitas mais razões, algumas que podem tocar a indelicadeza, mas isso será sempre algo que apenas nos transmite uma ideia – a ausência de entendimento. Para quem sofre com a falta de gratidão, há muito a refletir. Por um lado, não nos devemos apegar, não é bem o conceito de “fazer o bem sem olhar a quem”, mas sim o de compreender que se necessitamos de dar algo a outrem, porque o fazemos? Tendo esta consciência, sabemos que a maior gratidão é aquela que está dentro de nós mesmos, o reconhecimento valioso da autoestima e o da autoconfiança, então,

26

USUI

se a falta de gratidão te magoar, ela irá tornar-se um excelente exercício para tu te reforçares interiormente. Observa bem esta questão através dos cinco princípios, tenta compreender de que forma a pessoa te magoou e porque isso tirou a tua calma, porque fez tremer a tua autoconfiança e que lição bondosa isto traz, para que possas continuar a dar, sabendo lidar com todas as possíveis situações. Aplica o teu autotratamento, nas zonas que possas sentir mais fragilizadas, para que a mágoa não se instale e não percas a tua capacidade de doação.

REFLETIR COM OS POEMAS DO IMPERADOR MEIJI SOBRE A FALTA DE GRATIDÃO O primeiro poema que me surgiu ao procurar uma indicação sobre a falta de gratidão, foi o terceiro, “Às vezes”. A sua reflexão traz-nos muita sabedoria e lembrança que, mesmo que alguém tenha uma lição de falta de gratidão para nós, podemos sempre crescer muito com isso mesmo. 3 — ÀS VEZES Quando pensas sobre os agricultores pobres, que trabalham arduamente no campo de arroz, no verão quente, como podes reclamar por estar quente?

Também nós, em muitas coisas na nossa vida demonstramos falta de gratidão, pois elas parecem ser óbvias. Por isso, agradecer por termos conduzido sem um acidente, agradecer por vermos pessoas desconhecidas a rir, agradecer pelo mau tempo, agradecer pelo sol, agradecer até por uma refeição que foi mal confecionada, tudo isto nos ajuda cada vez mais a ter uma mente e um coração cheios de cinco princípios, tendo-os assim, nunca teremos a falta de gratidão.


QUANDO NOS APETECE BAIXAR OS BRAÇOS COMO PODE REIKI AJUDAR? Há alturas na vida que só nos apetece baixar os braços e pronto, ficar por ali, bem quietos, não mexer, sem querer que ninguém nos chateie. Baixar os braços pode ser bastante prejudicial para tudo o que representamos e para a nossa autoestima, por isso mesmo, vamos observar o que a filosofia de vida na prática de Reiki tem a dizer sobre isso e como nos pode ajudar.

QUANDO REIKI NOS ENSINA A NÃO BAIXAR OS BRAÇOS O nosso quarto princípio é, em português, Só por hoje, trabalho honestamente. Na verdade, no Japão, este princípio é uma advertência – trabalha diligentemente, trabalha arduamente. Este conceito tem tudo a ver com aquilo que agora se descobre, o “ikigai”, uma vontade de viver cultural e que tem como um dos pilares, a diligência, ou seja, nunca baixar os braços, nunca parar, ser sempre ativo na sociedade, de forma construtiva e positiva. Temos a tendência de baixar os braços quando sentimos que nada podemos fazer, não podemos mudar os outros, o mundo, há corrupção, há insensibilidade, há oportunismo e bom, fartamo-nos de quem é falso e, muitas vezes se faz parecer de grande, sábio e bondoso. Por vezes sofremos de bullying no trabalho, outras na escola e até mesmo em casa… baixamos os braços. Mas a prática de Reiki, à qual o Mestre Usui indicava como sendo “A Arte Secreta de Convidar a Felicidade“, pede-nos para cultivarmos harmonia, confiança, gratidão, sendo diligentes e bondosos. Ou seja, prosseguindo sempre apesar das adversidades.

sejam de determinada forma? Como podemos observar que tudo necessita de evolução e que a evolução humana, da mente e do coração, é algo de tão longo que mais rápido falamos de evolução tecnológica do que inteligência emocional. Assim, não percas de vista a excelência que se pretende para a humanidade, mas tem em consciência que isso será um processo bem longo, que se tu mesmo não evoluires, então de nada serve. Baixar os braços é parar a evolução, é parar a vida. É como uma árvore dizer “agora desisto, podem queimar-me pois já não vale a pena viver”. O problema é que muitas espécies dependem daquela árvore singular, de formas que nem ela sequer desconfia. Assim é connosco, não podemos baixar os braços porque a nossa diligência para uma vida mais harmoniosa e feliz contribui para a harmonia e felicidade mundial. Pratica autotratamento, não desistas, procura alguém que te possa tratar e estimular a compreender porque estás a baixar os braços. Só por hoje, vale a pena todo o esforço que se faz, até ao fim da vida.

OS ENSINAMENTOS DO IMPERADOR MEIJI PARA NÃO BAIXAR OS BRAÇOS Tentando compreender a sabedoria nos poemas do Imperador Meiji, trouxe-me a sorte este poema 57, sobre a noite. Uma boa advertência para não se baixar os braços perante a vida. 57 — NOITE Quando a noite chega, percebes como desperdiçaste o dia todo. Vive o momento e não desperdices tempo.

A grande lição de vida é mesmo observar a nossa frustração. Porque será que queremos que os outros e o mundo Prática de Reiki - CENIF

27


QUANDO NÃO TEMOS BONDADE PELOS OUTROS Com certeza que já tiveste momentos em que não tiveste bondade pelos outros ou que até sofreste da ausência de bondade pelos outros, mas porque surge esta falta de vontade e de que forma a prática do Usui Reiki Ryoho nos pode ajudar? QUANDO NÃO TEMOS BONDADE PELOS OUTROS E COMO ULTRAPASSAR ESSE SENTIMENTO Muitas situações na vida nos podem fazer ir perdendo a bondade pelo caminho – as desilusões, as aparências, mágoa, tristeza, e também a falta de quem transmita corretamente o que é a bondade, como ser bondoso e não cair no erro de ser “bonzinho”. As relações humanas não são fáceis e surgem cada vez mais dificuldades pelo meio que não fomos aprendendo a lidar com elas, como uma sociedade genuinamente preocupada com o bem comum. Com tantas desilusões na vida, nos nossos vários sectores, é fácil chegarmos a um momento em que não temos bondade pelos outros e apenas queremos centrar em nós mesmos. Fazê-lo irá trazer grandes riscos. O nosso chakra cardíaco irá fechar-se, o plexo solar ficará cada vez mais incapaz de gerir emoções. Então, ao invés de ficarmos melhor por nos afastarmos dos outros, iremos é, na verdade, ficar cada vez pior. Todos precisamos de todos, é uma interdependência comum e a bondade é uma “cola” muito especial que nos pode unir. A bondade faz parte do quinto princípio de Reiki, onde o Mestre Usui constata – Só por hoje, sou bondoso. É uma tomada de consciência diária onde nos é pedido para que nos lembremos de nós mesmos, para cultivarmos uma grande bondade no nosso coração e também na nossa mente. Com a bondade, podemos levar aos outros algo de bem melhor em todos os campos da nossa vida, pois esta é uma bondade construída com sabedoria e não apegada a uma ausência que se tenha e se queira compensar com os outros.

Ser genuinamente bondoso para com os outros é saber expressar com sabedoria a compaixão, compreender que nem tudo tem que ser sim e que por vezes até um não é educativo. Se perderes a bondade pelos outros ou se alguém não for bondoso para contigo lembra-te que o sofrimento nos faz encolher, mas que a aceitação, o entendimento, nos fazem expandir. Pratica Joshin Kokyu Ho, a prática meditativa que te irá auxiliar a esvaziar a mente, para que o teu coração cresça cada vez mais compassivo.

OS POEMAS DO IMPERADOR MEIJI PARA QUANDO NÃO TEMOS BONDADE PELOS OUTROS O poema que me surgiu é bastante curioso, é o poema 101 e é uma advertência ao cuidado, ao trabalho diligente e decente que deve ser feito por aqueles que governam. Podemos também aplicar este conceito a nós mesmos, que supostamente governamos a nossa própria mente e coração. Tendo isso em consideração, o poema faz muito sentido na construção da bondade. 101 — CRÍTICA Espero que o nosso país seja considerado como um país decente, governado corretamente. Governadores e políticos, façam o vosso melhor!

JOÃO MAGALHÃES

CENIF AMADORA 28

USUI


SEMINÁRIO Em Setembro teremos um Seminário exclusivo para alunos do CENIF, sobre todos os cursos, disciplinas e práticas terapêuticas, na Amadora. Fica atento ao grupo no Facebook ou Google Classroom para a indicação do dia, horário e local do auditório.

Prática de Reiki - CENIF

29


O SUPER REIKINHO É INCRÍVEL PARA A TERAPIA EM CRIANÇAS A Margarida chegou para a sua primeira sessão de Reiki. Parece estar um pouco envergonhada, pois tudo é novidade, mas recetiva. Entramos para salinha e pergunto-lhe se se quer sentar na cadeira ou no chão. Escolhe sentar-se no chão, sento-me com ela. Começo por lhe dizer o meu nome e por lhe perguntar quantos anos tem. Diz-me que tem 7 anos e que faz anos em Novembro. Pergunto-lhe se gosta de fazer anos perto do Natal, pois deve receber muitas prendas nessa altura, ao que me responde afirmativamente. A Margarida traz dois peluches, pego num deles e pergunto-lhe qual o nome de cada um. Diz-me que a gatinha se chama kiki e o ursinho ainda não tem nome porque é novo. Digo-lhe que os bonequinhos são muito giros e ela sorri. Pergunto-lhe onde mora. Diz-me que mora no Porto e que veio do Brasil. Gosta da escola onde está e até gosta mais do Porto do que do Brasil. Mora com os pais (o pai está a trabalhar em França e vem a casa aos fins-de-semana) e com os três animais de estimação (dois gatinhos e um cão), com quem brinca muito. Gosta da escola, tem muitas amigas e adora jogar xadrez com elas. Estas amiguinhas têm mais ou menos a mesma idade da Margarida e são da mesma turma. Quando lhe pergunto se gosta de brincar com os amiguinhos na escola, diz que sim, mas confidencia-me que há uma menina que é má para ela. Esta menina chama-se Carla, tem 6 anos, e quer estar sempre a brincar com ela, mas nem sempre a Margarida quer brincar com esta menina. E quando isso acontecesse, a Carla chora.

30

USUI


A Margarida diz-me que também quer brincar com os outros amigos, porque gosta de estar com todos. Gosta de dar a mão aos outros coleguinhas e não quer estar sempre com a mesma menina. Quando lhe digo que a menina deve gostar mesmo muito de brincar com ela, ela reforça que também quer brincar com os outros coleguinhas e que não quer estar sempre com a Carla. Confessa-me que não gosta de algumas brincadeiras dela. Partilha comigo que, uma vez, a Carla lhe pediu para atirar o casaco (da Margarida) para um cesto de basket e que o casaco ficou lá preso e, por isso, não gostou da brincadeira. Tento perceber se tem alguém com quem falar sobre situações como esta, que a deixam triste. Diz-me que fala com os amigos na escola e também com a madrinha, que é sua amiga. Digo-lhe que é muito importante falar sobre as coisinhas que a deixam triste ou com medo, porque é muito bom termos alguém que nos ajude a resolver os problemas que não conseguimos resolver sozinhos. Diz-me que, às vezes, também fala com a mãe. Com o pai não fala tanto, pois o pai está a trabalhar fora do país. Gosta muito de passear quando estão todos juntos. Durante a nossa conversa, parece estar um pouquinho nervosa e ansiosa, como é natural. Quando lhe faço algumas perguntas, pára para pensar, respira fundo e responde baixinho. Digo-lhe que estou ali com ela para a ajudar no que precisar, e que, por vezes, quando nos sentimos aflitos ou com medo de algumas coisas, é bom termos alguém com quem falar. A Margarida vai-me ouvindo atentamente, enquanto segura no seu ursinho novo. Falamos mais um pouco sobre a escola e diz-me que a disciplina que mais gosta é Matemática, mas que fica nervosa Prática de Reiki - CENIF

31


e ansiosa na altura dos testes. Pergunto-lhe em que zona do corpo sente a ansiedade e o nervosismo, mas não me responde directamente, diz-me que fica nervosa quando a professora mostra as perguntas no quadro interactivo e tem de responder. Nestes momentos, diz que fica com medo de não saber qual é a resposta certa. Apesar de gostar de Matemática, sente-se insegura quando precisa de resolver as “contas maiores”, como lhe chama. Diz-me que também sente medo quando tem de desenhar formas geométricas. Pergunto-lhe se costuma pedir ajuda algum amiguinho na escola quando tem dúvidas ou à professora. Diz-me que não. Digo-lhe que é importante pedir ajuda a alguém que a possa apoiar nas matérias que não percebe tão bem, porque há matérias que podem parecer mais difíceis, mas que, com ajuda, ficam mais fáceis e o medo vai embora. Diz-me que a mãe também ajuda. Falamos um pouco mais sobre a escola e diz-me que, para além de Matemática, também gosta de Estudo do Meio e de Português, apesar de ter algumas dúvidas de Português. Pergunto-lhe se conhece algum Super Herói que a possa ajudar. Diz-me que gosta da Mulher-Maravilha porque voa, tem superpoderes, consegue controlar o vento e salva o mundo. Sorrio e digo-lhe que também conheço um Super Herói chamado Reikinho, que é azul, voa como a Mulher-Maravilha, tem poderes curadores e ajuda as crianças a resolver os seus problemas. Pergunto-lhe se já ouviu falar deste amiguinho. Diz-me que não.

32

USUI

Peço-lhe, então, para colocar as mãos no peito, respirar fundo e fechar os olhos, enquanto o vou procurar. Entretanto, saio um pouco da sala para fazer as técnicas de Enraizamento, Banho Seco e Chuva de Reiki, e me ligar à energia. Quando regresso, a Margarida continua a respirar fundo, com as mãos no peito e de olhos fechados. Digo-lhe que sozinha não consegui achar o Super Reikinho, e que preciso da ajuda dela para o encontrar. Dou-lhes as mãos, peço-lhe para fechar novamente os olhos, respirar fundo e visualizar o Super Reikinho no ombro dela. Já sentada na cadeira - não quer deitar-se na marquesa - peço-lhe para abrir os olhos, enquanto lhe mostro o boneco do Super Reikinho. Ela abre um sorriso rasgado e volta a fechar os olhos. Pergunto-lhe se está pronta para começar uma grande aventura com este amiguinho, e se já o está a ver. Responde-me que sim, passado um tempinho. Peço-lhe para visualizar um Rio, o Rio Ser, onde corre Energia em vez de água. Começa na cabeça e vai até ao fim das costas e, ao longo desse


rio, vamos encontrar várias grutas, cada uma com a sua cor e com diferentes seres, que cuidam de cada uma, para nos sentirmos bem e felizes. O Super Reikinho começa, então, por voar até à primeira grutinha. Depois de alguns segundos, a Margarida diz-me que esta gruta é vermelha, está limpa e que os seres que lá estão, são pequeninos. Digo-lhe que esta é a Gruta da Coroa e que estes seres pequeninos que vê, são os Iluminados e que o nosso amiguinho a vai deixar ainda mais limpinha para que tenha ideias muito giras. Ficamos nesta gruta uns minutinhos e quando a Margarida diz que está pronta, avançamos para a próxima. A Gruta da Visão também está limpa e os seres são pequeninos, diz-me a Margarida. Digo-lhe que estes seres que vê são os Olhinhos, e que eles nos ajudam quando estamos preocupados ou com pensamentos maus. E que o Super Reikinho, com a sua luz mágica e cintilante, vai deixar estes seres ainda mais felizes e alegres. Quando está pronta, seguimos para a próxima grutinha. Diz-me que esta gruta – Gruta da Garganta está verde, que os seres são grandes e que está limpinha. Digo-lhe que estes seres são os Comunicativos e que eles nos ajudam a falar dos nossos problemas, como por exemplo, quando algum amiguinho é menos simpático na escola. Ao chegarmos à Gruta do Coração, a Margarida parece estar cada vez mais relaxada. Vai respondendo de forma breve e o corpo vai escorregando pela cadeira, mas continua sem querer deitar-se na marquesa. Diz-me que esta gruta também está limpinha, e que os seres são pequeninos. Pergunto-lhe se vê os raios que saem das mãos do Super Reikinho e de que cor são. Diz-me que os raios são azuis. Digo-lhe que os pequeninos seres que habitam nesta gruta são os Sentimentos, e que sempre que nos sentimos tristes, vamos a esta gruta para receber amor e alegria.

Prática de Reiki - CENIF

33


Ao seguirmos para a Gruta seguinte, a Margarida diz-me que esta gruta está limpinha e amarela. Digo-lhe que entrámos na Gruta do Sol e que nela habitam os seres chamados Poderosos. Peço-lhe para visualizar o nosso Super Herói com um grande sol, muito brilhante, que vai deixar os seres desta gruta cheios de luz, e que eles nos vão ajudar sempre que nos sentirmos zangados ou ansiosos. Digo-lhe que o Super Reikinho já está a fazer o seu trabalho e a deixar esta gruta muito brilhante. Continuamos até à Gruta do Umbigo e a Margarida continua com o corpo relaxado e a respirar profundamente, quase não responde às minhas perguntas. Diz que a gruta está limpinha e que os seres são pequeninos. Digo-lhe que nesta gruta moram os seres Fortes e que mora também um guardião que nos protege quando os amigos não nos tratam como gostamos. Digo-lhe que o nosso amiguinho está a deixar esta gruta muito luminosa e radiante, e que a nossa viagem está a chegar ao fim. Pergunto-lhe se está pronta avançarmos para a última grutinha. Diz-me que sim. Ao chegarmos à Gruta da Raíz, a Margarida diz-me que esta gruta está má. Pergunto-lhe: “má como?” Diz-me que está má porque não está da cor que devia estar. Está vermelha e devia estar roxa. Os seres são grandes. Digo-lhe que o nosso amigo Reikinho já está a enviar a sua luz mágica para ajudar os seres desta gruta – os Corajosos – a sentirem-se mais seguros. Digo-lhe que sempre que sentir medo, pode visualizar que, dos pés, estão a sair raízes muito fortes, como as das árvores, que vão até ao centro da terra e a vão fazer sentir mais forte e segura. A Margarida parece estar cada vez mais relaxada e, provavelmente, adormeceu por uns instantes. Entretanto, depois de termos percorrido as 7 grutas, e de as termos deixado limpinhas e brilhantes, digo-lhe que o Super Reikinho tem ainda 5 Poderes, que fazem com que as grutas se mantenham limpinhas e os seres, que nelas habitam, continuem brilhantes e alegres.

34

USUI

A Margarida mantém os olhos fechados, enquanto lhe digo que os Poderes do nosso amigo Reikinho, também a vão ajudar todas as vezes em que se sentir nervosa para os testes ou para falar com um amiguinho que seja menos simpático. Para isso, basta fechar os olhos, respirar fundo, colocar as mãos no coração e dizer “Reikinho, vem até mim!”. E, depois, dizer as palavras mágicas, de manhã e à noite: • Hoje não me zango • Não me preocupo • Agradeço todas as coisas que tenho (agradeço os meus brinquedos, os meus amigos, os meus animais) • Faço as minhas tarefas com alegria (faço os trabalhos de casa, ajudo nas tarefas em casa, cuido dos meus gatinhos e do meu cãozinho com carinho) • Sou amigo de todos (trato bem todos os meninos na escola, todos os animais e plantas que vejo e todas as pessoas que encontro) Fomos terminando esta aventura calmamente e ao ritmo da Margarida, que decidiu ficar mais alguns minutinhos sentada e de olhos fechados, com as mãos no peito e com o corpo relaxado (de vez em quando esticava as pernas, como se estivesse a ter espasmos). Deixei-a retornar ao seu ritmo e, enquanto isso, fui-lhe aplicando Reiki nos ombros, até ela decidir abrir os olhos. Perguntei-lhe como estava. Disse-me que estava bem.


Senti que a sessão correu muito bem e espero poder partilhar mais aventuras com a Margarida e o Super Reikinho. Após a sessão, saímos e a Margarida mostrou-se alegre e mais à-vontade para falar. Saltitou um pouco, escolheu algumas revistas para folhear e, enquanto guardava um pequeno calendário que lhe dei, para se lembrar dos 5 Poderes, partilhou comigo, por iniciativa própria, que a gatinha kiki era uma mochila. Esperamos que a Margarida leve, desta sessão, alguns superpoderes que a ajudem a lidar com as mudanças que se avizinham.

VÂNIA CABAÇO

CENIF AMADORA

Prática de Reiki - CENIF

35


NOTÍCIAS E PROJETOS

36

USUI


NotĂ­cias e Projetos - CENIF

37


CELEBRAR O DIA DAS VIRTUDES DO IMPERADOR MEIJI A FILOSOFIA DE VIDA DO USUI REIKI RYOHO ASSENTA TAMBÉM NOS 125 POEMAS DO IMPERADOR MEIJI.

38

USUI


AS LIÇÕES DE UM DIA DAS VIRTUDES Celebrar o dia das virtudes é por um lado reconhecer os méritos que alguém construiu e alcançou e por outro lado, colocá-los ao serviço de todos, da humanidade.

No dia 30 de Julho de 2018 celebramos o Dia das Virtudes do Imperador Meiji, no CENIF. Tivemos como poema de reflexão o décimo oitavo, escolhido pelo Mestre Usui. 18 — PIRILAMPO PERANTE A LUA Um pirilampo esconde-se no canavial, deixando a Lua brilhar na lagoa.

Quando o Mestre Usui nos indicou 125 poemas para refletirmos, ele queria tornar real o que indicava nos preceitos “A arte secreta de convidar a felicidade” e “para a melhoria da mente e do corpo“. O décimo oitavo poema trouxe-nos grandes reflexões interiores, o saber que cada um tem a sua luz, que com amor próprio e auto-estima, é capaz de também deixar brilhar o outro quando é mais necessário. Refletimos ainda sobre a necessidade de nos tornarmos melhores de pessoas, de nos formarmos como pessoas em tudo aquilo que aprendemos e não apenas técnicos especializados. Reiki é um caminho longo, umas vezes duro, outras vezes simples, mas sem dúvida, um caminho que nos leva por uma vida mais pacífica e feliz. O Dia das Virtudes do Imperador Meiji é sem dúvida um dia importante para a prática da filosofia de vida no Usui Reiki Ryoho. Todos ainda receberem Reiju. Um muito obrigado à participação do professor Mauro Nakamura.

JOÃO MAGALHÃES

CENIF AMADORA

Notícias e Projetos - CENIF

39


PROJETO “REIKI – CUIDAR DE QUEM CUIDA DESDE OS ANOS SETENTA QUE O BURNOUT E O STRESS TÊM VINDO A SER RECONHECIDO COMO UM PROBLEMA INDIVIDUAL E SOCIAL, PORQUE AFETA O EQUILÍBRIO FÍSICO E PSICOLÓGICO DO INDIVÍDUO A NÍVEL PROFISSIONAL E SOCIAL.

40

USUI


Desde os anos setenta que o burnout e o stress têm vindo a ser reconhecido como um problema individual e social, porque afeta o equilíbrio físico e psicológico do indivíduo a nível profissional e social. Estas duas problemáticas comprometem a relação profissional/cliente, o desenvolvimento e empenho do profissional no trabalho e a diminuição na qualidade do trabalho prestado. Os custos sociais destes fenómenos vão para além do âmbito individual, afetam a prática profissional, os serviços onde são desenvolvidas estas práticas e, mais diretamente os clientes das respostas sociais. Somente nos últimos tempos é que começou a surgir a preocupação com a formação específica dos cuidadores, porém a maioria dos recursos humanos existentes nas Instituições não tiveram esta formação prévia. É notório que as Instituições têm movido esforços para a promover e disponibilizar junto dos seus colaboradores formações e estratégias para que estes possam viabilizar estas competências e conhecimentos exigidos para o desempenho da sua função. O cuidador é uma peça chave fundamental na promoção da qualidade e da dignidade de vida da pessoa com situação de deficiência e/ou incapacidade. Este papel não é uma tarefa fácil, e cada vez mais está acompanhada de dificuldades já existentes na atividade de cuidar.

A formação de Reiki e suas técnicas promove também a recuperação desse potencial de conexão e cooperação. Trabalhamos, portanto, em dois níveis: um primeiro nível de conexão consigo que proporciona reorganização de processos orgânicos; e um segundo nível de conexão com o outro que amplia as possibilidades de comunicação, cooperação e trabalho em equipa. Este trabalho, ao mesmo tempo, fortalece o equilíbrio orgânico e integra o desenvolvimento da inteligência emocional e afetiva para melhorar as relações humanas. Resumindo, com este projeto apresentado pelo Cenif, junto da equipa do Plano A PE – projeto de intervenção social dirigido prioritariamente a crianças e jovens residentes em contextos socioeconómicos mais vulneráveis, sendo a Fraterna a entidade promotora e o Programa Escolhas a entidade financiadora – pretende-se que os colaboradores através do Reiki e Técnicas de Meditação e Relaxamento no grupo possam: • Mobilizar integralmente o seu potencial (pensar, sentir e agir) • Fortalecer a autoestima e estimular a criatividade • Reabilitar as relações interpessoais e intergrupais • Atuar sobre o stress e as doenças psicossomáticas ocasionando a renovação orgânica e uma melhor qualidade de vida pessoal e profissional que se reflete nos excelentes resultados motivacionais e produtividade para a organização

A NOSSA PROPOSTA A formação em Reiki e Técnicas de Meditação e Relaxamento propõe um processo de autoconhecimento e desenvolvimento humano, baseado nesta terapia complementar e filosofia de vida, bem como um conjunto de técnicas vivenciais cujo objetivo é resgatar a autorregulação orgânica e ampliar a competência emocional. A partir da formação de Reiki e técnicas de meditação e relaxamento, pretende-se apoiar todos os cuidadores e técnicos de equipas a alcançar o equilíbrio e bem-estar, gerir as emoções, alívio de stress, incremento da autoestima e inter-relacionamento positivo.

TERESA BARROS

CENIF GUIMARÃES Notícias e Projetos - CENIF

41


REIKI EM ASSOCIAÇÕES – WORKSHOP DE REIKI EM ANIMAIS NA PRAVI WORKSHOP DE REIKI EM ASSOCIAÇÃO QUE ACOLHE ANIMAIS.

42

USUI


REIKI NA PRAVI No Dia 30 de Junho, foi realizado um Workshop intitulado “Reiki em Associações” num dos núcleos da PRAVI, uma Associação que recolhe animais e que realiza um trabalho fantástico, tal como tantas outras espalhadas pelo nosso país.

Neste Workshop, estiveram presentes algumas voluntárias da Associação, já iniciadas em Reiki, que têm a vantagem de conhecer a Associação e os seus Animais, facilitando a aplicação daquela terapia complementar, que pode trazer inúmeros benefícios.

Foi uma tarde fantástica, que só foi possível pela recetividade da presidente da Associação, Drª Maria da Conceição Valdágua, que acolheu o convite para a realização do Workshop de braços abertos.

Para além dos benefícios que o Reiki pode proporcionar aos animais, pode ainda beneficiar os dirigentes, funcionários e voluntários das Associações.

Obrigada a todos os que estiveram presentes, em especial, às colegas, Rosa Correia, Ana Claro e Patrícia Correia, que se voluntariaram de imediato para me acompanharem, contribuindo para que vivêssemos momentos muito especiais, em conjunto.

Estas pessoas, são sujeitas a inúmeras pressões emocionais despoletando frequentemente problemas físicos, tais como insónias, úlceras e depressões. O Reiki pode atenuar esses efeitos, quer seja através da sua iniciação nesta filosofia de vida, como também através de sessões ou partilhas; proporcionando alívio emocional e físico, contribuindo para uma maior clareza na resolução de problemas e algum desapego, muito necessário em casos de resgate animal.

E assim, mais uma vez, o Reiki uniu as almas e os corações de pessoas que partilham a vontade de melhorar as vidas de seres que tanto têm para dar e que pedem tão pouco. Muito Grata !

Fomos recebidas de uma forma calorosa, por parte do Sr. João e esposa, que nos apresentaram os animais residentes neste núcleo, os quais nos deram uma enorme lição de Amor Incondicional, pois, apesar do seu passado difícil, deixaram que lhes tocássemos durante a aplicação de Reiki.

FÁTIMA CUNHA VELHO

CENIF AMADORA

Notícias e Projetos - CENIF

43


VAMOS AJUDAR A ASSOCIAÇÃO AMIGOS DE QUATRO PATAS AJUDAR QUEM TAMBÉM AJUDA OS NOSSOS AMIGOS DE QUATRO PATAS

44

USUI


TRÊS VOLUNTÁRIAS PARA OS AMIGOS DE QUATRO PATAS E porque Reiki em Animais é acima de tudo ajudar quem mais precisa, este sábado Fátima Cunha Velho, Ana Claro e Ana Themudo estiveram na Associação Amigos de quatro Patas em Torres Vedras. REIKI NO APOIO À ASSOCIAÇÃO AMIGOS DE QUATRO PATAS Como a maioria das Associações Animais do País, precisa de voluntários para ajudar a manter o espaço e privarem com estes animais fabulosos e muito amigos uns dos outros. O retorno, garanto-vos, é maravilhoso, como se vê pelas fotos- verdadeiro Amor Incondicional Podem ligar-se através do facebook Associação Amigos de quatro patas… Dentro das dificuldades de saúde da D. Olinda, esta associação é mantida com esforço e muito carinho a todos os amigos de quatro patas. São estas histórias que me tocam o coração e fazem com que queira partilhar a palavra Voluntariado. Ao fazer Reiki nestas Associações, ajudamos não só os animais, mas também as pessoas que lá “vivem” e que tanto precisam de uma palavra e especialmente de uma ação de Apoio.

FÁTIMA CUNHA VELHO

CENIF AMADORA

Notícias e Projetos - CENIF

45


O SONHO COMANDA A VIDA E QUEM SONHA É MAIS FELIZ...

46

USUI


MANDALAS INDÍGENAS

Diz a lenda que quem sonha é mais feliz… Diz a lenda que sonhar combate a tristeza e diz o poeta que “… o Sonho comanda a vida e que sempre que um Homem sonha, o mundo pula e avança…” Por isso, hoje, fomos sonhar e construir filtros dos sonhos, objetos indígenas que servem de talismã e proteção. Para além disso, fomos ajudar um bocadinho uma princesa, a Íris, contribuindo para a ajuda da compra de um andarilho com uma parte do valor deste workshop. Foi uma tarde muito agradável, criativa e solidária. Só por hoje… somos gratas!!

SÍLVIA OLIVEIRA

CENIF GUIMARÃES

Notícias e Projetos - CENIF

47


CENIF DE GUIMARÃES E DA AMADORA DE MÃOS DADAS EM MAIS UMA CAMINHADA

48

USUI


JUNTOS A CAMINHAR No fim de semana de 16/17 Junho o Cenif a passo fez a tradicional caminhada anual de 2 dias, este ano realizamos uma ida até ao ponto mais alto de Portugal Continental, a nossa fantástica Serra da Estrela com os seus 1993mts de altitude! A nós juntaram-se os amigos do Cenif Amadora, num convívio recheado de boa disposição onde houve lugar para conhecer alguns locais como a Torre (ponto mais alto da Serra), diversas lagoas, a nave de Sto. António, o lindíssimo covão da Ametade, a imensa vista sobre os 3 cantaros (Magro,Gordo e Raso) e o Vale glaciar

do Zêzere e ainda a pitoresca praia fluvial da Louriga onde fomos a banhos frescos. No final do primeiro dia tivemos também um delicioso jantar num restaurante local cheio de iguarias de fazer lamber os “beiços” e chorar por mais. Tudo isto teve sempre como pano de fundo a grandiosidade da mãe natureza, onde podemos observar a sua capacidade de alterar o meio envolvente ao longo de milhares ou milhões de anos e assim deixar tudo perfeito para que os nossos olhos vislumbrem todas as suas obras arquitetónicas!

SÍLVIA OLIVEIRA

CENIF GUIMARÃES

Notícias e Projetos - CENIF

49


HOSPITAL DE REIKI NA JUNTA DE FREGUESIA DE VERMIL HOSPITAL DE REIKI ITINERANTE NO SEU PERCURSO PELO NORTE DO PAÍS.

50

USUI


REIKI EM VERMIL, APOIO DE PROXIMIDADE O Hospital de Reiki Itinerante foi a mais uma junta de freguesia levar Reiki a quem nunca recebeu. Das 10h às 12h30, 15 pessoas receberam Reiki e todas adoraram a experiência. Reiki é mesmo muito bom!! Deixo aqui alguns testemunhos daqueles que este Domingo receberam Reiki em Vermil. “Experiência maravilhosa e com vontade de repetir, muito obrigada a todos” “Experiência excelente, aconselho a todos para relaxar, obrigado” “É uma experiência muito interessante este Hospital Itinerante: que momento muito intensos de “plenitude”, Obrigada a todos” “Foi uma experiência única, relaxante e calmante, obrigado Cenif” “Gostei, obrigada, relaxei e descansei, tive boa com companhia”

SÍLVIA OLIVEIRA

CENIF GUIMARÃES

Notícias e Projetos - CENIF

51


A NATUREZA DO SER HUMANO COMO BUDA EXPLICA A NATUREZA DO SER HUMANO? COMO PODEMOS MUDAR O NOSSO PADRÃO?

52

USUI


CAMINHAMOS SEM RUMO PELA NOSSA EXISTÊNCIA, DESCONHECENDO DE ONDE VIEMOS E PARA ONDE VAMOS. Nos dias 27 de Junho e 4 de Julho, Mauro Nakamura, professor de Budismo, esteve a falar sobre a Natureza Humana e a forma como ela é descrita pelo Buda Sakyamuni. Foram umas aulas muito esclarecedoras e que agora continuarão o seu tema às quartas-feiras. As inscrições para as aulas com o professor Mauro Nakamura, no CENIF Amadora, podem ser marcadas diretamente com ele, através do email: mauro-nakamura@10000nen.com

JOÃO MAGALHÃES

CENIF AMADORA

Notícias e Projetos - CENIF

53


CENIF NA CAMINHADA DA CERCIGUI PARA MIM, OS CINCO PRINCÍPIOS ESTÃO INTERLIGADOS.

54

USUI


TERCEIRO ANO DE CAMINHADA CERCIGUI

No dia 24 de Junho o Cenif abraçou mais uma vez e já pelo seu 3° ano consecutivo, a nobre campanha solidária da Cercigui. Com uma caminhada organizada pela Running Wonders, cheia de gente alegre e bem disposta, que percorreu as principais ruas da cidade de Guimarães debaixo de um calor intenso (nada que não estejamos já habituados em anos anteriores) e na verdade tínhamos uma boa causa pela frente e um objetivo a ser cumprido! Obrigado a todos os participantes e também aqueles que ajudaram esta causa mesmo sem estar presentes na caminhada.

SÍLVIA OLIVEIRA

CENIF GUIMARÃES

Notícias e Projetos - CENIF

55


CAUSA FUNDAÇÃO RONALD MCDONALD

56

USUI


PELAS CRIANÇAS, EM PENAFIEL Tão bom quando doamos um pouco do nosso tempo em prol de outros , neste caso Crianças. Foi com muito AMOR que hoje e Só por hoje fizemos 9 sessões de Reiki ( 7 adultos e 2 Crianças lindas), no Jardim da McDonald’s. Obrigado aos Praticantes : • Pedro; Deolinda, Rui e Miguel <3 • Aurora Moreira pela logistica <3 • Agradecimento Especial: • Mel pelo apoio logistico ; • MacDonalds Penafiel, pela logística e refeições; (Ana Julia) • C. M. Penafiel, porque sem cor de partido mas sim pela causa doaram Livros e Sacos; • Veraland pelas impressões dos vouchers;

Até breve <3

NUNO NUNES

CENIF PENAFIEL

Notícias e Projetos - CENIF

57


FOI ASSIM O CURSO DE REIKI EM ANIMAIS NO ALGARVE, COM APOIO À PRAVI E À CADELA CARLOTA & COMPANHIA

58

USUI


REIKI É ALGO DE TÃO SIMPLES QUE PODE ESTAR TOTALMENTE INTEGRADO NA NOSSA VIDA No fim de semana de 19 e 20 de Maio, realizaram-se dois Cursos de Reiki em Animais no Algarve, pela Fátima Cunha Velho. Um, em Faro e o outro, em Lagos. À semelhança de todos os cursos certificados pelo CENIF – Amadora, 25% do valor total dos Cursos foi doado a duas Associações de Animais daquela região, que como tantas outras espalhadas pelo nosso país fazem um trabalho fantástico, proporcionando vidas melhores a tantos animais de companhia que vêm de situações dramáticas. O Curso de Faro foi realizado a favor da PRAVI-Núcleo de Albufeira e o de Lagos, a favor da Cadela Carlota & Companhia, tendo-se conseguido angariar 220 € no total. Estas Associações lutam diariamente com falta de recursos de todo o tipo, especialmente de voluntários que as possam ajudar a manter e tratar de tantos patudos que se encontram à sua guarda e que foram muitos deles deixados em situações lamentáveis pelo ser humano.

FÁTIMA CUNHA VELHO

CENIF AMADORA

Notícias e Projetos - CENIF

59


CALENDÁRIO DE ATIVIDADES AMADORA CURSOS DE REIKI Nível 1 de Reiki Daniel Azevedo - 15 de Setembro Daniel Azevedo - 13 de Outubro João Magalhães - 20 de Outubro

Nível 2 de Reiki João Magalhães - 8 de Setembro e 15 de Setembro

Nível 3 de Reiki João Magalhães - - 22 de Setembro

OUTROS CURSOS Reiki Summer School 11 de Agosto

Curso de Regressão 20 e 21 de Outubro / 3 e 4 de Novembro

Nível 3 de Karuna 3 de Novembro

60

USUI


GUIMARÃES CURSOS E WORKSHOPS CURSOS:

PENAFIEL

CURSOS E WORKSHOPS MEDITAÇÃO com REIKI dias 7 e 21 ás 21h - valor 2€

CURSO PROFISSIONAL DE TERAPEUTA DE REIKI 8 de Setembro - 14h00

WORKSHOPS:

NÍVEL 1 DE REIKI - SHODEN 13 de Setembro - 19h30

AGOSTO Consultas de Numerologia dia 8, das 9.30h às 18h ( por marcação) cenifpenafiel@gmail.com

PILATES PARA PRATICANTES DE REIKI 17 de Setembro - 12h00

SETEMBRO Meditação , dias 10 e 24 ás 21h, contributo de 2,5€

CURSO DE BUDISMO “A NATUREZA HUMANA” 2 22 de Setembro - 10h00

Workshop e Cristais de Nível 1 , com Sónia Castro, dia 7 (6ªf) às 19h Inscrições : cenifpenafiel@gmail.com, mínimo de 5 presenças.

FILMES: “POR QUE VIVEMOS” 21 de Setembro - 19h30

Shoden ( 1ºs Ensinamentos ) 1ª aula dia 9, às 9.30h; Para alunos que possam ao Fim de semana; Consultas de Numerologia dia 12, das 9.30h às 18h ( por marcação) cenifpenafiel@gmail.com Shoden ( 1ºs Ensinamentos ) 1ª aula dia 13, às 9.30h; Para alunos que possam pós Laboral; Concerto Meditativo com Taças Tibetanas, com Carla Nogueira, dia 14, ás 21h , valor 12€ ( inscrição com sinal de 5€)

Notícias e Projetos - CENIF

61


62

USUI


NotĂ­cias e Projetos - CENIF

63


WORKSHOP DE VOLUNTÁRIOS O VOLUNTARIADO É UMA OPORTUNIDADE EXCEPCIONAL PARA A PRÁTICA DO BEM E DA SOLIDARIEDADE.

64

USUI


MUITO MAIS DO QUE OFERECER O SEU TEMPO O voluntariado é uma oportunidade excepcional para a prática do bem e da solidariedade. Ser voluntário é muito mais que oferecer uma parte de seu tempo, é muito mais que olhar para a necessidade do outro, muito mais que fazer parte de uma maravilhosa corrente, muito mais que colocar o seu entendimento e experiência em benefício do todo, vai além das expectativas do ser humano e o coloca em destaque, tanto para quem doa,

tanto para quem recebe. O Cenif Guimarães, resolveu fazer este Workshop para poder preparar os seus voluntários, para melhor receber as pessoas que todos os dias nos procuram. Muito obrigado a todos.

SÍLVIA OLIVEIRA

CENIF GUIMARÃES

Notícias e Projetos - CENIF

65


VIAGEM O CAMINHO DO REIKI AS CIDADES DO DESERTO - MARROCOS De 29 de Setembro a 6 de Outubro de 2018 66

USUI


as g a v 2 Só s i e v í n dispo

AS CIDADES DO DESERTO, MARROCOS De 26 de Setembro a 6 de Outubro de 2018 iremos percorrer a Arte Secreta de Convidar a Felicidade, através das cidades do deserto, em Marrocos. Ao longo desta viagem iremos fazer várias meditações e reflexões sobre o nosso caminho de vida, que tantas vezes parece ser um deserto. Iremos aprender a viver com o nosso interior e uns com os outros, promovendo a harmonia e a felicidade, com muito Reiki. Iremos a Marraquexe, Ait Bem Haddou – Boulmane, Tinghir, Erfoud, Merzouga, Alnif, Tazaine, Zagora Ouarzazate.

Informações e Reservas Filipa Lourenço CLUBE VIAJAR Av. Marconi, 4 D (Junto à Praça de Londres) 1000-025 –LISBOA flourenco@clubeviajar.pt Tel. 213 510 533 Notícias e Projetos - CENIF

67


WAKING DREAM THERAPY: O QUE Ã&#x2030;? O QUE TRANSFORMA?

68

USUI


A Waking Dream Therapy é uma técnica de raiz terapêutica, com as exigências a nível ético e deontológico, de uma terapia. O sujeito é confrontado com a sua consciência onírica de vigília, que por sua vez, desperto, desencadeia processos criativos assim como a redescoberta do Si Mesmo enquanto Outro.

Em português, a imaginativa onírica, antes de mais, respeita a livre expressão da afectividade, restaura-a e desenvolve-a; constitui por si só um treino saudável do imaginário assim como uma via de auto-conhecimento e desenvolvimento pessoal. A imaginativa onírica, surge como a “luz no fundo do túnel” que nos orienta para a redescoberta de um potencial criativo. Há que valorizar a consciência onírica no estado de vigília, para podermos agarrar o homo consciens. Carl Gustav Jung já falava de imaginação activa, mas é em França com Desoille que a imaginativa onírica se impõe, quando começa a desenvolver o chamado “Rêve Éveillé Dirigé”. O terapeuta propõe ao paciente (de olhos fechados, na obscuridade) um cenário imaginário que vai desenvolvendo com símbolos e à medida que o vai vivenciando o terapeuta vai orientando esse cenário, esse espaço imaginário, onde a imaginação antecipa soluções, descobre laços e significados… sentidos novos para o Si mesmo! Podemos dizer, que muitas vezes, com uma única sessão de Ima-

ginativa Onírica, o sujeito pode dar a volta à sua vida por completo, visto que a interpretação de dados encobertos pelo subconsciente se torna de tal modo reveladora que permite essa metamorfose e mudança de vida. Como refere Gerald Epstein, um reconhecido psiquiatra norte-americano, autor de livros e artigos sobre o tema, “Mental imagery provides us with a portal for self-discovery, healing, and creativity. By turning our senses inward, we can tap this inborn capacity to direct us in our lives”; o que quer dizer que o auto-conhecimento e a auto-descoberta assim como a libertação do “EU” encontram-se directamente ligados à imaginativa onírica; a essas imagens mentais transformativas que propiciam uma evolução da nossa consciência enquanto humanos. Com a Waking Dream estamos a trabalhar num espaço-tempo não lineares, onde o passado, o presente e o futuro se entrecruzam numa dimensão não determinística. Para a física moderna, estamos a trabalhar num nível quântico. A fantasia/sonho funciona como que uma ferramenta que permite ir a diferentes níveis da vida real, quer ela tenha sido ou venha a ser. Isto permite alterar um pressuposto passado que trouxe até ao real presente, mas que ao via-

Notícias e Projetos - CENIF

69


jarmos para trás podemos alterar o que lá está (real que foi) e, desta forma, recriar uma outra linha de vida que pode originar um outro futuro (realidade futura). É como se as viagens no tempo imaginadas e previsíveis pela física quântica já estivessem aqui ao nosso alcance. Esta terapia destina-se a qualquer tipo de pessoa que queira autoconhecer-se melhor ou libertar-se de medos, tabus e preconceitos, muitas vezes impostos pela educação. É uma terapia com benefícios para a saúde, nomeadamente ao nível do coração, pois é o chakra do coração que mais se trabalha na waking dream therapy. Como sabem, a vida é feita de escolhas e todos sabemos que as nossas escolhas mais importantes, ao longo da nossa história de vida, são emocionais, afectivas, logo, enlaçadas no coração. Por isso, há que ir lá, ao fundo dos nossos sentimentos e descobrir o que realmente sentimos acerca dos nossos valores, pessoas com quem convivemos, crenças que possuímos e desejos não concretizados por falta de auto-estima ou medo, ou preconceito!

70

USUI

Assim sendo, a Waking Dream Therapy, não tem qualquer contra-indicação, não se pode confundir com meditação ou Raja Yoga, porque é uma terapia para todos e para ser feita sempre que a pessoa sentir necessidade de ir mais longe no seu auto-conhecimento, na sua evolução de consciência, no AQUI e AGORA. É o tempo presente que interessa nesta terapia, cruzando nele passado e futuro, visto que se actualizam os medos e os sonhos. É também catártica, no sentido da libertação do Eu, do subconsciente para o consciente. É o caminho do vazio da Lua para o consciente luminoso do Sol!


ARTIGO DA AUTORIA DE: Maria Antónia Jardim, Doutorada em Ciências da Educação pela Universidade do Porto e Professora Universitária, com Agregação em Psicologia da Arte. Escritora e Pintora, publicou diversos livros académicos, sobre Hermenêutica, Simbólica, Psicologia da arte, imaginativa onírica e novas pedagogias.Membro da International Network for the study of waking Dream Therapy. Coordenadora Científica da Pós-graduação em Arte Terapia e Waking Dream Therapy (Presencial e em Live Streaming) no Instituto CRIAP. Docente no Curso Intensivo de Biblioterapia, Cineterapia e Waking Dream Therapy (Presencial e em Live Streaming) no Instituto CRIAP. Note-se que estes métodos remontam à Antiguidade. Encontram-se hoje em diversas civilizações ditas “arcaicas”, quer como prática ritual, quer como prática terapêutica. Em Portugal existem Cursos e Pós-graduações, que incluem a Waking Dream Therapy, nomeadamente no CRIAP, e que possui parceria com a Associação Internacional de Waking Dream Therapy.

Notícias e Projetos - CENIF

71


TERAPIAS NATURAIS

72

USUI


Terapias Naturais - CENIF

73


LIMPAR CRISTAIS QUE “NÃO PRECISAM” SER LIMPOS

74

USUI


Teremos que limpar cristais usados para limpar cristais? São vários os cristais que servem como auxiliadores na limpeza energética de outros cristais e, na maior parte das vezes, considera-se que eles não necessitam ser limpos, mas será mesmo assim? Os cristais têm um determinado valor energético, consoante a sua composição e característica mineral. No caso de estarem muito próximos de energia mais densa ou no caso de a absorverem, uns têm a capacidade de mais rapidamente voltarem ao seu estado natural, do que outros. No entanto, a intensidade da energia densa e o tempo de contacto, poderá fazer com que as características do próprio cristal sejam danificadas. Como exemplo, uma selenite pode quebrar quando antes mostrava um aspecto “sólido”, ou um quartzo fumado pode ficar cheio de “bolhas” interiores ou pequenas rachas, ou ainda o cristal poderá apresentar uma temperatura quente e um byosen como se estivesse saturado.

Então, um cristal usado para limpar outros, poderá ficar danificado e necessitar de se restabelecer. Estas são várias formas para que ele se possa recuperar, se ainda for possível: • Deixá-lo em contacto isolado com uma selenite, durante três dias (por exemplo, uma selenite sobre uma selenite ou uma drusa sobre uma selenite); • Deixá-lo com cristais do mesmo tipo que o seu, para que volte a adquirir a sua própria identidade, por exemplo uma ametista junto de outras ametistas.

CRISTAIS USADOS PARA LIMPAR OUTROS CRISTAIS Estes são os mais comuns: • Selenite; • Drusa de quartzo rocha; • Drusa de ametista; • Quartzo fumado; • Cornalina.

JOÃO MAGALHÃES

CENIF AMADORA

Terapias Naturais - CENIF

75


O QUE Ã&#x2030; UMA LEITURA DE AURA

76

USUI


AJUDA A ELEVAR A CONSCIÊNCIA A aura é a energia que envolve e rodeia o ser humano e onde estão presentes um conjunto de informações e registos assim como os seus estados de consciência, reflete também o nosso carácter e essência. Através de uma leitura de aura é possível percebermos o nosso momento atual, padrões, estados emocionais e mentais, ajuda a perceber tendências e a direção que queremos seguir. A leitura de aura ajuda a elevar a nossa consciência para assim podermos fazer as escolhas e realizar as mudanças necessárias para um caminho mais leve, harmonioso e feliz. Com a terapia a pessoa tem um entendimento dos desafios de vida e as propostas a que o Universo está a convidar vivenciar, iniciar ou terminar. Na leitura são abordados vários temas desde estados de consciência, vidas passadas à leitura dos chakras, recebendo a pessoa um conjunto de informações que ajudarão nas suas decisões, projetos e escolhas. No final da sessão é realizada uma limpeza energética de modo a remover bloqueios, harmonizando e equilibrando a energia. Durante a sessão todos se encontram conscientes, sendo que apenas o que é lido e transmitido é o que está na energia da pessoa e os seus estados.

DANIEL AZEVEDO

CENIF AMADORA

Terapias Naturais - CENIF

77


A RESPONSABILIDADE DE UMA LEITURA DE AURA

78

USUI


O TERAPEUTA DEVE TRABALHAR E OLHAR PELO SEU EQUILÍBRIO E SERENIDADE A leitura de aura é uma terapia que ajuda na compreensão do momento atual pelo qual a pessoa atravessa bem como ajuda a compreender os seus estados emocionais, mentais e anímicos. Na leitura de aura vamos mergulhando na pessoa, nas suas virtudes, medos, padrões e bloqueios. Por isso por parte do terapeuta deve existir uma humildade, responsabilidade e ética. Deve também o terapeuta não julgar e ajudar no que for possível na elevação da consciência e equilíbrio da pessoa. Tanto o terapeuta como o seu cliente estão perfeitamente conscientes em todos os momentos da terapia, pois a leitura é uma conversa de um ser humano para outro. Ao longo da leitura vamos mergulhado e tocando em pontos chaves e existe a necessidade de passarmos uma mensagem clara e construtiva de modo a ajudarmos a pessoa na sua consciência, mudanças e escolhas. O terapeuta deve trabalhar e olhar pelo seu equilíbrio e serenidade constantemente, para estar nas melhores condições possíveis realizando uma boa prática e uma boa leitura. A leitura da aura é uma terapia energética e como tal devemos manter um cuidado e higiene da nossa energia, realizar a prática da meditação e ter o devido descanso. A leitura de aura é uma terapia que tanto ajuda a pessoa como o terapeuta, por isso deve ser levado com responsabilidade e gratidão.

DANIEL AZEVEDO

CENIF AMADORA

Terapias Naturais - CENIF

79


TESTEMUNHOS E PARTILHAS

80

USUI


Testemunhos e Partilhas - CENIF

81


PORQUE PRATICAM REIKI

82

USUI


Manuela tem 40 anos e tem cancro da mama. Chega até mim para receber Reiki com a intenção de fortalecer a sua força interior para mais facilmente combater a doença. Mario procura a terapia Reiki para o seu filho com autismo, com a intenção de o ajudar a estar mais calmo e mais atento. Maria tem 50 anos e tem uma depressão há mais anos do que aqueles que se lembra.Procura a terapia Reiki para a ajudar a libertar aquele peso que sente todos os dias e que comprimido nenhum consegue. Artur tem 38 anos e sente que não aguenta mais! Sente tanto stress, que receia a qualquer momento ter um colapso. Procura Reiki com a intenção de o ajudar a encontrar a calma dentro de si próprio. Carla tem 45 anos e desde sempre que se sente desenquadrada, que não sabe quem é, nem o que a faz feliz. Procura a terapia Reiki com a intenção de lhe trazer serenidade e encontrar o seu caminho nesta vida. Rita tem 36 anos e quer muito engravidar. Todos os exames dizem não ter qualquer questão física que a impeça de engravidar, mas há 4 anos que tenta e não consegue. Procura Reiki com a intenção de tratar a ansiedade que não lhe permite ser mãe.

Igor, tem 7 anos e tem muito medo do escuro. A mãe procura Reiki para o Igor, para o ajudar a libertar esses medos. Tantos são os exemplos que poderia aqui enumerar, de pessoas que procuram Reiki para os auxiliar nas suas questões e não para os curar de alguma doença física!! Sabemos que uma doença física, é mais facilmente curável, numa mente sã. Também sabemos que os nossos pensamentos fazem de nós pessoas mais ou menos felizes. Conheço muita gente, que tem como condição uma vida mais simples e sem condições financeiras, mas que cultivam uma mente sã com pensamentos positivos e são muito felizes! Também conheço algumas pessoas com doenças graves e que todos os dias saem à rua para elas próprias ajudarem outros na sua dor, aliviando assim a sua própria dor. E Reiki é também tudo isto!! É um cultivar de uma mente sã, de um espirito mais alegre e uma vida pacifica e feliz! Não faz promessas de curas físicas, mas auxilia a tomar consciência de si própria e a despertar a sua força interior.

SÍLVIA OLIVEIRA

CENIF GUIMARÃES

Testemunhos e Partilhas - CENIF

83


NÃO ESTOU SOZINHA

84

USUI


POUCOS SABEM, MAS NESTE MOMENTO ESTOU NUMA VIAGEM DE AUTODESCOBERTA. PELO MENOS EU GOSTO DE CHAMAR-LHE ASSIM. Esta sou eu depois do meu filho Lourenço nascer, há 6 anos. Ainda me custa pensar que eu estive assim durante quase 1 ano e meio, com mais 45 kg do que o meu peso normal. Na pior fase cheguei aos 92 kg. Hoje esta imagem está bem longe, já não é uma imagem que me magoa ou envergonha, mas uma imagem que faz parte da minha história, de quem sou.

Não consigo olhar para trás e identificar o momento exato em que aconteceu, mas a verdade é que me descontrolei completamente e perdi-me de mim própria, perdi a minha identidade. Lembro-me de olhar para o espelho e sentir pânico de nunca mais voltar a ser “normal”, lembro-me de chorar e pensar que estava destruída, que já não era uma pessoa, mas uma aberração. Lembro-me de olhar pela janela do quarto e perguntar se seria tudo mais fácil se aquele corpo destruído e disforme saltasse do 5.º andar do meu prédio. Será que a dor iria acalmar? Depois de anos a lutar contra distúrbios alimentares, tinha atingido o pico absolutamente inverso. Não sei bem como nem onde fui buscar forças, mas perdi o peso todo antes de decidir engravidar da Caetana, há 4 anos. Voltei ao meu peso normal, aliás, perdi mais do que tinha ganho. Mais uma vez descontrolei-me e deixei que a bulimia tomasse conta de mim.

Testemunhos e Partilhas - CENIF

85


A minha relação com a comida nunca foi saudável, nunca foi a ideal, ainda hoje não o é. Tenho andado a ganhar e a perder peso feita doida desde então, e, apercebi-me entretanto, a perder a minha conexão comigo própria, a perder a minha confiança, a minha autoestima. O peso é uma questão que sempre me atormentou, mas mais que isso, é uma consequência duma vida inteira a duvidar das minhas qualidades, do meu valor.

86

USUI


Poucos sabem, mas neste momento estou numa viagem de autodescoberta. Pelo menos eu gosto de chamar-lhe assim. É mais bonito do que dizer que estou a lutar contra uma depressão ou contra um caso de ansiedade tão grave que cheguei a ter ataques de pânico no meio do trânsito, sozinha. Cheguei a ter convulsões e a desmaiar, a ter pensamentos e impulsos suicidas. Pensei que conseguia resolver-me sozinha, desligar o botão da ansiedade e colocar o meu melhor sorriso para enfrentar o resto da minha vida, mas percebi, depois de um dia particularmente difícil, que precisava que me dessem a mão. Pedi ajuda e hoje estou a ser seguida por médicos e profissionais capazes e a ser medicada. Tenho meditado, tenho percorrido o caminho da felicidade que é o reiki e descobri o yoga. Tenho devorado livros sobre yoga, meditação, reiki, budismo e cristais. No fundo, e porque percebi que o que me atormenta é uma imensa desconexão entre as 3 Veras que existem – a física, a mental e a espiritual, tenho procurado tudo aquilo que me ajude a uni-las.

Passaram 2 meses desde o último grande ataque de pânico e já me sinto melhor, já me sinto a regressar a quem verdadeiramente sempre fui. À minha essência. À única Vera – a que é corpo, mente e espírito numa só. No percurso percebi que, descobrindo a saída, não a poderia esconder de ninguém. Não estou sozinha nesta luta, e se, por um lado, é verdade que o que funciona para mim pode não funcionar para todas as outras pessoas, também é bem verdade que os caminhos são mais fáceis quando vamos de mãos dadas com alguém, e neste momento a minha grande força é saber que, ultrapassada esta situação, terei ferramentas suficientes para poder dar a mão a quem me quiser acompanhar. Não sei bem como cheguei aqui, a esta confissão, quando tem sido tão mais fácil mascarar tudo, mas acho que os tabus não ajudam ninguém, e talvez agora, despida perante todos consiga descobrir a minha Luz e curar-me.

VERA MAURITTI

CENIF AMADORA

Testemunhos e Partilhas - CENIF

87


PORQUE IR APRENDER REIKI TÃO LONGE?

88

USUI


A TRANSFORMAÇÃO QUE REIKI TRAZ Liliana e Marina são duas praticantes de Reiki do Entroncamento e Torres Novas, elas partilham connosco porque praticam Reiki e o porque do seu esforço com a distância. O Reiki mudou a minha vida!!! Sinto me como se renova se... Deixei de fumar com a ajuda do Reiki é verdade!!! Quase há um ano!!! Vejo a vida com outra perspectiva com outro brilho muito mais calma com a mesma energia mas uma energia que não há descrição possível sente-se. Hoje tenho necessidade e quero muito mais!!! Quero ajudar as pessoas a sentirem o mesmo! É sem dúvida alguma a melhor prática e filosofia de vida! Agradeço de coração ao professor João porque o nosso mérito vem sem dúvida dele a forma como nos transmite as coisas à sua sabedoria e energia é brutal!!! Desejo muito Reiki na minha vida e dos outros. Porei em prática todos os dias da minha até que assim seja possível. Marina Sousa

O Reiki ensinou-me que o tempo e a distância são relativos. Na intenção de um gesto, posso com um só pensamento, atravessar oceanos e doar abraços envoltos em luz. Não serão mais precisos os postais rabiscados de sorrisos e perfume, que agradeçam, na ânsia das palavras cada carícia dada. Basta apenas a convicção de ter feito em cada ação o melhor possível para o bem de todos. Serei feliz em cada sorriso alheio. Aprendi a perdoar e a não mais precisar de ser perdoada. Continuo, sempre que necessário, a pedir perdão. Porém, livrei-me da culpa e desta forma sinto-me livre. Prometo a mim e aos olhos dos que me veem, que, na próxima vez estarei mais atenta. Afasto-me aos poucos de uma ansiedade quase crónica, na qual me julguei enlouquecer e aprendo a viver no tempo presente, a aceitar as escolhas feitas e as suas consequências. Aprendi através da análise dos meus próprios julgamentos a interpretar a realidade de diversas perspetivas. Senti na pele que sou mutável . Feita de uma matéria permeável que tenta reajustar-se em cada momento, a cada pessoa, a cada lugar. Sorte a nossa que ninguém fica igual para sempre. Há um tempo de não retorno. O mergulho no caos torna-se implacável, destruidor e imprevisível. Os níveis físico, mental, espiritual e energético atingem níveis tão baixos que já não tenho alternativa senão encontrar o Mestre. Tenho como objetivo atingir a Paz Interior. O seu vislumbre momentâneo dá-me a convicção de que é possível transportar esse sentimento para o comum dos dias. Executá-lo em todas as ações, desde a tarefa mais rotineira à mais excecional. Perpetuá-lo em cada pessoa que se sentir tocada e manter a esperança de que a corrente atingirá exponencialmente a multidão. Liliana Torres

Testemunhos e Partilhas - CENIF

89


A DOENÇA, O MEU MAIOR MESTRE HÁ CERCA DE 4 ANOS ENTREI NO CENIF PELA PRIMEIRA VEZ. TINHA SIDO DIAGNOSTICADA COM ESCLEROSE MÚLTIPLA HAVIA POUCO TEMPO. A MINHA INTENÇÃO E FOCO DURANTE OS 3 PRIMEIROS ANOS FORAM A MELHORIA DOS MEUS SINTOMAS FÍSICOS.

90

USUI


Sentia-me melhor se fizesse autotratamento de Reiki de uma forma disciplinada e claro, se recebesse Reiki regularmente. Acho que todos conhecemos a melhoria na nossa qualidade de vida se formos organizados com a prática. Para além disso desde início que procurei informar-me sobre a alimentação que fazia. Aprendi (e ainda aprendo) o máximo que podia sobre o tema, obviamente com as limitações do facto da Nutrição não ser a minha área. Desde Paleo, Vegetariano, Vegan ou mesmo a Medicina Ayurvédica. Era tanta informação que me vi confusa muitas vezes, sem saber ao certo o melhor para mim. Actualmente decidi nutrir-me com alimentos que sinto que me fazem bem, excluindo sempre que possível os que mais facilmente provocam inflamação. Os sintomas fazem parte da minha condição de vida actual, mas uma alimentação consciente contribui grandemen-

te para a melhoria da minha qualidade de vida. Tanto a alimentação como a prática de Reiki são extremamente importantes quando usados de forma intencional para o nosso bem supremo. Hoje consigo reconhecer que é sobretudo através da minha questão de saúde que eu tenho crescido imenso. Ao longo do tempo tenho vindo a aprender a viver em gratidão, porque constatei que foram nos períodos mais desafiantes, que eu dei os maiores saltos na evolução da minha consciência. Claro que o caminho de cada um de nós é único e felizmente não temos todos desafios de saúde. Mas nesta fase estou convencida de que nos momentos emocionalmente mais exigentes, que todos nós passamos, escondem-se verdadeiros tesouros.

Testemunhos e Partilhas - CENIF

91


ESCUTAR O CORPO Penso que quando começa um novo ano quase todos nós traçamos objectivos e intenções para o ano que se inicia. E como nos ensina o João, nada na vida se alcança sem prática, trabalho e dedicação. Um dos meus objectivos deste ano de 2018 foi viver a minha questão de saúde de forma consciente. Se o meu corpo me alertava diariamente através de sintomas, quase de certeza que existia algo muito importante a pedir atenção. Este ano procurei mergulhar em mim e sentir o que o meu corpo me estava a tentar dizer. Fiquei literalmente em choque quando comecei verdadeiramente a escutá-lo. Descobri que na minha maior zona de conforto, que orgulhosamente fui construindo ao longo da vida e desde tenra idade, encontrava-se um grande desafio. Verifiquei que me oferecia uma falsa sensação de segurança que me limitava e impedia de evoluir. A zona de conforto que eu tanto me identificava e a Esclerose Múltipla estavam altamente ligados, como se fossem duas faces de uma mesma moeda. Sei que cada um tem o seu percurso e que somos todos diferentes, mas muita atenção às zonas de conforto, principalmente as que nos acompanham desde a infância e que até se tornam parte da nossa personalidade.

O AMOR Para poder compreender melhor o que o corpo me estava a tentar transmitir, decidi fazer uma prática meditativa diária e intencional. Neste trabalho a que me dediquei, senti que a minha doença não está aqui para me fazer mal. Percebi que é a forma do meu corpo me alertar de que existem questões profundamente enraizadas, que afloram e que pedem cura. E entendi que se me deslocasse para baixo, para as raízes, e as trouxesse à luz da minha consciência mais facilmente poderiam ser transmutadas. É necessário coragem da nossa parte para olharmos verdadeiramente para o nosso lado “sombra”, que muitas vezes nos assusta e intimida. Mas de acordo com aquilo que tem sido a minha experiência, devemos aprender a aceitar e amar qualquer parte de nós, mesmo as que nos parecem ser mais escuras. Enquanto as negarmos e não as aceitarmos como parte integrante do nosso Ser, enquanto não reconhecermos que hoje somos o que somos devido a essas vivências, estaremos a trilhar um caminho de sofrimento que bloqueia o nosso crescimento. 92

USUI


Inicialmente as situações até podem não ser claras para nós, mas com prática e dedicação vamos tendo alguns vislumbres. A informação está dentro de nós, enraizada algures na nossa aura e a influenciar os nosso pensamentos, emoções e também a nossa saúde. Na verdade foram essas mesmas experiências passadas que nos permitiram evoluir para o que somos hoje. Neste momento da minha vida a conclusão a que cheguei é que é ao amarmos tudo o que fomos no passado, que poderemos avançar no nosso caminho de evolução da consciência. Percebi que independentemente de todas as terapias que eu fizesse, fossem os cuidados com alimentação, Acupuntura, Reiki ou mesmo a medicina tradicional, é no Amor incondicional por nós próprios que iniciamos verdadeiramente um processo de cura.

A IMPORTÂNCIA DOS OUTROS Recentemente também percebi que aceitarmo-nos como somos não é apenas assumir para nós mesmos que nos aceitamos e amamos. Este é um passo inicial extremamente importante, sem dúvida alguma. Mas é no dia a dia com as outras pessoas que efectivamente poderemos provar a nós próprios que amamos toda e qualquer parte de nós. O que a vida me tem mostrado é que é no nosso quotidiano que teremos oportunidade de pôr tudo o que aprendemos em prática. Hoje vejo que as escolhas que faço, desde uma pequena decisão a outra mais exigente, são uma enorme benção que me permitem escolher quem sou. Os nossos momentos diários são extremamente valiosos e as pessoas com quem nos cruzamos/relacionamos também.Penso que as escolhas que fazemos ao longo do nosso caminho são a chave para a evolução do nosso Ser. É durante o nosso trajecto, através das decisões que fazemos no nosso dia a dia, que definimos quem somos. O Divino sempre me fascinou, mas nunca até aqui eu dei tanta importância à minha experiência na Terra. É ao tentar materializar o que aprendo, que sinto que mais cresço e evoluo. E isso apenas é possível aqui, na nossa maravilhosa experiência física.

DIANA EUGÉNIO

CENIF AMADORA

Testemunhos e Partilhas - CENIF

93


ESTILOS DE VIDA

94

USUI


Terapias Naturais - CENIF

95


O MEU DIA DE REIKI NO TRABALHO NA MINHA HORA DE ALMOÇO, VOU PARA O ARMAZÉM E FAÇO O AUTOTRATAMENTO

96

USUI


É POSSÍVEL APLICAR REIKI NO TRABALHO Habitualmente fazia Reiki à noite, antes de dormir, o que nem sempre corria bem porque adormecia quase sempre a meio. Resolvi, então, adoptar outra técnica. Como normalmente chego cedo ao trabalho, resolvi aproveitar o tempo para cuidar de mim. De manhã, vou para um gabinete de prova, fecho a porta e faço 15 minutos de meditação. Na minha hora de almoço (1hora), vou para o meu armazém e faço o autotratamento. À noite, faço o envio de Reiki para um amigo, para mim e para o planeta. Como trabalho dentro do Instituto Português de Oncologia, na Liga Portuguesa Contra o Cancro, lido, directa ou indirectamente, o dia todo, com pessoas com cancro, tenho a noção que as energias se tornam muito densas e pesadas, sinto que esta prática dá uma grande ajuda ao meu bem-estar emocional, porque diminui a minha irritabilidade, deixando-me mais calma e com maior aptidão para gerir as relações interpessoais. Namastê

SANDRA SANTOS

CENIF AMADORA

Estilos de Vida - CENIF

97


98

USUI


ESTUDO DE BUDISMO IRMANDADE A irmandade pode ser definida como qualquer coisa que nos aproxima dos outros e nos ajuda a compreender as suas alegrias e tristezas. Ao conseguirmos estabelecer uma irmandade com os membros da sociedade em que vivemos, melhoramos as nossas hipóteses de influenciar os outros para melhor. Não podemos encaminhar os outros para o Dharma se ignorarmos as suas necessidades, medos e alegrias. O Maharatnakuta diz-nos que a irmandade é aquela qualidade dentro de nós que nos leva a usar a nossa sabedoria e compaixão para encaminhar os outros para o Dharma. Quando começamos a compreender a importância de partilhar o Dharma com os outros e quando começamos a agir com base nesse conhecimento, podemos estar certos de que estamos a concretizar os princípios mais profundos da irmandade. Esta é a mesma fonte que inspirou Buda a pregar durante 45 anos. Quando pressentimos esta fonte, mesmo que ligeiramente, sabemos que estamos a pressentir o nosso Buda interior. Na medida em que compreendemos a necessidade de encaminhar os outros para o Dharma, estamos em união com Buda. O objetivo da generosidade é fortalecer as raízes da mente bodhi. O objetivo do louvor é acalentar os rebentos da mente bodhi. O objetivo do bom comportamento é fazer com que as flores bodhi floresçam. O objetivo da irmandade é amadurecer os frutos da sabedoria bodhi. - Maharatnakuta

Estilos de Vida - CENIF

99


100

USUI


LIVROS RECOMENDADOS O BUDISMO TEM RAZÃO – ROBERT WRIGHT, A CIÊNCIA E A FILOSOFIA DA MEDITAÇÃO E ILUMINAÇÃO, UM LIVRO RECOMENDADO Desde as primeiras páginas que o livro O Budismo tem razão se torna uma perspetiva clara que pode ajudar a “revolucionar a visão de si mesmo e do mundo”. Não é um livro que vai entrar pelo campo religioso ou esotérico, mas sim num enquadramento viável no campo da psicologia e da filosofia. Para mim, este é um livro brilhante, de fácil entendimento, que nos leva à compreensão de como o caminho do budismo nos “enriquece a vida emocional, torna mais felizes e bem-dispostos”.

O BUDISMO TEM RAZÃO, A CIÊNCIA E A FILOSOFIA DA MEDITAÇÃO E DA ILUMINAÇÃO Num dia de Julho, na praia, com nuvens cerradas, um misto de calor e humidade, li o que Robert Wright partilhava, pois o livro é mesmo uma partilha pessoal sua, sobre o Budismo Tem Razão. Naquele instante presente, onde a impermanência era tão clara, pois em Julho devíamos estar no contentamento do sol e não na resignação do mau tempo, cada vez mais encontrei interesse na forma psicológica e filosófica com que o autor encarava e comparava os ensinamentos do Budismo ao comum da nossa vida e das nossas dificuldades. Um exemplo claro do seu brilhantismo e naturalidade é quando fala sobre o défice de atenção (p.163). Quando o autor se encontra em debate sobre “procurar um telemóvel” ou “continuar a escrita” ele dá-nos uma indicação preciosa:

modelo de telemóvel. Examina o sentimento de querer um belo telemóvel novo e de o querer procurar na internet. A seguir, examina-o um pouco mais. Examina-o até perder a força. Agora, volta para a escrita!” … Podemos, em princípio, enfraquecer o impulso – não combatendo-o, mas permitindo que se forme e observando-o cuidadosamente. Assim, o módulo gerado do impulso fica privado do reforço positivo que lhe concederia mais força da próxima vez”. Entre muitos mais exemplos, Robert Wright leva-nos à compreensão onde várias verdades se podem alinhar, trazendo beleza e felicidade à nossa vida. É um livro que vale a pena ler, não trará dores de cabeça, mas ajudará a resolver alguns nós que tanto nos bloqueiam. Ver o mundo com maior clareza pode não só tornar-nos mais felizes, mas igualmente mais morais”.

… se seguir a abordagem da consciência plena, dirá: “força, pensa em telemóveis. Fecha os olhos e imagina como seria procurar a avaliação mais recente do último Estilos de Vida - CENIF

101


102

USUI


A BAGAGEM DOS VIAJANTES Este livro é um guia de viagem. Cada página é uma placa, uma pousada, sombra de árvore. Mais que autor, Koichi Kimura é um rastreador de olhar único e múltiplo, compilando histórias de samurais, provérbios, biografias, fábulas ocidentais e orientais. Onde se enxerga empreendedorismo, Kimura vê exemplo de recomeço; na carreira vitoriosa de um político, lição de humildade na oportunidade de vingança, a chance de estender a mão. No final, um sermão do Buda funciona como bússola, norteando o leitor na direção do objetivo da vida e dando-lhe a determinação necessária para seguir adiante, mesmo quando as dificuldades são tais que a rendição parece a melhor saída. Os ancestrais desbravaram esta trilha, então escura e misteriosa. A cada geração, novos passos e tropeços. Que as narrativas desta obra sejam uma fogueira em noite fria, um regato para saciar a sede neste longo caminho com destino ao eu.

Estilos de Vida - CENIF

103


ALERGIA NUNCA MAIS Alergia, Nunca Mais! Ao longo do exercício da medicina, pude presenciar e vivênciar grandes mudanças, no modo de vida das pessoas, no comportamento e na evolução das doenças, bem como nos recursos médicos, tanto diagnósticos como terapêuticos. Posso afirmar que, embora a ciência médica tenha evoluído muito nesse período, a incidência das doenças é cada vez maior e mais precoce. Entre as doenças, as alergias chamam muito a atenção. Além das estatísticas apontarem uma incidência próxima de 50%, entre a população mundial, também constato este aumento no meu dia-a-dia, atendento a um número assustador de crianças, com manifestações alérgicas já nos primeiros meses de vida, bem como adultos com graves consequências na vida professional e pessoal, em função das alergias. Através dos meus estudos, pesquisas e experimentos, posso afirmar que ninguém é alérgico, mas apenas está alérgico em função de desiquilíbrios orgânicos específicos que favorecem a hiper-reatividade típica das alergias.

104

USUI


A SÍNDROME DE PETER PAN O relacionamento apresentado neste livro mostra uma realidade que inúmeras mulheres enfrentam na vida quotidiana, tanto real como virtual, ao encontrarem parceiros portadores da Síndrome de Peter Pan. A história mostra as dificuldades vividas pelo homem Peter Pan e, também, pelas pessoas que se relacionam com ele. No desenrolar da trama, verá que este comportamento é muito mais comum do que se imagina, e provavelmente identificará alguém do seu convívio que possui o perfil do homem Peter Pan. Se este comportamento trás sofrimento as pessoas diretamente envolvidas, muito maior é o dano quando estas atitudes se multiplicam e passam a dominar o comportamento de uma sociedade. E é, precisamente o que vivemos hoje, uma sociedade carente de adultos, de referências maduras e de verdadeiros líderes, mas, saturada de comportamento adolescente. Uma sociedade de Peter Pans vive à margem do mundo real, caminhando sem rumo e sem propósito, resultando na estagnação de toda uma geração.

Estilos de Vida - CENIF

105


REVISTAS RECOMENDADAS

REVISTA HAPPY WOMAN A revista Happy Woman é uma revista mensal portuguesa, destinada ao público feminino. Mensalmente, a revista oferece vouchers e descontos em diversas categorias como beleza, saúde, restaurantes, hotéis, spas, moda, entre outros.

106

USUI

REIKI & YOGA Através dos vários artigos e secções, a nossa revista Zen Energy, disponibiliza aos leitores conselhos, tratamentos, terapias e ideias que funcionam como ferramentas úteis para melhorar a sua condição humana, ensinando-lhe o caminho para encontrar o equilíbrio e crescimento necessários para uma vida harmoniosa e feliz.

WOMAN’S WONDERLAND É uma publicação trimestral, digital, de subscrição gratuita, acessível na Internet. Pretende corresponder às motivações e interesses do público feminino e para além da responsabilidade de informar, pretende ser um auxiliar de consulta no dia-a-dia de todas as mulheres.


Estilos de Vida - CENIF

107


儀甀椀渀琀愀ⴀ䘀攀椀爀愀㨀 ㄀㜀㨀  栀 ⴀ ㄀㠀㨀㌀ 栀 漀甀 ㄀㤀㨀  栀 ⴀ ㈀ 㨀㌀ 栀 匀戀愀搀漀㨀 ㄀ 㨀  栀 ⴀ ㄀㄀㨀㌀ 栀 漀甀 ㄀㄀㨀㌀ 栀 ⴀ ㄀㌀㨀  栀

䔀 䐀 倀䄀䌀伀吀

匀 䄀 刀 伀 㘀 䠀 匀 䴀쨀

㐀㤀

Ⰰ  

⬀㌀㔀 Ⰰ   갠 椀渀猀挀爀椀漀

刀甀愀 䄀洀爀椀挀漀 䐀甀爀漀Ⰰ ㄀㘀䈀Ⰰ ㄀㤀  ⴀ 㘀㐀 䰀椀猀戀漀愀   簀   ⬀㌀㔀㄀ ㈀㄀  ㄀㄀㌀ 㔀㤀    簀   挀氀䀀瀀琀洀洀⸀瀀琀  簀  眀眀眀⸀瀀琀洀洀⸀瀀琀⼀挀氀


CENIF

CENTRO PORTUGUÊS DE INVESTIGAÇÃO E FORMAÇÃO EM TERAPIAS COMPLEMENTARES QUEM SOMOS

PRINCÍPIOS

O Centro Português de Investigação e Formação em Terapias Complementares, CENIF, é uma Escola de Reiki e um Centro de Terapias Integrativas, com a orientação de promover o bem-estar, equilíbrio e harmonia daqueles que participem nas suas formações ou consultas. CENIF foi a primeira escola a estabelecer o acompanhamento formal no ensino de Reiki, através de workshops teóricos e práticos, desenhados com conteúdos próprios, para a progressão dos alunos, no método Usui Reiki Ryoho.

O CENIF rege-se pelos preceitos criados pelo Mestre Mikao Usui. Interpretando os preceitos, em primeiro lugar, os ensinamentos do Usui Reiki Ryoho são para a evolução pessoa; Em segundo lugar, através da filosofia de vida percorremos “A Arte Secreta de Convidar a Felicidade”; Em terceiro, a prática deve ser levada a qualquer condição de saúde, de forma complementar; Em quarto, o cumprimento dos cinco princípios – Só por hoje, sou calmo, confio, sou grato, trabalho honestamente e sou bondoso; Em quinto a compreensão e divulgação que a prática é para a “melhoria do corpo e da mente”.

WWW.CENIF.COM

Revista Usui 8 - Reiki e Estilos de Vida  

No número 8 da Revista Usui partilhamos dicas úteis de Reiki para o verão, as últimas notícias do CENIF, testemunhos sobre a prática e vivên...

Revista Usui 8 - Reiki e Estilos de Vida  

No número 8 da Revista Usui partilhamos dicas úteis de Reiki para o verão, as últimas notícias do CENIF, testemunhos sobre a prática e vivên...

Advertisement