Issuu on Google+

Luís Eduardo Magalhães, 23 de junho de 2013 | Ano VI | R$ 3,00 | Edição 124

LUÍS EDUARDO TERÁ UM GRANDE EMPREENDIMENT0 IMOBILIÁRIO. Shopping Center, Centro Empresarial e muito mais, no final da Av. Salvador.

notíciasdooeste.com

Exportação de soja do Brasil superará processamento

As exportações de soja em grão do Brasil na atual temporada devem superar pela primeira vez o volume processado pelas indústrias, que reclamam da carga tributária sobre a atividade de esmagamento, disse nesta quinta-feira a entidade que representa as empresas do setor.. Pg 03

Exportações do Piauí ultrapassam USS 31 milhões; algodão é destaque Pg 03


02 www.noticiasdooeste.com

Luís Eduardo Magalhães - 23 de junho de 2013

Armadilha Um dia a casa cai. É expressão popular. Desde a implantação do Plano Real há um câncer visível na economia. Muitas vezes essa doença foi diagnosticada, mesmo que não se manifestasse claramente. Tem nome: valorização do real. Para a agricultura os prejuízos têm sido enormes. A associação do real valorizado com a queda contínua dos preços reais das commodities, deflacionados pelo IPC norte americano, utilizando-se dos preços desde 1900, são os mais baixos desde 1974. Essa associação perversa ainda não foi revertida, apesar da miragem dos preços da soja estar nos patamares de U$/bushel entre 13 e 15, supostamente os mais altos da história. São valores meramente nominais. O real valorizado, que não é culpa apenas do governo atual, está levando a uma bagunça generalizada na economia e nas contas nacionais, cujos resultados estão chegando ao cidadão comum. O rearranjo da economia dos Estados Unidos com forte redução do déficit público, crescimento de 1,8% de seu PIB e redução da emissão de sua moeda, está provocando um retorno do dinheiro do mundo, para ser aplicado em seus títulos públicos de longo prazo. A China com um crescimento que está na casa dos 7%, que era necessário, também começa a afetar o Brasil. Enquanto isso, a Viúva (governo brasileiro), continua praticando a farra de desonerações fiscais, que se em 2004 era de R$ 24,2 bilhões, chegará para estratosféricos R$170 bilhões em 2013. Só as desonerações para a indústria da Zona Franca de Manaus, Sudam, Sudene, setor de informática e às micro e pequenas empresas - via Simples -, custarão R$76,8 bilhões do total. É muita liberalidade com o dinheiro público. Como se vê, há exemplos de todos os lados, demonstrando a necessidade de mudar a rota econômica, pois até a história do pleno emprego, na verdade é derivada do baixo crescimento da taxa demográfica. O que dá dor de cabeça mesmo tem nome: necessidade de reduzir déficit fiscal; aumentar produtividade; ampliar investimentos em infraestrutura; promover reforma tributária. Como o dever de casa não foi feito, se antes havia o período de bonança, agora ele acabou, gerando como consequência, a perda de confiança dos investidores. Se as coisas ficavam mascaradas pelo alegre e exacerbado consumismo, como o das férias em Miami, que trouxeram prejuízo em 2012 de U$ 15,9 bilhões à conta turismo, agora vem à tona, com a cara fechada dos governantes. O Brasil é refém de uma situação insustentável e o câmbio o levará a nocaute, se o governo não agir. O dólar já deveria estar entre R$ 2,50 e R$ 3. Como o tempo é de corrida eleitoral, tentarão segurar a barra, mas a conta virá para a população, mais cedo ou mais tarde. A situação atual do Brasil lembra a Batalha de Canas em 216 a.C., em que as forças romanas caíram frente às tropas cartaginesas comandadas por Aníbal. A armadilha está se fechando.

Editora Vale CNPJ: 18.180.668/0001-23 Portal: www.noticiasdooeste.com www.jnoonline.com Tel. 77 3628 5340 - 9972 9951- 9187-9187 Rua Piauí, 80 - Edifício Via Lajedo 17 CEP 47850-000 Luís Edaurdo Magalhães - BA

Para que Você Seja Sempre Feliz Livro: Convite à Prosperidade Vol. 1 Autor: Masaharu Taniguchi

Deus é amor; por isso somente quando tiver um pensamento de amor sua mente se sintonizará com a onda da proteção e salvação de Deus. Se tiver um sentimento de ódio, de ira, de maldição ou de revolta, já não poderá se sintonizar com a onda espiritual da salvação de Deus. Doravante você jamais terá um sentimento de ódio, raiva, maldição ou revolta contra os seus familiares ou contra outras pessoas. Visto que a sua mente em harmonia está sempre sintonizado com o amor de Deus, terá em sua vida somente o bem e a felicidade. A sua vida está preenchida de ‘’bênção’’. Seus familiares estão todos saudáveis e felizes. Pense sempre assim, fortemente. Com toda certeza será exatamente assim, porque o pensamento é uma força criadora. Na realidade, a sua vida não é a vida sua, é a vida de Deus que está alojada em você, porque a vida só vem de Deus. A vida é perfeita e naturalmente a sua vida também é perfeita. Se por acaso a sua vida apresenta um estado de imperfeição e está doente, significa que você não está contemplando mentalmente a Vida de Deus que habita em seu íntimo. Se não contemplar, mesmo existindo aí, ela não se manifestará nem poderá ser sentida. Feche os olhos e imagine que esta vendo uma rosa. Mesmo que a rosa não exista, pode senti-la como existente. Se você fecha os olhos ao Jisso (Imagem Verdadeira) perfeito de sua vida e imagina a doença desenhando-a fortemente na mente, a doença que não existe originariamente surge aos olhos como se existisse. Faca ao contrario disto. Seicho No-Ie Embora a doença esteja manifestada agora, aparecerá o Reuniões na Sede do Jisso perfeito se você fecha os olhos para a doença e, deseLions Club às quintasnhando na mente o aspecto perfeito do Jisso, contemplar -feiras as 19:30h. isto nitidamente com os olhos espirituais (isto é o ShinMaiores informações, sokan). A filosofia de Nishida também ensina que ‘’confalar com Roseli Lins e templar é criar’’. Jane Bride. Fones: (77) 9996-5113 ou (77) 9971-0328

Rui Alberto Wolfart é produtor rural e engenheiro agrônomo, especializado em administração. Consultor na área fundiária e colunista do AgroDebate

Editor: JR Costa editor@noticiasdooeste.com O Jornal Notícias do Oeste é uma publicação da Editora Vale Circulação: Luis Eduardo Magalhães, Barreiras, Roda Velha e Rosário

Imprensão: Gráfica Imprima Ltda. CNPJ 04.256.147/0001-20 Taguatinaga - Distrito Federal Tiragem 3000 exemplares As matérias e artigos assinados são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam, necessariametne a linha editorial deste jornal.


Luís Eduardo Magalhães - 23 de junho de 2013

www.noticiasdooeste.com

Exportações do Piauí ultrapassam USS 31 milhões; algodão é destaque

Exportação de soja do Brasil superará processamento As exportações de soja em grão do Brasil na atual temporada devem superar pela primeira vez o volume processado pelas indústrias, que reclamam da carga tributária sobre a atividade de esmagamento, disse nesta quinta-feira a entidade que representa as empresas do setor. A exportação brasileira de soja no ano comercial de fevereiro de 2013 a janeiro de 2014 será de 39 milhões de toneladas, contra um processamento de 37,2 milhões de toneladas, mostrou um relatório da Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (Abiove).

As exportações piauienses alcançaram a marca de US$ 31,024 milhões de janeiro a abril deste ano. O resultado é 12,62% inferior a igual período do ano passado, segundo dados fornecidos pela Secretaria de Comércio Exterior do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. O baixo desempenho é resultado da queda nas exportações de ceras vegetais, pilocarpina, algodão e mel natural, os principais produtos da pauta de comércio exterior do Estado. A soja,

apesar da quebra da safra nos Cerrados, vem conseguindo exportar um volume maior do que no ano passado.

2,8 milhões, o Japão, com US$ 2,5 milhões, Coreia do Sul, com US$ 1,291 milhão, e Indonésia, com US$ 1 milhão.

A China permanece como principal comprador dos produtos piauienses. Do volume total negociado este ano, US$ 9,6 milhões vieram dos chineses. A Alemanha, com US$ 3,8 milhões, e Arábia Saudita, com US$ 3,5 milhões, foram os principais parceiros comerciais do estado nos quatro primeiros meses de 2013. Em seguida aparece os Estados Unidos, com US$

Os produtos mais negociados no exterior foram as ceras vegetais, com 2,260 milhões de quilos, e soja, com quase 10 milhões de quilos. As vendas de ceras vegetais renderam cerca de US$ 12,7 milhões e as de soja, US$ 5,3 milhões.

Da Redação

03

Em abril, a Abiove havia estimado exportações de 38,2 milhões de toneladas e processamento 38,3 milhões no mesmo período. O secretário-geral da Abiove afirmou que há um “caos

tributário” incidindo sobre o processamento de soja, enquanto as exportações são desoneradas.

timentos. Vai focar no trading”, disse ele, explicando que, com um menor processamento, há menos atividade nas indústrias para “Hoje o Brasil tem uma po- diluir os custos de investilítica para exportação de mento e obter retorno somatéria-prima de desone- bre o capital aplicado. ração total, o que ao nosso ver está correto, para não A ociosidade das indústrias perdermos competitivida- brasileiras de soja está ao de. A parte das indústrias redor de 30 por cento, seainda não foi desonerada. gundo a Abiove. Temos problemas de acúmulo de crédito de ICMS, Safra e estoques - A Abiove PIS/Cofins”, disse Fábio também reduziu sua previTrigueirinho à Reuters. são para a colheita de soja recém encerrada no país, Segundo ele, um dos impactos para 81,6 milhões de tonedeste movimento de priori- ladas, ante 82,1 milhões na zação das exportações é uma projeção de abril. crescente ociosidade das plantas industriais de esmagamen- A estimativa para os estoto, com estagnação nos inves- ques finais no ano comertimentos. cial 2013/14 foi reduzida “Isso vai elevar um pouco para 2,846 milhões de toneo custo do processamento. ladas, contra 3,4 milhões de Não vai fazer novos inves- toneladas em abril.

REPRESENTANTE COMERCIAL

PROCURA-SE REPRESENTANTE COMERCIAL PARA LUIS EDUARDO MAGALHÃES E REGIÃO... SEGMENTO SEMENTES DE MILHO E SOJA

TRATAR COM: JASP PEDROSO FONE 038 8401 9147


04 www.noticiasdooeste.com

Intacta RR2 Pro é resistente à helicoverpa

Luís Eduardo Magalhães - 23 de junho de 2013

Milho safrinha

Milho safrinha tem crescimento recorde de produtividade em Tocantins

Testes realizados por pesquisadores em todo o Brasil apontam a eficiência da nova tecnologia no combate da praga que está assustando produtores de soja

Os problemas que envolvem a multinacional Monsanto, produtores rurais e o pagamento de royalties sobre a patente da soja RR1 nem foram solucionados, mas a companhia já tem outra novidade. Ou pelo menos, garante que tem. A segunda geração dos grãos modificados geneticamente, a RR2, seria resistente à temida helicoverpa armigera, praga que só na região Oeste da Bahia fez um estrago de R$ 1 bilhão nesta safra. Após realizar testes em várias regiões do Brasil, a Monsanto diz que já tem subsídio para garantir que a tecnologia Intacta RR2 Pro, desenvolvida ao longo dos últimos 11 anos, com foco no mercado nacional, é resisten-

te ás lagartas helicoverpa. ela foi a praga mais temida pelos agricultores. “Além De acordo com os pes- de causar desfolha nas planquisadores, nas áreas dos tas de soja, ela causa danos agricultores que experi- diretos na produtividade mentaram a tecnologia ao se alimentar de flores (a convite da empresa na e vagens”, explica Geraldo safra 2012/13), em 14 es- Berger, diretor de Regutados (Rio Grande do Sul, lamentação da Monsanto. Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Minas Gerais, Mato Segundo dados da conGrosso do Sul, Mato Gros- sultoria Kleffmann, o núso, Goiás, Tocantins, Ma- mero médio de aplicações ranhão, Bahia, Rondônia, foliares com inseticidas Piauí e o Distrito Federal), para o controle de lagarnão foram verificados da- tas na cultura da soja no nos causados pela praga. Brasil aumentou de 3,6 aplicações por hectare na A companhia já havia afir- safra 2010/2011 para 4,6 mado que a segunda ge- aplicações por hectare na ração da Intacta oferecia safra 2012/13, levando controle a quatro das prin- a um aumento no gasto cipais lagartas que atacam por hectare de inseticia soja, a falsa medideira, a da de 107% em dois anos. broca das axilas, das maçãs e a dos ponteiros. Agora, também à helicoverpa. Na última safra nacional, por Globo Rural On-line

Começa neste mês de junho no Tocantins a colheita do milho safrinha da safra 2012/2013. O plantio do grão ocorreu logo após a colheita da soja, entre fevereiro até meados de março de 2013, aproveitando os últimos meses do período chuvoso. As chuvas generalizadas ocorridas nos meses de maio e junho foram as responsáveis pela produtividade recorde de 4.710 quilos por hectare. Uma variação positiva de 11,7% em relação à safra anterior. O milho segunda safra é cultivado em apenas 14 estados brasileiros, e na região Norte, em somente dois, Tocantins e Rondônia.

safra de 2011/2012, que foi de 187,1 mil. De acordo com o assessor executivo de Desenvolvimento Vegetal da Secretaria da Agricultura e Pecuária (Seagro), José Américo Vasconcelos, os produtores aproveitam que a soja foi colhida e utilizam a área para o cultivo do milho safrinha. “O custo diminui com insumos além de promover a rotação de cultura”, argumenta. Nacional

No Brasil, a previsão é colher 43,62 milhões de toneladas, em uma área de 8,9 milhões de hectares. O destaque da produção vai para os estados da região CentroA área cultivada é de 40,9 -Sul, Mato Grosso do Sul, mil hectares. Já a produ- Goiás e Minas Gerais. “Foi ção, segundo previsão da observado que a ocorrência Comissão Estadual de Le- de chuvas a partir da semavantamento de Informa- na iniciada em 27 de abril, ção Agrícola, aponta que o seguramente repercutirá na Estado vai colher 192,6 mil melhoria da produtividade toneladas, 2,9% superior à das lavouras, especialmente

daquelas plantadas fora do ciclo”, explica Vasconcelos, acrescentando que a nível nacional a produtividade apresentou um incremento de 2,3%, quando comparado com o resultado do ano passado. “Fruto do melhor desempenho das lavouras nos estados da Região Sul e de uma melhor performance, tanto na Região Norte quanto Nordeste”, completa o assessor. Comissão A comissão Estadual de Levantamento de Informação Agrícola é formada pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Seagro, Agência de Defesa Agropecuária (Adapec), Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins) e agentes financeiros. Fonte: Sec. Agricultura de TO


www.noticiasdooeste.com

Luís Eduardo Magalhães - 23 de junho de 2013

05

Itamaraty pode se Plano nacional contra lagartas reunir com Abrapa para Embrapa inicia criação de plano nacional discutir sobre algodão contra lagartas

Depois do prejuízo bilionário causado pela lagarta Helicoverpa armigera em importantes regiões do país, a Embrapa decidiu avançar com a elaboração de um plano nacional de controle das espécies Helicoverpa e também da mosca branca, outra praga que, segundo a entidade, tem causados danos agronômicos e financeiros significativos aos produtores rurais Um grupo de trabalho, forma- volvendo, além dos profissio- causadoras de importando por técnicos da Embrapa nais da Embrapa, consultores tes danos econômicos. Na de diferentes pontos do Brasil, de universidades e de outros região do Cerrado, a ocorestudam o texto de Instruções institutos, que participaram rência de lagartas do gêneNormativas do Ministério da das primeiras reuniões e que já ro Helicoverpa foi detecAgricultura, Pecuária e Abas- estão em atividade no Oeste da tada em fevereiro de 2012 tecimento (Mapa), que vai dar Bahia, local de alta incidência em níveis nunca antes registrados. Os danos não se respaldo ao plano nacional. das pragas. limitaram a soja, algodão Compõem o grupo de traba- A preparação de palestras e milho. A praga também laho Sérgio Abud, da Embrapa sobre Manejo Integrado de atingiu plantações de feijão Cerrados (Planaltina, GO), e Pragas (MIP) de lagartas, que comum, caupi, milheto e Maria José Del Peloso, da Em- inclui a Helicoverpa e outras sorgo. brapa Arroz e Feijão (Santo lagartas de importância ecoAntônio de Goiás, GO). nômica e de mosca branca, a A Helicoverpa armigera serem utilizadas em treina- foi identificada pela pri“As propostas de alterações nas mentos em todo Brasil e a meira vez pela equipe de resoluções normativas origi- criação de um hot site so- pesquisadores da Embrapa nais apresentadas pelo Mapa e bre MIP, no qual deverá ser Cerrados, Silvana Moraes e trabalhadas pelos pesquisado- disponibilizado um sistema Alexandre Specht, e da Emres estão sendo agora subme- de alerta para acompanhar brapa Soja (Londrina, PR), tidas à Diretoria-Executiva da a ocorrência das pragas em Daniel Ricardo Sosa-GoEmbrapa. Depois de aprovadas todo Brasil, nos moldes do mez, em fevereiro de 2013. internamente, serão levadas ao sistema de alerta da ferru- A identificação da praga é Ministério quando da próxima gem da soja, em operação muito importante por perreunião do GT, prevista para o há vários anos, também fo- mitir ações específicas de controle. dia 21 de junho”, diz comuni- ram assuntos discutidos. cado da Embrapa. Em abril deste ano, uma Prejuízos A Empresa quer que os atendi- R$ 2 bilhões é o valor esti- equipe de 30 entomologismentos às demandas ocorram mado de perdas e custos de tas da Embrapa reuniu-se de forma menos isolada. “O controle no Brasil nas últi- com representantes de proque estamos fazendo agora é mas duas safras de algodão, dutores e instituições ligapromover uma atuação orga- milho e soja provocados das ao setor produtivo. nizada de todas as Unidades, por lagartas especialmenpara trabalharmos institucio- te do gênero Helicoverpa. Foi quando elaboraram o nalmente, no Brasil todo, nos E uma dessas lagartas é a documento “Ações Emermoldes do que estamos fazen- Helicoverpa armigera. É genciais propostas pela do com a ferrugem da soja”, uma praga exótica até pou- Embrapa para o manejo explica o assessor da Direto- co tempo sem registro de integrado de Helicoverpa ria-Executiva de Pesquisa e ocorrência no Brasil e regu- spp”., entregue ao Mapa. Desenvolvimento da Embrapa lamentada como quarente- Esse documento sugeria a formação do GT, hoje insnária A1. Paulo Galerani. tituído e incumbido de elaO Programa Nacional de Ma- Pragas quarentenárias A1, borar o programa nacional nejo de lagartas e mosca bran- além de não presentes no de controle de lagartas e de ca prevê a formação de um País, são consideradas de mosca-branca. outrog Grupo consultivo en- alto risco como potenciais GAZETA DO POVO

Negociação sobre o encerramento do painel na OMC foi feita entre entidade brasileira e representante dos produtores norte-americanos

Depois de protagonizarem um dos mais longos contenciosos da história da Organização Mundial do Comércio (OMC) por causa dos subsídios dados aos cotonicultores norte-americanos, Brasil e Estados Unidos se sentaram à mesa mais uma vez para negociar e decidiram pelo fim da disputa sobre o algodão no órgão internacional. O acordo foi firmado entre as partes sem a consulta dos governos de ambos os lados, notificados após a conclusão das reuniões. Em nota, a Associação Brasileira dos Produtores de Algodão (Abrapa) afirmou que os dois países já foram comunicados sobre as negociações e “das recomendações que sugerem uma compensação financeira por parte do governo dos EUA, entre outras medidas”. O assunto está sendo tratado diretamente pelo Itamaraty, que, segundo fontes, deverá realizar uma reunião com a Abrapa nesta quarta-

-feira (19), em Brasília. Procura- contemplado nas discussões endo, Gilson Pinesso, presidente da tre as duas associações”. entidade, preferiu só se pronun- Na opinião de Pedro de Caciar após o encontro. margo Neto, ex-secretário do Ministério da Agricultura e exEm nota, o Itamaraty afirmou -presidente da Associação Braque “considera a aproximação sileira da Indústria Produtora entre as duas associações posi- e Exportadora de Carne Suína tiva”. Mas ressalta que a viabi- (Abipecs), “foi um equívoco nelidade das sugestões efetuadas gociarem de maneira indepenpor ambas, tanto do viés práti- dente, sem a participação dos co como do jurídico, ainda está governos”. sendo avaliada pelo governo, especialmente no que se refere ao A reunião entre os produtores “pagamento pelo governo norte- contou com representantes da -americano de uma compensa- Abrapa e com integrantes do Nação financeira adicional”. tional Cotton Council (NCC). A condição exigida pelos cotoniO documento ressalta ainda que cultores brasileiros para retirar qualquer decisão a respeito do o processo, aberto em 2002, é de contencioso dependerá de uma que haja o pagamento de uma avaliação mais detalhada sobre indenização aos setor, vinculado sobre os impactos dos progra- ao comprometimento dos Estamas da nova Farm Bill e tam- dos Unidos de promover uma bém de um “acordo satisfatório” redução gradativa nos subsídios sobre o programa de garantia concedidos a seus cotonicultores de créditos à exportação GSM- por meio da Farm Bill 102, “um dos aspectos centrais do contencioso, mas que não foi Por: SOU AGRO

Fones: 77-3628-9707 e 9971-8860 - Luís Eduardo Magalhães - Bahia - www.agrosuljd.com.br - Email: seminovos@agrosuljd.com.br

Fones: 77-3628-9707 e 9971-8860 - Luís Eduardo Magalhães - Bahia - www.agrosuljd.com.br - Email: seminovos@agrosuljd.com.br COLHEITADEIRA CASE 2388 2000 R$ 250.000,00 1+2 Pl de corte 25 pes ano 2008. COLHEITADEIRA CASE 2388 1998 R$ 240.000,00 1+3 c/ pneu balão, e PL de corte 25 pés. COLHEITADEIRA CASE 2388 2000 R$ 250.000,00 1+2 bem conservada. COLHEITADEIRA JOHN DEERE 1185 2000 R$ 110.000,00 1+2c/ Pl. de corte 23 pés, estado média conservação. COLHEITADEIRA JOHN DEERE 1550 2002 R$ 200.000,00 1+3 c/ pl. de corte 23 pés e esta conservada. COLHEITADEIRA JOHN DEERE 1550 2002 R$ 190.000,00 1+2 c/ pl. de corte 23 pés, bem

conservada. COLHEITADEIRA JOHN DEERE 1550 2002 R$ 190.000,00 1+2 c/ pl. de corte 23 pés, bem conservada. COLHEITADEIRA WHOLLAND TC 59 2002 R$ 180.000,00 1+2 c/ pl. de corte 23 pés e esta conservada. COTTON JOHN DEERE 9970 2005 R$ 320.000,00 1+3 conservada. COTTON JOHN DEERE 9970 2005 R$ 320.000,00 1+3 conservada. COTTON JOHN DEERE 9970 2005 R$ 320.000,00 1+3 conservada. COTTON JOHN DEERE 9970 2006 R$ 330.000,00 1+3 conservada. COTTON

JOHN DEERE 9986 2002 R$ 350.000,00 1+3 conservada. PLANTADEIRA CASE 173 2004 R$ 120.000,00 1+2 c/ 30 linhas de 50 cnt. PLANTADEIRA CASE ASM 1217 2004 R$ 70.000,00 1+ 2 c/ 16linhas e muito conservada. PLANTADEIRA JOHN DEERE 712 1997 R$ 15.000,00 1+1 c/ 10 linhas de 50 cnt. De espaçamento. PLANTADEIRA JOHN DEERE 716 1998 R$ 18.000,00 1+1 c/ 13 linahas de esp. 50 cnt. PLANTADEIRA JOHN DEERE 9218 2002 R$ 70.000,00 1+1 c/ 14 linhas de 50 cnt.

De espaçamento. PLANTADEIRA JOHN DEERE 9218 2001 R$ 70.000,00 1+2 c/ DC e DD e 12 linhas espaç. 60 ct.

DOR CASE SPX 3185 1999 R$ 150.000,00 1+3 reformado. PULVERIZADOR CASE SPX 3185 2001 R$ 150.000,00 1+3 reformado.

PLANTADEI- PULVERIZARA JOHN DORJACTO DEERE 2113 / 2000 2003 R$ 12 2007 140.000,00 R$ 120.000,00 1+2 1+2 c/ 12 linas conservado. de esp. 50 mm. PULVERIZAPLANTADEI- DOR JACTO 2000 2000 RA JOHN R$ 130.000,00 DEERE 916 1+2conservado. /30 1999 R$ 140.000,00 1+3 c/ 30 liPULVERIZAnhas de 60 cnt. DOR JACTO 2000 2002 R$ 150.000,00 PRENSA 1+2conservado. BUSA 10 ton. 2001 R$ 30.000,00 1+1 PULVERIbom estado. ZADOR JACTO 2500 2009 PULVERIZAR$ 280.000,00 DOR CASE PATRIOT 2006 1+2 28 mts R$ 210.000,00 de barra, com 1+3 conserva- JPS e revisada. do. PULVERIZADOR CASE PATRIOT 2006 R$ 210.000,00 1+3conservado. PULVERIZA-

PULVERIZADOR JACTO

2500 2009 R$ 280.000,00 1+2 28 mts de barra, com JPS e revisada.

PULVERIZADOR JACTO 3000 2007 R$ 210.000,00 1+2conservado. PULVERIZADOR JACTO 3000 2005 R$ 240.000,00 1+3conservado.

PULVERI ZADOR MONTANA PARRUDA 2003 R$ 125.000,00 1+2conservado. TRATOR AGRALE 6180 2008 R$ 130.000,00 1+ 2 com cabine, pneu balão e 6510 horas.

PULVERIZADOR JOHN DEERE 4630 2010 TRATOR R$ 360.000,00 CASE 8940 1+3conservado. 1999 R$ 110.000,00 PULVERI1+2c/rodadoduZADOR ploeconservado JOHN DEERE 4630 2010 TRATOR R$ 360.000,00 CASE 8940 1+3conservado. 2000 R$ 110.000,00 PULVERI1+2c/rodadoduZADOR ploeconservado MONTANA 2500 2008 TRATOR R$ 240.000,00 CASE MX 240 1+2conservado. 2002 R$ 140.000,00 PULVERI1+2c/rodadoduZADOR ploeconservado MONTANA PARRUDA TRATOR 2003 R$ CASE MX 270 125.000,00 2003 R$ 1+2conservado. 140.000,00 1+2 c/ rodado PULVERIduplo e conZADOR servado MONTANA TRATOR PARRUDA CASE MX 270 2003 R$ 2003 R$ 125.000,00 140.000,00 1+2conservado. 1+2c/rodadodu-

ploeconservado duplo e conservado TRATOR TRATOR CASE MX 270 JOHN DEERE 7505 2004 2008 R$ R$ 85.000,00 190.000,00 1+2 c/ cabine 1+2 c/ roe pneu balão. dado duplo. TRATOR CASE MX 270 2005 R$ 160.000,00 1+2c/rodadoduploeconservado TRATOR CASE MX 270 2005 R$ 160.000,00 1+2c/rodadoduploeconservado

TRATOR JOHN DEERE 7715 2008 R$ 160.000,00 1+2 bom estado de conservação.

TRATOR VALMET 1780 1994 R$ 50.000,00 1+1 c/ pneu balãoeconservado. TRATOR VALMET 1780 1996 R$ 50.000,00 1+1 c/ pneu balãoeconservado. TRATOR VALMET1880 1997 R$ 50.000,00 1+1 c/ pneu balãoeconservado.

TRATOR JOHN DEERE 7810 2002 R$ 95.000,00 1+2 c/ pneu balãoeconservado. TRATOR VALMET TRATOR 1880 1997R$ CASE MX240 TRATOR 2002 R$ JOHN DEERE 50.000,00 1+1 c/ pneu ba140.000,00 8420 2004 R$ lãoeconservado. 1+2 conservado. 230.000,00 1+2conservado. TRATOR TRATOR VALCASE MX270 TRA 1780 TRATOR 2008 R$ JOHN DEERE 2003 R$ 195.000,00 65.000,00 8420 2005 R$ 1+3c/rodadodu- 230.000,00 1+1conservado. ploeconservado 1+3conservado. TRATOR VALTRA 1780 TRATOR TRATOR MF 2003 R$ CASE MX270 650 2000 R$ 65.000,00 2008 R$ 58.000,00 195.000,00 1+2 c/ pneu ba- 1+1conservado. 1+3c/rodadodu- lãoeconservado. ploeconservado TRATOR VALTRA BH TRATOR WHOLLAND 180 2004 TRATOR TM 165 12005 R$ 70.000,00 CASE MX270 1+1 c/ rodado R$ 65.000,00 2008 R$ 1+2 c/ pneu ba- duplo. 195.000,00 lãoeconservado. 1+3 c/ rodado


06 www.noticiasdooeste.com

Produção agrícola triplica nos últimos 50 anos

A produção agrícola global triplicou nos últimos 50 anos, informa relatório divulgado nesta quarta-feira (19/6) pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO, na sigla em inglês). O relatório aponta as potencialidades do Brasil e as fragilidades de Moçambique e do Timor Leste. Segundo a FAO, a oferta global de alimentos per capita aumentou de cerca de 2.200 quilocalorias por dia, em 1960, para mais de 2.800 quilocalorias diárias em 2009. Porém, esse crescimento não impediu que, entre 2010 e 2012, a subnutrição atingisse 12,5% da população mundial, quase 870 milhões de pessoas, na grande maioria em países em desenvolvimento. A “redução da fome não tem ocorrido no ritmo esperado” no Timor Leste e em Moçambique, diz a FAO, considerando que os dois países estão entre os que podem falhar no cumprimento do Objetivo do Milênio de erradicar a pobreza extrema e a fome. Cerca de 45% das crianças timorenses com menos de 5 anos sofrem de subnutrição e quase 60% têm atrasos no crescimento. Em Moçam-

Luís Eduardo Magalhães - 23 de junho de 2013

UFBA:

é a tutora das duas novas universidades

bique, os dois indicadores também estão acima de 40%, devido à “prevalência de elevados índices de pobreza e à falta de acesso a água limpa”, enquanto, em Angola, situam-se em 15% e 30%, respectivamente.

Portugal é apontado no relatório da FAO como o décimo país com mais mulheres trabalhando na agricultura. “Favorecida pelos altos preços dos produtos base, a agricultura tem demonstrado uma resiliência surpreDe 2005 a 2011, um em endente durante a crise ecocada quatro países afri- nômica global”, diz a FAO. canos registrou “taxa de Segundo a organização, em atraso no crescimento de 2010, o valor acrescentado pelo menos 40%”, incidên- agrícola em nível mundial cia que se torna ainda mais aumentou 4%, enquan- Os projetos de lei que criam das duas novas institui- rá 3.000 vagas para os BIs, elevada no Sul e Sudeste to Produto Interno Bruto mais duas universidades ções de ensino superior. também para o segundo semestre de 2014 e pretende da Ásia – Índia, Laos, Ne- (PIB) global cresceu 1%. federais na Bahia – UniA Universidade Federal do chegar ao total geral de maversidade Federal do Sul pal e Timor Leste registram os valores mais altos. “Os cereais ocupam mais da Bahia (UFSBA) e Uni- Oeste da Bahia (Ufob) terá trículas de 13.200 estudande metade da área cultivada versidade Federal do Oes- sede em Barreiras, com tes regulares de graduação Segundo a edição de 2013 do mundo e são a fonte de te da Bahia (UFOB) foram campi nos municípios de e pós-graduação, em 2020. do Anuário Estatístico da alimento mais importante sancionados na tarde de Bom Jesus da Lapa, Barra, FAO, a despesa pública to- para o consumo humano”, ontem (05/06), pela pre- Santa Maria da Vitória e As duas novas instituições tal em inovação e desen- destaca a agência da ONU. sidente Dilma Roussef. A Luís Eduardo Magalhães. de ensino superior trarão volvimento (I&D) agrícolas Anualmente, produzem-se cerimônia de assinatura A expectativa é receber desenvolvimento cultural aumentou puxada, sobre- 2,3 mil milhões de tonela- dos documentos aconteceu estudantes no segundo se- e econômico para o entortudo, por países em desen- das de cereais, dos quais cer- no Palácio do Planalto, em mestre de 2014, oferecendo no de seus campi, devido volvimento, entre os quais ca de 1 milhão destinam-se Brasília com a presença de 2.220 vagas para os Bacha- à chegada de professores, o Brasil, que, juntamente ao consumo humano, 750 várias autoridades como relados Interdisiciplinares técnicos e estudantes para com Angola, está entre os milhões a rações animais o Ministro da Educação, (BI) com a expectativa de viver na região. De acordo sete países que concentram e 500 milhões à indústria. Aloizio Mercadante, o go- ampliar para 13.420 va- com a presidente Dilma, vernador da Bahia, Jaques gas em 2020. Por sua vez, a criação das novas instimetade das terras com potencial agrícola. A China Entretanto, a agricultu- Wagner e a Reitora da Uni- a Universidade Federal do tuições é parte do procese a Índia são responsáveis ra e a pecuária, com o uso versidade Federal da Bahia, Sul da Bahia (UFSBA), cuja so de “interiorização” do por metade do investimen- de fertilizantes sintéticos, professora Dora Leal Rosa, sede será em Itabuna com ensino superior no País. to em I&D, mas o Brasil têm aumentado a contri- pois a UFBA é a tutora no campi em Porto Seguro e www.ufba.br também está na lista, tendo buição para o aquecimen- processo de implantação Teixeira de Freitas, oferece- Fonte: duplicado a produção de to global, sendo responsácana-de-açúcar na última vel, entre 2000 e 2010, por década e se tornado um dos mais 1,6% das emissões Ainda há indefinição sobre o volume de algodão em pluma a ser colhido na safra em andamaiores exportadores agrí- de gases de efeito estufa. mento (2012/13), devido ao clima desfavorável e ao ataque de pragas. Com isso, a oferta colas, sobretudo de oleaginacional desta temporada pode ser inferior à estimada até então nosas e produtos pecuários. Por Agência Brasil Já para a próxima O desenvolvimento das senvolvendo algodão em (2013/14), produtores es- lavouras norte-ameri- pluma continuam lentos tão mais otimistas. Caso canas, que avançou nes- no mercado brasileiro e as condições climáticas ta semana, e o ritmo de os preços, em queda. A melhorem e o cultivo de importação chinesa de- demanda permanece ensoja ocorra em período vem determinar os va- fraquecida e alguns proadequado, agentes con- lores para os próximos dutores estão ofertando sultados pelo Cepea apos- meses e influenciar nas lotes de menor qualidatam em crescimento da decisões de produtores. de a valores mais baixos. área de algodão, especialCEPEA mente na segunda safra. Atualmente, os negócio- De:

Algodão


www.noticiasdooeste.com

Luís Eduardo Magalhães - 23 de junho de 2013

Coluna do

07

Thon

Inauguração do Restaurante Maxi Grill SR. MAXI E SEU GRILL A noite do dia 15 foi um marco para o mais novo rotariano de Luís Eduardo, meu amigo Maxi, com a inauguração dos serviços do Restaurante Maxi Grill. O evento em comemoração a despedida do estudante de intercâmbio Eduardo Barroso contou com a presença de seus “pais brasileiros” e amigos estimados. O excelente buffet mineiro e o carisma do proprietário rechearam a noite de celebração que contou ainda com a presença do atual presidente do Rottary Clube de Luís Eduardo Magalhães, o doutor Reginaldo Arita.

Talvani e Rosário Chiapetti

Renato, Thiago e Massao

Lúcia, Jair e Eduardo

Resenha Agrícola Produtividade do milho sobe de 85 para 96 sacas em 4 ciclos no MT Os produtores mato-grossense vão colher 11 sacas a mais de milho por hectare na safra 12/13 do que na 08/09, há quatro anos, quando foram colhidas em média 85. O comparativo é do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) que aponta aumento de 12,9%. Na safra 09/10 foram colhidos 72 sacas, na 10/11 cerca de 67 e na 10/11 surpreendentes 104 sacas.

afeta os custos de insumos como fertilizantes e defensivos, cujos preços são atrelados ao dólar, e o endividamento das empresas que tomam recursos no exterior. Também presente ao debate, o ex-presidente do Banco Central Henrique Meirelles disse que o recuo dos preços das commodities agrícolas em dólar é uma das consequências da desaceleração da economia mundial, que tende a gerar uma queda moderada de demanda. Meirelles, que preside o Conselho Consultivo da Real fraco favorece agrone- J&F (holding que controla gócio, dizem especialistas o frigorífico JBS), disse que O agronegócio brasileiro o agronegócio brasileiro registrou crescimento nos não está “imune” à desaanos em que o dólar se celeração, mas se disse otifortaleceu em relação ao mista sobre as perspectivas real, observou ontem Ivan de o país se beneficiar do Wedekin, diretor-geral da crescente consumo de carBolsa Brasileira de Merca- nes na China. dorias. Segundo ele, o segmento Nova soja transgênica ocuda carne bovina é particu- pará 10% da área plantada larmente beneficiado com a da próxima safra alta do dólar, já que os in- Com o aval da China, comsumos utilizados na produ- pradora de quase 70% da ção são pouco afetados pelo soja brasileira, os produtocâmbio. res do país deverão cultivar Em contrapartida, ponde- 10% da área da próxima sarou, o câmbio mais fraco fra com a segunda geração

da semente transgênica da Monsanto. Será um teste efetivo para a Intacta RR2, que pretende revolucionar as lavouras do Brasil com aumento de produtividade e imunidade às principais lagartas – uma das maiores inimigas da cultura. O resultado será derradeiro para justificar, ou não, o investimento dos agricultores na nova tecnologia.

Mais fotos no portal jnoonline.com to de maior comprador da carne brasileira no período, com um crescimento de 63%, no total de toneladas do produto adquiridas. O país fechou um total de 142 mil toneladas nos cinco primeiros meses do ano. Com um crescimento de 10% no total de toneladas exportadas, a Rússia aparece como segundo mercado da carne bovina brasileira, seguida pela União Europeia, Venezuela e Chile.

Aumenta limite para financiamento de hortifruti O Conselho Monetário Nacional (CMN) aprovou uma série de medidas do Plano Brasil bate recorde de fatu- Agrícola e Pecuário (PAP) ramento na exportação de 2013/14 na terça-feira, 18 carne nos primeiros cinco de junho, em Brasília. Entre meses de 2013 elas, o aumento do limite de As exportações brasileiras financiamentos de custeio de carne bovina entre janei- para culturas hortifrutis e ro e maio de 2013 atingiram a instituição do Programa faturamento recorde no Brasil de Incentivo à Inovação na comparação com o mesmo Tecnológica da Produção período em anos anteriores. Agropecuária (Inovagro). Com um valor que superou US$ 2,5 bilhões – aproxima- China importa 2,14 midamente R$ 5,3 bilhões – o re- lhões de toneladas de algosultado foi 15% superior ao re- dão de janeiro a maio gistrado no mesmo período do A China importou 2,14 ano passado, quando as ven- milhões de toneladas de aldas atingiram a marca de US$ godão nos cinco primeiros 2,1 bilhões (R$ 4,6 bilhões). meses de 2013, 17% menos O crescimento também foi que o volume adquirido enregistrado no volume das ex- tre janeiro e maio de 2012, portações, que fechou em 562 revelou nesta sexta-feira, mil toneladas, índice 22,57% 21, a Administração Geral maior em relação a 2012. Alfandegária do país. SoHong Kong manteve o pos- mente em maio, as impor-

tações da pluma somaram 345.778 toneladas, um volume 31% inferior ao registrado no mesmo período do ano passado, segundo o órgão. Fonte: Dow Jones Newswires.

tos de trabalho rural”, disse Maggi.

Outro ponto destacado pelo senador são os conflitos gerados em decorrência da extensão da legislação trabalhista urbana (CLT) Comissão de Agricultura ao contrato rural. Em avavota proposta de Maggi que liação, o parlamentar obregulamenta trabalho rural servou que é preciso considerar as peculiaridades e Rodrigo Maciel Meloni Comissão de Agricultura sazonalidades do trabalho vota proposta de Maggi que no campo. regulamenta trabalho rural O Projeto de Lei do Senado “Um dos principais conflitos (PLS 208/2012), de autoria trabalhistas rurais está centrado senador Blairo Maggi, lizado em ocasiões jornada exque regula o trabalho rural tra, praticada sazonalmente no no Brasil, será votado nesta trabalho do campo, em decorquinta-feira (20) pela Co- rência de condições climáticas missão de Agricultura do adversas e ataques de pragas”, Senado (CRA). Segundo explicou o senador por meio o congressista, o objetivo de sua assessoria de imprensa. é dar dinamismo ao setor primário, por meio da nor- PLS 208/2012 matização do trabalho no A proposta também regula a participação nos lucros ou campo. resultados da empresa. Pelo Trabalho iniciado por Ma- texto, é vedado o pagamento ggi pode beneficiar toda lo- de qualquer antecipação ou gística de transporte de MT distribuição desses valores em periodicidade inferior a um Maggi diz a ministro que semestre civil, ou mais de duas setor agroindustrial precisa vezes no mesmo ano civil. ser fortalecido “Apresentei este projeto A regra abre exceção para árecom o propósito de mo- as rurais, onde, em razão das dernizar a Lei 5.889, edita- diferentes atividades desempeda em 1973. Desata forma nhadas no campo, pecuária e acredito que será possível extração vegetal, esse pagaassegurar qualidade de vida mento poderá ser feito em ao trabalhador rural e fa- periodicidade menor. mília, e possibilitar a plena regularização dos contra- do AgroOlhar/


08 www.noticiasdooeste.com

LuĂ­s Eduardo MagalhĂŁes - 23 de junho de 2013


LuĂ­s Eduardo MagalhĂŁes - 23 de junho de 2013

www.noticiasdooeste.com

09


10 www.noticiasdooeste.com

Luís Eduardo Magalhães - 23 de junho de 2013

Feliz Aniversário! Nome - Elisângela Cunha Aniversário - 12 / 08 Profissão - Dentista Amor incondicional – Família Alguém Especial – Minhas Irmãs Paixão – Música Viajem Inesquecível – Roma Ultimo Livro – Crianças Índigo – Lee Carroll e Jan Tober Filme Marcante – Amor além da vida Perfume – 212 Sexy Carolina Herrera Já no dia 26 de Junho Vini- Hobby – Leitura cius Perdigão irá comemo- Sonho – Envelhecer bem No dia 23 de Junho o cinegra- Josi Bublitz completa mais rar com amigos e familia- Música – Pra você guardei – Nando Reis fista Augusto Isensee comemo- uma primavera no dia 25 de res seu aniversário. Muitos Um presente – A vida anos de vida! ra idade nova. Parabéns! Junho, muitas felicidades! O que LEM tem de melhor – As oportunidades O que LEM tem de pior – Motoristas que ainda NÃO respeitam as leis de transito Uma Frase – “Embora ninguém possa voltar atrás e fazer um novo começo, qualquer um pode começar agora e fazer um novo fim – Chico Xavier”

Inauguração JK Design

A gatíssima Deisy Tatiane No dia 24, Isadora Martel completa mais um anivercompleta mais uma prima- sário no dia 27 de Junho. vera. Feliz Aniversário! Muita saúde e felicidades!

Também no dia 27 de Junho a elegante e querida Eunice Cardoso comemora idade nova. Parabéns!

DVD Tchê Guri

Dia 15 de Junho o público lotou o maior CTG Sinuelo dos Gerais do Brasil para a Gravação do mais novo DVD do Grupo Tchê Guri, a noite foi animadíssima e a gravação rolou até a madrugada. Quem esteve presente amou!

Na noite de 11 de Junho a JK Materiais de Construção inaugurou a JK Design uma loja moderna, ampla, sofisticada e muito bem equipada para quem quer construir, reformar ou dar um toque de elegância na sua casa com requinte, qualidade e bom preço. A JK Design fica anexa a loja do centro, procure um dos arquitetos que estão prontos para lhe atender e confiram os resultados.


www.noticiasdooeste.com

Luís Eduardo Magalhães - 23 de junho de 2013

11

Corte, Penteados, Manicure e muito mais. Fone: (77)3628-9485 9947-8703/9138-9918 Rua Clériston de Andrade, 136

Calças Cropped

A palavra “Cropped” é de origem inglesa e significa “cortada; encurtada”, essa calça foi moda nos anos 80, retornando para a moda atualmente. Já conhecemos o top cropped que é aquela blusa mais curtinha na bariga. A calça cropped é uma calça jeans skin porém com a barra mais curta, possibilitando ver melhor os tornozelos e pés.Ela tem sido usada com peep toes, scarpins e sapatilhas, mas muito cuido, porque ela não combina com chinelinhos, botas e sandálias. O legal é que pode ser usado com qualquer tipo de blusa, desde camisetinhas á blusas de tecidos finos, só não pode ser usado com top cropped.

Moda Militar

Tenho notado tanto nas ruas quanto nas redes sociais, o quanto estão usando peças com estampas camufladas ou peças como parkas. A alguns anos atras houve a febre da camuflagem, a estampa era uma super tendência assim como os top cropped e atualmente está voltando, caiu rapidamente no gosto da mulherada. Basta visitar uma loja que você vai ver pelo menos uma peça nessas estampas. A dica é tomar cuidado na hora de misturar essa estampa com outras cores, o ideal é manter um look seguindo esses tons, verde, preto, cinza, bege, branco,marrom, pra não deixar o look carregado demais, afinal o foco é pra estampa!

Botas cano curto ou médio Temos visto muitas botas com canos baixos neste inverno, a tendência é canos baixos e médios ou super altos, etilo as “botas da Xuxa”, com as botas de cano bem alto é simples é só combinar com um vestidinho ou calça bem colada e está ótimo, agora as botas cano curto ou médio, sempre nos surge aquela velha duvida “Mas será que vai ficar bom?”, recentemente passei pela mesma situação, com uma bota de cano médio e salto. Então resolvi pesquisar melhor sobre o assunto. E encontrei algumas dicas.

Acho que esse tipo de bota tem tudo pra achatar a silhueta e as pernas, por isso existem dicas preciosas para usar essa peça da moda super confortável e acabar com esses probleminhas. O legal é quando é usada com “muita perna” aparecendo, com peças mais curtas, tipo shortinho ou sainha, que pode ser alfaiataria, jeans ou com estampa. Daí pode ser combinado com uma camisa, com uma regata mais blazer, camisa jeans aberta e T-shirt por baixo. E com vestido também. Se tiver mais frio, pode adicionar uma meia-calça

ou legging (se for da cor da bota dá a sensação de alongar) . Há ainda a opção de usar com calça jeans, que na verdade combina mais com botas de cano longo. Por ser uma peça um pouco mais masculina, usar renda e babados ou acessórios mais delicados, mais um bom make (o que não quer dizer super produzido, mas sim bem feito) e cabelo bonito deixa mais feminino. Comcerteza as botas de cano baixo e médio vão ser o hit desta estação, perfeita pras festas juninas e aqueles dias de friozinho, pode apostar!

Inspire-se : Amora

Amora (Sophie Charlotte), tem inspirado muitas mulheres e enlouquecido algumas devido ao sucesso que fez closet de sapatos. Seus looks sempre estão entre os melhores da novela Sangue Bom, as peças de roupa que Amora utiliza estão na lista dos mais pedidos do CAT (Central de Atendimento ao Telespectador) da Rede Globo em maio! Os itens mais cobiçados são o esmalte preto que trata-se do Black - Colorama, ela apareceu usando um hidratante labial na cor Oragen da Clinique , e no seu noivado usou um vestido bege da marca Vivaz. Além desses itens ainda tem os sapatos que amora compra 2 pares iguais do mesmo numero! Sem duvidas o closet dela é o sonho de qualquer mulher!


12 www.noticiasdooeste.com

Luís Eduardo Magalhães - 23 de junho de 2013

TIC-TAC-TIC-TAC-TIC-TAC-TIC-TAC-TIC-TAC-TIC-TAC-TIC-TIC-TAC-TIC-TAC-TIC-TAC-TIC-TAC-TIC-TAC-TIC-TAC-TIC-TAC...

Passatempo

Bode Gaiato

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS

www.coquetel.com.br

© Revistas COQUETEL 2013

É fogo que arde sem ConcluDois O sentisivos Thiago mento que desenhos se ver, segundo Pereira, Regular animados impulsiona o militar a japoneses Camões nadador (abrev.) defender seu país

Habilidade do atirador Velho (?), ambiente de filmes “western”

Raro; incomum Parar de falar

Comover

Quantia prevista em um orçamento

Animação (fig.) Luminária de mesa

Nome gaélico da Irlanda Sem gosto (bras.) Tecla de televisores

Hábito que atemoriza o Cascão (HQ)

Unidade de medida agrária Certifica- O pelo da ção cobi- chinchila, çada por por sua empresas textura

O de bueiros provoca alagamento das ruas

Antônio (?), lexicógrafo brasileiro

Dono de barraca na feira hippie

Iguaria confeitada com glacê

Desacompanhados Endinheirado

Ponto inicial do processo digestivo

Zeloso; cuidadoso

O império anterior à República da Turquia

Interjeição de raiva (?)-hop, estilo musical Método de execução de Maria Antonieta (Hist.) Caminhava Pagar (?): passar vexame (gíria) Responsáveis pela formação de motoristas

Rumores (fig.) Comer, em inglês

Ditongo de “coice” Casaco, em inglês

Página (abrev.) Mentira, em inglês

Perdê-lo é função da dieta emagrecedora Condição do rio assoreado

R T A M O R

E I R E T T

FISIOTERAPEUTA

M P I C O R A R A L T AR E O N O T N T O S O S M O R A I N A C O S O P LI A R E S

Drª. Luciana S. Matos S. Barros Nascimento

www.coquetel.com.br

A R T E S Ã O

Dia 25 de Junho de 2013 Rua Piaui, 80 - Via Lajedo Executive Sala 04 - Centro

F T R I O P E N E G A S I T BA A S S E J A U P I M R S A B O C S O I I L H O O I CO P E A R A T R U T

“Você de Bem Com o Seu Corpo”

NAS BANCAS E LIVRARIAS

77

Solução H O U A I S S

Jogos e brincadeiras para as viagens ficarem mais divertidas

INAUGURAÇÃO

Primeira esposa de Jacó (Bíblia)

3/eat — lie. 4/coat — eire. 7/artesão — houaiss — otomano. 10/patriótico — portentoso. 11/compenetrar.

BANCO

Encerram citações no texto (Gram.)

P C O K V E M C O E N E D C I G I M O I N

Grupo de bandidos (fig.)

Tecla contígua à de espaço, no micro

Tel : 77-9121-9180 / 77-9931-4729 lucianasmsbarrosfisio@hotmail.com

CREFITO7-77169 F

Tirinhas da Mafalda

Piadas

Dois bêbados estavam em cima de um prédio e um falou para o outro: - Ce duvida qui eu pule daqui de cima, faça um oito no ar e pouse? hic.. - Duvido! hic.. ce vai e se estabacar!!! Aí o bêbado 1 pulou, fez um oito no ar e pousou, e o bêbado 2 falou: - Se ele consegue ..hic.. eu também consigo!! hic.. -e ele pulou: - Aaaaaaaahhhhhhhhhhhhh........ -se estabacou, e o um porteiro de um prédio falou: -Pô aí, o superman quando tá bêbado só faz mer*da! P: Qual a diferença entre um advogado e uma cebola? R: Você chora quando mete a faca numa cebola. Um casal decide passar férias numa praia do Caribe, no mesmo hotel onde passaram a lua de mel há 20 anos atrás. Por problemas de trabalho, a mulher não pode viajar com seu marido, deixando para ir uns dias depois. Quando o homem chegou e foi para seu quarto do hotel, viu que havia um computador com acesso a internet. Então decidiu enviar um e-mail a sua mulher, mas errou uma letra sem se dar conta e o enviou a outro endereço... O e-mail foi recebido por uma viúva que acabara de chegar do enterro do seu marido e que ao conferir seus e-mails desmaiou instantaneamente. O filho, ao entrar na casa, encontrou sua mãe desmaiada, perto do computador, onde na tela poderia se ler: — Querida esposa: Cheguei bem. Provavelmente se surpreenda em receber noticias minhas por e-mail, mas agora tem computador aqui e pode enviar mensagens às pessoas queridas. Acabo de chegar e já me certifiquei que já está tudo preparado para você chegar na sexta que vem. Tenho muita vontade de te ver e espero que sua viagem seja tão tranquila como a minha. Obs: Não traga muita roupa, porque aqui faz um calor infernal!


www.noticiasdooeste.com

Luís Eduardo Magalhães - 23 de junho de 2013

Abapa promove palestra com Dr. Gustavo Loyola Com o tema Economia global e as tendências para o agronegócio com ênfase no algodão, a Abapa promoverá no dia 28 de junho, uma palestra com o Dr. Gustavo Loyola, para os associados e convidados. O evento acontecerá no Espaço Quatro Estações, em Luís Eduardo Magalhães. Gustavo Loyola é doutor em Economia pela Escola de Pós Graduação da Fundação Getúlio Vargas e exerceu a presidência do Banco Central do Brasil por duas vezes. No dia 29 de junho, acontecerá o maior evento técnico do Oeste da Bahia voltado para a cotonicultura, que será realizado no campo experimental da Fundação Bahia. O tradicional Dia de Campo do Algodão é realizado pela Abapa, Fundação Bahia e Embrapa, com o apoio do Fundeagro. CONFIRA A PROGRAMAÇÃO 1ª Estação · BRS 368-RF: Cultivar de Algodoeiro tolerante ao Glifosato para o Cultivo no Cerrado Baiano. Palestrantes: Dr. Camilo de Lelis Morello e Dr. Alexandre Cunha Barcellos Ferreira – Embrapa Algodão e Dr. Murilo Pedrosa – Fundação Bahia

· Cultivares Convencionais e Transgênicas Disponíveis – Vantagens, Desvantagens e Perspectivas. Palestrante: Dr. Eleusio Curvelo Freire - Cotton Consultoria 2ª Estação Resultados dos Grupos de Trabalho do Projeto Fitossanitário Palestrantes: Celito Eduardo Breda - Coordenador do Grupo Técnico. Pedro Brugnera , Milton Ide, Luiz Henrique Kasuya , Orestes Mandelli, Adriano Lupinacci, Marco Antônio Tamai, Nilson Vicente - Líderes dos Grupos de Trabalho 3ª Estação · Severidade do Ataque do Bicudo na Safra 2012/2013 - Causas e Prejuízos. Palestrante: Celito Missio - Membro da Diretoria da Abapa Emergência Fitossanitária no Oeste da Bahia. Palestrante: Armando Sá Nascimento Filho – Diretor de Defesa Sanitária Vegetal/ ADAB --Atenciosamente, ASCOM-ABAPA

MAQUINÁRIO

MODELO E ANO

PREÇO E CONDIÇÕES

TRATOR NEW HOLLAND TRATOR MULLER TRATOR VALTRA COLHEITADEIRA COLHEITADEIRA JOHN DEERE PULVERIZADOR SERV SPRAY GAFANHOTO TRATOR M.F TRATOR VALTRA GRADE BALDAN

TL 70 2003 TM 16 2003 190 2012 6855 1994 185 2003 2002 80 2007 BH 180 2002 28X28

R$ 45.000,00 1+1 R$ 42.000,00 1+1 R$ 165.000,00 FINANCIÁVEL R$ 45.000,00 1+1 R$ 130.000,00 1+1 R$ 120.000,00 1+1 R$ 80.000,00 1+2 R$ 70.000,00 1+2 R$ 24.000,00

13


14 www.noticiasdooeste.com

Luís Eduardo Magalhães - 23 de junho de 2013

Lugar

de bons negócios

Os melhores imóveis, os melhoes veículos, peças e máquinas agrícolas estão aqui!

COLHEITADEIRA CASE 2388 JJC0265325 2000 R$ 250 mil 1+2 bonita com Pl de corte 25 pès ano 2008.

COLHEITADEIRA JDeere STS 9650 H09650S690787 2003 R$ 420 mil 1+3 Com pl de corte 25 pés, muito bonita.

COLHEITADEIRA JDeere 1185 CQ1185A040107 2000 R$ 110 mil 1+2 com Pl. de corte 23 pés, estado média conservação.

1141 COLHEITADEIRA JDeere 1550 CQ1550A044356

OFERTAS COMPRE PIS0 E GANHE ARGAMASSA PISO CLASSE A

Terreno no Condomínio Rio das Pedras com 2.280M2. R$300.000,00 à vista. Contatos:

Julio ou Thais - Tel: 3639-0388 Cel: 9956-2211/9103-8122

1+3 Mui- N09970X020007 conservada. 2006 R$ 330 mil 1+3 MuiC O T T O N to conservada. 9970 C O L H E I T A D E I - JDeere N09970X018083 C O T T O N 9986 2005 R$ 320 mil JDeere 1+3 Muito con- N09986X009012 2002 R$ 200 mil 1+3 Com pl. de corte 23 pés e esta conservada.

mil to

NEGÓCIOS DE OCASIÃO 01 - Lotes a partir de 250m com mensais de apenas R$194.90 e entrada parcelada. 9960-6939 98435987 02 - Casas no programa minha casa minha vida com entrada facilitada. Montamos seu financiamento. 9960-6939 9843-5987 03 - Belissimo imovel no jardim Paraiso. 3 quartos sendo 1 suite. 9960-6939 9843-5987

a partir de

R$ 11,98 Porcelanato Batistela R$ 38,50 Tinta Patedex 18L a vista R$ 84,80 Vaso cx acoplada DECA RS198,00 Ducha Advanced Lorenzetti R$ 85,90 Ducha Turbo Eletronic $139,96 Torneira Lorenzetti 1195 C 28 $ 49,00 Registro Lorenzetti

903 c28 3/4 $43,00

Cuba Japi Apoio R$ 188,50 Pia Granito MTN Cuba inox $ 239,00 Janela Alumínio 100x120 $ 139,11 Desempenadeira Dentata aço inox $6,90 Preços de promoão à vista

IMÓVEIS RURAIS: 300 hectares, Barreiras-BA, Estrada “João Barata”, 90 km de LEM, 230 ha de lavoura antiga, Rio de Fêmeas, Sede com casa, galpão, energia. 2400 hectares – Linha do Ouro – 600 ha desmatados, energia elétrica. Valor: 105 scs/ha - 1000 hectares – Anel da Soja, 750 ha de área desmatada, 160 ha gradeada e enlerada, sede com barracão, casa, poço. 160 scs/ha - 1600 ha Roda Velha, Beira do asfalto, 1180 ha de lavoura. Sede, energia. Valor: 400 scs/há 1+9

RA CASE 2388 JJC197070 1998 R$ 240 mil 1+3 Com pneu balão, e PL de corte 25 pés. COLHEITADEIRA CASE 2388 JHF0032092 2000 R$ 250 mil 1+2 Bem conservada.

C O T T O N JDeere 9970 N09970X018033 2005 R$ 320 mil 1+3 Muito conservada. C O T T O N JDeere 9970 N09970X018082 2005 R$ 320

s e r v a d a . C O T - 2002 R$ 350 mil TON JDeere 9970 1+3 Conservada.

2.750Hectares – Uruçuí-PI, sendo 2050 há de área útil, 1400HA de lavoura, 650HA licenciada e desmatada com geo encaminhado. Sede com Barracão, escritório, casa, balança. Valor: 180 scs/há 1+4 Chácaras a partir de 3 hectares. 12 km de LEM. 650 metros da BR 020. Pagamento facilitado; plano safra 1+2 ou 20% de entrada e saldo em 36 x mensais.

IMÓVEIS URBANOS: 01 CASA COM 14OM² DE CONSTRUÇÃO COM LAGE, 3 QUARTOS SENDO 1 SUÍTE, SALA, COPA,

COZINHA, ÁREA DE SERVIÇOS, JARDIM DE INVERNO, ÁREA DE LAZER COM CHURRASQUEIRA, GARAGEM COBERTA PARA 2 CARROS + ESTACIONAMENTO, LAGE E PORCELANATO. R$ 290.000,00 – ACEITA PERMUTAS. 01 TERRENO RESIDENCIAL COM 15 X 45M, LOCALIZADO NA RUA REGINA GOMES BERGAMINI, JARDIM IMPERIAL. R$ 150.000,00 01 TERRENO RESIDENCIAL COM 15,60 X 30M LACALIZADO NA QD 13 LT 35 – CIDADE UNIVERSITÁRIA.R$ 125.000,00

R$ 18 mil 1+1 PLANTADEIRA A PL esta com JDeere 716 1998 13 linhas

O1 CASA RESIDENCIAL COM 3 QUARTOS, SENDO UMA SUÍTE, SALA, COZINHA, BANHEIRO SOCIAL, ÁREA DE SERVIÇO, LAGE E PORCELANATO, GARAGEM COBERTA.R$ 210.000,00 O1 TERRENO RESIDENCIAL DE 20 X 38M LOCALIZADO NA RUA 7 DE SETEMBRO, QD 30 LT 11, JD PARAISO I. VENDE OU ALUGA APARTAMENTO/COBERTURA NO CENTRO DE LEM; 212 M² DE ÁREA PRIVATIVA, 4 QUARTOS, 3 SALAS, 3 VAGAS DE GARAGEM. 9961-3220.


www.noticiasdooeste.com

Luís Eduardo Magalhães - 23 de junho de 2013

LUCIANO GARCIA CONSULTOR IMOBILIÁRIO E CORRETOR DE IMÓVEIS.

IMÓVEIS URBANOS RESIDÊNCIAS PARA VENDA. Ref-01- Residência em alvenaria, com aprox. 98 m² de área construída,construção nova,excelente localização, dentro do bairro Cidade Universitária, contendo 03 quartos,sendo um suíte, sala p/ dois ambientes, cozinha, wc social, área de serviço e garagem, forrada em laje. R$180 mil. Ref-02- Residência no Cidade Universitária, contendo 03 quartos, sendo um suíte, sala/ cozinha, WC social, área de lavanderia, espaço p/ veículo, forrada em gesso. R$ 170 mil. (Financia-se). Ref-03- Residência em alvenaria localizada no jardim das Acácias, com 02 quartos,sendo um suíte, sala de estar/jantar, cozinha, wc social, área de serviço,e garagem R$100 mil. (financia-se)

Ref-22- Lote no Jardim Ipê, com área de 580,0m², asfaltado, a uma quadra da avenida JK, excelente para comercio e residência. R$ 70 mil Ref-23- Área com de 1270,0m.², localizada no Mimoso I, entre as rua Tancredo Neves, Castro Alves e Amazonas, próxima ao Mercado Horti-Frutti. R$ 260 mil Ref- 24- Lote com área de 600,0m², com frente para três ruas, sendo a principal para a avenida JK, localização central. Valor R$ 370 mil Ref-25- Lote com área de 369,0m² localizado no Cidade Universitária, à quadra 10, nº 32. Valor R$ 80.000,00 Ref- 26- Lote com área de 360,0m² localizado no Cidade Universitária, à quadra 19, nº 79. R$ 80 mil

Ref-04- Sobrado com área de construção de 145,32m², localizado no bairro Florais Léa, quadra G2, construção nova, com excelente padrão de construção: TERREO: sala comercial de 56,85 m².

TEMOS LOTES EM TODOS OS LOTEAMENTOS NOVOS EM ATÉ 120 MESES PARA PAGAR COM ENTRADA A PARTIR DE R$ 1.200,00.

1º ANDAR: dois quartos, sendo um suíte, sala, WC, cozinha, área de lavanderia, área com churrasqueira e garagem, com aproximados 88,50m². R$ 240 mil.

IMÓVEIS COMERCIAIS/PRÉDIOS/:

Ref-05- Residência situada a rua São Francisco,quadra 70,próxima ao Mercado Favorito, com 160,0m2, lote com 600,0m²,todo murado. R$ 200 mil. Ref- 06- Residência no Jardim Paraíso, a rua Glauber Rocha, atrás do Hotel Saint Louis, com área de 180,0 m², forrada em laje, dois quartos, suíte, sala, coz., desps. interna, externa, lavanderia e garagem. R$ 280 mil (financia-se). Ref-07- Residências no Jd. das Acácias, área de 55,00m², 2 quartos, sendo 01 suíte, sala,coz./lav.,wc social, forro de gesso, a duas quadras da Comperaço. Valor R$ 95 mil. (FINANCIA-SE P/ PROJETO MINHA CASA MINHA VIDA) Ref-08- Sobrado no Jd das Acácias, área de 71,36m², sendo 2 suítes no pavimento superior, sala, copa,cozinha,lavabo e área de serviço no pavimento inferior, situado a uma quadra do Posto de Saúde. R$ 135mil (FINANCIA-SE). Ref-09- Cinco casas em condomínio, localizadas no Jd. das Acácias, área privativa de 61,0m², contendo 02 quartos, sala/copa/coz., wc social, área de serviço, jardim de inverno e garagem. R$ 115 mil, entrada+financiamento p/ projeto MINHA CASA MINHA VIDA. Ref-10- Duas Residências localizada no Mimoso II, com dois quartos, sendo um suíte, sala, cozinha, wc social, área de serviço, totalizando 63,0m². Valor R$ 110 mil cada (Financiadas através do projeto MINHA CASA MINHA VIDA). Ref- 11- Residência no Residencial 90, forrada em laje, com dois quartos, sendo um suíte, sala cozinha, wc social, área de serviço e garagem, totalizando 86,0 m², construção nova. Valor R$ 160 mil. APARTAMENTOS: Ref-12- Apartamento localizado no Jardim Paraíso, contendo 03 quartos, sendo um, suíte, WC social, sala p/ dois ambientes, cozinha, área de serviço e garagem. R$ 150 mil, à vista, ou 50% no ato e o restante financiado. Ref-13- Apartamento no residencial Curitiba, Jardim Paraíso, com dois quartos, uma suíte, sala,cozinha, WC social, área de serviço e garagem. Localizado a uma quadra do Hotel Solar. R$ 160 mil Ref- 14- Apartamentos novos situados no Jardim Paraíso, com dois quartos, sala cozinha, WC social, área de serviço, garagem, área de lazer,quiosque com churrasqueira. R$ 115 mil. (financia-se). LOTES COMERCIAIS/INDUSTRIAIS: Ref-15-Lote com área de 3000 m²(30x100) , localizado às margens da BR-242- saída p/ Barreiras. Valor R$ 350 mil. Ref-16-Lote c/área de 8.800 m² (40 / 220), localizado ao lado do Posto Ursa, quadra 83, lote 01, frente para a BR242, saída p/ Barreiras. R$2,3 milhões. Ref-17- 03 lotes localizados no Bairro Santa Cruz, totalizando 3.000,00m². Excelente opção de investimento, podendo ser pagos em até 48 meses. LOTES RESIDENCIAIS: Ref-18-Lote no Jd. Paraíso, quadra 113, lote 08, com 675m²(15x45) R$ 110 mil(Prox. Ao Cond. Rio das Pedras) Ref-19-Lote de esquina no Cidade Universitária, com área de 1246,00m², quadra 14. R$ 320 mil

Ref-27- Imóvel com área de 320m² de construção sobre lote de 300m², de esquina, contendo dois apartamentos e uma sala comercial com 160m², localizado no Jardim das Acácias, sito a rua do Tamburil, esquina com rua do Baru. Valor R$ 280.000,00 aceita-se veiculo como parte de pagamento. Ref- 28- Imóvel comercial com área de construção aproximada de 250,0m², construída sobre lote com 320,0m², composta por sete salas, dois banheiros, despensa e cozinha. Situada a avenida Brasília, próxima ao Fórum e a Clínica Silvestre. R$ 350.000,00 Ref- 29- Imóvel situado a avenida Brasília, centro, entre o Fórum e a Clínica Silvestre, contendo três apartamentos com garagem e quatro salas comerciais. Totalizando 580m² de área construída. R$ 1.300.000,00 (existe a possibilidade de permuta por fazenda na Bahia ou Tocantins ou por terras na região de Marechal Rondon-Paraná) CONDOMÍNIOS: Ref-30- Condomínio localizado no Jardim das Acácias, ótimo investimento, contendo 05 quitinetes novas, localizado próximo a Comperaço, quadra 18 lote 18-A, rua da Aroeira, com renda mensal de R$ 1.850,00 mensais. R$ 160 mil IMÓVEIS PARA LOCAÇÃO Ref-31- Imóvel Comercial localizado na Praça Principal do Cidade Universitária, avenida Salvador, com loja, escritórios, depósitos e demais. Valor R$ 1.500,00 por mês. Ref-32- Sala comercial com área de aproximadamente 500,0m², com escritórios, banheiros, depósitos e demais divisões. Localizada ao lado do Posto 90, esquina do Hotel Palmares/Veneza. Valor R$ 5.000,00 por mês. FAZENDAS NA BAHIA: Ref-33- Fazenda com 870 há, contendo 02 pivôs de 100 há, sendo um de café, e outro em lavoura, sede, alojamentos funcionais, estrutura para beneficiamento de café, tratores implementos e demais benfeitorias. Localizada a aprox. 60 km de LEM, sendo 40 km do asfalto. Excelente investimento, valor R$ 7 milhões Ref-34- Fazenda com 5625 há, sendo 3.500 há abertos com formação em pasto, toda cercada com várias divisões, 06 poços, 09 caixa d’agua de concreto, com reservatórios de 175.000,00 litros,caixa d’agua metálica para 5.000 litros,05 casa de alvenaria para funcionários, uma casa sede, dois galpões pré-moldados,curral de madeira, com balança e outros, com 1600m², banhada pelo rio Grande por 11,5 km, distante a 3 KM da energia elétrica, localizada a 80 km da Roda Velha, sendo 40 do asfalto. Valor: 80 sacas de soja, entrada mais 04 parcelas anuais. Ref- 35- Área com 500 há de terras brutas, localizada a aprox. 45 de LEM, sendo 32 da BR 020, as margens do Rio de Ondas. Documentação em ordem. Valor 100 sacas de soja por hectare. Ref- 36- Fazenda com 620,0 hectares, sendo 500,0 há de lavoura velha com mais de 20 anos, sede com casa, pequeno depósito, poço artesiano, energia elétrica, a 05 kms da BR-020, excelente localização. 300 sacas de soja por hectare, ótimas condições de pagamento. Ref- 37- Fazenda com 800,0 há, sendo 400,0 há de lavoura, 07 toneladas de calcário, gesso, fósforo, energia elétrica, a 3,5 kms da BR-020, excelente localização. 200 sacas de soja por hectare, ótimas condições de pagamento.

Ref- 20- Lote no Jardim Imperial, com área de 675,0², quadra 02, lote 05. R$ 140 mil

Ref- 38- Fazenda com área de 2.300 há, sendo 330 quebrados, pequena sede, localizada na região de Almas, município de São Desidério, às margens do Rio Grande, com 05(cinco) outorgas atualizadas para irrigação. Valor equivalente a 60 sacas de soja por hectare, à combinar.

Ref- 21- Dois lotes localizados no Complexo Pedra do Sonho (Condomínio Cotton) com área de 1.000,0m² cada. Valor R$ 150 mil cada.

FONES- 77 - 3628-2217/9116-0829 e 9976-1342

15


16 www.noticiasdooeste.com

LuĂ­s Eduardo MagalhĂŁes - 23 de junho de 2013


Edição 124