Issuu on Google+

Housing as Urbanism Minha Casa Minha Vida: Habitação Social e Intervenção Urbana

III Urban Design International Workshop AA / UFPE Housing and Urbanism Programme Architectural Association Graduate School Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Urbano (MDU) Departamento de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal de Pernambuco 1


2

III International Urban Design Workshop 26 June – 5 July 2013 Recife, Brazil

III Workshop Internacional de Desenho Urbano 26 junho - 5 julho 2013 Recife, Brasil

Housing & Urbanism Programme Architectural Association Graduate School, London, UK

Programa de Habitação e Urbanismo Architectural Association Graduate School, Londres, Reino Unido

Urban Development Graduate Programme (MDU) Departamento de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal de Pernambuco, Recife, Brasil

Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Urbano (MDU) do Departamento de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal de Pernambuco, Recife, Brasil

supported by

apoio

National Housing Secretariat of the Ministry of Cities

Secretaria Nacional de Habitação do Ministerio da Cidades

Caixa Econômica Federal

Caixa Econômica Federal

Instituto Pelópidas Silveira, Recife - PE

Instituto Pelópidas Silveira, Recife - PE

British Embassy

Embaixada Britânica

April, 2014

Abril de 2014


Housing as Urbanism Minha Casa Minha Vida: Habitação Social e Intervenção Urbana

III Urban Design International Workshop AA / UFPE

3


4


index / ÍNDICE

Preface / prefácio p.2 Introduction / Introdução p.6 Team / Equipe p.14 01 Coquebaribe / Coquebaribe p.17 Existing economic ecologies / Ecologias econômicas existentes p.18 Key challenges & stratergies / Principais desafios & estratégias p.24 Interventions / Intervenções p.28 Principles of operation / Princípios operacionais p.34 Strategic interventions / Intervenções estratégicas p.38 Conclusions / Conclusões p.48

02 Urbanising coque / Urbanizando o coque p.52 Strategies / Estratégias p.54 Argument / Argumento p.54

03 Housing as a productive territory / Habitação como um território produtivo p.95 Infrastructure as a driver - water as infrastructure / Infraestrutura como vetor - água como infraestrutura p.96 Zomming into coque / Uma perspectiva mais detalhada do coque p.102 Chains and networks of production / Cadeias e redes produtivas p.108 Spatial strategy / estratégia espacial p.118 Conclusions / Conclusões p.126

04 Housing as an urban strategy / Habitação como uma estratégia urbana p.128 The question of housing: from provision to strategy / A questão da habitação: da provisão à estratégia p.130 Housing as a strategy / Habitação como uma estratégia p.144 It takes only one bridge / Leva apenas uma ponte p.154

Context / Contexto 58

Sequence of development / Seqüência de desenvolvimento p.158

Key spatial strategies / Principais estratégias espaciais p.72

Conclusions / Conclusões p.168

Spatial proposals / Propostas espaciais p.80 Spatial principles / Princípios espaciais p.92 Conclusions / Conlusões p.90

1


PREFACE / PREFÁCIO

The scale and speed of housing development and delivery throughout the country and the volume of funds invested by the Brazilian Federal Government through social housing programmes for Slum Upgrading (PAC-UAP) and “Minha Casa Minha Vida” (MCMV) have directly impacted the territorial structure of cities. The National Secretariat of Housing of the Ministry of Cities, aiming to form partnerships to discuss and bring forward the themes of quality and sustainability in the design and implementation of these social housing projects, has supported the organization of collaborative design workshops. One of the most outstanding initiatives has been the academic collaboration between the Housing and Urbanism Programme (H&U) at the Architectural Association Graduate School, in London, and the Department of Architecture and Urbanism and the Urban Development Graduate Programme at the Federal University of Pernambuco (DAU and MDU/UFPE). In June of 2013, based on a need identified by the local government of Recife, students and tutors of both academic institutions came together for two weeks to design projects of an architectural and urban scale in an area known as Coque, located in central Recife. Their goal was to propose urban design alternatives for the development of projects which receive funding from both the local government and from the federal programmes for slum upgrading (PAC-UAP) and PMCMV for housing delivery. These workshops seek to create a space for collaborative practice, through an exchange of ideas and design practice, which is so necessary for the qualification of social housing projects which are underway driven by both the federal and local governments, so as to ensure the necessary linkage between housing provision and its potential to lead to urban quality and social and economic integration in the territory.

2

We believe that the quality and adequacy of the results delivered in these short duration workshops are directly linked to a correct collaborative approach, which enables an exchange of technical and academic knowledge among graduate students and tutors from both academic institutions to discuss such themes as management and political and institutional governance over the territory and its context, engaging the participation of public managers, private actors and residents of the intervention sites. This workshop would not have been possible without the support of the British Embassy, Geosistemas Engenharia, Proa Produção Cultural and the decisive commitment of the City of Recife in choosing the site and welcoming the debates in a participatory and critical fashion. We thank our partners at Caixa Econômica for their fundamental support in making the translation and publication of this book possible. Last but not least, we particularly thank professors Jorge Fiori and Hugo Hinsley, directors of H&U/AA, and Zeca Brandão and Luiz Amorim, MDU/UFPE professors, for their firm and generous tutoring, which pushed for quality and innovation in the results presented by the working groups, but never losing sight of the double challenge they had, i.e., moving forward in the critical proposition of current public housing projects, but always with the firm conviction that the right to high quality social housing is a fundamental driver to ensure social, economic and urban development of cities in a sustainable fashion. Júnia Santa Rosa Undersecretary of the National Secretariat of Housing, Ministry of Cities


A escala e a velocidade de construção e entrega de empreendimentos habitacionais por todo o país e o volume de investimentos aportados pelo governo brasileiro nos programas de habitação social PAC-Urbanização de Assentamentos Precários e o Programa Minha Casa Minha Vida (PMCMV) têm impactado diretamente a estruturação territorial das cidades. A Secretaria Nacional de Habitação do Ministério das Cidades com o propósito de buscar parcerias para discutir e avançar nos temas de qualidade e sustentabilidade na concepção e implementação destes empreendimentos de habitação social tem apoiado a realização de oficinas de trabalho colaborativas. Uma das mais destacadas iniciativas vem sendo realizada por meio de parceria entre o Housing and Urbanism Programme (H&U) da Architectural Association Graduate School de Londres e o Departamento de Arquitetura e Urbanismo e o Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Urbano da Universidade Federal de Pernambuco (DAU e MDU/UFPE). Em junho de 2013, a partir da demanda identificada pela prefeitura de Recife, professores e alunos destas duas instituições de ensino se debruçaram por duas semanas em projetos de escala arquitetônica e urbana da área conhecida como COQUE, localizada no centro de Recife, para proporem alternativas de desenho urbano para o desenvolvimento de projetos que contam com recursos locais e dos programas federais de urbanização de assentamentos precários (PAC-UAP) e de produção habitacional (Programa Minha Casa Minha Vida). A realização destas oficinas de trabalho buscam criar o espaço para a prática colaborativa, por meio do intercâmbio de ideias e da prática projetual tão necessária para qualificação dos projetos habitacionais sociais que se encontram em pleno processo de implantação pelos governos federal e local, tratando de garantir a necessária articulação entre a produção habitacional e o seu potencial de indução da qualidade urbana e de

integração socioeconômica no território. Acreditamos que a qualidade e a adequação dos resultados alcançados no curto espaço de duração destas oficinas estão diretamente associados à acertada estratégia colaborativa que permite a mescla de conhecimento acadêmico técnico entre professores e alunos nacionais e internacionais com os temas de gestão e de governança políticainstitucional sobre o território e seu contexto, envolvendo necessariamente a participação dos gestores públicos, agentes privados e dos moradores das áreas de intervenção. A realização da oficina de trabalho não teria sido possível sem os apoios da Embaixada Britânica, da Geosistemas Engenharia, Proa Produção Cultural e pelo compromisso decisivo da prefeitura do Recife na escolha da área e no acolhimento das discussões de forma participativa e crítica. Agradecemos aos parceiros da Caixa Econômica pelo apoio fundamental para viabilizarmos a tradução e a publicação deste livro. Finalmente, um agradecimento especial aos professores Jorge Fiori e Hugo Hinsley, diretores da H&U/AA e Zeca Brandão e Luiz Amorim, professores do MDU/UFPE, pela condução firme e generosa que permitiu que a qualidade e a inovação dos resultados apresentados pelos grupos de trabalho não perdessem de vista o duplo desafio de avançar na proposição crítica dos projetos públicos habitacionais vigentes mas mantendo a firme convicção de que o direito a habitação social de qualidade é vetor fundamental para garantir o desenvolvimento socioeconômico e urbano sustentável das cidades. Júnia Santa Rosa Subsecretária da Secretaria Nacional de Habitação, Ministério das Cidades

3


PREFACE / PREFÁCIO

The Pelopidas Silveira Institute, part of the Secretary of Development and Urban Planning of Recife City Hall, has the mission to develop Recife’s integrated urban planning, producing and articulating territorial studies, plans and projects based on a collective vision of an innovative, creative and sustainable city. Architecture and Urbanism Workshops are great opportunities for trans-disciplinary learning in projects for enrolled students. Though, architecture and urbanism Workshops can have, and should have, the essential purpose to bridge project didactics and real problems, moving from an empiric experience to become an opportunity to collaborate with the transformation of the reality in which the learning environment is inserted. Therefore, the City Hall of Recife, through the Pelopidas Silveira Institute, strongly participated in this Workshop. From indicating the area to studied, to gathering all needed informations in order to support the activities, articulating the participation of community leaders and other institutional stakeholders, organizing the field visits, provision of technicians full time during the Workshop, all this was an important contribution to reach the results presented in this book. Even more, the success of this experience is allowing the City Hall of Recife to contract an integrated urban project for the territory studied in this Workshop. For the first time this kind of municipal contract happens not only based on a list of problems to be solved but, mainly, on a fantastic collection of possibilities developed by the participants during two weeks of intense collaborative work. We have consistent project experiments and proposals for a structured urban intervention in one of the most social and environmentally sensitive areas of Recife, the Special Social Interest Zone (ZEIS) Coque and close surroundings, an iconic place of struggle for housing and rights to the city in Recife for the last four decades.

4

This publication celebrates the convergence of teaching and learning process in the Federal University of Pernambuco and the Architectural Association along with the production of the city, a day-by-day task of the City hall of Recife, where public sector and academic institutions gather to, together, design a feasible and qualified future. The contents here revealed are a proof that yes, it is possible to build a collective vision of an innovative, creative and sustainable city for all, especially for those that need it more. Evelyne Labanca President of the Institute Pelópidas Silveira, Municipality of Recife


O Instituto Pelópidas Silveira, vinculado à Secretaria de Desenvolvimento e Planejamento Urbano da Prefeitura do Recife, tem a missão de desenvolver o planejamento urbano integrado do Recife, produzindo e articulando estudos, planos e projetos territoriais fundamentados em uma visão coletiva de cidade inovadora, criativa e sustentável. Workshops de arquitetura e urbanismo são ótimas oportunidades de aprendizado transdisciplinar em projeto para alunos envolvidos. Porém, workshops de arquitetura e urbanismo podem ter, e devem ter, a função essencial de aproximar a didática projetual de problemas reais, deixando de ser uma experiência empírica para ser uma oportunidade de colaborar com a transformação da realidade no qual o ambiente de aprendizagem está inserido. Por isso, a Prefeitura do Recife, por meio do Instituto Pelópidas Silveira, participou ativamente deste Workshop. Desde a indicação da área a ser trabalhada, ao levantamento das informações necessárias à realização das atividades, a articulação da participação de lideranças da comunidade do Coque e de outros atores institucionais, a organização das visitas de campo, a disponibilização de técnicos em tempo integral no período do Workshop, tudo isso foi uma contribuição importante para atingir os resultados neste livro apresentados.

Especial de Interesse Social (ZEIS) Coque e seu entorno imediato, local emblemático de luta pela moradia e direito à cidade no Recife há mais de quatro décadas. Essa publicação celebra a convergência do ensino e aprendizagem na UFPE e AA com o fazer cidade, tarefa cotidiana da Prefeitura do Recife, onde poder público e academia se encontram para, juntos, projetarem um futuro factível de qualidade. Os conteúdos aqui revelados são a prova de que é possível, sim, construir uma visão coletiva de cidade inovadora, criativa e sustentável para todos, especialmente para aqueles que mais precisam. Evelyne Labanca Presidente do Instituto Pelópidas Silveira, Prefeitura da Cidade do Recife

Mais ainda, o sucesso da experiência está permitindo à Prefeitura do Recife contratar um projeto urbano integrado para o território objeto de estudo do Workshop. Pela primeira vez, esse tipo de contratação do município acontece tendo como base não apenas uma lista de problemas a serem resolvidos mas, principalmente, um acervo fantástico de possibilidades desenvolvidas pelos participantes durante duas semanas de intenso trabalho colaborativo. São ensaios projetuais e propostas consistentes de intervenção urbana estruturadora em uma das áreas social, cultural e ambientalmente mais sensíveis do Recife, a Zona

5


introduction / INTRODUÇÃO

This publication is the result of an academic collaboration between the Housing & Urbanism Programme (H&U) at the Architectural Association Graduate School and the Urban Development Graduate Programme (MDU) at the Department of Architecture and Urbanism of the Federal University of Pernambuco. This collaboration was organised as a ten-day intensive international design workshop in the city of Recife from (26 June - 5 July 2013) and focused on the place of design and spatial reasoning in addressing the challenges faced by the Brazilian national housing programme, entitled “Minha Casa, Minha Vida” (My House, My Life). In particular, it aimed at reflecting on appropriate spatial approaches to the articulation of the fundamental link between housing and the production of the city in the provision of affordable social housing. It brought together a large group of graduate students and tutors from the two schools that were mixed in four working groups. What we present here is a condensed version of the work of each one of these groups. Why “Minha Casa, Minha Vida” (MC/MV)? For several years now, there has been a resurgence of mass housing strategies and policies all over the world, developing and developed. These policies have been invariably, and not for the first time, used as central instruments of economic policy. This has been particularly accentuated since the global financial crisis of 2008, with housing construction and production emerging once again as an important component of counter – cyclical strategies to combat recession. However, as in the past, these policies have been introduced with a strong discourse about their social goals and their objectives of reaching the low-income segments of the population - whether they achieve this or not. Differently from in the past, these policies have been very much driven by private sector initiative and have accentuated the market logic of housing production and provision, even when addressing

6

the housing needs of the poorest sectors of the population. Often this has restricted the social reach of these policies and programmes or has affected the overall quality of the housing provided. What is unquestionable though, and indeed new, is the much larger quantitative scale of housing production when compared with previous generations of mass housing policies, and the fact that there has been an increase in the proportion of the population that can have access to such housing. Moreover, in at least a few cases, these policies have in fact reached the low and medium income segments of the population in ways that previous policies never managed to do. Brazil, through the MC/MV programme, is one such case. The new housing policies have been fundamentally about state subsidies that simultaneously advance the market logic in housing production and provision as well as, when the political will exists, protect the poorest against such logic. Indeed, it is the very high level of subsidies to producers and users and the way in which those subsidies have been used that explain why, in countries such as Brazil, a very high proportion of the new housing produced has reached the most in need. This is a significant achievement by any standards. As always, the enlargement of housing markets everywhere has been intimately related with the dynamics of land markets, with the continuous removal in many countries today of the restrictions – often already quite feeble and excessively flexible - to the operation of such markets. This is at the root of the unremitting peripheralisation of new housing production, not just for the poor but for medium and high-income groups as well. As for the poor, the affordability of this new housing –even when strongly subsidised by the state – has almost invariably been made possible by the production of housing of very minimum spatial and building standards in peripheral land with very low levels of urbanisation. Here lies the central challenge to any social housing policy with the ambition of materialising an understanding of housing as a central and structuring dimension of the indivisible right to the city.


Esta publicação é resultado de uma colaboração acadêmica entre o Programa de Habitação e Urbanismo (Housing & Urbanism Programme – H&U) da Architectural Association Graduate School e o Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Urbano (MDU) do Departamento de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal de Pernambuco. Esta colaboração foi organizada na forma de um workshop internacional intensivo de projetos, com duração de dez dias, realizado na cidade de Recife entre 26 de junho e 5 de julho de 2013, que teve foco no papel do projeto e do raciocínio espacial no tratamento dos desafios enfrentados pelo programa habitacional do governo federal brasileiro intitulado Minha Casa, Minha Vida. Mais especificamente, este workshop objetivou refletir sobre as abordagens espaciais apropriadas à articulação do elo fundamental entre habitação e a produção da cidade, para impactar positivamente a provisão de habitação social de baixo custo. Reuniu-se um grande grupo de estudantes e orientadores de pós-graduação destas duas instituições, que foram divididos em quatro grupos de trabalho. O que apresentamos a seguir é uma versão condensada do trabalho de cada um desses grupos. Por que o Programa Minha Casa, Minha Vida (PMCMV)? Já há vários anos, tem havido uma ressurgência de estratégias e políticas de habitação em larga escala em todo o mundo, em países desenvolvidos e em desenvolvimento. Essas políticas têm invariavelmente sido – e não pela primeira vez – utilizadas como instrumentos centrais da política econômica. Em especial, isto tem se acentuado desde a crise financeira global de 2008, com a construção e produção de moradias emergindo uma vez mais como um importante componente das estratégias contracíclicas de combate à recessão. Entretanto, assim como no passado, essas políticas têm sido apresentadas com um forte discurso sobre suas metas sociais e seus objetivos de alcançar os segmentos de baixa renda da população – sejam esses objetivos e metas atingidos ou não.

Diferentemente do ocorrido no passado, essas políticas públicas têm sido largamente conduzidas pela iniciativa privada, e têm acentuado a lógica de mercado da produção e provisão de moradias, mesmo quando direcionadas às necessidades habitacionais dos setores menos favorecidos da população. Com frequência, isso tem restringido o alcance social dessas políticas e programas, ou tem afetado a qualidade geral das moradias oferecidas. O que é inquestionável, entretanto, além de ser de fato uma novidade, é o grande aumento quantitativo de escala na produção de moradias, quando comparada com as gerações anteriores de políticas públicas habitacionais de larga escala, e o fato de que houve um aumento na parcela da população que tem acesso a tais moradias. Além disso, em pelo menos alguns casos, essas políticas têm, de fato, alcançado os segmentos de média e baixa renda da população de uma forma que políticas públicas anteriores jamais conseguiram. O Brasil, através do PMCMV, é um desses casos. As novas políticas habitacionais têm se baseado fundamentalmente em subsídios governamentais que, de forma simultânea, impulsionam a lógica de mercado na produção e provisão de moradias e, quando existe vontade política, protegem os mais pobres contra esta lógica. Realmente, é o nível bastante elevado dos subsídios aos produtores e usuários e a forma como esses subsídios têm sido utilizados que explicam por que, em países como o Brasil, uma proporção bastante alta das novas moradias produzidas tem sido ocupada pelos mais necessitados. Isto é um resultado significativo sob quaisquer parâmetros. Como sempre, o aumento dos mercados habitacionais em toda parte tem estado intimamente relacionado com a dinâmica dos mercados fundiários, atualmente com a retirada contínua em muitos países das restrições – muitas vezes já frágeis e excessivamente flexíveis – à operação de tais mercados. Este fenômeno está no âmago da incessante periferização da produção de novas moradias, não apenas para os pobres como também para os grupos de média e alta

7


introduction / INTRODUÇÃO

A previous generation of housing policies in the developing world – entirely associated since the early 1990s with policies for the informal city and slum upgrading programmes and projects – reflected, not accidentally, a growing understanding of “housing as urbanism”. This was operationalized through urban projects with a strong sense of the city and of the urban condition, albeit frequently with poor results in terms of production of new houses and consolidation of those informally produced. It would appear that the new generation of mass housing provision, in legitimately reclaiming the need to produce large amounts of affordable new houses, is running the risk of losing the city and any sense of the inexorable articulation of housing and urbanism. It is worth noting that on many of the occasions when the new mass housing policies have implemented urbanised housing projects, these projects have been located in areas of irregularity and informality closely connected to the city fabric and often in combined projects of slum upgrading and production of finished houses. The informal city, especially in areas that are protected as “zones of social interest”, seems to create an opportunity to combine the best of previous generations of slum upgrading with the ambition of large-scale provision of finished houses for people in need. The recent Brazilian experience of such projects shows the potential of these combined interventions; not least because of the way it counteracts some of the negative pressures of land markets. Producing affordable social housing at any significant scale presents an enormous and complex challenge and involves the development and synchronisation of appropriate approaches and strategies to questions such as public expenditure and subsidies, land policy, financial systems, planning methods and tools, multisectoral coordination, articulation of national and local systems of governance and the strengthening of instruments of quality control of housing and urban projects, to name some of the most obvious ones. It is our contention that central to that equation is also the place of architectural and urban design in

8

the production of urbanised housing. Indeed, the interaction of spatial strategies and urban social policies, particularly housing, is one of the central areas of interest of our academic work, which searches for a broader reasoning about housing typologies, housing densities and urban intensification, in which architecture provides a dynamic nexus to an urban process. Design Workshop: background, structure and objectives This was the third joint design workshop between our two schools. The first two workshops, in April 2003 and in April 2006, focused on questions of urban design in the central area of Recife and the Bairro do Recife respectively and originated in previous academic contacts between the schools. The starting point of this third workshop, however, was different. The idea of organising a design workshop to explore and propose innovative and experimental approaches to the implementation of social housing projects within the MC/MV programme, was triggered by two things: first, the interest of our programmes in MC/MV as one of the most advanced experiences of a new generation of housing policies being implemented all over the world, which both our departments had been accompanying and studying for some time; second, the collaboration between the Ministry of Cities in Brasilia and the H&U programme, which initiated in November 2012. The objective of this collaboration has been to help setting up a network of relations between British and Brazilian experts to address a series of architectural, environmental and urbanistic concerns expressed by the Ministry regarding the implementation of MC/MV housing projects. This collaboration contributed to the organisation by the Ministry of Cities of two important events involving British architects and urbanists, in December 2012 in May 2013, to explore appropriate parameters for the formulation of innovative design approaches to MC/MV’s housing projects. It was in the context of such collaboration that the idea emerged of doing an academic design workshop - involving two academic departments that not only shared the interest on MC/MV but had a long history of


renda. Quanto aos pobres, o preço acessível dessas novas moradias – mesmo quando fortemente subsidiadas pelo Estado – tem quase que invariavelmente sido possível pela produção de moradias de área e padrão construtivo mínimos, em terrenos de periferia com níveis muitos baixos de urbanização. Aqui se encontra o desafio central de qualquer política de habitação social que tenha a ambição de materializar o entendimento da moradia como uma dimensão central e estruturante do indivisível direito à cidade. Uma geração anterior de políticas habitacionais no mundo em desenvolvimento – inteiramente associadas desde o início dos anos 1990 com políticas para programas e projetos de urbanização de favelas e da cidade informal – refletiu, não acidentalmente, um crescente entendimento da “habitação como urbanismo”. Isto foi operacionalizado através de projetos urbanos com uma percepção forte da cidade e da condição urbana, não obstante, frequentemente com resultados fracos em termos da produção de novas unidades habitacionais e da consolidação daquelas produzidas informalmente. Poderia parecer que a nova geração de políticas de provisão de habitação em larga escala, ao legitimamente reivindicar a necessidade de produzir grandes quantidades de novas casas populares, está correndo o risco de perder a cidade e algum senso da inexorável articulação entre habitação e urbanismo. Vale observar que em muitas das ocasiões em que novas políticas habitacionais em larga escala implementaram projetos de habitação urbanizados, esses projetos foram localizados em áreas de irregularidade e informalidade intimamente ligadas ao tecido urbano, e muitas vezes em projetos combinados de urbanização de favelas e produção de habitações concluídas. A cidade informal, especialmente nas áreas que estão protegidas como “zonas especiais de interesse social”, parece criar uma oportunidade para combinar o melhor das gerações anteriores de projetos de urbanização de favelas com a ambiciosa provisão em larga escala de habitações concluídas para a população carente. A experiência recente de tais projetos no Brasil mostra o potencial dessas interven-

ções combinadas; especialmente por neutralizar algumas das pressões negativas dos mercados fundiários. A produção de habitação social de custo acessível em qualquer escala significativa representa um enorme e complexo desafio, e envolve o desenvolvimento e a sincronização de abordagens e estratégias apropriadas para tratar de questões tais como gastos e subsídios públicos, política fundiária, sistemas de financiamento, métodos e ferramentas de planejamento, coordenação multisetorial, articulação de sistemas de governança locais e nacionais, além do fortalecimento de instrumentos de controle de qualidade das moradias e dos projetos urbanos, para mencionar alguns dos itens mais óbvios. Nossa opinião é que no centro dessa equação está também o papel do projeto arquitetônico e urbano na produção de moradias urbanizadas. Na verdade, a interação de estratégias espaciais e políticas sociais urbanas, em particular a habitação, é uma das áreas centrais de interesse de nosso trabalho acadêmico, que busca por um raciocínio mais amplo acerca das tipologias habitacionais, densidades habitacionais e intensificação urbana, no qual a arquitetura proporciona um vínculo dinâmico com um processo urbano. Workshop de Projetos: histórico, estrutura e objetivos Este foi o terceiro workshop conjunto de projetos entre nossas duas instituições de ensino. Os dois primeiros workshops, em abril de 2003 e abril de 2006, se concentraram nas questões do projeto urbano na área central de Recife e do Bairro do Recife, respectivamente, e tiveram origem em contatos acadêmicos anteriores entre as duas instituições. O ponto de partida deste terceiro workshop, entretanto, foi diferente. A ideia de organizar um workshop de projetos para explorar e propor abordagens inovadoras e experimentais para a implementação de projetos de habitação social no âmbito do PMCMV surgiu em função de dois elementos: em primeiro lugar, o interesse de nossos programas no PMCMV como uma das mais

9


introduction / INTRODUĂ‡ĂƒO

academic exchange - to explore the contribution of design and design reasoning to the formulation of new experimental projects within MC/MV. The collaboration of our programmes with the Ministry of Cities and the local government of Recife made it possible to identity a large site (134 hectares) which is located in a very central position in Recife, and which has been for some time now ear-marked for redevelopment and the introduction of new social housing. For historical reasons, this site had been designated as a site for social use when transferred several decades ago from federal to local control, mainly in response to the presence in the site of a large and historical squatter settlement – Favela Coque - that had been declared a zone of social interest (ZEIS). The combination of location and conditions of irregularity that both protected the area as well as made it possible to attract additional public programmes for slum upgrading, made this an ideal place to reflect on experimental approaches to an urban project in which housing, through the MC/ MV programme, could play a central role. This was a site that lent itself well to an exploration and testing of the meaning of housing as urbanism. More than 60 students were mixed and divided into four groups with an average of three tutors per group. Rather than a detailed brief, each group was asked to identify potential drivers of an urban spatial strategy and an urban project in which housing would act as the structuring and anchoring component of such a strategy. What emerged are four quite distinct spatial approaches, with different urban drivers, different combination of programmes and mixes of use and with different ways of articulating questions of density, typology and urban intensification. The model of the intensive design workshop is one that the H&U programme has been using for many years, working in many different cities worldwide. It aims at collaborating with local academic institutions to address challenging urban conditions, often in the context of real plans and projects, and always engaging all the relevant stakeholders, private and public. These workshops

10

are a central part of a pedagogy that attempts not only to expose the students to the pressures, complexities and politics of real projects and plans, but also to expose them to other pedagogic approaches to the urban project, as well as to other understandings of urbanism itself. Indeed, pedagogy as an intensive contrasting of pedagogies and conceptual perspectives. The structure and intensity of the workshops provide one model for testing a critical approach to urban conditions. The aim is to explore both the conceptual tools and the spatial tools of urbanism, investigating how drawing can be a way of thinking rather than just a representation of a condition or of proposals. This means trying to draw the question, to draw ideas for responding, as well as drawing proposals to test the ideas. It means working at many scales in parallel, graphically and conceptually, and testing ideas at all scales. It also means working very fast and effectively in order to be able to contribute something useful in such a short period of research and proposition. The goal is to make spatial and design proposals that relate to an argument about how to intervene in the urban condition. It is not about finished designs. The scale of this work is neither the architectural project nor the fixed model of masterplans. The proposals aim to develop an architectural urbanism to inform methods of intervention in the urban condition, and to debate this with a broad range of stakeholders in the real situation. If these proposals influence public policy and plans or the action of any of the stakeholders, this is a most welcomed outcome which testifies to the relevance of what is primarily an academic exercise. The fact that our workshop in Recife last year acted as the spur of a real plan for the site, which is now been formulated, is something we value greatly. Acknowledgements This workshop would not have been possible without the decisive support of the Ministry of Cities and in particular of Junia Santa Rosa, the Deputy National Housing Secretary. She was the initia-


avançadas experiências de uma nova geração de políticas habitacionais em implementação no mundo todo, o qual nossos dois departamentos vinham acompanhando e estudando havia algum tempo; em segundo lugar, a colaboração entre o Ministério das Cidades, em Brasília e o Programa de Habitação e Urbanismo (Housing & Urbanism Programme – H&U), que teve início em novembro de 2012. O objetivo desta colaboração tem sido o de ajudar a estabelecer uma rede de relacionamento entre especialistas britânicos e brasileiros, a fim de endereçar uma série de preocupações arquitetônicas, ambientais e urbanísticas levantadas pelo Ministério no que diz respeito à implementação dos projetos habitacionais do PMCMV. Esta colaboração contribuiu para a organização, pelo Ministério das Cidades, de dois importantes eventos envolvendo arquitetos e urbanistas britânicos, em dezembro de 2012 e maio de 2013, para explorar os parâmetros apropriados para a formulação de abordagens de projeto inovadoras a serem aplicadas aos projetos habitacionais do PMCMV. Foi no contexto de tal colaboração que surgiu a ideia de promover um workshop acadêmico de projetos – envolvendo dois departamentos acadêmicos que não apenas compartilhavam o interesse no PMCMV, mas tinham um longo histórico de intercâmbio acadêmico – para explorar a contribuição do projeto arquitetônico e da lógica dos projetos arquitetônicos para a formulação de novos projetos experimentais no âmbito do PMCMV. A colaboração de nossos programas com o Ministério das Cidades e o governo municipal de Recife tornou possível identificar uma área grande (134 hectares) localizada em uma região bastante central de Recife, e que desde há algum tempo está destinada a ser revitalizada e a receber novos projetos de habitação social. Por razões históricas, este terreno havia sido designado como área para uso social quando foi transferido, muitas décadas atrás, do controle federal para o controle local, essencialmente em razão da presença no local de um grande e antigo assentamento irregular – Favela Coque – que havia sido declarado como Zona Especial de Interesse Social (ZEIS). A combinação da localização e da condição de

irregularidade, que tanto protegeram a área como tornaram possível atrair programas públicos adicionais de urbanização de favelas, fizeram com que este local fosse ideal para promover reflexão sobre abordagens experimentais para um projeto urbano no qual a habitação, através do PMCMV, pudesse desempenhar um papel central. Este foi um local que se prestou muito bem à exploração e teste do significado da habitação como urbanismo. Mais de 60 estudantes foram mesclados e divididos em quatro grupos, com uma média de três orientadores por grupo. Em vez de produzir um resumo detalhado, pediu-se que cada grupo identificasse os vetores potenciais de uma estratégia espacial urbana, e um projeto urbano no qual a habitação agisse como o componente estruturante e de ancoragem de tal estratégia. Surgiram então quatro abordagens espaciais bastante distintas, com diferentes vetores urbanos, diferentes combinações de programas e de tipos de usos, e com diferentes formas de articulação das questões de densidade, tipologia e intensificação urbana. O modelo utilizado no workshop intensivo de projetos é aquele que o Programa H&U vem utilizando há muitos anos, ao trabalhar em muitas cidades distintas ao redor do mundo. Ele objetiva colaborar com as instituições acadêmicas locais para tratar de condições urbanas desafiadoras, com frequência no contexto de planejamentos e projetos reais, e sempre engajando todas as partes interessadas pertinentes, tanto públicas como privadas. Esses workshops constituem a parte central de uma pedagogia que busca não somente expor os estudantes às pressões, complexidades e políticas dos planos e projetos reais, mas também expô-los a outras abordagens pedagógicas do projeto urbano, assim como a outros entendimentos do próprio urbanismo em si. Na realidade, a pedagogia como um intensivo contraste de pedagogias e perspectivas conceituais. A estrutura e intensidade dos workshops oferece um modelo para se testar uma abordagem crítica às condições urbanas. O objetivo é explorar tanto

11


introduction / INTRODUÇÃO

tor and instigator of a series of exchanges and collaborations that led to the realisation of this design workshop. In the city of Recife there were many institutions and individuals who played an important part in the organisation and implementation of the work: Evelyne Labanca, president of the City Institute; Betânia Corrêa de Araújo, director of the City Museum; Carolina Brasileiro, architect of the Secretary of Cities; Roberto Muniz, president of Geosistemas – Engenharia e Planejamento, and Mariana Longman, director of Proa Cultural. We are particularly grateful to the Bristish Embassy and the British Consulate in Recife for their generous support with travelling costs and the cost of simultaneous translation for the public sessions of the workshop, and to Caixa Econômica for its support in the translation and publication of this volume. Finally, we want to thank Juliana Muniz and Alex Warnock-Smith who, in addition to acting as tutors in the workshop, helped editing the material presented in this publication. Jorge Fiori & Hugo Hisnley Directors H&U Programme Zeca Brandão & Luiz Amorim Professors MDU Programme

12


as ferramentas conceituais como as ferramentas espaciais do urbanismo, investigando como o desenho pode ser uma forma de pensamento em vez de ser somente uma representação de uma condição ou de um conjunto de propostas. Isto significa tentar desenhar a questão, desenhar ideias como respostas, assim como desenhar propostas para testar as ideias. Significa trabalhar em muitas escalas de forma paralela, geográfica e conceitual, e testar as ideias em todas essas escalas. Significa também trabalhar de forma muito rápida e eficaz, a fim de conseguir contribuições úteis em um período tão curto de pesquisa e elaboração de proposta.

Cidade; Carolina Brasileiro, arquiteta da Secretaria das Cidades; Roberto Muniz, presidente da Geosistemas Engenharia e Planejamento Ltda; e Mariana Longman, diretora da Proa Cultural. Somos particularmente gratos à Embaixada Britânica e ao Consulado Britânico em Recife por seu generoso apoio com os custos de viagem e de tradução simultânea para as sessões públicas do workshop, e à Caixa Econômica Federal por seu apoio para a tradução e publicação deste volume. Finalmente, queremos agradecer a Juliana Muniz e Alex Warnock-Smith, que, além de terem atuado como orientadores no workshop, ajudaram a editar o material apresentado nesta publicação.

A meta é fazer propostas espaciais e de projeto arquitetônico que tenham relação com uma argumentação sobre como intervir na condição urbana. Não se tratam de projetos acabados. A escala deste trabalho não é nem o projeto arquitetônico, nem o modelo fixo dos planos diretores. As propostas visam desenvolver um urbanismo arquitetônico para informar métodos de intervenção na condição urbana, e debatê-lo com uma extensa gama de partes interessadas em situação real. Se essas propostas influenciarem o planejamento e as políticas públicas, ou a ação de quaisquer das partes interessadas, isto já será um resultado mais que bem vindo que atestará a pertinência daquilo que é primariamente um exercício acadêmico. Saber que nosso workshop do ano passado em Recife atuou como um estímulo para a criação de um plano real para o local, agora em processo de formulação, é algo que muito valorizamos.

Jorge Fiori & Hugo Hisnley Diretores do Programa H&U Zeca Brandão & Luiz Amorim Professores do Programa MDU

Agradecimentos Este workshop não teria sido possível sem o decisivo apoio do Ministério das Cidades, particularmente da sra. Júnia Santa Rosa, Subsecretária Nacional de Habitação. Ela foi a iniciadora e instigadora de uma série de intercâmbios e colaborações que levaram à realização deste workshop de projetos. Na cidade de Recife, muitas instituições e indivíduos desempenharam importante papel na organização e implementação dos trabalhos: Evelyne Labanca, presidente do Instituto da Cidade; Betânia Corrêa de Araújo, diretora do Museu da 13


Team / equipe

01 Coquebaribe /Coquebaribe

02 Urbanizing Coque / Urbanizando o Coque

Abigail Batchelor (AA) Luiz Amorim (UFPE) Nivaldo Andrade Júnior (UFBA)

Hugo Hinsley (AA) Elad Eisenstein (AA) Juliana Muniz Westcott (AA) Noé Sérgio do Rego Barros (UFPE)

Bianca Fernandes (UFPE) Caio Rihan (UFPE) Cristina Gouveia (UFPE) Daniella Burle (UFPE) Diana Sanroman Baeta Medina (AA) Karthik Nachiappan (AA) Laura Linde Doiseau (UFPE) Nitisha Popat (AA) Maria Eugenia Lima (UFPE) Sankalp Sinha (AA) Sigen Palis Castellanos (AA) Teerapat Amnueypornsakul (AA) Vitor Maciel (UFPE) Zohreh Ahmad (AA)

14

Andre Fox (UFPE) Andreas Souliotis (AA) Berk Oktem (AA) Carlos Vaz (UFPE) Germana Santiago (UFPE) Gisele Amorim (UFPE) Helen Tran (AA) Joana Pack (UFPE) Larissa Araujo (UFPE) Lucia Donizetti (AA) Natalia Tenorio (UFPE) Renato Feitosa (UFPE) Reshma Srinivas (AA) Shikha Bhardwaj (AA) Uditi Agarwal (AA)


03 Housing as a Productive Territory / O Coque como um território produtivo

04 Housing as an Urban Strategy / Habitação como uma estratégia urbana

Jorge Fiori (AA) Alex Warnock-Smith (AA) Sascha Haselmayer (AA) Zeca Brandão (UFPE)

Lawrance Barth (AA) Dominic Papa (AA) Anália Amorim (USP)

Ana Kelly (UFPE) Camila Morais (UFPE) Carolina Brasileiro (UFPE) Diego Grinberg (AA) Julia Clarinda (UFPE) Karan Bakre (AA) Larissa Menezes (UFPE) Manuel Otero (AA) Nitesh Khatod (AA) Olesya Nalivaiko (AA) Poom Suppakijjanusan (AA) Raquel Ludermir (UFPE) Werther Ferraz (UFPE) Yeo Jin Lee (AA)

Alok Kothari (AA) Chao Wang (AA) Márcio Erlich (UFPE) Max Andrade (UFPE) Michelle Lima (UFPE) Mingyu Zhu (AA) Mushit Fidelman (AA) Neris Parlak (AA) Priya Jolly Lonappan (AA) Rafael Rangel (UFPE) Roberto Sarmento (UFPE) Suzan Katharine (UFPE) Yanran Zhang (AA)

15


16


01 Coquebaribe /Coquebaribe

This project aims to reexamine the potential of the policies of Minha Casa, Minha Vida (MCMV), Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) and Zonas Especiais de Interesse Social (ZEIS) to develop strategies for development within protected inner-city areas. Challenging concepts of housing as provision and questioning the typical territorial articulation that results from PAC and MCMV investments, this study addresses the social and economic potentials inherent within Coque, identifying interventions that address the economic articulation of the community, in order to broaden the potential of proposals for housing development. MCMV is centred around the concept of ‘community and housing delivery’ as a bounded entity, however the structure of the program along with cost and time constraints typically result in standardized solutions that neglect the diversity of needs of local communities. The current process of implementation fails to recognise that design has the potential not only to translate social and economic relations into built urban fabric but also to influence these relations. This has been reflected in the results of early MCMV projects, typically mono-functional areas isolated on the outskirts of cities. An alternative approach that strengthens social and economic ties of existing communities without displacing them from central locations aims improve conditions for the urban poor without displacing them from prime land. A urban strategy has been tested that challenges the existing standardised MCMV proposals, and uses housing provision as a tool for achieving social and economic change by adding value to existing community economic activity using the funding and investment opportunities offered by MCMV and PAC

Este projeto objetiva reexaminar o potencial das políticas do Programa Minha Casa, Minha Vida (PMCMV), do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e das Zonas Especiais de Interesse Social (ZEIS) a fim de elaborar estratégias para o desenvolvimento em áreas urbanas protegidas. Desafiando os conceitos de habitação apenas como provisão de moradias e questionando a articulação territorial típica que resulta dos investimentos do PAC e do PMCMV, este estudo trata dos potenciais socioeconômicos inerentes a Coque, identificando intervenções que enderecem a articulação econômica da comunidade, a fim de ampliar o potencial das propostas para o desenvolvimento habitacional. O PMCMV está centrado no conceito de ‘comunidade e entrega de moradias’ como uma entidade unida, entretanto, a estrutura do programa, juntamente com restrições de custo e tempo, tipicamente resulta em soluções padronizadas que negligenciam a diversidade das necessidades das comunidades locais. O atual processo de implementação não reconhece que o projeto tem o potencial não só de traduzir as relações socioeconômicas em um tecido urbano construído, como também de influenciar tais relações. Isto se refletiu nos resultados dos projetos iniciais do PMCMV: tipicamente áreas monofuncionais, isoladas nas periferias das cidades. Uma abordagem alternativa que fortaleça os elos socioeconômicos das comunidades existentes sem removê-las de localizações centrais visa melhorar as condições de vida para os pobres urbanos sem deslocá-los de terrenos nobres. Foi testada uma estratégia urbana que desafia as propostas padronizadas atuais do PMCMV e utiliza a provisão de moradias como uma ferramenta para promover uma mudança socioeconômica, agregando valor à atividade econômica comunitária existente e utilizando as oportunidades de financiamento e investimento oferecidas pelo PMCMV e pelo PAC.

17


EXISTING ECONOMIC ECOLOGIES /ECOLOGIAS ECONÔMICAS EXISTENTES

METRO ROADS COMMERCIAL STREET PEDESTRIAN BRIDGE

ZEIS and institutions across Recife ZEIS e instituições em Recife

Coque’s connections Conexões do Coque

ZEIS - Zona Especial de Interesse Social

ZEPA - Zona Especial de Proteção Ambiental METRO STATION BOAT STATION HOSPITALS EDUCATIONAL INSTITUTIONS BUSINESS DISTRICT COMMERCIAL AREA TRANSPORTATION

18


COQUEBARIBE / COQUEBARIBE

Restaurant clusters Clusters de restaurantes

Medical clusters Clusters de facilidades hospitalares

Inherent economic ecologies in Coque can be built upon to improve the quality of life of the local community. Improved education can enable the formalisation of existing economic patterns in order to generate improved productivity through secondary and tertiary sectors Below key opportunities are identified which individually or in combination might offer methods to achieve this.

As ecologias econômicas inerentes em Coque podem ser potencializadas para melhorar a qualidade de vida da comunidade local. Uma educação de melhor qualidade pode habilitar a formalização dos padrões econômicos existentes a fim de gerar maior produtividade através dos setores secundário e terciário. Abaixo são identificadas oportunidades-chave que, individualmente ou em conjunto, podem oferecer métodos para se atingir esse objetivo. 19


EXISTING ECONOMIC ECOLOGIES /ECOLOGIAS ECONÔMICAS EXISTENTES

20


COQUEBARIBE / COQUEBARIBE

Waste recycling chain Cadeia de reciclagem de resíduos

Life below infrastructure Vida abaixo de espaços de infra-estruturais

School by the river Escola à beira-rio

Recycling / Reciclagem The existing collection of food waste from restaurants by local residents could be optimised and widened to local institutions such as nearby hospitals that have staggering rate of food waste. Part of this material can be recycled as animal food, or compounded for methane based energy production. Potentially by locating a recycling cooperative in Coque its status

A atual coleta de sobras de alimentos dos restaurantes por moradores locais poderia ser otimizada e ampliada para as instituições locais, tais como hospitais próximos, que têm uma surpreendente sobra de alimentos. Parte desse material poderia ser reciclado como ração para animais, ou passar pelo processo de compostagem para geração de energia baseada em metano. Potencialmente, instalando-se uma cooperativa de reciclagem em Coque, seu status poderia ser elevado de um mero espaço para armazenagem temporária de materiais a um local de processamento e produção. 21


EXISTING ECONOMIC ECOLOGIES /ECOLOGIAS ECONÔMICAS EXISTENTES

Bike rental structure Estrutura de aluguel de bicicletas

Auto industry productive chain Cadeia produtiva da indústria automobilística

Servicing & Maintenance / Serviços & Manutenção Coque currently has a weekly market for motor spares and a number of garage repair shops, but this could be formalised and expanded, developing connections with production plants in Goiana also taking advantage of internships or training programs with companies such as FIAT. Much of the community relies on the bicycle as a mode of transportation but currently there is little revenue generated from manufacturing, renting or maintaining bicycles. Noticing a shortfall in the government’s Itaú’s bike system in the area, Coque could acquire investment and contracts for servicing these bikes as well as using them to offer city wide deliveries.

22

Atualmente, Coque tem uma feira semanal de peças sobressalentes de motores e uma gama de oficinas de manutenção de veículos, mas isso poderia ser formalizado e expandido, desenvolvendo contatos com unidades de produção em Goiânia, e também aproveitando os programas de estágio ou treinamento em montadoras como a FIAT. Boa parte da comunidade utiliza a bicicleta como meio de transporte, mas, atualmente, pouca receita é gerada com a fabricação, manutenção e aluguel de bicicletas. Identificando uma lacuna no sistema de bicicletas da prefeitura em parceria com o Itaú naquela área, Coque poderia atrair investimentos e firmar contratos para dar manutenção a essas bicicletas, assim como utilizá-las para entregas em toda a cidade.


COQUEBARIBE / COQUEBARIBE

Highrise Concentrations

Rail Links

Real estate sprawl Expansão imobiliária

Modes of transportation within city Modos de transporte dentro da cidade

Building construction value chain Construindo valores

Construction / Construção A long-term strategy that can affect employment and in-turn housing delivery within MCMV is to improve the existing construction skills of the community. The local community typically construct their own homes but employment in the construction industry is confined to informal demolition work and recycling of building material and minor household repairs. New technical colleges and training workshops in Coque would significantly enhance skills in the sector.

Uma estratégia de longo prazo, que poderia afetar o nível de emprego e, por sua vez, a entrega de moradias no âmbito do PMCMV, seria melhorar as habilidades construtivas da comunidade. A comunidade local tipicamente constrói suas próprias moradias, mas o emprego no setor da construção civil está limitado ao trabalho informal de demolição e reciclagem de materiais de construção, e a pequenos consertos domésticos. Novas faculdades técnicas e oficinas profissionalizantes em Coque fortaleceriam significativamente a capacitação nesse setor.

23


KEY CHALLENGES & STRATERGIES / PRINCIPAIS DESAFIOS & ESTRATÉGIAS

24


COQUEBARIBE / COQUEBARIBE

Whilst we have identified potential within the current economic activity in Coque there remain numerous physical and social issues that are barriers to improved livelihood opportunities for local residents.

Embora tenhamos identificado um potencial na atividade econômica atual em Coque, existem ainda várias questões físicas e sociais que constituem barreiras a oportunidades de sustento melhoradas para os moradores locais.

Developmental Pressure / Pressão para Incorporação The site studied includes the Forum, Vila Brasil and Ilha do Zeca all currently sites with proposals for speculative development of high rise buildings. Local residents of Coque are working to resist relocation using the protection of the ZEIS, however recently due to the construction of the bus station and precarious conditions living at the river’s edge, residents of Coque and Villa Brasil have been relocated. Ilha do Zeca, is also threatened as a result of two municipal decrees that allow market speculation consenting buildings to be 28 stories high. In order to counteract this developmental pressure it is important to build critical mass and density and devise spatial strategies that can open up ‘exclusionary’ institutes like the Forum to the wider community.

O local estudado inclui o Fórum, a Vila Brasil e a Ilha do Zeca, todos locais atualmente com propostas de incorporação especulativa de prédios altos. Os moradores do Coque estão trabalhando para resistir à remoção recorrendo à proteção das ZEIS. Entretanto, recentemente, devido à construção do terminal de ônibus e de condições de vida precárias na beira do rio, os moradores do Coque e de Vila Brasil foram removidos. A Ilha do Zeca também está ameaçada por conta de dois decretos municipais que permitem a especulação imobiliária ao autorizar a construção de prédios de até 28 pavimentos. A fim de contra-atacar essa pressão pela incorporação, é importante construir massa e densidade críticas e elaborar estratégias espaciais que possam abrir institutos ‘exclusionários’ como o Fórum à comunidade como um todo.

Fragmentation / Fragmentação Large pieces of regional infrastructure (rail, roads) form barriers at the local scale whilst offering opportunities for informal development on residual land. Restrictions of land use imposed by the ZEIS, although aiming to protect people local communities, results in marginalisation as it restricts the development of mixed-use buildings, spaces for employment and services such healthcare and education.

Grandes infraestruturas regionais (ferrovias, rodovias) formam barreiras em escala local, ao mesmo tempo oferecendo oportunidades para o desenvolvimento informal em terrenos residuais. As restrições no uso da terra, que são impostas pelas ZEIS, embora visem proteger as comunidades locais, resultam em marginalização na medida em que restringem a incorporação de prédios de uso misto, espaços para emprego e serviços, tais como saúde e educação.

Low Skills / Baixa Capacitação Livelihood and education opportunities across COQUE are limited. Self-taught employment such as recycling, construction and food production are mostly embedded within the informal sector making it difficult for residents to access wealth outside the community. By funding vocational training institutes and enhancing existing skills with PAC, the community can gain access to the city’s wider economy.

As oportunidades de sustento e educação em todo o Coque são limitadas. Ofícios aprendidos por conta própria, tais como reciclagem, construção e produção de alimentos, em sua maioria ocorrem na informalidade, tornando difícil o acesso pelos moradores à riqueza fora da comunidade. Provendo recursos para institutos profissionalizantes e melhorando a capacitação existente com o PAC, a comunidade pode ter acesso à economia mais ampla da cidade. 25


KEY CHALLENGES & STRATERGIES / PRINCIPAIS DESAFIOS & ESTRATÉGIAS

26


COQUEBARIBE / COQUEBARIBE

Flood Resistance / Resistência a Inundações The waterfront is potentially,one of Coque’s biggest assets but is currently hazardous due to pollution and the site of the most precarious homes which increase the risk of flooding. A strategy is needed to address pollution and flooding, remodelling the river banks, delivering climate-adaptive landscape and housing as part of a regional flood mitigation strategy. The existing canals system must be reconditioned and expanded in combination with the introduction of sewerage and waste collection systems, to ensure improved public health and adequate water drainage and run off.

A margem d’água é potencialmente um dos maiores ativos do Coque, embora atualmente represente um perigo por conta da poluição e por abrigar as moradias mais precárias, o que aumenta o risco de inundação. Faz-se necessária uma estratégia para endereçar a poluição e as inundações, remodelando as margens do rio e entregando uma paisagem e moradias adaptadas ao clima, como parte de uma estratégia regional de mitigação de inundações. O atual sistema de canais precisa ser recondicionado e expandido, juntamente com a introdução de sistemas de coleta de esgoto e resíduos sólidos, a fim de assegurar uma melhor saúde pública e um sistema de drenagem e escoamento de águas adequado.

Land Value and Low Density / Valor dos Terrenos e Baixa Densidade In response to increasing land prices and tenure insecurity more sustainable densities and housing typologies are needed. It is important that MCMV delivers appropriate densities in response to specific sites and recognises the impact density has on sustainability. The centrality of Coque is an asset ; either MCMV realises a suitable development pattern or the area will naturally be taken over by the forces of the private market.

Em resposta ao aumento nos preços dos terrenos e à falta de segurança da posse, tornam-se necessárias densidades e tipologias habitacionais mais sustentáveis. É importante que o PMCMV entregue densidades apropriadas a locais específicos e reconheça o impacto que a densidade tem sobre a sustentabilidade. A localização central do Coque é um ativo; ou o PMCMV promove um padrão de desenvolvimento sustentável, ou a área será naturalmente tomada pelas forças do mercado privado.

Social Integration / Integração Social MCMV has three levels that structure its housing delivery system, this typically results in a spatial policy of segregation. While contrasting tenure types cannot be accommodated within single built blocks, there needs to be more experimentation to see how blocks with different tenure types can be combined to form socially integrated urban districts through sharing of communal and public spaces.

O PMCMV tem três níveis que estruturam seu sistema de entrega de moradias. Isto tipicamente resulta em uma política espacial de segregação. Embora tipos de posse contrastantes não possam ser acomodados no mesmo bloco construtivo, é preciso que haja mais experimentação para ver como blocos com diferentes tipos de posse podem ser combinados a fim de formar distritos urbanos socialmente integrados através do compartilhamento de espaços comuns e públicos.

27


INTERVENTIONS / INTERVENÇÕES

New institutions under elevated road Novas instituições sob a via elevada 28


COQUEBARIBE / COQUEBARIBE

The COQUE community has reclaimed land and built their homes with minimal municipal involvement, this work reflects a process of necessity but also of ingenuity by the communities. By introducing institutions, investing in local infrastructural improvements and linking informal production processes to more formalised ones, the study aims to establish routes through which federal funding can be accessed by the local community. Each of these strategies are presented with a set of actions and consideration of their potential for imprinting wider networks into space.

A comunidade do Coque reclamou terras e construiu suas moradias com um mínimo envolvimento da prefeitura. Este trabalho reflete um processo de necessidade, mas também a engenhosidade de suas comunidades. Introduzindo instituições, investindo em melhorias na infraestrutura local e ligando processos produtivos informais a outros mais formalizados, o estudo visa estabelecer rotas através das quais a comunidade local possa acessar verbas federais. Todas essas estratégias são apresentadas com um conjunto de ações e considerando seu potencial de formar redes mais amplas no espaço.

NEW INSTITUTIONS / NOVAS INSTITUIÇÕES By re-using the warehouses, along Avenida Imperial, as vocational training institutions funded by PAC it is possible to enhance existing skills and generate sustainable livelihood options. For instance, a self-build institute, which can educate and produce building systems, with the aim that their services could be used for regional MCMV upgrading and new buildings. If MCMV develops a more adaptable local deliver system, these workers could be contracted to produce pre-fabricated panels potentially from recycled materials and develop a system that enable incremental expansions as part of MCMV. A proposed arts centre will enable locals to challenge the stigmatisation of their community. Locating the institutions at key locations of imposed infrastructure, maximises their visibility to the wider city and helps to ameliorate the impact of the raised viaducts.

Com a reutilização dos armazéns ao longo da Avenida Imperial como centros de treinamento profissionalizante financiados pelo PAC, é possível reforçar a capacitação existente e gerar opções de sustento sustentáveis. Por exemplo, um instituto para construção em mutirão, que possa treinar pessoas e produzir sistemas construtivos, com o objetivo que seus serviços possam ser usados em projetos de urbanização e construções novas no PMCMV regional. Caso o PMCMV desenvolva um sistema de entrega local mais adaptável, esses trabalhadores poderiam ser contratados para produzir painéis pré fabricados potencialmente a partir de materiais reciclados, e desenvolver um sistema que permita ampliações incrementais como parte do PMCMV. Um centro de artes que foi proposto irá permitir que os moradores locais desafiem a estigmatização de sua comunidade. Localizar as instituições em pontos-chave de infraestrutura imposta maximiza sua visibilidade à cidade mais ampla e ajuda a melhorar o impacto dos viadutos elevados.

29


INTERVENTIONS / INTERVENÇÕES

WALKING RADIUS EXISTING BIKE STATION EXISTING AQUABUS STOP METRO ROADS COMMERCIAL STREET PEDESTRIAN BRIDGE

30


COQUEBARIBE / COQUEBARIBE

WALKING RADIUS PROPOSED BIKE STATION EXISTING BIKE STATION PROPOSED AQUABUS STOP EXISTING AQUABUS STOP PROPOSED BIKE PATH METRO ROADS COMMERCIAL STREET PEDESTRIAN BRIDGE

LOCAL INFRASTRUCTURE / INFRAESTRUTURA LOCAL Interchanges between train and bus stations, bike hire, the waterfront and pedestrian routes are lacking or inefficient. A community led bike-hire system is proposed that covers the area between the stations, uses existing skills and potentially leverages municipal investments over time. Investment in key pedestrian routes such as the commercial spine (with the new bus route) and along the waterfront Improved public realm will also be associated with new institutions in order to accommodate collective public activities and proposed self-build workshops. These connections open up Coque to the city while maintaining its integrity.

Interconexões entre terminais de trem e ônibus, estações de aluguel de bicicletas, a margem d’água e vias de pedestres estão ausentes ou são ineficientes. Propõe-se um sistema de uso compartilhado de bicicletas, liderado pela comunidade, que cubra a área entre os terminais, utilize as habilidades existentes e potencialmente alavanque os investimentos municipais ao longo do tempo. Investimentos em vias de pedestres principais, tais como a espinha comercial (com a nova rota de ônibus), e ao longo da margem d’água e seu espaço público será associado a novas instituições a fim de acomodar atividades coletivas públicas e as oficinas de mutirão propostas. Essas conexões abrem o Coque à cidade ao mesmo tempo em que mantêm sua integridade. 31


INTERVENTIONS / INTERVENÇÕES

10,000 UNITS 1 STOREY

32

5,000 UNITS 2 STOREYS

3,300 UNITS 3 STOREYS

2,500 UNITS 4 STOREYS

1,600 UNITS 6 STOREYS


COQUEBARIBE / COQUEBARIBE

Consptual plan and phasing strategy Plano e estratégia de implementação progressiva

DENSITY AND PHASING / DENSIDADE E IMPLEMENTAÇÃO EM FASES Mixed-use typologies can be designed to accommodate livelihood opportunities as part of the process of densification from low-rise to mid-rise buildings. Increased density can mitigate against exacerbating land scarcity, and importantly improve access to facilities whilst addressing the demand for low cost housing. The increase in critical mass in central areas also helps make land more affordable to acquire and strengthens commercial revenue streams. Three sites were identified to test how these new typologies would deliver improved MCMV whilst responding to the existing built fabric and opportunities offered by this central location. The criteria for selection were precarious edge conditions (wedged between lines of infrastructure, ambiguous boundary and susceptible to flooding risk) and potential points of intensity. Key to the phasing strategy is to avoid displacing existing inhabitant, thus phase one is proposed on identified unbuilt sites.

Tipologias de uso misto podem ser projetadas para acomodar oportunidades de sustento como parte do processo de adensamento, passando de construções baixas para prédios de altura média. Uma maior densidade pode mitigar a exacerbante escassez de terrenos e, o que é importante, melhorar o acesso a conveniências, ao mesmo tempo endereçando a demanda por moradias de baixo custo. O aumento da massa crítica em áreas centrais também ajuda a tornar o preço da terra mais acessível e fortalece fontes de receitas comerciais. Três locais foram identificados para testar como essas novas tipologias entregariam um PMCMV melhor, enquanto respondem ao tecido construído existente e às oportunidades oferecidas por esta localização central. Os critérios de seleção foram condições precárias na margem (espremidas entre linhas de infraestrutura, com limite ambíguo e susceptível ao risco de inundação) e potenciais pontos de intensidade. Central à estratégia de implementação em fases é evitar a remoção de moradores, e, portanto, a fase um é proposta em locais não construídos já identificados. 33


PRINCIPLES OF OPERATION / PRINCÍPIOS OPERACIONAIS

34

HOUSING + COMMERCE

INCREMENTAL HOUSING

CREATING SPACE FROM IMPOSED INFRASTRUCTURE

OPTIMISATION OF LAND VALUE + VARIABLE DENSITY

MODERN METHODS OF CONSTRUCTION

WASTE MANAGEMENT & RECYCLING

THICKENED GROUND + RIVER PARK

ACCESIBLE PUBLIC BUILDINGS


COQUEBARIBE / COQUEBARIBE

Outlined here are the principle threads that have been identified as being important overarching mechanisms that connect the different actors and institutional scales that need to come together to deliver change.

Aqui estão delineadas as linhas mestres que foram identificadas como sendo mecanismos importantes e abrangentes que conectam os diferentes atores e escalas institucionais que precisam se unir para promover a mudança.

OPTIMIZATION OF LAND VALUE + VARIABLE DENSITY OTIMIZAÇÃO DO VALOR DA TERRA + DENSIDADE VARIÁVEL Land is a limited and expensive resource but is often underutilised due to systems of governance and processes of development. By considering an approach that looks at the development of land, not just for housing, but also for creating economically active neighbourhoods, there is an opportunity to maximize the impact of MCMV investment. This requires higher density building typologies instead of detached housing.

A terra é um recurso caro e limitado, mas que, com frequência, é subutilizado devido a sistemas de governança e processos de desenvolvimento. Considerando-se uma abordagem que olhe para o desenvolvimento fundiário não apenas para moradias, mas também para criar bairros economicamente ativos, existe uma oportunidade de se maximizar o impacto dos investimentos do PMCMV. Isto requer topologias de prédios mais adensados, ao invés de moradias independentes.

HOUSING + PRODUCTIVITY / MORADIAS + PRODUTIVIDADE Typologies should incorporate opportunities for diverse uses, such as employment and social interaction. Site analysis identified existing mixed use buildings in Coque. As part of MCMV the idea of the house must be considered beyond the notion of a shelter to enable communities to establishing revenue streams: by including spaces within houses that can be rented out as storage spaces, allowing shared rooms or sub-lets to new migrants.

As tipologias devem incorporar oportunidades para usos diversos, tais como emprego e interação social. Uma análise do local identificou prédios de uso misto já existentes no Coque. Como parte do PMCMV, a ideia de uma moradia deve ser considerada além da noção de um mero abrigo, para permitir que as comunidades estabeleçam fontes de receita: incluindo espaços nas casas que possam ser alugados como depósitos, permitindo cômodos compartilhados ou sublocação para novos migrantes.

35


PRINCIPLES OF OPERATION / PRINCÍPIOS OPERACIONAIS

THICKENED GROUND / NÍVEL TÉRREO EXPANDIDO Communal spaces have the ability to shape social relations within and across communities, which is often overlooked in current upgrading projects. Designing communal spaces that can double up as livelihood spaces can be supported by programs such as PAC in tandem with MCMV. Flexible ground floors can be designed to incorporate workspace, storage or commercial activities.

Áreas comuns têm a capacidade de moldar relações sociais dentro de e entre comunidades, o que frequentemente é negligenciado nos projetos de urbanização atuais. Projetar espaços de convivência que possam servir também como espaços de geração de renda pode ser uma iniciativa apoiada por programas como o PAC em paralelo com o PMCMV. Andares térreos flexíveis podem ser projetados para incorporar áreas de trabalho, armazenagem ou atividades comerciais.

MODERN CONSTRUCTION METHODS / MÉTODOS CONSTRUTIVOS MODERNOS By innovating and formalising micro-production, it is possible to develop new apparatus of prefab building production, enable flexible design in order to meet specific climatic conditions, but most importantly generate new potential income sources for the community. In the long term, this can be scaled up to form an community driven strategy contrary to the contractor driven approach.

Ao inovar e formalizar uma micro produção, é possível desenvolver novos aparatos para a produção de edificações pré fabricadas, permitir um projeto flexível para atender a condições climáticas específicas, mas, o que é mais importante, gerar novas fontes potenciais de renda para a comunidade. No longo prazo, isto pode ter sua escala ampliada para formar uma estratégia conduzida pela comunidade, em oposição a uma abordagem impulsionada por uma empresa contratada.

INCREMENTAL HOUSING / EXPANSÃO INCREMENTAL incremental housing allows initial construction to be faster, more affordable and feasible for low-income communities. Over time, the houses can be extended and customised according to the family’s needs. Urban strategy, architectural design and construction techniques should enable residents to build incrementally. MCMV should offer technical assistance to the individuals that want to extend their houses, its introduction can help address the issue of singular, non-adaptable, mono-functional units, that fail to shape and accommodate an ever changing city fabric.

36

Uma expansão incremental permite que a construção inicial seja mais rápida, de custo mais acessível e factível para comunidades de baixa renda. Ao longo do tempo, as casas podem ser expandidas e customizadas de acordo com as necessidades das famílias. Uma estratégia urbana, projeto arquitetônico e técnicas construtivas devem permitir que os moradores construam de forma incremental. O PMCMV deve oferecer assistência técnica aos indivíduos que queiram expandir suas casas, e a expansão incremental pode ajudar a tratar da questão de unidades habitacionais singulares, não adaptáveis e mono funcionais, que não conseguem se moldar e acomodar um tecido urbano em constante mutação.


COQUEBARIBE / COQUEBARIBE

WASTE MANAGEMENT AND RECYCLING / GESTÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS E RECICLAGEM Informal communities develop methods for managing waste as recycling is often part of their livelihood strategies and they are left out of municipal waste management services. By expanding and linking these informal processes to existing enterprises, business networks and a wider district can help strengthen the economic position of the community a communities can partnerwith the municipality and large recycling corporations. With investment in infrastructure it also offers a potential sustainable source of energy.

As comunidades informais desenvolvem métodos para gerenciar resíduos sólidos, uma vez que a reciclagem muitas vezes faz parte de suas estratégias de sustento, e por não serem elas incluídas nos serviços municipais de gerenciamento de resíduos. A expansão e associação desses processos informais a empresas existentes, redes de negócios e um bairro mais amplo podem ajudar a fortalecer a posição econômica da comunidade. As comunidades podem forjar parcerias com a prefeitura e com grandes empresas de reciclagem. Com investimento em infraestrutura, reciclagem e gerenciamento de resíduos sólidos também podem oferecer uma potencial fonte de energia sustentável.

CREATING SPACE FROM IMPOSED INFRASTRUCTURE / CRIAR ESPAÇOS A PARTIR DA INFRAESTRUTURA IMPOSTA Proximity can be turned into an asset through processes of collective urban design that takes advantage of the residual spaces they offer. These spaces can be used to introduce diverse public facilities like cultural spaces, markets, sports pitches and as connections with the wider city offer COQUE an opportunity to transform its perception and stigma.

A proximidade pode ser transformada em ativo através de um projeto arquitetônico urbano coletivo que tire proveito dos espaços residuais que a infraestrutura imposta oferece. Esses espaços podem ser usados para introduzir uma série de conveniências públicas, tais como espaços culturais, feiras, áreas esportivas; e conexões com a cidade mais ampla oferecem a Coque uma oportunidade para transformar sua percepção e estigma.

ACCESSIBLE PUBLIC BUILDINGS / PRÉDIOS PÚBLICOS ACESSÍVEIS While it is important to have established hierarchies between private and public architecture, civic institutions need not be subject to normative conventions and can be opened up to liberal possibilities. If these institutions are to serve as the foreground of communities they need to accommodate spaces that are conducive for face-face social interaction, these could be locally run food and drink outlets. By proposing open-autonomous space that engages with institutions it is possible to unsettle notions of formal-informal that usually dominates civic and public developments.

Embora seja importante ter hierarquias estabelecidas entre a arquitetura pública e privada, as instituições cívicas não precisam estar sujeitas a convenções normativas, e podem ser abertas a possibilidades liberais. Se essas instituições quiserem estar na vanguarda das comunidades, elas precisam acomodar espaços que conduzam a uma interação social face a face. Esses espaços poderiam ser lojas de alimentos e bebidas geridos localmente. Ao propor espaços abertos e autônomos que se engajem com as instituições, é possível perturbar as noções de formal-informal que usualmente dominam as incorporações públicas e cívicas. 37


STRATEGIC INTERVENTIONS / INTERVENÇÕES ESTRATÉGICAS

Forum + Water Ed Forum + Water Edge - Acessible public Incremental hou - Acessible public- buildings - Optimization of - Incremental housing - Variable - Optimization of land value density Thickened groun - Variable density - Thickened ground

Commercial Spine Commercial Spine - Creating space from imposed infrastructure - Housing & livelihood / commerce - Creating space from imposed infrastructure - waste management & recycling - Housing & livelihood / commerce - Incremental housing - waste management & recycling - Modern construction method - Incremental housing - Modern construction method

5 5 years Development

1 10 years Development

38

B Boundary


COQUEBARIBE / COQUEBARIBE

dge

Central Station + Water Edge

c buildings using land value

- Optimization of land value - Variable density - Housing & livelihood / commerce - Thickened ground - Modern construction method

nd

Spine

pace from imposed infrastructure livelihood / commerce agement & recycling l housing nstruction method

5 years Development

5 years Development 10 years Development Boundary

These strategies are proposed in order to improve economic conditions and the social integration of Coque within the city of Recife as a result of the MCMV and PAC programmes, here this approach is developed as test proposals for three sites.

Aqui estão delineadas as linhas mestres que foram identificadas como sendo mecanismos importantes e abrangentes que conectam os diferentes atores e escalas institucionais que precisam se unir para promover a mudança.

10 years Development

Boundary

39


STRATEGIC INTERVENTIONS / INTERVENÇÕES ESTRATÉGICAS

Forum Fórum

Ground Floor Plan Piso Térreo

Institutional Cluster

Judicial Cluster

Judicial School

Institutions: Judiciary Square / Instituições: Praça Juridica

40

Art School Escola de Arte


COQUEBARIBE / COQUEBARIBE

First Floor Plan Primeiro Piso

FORUM AND WATER EDGE / O FÓRUM E A MARGEM D’ÁGUA In response to the problem of ‘exclusionary’ institutions like the Forum and to exploit its critical position between the waterfront and metro station, the proposal re-adapts parts of the Forum for public use. A physical connection in the form of an inhabited bridge integrates the Forum with the proposed judicial school and housing cluster to the north. A thickened ground of mixed use provides cultural spaces along the waterfront and a proposed arts institute occupies residual space around infrastructure. Socially mixed-use development is proposed combining MCMV Levels 3-6 and Levels 6-10. the prototype demonstrates responses to issues of direct access, mixed-use and communal spaces within mid-rise buildings. This prototype introduces a commercial ground floor and permeable public space, while ensuring that residential access is not compromised. This floor can also be used for communal purposes such as training centres that can establish relationships with the larger institutes.

Em resposta ao problema das instituições “exclusionárias”, como o Fórum, e para explorar sua posição crítica entre a margem d’água e a estação do metrô, a proposta readapta partes do Fórum para uso púbico. Uma ligação física na forma de uma “ponte habitável” integraria o Fórum à escola de magistratura proposta e ao núcleo habitacional ao norte. Um nível térreo de uso misto e expandido ofereceria espaços culturais ao longo da margem d’água, e um instituto de artes que foi proposto ocuparia um espaço residual em torno da infraestrutura. Seria proposta uma incorporação social de uso misto, combinando o PMCMV Níveis 3-6 e Níveis 6-10. O protótipo demonstra respostas a questões relacionadas a acesso direto e a áreas comuns e de uso misto dentro de prédios de altura média. Esse protótipo apresenta um nível térreo comercial e um espaço público permeável, ao mesmo tempo assegurando que o acesso residencial não fique comprometido. Esse nível também poderia ser usado para propósitos de interesse comum, tais como centros de treinamento e capacitação que possam estabelecer relacionamentos com os institutos maiores. 41


STRATEGIC INTERVENTIONS / INTERVENÇÕES ESTRATÉGICAS

Cabo Eutropio Street Rua Cabo Eutropio 42


COQUEBARIBE / COQUEBARIBE

Commercial Activities Under Railway Line Actividades comerciais abaixo da linha ferroviária

COMMERCIAL SPINE / ESPINHA COMERCIAL The commercial spine with its new bus route is an important activator within the community. Here parts of the fabric that are more consolidated and less precarious and the two schools are located off this spine with associated public spaces. The initial test here attempts to push the idea that the fabric can be perforated, occupied and activated over time. The implementation of MCMV 0-3 typology with incorporated livelihood spaces: The proposal is for a self-built neighbourhoods, to help achieve this, the community can be trained and supplied with basic structures that can be tended and adapted over time – Empowering communities to extract maximum value from the land and generate livelihood opportunities.

A espinha comercial com sua nova rota de ônibus constitui um importante ativador dentro da comunidade. Aqui, partes do tecido urbano que são mais consolidadas e menos precárias, além das duas escolas, estão localizadas fora dessa espinha, com espaços públicos associados. Nesse caso, o teste inicial procura emplacar a ideia de que o tecido pode ser perfurado, ocupado e ativado com o passar do tempo. Implementação da tipologia do PMCMV 0-3 com espaços de geração de renda incorporados: A proposta é a de um bairro construído em mutirão, para ajudar a alcançar essa proposta, a comunidade pode se treinada e receber estruturas básicas que possam ser cuidadas e adaptadas ao longo do tempo – Empoderar as comunidades para extrair o máximo de valor da terra e gerar oportunidades de sustento.

43


STRATEGIC INTERVENTIONS / INTERVENÇÕES ESTRATÉGICAS

44


COQUEBARIBE / COQUEBARIBE

The use of residual spaces under the railway for productive and social uses open to both sides is no longer a barrier barrier. This approach uses modular frames of 6x6m and 6x3m that can be extended outwards and 8x30m fixed blocks that are adaptable internally. As shown, these two types can be rearranged to form more consolidated clusters and streets for the area, producing a resilient block and fabric.

O uso de espaços residuais sob a ferrovia para fins produtivos e sociais, abertos aos dois lados, não mais se constitui uma barreira. Essa abordagem emprega estruturas modulares que medem 6x6m e 6x3m que podem ser expandidas para fora, e blocos fixos medindo 8x30m que são adaptáveis internamente. Conforme demonstrado, esses dois tipos podem ser rearranjados para formar núcleos consolidados e vias para a área, produzindo assim um bloco e um tecido resilientes.

45


STRATEGIC INTERVENTIONS / INTERVENÇÕES ESTRATÉGICAS

Activating the wateredge Ativando as frentes d’água

Productive activites by the wateredge Atividades produtivas nas frentes d’água

46

Connecting the core and the edges of Coque Conectando o núcleo e as bordas do Coque


COQUEBARIBE / COQUEBARIBE

CENTRAL STATION AND WATER EDGE / ESTAÇÃO CENTRAL E MARGEM D’ÁGUA COQUE’s central station is close to the water’s edge and bordered by a district of warehouses It provides an opportunity to make key first moves and develop strategies that release plots for market-oriented development for MCMV Level 6-10. It is proposed that the old industrial blocks and warehouses are occupied The aqua bus route interchange with the central station can be activated by revenue-generating activities. These changes are a part of a long-term strategy where the land occupied by the derelict railway can be developed over time. Differentiation on the ground floor is crucial to the success and vitality of this proposal. Open blocks combined with podium and tower blocks can define a hierarchy of street networks by defining clear relationships between private interior and public exterior.

A estação central de Coque está localizada próxima à beira do rio e é margeada por um bairro de armazéns. Isto oferece uma oportunidade para os primeiros passos principais e para desenvolver estratégias que liberem terrenos para uma incorporação orientada pelo mercado para o PMCMV Nível 6-10. Existe uma proposta para que os antigos blocos industriais e os armazéns sejam ocupados. A interconexão entre a rota de barco-ônibus e estação central pode ser ativada por atividades que gerem renda. Essas mudanças fazem parte de uma estratégia de longo prazo em que a terra ocupada pela ferrovia abandonada pode ser desenvolvida com o tempo. A diferenciação do nível térreo é crucial para o sucesso e vitalidade dessa proposta. Blocos abertos, combinados com blocos baixos de até três pavimentos e blocos mais altos, podem definir uma hierarquia de malhas viárias ao definir relações claras entre o interior privado e o exterior público.

47


CONCLUSIONs / Conclus천es

48


COQUEBARIBE / COQUEBARIBE

CHALLENGING MINHA CASA MINHA VIDA / DESAFIANDO O PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA MCMV and PAC can help regenerate areas not only through housing and infrastructure delivery but by providing residents equal access to vocational training and livelihood opportunities. This should be done by not only strengthening secondary and tertiary processes but also by enabling primary processes and real estate development to take place in a structured manner that is sympathetic to the urban fabric. The strategies proposed for implementation over this central and complex territory in Recife uses the framework of the MCMV program to tackle problems of housing shortage through densification and incremental expansion but simultaneously proposes a re-qualification of the territorial and economic potential in the existing communities. By focusing on the deployment of the program innovatively, the aim is to stimulate the production of a territory capable of interacting with its immediate surrounding as well as with the rest of the city. It is about producing a piece of the city. Unlike what has been explored by MCMV in early projects, the possibility of using a strategic area of significant , places the MCMV programme at the centre of the action.

O PMCMV e o PAC podem ajudar a revitalizar áreas não apenas através da provisão de moradias e infraestrutura, mas também oferecendo aos moradores acesso igualitário a cursos profissionalizantes e oportunidades de geração de renda. Isso deve ser feito fortalecendo-se os processos secundários e terciários, mas também permitindo que processos primários e incorporação imobiliária aconteçam de forma estruturada e em harmonia com o tecido urbano. As estratégias de implementação propostas neste território central e complexo de Recife utilizam o marco do PMCMV para endereçar problemas de déficit habitacional através do adensamento e da expansão incremental, mas, simultaneamente, propõem a requalificação do potencial territorial e econômico das comunidades existentes. Ao focar numa implementação inovadora do programa, a meta é estimular a produção de um território que seja capaz de interagir com seu entorno imediato assim como com o resto da cidade. Trata-se de produzir um pedaço da cidade. Diferente do que foi explorado no PMCMV em seus projetos iniciais, a possibilidade de se utilizar uma área estratégica de importância coloca o PMCMV no centro da ação.

49


CONCLUSIONs / Conclus천es

50


COQUEBARIBE / COQUEBARIBE

FURTHER STUDY / ESTUDOS Posteriores The experience of working within COQUE, has allowed us to reflect on design methodologies that together with economic and financial mechanisms, can be employed to ground the diversity and extensiveness of key relations into the body of the city, and to create spaces that reflect this heterogeneity and promote inclusion. However, it requires a deeper study and resolution on three distinct levels, to begin with the political complications that arise from the combination of Minha Casa Minha Vida and PAC among other programs to deliver a project that simultaneously focuses on provision of infrastructure and institutions and not only housing. Secondly, more critical research and investment from city and regional governments that does not stop at identifying areas that need upgrading but also closer investigation of the communities, their ambitions and the embedded economic opportunities. Our preliminary identification of connections to transport, auto, waste recycling and construction industry needs further qualification to assess the number of people and the scale at which they can benefit from it. Finally, using this policy’s strengths and research to guide better spatial design and deliver typological solutions that are differentiated and strengthen the territory: Typological variations as proposed here, require setting new parameters to enable mixing of the different levels set by MCMV and further research on how flexibility in the form of pre-fabrication and incremental changes can be set out.

A experiência de trabalho na comunidade do Coque nos permitiu refletir sobre metodologias de projeto que, em conjunto com mecanismos econômicos e financeiros, possam ser empregadas para fundamentar a diversidade e a amplitude de relações-chave no corpo da cidade, e para criar espaços que reflitam essa heterogeneidade e promovam a inclusão. Contudo, são necessários estudos mais aprofundados e a resolução em três diferentes esferas, começando com as complicações políticas que surgem da combinação do Minha Casa Minha Vida e do PAC, entre outros programas, para entregar um projeto que se concentre simultaneamente na provisão de infraestrutura e instituições, e não apenas de habitação. Em segundo lugar, é preciso ter pesquisas mais críticas e investimentos por parte dos governos em nível municipal e estadual que não se limitem a identificar as áreas que precisam ser urbanizadas, mas que investiguem mais a fundo as comunidades, suas ambições e oportunidades econômicas inerentes. Nossa identificação preliminar das conexões com transporte público, automóveis, reciclagem de resíduos sólidos e setor da construção civil necessita de maior qualificação para avaliar o número de pessoas e em que escala elas podem se beneficiar. Finalmente, utilizando os pontos fortes da política e a pesquisa para orientar um projeto espacial melhorado e entregar soluções tipológicas que sejam diferenciadas e fortaleçam o território: Variações tipológicas, como as propostas aqui, requerem o estabelecimento de novos parâmetros para permitir a combinação dos diferentes níveis estabelecidos no PMCMV, e requerem mais pesquisa sobre a flexibilidade em termos de pré fabricação e mudanças incrementais.

51


02 urbanizing coque / urbanizando o coque

This work is about the Coque district in Recife. The Federal government, PMCMV and PAC, have partnered to upgrade low-income housing in Brazil. Rather than relocating residents to the periphery, this work proposes to make better housing and urban conditions in a central location in Recife, with new thinking about the value of an urban area. Historically, social housing projects have been pushed outside of urban areas to peripheral sites as isolated developments. They also typically only consist of low quality housing and do not provide other social or infrastructural support to residents. These projects seldom generate meaningful impact beyond their immediate footprint, and the most basic definition of providing shelter. Informal settlements are often negatively viewed as “places of crime, violence, and social degradation” [Share the World’s Resources, 2010].and are seen as particularly threatening if they are near urban centres. Also, the potential of redevelopment of such areas for high value uses contributes to the process of expulsion of the informal settlements. The new peripheral housing developments are usually disengaged from the city, with no link to the city’s markets and services. Their isolation prevents residents from continuing their work and livelihood, and limits their capacity to generate income and economic output. The expulsion of residents also severs them from their communities.

52

As an alternative we propose a development model for Coque, an inner urban area of informal settlement, that engages housing with urbanism to propose an integrated redevelopment of the area. There are two key elements of this proposal: to strengthen existing links and resources; and to provide a diversity of housing options, including new housing and market housing, as well as developments of mixed-uses and resources for education and training. These can be achieved through coordination between the three levels of the PMCMV programme and the PAC programme.


O tema do presente trabalho é a comunidade do Coque, em Recife. O governo federal, o Programa Minha Casa Minha Vida (PMCMV) e o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) se uniram para melhorar as condições habitacionais da população de baixa renda no Brasil. Em vez de transferir os residentes para a periferia da cidade, este trabalho propõe oferecer melhor habitação e melhores condições urbanas em uma área central de Recife, com um novo pensamento quanto ao valor de uma área urbana. Historicamente, os projetos de habitação social têm sido direcionados para fora das áreas urbanas, sendo instalados nas áreas periféricas como empreendimentos isolados. Além disso, tais projetos tipicamente consistem apenas de moradias de baixa qualidade, e não oferecem nenhum outro apoio social ou de infraestrutura a seus moradores. Esses projetos raramente geram impacto significativo além de sua presença imediata e de fornecer abrigo em sua definição mais básica. Os assentamentos informais são com frequência vistos de maneira negativa como “locais de criminalidade, violência e degradação social” [Share the World’s Resources, 2010], e são vistos como especialmente ameaçadores se estiverem próximos aos centros urbanos. Além disso, o potencial de revitalização de tais áreas para usos que agreguem maior valor contribui para o processo de expulsão dos assentamentos informais. Os novos empreendimentos habitacionais instalados nas periferias são em geral

desconectados da cidade e não têm vínculos com mercados e serviços. O isolamento impede que os moradores possam continuar com seu trabalho e meios de sustento, e limita a capacidade deles de gerar renda e produção econômica. A expulsão dos moradores das áreas centrais ainda os separa de suas comunidades. Como alternativa, propomos um modelo de desenvolvimento para o Coque, uma área central urbana de assentamento informal, que associa habitação com urbanismo para possibilitar uma revitalização integrada daquela área. Há dois elementos importantes nessa proposta: fortalecer vínculos e recursos existentes; e fornecer uma diversidade de opções de moradia, incluindo novas moradias e moradias a preço de mercado, bem como empreendimentos de uso misto e recursos para a educação e programas de qualificação profissional. Isto pode ser alcançado através da coordenação entre os três níveis do PMCMV e o PAC.

53


STRATEGIES / Estratégias

Layers of intervention Níveis da intervenção

framework / PRINCIPAIS ESTRATÉGIAS ESPACIAIS We propose a flexible spatial and economic framework that de-emphasize housing as the primary solution but rather, values the insertion of a number of critical interventions, in multiple layers and across multiple scales.

Propomos uma estrutura flexível em termos econômicos e espaciais que tire a ênfase da moradia como solução primária e, ao contrário, valorize a inclusão de uma série de intervenções críticas em múltiplas camadas e por múltiplas escalas.

REVALUING THE WATERFRONT / REVALORIZANDO A MARGEM D’ÁGUA We propose to capture the potential of requalifying the waterfront by developing public spaces, buildings and critical infrastructure components that can be delivered in a range from small to medium scale integrated projects.

54

Nossa proposta é captar o potencial para revitalização da margem d’água desenvolvendo espaços públicos, edificações e elementos críticos de infraestrutura que possam ser realizados em um uma série de projetos integrados de pequena a média escala.


URBANISING COQUE / URBANIZANDO O COQUE

Transportation Node Centro de Mobilidade

Wateredge Frented d’água

URBAN CORE / NÚCLEO URBANO The planning around the new Bus Rapid Transit station offers opportunitiesa new urban core , as well as better mobility and connectivity. We show ways of extending the potential of the station area into the urban fabric. The focus is on four key areas: transport interchange, forum area, mixed uses, and link to waterfront.

O planejamento ao redor da nova Estação do Sistema de Ônibus Expresso (BRT) oferece oportunidade de criação de um novo núcleo urbano, além de melhor mobilidade e conectividade. Mostramos maneiras de se estender o potencial da área da estação ao tecido urbano. O foco compreende quatro áreas principais: baldeação de transporte, área do Fórum, usos mistos, e conexão com a margem d’água.

TYPOLOGIES / TIPOLOGIAS We explore building typologies that can combine housing with workspace, and with institutional uses.

Exploramos tipologias de construção que possam combinar moradia com local de trabalho, e com usos institucionais.

55


argument / argumento

Urbanising Coque is not a proposal only about housing, but it tests spatial principles that are important if we aim to go beyond simply the provision of housing. Collectively, the set of strategies are instruments through which the City and Federal governments can improve the living conditions of existing and new residents, and maximize urban value for the whole area. This document demonstrates how it is possible to link the MCMV housing initiative to a much broader concept of urban development and urban reinvestment without the threat of expulsion of low income people, and without the redevelopment being driven by purely commercial interests. There is not a specific time scale on the strategy, and it does not need to start in a particular location. However, in addition to upgrading of housing, we propose three possible starting points for development:

56

A urbanização do Coque não é uma proposta somente para fins de moradia, mas testa os princípios espaciais que são importantes, se realmente quisermos ir além de simplesmente prover habitação. Coletivamente, esse conjunto de estratégias consiste em instrumentos por meio dos quais a Prefeitura e o governo federal podem aprimorar as condições daqueles que já moram no local e de futuros residentes, e maximizar o valor urbano de toda a área. Este trabalho demonstra como é possível vincular a iniciativa habitacional do PMCMV a um conceito muito mais amplo de desenvolvimento urbano e reinvestimento urbano, sem a ameaça de expulsão das pessoas de baixa renda, e sem que o projeto de revitalização obedeça a interesses puramente comerciais. Não há um prazo específico para essa estratégia, e não é preciso que seja iniciada em um local específico. No entanto, além de urbanizar as moradias,


URBANISING COQUE / URBANIZANDO O COQUE

The impact of the BRT and the growth of the Forum area mean that this central core will be one node of growth. The poor quality, environmentally and spatiality, of the water edge which is a key feature of the area makes it likely that early work should show the potential for improvements. The Ilha do Zeca is of special importance for Recife, and needs very careful proposals. Developing the existing school areas into more complex urban elements, offering training and adult courses as well as incorporating residential and commercial spaces, could lead to investment in new mixed projects with education and training resources. In addition to spatial principles outlined in this document, the policy principles that shape the framework for a successful upgrading of the Coque area are equally important. Strong politicalwill and continued commitment are ultimately the driving forces behind implementing effective change. Equally important, is ensuring that the strength of Coque’s existing community is supported, and that local and Federal government mobilisation of resources and implementation continues over time.

propomos três pontos de partida possíveis para o empreendimento. O impacto do BRT (Sistema de Ônibus Expresso) e a expansão da área do Fórum significam que o núcleo central do Coque será um elo de crescimento. A baixa qualidade ambiental e espacial da margem d’água, que é uma característica importante da área, sinaliza que, provavelmente, os trabalhos iniciais já indicarão o potencial de melhorias. A Ilha do Zeca tem importância especial para Recife e exige que propostas cuidadosas sejam realizadas. Desenvolver as áreas escolares existentes, transformando-as em elementos urbanos mais complexos que ofereçam capacitação e cursos profissionalizantes, assim como incorporar espaços residenciais e comerciais, poderia levar a investimentos em novos projetos de uso misto com recursos educacionais e de qualificação. Além dos princípios espaciais descritos neste trabalho, os princípios da política que emolduram a estrutura para uma urbanização bem sucedida da área do Coque são igualmente importantes. Forte vontade política e permanente compromisso são em última análise as forças propulsoras por trás da implementação de uma mudança efetiva. Igualmente importante, é assegurar que a força da comunidade do Coque receba apoio, e que a mobilização de recursos locais e federais e a implementação continuem no futuro.

57


Context / contexto

Proximity to natural protected areas Proximidade a รกreas naturais protegidas

58


URBANISING COQUE / URBANIZANDO O COQUE

Higly connected to waterways Altamente conectado às vias navegáveis

Higly connected to existing clusters Altamente conectado à clusters existentes

Higly connected to existing infrastructure Altamente conectado à infra-estrutura existente

CONTEXT AND REGIONAL TERRITORY / CONTEXTO E TERRITÓRIO REGIONAL

The important areas surrounding the context are: vast green spaces; extensive waterways; clusters including education, medical, the city centre, business and culture, boa viagem, residential and commercial areas.

As áreas importantes que cercam o contexto são: vastos espaços verdes, vias fluviais extensas; aglomerados, incluindo educação, saúde, centro da cidade, negócios e cultura, Boa Viagem, áreas residenciais e comerciais.

infrastructure / infraestrutura

Multiple networks connect Coque to the greater surrounding area, via Metro, BRT, major highways and waterways.

Várias redes conectar Coque para a área circundante maior, via metrô, BRT, principais rodovias e hidrovias.

59


Context / contexto

Building a centrality Construindo uma centralidade

Building a centrality Construindo uma centralidade

CONNECTIONS AND NODES / CONEXÕES E ELOS DE LIGAÇÃO

60

The Coque area is well connected.

A área do Coque está bem conectada.

Internally there is good connectivity. The metro line and Imperial Street crosses the site from east to west. North to south connectivity is provided by three primary roads, and punctuated by an important transport node.

Internamente, existe boa conectividade. A linha do metrô e a Rua Imperial cruzam o local de leste a oeste. De norte a sul, a ligação com as outras áreas é propiciada por três ruas principais, e pontuada por um importante elo de transporte.

Externally, there are multiple networks connecting it to the greater surrounding area, via Metro, BRT, major highways and waterways.

Externamente, há redes múltiplas que ligam a área do Coque às áreas circunvizinhas, via Metrô, BRT, avenidas e hidrovias importantes.


URBANISING COQUE / URBANIZANDO O COQUE

Connecting existing institutions Conectando as instituições existentes

INNER: INSTITUTIONS / ÁREA INTERNA: INSTITUIÇÕES Institutions for education and healthcare, as well as sports and leisure are provided within the area, which are well connected by major roads. However, upgrading of these institutions would create improved integration of public realm with education and sports facilities, specifically in the areas between the playground and the school, and in the under-utilized spaces between housing.

Instituições educacionais e de saúde, bem como de esporte e lazer, podem ser encontradas na área do Coque, e são bem conectadas por ruas importantes. Contudo, a melhoria dessas instituções criaria uma melhor integração do domínio público com as instalações educacionais e esportivas, especificamente nas áreas entre o playground e a escola e nos espaços subutilizados entre as moradias.

61


Context / contexto

INSTITUTIONS NETWORK / REDE DE INSTITUIÇÕES The Forum buildings have the potential to provide multiple spaces for many different users in the area. The Forum can be linked with an institutional network supporting the upgrading of existing functions, the integration of different functions, and the plugging in of new with existing.

62

Os prédios do Fórum têm potencial para prover espaços múltiplos para diferentes usuários da área. O Fórum poderia estar ligado a uma rede institucional que apoiasse a melhoria das funções existentes, a integração de diferentes funções, e a integração de novas funções com aquelas já existentes.


URBANISING COQUE / URBANIZANDO O COQUE

Existing School Typologies Tipologia escolar existente

SCHOOL TYPOLOGIES / TIPOLOGIAS DAS ESCOLAS The ‘stand-alone’ and ‘cluster’ are two examples of existing school typologies. Presently, the buildings are not well integrated with the rest of Coque. There is potential to transform them into social and education hubs that would provide greater interaction with the residents and the city.

Escolas independentes e núcleos de escolas são dois exemplos de tipologias de escolas existentes. Atualmente, os prédios não estão bem integrados com o resto da área do Coque. Há potencial para transformá-los em centros sociais e educacionais, que poderiam fornecer uma maior interação com os moradores e a cidade. 63


Context / contexto

64


URBANISING COQUE / URBANIZANDO O COQUE

water edge ecology / ECOLOGIA DA MARGEM D’ÁGUA The water edge is ecologically fragile, with a history of occupation by palafitas, the poorest quality housing. It is a strategic territory for the central urban area.

A ecologia da margem d’água é frágil, com um histórico de ocupação por palafitas, moradias de pior qualidade. É um território estratégico para a área central urbana.

65


Context / contexto

EXISTING HOUSING / MORADIAS EXISTENTES There are three conditions of informal housing in Coque: consolidated, informal, and fragile. Consolidated housing is ypically in the centre of Coque with one primary orientation off of the main street. The buildings contain multiple uses, with the ground level typically used for small commercial activity.

66

Each settlement is highly differentiated. Some areas have voids that become small yard spaces for storage, while other areas have no voids at all. The section across a consolidated housing settlement shows that a ground floor’s relationship to the street changes across the site. As well, the changing rhythm of building heights define the characteristics of voids.


URBANISING COQUE / URBANIZANDO O COQUE

Há três condições de moradias informais no Coque: consolidadas, informais, e vulneráveis. As moradias consolidadas encontram-se, em geral, no centro do Coque, com uma orientação primária saindo da rua principal. Os prédios têm usos múltiplos, sendo os andares térreos utilizados para pequenas atividades comerciais.

Os assentamentos se diferenciam bastante entre si. Algumas áreas têm espaços vazios que são transformados em pequenos pátios de armazenamento, enquanto outras áreas não possuem nenhum espaço vazio. Uma análise do assentamento de moradias consolidadas mostra que a relação do térreo com a rua varia por todo o local. Além disso, as diferentes alturas dos prédios definem as características dos espaços vazios.

67


Context / contexto

68


URBANISING COQUE / URBANIZANDO O COQUE

Informal housing is less effective. The diagrams on the left illustrate existing conditions of informal houses. They have primarily one orientation, similar heights of one to two storeys, and undefined and under-utilized voids. The diagrams on the right, demonstrate the potential for stacking the volumes for greater density (for housing more residents in each dwelling) or intensity (for greater uses). Further, voids have the potential to be collected into a larger usable space for circulation, and light.

As moradias informais são menos eficazes. Os diagramas à esquerda ilustram as condições atuais das moradias informais. Elas têm principalmente uma só orientação, alturas semelhantes de um ou dois andares, e espaços vazios indefinidos e subutilizados. Os diagramas à direita demonstram o potencial para a construção de andares superiores para aumentar a densidade (a fim de acomodar mais moradores em cada unidade habitacional) ou a intensidade (para usos mais abrangentes). Além disso, os espaços vazios têm potencial para serem combinados em um espaço utilizável maior para circulação e iluminação. 69


Context / contexto

Stilt houses (palafitas) are the most fragile condition of informal housing and are the most vulnerable to flooding. Located along the water edge, stilt houses have multiple orientation, direction of movement and access points.

70

As palafitas representam a forma mais frágil de habitação informal e são as moradias mais vulneráveis à inundação. Localizadas ao longo da margem d’água, as palafitas têm uma multiplicidade de orientações, direções de movimento e pontos de acesso.


URBANISING COQUE / URBANIZANDO O COQUE

71


Key Spatial Strategies / PRINCIPAIS ESTRATÉGIAS ESPACIAIS

72


URBANISING COQUE / URBANIZANDO O COQUE

Urbanising Coque is a flexible framework that embeds a range of key spatial strategies, that de-emphasize housing as the primary solution but rather, values the insertion of a number of critical interventions, in multiple layers and across multiple scales. The key spatial strategies are: (1) water edge; (2) housing typologies; (3) urban core.

A urbanização da área do Coque é uma estrutura flexível que inclui uma série de estratégias espaciais importantes que tiram a ênfase da moradia como solução primária e, ao contrário, valorizam a inclusão de uma série de intervenções críticas em múltiplas camadas e por múltiplas escalas. As principais estratégias espaciais são: (1) margem d’água; (2) tipologias das moradias; (3) núcleo urbano.

73


Key Spatial Strategies / PRINCIPAIS ESTRATÉGIAS ESPACIAIS

Infrastructures and Institutions Infra-estruturas e instituições

Urban Blocks Quadras urbanas

74


URBANISING COQUE / URBANIZANDO O COQUE

Enhancing a wateredge and core integration Melhorar a integração da frente da água e do núcleo urbano

WATER EDGE / MARGEM D’ÁGUA Revaluing the waterfront is a key element for transformation. We propose to capture the potential of urbanising the waterfront through flexible strategies in which public spaces, buildings and critical infrastructure components can be delivered as small to medium scale integrated projects. Transforming the waterfront will generate a new urban fabric, creating a network of institutions, linked with housing, with improved access to the water edge. Along critical connection points to Ilha do Zeca, we propose to improve existing institutions and insert new hybrid typologies of housing and education centres. We also propose a continuous development of housing linked with sports and recreational facilities.

A revalorização da margem d’água é um elemento chave na transformação da área. Propomos que o potencial de urbanização da margem d’água seja desenvolvido por meio de estratégias flexíveis nas quais espaços públicos, prédios e componentes de infraestrutura críticos possam ser realizados como projetos integrados de pequena e média escala. A transformação da margem d’água irá gerar um novo tecido urbano, criando uma rede de instituições ligadas a moradias, com melhor acesso à margem d’água. Ao longo de pontos críticos de ligação para a Ilha do Zeca, propomos melhorar as instituições existentes e inserir novas tipologias híbridas de moradias e centros educacionais. Além disso, propomos o desenvolvimento contínuo de moradias ligadas a instalações de lazer e esportes. 75


Key Spatial Strategies / PRINCIPAIS ESTRATÉGIAS ESPACIAIS

Existing My House, My Life typologies Tipologias existentes no Minha Casa, Minha Vida

Enabling diversity Permitindo diversidade

HOUSING TYPOLOGIES / TIPOLOGIAS HABITACIONAIS MCMV housing typology is typical of social housing built globally. It consists of standardized mass housing blocks, or standalone estates on poorly defined open spaces that may become neglected, under-utilized or unsafe. Inflexible prefabricated dwellings are seldom able to respond to the changing needs of residents.

76

By rearranging house types through stacking, we can create multiple levels of diverse open spaces, allowing differentiated movement patterns through the block. There is potential in combining new house types with the generic MCMV types, as well as mixing housing with institutions. This can create new clusters of different buildings and spaces with mixed uses.


URBANISING COQUE / URBANIZANDO O COQUE

A tipologia das moradias do PMCMV é típica dos projetos de habitação social construídos em âmbito global. Consiste de blocos de moradias padronizadas em massa, ou de bairros de moradias independentes em espaços abertos mal definidos que podem se tornar negligenciados, subutilizados ou inseguros. As casas pré-fabricadas inflexíveis raramente podem responder às necessidades dos moradores, que estão sempre mudando.

Ao reorganizar os tipos de moradias por meio da verticalização, podemos criar níveis múltiplos de diversos espaços abertos, permitindo padrões diferenciados de movimentação pelo bloco. Há potencial para combinação de novas tipologias de casas com as tipologias genéricas do PMCMV, bem como misturar residências com instituições. Isso pode criar novos grupos de diferentes prédios e espaços de uso misto.

77


Key Spatial Strategies / PRINCIPAIS ESTRATÉGIAS ESPACIAIS

Integration of the Urban core through the transportation nodes Integração do núcleo urbano através das estações de transporte

78


URBANISING COQUE / URBANIZANDO O COQUE

URBAN CORE / NÚCLEO URBANO The planning around the new Bus Rapid Transit station offers opportunities for a new urban core , not just mobility and connectivity. We show ways of extending the potential of the station area into the urban fabric. The focus is on four key areas: transport interchange, forum area, mixed uses, and link to waterfront.

O planejamento com respeito à nova estação do BRT oferece oportunidades de se constituir um novo núcleo urbano e não somente de mobilidade e de conectividade. Mostramos maneiras de se expandir o potencial da área da estação no tecido urbano. O foco compreende quatro áreas principais: baldeação de transporte, área do Fórum, usos mistos, e ligação com a margem d’água.

79


Spatial Proposals / Propostas Espaciais

Spatial Proposals / Propostas Espaciais On the following pages we propose specific spatial interventions that apply the key spatial strategies (water edge; typologies; urban core) established in the previous section. These interventions provide an exemplar model of possible positive transformation of Coque’s urban spaces.

Nas páginas seguintes, propomos intervenções espaciais específicas, aplicando as principais estratégias espaciais (margem d’água; tipologias; núcleo urbano) estabelecidas na seção anterior. Essas intervenções fornecem um modelo exemplar de transformação positiva possível dos espaços urbanos da área do Coque.

80


URBANISING COQUE / URBANIZANDO O COQUE

EDUCATION AND THE CITY / educação e a cidade The existing grid pattern (diagram on the bottom left) lacks clear hierarchy, resulting in fragmented movement patterns around institutions. Access to institutions can be improved by the creation of a new grid pattern, that links expanded public spaces (diagram on the bottom right). This new grid provides improved connectivity. Inclusive Mixed Environments - To promote flexibility and diversity of uses, housing is combined with institution, and linked with workplaces. This creates a mixed environment that is diverse and inclusive. New types of learning, and live/work typologies are created for greater density and urbanity.

O padrão da grade existente (diagrama à esquerda na parte inferior) carece de hierarquia nítida, resultando em padrões de movimento fragmentados ao redor das instituições. O acesso às instituições pode ser melhorado pela criação de um novo padrão de grade que ligue os espaços públicos expandidos (diagrama à direita na parte inferior). Essa nova grade propicia melhor conectividade. Ambientes Mistos Inclusivos – Para promover flexibilidade e diversidade de usos, a moradia é combinada à instituição, e ligada aos locais de trabalho. Isso cria um ambiente misto que é diverso e inclusivo. Novos tipos de aprendizado e tipologias convivência/trabalho são criados para que se obtenha maior densidade e urbanidade. 81


Spatial Proposals / Propostas Espaciais

Build Area Área Construída

Open Spaces Espaços Abertos

Urban Blocks Quadras Urbanas

Intitutions Instituições

inclusive mixed nvironments / ambientes mistos inclusivos Diversity of Urban Grain - A differentiated urban grain tests the potential for accommodating small and large developments through a mixed pattern. Flexible Urban Blocks - The flexible sizes of the blocks can accommodate a wide range of building types. Block differentiation allows for different types of development opportunities for the area. Inclusive Mixed Environments - A variety of public and semi-public spaces provides opportunities for diverse and inclusive social experiences.

82

Diversidade de Grain Urban - Um grão urbana diferenciada testa o potencial para acomodar pequenas e grandes desenvolvimentos através de um padrão misto. Blocos urbanos flexíveis - Os tamanhos flexíveis dos blocos pode acomodar uma ampla variedade de tipos de construção. Diferenciação bloco permite diferentes tipos de oportunidades de desenvolvimento para a área. Inclusive ambientes mistos - uma variedade de espaços públicos e semi-públicos oferece oportunidades para diversas experiências sociais e inclusivo.


URBANISING COQUE / URBANIZANDO O COQUE

URBAN CORE / NÚCLEO URBANO The focus of this area is around an urban core manifested by four key areas: transport interchange; forum area; mixed use; and link to waterfront.

O foco dessa área é um núcleo urbano manifestado por quatro áreas principais: baldeação de transporte; área do Fórum; uso misto; e ligação à margem d’água.

83


Spatial Proposals / Propostas Espaciais

transport interchange / BALDEAÇÃO DE TRANSPORTE The proposed BRT integrates the bus terminal and metro station with Coque. Its primary principle is the efficiency of transport network and interchange between modes of travel. The proposal is for an urban district that promotes walking, cycling, and public transport. In addition, optimization of the BRT creates potential for developing the areas around the station as highly valuable mixed-use development. Contrasting the existing station, we propose: a much simpler and more direct system of circulation; a mix of institutional and commercial uses at the ground level; and new east/west pathways on the upper level that will serve as the primary connection point for the bus and metro.

84

O BRT proposto integra o terminal de ônibus e a estação de metrô com o Coque. Seu princípio fundamental é a eficiência da rede de transportes e a possibilidade de baldeação entre os meios de deslocamento. A proposta é para um distrito urbano que permita se locomover por meio de caminhada, bicicleta e transporte público. Além disso, a otimização do BRT cria o potencial para desenvolvimento de áreas ao redor da estação na forma de empreendimentos de uso misto de alto valor. Em contraste com a estação existente, propomos: um sistema de circulação mais simples e direto; um misto de usos institucionais e comerciais no nível térreo; e novas passagens de leste a oeste no nível superior, que servirão como um ponto de conexão primário para ônibus e metrô.


URBANISING COQUE / URBANIZANDO O COQUE

Existing Plan for Circulation Plano de Circulação Existente

Proposed Plan for Circulation Plano proposto para Circulação

85


SPATIAL PRINCIPLES / PRINCÍPIOS ESPACIAIS

Connections / Conexões At the ground level, a direct pedestrian access between the station, the forum and the water’s edge is created. The efficient urban grid promotes good orientation, legibility and optimized public spaces and streets.

86

No nível do térreo, um acesso direto para pedestres entre a estação, o fórum e a margem d’água será criado. A grade urbana eficiente promove boa orientação, legibilidade e espaços públicos e ruas otimizadas.


URBANISING COQUE / URBANIZANDO O COQUE

Public Realm / Domínio Público It is characterized by the diversity of public spaces, private gardens, semi-public spaces within public buildings and institutions and along the water’s edge.

É caracterizado pela diversidade de espaços públicos, jardins privativos, espaços semipúblicos nos prédios e instituições públicas e pela extensão da margem d’água.

87


SPATIAL PRINCIPLES /PRINCÍPIOS ESPACIAIS

Flexible Urban Blocks / Blocos Urbanos Flexíveis The footprint of each block is flexible in terms of size, which can accommodate a wide range of building types. Block differentiation allows for new development opportunities for the area.

88

Cada bloco é flexível em termos de tamanho, podendo acomodar uma ampla gama de tipologias de prédios. A diferenciação dos blocos permite novas oportunidades de empreendimento para a área.


URBANISING COQUE / URBANIZANDO O COQUE

Diversity of Urban Grain / Diversidade da Porosidade Urbana This urban fabric tests the potential for accommodating small and large developments through a mixed pattern.

Este tecido urbano testa o potencial para acomodação de empreendimentos de pequeno e grande porte por meio de um padrão misto.

89


SPATIAL PRINCIPLES / PRINCÍPIOS ESPACIAIS

90


URBANISING COQUE / URBANIZANDO O COQUE

Revaluing the waterfront / A revalorização da margem d’água Revaluing the waterfront is a key element for transformation. We propose to capture the potential of urbanising the waterfront through flexible strategies in which public spaces, buildings and critical infrastructure components can be delivered as small to medium scale integrated projects. We believe that the unique asset of the area is its relationships with the water, and therefore promote urban landscapes as one of the key triggers of urban spatial development. Ecological and urban questions are addressed through the pattern of urbanising the water edge with a range of scales and types of development.

A revalorização da margem d’água é um elemento chave para a transformação da área. Propomos atingir o potencial de urbanização da margem d’água por meio de estratégias flexíveis nas quais os espaços públicos, prédios e componentes críticos da infraestrutura possam ser realizados como projetos integrados de pequena a média escala. Acreditamos que o principal ativo da área seja a sua relação com a água e que, portanto, promove cenários urbanos como um dos principais gatilhos para o desenvolvimento espacial urbano. As questões urbanas e ecológicas são tratadas por meio do padrão de urbanização da margem d’água em várias escalas e tipos de desenvolvimento. 91


Conclusions / Conclusões

We propose:

Nossa proposta:

Improved connections within the site and to the wider urban area - The waterfront to have a remediated and designed landscape edge extending into Ilha do Zeca to revalue it as an attractive place to live, work and play. A continuous development of housing, together with sports and recreation facilities which will produce immense social and economic benefits. The new facilities will provide new education, employment and training to existing and new residents. And beyond elevating the quality of life for people in Coque, will have the added benefit of attracting new residents and visitors to the area while discouraging new palafita settlements.

Melhor conexão em âmbito local e com a área urbana em geral - A margem d’água deve ter uma paisagem projetada e revitalizada estendendo-se até a Ilha do Zeca para que seja revalorizada como local atraente para se viver, trabalhar e se divertir. Desenvolvimento permanente de moradias, juntamente com instalações esportivas e de lazer, que resultarão em enormes benefícios econômicos e sociais. As novas instalações oferecerão novos cursos educacionais, empregos e cursos de qualificação profissional para moradores novos e já existentes. E, além de melhorar a qualidade de vida da população que vive no Coque, terá o benefício adicional de atrair novos residentes e visitantes para a área ao mesmo tempo em que irá desencorajar novos assentamentos de palafitas.

Diversity of Urban Grain - This urban fabric tests the potential for accommodating small and large developments through a flexible and differentiated urban pattern. Flexible Urban Blocks - The footprint of each block is flexible in terms of size, which can accommodate a wide range of building types. Block differentiation allows for new development opportunities for the area. Open Spaces -with diversity of public spaces, private gardens, semi-public spaces within public buildings and institutions. These spaces offer many benefits to existing and new residents, providing a variety of different ways for people to interact.

92

Diversidade da Porosidade Urbana - Este tecido urbano testa o potencial para acomodação de empreendimentos de pequeno e grande porte por meio de um padrão urbano flexível e diferenciado. Blocos Urbanos Flexíveis - Cada bloco é flexível em termos de tamanho, podendo acomodar uma ampla gama de tipologias de prédios. A diferenciação dos blocos permite novas oportunidades de empreendimento para a área. Espaços abertos - com uma diversidade de espaços públicos, jardins privativos, espaços semipúblicos nos prédios e instituições públicas. Esses espaços oferecem muitos benefícios para moradores já existentes e novos, oferecendo diferentes formas de interação para a população.


URBANISING COQUE / URBANIZANDO O COQUE

Water edge paths Caminhos beira da água

Urban Blocks Quadras Urbanas

Open Spaces and Intitutions Espaços Abertos e Instituições

Build Area Área Construída

93


94


03 HOUSING AS PRODUCTIVE TERRITORY / habitação COMO TERRITÓRIO PRODUTIVO Coque is located in Ilha Joana Bezerra, which is reportedly one of the least developed districts in the city of Recife. Its reputation for being one of the most violent neighbourhoods in Recife has led to Coque being stigmatised -an issue often raised by its local community leaders. The low income community has several issues related to its informal conditions, including housing, education, unemployment, health, hygiene and sanitation, highlighting the dearth of external support. In contrast, within Coque’s 134 hectares, are several small-scale cottage industries, which are presently isolated from the city. Rethinking these systems of production across Recife could enable Coque to be strategically included in a more holistic vision for production processes and networks in Recife. Coque displays various conditions and challenges of and to housing-led urban development. The expansion of the favela along the water’s edge has led to the construction of poor quality stilt houses on precarious ground conditions, highlighting the dire need for healthier and more secure housing in Coque. Government housing programmes Minha Casa, Minha Vida (MCMV) and Programa de aceleração do crescimento (PAC) - are set to transform the area through new housing development. While we are critical of many elements of MCMV, the programme could potentially serve as a productive force and financial initiative to rethink Coque and lead its transformation from mere subsistence to a more productive area. The intention of this study is to critically analyse MCMV as a policy and an approach, while simultaneously harnessing it to drive the creation of a productive territory, in which the inhabitants of informal settlements are included in productive networks across the city and city-region. Engagement with other urban productive clusters offers the opportunity to facilitate an improvement in the living and working conditions in Coque.

O bairro do Coque está localizado na Ilha Joana Bezerra, que é sabidamente um dos bairros menos desenvolvidos da cidade do Recife. Sua reputação de ser um dos bairros mais violentos do Recife levou à estigmatização da área do Coque - um problema sempre levantado por seus líderes comunitários locais. A comunidade de baixa renda sofre com vários problemas relacionados às condições informais, incluindo moradia, educação, desemprego, saúde, higiene e saneamento, o que deixa claro a carência de apoio externo. Em contraste, dentro dos 134 hectares do Coque, existem vários negócios de indústria artesanal de pequena escala, que se encontram, no momento, isolados da cidade. Repensar esses sistemas de produção em Recife permitiria que o Coque fosse incluído de maneira estratégica em uma visão mais holística de processos de produção e de redes naquela cidade. O Coque apresenta várias condições e desafios ao desenvolvimento urbano liderado por políticas habitacionais. A expansão da favela ao longo da margem d’água levou à construção de palafitas de baixa qualidade em condições precárias de solo, evidenciando a premente necessidade de moradias mais saudáveis e seguras no Coque. Os programas de habitação do governo – Minha Casa, Minha Vida (PMCMV) e o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) – devem transformar a área com a construção de novas moradias. Embora sejamos críticos em relação a muitos dos elementos do PMCMV, acreditamos que o programa poderia potencialmente servir como força produtiva e iniciativa financeira para se repensar o Coque e levar à sua transformação de área de mera subsistência para uma área mais produtiva. O presente estudo visa analisar de maneira crítica o PMCMV em termos de política e abordagem, ao mesmo tempo em que aproveita para impulsionar a criação de um território produtivo, no qual os moradores de assentamentos informais possam ser incluídos em redes produtivas espalhadas por sua região e pela cidade. A integração com outros aglomerados urbanos produtivos oferece uma oportunidade de facilitar uma melhoria nas condições de vida e de trabalho no Coque. 95


infrastructure as A DRIVER - water as infrastructure / INFRAESTRUTURA COMO VETOR - ÁGUA COMO INFRAESTRUTURA

porto digital ground zero bio-medical hub financial district coque

central location / LOCALIZAÇÃO CENTRAL Embedded within an area of high economic production, Coque occupies a strategic location at the centre of the Recife Metropolitan Region. Additionally, two of the more important rivers in Recife converge around the Island of Ilha Joana Bezerra where Coque is located. Historically the flood plains of these rivers facilitated agricultural cultivation which subsequently led to the generation of the city. Coque is tied to the rest of the Recife through a ubiquitous system of waterways around which the city took shape.

96

Encravado em uma área de alta produção econômica, o Coque ocupa uma localização estratégica no centro da Região Metropolitana de Recife. Além disso, dois dos principais rios de Recife convergem para a Ilha Joana Bezerra, onde o Coque está localizado. Historicamente, as planícies fluviais desses rios facilitaram o cultivo agrícola que, subsequentemente, levaram à criação da cidade. O Coque se une ao resto do Recife por meio de um sistema abrangente de hidrovias, ao redor das quais a cidade se formou.


HOUSING AS PRODUCTIVE TERRITORY / HABITAÇÃO COMO UM TERRITÓRIO PRODUTVO

porto digital

coque

financial district

metro railway capibaribe river

connection / CONEXÃO Apart from being situated in a strategic central position, Coque lies in an area that is very well connected to economic and industrial centres of production in the Recife Metropolitan Region.

Além de estar situado em uma posição central estratégica, o Coque fica em uma área que permite fácil acesso aos centros econômicos e industriais de produção da Região Metropolitana de Recife.

Recife Metro, the second most extensive inner city rail network in Brazil, behind Sao Paulo, connects central Recife with the Guararapes–Gilberto Freyre International Airport in the south and Jaboatao dos Guararapes business centre in the west and runs along the southern edge of Coque with the Joana Bezerra metro station located immediately adjacent to the favela.

O metrô de Recife, a segunda rede ferroviária urbana em extensão no Brasil, atrás somente de São Paulo, liga o centro de Recife ao Aeroporto Internacional Gilberto Freyre – Guararapes, ao sul, ao centro comercial de Jaboatão de Guararapes, a oeste, e percorre a margem sul do Coque, sendo que a estação de metrô Joana Bezerra está localizada imediatamente nas adjacências da favela.

The new Joana Bezerra bus station has been planned to be constructed next to the metro station, setting up a potential multi-modal transit hub in the region.

O novo terminal de ônibus Joana Bezerra foi planejado para ser construído próximo à estação do metrô, criando um potencial eixo de transporte multimodal na região.

These infrastructure connections could help link Coque with productive clusters located both around the site, and the Recife metropolitan region.

Essa infraestrutura de conexões de transporte poderia ajudar a ligar o Coque a polos produtivos localizados tanto no entorno do local quanto na região metropolitana do Recife.

97


infrastructure as A DRIVER - water as infrastructure / INFRAESTRUTURA COMO VETOR - ÁGUA COMO INFRAESTRUTURA

98


HOUSING AS PRODUCTIVE TERRITORY / HABITAÇÃO COMO UM TERRITÓRIO PRODUTVO

water as infrastructure /ÁGUA COMO INFRAESTRUTURA Over 50% of Recife’s population lives on just 15% of the urban land available in the form of informal settlements. Zonas Especiais de Interesse Social (Special Zones of Social Interest), or ZEIS, are the legal framework for these informal settlements. Coque is one among scores of ZEIS located all over the city of Recife, many situated in close proximity to the waterways.

Mais de 50% da população de Recife mora em apenas 15% do solo urbano disponível, em assentamentos informais. As Zonas Especiais de Interesse Social, as chamadas ZEIS, constituem o marco jurídico para esses assentamentos informais. A área do Coque é apenas uma das muitas ZEIS localizadas em toda a cidade de Recife, muitas situadas bem próximo das hidrovias.

Rivers Capibaribe and Beberibe represent an untapped mode of infrastructure, which could set up productive and commercial associations between Coque, other ZEIS as well as some of the more formal clusters of activity and production in the city. With ZEIS inhabitants constituting more than half of the population of Recife, their status as zones of exception prompt two key questions:

Os rios Capibaribe e Beberibe representam um modo de infraestrutura inexplorado, que poderia criar associações produtivas e comerciais entre o Coque, outras ZEIS, e também alguns dos polos mais formais de atividade e produção da cidade. Com os moradores das ZEIS constituindo mais da metade da população do Recife, seu status de zonas de exceção leva a duas questões importantes:

•Have the rules of the ZEIS, which were set up as special policies to defend the communities living in informal areas, ended up restricting economic and spatial transformation within them?

•As regras das ZEIS, que foram criadas como políticas especiais para defender as comunidades que vivem em áreas informais, terminaram por restringir a transformação econômica e especial dentro delas?

•Have these rules constrained the possibilities of their inhabitants to develop into more value production communities? Transforming the productive potential of the ZEIS by using water as a mode of infrastructure to drive the idea of a network based production system is key to the transformation of Coque.

•Essas regras limitaram as possibilidades de seus moradores criarem comunidades de produção de maior valor? Transformar o potencial produtivo das ZEIS, utilizando a água como modo de infraestrutura para promover a ideia de um sistema de produção baseado em rede, é um ponto chave para a transformação do Coque.

99


infrastructure as A DRIVER - water as infrastructure / INFRAESTRUTURA COMO VETOR - ÁGUA COMO INFRAESTRUTURA

100


HOUSING AS PRODUCTIVE TERRITORY / HABITAÇÃO COMO UM TERRITÓRIO PRODUTVO

potentials / POTENCIAIS Coque’s strategic location coupled with the potential of water as a mode of infrastructure could be leveraged to promote partnerships between Coque and other productive clusters and resources. The productive potential of the connections with Coque can be augmented through the inclusion of educational institutions to provide vocational training, and cooperatives for better business. The creation of cooperatives relating Coque to other ZEIS through water could also foster the use of its strategic location to integrate less central informal areas.

A localização estratégica do Coque juntamente com o potencial da água como modo de infraestrutura poderia ser utilizada para promover parcerias entre o Coque e outros polos e recursos produtivos. O potencial produtivo das conexões com o Coque pode ser aumentado por meio da inclusão de instituições educacionais que ofereçam treinamento profissionalizante, e de cooperativas para desenvolvimento de negócios. A criação de cooperativas que integrem o Coque às outras ZEIS por via hídrica poderia também promover o uso de sua localização estratégica para integrar áreas informais menos centrais.

housing programes / PROGRAMAS HABITACIONAIS Brazil has two significant national programmes of public investment in housing construction and infrastructural upgrading- Minha Casa, Minha Vida (MCMV), and Programa de aceleração do crescimento (PAC) - which constitute immediate means of intervention. However, the programmes have almost exclusively focused on the quantitative provisional aspects of the housing question being drawn by a political and economic need to provide the maximum quantity of dwellings to the maximum number of people. They fail to explore more multi-dimensional strategies, where issues related to transport, education, and particularly of production and employment could be used to build productive neighbourhoods.

O Brasil conta com dois programas nacionais significativos de investimento público na construção de moradias e de melhoria de infraestrutura – o Programa Minha Casa, Minha Vida (PMCMV) e o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) – que constituem meios imediatos de intervenção. Contudo, esses programas têm quase que exclusivamente se concentrado nos aspectos quantitativos associados à entrega de moradias, sendo orientados pela necessidade econômica e política de fornecer o maior número de casas para o maior número de pessoas. Esses programas deixam de explorar estratégias mais multidimensionais, onde as questões relacionadas a transporte, educação e, especialmente, produção e emprego poderiam ser utilizadas para construir bairros produtivos.

A Strategic Approach / UMA ABORDAGEM ESTRATÉGICA It is the aim of this work to use MCMV and PAC programmes as a tool to rethink the role of housing in creating and transforming urban environments at a policy level. Additionally, spatial strategies will use housing processes and design in order to streamline and augment the role of production within informal settlements. There is an ambition to include Coque in broader chains and networks of production at a multi-scalar level within the Recife Metropolitan Region, for which mobility infrastructure, particularly water, will be viewed as a key driver.

O objetivo deste trabalho é utilizar os programas PMCMV e PAC como ferramentas para repensar o papel da habitação na criação e transformação de ambientes urbanos em nível de política pública. Além disso, as estratégias espaciais utilizarão processos de habitação e de projeto a fim de tornar mais eficiente e aumentar a função da produção dentro dos assentamentos informais. Há uma ambição em se incluir o Coque em cadeias e redes de produção mais amplas em nível multiescalar dentro da Região Metropolitana de Recife, para o que a infraestrutura de mobilidade, particularmente a água, será considerada como principal fator chave. 101


zomming into coque / UMA PERSPECTIVA MAIS DETALHADA DO COQUE

working within a productive territory / TRABALHANDO DENTRO DE UM TERRITĂ“RIO PRODUTIVO Ilha Joana Bezerra on which Coque sits, is surrounded by neighbourhoods with a high economic production capacity. Medical clusters in Ilha do Leite and Coelhos are located just across the water channel to the north of Coque. Business Centres in Boa Vista and Brasilia Teimosa, to the north-east and south west of Coque respectively, provide employment to 4% of the people in Recife, and over 9% in the Metropolitan Area, making Recife one of the largest logistics centres in Brazil. Porto Digital, an information technology hub providing 90 small, medium and multinational 102

companies with office space to generate 3000 jobs, is located to the east of Coque on Arrecife. There are many automobile workshops and garages are seen in the neighbourhood of Afogados, to the south west of Coque, which is also known for its markets and fairs. In the immediate vicinity of Coque, sandwiched between the R. Imperial and the Joana Bezerra metro station, are a number of derelict industrial warehouses. These clusters could lend themselves to possible cross-overs between Coque and other informal settlements within a ZEIS network, which could set up a unique web of production using mobility infrastructure.


HOUSING AS PRODUCTIVE TERRITORY / HABITAÇÃO COMO UM TERRITÓRIO PRODUTVO

Existing Clusters Clusters Existentes

A Ilha Joana Bezerra, na qual o Coque se localiza, está rodeada de bairros com alta capacidade de produção econômica.

médio e pequeno porte, com espaço para escritórios suficiente para criar 3 mil empregos, está localizado do lado leste de Coque, em Arrecife.

Núcleos de serviços médicos na Ilha do Leite e em Coelhos estão localizados bem em frente ao canal hídrico ao norte do Coque.

Encontramos muitas oficinas e estações de serviço automotivo no bairro de Afogados, no sudoeste do Coque, que também é conhecido por seus mercados e feiras. Nas imediações do Coque, espremidos entre a Rua Imperial e a Estação de Metrô Joana Bezerra, encontram-se uma série de armazéns industriais abandonados.

Os Centros Empresariais de Boa Vista e Brasília Teimosa, no nordeste e no sudoeste de Coque, respectivamente, fornecem emprego a 4% da população de Recife e a mais de 9% da população que vive na área da Região Metropolitana, fazendo de Recife um dos maiores centros logísticos do Brasil. O Porto Digital, um centro de tecnologia da informação, com 90 empresas multinacionais de

Esses polos poderiam servir de possíveis pontes entre o Coque e outros assentamentos informais dentro da rede das ZEIS, o que poderia formar uma rede de produção diferenciada, utilizando a infraestrutura da mobilidade. 103


zomming into coque / UMA PERSPECTIVA MAIS DETALHADA DO COQUE

mobility infrastructure / INFRAESTRUTURA DA MOBILIDADE

104

R. Joao Paulo II, PE 027, BR 232 and R. Imperial are a system of roadways which could help the productive activities in Coque to scale up, by promoting cross-overs between the production taking place in the neighbouring clusters as well as the ZEIS network.

A Rua João Paulo II, a PE-027, a BR-232 e a Rua Imperial constituem um sistema viário que poderia ajudar a aumentar as atividades produtivas do Coque, promovendo pontes entre a produção que se desenvolve nos agrupamentos da vizinhança e a rede das ZEIS.

The productive capacity of Coque, as well as some of the other ZEIS located in the vicinity could be strengthened by viewing the current proposals for Joana Bezerra bus station and the existing metro station as a potential multi-modal transit hub in the region. Utilising the water as a mode of infrastructure explores the idea of developing a productive network between Coque and other ZEIS located along the banks of the waterways in Recife.

A capacidade produtiva do Coque, bem como a de algumas das outras ZEIS localizadas nas proximidades, poderia ser fortalecida se considerarmos as propostas atuais para o terminal de ônibus Joana Bezerra e a estação de metrô existente como um potencial eixo de transporte multimodal na região. A utilização da água como modo de infraestrutura explora a ideia de se desenvolver uma rede produtiva entre o Coque e as outras ZEIS localizadas ao longo das margens das hidrovias de Recife.


INTRODUCING COQUE INSTITUTIONS AND ACTIVITIES

HOUSING AS PRODUCTIVE TERRITORY / HABITAÇÃO COMO UM TERRITÓRIO PRODUTVO

Rules & regulations ZEIS ZAC – moderada ZAN ZECA’s island

Institutions Educational institutions Civic institutions Social institution

Rules & regulations ZEIS ZAC – moderada ZAN ZECA’s island

Infrastructure Barriers Entry points

Institutions Educational institutions Civic institutions Social institution

Rules & regulations ZEIS ZAC – moderada ZAN ZECA’s island

Grains & activities Industrial activity Commercial activity Agricultural activity Sport activity

Infrastructure Barriers Entry points

PRODUCTIVE FRAMEWORK / ESTRUTURA PRODUTIVA Institutions Educational institutions Several small scale productive clusters are present Civic institutions within Coque, including recycling, Social institution shrimp farming, garments and food catering. The educational nodes and the political organization (which is comprised of local community leaders keen on bringing in reform) could help ZEIS’ inhabitants to organize institutional clusters in Coque, which Infrastructure could serve as drivers for scaling up the productive Barriers activities in the ZEIS. Entry points

Vários aglomerados produtivos de menor escala Grains & activities estão presentes no Coque, incluindo reciclagem, Industrial criação de camarão em cativeiro, vestuário e activity Commercial activity empresas que fornecem alimentação. OsAgricultural elos activity Sport activity educacionais e a organização política (que compreende líderes da comunidade local interessados em trazer reformas) poderiam ajudar os moradores das ZEIS a organizar polos institucionais no Coque, que poderiam servir como catalisadores para aumentar as atividades produtivas das ZEIS.

Grains & activities Industrial activity Commercial activity Agricultural activity Sport activity

105


zomming into coque / UMA PERSPECTIVA MAIS DETALHADA DO COQUE

106


HOUSING AS PRODUCTIVE TERRITORY / HABITAÇÃO COMO UM TERRITÓRIO PRODUTVO

POOR PHYSICAL SUPPORT / APOIO FÍSICO DEFICITÁRIO Despite being well connected, Coque cannot reach its productive potential if it lacks the spaces and financial means to facilitate economic activity. Poor quality stilt houses on precarious ground conditions along the water’s edge, highlight the difficult and unhealthy living conditions of the nearly 2000 poor quality housing units in Coque. With the aid of MCMV and PAC programmes, new housing developments could be used to test spatial interventions which combine a response to the housing shortage, hygiene, health and safety, along with a typological investigation to incrementally expand the scale of existing production within the ZEIS.

Apesar de ser bem conectado, o Coque não pode alcançar seu potencial produtivo se não houver espaços e meios financeiros que facilitem a atividade econômica. A má qualidade das palafitas construídas em condições precárias de solo ao longo da margem d’água evidencia as dificuldades e a insalubridade das condições de vida proporcionadas pelas quase 2 mil unidades habitacionais de baixa qualidade no Coque. Com o auxílio dos programas PMCMV e PAC, a construção de novas moradias poderia ser utilizada para testar as intervenções espaciais que combinem uma resposta ao déficit habitacional, de higiene, saúde e segurança com uma investigação tipológica, a fim de expandir gradualmente a escala da produção existente dentro das ZEIS.

107


CHAINS AND NETWORKS OF PRODuCTION / CADEIAS E REDES PRODUTIVAS

HEALTH MEDICAL HUB PUBLIC HOSPITALS

HEALTH MEDICAL HUB PUBLIC HOSPITALS

EDUCATIONAL PRIMARY SCHOOL UNIVERSITIES

HEALTH

LIBRARY

MEDICAL HUB PUBLIC HOSPITALS

HEALTH MEDICAL HUB PUBLIC HOSPITALS

EDUCATIONAL PRIMARY SCHOOL UNIVERSITIES LIBRARY

EDUCATIONAL

CULTURAL

PRIMARY SCHOOL

CARNIVAL

UNIVERSITIES

MUSIC INSTITUTE

LIBRARY

CULTURAL PROJECTS

CULTURAL CARNIVAL

INDUSTRY AUTOMOBILE REPAIR WORKSHOP

MUSIC INSTITUTE

METALLURGY INDUSTRY

CULTURAL PROJECTS

CONSTRUCTION INDUSTRY AUTOMOBILE INDUSTRY

CULTURAL CARNIVAL

AUTOMOBILE REPAIR WORKSHOP

MUSIC INSTITUTE

METALLURGY INDUSTRY

E D U C A T IRESOURCES ONAL EXISTING / RECURSOS EXISTENTES CULTURAL PROJECTS PRIMARY SCHOOL UNIVERSITIES

INDUSTRY

CONSTRUCTION INDUSTRY AUTOMOBILE INDUSTRY

INDUSTRY

LIBRARY Coque has a number of productiveAUTOMOBILE activities O Coque já conta com uma série de atividades REPAIR WORKSHOP already present within its territory. CulturalINDUSTRY activiprodutivas no seu território. Atividades culturais, METALLURGY CULTURAL ties, aCARNIVAL health centre, a primary school, and the um posto de saúde, uma escola primária e a imCONSTRUCTION INDUSTRY deployment of recycling and sorting processes, plantação de processos de reciclagem e de sepaAUTOMOBILE INDUSTRY MUSIC INSTITUTE provide the material to start integrating Coque ração de lixo fornecem material para começar a CULTURAL PROJECTS with multiple scales of cultural, medical, educaintegrar o Coque com polos multiescalares nos tional and industrial clusters across Recife. setores da cultura, serviços médicos, educação e INDUSTRY produção industrial em toda a cidade do Recife. AUTOMOBILE REPAIR WORKSHOP METALLURGY INDUSTRY

108

CONSTRUCTION INDUSTRY AUTOMOBILE INDUSTRY


HOUSING AS PRODUCTIVE TERRITORY / HABITAÇÃO COMO UM TERRITÓRIO PRODUTVO

109


CHAINS AND NETWORKS OF PRODuCTION / CADEIAS E REDES PRODUTIVAS

COLLECTORS C O O P E R AT I V E S SMALL INDUSTRY CLUSTERS BIG INDUSTRIAL CLUSTERS

iNDUSTRIAL NETWORK E D U C AT I O N A L N E T W O R K H E A LT H & C U LT U R A L N E T W O R K

PLUGGING COQUE IN / INTEGRANDO O COQUE

110

Different services, institutional, and productive clusters scattered across the territory offer material to start thinking about chains and webs of production.

Diferentes serviços, polos institucionais e produtivos espalhados em todo o território oferecem material para começar a pensar sobre cadeias e redes de produção.

Through a combination of different types and scales of production, characteristics of adaptable entrepreneurialism already embedded within Coque´s community could produce a shift from a situation of economic dependency to self-sufficiency.

Por meio da combinação de diferentes tipos e escalas de produção, as características de empreendedorismo adaptável, já encontradas na comunidade do Coque, poderiam transformar a situação de dependência econômica em autossuficiência.


HOUSING AS PRODUCTIVE TERRITORY / HABITAÇÃO COMO UM TERRITÓRIO PRODUTVO

RECYCLING IN COQUE / RECICLAGEM NO COQUE Amongst others, the recycling industry in Coque is one potential sequence of production that could be studied as an example.

Entre outros, o setor de reciclagem no Coque é potencialmente uma sequência de produção que poderia ser estudada a título de exemplo.

The recycling taking place inside Coque could potentially be related to a multiplicity of formal and informal activities. Six existing recycling cooperatives in Recife serve as cases exemplifying a productive combination and organization of relatively unskilled labour already present in Coque and simple infrastructural and typological support.

A reciclagem que acontece dentro do Coque poderia potencialmente estar relacionada a uma multiplicidade de atividades formais e informais. Seis cooperativas de reciclagem existentes no Recife servem como ilustração de casos que exemplificam uma combinação e organização produtivas de mão de obra relativamente sem qualificação, já presente no Coque, com um suporte simples de infraestrutura e tipologia.

The presence of auto-repair workshops, metallurgic industry in Afogados, which is an area with relatively direct access, as well as a potential connection with other ZEIS using water as infrastructure, could increase the existing scale of production, driving a shift from cottage production to light industry.

A presença de oficinas de automóveis, da indústria metalúrgica em Afogados, que é uma área com acesso relativamente direto e com potencial conexão às outras ZEIS utilizando a água como infraestrutura de transporte, poderia aumentar a escala de produção existente, promovendo a mudança da produção artesanal para uma indústria leve. 111


CHAINS AND NETWORKS OF PRODuCTION / CADEIAS E REDES PRODUTIVAS

collection, storage and production / coleta, armazenamento e produção Recycling processes can be particularly relevant to test the possibilities of redefining urban transformation through the inclusion of informal activities in broader networks of production. Existing recycling in Coque encompasses a series of stages, each articulating different scales and areas, using different modes of movement. The increase in the price of collected paper provides a sense of the value added through simple processes which are slipping away from Coque. Collection processes combine different sources and methods. Waste from factories, construction sites, offices, households and rivers are varied sources of collection. Streets, high-streets and main roads, combine walking, vehicular, and potentially, waterways, as collecting methods.

112

Sorting processes work at different scales with cottage and/or light industrial typologies impacting the urban grain and fabric. Sequenced processes of storage, sorting and re-storage demand a spatial organization that inherently combines housing and production. Distribution processes call for a direct relation between production spaces with points of connection. Engaging other productive clusters with those in Coque, should simultaneously reflect and reformulate the impact of infrastructure elements such as stations, tracks and the water’s edge, aiming at transforming the fabric of Coque.


HOUSING AS PRODUCTIVE TERRITORY / HABITAÇÃO COMO UM TERRITÓRIO PRODUTVO

C O O PE RATI V E H U B

Os processos de reciclagem podem ser especialmente relevantes para testar as possibilidades de redefinição da transformação urbana por meio da inclusão de atividades informais em redes mais amplas de produção. A reciclagem existente no Coque engloba uma série de estágios, cada um articulando diferentes escalas e áreas, utilizando diferentes modos de movimentação. O aumento no preço do papel coletado dá uma ideia da dimensão do valor agregado obtido por meio de processos simples que parecem estar se esvaindo do Coque. Os processos de coleta combinam diferentes fontes e métodos. Os resíduos sólidos de fábricas, canteiros de obras, escritórios, residências e rios são fontes variadas de coleta. As ruas e as vias principais e secundárias combinam diferentes

STORAGE AND

PROCESSING

métodos de coleta: a pé, utilizando veículos e, potencialmente, as hidrovias. Os processos de separação de lixo funcionam em diferentes escalas com tipologias artesanais e/ou de industria leve, impactando o tecido e traçado urbanos. Os processos sequenciados de armazenagem, separação e rearmazenagem exigem uma organização espacial que caracteristicamente combine moradia e atividade produtiva. Os processos de distribuição exigem uma relação direta entre os espaços de produção e os pontos de conexão. Integrar outros polos produtivos com os polos do Coque deve refletir e reformular, simultaneamente, o impacto dos elementos de infraestrutura, tais como as estações e terminais, as vias férreas e a beira d’água, visando transformar o tecido urbano do Coque. 113


CHAINS AND NETWORKS OF PRODuCTION / CADEIAS E REDES PRODUTIVAS

114


HOUSING AS PRODUCTIVE TERRITORY / HABITAÇÃO COMO UM TERRITÓRIO PRODUTVO

2.3

MILLIONS OF REALS

PER YEAR

S U P P O R T I N G R E C Y C L I N G I N D U ST R Y

2

PROCESSING & S O RTI N G MATE R IALS

WATE R AS I N F RASTR U CTU R E

3

3 1

STORAGE

C O M E R C IALI SATI O N

COLLECTING

02 / 08 / 2014 ( P N R ) ALL RECYCLING INDUSTRIES IN BRASIL M U ST B E ALO CATE D I N C LO S E D S PAC E S

PROCESSING

RECYCLING WAREHOUSE CLEANED RIVER

BEDNDES F E D E R A L G O V E R M EN T

NEW MIXED USES PROTOTYPE

(SOC IAL FUND)

FUNTEC (TE C H N O LO GY & I N N O VATI O N )

incrementally evolving typologies /tipologias com possibilidade de expansão The insertion of existing productive activities into broader chains and webs of production should lead to the development of the fabric. A shift from cottage to light industry could orient housing processes to the creation of flexible typologies able to absorb combinations of productive and living spaces. Types should be able to incrementally evolve along with economic progress, as well as adapt to functional changes.

A inserção das atividades produtivas existentes nas cadeias e redes mais amplas de produção deve levar ao desenvolvimento do tecido urbano. A mudança de uma produção artesanal em pequena escala para uma indústria leve poderia orientar os processos habitacionais rumo à criação de tipologias flexíveis capazes de absorver combinações de espaços produtivos e de moradia. As tipologias devem poder se desenvolver gradualmente juntamente com o progresso econômico, além de se adaptarem a mudanças funcionais. 115


CHAINS AND NETWORKS OF PRODuCTION / CADEIAS E REDES PRODUTIVAS

FUNTEC (technology and innovation) BENDES (social fund)

20

government universities

private investrors

YEARS

PROJECTION

1

RECYCLING ACROSS

2

RESEARCH & INVESTIGATION

2

STAKEHOLDERS PART

DIFFERENT AREAS OF PRODUCTION existing dwelling typology

10

YEARS

PROJECTION

1

2

NEW INDUSTRIAL PROTOTYPE

3

OPTIMISATION OF PROCESSES

new industrial typologies

exixting empty industrial spaces

cooperative

$

OUTPUTS _ C H A N G I N G T H E VA L U E S Y S T E M B Y B E AT I N G T H E M E D I ATO R S _ G E N E R AT I N G E M P L O Y M E N T I N T H E A R E A _ T E C H N O L O G Y A N D I N N N O VAT I O N I N R E C Y C L I N G

116


HOUSING AS PRODUCTIVE TERRITORY / HABITAÇÃO COMO UM TERRITÓRIO PRODUTVO

= GAS

ICIPATION

4

M E TA L

A S P H A LT

DEVELOPEMENT OF NEW MATERIALS

MINHA CASA MINHA VIDA & PA C

FORMATION OF COOPERATIVE

4

TRANSFORMATION OF WASTE _energy (gas) _construction _new materials

industry

wire metal

Recycling cuts across different areas of production, its processes and outputs being able to potentially set into motion programmes on technological research (there is an existing federal government programme). In addition to including education purposes, these programmes could specifically build up research on innovative construction. In doing so, they would also be providing feedback on how MCMV and PAC programmes can be planned more efficiently, emphasising the importance of spaces of production in housing schemes.

asphalt

construction

institutions

A reciclagem abrange diferentes áreas de produção, sendo que seus processos e produção podem por em marcha programas sobre pesquisa tecnológica (já existe um programa do governo federal nesse sentido). Além de incluir propósitos educacionais, esses programas poderiam especificamente acumular pesquisas sobre inovação na construção. Ao fazer isso, estariam também fornecendo feedback sobre como os programas PMCMV e PAC podem ser planejados mais eficientemente, enfatizando a importância dos espaços de produção em programas de habitação.

117


spatial strategy / ESTRATÉGIA ESPACIAL

A0 - PRODUCTION SPINE

_ Incrementally upscaled production spaces included in housing typolog _ Water´s edge as differentiated space of connection and production

B0 - EXCHANGE SPINE

_ Coque´s opening and engagement through a multimodal hub _ Scale transition from self-built housing to infrastructure

S4

C0 - NORTH BORDER

_ Water as an active means of contact to other productive areas

C0

S3

A0 - PRODUCTION SPINE

_ Incrementally upscaled production spaces included in housing typologies _ Water´s edge as differentiated space of connection and production

1

B0 - EXCHANGE SPINE

_ Coque´s opening and engagement through a multimodal hub _ Scale transition from self-built housing to infrastructure

S4

C0 - NORTH BORDER

_ Water as an active means of contact to other productive areas

A0

B0

2

C0

S5

S3 S1

1 3

S2

B0 2 S5

S1 3

CONNECTING CORRIDORS 1 _Services corridor 2 _Institutional corridor 3 _Commercial corridor

POINTS OF CONCENTRATION AND DIST S1 _Existing Metro / Bus Stat S2/S3 _Proposed Boat Station S4/S5 _Proposed Boat stop

A0 - PRODUCTION SPINE

_ Incrementally upscaled production spaces included in housing typologies _ Water´s edge as differentiated space of connection and production

B0 - EXCHANGE SPINE

_ Coque´s opening and engagement through a multimodal hub _ Scale transition from self-built housing to infrastructure

C0 - NORTH BORDER

_ Water as an active means of contact to other productive areas

118

CONNECTING CORRIDORS 1 _Services corridor 2 _Institutional corridor 3 _Commercial corridor POINTS OF CONCENTRATION AND DISTRIBUTION S1 _Existing Metro / Bus Station S2/S3 _Proposed Boat Station S4/S5 _Proposed Boat stop


HOUSING AS PRODUCTIVE TERRITORY / HABITAÇÃO COMO UM TERRITÓRIO PRODUTVO

stimulating production / ESTIMULANDO A PRODUÇÃO New social housing development, along with the design of mixed-use building typologies, which combine spaces for living, working and small scale production, are utilised as spatial systems to generate production-oriented environments. These systems of live-work spaces and platforms of exchange in Coque are strategically organized in two spines: a production spine and an exchange spine - Located along the eastern water’s edge of Coque, the production spine provides a mix of housing types and spaces for production in order to expand the productive capacity of the existing cottage industries. - The exchange spine is adjacent to the R. Papa Joao Paulo II along the western border of Coque and aims to use the existing built and proposed infrastructure as a driver to set up transit oriented development. Three intermediate corridors run between the two spines providing for service, institutional, and commercial activities and exchanges. - The production and exchange spines could be serviced by using part of the vacant land to the north to set up a service corridor. - Some of the larger structures located towards the centre of Coque could be reused to develop an institutional cluster and spine. - A corridor located along the existing metro line, close to the tube station, could be strengthened to aid and expand the existing commercial potential of Coque

Novos empreendimentos de habitação social, juntamente com o projeto de tipologias de construção de uso misto, que combinam espaços para moradia, trabalho e produção em pequena escala, são utilizados como sistemas espaciais que criam ambientes voltados à produção. Esses sistemas de espaços de moradia e trabalho e plataformas de intercâmbio em Coque são estrategicamente organizados em dois eixos: o da produção e o de intercâmbio. - Localizado ao longo da margem d’água oriental do Coque, o eixo de produção fornece uma combinação de tipologias de moradias e espaços para produção, a fim de se expandir a capacidade produtiva de empresas artesanais existentes. - O eixo de intercâmbio fica adjacente à Rua Papa João Paulo II, ao longo do limite ocidental do Coque, e objetiva utilizar as infraestruturas proposta e existente como um vetor para criar o desenvolvimento impulsionado pelo movimento na área. Existem três corredores intermediários entre os dois eixos fornecendo serviços, atividades institucionais e comerciais e intercâmbios. - Os eixos de produção e de intercâmbio podem ser atendidos, utilizando parte de um terreno livre ao norte para criar um corredor de serviços. - Algumas das estruturas maiores localizadas próximas ao centro do Coque poderiam ser reutilizadas para desenvolver um eixo e um polo institucionais. - Um corredor localizado ao longo da linha existente do metrô, próximo à estação do metrô, poderia ser fortalecido para ajudar a expandir o potencial comercial existente no Coque.

119


spatial strategy / ESTRATÉGIA ESPACIAL

600 FAIXA 2 NEW UNITS

400 FAIXA 3 NEW UNITS

400 FAIXA 1 NEW UNITS

A07 A01

A06

A03 A02

AREAS 01+02+03+04+05+06 A05

TO REPLACE: 1800 UNITS

A04

NEW:

1400 UNITS

TOTAL:

3200 UNITS

AREA 07 - HOUSING PROJECT

ALREADY IN PROGRESS

AREA 01

TO REPLACE: NEW:

0 UNITS 600 UNITS

MCMV+PAC

AREA 02

FAIXA 2

AREA 04

TO REPLACE: NEW:

200 UNITS 0 UNITS

MCMV

1100 UNITS 400 UNITS

AREA 03

FAIXA 1

AREA 05

TO REPLACE: NEW:

250 UNITS 0 UNITS

MCMV

TO REPLACE: NEW:

250 UNITS 0 UNITS

MCMV

FAIXA 1

120

TO REPLACE: NEW:

MCMV

FAIXA 1

AREA 06

TO REPLACE: NEW:

0 UNITS 400 UNITS

MCMV+PAC

FAIXA 1

FAIXA 3


HOUSING AS PRODUCTIVE TERRITORY / HABITAÇÃO COMO UM TERRITÓRIO PRODUTVO

the use of housing programmes / O USO DE PROGRAMAS HABITACIONAIS MCMV distinguishes three different bands (Faixas) splitting investment, projects and regulations according to the targeted family incomes. Faixa 1 target the lowest income groups, and is carried out through public investment, whereas Faixas 2 and 3 demand private investment. Since ZEIS regulations exclude private investment within their boundaries, the insertion of the latest two Faixas, into Coque would demand a revision of the legal framework of the ZEIS. Although relaxing development restrictions may raise social and political questions it is assumed in this work that the scale of engaging the economic development of the community in Coque with the rest of the city requires suggesting challenging alternatives. Faixa 1 is proposed for the PRODUCTION SPINE, to replace poor quality housing, include mixed typologies combining living and production premises and to accommodate new and expanding families. Faixa 2, which demands private investment is proposed for Ilha do Zeca, despite opinions about the protection of Ilha do Zeca from massive development pressure. Faixa 3 is proposed for the EXCHANGE SPINE. A reformulation of the role of the underground station, highway and the proposed bus station could start setting up a series of relations between the improving productivity of Coque and other formal economic activities, which could potentially benefit from a combination of commercial spaces with higher standards of housing.

O PMCMV distingue três diferentes faixas de renda, dividindo investimento, projetos e regulamentos de acordo com a renda da família alvo. A Faixa 1 tem como alvo os grupos de baixa renda, e é executada por meio de investimento público, enquanto que as Faixas 2 e 3 exigem investimento privado. Uma vez que as regulamentações das ZEIS excluem o investimento privado de suas fronteiras, a inserção das últimas duas Faixas no Coque exigiria uma revisão do marco legal da ZEIS. Embora o relaxamento das restrições ao desenvolvimento possa levantar questões sociais e políticas, assume-se neste trabalho que o grau de engajamento do desenvolvimento econômico da comunidade no Coque com o resto da cidade exige que se proponham alternativas desafiadoras. A Faixa 1 é destinada ao EIXO DE PRODUÇÃO, para substituir a habitação de baixa qualidade, incluir tipologias mistas combinando locais de moradia e de produção e acomodar novas famílias e famílias já residentes que crescem em número de pessoas. A Faixa 2, que exige investimento privado, destina-se à Ilha do Zeca, apesar das opiniões quanto a proteger a Ilha do Zeca das imensas pressões para a incorporação daquele local. A Faixa 3 destina-se ao EIXO DE INTERCÂMBIO. Uma reformulação do papel da estação do metrô, da rodovia e do terminal de ônibus proposto poderia iniciar uma série de relações entre uma melhor produtividade do Coque e outras atividades econômicas formais, que poderiam se beneficiar potencialmente de uma combinação dos espaços comerciais com padrões mais altos de habitação.

121


spatial strategy / ESTRATÉGIA ESPACIAL

WATERFRONT INITIAL INTERVENTIONS DEFINING THE PRODUCTIVE SPINE A VARIETY OF MIXED-USE SMALLER-SCALE TYPES INCREMENTAL SCALE-UP COMBINING PRODUCTION AND INSTITUTIONAL SPACES

03 03

01 02 0 2

01

03 01

02 0 2

03

02 02

01

INITIAL INTERVENTIONS DEFINING THE PRODUCTIVE SPINE

02

A VARIETY OF MIXED-USE SMALLER-SCALE TYPES

03

INCREMENTAL SCALE-UP COMBINING PRODUCTION AND INSTITUTIONAL SPACES

01

PRODUCTIVE SPINE INTERMEDIATE CORRIDRS EXISTING RECYCLING COTTAGE INDUSTRY WATER´S ACTIVE EDGE SERIES OF INNER HOUSING DOMESTIC PRODUCTION SPACES SECONDARY CIRCUIT ENGAGING DOMESTIC PRODUCTION SPACES NEW MCMV HOUSING BLOCKS INCREMENTALLY ADDED TO EXISTING HOUSING EXISTING HOUSING

production spine / EIXO DE PRODUÇÃO The production spine is designed to include Faixa 1 live-work housing and incorporates five key elements in its organization: - A reactive axis, which uses shop fronts with verandas to encourage active commercial exchange. The axis is bound to the water’s edge through a new boat station and the first of a phased set of interventions; and ties the new productive blocks with the existing cottage industry clusters. - An incrementally developed set of live-work building types with a series of courtyards to facilitate production at the cottage industry level.

122

- An active border along the water’s edge with yard spaces for storage of goods and materials. - An addition of upper storeys for incrementally scaling up production to facilitate a shift from cottage to light industry. - Housing combined with a series of courts and spaces for community engagement and productive activity, which is tied up with the reactive axis.


HOUSING AS PRODUCTIVE TERRITORY / HABITAÇÃO COMO UM TERRITÓRIO PRODUTVO

SHARED PATIOS MIXED USES BUILDINGS (HOUSING/WORKSHOPS/RETAIL) UNDERUTILISED BORDER

PRODUCTIVE SEQUENCE MCMV NEW HOUSING UNIT

COMMUNITY WORKSHOPS

SE

CT

IO

N

A-

A´ COMMERCIAL SAPCES

INDUSTRIAL TYPOLOGY

SHARED OPEN PATIO

MCMV NEW HOUSING UNIT

COMMUNITY WORKSHOPS

SOCIAL HOUSING UNITS

SOCIAL HOUSING UNITS

INDUSTRIAL TYPOLOGY SHARED OPEN PATIO

SHARED OPEN PATIO COMMERCIAL SPACES

SECTION A-A´

O eixo de produção é projetado para incluir as habitações da Faixa 1, que combinam moradia e trabalho, e incorpora cinco elementos principais na sua organização: - Um eixo reativo, que utiliza as frentes das lojas com varandas para encorajar o intercâmbio comercial ativo. Este eixo é ligado à margem d’água através de uma nova estação de barcos e é a primeira de um conjunto de intervenções a serem introduzidas em fases; e liga os novos blocos produtivos aos polos de empresas artesanais existentes. - Um conjunto de tipologias de construções que combina moradia e trabalho, de incorporação

gradual, que inclui uma série de pátios e jardins para facilitar a produção em nível de indústria artesanal. - Uma borda ativa ao longo da margem d’água, com espaços abertos para estocagem de produtos e materiais. - A adição de pavimentos superiores para gradualmente aumentar a produção, visando facilitar a transição das empresas artesanais para uma indústria leve. - As moradias combinadas com uma série de pátios e espaços de convivência e atividade produtiva, que estão associadas ao eixo reativo. 123


exchange spine / ESPINHA PRODUTIVA

EXCHANGE SPINE / EIXO DE INTERCÂMBIO The exchange spine is designed to include Faixa 3 social housing and utilizes four key tools in its design:

O eixo de intercâmbio destina-se a incluir a habitação social da Faixa 3, e utiliza quatro ferramentas principais no seu projeto:

- Social housing and external investment is used as a driver to maximize the potential of an intermodal transport hub to open up Coque to the rest of the city.

- A habitação social e o investimento externo são utilizados como catalisadores para maximizar o potencial de um centro de transporte intermodal para abrir o Coque ao resto da cidade.

- The exchange spine connects a new aqua-bus station on the northern water’s edge of Coque with the existing tube station and creates along its length, a sequence of residential, production and commercial spaces.

- O eixo de intercâmbio liga uma nova estação de barco-ônibus na margem norte do Coque à estação de metrô existente e cria, ao longo de seu trajeto, uma sequência de espaços residenciais, de produção e comerciais.

- Despite the reluctance of community leaders in Coque to reformulate the ZEIS boundary, the concentration of mobility infrastructure with its complex conditions, currently prevents housing from being accommodated within this area. The buildings types concentrate commercial use mainly towards the infrastructure elements, while spaces for residential and community life are located closer to the favela.

- Apesar da relutância dos líderes comunitários do Coque em reformular os limites das ZEIS, a concentração da infraestrutura da mobilidade com suas condições complexas impede atualmente que moradias sejam abrigadas nesta área. As tipologias das edificações concentram o uso comercial, principalmente na proximidade dos elementos de infraestrutura, enquanto que os espaços residenciais e para a vida comunitária estão localizados mais próximos à favela.

- A transition of scale is maintained between the taller buildings planned towards the multi-storey forum block and shorter forms near Coque.

COQUE EXISTING HOUSING

124

- Uma transição de escala é mantida entre os prédios mais altos, planejados para a região próxima ao bloco do fórum, que tem vários andares, e os prédios mais baixos próximos ao Coque.

COMMON SHARED FACILITIES INFORMAL MARKET AREA MCMV HOUSING FAIXA 1/2

HIGHWAY BARRIER


HOUSING AS PRODUCTIVE TERRITORY / HABITAÇÃO COMO UM TERRITÓRIO PRODUTVO

TRANSIT NODES NEW BUILT STRUCTURES PUBLIC PATIOS’ PRIMARY MOVEMENT SYSTEM

MCMV HOUSING FAIXA 2/3

COMMERCIAL/ OFFICE SPACE

PUBLIC FACILITIES

GROUND- PUBLIC FACILITIES MCMV HOUSING FAXIA 2/3

JUDICIAL FORUM

125


conclusions / CONCLUSÕES

126


HOUSING AS PRODUCTIVE TERRITORY / HABITAÇÃO COMO UM TERRITÓRIO PRODUTVO

The objective of this study has been to explore the role of housing processes in the creation of a more productive territory and to innovate existing programmes of MCMV and PAC. As an area of stigmatization, social exclusion and economic dependency, Coque has been used as a testing ground. It is argued that a series of spatial interventions aiming to redefine the inclusion of production spaces can incorporate informal conditions and economic activities into broader networks of production, producing mutual benefits through housing processes and programmes and a requalification of water as a mode of infrastructure that promotes territorial engagement across different scales. The project is presented as a process, which starts by establishing specific relations between different types and scales of production, before incrementally evolving to define the development of an adaptable and resilient urban fabric. In doing so, it pays attention to different scenarios of working, living and production in the area. It pushes for a focussed shift in investment – public and private, from land redistribution to local businesses, infrastructural support, provision of technical development, vocational training, education, etc. and other aspects defining the quality of life.

O objetivo do presente estudo foi explorar o papel dos processos habitacionais na criação de um território mais produtivo e na inovação dos programas PMCMV e PAC existentes. Sendo uma área estigmatizada e de exclusão social e dependência econômica, o Coque tem sido utilizado como um campo de provas. Argumenta-se que uma série de intervenções espaciais, que têm como objetivo redefinir a inclusão de espaços de produção, pode incorporar condições informais e atividades econômicas em redes de produção mais amplas, produzindo benefícios mútuos por meio de processos e programas habitacionais e da requalificação da água como um modo de infraestrutura que promova engajamento territorial em diferentes escalas. O projeto é apresentado como um processo, que começa com o estabelecimento de relações específicas entre diferentes tipologias e escalas de produção, antes de evoluir gradualmente para definir o desenvolvimento de um tecido urbano adaptável e resiliente. Deste modo, o projeto dedica atenção aos diferentes cenários de trabalho, moradia e produção naquela área. Propõe uma mudança focada do investimento – tanto público como privado –, para evoluir da simples redistribuição da terra e contemplar também negócios locais, suporte da infraestrutura, provisão de desenvolvimento técnico, treinamento profissionalizante, educação, etc., além de outros aspectos que definem a qualidade de vida.

127


04 HOUSING AS AN URBAN STRATEGY / HABITAÇÃO COM UMA ESTRATÉGIA URBANA Housing is interwoven with all the key challenges to successful city-building. More than simply providing shelter, government must ensure that housing takes on a strategic ambition. Well planned and designed, housing can support the economic success and sustainability of cities. Governmental housing programmes such as Minha Casa Minha Vida (MCMV) have been successful delivering housing in numbers, but have often produced poorly integrated communities. Today, there is an opportunity to rethink housing provision in line with important social and economic changes, and put housing at the heart of cross-sectoral collaboration to improve the competitiveness of metropolitan regions. ‘Housing as urban strategy’ is an attempt to move in this direction and capitalize upon the potential of housing to induce urbanity in a neighborhood through slum upgrading. Unlike most slum-upgrading processes, where the disadvantaged are usually forced to move from their neighborhood and the planned solutions are evaluated by quantity to meet the housing deficit, this approach uses the housing programme as a tool to create a new urban environment that meets the requirements of its inhabitants. Also, for the new spatial organization to be progressive, the aim is to engage MCMV programme with the current drivers of change in industrial growth, new ways of living, improved connectivity and climate change.

128

The central location of Ilha do Zeca and the Coque community within Recife increases the vulnerability of residents due to real estate pressure. By using the institutional framework provided by ZEIS, the strategy proposes to anchor the growth of Coque to new infrastructural and industrial development so that it not only consolidates the community but also improves its growth prospects. In this way, policy tools often conceived merely to protect the disadvantaged from change can become instruments to enable sustainable development. In order to address these challenges, the housing strategy materializes through redefining the waterways, delivering social infrastructure, defining areas of private sector participation, and extending circulation to improve the collective realm. These themes can help organize a sequence and framework for development involving public and private actors in a vision for central-city transformation.


A habitação está interligada a todos os principais desafios envolvidos na construção bem sucedida de uma cidade. Mais do que simplesmente prover moradias, o governo deve assegurar que a habitação assuma uma ambição estratégica. Quando bem planejada e projetada, a habitação pode apoiar o sucesso econômico e a sustentabilidade das cidades. Programas habitacionais do governo, tais como o Minha Casa Minha Vida (PMCMV) têm tido sucesso na entrega de casas em termos quantitativos, mas com frequência têm produzido comunidades pouco integradas. Hoje, existe uma oportunidade de se repensar a provisão de moradias alinhada a importantes mudanças socioeconômicas, e de se colocar a habitação no centro de uma colaboração intersetorial para melhorar a competitividade das regiões metropolitanas. ‘Habitação como estratégia urbana’ é uma tentativa de se seguir nesta direção e apostar no potencial que a habitação tem de induzir o desenvolvimento urbano por meio de programas de urbanização de favelas. Diferente da maioria dos processos de urbanização de favelas, em que as moradias normalmente são removidas forçando seus moradores a abandonarem suas comunidades, essa abordagem utiliza os programas habitacionais como uma ferramenta para criar um novo ambiente urbano que atenda às necessidades de seus moradores. Igualmente, para que a nova organização espacial seja progressiva,

o objetivo é engajar o PMCMV com os atuais vetores de mudança em termos de crescimento setorial, novas formas de se viver, conectividade melhorada e mudança climática. A localização central da Ilha do Zeca e da comunidade do Coque, no Recife, aumenta a vulnerabilidade dos moradores devido à pressão imobiliária. Ao se utilizar o marco institucional fornecido pelas ZEIS, a estratégia propõe ancorar o crescimento do Coque a um novo desenvolvimento industrial e de infraestrutura, de forma a não somente consolidar a comunidade, mas também melhorar suas perspectivas de crescimento. Dessa forma, as ferramentas da política urbana, frequentemente concebidas apenas para proteger os moradores das mudanças, se tornam instrumentos que habilitam um desenvolvimento sustentável. A fim de abordar esses desafios, a estratégia habitacional se materializa redefinindo o uso dos cursos d’água, criando uma infraestrutura social, definindo áreas de participação do setor privado e ampliando a circulação para melhorar o território coletivo. Estes temas podem ajudar a organizar a sequência e o marco do desenvolvimento, envolvendo atores públicos e privados em uma visão para transformação do centro da cidade.

129


THE QUESTION OF HOUSING: FROM PROVISION TO STRATEGY / A QUESTÃO DA HABITAÇÃO: Da PROVISÃO À ESTRATÉGIA

Government has long accepted the duty of housing provision, especially for the economically weakest social groups. This has created a tendency to build housing on the periphery of cities on a welfare basis without attention to the creation of sustainable urban and economic synergies. The Minha Casa Minha Vida (MCMV) programme, initiated by the national government of Brazil, has produced a number of examples of this kind. Many of the projects implemented in its initial phases stand as

130

isolated residential quarters and lack the urbanity needed for a neighborhood to flourish. However, by working together with state and local government, these programmes can become part of a more sophisticated and tailored approach to urban development. More than mere quantity, housing development must be assessed in terms of the urban synergies it encourages.


HOUSING AS URBAN STRATEGY / HABITAÇÃO COMO UMA ESTRATÉGIA URBANA

O Governo há muito aceitou o dever de prover habitação, especialmente para os grupos sociais de alta vulnerabilidade social, e isto criou uma tendência de se construir moradias na periferia das cidades, de forma assistencialista, sem a devida atenção à criação de sinergias urbanas sustentáveis. O Programa Minha Casa Minha Vida (PMCMV), iniciado pelo governo federal brasileiro, produziu uma série de exemplos desse tipo. Muitos dos projetos implementados em sua fase inicial resul-

taram em conjuntos residenciais isolados e que carecem da urbanidade necessária para que um bairro floresça. Todavia, em um trabalho conjunto com os governos estadual e municipal, esses programas podem se tornar parte de uma abordagem ao desenvolvimento urbano que seja mais sofisticada e customizada. Mais do que meramente pela quantidade, o desenvolvimento habitacional precisa ser avaliado em termos das sinergias urbanas que ele encoraja.

131


THE QUESTION OF HOUSING: FROM PROVISION TO STRATEGY / A QUESTÃO DA HABITAÇÃO: Da PROVISÃO À ESTRATÉGIA

DRIVERS OF CHANGE / Vetores de Mudança Contemporary cities are complex, intensive and fast moving due to the constant changes in the flow of capital, knowledge and people at a global scale. Consequently, this has transformed the social, political as well as economic scenarios of cities in almost every country, and Brazil is no exception. The factors that have been instrumental in bringing about the transformations – in other words ‘the drivers of change’ - need to be discussed as they have a crucial role to play if housing is to be rethought as an urban strategy under the MCMV programme.

132

As cidades contemporâneas são complexas, intensivas e estão em rápido movimento devido às constantes mudanças no fluxo de capital, conhecimento e pessoas em escala global. A consequência disso é uma transformação nos cenários sociais, políticos e econômicos das cidades em praticamente todos os países, e o Brasil não é uma exceção. Os fatores que têm colaborado para provocar essas transformações – em outras palavras, os ‘vetores de mudança’- precisam ser discutidos, uma vez que têm um papel crucial a desempenhar se quisermos repensar a habitação como uma estratégia urbana no PMCMV.


HOUSING AS URBAN STRATEGY / HABITAÇÃO COMO UMA ESTRATÉGIA URBANA

Shifts in the growth pattern of industries: City centres show a well-known shift in their industrial composition. While many of the industries that were once labour-intensive now relocate to the periphery as they become land- and capital-intensive, the strong connectivity and diverse population of the city centre makes it the preferred location for many growing knowledge and service industries. The medical services and legal services industries at the centre of Recife are examples of this pattern, but there are many other industries which can find success at the heart of a transforming Recife. Improvements in mobility, education, and life-long learning are keys to the sustainability of this new vision. From this perspective, the design challenge for housing is to show how it can support improved circulation networks, transport infrastructure, and emerging civic institutions. New mobility: Transport infrastructure is essential to ensure broad urban connectivity, but it must be designed in tandem with community development to ensure communities are not isolated by it. This is because local connectivity is as important as global linkage. Urban morphology needs to be permeable enough to allow actors to move effectively and form successful networks. In other words, improving local mobility systems through new bridges, revitalising the urban fabric, and creating a permeable morphology are of prime importance if housing is to support the productive activities of a city and materialise as an urban strategy.

Mudanças nos padrões de crescimento dos setores econômicos: Os centros urbanos mostram uma bem conhecida mudança em sua composição setorial econômica. Enquanto muitos setores que já foram intensivos em mão de obra agora estão se mudando para a periferia à medida que se tornam mais terra e capital intensivos, a forte conectividade e diversidade populacional do centro da cidade tornam o centro o local preferido para muitos setores de conhecimento e serviços que estão em crescimento. Os setores de serviços médicos e jurídicos no centro de Recife são exemplos desse padrão, porém existem muitos outros setores que podem encontrar sucesso no coração de um Recife em transformação. Melhorias em mobilidade, educação e aprendizagem ao longo da vida são centrais à sustentabilidade dessa nova visão. Nessa perspectiva, o desafio de projeto em um projeto habitacional é mostrar como ele pode apoiar redes de circulação melhoradas, uma infraestrutura de transporte e instituições cívicas emergentes. Nova mobilidade: A infraestrutura dos transportes é essencial para garantir uma ampla conectividade urbana, mas deve ser projetada em paralelo com o desenvolvimento das comunidades para assegurar que elas não fiquem isoladas. Isto porque a conectividade local é tão importante quanto a articulação global. A morfologia urbana precisa ser suficientemente permeável para permitir que os atores se desloquem de forma efetiva e formem redes exitosas. Em outras palavras, melhorar os sistemas locais de mobilidade – através de novas pontes, revitalização do tecido urbano e criação de uma morfologia permeável – é de suma importância se a habitação quiser apoiar as atividades produtivas de uma cidade e materializar-se como uma estratégia urbana.

133


THE QUESTION OF HOUSING: FROM PROVISION TO STRATEGY / A QUESTÃO DA HABITAÇÃO: Da PROVISÃO À ESTRATÉGIA

134


HOUSING AS URBAN STRATEGY / HABITAÇÃO COMO UMA ESTRATÉGIA URBANA

New ways of living:

Novas formas de se viver:

Contemporary patterns of living have changed with the access to knowledge and the use of technology. Civic amenities such as schools, libraries and health care centres amongst others are the primary centres of learning which become instrumental in boosting the social growth of cities. The ability of cities to enable access to knowledge is directly proportional to the skills cities can generate. Isolated residential developments like the earlier MCMV projects deny people the opportunity to gain knowledge and improve their learning, which is in turn detrimental to the growth of the city as a whole. Therefore, future housing projects need to be merged effectively with the civic institutions to create a healthy learning society.

Os padrões contemporâneos de vida têm mudado com o acesso ao conhecimento e ao uso da tecnologia. Equipamentos cívicos, tais como escolas, bibliotecas e postos de saúde, entre outros, são os principais centros de aprendizagem que se tornam contribuintes para o reforço ao crescimento social das cidades. A capacidade das cidades de permitir acesso ao conhecimento é diretamente proporcional às habilidades que as cidades podem gerar. Empreendimentos residenciais isolados, como os projetos iniciais do PMCMV, negam à população a oportunidade de adquirir conhecimentos e melhorar sua aprendizagem, o que, por sua vez, é prejudicial ao crescimento da cidade como um todo. Portanto, projetos habitacionais futuros precisam ser efetivamente mesclados com instituições cívicas, a fim de criar uma sociedade cognitiva saudável.

Sustainability:

Sustentabilidade:

Global warming is an issue of great concern. New architectural and urban interventions need to respond to the rising water levels and fluctuating climates in order to create sustainable urban regions. As Recife is located on an estuary, its many complex waterways make it vulnerable to the threats of climate change. Mangroves found along its banks are crucial for protecting the ocean ecology and must be preserved and nurtured. Owing to the large scale impact of urban development programmes such as the MCMV, it is necessary to be sensitive to these issues in order to foster growth with minimum damage to the environment. However, it is possible to make the retention of the mangrove banks commensurate with urban development. Their presence can support important qualities of estuary community life, as they have done for generations.

O aquecimento global é uma questão muito preocupante. Novas intervenções arquitetônicas e urbanas precisam responder à elevação nos níveis das águas e flutuações climáticas a fim de criar regiões urbanas sustentáveis. Como Recife está localizado em um estuário, seus muitos e complexos corpos d’água tornam a cidade vulnerável às ameaças da mudança climática. Os manguezais encontrados ao longo de suas margens são cruciais para proteger a ecologia marinha e têm que ser preservados e nutridos. Devido ao impacto em larga escala de programas de desenvolvimento urbano como o PMCMV, é necessário estarmos sensíveis a essas questões a fim de fomentar o crescimento com um mínimo de prejuízo ao meio ambiente. Entretanto, é possível viabilizar a preservação dos manguezais paralelamente ao desenvolvimento urbano. Sua presença pode sustentar importantes qualidades da vida comunitária no estuário, como o tem feito por várias gerações.

135


THE QUESTION OF HOUSING: FROM PROVISION TO STRATEGY / A QUESTÃO DA HABITAÇÃO: Da PROVISÃO À ESTRATÉGIA

Recife Brasilia Site

Rio de Janeiro

Brazil - Location of Recife Brasil - Localização de Recife

Recife - Location of the site Recife - Localização da área de intervenção

Engajar as Comunidades na Transformação / Engajar as Comunidades na Transformação The centre of Recife – where the site of intervention is located – is a highly valued territory with the potential of revitalize and burst the city’s social, spacial and economical potentials. The site is classified as a ZEIS (Special Social Interest Zone) – the regulations of which aim to moderate the urban development plans in order to include the local inhabitants and disadvantaged groups of the area. The Coque community (an economically weak group), which has a strong presence in this area is currently struggling for its existence in the face of the recent economic developments around the site. The challenge is to transform the city centre using housing in such a way that it not only responds to the drivers of change but also protects the livelihood and the rights of the underprivileged community, for the larger benefit of the city as a whole. In order to respond to this challenge, it is important to strike a balance between consolidating the existing Coque community and opening up space for other stakeholders in upgrading this area.

136

O centro de Recife - onde o local de intervenção situa-se - é um território altamente valorizado e com o potencial de revitalizar e expandir as potencialidades sociais, espaciais e econômicas da cidade. O local é classificado como uma ZEIS (Zona Especial de Interesse Social) – cuja regulamentação visa incluir a população local e os grupos menos favorecidos da área. A comunidade do Coque (um grupo economicamente frágil), que tem forte presença nessa área, está atualmente lutando por sua existência diante dos recentes desenvolvimentos econômicos no entorno. O desafio é transformar o centro da cidade utilizando a habitação de tal forma que ela não somente responda aos vetores de mudança, mas também proteja o sustento e os direitos dos moradores da área, para o benefício mais amplo da cidade como um todo. A fim de responder a este desafio, é importante alcançar um equilíbrio entre consolidar a comunidade do Coque existente e abrir espaço para outras partes interessadas na urbanização dessa área.


HOUSING AS URBAN STRATEGY / HABITAÇÃO COMO UMA ESTRATÉGIA URBANA

The Productive Region / A Região Produtiva The reason why the centre of Recife is facing these challenges is because of the enormous economic growth that has happened at its periphery, thereby redefining the relationship between the city centre and the fringes. Recife is strategically positioned, in comparison to other cities in the South America, as it provides an efficient connectivity to African and European cities on an international level and is thus emerging as a favoured location for industrial growth. As the old port inside the city failed to address the spatial requirements of growing industries, a new port SUAPE – has been developed on southern periphery of Recife to cater to this demand. This relocation has resulted in a dual impact, wherein land is being opened up for new activities at the centre and development of peripheral areas due to the upcoming industrial growth. New housing strategies need to be well-tailored to address the particular characteristics of intensification of both the central city and peripheral developments, so that they complement each other in their future growth. In reference to this, the aim is to start with a more focussed approach to the changing centre of Recife - using the framework of MCMV - which will also respond to the larger productive region.

Life in Coque A vida no Coque

A razão pela qual Recife está enfrentando esses desafios é o enorme crescimento econômico que ocorreu na periferia, redefinindo dessa forma a relação entre o centro da cidade e seus subúrbios. Recife é uma cidade estrategicamente posicionada em comparação a outras cidades da América do Sul, uma vez que oferece uma conectividade eficiente com cidades da África e da Europa, em nível internacional, e, portanto, surge como uma localidade favorecida para o crescimento industrial. Como o antigo porto no interior da cidade não conseguiu garantir os requisitos espaciais dos setores em crescimento, um novo porto – o Porto de Suape – foi construído na periferia sul de Recife para suprir essa necessidade. Este remanejamento resultou em um impacto duplo: a abertura de terrenos a novas atividades no centro e o desenvolvimento de áreas periféricas devido ao crescimento industrial. Novas estratégias habitacionais precisam ser bem adaptadas para garantir as características particulares de intensificação das incorporações tanto no centro da cidade como em suas periferias, de forma que elas se complementem em seu futuro crescimento. Relacionado a isso, a meta é começar com uma abordagem mais focada ao centro de Recife em mutação – utilizando o marco do PMCMV – que também responderá à região produtiva mais ampla. 137


THE QUESTION OF HOUSING: FROM PROVISION TO STRATEGY / A QUESTÃO DA HABITAÇÃO: Da PROVISÃO À ESTRATÉGIA

138


HOUSING AS URBAN STRATEGY / HABITAÇÃO COMO UMA ESTRATÉGIA URBANA

139


THE QUESTION OF HOUSING: FROM PROVISION TO STRATEGY / A QUESTÃO DA HABITAÇÃO: Da PROVISÃO À ESTRATÉGIA

The Urban District O Distrito Urbano

TRANSFORMING THE CENTRE OF RECIFE / Transformando o Centro de Recife The transformation of Recife’s central districts will entail cross-sectoral collaboration together with sophisticated planning and phasing. However, we believe that this can be achieved by focussing of five relatively straightforward objectives in the planning process.

140

A transformação dos bairros centrais de Recife exigirá uma colaboração Intersetorial um planejamento sofisticado e uma implementação em fases. Todavia, acreditamos que isto possa ser atingido concentrando-nos em cinco objetivos no processo de planejamento.


HOUSING AS URBAN STRATEGY / HABITAÇÃO COMO UMA ESTRATÉGIA URBANA

Network of industries Rede de indústrias

Site Location Localização da área de intervenção

objectives / objetivos 1. Gain value from urban transformation:

1. Ganhar valor com a transformação urbana:

Fundamentally, investment must generate value. Housing programmes which end only in provision are unsustainable. They must contribute to the growth of jobs for the community. The rise of ICT, biomedical and legal service industries in the city centre will inevitably transform the site and should be included in a spatial strategy for the Coque area in order not to lead to the formation of isolated ghettos - one of the service industry and the other of the existing underprivileged class.

Fundamentalmente, os investimentos devem gerar valor. Programas habitacionais que se limitam a prover moradias são insustentáveis. Eles devem contribuir para o aumento de empregos para a comunidade. O crescimento dos setores de tecnologia da informação e comunicação (TIC), biomédico e jurídico no centro da cidade irão inevitavelmente transformar o local e devem ser incluídos em uma estratégia espacial para a área do Coque a fim de não levar à formação de guetos isolados. 141


THE QUESTION OF HOUSING: FROM PROVISION TO STRATEGY / A QUESTÃO DA HABITAÇÃO: Da PROVISÃO À ESTRATÉGIA

Proposed private sector development in Zeca Island Desenvolvimento do sector privado proposto para a Ilha do Zeca

Currently the existing transport infrastructure on site does not redeem its investment Atualmente, a infra-estrutura de transporte existente no local não condiz com a falta de investimento local

objectives / objetivos 2. Redeem investment in existing infrastructure: Road and rail infrastructure have a strong presence around the site but deliver little to the underprivileged class dwelling there. If the optimum realisation of investing in infrastructure has to occur, then it needs to interact with the surrounding fabric and reach a larger productive territory. For instance, while rethinking the railway station development, the interests of the railway department, private investors and the Coque community need to be taken on board. 3. Increase investment in water and mobility: A large population resides in the low lying areas of the site, along the edge of the rivulets which is prone to flooding. Residents can be relocated within the site with a new housing strategy, enabling the waterfront to cater to ecological concerns such as ‘Mangue’ (mangrove) preservation. Recife is heavily dependent on private vehicles for its transportation needs. Improving water transport can provide an effective solution to cater to this.

142

2. Resgatar o investimento na infraestrutura existente: A infraestrutura viária e ferroviária tem uma forte presença no entorno do local, mas pouco beneficia os moradores menos favorecidos que lá habitam. Para que ocorra um ótimo retorno do investimento em infraestrutura, ela precisa interagir com o tecido à sua volta e atingir um território produtivo mais amplo. Por exemplo, ao repensarmos a revitalização da estação de trem, é preciso considerar os interesses do departamento de transporte ferroviário, dos investidores privados e da comunidade do Coque. 3. Aumentar os investimentos em água e mobilidade: Uma grande população reside nas áreas de várzea do local, ao longo das margens de ribeirões, que são propensas a inundação. Os moradores podem ser remanejados ainda dentro da mesma área através de uma nova estratégia habitacional, permitindo que a terra à margem d’água atenda às


HOUSING AS URBAN STRATEGY / HABITAÇÃO COMO UMA ESTRATÉGIA URBANA

The multiple watercourses of the estuary create a pronounced fragmentation of the site. Improving and enhancing the permeability of the site by bridging over these water bodies is essential in order to integrate Coque with larger value chains.

preocupações ambientais, tais como a preservação do mangue. Recife é altamente dependente de veículos particulares para suas necessidades de transporte. Melhorar o transporte hidroviário pode oferecer uma solução efetiva para suprir essa necessidade.

4. Involve the private sector in urban transformation:

Os múltiplos cursos d’água do estuário criam uma pronunciada fragmentação do local. Melhorar e fortalecer a permeabilidade da área construindose pontes sobre esses corpos d’água é essencial para a integração do Coque a cadeias de valor mais amplas.

The improvement of infrastructure networks around the site empty land due to the relocation of heavy industries and the port creates a good condition for the alliance of public and private collaborations. Public investments in infrastructure can initiate private market development that could redeem the preliminary public financial investment. Policies and regulations could provide strategic guidance for the development of service industries and private entrepreneurship can help in generating knowledge that can be of a great value in the years to come. Involving private participation can enhance the development process and create a different model for the typical real estate development for the city. It will help materialise the collaboration of different actors thereby creating a new platform for the evolution of several key service industries. 5. Involve community in improvements: The provision of basic health and public facilities is lacking in the Coque area. Using the tool of housing strategically, more space can be opened up in phases for the provision of civic institutions.

4. Envolver o setor privado na transformação urbana: A melhoria nas redes de infraestrutura em torno do local, a existência de área vazia devido à transferência de indústrias pesadas e do porto, cria uma boa condição para uma aliança de colaboração entre os setores público e privado. Os investimentos públicos em infraestrutura podem dar início a incorporações realizadas pelo mercado privado que podem resgatar os investimentos financeiros públicos preliminares. Políticas e regulamentações poderiam oferecer uma orientação estratégica para o desenvolvimento da indústria de serviços, e o empreendedorismo privado poderia ajudar a gerar um conhecimento que pode ser de grande valia no futuro. Engajar a participação do setor privado pode fortalecer o processo de desenvolvimento e criar para a cidade um modelo alternativo à típica incorporação imobiliária. Isto ajudará a materializar a colaboração dos diferentes atores, criando, assim, uma nova plataforma para a evolução de várias indústrias de serviços essenciais. 5. Envolver a comunidade nas melhorias: Os serviços básicos de saúde e utilidade pública na área do Coque são precários. Utilizando-se habitação como ferramenta de estratégica, mais espaço pode ser aberto, de forma progressiva, para a provisão de instituições cívicas.

143


housing as a strategy / HABITAÇÃO COMO UMA ESTRATÉGIA

Sequence of Development Seqüência de Desenvolvimento

Housing as strategy / Habitação como estratégia Though Minha Casa Minha Vida and PAC (Aceleração do Crescimento - growth acceleration) programmes provide a framework to address the deficit of housing, the way in which they are implemented currently fails to reach the scale of the city. The city has to use local and national housing strategies intelligently to achieve their objectives.

144

Embora o Programa Minha Casa Minha Vida e o PAC- Urbanização de Assentamentos Precários (Programa de Aceleração do Crescimento, PACUAP) forneçam alternativas para o enfrentamento o déficit habitacional, a forma como são atualmente implementados não lhes permite alcançar a escala da cidade. A cidade precisa fazer uso de estratégias habitacionais locais e nacionais de forma inteligente para que esses objetivos sejam alcançados.


HOUSING AS URBAN STRATEGY / HABITAÇÃO COMO UMA ESTRATÉGIA URBANA

sequence of development

Materialising the strategy / Materializando a Estratégia If the strategy for the site can be described through the preceding five objectives, we may begin to define the direction of spatial and programmatic proposals which might precede a plan for the area. The following four propositions begin to clarify an approach to the planning process.

Se a estratégia para o local pode ser descrita através dos cinco objetivos precedentes, podemos começar a definir a direção das propostas espaciais e programáticas que podem preceder o plano para a área. As quatro propostas a seguir começam a esclarecer uma abordagem ao processo de planejamento.

145


housing as a strategy / HABITAÇÃO COMO UMA ESTRATÉGIA

1. Redefine waterways:

1. Redefinir os cursos d’água:

Along with integrating the site with the rest of the city with the help of new bridges (as the estuaries strongly fragment the fabric), the strategy of redefining waterways tries to address a few other issues like improving the quality of mangroves, responding to the future risk of rising water levels and flooding, unlocking the potential of waterways as an effective transport medium and enhancing accessibility to the waterfront. While enhancing waterfront accessibility, the idea is to use building types that are compatible with retaining mangroves to define pathways and views.

Além de integrar o local ao resto da cidade com a ajuda de novas pontes (uma vez que os estuários fragmentam muito o tecido), a estratégia de redefinir os cursos d’água tenta viabilizar algumas outras questões, tais como melhorar a qualidade dos manguezais, responder ao risco futuro de elevação no nível das águas e inundação, destravar o potencial dos cursos d’água como um meio de transporte eficaz e reforçar a acessibilidade à margem d’água. Enquanto melhora a acessibilidade à margem d’água, a idéia é utilizar tipos de edificação que sejam compatíveis com a manutenção dos manguezais para definir os trajetos e a paisagem.

2.Deliver social infrastructure: 2. Entregar a infraestrutura social: Currently, the social infrastructure on site is extremely weak to support any kind of knowledge generation from within the existing community. While schools imparting primary education are present, there is an absence of other institutions such as colleges for higher education, training centres, etc. in order to improve the professional skills of the people. Moreover, sports and recreational facilities are also marginally represented, making the scenario worse. Hence, it is crucial to strategically insert these amenities within the site, in order to boost the social growth of the community and help create a productive link with the medical and legal service industry surrounding it.

146

Atualmente, a infraestrutura social no local é extremamente fraca para apoiar qualquer tipo de geração de conhecimento a partir da comunidade existente. Embora haja escolas de educação primária, outras instituições estão ausentes, tais como faculdades, centros de treinamento etc para melhorar a capacitação profissional da população. Além disso, instalações esportivas e recreativas também estão marginalmente representadas, piorando o cenário. Assim, é crucial inserir estrategicamente estes equipamentos coletivos no local, a fim de impulsionar o crescimento social da comunidade e ajudar a criar uma articulação produtiva com o setor de serviços médicos e jurídicos à sua volta.


HOUSING AS URBAN STRATEGY / HABITAÇÃO COMO UMA ESTRATÉGIA URBANA

3. Define areas for private sector participation: By systematically planning new programmes to improve the integration and quality of the existing housing settlement, the image of this area can be improved drastically, and help increase the participation of local people in productive activities inside the city centre. In addition to this, a demonstrable commitment from the government to invest in the improvement of public transport is a clear response to the unbearable congestion caused due to the excessive use of private cars in the downtown. By opening up land inside the site, real opportunities can be created for the private sector to claim a stake in securing the future of this area. By consolidating social housing in Zeca Island for the local community, we propose to free up land for private sector investment in the area of Coque. 4 Extend the circulation and improve the collective realm: The strategy is to extend public circulation and improve the collective realm by requalifying the urban morphology of some specific areas. In addition to the improvement of Coque’s internal circulation, this intervention can also improve the permeability of the intervention site as a whole through the construction of new bridges across the estuaries.

3. Definir áreas para a participação do setor privado: Planejando sistematicamente novos programas para melhorar a integração e a qualidade dos conjuntos habitacionais existentes, a imagem desta área pode melhorar dramaticamente, e ajudar a aumentar a participação da população local em atividades produtivas no centro da cidade. Além disso, um compromisso explícito do governo em investir para melhorar o transporte público é uma resposta clara ao congestionamento insuportável causado pelo uso excessivo de automóveis particulares no centro. Ao disponibilizar terrenos no local, podem ser criadas verdadeiras oportunidades para o setor privado reivindicar uma parcela para garantir o futuro dessa área. Com a consolidação da habitação social na Ilha do Zeca para a comunidade local, propomos liberar terrenos para investimento privado na área do Coque. 4. Aumentar a circulação e aperfeiçoar o espaço público: A estratégia é estender a circulação de pedestres e aperfeiçoar o espaço público através da requalificação da morfologia urbana de algumas áreas específicas. Além à melhoria da circulação interna ao Coque, esta intervenção também pode melhorar a permeabilidade do território de intervenção como um todo através da construção de novas pontes ao longo dos estuários.

147


housing as strategy / HABITAÇÃO COMO UMA ESTRATÉGIA

Spatial analysis: Housing typologies / Análise Espacial: Tipologias das Habitações The current system of MCMV creates mono-functional residential quarters, which ignore the provision of public realm and social infrastructure, fail to improve the local circulation and do not respond to the new or existing mobility infrastructure. There is an urgent need to rethink the design and quality of housing produced in order to realise a more effective urban strategy. One positive element of the current MCMV approach is the use of simple floor plans, which makes the construction of units easy and affordable. Addressing the affordability of construction is crucial, as the programme has to reach the economically weakest sections of society. With reference to this, the idea is to demonstrate the compatibility of these minimal floor plans with other typologies which have potential to achieve something that is much richer in terms of wider and longer term urban benefit.

148

O sistema atual do PMCMV cria áreas residenciais monofuncionais, que ignoram a provisão de domínio público e de infraestrutura social, falham em melhorar a circulação local e não respondem à infraestrutura de mobilidade nova ou existente. Existe uma necessidade urgente de se repensar o projeto e a qualidade das moradias produzidas, a fim de se realizar uma estratégia urbana mais efetiva. Um elemento positivo da atual abordagem do PMCMV é o uso de plantas baixas simples, que tornam a construção das unidades fácil e de custo acessível. Tratar da viabilidade financeira da construção é crucial, uma vez que o programa precisa atingir as parcelas economicamente mais vulneráveis da população. Em relação a isto, a ideia é demonstrar a compatibilidade dessas plantas baixas mínimas com outras tipologias que apresentam potencial para conseguir algo que é muito mais rico em termos de benefícios urbanos mais abrangentes e duradouros.


HOUSING AS URBAN STRATEGY / HABITAÇÃO COMO UMA ESTRATÉGIA URBANA

Floor Plan / Planta Baixa In spite of the usual understanding of the linear block as creating repetitive floorplans, it can produce a high degree of diversity and accommodate various spatial organizations to address different urban conditions. A variety of unit types can be created within a linear block in relation to its circulation system. Linear block facades have an urban value and effect that is different to other urban forms. Its facades may define the characteristics of the outdoor environment that they overlook. For instance, communal access to a linear block facade in engagement with private outdoor spaces contributes to the quality and security of the space that it overlooks. Secondary and tertiary streets might be addressed with wider residential facades, whereas on high streets, noise could be minimized with the use of narrower facades in a slab. Another characteristic of the linear block is found in the potential of its ground floor. The function of the ground floor can be distinguished from residential units above, and the extension of the ground level creates an urban potential to form a node of activities and services within the community.

A despeito do entendimento comum do bloco linear como a criação de plantas baixas repetidas, ele pode produzir um alto grau de diversidade e acomodar diversas organizações espaciais, a fim de tratar de diferentes condições urbanas. Uma variedade de tipos de unidades podem ser criadas em um bloco linear, com relação a seu sistema de circulação. As fachadas dos blocos lineares têm um valor e efeito urbanos que são diferentes daqueles de outras formas urbanas. Suas fachadas podem definir as características do ambiente exterior que eles contemplam. Por exemplo, o acesso público à fachada de um bloco linear de forma engajada com as áreas privativas ao ar livre contribui para a qualidade e segurança do espaço que o bloco linear contempla. Ruas secundárias e terciárias podem receber fachadas residenciais mais amplas, ao passo que nas vias principais o barulho pode ser amenizado pelo uso de fachadas mais estreitas sobre lajes. Outra característica do bloco linear é o potencial de seu piso térreo. A função do piso térreo pode ser distinta daquela das unidades residenciais superiores, e a extensão do nível do térreo cria um potencial urbano para formar um pólo de atividades e serviços na comunidade. 149


housing as a strategy / HABITAÇÃO COMO UMA ESTRATÉGIA

Same size units with different room configurations Unidades de mesmo tamanho, com diferentes configurações de ambientes

Even a slab with limited depth can accommodate various unit types from two bedrooms to live/work studio flats. Mesmo uma laje com profundidade limitada pode acomodar vários tipos de unidades de dois quartos para viver apartamentos / estúdio de trabalho.

150

Single- and Double-loaded slabs Lajes simples e dupla


HOUSING AS URBAN STRATEGY / HABITAÇÃO COMO UMA ESTRATÉGIA URBANA

Significance of Linear Blocks / Importância dos Blocos Lineares Until now, the tendency of MCMV’s approach has been to create monotonous rows of single family dwellings on the periphery of the city. When intervening in a central city district, this type of morphology would be inappropriate. Moreover, the aim is to generate forms which have the ability to create an urban fabric to define streets, courtyards, public spaces, etc. Additionally, the rules of MCMV prevent the use of lifts in buildings (to make them cost-effective), which restricts the building height to 3-4 storeys. One of the forms that can help address both - the orientation bias as well as high density in low/mid-rise areas – is the linear block. Along with incorporating the positive qualities provided by the MCMV floor plans, a linear block can also help create courtyards which can become effective in distributing circulation – a strategy that can offer certain amount of privacy and at the same time enliven interior spaces. In order to be successful, new housing forms need to work with the basic MCMV approach of creating inexpensive multi-residential housing while being multi-scalar and multi-sectoral at the same time. This section aims to investigate the potential of alternative building typologies, especially linear blocks, in order to spatialize ‘housing as a strategy’. Abstracts of various architectural elements that constitute an urban morphology – slab, tower and block - are capable of addressing urban problems/ conditions owing to their distinctive fundamental characteristics.

Até agora, a tendência da abordagem do PMCMV tem sido a de criar linhas monótonas de habitações unifamiliares na periferia da cidade. Na intervenção em um bairro central da cidade, este tipo de morfologia seria inapropriado. Além do mais, o objetivo é gerar formas que sejam capazes de criar um tecido urbano para definir ruas, pátios e jardins, espaços públicos, etc. Adicionalmente, as regras do PMCMV impedem o uso de elevadores nos prédios (para lhes conferir uma boa relação custo/benefício), o que restringe sua altura a 3 ou 4 pavimentos. Uma das formas que podem ajudar a tratar de ambas as questões – o viés da orientação e a alta densidade em regiões com construções de altura média e baixa – é o bloco linear. Além de incorporar as qualidades positivas oferecidas pelas plantas baixas do PMCMV, um bloco linear pode também ajudar a criar pátios e jardins que podem se tornar eficazes na distribuição da circulação – uma estratégia que pode oferecer certa dose de privacidade e, ao mesmo tempo, avivar os espaços interiores. Para serem bem sucedidas, as formas das novas habitações precisam trabalhar com a abordagem básica do PMCMV de criar moradias multirresidenciais de custo acessível, sendo ao mesmo tempo multiescalares e multisetoriais. Esta seção visa investigar o potencial das tipologias alternativas de prédios, em especial dos blocos lineares, a fim de espacializar a “habitação como estratégia”. Sínteses de diversos elementos arquitetônicos constituintes da morfologia urbana – laje, torre e bloco – são capazes de apresentar os problemas e condições urbanas em razão de suas características fundamentais distintas.

151


housing as a strategy / HABITAÇÃO COMO UMA ESTRATÉGIA

Water Edge Frente d’ Água

Street Edge Fachada interagindo com a rua

152


HOUSING AS URBAN STRATEGY / HABITAÇÃO COMO UMA ESTRATÉGIA URBANA

153


it takes only one bridge / LEVA APENAS UMA PONTE

New areas of development Novas ĂĄreas de desenvolvimento

Improving and extending mobility systems Melhorarando e ampliando os sistemas de mobilidade

Disconnection of the site and its surroundings DesconexĂŁo do local e seus arredores

154


HOUSING AS URBAN STRATEGY / HABITAÇÃO COMO UMA ESTRATÉGIA URBANA

It takes only one bridge / Basta Apenas Uma Ponte While implementing these tests on site, the ambition is not to be disruptive to the community. Phasing the project in order to efficiently relocate the affected people becomes extremely crucial in this regard. Zeca Island stands out as the preferred location to initiate the development of new housing in phase one. Once it is realised and people from the dilapidated areas are moved to Zeca Island, land can be opened up within the Coque community for further interventions. Hence, to support the strategy of housing, building new infrastructure in the form of bridges holds the key. From this point of view, the commitment of the city to the wider plan for the area can be signaled and initiated with a relatively minor investment in a bridge, unlocking the vast potential of national housing funds to drive the transformation of the central city. Following on from this initial investment, broader participation of stakeholders may encourage further infrastructural development. Improving existing transportation infrastructure and enhancing the connectivity of local mobility systems for pedestrians, bicycles and vehicular movement in the city’s centre by new bridges can improve connectivity at a larger scale, between different parts of the city, increasing the development potential of the area. In relation to this, the proposal promotes the formation of a sequence of bridges at four locations. This sequence would not only be instrumental in the phasing of the project but also provide connectivity to and from the site is which currently disconnected due to the presence of estuaries.

Na implementação destes testes no local, a ambição é que eles não perturbem a comunidade. A implementação do projeto em fases, a fim de relocar eficientemente as pessoas afetadas, torna-se extremamente crucial a esse respeito. A Ilha do Zeca se sobressai como o local preferido para o início da incorporação de novas moradias na fase um. Uma vez que tenha sido concluída e as pessoas sejam transferidas das áreas dilapidadas para a Ilha do Zeca, o terreno pode ser aberto na comunidade do Coque para intervenções subsequentes. Sendo assim, a chave para o apoio à estratégia habitacional encontra-se na construção de infraestrutura nova na forma de pontes. Sob este ponto de vista, o compromisso da cidade com o plano mais ambicioso para aquela área pode ser sinalizado e iniciado com um investimento relativamente pequeno em uma ponte, permitindo que o vasto potencial do financiamento federal para a habitação possa promover a transformação da parte central da cidade. Seguindo a partir deste investimento inicial, uma maior participação das partes interessadas pode encorajar o desenvolvimento adicional da infraestrutura. A melhoria da infraestrutura de transporte existente e o aperfeiçoamento da conectividade dos sistemas de mobilidade local para pedestres, ciclistas e para a circulação de veículos no centro de cidade através de novas pontes pode melhorar a conectividade em uma escala mais ampla, entre diferentes regiões da cidade, elevando o potencial de desenvolvimento da área. Com relação a isso, a proposta sugere a construção de uma sequência de pontes em quatro locais. Esta sequência não apenas iria colaborar para o desenvolvimento do projeto em fases, mas iria também oferecer conectividade para a chegada e saída do local, que no presente se encontra isolado em razão dos estuários existentes na região. 155


it takes only one bridge / LEVA APENAS UMA PONTE

BIO-MEDICAL CLUSTER Vehicular bridge ZECA ISLAND

Vehicular bridge

Pedestrian bridge

Pedestrian bridge

Pedestrian bridge

New connectivity Nova conectividade

Infrastructure of transformation / Infraestrutura de Transformação The proposal includes four bridges of different scales. Two bridges connecting Zeca Island; a vehicular and a pedestrian bridge. The vehicular bridge will allow better connectivity to and from the area. The pedestrian bridge will offer a connection between the Coque community and future development of housings in the centre of Zeca Island while introducing educational centre for sustainability and the protection of the natural ecology in the south part of the island. Two other bridges – one for cyclists and another small scale vehicular bridge would allow better connectivity to the centre of the city and the bio-medical cluster. These connections might enable the extension of the biomedical cluster to the south area and introduce new options for employment for the community.

156

A proposta inclui quatro pontes de diferentes escalas. Duas pontes para a Ilha do Zeca; uma para veículos e outra para pedestres. A ponte para veículos proporcionará melhor conectividade para a chegada e saída do local. A ponte para pedestres oferecerá uma conexão entre a comunidade do Coque e a futura incorporação de moradias a ser implementada no centro da Ilha do Zeca, que incluirá um centro educacional para a sustentabilidade e proteção da ecologia local na parte sul da ilha. Duas outras pontes – uma para ciclistas e outra ponte veicular de pequena escala – permitiriam melhor conectividade com o centro da cidade e com o núcleo biomédico. Estas conexões poderiam permitir a expansão do núcleo biomédico em direção à região ao sul e introduzir novas opções de emprego para a comunidade.


HOUSING AS URBAN STRATEGY / HABITAÇÃO COMO UMA ESTRATÉGIA URBANA

From Cabo Eutropio Street / A partir da Cabo Eutropio

From Zeca Island / A partir da Ilha do Zecna

1. Existing condition in ZEIS / 1. Condição existente na ZEIS

1. Existing condition in ZEIS / 1. Condição existente na ZEIS

2. Proposal in ZEIS / 2. Proposta na ZEIS

2. Proposal in ZEIS / 2. Proposta na ZEIS

Space syntax analysis / Análise Sintático-Espacial By using advanced spatial analysis software from Space Syntax, we could test our proposal by looking at the accessibility from Cabo Eutropio Street, which is the central spine of Coque community. With the connections of four bridges, the community along Estrada Dos Remedios to the west of Coque is much closer according to step-depth value. In the future, these two communities along with the bio-medical cluster in the central region of Bio Vista could develop complimentary industries and finally form a comprehensive economic environment in the estuary delta. Setting the base point at Ilha do Zeca, our vision is to serve both Coque Community and Afogados Community in the local scale. With indirect connections, the proposed spatial network provides a possibility to create a slow-speed and pedestrianfriendly mobility, rather than creating highly chosen primary road in the city scale.

Utilizando software avançado de análise espacial da Space Syntax, pudemos testar nossa proposta, avaliando a acessibilidade a partir da Rua Cabo Eutrópio, que é a espinha central da comunidade do Coque. Com as conexões proporcionadas pelas quatro pontes, a comunidade ao longo da Estrada dos Remédios, a oeste do Coque, fica muito mais próxima, de acordo com o valor da variável step-depth. No futuro, essas duas comunidades, juntamente com o núcleo biomédico na região central do bairro Boa Vista, poderiam desenvolver indústrias complementares para finalmente formar um ambiente econômico abrangente no delta do estuário. Estabelecendo o ponto base na Ilha do Zeca, nossa visão é atender tanto a Comunidade do Coque como a Comunidade dos Afogados em escala local. Com conexões indiretas, a rede espacial proposta oferece a possibilidade de criar uma mobilidade de baixa velocidade e propícia para o pedestre, em vez de criar vias primárias altamente utilizadas em escala municipal. 157


sequence of development / SEQÜÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO

zeca island/ zeca island The upgrading of the ZEIS area should commence with a housing solution that provides an alternative location to those in precarious living conditions. As established before, Zeca Island provides for an ideal location to develop a mixed-use housing environment and relocate the affected people. • The development of Zeca Island includes the creation of a mixed-use, medium density housing for ‘level 1-2’, but giving a priority to the Coque community. • The environmental education facility in the southern part of the island will be used for mangrove preservation, establishing a training institution for fisheries and employ locals for its maintenance and allied activities. The layout, organization and size of the blocks can define the patterns of movement and permeability through the neighbourhood. The tests show the relation between the bridges, peripheral vehicular circulation and the organization of parks within the neighbourhoods. Also, the layout of the 158

A urbanização da área da ZEIS deveria começar com uma solução habitacional que oferecesse um local alternativo para o assentamento daqueles que se encontram em condições precárias de vida. Como estabelecido anteriormente, a Ilha do Zeca oferece uma área ideal para a incorporação de um ambiente habitacional de uso misto para o reassentamento das pessoas afetadas. • O desenvolvimento da Ilha do Zeca inclui a criação de áreas habitacionais de média densidade e de uso misto de ‘nível 1-2’, porém com prioridade para a comunidade do Coque. • As instalações de educação ambiental na parte sul da ilha serão utilizadas para a preservação do mangue, para o estabelecimento de instituições de treinamento em atividade pesqueira e para absorver mão de obra local em sua manutenção e atividades correlatas. O formato, organização e tamanho dos blocos podem definir os padrões de movimentação e permeabilidade através do bairro. Os testes


HOUSING AS URBAN STRATEGY / HABITAÇÃO COMO UMA ESTRATÉGIA URBANA

blocks tested in the Zeca Island present a dense housing fabric. The proposal limits the vehicular movement at the border of the residential area, in order to create a quiet pedestrian environment. Pedestrian links connect Coque to Zeca Island and the residential neighbourhood to the North West. A spine of public open spaces, articulated with communal facilities for recreation and sport activities passes from the north to the south. The educational facility of an environmental school, a technical school and a research centre presents a sustainable design; buildings are situated on the edge of the residential neighborhood, surrounded by mangrove and fisheries’ pools. Moreover, introducing simple and conventional ways of lighting and ventilation will add to the sustainability of these structures.

mostram a relação entre as pontes, circulação veicular periférica e a organização de parques internamente aos bairros. Além disso, o layout dos blocos testados na Ilha do Zeca apresentou um tecido habitacional denso. A proposta limita o movimento veicular na borda da área residencial, a fim de criar um ambiente tranquilo para os pedestres. Vias de pedestres conectam o Coque à Ilha do Zeca e ao bairro residencial a noroeste. A espinha de espaços públicos abertos, articulada com equipamentos sociais para recreação e atividades esportivas, passa do norte para o sul. A instalação educacional de uma escola ambiental, uma escola técnica e um centro de pesquisa apresenta um projeto sustentável; os prédios ficam situados na borda do bairro residencial, rodeados por manguezal e piscinas de piscicultura. Adicionalmente, a introdução de formas simples e convencionais de iluminação e ventilação adicionará sustentabilidade a essas estruturas. 159


sequence of development / SEQÜÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO

160


HOUSING AS URBAN STRATEGY / HABITAÇÃO COMO UMA ESTRATÉGIA URBANA

housing strategy in Coque/ Estratégia Habitacional no Coque Once people presently living in Coque are transferred to Zeca Island, land will be freed-up for private investment. Several options have been tested in order to maximise diversity of open spaces and create healthy housing clusters supported by different functions. Urban blocks are layered from high street to water edge. 1st layer - accommodates functions to support high street outside and gastronomic facilities inside. 2nd layer - isolates itself in order to create quieter private open spaces for live/work units. 3rd layer - gives place for retail shops for locals like tailors, barbershops etc.

Uma vez que as pessoas que vivem atualmente no Coque sejam transferidas para a Ilha do Zeca, os terrenos serão liberados para investimento privado. Várias opções já foram testadas para maximizar a diversidade dos espaços abertos e criar aglomerados habitacionais saudáveis suportados por diferentes funções. Blocos urbanos são estratificados desde a rua principal até a margem d’água. Primeira camada de blocos – acomoda funções que suportam a rua principal do lado de fora e instalações gastronômicas do lado de dentro. Segunda camada de blocos – se isola a fim de criar espaços abertos privados mais tranquilos para unidades de convivência/trabalho. Terceira camada de blocos – abre espaço para negócios de varejo que sirvam a população local,como alfaiates, barbearias etc. 161


sequence of development / SEQÜÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO

162


HOUSING AS URBAN STRATEGY / HABITAÇÃO COMO UMA ESTRATÉGIA URBANA

The civic centre/ O Centro Cívico Together with the requalification of the water edge, the proposal introduces a new civic landscape that stretches from the metro station to the heart of the ZEIS. The route will provide communal and civic facilities to the neighborhood and also act as a link to the upcoming residential area in Zeca Island. The civic landscape consolidates institutions and open spaces that require cooperation between PAC, the municipality and “Minha Casa Minha Vida”. Two approaches for the development could be taken; institutions and housing dispersed within open spaces, or institutions and housing along a public open space. The test presents an approach of dispersed civic institutions that engage with the infrastructural work as well as the improvement of the existing canal. A sequence of closed and open spaces which differentiate quiet and public activities along the route has been tested, as seen in the school of Sao Paulo.

Juntamente com a requalificação da margem d’água, a proposta introduz uma nova paisagem cívica que se estende desde a estação de metrô até o coração da ZEIS. A rota irá oferecer instalações sociais e cívicas para a vizinhança, além de atuar como elo de conexão para a futura área residencial na Ilha do Zeca. A panorama cívico consolida instituições e espaços abertos que demandam cooperação entre o PAC-UAP, o município e o Programa Minha Casa, Minha Vida. Duas abordagens para a incorporação poderiam ser utilizadas: instituições e habitações dispersas pelo espaço aberto, ou instituições e habitações ao longo de um espaço público aberto. O teste apresenta uma abordagem com instituições cívicas dispersas que se engajam no trabalho de infraestrutura, assim como nas melhorias do canal existente. Uma sequência de espaços fechados e abertos que diferenciam as atividades tranquilas das atividades públicas ao longo da rota foi testada, como visto na escola de São Paulo. 163


sequence of development / SEQÜÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO

By creating a hierarchy of the edge conditions that coordinates with the industrial sector and the transport node, the community and the productive zones can enjoy a more harmonious relationship and the learning procedure of the community can become a part of the industrial logic. Com a criação de uma hierarquia das condições da margem que seja coordenada com o setor industrial e com o pólo de transportes, a comunidade e as zonas de produção podem desfrutar de uma relação mais harmoniosa entre si e o procedimento de aprendizagem da comunidade pode de tornar uma parte da lógica industrial. 164

The proposed pedestrian bridge A ponte de pedestres proposta


HOUSING AS URBAN STRATEGY / HABITAÇÃO COMO UMA ESTRATÉGIA URBANA

The development of eastern water front / Desenvolvimento da Margem d’Água Oriental The eastern waterfront could be developed by introducing a new connection across the waterfront for a wider urban consideration. This connection will be the first step for integrating the ZEIS in the activities in the city centre, thereby creating opportunities for new sources of employment. The presence of a metro station, arterial road & river bus make the eastern waterfront one of the most well-connected parts of Recife. Making this area an attractive location for the Forum & associated legal services. Also, the presence of a bio-medical cluster in such a close proximity may foster the further growth of medical services and medical research communities. However, they cannot be segregated enclaves like the Forum. Hence, the aim is to gain value from this infrastructure and define the waterfront & urban fabric for these mixed use service ecologies to flourish.

A margem d’água oriental poderia ser desenvolvida com a introdução de uma nova conexão ao longo do terreno à margem d’água para uma consideração urbana mais abrangente. Esta conexão será o primeiro passo para integrar a ZEIS às atividades do centro da cidade, e assim criar oportunidades para novas fontes de emprego. A presença de uma estação de metrô, de uma via arterial e do barco-ônibus fazem da margem d’água oriental uma das mais bem conectadas regiões de Recife. Isso faz desta área um local atrativo para o Fórum e para serviços jurídicos associados. Ademais, a presença de um núcleo biomédico em localização tão próxima pode estimular um crescimento subsequente de serviços médicos e comunidades de pesquisa médica. Entretanto, eles não podem ser enclaves segregados, como o Fórum. Sendo assim, o objetivo é agregar valor a partir desta infraestrutura e definir o tecido urbano e a margem d’água para que essas ecologias de serviços de uso misto possam florescer.

165


sequence of development / SEQÜÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO

1 2

4

3

MANAGING THE ESTUARY / Administrando o Estuário Estuaries have played a significant role in the growth of many cities (e.g.: London) as they offer a source of sustenance, trade and recreation. Previously, the river in Recife played an important role in mobilizing products from the port to inner parts of Brazil. Today, the river is used mostly for fishing, and provides a source of productivity for the communities along its bank. In addition to this, the mangroves on the water edge are a part of a delicate ecosystem which is environmentally important. The estuary is affected by the relationship between the water and the land. The strong flow of water during the events of flood, make the water edge extremely vulnerable. In order to provide a strong resistance to this act of nature, the strategy is to define buffer areas in the form of soft (mangroves) or hard edges at strategic locations depending upon the relation between the land and water.

166

Estuários desempenharam um papel importante no crescimento de muitas cidades (por exemplo, Londres) por oferecerem oportunidades para sustento, comércio e recreação. No passado, o rio em Recife desempenhou importante papel na movimentação de produtos do porto para regiões do interior do Brasil. Atualmente, o rio é utilizado majoritariamente para a pesca, e proporciona uma fonte de produtividade para as comunidades ao longo de suas margens. Além disso, os manguezais localizados na margem d’água são parte de um delicado ecossistema que é ambientalmente importante. O estuário é afetado pela relação existente entre as águas e a terra. O forte fluxo de água durante os eventos das cheias torna a margem d’água extremamente vulnerável. A fim de oferecer uma resistência robusta a esse ato da natureza, a estratégia é definir áreas de proteção na forma de margens porosas (manguezais) ou duras localizadas em pontos estratégicos, dependendo da relação entre a terra e as águas.


HOUSING AS URBAN STRATEGY / HABITAÇÃO COMO UMA ESTRATÉGIA URBANA

Estuary Conditions Condições do Estuário

Water Quality Evaluation Avaliação da Qualidade da Água

Land Quality Evaluation Avaliação da Qualidade do solo

Different integrations at ground level Diferentes integrações no nível térreo

STRATEGY

ESTRATÉGIA

1. This area is vulnerable and is under a great impact of urban floods. A ‘hard edge’ is proposed in order to guarantee better conditions for the development of civic edifices and landscape in this area. 2. A low-lifted pedestrian bridge is recommended in this area to connect to the bio-medical cluster in the north. The path leading to this bridge is defined by some water-friendly strategies – for instance, a free-changing waterside terrace. 3. Mangrove forest is supposed to be protected here, along with constructions of new light walking path through the forest, giving different directions along the waterfront and connecting the inner roads. 4. With proper morphology of housing projects, a soft edge changes the built environment on the ground floor from time to time.

1. Esta área é vulnerável e sofre um grande impacto com as inundações urbanas. É proposta uma ‘margem dura’ a fim de garantir melhores condições para a incorporação de edifícios cívicos e o desenvolvimento da paisagem desta área. 2. É recomendada nesta área uma ponte para pedestres, para conexão com o núcleo biomédico ao norte. O caminho que leva à ponte é definido por algumas estratégias que contemplam a interação com as águas – por exemplo, um terraço à beira d’água que seja facilmente adaptável. 3. Aqui a floresta de mangue deve ser protegida, com a construção de novos passeios simples para pedestres através da floresta, proporcionando diferentes trajetos ao longo da margem d’água e conectando as vias internas. 4. Com a morfologia adequada nos projetos habitacionais, uma margem porosa modifica, de tempos em tempos, o nível do piso térreo do ambiente construído. 167


ConCLUSIONS / ConclusÕES

Central city real estate redevelopment / Revitalização Imobiliária da Área Central da Cidade The need for a new model Over the years, the real estate market has driven the way the cities are developed but has always been instrumental in speculation, leading to the expulsion of the economically weaker sections of society. There is a need to rethink the over-valorising method of this real estate development process if at all the economically backward communities are to be given an opportunity to upgrade themselves. This does not imply that the private sector should be excluded from the development process, as this may put an immense pressure on the state funds creating further complexities. However, the public sector should make the private players accountable for the inclusion of weaker communities in the creation of a sustainable urbanity. Though the sequence of spaces suggested here respond to the specific site conditions, the primary aim of setting out the drivers of change and the objectives has been to formulate a general strategy which can be useful in executing similar projects in other cities too. In other words, it can help the city in providing a larger framework to the private

168

developers in implementing programmes under Minha Casa and Minha Vida. Refining the federal housing strategy: At present the federal government of Brazil allocates funds to the local government to mobilise the Minha Casa & Minha Vida and PAC programmes after which it is predominantly the responsibility of the municipality to execute them as per their own rules. Untill now these programmes have not been able to address other issues of the society other than ‘housing’. To change this scenario, the federal government, along with the local municipalities, should exert their authority over the housing market to be more accountable in addressing the multi-scalarity of these projects. In this specific case of the Coque, the federal government with the local authority should develop a method in which a strategic plan to the area is developed with the cooperation and the empowerment of the local community to take part and to be involved in the decision making of the issues discussed here.


A necessidade de um novo modelo Ao longo dos anos, o mercado imobiliário tem orientado a forma como as cidades se desenvolvem, porém tem sempre colaborado para que haja especulação, levando à expulsão da parcela economicamente mais vulnerável da população. É preciso, então, repensar o método de supervalorização deste processo de incorporação imobiliária, se existe a mínima pretensão de se oferecer uma oportunidade para que as comunidades economicamente mais vulneráveis possam se desenvolver. Isto não significa que o setor privado precise ser excluído do processo de desenvolvimento, posto que isso poderia gerar uma imensa pressão sobre os fundos públicos, implicando outras complexidades. Entretanto, os setores públicos devem fazer com que os atores privados assumam sua responsabilidade na inclusão das comunidades menos favorecidas, no processo de criação de uma urbanidade sustentável. Embora a sequência dos espaços aqui sugeridos seja aplicável às condições de um terreno específico, a intenção primária de se estabelecer os vetores de mudança e os objetivos foi formular uma estratégia geral que pudesse ser útil para a execução de projetos similares também em outras cidades. Em outras palavras, pode ajudar a cidade a estabelecer

um arcabouço mais amplo para os incorporadores privados na implementação de programas subordinados ao Programa Minha Casa, Minha Vida. Aperfeiçoando a estratégia federal para a habitação: Até os agora, Programa Minha Casa, Minha Vida (PMCMV) e o Programa de Urbanização de Assentamentos Precários (PAC-UAP) não foram capazes de garantir outros investimentos sociais, além da “habitação”. Para mudar este cenário, o governo federal, juntamente com as administrações municipais, deveria exercer sua autoridade sobre o mercado habitacional, para fazer com que este último assuma sua responsabilidade com relação à multiescalaridade desses projetos. No caso específico do Coque, o governo federal, juntamente com a autoridade local, deveria desenvolver um método no qual um plano estratégico para a área seja desenvolvido também com a cooperação e o empoderamento da comunidade local, para que esta participe e se envolva nas tomadas de decisão a respeito das questões aqui discutidas.

169


This book is a result of the third international Urban Design Workshop, a collaboration of the AA and UFPE in June 2013, titled: My House, My Life: Housing and Urban Intervention. This was organised by the Housing and Urbanism Programme of the Architectural Association Graduate School and the postgraduate Urban Development Programme (MDU) of the Department of Architecture and Urbanism of the Federal University of Pernambuco, with the support of the Ministry of Cities, CAIXA and the City of Recife, along with other professional experts and local representatives. This intensive collaborative workshop focused on urban concepts and housing design questions for the urban development of part of central Recife. The ambition was to investigate alternative approaches to the challenges of improving urban quality for social housing and informal urban settlements. Four mixed groups of students and teachers from both programme s worked intensively over eight days to produce four different proposals for the study area of the Coque. Este livro é resultado do III Workshop Internacional de Desenho Urbano AA/UFPE: Programa Minha Casa Minha Vida – Habitação Social e Intervenção Urbana, ocorrido em junho de 2013, em Recife e organizado pelo Programa de Pós-Graduação Habitação e Urbanismo da Architectural Association e do Programa de PósGraduação em Desenvolvimento Urbano, do Departamento de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal de Pernambuco, com o apoio do Ministério das Cidades, da CAIXA e da Prefeitura do Recife, juntamente com outros especialistas internacionais e profissionais e representantes locais. Esta oficina colaborativa com foco na qualidade da habitação e do urbanismo na cidade do Recife. Seu interesse foi investigar formas alternativas para lidar com os desafios a habitação social e ocupação urbana informal. Quatro grupos compostos por estudantes e professores de ambos os programas trabalharam intensamente ao longo de dez dias para produzir alternativas de intervenção no Coque, área objeto de estudo.

170


Housing as Urbanism