Page 1

PORTUGUÊS

Livro

Litúrgico


Índice

Oração Oficial da JMJ 2013

5

Mensagem do Papa Bento XVI

6

Mensagem de Dom Orani João Tempesta 17 Hino Oficial da JMJ 2013 19 21 de julho | domingo 20

Liturgia das horas

20

Missa do dia | 16 domingo do tempo comum

42

o

22 de julho | segunda-feira 46

Liturgia das horas

46

Missa do dia | Santa Maria Madalena

62

23 de julho | terça-feira 66

Liturgia das horas

66

Missa de abertura com Dom Orani João Tempesta

83

24 de julho | quarta-feira 101

Liturgia das horas

101

Missa do dia

118

25 de julho | quinta-feira

2

122

Liturgia das horas

122

Missa do dia | São Tiago, apóstolo – festa

139

Boas vindas ao Papa

143


26 de julho | sexta-feira

Liturgia das horas Missa do dia Via Sacra

27 de julho | sábado 

Liturgia das horas Missa do dia

Vigília com o Papa 28 de julho | domingo

Liturgia das horas

Missa de envio com o Papa 29 de julho | segunda-feira

Liturgia das horas | Santa Marta – memória Missa do dia

30 de julho | terça-feira

Liturgia das horas Missa do dia

Patronos da JMJ Rio2013

146 146 160 164 175 175 185 189 196 196 213 230 230 246 251 251 268 272

Partes fixas da missa 275 Apêndice 291 Músicas extras 293 Guia para confissões 295 Colaboradores 301 3


Oração Oficial da JMJ RIO2013 Ó Pai, enviaste o Teu Filho Eterno para salvar o mundo e escolheste homens e mulheres para que, por Ele, com Ele e n’Ele, proclamassem a Boa-Nova a todas as nações. Concede as graças necessárias para que brilhe no rosto de todos os jovens a alegria de serem, pela força do Espírito, os evangelizadores de que a Igreja precisa no Terceiro Milênio. Ó Cristo, Redentor da humanidade, Tua imagem de braços abertos no alto do Corcovado acolhe todos os povos. Em Tua oferta pascal, nos conduziste pelo Espírito Santo ao encontro filial com o Pai. Os jovens, que se alimentam da Eucaristia, Te ouvem na Palavra e Te encontram no irmão, necessitam de Tua infinita misericórdia para percorrer os caminhos do mundo como discípulos-missionários da nova evangelização. Ó Espírito Santo, Amor do Pai e do Filho, com o esplendor da Tua Verdade e com o fogo do Teu Amor, envia Tua Luz sobre todos os jovens para que, impulsionados pela Jornada Mundial da Juventude, levem aos quatro cantos do mundo a fé, a esperança e a caridade, tornando-se grandes construtores da cultura da vida e da paz e os protagonistas de um mundo novo. Amém! 5


MENSAGEM DO PAPA BENTO XVI PARA A XXVIII JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE NO RIO DE JANEIRO, EM JULHO DE 2013

«Ide e fazei discípulos entre as nações!» (cf. Mt 28,19)

Queridos jovens, Desejo fazer chegar a todos vós minha saudação cheia de alegria e afeto. Tenho a certeza que muitos de vós regressastes a casa da Jornada Mundial da Juventude em Madri mais «enraizados e edificados em Cristo, firmes na fé» (cf. Col 2,7). Este ano, inspirados pelo tema: «Alegrai-vos sempre no Senhor» (Fil 4,4) celebramos a alegria de ser cristãos nas várias Dioceses. E agora estamo-nos preparando para a próxima Jornada Mundial, que será celebrada no Rio de Janeiro, Brasil, em julho de 2013. Desejo, em primeiro lugar, renovar a vós o convite para participardes nesse importante evento. A conhecida estátua do Cristo Redentor, que se eleva sobre àquela bela cidade brasileira, será o símbolo eloquente deste convite: seus braços abertos são o sinal da acolhida que o Senhor reservará a todos quantos vierem até Ele, e o seu coração retrata o imenso amor que Ele tem por cada um e cada uma de vós. Deixai-vos atrair por Ele! Vivei essa experiência de encontro com Cristo, junto com tantos outros jovens que se reunirão no Rio para o próximo encontro mundial! Deixai-vos amar por Ele e sereis as testemunhas de que o mundo precisa. Convido a vos preparardes para a Jornada Mundial do Rio de Janeiro, meditando desde já sobre o tema do encontro: «Ide e fazei discípulos 6


MEnsagem do papa bento xvi para a XXVIII jmj

entre as nações» (cf. Mt 28,19). Trata-se da grande exortação missionária que Cristo deixou para toda a Igreja e que permanece atual ainda hoje, dois mil anos depois. Agora este mandato deve ressoar fortemente em vosso coração. O ano de preparação para o encontro do Rio coincide com o Ano da fé, no início do qual o Sínodo dos Bispos dedicou os seus trabalhos à «nova evangelização para a transmissão da fé cristã». Por isso me alegro que também vós, queridos jovens, sejais envolvidos neste impulso missionário de toda a Igreja: fazer conhecer Cristo é o dom mais precioso que podeis fazer aos outros.

1. Uma chamada urgente A história mostra-nos muitos jovens que, através do dom generoso de si mesmos, contribuíram grandemente para o Reino de Deus e para o desenvolvimento deste mundo, anunciando o Evangelho. Com grande entusiasmo, levaram a Boa Nova do Amor de Deus manifestado em Cristo, com meios e possibilidades muito inferiores àqueles de que dispomos hoje em dia. Penso, por exemplo, no Beato José de Anchieta, jovem jesuíta espanhol do século XVI, que partiu em missão para o Brasil quando tinha menos de vinte anos e se tornou um grande apóstolo do Novo Mundo. Mas penso também em tantos de vós que se dedicam generosamente à missão da Igreja: disto mesmo tive um testemunho surpreendente na Jornada Mundial de Madri, em particular na reunião com os voluntários. Hoje, não poucos jovens duvidam profundamente que a vida seja um bem, e não veem com clareza o próprio caminho. De um modo geral, diante das dificuldades do mundo contemporâneo, muitos se perguntam: E eu, que posso fazer? A luz da fé ilumina esta escuridão, nos fazendo compreender que toda existência tem um valor inestimável, porque é fruto do amor de Deus. Ele ama mesmo quem se distanciou ou esqueceu d’Ele: tem paciência e espera; mais que isso, deu o seu Filho, morto e ressuscitado, para nos libertar radicalmente do mal. E Cristo enviou os seus discípulos para levar a todos os povos este alegre anúncio de salvação e de vida nova. 7


MEnsagem do papa bento xvi para a XXVIII jmj

A Igreja, para continuar esta missão de evangelização, conta também convosco. Queridos jovens, vós sois os primeiros missionários no meio dos jovens da vossa idade! No final do Concílio Ecumênico Vaticano II, cujo cinquentenário celebramos neste ano, o Servo de Deus Paulo VI entregou aos jovens e às jovens do mundo inteiro uma Mensagem que começava com estas palavras: «É a vós, rapazes e moças de todo o mundo, que o Concílio quer dirigir a sua última mensagem, pois sereis vós a recolher o facho das mãos dos vossos antepassados e a viver no mundo no momento das mais gigantescas transformações da sua história, sois vós quem, recolhendo o melhor do exemplo e do ensinamento dos vossos pais e mestres, ides constituir a sociedade de amanhã: salvar-vos-eis ou perecereis com ela». E concluía com um apelo: «Construí com entusiasmo um mundo melhor que o dos vossos antepassados!» (Mensagem aos jovens, 8 de dezembro de 1965). Queridos amigos, este convite é extremamente atual. Estamos passando por um período histórico muito particular: o progresso técnico nos deu oportunidades inéditas de interação entre os homens e entre os povos, mas a globalização destas relações só será positiva e fará crescer o mundo em humanidade se estiver fundada não sobre o materialismo mas sobre o amor, a única realidade capaz de encher o coração de cada um e unir as pessoas. Deus é amor. O homem que esquece Deus fica sem esperança e se torna incapaz de amar seu semelhante. Por isso é urgente testemunhar a presença de Deus para que todos possam experimentá-la: está em jogo a salvação da humanidade, a salvação de cada um de nós. Qualquer pessoa que entenda essa necessidade, não poderá deixar de exclamar com São Paulo: «Ai de mim se eu não anunciar o Evangelho» (1 Cor 9,16). 2. Tornai-vos discípulos de Cristo Esta chamada missionária vos é dirigida também por outro motivo: é necessário para o nosso caminho de fé pessoal. O Beato João Paulo II escrevia: «É dando a fé que ela se fortalece» (Encíclica Redemptoris missio, 2). Ao anunciar o Evangelho, vós mesmos cresceis em um enraizamento cada vez mais profundo em Cristo, vos tornais cristãos maduros. O 8


MEnsagem do papa bento xvi para a XXVIII jmj

compromisso missionário é uma dimensão essencial da fé: não se crê verdadeiramente, se não se evangeliza. E o anúncio do Evangelho não pode ser senão consequência da alegria de ter encontrado Cristo e ter descoberto n’Ele a rocha sobre a qual construir a própria existência. Comprometendo-vos no serviço aos demais e no anúncio do Evangelho, a vossa vida, muitas vezes fragmentada entre tantas atividades diversas, encontrará no Senhor a sua unidade; construir-vos-eis também a vós mesmos; crescereis e amadurecereis em humanidade. Mas, que significa ser missionário? Significa acima de tudo ser discípulo de Cristo e ouvir sem cessar o convite a segui-Lo, o convite a fixar o olhar n’Ele: «Aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração» (Mt 11,29). O discípulo, de fato, é uma pessoa que se põe à escuta da Palavra de Jesus (cf. Lc 10,39), a quem reconhece como o Mestre que nos amou até o dom de sua vida. Trata-se, portanto, de cada um de vós deixar-se plasmar diariamente pela Palavra de Deus: ela vos transformará em amigos do Senhor Jesus, capazes de fazer outros jovens entrar nesta mesma amizade com Ele. Aconselho-vos a guardar na memória os dons recebidos de Deus, para poder transmiti-los ao vosso redor. Aprendei a reler a vossa história pessoal, tomai consciência também do maravilhoso legado recebido das gerações que vos precederam: tantos cristãos nos transmitiram a fé com coragem, enfrentando obstáculos e incompreensões. Não o esqueçamos jamais! Fazemos parte de uma longa cadeia de homens e mulheres que nos transmitiram a verdade da fé e contam conosco para que outros a recebam. Ser missionário pressupõe o conhecimento deste patrimônio recebido que é a fé da Igreja: é necessário conhecer aquilo em que se crê, para podê-lo anunciar. Como escrevi na introdução do YouCat, o Catecismo para jovens que vos entreguei no Encontro Mundial de Madri, «tendes de conhecer a vossa fé como um especialista em informática domina o sistema operacional de um computador. Tendes de compreendê-la como um bom músico entende uma partitura. Sim, tendes de estar enraizados na fé ainda mais profundamente que a geração dos vossos pais, para enfrentar os desafios e as tentações deste tempo com força e determinação» (Prefácio). 9


MEnsagem do papa bento xvi para a XXVIII jmj

3. Ide! Jesus enviou os seus discípulos em missão com este mandato: «Ide pelo mundo inteiro e anunciai o Evangelho a toda criatura! Quem crer e for batizado será salvo» (Mc 16,15-16). Evangelizar significa levar aos outros a Boa Nova da salvação, e esta Boa Nova é uma pessoa: Jesus Cristo. Quando O encontro, quando descubro até que ponto sou amado por Deus e salvo por Ele, nasce em mim não apenas o desejo, mas a necessidade de fazê-lo conhecido pelos demais. No início do Evangelho de João, vemos como André, depois de ter encontrado Jesus, se apressa em conduzir a Ele seu irmão Simão (cf. 1,40-42). A evangelização sempre parte do encontro com o Senhor Jesus: quem se aproximou d’Ele e experimentou o seu amor, quer logo partilhar a beleza desse encontro e a alegria que nasce dessa amizade. Quanto mais conhecemos a Cristo, tanto mais queremos anunciá-lo. Quanto mais falamos com Ele, tanto mais queremos falar d’Ele. Quanto mais somos conquistados por Ele, tanto mais desejamos levar outras pessoas para Ele. Pelo Batismo, que nos gera para a vida nova, o Espírito Santo vem habitar em nós e inflama a nossa mente e o nosso coração: é Ele que nos guia para conhecer a Deus e entrar em uma amizade sempre mais profunda com Cristo. É o Espírito que nos impulsiona a fazer o bem, servindo os outros com o dom de nós mesmos. Depois, através do sacramento da Confirmação, somos fortalecidos pelos seus dons, para testemunhar de modo sempre mais maduro o Evangelho. Assim, o Espírito de amor é a alma da missão: Ele nos impele a sair de nós mesmos para «ir» e evangelizar. Queridos jovens, deixai-vos conduzir pela força do amor de Deus, deixai que este amor vença a tendência de fechar-se no próprio mundo, nos próprios problemas, nos próprios hábitos; tende a coragem de «sair» de vós mesmos para «ir» ao encontro dos outros e guiá-los ao encontro de Deus. 4. Alcançai todos os povos Cristo ressuscitado enviou os seus discípulos para dar testemunho de sua presença salvífica a todos os povos, porque Deus, no seu amor superabundante, quer que todos sejam salvos e ninguém se perca. Com 10


MEnsagem do papa bento xvi para a XXVIII jmj

o sacrifício de amor na Cruz, Jesus abriu o caminho para que todo homem e toda mulher possa conhecer a Deus e entrar em comunhão de amor com Ele. E constituiu uma comunidade de discípulos para levar o anúncio salvífico do Evangelho até os confins da terra, a fim de alcançar os homens e as mulheres de todos os lugares e de todos os tempos. Façamos nosso esse desejo de Deus! Queridos amigos, estendei o olhar e vede ao vosso redor: tantos jovens perderam o sentido da sua existência. Ide! Cristo precisa de também de vós. Deixai-vos envolver pelo seu amor, sede instrumentos desse amor imenso, para que alcance a todos, especialmente aos «afastados». Alguns encontram-se geograficamente distantes, enquanto outros estão longe porque a sua cultura não dá espaço para Deus; alguns ainda não acolheram o Evangelho pessoalmente, enquanto outros, apesar de o terem recebido, vivem como se Deus não existisse. A todos abramos a porta do nosso coração; procuremos entrar em diálogo com simplicidade e respeito: este diálogo, se vivido com uma amizade verdadeira, dará seus frutos. Os «povos», aos quais somos enviados, não são apenas os outros Países do mundo, mas também os diversos âmbitos de vida: as famílias, os bairros, os ambientes de estudo ou de trabalho, os grupos de amigos e os locais de lazer. O jubiloso anúncio do Evangelho se destina a todos os âmbitos da nossa vida, sem exceção. Gostaria de destacar dois campos, nos quais deve fazer-se ainda mais solícito o vosso empenho missionário. O primeiro é o das comunicações sociais, em particular o mundo da internet. Como tive já oportunidade de dizer-vos, queridos jovens, «senti-vos comprometidos a introduzir na cultura deste novo ambiente comunicador e informativo os valores sobre os quais assenta a vossa vida! [...] A vós, jovens, que vos encontrais quase espontaneamente em sintonia com estes novos meios de comunicação, compete de modo particular a tarefa da evangelização deste “continente digital”» (Mensagem para o XLIII Dia Mundial das Comunicações Sociais, 24 de maio de 2009). Aprendei, portanto, a usar com sabedoria este meio, levando em conta também os perigos que ele traz consigo, particularmente o risco da dependência, de confundir o mundo real com o virtual, de substituir o encontro e o diálogo direto com as pessoas por contatos na rede. 11


MEnsagem do papa bento xvi para a XXVIII jmj

O segundo campo é o da mobilidade. Hoje são sempre mais numerosos os jovens que viajam, seja por motivos de estudo ou de trabalho, seja por diversão. Mas penso também em todos os movimentos migratórios, que levam milhões de pessoas, frequentemente jovens, a se transferir e mudar de Região ou País, por razões econômicas ou sociais. Também estes fenômenos podem se tornar ocasiões providenciais para a difusão do Evangelho. Queridos jovens, não tenhais medo de testemunhar a vossa fé também nesses contextos: para aqueles com quem vos deparareis, é um dom precioso a comunicação da alegria do encontro com Cristo. 5. Fazei discípulos! Penso que já várias vezes experimentastes a dificuldade de envolver os jovens da vossa idade na experiência da fé. Frequentemente tereis constatado que em muitos deles, especialmente em certas fases do caminho da vida, existe o desejo de conhecer a Cristo e viver os valores do Evangelho, mas tal desejo é acompanhado pela sensação de ser inadequados e incapazes. Que fazer? Em primeiro lugar, a vossa solicitude e a simplicidade do vosso testemunho serão um canal através do qual Deus poderá tocar seu coração. O anúncio de Cristo não passa somente através das palavras, mas deve envolver toda a vida e traduzir-se em gestos de amor. A ação de evangelizar nasce do amor que Cristo infundiu em nós; por isso, o nosso amor deve conformar-se sempre mais ao d’Ele. Como o bom Samaritano, devemos manter-nos solidários com quem encontramos, sabendo escutar, compreender e ajudar, para conduzir, quem procura a verdade e o sentido da vida, à casa de Deus que é a Igreja, onde há esperança e salvação (cf. Lc 10,29-37). Queridos amigos, nunca esqueçais que o primeiro ato de amor que podeis fazer ao próximo é partilhar a fonte da nossa esperança: quem não dá Deus, dá muito pouco. Aos seus apóstolos, Jesus ordena: «Fazei discípulos meus todos os povos, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo, e ensinando-os a observar tudo o que vos ordenei» (Mt 28,19-20). Os meios que temos para «fazer discípulos» são principalmente o Batismo e a catequese. Isto significa que devemos conduzir as pessoas que estamos evangelizando ao encontro com Cristo vivo, particularmente 12


MEnsagem do papa bento xvi para a XXVIII jmj

na sua Palavra e nos Sacramentos: assim poderão crer n’Ele, conhecerão a Deus e viverão da sua graça. Gostaria que cada um de vós se perguntasse: Alguma vez tive a coragem de propor o Batismo a jovens que ainda não o receberam? Convidei alguém a seguir um caminho de descoberta da fé cristã? Queridos amigos, não tenhais medo de propor aos jovens da vossa idade o encontro com Cristo. Invocai o Espírito Santo: Ele vos guiará para entrardes sempre mais no conhecimento e no amor de Cristo, e vos tornará criativos na transmissão do Evangelho. 6. Firmes na fé Diante das dificuldades na missão de evangelizar, às vezes sereis tentados a dizer como o profeta Jeremias: «Ah! Senhor Deus, eu não sei falar, sou muito novo». Mas, também a vós, Deus responde: «Não digas que és muito novo; a todos a quem eu te enviar, irás» (Jr 1,6-7). Quando vos sentirdes inadequados, incapazes e frágeis para anunciar e testemunhar a fé, não tenhais medo. A evangelização não é uma iniciativa nossa nem depende primariamente dos nossos talentos, mas é uma resposta confiante e obediente à chamada de Deus, e portanto não se baseia sobre a nossa força, mas na d’Ele. Isso mesmo experimentou o apóstolo Paulo: «Trazemos esse tesouro em vasos de barro, para que todos reconheçam que este poder extraordinário vem de Deus e não de nós» (2 Cor 4,7). Por isso convido-vos a enraizar-vos na oração e nos sacramentos. A evangelização autêntica nasce sempre da oração e é sustentada por esta: para poder falar de Deus, devemos primeiro falar com Deus. E, na oração, confiamos ao Senhor as pessoas às quais somos enviados, suplicando-Lhe que toque o seu coração; pedimos ao Espírito Santo que nos torne seus instrumentos para a salvação dessas pessoas; pedimos a Cristo que coloque as palavras nos nossos lábios e faça de nós sinais do seu amor. E, de modo mais geral, rezamos pela missão de toda a Igreja, de acordo com a ordem explícita de Jesus: «Pedi, pois, ao dono da messe que envie trabalhadores para a sua colheita!» (Mt 9,38). Sabei encontrar na Eucaristia a fonte da vossa vida de fé e do vosso testemunho cristão, participando com fidelidade na Missa ao domingo e sempre que possível também durante a semana. Recorrei frequentemente ao sacramento 13


MEnsagem do papa bento xvi para a XXVIII jmj

da Reconciliação: é um encontro precioso com a misericórdia de Deus que nos acolhe, perdoa e renova os nossos corações na caridade. E, se ainda não o recebestes, não hesiteis em receber o sacramento da Confirmação ou Crisma preparando-vos com cuidado e solicitude. Junto com a Eucaristia, esse é o sacramento da missão, porque nos dá a força e o amor do Espírito Santo para professar sem medo a fé. Encorajo-vos ainda à prática da adoração eucarística: permanecer à escuta e em diálogo com Jesus presente no Santíssimo Sacramento, torna-se ponto de partida para um renovado impulso missionário. Se seguirdes este caminho, o próprio Cristo vos dará a capacidade de ser plenamente fiéis à sua Palavra e de testemunhá-Lo com lealdade e coragem. Algumas vezes sereis chamados a dar provas de perseverança, particularmente quando a Palavra de Deus suscitar reservas ou oposições. Em certas regiões do mundo, alguns de vós sofrem por não poder testemunhar publicamente a fé em Cristo, por falta de liberdade religiosa. E há quem já tenha pagado com a vida o preço da própria pertença à Igreja. Encorajo-vos a permanecer firmes na fé, certos de que Cristo está ao vosso lado em todas as provas. Ele vos repete: «Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguirem e, mentindo, disserem todo tipo de mal contra vós, por causa de mim. Alegrai-vos e exultai, porque será grande a vossa recompensa nos céus» (Mt 5,11-12). 7. Com toda a Igreja Queridos jovens, para permanecer firmes na confissão da fé cristã nos vários lugares onde sois enviados, precisais da Igreja. Ninguém pode ser testemunha do Evangelho sozinho. Jesus enviou em missão os seus discípulos juntos: o mandato «fazei discípulos» é formulado no plural. Assim, é sempre como membros da comunidade cristã que prestamos o nosso testemunho, e a nossa missão torna-se fecunda pela comunhão que vivemos na Igreja: seremos reconhecidos como discípulos de Cristo pela unidade e o amor que tivermos uns com os outros (cf. Jo 13,35). Agradeço ao Senhor pela preciosa obra de evangelização que realizam as nossas comunidades cristãs, as nossas paróquias, os 14


MEnsagem do papa bento xvi para a XXVIII jmj

nossos movimentos eclesiais. Os frutos desta evangelização pertencem a toda a Igreja: «um é o que semeia e outro o que colhe», dizia Jesus (Jo 4,37). A propósito, não posso deixar de dar graças pelo grande dom dos missionários, que dedicam toda a sua vida ao anúncio do Evangelho até os confins da terra. Do mesmo modo bendigo o Senhor pelos sacerdotes e os consagrados, que ofertam inteiramente as suas vidas para que Jesus Cristo seja anunciado e amado. Desejo aqui encorajar os jovens chamados por Deus a alguma dessas vocações, para que se comprometam com entusiasmo: «Há mais alegria em dar do que em receber!» (At 20,35). Àqueles que deixam tudo para segui-Lo, Jesus prometeu o cêntuplo e a vida eterna (cf. Mt 19,29). Dou graças também por todos os fiéis leigos que se empenham por viver o seu dia-a-dia como missão, nos diversos lugares onde se encontram, tanto em família como no trabalho, para que Cristo seja amado e cresça o Reino de Deus. Penso particularmente em quantos atuam no campo da educação, da saúde, do mundo empresarial, da política e da economia, e em tantos outros âmbitos do apostolado dos leigos. Cristo precisa do vosso empenho e do vosso testemunho. Que nada – nem as dificuldades, nem as incompreensões – vos faça renunciar a levar o Evangelho de Cristo aos lugares onde vos encontrais: cada um de vós é precioso no grande mosaico da evangelização! 8. «Aqui estou, Senhor!» Em suma, queridos jovens, queria vos convidar a escutar no íntimo de vós mesmos a chamada de Jesus para anunciar o seu Evangelho. Como mostra a grande estátua do Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, o seu coração está aberto para amar a todos sem distinção, e seus braços estendidos para alcançar a cada um. Sede vós o coração e os braços de Jesus. Ide testemunhar o seu amor, sede os novos missionários animados pelo seu amor e acolhimento. Segui o exemplo dos grandes missionários da Igreja, como São Francisco Xavier e muitos outros. No final da Jornada Mundial da Juventude em Madri, dei a bênção a alguns jovens de diferentes continentes que partiam em missão. Re15


MEnsagem do papa bento xvi para a XXVIII jmj

presentavam a multidão de jovens que, fazendo eco às palavras do profeta Isaías, diziam ao Senhor: «Aqui estou! Envia-me» (Is 6,8). A Igreja tem confiança em vós e vos está profundamente grata pela alegria e o dinamismo que trazeis: usai os vossos talentos generosamente ao serviço do anúncio do Evangelho. Sabemos que o Espírito Santo se dá a quantos, com humildade de coração, se tornam disponíveis para tal anúncio. E não tenhais medo! Jesus, Salvador do mundo, está conosco todos os dias, até o fim dos tempos (cf. Mt 28,20). Dirigido aos jovens de toda a terra, este apelo assume uma importância particular para vós, queridos jovens da América Latina. De fato, na V Conferência Geral do Episcopado Latino-Americano, realizada em Aparecida, no ano de 2007, os bispos lançaram uma «missão continental». E os jovens, que constituem a maioria da população naquele continente, representam uma força importante e preciosa para a Igreja e para a sociedade. Por isso sede vós os primeiros missionários. Agora que a Jornada Mundial da Juventude retorna à América Latina, exorto todos os jovens do continente: transmiti aos vossos coetâneos do mundo inteiro o entusiasmo da vossa fé. A Virgem Maria, Estrela da Nova Evangelização, também invocada sob os títulos de Nossa Senhora Aparecida e Nossa Senhora de Guadalupe, acompanhe cada um de vós em vossa missão de testemunhas do amor de Deus. A todos, com especial carinho, concedo a minha Bênção Apostólica. Vaticano, 18 de outubro de 2012. BENEDICTUS PP XVI

© Copyright 2012 - Libreria Editrice Vaticana

16


MENSAGEM DO ARCEBISPO DOM ORANI JOÃO TEMPESTA SOBRE A XXVIII JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE NO RIO DE JANEIRO, EM JULHO DE 2013

A

responsabilidade de sediarmos a Jornada Mundial da Juventude, o maior evento de juventude da Igreja Católica, que congrega jovens de todas as partes do mundo para um grande testemunho comunitário da nossa fé, em unidade com o Santo Padre, o Papa nos dá a oportunidade de saudar a você que, como peregrino chegou até nossa cidade com votos de Paz! Seja bem-vindo! A participação na liturgia, na recepção dos sacramentos, no aprofundamento das catequeses e na vivência da comunhão fraterna, realiza de forma visível a presença de Cristo no seu Corpo Místico - a Igreja. O entusiasmo juvenil demonstra como a presença de Deus na vida do jovem o transforma e o faz presença de transformação na sociedade, como sal, luz e fermento. Todos são chamados a “fazer discípulos entre as nações” pela palavra e pelo testemunho. A par desta perspectiva abrangente de comunidade, não se pode esquecer a dimensão pessoal do encontro com o Senhor que a Jornada proporciona. O Evangelho nos narra o episódio do jovem que se aproxima de Jesus e lhe pergunta, certamente atraído pela sua Pessoa e suas palavras: “Mestre, que devo fazer de bom para ter a vida eterna?” (Mt 19,16). Quantas indagações, anseios e questionamentos esta pergunta resume! Marcos acrescenta um detalhe: “Jesus fixou nele o olhar e o amou” (Mc 10,21). Somente depois é que Ele pede ao jovem aquele gesto de total desapego para poder segui-Lo. A nova evangelização supõe esse anúncio: em Cristo somos amados por Deus!

17


mensagem do arcebispo dom orani joão tempesta

Quando nos chama à vocação e à missão que tem reservadas para cada um de nós, Jesus nos atrai com Seu olhar amoroso. E então, nos propõe seguir o Seu caminho. Para fitarmos esse olhar e escutarmos a proposta do Senhor é preciso que nos aproximemos Dele. A Jornada Mundial da Juventude é uma grande e especial oportunidade para essa aproximação, através dos diversos momentos que nos são oferecidos para um encontro com Jesus. Seja através do irmão que celebra ao nosso lado a alegria da prece em forma de música, seja na profunda experiência de uma boa confissão e do encontro com o Senhor na Eucaristia, ou no silêncio fecundo dos momentos de adoração, Jesus fixa em nós o Seu olhar e nos ama. Assim, o peregrino da JMJ tem a oportunidade de se tornar discípulo missionário, permanentemente atraído pelo olhar de Jesus, colocando todos os talentos que possui a serviço dos irmãos, sabendo administrar as riquezas sem se deixar possuir por elas. A alegria do encontro com o Senhor que nos ama e a Quem amamos nos faz anunciadores alegres dessa vida aos nossos irmãos e irmãs. Seja bem-vindo você que agora nos lê! O Senhor o elegeu para estar aqui e conosco fazer esta bela experiência. Com os braços abertos do Cristo Redentor do alto do Corcovado, a Arquidiocese do Rio de Janeiro o acolhe com alegria! Deus seja louvado pela sua vinda e sua presença! Viva conosco estes belos e importantes dias. Que o espírito de peregrino que você traz em seu coração transborde em gestos concretos diante de um mundo que nos questiona e deseja ver sinais explícitos de valores cristãos em nossas vidas. Viver a Jornada em toda a sua riqueza é aproveitar cada uma das ocasiões para aprofundar a verdade e a beleza da nossa fé, que tantas gerações cultivaram e defenderam, até que chegasse a nós como o precioso depósito que ilumina nossas vidas e lhes dá sentido. Louvamos a Deus pela inspiração dada ao Beato Papa João Paulo II e pela escolha que o nosso amado Pontífice, Bento XVI, fez desta cidade para sediar a segunda JMJ da América Latina. Tudo isso nos leva ao compromisso de anunciar aquilo que experimentamos, com um testemunho coerente e sincero, capaz de reproduzir para o outro o olhar atraente de Jesus. Rio de Janeiro, 5 de janeiro de 2013 (Aos 200 dias antes da JMJ) X D. Orani João Tempesta, O. Cist. Arcebispo Metropolitano do Rio de Janeiro 18


Hino Oficial da JMJ 2013 “Esperança do Amanhecer”

Sou marcado desde sempre com o sinal do Redentor, que sobre o monte, o Corcovado, abraça o mundo com Seu amor. Cristo nos convida: “Venham, meus amigos!” Cristo nos envia: “Sejam missionários!” Juventude, primavera: esperança do amanhecer; quem escuta este chamado acolhe o dom de crer! Quem nos dera fosse a terra, fosse o mundo todo assim! Não à guerra, fora o ódio, só o bem e paz a não ter fim. Cristo nos convida: “Venham, meus amigos!” Cristo nos envia: “Sejam missionários!”

Do nascente ao poente, nossa casa não tem porta, nossa terra não tem cerca, nem limites o nosso amor! Espalhados pelo mundo, conservamos o mesmo ardor. É Tua graça que nos sustenta nos mantém fiéis a Ti, Senhor! Cristo nos convida: “Venham, meus amigos!” Cristo nos envia: “Sejam missionários!” Atendendo ao Teu chamado: “Vão e façam, entre as nações, um povo novo, em unidade, para mim seus corações!” Anunciar Teu Evangelho a toda gente é transformar o velho homem em novo homem em mundo novo que vai chegar.

19


21 de julho | Domingo LITURGIA DAS HORAS

16o domingo do tempo comum da IV Semana do Saltério

I Vésperas V. Vinde, ó Deus em meu auxílio. R. Socorrei-me sem demora. Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Aleluia. Hino Ó Deus, fonte de todas as coisas,  vós enchestes o mundo de dons  e, depois de criar o universo,  concluístes que tudo era bom.  Terminando tão grande trabalho,  decidistes entrar em repouso,  ensinando aos que cansam na luta,  que o descanso é também dom precioso.  Concedei aos mortais que suplicam,  os seus erros lavarem no pranto  e andarem nos vossos caminhos,  descobrindo da vida o encanto.  Deste modo, ao chegar para a terra  a aflição do temível Juiz,  possam todos, repletos de paz,  se alegrar pela vida feliz.  Esse dom concedei-nos, Deus Pai,  pelo Filho Jesus, Sumo Bem,  no Espírito Santo Paráclito,  que reinais para sempre. Amém.  20


21 de julho | DOMINGO

Salmodia Ant. 1 Rogai que viva em paz Jerusalém.  Salmo 121(122)  Jerusalém, cidade santa 

Vós vos aproximastes do monte Sião e da cidade do Deus vivo, a Jerusalém celeste (Hb 12,22).

–1 Que alegria, quando ouvi que me disseram: *  ‘Vamos à casa do Senhor!’  –2 E agora nossos pés já se detêm, * Jerusalém, em tuas portas. –3 Jerusalém, cidade bem edificada *  num conjunto harmonioso;  –4 para lá sobem as tribos de Israel, *  as tribos do Senhor. – Para louvar, segundo a lei de Israel, *  o nome do Senhor. –5 A sede da justiça lá está *  e o trono de Davi.  –6 Rogai que viva em paz Jerusalém, * e em segurança os que te amam!  –7 Que a paz habite dentro de teus muros, *  tranqüilidade em teus palácios!  –8 Por amor a meus irmãos e meus amigos, *  peço: ‘A paz esteja em ti!’  –9 Pelo amor que tenho à casa do Senhor, *  eu te desejo todo bem! – Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *  Como era no princípio, agora e sempre. Amém. 21


LITURGIA DAS HORAS

Ant. Rogai que viva em paz Jerusalém. Ant. 2 Desde a aurora até à noite no Senhor ponho a esperança.  Salmo 129(130)  Das profundezas eu clamo 

Ele vai salvar o seu povo dos seus pecados (Mt 1,21).

–1 Das profundezas eu clamo a vós, Senhor, *  2  escutai a minha voz!  – Vossos ouvidos estejam bem atentos *  ao clamor da minha prece!  –3 Se levardes em conta nossas faltas, *  quem haverá de subsistir?  –4 Mas em vós se encontra o perdão, * eu vos temo e em vós espero.  –5 No Senhor ponho a minha esperança, *  espero em sua palavra.  –6 A minh’alma espera no Senhor *  mais que o vigia pela aurora.  –7 Espere Israel pelo Senhor *  mais que o vigia pela aurora!  – Pois no Senhor se encontra toda graça *  e copiosa redenção.  –8 Ele vem libertar a Israel *  de toda a sua culpa. – Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *  Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Ant. Desde a aurora até à noite no Senhor ponho a esperança.  Ant. 3 Ao nome de Jesus nosso Senhor se dobre reverente todo joelho seja nos céus, seja na terra ou nos abismos.  22


21 de julho | DOMINGO

Cântico Fl 2,6-11 Cristo, o Servo de Deus  =6 Embora fosse de divina condição, † Cristo Jesus não se apegou ciosamente *  a ser igual em natureza a Deus Pai.  (R. Jesus Cristo é Senhor para a glória de Deus Pai!)  =7 Porém esvaziou-se de sua glória † e assumiu a condição de um escravo,* fazendo-se aos homens semelhante. (R.)  = Reconhecido exteriormente como homem, †  humilhou-se, obedecendo até à morte, *  até à morte humilhante numa cruz. (R.) 

8

=9 Por isso Deus o exaltou sobremaneira †  e deu-lhe o nome mais excelso, mais sublime, *  e elevado muito acima de outro nome. (R.)  =10 Para que perante o nome de Jesus † se dobre reverente todo joelho, *  seja nos céus, seja na terra ou nos abismos. (R.)  =1 E toda língua reconheça, confessando, †  para a glória de Deus Pai e seu louvor: *  ‘Na verdade Jesus Cristo é o Senhor!’ (R.) – Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *  Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Ant. Ao nome de Jesus nosso Senhor se dobre reverente todo joelho seja nos céus, seja na terra ou nos abismos. 

23


LITURGIA DAS HORAS

Leitura breve 2Pd 1,19-21 Assim se nos tornou ainda mais firme a palavra da profecia, que fazeis bem em ter diante dos olhos, como lâmpada que brilha em lugar escuro, até clarear o dia e levantar-se a estrela da manhã em vossos corações. Pois deveis saber, antes de tudo, que nenhuma profecia da Escritura é objeto de interpretação pessoal, visto que jamais uma profecia foi proferida por vontade humana. Mas foi sob o impulso do Espírito Santo que homens falaram da parte de Deus.  Responsório breve  R. Do nascer do sol até o seu ocaso, *Louvado seja o nome do Senhor! R. Do nascer do sol até o seu ocaso,  V. Sua glória vai além dos altos céus. *Louvado seja o nome do Senhor! – Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *  R. Do nascer do sol até o seu ocaso, Louvado seja o nome do Senhor! Cântico evangélico Magnificat Ant. Jesus entrou em uma aldeia e Marta o hospedou em sua casa, e o servia. Pág. 291 Preces Invoquemos a Jesus Cristo, alegria de todos os que nele esperam; e digamos:  R. Ouvi-nos, Senhor, e atendei-nos!  Testemunha fiel e primogênito dentre os mortos, que nos purificastes do pecado com o vosso sangue,  – fazei-nos sempre lembrar as vossas maravilhas. R.

24


21 de julho | DOMINGO

Aqueles que escolhestes como mensageiros do vosso evangelho, – tornai-os fiéis e zelosos administradores dos mistérios do reino. R. Rei da paz, mandai o vosso Espírito sobre aqueles que governam os povos,  – a fim de que olhem com mais atenção para os pobres e necessitados. R. Socorrei os que são vítimas da discriminação por causa da raça, cor,condição, língua ou religião,  – e fazei que sejam reconhecidos os seus direitos e a sua dignidade. R. (intenções livres) Aos que morreram em vosso amor, tornai participantes da felicidade eterna,  – juntamente com a Virgem Maria e todos os santos.R. Pai nosso. Oração Ó Deus, sede generoso para com os vossos filhos e filhas e multiplicai em nós os dons da vossa graça, para que, repletos de fé, esperança e caridade, guardemos fielmente os vossos mandamentos. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Conclusão da Hora O Senhor nos abençoe, nos livre de todo o mal e nos conduza à vida eterna. Amém.

25


LITURGIA DAS HORAS

Laudes V. Vinde, ó Deus, em meu auxílio. R. Socorrei-me sem demora. Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. Como era no princípio, agora e sempre. Amém. (Aleluia) Hino Eis que da noite já foge a sombra  e a luz da aurora refulge, ardente.  Nós, reunidos, a Deus oremos  e invoquemos o Onipotente.  Deus, compassivo, nos salve a todos  e nos afaste de todo o mal.  O Pai bondoso, por sua graça,  nos dê o reino celestial.  Assim nos ouça o Deus Uno e Trino,  Pai, Filho e Espírito Consolador. Por toda a terra vibram acordes  dum canto novo em seu louvor. Salmodia  Ant. 1 Dai graças ao Senhor, porque ele é bom!Eterna é a sua misericórdia. Aleluia. †   Salmo 117(118)  Canto de alegria e salvação 

Ele é a pedra, que vós, os construtores, desprezastes, e que se tornou a pedra angular (At 4,11).

–1 Dai graças ao Senhor, porque ele é bom! *  ‘Eterna é a sua misericórdia!’  –2 † A casa de Israel agora o diga: *  ‘Eterna é a sua misericórdia!’  26


21 de julho | DOMINGO

–3 A casa de Aarão agora o diga: *  ‘Eterna é a sua misericórdia!’  –4 Os que temem o Senhor agora o digam: *  ‘Eterna é a sua misericórdia!’  –5 Na minha angústia eu clamei pelo Senhor, *  e o Senhor me atendeu e libertou!  –6 O Senhor está comigo, nada temo; *  o que pode contra mim um ser humano?  –7 O Senhor está comigo, é o meu auxílio, *  hei de ver meus inimigos humilhados.  –8 ‘É melhor buscar refúgio no Senhor, *  do que pôr no ser humano a esperança;  –9 é melhor buscar refúgio no Senhor, *  do que contar com os poderosos deste mundo!›  –10 Povos pagãos me rodearam todos eles, *  mas em nome do Senhor os derrotei;  –11 de todo lado todos eles me cercaram, *  mas em nome do Senhor os derrotei;  =12 como um enxame de abelhas me atacaram, †  como um fogo de espinhos me queimaram, *  mas em nome do Senhor os derrotei.  –13 Empurraram-me, tentando derrubar-me, *  mas veio o Senhor em meu socorro.  –14 O Senhor é minha força e o meu canto, *  e tornou-se para mim o Salvador. –15 ‘Clamores de alegria e de vitória *  ressoem pelas tendas dos fiéis. –  =16 A mão direita do Senhor fez maravilhas, †  a mão direita do Senhor me levantou, * a mão direita do Senhor fez maravilhas!’  –17 Não morrerei, mas, ao contrário, viverei *  para cantar as grandes obras do Senhor!  27


LITURGIA DAS HORAS

–18 O Senhor severamente me provou, *  mas não me abandonou às mãos da morte.  –19 Abri-me vós, abri-me as portas da justiça; *  quero entrar para dar graças ao Senhor!  –20 ‘Sim, esta é a porta do Senhor, *  por ela só os justos entrarão!’  –21 Dou-vos graças, ó Senhor, porque me ouvistes *  e vos tornastes para mim o Salvador!  –22 ‘A pedra que os pedreiros rejeitaram, *  tornou-se agora a pedra angular. –23 Pelo Senhor é que foi feito tudo isso: *  Que maravilhas ele fez a nossos olhos!  –24 Este é o dia que o Senhor fez para nós, *  alegremo-nos e nele exultemos!  –25 Ó Senhor, dai-nos a vossa salvação, *  ó Senhor, dai-nos também prosperidade!›  –26 Bendito seja, em nome do Senhor, *  aquele que em seus átrios vai entrando!  – Desta casa do Senhor vos bendizemos. *  27  Que o Senhor e nosso Deus nos ilumine!  – Empunhai ramos nas mãos, formai cortejo, *  aproximai-vos do altar, até bem perto!  –28 Vós sois meu Deus, eu vos bendigo e agradeço! *  Vós sois meu Deus, eu vos exalto com louvores!  –29 Dai graças ao Senhor, porque ele é bom! *  ‘Eterna é a sua misericórdia!’  – Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *  Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Ant. Dai graças ao Senhor, porque ele é bom!Eterna é a sua misericórdia. Aleluia. †  Ant. 2 Obras todas do Senhor, aleluia, bendizei o Senhor, aleluia!  28


21 de julho | DOMINGO

Cântico Dn 3,52-57 Louvor das criaturas ao Senhor  O Criador é bendito para sempre (Rm 1,25).

–52 Sede bendito, Senhor Deus de nossos pais. *  A vós louvor, honra e glória eternamente!   Sede bendito, nome santo e glorioso. *  A vós louvor, honra e glória eternamente!  –53 No templo santo onde refulge a vossa glória. *  A vós louvor, honra e glória eternamente!  –54 E em vosso trono de poder vitorioso. *  A vós louvor, honra e glória eternamente!  –55 Sede bendito, que sondais as profundezas. *  A vós louvor, honra e glória eternamente!  – E superior aos querubins vos assentais. *  A vós louvor, honra e glória eternamente!  –56 Sede bendito no celeste firmamento. *  A vós louvor, honra e glória eternamente!  –57 Obras todas do Senhor, glorificai-o. *  A Ele louvor, honra e glória eternamente! – Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *  Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Ant. Obras todas do Senhor, aleluia, bendizei o Senhor, aleluia!  Ant. 3 Louve a Deus tudo o que vive e que respira, aleluia!  Salmo 150  Louvai o Senhor 

Salmodiai com o espírito e salmodiai com a mente, isto é: glorificai a Deus com a alma e o corpo (Hesíquio).

–1 Louvai o Senhor Deus no santuário, *  louvai-o no alto céu de seu poder! 

29


LITURGIA DAS HORAS

–2 Louvai-o por seus feitos grandiosos, *  louvai-o em sua grandeza majestosa!  –3 Louvai-o com o toque da trombeta, *  louvai-o com a harpa e com a cítara!  –4 Louvai-o com a dança e o tambor, *  louvai-o com as cordas e as flautas!  –5 Louvai-o com os címbalos sonoros, *  louvai-o com os címbalos de júbilo!  – Louve a Deus tudo o que vive e que respira, *  tudo cante os louvores do Senhor! – Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *  Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Ant. Louve a Deus tudo o que vive e que respira, aleluia!  Leitura breve 2Tm 2,8.11-13  Lembra-te de Jesus Cristo, da descendência de Davi, ressuscitado dentre os mortos.  Merece fé esta palavra: se com ele morremos, com ele viveremos. Se com ele ficamos firmes, com ele reinaremos. Se nós o negamos, também ele nos negará. Se lhe somos infiéis, ele permanece fiel, pois não pode negar-se a si mesmo.  Responsório breve  R. Nós vos louvamos, dando graças, ó Senhor, *Dando graças, invocamos vosso nome.  R. Nós vos louvamos, dando graças, ó Senhor,  V. E publicamos os prodígios que fizestes. *Dando graças, invocamos vosso nome Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. R. Nós vos louvamos, dando graças, ó Senhor, Dando graças, invocamos vosso nome

30


21 de julho | DOMINGO

Cântico Evangélico Benedictus Ant. Maria, irmã de Marta, sentada aos pés do Mestre, escutava sua palavra. Pág. 291

Preces Ao Deus de todo poder e bondade, que nos ama e sabe do que temos necessidade, abramos o coração com alegria; e o aclamemos com louvores, dizendo:  R. Nós vos louvamos, Senhor, e em vós confiamos!  Nós vos bendizemos, Deus todo-poderoso e Rei do universo, porque, mesmo sendo pecadores, viestes à nossa procura,  – para conhecermos vossa verdade e servirmos à vossa majestade.  Deus, que abristes para nós as portas da vossa misericórdia,  – não nos deixeis jamais afastar do caminho da vida. R. Ao celebrar a ressurreição do vosso amado Filho,  – fazei que este dia transcorra para nós cheio de alegria espiritual. R. Dai, Senhor, a vossos fiéis o espírito de oração e de louvor,  – para que vos demos graças sempre e em todas as coisas. R. (intenções livres) Pai nosso.

31


LITURGIA DAS HORAS

Oração Ó Deus, sede generoso para com os vossos filhos e filhas e multiplicai em nós os dons da vossa graça, para que, repletos de fé, esperança e caridade, guardemos fielmente os vossos mandamentos. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Conclusão da Hora O Senhor nos abençoe, nos livre de todo o mal e nos conduza à vida eterna. Amém.

Hora Média

Oração das Doze Horas (hora sexta)

V. Vinde, ó Deus, em meu auxílio. R. Socorrei-me sem demora. Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Aleluia. Hino O louvor de Deus cantemos com fervor no coração, pois agora a hora sexta nos convida à oração. Nesta hora foi-nos dada gloriosa salvação pela morte do Cordeiro, que na cruz trouxe o perdão. Ante o brilho de tal luz se faz sombra o meio-dia. Tanta graça e tanto brilho vinde haurir, com alegria. Seja dada a glória ao Pai e ao Unigênito também, com o Espírito Paráclito, pelos séculos. Amém. 32


21 de julho | DOMINGO

Salmodia Ant. 1 Quem comer deste pão viverá eternamente. Salmo 22(23) O Bom Pastor 

O Cordeiro será o seu pastor e os conduzirá até às fontes da água viva (Ap 7,17).

–1 O Senhor é o pastor que me conduz; *  não me falta coisa alguma.  –2 Pelos prados e campinas verdejantes *  ele me leva a descansar. – Para as águas repousantes me encaminha, *  3  e restaura as minhas forças.  – Ele me guia no caminho mais seguro, *  pela honra do seu nome.  –4 Mesmo que eu passe pelo vale tenebroso, *  nenhum mal eu temerei;  – estais comigo com bastão e com cajado; *  eles me dão a segurança!  –5 Preparais à minha frente uma mesa, *  bem à vista do inimigo,  – e com óleo vós ungis minha cabeça; *  o meu cálice transborda.  –6 Felicidade e todo bem hão de seguir-me *  por toda a minha vida;  – e, na casa do Senhor, habitarei *  pelos tempos infinitos. – Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *  Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Ant. Quem comer deste pão viverá eternamente. Aleluia Ant. 2 O Senhor há de vir para ser glorificado e admirado nos seus santos. Aleluia.  33


LITURGIA DAS HORAS

Salmo 75(76) Ação de graças pela vitória 

Verão o Filho do Homem vindo sobre as nuvens do céu (Mt 24,30).

I

–2 Em Judá o Senhor Deus é conhecido, *  e seu nome é grandioso em Israel.  –3 Em Salém ele fixou a sua tenda, * em Sião edificou sua morada.  –4 E ali quebrou os arcos e as flechas, *  os escudos, as espadas e outras armas.  –5 Resplendente e majestoso apareceis *  sobre montes de despojos conquistados. =6 Despojastes os guerreiros valorosos †  que já dormem o seu sono derradeiro, *  incapazes de apelar para os seus braços.  –7 Ante as vossas ameaças, ó Senhor, *  estarreceram-se os caros e os cavalos. – Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *  Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Ant. O Senhor há de vir para ser glorificado e admirado nos seus santos. Aleluia.  Ant. 3 Ao vosso Deus fazei promessas e as cumpri; ao Senhor trazei ofertas, aleluia.  II

34

–8 Sois terrível, realmente, Senhor Deus! *  E quem pode resistir à vossa ira?  –9 Lá do céu pronunciastes a sentença, *  e a terra apavorou-se e emudeceu,  –10 quando Deus se levantou para julgar *  e libertar os oprimidos desta terra. 


21 de julho | DOMINGO

–11 Mesmo a revolta dos mortais vos dará glória, *  e os que sobraram do furor vos louvarão.  –12 Ao vosso Deus fazei promessas e as cumpri; *  vós que o cercais, trazei ofertas ao Terrível;  –13 ele esmaga os reis da terra em seu orgulho, *  e faz tremer os poderosos deste mundo! – Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *  Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Ant. Ao vosso Deus fazei promessas e as cumpri; ao Senhor trazei ofertas, aleluia.   Leitura breve Dt 10,12 O que é que o Senhor teu Deus te pede? Apenas que o temas e andes em seus caminhos; que ames e sirvas ao Senhor teu Deus, com todo o teu coração e com toda atua alma. V. Senhor, quem morará em vossa casa, e em vosso Monte santo habitará? R. É aquele que caminha sem pecado, e que pensa a verdade no seu íntimo. Oração Ó Deus, sede generoso para com os vossos filhos e filhas e multiplicai em nós os dons da vossa graça, para que, repletos de fé, esperança e caridade, guardemos fielmente os vossos mandamentos. Por Cristo, nosso Senhor. Conclusão da Hora V. Bendigamos ao Senhor. R. Graças a Deus.

35


LITURGIA DAS HORAS

II Vésperas V. Vinde, ó Deus, em meu auxílio. R. Socorrei-me sem demora.  Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Hino  Ó luz, ó Deus Trindade,  ó Unidade e fonte:  na luz do sol que morre,  a vossa em nós desponte.  A vós de madrugada,  de tarde vos cantamos;  a vós na eternidade,  louvar sem fim possamos.  Ao Pai e ao Filho glória,  ao Espírito também,  louvor, honra e vitória  agora e sempre. Amém.  Salmodia  Ant. 1 Na glória e esplendor da santidade, eu te gerei antes da aurora, aleluia.  Salmo 109(110), 1-5. 7  O Messias, Rei e Sacerdote 

É preciso que ele reine, até que todos os seus inimigos estejam debaixo de seus pés (1Cor 15,25). 

–1 Palavra do Senhor ao meu Senhor: * ‘Assenta-te ao meu lado direito  36


21 de julho | DOMINGO

– até que eu ponha os inimigos teus * como escabelo por debaixo de teus pés!’  =2 O Senhor estenderá desde Sião † vosso cetro de poder, pois Ele diz: * ‘Domina com vigor teus inimigos;  =3 tu és príncipe desde o dia em que nasceste; †  na glória e esplendor da santidade, *  como o orvalho, antes da aurora, eu te gerei!’  =4 Jurou o Senhor e manterá sua palavra: †  ‘Tu és sacerdote eternamente, *  segundo a ordem do rei Melquisedec!’  –5 À vossa destra está o Senhor, Ele vos diz: *  ‹No dia da ira esmagarás os reis da terra!  –7 Beberás água corrente no caminho, *  por isso seguirás de fronte erguida!’  – Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *  Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Ant. Na glória e esplendor da santidade, eu te gerei antes da aurora, aleluia.  Ant. 2 Felizes os famintos e sedentos de justiça: serão todos saciados.  Salmo 111(112)  A felicidade do justo 

Vivei como filhos da luz. E o fruto da luz chama-se: bondade, justiça, verdade (Ef 5,8-9).

–1 Feliz o homem que respeita o Senhor *  e que ama com carinho a sua lei!  –2 Sua descendência será forte sobre a terra, *  abençoada a geração dos homens retos!  –3 Haverá glória e riqueza em sua casa, *  37


LITURGIA DAS HORAS

e permanece para sempre o bem que fez. –4 Ele é correto, generoso e compassivo, *  como luz brilha nas trevas para os justos.  –5 Feliz o homem caridoso e prestativo, *  que resolve seus negócios com justiça.  –6 Porque jamais vacilará o homem reto, *  sua lembrança permanece eternamente!  –7 Ele não teme receber notícias más: *  confiando em Deus, seu coração está seguro.  –8 Seu coração está tranquilo e nada teme, *  e confusos há de ver seus inimigos.  =9 Ele reparte com os pobres os seus bens, †  permanece para sempre o bem que fez, *  e crescerão a sua glória e seu poder. =10 O ímpio, vendo isto, se enfurece, †  range os dentes e de inveja se consome; *  mas os desejos do malvado dão em nada. – Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *  Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Ant. Felizes os famintos e sedentos de justiça: serão todos saciados.  Ant. 3 Celebrai o nosso Deus, servidores do Senhor, vós os grandes e os pequenos! Aleluia.  No cântico seguinte dizem-se os Aleluias entre parênteses somente quando se canta; na recitação, basta dizer os Aleluias no começo, entre as estrofes e no fim.

38


21 de julho | DOMINGO

Cântico Cf. Ap 19,1-2.5-7 As núpcias do Cordeiro  = Aleluia, (Aleluia!). 1  Ao nosso Deus a salvação, *  honra, glória e poder! (Aleluia!). –2 Pois são verdade e justiça *  os juízos do Senhor. R. Aleluia, (Aleluia!). = Aleluia, (Aleluia!). Celebrai o nosso Deus, *  servidores do Senhor! (Aleluia!). – E vós todos que o temeis, *  vós os grandes e os pequenos!  R. Aleluia, (Aleluia!).

5

= Aleluia, (Aleluia!). De seu reino tomou posse *  nosso Deus onipotente! (Aleluia!). –7 Exultemos de alegria, * demos glória ao nosso Deus!  R. Aleluia, (Aleluia!).

6

= Aleluia, (Aleluia!). Eis que as núpcias do Cordeiro *  redivivo se aproximam! (Aleluia!). – Sua Esposa se enfeitou, *  se vestiu de linho puro.  R. Aleluia, (Aleluia!). Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *  Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Ant. Celebrai o nosso Deus, servidores do Senhor, vós os grandes e os pequenos! Aleluia. 

39


LITURGIA DAS HORAS

Leitura breve Hb 12,22-24 Vós vos aproximastes do monte Sião e da cidade do Deus vivo, a Jerusalém celeste; da reunião festiva de milhões de anjos; da assembleia dos primogênitos, cujos nomes estão escritos nos céus; de Deus, o Juiz de todos; dos espíritos dos justos, que chegaram à perfeição; de Jesus, mediador da nova aliança, e da aspersão do sangue mais eloquente que o de Abel.  Responsório breve  R. É grande o Senhor, *E é grande o seu poder. R. É grande o Senhor,  V. Seu saber é sem limites. *E é grande o seu poder Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. R. É grande o Senhor, E é grande o seu poder. Cântico evangélico Magnificat Ant. Maria escolheu a parte melhor que não lhe será tirada jamais. Pág. 291

Preces Alegramo-nos no Senhor, de quem procede todo bem. Por isso, peçamos de coração sincero:  R. Ouvi, Senhor, a nossa oração!  Pai e Senhor do universo, que enviastes vosso Filho ao mundo para que em toda parte fosse glorificado o vosso nome,  – confirmai o testemunho da vossa Igreja entre os povos. R.

40


21 de julho | DOMINGO

Fazei-nos dóceis à pregação dos apóstolos, – para vivermos de acordo com a verdade da nossa fé. R. Vós, que amais os justos,  – fazei justiça aos oprimidos. R. Libertai os prisioneiros e abri os olhos aos cegos,  – levantai os que caíram e protegei os estrangeiros. R. (intenções livres)  Realizai a promessa feita aos que adormeceram na vossa paz,  – e fazei que alcancem, por vosso Filho, a santa ressurreição. R. Pai nosso.  Oração Ó Deus, sede generoso para com os vossos filhos e filhas e multiplicai em nós os dons da vossa graça, para que, repletos de fé, esperança e caridade, guardemos fielmente os vossos mandamentos. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Conclusão da Hora O Senhor nos abençoe, nos livre de todo o mal e nos conduza à vida eterna. Amém.

41


MISSA DO DIA

MISSA DO DIA

16° Domingo do Tempo Comum

Partes fixas da missa Pág. 275 Antífona da entrada É Deus quem me ajuda, é o Senhor quem defende a minha vida. Senhor, de todo o coração hei de vos oferecer o sacrifício, e dar graças ao vosso nome, porque sois bom. Oração do dia Ó Deus, sede generoso para com os vossos filhos e filhas e multiplicai em nós os dons da vossa graça, para que repletos de fé, esperança e caridade, guardemos fielmente os vossos mandamentos. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. T: Amém. LITURGIA DA PALAVRA 1ª LEITURA Gen 18, 1-10a Leitura do livro Gênesis Naqueles dias, 1o Senhor apareceu a Abraão junto ao carvalho de Mambré, quando ele estava sentado à entrada de sua tenda, no maior calor do dia. 2Levantando os olhos, Abraão viu três homens de pé, perto dele. Assim que os viu, correu ao seu encontro e prostrou-se por terra. 3E disse: “Meu Senhor, se ganhei tua amizade, peço-te que não prossigas viagem, sem parar junto a mim, teu servo. 4Mandarei trazer um pouco de água para vos lavar os pés, e descansareis debaixo da árvore. 5Farei servir um pouco de pão para refazerdes vossas forças, antes de continuar a viagem. Pois foi para isso mesmo que vos apro-

42


21 de julho | DOMINGO

ximastes do vosso servo”. Eles responderam: “Faze como disseste”. 6 Abraão entrou logo na tenda, onde estava Sara, e lhe disse: “Toma depressa três medidas da mais fina farinha, amassa alguns pães e assa-os”.7Depois, Abraão correu até o rebanho, pegou um bezerro dos mais tenros e melhores, e deu-o a um criado, para que o preparasse sem demora.8A seguir, foi buscar coalhada, leite e o bezerro assado, e pôs tudo diante deles. Abraão, porém, permaneceu de pé, junto deles, debaixo da árvore, enquanto comiam. 9E eles lhe perguntaram: “Onde está Sara, tua mulher?” “Está na tenda”, respondeu ele.10aE um deles disse: “Voltarei, sem falta, no ano que vem, por este tempo, e Sara, tua mulher, já terá um filho”. Palavra do Senhor. T: Graças a Deus. SALMO RESPONSORIAL Sl 14 (15), 2-3ab.3cd-4ab.5 Senhor, quem morará em vossa casa? T: Senhor, quem morará em vossa casa? É aquele que caminha sem pecado e pratica a justiça fielmente; que pensa a verdade no seu íntimo e não solta em calúnias sua língua. Que em nada prejudica seu irmão, nem cobre de insultos seu vizinho; que não dá valor algum ao homem ímpio, mas honra os que respeitam o Senhor. Não empresta o seu dinheiro com usura, nem se deixa subornar contra o inocente. Jamais vacilará quem vive assim!

43


MISSA DO DIA

2ª LEITURA Col 1, 24-28 Leitura da carta de Paulo aos Colossenses Irmãos: 24Alegro-me de tudo o que já sofri por vós e procuro completar na minha própria carne o que falta das tribulações de Cristo, em solidariedade com o seu corpo, isto é, a Igreja. .25A ela eu sirvo, exercendo o cargo que Deus me confiou de vos transmitir a palavra de Deus em sua plenitude: 26o mistério escondido por séculos e gerações, mas agora revelado aos seus santos. 27A estes Deus quis manifestar como é rico e glorioso entre as nações este mistério: a presença de Cristo em vós, a esperança da glória.28Nós o anunciamos, admoestando a todos e ensinando a todos, com toda a sabedoria, para a todos tornar perfeitos em sua união com Cristo. Palavra do Senhor. T: Graças a Deus.

ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO Refrão: Aleluia. Felizes os que recebem a palavra de Deus de coração sincero e generoso e produzem fruto pela perseverança.

EVANGELHO Lc 10, 38-42 Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas Naquele tempo, 38Jesus entrou num povoado, e certa mulher, de nome Marta, recebeu-o em sua casa. 39Sua irmã, chamada Maria,

44


21 de julho | DOMINGO

sentou-se aos pés do Senhor, e escutava sua palavra. 40Marta, porém, estava ocupada com muitos afazeres. Ela aproximou-se e disse: “Senhor, não te importas que minha irmã me deixe sozinha, com todo o serviço? Manda que ela me venha ajudar!” 41 O Senhor, porém, lhe respondeu: “Marta, Marta! Tu te preocupas e andas agitada por muitas coisas. 42Porém, uma só coisa é necessária. Maria escolheu a melhor parte e esta não lhe será tirada”. Palavra da Salvação. T: Gloria a vós, Senhor. HOMILIA Oração sobre as oferendas Ó Deus, que no sacrifício da cruz, único e perfeito, levaste à plenitude os sacrifícios da Antiga Aliança, santificai, como o de Abel, o nosso sacrifício, para que os dons que cada um trouxe em vossa honra possam servir para a salvação de todos. Por Cristo, nosso Senhor. T: Amém. Antífona da comunhão O Senhor bom e clemente nos deixou a lembrança de suas grandes maravilhas. Ele dá o alimento aos que o temem. Oração depois da comunhão Ó Deus, permanecei junto ao povo que iniciastes nos sacramentos do vosso reino, para que, despojando-nos do velho homem, passemos a uma vida nova. Por Cristo, nosso Senhor. T: Amém.

45


22 de julho | Segunda-feira LITURGIA DAS HORAS

Santa Maria Madalena – memória

Laudes V. Vinde, ó Deus, em meu auxílio. R. Socorrei-me sem demora. Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Aleluia. Hino Luminosa, a aurora desperta  e o triunfo de Cristo anuncia.  Tu, porém, amorosa, procuras  ver e ungir o seu Corpo, ó Maria.  Quando o buscas, correndo ansiosa,  vês o anjo envolvido em luz forte;  ele diz que o Senhor está vivo  e quebrou as cadeias da morte.  Mas amor tão intenso prepara  para ti recompensa maior:  crês falar com algum jardineiro,  quando escutas a voz do Senhor. Estiveste de pé junto à cruz,  com a Virgem das Dores unida;  testemunha e primeira enviada  és agora do Mestre da vida.  Bela flor de Mágdala, ferida  pelo amor da divina verdade,  faze arder o fiel coração com o fogo de tal caridade.  46


22 de julho | SEGUNDA-FEIRA

Dai-nos, Cristo, imitarmos Maria em amor tão intenso, também,  para um dia nos céus entoarmos  vossa glória nos séculos. Amém. Salmodia Ant. 1 No dia primeiro da semana, Maria Madalena veio cedo, quando ainda estava bem escuro, para ver a sepultura de Jesus. Salmo 62 (63), 2-9. Sede de Deus

Vigia diante de Deus, quem rejeita as obras das trevas (cf. 1Ts 5,5)

– Sois vós, ó Senhor, o meu Deus!*  Desde a aurora ansioso vos busco!  = A minh›alma tem sede de vós,+ minha carne também vos deseja,* como terra sedenta e sem água! – Venho, assim, contemplar-vos no templo,* para ver vossa glória e poder. – Vosso amor vale mais do que a vida:* e por isso meus lábios vos louvam. – Quero, pois, vos louvar pela vida,* e elevar para vós minhas mãos! – A minh›alma será saciada,* como em grande banquete de festa; – cantará a alegria em meus lábios,* ao cantar para vós meu louvor! – Penso em vós no meu leito, de noite,* nas vigílias suspiro por vós! – Para mim fostes sempre um socorro;* de vossas asas à sombra eu exulto! – Minha alma se agarra em vós;* com poder vossa mão me sustenta.  47


LITURGIA DAS HORAS

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Ant. No dia primeiro da semana, Maria Madalena veio cedo, quando ainda estava bem escuro, para ver a sepultura de Jesus. Ant. 2 Meu coração arde no peito, quero ver o meu Senhor! Eu procuro e não encontro o lugar onde o puseram. Aleluia. No cântico que se segue o refrão entre parênteses é opcional.

Cântico Dn 3,57-88.56 Louvor das criaturas ao Senhor

Louvai o nosso Deus, todos os seus servos (Ap 19,5)

– Obras do Senhor, bendizei o Senhor,* louvai-o e exaltai-o pelos séculos sem fim! – Céus, bendizei o Senhor! Anjos do Senhor, bendizei o Senhor! (R. Louvai-o e exaltai-o pelos séculos sem fim! Ou R. A ele glória e louvor eternamente) – Águas do alto céu, bendizei o Senhor!* Potências do Senhor, bendizei o Senhor! – Lua e sol, bendizei o Senhor!* Astros e estrelas bendizei o Senhor! (R.) – Chuvas e orvalhos, bendizei o Senhor!* Brisas e ventos, bendizei o Senhor! – Fogo e calor, bendizei o Senhor!* Frio e ardor, bendizei o Senhor! (R.) – Orvalhos e garoas, bendizei o Senhor!* Geada e frio, bendizei o Senhor! – Gelos e neves, bendizei o Senhor!* 48


22 de julho | SEGUNDA-FEIRA

Noites e dias, bendizei o Senhor! (R.) – Luzes e trevas, bendizei o Senhor!* Raios e nuvens, bendizei o Senhor! – Ilhas e terra, bendizei ao Senhor!* Louvai-o e exaltai-o pelos séculos sem fim! (R.) – Montes e colinas, bendizei o Senhor!* Plantas da terra, bendizei o Senhor! – Mares e rios, bendizei o Senhor!* Fontes e nascentes, bendizei o Senhor! (R.) – Baleias e peixes, bendizei o Senhor!* Pássaros do céu, bendizei o Senhor! – Feras e rebanhos, bendizei o Senhor!* Filhos dos homens, bendizei o Senhor! (R.) – Filhos de Israel, bendizei o Senhor!* Louvai-o e exaltai-o pelos séculos sem fim! – Sacerdotes do Senhor, bendizei o Senhor!* Servos do Senhor, bendizei o Senhor! (R.) – Almas dos justos, bendizei o Senhor!* Santos e humildes, bendizei o Senhor! – Jovens Misael, Ananias e Azarias, bendizei o Senhor,* louvai-o e exaltai-o pelos séculos sem fim! (R.) - ao Pai e ao Filho e ao espírito Santo* louvemos e exaltemos pelos séculos sem fim! - Bendito sois, Senhor, no firmamento dos céus!* Sois digno de louvor e de glória eternamente! (R.) No fim deste cântico não se diz Glória ao Pai

Ant. Meu coração arde no peito, quero ver o meu Senhor! Eu procuro e não encontro o lugar onde o puseram. Aleluia. Ant. 3 Chorando, Maria inclinou-se e olhou para dentro do túmulo; viu dois anjos vestidos de branco. Aleluia. 49


LITURGIA DAS HORAS

Salmo 149 A alegria e o louvor dos santos

Os filhos da Igreja, novo povo de Deus, se alegrem no seu Rei Cristo Jesus (Hesíquio)

– Cantai ao Senhor Deus um canto novo,* e o seu louvor na assembleia dos fiéis! – Alegre-se Israel em quem o fez,* e Sião se rejubile no seu Rei! – Com danças glorifiquem o seu nome,* toquem harpa e tambor em sua honra! – Porque, de fato, o Senhor ama seu povo* e coroa com vitória os seus humildes. – Exultem os fiéis por sua glória,* e cantando se levantem de seus leitos, – com louvores do Senhor em sua boca* e espadas de dois gumes em sua mão, – para exercer sua vingança entre as nações,* e infligir o seu castigo entre os povos, – colocando nas algemas os seus reis,* e seus nobres entre ferros e correntes, – para aplicar-lhes a sentença já escrita:* Eis a glória para todos os seus santos.  Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.  Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Ant. Chorando, Maria inclinou-se e olhou para dentro do túmulo; viu dois anjos vestidos de branco. Aleluia. Leitura breve Rm 12,1-2  Pela misericórdia de Deus, eu vos exorto, irmãos, a vos oferecerdes em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus: Este é o vosso culto espiritual. Não vos conformeis com o mundo, mas transformai-vos, renovando vossa maneira de pensar e de julgar, para que possais distinguir o que é da vontade de Deus, isto é, o que é bom, o que lhe agrada, o que é perfeito.  50


22 de julho | SEGUNDA-FEIRA

Responsório breve R. Já não chores, Maria: *O Senhor ressurgiu.  R. Já não chores, Maria:  V. Anuncia aos irmãos: *O Senhor ressurgiu.  Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.  R. Já não chores, Maria: O Senhor ressurgiu.  Cântico Evangélico Benedictus Ant. Na manhã do dia da Páscoa, o Senhor ressuscitou e apareceu primeiramente a Maria Madalena. Aleluia. Pág. 291 Preces  Juntamente com todas as santas mulheres, louvemos, irmãos e irmãs, nosso Salvador; e peçamos:  R. Vinde, Senhor Jesus!  Senhor Jesus, que perdoastes à mulher pecadora todos os seus pecados porque ela muito amou,  – perdoai-nos também os nossos muitos pecados. R. Senhor Jesus, a quem as santas mulheres serviam em vossas jornadas,  – concedei-nos seguir fielmente os vossos passos. R. Senhor Jesus, Mestre a quem Maria escutava, enquanto Marta vos servia;  – concedei-nos também vos servirmos na fé e na caridade. R.

51


LITURGIA DAS HORAS

Senhor Jesus, que chamastes irmão, irmã e mãe a todos aqueles que cumprem a vontade do Pai, – fazei que sempre vos agrademos em palavras e ações. R. (intenções livres)  Pai nosso. Oração  Ó Deus, o vosso Filho confiou a Maria Madalena o primeiro anúncio da alegria pascal; dai-nos, por suas Preces e a seu exemplo, anunciar também que o Cristo vive e contemplá-lo na glória de seu Reino. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Conclusão da Hora O Senhor nos abençoe, nos livre de todo o mal e nos conduza à vida eterna. Amém.

Hora Média

Oração das Doze Horas (hora sexta)

V. Vinde, ó Deus em meu auxílio. R. Socorrei-me sem demora.  Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.  Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Aleluia. Hino O louvor de Deus cantemos  com fervor no coração,  pois agora a hora sexta  nos convida à oração.  Nesta hora foi-nos dada  gloriosa salvação  52


22 de julho | SEGUNDA-FEIRA

pela morte do Cordeiro, que na cruz trouxe o perdão.  Ante o brilho de tal luz  se faz sombra o meio-dia.  Tanta graça e tanto brilho  vinde haurir, com alegria.  Seja dada a glória ao Pai  e ao Unigênito também,  com o Espírito Paráclito,  pelos séculos. Amém. Salmodia Ant. Meu coração e minha carne rejubila me exultam de alegria no Deus vivo. Salmo 122(123)  Deus, esperança do seu povo 

Dois cegos. começaram a gritar: Senhor, Filho de Davi, tem piedade de nós! (Mt 20,30).

–1 Eu levanto os meus olhos para vós, *  que habitais nos altos céus.  –2 Como os olhos dos escravos estão fitos *  nas mãos do seu senhor,  – como os olhos das escravas estão fitos *  nas mãos de sua senhora,  – assim os nossos olhos, no Senhor, *  até de nós ter piedade.  –3 Tende piedade, ó Senhor, tende piedade; *  já é demais esse desprezo!  –4 Estamos fartos do escárnio dos ricaços *  e do desprezo dos soberbos! 53


LITURGIA DAS HORAS

– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. * Como era no princípio, agora e sempre. Amém.  Salmo 123(124)  O nosso auxílio está no nome do Senhor 

O Senhor disse a Paulo: Não tenhas medo, porque eu estou contigo (At 18,9-10).

–1 Se o Senhor não estivesse ao nosso lado, *  que o diga Israel neste momento;  –2 se o Senhor não estivesse ao nosso lado, *  quando os homens investiram contra nós,  –3 com certeza nos teriam devorado * no furor de sua ira contra nós.  –4 Então as águas nos teriam submergido, *  a correnteza nos teria arrastado,  –5 e então, por sobre nós teriam passado *  essas águas sempre mais impetuosas.  –6 Bendito seja o Senhor, que não deixou *  cairmos como presa de seus dentes! –7 Nossa alma como um pássaro escapou *  do laço que lhe armara o caçador;  – o laço arrebentou-se de repente, *  e assim nós conseguimos libertar-nos.  –8 O nosso auxílio está no nome do Senhor, *  do Senhor que fez o céu e fez a terra! – Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *  Como era no princípio, agora e sempre. Amém.  Salmo 124(125)  Deus, protetor de seu povo 

A paz para o Israel de Deus (cf. Gl 6,16).

–1 Quem confia no Senhor é como o monte de Sião: *  nada o pode abalar, porque é firme para sempre.  54


22 de julho | SEGUNDA-FEIRA

=2 Tal e qual Jerusalém, toda cercada de montanhas, †  assim Deus cerca seu povo de carinho e proteção, *  desde agora e para sempre, pelos séculos afora.  =3 O Senhor não vai deixar prevalecer por muito tempo †  o domínio dos malvados sobre a sorte dos seus justos, *  para os justos não mancharem suas mãos na iniquidade.  =4 Fazei o bem, Senhor, aos bons e aos que têm reto coração, †  mas os que seguem maus caminhos, castigai-os com os maus! *  Que venha a paz a Israel! Que venha a paz ao vosso povo! – Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *  Como era no princípio, agora e sempre. Amém. 

5

Ant. Meu coração e minha carne rejubila me exultam de alegria no Deus vivo. Leitura breve 1Cor 9,26-27a Por isso, eu corro, mas não à toa. Eu luto, mas não como quem dá muros no ar. Trato duramente o meu corpo e o subjugo.  V. Encontrei o grande amor da minha vida. R. Vou guardá-lo para sempre junto a mim. Oração Ó Deus, o vosso Filho confiou a Maria Madalena o primeiro anúncio da alegria pascal; dai-nos, por suas Preces e a seu exemplo, anunciar também que o Cristo vive e contemplá-lo na glória de seu Reino. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Conclusão da Hora V. Bendigamos ao Senhor. R. Demos graças a Deus. 55


LITURGIA DAS HORAS

II Vésperas V. Vinde, ó Deus, em meu auxílio. R. Socorrei-me sem demora. Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Aleluia.  Hino  Ó estrela feliz de Mágdala,  para ti nosso culto e louvor,  Jesus Cristo te uniu a si mesmo  por estreita aliança de amor. Seu poder ele em ti revelou,  repelindo as potências do mal.  E na fé te ligaste ao Senhor  pelos laços de amor sem igual.  O amor te impeliu a segui-lo  com vibrante e fiel gratidão.  Em cuidados se fez manifesta  a ternura do teu coração.  Tu ficaste de pé com Maria  junto ao Cristo pendente da Cruz.  Com aromas ungiste seu corpo,  que verás ressurgido na luz.  Testemunha primeira, tu foste  anunciar que Jesus ressurgiu.  Guia o povo na Páscoa nascido  nos caminhos que Cristo seguiu.  Honra, glória e louvor à Trindade,  cujo amor fez prodígios em ti.  Contemplemos também sua face,  quando o dia da glória surgir. 56


22 de julho | SEGUNDA-FEIRA

Salmodia Ant. 1 Jesus disse a Maria: Mulher, por que choras? A quem tu procuras?

Salmo 121(122) Jerusalém, cidade santa 

Vós vos aproximastes do monte Sião e da cidade do Deus vivo, a Jerusalém celeste (Hb 12,22).

–1 Que alegria, quando ouvi que me disseram: *  ‹Vamos à casa do Senhor!›  –2 † E agora nossos pés já se detêm, *  Jerusalém, em tuas portas.   –3 Jerusalém, cidade bem edificada * num conjunto harmonioso;  –4 para lá sobem as tribos de Israel, *  as tribos do Senhor. – Para louvar, segundo a lei de Israel, *  o nome do Senhor. –5 A sede da justiça lá está *  e o trono de Davi.  –6 Rogai que viva em paz Jerusalém, * e em segurança os que te amam!  –7 Que a paz habite dentro de teus muros, *  tranquilidade em teus palácios!  –8 Por amor a meus irmãos e meus amigos, *  peço: ‹A paz esteja em ti!›  –9 Pelo amor que tenho à casa do Senhor, *  eu te desejo todo bem! – Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *  Como era no princípio, agora e sempre. Amém. 57


LITURGIA DAS HORAS

Ant. Jesus disse a Maria: Mulher, por que choras? A quem tu procuras? Ant. 2 Levaram o meu Senhor e não sei onde o puseram. Salmo 126(127)  O trabalho sem Deus é inútil  Vós sois a construção de Deus (1Cor 3,9).

–1 Se o Senhor não construir a nossa casa, *  em vão trabalharão seus construtores;  – Se o Senhor não vigiar nossa cidade, *  em vão vigiarão as sentinelas!  –2 É inútil levantar de madrugada, * ou à noite retardar vosso repouso,  – para ganhar o pão sofrido do trabalho, *  que a seus amados Deus concede enquanto dormem.  –3 Os filhos são a bênção do Senhor, * o fruto das entranhas, sua dádiva.  –4 Como flechas que um guerreiro tem na mão, *  são os filhos de um casal de esposos jovens.   –5 Feliz aquele pai que com tais flechas *  consegue abastecer a sua aljava!  – Não será envergonhado ao enfrentar *  seus inimigos junto às portas da cidade. – Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *  Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Ant. Levaram o meu Senhor e não sei onde o puseram. Ant. 3 Jesus disse: Maria! Ela disse: Rabboni! Traduzido: Ó Mestre! 58


22 de julho | SEGUNDA-FEIRA

Cântico Ef 1,3-10 O plano divino da salvação –3 Bendito e louvado seja Deus, *  o Pai de Jesus Cristo, Senhor nosso,  – que do alto céu nos abençoou em Jesus Cristo *  com bênção espiritual de toda sorte!  (R. Bendito sejais vós, nosso Pai,  que nos abençoastes em Cristo!)  –4 Foi em Cristo que Deus Pai nos escolheu, *  já bem antes de o mundo ser criado,  – para que fôssemos, perante a sua face, *  sem mácula e santos pelo amor. (R.)  =5 Por livre decisão de sua vontade, †  predestinou-nos, através de Jesus Cristo, *  a sermos nele os seus filhos adotivos,  –6 para o louvor e para a glória de sua graça,*  que em seu Filho bem-amado nos doou.(R.)  –7 É nele que nós temos redenção, *  dos pecados remissão pelo seu sangue.  = Sua graça transbordante e inesgotável †  8  Deus derrama sobre nós com abundância, *  de saber e inteligência nos dotando.(R.)  E assim, ele nos deu a conhecer * o mistério de seu plano e sua vontade,  – que propusera em seu querer benevolente, *  10  na plenitude dos tempos realizar:  – o desígnio de, em Cristo, reunir *  todas as coisas: as da terra e as do céu. (R.) –9 

– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *  Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Ant. Jesus disse: Maria! Ela disse: Rabboni! Traduzido: Ó Mestre!  59


LITURGIA DAS HORAS

Leitura breve Rm 8,28-30 Sabemos que tudo contribui para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados para a salvação, de acordo com o projeto de Deus. Pois aqueles que Deus contemplou com seu amor desde sempre, a esses ele predestinou a serem conformes à imagem de seu Filho, para que este seja o primogênito numa multidão de irmãos. E aqueles que Deus predestinou, também os chamou. E aos que chamou, também os tornou justos; e aos que tornou justos, também os glorificou.  Responsório breve  R. Já não chores, Maria: *O Senhor ressurgiu. R. Já não chores, Maria: V. Anuncia aos irmãos: *O Senhor ressurgiu. – Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. R. Já não chores, Maria: O Senhor ressurgiu. Cântico evangélico Magnificat Ant. Maria anunciou aos discípulos: Eu vi o Senhor, aleluia! Pág. 291  Preces  Por intercessão das santas mulheres, peçamos ao Senhor em favor da Igreja; e digamos:  R. Lembrai-vos, Senhor, da vossa Igreja!  Por intercessão das santas mártires, que venceram a morte do corpo com o vigor do espírito,  – concedei à vossa Igreja a fortaleza nas provações. R.

60


22 de julho | SEGUNDA-FEIRA

Por intercessão das santas casadas, que progrediram em graça na vida matrimonial, – concedei à vossa Igreja a fecundidade apostólica. R. Por intercessão das santas viúvas, que superaram e santificaram sua solidão mediante a oração e a hospitalidade,  – concedei à vossa Igreja que manifeste perante o mundo o mistério da vossa caridade. R. Por intercessão das santas mães, que geraram filhos para o Reino de Deus e para a sociedade humana,  – concedei à vossa Igreja que transmita a vida divina e a salvação a toda a humanidade. R. (intenções livres)  Por intercessão de todas as santas mulheres, que já mereceram contemplar a luz da vossa face,  – concedei aos irmãos e irmãs falecidos de vossa Igreja a eterna alegria da mesma visão. R. Pai nosso.   Oração  Ó Deus, o vosso Filho confiou a Maria Madalena o primeiro anúncio da alegria pascal; dai-nos, por suas Preces e a seu exemplo, anunciar também que o Cristo vive e contemplá-lo na glória de seu Reino. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Conclusão da Hora O Senhor nos abençoe, nos livre de todo o mal e nos conduza à vida eterna. Amém.   61


MISSA DO DIA

MISSA DO DIA

Santa Maria Madalena – memória

Partes fixas da missa Pág. 275 Antífona da entrada O Senhor disse a Maria Madalena: Vai a meus irmãos e anuncia-lhes: Subo a meu Pai e vosso Pai, a meu Deus e vosso Deus. Oração do dia Ó Deus, o vosso Filho confiou a Maria Madalena o primeiro anúncio da alegria pascal; dai-nos, por suas Preces e a seu exemplo, anunciar também que o Cristo vive e contemplá-lo na glória de seu Reino. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. T: Amém.

LITURGIA DA PALAVRA 1ª LEITURA Ct 3,1-4a Leitura do Livro do Cântico dos Cânticos Eis o que diz a noiva: “¹Em meu leito, durante a noite, busquei o amor de minha vida: procurei-o, e não o encontrei. ²Vou levantar-me e percorrer a cidade procurando pelas ruas e praças, o amor de minha vida: procurei-o, e não o encontrei. ³Encontraram-me os guardas que faziam a ronda pela cidade. ‘ Vistes porventura o amor de minha vida? ’4ª E logo que passei por eles, encontrei o amor de minha vida.” Palavra do Senhor. T: Graças a Deus.

62


22 de julho | SEGUNDA-FEIRA

SALMO RESPONSORIAL Sl 62(63), 2.3-4.5-6.8-9 A minh’alma tem sede de vós, ó Senhor! T: A minh’alma tem sede de vós, ó Senhor! Sois vós, ó Senhor, o meu Deus! * Desde a aurora ansioso vos busco! A minh’alma tem sede de vós, + minha carne também vos deseja, * como terra sedenta e sem água!

2

Venho, assim, contemplar-vos no templo, * para ver vossa glória e poder. 4 Vosso amor vale mais do que a vida: * e por isso meus lábios vos louvam. 3

Quero, pois vos louvar pela vida, * e elevar para vós minhas mãos! 6 A minh’alma será saciada, * como em grande banquete de Festa; cantará a alegria em meus lábios, * ao cantar para vós meu louvor! 5

Para mim fostes sempre um socorro; * de vossas asas à sombra eu exulto! 9 Minha alma se agarra em vós; * com poder vossa mão me sustenta. 8

ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO Refrão: Aleluia. Responde-nos, ó Maria, no teu caminho o que havia? “Vi Cristo ressuscitado, o túmulo abandonado!”

63


MISSA DO DIA

EVANGELHO Jo 20,1-2.11-18 Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo João 1 No primeiro dia da semana, Maria Madalena foi ao túmulo de Jesus, bem de madrugada, quando ainda estava escuro, e viu que a pedra tinha sido retirada do túmulo. 2Então ela saiu correndo e foi encontrar Simão Pedro e o outro discípulo, aquele que Jesus amava, e lhes disse: “Tiraram o Senhor do túmulo, e não sabemos onde o colocaram”. 11Maria estava do lado de fora do túmulo, chorando. Enquanto chorava, inclinou-se e olhou para dentro do túmulo. 12 Viu, então, dois anjos vestidos de branco, sentados onde tinha sido posto o corpo de Jesus, um à cabeceira e outro aos pés. 13Os anjos perguntaram: “Mulher, por que choras?” Ela respondeu: “Levaram o meu Senhor e não sei onde o colocaram”. 14Tendo dito isto, Maria voltou-se para trás e viu Jesus, de pé. Mas não sabia que era Jesus. 15Jesus perguntou-lhe: “Mulher, por que choras? A quem procuras?” Pensando que era o jardineiro, Maria disse: “Senhor, se foste tu que o levaste dize-me onde o colocaste, e eu o irei buscar”. 16Então Jesus disse: “Maria!” Ela voltou-se e exclamou, em hebraico: “Rabunni” (que quer dizer: Mestre). 17Jesus disse: “Não me segures. Ainda não subi para junto do Pai. Mas vai dizer aos meus irmãos: subo para junto do meu Pai e vosso Pai meu Deus e vosso Deus”. 18Então Maria Madalena foi anunciar aos discípulos: “Eu vi o Senhor!”, e contou o que Jesus lhe tinha dito. Palavra da Salvação. T: Gloria a vós, Senhor.

Oração sobre as oferendas Recebei, ó Pai, as oferendas que vos apresentamos na festa de santa Maria Madalena, cuja demonstração de amor vosso Filho acolheu com misericordiosa bondade. Por Cristo, nosso Senhor. T: Amém. 64


22 de julho | SEGUNDA-FEIRA

PREFÁCIO DOS SANTOS S: O Senhor esteja convosco. T: Ele está no meio de nós. S: Corações ao alto. T: O nosso coração está em Deus. S: Demos graças a Deus. T: É nosso dever e nossa salvação. Na verdade, é justo e necessário, é nosso dever e salvação dar-vos graças, sempre em todo o lugar, Senhor, Pai santo, Deus eterno e todo-poderoso. Na assembleia dos Santos, vós sois glorificado e, coroando seus méritos, exaltais vossos próprios dons. Nos vossos Santos e Santas ofereceis um exemplo para a nossa vida, a comunhão que nos une, a intercessão que nos ajuda. Assistidos por tão grandes testemunhas, possamos correr, com perseverança, no certame que nos é proposto e receber com eles a coroa imperecível, por Cristo, Senhor nosso. Enquanto esperamos a glória eterna, com os anjos e com todos os santos, nós vos aclamamos, cantando (dizendo) a uma só voz: T: Santo, Santo, Santo, Senhor Deus do Universo! O céu e a terra proclamam a vossa glória. Hosana nas alturas! Bendito o que vem em nome do Senhor! Hosana nas alturas! Antífona da comunhão O amor de Cristo nos impele, para que os que vivem já não vivam para si mesmos, mas para aquele que por eles morreu e ressuscitou. Oração depois da comunhão Ó Deus, a comunhão nos vossos mistérios infunda em nós aquele amor perseverante que levou Maria Madalena a jamais separar-se do Mestre. Que vive e reina para sempre. T: Amém. 65


23 de julho | Terça-feira LITURGIA DAS HORAS IV semana no saltério

Laudes V. Vinde, ó Deus, em meu auxílio. R. Socorrei-me sem demora.  Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Hino Da luz Criador,  vós mesmo sois luz  e dia sem fim.  Vós nunca da noite  provastes as trevas:  Só Deus é assim.  A noite já foge  e o dia enfraquece  dos astros a luz.  A estrela da aurora,  surgindo formosa,  no céu já reluz.  Os leitos deixando,  a vós damos graças  com muita alegria,  porque novamente,  por vossa bondade,  o sol traz o dia.  Ó Santo, pedimos  que os laços do Espírito  nos prendam a vós,  66


23 de julho | TERÇA-FEIRA

e, assim, não ouçamos as vozes da carne  que clamam em nós.  Às almas não fira  a flecha da ira  que traz divisões.  Livrai vossos filhos  da própria malícia  dos seus corações.  Que firmes na mente  e castos no corpo,  de espírito fiel,  sigamos a Cristo,  Caminho e Verdade,  doçura do céu.  O Pai piedoso  nos ouça, bondoso,  e o Filho também.  No laço do Espírito  unidos, dominam  os tempos. Amém.  Salmodia  Ant. 1 Cantarei os meus hinos a vós, ó Senhor; desejo trilhar o caminho do bem.  Salmo 100(101)  Propósitos de um rei justo 

Se me amais, guardai os meus mandamentos (Jo 14,15).

–1 Eu quero cantar o amor e a justiça, *  cantar os meus hinos a vós, ó Senhor!  67


LITURGIA DAS HORAS

–2 Desejo trilhar o caminho do bem, * mas quando vireis até mim, ó Senhor?  – Viverei na pureza do meu coração, *  no meio de toda a minha família.  –3 Diante dos olhos eu nunca terei * qualquer coisa má, injustiça ou pecado.  – Detesto o crime de quem vos renega; *  que não me atraia de modo nenhum!  –4 Bem longe de mim, corações depravados, *  nem nome eu conheço de quem é malvado.  –5 Farei que se cale diante de mim * quem é falso e às ocultas difama seu próximo;  – o coração orgulhoso, o olhar arrogante *  não vou suportar e não quero nem ver. –6 Aos fiéis desta terra eu volto meus olhos; *  que eles estejam bem perto de mim!  – Aquele que vive fazendo o bem *  será meu ministro, será meu amigo.  –7 Na minha morada não pode habitar * o homem perverso e aquele que engana;  – aquele que mente e que faz injustiça *  perante meus olhos não pode ficaR. –8 Em cada manhã haverei de acabar * com todos os ímpios que vivem na terra;  – farei suprimir da cidade de Deus *  a todos aqueles que fazem o mal. – Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *  Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Ant. Cantarei os meus hinos a vós, ó Senhor; desejo trilhar o caminho do bem.  Ant. 2 Senhor Deus, não nos tireis vosso favor! 68


23 de julho | TERÇA-FEIRA

Cântico Dn 3,26. 27.29.34-41 Oração de Azarias na fornalha

Arrependei-vos e convertei-vos, para que vossos pecados sejam perdoados! (At 3,19).

–26 Sede bendito, Senhor Deus de nossos pais. *  Louvor e glória ao vosso nome para sempre!  –27 Porque em tudo o que fizestes vós sois justo, *  reto no agir e no julgar sois verdadeiro. –29 Sim, pecamos afastando-nos de vós, * agimos mal em tudo aquilo que fizemos.  –34 Não nos deixeis eternamente, vos pedimos, *  por vosso nome: não rompais vossa Aliança!  =35 Senhor Deus, não nos tireis vosso favor, †  por Abraão, o vosso amigo, por Isaac, *  o vosso servo, e por Jacó, o vosso santo!  =36 Pois a eles prometestes descendência †  numerosa como os astros que há nos céus, *  incontável como a areia que há nas praias.  =37 Eis, Senhor, mais reduzidos nós estamos †  do que todas as nações que nos rodeiam; *  por nossos crimes nos humilham em toda a terra!  –38 Já não temos mais nem chefe nem profeta; *  não há mais nem oblações nem holocaustos,  – não há lugar de oferecer-vos as primícias, *  que nos façam alcançar misericórdia!  =39 Mas aceitai o nosso espírito abatido, †  e recebei o nosso ânimo contrito *  40  como holocaustos de cordeiros e de touros.  = Assim, hoje, nossa oferta vos agrade, †  pois não serão, de modo algum, envergonhados* os que põem a esperança em vós, Senhor!  –41 De coração vos seguiremos desde agora, *  com respeito procurando a vossa face! 69


LITURGIA DAS HORAS

– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. * Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Ant. Senhor Deus, não nos tireis vosso favor!  Ant. 3 Um canto novo, meu Deus, vou cantar-vos. Salmo 143(144), 1-10  Oração pela vitória e pela paz 

Tudo posso naquele que me dá força (Fl 4,13)

=1 Bendito seja o Senhor, meu rochedo, †  que adestrou minhas mãos para a luta, *  e os meus dedos treinou para a guerra!  –2 Ele é meu amor, meu refúgio, *  libertador, fortaleza e abrigo;  – é meu escudo: é nele que espero, *  ele submete as nações a meus pés. =3 Que é o homem, Senhor, para vós? † Por que dele cuidais tanto assim, *  e no filho do homem pensais?  –4 Como o sopro de vento é o homem, * os seus dias são sombra que passa.  –5 Inclinai vossos céus e descei, * tocai os montes, que eles fumeguem.  –6 Fulminai o inimigo com raios, *  lançai flechas, Senhor, dispersai-o!  =7 Lá do alto estendei vossa mão, † retirai-me do abismo das águas, *  e salvai-me da mão dos estranhos;  –8 sua boca só tem falsidade, *  sua mão jura falso e engana.  70


23 de julho | TERÇA-FEIRA

–9 Um canto novo, meu Deus, vou cantar-vos, *  nas dez cordas da harpa louvar-vos,  –10 a vós que dais a vitória aos reis *  e salvais vosso servo Davi. – Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *  Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Ant. Um canto novo, meu Deus, vou cantar-vos.  Leitura breve Is 55,1  Ó vós todos que estais com sede, vinde às águas; vós que não tendes dinheiro, apressai-vos, vinde e comei, vinde comprar sem dinheiro, tomar vinho e leite, sem nenhuma paga.  Responsório breve  R. Por vosso amor, ó Senhor, ouvi minha voz, *Confiante eu espero na vossa palavra. R. Por vosso amor, ó Senhor, ouvi minha voz,  V. Chego antes que a aurora e clamo a vós. *Confiante eu espero na vossa palavra. Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. R. Por vosso amor, ó Senhor, ouvi minha voz, Confiante eu espero na vossa palavra. Cântico Evangélico Benedictus Ant. Salvai-nos, ó Senhor, da mão dos inimigos! Pág. 291

71


LITURGIA DAS HORAS

Preces Concedendo-nos a alegria de louvá-lo nesta manhã, Deus fortalece a nossa esperança;  por isso, dirijamos-lhe a nossa oração cheios de confiança:  R. Ouvi-nos, Senhor, para a glória de vosso nome!  Nós vos agradecemos, Deus e Pai de nosso Salvador Jesus Cristo,  – pelo conhecimento e pela imortalidade que recebemos por meio dele. R. Concedei-nos a humildade de coração,  – para nos ajudarmos uns aos outros no amor de Cristo. R. Derramai o Espírito Santo sobre nós, vossos servos,  – para que seja sincero o nosso amor fraterno. R. Vós, que confiastes aos seres humanos a tarefa de governar o mundo,  – concedei que o nosso trabalho vos dê glória e santifique os nossos irmãos e irmãs. R. (intenções livres)  Pai nosso.  Oração  Senhor, aumentai em nós o dom da fé, para que em nossos lábios vosso louvor seja perfeito e produza sempre a abundância de frutos celestes. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Conclusão da Hora O Senhor nos abençoe, nos livre de todo o mal e nos conduza à vida eterna. Amém. 72


23 de julho | TERÇA-FEIRA

Hora Média

Oração das Doze Horas (hora sexta)

V. Vinde, ó Deus, em meu auxílio. R. Socorrei-me sem demora.  Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.  Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Hino O louvor de Deus cantemos com fervor no coração, pois agora a hora sexta nos convida à oração. Nesta hora foi-nos dada gloriosa salvação pela morte do Cordeiro, que na cruz trouxe o perdão. Ante o brilho de tal luz se faz sombra o meio-dia. Tanta graça e tanto brilho vinde haurir, com alegria. Seja dada a glória ao Pai e ao Unigênito também, com o Espírito Paráclito, pelos séculos. Amém.

Salmodia Ant. 1 Se compreenderdes o que vos digo, sereis felizes se o praticardes.  73


LITURGIA DAS HORAS

Salmo 118 (119),137-144 XVIII (Sade)  Meditação sobre a Palavra de Deus na Lei  Feliz aquele que lê e aqueles que escutam as palavras desta

profecia e também praticam o que nela está escrito (Ap 1,3).

–137 Vós sois justo, na verdade, ó Senhor, *  e os vossos julgamentos são corretos!  –138 Com justiça ordenais vossos preceitos, *  com verdade a toda prova os ordenais.  –139 O meu zelo me devora e me consome, *  por esquecerem vossa lei meus inimigos.  –140 Vossa palavra foi provada e comprovada, *  por isso o vosso servo tanto a ama.  –141 Embora eu seja tão pequeno e desprezado, *  jamais esqueço vossas leis, vossos preceitos.  –142 Vossa justiça é justiça eternamente *  e vossa lei é a verdade inabalável.  –143 Angústia e sofrimento me assaltaram; *  minhas delícias são os vossos mandamentos.  –144 Justiça eterna é a vossa Aliança; * ajudai-me a compreendê-la e viverei! – Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *  Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Ant. Se compreenderdes o que vos digo, sereis felizes se o praticardes.  Ant. 2 Chegue a minha oração até vós, ó Senhor!

74


23 de julho | TERÇA-FEIRA

Salmo 87(88) Prece de um homem gravemente enfermo  Esta é a vossa hora, a hora do poder das trevas (Lc 22,53).  I 

–2 A vós clamo, Senhor, sem cessar, todo o dia, *  e de noite se eleva até vós meu gemido.  –3 Chegue a minha oração até a vossa presença, *  inclinai vosso ouvido a meu triste clamor!  –4 Saturada de males se encontra a minh’alma, *  minha vida chegou junto às portas da morte.  –5 Sou contado entre aqueles que descem à cova, *  toda gente me vê como um caso perdido!  –6 O meu leito já tenho no reino dos mortos, *  como um homem caído que jaz no sepulcro,  – de quem mesmo o Senhor se esqueceu para sempre *  e excluiu por completo da sua atenção.  –7 Ó Senhor, me pusestes na cova mais funda, *  nos locais tenebrosos da sombra da morte.  –8 Sobre mim cai o peso do vosso furor, *  vossas ondas enormes me cobrem, me afogam. – Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *  Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Ant. Chegue a minha oração até vós, ó Senhor! Ant. 3 Clamo a vós, ó Senhor, sem cessar todo o dia, oh! não escondais vossa face de mim!  II

–9 Afastastes de mim meus parentes e amigos, *  para eles tornei-me objeto de horror. – Eu estou aqui preso e não posso sair, *  10  e meus olhos se gastam de tanta aflição.  75


LITURGIA DAS HORAS

– Clamo a vós, ó Senhor, sem cessar, todo o dia, * minhas mãos para vós se levantam em prece.  –11 Para os mortos, acaso, faríeis milagres? *  poderiam as sombras erguer-se e louvar-vos?  –12 No sepulcro haverá quem vos cante o amor *  e proclame entre os mortos a vossa verdade?  –13 Vossas obras serão conhecidas nas trevas, *  vossa graça, no reino onde tudo se esquece?  –14 Quanto a mim, ó Senhor, clamo a vós na aflição, *  minha prece se eleva até vós desde a aurora.  –15 Por que vós, ó Senhor, rejeitais a minh’alma? *  E por que escondeis vossa face de mim?  –16 Moribundo e infeliz desde o tempo da infância, *  esgotei-me ao sofrer sob o vosso terror. –17 Vossa ira violenta caiu sobre mim *  e o vosso pavor reduziu-me a um nada!  –18 Todo dia me cercam quais ondas revoltas, *  todos juntos me assaltam, me prendem, me apertam.  –19 Afastastes de mim os parentes e amigos, *  e por meus familiares só tenho as trevas! – Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *  Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Ant. Clamo a vós, ó Senhor, sem cessar todo o dia, oh! não escondais vossa face de mim!  Leitura breve Dt 30,11.14  Este mandamento que hoje te dou não é difícil demais, nem está fora do teu alcance. Ao contrário, esta palavra está bem ao teu alcance, está em tua boca e em teu coração, para que a possas cumprir. V. Vossa palavra é uma luz para os meus passos. R. É uma lâmpada luzente em meu caminho.  76


23 de julho | TERÇA-FEIRA

Oração Ó Deus, que revelastes a Pedro vosso plano de salvação para todos os povos, fazei que nossos trabalhos vos agradem e, pela vossa graça, sirvam ao vosso desígnio de amor e redenção. Por Cristo, nosso Senhor. Conclusão da Hora V. Bendigamos ao Senhor. R. Graças a Deus.

Vésperas V. Vinde, ó Deus, em meu auxílio. R. Socorrei-me sem demora.  Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.  Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Hino  Autor e origem do tempo,  por sábia ordem nos dais  o claro dia no trabalho,  e a noite, ao sono e à paz.  As mentes castas guardai  dentro da calma da noite  e que não venha a feri-las  do dardo mau o açoite.  Os corações libertai  de excitações persistentes.  Não quebre a chama da carne  a força viva das mentes.  Ouvi-nos, Pai piedoso,  e vós, ó Filho de Deus,  que como Espírito Santo  reinais eterno nos céus.  77


LITURGIA DAS HORAS

Salmodia Ant. 1 Se de ti, Jerusalém, algum dia eu me esquecer, que resseque a minha mão!  Salmo 136(137),1-6  Junto aos rios da Babilônia 

Este cativeiro do povo deve-se entender como símbolo do nosso cativeiro espiritual (Sto. Hilário).

=1 Junto aos rios da Babilônia †  nos sentávamos chorando, *  com saudades de Sião.  –2 Nos salgueiros por ali *  penduramos nossas harpas.  –3 Pois foi lá que os opressores *  nos pediram nossos cânticos;  – nossos guardas exigiam *  alegria na tristeza:  – ‘Cantai hoje para nós *  algum canto de Sião!’  =4 Como havemos de cantar †  os cantares do Senhor *  numa terra estrangeira?  =5 Se de ti, Jerusalém, †  algum dia eu me esquecer, *  que resseque a minha mão!  =6 Que se cole a minha língua †  e se prenda ao céu da boca, *  se de ti não me lembrar!  – Se não for Jerusalém *  minha grande alegria! – Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *  Como era no princípio, agora e sempre. Amém. 78


23 de julho | TERÇA-FEIRA

Ant. Se de ti, Jerusalém, algum dia eu me esquecer, que resseque a minha mão!  Ant. 2 Perante os vossos anjos vou cantar-vos, ó meu Deus!  Salmo 137(138)  Ação de graças 

Os reis da terra levarão à Cidade Santa a sua glória (cf. Ap 21,14).

–1 Ó Senhor, de coração eu vos dou graças, *  porque ouvistes as palavras dos meus lábios!  – Perante os vossos anjos vou cantar-vos *  2  e ante o vosso templo vou prostrar-me.  – Eu agradeço vosso amor, vossa verdade, *  porque fizestes muito mais que prometestes;  –3 naquele dia em que gritei, vós me escutastes *  e aumentastes o vigor da minha alma. –  –4 Os reis de toda a terra hão de louvar-vos, *  quando ouvirem, ó Senhor, vossa promessa.  –5 Hão de cantar vossos caminhos e dirão: *  ‘Como a glória do Senhor é grandiosa!’  –6 Altíssimo é o Senhor, mas olha os pobres, *  e de longe reconhece os orgulhosos.  –7 Se no meio da desgraça eu caminhar, *  vós me fazeis tornar à vida novamente;  – quando os meus perseguidores me atacarem *  e com ira investirem contra mim,  – estendereis o vosso braço em meu auxílio *  e havereis de me salvar com vossa destra.  –8 Completai em mim a obra começada; * ó Senhor, vossa bondade é para sempre!  – Eu vos peço: não deixeis inacabada *  esta obra que fizeram vossas mãos! 79


LITURGIA DAS HORAS

– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. * Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Ant. Perante os vossos anjos vou cantar-vos, ó meu Deus!  Ant. 3 O Cordeiro imolado é digno de receber honra, glória e podeR. Cântico Ap 4,11; 5,9.10.12  Hino dos remidos  –4,1 Vós sois digno, Senhor nosso Deus, *  de receber honra, glória e poder!  (R. Poder, honra e glória ao Cordeiro de Deus!) =5,9 Porque todas as coisas criastes, †  é por vossa vontade que existem *  e subsistem porque vós mandais. (R.)  = Vós sois digno, Senhor nosso Deus, †  de o livro nas mãos receber *  e de abrir suas folhas lacradas! (R.)  – Porque fostes por nós imolado; *  para Deus nos remiu vosso sangue  – dentre todas as tribos e línguas, *  dentre os povos da terra e nações. (R.)  =10 Pois fizestes de nós, para Deus, † sacerdotes e povo de reis, *  e iremos reinar sobre a terra. (R.)  =12 O Cordeiro imolado é digno †  de receber honra, glória e poder, *  sabedoria, louvor, divindade! (R.) 80


23 de julho | TERÇA-FEIRA

– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. * Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Ant. O Cordeiro imolado é digno de receber honra, glória e poder. Leitura breve Cl 3,16  Que a palavra de Cristo, com toda a sua riqueza, habite em vós. Ensinai e admoestai-vos uns aos outros com toda a sabedoria. Do fundo dos vossos corações, cantai a Deus salmos, hinos e cânticos espirituais, em ação de graças.  Responsório breve  R. Junto a vós, felicidade, *Felicidade sem limites!  R. Junto a vós, felicidade,   V. Delícia eterna, ó Senhor. *Felicidade sem limites!  Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. R. Junto a vós, felicidade, Felicidade sem limites!  Cântico evangélico Magnificat Ant. Ó Senhor, fazei conosco maravilhas, pois santo e poderoso é vosso Nome.

Pág. 291

Preces Exaltemos a Jesus Cristo, que dá ao seu povo força e poder; e lhe peçamos de coração sincero:  R. Ouvi-nos, Senhor, e vos louvaremos para sempre! 

81


LITURGIA DAS HORAS

Jesus Cristo, nossa força, que nos chamastes ao conhecimento da verdade, – concedei a vossos fiéis a perseverança na fé. R.   Dirigi, Senhor, segundo o vosso coração, todos os que nos governam,  – e inspirai-lhes bons propósitos, para que nos conduzam na paz. R. Vós, que saciastes as multidões no deserto,  – ensinai-nos a repartir o pão com aqueles que têm fome. R. Fazei que os governantes não se preocupem apenas com seu próprio país,  – mas respeitem as outras nações e sejam solícitos para com todas elas. R. (intenções livres)  Ressuscitai para a vida eterna os nossos irmãos e irmãs que morreram,  – quando vierdes manifestar a vossa glória naqueles que creram em vós. R. Pai nosso.  Oração  Diante de vossa face, imploramos, Senhor, que vossa bondade nos conceda meditar sempre no coração aquilo que vos dizemos com nossos lábios. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.  Conclusão da Hora O Senhor nos abençoe, nos livre de todo o mal e nos conduza à vida eterna. Amém.

82


23 de julho | TERÇA-FEIRA

MISSA DO DIA COM DOM ORANI TEMPESTA Vinde! Sigamos o mestre!

Irmãos e irmãs, iniciamos hoje, com o coração em festa, junto às areias de Copacabana, a Jornada Mundial da Juventude Rio 2013, tempo em que Cristo nos convida a sermos Discípulos e Missionários. O Santo Padre, em sua mensagem para a JMJ Rio2013, destacou que o Cristo Redentor, com seus braços abertos, é o sinal da acolhida que o Senhor reserva a todos, e o seu coração retrata seu imenso amor por cada um de nós. Deixemo-nos atrair por Jesus Cristo. Durante esta semana a experiência do encontro com Cristo e com jovens de todas as nações do mundo, acenderá a chama em nossos corações para sermos “as testemunhas de que o mundo precisa”. Somos convidados a dizer sim ao chamado: “Ide e fazei discípulos entre as nações” (Mt 28,19). Hoje a Cidade Maravilhosa acolhe em todos os peregrinos, a esperança do amanhã. Unidos a Cristo, somos chamados a transformar o velho homem em novo homem para construir um mundo novo. “Cristo nos convida, venham meus amigos; Cristo nos envia sejam missionários”(Hino da JMJ Rio 2013). Canto “Esperança do amanhecer” (Hino da Jornada) Pág. 19 S: Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. T: Amém. S: O Deus da esperança, que nos cumula de toda alegria e paz em nossa fé, pela ação do Espírito Santo, esteja convosco. T: Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo. S: Sejam bem-vindos todos vocês, jovens, à cidade maravilhosa, que como o Cristo Redentor, os recebe de braços abertos. Español: Bienvenidos todos ustedes, jóvenes, a la ciudad maravillosa, que como el Cristo Redentor, los recibe con losbrazos abiertos. Inglês: Welcome all of you young people, to the “Marvelous City” which receives you with open arms, like Christ the Redeemer. Francês: Bienvenus à vous tous, jeunes, dans cette ville merveilleuse, qui comme le Christ Rédempteur, vous reçoit les bras ouverts. 83


MISSA DO DIA

Italiano: Benvenuti tutti voi giovani, nella città meravigliosa, che, come il Cristo Redentore, vi accoglie a braccia aperte. S: De coração contrito e humilde, aproximemo-nos do Deus justo e santo, para que tenha piedade de nós, pecadores. S: Tende compaixão de nós, Senhor. T: Porque somos pecadores. S: Manifestai, Senhor, a vossa misericórdia. T: E dai-nos a vossa salvação. S: Deus todo-poderoso tenha compaixão de nós, perdoe os nossos pecados e nos conduza à vida eterna. T: Amém. Canto: Kýrie Eléison Senhor, que viestes salvar os corações arrependidos, Kýrie eléison, eléison, eléison. Ó Cristo, que viestes chamar os pecadores humilhados, Christe eléison, eléison, eléison. Senhor, que intercedeis por nós, junto a Deus pai que nos perdoa, Kýrie eléison, eléison, eléison. HINO DE LOUVOR Canto: Glória a Deus Glória a Deus! Glória a Deus nas alturas! Glória a Deus! E na terra paz aos homens por ele amados. Senhor Deus, rei dos céus. Deus pai todo poderoso! Nós vos louvamos, vos bendizemos Nós vos adoramos, nós vos glorificamos. Nós vos damos graças por vossa imensa glória. Glória a Deus! Glória a Deus nas alturas! Glória a Deus! E na terra paz aos homens por ele amados. 84


23 de julho | TERÇA-FEIRA

Senhor Jesus Cristo, filho unigênito. Senhor Deus, cordeiro de Deus. Filho de Deus pai. Vós que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós. Vós que tirais o pecado do mundo, acolhei a nossa súplica. Vós que estais à direita do pai, tende piedade de nós. Glória a Deus! Glória a Deus nas alturas! Glória a Deus! E na terra paz aos homens por ele amados. Só vós sois o santo, só vós o Senhor. Só vós o altíssimo Jesus Cristo Com o Espírito Santo na glória de Deus pai. Glória a Deus! Glória a Deus nas alturas! Glória a Deus! E na terra paz aos homens por ele amados. Oração do dia Ó Deus, que destes no Evangelho um fermento para a humanidade, concedei aos vossos fiéis, chamados a viver no meio do mundo que, desempenhando suas funções na sociedade, abrasados de espírito cristão, construam sem cessar o vosso reino. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. T: Amém. LITURGIA DA PALAVRA Em Jesus Cristo recebemos a graça da vocação para o apostolado, a fim de suscitarmos a fé em todos os povos. Deste modo, somos chamados a testemunhar a presença de Jesus em nossas vidas e nos tornarmos anunciadores do seu amor. 1ª LEITURA 1Sm 3,3b-10.19 Lectura del primer libro de Samuel En aquellos días, el joven Samuel servía en el templo a las órdenes del sacerdote Elí. Una noche, estando Elí acostado en su habitación 85


MISSA DO DIA

y Samuel en la suya, dentro del santuario donde se encontraba el arca de Dios, el Señor llamó a Samuel y éste respondió: «‘Aquí estoy”. Fue corriendo a donde estaba Elí y le dijo: “Aquí estoy. ¿Para qué me llamaste?” Respondió Elí: “Yo no te he llamado. Vuelve a acostarte”. Samuel se fue a acostar. Volvió el Señor a llamarlo y él se levantó, fue a donde estaba Elí y le dijo: “Aquí estoy. ¿Para qué me llamaste?” Respondió Elí: “No te he llamado, hijo mío. Vuelve a acostarte”.Aún no conocía Samuel al Señor, pues la palabra del Señor no le había sido revelada. Por tercera vez llamó el Señor a Samuel; éste se levantó, fue a donde estaba Elí y le dijo: “Aquí estoy. ¿Para qué me llamaste?”Entonces comprendió Elí que era el Señor quien llamaba al joven y dijo a Samuel: “Ve a acostarte y si te llama alguien responde: ‘Habla, Señor; tu siervo te escucha’ “. Y Samuel se fue a acostar.De nuevo el Señor se presentó y lo llamó como antes: “Samuel, Samuel”. Éste respondió: “Habla, Señor; tu siervo te escucha”.Samuel creció y el Señor estaba con él. Y todo lo que el Señor le decía, se cumplía. Palabra de Dios. T: Gloria a ti, Señor. Leitura do Primeiro Livro de Samuel Naqueles dias, 3bSamuel estava dormindo no templo do Senhor, onde se encontrava a arca de Deus. 4Então o Senhor chamou: “Samuel, Samuel!” Ele respondeu: “Estou aqui”. 5E correu para junto de Eli e disse: “Tu me chamaste, aqui estou”. Eli respondeu: “Eu não te chamei. Volta a dormir!” E ele foi deitar-se. 6O Senhor chamou de novo: “Samuel, Samuel!” E Samuel levantou-se, foi ter com Eli e disse: “Tu me chamaste, aqui estou”. Ele respondeu: “Não te chamei, meu filho. Volta a dormir!” 7Samuel ainda não conhecia o Senhor, pois, até então, a palavra do Senhor não se lhe tinha manifestado. 8O Senhor chamou pela terceira vez: “Samuel, Samuel!” Ele levantou-se, foi para junto de Eli e disse: “Tu me chamaste, aqui estou”. Eli compreendeu que era o Senhor que estava chamando o menino. 9Então disse a Samuel: “Volta a deitar-te e, se alguém te chamar, responderás: ‘Senhor, fala, que teu servo escuta!’” E Samuel voltou ao seu lugar para dormir. 10O Senhor veio, pôs-se junto dele e chamou-o como das outras vezes: “Samuel! Samuel!” E ele respondeu: “Fala, que teu servo escuta”. 19Samuel crescia, e o Senhor estava com ele. E não deixava cair por terra nenhuma de suas palavras. 86


23 de julho | TERÇA-FEIRA

SALMO RESPONSORIAL Sl 39 (40) Eis que venho fazer, com prazer, a vossa vontade, Senhor! T: Eis que venho fazer, com prazer, a vossa vontade, Senhor! Esperando, esperei no Senhor,* e inclinando-se, ouviu meu clamor. 4a Canto novo ele pôs em meus lábios,* b um poema em louvor ao Senhor. 2

Sacrifício e oblação não quisestes, * mas abristes, Senhor, meus ouvidos; não pedistes ofertas nem vitimas,+ holocaustos por nossos pecados.* 8a E então eu vos disse: “Eis que venho!” 7

Boas-novas de vossa justiça + anunciei numa grande assembleia;* vós sabeis: não fechei os meus lábios! 10

Proclamei toda a vossa justiça,+ sem retê-la no meu coração;* vosso auxilio e lealdade narrei. Não calei vossa graça e verdade* na presença da grande assembleia.

11

2ª LEITURA Rom 1,1-7 A reading from the Letter to the Romans: Paul, a slave of Christ Jesus, called to be an Apostle and set apart for the Gospel of God, which he promised previously through his prophets in the holy Scriptures, the Gospel about his Son, descended from David according to the flesh, but established as Son of God in power according to the Spirit of holiness through resurrection from the dead, Jesus Christ our Lord. Through him we have received the 87


MISSA DO DIA

grace of apostleship, to bring about the obedience of faith, for the sake of his name, among all the Gentiles, among whom are you also, who are called to belong to Jesus Christ; to all the beloved of God in Rome, called to be holy. Grace to you and peace from God our Father and the Lord Jesus Christ. The Word of the Lord.  A: Thanks be to God! Inicio da Carta de São Paulo aos Romanos 1 Paulo, servo de Jesus Cristo, apóstolo por vocação, escolhido para o evangelho de Deus, 2que pelos profetas havia prometido, nas Escrituras, 3e que diz respeito a seu Filho, descendente de Davi segundo a carne, 4autenticado como Filho de Deus e com poder, pelo Espírito de Santidade que o ressuscitou dos mortos, Jesus Cristo, nosso Senhor. 5É por Ele que recebemos a graça da vocação para o apostolado, a fim de podermos trazer à obediência da fé todos os povos pagãos, para a glória de seu nome. 6Entre esses povos estais também vós chamados a ser discípulos de Jesus Cristo. 7A vós todos que morais em Roma, amados de Deus e santos por vocação, graça e paz da parte de Deus, nosso Pai, e de nosso Senhor, Jesus Cristo. ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO Canto: Aleluia Aleluia, aleluia, aleluia, aleluia (2x) Jesus pregava a boa nova, o reino anunciando E curava toda a espécie de doenças entre o povo Aleluia, aleluia, aleluia, aleluia (2x) Ide, fazei discípulos entre todas as nações Aleluia, aleluia, aleluia, aleluia (2x) Ouvi, Nações, a palavra do Senhor Aleluia, aleluia, aleluia, aleluia (2x) Saí por todo mundo e pregai o Evangelho Aleluia, aleluia, aleluia, aleluia (2x) 88


23 de julho | TERÇA-FEIRA

EVANGELHO Mt 9, 9-13 S: O Senhor esteja convosco. T: Ele está no meio de nós. S: Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo Segundo São Mateus T: Glória a vós, Senhor. Naquele tempo, 9Partindo dali, Jesus viu um homem chamado Mateus, sentado na coletoria de impostos, e disse-lhe: “Segue-me!” Ele se levantou e seguiu a Jesus. 10Enquanto Jesus estava à mesa, em casa de Mateus, vieram muitos cobradores de impostos e pecadores e sentaram-se à mesa com Jesus e seus discípulos. 11Alguns fariseus viram isso e perguntaram aos discípulos: “Por que vosso mestre come com os cobradores de impostos e pecadores?” 12Jesus ouviu a pergunta e respondeu: “Aqueles que têm saúde não precisam de médico, mas sim os doentes. 13Aprendei, pois, o que significa: ‘Quero misericórdia e não sacrifício’. De fato, eu não vim chamar os justos, mas os pecadores”. Palavra da Salvação. T: Gloria a vós, Senhor. HOMILIA PROFISSÃO DE FÉ S: Creio em um só Deus, Pai todo-poderoso, T: Criador do céu e da terra, de todas as coisas visíveis e invisíveis. Creio em um só Senhor, Jesus Cristo, Filho Unigênito de Deus, nascido do Pai antes de todos os séculos: Deus de Deus, luz da luz, Deus verdadeiro de Deus verdadeiro, gerado, não criado, consubstancial ao Pai. Por ele todas as coisas foram feitas. E por nós, homens, e para nossa salvação, desceu dos céus: (aqui todos se ajoelham até “e se fez homem”) e se encarnou pelo Espírito Santo, no seio da Virgem Maria, e se fez homem. Também por nós foi crucificado sob Pôncio Pilatos; padeceu e foi sepultado. Ressuscitou ao terceiro dia, conforme as 89


MISSA DO DIA

Escrituras, e subiu aos céus, onde está sentado à direita do Pai. E de novo há de vir, em sua glória, para julgar os vivos e os mortos; e o seu reino não terá fim. Creio no Espírito Santo, Senhor que dá a vida, e procede do Pai e do Filho; e com o Pai e o Filho é adorado e glorificado: ele que falou pelos profetas. Creio na Igreja, una, santa, católica e apostólica. Professo um só batismo para remissão dos pecados. E espero a ressurreição dos mortos e a vida do mundo que há de vir. Amém. ORAÇÃO DOS FIÉIS S: Repletos de esperança, elevemos nossas Preces Àquele que vem trazer a justiça e a paz, clamando: T: Ó Senhor, escutai a nossa prece! 1. Pela Santa Igreja de Deus, presente em toda a Terra, para que a Jornada Mundial da Juventude renove, ainda mais, a sua esperança e o seu vigor missionário, rezemos ao Senhor: 2. Pelo Santo Padre o Papa Francisco, por nosso Bispo Orani, pelo Colégio Episcopal, sacerdotes, diáconos e todos os que de alguma forma são chamados a anunciar o Evangelho, para que, por sua vida e ministério, nos ajudem a discernir os sinais dos tempos e viver a esperança, rezemos ao Senhor. 3. Pelos povos do mundo inteiro, para que, iluminados pela Palavra de Cristo Senhor, contagiem todas as pessoas de boa vontade através do testemunho de fraternidade, paz e amor mútuo, rezemos ao Senhor: 4. Por todos os jovens aqui reunidos, para que usando os novos meios de comunicação, em particular o mundo da internet, que nos foram concedidos por Deus, procurem através de um diálogo marcado pela simplicidade e respeito, transmitir valores cristãos e testemunhá-los no continente digital, rezemos ao Senhor: 5. Pela Jornada Mundial da Juventude Rio2013, que hoje solenemente iniciamos, para que esta semana de graça, seja um tempo propício de encontro pessoal com o Senhor que chama e um profundo testemunho aos jovens que ainda não O conhecem, rezemos ao Senhor: 90


23 de julho | TERÇA-FEIRA

6. Para que neste Ano da Fé, proclamado pelo Santo Padre Bento XVI, possamos redescobrir a Boa-Nova que nos foi revelada e fazê-la brilhar, sempre mais, através do renovado entusiasmo do encontro com Cristo, rezemos ao Senhor: (Outras Preces) S: Acolhei, Senhor, nossas Preces, para que sejamos perseverantes em meio aos desafios da vida presente. Por Cristo nosso Senhor. S: Amém. LITURGIA EUCARÍSTICA OFERTÓRIO Canto: Ofertório JMJ Tudo o que sou, tudo o que tenho te ofereço. Eu reconheço que Tu és meu Salvador. Quero retribuir e ofertar com o pão e o vinho minha vida no altar. Refrão: Recebe, Senhor, nossa vida, palavras e ações. Seguimos fazendo discípulos em todas as nações. Recebe, Senhor, nossa oferta, é de coração. Somos teus, meu Senhor. Nós somos teus, somos milhões, de mil lugares. Jovens na Igreja, uma só fé nos corações. Recebe nosso sim e compromisso de fazer discípulos entre todas as nações. Refrão A alegria, os nossos sonhos e atitudes. Toda a energia do nosso ser, e nosso amor. Recebe nossa fé e juventude, oferendas vivas no altar do meu Senhor. 91


MISSA DO DIA

Refrão Nessa jornada buscando a tua vontade. No santuário do nosso Cristo Redentor. Recebe a tua Igreja em unidade. Culturas tão diversas, uma só identidade. Refrão Todos os frutos de nosso esforço e trabalho oferecemos com o vinho e com o pão. Juntos, de mãos dadas com a Igreja, plantamos sementes da evangelização S: Orai, irmãos e irmãs, para que o sacrifício da Igreja, nesta pausa restauradora na caminhada rumo ao céu, seja aceito por Deus Pai todo-poderoso. T: Receba o Senhor por tuas mãos este sacrifício, para a glória do seu nome, para o nosso bem e de toda a santa Igreja. Oração sobre as oferendas Ó Deus, quisestes salvar todo o mundo no sacrifício do vosso Filho. Concedei, pelo poder destas oferendas, que todos os cristãos leigos, chamados também ao apostolado, animem o mundo com o espírito de Cristo, sendo um fermento de santidade. Por Cristo, nosso Senhor. T: Amém. ORAÇÃO EUCARÍSTICA II Prefácio pela unidade dos cristãos (A Igreja, unidade do Corpo de Cristo) S: O Senhor esteja convosco. T: Ele está no meio de nós. S: Corações ao alto. T: O nosso coração está em Deus. S: Demos graças ao Senhor, nosso Deus. 92


23 de julho | TERÇA-FEIRA

T: É nosso dever e nossa salvação. S: Na verdade, é justo e necessário, é nosso dever e salvação dar-vos graças, sempre e em todo o lugar, Senhor, Pai Santo, Deus eterno e todo-poderoso, por Cristo, Senhor nosso. Por ele nos levastes ao conhecimento da vossa verdade, a fim de nos tornarmos o seu corpo, pelo vínculo da mesma fé e do mesmo batismo. Por ele, destes a todas as nações o vosso Espírito Santo, fonte de variedade e de unidade, que habita nos vossos filhos e filhas de adoção, e governa toda a Igreja com a plenitude de sua presença. Unidos à multidão dos anjos e dos santos, proclamamos vossa bondade, cantando (dizendo) a uma só voz: Canto: Sanctus Sanctus, Sanctus, Sanctus, Dóminus Deus Sábaoth. Pleni sunt cæli et terra glória tua. Hosánna in excélsis. Benedíctus, qui venit in nomine Dómini. Hosánna in excélsis (2x) S: Na verdade, ó Pai, vós sois santo e fonte de toda santidade. Santificai, pois, estas oferendas, derramando sobre elas o vosso Espírito, a fim de que se tornem para nós o Corpo e Ì o Sangue de Jesus Cristo, vosso Filho e Senhor nosso. T: Santificai nossa oferenda, ó Senhor! S: Estando para ser entregue e abraçando livremente a paixão, ele tomou o pão, deu graças, e o partiu e deu a seus discípulos, dizendo: TOMAI, TODOS, E COMEI: ISTO É O MEU CORPO, QUE SERÁ ENTREGUE POR VÓS. Do mesmo modo, ao fim da ceia, ele tomou o cálice em suas mãos, deu graças novamente, e o deu a seus discípulos, dizendo: TOMAI, TODOS, E BEBEI: ESTE É O CÁLICE DO MEU SANGUE, O SANGUE DA NOVA E ETERNA ALIANÇA, QUE SERÁ DERRAMADO POR VÓS E POR TODOS PARA A REMISSÃO DOS PECADOS. FAZEI ISTO EM MEMÓRIA DE MIM. Eis o mistério da fé! 93


MISSA DO DIA

T: Salvador do mundo, salvai-nos, vós que nos libertastes pela cruz e ressurreição. S: Celebrando, pois, a memória da morte e ressurreição do vosso Filho, nós vos oferecemos, ó Pai, o pão da vida e o cálice da salvação; e vos agradecemos porque nos tornastes dignos de estar aqui na vossa presença e vos servir. T: Recebei, ó Senhor, a nossa oferta!   S: E nós vos suplicamos que, participando do Corpo e Sangue de Cristo, sejamos reunidos pelo Espírito Santo num só corpo. T: Fazei de nós um só corpo e um só espírito!   S: Lembrai-vos, ó Pai, da vossa Igreja que se faz presente pelo mundo inteiro: que ela cresça na caridade, com o Papa Francisco, com o nosso Bispo Orani, e todos os ministros do vosso povo. T: Lembrai-vos, ó Pai, da vossa Igreja!   S: Lembrai-vos também dos (outros) nossos irmãos e irmãs que morreram na esperança da ressurreição e de todos os que partiram desta vida: acolhei-os junto a vós na luz da vossa face. T: Lembrai-vos, ó Pai, dos vossos filhos!   S: Enfim, nós vos pedimos, tende piedade de todos nós e dai-nos participar da vida eterna, com a Virgem Maria, Mãe de Deus, com os santos Apóstolos e todos os que neste mundo vos serviram, a fim de vos louvarmos e glorificarmos, por Jesus Cristo, vosso Filho. T: Concedei-nos o convívio dos eleitos! S: Por Cristo, com Cristo, em Cristo, a vós, Deus Pai todo-poderoso, na unidade do Espírito Santo, toda a honra e toda a glória, agora e para sempre. T: Amém.

94


23 de julho | TERÇA-FEIRA

RITOS DA COMUNHÃO S: Obedientes à palavra do Salvador e formados por seu divino ensinamento, ousamos dizer: T: Pai nosso que estais nos céus, santificado seja o vosso nome; venha a nós o vosso reino, seja feita a vossa vontade, assim na terra como no céu; o pão nosso de cada dia nos daí hoje, perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. S: Livrai-nos de todos os males, ó Pai, e dai-nos hoje a vossa paz. Ajudados pela vossa misericórdia, sejamos sempre livres do pecado e protegidos de todos os perigos, enquanto, vivendo a esperança, aguardamos a vinda de Cristo salvador. T: Vosso é o Reino, o poder e a glória para sempre! S: Senhor Jesus Cristo, dissestes aos vossos Apóstolos: Eu vos deixo a paz, eu vos dou a minha paz. Não olheis os nossos pecados, mas a fé que anima vossa Igreja; dai-lhe, segundo o vosso desejo, a paz e a unidade. Vós, que sois Deus, como Pai e o Espírito Santo. T: Amém! S: A paz do Senhor esteja sempre convosco. T: O amor de Cristo nos uniu. S: Como filhos e filhas do Deus da paz, saudai-vos com um gesto de comunhão fraterna. Canto: Cordeiro de Deus Agnus Dei, qui tollis peccáta mundi: miserére nobis. Agnus Dei, qui tollis peccáta mundi: miserére nobis. Agnus Dei, qui tollis peccata mundi: dona nobis, dona nobis pacem. S: Felizes os convidados para o banquete nupcial do Cordeiro! Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo. T: Senhor, eu não sou digno de que entreis em minha morada, mas dizei uma palavra e serei salvo. 95


MISSA DO DIA

Comunhão Canto: Tesouro singelo É chegado o momento tão esperado, o santo banquete do altar. Onde o Cristo se faz cordeiro imolado e se dá em sacrifício a nós que somos o seu povo sedento de seu corpo e sangue. É tão sagrado, tão sublime este momento da mais perfeita comunhão contigo, ó Cristo Jesus. Refrão: No teu altar, teu corpo sagrado. O pão da vida, nosso alimento. Presença viva em nós na comunhão. No teu altar, teu corpo sagrado. O pão da vida, nosso alimento. Presença viva em nós. Jesus na comunhão. Tesouro singelo, tão puro, tão belo, presença real neste pão O pão que é corpo, o vinho que é sangue e alegra o nosso coração, pois grande é a graça de te receber no mistério dessa pequena imensidão. Divina ceia que se renova agora aqui nesta doce e santa eucaristia, ó Cristo Jesus. Refrão Chegarmos à mesa nos traz a certeza do que nós queremos viver. O ardor missionário, doar seu trabalho a tua vontade então fazer. É tudo o que nos pede esta comunhão sermos como um outro Cristo para o irmão. 96


23 de julho | TERÇA-FEIRA

A eucaristia nos inspira a servir como tu nos ensinaste um dia, ó Cristo Jesus. Refrão Ser jovem, ser santo e ser missionário, doar nossa vida com amor. Lançar nossas redes em todos os mares, pescar muitas almas pro Senhor. É tudo o que deseja o nosso coração e pedimos nesta santa comunhão. Nos dá coragem e sustenta o nosso sim pra perseverarmos sempre em ti, ó Cristo Jesus. Refrão Tu que quiseste permanecer e nos deixaste por herança, na mesa do altar, esse pão, esse vinho, teu próprio sangue, ó Cristo Jesus. Refrão Canto: Tantum Ergo Vamos todos louvar juntos, o mistério de amor pois o preço deste mundo foi o sangue redentor recebido de Maria que nos deu o Salvador (2x) Veio ao mundo por Maria, foi por nós que ele nasceu ensinou sua doutrina, com os homens conviveu, no final de sua vida, um presente Ele nos deu (2x) Observando a lei mosaica, se reuniu com os irmãos era noite despedida, numa ceia: refeição deu-se aos doze em alimento, pelas suas próprias mãos (2x) A palavra do Deus vivo, transformou o vinho e o pão 97


MISSA DO DIA

no seu sangue, no seu corpo, para nossa salvação o milagre nós não vemos, basta fé no coração (2x) Tão sublime sacramento, adoremos neste altar pois o antigo testamento, deu ao novo seu lugar venha a fé por suplemento os sentidos completar (2x) Ao eterno Pai cantemos, e a Jesus, o Salvador ao Espírito exaltemos, na Trindade eterno amor ao Deus uno e trino demos, a alegria do louvor (2x) Oração depois da comunhão Ao participarmos, ó Deus, da plenitude de vossa graça, nós vos pedimos que os vossos fiéis, consagrados às tarefas temporais, sejam fortalecidos pela ceia eucarística para quepossam dar verdadeiro testemunho do Evangelho tornando a vossa Igreja presente e ativa no mundo. Por Cristo, nosso Senhor. T: Amém. S: O Senhor esteja convosco. T: Ele está no meio de nós. S: A paz de Deus, que supera todo entendimento, guarde vossos corações e vossas mentes no conhecimento e no amor de Deus, e de seu Filho, nosso Senhor Jesus Cristo. T: Amém. S: Seja bendito o nome do Senhor. T: Agora e para sempre. S: A nossa proteção está no nome do Senhor. T: Que fez o céu e a terra. S: Abençoe-vos Deus todo-poderoso, Pai e Filho e Espírito Santo. T: Amém. S: Glorificai o Senhor com vossa vida; ide em paz e o Senhor vos acompanhe. T: Graças a Deus.

98


23 de julho | TERÇA-FEIRA

Canto: Fino ai confinidella terra – “Até os confins da terra” Luz, tu és a luz, luz esplendente de Deus dentro de nós. E tu és toda a verdade que ilumina. Fogo, tu és o fogo, fogo ardente de Deus que queima em nós. E Tu queres que em todo ser deste mundo o teu calor comece já. Até os confins desta terra nós levaremos a tua palavra. O teu amor, que é fogo em nós, incendiará. Eres la vida que se dona hasta desbordar el alma. Eres tú la caridad que libera. Eres palabra que como una espada penetra el corazón. Eres tú quien nos invita a seguirte para ser discípulos hoy Anunciaremos tus palabras a los confines del universo y el amor de tu corazón nos invadirá. We shall be echoes of your words We’ll be your voice to the ends of this wide world Till every single heart may know you And follow you. Voce, la voce sei

99


MISSA DO DIA

che parla dentro le vie dell’anima. Voce che ci fa lasciare le reti e fa di noi discepoli tuoi. Fino ai confini della terra Noi porteremo la tua parola Finché l’amore tuo per noi Ci avvolgerà. Até os confins desta terra nós levaremos a tua palavra. O teu amor, que é fogo em nós, incendiará. Até os confins desta terra seremos a voz da tua glória. E um grande coro cantando o amor, te seguirá.

100


24 de julho | Quarta-feira LITURGIA DAS HORAS IV semana do saltério

Laudes V. Vinde, ó Deus, em meu auxílio.  R. Socorrei-me sem demora.  Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.  Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Hino Criador das alturas celestes,  vós fixastes caminhos de luz para a lua, rainha da noite, para o sol, que de dia reluz.   Vai-se a treva, fugindo da aurora,  e do dia se espalha o clarão.  Nova força também nos desperta  e nos une num só coração.  O nascer deste dia convida a cantarmos os vossos louvores.  Do céu jorra uma paz envolvente,  harmonia de luz e de cores.  Ao clarão desta luz que renasce,  fuja a treva e se apague a ilusão.  A discórdia não trema nos lábios,  a maldade não turve a razão.  Quando o sol vai tecendo este dia,  brilhe a fé com igual claridade,  cresça a espera nos bens prometidos  e nos una uma só caridade.  101


LITURGIA DAS HORAS

Escutai-nos, ó Pai piedoso, e vós, Filho, do Pai esplendor, que reinais, como Espírito Santo,  na manhã sem ocaso do amor. Salmodia  Ant. 1 Meu coração está pronto, meu Deus, está pronto o meu coração!†   Salmo 107(108) Louvor a Deus e pedido de ajuda 

Porque o Filho de Deus foi exaltado acima dos céus, sua glória foi anunciada por toda a terra (Arnóbio).

–2 Meu coração está pronto, meu Deus, *  está pronto o meu coração!  – † Vou cantar e tocar para vós: *  desperta, minh’alma, desperta!   –3 Despertem a harpa e a lira, *  eu irei acordar a aurora!  –4 Vou louvar-vos, Senhor, entre os povos, *  dar-vos graças por entre as nações!  –5 Vosso amor é mais alto que os céus, *  mais que as nuvens a vossa verdade!   –6 Elevai-vos, ó Deus, sobre os céus, *  vossa glória refulja na terra!  –7 Sejam livres os vossos amados, * vossa mão nos ajude, ouvi-nos!   =8 Deus falou em seu santo lugar: † ‘Exultarei, repartindo Siquém, *  102


24 de julho | QUARTA-FEIRA

e o vale em Sucot medirei. =9 Galaad, Manassés me pertencem, † Efraim é o meu capacete, * e Judá, o meu cetro real.  =10 É Moab minha bacia de banho, †  sobre Edom eu porei meu calçado, *  vencerei a nação filistéia!’  –11 Quem me leva à cidade segura, * e a Edom quem me vai conduzir,  –12 se vós, Deus, rejeitais vosso povo *  e não mais conduzis nossas tropas? –13 Dai-nos, Deus, vosso auxílio na angústia, *  nada vale o socorro dos homens!  –14 Mas com Deus nós faremos proezas, *  e ele vai esmagar o opressor. – Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *  Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Ant. Meu coração está pronto, meu Deus, está pronto o meu coração!  Ant. 2 Deus me envolveu de salvação qual uma veste, e como manto da justiça me cobriu.   Cântico Is 61,10– 62,5 A alegria do profeta sobre a nova Jerusalém 

Vi a cidade santa, a nova Jerusalém,. vestida qual esposa enfeitada para o seu marido (cf. Ap 21,2).

–61,10Eu exulto de alegria no Senhor, * e minh’alma rejubila no meu Deus.   – Pois me envolveu de salvação, qual uma veste, *  e como manto da justiça me cobriu,  103


LITURGIA DAS HORAS

– como o noivo que coloca o diadema, *  como a noiva que se enfeita com suas jóias.   – 11 Como a terra faz brotar os seus rebentos *  e o jardim faz germinar suas sementes,  – o Senhor Deus fará brotar sua justiça *  e o louvor perante todas as nações.   – 62,1 Por ti, Sião, não haverei de me calar, *  nem por ti, Jerusalém, terei sossego,   – até que brilhe tua justiça como a aurora *  e a tua salvação como um farol.   – 2 Então os povos hão de ver tua justiça, * e os reis de toda a terra, a tua glória;   – todos eles te darão um nome novo: *  enunciado pelos lábios do Senhor.  – 3 Serás coroa esplendorosa em sua mão, * diadema régio entre as mãos do teu Senhor.   –4 Nunca mais te chamarão ‘Desamparada’, *  nem se dirá de tua terra ‘Abandonada’;   – mas haverão de te chamar ‘Minha querida’, *  e se dirá de tua terra ‘Desposada’.   – Porque o Senhor se agradou muito de ti, *  e tua terra há de ter o seu esposo.    – 5 Como um jovem que desposa a bem-amada, * teu Construtor, assim também, vai desposar-te;   – como a esposa é a alegria do marido, *  serás assim a alegria do teu Deus.   – Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *  Como era no princípio, agora e sempre. Amém.  Ant. Deus me envolveu de salvação qual uma veste, e como manto da justiça me cobriu.   Ant. 3 Bendirei ao Senhor toda a vida.   104


24 de julho | QUARTA-FEIRA

Salmo 145(146) Felicidade dos que esperam no Senhor

Louvamos o Senhor em nossa vida, isto é, em nosso proceder (Arnóbio).

=1 Bendize, minh’alma, ao Senhor! †  2 Bendirei ao Senhor toda a vida, *  cantarei ao meu Deus sem cessar!   –3 Não ponhais vossa fé nos que mandam, *  não há homem que possa salvar.  =4 Ao faltar-lhe o respiro ele volta †  para a terra de onde saiu; * nesse dia seus planos perecem.   =5 É feliz todo homem que busca †  seu auxílio no Deus de Jacó, *  e que põe no Senhor a esperança.  –6 O Senhor fez o céu e a terra, *  fez o mar e o que neles existe.   – O Senhor é fiel para sempre, *   7 faz justiça aos que são oprimidos;   – ele dá alimento aos famintos, *  é o Senhor quem liberta os cativos.   =8 O Senhor abre os olhos aos cegos, † o Senhor faz erguer-se o caído, *  o Senhor ama aquele que é justo.   =9 É o Senhor quem protege o estrangeiro, †  quem ampara a viúva e o órfão, *  mas confunde os caminhos dos maus.   =10 O Senhor reinará para sempre! † Ó Sião, o teu Deus reinará * para sempre e por todos os séculos! 105


LITURGIA DAS HORAS

– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. * Como era no princípio, agora e sempre. Amém.  Ant. Bendirei ao Senhor toda a vida.   Leitura breve Dt 4,39-40a   Reconhece, hoje, e grava-o em teu coração, que o Senhor é o Deus lá em cima do céu e cá embaixo na terra, e que não há outro além dele. Guarda suas leis e seus mandamentos que hojete prescrevo.   Responsório breve   R. Bendirei o Senhor Deus, *Bendirei em todo o tempo.  R. Bendirei o Senhor Deus,   V. Seu louvor em minha boca, seu louvor eternamente. *Bendirei em todo o tempo.  Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.  R. Bendirei o Senhor Deus, Bendirei em todo o tempo.  Cântico evangélico Benedictus Ant. Sirvamos ao Senhor em santidade, enquanto perdurarem nossos dias.   Pág. 291 Preces  Jesus Cristo, esplendor do Pai, nos ilumina com a sua palavra. Cheios de amor o invoquemos:   R. Rei da eterna glória, ouvi-nos!  

106


24 de julho | QUARTA-FEIRA

Sois bendito, Senhor, autor e consumador da nossa fé, – porque nos chamastes das trevas para a vossa luz admirável. R.   Vós, que abristes os olhos aos cegos e fizestes os surdos ouvirem,  – aumentai a nossa fé. R. Fazei-nos, Senhor, permanecer firmes no vosso amor,  – e que nunca nos separemos uns dos outros. R.   Dai-nos força para resistir à tentação, paciência na tribulação,  – e sentimentos de gratidão na prosperidade. R.   (intenções livres)  Pai nosso. Oração  Lembrai-vos, Senhor, de vossa santa aliança, consagrada pelo Sangue do Cordeiro, para que vosso povo obtenha o perdão dos pecados e avance continuamente no caminho da salvação. Pornosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.   Conclusão da Hora O Senhor nos abençoe, nos livre de todo o mal e nos conduza à vida eterna. Amém.

107


LITURGIA DAS HORAS

Hora Média

Oração das Doze Horas (hora sexta)

V. Vinde, ó Deus, em meu auxílio. R. Socorrei-me sem demora.  Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Hino Ó Deus, verdade e força  que o mundo governais,  da aurora ao meio-dia,  a terra iluminais. De nós se afaste a ira, discórdia e divisão.  Ao corpo dai saúde,  e paz ao coração.  Ouvi-nos, Pai bondoso,  por Cristo Salvador,  que vive com o Espírito  convosco pelo Amor. Salmodia Ant. 1 Clamo de todo o coração: Senhor, ouvi-me, pois espero confiante em vossa lei!  Salmo 118(119),145-152 XIX (Coph) Meditação sobre a Palavra de Deus na Lei 

Naquele que guarda a sua palavra, o amor de Deus é plenamente realizado (1Jo 2,5).

–145 Clamo de todo o coração: Senhor, ouvi-me! *  Quero cumprir vossa vontade fielmente!  –146 Clamo a vós: Senhor, salvai-me, eu vos suplico, *  e então eu guardarei vossa Aliança!   –147 Chego antes que a aurora e vos imploro, *  108


24 de julho | QUARTA-FEIRA

e espero confiante em vossa lei.  –148 Os meus olhos antecipam as vigílias, *  para de noite meditar vossa palavra. –149 Por vosso amor ouvi atento a minha voz *  e dai-me a vida, como é vossa decisão!  –150 Meus opressores se aproximam com maldade; *  como estão longe, ó Senhor, de vossa lei!   –151 Vós estais perto, ó Senhor, perto de mim; *  todos os vossos mandamentos são verdade!   –152 Desde criança aprendi vossa Aliança *  que firmastes para sempre, eternamente.  – Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *  Como era no princípio, agora e sempre. Amém.  Ant. Clamo de todo o coração: Senhor, ouvi-me, pois espero confiante em vossa lei!  Ant. 2 Deus sabe o que pensamos homens: pois um nada é o seu pensamento.   Salmo 93(94) O Senhor faz justiça

O Senhor se vinga de tudo:. pois Deus não nos

chamou à impureza, mas à santidade (cf. 1Ts 4,6-7).

I  

–1 Senhor Deus justiceiro, brilhai, *  revelai-vos, ó Deus vingador!   –2 Levantai-vos, Juiz das nações, *  e pagai seu salário aos soberbos!  –3 Até quando os injustos, Senhor, *  até quando haverão de vencer?   –4 Arrogantes derramam insultos *  e se gabam do mal que fizeram.   109


LITURGIA DAS HORAS

–5 Eis que oprimem, Senhor, vosso povo *  e humilham a vossa herança;   –6 estrangeiro e viúva trucidam, *  e assassinam o pobre e o órfão!   –7 Eles dizem: ‘O Senhor não nos vê *  e o Deus de Jacó não percebe!’   –8 Entendei, ó estultos do povo; *  insensatos, quando é que vereis?   –9 O que fez o ouvido, não ouve? *  Quem os olhos formou, não verá?   –10 Quem educa as nações, não castiga? *  Quem os homens ensina, não sabe?   –11 Ele sabe o que pensam os homens: *  pois um nada é o seu pensamento!   – Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *  Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Ant. Deus sabe o que pensamos homens: pois um nada é o seu pensamento.   Ant. 3 Para mim o Senhor, com certeza, é refúgio, é abrigo, é rochedo.  II 

–12 É feliz, ó Senhor, quem formais *  e educais nos caminhos da Lei,   –13 para dar-lhe um alívio na angústia, *  quando ao ímpio se abre uma cova.  –14 O Senhor não rejeita o seu povo *  e não pode esquecer sua herança:   –15 voltarão a juízo as sentenças; *  quem é reto andará na justiça.   –16 Quem por mim contra os maus se levanta *  e a meu lado estará contra eles?   –17 Se o Senhor não me desse uma ajuda, * 

11 0


24 de julho | QUARTA-FEIRA

no silêncio da morte estaria! –18 Quando eu penso: ‘Estou quase caindo!’ *  Vosso amor me sustenta, Senhor!   –19 Quando o meu coração se angustia, *  consolais e alegrais minha alma.   =20 Pode acaso juntar-se convosco †  o impostor tribunal da injustiça, * que age mal, tendo a lei por pretexto?  –21 Eles podem agir contra o justo, *  condenando o inocente a morrer:   –22 Para mim o Senhor, com certeza, *  é refúgio, é abrigo, é rochedo!    =23 O Senhor, nosso Deus, os arrasa, †  faz voltar contra eles o mal, *   24 sua própria maldade os condena.   – Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *  Como era no princípio, agora e sempre. Amém.  Ant. Para mim o Senhor, com certeza, é refúgio, é abrigo, é rochedo.   Leitura breve Cl 3,17  Tudo o que fizerdes, em palavras ou obras, seja feito em nome do Senhor Jesus Cristo. Por meio dele dai graças a Deus, o Pai.  V. Eu oferto um sacrifício de louvor, R. Invocando o nome santo do Senhor.   Oração  Deus onipotente e misericordioso, que nos dais novo alento no meio deste dia, olhai com bondade os trabalhos começados e, perdoando nossas faltas, fazei que eles atinjam os fins que vos agradam. Por Cristo, nosso Senhor. V. Bendigamos ao Senhor. R. Graças a Deus. 111


LITURGIA DAS HORAS

Vésperas V. Vinde, ó Deus, em meu auxílio. R. Socorrei-me sem demora.  Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.  Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Hino   Devagar, vai o sol se escondendo,  deixa os montes, o campo e o mar,  mas renova o presságio da luz,  que amanhã vai de novo brilhar. Os mortais se admiram do modo  pelo qual, generoso Senhor,  destes leis ao transcurso do tempo,  alternância de sombra e fulgor. Quando reina nos céus o silêncio  e declina o vigor para a lida,  sob o peso das trevas a noite  nosso corpo ao descanso convida.  De esperança e de fé penetrados,  saciar-nos possamos, Senhor,  de alegria na glória do Verbo  que é do Pai o eterno esplendor. Este é o sol que jamais tem ocaso  e também o nascer desconhece.  Canta a terra, em seu brilho envolvida,  nele o céu em fulgor resplandece.  Dai-nos, Pai, gozar sempre da luz  que este mundo ilumina e mantém,  e cantar-vos, e ao Filho, e ao Espírito,  canto novo nos séculos. Amém.   11 2


24 de julho | QUARTA-FEIRA

Salmodia   Ant. 1 Vosso saber é por demais maravilhoso, ó Senhor.   Salmo 138(139),1-18.23-24 Deus tudo vê 

Quem conheceu o pensamento do Senhor? Ou quem foi seu conselheiro? (Rm 11,34).

I

–1 Senhor, vós me sondais e conheceis, *   2 sabeis quando me sento ou me levanto;   = de longe penetrais meus pensamentos, †   3percebeis quando me deito e quando eu ando, *  os meus caminhos vos são todos conhecidos.  –4 A palavra nem chegou à minha língua, *  e já, Senhor, a conheceis inteiramente.  –5 Por detrás e pela frente me envolveis; * pusestes sobre mima vossa mão.   –6 Esta Verdade é por demais maravilhosa, *  é tão sublime que não poso compreendê-la.   –7 Em que lugar me ocultarei de vosso espírito? *  E para onde fugirei de vossa face?  –8 Se eu subir até os céus, ali estais; *  se eu descer até o abismo, estais presente. –9 Se a aurora me emprestar as suas asas, *  para eu voar e habitar no fim dos mares;   –10 mesmo lá vai me guiar a vossa mão *  e segurar-me com firmeza a vossa destra.   –11 Se eu pensasse: ‘A escuridão venha esconder-me *  e que a luz ao meu redor se faça noite!’   =12 Mesmo as trevas para vós não são escuras, †  a própria noite resplandece como o dia, *  e a escuridão é tão brilhante como a luz.   11 3


LITURGIA DAS HORAS

– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. * Como era no princípio, agora e sempre. Amém.  Ant. Vosso saber é por demais maravilhoso, ó Senhor.   Ant. 2 Eu, o Senhor, vejo o mais íntimo e conheço os corações, recompenso a cada um conforme as obras realizadas.   II

–13 Fostes vós que me formastes as entranhas, *  e no seio de minha mãe vós me tecestes.  =14 Eu vos louvo e vos dou graças, ó Senhor, †  porque de modo admirável me formastes! *  Que prodígio e maravilha as vossas obras!   – Até o mais íntimo, Senhor, me conheceis; *   15 nenhuma sequer de minhas fibras ignoráveis,   – quando eu era modelado ocultamente, *  era formado nas entranhas subterrâneas. –16 Ainda informe, os vossos olhos me olharam, *  e por vós foram previstos os meus dias;  – em vosso livro estavam todos anotados, *  antes mesmo que um só deles existisse.  –17 Quão insondáveis são os vossos pensamentos! *  Incontável, ó Senhor, é o seu número!  –18 Se eu os conto, serão mais que os grãos de areia; *  se chego ao fim, ainda falta conhecer-vos.   –23 Senhor, sondai-me, conhecei meu coração, *  examinai-me e provai meus pensamentos!  –24 Vede bem se não estou no mau caminho, *  e conduzi-me no caminho para a vida! 

Ant. Eu, o Senhor, vejo o mais íntimo e conheço os corações, recompenso a cada um conforme as obras realizadas.   Ant. 3 Em Cristo é que tudo foi criado, é por ele que subsiste o universo.  11 4


24 de julho | QUARTA-FEIRA

Cântico Cf. Cl 1,12-20 Cristo, o Primogênito de toda a criatura  e o Primogênito dentre os mortos  =12 Demos graças a Deus Pai onipotente, †  que nos chama a partilhar, na sua luz, *  da herança a seus santos reservada!  (R. Glória a vós, primogênito dentre os mortos!)  =13 Do império das trevas arrancou-nos †  e transportou-nos para o reino de seu Filho, *  para o reino de seu Filho bem-amado,  –14 no qual nós encontramos redenção, *  dos pecados remissão pelo seu sangue. (R.)  –15 Do Deus, o Invisível, é a imagem, *  o Primogênito de toda criatura;  =16 porque nele é que tudo foi criado, †  o que há nos céus e o que existe sobre a terra, *  o visível e também o invisível. (R.)  = Sejam Tronos e Poderes que há nos céus, †  sejam eles Principados, Potestades: *  por ele e para ele foram feitos.  –17 Antes de toda criatura ele existe, *  e é por ele que subsiste o universo. (R.)  =18 Ele é a Cabeça da Igreja, que é seu Corpo, †  é o princípio, o Primogênito entre os mortos, *  a fim de ter em tudo a primazia.  –19 Pois foi do agrado de Deus Pai que a plenitude *  habitasse no seu Cristo inteiramente. (R.)  –20 Aprouve-lhe também, por meio dele, *  reconciliar consigo mesmo as criaturas,  = pacificando pelo sangue de sua cruz †  11 5


LITURGIA DAS HORAS

tudo aquilo que por ele foi criado, * o que há nos céus e o que existe sobre a terra. (R.) – Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *  Como era no princípio, agora e sempre. Amém.   Ant. Em Cristo é que tudo foi criado, e é por ele que subsiste o universo.  Leitura breve 1Jo 2,3-6  Para saber que o conhecemos, vejamos se guardamos os seus mandamentos. Quem diz: ‹Eu conheço a Deus’, mas não guarda os seus mandamentos, é mentiroso, e a verdade não está nele. Naquele, porém, que guarda a sua palavra, o amor de Deus é plenamente realizado. O critério para saber se estamos com Jesus é este: quem diz que permanece nele, deve também proceder como ele procedeu.   Responsório breve   R. Protegei-nos, Senhor, *Como a pupila dos olhos.  R. Protegei-nos, Senhor, V. Guardai-nos, defendei-nos, sob a vossa proteção.  *Como a pupila dos olhos. Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.  R. Protegei-nos, Senhor, Como a pupila dos olhos. Cântico evangélico Magnificat Ant. Ó Senhor, manifestai o poder de vosso braço, dispersai os soberbos e elevai os humildes!   Pág. 291

11 6


24 de julho | QUARTA-FEIRA

Preces   Aclamemos ao Eterno Pai, cuja misericórdia para com o seu povo é sem limites; e digamos com alegria de coração:   R. Senhor, alegrem-se todos os que em vós esperam!   Senhor, que enviastes o vosso Filho não para julgar o mundo mas para salvá-lo,  – concedei que a sua morte gloriosa produza em nós muitos frutos.R.  Vós, que constituístes os sacerdotes como ministros de Cristo e dispensadores dos vossos mistérios,  – dai-lhes um coração fiel, ciência e caridade. R.   Àqueles que chamastes para uma vida de castidade perfeita por amor do reino dos céus,  – concedei-lhes a graça de seguirem fiel e generosamente as pegadas de vosso Filho. R.   Vós, que no princípio criastes o homem e a mulher,  – conservai todas as famílias no amor sincero. R.   (intenções livres)   Vós, que, pelo sacrifício de Cristo, tirastes o pecado do mundo,  – perdoai os pecados de todos os que morreram. R.   Pai nosso.   Oração   Senhor, que aos famintos saciais de bens celestes, lembrai-vos de vossa misericórdia e concedei à nossa pobreza tornar-se rica de vossos dons. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.   Conclusão da Hora O Senhor nos abençoe, nos livre de todo o mal e nos conduza à vida eterna. Amém. 11 7


MISSA DO DIA

MISSA DO DIA

Missa do Sagrado Coração de Jesus

Partes fixas da missa Pág. 275 Antífona da entrada Eis os pensamentos do seu Coração que permanecem ao longo das gerações: libertar da morte todos os homens e conservar-lhes a vida em tempo de penúria. Oração do dia Ó Deus, que no Coração do vosso Filho, ferido por nossos pecados, nos concedestes infinitos tesouros de amor, fazei que lhe ofereçamos uma justa reparação consagrando-lhe toda a nossa vida. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. T: Amém.

LITURGIA DA PALAVRA 1ª LEITURA Os 11,1. 3-4.8-9 Leitura da Profecia de Oséias Assim diz o Senhor: 1“Quando Israel era criança, eu já o amava, e desde o Egito chamei meu filho. 3Ensinei Efraim a dar os primeiros passos, tomei-o em meus braços, mas eles não reconheceram que eu cuidava deles. 4Eu os atraía com laços de humanidade, com laços de amor; era para eles como quem leva uma criança ao colo e rebaixava-me a dar-lhes de comer.8Meu coração comove-se no íntimo e arde de compaixão. 9Não darei largas à minha ira, não voltarei a destruir Efraim; eu sou Deus e não homem; o santo no meio de vós, e não me servirei do terror”. Palavra do Senhor. T: Graças a Deus. 11 8


24 de julho | QUARTA-FEIRA

SALMO RESPONSORIAL Sal 102, 1-4, 8, 10, 17-18a O amor do Senhor Deus, para todos que o respeitam, existe desde sempre e para sempre existirá. T: O amor do Senhor Deus, para todos que o respeitam, existe desde sempre e para sempre existirá. - Bendize, ó minha alma, ao Senhor, e todo o meu ser, seu santo nome! Bendize, ó minha alma, ao Senhor, não te esqueças de nenhum de seus favores! - Pois ele te perdoa toda a culpa, e cura toda a tua enfermidade; da sepultura ele salva a tua vida e te cerca de carinho e compaixão. - O Senhor realiza obras de justiça e garante o direito aos oprimidos; revelou os seus caminhos a Moisés, e aos filhos de Israel, seus grandes feitos. - O Senhor é indulgente, é favorável, é paciente, é bondoso e compassivo. Não nos trata como exigem nossas faltas, nem nos pune em proporção às nossas culpas. ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO Refrão: Aleluia. Graças te dou, ó Pai, Senhor do céu e da terra, pois revelaste os mistérios do teu Reino aos pequeninos, escondendo-os aos doutores. EVANGELHO Mt 11, 25-30 Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus 25 Naquele tempo, Jesus pôs-se a dizer: “Eu te louvo, ó Pai, Senhor do céu e da terra, porque escondeste estas coisas aos sábios e en11 9


MISSA DO DIA

tendidos e as revelaste aos pequeninos. 26Sim, Pai, porque assim foi do teu agrado. 27Tudo me foi entregue por meu Pai, e ninguém conhece o Pai, senão o Filho e aquele a quem o Filho o quiser revelar. 28Vinde a mim todos vós que estais cansados e fatigados sob o peso dos vossos fardos, e eu vos darei descanso. 29Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração, e vós encontrareis descanso. 30Pois o meu jugo é suave e o meu fardo é leve”. Palavra da Salvação. T: Gloria a vós, Senhor. Oração sobre as oferendas Considerai, ó Deus, o indizível amor do Coração do vosso amado Filho, para que nossas oferendas vos agradem e sirvam de reparação por nossas faltas. Por Cristo, nosso Senhor. T: Amém. PREFÁCIO DO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS S: O Senhor esteja convosco. T: Ele está no meio de nós. S: Corações ao alto. T: O nosso coração está em Deus. S: Demos graças ao Senhor nosso Deus. T: É nosso dever e nossa salvação

120


24 de julho | QUARTA-FEIRA

Na verdade, é justo e necessário, é nosso dever e salvação dar-vos graças, sempre e em todo o lugar, Senhor, Pai santo, Deus eterno e todo-poderoso, por Cristo, Senhor nosso. Elevado na Cruz, entregou-se por nós com imenso amor. E de seu lado aberto pela lança fez jorrar, com a água e o sangue, os sacramentos da Igreja para que todos, atraídos ao seu coração, pudessem beber, com perene alegria, na fonte salvadora.Por essa razão, agora e sempre, nós nos unimos à multidão dos anjos e dos santos cantando (dizendo) a uma só voz: T: Santo, Santo, Santo, Senhor Deus do Universo! O céu e a terra proclamam a vossa glória. Hosana nas alturas! Bendito o que vem em nome do Senhor! Hosana nas alturas! Antífona da comunhão Diz o Senhor: Se alguém tiver sede, venha a mim e beba. Daquele que crê em mim, brotarão rios de água viva. Oração depois da comunhão Ó Deus, que este sacramento da caridade nos inflame em vosso amor e, sempre voltados para o vosso Filho, aprendamos a reconhecê-lo em cada irmão. Por Cristo, nosso Senhor. T: Amém.

121


25 de julho | Quinta-feria LITURGIA DAS HORAS São Tiago maior, apóstolo – festa

LAUDES V. Vinde, ó Deus, em meu auxílio. R. Socorrei-me sem demora. Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Aleluia. Hino Ó São Tiago, vos trazemos  um canto alegre de louvor. Da simples arte de pescar,  Jesus aos cimos vos levou.  Ao seu chamado obedecendo,  com vosso irmão tudo deixastes  e do seu Nome e do seu Verbo,  ardente arauto vos tornastes.  Ó testemunha fulgurante  da mão direita do Senhor,  vedes no monte a glória eterna,  no horto vedes a sua dor. E quando a taça do martírio  chamou por vós, pronto atendestes,  como primeiro entre os apóstolos  pelo Senhor dela bebestes.  Fiel discípulo de Cristo,  da luz do céu semeador,  iluminai os corações  pela esperança, fé e amor. 122


25 de julho | QUINTA-FEIRA

Dai-nos seguir com prontidão a Jesus Cristo e seus preceitos,  para podermos, junto a vós,  cantar-lhe o hino dos eleitos. Salmodia Ant. 1 Caminhando Jesus, viu Tiago e João, os irmãos Zebedeus, e também os chamou. Salmo 62 (63), 2-9. Sede de Deus

Vigia diante de Deus, quem rejeita as obras das trevas (cf. 1Ts 5,5)

– 2Sois vós, ó Senhor, o meu Deus!*  Desde a aurora ansioso vos busco!  = A minh’alma tem sede de vós,+ minha carne também vos deseja,* como terra sedenta e sem água! – 3Venho, assim, contemplar-vos no templo,* para ver vossa glória e poder. – 4Vosso amor vale mais do que a vida:* e por isso meus lábios vos louvam. – 5Quero, pois, vos louvar pela vida,* e elevar para vós minhas mãos! – 6A minh’alma será saciada,* como em grande banquete de festa; – cantará a alegria em meus lábios,* ao cantar para vós meu louvor! –7Penso em vós no meu leito, de noite,* nas vigílias suspiro por vós! – 8Para mim fostes sempre um socorro;* de vossas asas à sombra eu exulto! 123


LITURGIA DAS HORAS

– 9Minha alma se agarra em vós;* com poder vossa mão me sustenta. Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. Como era no princípio, agora e sempre. Amém Ant. Caminhando Jesus, viu Tiago e João, os irmãos Zebedeus, e também os chamou. Ant. 2 E logo deixando o pai e as redes, seguiram Jesus. No cânticos que se segue o refrão entre parênteses é opcional.

Cântico Dn 3,57-88.56 Louvor das criaturas ao Senhor

Louvai o nosso Deus, todos os seus servos (Ap 19,5)

– 57Obras do Senhor, bendizei o Senhor,*– louvai-o e exaltai-o pelos séculos sem fim! – 58Céus, bendizei o Senhor! 59 Anjos do Senhor, bendizei o Senhor! (R. Louvai-o e exaltai-o pelos séculos sem fim! Ou R. A ele glória e louvor eternamente) – 60Águas do alto céu, bendizei o Senhor!* 61 Potências do Senhor, bendizei o Senhor! – 62Lua e sol, bendizei o Senhor!* 63 Astros e estrelas bendizei o Senhor! (R.) – 64Chuvas e orvalhos, bendizei o Senhor!* 65 Brisas e ventos, bendizei o Senhor! – 66Fogo e calor, bendizei o Senhor!* 67 Frio e ardor, bendizei o Senhor! (R.) 124


25 de julho | QUINTA-FEIRA

– 68Orvalhos e garoas, bendizei o Senhor!* 69 Geada e frio, bendizei o Senhor! – 70Gelos e neves, bendizei o Senhor!* 71 Noites e dias, bendizei o Senhor! (R.) – 72Luzes e trevas, bendizei o Senhor!* 73 Raios e nuvens, bendizei o Senhor! –74Ilhas e terra, bendizei ao Senhor!* Louvai-o e exaltai-o pelos séculos sem fim! (R.) – 75Montes e colinas, bendizei o Senhor!* 76 Plantas da terra, bendizei o Senhor! – 77Mares e rios, bendizei o Senhor!* 78 Fontes e nascentes, bendizei o Senhor! (R.) – 79Baleias e peixes, bendizei o Senhor!* 80 Pássaros do céu, bendizei o Senhor! – 81Feras e rebanhos, bendizei o Senhor!* 82 Filhos dos homens, bendizei o Senhor! (R.) – 83Filhos de Israel, bendizei o Senhor!* Louvai-o e exaltai-o pelos séculos sem fim! – 84Sacerdotes do Senhor, bendizei o Senhor!* 85 Servos do Senhor, bendizei o Senhor! (R.) – 86Almas dos justos, bendizei o Senhor!* 87 Santos e humildes, bendizei o Senhor! – 88Jovens Misael,Ananias e Azarias, bendizei o Senhor,* louvai-o e exaltai-o pelos séculos sem fim! (R.) – ao Pai e ao Filho e ao espírito Santo* louvemos e exaltemos pelos séculos sem fim! 125


LITURGIA DAS HORAS

– 56Bendito sois, Senhor, no firmamento dos céus!* Sois digno de louvor e de glória eternamente! (R.) No fim deste cântico não se diz Glória ao Pai

Ant. E logo deixando o pai e as redes, seguiram Jesus. Ant. 3 Bebereis do meu cálice que eu devo beber, recebereis o batismo que vou receber. Salmo 149 A alegria e o louvor dos santos Os filhos da Igreja, novo povo de Deus,

se alegrem no seu Rei Cristo Jesus (Hesíquio)

– 1Cantai ao Senhor Deus um canto novo,*  e o seu louvor na assembleia dos fiéis!  – 2Alegre-se Israel em quem o fez,* e Sião se rejubile no seu Rei! – 3Com danças glorifiquem o seu nome,* toquem harpa e tambor em sua honra! – 4Porque, de fato, o Senhor ama seu povo* e coroa com vitória os seus humildes. – 5Exultem os fiéis por sua glória,* e cantando se levantem de seus leitos, – 6com louvores do Senhor em sua boca* e espadas de dois gumes em sua mão, – 7para exercer sua vingança entre as nações,* e infligir o seu castigo entre os povos, – 8colocando nas algemas os seus reis,* e seus nobres entre ferros e correntes, – 9para aplicar-lhes a sentença já escrita:* Eis a glória para todos os seus santos. 126


25 de julho | QUINTA-FEIRA

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Ant. Bebereis do meu cálice que eu devo beber, recebereis o batismo que vou receber. Leitura breve Ef 2,19-22  Já não sois mais estrangeiros nem migrantes, mas concidadãos dos santos. Sois da família de Deus. Vós fostes integrados no edifício que tem como fundamento os apóstolos e os profetas, e o próprio Jesus Cristo como pedra principal. É nele que toda a construção se ajusta e se eleva para formar um templo santo no Senhor. E vós também  sois integrados nesta construção, para vos tornardes morada de Deus pelo Espírito.  Responsório breve  R. Fareis deles os chefes, *Por toda a terra.  R. Fareis deles os chefes, V. Lembrarão vosso nome, Senhor, para sempre. *Por toda a terra. Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.  R. Fareis deles os chefes,  Por toda a terra. Cântico evangélico Benedictus Ant. Jesus tomou a Pedro e os irmãos João e Tiago e os levou a um alto monte, e ali, diante deles, ficou transfigurado. Pág. 291

127


LITURGIA DAS HORAS

Preces Irmãos caríssimos, tendo recebido dos apóstolos a herança celeste, agradeçamos a Deus, nosso Pai, todos os seus dons; e aclamemos:  R. O coro dos apóstolos vos louva, Senhor!  Louvor a vós, Senhor, pela mesa do vosso Corpo e Sangue que recebemos por intermédio dos apóstolos;  – por ela somos alimentados e vivemos. R. Louvor a vós, Senhor, pela mesa de vossa Palavra, preparada para nós pelos apóstolos;  – por ela recebemos luz e alegria. R. Louvor a vós, Senhor, por vossa santa Igreja, edificada sobre o fundamento dos apóstolos;  – com ela formamos um só Corpo. R. Louvor a vós, Senhor, pelos sacramentos do Batismo e da Penitência que confiastes aos apóstolos;  – por eles somos lavados de todo pecado. R. (intenções livres)  Pai nosso.  Oração  Deus eterno e todo-poderoso, que pelo sangue de São Tiago consagrastes as primícias dos trabalhos dos Apóstolos, concedei que a vossa Igreja seja confirmada pelo seu testemunho e sustentada pela sua proteção. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Conclusão da Hora O Senhor nos abençoe, nos livre de todo o mal e nos conduza à vida eterna. Amém. 128


25 de julho | QUINTA-FEIRA

Hora Média

Oração das Doze Horas (hora sexta)

V. Vinde, ó Deus em meu auxílio. R. Socorrei-me sem demora.  Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.  Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Aleluia. Hino O louvor de Deus cantemos  com fervor no coração,  pois agora a hora sexta  nos convida à oração.  Nesta hora foi-nos dada  gloriosa salvação  pela morte do Cordeiro,  que na cruz trouxe o perdão.  Ante o brilho de tal luz  se faz sombra o meio-dia.  Tanta graça e tanto brilho  vinde haurir, com alegria.  Seja dada a glória ao Pai  e ao Unigênito também,  com o Espírito Paráclito,  pelos séculos. Amém. Salmodia Ant. Eis que eu estou convosco em todos os dias até o fim do mundo, é o que diz o Senhor.

129


LITURGIA DAS HORAS

Salmo 122(123) Deus, esperança do seu povo 

Dois cegos. começaram a gritar: Senhor, Filho de Davi, tem piedade de nós! (Mt 20,30).

–1 Eu levanto os meus olhos para vós, *  que habitais nos altos céus.  –2 Como os olhos dos escravos estão fitos *  nas mãos do seu senhor,  – como os olhos das escravas estão fitos *  nas mãos de sua senhora,  – assim os nossos olhos, no Senhor, *  até de nós ter piedade.  –3 Tende piedade, ó Senhor, tende piedade; *  já é demais esse desprezo!  –4 Estamos fartos do escárnio dos ricaços *  e do desprezo dos soberbos! – Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *  Como era no princípio, agora e sempre. Amém.  Salmo 123(124)  O nosso auxílio está no nome do Senhor 

O Senhor disse a Paulo: Não tenhas medo, porque eu estou contigo (At 18,9-10).

–1 Se o Senhor não estivesse ao nosso lado, *  que o diga Israel neste momento;  –2 se o Senhor não estivesse ao nosso lado, *  quando os homens investiram contra nós,  –3 com certeza nos teriam devorado * no furor de sua ira contra nós.  –4 Então as águas nos teriam submergido, *  a correnteza nos teria arrastado,  –5 e então, por sobre nós teriam passado *  130


25 de julho | QUINTA-FEIRA

essas águas sempre mais impetuosas. –6 Bendito seja o Senhor, que não deixou *  cairmos como presa de seus dentes! –7 Nossa alma como um pássaro escapou *  do laço que lhe armara o caçador;  – o laço arrebentou-se de repente, *  e assim nós conseguimos libertar-nos.  –8 O nosso auxílio está no nome do Senhor, *  do Senhor que fez o céu e fez a terra! – Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *  Como era no princípio, agora e sempre. Amém.  Salmo 124(125)  Deus, protetor de seu povo 

A paz para o Israel de Deus (cf. Gl 6,16).

–1 Quem confia no Senhor é como o monte de Sião: *  nada o pode abalar, porque é firme para sempre.  =2 Tal e qual Jerusalém, toda cercada de montanhas, †  assim Deus cerca seu povo de carinho e proteção, *  desde agora e para sempre, pelos séculos afora.  =3 O Senhor não vai deixar prevalecer por muito tempo †  o domínio dos malvados sobre a sorte dos seus justos, *  para os justos não mancharem suas mãos na iniquidade.  =4 Fazei o bem, Senhor, aos bons e aos que têm reto coração, †  mas os que seguem maus caminhos, castigai-os com os maus! *  Que venha a paz a Israel! Que venha a paz ao vosso povo!

5

– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. * Como era no princípio, agora e sempre. Amém.  Ant. Eis que eu estou convosco em todos os dias até o fim do mundo, é o que diz o Senhor. 131


LITURGIA DAS HORAS

Leitura breve At 5,12a.14 Muitos sinais e maravilhas eram realizados entre o povo pelas mãos dos apóstolos. Crescia sempre mais o número dos que aderiam ao Senhor pela fé; era uma multidão de homens e mulheres.  V. Eles guardavam os preceitos,  R. E as ordens do Senhor. Oração Deus eterno e todo-poderoso, que pelo sangue de São Tiago consagrastes as primícias dos trabalhos dos Apóstolos, concedei que a vossa Igreja seja confirmada pelo seu testemunho e sustentada pela sua proteção. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Conclusão da Hora V. Bendigamos ao Senhor. R. Demos graças a Deus.

Vésperas V. Vinde, ó Deus em meu auxílio. R. Socorrei-me sem demora.  Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.  Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Aleluia. Hino  Exulte o céu com louvores,  e a terra cante vitória:  Dos enviados de Cristo  os astros narram a glória.  Ó vós, juízes dos tempos,  luz verdadeira do mundo,  132


25 de julho | QUINTA-FEIRA

dos corações que suplicam ouvi o grito profundo.  Dizendo só uma palavra,  os céus fechais ou abris.  Mandai que sejam desfeitos  de nossa culpa os ardis.  À vossa voz obedecem  enfermidade e saúde.  Sarai nossa alma tão frágil  e dai-nos paz e virtude.  E quando o Cristo vier  no fim dos tempos julgar,  das alegrias eternas  possamos nós partilhar. Louvor e glória ao Deus vivo,  que em vós nos deu sua luz,  o Evangelho da vida  que para o céu nos conduz. Salmodia  Ant. 1 Jesus tomou consigo a Pedro, Tiago e João, e começou a entristecer-se e a ficar angustiado. Salmo 115(116 B)  –10 Guardei a minha fé, mesmo dizendo: * ‘É demais o sofrimento em minha vida!’  –11 Confiei, quando dizia na aflição: * ‘Todo homem é mentiroso! Todo homem!’  –12 Que poderei retribuir ao Senhor Deus *  por tudo aquilo que ele fez em meu favor?  –13 Elevo o cálice da minha salvação, * 133


LITURGIA DAS HORAS

invocando o nome santo do Senhor. –14 Vou cumprir minhas promessas ao Senhor *  na presença de seu povo reunido.  –15 É sentida por demais pelo Senhor * a morte de seus santos, seus amigos.  =16 Eis que sou o vosso servo, ó Senhor, †  vosso servo que nasceu de vossa serva; *  mas me quebrastes os grilhões da escravidão!  –17 Por isso oferto um sacrifício de louvor, *  invocando o nome santo do Senhor. –18 Vou cumprir minhas promessas ao Senhor *  na presença de seu povo reunido;  –19 nos átrios da casa do Senhor, *  em teu meio, ó cidade de Sião! – Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *  Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Ant. Jesus tomou consigo a Pedro, Tiago e João, e começou a entristecer-se e a ficar angustiado. Ant. 2 Jesus então falou e disse a eles: Orai e vigiai aqui comigo, a fim de não cairdes em tentação. Salmo 125(126) –1 Quando o Senhor reconduziu nossos cativos, *  parecíamos sonhar;  –2 encheu-se de sorriso nossa boca, * nossos lábios, de canções.   – Entre os gentios se dizia: ‘Maravilhas *  fez com eles o Senhor!’  134


25 de julho | QUINTA-FEIRA

–3 Sim, maravilhas fez conosco o Senhor, *  exultemos de alegria!  –4 Mudai a nossa sorte, ó Senhor, * como torrentes no deserto.  –5 Os que lançam as sementes entre lágrimas, *  ceifarão com alegria.  –6 Chorando de tristeza sairão, *  espalhando suas sementes;  – cantando de alegria voltarão, *  carregando os seus feixes! – Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *  Como era no princípio, agora e sempre. Amém.  Ant. Jesus então falou e disse a eles: Orai e vigiai aqui comigo, a fim de não cairdes em tentação.  Ant. 3 Apoderou-se o rei Herodes de alguns membros da Igreja a fim de maltratá-los. E mandou matar à espada Tiago, irmão de João. Cântico Ef 1,3-10  –3 Bendito e louvado seja Deus, *  o Pai de Jesus Cristo, Senhor nosso,  – que do alto céu nos abençoou em Jesus Cristo *  com bênção espiritual de toda sorte!  (R. Bendito sejais vós, nosso Pai,  que nos abençoastes em Cristo!)  –4 Foi em Cristo que Deus Pai nos escolheu, *  já bem antes de o mundo ser criado,  – para que fôssemos, perante a sua face, *  sem mácula e santos pelo amor. (R.)  =5 Por livre decisão de sua vontade, †  135


LITURGIA DAS HORAS

predestinou-nos, através de Jesus Cristo, * a sermos nele os seus filhos adotivos,  –6 para o louvor e para a glória de sua graça,*  que em seu Filho bem-amado nos doou.(R.)  –7 É nele que nós temos redenção, *  dos pecados remissão pelo seu sangue.  = Sua graça transbordante e inesgotável †  8  Deus derrama sobre nós com abundância, *  de saber e inteligência nos dotando.(R.)  –9 E assim, ele nos deu a conhecer * o mistério de seu plano e sua vontade,  – que propusera em seu querer benevolente, *  10  na plenitude dos tempos realizar:  – o desígnio de, em Cristo, reunir *  todas as coisas: as da terra e as do céu. (R.) – Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *   Como era no princípio, agora e sempre. Amém.   Ant. Apoderou-se o rei Herodes de alguns membros da Igreja a fim de maltratá-los. E mandou matar à espada Tiago, irmão de João. Leitura breve Ef 4,11-13  Foi Cristo quem instituiu alguns como apóstolos, outros como profetas, outros ainda como evangelistas, outros, enfim, como pastores e mestres. Assim, ele capacitou os santos para o ministério, para edificar o corpo de Cristo, até que cheguemos todos juntos à unidade da fé e do conhecimento do Filho de Deus, ao estado do homemperfeito e à estatura de Cristo em sua plenitude. 

136


25 de julho | QUINTA-FEIRA

Responsório breve R. Anunciai entre as nações.  *A glória do Senhor R. Anunciai entre as nações.   V. E as suas maravilhas entre os povos do universo.  *A glória do Senhor. Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.   R. Anunciai entre as nações.  A glória do Senhor.

Cântico evangélico Magnificat Ant. Quem quiser ser o maior, seja o vosso servidor.Quem quiser ser o primeiro, seja o escravo entre todos. Pág. 291

Preces Irmãos, edificados sobre o fundamento dos apóstolos, roguemos a Deus Pai todo-poderoso em favor de seu povo santo; e digamos:  R. Lembrai-vos, Senhor, da vossa Igreja!  Vós quisestes, ó Pai, que o vosso Filho, ressuscitado dos mortos, aparecesse em primeiro lugar aos apóstolos;  – fazei de nós testemunhas do vosso Filho até os confins da terra. R. Vós, que enviastes vosso Filho ao mundo para evangelizar os pobres,  – fazei que o Evangelho seja pregado a toda criatura. R. Vós, que enviastes vosso Filho para semear a palavra do reino,  – concedei-nos colher na alegria os frutos da palavra semeada com o nosso trabalho. R.

137


LITURGIA DAS HORAS

Vós, que enviastes vosso Filho para reconciliar o mundo convosco pelo seu sangue, – fazei que todos nós colaboremos na obra da reconciliação de toda a humanidade. R. (intenções livres)  Vós, que glorificastes vosso Filho à vossa direita nos céus,  – recebei no reino da felicidade eterna os nossos irmãos e irmãs falecidos. R.

Pai nosso.

Oração Deus eterno e todo-poderoso, que pelo sangue de São Tiago consagrastes as primícias dos trabalhos dos Apóstolos, concedei que a vossa Igreja seja confirmada pelo seu testemunho e sustentada pela sua proteção. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Conclusão da Hora O Senhor nos abençoe, nos livre de todo o mal e nos conduza à vida eterna. Amém.

138


25 de julho | QUINTA-FEIRA

MISSA DO DIA

São Tiago maior, apóstolo – festa

Partes fixas da missa Pág. 275 Antífona da entrada Andando ao longo do mar da Galileia, Jesus viu Tiago, filho de Zebedeu, e João, seu irmão, que consertavam suas redes. E ele os chamou. Oração do dia Deus eterno e todo-poderoso, que pelo sangue de São Tiago consagrastes as primícias dos trabalhos dos Apóstolos, concedei que a vossa Igreja seja confirmada pelo seu testemunho e sustentada pela sua proteção. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. T: Amém. LITURGIA DA PALAVRA 1ª LEITURA Cor 4,7-15 Leitura da Segunda Carta de São Paulo aos Coríntios Irmãos, 7trazemos esse tesouro em vasos de barro, para que todos reconheçam que este poder extraordinário vem de Deus e não de nós. 8Somos afligidos de todos os lados, mas não vencidos pela angústia; postos entre os maiores apuros, mas sem perder a esperança; 9perseguidos, mas não desamparados; derrubados, mas não aniquilados; 10por toda parte e sempre levamos em nós mesmo os sofrimentos mortais de Jesus, para que também a vida de Jesus seja manifestada em nossos corpos. 11De fato, nós, os vivos, somos continuamente entregues à morte, por causa de Jesus, para que também a vida de Jesus seja manifestada em nossa natureza mortal. 12Assim, a morte age em nós, enquanto a vida age em vós. 13Mas, sustentados 139


MISSA DO DIA

pelo mesmo espírito de fé, conforme o que está escrito: ‘Eu creio e, por isso, falei’, nós também cremos e, por isso, falamos, 14certos de que aquele que ressuscitou o Senhor Jesus nos ressuscitará também com Jesus e nos colocará ao seu lado, juntamente convosco. 15E tudo isso é por causa de vós, para que a abundância da graça em um número maior de pessoas faça crescer a ação de graças para a glória de Deus. Palavra do Senhor. T: Graças a Deus

SALMO RESPONSORIAL Sl 125 (126) Os que lançam as sementes entre lágrimas, ceifarão com alegria. T: Os que lançam as sementes entre lágrimas, ceifarão com alegria. Quando o Senhor reconduziu nossos cativos, * parecíamos sonhar; 2a encheu-se de sorriso nossa boca, * 2b nossos lábios, de canções. 1

Entre os gentios se dizia: “Maravilhas * fez com eles o Senhor!” 3 Sim, maravilhas fez conosco o Senhor, * exultemos de alegria! 2c

2d

Mudai a nossa sorte, ó Senhor, * como torrentes no deserto. 5 Os que lançam as sementes entre lágrimas, * ceifarão com alegria. 4

Chorando de tristeza sairão, * espalhando suas sementes; cantando de alegria voltarão, * carregando os seus feixes!

6

140


25 de julho | QUINTA-FEIRA

ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO Refrão: Aleluia. Eu vos designei para que vades e deis frutos, e o vosso fruto permaneça, assim disse o Senhor. EVANGELHO Mt 20,20-28 Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus Naquele tempo: 20A mãe dos filhos de Zebedeu aproximou-se de Jesus com seus filhos e ajoelhou-se com a intenção de fazer um pedido. 21Jesus perguntou: “O que tu queres?” Ela respondeu: “Manda que estes meus dois filhos se sentem, no teu Reino, um à tua direita e outro à tua esquerda”. 22Jesus, então, respondeu-lhes: “Não sabeis o que estais pedindo. Por acaso podeis beber o cálice que eu vou beber?» Eles responderam: «Podemos». 23 Então Jesus lhes disse: “De fato, vós bebereis do meu cálice, mas não depende de mim conceder o lugar à minha direita ou à minha esquerda. Meu Pai é quem dará esses lugares àqueles para os quais ele os preparou». 24Quando os outros dez discípulos ouviram isso, ficaram irritados contra os dois irmãos. 25Jesus, porém, chamou-os, e disse: “Vós sabeis que os chefes das nações têm poder sobre elas e os grandes as oprimem. 26Entre vós não deverá ser assim. Quem quiser tornar-se grande, torne-se vosso servidor; 27quem quiser ser o primeiro, seja vosso servo. 28Pois, o Filho do Homem não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida como resgate em favor de muitos”. Palavra da Salvação. T: Gloria a vós, Senhor. Oração sobre as oferendas Purificai-nos, ó Deus, pela participação na paixão do vosso Filho, para que, na festa de São Tiago, o primeiro dos Apóstolos a beber 141


MISSA DO DIA

o cálice do Senhor, ofereçamos um sacrifício que vos agrade. Por Cristo, nosso Senhor. T: Amém. PREFÁCIO DOS APÓSTOLOS S: O Senhor esteja convosco. T: Ele está no meio de nós. S: Corações ao alto. T: O nosso coração está em Deus. S: Demos graças a Deus. T: É nosso dever e nossa salvação. S: Na verdade, é justo e necessário, é nosso dever e salvação dar-vos graças, sempre em todo o lugar, Senhor, Pai santo, Deus eterno e todo-poderoso e cheio de bondade. Pastor eterno, vós não abandonais o rebanho, mas o guardais constantemente pela proteção dos Apóstolos. E assim a Igreja é conduzida pelos mesmos pastores que pusestes à sua frente como representantes de vosso Filho, Jesus Cristo, Senhor nosso. Por ele, os anjos celebram a vossa grandeza e os santos proclamam vossa glória. Concedei-nos também a nós associar-nos a seus louvores, cantando (dizendo) a uma só voz: T: Santo, Santo, Santo, Senhor Deus do Universo! O céu e a terra proclamam a vossa glória. Hosana nas alturas! Bendito o que vem em nome do Senhor! Hosana nas alturas! Antífona da comunhão Beberam do cálice do Senhor e se tornaram amigos de Deus. Oração depois da comunhão Ajudai-nos, Senhor nosso Deus, pela intercessão do Apóstolo São Tiago, em cuja festa recebemos com alegria os vossos dons sagrados. Por Cristo, nosso Senhor. T: Amém. 142


25 de julho | QUINTA-FEIRA

BOAS VINDAS AO PAPA MESTRE É BOM ESTARMOS AQUI.

Santo Padre, a história de nosso país teve início nas areias de uma praia com a celebração da Santa Missa. Juntamente com a esquadra de Pedro Álvares Cabral foi trazida a imagem de Nossa Senhora da Esperança e o Brasil naquele dia foi chamado de Terra de Santa Cruz. Hoje também nas areias de outra praia, a praia de Copacabana, cartão postal de nosso país, podemos contemplar no rosto transfigurado da juventude pela luz da fé, a esperança da humanidade. Juntamente com o Vigário de Cristo na Terra, queremos professar o nosso desejo de anunciar Jesus Cristo a todos os povos como discípulos e missionários sob a intercessão da virgem Maria, Nossa Senhora da Conceição Aparecida, padroeira do Brasil. Que a palavra de Deus, que hoje ouviremos, seja para nós um estímulo para que cada um dos jovens de todas as raças, povos, línguas e nações sejam realmente amigos de Cristo e possam viver a vocação para a qual foram chamados. Santo Padre, viemos de todas as partes o mundo atendendo ao seu convite. Conte conosco. Somos a juventude de Cristo. Somos a sua juventude. Papa: Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. T: Amém. Papa: O Senhor esteja convosco. T: Ele está no meio de nós. ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO Aleluia, Aleluia, Aleuia! EVANGELHO Lc 9, 28b-36 Diácono: O Senhor esteja convosco. T: Ele está no meio de nós. Diácono: Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas 143


BOAS VINDAS AO PAPA

Naquele tempo, 28bJesus levou consigo Pedro, João e Tiago, e subiu à montanha para rezar. 29Enquanto rezava, seu rosto mudou de aparência e sua roupa ficou muito branca e brilhante. 30Eis que dois homens estavam conversando com Jesus: eram Moisés e Elias. 31 Eles apareceram revestidos de glória e conversavam sobre à morte, que Jesus iria sofrer em Jerusalém. 32Pedro e os companheiros estavam com muito sono. Ao despertarem, viram a glória de Jesus e os dois homens que estavam com ele. 33E quando estes homens se iam afastando, Pedro disse a Jesus: “Mestre, é bom estarmos aqui. Vamos fazer três tendas: uma para ti, outra para Moisés e outra para Elias”. Pedro não sabia o que estava dizendo. 34Ele estava ainda falando, quando apareceu uma nuvem que os cobriu com sua sombra. Os discípulos ficaram com medo ao entrarem dentro da nuvem. 35Da nuvem, porém, saiu uma voz que dizia: “Este é o meu Filho, o Escolhido. Escutai o que ele diz!”36Enquanto a voz ressoava, Jesus encontrou-se sozinho. Os discípulos ficaram calados e naqueles dias não contaram a ninguém nada do que tinham visto. Palavra da Salvação. T: Glória a vós, Senhor. HOMILIA ORAÇÃO DOS FIÉIS Papa: Repletos de esperança, elevemos nossas Preces, clamando: T: Ó Senhor, escutai a nossa prece! Português: Pela Santa Igreja de Deus, presente em toda face da terra, para que a celebração do Ano da Fé, seja um forte tempo de renovação e de difusão da Boa Nova que nos foi transmitida pelo Senhor, rezemos ao Senhor. English: For our loved Holiness, Pope Francis, whose presence rejoices our heart, that his testimony and teachings helps us to live more everyday, the faith we profess . We pray to the Lord. 144


25 de julho | QUINTA-FEIRA

Português: Pelo nosso amado Santo Padre, o Papa Francisco, cuja presença nos alegra o coração, para que seu testemunho e ensinamentos nos ajudem a viver cada vez mais a fé que professamos, rezemos ao Senhor. Francês: pour les Journées Mondiales de la Jeunesse, que nous célébrons à Rio de Janeiro, pour que les jeunes ici réunis de toutes les parties du monde, vivent une profonde rencontre avec le Christ, prions le Seigneur. Português: Pela Jornada Mundial da Juventude, que celebramos no Rio de Janeiro, para que os jovens aqui reunidos de todas as partes do mundo, vivam um profundo encontro com Cristo, rezemos ao Senhor. Español: Por todos aquellos que no conocen a Cristo y por los que perdieron la fe, para que, por medio de nuestro testimonio, especialmente en el Año de la Fe, lleguen a sus corazones la luz de la verdad y la alegría que nace del encuentro con Dios, recemos al Señor. Português: Por todos aqueles que não conhecem a Cristo e pelos que perderam a fé, para que através do nosso testemunho, especialmente no Ano da Fé, cheguem a seus corações a luz da verdade e a alegria que brota do encontro com Deus, rezemos ao Senhor. Papa: Nossas Preces concluamos com a oração que o Senhor nos ensinou. Pater noster, qui es in caelis, Sanctificetur nomen tuum, Adveniat regnum tuum, Fiat volúntas tua, Sicut in caelo, et in terra. Panem nostrum quotidianum da nobis hodie. Et dimitte nobis debita nostra, Sicut et nos dimittimus debitoribus nostris. Et ne nos inducas in tentationem. Sed libera nos o malo. Amem. SAUDAÇÃO E BENÇÃO FINAL Papa: Dominus vobiscum. T: Et cum Spiritu tuo. Papa: Benedicat vos omnipotens Deus, Pater et Filius, et Spiritus Sanctus. T: Amen. 145


26 de julho | Sexta-feira LITURGIA DAS HORAS

São Joaquim e Sant’Ana – memória

LAUDES V. Vinde, ó Deus, em meu auxílio. R. Socorrei-me sem demora. Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Aleluia. Hino  A estrela d›alva já brilha, já nova aurora reluz, o sol nascente vem vindo e banha o mundo de luz.    Cristo é o sol da justiça. Maria, aurora radiante. Da lei a treva expulsando, ó Ana, vais adiante.    Ana, fecunda raiz, que de Jessé germinou, produz o ramo florido do qual o Cristo brotou.    Mãe da Mãe santa de Cristo, e tu, Joaquim, santo pai, pelas grandezas da Filha, nosso pedido escutai.    Louvor a vós, Jesus Cristo, que de uma Virgem nascestes. Louvor ao Pai e ao Espírito, lá nas alturas celestes. 146


26 de julho | SEXTA-FEIRA

Salmodia Ant. 1 O Senhor lhe deu a glóriae, em seu Reino, um grande nome. Salmo 62 (63), 2-9. Sede de Deus

Vigia diante de Deus, quem rejeita as obras das trevas (cf. 1Ts 5,5)

– 2Sois vós, ó Senhor, o meu Deus!*  Desde a aurora ansioso vos busco!  = A minh’alma tem sede de vós,+ minha carne também vos deseja,* como terra sedenta e sem água! – 3Venho, assim, contemplar-vos no templo,* para ver vossa glória e poder. – 4Vosso amor vale mais do que a vida:* e por isso meus lábios vos louvam. – 5Quero, pois, vos louvar pela vida,* e elevar para vós minhas mãos! – 6A minh’alma será saciada,* como em grande banquete de festa; – cantará a alegria em meus lábios,* ao cantar para vós meu louvor! - 7Penso em vós no meu leito, de noite,* nas vigílias suspiro por vós! – 8Para mim fostes sempre um socorro;* de vossas asas à sombra eu exulto! – 9Minha alma se agarra em vós;* com poder vossa mão me sustenta.  Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.  Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Ant. O Senhor lhe deu a glória e, em seu Reino, um grande nome. Ant. 2 Vós, servos do Senhor, bendizei-o para sempre! 147


LITURGIA DAS HORAS

No cântico que se segue o refrão entre parênteses é opcional.

Cântico Dn 3,57-88.56 Louvor das criaturas ao Senhor

Louvai o nosso Deus, todos os seus servos (Ap 19,5)

– 57Obras do Senhor, bendizei o Senhor,* louvai-o e exaltai-o pelos séculos sem fim! – 58Céus, bendizei o Senhor! 59 Anjos do Senhor, bendizei o Senhor! (R. Louvai-o e exaltai-o pelos séculos sem fim! Ou R. A ele glória e louvor eternamente) – 60Águas do alto céu, bendizei o Senhor!* 61 Potências do Senhor, bendizei o Senhor! – 62Lua e sol, bendizei o Senhor!* 63 Astros e estrelas bendizei o Senhor! (R.) – 64Chuvas e orvalhos, bendizei o Senhor!* 65 Brisas e ventos, bendizei o Senhor! – 66Fogo e calor, bendizei o Senhor!* 67 Frio e ardor, bendizei o Senhor! (R.) – 68Orvalhos e garoas, bendizei o Senhor!* 69 Geada e frio, bendizei o Senhor! – 70Gelos e neves, bendizei o Senhor!* 71 Noites e dias, bendizei o Senhor! (R.) – 72Luzes e trevas, bendizei o Senhor!* 73 Raios e nuvens, bendizei o Senhor! – 74Ilhas e terra, bendizei ao Senhor!* Louvai-o e exaltai-o pelos séculos sem fim! (R.) – 75Montes e colinas, bendizei o Senhor!* 76 Plantas da terra, bendizei o Senhor! – 77Mares e rios, bendizei o Senhor!* 78 Fontes e nascentes, bendizei o Senhor! (R.) 148


26 de julho | SEXTA-FEIRA

– 79Baleias e peixes, bendizei o Senhor!* 80 Pássaros do céu, bendizei o Senhor! – 81Feras e rebanhos, bendizei o Senhor!* 82 Filhos dos homens, bendizei o Senhor! (R.) – 83Filhos de Israel, bendizei o Senhor!* Louvai-o e exaltai-o pelos séculos sem fim! – 84Sacerdotes do Senhor, bendizei o Senhor!* 85 Servos do Senhor, bendizei o Senhor! (R.) – 86Almas dos justos, bendizei o Senhor!* 87 Santos e humildes, bendizei o Senhor! – 88Jovens Misael,Ananias e Azarias,* louvai-o e exaltai-o pelos séculos sem fim! (R.) – ao Pai e ao Filho e ao espírito Santo* louvemos e exaltemos pelos séculos sem fim! – 56Bendito sois, Senhor, no firmamento dos céus!* Sois digno de louvor e de glória eternamente! (R.) No fim deste cântico não se diz Glória ao Pai

Ant. Vós, servos do Senhor, bendizei-o para sempre! Ant. 3 Exultem os fiéis em sua glória,  e cantando se levantem de seus leitos. Salmo 149 A alegria e o louvor dos santos

Os filhos da Igreja, novo povo de Deus, se alegrem no seu Rei Cristo Jesus (Hesíquio)

– 1Cantai ao Senhor Deus um canto novo,*  e o seu louvor na assembleia dos fiéis!  – 2Alegre-se Israel em quem o fez,* e Sião se rejubile no seu Rei! – 3Com danças glorifiquem o seu nome,* 149


LITURGIA DAS HORAS

toquem harpa e tambor em sua honra! – 4Porque, de fato, o Senhor ama seu povo* e coroa com vitória os seus humildes. – 5Exultem os fiéis por sua glória,* e cantando se levantem de seus leitos, – 6com louvores do Senhor em sua boca* e espadas de dois gumes em sua mão, – 7para exercer sua vingança entre as nações,* e infligir o seu castigo entre os povos, – 8colocando nas algemas os seus reis,* e seus nobres entre ferros e correntes, – 9para aplicar-lhes a sentença já escrita:* Eis a glória para todos os seus santos.  Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.  Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Ant. Exultem os fiéis em sua glória, e cantando se levantem de seus leitos.      Leitura breve Is 55,3  Inclinai vosso ouvido e vinde a mim, ouvi e tereis vida; farei convosco um pacto eterno,manterei fielmente as graças concedidas a Davi.     Responsório breve  R. Pelo amor do coração de nosso Deus, *Visitou-nos o Senhor, o Sol nascente.  R. Pelo amor do coração de nosso Deus,  V. Fez surgir a Jesus Cristo, o Salvador,descendente da família de Davi. *Visitou-nos o Senhor, o Sol nascente.  Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.  R. Pelo amor do coração de nosso Deus, Visitou-nos o Senhor, o Sol nascente. 

150


26 de julho | SEXTA-FEIRA

Cântico evangélico Benedictus Ant. Bendito seja o Senhor Deus de Israel,que fez surgir um poderoso Salvadorna casa de Davi, seu servidor! Pág. 291 Preces  Glorifiquemos, irmãos e irmãs, a Cristo, nosso Deus, pedindo-lhe que nos ensine a servi-lo em santidade e justiça diante dele enquanto perdurarem nossos dias; e aclamemos:  R. Senhor, só vós sois santo!  Senhor Jesus, que quisestes ser igual a nós em tudo, menos no pecado,  – tende piedade de nós. R. Senhor Jesus, que nos chamastes à perfeição da caridade,  – santificai-nos sempre mais. R. Senhor Jesus, que nos mandastes ser sal da terra e luz do mundo  – iluminai a nossa vida. R. Senhor Jesus, que viestes ao mundo para servir e não para ser servido,  – ensinai-nos a vos servir humildemente em nossos irmãos e irmãs. R. Senhor Jesus, esplendor da glória do Pai e perfeita imagem do ser divino, – dai-nos contemplar a vossa face na glória eterna. R. (intenções livres)  Pai nosso.

151


LITURGIA DAS HORAS

Oração Senhor Deus de nossos pais, que concedestes a São Joaquim e Sant›Ana a graça de darem a vida à Mãe de vosso Filho Jesus, fazei que, pela intercessão de ambos, alcancemos a salvação prometida a vosso povo. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.   Conclusão da Hora O Senhor nos abençoe, nos livre de todo o mal e nos conduza à vida eterna. Amém.

Hora Média

Oração das Doze Horas (hora sexta)

V. Vinde, ó Deus em meu auxílio. R. Socorrei-me sem demora.  Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.  Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Hino Ó Deus, verdade e força  que o mundo governais,  da aurora ao meio-dia,  a terra iluminais. De nós se afaste a ira,  discórdia e divisão.  Ao corpo dai saúde,  e paz ao coração.  Ouvi-nos, Pai bondoso,  por Cristo Salvador,  que vive com o Espírito  convosco pelo Amor. 152


26 de julho | SEXTA-FEIRA

Salmodia Ant. Quem fizer a vontade do Pai, no Reino dos céus entrará. Salmo 122(123)  Deus, esperança do seu povo 

Dois cegos. começaram a gritar: Senhor, Filho de Davi, tem piedade de nós! (Mt 20,30).

–1 Eu levanto os meus olhos para vós, *  que habitais nos altos céus.  –2 Como os olhos dos escravos estão fitos *  nas mãos do seu senhor,  – como os olhos das escravas estão fitos *  nas mãos de sua senhora,  – assim os nossos olhos, no Senhor, *  até de nós ter piedade.  –3 Tende piedade, ó Senhor, tende piedade; *  já é demais esse desprezo!  –4 Estamos fartos do escárnio dos ricaços *  e do desprezo dos soberbos! – Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *  Como era no princípio, agora e sempre. Amém.  Salmo 123(124)  O nosso auxílio está no nome do Senhor 

O Senhor disse a Paulo: Não tenhas medo, porque eu estou contigo (At 18,9-10).

–1 Se o Senhor não estivesse ao nosso lado, *  que o diga Israel neste momento;  –2 se o Senhor não estivesse ao nosso lado, *  quando os homens investiram contra nós,  –3 com certeza nos teriam devorado * no furor de sua ira contra nós.  153


LITURGIA DAS HORAS

–4 Então as águas nos teriam submergido, *  a correnteza nos teria arrastado,  –5 e então, por sobre nós teriam passado *  essas águas sempre mais impetuosas.  –6 Bendito seja o Senhor, que não deixou *  cairmos como presa de seus dentes! –7 Nossa alma como um pássaro escapou *  do laço que lhe armara o caçador;  – o laço arrebentou-se de repente, *  e assim nós conseguimos libertar-nos.  –8 O nosso auxílio está no nome do Senhor, *  do Senhor que fez o céu e fez a terra! – Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *  Como era no princípio, agora e sempre. Amém.  Salmo 124(125)  Deus, protetor de seu povo 

A paz para o Israel de Deus (cf. Gl 6,16).

–1 Quem confia no Senhor é como o monte de Sião: *  nada o pode abalar, porque é firme para sempre.  =2 Tal e qual Jerusalém, toda cercada de montanhas, †  assim Deus cerca seu povo de carinho e proteção, *  desde agora e para sempre, pelos séculos afora.  =3 O Senhor não vai deixar prevalecer por muito tempo †  o domínio dos malvados sobre a sorte dos seus justos, *  para os justos não mancharem suas mãos na iniquidade.  =4 Fazei o bem, Senhor, aos bons e aos que têm reto coração, †  mas os que seguem maus caminhos, castigai-os com os maus! *  Que venha a paz a Israel! Que venha a paz ao vosso povo!

5

– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. * Como era no princípio, agora e sempre. Amém.  154


26 de julho | SEXTA-FEIRA

Ant. Quem fizer a vontade do Pai, no Reino dos céus entrará. Leitura breve 1Cor 9,26-27b  Eu corro, mas não à toa. Eu luto, mas não como quem dá murros no ar. Trato duramente o meu corpo e o subjugo, para não acontecer que, depois de ter proclamado a boa-nova aos outros, eu mesmo seja reprovado.  V. É feliz, ó Senhor, quem formais,  R. E educais nos caminhos da Lei. Oração Senhor Deus de nossos pais, que concedestes a São Joaquim e Sant’Ana a graça dedarem a vida à Mãe de vosso Filho Jesus, fazei que, pela intercessão de ambos, alcancemos a salvação prometida a vosso povo. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.   Conclusão da Hora V. Bendigamos ao Senhor. R. Demos graças a Deus.

Vésperas V. Vinde, ó Deus, em meu auxílio. R. Socorrei-me sem demora. Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Aleluia.  Hino Enquanto uma coroa em tua honra  celebra o teu louvor festivamente,  recebe, São Joaquim, pai venerável,  a voz dos corações em prece ardente.  155


LITURGIA DAS HORAS

Dos reis antepassados és linhagem: Davi e Abraão, és deles filho.  Mas é por tua filha, a Soberana  do mundo, que adquires maior brilho.  Assim, a tua prole abençoada,  nascida de Sant’Ana em belo dia,  dos pais, todos os votos realiza  e traz ao mundo triste a alegria.  Louvor ao Pai do Filho incriado.  A vós, Filho de Deus, louvor também.  Igual louvor a vós, Espírito Santo,  agora e pelos séculos. Amém. Salmodia    Ant. 1 Superou as provações e triunfou: glória eterna seja a ele tributada. Salmo 14(15) –1 ‘Senhor, quem morará em vossa casa * e em vosso Monte santo habitará?’  –2 É aquele que caminha sem pecado * e pratica a justiça fielmente; – que pensa a verdade no seu íntimo * 3  e não solta em calúnias sua língua;  – que em nada prejudica o seu irmão, * nem cobre de insultos seu vizinho; –4 que não dá valor algum ao homem ímpio, * mas honra os que respeitam o Senhor;  – que sustenta o que jurou, mesmo com dano; * 5  não empresta o seu dinheiro com usura, – nem se deixa subornar contra o inocente. * Jamais vacilará quem vive assim! 156


26 de julho | SEXTA-FEIRA

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. Como era no princípio, agora e sempre. Amém.  Ant. Superou as provações e triunfou: glória eterna seja a ele tributada. Ant. 2 Deus manifesta em seus santos sua graça e seu amor, e protege os seus eleitos. Salmo 111(112) –1 Feliz o homem que respeita o Senhor * e que ama com carinho a sua lei! –2 Sua descendência será forte sobre a terra, * abençoada a geração dos homens retos!  –3 Haverá glória e riqueza em sua casa, * e permanece para sempre o bem que fez. –4 Ele é correto, generoso e compassivo, * como luz brilha nas trevas para os justos.  –5 Feliz o homem caridoso e prestativo, * que resolve seus negócios com justiça. –6 Porque jamais vacilará o homem reto, * sua lembrança permanece eternamente!  –7 Ele não teme receber notícias más: * confiando em Deus, seu coração está seguro. –8 Seu coração está tranquilo e nada teme, * e confusos há de ver seus inimigos.  =9 Ele reparte com os pobres os seus bens, † permanece para sempre o bem que fez, * e crescerão a sua glória e seu poder. =10 O ímpio, vendo isto, se enfurece, † range os dentes e de inveja se consome; * mas os desejos do malvado dão em nada. Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.  Como era no princípio, agora e sempre. Amém.  157


LITURGIA DAS HORAS

Ant. Deus manifesta em seus santos sua graça e seu amor, e protege os seus eleitos. Ant. 3 Os santos cantavam um cântico novo Àquele que está em seu trono, e ao Cordeiro;na terra inteira ressoavam suas vozes. Cântico Ap 15,3-4 –3 Como são grandes e admiráveis vossas obras, * ó Senhor e nosso Deus onipotente! – Vossos caminhos são verdade, são justiça, * ó Rei dos povos todos do universo!  (R. São grandes vossas obras, ó Senhor!)  =4 Quem, Senhor, não haveria de temer-vos, † e quem não honraria o vosso nome? * Pois somente vós, Senhor, é que sois santo! (R.)  = As nações todas hão de vir perante vós, † e prostradas haverão de adorar-vos, * pois vossas justas decisões são manifestas! (R.) Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.  Como era no princípio, agora e sempre. Amém.  Ant. Os santos cantavam um cântico novo Àquele que está em seu trono, e ao Cordeiro; na terra inteira ressoavam suas vozes. Leitura breve Rm 9,4-5  Eles são israelitas. A eles pertencem a filiação adotiva, a glória, as alianças, as leis, o culto, as promessas e também os patriarcas. Deles é que descende, quanto à sua humanidade, Cristo, o qual está acima de todos – Deus bendito para sempre! – Amém! 

158


26 de julho | SEXTA-FEIRA

Responsório breve R. Acolhe Israel, seu servidor, *Fiel ao seu amor. R. Acolhe Israel, seu servidor,  V. Como havia prometido a nossos pais. *Fiel ao seu amor. Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.  R. Acolhe Israel, seu servidor, Fiel ao seu amor.   Cântico evangélico Magnificat Ant. A ilustre linhagem de Jessé produziu o rebento mais formoso, do qual surgiu a linda flor mais perfumosa. Pág. 291  Preces  Peçamos a Deus Pai, fonte de toda a santidade, que pela intercessão e exemplo dos santos nos conduza a uma vida mais perfeita; e digamos:  R. Fazei-nos santos, porque vós sois santo!  Pai santo, que nos destes a graça de nos chamarmos e sermos realmente vossos filhos,  – fazei que a santa Igreja proclame as vossas maravilhas por toda a terra. R. Pai santo, inspirai os vossos servos a viver dignamente, segundo a vossa vontade,  – e ajudai-nos a dar abundantes frutos de boas obras. R. Pai santo, que nos reconciliastes convosco por meio de Cristo,  – conservai-nos na unidade por amor de vosso nome.R. Pai santo, que nos convidastes para tomar parte no banquete celeste,  – pela comunhão do pão descido do céu, dai-nos alcançar a perfeição da caridade. R.

159


MISSA DO DIA

(intenções livres) Pai santo, perdoai as faltas de todos os pecadores,  – e acolhei na luz da vossa face todos os que morreram. R. Pai nosso. Oração  Senhor Deus de nossos pais, que concedestes a São Joaquim e Sant’Ana a graça dedarem a vida à Mãe de vosso Filho Jesus, fazei que, pela intercessão de ambos, alcancemos a salvação prometida a vosso povo. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Conclusão da Hora O Senhor nos abençoe, nos livre de todo o mal e nos conduza à vida eterna. Amém.

MISSA DO DIA

Missa pela Nova Evangelização

Partes fixas da missa Pág. 275 Antífona da entrada Gloriai-vos no seu nome santo, exulte o coração dos que procuram o Senhor. Buscai o Senhor e o seu poder, recordai as maravilhas que Ele fez. Oração do dia Ó Deus, que pela força do Espírito Santo enviastes o vosso Verbo para que, com júbilo, evangelizasse os pobres, concedei-nos que, fixando 160


26 de julho | SEXTA-FEIRA

o seu rosto, vivamos sempre em sincera caridade, anunciando e testemunhando o seu evangelho por todo o mundo. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. T: Amém. LITURGIA DA PALAVRA 1ª LEITURA Col 3, 12-17 Leitura da Epístola do apóstolo São Paulo aos Colossenses Irmãos, 12vós sois amados por Deus, sois os seus santos eleitos. Por isso, revesti-vos de sincera misericórdia, bondade, humildade, mansidão e paciência, 13suportando-vos uns aos outros e perdoando-vos mutuamente, se um tiver queixa contra o outro. Como o Senhor vos perdoou, assim perdoai vós também. 14Mas, sobretudo, amai-vos uns aos outros, pois o amor é o vínculo da perfeição. 15Que a paz de Cristo reine em vossos corações, à qual fostes chamados como membros de um só corpo. E sede agradecidos. 16Que a palavra de Cristo, com toda a sua riqueza, habite em vós. Ensinai e admoestai-vos uns aos outros com toda a sabedoria. Do fundo dos vossos corações, cantai a Deus salmos, hinos e cânticos espirituais, em ação de graças. 17Tudo o que fizerdes, em palavras ou obras, seja feito em nome do Senhor Jesus Cristo. Por meio dele dai graças a Deus, o Pai. Palavra do Senhor. T: Graças a Deus. SALMO RESPONSORIAL Sl 21,26b-27.28.30.31-32 Senhor sois meu louvor em meio à grande assembleia! T: Senhor sois meu louvor em meio à grande assembleia! Sois meu louvor em meio à grande assembleia;* cumpro meus votos ante aqueles que vos temem! 26b

161


missa do dia

Vossos pobres vão comer e saciar-se, e os que procuram o Senhor o louvarão;* “Seus corações tenham a vida para sempre!” 27

Lembrem-se disso os confins de toda a terra,* para que voltem ao Senhor e se convertam, e se prostrem, adorando, diante dele* todos os povos e as famílias das nações. 30 Somente a ele adorarão os poderosos,* e os que voltam para o pó o louvarão. 28

Para ele há de viver a minha alma,* 31 toda a minha descendência há de servi-lo; às futuras gerações anunciará* 32 o poder e a justiça do Senhor; ao povo novo que há de vir, ela dirá:* ‘Eis a obra que o Senhor realizou!’ ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO Refrão: Aleluia E cada dia, no Templo e pelas casas, não cessavam de ensinar e anunciar o evangelho de Jesus Cristo. EVANGELHO Lc 4,14-22a Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas Naquele tempo, 14Jesus voltou para a Galileia, com a força do Espírito, e sua fama espalhou-se por toda a redondeza.15Ele ensinava nas suas sinagogas e todos o elogiavam.16E veio à cidade de Nazaré, onde se tinha criado. Conforme seu costume, entrou na sinagoga no sábado, e levantou-se para fazer a leitura.17Deram-lhe o livro do profeta Isaí162


26 de julho | SEXTA-FEIRA

as. Abrindo o livro, Jesus achou a passagem em que está escrito:18”O Espírito do Senhor está sobre mim, porque ele me consagrou com a unção para anunciar a Boa Nova aos pobres; enviou-me para proclamar a libertação aos cativos e aos cegos a recuperação da vista; para libertar os oprimidos19e para proclamar um ano da graça do Senhor.”20Depois fechou o livro, entregou-o ao ajudante, e sentou-se. Todos os que estavam na sinagoga tinham os olhos fixos nele.21Então começou a dizer-lhes:“ Hoje se cumpriu esta passagem da Escritura que acabastes de ouvir.”22aTodos davam testemunho a seu respeito, admirados com as palavras cheias de encanto que saíam da sua boca. Palavra da Salvação. T: Gloria a vós, Senhor. Oração sobre as oferendas Santificai, Senhor, estes dons da vossa bondade ,e acolhei benignamente a nossa humilde oferta para que sejamos para Vós um sacrifício vivo, santo e agradável, e possamos servir-vos não segundo o homem velho mas segundo a vida nova do vosso Espírito. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. T: Amém. Antífona da comunhão O Espírito do Senhor está sobre mim, porque Ele me ungiu para evangelizar, para anunciar o ano da graça do Senhor e o dia da Redenção. Oração depois da comunhão Saciados pelo alimento espiritual do Corpo e do precioso Sangue do vosso Filho, concedei-nos, Senhor, um coração e um espírito novos para que fielmente caminhemos na vida nova. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. T: Amém. 163


VIA SACRA DO JOVEM SOLIDÁRIO TOME SUA CRUZ E SIGA-ME!

Quem quiser ser meu discípulo, tome sua cruz e siga-me! (Mt 16,24)

“Diante das dificuldades do mundo contemporâneo, muitos se perguntam: E eu, que posso fazer? A luz da fé ilumina esta escuridão, nos fazendo compreender que toda existência tem um valor inestimável, porque é fruto do amor de Deus. Ele ama mesmo quem se distanciou ou esqueceu d’Ele: tem paciência e espera; mais que isso, deu o seu Filho, morto e ressuscitado, para nos libertar radicalmente do mal. E Cristo enviou os seus discípulos para levar a todos os povos este alegre anúncio de salvação e de vida nova.” Bento XVI (Mensagem para a JMJ RIO 2013)

Santo Padre: Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. TODOS: Amém. Santo Padre: Nós vos adoramos e vos bendizemos, Senhor Jesus Cristo, redentor da humanidade. TODOS: Vossa entrega na cruz nos dá Vida, mostra o Caminho, revela a Verdade! Santo Padre: OREMOS: Ó Pai, enviaste o Teu Filho Eterno para salvar o mundo e escolheste homens e mulheres para que, por Ele, com Ele e n’Ele, proclamassem a Boa-Nova a todas as nações. Concede as graças necessárias para que brilhe no rosto de todos os jovens a alegria de serem, pela força do Espírito, os evangelizadores de que a Igreja precisa no Terceiro Milênio. TODOS: Amém. 164


26 de julho | SEXTA-FEIRA

1a ESTAÇÃO Um Jovem: 1a ESTAÇÃO – Jesus é condenado à morte Uma jovem: Um inocente foi condenado SOLISTA: Ele trouxe um projeto de vida

Ele quis libertar os irmãos Veio propor que seu povo tomasse a história nas mãos E foi condenado a morrer

MEDITAÇÃO

Senhor Jesus, Cristo Redentor, eis-me aqui! Fui atraído pelo teu divino Coração. Venho das fronteiras do mundo. Sou missionário e encontro no meu caminho muitos jovens inocentes que todos os dias são condenados à morte pela pobreza, pela violência e por todo tipo de consequências do pecado que nos machuca desde as origens da humanidade. Quero seguir teus passos na certeza de que tudo posso n’Aquele que me fortalece e se Deus é por nós, quem será contra nós? (Cf. Fil 4,13; Rm 8,31-32)

2a ESTAÇÃO Um Jovem: 2a ESTAÇÃO – Jesus toma a cruz aos ombros Uma jovem: Assumiu uma cruz que não era dele SOLISTA: Ele disse que a vida é coragem

Que é preciso lutar sem cessar Veio ensinar que é preciso mudar o que é trevas em luz E eis que lhe dão uma cruz

MEDITAÇÃO

Senhor Jesus, Cristo Redentor, eis-me aqui! Fui convertido pelo teu divino Coração. Tomaste sobre os ombros minhas dores e misérias (Cf. Is 53,4). Era minha a cruz que te feriu. Quero completar o teu sacrifício em minha vida, deixando-me tocar por tão grande amor e dando testemunho com as palavras e com o exemplo ali onde o mundo precisa. Levarei para sempre a tua cruz no meu peito e as tuas palavras no meu coração. Quero ser instrumento deste amor que nunca se cansa de amar. 165


VIA SACRA DO JOVEM SOLIDÁRIO

3a ESTAÇÃO Um Jovem: 3a ESTAÇÃO – Jesus cai pela primeira vez Uma jovem: A cruz foi ficando pesada SOLISTA: Ele disse que a vida é ternura

Que é preciso saber perdoar Veio mostrar que até mesmo quem erra tem Deus como Pai E ao peso da cruz ele cai

MEDITAÇÃO

Senhor Jesus, Cristo Redentor, eis-me aqui! Nas quedas sou animado pelo teu humilde Coração. Sou voluntário numa comunidade de recuperação de jovens que caíram na dependência química. São vítimas de um comércio violento e cruel. São desfigurados e correm o risco de permanecer no chão. Vejo teu rosto na face de cada um deles. Ensina-me a ser como o bom samaritano que, para além dos discursos, tem coragem de levantar quem está caído à beira do caminho e cuidar de suas feridas (Cf. Lc 10,25-37). Neste gesto de solidariedade salutar, ensina-me que somente em ti encontraremos a total transfiguração. 4a ESTAÇÃO Um Jovem: 4a ESTAÇÃO – Jesus encontra sua aflita mãe Uma jovem: Dor de filho, dor de mãe! SOLISTA: Ele via o valor das mulheres

E às mulheres buscou libertar Veio mostrar que a mulher traz em si o mistério do ser E vê sua mãe a sofrer

MEDITAÇÃO

Senhor Jesus, Cristo Redentor, eis-me aqui! Contemplo a profunda comunhão de amor entre o teu Coração e o coração de tua mãe. É uma comunhão redentora! Aquela troca silenciosa de 166


26 de julho | SEXTA-FEIRA

olhares no caminho da cruz fala mais do que qualquer discurso ou palavra. A dor do Filho é realmente a dor da mãe. Isto me faz pensar nas lutas em favor da vida, da sua concepção até o seu fim natural. Nós mulheres temos uma vocação muito forte para defender tudo o que vive. Não podemos aceitar a violência de quem se acha no direito de interromper uma vida indefesa. Queremos proclamar com tua mãe: O Senhor fez em mim grandes coisas. Derruba do trono os arrogantes e eleva os humildes. Manifesta a força de seu braço e nos sustenta nos caminhos da nova evangelização (Cf. Lc 1,46-55). 5a ESTAÇÃO Um Jovem: 5a ESTAÇÃO – Simão Cireneu ajuda Jesus a carregar a cruz Uma jovem: Converteu-se enquanto ajudava Jesus SOLISTA: Sua cruz carregava cansado

Esmagado de tanta opressão E eis que um colono que chega do campo levou sua cruz Sofria também com Jesus

MEDITAÇÃO

Senhor Jesus, Cristo Redentor, eis-me aqui! Fui chamado pelo teu divino Coração. Sou um jovem vocacionado a caminho do sacerdócio. O teu apelo ressoa muito forte no meu interior: Quem quiser ser meu discípulo, tome sua cruz e siga-me! Mas nem sempre compreendo que a luz passa pela cruz. Ao carregar um pouco do teu fardo quero aprender os caminhos da configuração a ti. Que um dia eu possa dizer: eu vivo, mas não sou eu que vivo; é Cristo que vive em mim (Cf. Gal 2,20). Faz de mim um ministro transparente. Livra-me da tentação dos primeiros lugares e ensina-me a ser um bom pastor, que dá a vida para congregar teu povo na unidade. 167


VIA SACRA DO JOVEM SOLIDÁRIO

6a ESTAÇÃO Um Jovem: 6a ESTAÇÃO – Verônica enxuga o rosto de Jesus Uma jovem: A mulher que não se calou SOLISTA: Tinha um rosto de homem do povo

Tinha marcas de luto e de dor Tanto sofreu que de escarros e sangue se desfigurou Mas alguém o seu rosto enxugou.

MEDITAÇÃO

Senhor Jesus, Cristo Redentor, eis-me aqui! Sou consagrada ao teu divino Coração no serviço ao meu irmão. Não posso me calar quando encontro nas vias-sacras da vida tantas vítimas de uma “cultura de morte”: mulheres prostituídas e famílias na miséria, enfermos sem atendimento e idosos desprezados, migrantes sem terra e jovens desempregados, pessoas excluídas da cultura digital e minorias tratadas com preconceito… a lista é grande, meu Senhor. Ao enxugar as lágrimas, o suor e o sangue do rosto destes irmãos e irmãs vejo maravilhada que a tua face fica estampada no lenço da minha solidariedade (Cf. Mt 25,31-46). Ensina-me a sempre unir mística e militância, fé e vida, céu e terra, porque o Pai é nosso e somos irmãos, mas o pão também é nosso e somos cristãos, ou seja, gente que acredita no milagre de repartir. 7a ESTAÇÃO Um Jovem: 7a ESTAÇÃO – Jesus cai pela segunda vez Uma jovem: Quem caiu subindo, caiu para o alto! SOLISTA: Ele disse que a vida é um presente

168

Para quem não parou nem cansou Leva nos ombros com garra e coragem a cruz dos irmãos E mais uma vez cai ao chão


26 de julho | SEXTA-FEIRA

MEDITAÇÃO

Senhor Jesus, Cristo Redentor, eis-nos aqui! Encontramos em teu Coração a nossa morada. Desde que começamos a namorar ensaiamos o jeito certo de construir uma família que tem papel fundamental na transmissão da fé e da vida. Contemplando a tua paixão entendemos que tudo isso foi por amor. Aprendemos, porém, que as nossas paixões não são um fundamento seguro. Só constrói sobre a rocha, quem edifica no amor. Dá-nos a sabedoria de começar a construção pelos fundamentos e não pelo telhado. Ensina-nos que cada escolha exige renúncias. Se cairmos, Senhor, seja sempre avançando e nunca desistindo. Mesmo nas quedas, não permita que nos afastemos de ti. 8a ESTAÇÃO Um Jovem: 8a ESTAÇÃO – Jesus consola as mulheres de Jerusalém Uma jovem: Vocação de mulher: do berço até a cruz SOLISTA: No caminho por onde ele ia

A sofrer quase só sem ninguém Algumas mulheres chorando seguiram Jesus sofredor Eram mães solidárias na dor

MEDITAÇÃO

Senhor Jesus, Cristo Redentor, eis-me aqui! No teu Coração tão humano aprendi o valor salvífico do sofrimento e da dor. Completo na minha carne o que falta aos teus sofrimentos pelo teu Corpo, que é a Igreja (Cf. Col 1,24). Não posso esquecer que a redenção se realizou pela tua cruz, ou seja, pelo teu sacrifício. Isto me ensina que a dor faz parte da condição humana e é tocada inteiramente pelo teu amor que salva. Isto não me leva a uma resignação alienada, mas me faz consciente de que algumas dores são oportunidades para me unir à tua cruz. É um mistério que apenas quem sofre unido a ti pode discernir na medida certa. Ensina-me que na hora da dor, melhor do que falar sobre Deus, é falar com Deus. A prece consola mais que a explicação. 169


VIA SACRA DO JOVEM SOLIDÁRIO

9a ESTAÇÃO Um Jovem: 9a ESTAÇÃO – Jesus cai pela terceira vez Uma jovem: Depois disso, não mais caiu! SOLISTA: Outra queda e já é a terceira

E ele cai de cansaço no chão É como tantos que sofrem de fome de amor e de pão E sucumbem de tanta opressão

MEDITAÇÃO

Senhor Jesus, Cristo Redentor, eis-me aqui! No teu Coração de mestre encontrei a Verdade. Venho do mundo dos estudos. Eles fazem parte da minha missão neste momento. O conhecimento e a ciência me encantam, mas muitas vezes me seduzem e até induzem a imaginar que não preciso de ti. Mas meu coração tem sede de um amor e de uma verdade que superam os amores e as verdades desta terra. Apenas na tua Verdade encontro a sabedoria eterna. E neste tesouro encontro as forças para não mais cair. Apenas quem encontra a verdade, para além dos limites do corpo, fica verdadeiramente de pé. 10a ESTAÇÃO Um Jovem: 10a ESTAÇÃO – Jesus é despojado de suas vestes Uma jovem: Era pobre e mais pobre morreu! SOLISTA: Arrancaram-lhe as vestes que tinha

Sortearam a que lhe restou Tão despojado e não tendo mais nada a si mesmo se deu Era pobre e mais pobre morreu

MEDITAÇÃO

Senhor Jesus, Cristo Redentor, eis-me aqui! Teu Coração me ensina tantas maneiras de promover a comunhão. Faço parte desta geração

170


26 de julho | SEXTA-FEIRA

que nasceu conectada por meio da Internet. Sei que as redes sociais são uma possibilidade para construir relações verdadeiras, mas exigem muita atenção para não ficar refém das forças de dispersão que despojam a juventude de sua identidade. A manipulação da inteligência é uma delas. Isto pode nos levar à alienação dos direitos religiosos, sociais e até políticos. Olhando para o teu despojamento total no caminho da cruz eu peço em nome de minha geração: que a tua graça nos ensine os caminhos para evangelizar o “continente digital” e nos deixe atentos à possível dependência ou confusão entre o real e o virtual, correndo o risco de dispensar o encontro com as pessoas por contatos na rede. 11a ESTAÇÃO Um Jovem: 11a ESTAÇÃO – Jesus é pregado na cruz Uma jovem: Feita de dois riscos foi a sua cruz SOLISTA: Tendo dois assaltantes ao lado

Foi pregado na cruz que levou Crucificado, agredido insultado, Jesus perdoou Ao algoz que o feriu e matou

MEDITAÇÃO

Senhor Jesus, Cristo Redentor, eis-me aqui! No teu divino Coração encontrei a verdadeira liberdade. Estou consciente daquilo que disse João Paulo II: “a pior das prisões é um coração fechado” (Mensagem para os prisioneiros da Bélgica – 16 de maio de 1985). Milhões de jovens estão presos cumprindo pena por um erro cometido. Teu olhar de perdão no alto da cruz me faz pensar que é possível mudar de vida. Ensina-me que a tua cruz uniu a terra e o céu e os teus braços abertos acolhem a todos, até quem está na prisão (cf. Mt 25,43).É bom saber que amas não apenas quem é justo e santo, mas também o pecador (cf. Rm 5,8). Obrigado, Senhor, pela tua imensa compaixão!

171


VIA SACRA DO JOVEM SOLIDÁRIO

12a ESTAÇÃO Um Jovem: 12a ESTAÇÃO – Jesus morre na cruz Uma jovem: O autor da vida aceitou morrer SOLISTA: Esmagado, ferido e vencido

Derrotado ele nem reagiu Agonizou e espirou como quem nada pode fazer É a vida que vemos morrer

MEDITAÇÃO

Senhor Jesus, Cristo Redentor, eis-me aqui! Em teu Coração encontrei a vida e a vida em plenitude. Conheces bem os limites de minha condição física. Vivo um tempo difícil de purificação. A doença é a minha cruz. Aceita-me unido a ti neste momento. A certeza de que estás comigo faz cada minuto valer a pena. Gostaria de viver muitos anos, mas o que é isso diante da eternidade? Então, Senhor, fortalece em mim a fé, a esperança e a caridade. E que eu escute de tua boca a frase que consolou tantos doentes e sofredores: “Tua fé te salvou, vai em paz!”(Cf. Lc 8,48). 13a ESTAÇÃO Um Jovem: 13a ESTAÇÃO – Jesus é descido da cruz Uma jovem: Maria e os discípulos o descrucificaram SOLISTA: Parecia estar tudo acabado

Jesus Cristo descia da cruz Morto e sem vida Maria o recebe sem nada falar É meu povo que eu vejo a chorar

MEDITAÇÃO

Senhor Jesus, Cristo Redentor, eis-me aqui! É maravilhoso escutar as lições do teu divino Coração. Passo os dias no silêncio de sons e palavras. Não consigo ouvir com os ouvidos, mas escuto tua voz em meu coração. Ao ver-te descido da cruz, repousar no colo piedoso de tua querida mãe, sinto que todos os discursos são insuficientes e uma única palavra já é demais. Existem momentos 172


26 de julho | SEXTA-FEIRA

em que o silêncio e a contemplação falam muito mais. Ensina-me a descrucificar os meus irmãos. Que o meu testemunho seja um silencioso grito de amor e de solidariedade. 14a ESTAÇÃO Um Jovem: 14a ESTAÇÃO – Jesus é sepultado Uma jovem: Semeado no silêncio fecundo SOLISTA: Sepultado na rocha mais fria

Nada mais se podia esperar Ia com ele o projeto de vida que veio ensinar É meu povo escondido e a rezar

MEDITAÇÃO

Senhor Jesus, Cristo Redentor, aqui estamos, envia-nos! (Cf. Is 6,8). Queremos ser um só coração e uma só alma. Iremos a todas as nações da terra para dar testemunho de que encontramos o verdadeiro caminho para a vida. A semente de tua Palavra caiu em nossos continentes. Não ficará sepultada na terra. Ensina-nos a cultivá-la para que nasçam os frutos de uma nova evangelização. ‒ Que o Leste Europeu seja marcado pela paz e pela liberdade religiosa. ‒ Que a Europa supere a agressiva onda de secularização pelo anúncio corajoso da fé. ‒ Que a África supere a violência e construa a Igreja como família e a família como Igreja. ‒ Que a América do Norte reconheça as culturas que afastam do Evangelho. ‒ Que a América Latina e o Caribe encontrem caminhos para superar a injustiça e a violência. ‒ Que a minoria cristã da Ásia seja presente como semente fecunda, mesmo quando perseguida. ‒ Que a Oceania sinta mais fortemente o compromisso de anunciar o Evangelho. (Texto inspirado na Mensagem Final do Sínodo da Nova Evangelização para a transmissão da fé, no 13)

173


VIA SACRA DO JOVEM SOLIDÁRIO

Santo Padre: Nós te adoramos e te bendizemos, Senhor Jesus Cristo, redentor da humanidade. TODOS: Vossa entrega na cruz nos dá Vida, mostra o Caminho, revela a Verdade! Santo Padre: OREMOS: Ó Cristo, Redentor da humanidade, Tua imagem de braços abertos no alto do Corcovado acolhe todos os povos. Em Tua oferta pascal, nos conduziste pelo Espírito Santo ao encontro filial com o Pai. Os jovens, que se alimentam da Eucaristia, Te ouvem na Palavra e Te encontram no irmão, necessitam de Tua infinita misericórdia para percorrer os caminhos do mundo como discípulos missionários da nova evangelização. TODOS: Amém.

174


27 de julho – Sábado LITURGIA DAS HORAS IV semana do saltério

Laudes V. Vinde, ó Deus em meu auxílio. R. Socorrei-me sem demora.  Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.  Como era no princípio, agora e sempre. Amém.  Hino  Raiando o novo dia,  as vozes elevamos,  de Deus a graça e glória  em Cristo proclamamos.  Por ele o Criador  compôs a noite e o dia,  criando a lei eterna  que os dois alternaria.  A vós, Luz dos fiéis,  nenhuma lei domina.  Fulgis de dia e noite,  clarão da luz divina.  Ó Pai, por vossa graça,  vivamos hoje bem,  servindo a Cristo e cheios  do vosso Espírito. Amém.  Salmodia  Ant. 1 Como é bom salmodiar em louvor ao Deus Altíssimo!  175


LITURGIA DAS HORAS

Salmo 91(92) Louvor ao Deus Criador 

Louvores se proclamam pelos feitos do Cristo (Sto. Atanásio).

–2 Como é bom agradecermos ao Senhor * e cantar salmos de louvor ao Deus Altíssimo!  –3 Anunciar pela manhã vossa bondade, *  e o vosso amor fiel, a noite inteira,  –4 ao som da lira de dez cordas e da harpa, *  com canto acompanhado ao som da cítara.  –5 Pois me alegrastes, ó Senhor, com vossos feitos, *  e rejubilo de alegria em vossas obras.  –6 Quão imensas, ó Senhor, são vossas obras, *  quão profundos são os vossos pensamentos!  –7 Só o homem insensato não entende, * só o estulto não percebe nada disso!  –8 Mesmo que os ímpios floresçam como a erva, *  ou prosperem igualmente os malfeitores,  – são destinados a perder-se para sempre. *  9  Vós, porém, sois o Excelso eternamente!  =10 Eis que os vossos inimigos, ó Senhor, †  eis que os vossos inimigos vão perder-se, *  e os malfeitores serão todos dispersados.  –11 Vós me destes toda a força de um touro, *  e sobre mim um óleo puro derramastes;  –12 triunfante posso olhar meus inimigos, *  vitorioso escuto a voz de seus gemidos.  –13 O justo crescerá como a palmeira, *  florirá igual ao cedro que há no Líbano;  –14 na casa do Senhor estão plantados, *  nos átrios de meu Deus florescerão.  176


27 de julho | SÁBADO

–15 Mesmo no tempo da velhice darão frutos, *  cheios de seiva e de folhas verdejantes;  –16 e dirão: ‘É justo mesmo o Senhor Deus: *  meu Rochedo, não existe nele o mal!’ – Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *  Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Ant. Como é bom salmodiar em louvor ao Deus Altíssimo!  Ant. 2 Dar-vos-ei um novo espírito e um novo coração.  Cântico Ez 36,24-28  Deus renovará o seu povo 

Eles serão o seu povo, e o próprio Deus estará com eles (Ap 21,3).

=24 Haverei de retirar-vos do meio das nações, †  haverei de reunir-vos de todos os países, *  e de volta eu levarei todos vós à vossa terra.  =25 Haverei de derramar sobre vós uma água pura, †  e de vossas imundícies sereis purificados; *  sim, sereis purificados de toda a idolatria.  =26 Dar-vos-ei um novo espírito e um novo coração; †  tirarei de vosso peito este coração de pedra, *  no lugar colocarei novo coração de carne.  =27 Haverei de derramar meu Espírito em vós †  e farei que caminheis obedecendo a meus preceitos, *  que observeis meus mandamentos e guardeis a minha Lei.  =28 E havereis de habitar aquela terra prometida, †  que nos tempos do passado eu doei a vossos pais, *  e sereis sempre o meu povo e eu serei o vosso Deus! – Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *  Como era no princípio, agora e sempre. Amém. 177


LITURGIA DAS HORAS

Ant. Dar-vos-ei um novo espírito e um novo coração. Ant. 3 O perfeito louvor vos é dado pelos lábios dos mais pequeninos.  Salmo 8  Majestade de Deus e dignidade do homem 

Ele pôs tudo sob os seus pés, e fez dele, que está acima de tudo, a Cabeça da Igreja (Ef 1,22).

–2 Ó Senhor nosso Deus, como é grande *  vosso nome por todo o universo!  – Desdobrastes nos céus vossa glória *  com grandeza, esplendor, majestade.  =3 O perfeito louvor vos é dado †  pelos lábios dos mais pequeninos, *  de crianças que a mãe amamenta.  – Eis a força que opondes aos maus, *  reduzindo o inimigo ao silêncio.  –4 Contemplando estes céus que plasmastes *  e formastes com dedos de artista;  – vendo a lua e estrelas brilhantes, *  perguntamos: ‘Senhor, que é o homem, – para dele assim vos lembrardes *  e o tratardes com tanto carinho?’ 

5

–6 Pouco abaixo de Deus o fizestes, * coroando-o de glória e esplendor;  –7 vós lhe destes poder sobre tudo, * vossas obras aos pés lhe pusestes:  –8 as ovelhas, os bois, os rebanhos, * todo o gado e as feras da mata;  –9 passarinhos e peixes dos mares, * todo ser que se move nas águas.  178


27 de julho | SÁBADO

–10 Ó Senhor nosso Deus, como é grande *  vosso nome por todo o universo! – Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *  Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Ant. O perfeito louvor vos é dado pelos lábios dos mais pequeninos.  Leitura breve 2Pd 3,13-15a  O que nós esperamos, de acordo com a sua promessa, são novos céus e uma nova terra, onde habitará a justiça. Caríssimos, vivendo nesta esperança, esforçai-vos para que ele vos encontre numa vida pura e sem mancha e em paz. Considerai também como salvação a longanimidade de nosso Senhor. Responsório breve  R. A alegria cantará sobre meus lábios, *E a minh’alma libertada exultará. R. A alegria cantará sobre meus lábios,  V. Também celebrarei vossa justiça. *E a minh’alma libertada exultará. Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.  R. A alegria cantará sobre meus lábios, E a minh’alma libertada exultará. Cântico evangélico Benedictus Ant. Guiai nossos passos no caminho da paz. Pág. 291

179


LITURGIA DAS HORAS

Preces Adoremos a Deus, que por meio de seu Filho trouxe ao mundo vida e esperança; e peçamos humildemente:  R. Senhor, ouvi-nos!  Senhor, Pai de todos os seres humanos, que nos fizestes chegar ao princípio deste dia,  – dai-nos viver unidos a Cristo para louvor da vossa glória. R. Conservai e aumentai em nós a fé, a esperança e a caridade,  – que derramastes em nossos corações. R. Fazei que os nossos olhos estejam sempre voltados para vós,  – para correspondermos com generosidade e alegria ao vosso chamado. R. Defendei-nos das ciladas e seduções do mal,  – e protegei os nossos passos de todo tropeço. R. (intenções livres)  Pai nosso.  Oração  Deus onipotente e eterno, luz esplendorosa e dia que não termina, nós vos pedimos nesta manhã que, vencidas as trevas do pecado, nossos corações sejam iluminados com o fulgor da vossa vinda. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.  Conclusão da Hora O Senhor nos abençoe, nos livre de todo o mal e nos conduza à vida eterna. Amém. 180


27 de julho | SÁBADO

Hora Média

Oração das Doze Horas (hora sexta)

V. Vinde, ó Deus, em meu auxílio. R. Socorrei-me sem demora.  Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.  Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Hino Ó Deus, verdade e força  que o mundo governais,  da aurora ao meio-dia,  a terra iluminais. De nós se afaste a ira,  discórdia e divisão.  Ao corpo dai saúde,  e paz ao coração.  Ouvi-nos, Pai bondoso,  por Cristo Salvador,  que vive com o Espírito  convosco pelo Amor. Salmodia Ant. 1 Estendei a vossa mão para ajudar-me, pois escolhi sempre seguir vossos preceitos.  Salmo 118(119),169-176  XXI (Tau)  Meditação sobre a Palavra de Deus na Lei 

Sua misericórdia se estende de geração em geração, a todos os que o respeitam (Lc 1,50). 

–169 Que o meu grito, ó Senhor, chegue até vós; *  fazei-me sábio como vós o prometestes!  181


LITURGIA DAS HORAS

–170 Que a minha prece chegue até à vossa face; *  conforme prometestes, libertai-me!  –171 Que prorrompam os meus lábios em canções, *  pois me fizestes conhecer vossa vontade!  –172 Que minha língua cante alegre a vossa lei, *  porque justos são os vossos mandamentos!  –173 Estendei a vossa mão para ajudar-me, *  pois escolhi sempre seguir vossos preceitos!  –174 Desejo a vossa salvação ardentemente *  e encontro em vossa lei minhas delícias!  –175 Possa eu viver e para sempre vos louvar; *  e que me ajudem, ó Senhor, vossos conselhos!  –176 Se eu me perder como uma ovelha, procurai-me, *  porque nunca esqueci vossos preceitos! – Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *  Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Ant. Estendei a vossa mão para ajudar-me, pois escolhi sempre seguir vossos preceitos.  Ant. 2 Vosso trono, ó Deus, é eterno, sem fim. Salmo 44(45)  As núpcias do Rei 

O noivo está chegando. Ide ao seu encontro! (Mt 25,6).

I

=2 Transborda um poema do meu coração; †  vou cantar-vos, ó Rei, esta minha canção; *  minha língua é qual pena de um ágil escriba.  =3 Sois tão belo, o mais belo entre os filhos dos homens! †  Vossos lábios espalham a graça, o encanto, *  porque Deus, para sempre, vos deu sua bênção. 

182


27 de julho | SÁBADO

–4 Levai vossa espada de glória no flanco, *  herói valoroso, no vosso esplendor;  –5 saí para a luta no carro de guerra *  em defesa da fé, da justiça e verdade!  = Vossa mão vos ensine valentes proezas, †  vossas flechas agudas abatam os povos *  e firam no seu coração o inimigo! =7 Vosso trono, ó Deus, é eterno, é sem fim; †  vosso cetro real é sinal de justiça: *  8  Vós amais a justiça e odiais a maldade.  6 

= É por isso que Deus vos ungiu com seu óleo, † deu-vos mais alegria que aos vossos amigos. *  9  Vossas vestes exalam preciosos perfumes.  – De ebúrneos palácios os sons vos deleitam. *  As filhas de reis vêm ao vosso encontro,  – e à vossa direita se encontra a rainha *  com veste esplendente de ouro de Ofir.

10

–    Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *  Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Ant. Vosso trono, ó Deus, é eterno, sem fim.  Ant. 3 Vi a nova Sião descer do céu como esposa enfeitada para o esposo. II 

–11 Escutai, minha filha, olhai, ouvi isto: *  ‘Esquecei vosso povo e a casa paterna!  –12 Que o Rei se encante com vossa beleza! *  Prestai-lhe homenagem: é vosso Senhor!  –13 O povo de Tiro vos traz seus presentes, *  os grandes do povo vos pedem favores.  –14 Majestosa, a princesa real vem chegando, *  183


LITURGIA DAS HORAS

vestida de ricos brocados de ouro. –15 Em vestes vistosas ao Rei se dirige, *  e as virgens amigas lhe formam cortejo;  –16 entre cantos de festa e com grande alegria, *  ingressam, então, no palácio real’.  –17 Deixareis vossos pais, mas tereis muitos filhos; *  fareis deles os reis soberanos da terra.  –18 Cantarei vosso nome de idade em idade, *  para sempre haverão de louvar-vos os povos! –    Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *  Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Ant. Vi a nova Sião descer do céu como esposa enfeitada para o esposo.  Leitura breve Rm 15,5-7  O Deus que dá constância e conforto vos dê a graça da harmonia e concórdia, uns com os outros, como ensina Cristo Jesus. Assim, tendo como que um só coração e a uma só voz, glorificareis o Deus e Pai do Senhor nosso, Jesus Cristo. Por isso, acolhei-vos uns aos outros, como também Cristo vos acolheu, para a glória de Deus.  V. O Senhor muito ama o seu povo.  R. E coroa com vitória os seus humildes.  Oração  Senhor nosso Deus, luz ardente de amor eterno, concedei que, inflamados na vossacaridade, num mesmo amor amemos a vós, acima de tudo, e aos irmãos e irmãs porvossa causa. Por Cristo, nosso Senhor. Conclusão da Hora V. Bendigamos ao Senhor. R. Graças a Deus. 184


27 de julho | SÁBADO

MISSA DO DIA

Memória de Nossa Senhora aos sábados

Partes fixas da missa Pág. 275 Antífona da entrada Salve, ó Santa Mãe de Deus, vós destes à luz o Rei, que governa o céu e a terra pelos séculos eternos. Oração do dia Senhor nosso Deus, concedei-nos sempre saúde de alma e corpo, e fazei que, pela intercessão da Virgem Maria, libertos das tristezas presentes, gozemos as alegrias eternas. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. T: Amém. LITURGIA DA PALAVRA 1ª LEITURA Ex 24, 3-8 Leitura do livro do Êxodo: Naqueles dias, 3Moisés veio e transmitiu ao povo todas as palavras do Senhor e todos os decretos. O povo respondeu em coro: “Faremos tudo o que o Senhor nos disse”.4Então Moisés escreveu todas as palavras do Senhor. Levantando-se na manhã seguinte, ergueu ao pé da montanha um altar e doze marcos de pedra pelas doze tribos de Israel.5Em seguida, mandou alguns jovens israelitas oferecer holocaustos e imolar novilhos como sacrifícios pacíficos ao Senhor.6Moisés tomou metade do sangue e o pôs em vasilhas, e derramou a outra metade sobre o altar.7Tomou depois o livro da aliança e o leu em voz alta ao povo, que respondeu: “Faremos tudo o que o Senhor disse e lhe obedeceremos”.8Moisés, então, com o sangue 185


MISSA DO DIA

separado, aspergiu o povo, dizendo: “Este é o sangue da aliança, que o Senhor fez convosco, segundo todas estas palavras”. Palavra do Senhor. T: Graças a Deus. SALMO RESPONSORIAL Sl 49,1-2. 5-6. 14-15 Imola a Deus um sacrifício de louvor. T: Imola a Deus um sacrifício de louvor. Falou o Senhor Deus, chamou a terra, * do sol nascente ao sol poente a convocou.  2 De Sião, beleza plena, Deus refulge. 1

”Reuni à minha frente os meus eleitos, * que selaram a Aliança em sacrifícios!’  6 Testemunha o próprio céu seu julgamento, *  porque Deus mesmo é juiz e vai julgar. 5

Imola a Deus um sacrifício de louvor * e cumpre os votos que fizeste ao Altíssimo.  15 Invoca-me no dia da angústia, *  e então te livrarei e hás de louvar-me’. 14

ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO Refrão: Aleluia. Acolhei docilmente a Palavra semeada em vós, meus irmãos; ela pode salvar vossas vidas!

186


27 de julho | SÁBADO

EVANGELHO Mt 13,24-30 Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus Naquele tempo, 24Jesus contou outra parábola à multidão: “O Reino dos Céus é como um homem que semeou boa semente no seu campo.  25Enquanto todos dormiam, veio seu inimigo, semeou joio no meio do trigo, e foi embora. 26Quando o trigo cresceu e as espigas começaram a se formar, apareceu também o joio. 27Os empregados foram procurar o dono e lhe disseram: ‘Senhor, não semeaste boa semente no teu campo?  Donde veio então o joio?’ 28O dono respondeu: ‘Foi algum inimigo que fez isso’. Os empregados lhe perguntaram: ‘Queres que vamos arrancar o joio?’ 29O dono respondeu:’Não! pode acontecer que, arrancando o joio, arranqueis também o trigo. 30Deixai crescer um e outro até a colheita! E, no tempo da colheita, direi aos que cortam o trigo: arrancai primeiro o joio e o amarrai em feixes para ser queimado! Recolhei, porém, o trigo no meu celeiro!’’ Palavra da Salvação. T: Gloria a vós, Senhor. Oração sobre as oferendas Socorra-nos, ó Pai, a humanidade do vosso Filho, que, ao nascer da Virgem Mãe, não diminuiu, mas consagrou a sua integridade. E fazei que ele, apagando os nossos pecados, vos torne agradáveis nossas oferendas. Por Cristo, nosso Senhor. T: Amém. PREFÁCIO DA VIRGEM MARIA II S: O Senhor esteja convosco. T: Ele está no meio de nós. S: Corações ao alto. T: O nosso coração está em Deus. S: Demos graças a Deus. T: É nosso dever e nossa salvação. 187


MISSA DO DIA

S: Na verdade, é justo e necessário, é nosso dever e salvação dar-vos graças, sempre em todo o lugar, proclamando as vossas maravilhas na perfeição de todos os santos.Celebrando a memória da Virgem Maria, proclamamos ainda mais a vossa bondade, inspirando-nos no mesmo hino que ela cantou em vosso louvor.Na verdade, fizeste grandes coisas por toda a terra e estendestes a vossa misericórdia a toda as gerações, quando, olhando a humanidade de vossa Serva, nos destes, por ela, o Salvador da humanidade, vosso Filho, Jesus Cristo, Senhor nosso. Por ele, a multidão dos anjos e dos santos se alegra eternamente na vossa presença, cantando (dizendo) conosco a uma só voz: T: Santo, Santo, Santo, Senhor Deus do Universo! O céu e a terra proclamam a vossa glória. Hosana nas alturas! Bendito o que vem em nome do Senhor! Hosana nas alturas! Antífona da comunhão Feliz o seio da Virgem Maria que trouxe o Filho do eterno Pai. Oração depois da comunhão Recebemos, ó Deus, o sacramento celeste, alegrando-nos nesta festa da Virgem Maria. Concedei-nos a graça de imitá-la, servindo ao mistério da nossa Redenção. Por Cristo, nosso Senhor. T: Amém.

188


VIGÍLIA COM O PAPA NO CAMPUS FIDEI Perseverantes em oração. I Vésperas V. Vinde, ó Deus em meu auxílio. R. Socorrei-me sem demora. Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.  Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Aleluia.   Hino  Ó Deus, autor de tudo,  que a terra e o céu guiais,  de luz vestis o dia,  à noite o sono dais.  O corpo, no repouso,  prepara-se a lutar. As mentes já se acalmam,  se faz sereno o olhar. Senhor, vos damos graças  no ocaso deste dia.  A noite vem caindo,  mas vosso amor nos guia.  Sonora, a voz vos louve,  vos cante o coração.  O amor vos renda amor,  e a mente, adoração.  E assim, chegando a noite,  com grande escuridão,  189


VIGÍLIA COM O PAPA

a fé, em meio às trevas, espalhe o seu clarão.  Ouvi-nos, Pai piedoso,  e Filho, Sumo Bem,  com vosso Santo Espírito  reinando sempre. Amém.  Salmodia  Ant. 1 Minha oração suba a vós como incenso, Senhor! Salmo 140(141),1-9  Oração nas dificuldades da vida 

Da mão do anjo, subia até Deus a fumaça do incenso, com as orações dos santos (Ap 8,4). 

–1 Senhor, eu clamo por vós, socorrei-me; *  quando eu grito, escutai minha voz!  –2 Minha oração suba a vós como incenso, *  e minhas mãos, como oferta da tarde!  –3 Ponde uma guarda em minha boca, Senhor, *  e vigias às portas dos lábios!  –4 Meu coração não deixeis inclinar-se * às obras más nem às tramas do crime;  – que eu não seja aliado dos ímpios *  nem partilhe de suas delícias!  =5 Se o justo me bate é um favor; † porém jamais os perfumes dos ímpios *  sejam usados na minha cabeça!  – Continuarei a orar fielmente, *  enquanto eles se entregam ao mal!  190


27 de julho | SÁBADO

=6 Seus juízes, que tinham ouvido † as suaves palavras que eu disse, *  do rochedo já foram lançados.  =7 Como a mó rebentada por terra, † os seus ossos estão espalhados *  e dispersos à boca do abismo.  –8 A vós, Senhor, se dirigem meus olhos, *  em vós me abrigo: poupai minha vida!  –9 Senhor, guardai-me do laço que armaram*  e da armadilha dos homens malvados!   - Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.  Como era no princípio, agora e sempre. Amém.  Ant. Minha oração suba a vós como incenso, Senhor! Ant. 2 Sois vós meu abrigo, Senhor, minha herança na terra dos vivos.  Salmo 141(142)  Vós sois o meu refúgio, Senhor! 

Tudo o que este salmo descreve se realizou no Senhor durante a sua Paixão (Santo Hilário).

–2 Em voz alta ao Senhor eu imploro, * em voz alta suplico ao Senhor!  =3 Eu derramo na sua presença †  o lamento da minha aflição, *  diante dele coloco minha dor!  –4 Quando em mim desfalece a minh’alma, *  conheceis, ó Senhor, meus caminhos!  – Na estrada por onde eu andava *  contra mim ocultaram ciladas.  191


VIGÍLIA COM O PAPA

–5 Se me volto à direita e procuro, * não encontro quem cuide de mim,  – e não tenho aonde fugir; *  não importa a ninguém minha vida!  =6 A vós grito, Senhor, a vós clamo † e vos digo: ‘Sois vós meu abrigo, *  minha herança na terra dos vivos’.  –7 Escutai meu clamor, minha prece, * porque fui por demais humilhado!  –8 Arrancai-me, Senhor, da prisão, * e em louvor bendirei vosso nome!  – Muitos justos virão rodear-me *  pelo bem que fizestes por mim. – Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.  Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Ant. Sois vós meu abrigo, Senhor, minha herança na terra dos vivos.  Ant. 3 O Senhor Jesus Cristo se humilhou; por isso Deus o exaltou eternamente.  Cântico Fl 2,6-11  Cristo, o Servo de Deus  =6 Embora fosse de divina condição, † Cristo Jesus não se apegou ciosamente *  a ser igual em natureza a Deus Pai. 

192


27 de julho | SÁBADO

(R. Jesus Cristo é Senhor para a glória de Deus Pai!) =7 Porém esvaziou-se de sua glória † e assumiu a condição de um escravo, *  fazendo-se aos homens semelhante. (R.)  = Reconhecido exteriormente como homem, †  humilhou-se, obedecendo até à morte, * até à morte humilhante numa cruz. (R.) 

8

=9 Por isso Deus o exaltou sobremaneira †  e deu-lhe o nome mais excelso, mais sublime, *  e elevado muito acima de outro nome. (R.)  =10 Para que perante o nome de Jesus † se dobre reverente todo joelho, *  seja nos céus, seja na terra ou nos abismos. (R.)  =11 E toda língua reconheça, confessando, †  para a glória de Deus Pai e seu louvor: *  ‘Na verdade Jesus Cristo é o Senhor!’ (R.) - Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.  Como era no princípio, agora e sempre. Amém.  Ant. O Senhor Jesus Cristo se humilhou; por isso Deus o exaltou eternamente.  Leitura breve Rm 11,33-36  Ó profundidade da riqueza, da sabedoria e da ciência de Deus! Como são inescrutáveis os seus juízos e impenetráveis os seus caminhos! De fato, quem conheceu o pensamento do Senhor? Ou quem foi seu conselheiro? Ou quem se antecipou em dar-lhe alguma coisa, de maneira a ter direito a uma retribuição? Na verdade, tudo é dele, por ele, e para ele. A ele, a glória para sempre. Amém!  

193


VIGÍLIA COM O PAPA

Responsório breve R. Quão numerosas, ó Senhor, são vossas obras *E que sabedoria em todas elas! R. Quão numerosas, ó Senhor, são vossas obras V. Encheu-se a terra com as vossas criaturas. *E que sabedoria em todas elas! Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.  R. Quão numerosas, ó Senhor, são vossas obras E que sabedoria em todas elas! Cântico evangélico Magnificat Ant. À tarde, depois de o sol se pôr, trouxeram-lhe todos os enfermos, e ele curou muitos que estavam oprimidos com as doenças mais diversas. Pág. 291  Preces  Ao Deus único, Pai e Filho e Espírito Santo, demos glória; e peçamos humildemente: R. Ouvi, Senhor, a oração de vosso povo! Pai santo, Senhor todo-poderoso, fazei brotar a justiça na terra,  – para que o vosso povo se alegre na prosperidade e na paz. R. Dai a todos os povos fazerem parte do vosso Reino,  – para que sejam salvos. R. Concedei aos esposos a perseverança na harmonia e no cumprimento de vossa vontade,  – para que vivam sempre no amor mútuo. R.

194


27 de julho | SÁBADO

Dignai-vos recompensar todos aqueles que nos fazem o bem, – e dai-lhes a vida eterna. R. (intenções livres)  Olhai com bondade os que morreram vítimas do ódio, da violência ou da guerra, – e acolhei-os no repouso celeste.R. Pai nosso.  Oração Ó Deus, sois o amparo dos que em vós esperam e, sem vosso auxílio, ninguém é forte, ninguém é santo; redobrai de amor para conosco, para que, conduzidos por vós, usemos de tal modo os bens que passam, que possamos abraçar os que não passam. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Conclusão da Hora  O Senhor nos abençoe, nos livre de todo o mal e nos conduza à vida eterna. Amém.

195


28 de julho– Domingo LITURGIA DAS HORAS 17ª semana do tempo comum I Semana do Saltério

LAUDES V. Vinde, ó Deus, em meu auxílio. R. Socorrei-me sem demora. Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Aleluia. Hino Ó Criador do universo,  a sombra e a luz alternais,  e, dando tempo ao tempo,  dos seres todos cuidais.  Qual pregoeiro do dia,  canta nas noites o galo.  Separa a noite e a noite,  brilhando a luz no intervalo.  Também por ele acordada,  a estrela d’alva, brilhante,  expulsa o erro e a treva  com sua luz radiante.  Seu canto os mares acalma,  ao navegante avigora;  a própria Pedra da Igreja  ouvindo o cântico chora. 

196

Jesus, olhai os que tombam. O vosso olhar nos redime:  se nos olhais, nos erguemos,  e prantos lavam o crime. 


28 de julho | DOMINGO

Ó luz divina, brilhai, tirai do sono o torpor. O nosso alento primeiro  entoe o vosso louvor. Ó Cristo, Rei piedoso,  a vós e ao Pai, Sumo Bem,  glória e poder, na unidade  do Espírito Santo. Amém. Salmodia Ant. 1 Desde a aurora ansioso vos busco, para ver vossa glória e poder. Salmo 62 (63), 2-9 Sede de Deus

Vigia diante de Deus, quem rejeita as obras das trevas (cf. 1Ts 5,5)

– 2Sois vós, ó Senhor, o meu Deus!*  Desde a aurora ansioso vos busco!  = A minh’alma tem sede de vós,+ minha carne também vos deseja,* como terra sedenta e sem água! – 3Venho, assim, contemplar-vos no templo,* para ver vossa glória e poder. – 4Vosso amor vale mais do que a vida:* e por isso meus lábios vos louvam. – 5Quero, pois, vos louvar pela vida,* e elevar para vós minhas mãos! – 6A minh’alma será saciada,* como em grande banquete de festa; – cantará a alegria em meus lábios,* ao cantar para vós meu louvor! 197


LITURGIA DAS HORAS

- 7Penso em vós no meu leito, de noite,* nas vigílias suspiro por vós! – 8Para mim fostes sempre um socorro;* de vossas asas à sombra eu exulto! – 9Minha alma se agarra em vós;* com poder vossa mão me sustenta.  Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.  Como era no princípio, agora e sempre. Amém.  Ant. Desde a aurora ansioso vos busco, para ver vossa glória e poder. Ant. 2 A uma só voz, os três jovens cantavam no meio das chamas: Bendito o Senhor, aleluia! No cântico que se segue o refrão entre parênteses é opcional. Cântico Dn 3,57-88.56 Louvor das criaturas ao Senhor

Louvai o nosso Deus, todos os seus servos (Ap 19,5)

– 57Obras do Senhor, bendizei o Senhor,* louvai-o e exaltai-o pelos séculos sem fim! – 58Céus, bendizei o Senhor! 59 Anjos do Senhor, bendizei o Senhor! (R. Louvai-o e exaltai-o pelos séculos sem fim! Ou R. A ele glória e louvor eternamente) – 60Águas do alto céu, bendizei o Senhor!* 61 Potências do Senhor, bendizei o Senhor! – 62Lua e sol, bendizei o Senhor!* 63 Astros e estrelas bendizei o Senhor!(R.)

198


28 de julho | DOMINGO

– 64Chuvas e orvalhos, bendizei o Senhor!* 65 Brisas e ventos, bendizei o Senhor! – 66Fogo e calor, bendizei o Senhor!* 67 Frio e ardor, bendizei o Senhor!(R.) – 68Orvalhos e garoas, bendizei o Senhor!* 69 Geada e frio, bendizei o Senhor! – 70Gelos e neves, bendizei o Senhor!* 71 Noites e dias, bendizei o Senhor!(R.) – 72Luzes e trevas, bendizei o Senhor!* 73 Raios e nuvens, bendizei o Senhor! – 74Ilhas e terra, bendizei ao Senhor!* Louvai-o e exaltai-o pelos séculos sem fim! (R.) – 75Montes e colinas, bendizei o Senhor!* 76 Plantas da terra, bendizei o Senhor! – 77Mares e rios, bendizei o Senhor!* 78 Fontes e nascentes, bendizei o Senhor! (R.) – 79Baleias e peixes, bendizei o Senhor!* 80 Pássaros do céu, bendizei o Senhor! – 81Feras e rebanhos, bendizei o Senhor!* 82 Filhos dos homens, bendizei o Senhor! (R.) – 83Filhos de Israel, bendizei o Senhor!* Louvai-o e exaltai-o pelos séculos sem fim! – 84Sacerdotes do Senhor, bendizei o Senhor!* 85 Servos do Senhor, bendizei o Senhor! (R.) – 86Almas dos justos, bendizei o Senhor!* 87 Santos e humildes, bendizei o Senhor! – 88Jovens Misael,Ananias e Azarias, bendizei o Senhor,* louvai-o e exaltai-o pelos séculos sem fim! (R.)

199


LITURGIA DAS HORAS

– ao Pai e ao Filho e ao espírito Santo* louvemos e exaltemos pelos séculos sem fim! – 56Bendito sois, Senhor, no firmamento dos céus!* Sois digno de louvor e de glória eternamente! (R.) No fim deste cântico não se diz Glória ao Pai

Ant. A uma só voz, os três jovens cantavam no meio das chamas: Bendito o Senhor, aleluia! Ant. 3 Os filhos de Sião se rejubilem no seu Rei. Aleluia. Salmo 149 A alegria e o louvor dos santos

Os filhos da Igreja, novo povo de Deus, se alegrem no seu Rei Cristo Jesus (Hesíquio)

– 1Cantai ao Senhor Deus um canto novo,*  e o seu louvor na assembleia dos fiéis!  – 2Alegre-se Israel em quem o fez,* e Sião se rejubile no seu Rei! – 3Com danças glorifiquem o seu nome,* toquem harpa e tambor em sua honra! – 4Porque, de fato, o Senhor ama seu povo* e coroa com vitória os seus humildes. – 5Exultem os fiéis por sua glória,* e cantando se levantem de seus leitos, – 6com louvores do Senhor em sua boca* e espadas de dois gumes em sua mão, – 7para exercer sua vingança entre as nações,* e infligir o seu castigo entre os povos, – 8colocando nas algemas os seus reis,* e seus nobres entre ferros e correntes, – 9para aplicar-lhes a sentença já escrita:* Eis a glória para todos os seus santos.

200


28 de julho | DOMINGO

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Ant. Os filhos de Sião se rejubilem no seu Rei. Aleluia. Leitura breve Ap 7,10b-12  A salvação pertence ao nosso Deus, que está sentado no trono, e ao Cordeiro. O louvor, a glória e a sabedoria, a ação de graças,a honra, o poder e a força pertencem ao nosso Deus para sempre. Amém.  Responsório breve  R. Cristo, Filho do Deus vivo, *Tende pena e compaixão!  R. Cristo, Filho do Deus vivo,  V. Glorioso estais sentado, à direita de Deus Pai. *Tende pena e compaixão!  Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.  R. Cristo, Filho do Deus vivo, Tende pena e compaixão!  Cântico evangélico Benedictus Pág. 291 Ant. Pedi e recebereis, procurai e achareis, batei e será aberta a porta, aleluia. Preces  Louvemos a Cristo Senhor, luz que ilumina todo homem e sol que não tem ocaso; e aclamemos com alegria:  R. Senhor, vós sois nossa vida e salvação!  Criador do universo, nós vos agradecemos este dia que recebemos de vossa bondade,  – e em que celebramos a vossa ressurreição. R.

201


LITURGIA DAS HORAS

Que o vosso Espírito nos ensine hoje a cumprir vossa vontade, – e vossa Sabedoria sempre nos conduza. R. Dai-nos celebrar este domingo cheios de alegria,  – participando da mesa de vossa Palavra e de vosso Corpo. R. Nós vos damos graças,  – por vossos inúmeros benefícios. R. (intenções livres)  Pai nosso. Oração Ó Deus, sois o amparo dos que em vós esperam e, sem vosso auxílio, ninguém é forte, ninguém é santo; redobrai de amor para conosco, para que, conduzidos por vós, usemos de tal modo os bens que passam, que possamos abraçar os que não passam. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Conclusão da Hora O Senhor nos abençoe, nos livre de todo o mal e nos conduza à vida eterna. Amém.

Hora Média

Oração das Doze Horas (hora sexta)

V. Vinde, ó Deus em meu auxílio. R. Socorrei-me sem demora.  Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.  Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Aleluia.   

202


28 de julho | DOMINGO

Hino Ó Deus, verdade e força  que o mundo governais,  da aurora ao meio-dia,  a terra iluminais. De nós se afaste a ira,  discórdia e divisão.  Ao corpo dai saúde,  e paz ao coração.  Ouvi-nos, Pai bondoso,  por Cristo Salvador,  que vive com o Espírito  convosco pelo Amor. Salmodia Ant. 1 É melhor buscar refúgio no Senhor, pois eterna é a sua misericórdia. Aleluia.  Salmo 117(118)  Canto de alegria e salvação 

Ele é a pedra, que vós, os construtores, desprezastes, e que se tornou a pedra angular (At 4,11).

I

–1 Dai graças ao Senhor, porque ele é bom! *  ‘Eterna é a sua misericórdia!’ –  –2 A casa de Israel agora o diga: *  ‘Eterna é a sua misericórdia!’  –3 A casa de Aarão agora o diga: *  ‘Eterna é a sua misericórdia!’  –4 Os que temem o Senhor agora o digam: *  ‘Eterna é a sua misericórdia!’  203


LITURGIA DAS HORAS

–5 Na minha angústia eu clamei pelo Senhor, *  e o Senhor me atendeu e libertou!  –6 O Senhor está comigo, nada temo; *  o que pode contra mim um ser humano?  –7 O Senhor está comigo, é o meu auxílio, *  hei de ver meus inimigos humilhados.  –8 É melhor buscar refúgio no Senhor, *  do que pôr no ser humano a esperança;  –9 é melhor buscar refúgio no Senhor, *  do que contar com os poderosos deste mundo!› – Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *  Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Aleluia. Ant. É melhor buscar refúgio no Senhor, pois eterna é a sua misericórdia.   Ant. 2 O Senhor é minha força e o meu canto, aleluia.  II  –10 Povos pagãos me rodearam todos eles, *  mas em nome do Senhor os derrotei;  –11 de todo lado todos eles me cercaram, *  mas em nome do Senhor os derrotei;  =12 como um enxame de abelhas me atacaram, †  como um fogo de espinhos me queimaram, *  mas em nome do Senhor os derrotei. –13 Empurraram-me, tentando derrubar-me, *  mas veio o Senhor em meu socorro.  –14 O Senhor é minha força e o meu canto, *  e tornou-se para mim o Salvador. –  –15 ‘Clamores de alegria e de vitória* ressoem pelas tendas dos fiéis.  204


28 de julho | DOMINGO

=16 A mão direita do Senhor fez maravilhas, †  a mão direita do Senhor me levantou, *  a mão direita do Senhor fez maravilhas!’  –17 Não morrerei, mas, ao contrário, viverei *  para cantar as grandes obras do Senhor!  –18 O Senhor severamente me provou, *  mas não me abandonou às mãos da morte.   – Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *  Como era no princípio, agora e sempre. Amém.  Ant. O Senhor é minha força e o meu canto, aleluia.  Ant. 3 Dou-vos graças, ó Senhor, porque me ouvistes, aleluia.  III  –19 Abri-me vós, abri-me as portas da justiça; *  quero entrar para dar graças ao Senhor!  –20 ‘Sim, esta é a porta do Senhor, *  por ela só os justos entrarão!’  –21 Dou-vos graças, ó Senhor, porque me ouvistes *  e vos tornastes para mim o Salvador!  –22 ‘A pedra que os pedreiros rejeitaram, *  tornou-se agora a pedra angular. –23 Pelo Senhor é que foi feito tudo isso: *  Que maravilhas ele fez a nossos olhos!  –24 Este é o dia que o Senhor fez para nós, *  alegremo-nos e nele exultemos!  –25 Ó Senhor, dai-nos a vossa salvação, *  ó Senhor, dai-nos também prosperidade!›   –26 Bendito seja, em nome do Senhor, *  aquele que em seus átrios vai entrando!   – Desta casa do Senhor vos bendizemos. *  27  Que o Senhor e nosso Deus nos ilumine! –  205


LITURGIA DAS HORAS

– Empunhai ramos nas mãos, formai cortejo, * aproximai-vos do altar, até bem perto!  –28 Vós sois meu Deus, eu vos bendigo e agradeço! *  Vós sois meu Deus, eu vos exalto com louvores!  –29 Dai graças ao Senhor, porque ele é bom! *  ‘Eterna é a sua misericórdia!’ – Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *  Como era no princípio, agora e sempre. Amém.   Ant. Dou-vos graças, ó Senhor, porque me ouvistes, aleluia.

Leitura breve Gl 6,7b-8 O que o homem tiver semeado, é isso que vai colher. Quem semeia na sua própria carne, da carne colherá corrupção. Quem semeia no espírito, do espírito colherá a vida eterna.  V. É eterna, Senhor, vossa palavra.  R. De geração em geração, vossa verdade. Oração Ó Deus, sois o amparo dos que em vós esperam e, sem vosso auxílio, ninguém é forte,ninguém é santo; redobrai de amor para conosco, para que, conduzidos por vós, usemos de tal modo os bens que passam, que possamos abraçar os que não passam. Por Cristo, nosso Senhor. Conclusão da Hora V. Bendigamos ao Senhor. R. Graças a Deus.

206


28 de julho | DOMINGO

II Vésperas V. Vinde, ó Deus, em meu auxílio. R. Socorrei-me sem demora. Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Aleluia.  Hino  Criador generoso da luz,  que criastes a luz para o dia,  com os raios primeiros da luz,  sua origem o mundo inicia.  Vós chamastes de ‘dia’ o decurso  da manhã luminosa ao poente.  Eis que as trevas já descem à terra:  escutai nossa prece, clemente.  Para que sob o peso dos crimes  nossa mente não fique oprimida,  e, esquecendo as coisas eternas,  não se exclua do prêmio da vida.  Sempre à porta celeste batendo,  alcancemos o prêmio da vida,  evitemos do mal o contágio  e curemos da culpa a ferida.  Escutai-nos, ó Pai piedoso,  com o único Filho também,  que reinais com o Espírito Santo  pelos séculos dos séculos. Amém.  Salmodia    Ant. 1 O Senhor estenderá desde Sião o seu cetro de poder vitorioso, e reinará eternamente, aleluia.  207


LITURGIA DAS HORAS

Salmo 109(110),1-5.7 O Messias, Rei e Sacerdote  É preciso que ele reine, até que todos os seus inimigos estejam debaixo de seus pés (1Cor 15, 25).  –1 Palavra do Senhor ao meu Senhor: * ‘Assenta-te ao meu lado direito  – até que eu ponha os inimigos teus *  como escabelo por debaixo de teus pés!’  =2 O Senhor estenderá desde Sião †  vosso cetro de poder, pois Ele diz: *  ‘Domina com vigor teus inimigos;  =3 tu és príncipe desde o dia em que nasceste; †  na glória e esplendor da santidade, *  como o orvalho, antes da aurora, eu te gerei!’  =4 Jurou o Senhor e manterá sua palavra: †  ‘Tu és sacerdote eternamente, *  segundo a ordem do rei Melquisedec!’  –5 À vossa destra está o Senhor, Ele vos diz: *  ‹No dia da ira esmagarás os reis da terra!  –7 Beberás água corrente no caminho, * por isso seguirás de fronte erguida!’  Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.  Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Aleluia.  Ant. O Senhor estenderá desde Sião o seu cetro de poder vitorioso, e reinará eternamente, aleluia. Ant. 2 Ante a face do Senhor treme, ó terra, aleluia! 

208


28 de julho | DOMINGO

Salmo 113 A(114) Israel liberta-se do Egito 

Sabei que também vós, que renunciastes a este mundo, saístes do Egito (Sto. Agostinho).

–1 Quando o povo de Israel saiu do Egito, *  e os filhos de Jacó, de um povo estranho,  –2 Judá tornou-se o templo do Senhor, * e Israel se transformou em seu domínio.  –3 O mar, à vista disso, pôs-se em fuga, *  e as águas do Jordão retrocederam;  –4 as montanhas deram pulos como ovelhas, *  e as colinas, parecendo cordeirinhos.  –5 Ó mar, o que tens tu, para fugir? * E tu, Jordão, por que recuas deste modo?  –6 Por que dais pulos como ovelhas, ó montanhas? *  E vós, colinas, parecendo cordeirinhos?  –7 Treme, ó terra, ante a face do Senhor, *  ante a face do Senhor Deus de Jacó!  –8 O rochedo ele mudou em grande lago, * e da pedra fez brotar águas correntes! Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.  Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Aleluia.  Ant. Ante a face do Senhor treme, ó terra, aleluia! Ant. 3 De seu reino tomou posse nosso Deus onipotente. Aleluia.  No cântico seguinte dizem-se os Aleluias entre parênteses somente quando se canta; na recitação, basta dizer o Aleluia no começo e no fim das estrofes.

209


LITURGIA DAS HORAS

Cântico Cf. Ap 19,1-2.5-7 As núpcias do Cordeiro  = Aleluia, (Aleluia!).  1  Ao nosso Deus a salvação, *  honra, glória e poder! (Aleluia!). –2 Pois são verdade e justiça *  os juízos do SenhoR. R. Aleluia, (Aleluia!). = Aleluia, (Aleluia!). Celebrai o nosso Deus, *  servidores do Senhor! (Aleluia!). – E vós todos que o temeis, *  vós os grandes e os pequenos! 

5

R. Aleluia, (Aleluia!). = Aleluia, (Aleluia!). 6  De seu reino tomou posse *  nosso Deus onipotente! (Aleluia!). –7 Exultemos de alegria,* demos glória ao nosso Deus!  R. Aleluia, (Aleluia!). = Aleluia, (Aleluia!). Eis que as núpcias do Cordeiro *  redivivo se aproximam! (Aleluia!).  – Sua Esposa se enfeitou, *  se vestiu de linho puro.  R. Aleluia, (Aleluia!). Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.  Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Aleluia.  Ant. De seu reino tomou pose nosso Deus onipotente. Aleluia.  210


28 de julho | DOMINGO

Leitura breve 2Cor 1,3-4 Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai das misericórdias e Deus de toda consolação. Ele nos consola em todas as nossas aflições, para que, com a consolação que nós mesmos recebemos de Deus, possamos consolar os que se acham em toda e qualquer aflição.  Responsório breve  R. Ó Senhor, vós sois bendito * No celeste firmamento.  R. Ó Senhor, vós sois bendito V. Vós sois digno de louvor e de glória eternamente. *No celeste firmamento.  Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.  R. Ó Senhor, vós sois bendito No celeste firmamento.  Cântico evangélico Magnificat Ant. Se vós que sendo maus sabeis dar de presente o que é bom a vossos filhos, com muito mais razão vosso Pai que está nos céus há de dar o Espírito Santo para aqueles que lhe pedem. Pág. 291 Preces  Como membros de Cristo que é nossa cabeça, adoremos o Senhor; e aclamemos com alegria:  R. Senhor, venha a nós o vosso Reino!  Cristo, nosso Salvador, fazei de vossa Igreja instrumento de concórdia e unidade para o gênero humano,  – e sinal de salvação para todos os povos. R. Assisti com vossa contínua presença o Santo Padre e o Colégio universal dos Bispos,  – e concedei-lhes o dom da unidade, da caridade e da paz. R.

2 11


LITURGIA DAS HORAS

Fazei-nos viver cada vez mais intimamente unidos a vós, – para proclamarmos com o testemunho da vida a chegada do vosso Reino. R. Concedei ao mundo a vossa paz,  – e fazei reinar em toda parte a segurança e a tranquilidade. R. (intenções livres)  Dai aos que morreram a glória da ressurreição,  – e concedei que também nós um dia possamos participar com eles da felicidade eterna. R. Pai nosso.  Oração Ó Deus, sois o amparo dos que em vós esperam e, sem vosso auxílio, ninguém é forte, ninguém é santo; redobrai de amor para conosco, para que, conduzidos por vós, usemos de tal modo os bens que passam, que possamos abraçar os que não passam. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Conclusão da Hora O Senhor nos abençoe, nos livre de todo o mal e nos conduza à vida eterna. Amém.

212


MISSA DE ENVIO Ide e fazei discípulos entre todas as nações. Chegamos à conclusão da JMJ Rio 2013. Ao longo destes dias, professamos a alegria da Fé, cujo ano celebramos, através da face dos jovens de todas nações do mundo. No cenário exuberante da Cidade Maravilhosa, contemplamos a “arquitetura divina unida à arquitetura humana” sob o olhar do Cristo Redentor, cuja imagem, do alto do Corcovado, nos recebeu de braços abertos. Durante esses dias, partilhamos a riqueza de nossas culturas, semeamos o dom da amizade, e alicerçados na oração, como autênticos discípulos, recebemos do Espírito Santo um novo impulso para sermos um instrumento no anúncio da Boa Nova. Hoje, queremos mais uma vez, professar a nossa fé na esperança de um mundo novo que já surge através do nosso testemunho. É o próprio Cristo que nos envia: Ide fazei discípulos entre todas as nações: sede missionários. Canto: “Esperança do amanhecer” (Hino da Jornada) Pág. 19 S: Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. T: Amém. S: O Deus da esperança, que nos cumula de toda alegria e paz em nossa fé, pela ação do Espírito Santo, esteja convosco. T: Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo. ATO PENITENCIAL S: No dia em que celebramos a vitória de Cristo sobre o pecado e a morte, também nós somos convidados a morrer para o pecado e ressurgir para uma vida nova. Reconheçamo-nos necessitados da misericórdia do Pai. S: Confessemos os nossos pecados: 213


MISSA DE ENVIO

T: Confesso a Deus todo-poderoso e a vós, irmãos e irmãs, que pequei muitas vezes por pensamentos e palavras, atos e omissões, por minha culpa, minha tão grande culpa. E peço à Virgem Maria, aos anjos e santos e a vós, irmãos e irmãs, que rogueis por mim a Deus, nosso Senhor. S: Deus todo-poderoso tenha compaixão de nós, perdoe os nossos pecados e nos conduza à vida eterna. T: Amém. Canto: Kýrie Eléison Senhor, que viestes salvar os corações arrependidos, Kýrie eléison, eléison, eléison. Ó Cristo, que viestes chamar os pecadores humilhados, Christe eléison, eléison, eléison. Senhor, que intercedeis por nós, junto a Deus pai que nos perdoa, Kýrie eléison, eléison, eléison. HINO DE LOUVOR Canto: Glória a Deus Glória a Deus! Glória a Deus nas alturas! Glória a Deus! E na terra paz aos homens por ele amados. Senhor Deus, rei dos céus. Deus pai todo poderoso! Nós vos louvamos, vos bendizemos Nós vos adoramos, nós vos glorificamos. Nós vos damos graças por vossa imensa glória. Glória a Deus! Glória a Deus nas alturas! Glória a Deus! E na terra paz aos homens por ele amados. Senhor Jesus Cristo, filho unigênito. Senhor Deus, cordeiro de Deus. Filho de Deus pai. Vós que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós. Vós que tirais o pecado do mundo, acolhei a nossa súplica. Vós que estais à direita do pai, tende piedade de nós. 214


28 de julho | DOMINGO

Glória a Deus! Glória a Deus nas alturas! Glória a Deus! E na terra paz aos homens por ele amados. Só vós sois o santo, só vós o Senhor. Só vós o altíssimo Jesus Cristo Com o Espírito Santo na glória de Deus pai. Glória a Deus! Glória a Deus nas alturas! Glória a Deus! E na terra paz aos homens por ele amados. Oração do dia Ó Deus, quisestes que a vossa Igreja fosse o sacramento da salvação para todas as nações, a fim de que a obra do Salvador continuasse até o fim dos tempos. Despertai nos corações dos vossos fiéis a consciência de que são chamados a trabalhar pela salvação da humanidade até que de todos os povos surja e cresça para vós uma só família e um só povo. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. T: Amém. LITURGIA DA PALAVRA 1ª LEITURA Jr 1,1.4-10 Leitura da Profecia de Jeremias Início do Livro do Profeta Jeremias 1 Palavras de Jeremias, filho de Helcias, um dos sacerdotes de Anatot, da tribo de Benjamin. 4Foi-me dirigida a palavra do Senhor, dizendo: 5 ”Antes de formar-te no ventre materno, eu te conheci; antes de saíres do seio de tua mãe, eu te consagrei e te fiz profeta das nações”. 6Disse eu: “Ah! Senhor Deus, eu não sei falar, sou muito novo”. 7Disse-me o Senhor: “Não digas que és muito novo; a todos a quem eu te enviar, irás, e tudo que eu te mandar dizer, dirás. 8Não tenhas medo deles, pois estou contigo para defender-te”, diz o Senhor. 9O Senhor estendeu a mão, tocou-me a boca e disse-me: “Eis que ponho minhas palavras em tua boca. 10Eu te constituí hoje sobre povos e reinos com po215


MISSA DE ENVIO

der para extirpar e destruir, devastar e derrubar, construir e plantar”. Palavra do Senhor. T: Graças a Deus. SALMO RESPONSORIAL Sl 95(96) Publicai em toda terra as maravilhas do Senhor. T: Publicai em toda terra as maravilhas do Senhor. Cantai ao Senhor Deus um canto novo, * cantai ao Senhor Deus, ó terra inteira! 2 Cantai e bendizei sei santo nome!*. Dia após dia anunciai sua salvação. 3 Manifestai a sua glória entre as nações, * e entre os povos do universo seus prodígios! 10a Publicai entre as nações: “Reina o Senhor!”* c e os povos ele julga com a justiça. 1

O céu se rejubile e exulte a terra, * aplauda o mar com o que vive em suas águas; 12 os campos com os frutos rejubilem* e exultem as florestas e as matas 11

na presença do Senhor, pois ele vem, * porque vem para julgar a terra inteira. Governará o mundo todo com justiça, * E os povos julgará com lealdade. 13

2ª LEITURA ICor 9,16-19.22-23 Leitura da Carta da Primeira Carta de São Paulo aos Coríntios Irmãos: 16Pregar o evangelho não é para mim motivo de glória. É antes uma necessidade para mim, uma imposição. Ai de mim se não pregar o evangelho! 17Se eu exercesse minha função de prega216


28 de julho | DOMINGO

dor por iniciativa própria, eu teria direito a salário. Mas, como a iniciativa não é minha, trata-se de um encargo que me foi confiado. 18 Em que consiste então meu salário? Em pregar o evangelho, oferecendo-o de graça, sem usar os direitos que o evangelho me dá. 19 Assim, livre em relação a todos, eu me tornei escravo de todos, a fim de ganhar o maior número possível. 22Com os fracos, eu me fiz fraco, para ganhar os fracos. Com todos, eu me fiz tudo, para certamente salvar alguns. 23Por causa do evangelho eu faço tudo, para ter parte nele. Palavra do Senhor. T: Graças a Deus. ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO Canto: Aleluia Aleluia, aleluia, aleluia, aleluia (2x) Jesus pregava a boa nova, o reino anunciando E curava toda a espécie de doenças entre o povo Aleluia, aleluia, aleluia, aleluia. (2x) Ide, fazei discípulos entre todas as nações. Aleluia, aleluia, aleluia, aleluia. (2x) Ouvi, Nações, a palavra do Senhor. Aleluia, aleluia, aleluia, aleluia. (2x) Saí por todo mundo e pregai o Evangelho. Aleluia, aleluia, aleluia, aleluia. (2x) EVANGELHO Mt 28,16-20 Diácono: O Senhor esteja convosco. T: Ele está no meio de nós. 217


MISSA DE ENVIO

Diácono: Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo Segundo São Mateus. T: Glória a vós, Senhor. Naquele tempo, 16os onze discípulos foram para a Galiléia, ao monte que Jesus lhes tinha indicado. 17Quando viram Jesus, prostraram-se diante dele. Ainda assim alguns duvidaram. 18Então Jesus aproximou-se e falou: “Toda a autoridade me foi dada no céu e na terra. 19 Portanto, ide e fazei discípulos meus todos os povos, batizando-os em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo, 20e ensinando-os a observar tudo o que vos ordenei! Eis que eu estarei convosco todos os dias, até ao fim do mundo”. Palavra da Salvação. T: Gloria a vós, Senhor. HOMILIA PROFISSÁO DE FÉ S: Creio em um só Deus, Pai todo-poderoso, T: criador do céu e da terra, de todas as coisas visíveis e invisíveis. Creio em um só Senhor, Jesus Cristo, Filho Unigênito de Deus, nascido do Pai antes de todos os séculos: Deus de Deus, luz da luz, Deus verdadeiro de Deus verdadeiro, gerado, não criado, consubstancial ao Pai. Por ele todas as coisas foram feitas. E por nós, homens, e para nossa salvação, desceu dos céus: (aqui todos se ajoelham até “e se fez homem”) e se encarnou pelo Espírito Santo, no seio da Virgem Maria, e se fez homem. Também por nós foi crucificado sob Pôncio Pilatos; padeceu e foi sepultado. Ressuscitou ao terceiro dia, conforme as Escrituras, e subiu aos céus, onde está sentado à direita do Pai. E de novo há de vir, em sua glória, para julgar os vivos e os mortos; e o seu reino não terá fim. Creio no Espírito Santo, Senhor que dá a vida, e procede do Pai e do Filho; e com o Pai e o Filho

218


28 de julho | DOMINGO

é adorado e glorificado: ele que falou pelos profetas. Creio na Igreja, una, santa, católica e apostólica. Professo um só batismo para remissão dos pecados. E espero a ressurreição dos mortos e a vida do mundo que há de vir. Amém. ORAÇÃO DOS FIÉIS S: Repletos de esperança, elevemos nossas Preces Àquele que vem trazer a justiça e a paz, clamando: T: Senhor, escuta nossa prece. 1. Pela Santa Igreja de Deus, presente em toda a terra, para que a Jornada Mundial da Juventude renove, ainda mais, a esperança e o vigor missionário, rezemos ao Senhor: 2. Pelo Papa Francisco, por nosso Bispo Orani, por todos os outros bispos, pelos padres, diáconos e todos os que de alguma forma são chamados a anunciar o Evangelho, para que por sua vida e ministério nos ajudem a discernir os sinais dos tempos e viver a esperança, rezemos ao Senhor: 3. Por nossos Países, para que, sempre mais unidos em torno de Cristo Senhor, contagiem pessoas e povos a viver pela fraternidade e pelo amor mútuo, rezemos ao Senhor: 4. Pelos jovens vitimados pelas mais diversas formas de guerra e violência, para que a paz entre as nações cresça sempre mais, rezemos ao Senhor: 5. Pela Jornada Mundial da Juventude Rio2013, para que, esta semana de graça, seja um tempo propício a acolhermos o Senhor que vem a nós, rezemos ao Senhor: 6. Pelos doentes, prisioneiros e exilados, para que o Senhor dê coragem e proteção nos momentos difíceis da caminhada, rezemos ao Senhor: (Outras Preces) S: Acolhei, Senhor, nossas Preces para que, sejamos perseverantes em meio aos desafios da vida presente. T: Amém.

219


MISSA DE ENVIO

LITURGIA EUCARÍSTICA OFERTORIO Canto: Ofertório JMJ Tudo o que sou, tudo o que tenho te ofereço. Eu reconheço que Tu és meu Salvador. Quero retribuir e ofertar com o pão e o vinho minha vida no altar. Refrão: Recebe, Senhor, nossa vida, palavras e ações. Seguimos fazendo discípulos em todas as nações. Recebe, Senhor, nossa oferta, é de coração. Somos teus, meu Senhor. Nós somos teus, somos milhões, de mil lugares. Jovens na Igreja, uma só fé nos corações. Recebe nosso sim e compromisso de fazer discípulos entre todas as nações. Refrão A alegria, os nossos sonhos e atitudes. Toda a energia do nosso ser, e nosso amor. Recebe nossa fé e juventude, oferendas vivas no altar do meu Senhor. Refrão Nessa jornada buscando a tua vontade. No santuário do nosso Cristo Redentor. Recebe a tua Igreja em unidade. Culturas tão diversas, uma só identidade. Refrão Todos os frutos de nosso esforço e trabalho 220


28 de julho | DOMINGO

oferecemos com o vinho e com o pão. Juntos, de mãos dadas com a Igreja, plantamos sementes da evangelização S: Orai, irmãos e irmãs, para que o sacrifício da Igreja, nesta pausa restauradora na caminhada rumo ao céu, seja aceito por Deus Pai todo-poderoso. T: Receba o Senhor por tuas mãos este sacrifício, para a glória do seu nome, para o nosso bem e de toda a santa Igreja. Oração sobre as oferendas Ó Deus, fazei que suba à vossa presença e seja aceita a oferenda da Igreja suplicante, que a gloriosa paixão do vosso Filho tornou agradável para a salvação do mundo inteiro. Por Cristo, nosso Senhor. T: Amém. ORAÇÃO EUCARÍSTICA II Prefácio Comum I S: O Senhor esteja convosco. T: Ele está no meio de nós. S: Corações ao alto. T: O nosso coração está em Deus. S: Demos graças ao Senhor, nosso Deus. T: É nosso dever e nossa salvação. S: Na verdade, é justo e necessário, é nosso dever e salvação dar-vos graças, sempre e em todo o lugar, Senhor, Pai santo, Deus eterno e todo-poderoso, por Cristo, Senhor nosso. Quisestes que ele fosse fundamento de todas as coisas, e a todos destes participar de sua plenitude. Sendo verdadeiro Deus, despojou-se de sua glória. E, pelo sangue derramado na cruz, trouxe a paz ao mundo inteiro. Elevado acima de toda criatura, tornou-se a fonte da salvação para todos os que fazem a sua vontade. Por ele, os anjos celebram vossa grandeza e os santos proclamam vossa glória. Concedei-nos também a nós associar-nos a seus louvores, cantando (dizendo) a uma só voz: 221


MISSA DE ENVIO

Canto: Sanctus Sanctus, Sanctus, Sanctus, Dóminus Deus Sábaoth. Pleni sunt cæli et terra glória tua. Hosánna in excélsis. Benedíctus, qui venit in nomine Dómini. Hosánna in excélsis (2x) S: Na verdade, vós sois santo, ó Deus do universo, e tudo o que criastes proclama o vosso louvor, porque, por Jesus Cristo, vosso Filho e Senhor nosso, e pela força do Espírito Santo, dais vida e santidade a todas as coisas e não cessais de reunir o vosso povo, para que vos ofereça em toda parte, do nascer ao pôr-do-sol, um sacrifício perfeito. T: Santificai e reuni o vosso povo! S: Por isso, nós vos suplicamos: santificai pelo Espírito Santo as oferendas que vos apresentamos para serem consagradas, a fim de que se tornem o Corpo e (+) o Sangue de Jesus Cristo, vosso Filho e Senhor nosso, que nos mandou celebrar este mistério. T: Santificai nossa oferenda, ó Senhor! S: Na noite em que ia ser entregue, ele tomou o pão, deu graças, e o partiu e deu a seus discípulos, dizendo: TOMAI, TODOS, E COMEI: ISTO É O MEU CORPO, QUE SERÁ ENTREGUE POR VÓS. Do mesmo modo, ao fim da ceia, ele tomou o cálice em suas mãos, deu graças novamente, e o deu a seus discípulos, dizendo: TOMAI, TODOS, E BEBEI: ESTE É O CÁLICE DO MEU SANGUE, O SANGUE DA NOVA E ETERNA ALIANÇA, QUE SERÁ DERRAMADO POR VÓS E POR TODOS PARA REMISSÃO DOS PECADOS. FAZEI ISTO EM MEMÓRIA DE MIM. Eis o mistério da fé! T: Anunciamos, Senhor, a vossa morte e proclamamos a vossa ressurreição. Vinde, Senhor Jesus! ou T: Todas as vezes que comemos deste pão e bebemos deste cálice, anunciamos, Senhor, a vossa morte, enquanto esperamos a vossa vinda! 222


28 de julho | DOMINGO

ou T: Salvador do mundo, salvai-nos, vós que nos libertastes pela cruz e ressurreição. S: Celebrando agora, ó Pai, a memória do vosso Filho, da sua paixão que nos salva, da sua gloriosa ressurreição e da sua ascensão ao céu; e enquanto esperamos a sua nova vinda, nós vos oferecemos em ação de graças este sacrifício de vida e santidade. T: Recebei, ó Senhor, a nossa oferta!   S: Olhai com bondade a oferenda da vossa Igreja, reconhecei o sacrifício que nos reconcilia convosco e concedei que, alimentando-nos com o Corpo e o Sangue do vosso Filho, sejamos repletos do Espírito Santo e nos tornemos em Cristo um só corpo e um só espírito. T: Fazei de nós um só corpo e um só espírito! S: Que ele faça de nós uma oferenda perfeita para alcançarmos a vida eterna com os vossos santos: a Virgem Maria, mãe de Deus, os vossos Apóstolos e Mártires (o santo do dia ou padroeiro), e todos os santos, que não cessam de interceder por nós na vossa presença. T: Fazei de nós uma perfeita oferenda!   S: E agora, nós vos suplicamos, ó Pai, que este sacrifício da nossa reconciliação estenda a paz e a salvação ao mundo inteiro. Confirmai na fé e na caridade a vossa Igreja, enquanto caminha neste mundo: o vosso servo o Papa (N.),  o nosso bispo (N.), com os bispos do mundo inteiro, o clero e todo o povo que conquistastes. T: Lembrai-vos, ó Pai, da vossa Igreja!   S: Atendei às Preces da vossa família, que está aqui, na vossa presença. Reuni em vós, Pai de misericórdia, todos os vossos filhos e filhas dispersos pelo mundo inteiro. T: Lembrai-vos, ó Pai, dos vossos filhos!   S: Acolhei com bondade no vosso reino os nossos irmãos e irmãs que partiram desta vida e todos os que morreram na vossa amizade. Unidos a eles, esperamos também nós saciar-nos eternamente da vossa glória, por Cristo, Senhor nosso. 223


MISSA DE ENVIO

T: A todos saciai com vossa glória! Por ele dais ao mundo todo bem e toda graça.   S: Por Cristo, com Cristo, em Cristo, a vós, Deus Pai todo-poderoso, na unidade do Espírito Santo, toda a honra e toda a glória, agora e para sempre. T: Amém! RITOS DA COMUNHÃO S: Obedientes à palavra do Salvador e formados por seu divino ensinamento, ousamos dizer: T: Pai nosso que estais nos céus, santificado seja o vosso nome; venha a nós o vosso reino, seja feita a vossa vontade, assim na terra como no céu; o pão nosso de cada dia nos daí hoje, perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. S: Livrai-nos de todos os males, ó Pai, e dai-nos hoje a vossa paz. Ajudados pela vossa misericórdia, sejamos sempre livres do pecado e protegidos de todos os perigos, enquanto, vivendo a esperança, aguardamos a vinda de Cristo salvador. T: Vosso é o Reino, o poder e a glória para sempre! S: Senhor Jesus Cristo, dissestes aos vossos Apóstolos: Eu vos deixo a paz, eu vos dou a minha paz. Não olheis os nossos pecados, mas a fé que anima vossa Igreja; dai-lhe, segundo o vosso desejo, a paz e a unidade. Vós, que sois Deus, como Pai e o Espírito Santo. T: Amém! S: A paz do Senhor esteja sempre convosco. T: O amor de Cristo nos uniu. S: Como filhos e filhas do Deus da paz, saudai-vos com um gesto de comunhão fraterna. 224


28 de julho | DOMINGO

Canto: Cordeiro de Deus Agnus Dei, qui tollis peccáta mundi: miserére nobis. Agnus Dei, qui tollis peccáta mundi: miserére nobis. Agnus Dei, qui tollis peccata mundi: dona nobis, dona nobis pacem. S: Felizes os convidados para o banquete nupcial do Cordeiro! Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo. T: Senhor, eu não sou digno de que entreis em minha morada, mas dizei uma palavra e serei salvo. Comunhão Canto: Tesouro singelo É chegado o momento tão esperado, o santo banquete do altar. Onde o Cristo se faz cordeiro imolado e se dá em sacrifício a nós que somos o seu povo sedento de seu corpo e sangue. É tão sagrado, tão sublime este momento da mais perfeita comunhão contigo, ó Cristo Jesus. Refrão: No teu altar, teu corpo sagrado. O pão da vida, nosso alimento. Presença viva em nós na comunhão. No teu altar, teu corpo sagrado. O pão da vida, nosso alimento. Presença viva em nós. Jesus na comunhão. Tesouro singelo, tão puro, tão belo, presença real neste pão O pão que é corpo, o vinho que é sangue e alegra o nosso coração, pois grande é a graça de te receber 225


MISSA DE ENVIO

no mistério dessa pequena imensidão. Divina ceia que se renova agora aqui nesta doce e santa eucaristia, ó Cristo Jesus. Refrão Chegarmos à mesa nos traz a certeza do que nós queremos viver. O ardor missionário, doar seu trabalho a tua vontade então fazer. É tudo o que nos pede esta comunhão sermos como um outro Cristo para o irmão. A eucaristia nos inspira a servir como tu nos ensinaste um dia, ó Cristo Jesus. Refrão Ser jovem, ser santo e ser missionário, doar nossa vida com amor. Lançar nossas redes em todos os mares, pescar muitas almas pro Senhor. É tudo o que deseja o nosso coração e pedimos nesta santa comunhão. Nos dá coragem e sustenta o nosso sim pra perseverarmos sempre em ti, ó Cristo Jesus. Refrão Tu que quiseste permanecer e nos deixaste por herança, na mesa do altar, esse pão, esse vinho, teu próprio sangue, ó Cristo Jesus. Refrão

226


28 de julho | DOMINGO

Canto: Tantum Ergo Vamos todos louvar juntos, o mistério de amor pois o preço deste mundo foi o sangue redentor recebido de Maria que nos deu o Salvador (2x) Veio ao mundo por Maria, foi por nós que ele nasceu ensinou sua doutrina, com os homens conviveu, no final de sua vida, um presente Ele nos deu (2x) Observando a lei mosaica, se reuniu com os irmãos era noite despedida, numa ceia: refeição deu-se aos doze em alimento, pelas suas próprias mãos (2x) A palavra do Deus vivo, transformou o vinho e o pão no seu sangue, no seu corpo, para nossa salvação o milagre nós não vemos, basta fé no coração (2x) Tão sublime sacramento, adoremos neste altar pois o antigo testamento, deu ao novo seu lugar venha a fé por suplemento os sentidos completar (2x) Ao eterno Pai cantemos, e a Jesus, o Salvador ao Espírito exaltemos, na Trindade eterno amor ao Deus uno e trino demos, a alegria do louvor (2x) Oração depois da comunhão Ó Deus, santificai-nos pela comunhão na vossa mesa e fazei que as nações recebam com alegria, pelo sacramento da vossa Igreja, a salvação realizada na cruz. Por Cristo, nosso Senhor. T: Amém. ANGELUS E BENÇÃO FINAL Papa: Sit Nomen Domini benedictum. T: Ex hoc nunc et usque in saeculum. Papa: Adjutorium nostrum in nomine Domini. T: Qui fecit caelum et terram. Papa: Et benedictio Dei Omnipotentis, Patris et Filii et Spiritus Sancti descendat super vos et maneat semper. T: Amen. 227


MISSA DE ENVIO

S: Angelus Domini nuntiavit Mariæ. T: Et concepit de Spiritu Sancto. Ave Maria, gratia plena, Dominus tecum. Benedicta tu in mulieribus, et benedictus fructus ventris tui, Iesus. Sancta Maria, Mater Dei, ora pro nobis peccatoribus, nunc et in hora mortis nostræ. Amen. S: Ecce Ancilla Domini. T: Fiat mihi secundum Verbum tuum. Ave Maria. S: Et Verbum caro factum est. T: Et habitavit in nobis. Ave Maria… S: Ora pro nobis, Sancta Dei Genetrix. T: Ut digni efficiamur promissionibus Christi. Oremus: Gratiam tuam quæsumus, Domine, mentibus nostris infunde; ut qui, angelo nuntiante, Christi Filii tui Incarnationem cognovimus, per passionem eius et crucem, ad resurrectionis gloriam perducamur. Per eumdem Christum Dominum nostrum. Amen. Canto: Fino ai confinidella terra – “Até os confins da terra” Luz, tu és a luz, luz esplendente de Deus dentro de nós. E tu és toda a verdade que ilumina. Fogo, tu és o fogo, fogo ardente de Deus que queima em nós. E Tu queres que em todo ser deste mundo o teu calor comece já. 228


28 de julho | DOMINGO

Até os confins desta terra nós levaremos a tua palavra. O teu amor, que é fogo em nós, incendiará. Eres la vida que se dona hasta desbordar el alma. Eres tú la caridad que libera. Eres palabra que como una espada penetra el corazón. Eres tú quien nos invita a seguirte para ser discípulos hoy Anunciaremos tus palabras a los confines del universo y el amor de tu corazón nos invadirá. We shall be echoes of your words We’ll be your voice to the ends of this wide world Till every single heart may know you And follow you. Voce, la voce sei che parla dentro le vie dell’anima. Voce che ci fa lasciare le reti e fa di noi discepoli tuoi. Fino ai confini della terra Noi porteremo la tua parola Finché l’amore tuo per noi Ci avvolgerà. Até os confins desta terra nós levaremos a tua palavra. O teu amor, que é fogo em nós, incendiará. Até os confins desta terra seremos a voz da tua glória. E um grande coro cantando o amor, te seguirá. 229


29 de julho - Segunda-feira LITURGIA DAS HORAS Santa Marta – memória

LAUDES V. Vinde, ó Deus, em meu auxílio. R. Socorrei-me sem demora. Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Aleluia. Hino Santa Marta de Betânia,  hospedeira do Senhor,  hoje o Povo da Aliança  canta um hino em teu louvor. Tua casa foi o abrigo  onde o Mestre repousou.  No calor de um lar amigo,  ele as forças renovou.  Pão e vinho lhe serviste,  quando tua irmã, Maria,  vida eterna em alimento  dos seus lábios recebia.  Reclamaste a sua ausência  junto a Lázaro doente,  proclamando assim a fé  no seu verbo onipotente.  Dele escutas a promessa:  Teu irmão ressurgirá.  E proclamas: Tu és o Cristo,  Deus conosco em ti está.  230


29 de julho | SEGUNDA-FEIRA

No milagre testemunhas seu poder e seu amor:  teu irmão retorna à vida,  à palavra do Senhor. Que possamos caminhar  com Jesus, na fé ardente,  e contigo contemplar  sua face eternamente. Salmodia Ant. 1 Minh’alma se agarra em vós, com poder vossa mão me sustenta. Salmo 62 (63), 2-9.

Sede de Deus

Vigia diante de Deus, quem rejeita as obras das trevas (cf. 1Ts 5,5)

– Sois vós, ó Senhor, o meu Deus!* Desde a aurora ansioso vos busco!  = A minh’alma tem sede de vós,+ minha carne também vos deseja,* como terra sedenta e sem água! – Venho, assim, contemplar-vos no templo,* para ver vossa glória e poder. – Vosso amor vale mais do que a vida:* e por isso meus lábios vos louvam. – Quero, pois, vos louvar pela vida,* e elevar para vós minhas mãos! – A minh’alma será saciada,* como em grande banquete de festa; – cantará a alegria em meus lábios,* ao cantar para vós meu louvor! – Para mim fostes sempre um socorro;* 231


LITURGIA DAS HORAS

de vossas asas à sombra eu exulto! – Minha alma se agarra em vós;* com poder vossa mão me sustenta. Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.  Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Aleluia. Ant. Minh’alma se agarra em vós, com poder vossa mão me sustenta. Ant. 2 A mão do Senhor vos dá força, vós sereis para sempre bendita! No cântico que se segue o refrão entre parênteses é opcional.

Cântico Dn 3,57-88.56 Louvor das criaturas ao Senhor

Louvai o nosso Deus, todos os seus servos (Ap 19,5)

– Obras do Senhor, bendizei o Senhor,* louvai-o e exaltai-o pelos séculos sem fim! – Céus, bendizei o Senhor! Anjos do Senhor, bendizei o Senhor! (R. Louvai-o e exaltai-o pelos séculos sem fim! Ou R. A ele glória e louvor eternamente) - Águas do alto céu, bendizei o Senhor!* Potências do Senhor, bendizei o Senhor! – Lua e sol, bendizei o Senhor!* Astros e estrelas bendizei o Senhor! (R.) – Chuvas e orvalhos, bendizei o Senhor!* Brisas e ventos, bendizei o Senhor! – Fogo e calor, bendizei o Senhor!* Frio e ardor, bendizei o Senhor! (R.) 232


29 de julho | SEGUNDA-FEIRA

– Orvalhos e garoas, bendizei o Senhor!* Geada e frio, bendizei o Senhor! – Gelos e neves, bendizei o Senhor!* Noites e dias, bendizei o Senhor! (R.) – Luzes e trevas, bendizei o Senhor!* Raios e nuvens, bendizei o Senhor! – Ilhas e terra, bendizei ao Senhor!* Louvai-o e exaltai-o pelos séculos sem fim! (R.) – Montes e colinas, bendizei o Senhor!* Plantas da terra, bendizei o Senhor! – Mares e rios, bendizei o Senhor!* Fontes e nascentes, bendizei o Senhor! (R.) – Baleias e peixes, bendizei o Senhor!* Pássaros do céu, bendizei o Senhor! – Feras e rebanhos, bendizei o Senhor!* Filhos dos homens, bendizei o Senhor! (R.) – Filhos de Israel, bendizei o Senhor!* Louvai-o e exaltai-o pelos séculos sem fim! – Sacerdotes do Senhor, bendizei o Senhor!* Servos do Senhor, bendizei o Senhor! (R.) – Almas dos justos, bendizei o Senhor!* Santos e humildes, bendizei o Senhor! – Jovens Misael,Ananias e Azarias, bendizei o Senhor,* louvai-o e exaltai-o pelos séculos sem fim! (R.) – ao Pai e ao Filho e ao espírito Santo* louvemos e exaltemos pelos séculos sem fim! – Bendito sois, Senhor, no firmamento dos céus!* Sois digno de louvor e de glória eternamente! (R.) No fim deste cântico não se diz Glória ao Pai 233


LITURGIA DAS HORAS

Ant. A mão do Senhor vos dá força, vós sereis para sempre bendita! Ant. 3 Exulto de alegria pelo vosso grande amor! Salmo 149 A alegria e o louvor dos santos

Os filhos da Igreja, novo povo de Deus, se alegrem no seu Rei Cristo Jesus (Hesíquio)

– Cantai ao Senhor Deus um canto novo,* e o seu louvor na assembleia dos fiéis! – Alegre-se Israel em quem o fez,* e Sião se rejubile no seu Rei! – Com danças glorifiquem o seu nome,* toquem harpa e tambor em sua honra! – Porque, de fato, o Senhor ama seu povo* e coroa com vitória os seus humildes. – Exultem os fiéis por sua glória,* e cantando se levantem de seus leitos, – com louvores do Senhor em sua boca* e espadas de dois gumes em sua mão, – para exercer sua vingança entre as nações,* e infligir o seu castigo entre os povos, – colocando nas algemas os seus reis,* e seus nobres entre ferros e correntes, – para aplicar-lhes a sentença já escrita:* Eis a glória para todos os seus santos.  Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.  Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Aleluia. Ant. Exulto de alegria pelo vosso grande amor! Leitura breve Rm 12,1-2  Pela misericórdia de Deus, eu vos exorto, irmãos, a vos oferecerdes em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus: Este é o vosso culto espiritual. Não vos conformeis com o mundo, mas transformai-vos, 234


29 de julho | SEGUNDA-FEIRA

renovando vossa maneira de pensar e de julgar, para que possais distinguir o que é da vontade de Deus, isto é, o que é bom, o que lhe agrada, o que é perfeito. Responsório breve  R. O Senhor a sustenta. *Com a luz de sua face.  R. O Senhor a sustenta.   V. Quem a pode abalar? Deus está junto a ela. *Com a luz de sua face.  Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.  R. O Senhor a sustenta. Com a luz de sua face.  Cântico evangélico Benedictus Ant. Disse Marta a Jesus: eu creio que és o Cristo, o Filho do Deus vivo, que vieste a este mundo. Pag 291

Preces Juntamente com todas as santas mulheres, louvemos, irmãos e irmãs, nosso Salvador; e peçamos:  R. Vinde, Senhor Jesus!  Senhor Jesus, que perdoastes à mulher pecadora todos os seus pecados porque ela muito amou,  – perdoai-nos também os nossos muitos pecados. R. Senhor Jesus, a quem as santas mulheres serviam em vossas jornadas,  – concedei-nos seguir fielmente os vossos passos. R. Senhor Jesus, Mestre a quem Maria escutava, enquanto Marta vos servia;  – concedei-nos também vos servirmos na fé e na caridade. R.

235


LITURGIA DAS HORAS

Senhor Jesus, que chamastes irmão, irmã e mãe a todos aqueles que cumprem a vontade do Pai, – fazei que sempre vos agrademos em palavras e ações. R. (intenções livres)  Pai nosso. Oração  Pai todo-poderoso, cujo Filho quis hospedar-se em casa de Marta, concedei por sua intercessão que, servindo fielmente a Cristo em nossos irmãos e irmãs, sejamos recebidos por vós em vossa casa. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Conclusão da Hora O Senhor nos abençoe,nos livre de todo o mal e nos conduza à vida eterna. Amém.

Hora Média Oração das Doze Horas (hora sexta) V. Vinde, ó Deus em meu auxílio.  R. Socorrei-me sem demora.  Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.  Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Aleluia. Hino O louvor de Deus cantemos  com fervor no coração,  pois agora a hora sexta  nos convida à oração.  236


29 de julho | SEGUNDA-FEIRA

Nesta hora foi-nos dada gloriosa salvação  pela morte do Cordeiro,  que na cruz trouxe o perdão.  Ante o brilho de tal luz  se faz sombra o meio-dia.  Tanta graça e tanto brilho  vinde haurir, com alegria.  Seja dada a glória ao Pai  e ao Unigênito também,  com o Espírito Paráclito,  pelos séculos. Amém. Salmodia Ant. Meu coração e minha carne rejubilam e exultam de alegria no Deus vivo. Salmo 122(123)  Deus, esperança do seu povo 

Dois cegos. começaram a gritar: Senhor, Filho de Davi, tem piedade de nós! (Mt 20,30).

–1 Eu levanto os meus olhos para vós, *  que habitais nos altos céus.  –2 Como os olhos dos escravos estão fitos *  nas mãos do seu senhor,  – como os olhos das escravas estão fitos *  nas mãos de sua senhora,  – assim os nossos olhos, no Senhor, *  até de nós ter piedade.  –3 Tende piedade, ó Senhor, tende piedade; *  237


LITURGIA DAS HORAS

já é demais esse desprezo! –4 Estamos fartos do escárnio dos ricaços *  e do desprezo dos soberbos! – Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *  Como era no princípio, agora e sempre. Amém.  Salmo 123(124)  O nosso auxílio está no nome do Senhor 

O Senhor disse a Paulo: Não tenhas medo, porque eu estou contigo (At 18,9-10).

–1 Se o Senhor não estivesse ao nosso lado, *  que o diga Israel neste momento;  –2 se o Senhor não estivesse ao nosso lado, *  quando os homens investiram contra nós,  –3 com certeza nos teriam devorado * no furor de sua ira contra nós.  –4 Então as águas nos teriam submergido, *  a correnteza nos teria arrastado,  –5 e então, por sobre nós teriam passado *  essas águas sempre mais impetuosas.  –6 Bendito seja o Senhor, que não deixou *  cairmos como presa de seus dentes! –7 Nossa alma como um pássaro escapou *  do laço que lhe armara o caçador;  – o laço arrebentou-se de repente, *  e assim nós conseguimos libertar-nos.  –8 O nosso auxílio está no nome do Senhor, *  do Senhor que fez o céu e fez a terra! – Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *  Como era no princípio, agora e sempre. Amém. 

238


29 de julho | SEGUNDA-FEIRA

Salmo 124(125) Deus, protetor de seu povo 

A paz para o Israel de Deus (cf. Gl 6,16).

–1 Quem confia no Senhor é como o monte de Sião: *  nada o pode abalar, porque é firme para sempre.  =2 Tal e qual Jerusalém, toda cercada de montanhas, †  assim Deus cerca seu povo de carinho e proteção, *  desde agora e para sempre, pelos séculos afora.  =3 O Senhor não vai deixar prevalecer por muito tempo †  o domínio dos malvados sobre a sorte dos seus justos, *  para os justos não mancharem suas mãos na iniquidade.  =4 Fazei o bem, Senhor, aos bons e aos que têm reto coração, †  5  mas os que seguem maus caminhos, castigai-os com os maus! *  Que venha a paz a Israel! Que venha a paz ao vosso povo! – Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *  Como era no princípio, agora e sempre. Amém.  Ant. Meu coração e minha carne rejubilam e exultam de alegria no Deus vivo. Leitura breve 1Cor 9,26-27a  Por isso, eu corro, mas não à toa. Eu luto, mas não como quem dá muros no ar. Trato duramente o meu corpo e o subjugo.  V. Encontrei o grande amor da minha vida. R. Vou guardá-lo para sempre junto a mim. Oração Pai todo-poderoso, cujo Filho quis hospedar-se em casa de Marta, concedei por sua intercessão que, servindo fielmente a Cristo em nossos irmãos e irmãs, sejamos recebidos por vós em vossa casa. 239


LITURGIA DAS HORAS

Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Conclusão da Hora V. Bendigamos ao Senhor. R. Demos graças a Deus.

Vésperas V. Vinde, ó Deus, em meu auxílio. R. Socorrei-me sem demora. Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Aleluia.  Hino  Ó Santa Marta, mulher feliz,  nós vos queremos felicitar. Vós merecestes receber Cristo  por muitas vezes em vosso lar. Vós recebestes tão grande Hóspede  com mil cuidados, nosso Senhor,  em muitas coisas sempre solícita  e impelida por terno amor. Enquanto alegre servis a Cristo,  Maria e Lázaro, vossos irmãos,  podem atentos receber dele  a graça e vida por refeição.  Enquanto a vossa feliz irmã  com seus aromas a Cristo ungia,  serviço extremo vós dedicastes  a Quem à morte se dirigia.  Ó hospedeira feliz do Mestre,  nos corações acendei o amor,  240


29 de julho | SEGUNDA-FEIRA

para que sejam eternamente lares amigos para o Senhor. Seja à Trindade eterna glória!  E no céu queira nos hospedar  para convosco, no lar celeste,  louvor perene sem fim cantar. Salmodia  Ant. 1 Vossa serva, ó Senhor, exultou de alegria pela vossa salvação. Salmo 121(122)  Jerusalém, cidade santa 

Vós vos aproximastes do monte Sião e da cidade do Deus vivo, a Jerusalém celeste (Hb 12,22).

–1 Que alegria, quando ouvi que me disseram: *  ‹Vamos à casa do Senhor!›  –2 † E agora nossos pés já se detêm, *  Jerusalém, em tuas portas.   –3 Jerusalém, cidade bem edificada * num conjunto harmonioso;  –4 para lá sobem as tribos de Israel, *  as tribos do Senhor. – Para louvar, segundo a lei de Israel, *  o nome do Senhor. –5 A sede da justiça lá está *  e o trono de Davi.  –6 Rogai que viva em paz Jerusalém, * e em segurança os que te amam!  –7 Que a paz habite dentro de teus muros, *  tranquilidade em teus palácios!  241


LITURGIA DAS HORAS

–8 Por amor a meus irmãos e meus amigos, *  peço: ‹A paz esteja em ti!›  –9 Pelo amor que tenho à casa do Senhor, *  eu te desejo todo bem! – Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *  Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Ant. Vossa serva, ó Senhor, exultou de alegria pela vossa salvação. Ant. 2 Como alicerce sobre a rocha inabalável, foi a palavra do Senhor em sua vida. Salmo 126(127)  O trabalho sem Deus é inútil 

Vós sois a construção de Deus (1Cor 3,9).

–1 Se o Senhor não construir a nossa casa, *  em vão trabalharão seus construtores;  – Se o Senhor não vigiar nossa cidade, *  em vão vigiarão as sentinelas!  –2 É inútil levantar de madrugada, * ou à noite retardar vosso repouso,  – para ganhar o pão sofrido do trabalho, *  que a seus amados Deus concede enquanto dormem.  –3 Os filhos são a bênção do Senhor, * o fruto das entranhas, sua dádiva.  –4 Como flechas que um guerreiro tem na mão, *  são os filhos de um casal de esposos jovens.   –5 Feliz aquele pai que com tais flechas *  consegue abastecer a sua aljava!  – Não será envergonhado ao enfrentar *  seus inimigos junto às portas da cidade. 242


29 de julho | SEGUNDA-FEIRA

– Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. * Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Ant. Como alicerce sobre a rocha inabalável, foi a palavra do Senhor em sua vida. Ant. 3 A mão do Senhor vos dá força, vós sereis para sempre bendita! Cântico Ef 1,3-10  O plano divino da salvação  –3 Bendito e louvado seja Deus, *  o Pai de Jesus Cristo, Senhor nosso,  – que do alto céu nos abençoou em Jesus Cristo *  com bênção espiritual de toda sorte!  (R. Bendito sejais vós, nosso Pai, que nos abençoastes em Cristo!)  –4 Foi em Cristo que Deus Pai nos escolheu, *  já bem antes de o mundo ser criado,  – para que fôssemos, perante a sua face, *  sem mácula e santos pelo amor.(R.)  =5 Por livre decisão de sua vontade, †  predestinou-nos, através de Jesus Cristo, *  a sermos nele os seus filhos adotivos,  –6 para o louvor e para a glória de sua graça,*  que em seu Filho bem-amado nos doou.(R.)  –7 É nele que nós temos redenção, *  dos pecados remissão pelo seu sangue.  = Sua graça transbordante e inesgotável †  8 De us derrama sobre nós com abundância, *  de saber e inteligência nos dotando.(R.)  –9 E assim, ele nos deu a conhecer * o mistério de seu plano e sua vontade,  243


LITURGIA DAS HORAS

– que propusera em seu querer benevolente, * 10  na plenitude dos tempos realizar:  – o desígnio de, em Cristo, reunir *  todas as coisas: as da terra e as do céu. (R.) – Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *   Como era no princípio, agora e sempre. Amém.  Ant. A mão do Senhor vos dá força, vós sereis para sempre bendita! Leitura breve Rm 8,28-30  Sabemos que tudo contribui para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados para a salvação, de acordo com o projeto de Deus. Pois aqueles que Deus contemplou com seu amor desde sempre, a esses ele predestinou a serem conformes à imagem de seu Filho, para que este seja o primogênito numa multidão de irmãos. E aqueles que Deus predestinou, também os chamou. E aos que chamou, também os tornou justos; e aos que tornou justos, também os glorificou.  Responsório breve  R. O Senhor a escolheu, *Entre todas preferida.  R. O Senhor a escolheu,   V. O Senhor a fez morar em sua santa habitação. *Entre todas preferida.  Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.   R. O Senhor a escolheu, Entre todas preferida.  Cântico evangélico Magnificat Ant. Jesus amava Marta, Maria, sua irmã, e Lázaro, seu irmão. Pag 291

244


29 de julho | SEGUNDA-FEIRA

Preces Por intercessão das santas mulheres, peçamos ao Senhor em favor da Igreja; e digamos:  R. Lembrai-vos, Senhor, da vossa Igreja!  Por intercessão das santas mártires, que venceram a morte do corpo com o vigor do espírito,  – concedei à vossa Igreja a fortaleza nas provações. R. Por intercessão das santas casadas, que progrediram em graça na vida matrimonial,  – concedei à vossa Igreja a fecundidade apostólica. R. Por intercessão das santas viúvas, que superaram e santificaram sua solidão mediante a oração e a hospitalidade,  – concedei à vossa Igreja que manifeste perante o mundo o mistério da vossa caridade. R. Por intercessão das santas mães, que geraram filhos para o Reino de Deus e para a sociedade humana,  – concedei à vossa Igreja que transmita a vida divina e a salvação a toda a humanidade. R. (intenções livres)  Por intercessão de todas as santas mulheres, que já mereceram contemplar a luz da vossa face,  – concedei aos irmãos e irmãs falecidos de vossa Igreja a eterna alegria da mesma visão. R. Pai nosso. Oração  Pai todo-poderoso, cujo Filho quis hospedar-se em casa de Marta, concedei por sua intercessão que, servindo fielmente a Cristo em 245


MISSA DO DIA

nossos irmãos e irmãs, sejamos recebidos por vós em vossa casa. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. Conclusão da Hora O Senhor nos abençoe, nos livre de todo o mal e nos conduza à vida eterna. Amém.

MISSA DO DIA Santa Marta– memória

Partes fixas da missa Pág. 275 Antífona da entrada Jesus entrou numa aldeia e uma mulher chamada Marta o recebeu em sua casa. Oração do dia Pai todo-poderoso, cujo Filho quis hospedar-se em casa de Marta, concedei por sua intercessão que, servindo fielmente a Cristo em nossos irmãos e irmãs, sejamos recebidos por vós em vossa casa. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. T: Amém. LITURGIA DA PALAVRA 1ª LEITURA I Jo 4,7-16 Leitura da Primeira Carta de São João 7 Caríssimos, amemo-nos uns aos outros, porque o amor vem de Deus e todo aquele que ama nasceu de Deus e conhece Deus. 8Quem 246


29 de julho | SEGUNDA-FEIRA

não ama, não chegou a conhecer Deus, pois Deus é amor. 9Foi assim que o amor de Deus se manifestou entre nós: Deus enviou o seu Filho único ao mundo, para que tenhamos vida por meio dele. 10 Nisto consiste o amor: não fomos nós que amamos a Deus, mas foi ele que nos amou e enviou o seu Filho como vítima de reparação pelos nossos pecados. 11Caríssimos, se Deus nos amou assim, nós também devemos amar-nos uns aos outros. 12Ninguém jamais viu a Deus. Se nos amamos uns aos outros, Deus permanece conosco e seu amor é plenamente realizado entre nós. 13A prova de que permanecemos com ele, e ele conosco, é que ele nos deu o seu Espírito. 14 E nós vimos, e damos testemunho, que o Pai enviou o seu Filho como Salvador do mundo. 15Todo aquele que proclama que Jesus é o Filho de Deus, Deus permanece com ele, e ele com Deus. 16E nós conhecemos o amor que Deus tem para conosco, e acreditamos nele. Deus é amor: quem permanece no amor, permanece com Deus, e Deus permanece com ele. Palavra do Senhor. T: Graças a Deus.

SALMO RESPONSORIAL Sl 33(34),2-3.4-5.6-7.8-9.10-11 (R. 2a ou 9a) Bendirei o Senhor Deus em todo o tempo! T: Bendirei o Senhor Deus em todo o tempo! Bendirei o Senhor Deus em todo o tempo, * seu louvor estará sempre em minha boca. 3 Minha alma se gloria no Senhor; * que ouçam os humildes e se alegrem! 2

Comigo engrandecei ao Senhor Deus, * exaltemos todos juntos o seu nome! 5 Todas as vezes que o busquei, ele me ouviu, * e de todos os temores me livrou. 4

247


MISSA DO DIA

Contemplai a sua face e alegrai-vos, * e vosso rosto não se cubra de vergonha! 7 Este infeliz gritou a Deus, e foi ouvido, * e o Senhor o libertou de toda angústia. 6

O anjo do Senhor vem acampar * ao redor dos que o temem, e os salva. 9 Provai e vede quão suave é o Senhor! * Feliz o homem que tem nele o seu refúgio! 10 Respeitai o Senhor Deus, seus santos todos, * porque nada faltará aos que o temem. 11 Os ricos empobrecem, passam fome, * mas aos que buscam o Senhor não falta nada. 8

ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO Refrão: Aleluia. Eu sou a luz do mundo: aquele que me segue, não caminha entre as trevas, mas terá a luz da vida. EVANGELHO Lc 10,38-42. Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas 10,38-42. Naquele tempo, 38Jesus entrou num povoado, e certa mulher, de nome Marta, recebeu-o em sua casa.39Sua irmã, chamada Maria, sentou-se aos pés do Senhor, e escutava a sua palavra.40Marta, porém, estava ocupada com muitos afazeres. Ela aproximou-se e disse: “Senhor, não te importas que minha irmã me deixe sozinha, com todo o serviço? Manda que ela me venha ajudar!”41O Senhor, porém, lhe respondeu: “Marta, Marta! Tu te preocupas e andas agitada por muitas coisas.42Porém, uma só coisa é necessária. Maria escolheu a

248


29 de julho | SEGUNDA-FEIRA

melhor parte e esta não lhe será tirada.” Palavra da Salvação. T: Gloria a vós, Senhor. Oração sobre as oferendas Ó Deus, ouvi as nossas Preces ao proclamarmos vossas maravilhas em Santa Marta, e assim como vos agradou a sua solicitude, também vos agrade a nossa liturgia. Por Cristo, nosso Senhor. T: Amém.

PREFÁCIO DOS SANTOS S: O Senhor esteja convosco. T: Ele está no meio de nós. S: Corações ao alto. T: O nosso coração está em Deus. S: Demos graças a Deus. T: É nosso dever e nossa salvação. S: Na verdade, é justo e necessário, é nosso dever e salvação dar-vos graças, sempre em todo o lugar, Senhor, Pai santo, Deus eterno e todo-poderoso. Na assembleia dos Santos, vós sois glorificado e, coroando seus méritos, exaltais vossos próprios dons. Nos vossos Santos e Santas ofereceis um exemplo para a nossa vida, a comunhão que nos une, a intercessão que nos ajuda. Assistidos por tão grandes testemunhas, possamos correr, com perseverança, no certame que nos é proposto e receber com eles a coroa imperecível, por Cristo, Senhor nosso. Enquanto esperamos a glória eterna, com os anjos e com todos os santos, nós vos aclamamos, cantando (dizendo) a uma só voz: T: Santo, Santo, Santo, Senhor Deus do Universo! O céu e a terra proclamam a vossa glória. Hosana nas alturas! Bendito o que vem em nome do Senhor! Hosana nas alturas!

249


MISSA DO DIA

Antífona da comunhão Marta disse a Jesus: Tu és o Cristo, Filho do Deus vivo, que vieste a este mundo. Oração depois da comunhão Ó Pai, que a comunhão do Corpo e Sangue do vosso Filho nos desprenda das coisas perecíveis para que, a exemplo de Santa Marta, vos amemos sempre mais na terra e vos contemplemos eternamente no céu. Por Cristo, nosso Senhor. T: Amém.

250


30 de julho - Terça-feira LITURGIA DAS HORAS I semana do saltério

Laudes V. Vinde, ó Deus, em meu auxílio. R. Socorrei-me sem demora. Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Aleluia.  Hino  Já vem brilhante aurora  o sol anunciar. De cor reveste as coisas,  faz tudo cintilar. Ó Cristo, Sol eterno,  vivente para nós,  saltamos de alegria,  cantando para vós.  Do Pai Ciência e Verbo,  por quem se fez a luz,  as mentes, para vós,  levai, Senhor Jesus. Que nós, da luz os filhos,  solícitos andemos.  Do Pai eterno a graça  nos atos expressemos.  Profira a nossa boca  palavras de verdade,  trazendo à alma o gozo  251


LITURGIA DAS HORAS

que vem da lealdade. A vós, ó Cristo, a glória  e a vós, ó Pai, também,  com vosso Santo Espírito,  agora e sempre. Amém.  Salmodia  Ant. 1 Quem tem mãos puras e inocente coração subirá até o monte do Senhor. Salmo 23(24)  Entrada do Senhor no templo 

Na Ascensão, as portas do céu se abriram para o Cristo (Sto. Irineu).

–1 Ao Senhor pertence a terra e o que ela encerra, *  o mundo inteiro com os seres que o povoam;  –2 porque ele a tornou firme sobre os mares, *  e sobre as águas a mantém inabalável.  –3 ‘Quem subirá até o monte do Senhor, * quem ficará em sua santa habitação?’  =4 ‘Quem tem mãos puras e inocente coração, †  quem não dirige sua mente para o crime, * nem jura falso para o dano de seu próximo.  –5 Sobre este desce a bênção do Senhor * e a recompensa de seu Deus e Salvador’.  –6 ‘É assim a geração dos que o procuram, *  e do Deus de Israel buscam a face’.  =7 ‘Ó portas, levantai vossos frontões! †  Elevai-vos bem mais alto, antigas portas, *  a fim de que o Rei da glória possa entrar!’  =8 Dizei-nos: ‘Quem é este Rei da glória?’ †  252


30 de julho | terça-feira

‘É o Senhor, o valoroso, o onipotente, * o Senhor, o poderoso nas batalhas!’  =9 ‘Ó portas, levantai vossos frontões! †  Elevai-vos bem mais alto, antigas portas, *  a fim de que o Rei da glória possa entrar!’ =10 Dizei-nos: ‘Quem é este Rei da glória?’ †  ‘O Rei da glória é o Senhor onipotente, *  o Rei da glória é o Senhor Deus do universo!’  Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.  Como era no princípio, agora e sempre. Amém.   Ant. Quem tem mãos puras e inocente coração subirá até o monte do Senhor. Ant. 2 Vossas obras celebrem a Deus e exaltem o Rei sempiterno.  Cântico Tb 13,2-8  Deus castiga e salva 

Bendito seja Deus, Pai de nosso Senhor Jesus Cristo. Em sua grande

misericórdia nos fez nascer de novo, para uma esperança viva (1Pd 1,3).

–2 Vós sois grande, Senhor, para sempre, *  e vosso reino se estende nos séculos!  – Porque vós castigais e salvais, *  fazeis descer aos abismos da terra,  – e de lá nos trazeis novamente: *  de vossa mão nada pode escapar. –3 Vós que sois de Israel, dai-lhe graças *  e por entre as nações celebrai-o!  – O Senhor dispersou-vos na terra *  4  para narrardes sua glória entre os povos,  – e fazê-los saber, para sempre, *  que não há outro Deus além dele.  253


LITURGIA DAS HORAS

–5 Castigou-nos por nossos pecados, * seu amor haverá de salvar-nos.  – Compreendei o que fez para nós, *  dai-lhe graças, com todo o respeito!  –6 Vossas obras celebrem a Deus *  e exaltem o Rei sempiterno!  – Nesta terra do meu cativeiro, *  haverei de honrá-lo e louvá-lo,  – pois mostrou o seu grande poder, *  sua glória à nação pecadora!  – Convertei-vos, enfim, pecadores, *  diante dele vivei na justiça;  – e sabei que, se ele vos ama, *  também vos dará seu perdão!  –7 Eu desejo, de toda a minh’alma *  alegrar-me em Deus, Rei dos céus.  –8 Bendizei o Senhor, seus eleitos, * fazei festa e alegres louvai-o!  Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.  Como era no princípio, agora e sempre. Amém.   Ant. Vossas obras celebrem a Deus e exaltem o Rei sempiterno.  Ant. 3 Ó justos, alegrai-vos no Senhor! Aos retos fica bem glorificá-lo. † Salmo 32(33)  Hino à providência de Deus 

Por ele foram feitas todas as coisas (Jo 1,3)

–1 Ó justos, alegrai-vos no Senhor! * Aos retos fica bem glorificá-lo.  254


30 de julho | terça-feira

–2 † Dai graças ao Senhor ao som da harpa, *  na lira de dez cordas celebrai-o!  –3 Cantai para o Senhor um canto novo, * com arte sustentai a louvação!  –4 Pois reta é a palavra do Senhor, * e tudo o que ele faz merece fé.  –5 Deus ama o direito e a justiça, *  transborda em toda a terra a sua graça.  –6 A palavra do Senhor criou os céus, * e o sopro de seus lábios, as estrelas.  –7 Como num odre junta as águas do oceano, *  e mantém no seu limite as grandes águas.  –8 Adore ao Senhor a terra inteira, * e o respeitem os que habitam o universo!  –9 Ele falou e toda a terra foi criada, *  ele ordenou e as coisas todas existiram.  –10 O Senhor desfaz os planos das nações *  e os projetos que os povos se propõem.  =11 Mas os desígnios do Senhor são para sempre, †  e os pensamentos que ele traz no coração, *  de geração em geração, vão perdurar. –12 Feliz o povo cujo Deus é o Senhor, * e a nação que escolheu por sua herança!  –13 Dos altos céus o Senhor olha e observa; *  ele se inclina para olhar todos os homens.  –14 Ele contempla do lugar onde reside * e vê a todos os que habitam sobre a terra.  –15 Ele formou o coração de cada um * e por todos os seus atos se interessa.  255


LITURGIA DAS HORAS

–16 Um rei não vence pela força do exército, *  nem o guerreiro escapará por seu vigor. –17 Não são cavalos que garantem a vitória; *  ninguém se salvará por sua força.  –18 Mas o Senhor pousa o olhar sobre os que o temem, *  e que confiam esperando em seu amor,  –19 para da morte libertar as suas vidas *  e alimentá-los quando é tempo de penúria.  –20 No Senhor nós esperamos confiantes, *  porque ele é nosso auxílio e proteção! –21 Por isso o nosso coração se alegra nele, *  seu santo nome é nossa única esperança.  –22 Sobre nós venha, Senhor, a vossa graça, *  da mesma forma que em vós nós esperamos!  Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.  Como era no princípio, agora e sempre. Amém.   Ant. Ó justos, alegrai-vos no Senhor! Aos retos fica bem glorificá-lo.  Leitura breve Rm 13,11b.12-13a  Já é hora de despertar. Com efeito, agora a salvação está mais perto de nós do que quando abraçamos a fé. A noite já vai adiantada, o dia vem chegando: despojemo-nos das ações das trevas e vistamos as armas da luz. Procedamos honestamente, como em pleno dia.  Responsório breve  R. Ó meu Deus, sois o rochedo que me abriga, *meu escudo e proteção: em vós espero!  R. Ó meu Deus, sois o rochedo que me abriga, 256


30 de julho | terça-feira

V. Minha rocha, meu abrigo e Salvador. *Meu escudo e proteção: em vós espero! Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.   R. Ó meu Deus, sois o rochedo que me abriga, meu escudo e proteção: em vós espero Cântico evangélico Benedictus Ant. O Senhor fez surgir um poderoso Salvador, como falara pela boca de seus santos e profetas. Pag 291 Preces  Irmãos e irmãs, chamados a participar de uma vocação celeste, bendigamos a Jesus Cristo, pontífice da nossa fé; e aclamemos:  R. Senhor, nosso Deus e Salvador!  Rei todo-poderoso, que pelo batismo nos conferistes um sacerdócio régio,  – fazei da nossa vida um contínuo sacrifício de louvor. R. Ajudai-nos, Senhor, a guardar os vossos mandamentos,  – para que, pela força do Espírito Santo, permaneçamos em vós e vós permaneçais em  nós. R. Dai-nos a vossa sabedoria eterna,  – para que ela sempre nos acompanhe e dirija os nossos trabalhos. R. Não permitais que neste dia sejamos motivo de tristeza para ninguém,  – mas causa de alegria para todos os que convivem conosco. R. (intenções livres)

257


LITURGIA DAS HORAS

Pai nosso. Oração  Acolhei, Senhor, as Preces desta manhã, e por vossa bondade iluminai as profundezas de nosso coração, para que não se prendam por desejos tenebrosos os que foram renovados pela luz de vossa graça. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.    Conclusão da Hora O Senhor nos abençoe, nos livre de todo mal e nos conduza à vida eterna. Amém.

Hora média

Oração das Doze Horas (hora sexta)

V. Vinde, ó Deus em meu auxílio. R. Socorrei-me sem demora.  Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.  Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Aleluia.    Hino  Ó Deus, verdade e força  que o mundo governais,  da aurora ao meio-dia,  a terra iluminais. De nós se afaste a ira,  discórdia e divisão.  Ao corpo dai saúde,  e paz ao coração.  Ouvi-nos, Pai bondoso,  por Cristo Salvador,  que vive com o Espírito  convosco pelo Amor. 258


30 de julho | terça-feira

Salmodia Ant. 1 Feliz o homem que na lei do Senhor Deus vai progredindo.  Salmo 118(119),1-8 I (Aleph)  Meditação sobre a Palavra de Deus na Lei 

Isto é amar a Deus: observar os seus mandamentos (1Jo 5,3).

–1 Feliz o homem sem pecado em seu caminho, *  que na lei do Senhor Deus vai progredindo!  –2 Feliz o homem que observa seus preceitos, *  e de todo o coração procura a Deus!  –3 Que não pratica a maldade em sua vida, *  mas vai andando nos caminhos do Senhor. –4 Os vossos mandamentos vós nos destes, *  para serem fielmente observados.  –5 Oxalá seja bem firme a minha vida * em cumprir vossa vontade e vossa lei!  –6 Então não ficarei envergonhado *  ao repassar todos os vossos mandamentos.  –7 Quero louvar-vos com sincero coração, *  pois aprendi as vossas justas decisões.  –8 Quero guardar vossa vontade e vossa lei; *  Senhor, não me deixeis desamparado! – Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *  Como era no princípio, agora e sempre. Amém.   Ant. Feliz o homem que na lei do Senhor Deus vai progredindo.  Ant. 2 Meu coração, por vosso auxílio, rejubile! 259


LITURGIA DAS HORAS

Salmo 12(13) Lamentação do justo que confia em Deus  Que o Deus da esperança vos encha da alegria (Rm 15,13).

–2 Até quando, ó Senhor, me esquecereis? *  Até quando escondereis a vossa face?  =3 Até quando estará triste a minha alma? †  e o coração angustiado cada dia? *  Até quando o inimigo se erguerá?  =4 Olhai, Senhor, meu Deus, e respondei-me! †  Não deixeis que se me apague a luz dos olhos *  e se fechem, pela morte, adormecidos!  =5 Que o inimigo não me diga: ‘Eu triunfei!’ †  Nem exulte o opressor por minha queda, *  6  uma vez que confiei no vosso amor!  – Meu coração, por vosso auxílio, rejubile, *  e que eu vos cante pelo bem que me fizestes! – Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *  Como era no princípio, agora e sempre. Amém.   Ant. Meu coração, por vosso auxílio, rejubile!  Ant. 3 À humanidade, quando imersa no pecado, o Senhor manifestou sua bondade.  Salmo 13(14)  A insensatez dos ímpios 

Onde se multiplicou o pecado, aí superabundou a graça (Rm 5,20).

–1 Diz o insensato em seu próprio coração: *  ‘Não há Deus! Deus não existe!’  – Corromperam-se em ações abomináveis. *  Já não há quem faça o bem!  260


30 de julho | terça-feira

–2 O Senhor, ele se inclina lá dos céus *  sobre os filhos de Adão,  – para ver se resta um homem de bom senso *  que ainda busque a Deus.  –3 Mas todos eles igualmente se perderam, *  corrompendo-se uns aos outros;  – não existe mais nenhum que faça o bem, *  não existe um sequer. –4 Será que não percebem os malvados * quanto exploram o meu povo?  – Eles devoram o meu povo como pão, *  e não invocam o Senhor. –5 Mas um dia vão tremer de tanto medo,* porque Deus está com o justo.  –6 Podeis rir da esperança dos humildes, *  mas o Senhor é o seu refúgio!  –7 Que venha, venha logo, de Sião *  a salvação de Israel!  – Quando o Senhor reconduzir do cativeiro *  os deportados de seu povo,  – que júbilo e que festa em Jacó, *  que alegria em Israel! – Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *  Como era no princípio, agora e sempre. Amém.   Ant. À humanidade, quando imersa no pecado, o Senhor manifestou sua bondade.  Leitura breve Pr 3,13-15  Feliz o homem que encontrou a sabedoria, o homem que alcançou a prudência! Ganha-la vale mais do que a prata, e o seu lucro mais 261


LITURGIA DAS HORAS

do que o ouro. É mais valiosa do que as pérolas; nada que desejas a iguala.  V. Vós amais os corações que são sinceros. R. Na intimidade me ensinais sabedoria. 

Oração Ó Deus, que revelastes a Pedro vosso plano de salvação para todos os povos, fazei que nossos trabalhos vos agradem e, pela vossa graça, sirvam ao vosso desígnio de amor e redenção. Por Cristo, nosso Senhor. Conclusão da Hora V. Bendigamos ao Senhor. R. Graças a Deus.

Vésperas V. Vinde, ó Deus em meu auxílio. R. Socorrei-me sem demora.  Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.  Como era no princípio, agora e sempre. Amém. Aleluia.  Hino  Ó grande Autor da terra,  que, as águas repelindo,  do mundo o solo erguestes,  a terra produzindo, 

262

de plantas revestida, ornada pelas flores,  e dando muitos frutos,  diversos em sabores. 


30 de julho | terça-feira

Lavai as manchas da alma na fonte, pela graça.  O pranto em nossos olhos  as más ações desfaça.  Seguindo as vossas leis,  lutemos contra o mal,  felizes pelo dom  da vida perenal.  Ouvi-nos, Pai bondoso,  e vós, dileto Filho,  unidos pelo Espírito  na luz de eterno brilho.  Salmodia  Ant. 1 Ó Senhor, exaltai o vosso Ungido!  Salmo 19(20)  Oração pela vitória do rei 

Quem invocar o nome do Senhor, será salvo (At 2,21).

–2 Que o Senhor te escute no dia da aflição, *  e o Deus de Jacó te proteja por seu nome!  –3 Que do seu santuário te envie seu auxílio *  e te ajude do alto, do Monte de Sião!  –4 Que de todos os teus sacrifícios se recorde, *  e os teus holocaustos aceite com agrado!  –5 Atenda os desejos que tens no coração; *  plenamente ele cumpra as tuas esperanças!  =6 Com a vossa vitória então exultaremos, †  levantando as bandeiras em nome do Senhor. *  Que o Senhor te escute e atenda os teus pedidos!  263


LITURGIA DAS HORAS

–7 E agora estou certo de que Deus dará a vitória, *  que o Senhor há de dar a vitória a seu Ungido;  – que haverá de atendê-lo do excelso santuário, *  pela força e poder de sua mão vitoriosa.  –8 Uns confiam nos caros e outros nos cavalos; *  nós, porém, somos fortes no nome do SenhoR. –9 Todos eles, tombando, caíram pelo chão; *  nós ficamos de pé e assim resistiremos. –10 Ó Senhor, dai vitória e salvai o nosso rei, *  e escutai-nos no dia em que nós vos invocarmos. – Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *  Como era no princípio, agora e sempre. Amém.   Ant. Ó Senhor, exaltai o vosso Ungido!  Ant. 2 Cantaremos celebrando a vossa força.  Salmo 20(21),2-8.14  Ação de graças pela vitória do Rei 

O Cristo ressuscitado recebeu a vida para sempre (Sto. Irineu).

–2 Ó Senhor, em vossa força o rei se alegra; *  quanto exulta de alegria em vosso auxílio!  –3 O que sonhou seu coração, lhe concedestes; *  não recusastes os pedidos de seus lábios.  –4 Com bênção generosa o preparastes; * de ouro puro coroastes sua fronte.  –5 A vida ele pediu e vós lhe destes * longos dias, vida longa pelos séculos.  –6 É grande a sua glória em vosso auxílio; *  de esplendor e majestade o revestistes.  –7 Transformastes o seu nome numa bênção, *  e o cobristes de alegria em vossa face.  264


30 de julho | terça-feira

–8 Por isso o rei confia no Senhor, * e por seu amor fiel não cairá.  –14 Levantai-vos com poder, ó Senhor Deus, *  e cantaremos celebrando a vossa força! – Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *  Como era no princípio, agora e sempre. Amém.   Ant. Cantaremos celebrando a vossa força.  Ant. 3 Fizestes de nós para Deus sacerdotes e povo de reis.  Cântico Ap 4,11; 5,9.10.12  Hino dos remidos –4,1 Vós sois digno, Senhor nosso Deus, *  de receber honra, glória e poder!  (R. Poder, honra e glória ao Cordeiro de Deus!) =5,9Porque todas as coisas criastes, † é por vossa vontade que existem *  e subsistem porque vós mandais. (R.)  = Vós sois digno, Senhor nosso Deus, †  de o livro nas mãos receber *  e de abrir suas folhas lacradas! (R.)  – Porque fostes por nós imolado; *  para Deus nos remiu vosso sangue  – dentre todas as tribos e línguas, *  dentre os povos da terra e nações. (R.)  =10Pois fizestes de nós, para Deus, † sacerdotes e povo de reis, *  e iremos reinar sobre a terra. (R.)  =12O Cordeiro imolado é digno †  265


LITURGIA DAS HORAS

de receber honra, glória e poder, * sabedoria, louvor, divindade! (R.) – Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *  Como era no princípio, agora e sempre. Amém.   Ant. Fizestes de nós para Deus sacerdotes e povo de reis.  Leitura breve 1Jo 3,1a.2  Vede que grande presente de amor o Pai nos deu: de sermos chamados filhos de Deus! E nós o somos! Caríssimos, desde já somos filhos de Deus, mas nem sequer se manifestou o que seremos! Sabemos que, quando Jesus se manifestar, seremos semelhantes a ele, porque o veremos tal como ele é.  Responsório breve  R. Vossa palavra, ó Senhor, *Permanece eternamente.  R. Vossa palavra, ó Senhor,   V. Vossa verdade é para sempre. *Permanece eternamente Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.    R. Vossa palavra, ó Senhor, Permanece eternamente.  Cântico evangélico Magnificat Ant. Exulte meu espírito em Deus meu Salvador! Pag 291 Preces  Louvemos o Senhor Jesus Cristo que vive no meio de nós, povo que ele conquistou; e supliquemos:  R. Ouvi, Senhor, a nossa oração! 

266


30 de julho | terça-feira

Senhor, rei e dominador de todos os povos, vinde em ajuda de todas as nações e de seus governantes,  – para que busquem, na concórdia, o bem comum, de acordo com a vossa vontade. R. Vós, que, subindo aos céus, levastes convosco os cativos,  – restituí a liberdade de filhos de Deus aos nossos irmãos e irmãs prisioneiros no corpo  ou no espírito. R. Concedei aos nossos jovens a realização de suas esperanças,  – para que saibam responder ao vosso chamado com grandeza de alma. R. Fazei que as crianças imitem vosso exemplo,  – e cresçam sempre em sabedoria e em graça. R. (intenções livres) Acolhei os que morreram na glória do vosso Reino,  – onde também nós esperamos reinar convosco para sempre. R. Pai nosso. Oração  Nós vos damos graças, Senhor Deus todo-poderoso, que nos fizestes chegar a esta hora; aceitai bondoso, qual sacrifício vespertino, nossas mãos erguidas em oração, que confiantes vos apresentamos. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.  Conclusão da Hora  O Senhor nos abençoe, nos livre de todo o mal e nos conduza à vida eterna. Amém. 267


MISSA DO DIA

MISSA DO DIA

Missa em memória dos Santos Anjos da Guarda

Partes fixas da missa Pág. 275 Antífona da entrada Anjos todos do Senhor, bendizei o Senhor; cantai a sua glória, louvai-o eternamente. Oração do dia Ó Deus, que na vossa misteriosa providência mandais os vossos Anjos para guardar-nos, concedei que nos defendam de todos os perigos e gozemos eternamente do seu convívio. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo. T: Amém. LITURGIA DA PALAVRA 1ª LEITURA Ex 33,7-11;34,5b-9.28 Leitura do livro do Êxodo Naqueles dias,7Moisés levantou a tenda e armou-a longe, fora do acampamento, e deu-lhe o nome de Tenda da Reunião. Assim, todo aquele que quisesse consultar o Senhor, saía para a Tenda da Reunião, que estava fora do acampamento.8Quando Moisés se dirigia para lá, o povo se levantava e ficava de pé à entrada da própria tenda, seguindo Moisés com os olhos até ele entrar. 9Logo que Moisés entrava na Tenda, a coluna de nuvem baixava e ficava parada à entrada, enquanto o Senhor falava com Moisés.10Ao ver a coluna de nuvem parada à entrada da Tenda, todo o povo se levantava e cada um se prostrava à entrada da própria Tenda. O Senhor falava com Moisés face a face, como um homem fala com seu amigo. Depois, 268


30 de julho | terça-feira

Moisés voltava para o acampamento, mas o seu jovem ajudante, Josué, filho de Num, não se afastava do interior da Tenda.34,5bMoisés permaneceu diante de Deus invocando o nome do Senhor. O Senhor passou diante de Moisés, proclamando: ”O Senhor, o Senhor, Deus misericordioso e clemente, paciente, rico em bondade e fiel,7que conserva a misericórdia por mil gerações, e perdoa culpas, rebeldias e pecados, mas não deixa nada impune, pois castiga a culpa dos pais nos filhos e netos, até à terceira e quarta geração!”8Imediatamente,Moisés curvou-se até o chão9e, prostrado por terra, disse: “Senhor, se é verdade que gozo de teu favor, peço-te, caminha conosco; embora este seja um povo de cabeça dura, perdoa nossas culpas e nossos pecados e acolhe-nos como propriedade tua”.28Moisés esteve ali com o Senhor quarenta dias e quarenta noites, sem comer pão nem beber água, e escreveu nas tábuas as palavras da aliança, os dez mandamentos. Palavra do Senhor. T: Graças a Deus. SALMO RESPONSORIAL Sl 102(103), 6-7. 8-9. 10-11. 12-13 O Senhor é indulgente, é favorável. T: O Senhor é indulgente, é favorável. O Senhor realiza obras de justiça* E garante o direito aos oprimidos; 7 revelou os seus caminhos a Moisés,* e aos filhos de Israel, seus grandes feitos* 6

O Senhor é indulgente, é favorável* é paciente, é bondoso e compassivo. 9 Não fica sempre repetindo as suas queixas,* nem guarda eternamente o seu rancor. 8

Não nos trata como exigem nossas faltas*, nem nos pune em proporção às nossas culpas. 10

269


MISSA DO DIA

Quanto os céus por sobre a terra se elevam,* tanto é grande o seu amor aos que o temem;

11

quanto dista o nascente do poente, tanto afasta para longe nossos crimes. 13 Como um pai se compadece de seus filhos,* o Senhor tem compaixão dos que o temem. 12

ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO Refrão: Aleluia. A semente é de Deus a palavra, o Cristo é o semeador; todo aquele que o encontra, vida eterna encontrou. EVANGELHO Mt 13,36-43 Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus Naquele tempo,36Jesus deixou as multidões e foi para casa. Seus discípulos aproximaram-se dele e disseram: ”Explica-nos a parábola do joio!”37Jesus respondeu:” Aquele que semeia a boa semente é o filho do Homem.38O campo é o mundo. A boa semente são os que pertencem ao Reino. O joio são os que pertencem ao Maligno. 39O inimigo que semeou o joio é o diabo. A colheita é o fim dos tempos. Os ceifadores são os anjos.40Como o joio é recolhido e queimado ao fogo, assim também acontecerá no fim dos tempos:41o Filho do Homem enviará os seus anjos e eles retirarão do seu Reino todos os que fazem outros pecar e aos que praticam o mal,42e depois os lançarão na fornalha de fogo. Ali haverá choro e ranger de dentes.43Então os justos brilharão como o sol no Reino de seu Pai. Quem tem ouvidos, ouça”. Palavra da salvação. T: Gloria a vós, Senhor. Oração sobre as oferendas Acolhei, ó Deus, as nossas oferendas em honra dos santos Anjos e fazei que, velando sempre ao nosso lado, nos guardem dos perigos 270


30 de julho | terça-feira

desta vida e nos levem à vida eterna. Por Cristo, nosso Senhor. T: Amém. PREFÁCIO DOS ANJOS S: O Senhor esteja convosco. T: Ele está no meio de nós. S: Corações ao alto. T: O nosso coração está em Deus. S: Demos graças a Deus. T: É nosso dever e nossa salvação. S: Na verdade, é justo e necessário, é nosso dever e salvação darvos graças, sempre e em toda parte e não cessar de engrandecervos, Senhor, Pai santo, Deus eterno e todo-poderoso. É a vós que glorificamos, ao louvarmos os anjos, que criastes e que foram dignos do vosso amor. A admiração que eles merecem nos mostra como sois grande e como deveis ser amado acima de todas as criaturas. Pelo Cristo, vosso Filho e Senhor nosso, louvam os Anjos a vossa glória, as Dominações vos adoram, e, reverentes, vos servem Potestades e Virtudes. Concedei-nos também a nós associar-nos à multidão dos Querubins e Serafins, cantando (dizendo) a uma só voz: T: Santo, Santo, Santo, Senhor Deus do Universo! O céu e a terra proclamam a vossa glória. Hosana nas alturas! Bendito o que vem em nome do Senhor! Hosana nas alturas! Antífona da comunhão Na presença dos Anjos eu vos louvo, Senhor meu Deus. Oração depois da comunhão Ó Deus, que alimentais com tão grande sacramento a nossa peregrinação para a vida eterna, guiai-nos, por meio dos vossos Anjos, no caminho da salvação e da paz. Por Cristo, nosso Senhor. T: Amém. 271


Patronos da JMJ Rio2013

Nossa Senhora da Conceição Aparecida Protetora da Igreja e das famílias! Biografia No ano 1717, três pescadores, ao lançarem a sua rede para pescar nas águas do rio Paraíba, encontraram a imagem de Nossa Senhora da Conceição. Devido aos muitos milagres realizados e aumento da devoção foi proclamada padroeira do Brasil em 1930 e anos depois foi erguida, em sua homenagem, uma grande basílica que acolhe milhões de peregrinos todos os anos. A JMJ a invoca como Protetora da Igreja e das famílias! Oração Mãe de Deus e Senhora minha, rogai incessantemente por minha família que hoje consagro a vós! Amém.

São Sebastião Soldado e mártir da fé! Biografia Sebastião preferiu a fidelidade a Cristo a toda e qualquer honra civil e militar e, por esse motivo, foi expulso dos quadros do exército e morto na perseguição de Diocleciano no ano 300. Vemos destacar-se na vida do Santo a sua valentia e amor ao Senhor Jesus. A JMJ o invoca como Soldado e mártir da fé! 272


PATRONOS DA JMJ RIO2013

Oração Que vossa intercessão alcance-me a graça de obedecer mais a Deus do que aos homens, tornando-me um soldado de Cristo. Amém.

Santo Antônio de Santana Galvão Arauto da paz e da caridade! Biografia Nasceu em Guaratinguetá em 1739. Da família com grandes recursos e possibilidades, renunciou a tudo e ingressou na ordem Franciscana. Pregador da paz e da caridade com palavras e obras, tornou-se modelo de entrega. Seus milagres começaram ainda em vida, distribuindo pílulas feitas por suas próprias mãos, que geravam grandes curas. O invocamos como arauto da paz e da caridade! Oração Intercedei para que, a vosso exemplo, eu promova a paz e a caridade em todos os momentos de minha vida. Amém.

Santa Teresa de Liseux Padroeira das missões! Biografia Santa Teresinha do Menino Jesus nasceu na França, em 1873. Aos 15 anos, entrou num Mosteiro Carmelita, lugar onde viveu com humildade, simplicidade sua plena confiança em Deus. Foi proclamada padroeira 273


PATRONOS DA JMJ RIO2013

das missões em 1927, por seu profundo desejo de ser missionária e sua disposição de oferecer tudo pelo bem dos demais. A JMJ a invoca como Padroeira das missões! Oração Concedei-me, por vossa intercessão, o ardor missionário para levar Jesus a todos os povos! Amém.

Beato João Paulo II Amigo dos jovens! Biografia O Papa João Paulo II, o Grande, foi o criador da Jornada Mundial da Juventude em 1984. Considerado como o Papa dos jovens esforçou-se no diálogo com eles e convidou-os a reconhecer o seu lugar e missão dentro da Igreja. Seu pontificado foi duradouro e ajudou a conduzir os cristãos, tendo como base as inspirações do Concilio Vaticano II. Lutou até o último momento de sua vida compartilhando conosco sua felicidade de entregarse totalmente a Cristo e à Virgem Maria. O invocamos como amigo dos Jovens! Oração Confio-me a vossa intercessão a fim de viver sinceramente a amizade com Cristo e com os irmãos. Amém.

274


ORDINÁRIO DA MISSA RITOS INICIAIS Acolhida S: Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo. T: Amém. S: A graça de Nosso Senhor Jesus Cristo, o amor do Pai, e a comunhão do Espírito Santo estejam convosco. T: Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo.

Ato penitencial Fórmula 1 S: Irmãos e irmãs, reconheçamos as nossas culpas para celebrarmos dignamente os santos mistérios. Confessemos os nossos pecados: T: Confesso a Deus todo-poderoso e a vós irmãos e irmãs, que pequei muitas vezes, porpensamentos e palavras, atos e omissões, e, batendo no peito, dizem: por minha culpa, minha tão grande culpa. Em seguida, continuam: E peço à Virgem Maria, aos anjos e santos e a vós, irmãos e irmãs, que rogueis por mim a Deus, nosso Senhor. S: Deus todo-poderoso tenha compaixão de nós, perdoe os nossos pecados e nos conduza à vida eterna. T: Amém. Fórmula 2 S: No início desta celebração eucarística, peçamos a conversão do coração, fonte de reconciliação e comunhão com Deus e com os irmãos e irmãs. 275


ORDINÁRIO DA MISSA

S: Tende compaixão de nós, Senhor. T: Porque somos pecadores. S: Manifestai, Senhor, a vossa misericórdia. T: E dai-nos a vossa salvação. S: Deus todo-poderoso tenha compaixão de nós, perdoe os nossos pecados e nos conduza à vida eterna. T: Amém. Fórmula 3 S: Em Jesus Cristo, o Justo, que intercede por nós e nos reconcilia com o Pai, abramos o nosso espírito ao arrependimento para sermos menos indignos de aproximar-nos da mesa do Senhor. S: Senhor, que viestes salvar os corações arrependidos, tende piedade de nós. (ou Kýrie, eléison) T: Senhor, tende piedade de nós. (ou Kýrie, eléison) S: Cristo, que viestes chamar os pecadores, tende piedade de nós. (ou Christe, eléison) T: Cristo, tende piedade de nós. (ou Kýrie, eléison) S: Senhor, que intercedeis por nós junto do Pai, tende piedade de nós. (ou Kýrie, eléison) T: Senhor, tende piedade de nós. (ou Kýrie, eléison) S: Deus todo-poderoso tenha compaixão de nós, perdoe os nossos pecados e nos conduza a vida eterna. T: Amém.

276


ORDINÁRIO DA MISSA

Seguem-se as invocações, Senhor, tende piedade de nós (Kirie, eleison), caso já não tenham ocorrido no ato penitencial: S: Senhor, tende piedade de nós. T: Senhor, tende piedade de nós. S: Cristo, tende piedade de nós. T: Cristo, tende piedade de nós. S: Senhor, tende piedade de nós. T: Senhor, tende piedade de nós. S: Kýrie, eléison. T: Kýrie, eléison. S: Christe, eleison. T: Christe, eléison. S: Kýrie, eléison. T: Kýrie, eléison.

277


ORDINÁRIO DA MISSA

Hino de Louvor

278

Glória a Deus nas alturas e paz na terra aos homens por Ele amados.

Gloria in excélsis Deo et in terra pax homínibus bonae voluntátis.

Senhor Deus, Rei dos céus, Deus Pai todo-poderoso: nós Vos louvamos, nós Vos bendizemos, nós Vos adoramos, nós Vos glorificamos, nós Vos damos graças, por vossa imensa glória.

Laudámus te, benedícimus te, adorámus te, glorificámus te, grátias ágimus tibi propter magnam glóriam tuam, Dómine Deus, Rex caeléstis, Deus Pater omnípotens.

Senhor Jesus Cristo, Filho Unigênito, Senhor Deus, Cordeiro de Deus, Filho de Deus Pai: Vós que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós; Vós que tirais o pecado do mundo, acolhei a nossa súplica; Vós que estais à direita do Pai, tende piedade de nós.

Dómine Fili unigénite Jesu Christe, Dómine Deus, Agnus Dei, Fílius Patris, qui tollis peccáta mundi, miserére nobis. Qui tollis peccáta mundi, súscipe deprecatiónem nostram. Qui sedes ad déxteram Patris, miserére nobis.

Só Vós sois o Santo; só Vós, o Senhor; só Vós, o Altíssimo, Jesus Cristo; com o Espírito Santo na glória de Deus Pai.

Quóniam tu solus sanctus, tu solus Dóminus, tu solus Altíssimus, Jesus Christe, cum Sancto Spíritu, in glória Dei Patris.


ORDINÁRIO DA MISSA

Oração do dia LITURGIA DA PALAVRA Primeira leitura Salmo Segunda leitura Aleluia ou canto antes do Evangelho Evangelho O sacerdote, inclinado diante do altar, reza em silêncio: Ó Deus todo-poderoso, purificai-me o coração e os lábios, para que eu anuncie dignamente o vosso santo Evangelho. S: O Senhor esteja convosco. T: Ele está no meio de nós. S: Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo N. T: Glória a vós, Senhor Terminado o Evangelho, o sacerdote diz: S: Palavra da Salvação. T: Glória a vós, Senhor. O sacerdote beija o livro, rezando em silêncio: Pelas palavras do santo Evangelho sejam perdoados os nossos pecados. Homilia Profissão de fé

279


ORDINÁRIO DA MISSA

Credo dos Apóstolos Creio em Deus Pai, TodoPoderoso, Criador do céu e da terra; e em Jesus Cristo, seu único Filho, nosso Senhor, que foi concebido pelo poder do Espírito Santo, nasceu da virgem Maria; padeceu sob Pôncio Pilatos, foi crucificado, morto e sepultado; desceu à mansão dos mortos; ressuscitou ao terceiro dia; subiu aos Céus; está sentado à direita de Deus Pai Todo-Poderoso, de onde há de vir a julgar os vivos e os mortos. Creio no Espírito Santo, na Santa Igreja católica, na comunhão dos Santos, na remissão dos pecados, na ressurreição da carne, na vida eterna. Amém.

280

Credo in Deum Patrem omnipoténtem, Creatórem caeli et terrae, et in Iesum Christum, Filium Eius únicum, Dóminum nostrum, qui conceptus est de Spíritu Sancto, natus ex María Vírgine, passus sub Póntio Piláto, crucifíxus, mórtuus, et sepúltus, descendit ad ínferos, tertia die resurréxit a mórtuis, ascéndit ad caelos, sedet ad déxteram Dei Patris omnipoténtis, inde ventúrus est iudicáre vivos et mórtuos. Credo in Spíritum Sanctum, sanctam Ecclésiam cathólicam, sanctorum communiónem, remissiónem peccatórum, carnis resurrectionem, vitam aeternam. Amen.


ORDINÁRIO DA MISSA

Credo Niceno-constantinopolitano

de todas as coisas visíveis e

Credo in unum Deum, Patrem omnipoténtem, Factórem cæli et terræ, Visibílium ómnium et invisibílium.

Creio em um só Senhor, Jesus

Et in unum Dóminum Iesum Christum,

Filho Unigênito de Deus,

Et ex Patre natum ante ómnia

Creio em um só Deus, Pai todopoderoso,

Criador do céu e da terra, invisíveis.

Cristo,

nascido do Pai antes de todos os séculos:

Deus de Deus, luz da luz,

Fílium Dei Unigénitum, sæcula.

Deum de Deo, lumen de lúmine, Deum verum de Deo vero,

Deus verdadeiro de Deus

Génitum, non factum,

gerado não criado,

per quem ómnia facta sunt.

verdadeiro,

consubstancial ao Pai.

Por Ele todas as coisas foram feitas.

consubstantiálem Patri:

Qui propter nos hómines et propter nostram salútem

descéndit de cælis.

E, por nós, homens, e para a nossa

Et incarnátus est de Spíritu Sancto

desceu dos céus:

et homo factus est.

salvação,

e se encarnou pelo Espírito Santo, no seio da Virgem Maria, e se fez homem.

Também por nós foi crucificado sob Pôncio Pilatos;

padeceu e foi sepultado.

Ressuscitou ao terceiro dia, conforme as escrituras; E subiu aos céus,

onde está sentado à direita do Pai.

E de novo há de vir, em sua glória, para julgar os vivos e os mortos; e o seu reino não terá fim.

ex María Vírgine,

Crucifíxus étiam pro nobis sub Póntio Piláto;

passus, et sepúltus est, et resurréxit tértia die, secúndum Scriptúras, et ascéndit in cælum,

sedet ad déxteram Patris.

Et íterum ventúrus est cum glória, iudicáre vivos et mórtuos, cuius regni non erit finis. Et in Spíritum Sanctum,

Dóminum et vivificántem: 281


ORDINÁRIO DA MISSA

Creio no Espírito Santo, Senhor que dá a vida, e procede do Pai; e com o Pai e o Filho é adorado e glorificado: Ele que falou pelos profetas.

qui ex Patre Filióque procédit. Qui cum Patre et Fílio simul adorátur et conglorificátur: qui locútus est per prophétas.

Creio na Igreja una, santa, católica e apostólica. Professo um só batismo para remissão dos pecados. Espero a ressurreição dos mortos; E a vida do mundo que há de vir.

Et unam, sanctam, cathólicam et apostólicam Ecclésiam. Confíteor unum baptísma in remissiónem peccatórum. Et exspecto resurrectiónem mortuórum, et vitam ventúri sæculi.

Amém.

Amen

LITURGIA EUCARÍSTICA Ofertório S: Bendito sejais, Senhor Deus do universo, pelo pão que recebemos da vossa bondade, fruto da terra e do trabalho humano, que agora vos apresentamos e para nós se vai tornar pão da vida. T: Bendito seja Deus para sempre! O celebrante derrama vinho e um pouco de água no cálice, rezando em silêncio: S: Pelo mistério desta água e deste vinho possamos participar da divindade do vosso Filho, que se dignou assumir a nossa humanidade. S: Bendito sejais, Senhor Deus do universo, pelo vinho que recebemos de vossa bondade, fruto da videira e do trabalho humano, que agora vos apresentamos e para nós se vai tornar vinho da salvação. T: Bendito seja Deus para sempre! 282


ORDINÁRIO DA MISSA

O celebrante, inclinado, reza em silêncio: S: De coração contrito e humilde, sejamos, Senhor, acolhidos por vós; e seja o vosso sacrifício de tal modo oferecido que vos agrade, Senhor, nosso Deus. O sacerdote lava as mãos, dizendo em silêncio: S: Lavai-me, Senhor, das minhas faltas e purificai-me de meus pecados. No meio do altar e voltado para o povo, estendendoe unindo as mãos, o sacerdote diz: S: Orai, irmãos e irmãs, para que o nosso sacrifício seja aceito por Deus Pai todo-poderoso. T: Receba o Senhor por tuas mãos este sacrifício, para glória do seu nome, para nosso bem e de toda a santa Igreja.

Oração sobre as oferendas Oração Eucarística S: O Senhor esteja convosco. T: Ele está no meio de nós. S: Corações ao alto. T: O nosso coração está em Deus. S: Demos graças ao Senhor, nosso Deus. T: É nosso dever e nossa salvação. Prefácio do domingo do tempo comum, I Na verdade, é justo e necessário, é nosso dever e salvação dar-vos graças, sempre e em todo o lugar, Senhor, Pai santo, Deus eterno e todo-poderoso, por Cristo vosso Filho, que, pelo mistério da sua Páscoa, realizou uma obra admirável. Por Ele, vós nos chamastes das trevas à vossa luz incomparável, fazendo-nos passar do pecado e da morte à glória de sermos o vosso povo, sacerdócio régio e nação santa, para anunciar, por todo mundo, as vossas maravilhas. por essa razão, agora e sempre, nós nos unimos à multidão dos anjos e dos santos, cantando (dizendo) a uma só voz: 283


ORDINÁRIO DA MISSA

Prefácio comum, I Na verdade, é justo e necessário, é nosso dever e salvação dar-vos graças, sempre e em todo o lugar, Senhor, Pai santo, Deus eterno e todo-poderoso, por Cristo, Senhor nosso. Quisestes que ele fosse fundamento de todas as coisas, e a todos destes participar de sua plenitude. Sendo verdadeiro Deus, despojou-se de sua glória. E, pelo sangue derramado na cruz, trouxe a paz ao mundo inteiro. Elevado acima de toda criatura, tornou-se a fonte da salvação para todos os que fazem a sua vontade. Por ele, os anjos celebram vossa grandeza e os santos proclamam vossa glória. Concedei-nos também a nós associar-nos a seus louvores, cantando (dizendo) a uma só voz: Prefácio comum, II Na verdade, é justo e necessário, é nosso dever e salvação dar-vos graças, sempre em todo o lugar, Senhor, Pai santo, Deus eterno e todo-poderoso. Em vosso amor de Pai, criastes o homem e a mulher, dando-lhes origem e destino divinos. E, quando pecaram, quebrando a aliança, vossa justiça os puniu; mas vossa misericórdia os resgatou, por Cristo, vosso Filho e Senhor nosso. E, enquanto esperamos a glória eterna, proclamamos o vosso louvor, Cantando (dizendo) a uma só voz: T: Santo, Santo, Santo, Senhor Deus do Universo! O céu e a terra proclamam a vossa glória. Hosana nas alturas! Bendito o que vem em nome do Senhor! Hosana nas alturas! Oração Eucarística II S: Na verdade, ó Pai, vós sois santo e fonte de toda santidade. Santificai, pois, estas oferendas, derramando sobre elas o vosso Espírito, a fim de que se tornem para nós o Corpo e Ì o Sangue de Jesus Cristo, vosso Filho e Senhor nosso. T: Santificai nossa oferenda, ó Senhor!   S: Estando para ser entregue e abraçando livremente a paixão, ele tomou o pão, deu graças, e o partiu e deu a seus discípulos, dizendo: 284


ORDINÁRIO DA MISSA

TOMAI, TODOS, E COMEI: ISTO É O MEU CORPO, QUE SERÁ ENTREGUE POR VÓS. Do mesmo modo, ao fim da ceia, ele tomou o cálice em suas mãos, deu graças novamente, e o deu a seus discípulos, dizendo: TOMAI, TODOS, E BEBEI: ESTE É O CÁLICE DO MEU SANGUE, O SANGUE DA NOVA E ETERNA ALIANÇA, QUE SERÁ DERRAMADO POR VÓS E POR TODOS PARA A REMISSÃO DOS PECADOS. FAZEI ISTO EM MEMÓRIA DE MIM. Eis o mistério da fé! T: Anunciamos, Senhor, a vossa morte e proclamamos a vossa ressurreição. Vinde, Senhor Jesus! S: Celebrando, pois, a memória da morte e ressurreição do vosso Filho, nós vos oferecemos, ó Pai, o pão da vida e o cálice da salvação; e vos agradecemos porque nos tornastes dignos de estar aqui na vossa presença e vos servir. T: Recebei, ó Senhor, a nossa oferta!   S: E nós vos suplicamos que, participando do Corpo e Sangue de Cristo, sejamos reunidos pelo Espírito Santo num só corpo. T: Fazei de nós um só corpo e um só espírito!   S: Lembrai-vos, ó Pai, da vossa Igreja que se faz presente pelo mundo inteiro: que ela cresça na caridade, com o Papa (N.), com o nosso Bispo (N.), e todos os ministros do vosso povo. T: Lembrai-vos, ó Pai, da vossa Igreja!   S: Lembrai-vos também dos (outros) nossos irmãos e irmãs que morreram na esperança da ressurreição e de todos os que partiram desta vida: acolhei-os junto a vós na luz da vossa face. T: Lembrai-vos, ó Pai, dos vossos filhos!   S: Enfim, nós vos pedimos, tende piedade de todos nós e dai-nos participar da vida eterna, com a Virgem Maria, Mãe de Deus, com os santos Apóstolos e todos os que neste mundo vos serviram, a fim de vos louvarmos e glorificarmos, por Jesus Cristo, vosso Filho. T: Concedei-nos o convívio dos eleitos! 285


ORDINÁRIO DA MISSA

S: Por Cristo, com Cristo, em Cristo, a vós, Deus Pai todo-poderoso, na unidade do Espírito Santo, toda a honra e toda a glória, agora e para sempre. T: Amém. Oração Eucarística III S: Na verdade, vós sois santo, ó Deus do universo, e tudo o que criastes proclama o vosso louvor, porque, por Jesus Cristo, vosso Filho e Senhor nosso, e pela força do Espírito Santo, dais vida e santidade a todas as coisas e não cessais de reunir o vosso povo, para que vos ofereça em toda parte, do nascer ao pôr-do-sol, um sacrifício perfeito. T: Santificai e reuni o vosso povo! S: Por isso, nós vos suplicamos: santificai pelo Espírito Santo as oferendas que vos apresentamos para serem consagradas, a fim de que se tornem o Corpo e (+) o Sangue de Jesus Cristo, vosso Filho e Senhor nosso, que nos mandou celebrar este mistério. T: Santificai nossa oferenda, ó Senhor!   S: Na noite em que ia ser entregue, ele tomou o pão, deu graças, e o partiu e deu a seus discípulos, dizendo: TOMAI, TODOS, E COMEI: ISTO É O MEU CORPO, QUE SERÁ ENTREGUE POR VÓS. Do mesmo modo, ao fim da ceia, ele tomou o cálice em suas mãos, deu graças novamente, e o deu a seus discípulos, dizendo: TOMAI, TODOS, E BEBEI: ESTE É O CÁLICE DO MEU SANGUE, O SANGUE DA NOVA E ETERNA ALIANÇA, QUE SERÁ DERRAMADO POR VÓS E POR TODOS PARA REMISSÃO DOS PECADOS. FAZEI ISTO EM MEMÓRIA DE MIM. Eis o mistério da fé! T: Anunciamos, Senhor, a vossa morte e proclamamos a vossa ressurreição. Vinde, Senhor Jesus! ou T: Todas as vezes que comemos deste pão e bebemos deste cálice, anunciamos, Senhor, a vossa morte, enquanto esperamos a vossa vinda! 286


ORDINÁRIO DA MISSA

ou T: Salvador do mundo, salvai-nos, vós que nos libertastes pela cruz e ressurreição. S: Celebrando agora, ó Pai, a memória do vosso Filho, da sua paixão que nos salva, da sua gloriosa ressurreição e da sua ascensão ao céu; e enquanto esperamos a sua nova vinda, nós vos oferecemos em ação de graças este sacrifício de vida e santidade. T: Recebei, ó Senhor, a nossa oferta!   S: Olhai com bondade a oferenda da vossa Igreja, reconhecei o sacrifício que nos reconcilia convosco e concedei que, alimentando-nos com o Corpo e o Sangue do vosso Filho, sejamos repletos do Espírito Santo e nos tornemos em Cristo um só corpo e um só espírito. T: Fazei de nós um só corpo e um só espírito!   S: Que ele faça de nós uma oferenda perfeita para alcançarmos a vida eterna com os vossos santos: a Virgem Maria, mãe de Deus, os vossos Apóstolos e Mártires (o santo do dia ou padroeiro), e todos os santos, que não cessam de interceder por nós na vossa presença. T: Fazei de nós uma perfeita oferenda!   S: E agora, nós vos suplicamos, ó Pai, que este sacrifício da nossa reconciliação estenda a paz e a salvação ao mundo inteiro. Confirmai na fé e na caridade a vossa Igreja, enquanto caminha neste mundo: o vosso servo o Papa (N.),  o nosso bispo (N.), com os bispos do mundo inteiro, o clero e todo o povo que conquistastes. T: Lembrai-vos, ó Pai, da vossa Igreja!   S: Atendei às Preces da vossa família, que está aqui, na vossa presença. Reuni em vós, Pai de misericórdia, todos os vossos filhos e filhas dispersos pelo mundo inteiro. T: Lembrai-vos, ó Pai, dos vossos filhos! S: Acolhei com bondade no vosso reino os nossos irmãos e irmãs que partiram desta vida e todos os que morreram na vossa amizade. Unidos a eles, esperamos também nós saciar-nos eternamente da vossa glória, por Cristo, Senhor nosso. 287


ORDINÁRIO DA MISSA

T: A todos saciai com vossa glória! Por ele dais ao mundo todo bem e toda graça.   S: Por Cristo, com Cristo, em Cristo, a vós, Deus Pai todo-poderoso, na unidade do Espírito Santo, toda a honra e toda a glória, agora e para sempre. T: Amém! RITOS DA COMUNHÃO Pai Nosso S: Obedientes à palavra do Salvador e formados por seu divino ensinamento, ousamos dizer: T: Pai nosso que estais nos céus, santificado seja o vosso nome; venha a nós o vosso reino, seja feita a vossa vontade, assim na terra como no céu; o pão nosso de cada dia nos daí hoje, perdoai-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do mal. S: Livrai-nos de todos os males, ó Pai, e dai-nos hoje a vossa paz. Ajudados pela vossa misericórdia, sejamos sempre livres do pecado e protegidos de todos os perigos, enquanto, vivendo a esperança, aguardamos a vinda de Cristo salvador. T: Vosso é o Reino, o poder e a glória para sempre! S: Senhor Jesus Cristo, dissestes aos vossos Apóstolos: Eu vos deixo a paz, eu vos dou a minha paz. Não olheis os nossos pecados, mas a fé que anima vossa Igreja; dai-lhe, segundo o vosso desejo, a paz e a unidade. Vós, que sois Deus, como Pai e o Espírito Santo. T: Amém! S: A paz do Senhor esteja sempre convosco. T: O amor de Cristo nos uniu. S: Como filhos e filhas do Deus da paz, saudai-vos com um gesto de comunhão fraterna. 288


ORDINÁRIO DA MISSA

Em seguida, o sacerdote parte o pão consagrado sobre a patena e coloca um pedaço no cálice, rezando em silêncio: Esta união do Corpo e do Sangue de Jesus, o Cristo e Senhor nosso, que vamos receber, nos sirva para a vida eterna! T: Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós. Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, tende piedade de nós. Cordeiro de Deus, que tirais o pecado do mundo, dai-nos a paz. O sacerdote, de mãos unidas, reza em silêncio: Senhor Jesus Cristo, Filho do Deus vivo, que, cumprindo a vontade do Pai e agindo com o Espírito Santo, pela vossa morte destes vida ao mundo, livrai-me dos meus pecados e de todo mal; pelo vosso Corpo e pelo vosso Sangue, dai-me cumprir sempre a vossa vontade e jamais separar-me de vós. Ou Senhor Jesus Cristo, o vosso Corpo e o vosso Sangue, que vou receber, não se tornem causa de juízo e condenação; mas, por vossa bondade, sejam sustento e remédio para minha vida. S: Felizes os convidados para a Ceia do Senhor! Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo. T: Senhor, eu não sou digno de que entreis em minha morada, mas dizei uma palavra e serei salvo. Comunhão Oração depois da comunhão RITO FINAL S: O Senhor esteja convosco. T: Ele está no meio de nós. S: Abençoe-vos Deus todo-poderoso, Pai e Filho e Espírito Santo 289


ORDINÁRIO DA MISSA

T: Amém S: Ide em paz, e o Senhor vos acompanhe. Ou A alegria do Senhor seja a vossa força; Ide em paz, e o Senhor vos acompanhe. Ou Glorificai o Senhor com vossa vida; Ide em paz, e o Senhor vos acompanhe. Ou Em nome do Senhor; Ide em paz, e o Senhor vos acompanhe. T: Graças a Deus.

290


APÊNDICE Magnificat A alegria da alma no Senhor –46 A minha alma engrandece ao Senhor *  47  e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador;  48 –  pois ele viu a pequenez de sua serva, *  desde agora as gerações hão de chamar-me de bendita.  –49 O Poderoso fez por mim maravilhas *  e Santo é o seu nome!  –50 Seu amor, de geração em geração, *  chega a todos que o respeitam;  –51 demonstrou o poder de seu braço, *  dispersou os orgulhosos;  –52 derrubou os poderosos de seus tronos *  e os humildes exaltou; –53 saciou de bens os famintos, *  e despediu, sem nada, os ricos.  –54 Acolheu Israel, seu servidor, *  fiel ao seu amor,  –55 como havia prometido aos nossos pais, *  em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre.  – Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *  Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

291


APÊNDICE

Benedictus Lc 1,68-79 O Messias e seu Precursor –68 Bendito seja o Senhor Deus de Israel, *  porque a seu povo visitou e libertou;  –69 e fez surgir um poderoso Salvador * na casa de Davi, seu servidor,  –70 como falara pela boca de seus santos, *  os profetas desde os tempos mais antigos,  –71 para salvar-nos do poder dos inimigos *  e da mão de todos quantos nos odeiam.  –72 Assim mostrou misericórdia a nossos pais, *  recordando a sua santa Aliança  –73 e o juramento a Abraão, o nosso pai, *  de conceder-nos 74 que, libertos do inimigo,  = a ele nós sirvamos sem temor †  75  em santidade e em justiça diante dele, *  enquanto perdurarem nossos dias.  =76 Serás profeta do Altíssimo, ó menino, †  pois irás andando à frente do Senhor *  para aplainar e preparar os seus caminhos,  –77 anunciando ao seu povo a salvação, * que está na remissão de seus pecados;  –78 pela bondade e compaixão de nosso Deus, *  que sobre nós fará brilhar o Sol nascente, –79 para iluminar a quantos jazem entre as trevas * = e na sombra da morte estão sentados   e para dirigir os nossos passos, *  guiando-os no caminho da paz.  – Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. *  Como era no princípio, agora e sempre. Amém. 292


MÚSICAS EXTRAS

Maria Mãe Aparecida Mãe aparecida Rogai por nós Jovens devotos Os vossos fiéis Confiamos em vós Mãe aparecida Cuidai de nós Vosso Filho Jesus O rei dos reis Ouve tua voz Com a vossa poderosa intercessão Vinde nos dar o abrigo Nos estender a mão Dobramos os joelhos Em vossa presença Recebei o nosso coração Renovais nossa fé Nos ajudais a lutar Para os problemas da vida enfrentar Protegeis os nossos jovens Mãe aparecida Vinde nos guiar Ave Maria (3x) Maria Mãe da juventude

Ave Maria (3x) Maria Mãe do Filho de Deus Seja bem vindo Estamos aqui semelhantes, desiguais, Singulares, tão plurais tantas raças e nações. Cada um de nós,portador de tantos dons, Desejoso de alcançar com você o coração do mundo. Andamos tanto pra chegar. Queremos ouvir e ver de perto. O servo bendito do senhor, Que a frente caminha a nos guiar. Todos os povos lhe recebem, bom pastor Venha nos mostrar-nos o caminho a seguir Sua presença nos motiva com amor e compaixão Fazei discípulos em todas as nações. Pode chegar a casa é sua venha sempre Na mesa posta preparamos seu lugar 293


MÚSICAS EXTRAS

Nossas bandeiras se levantam. Expressão de nossa voz A lhe dizer que é muito bom lhe ter aqui. Seja bem vindo, vem e traga a luz do céu Seja bem vindo, peregrino do amor Seja bem vindo, permaneça entre nós Seja bem vindo, mensageiro do senhor Seja bem vindo, é tão bom lhe ter aqui Seja bem vindo, o Brasil lhe rende a alma, bom pastor Todos os povos lhe recebem, bom pastor

Venha nos mostrar-nos o caminho a seguir Sua presença nos motiva com amor e compaixão Fazei discípulos em todas as nações Pode chegar a casa é sua venha sempre Na mesa posta preparamos seu lugar Nossas bandeiras se levantam expressão de nossa voz A lhe dizer que é muito bom lhe ter aqui A lhe dizer que é muito bom lhe ter aqui A lhe dizer que é muito bom lhe ter aqui

Jovens abençoados Oh...oh... Exemplo de fé no Senhor Entrega total a Deus Deu sua própria vida em louvor As flechas, o sofrimento e a dor Não foram maior que amor Eis que Ele venceu. Refrão Jovens do mundo inteiro Sejam bem vindos ao Rio de Janeiro 294

Jovens com amor no coração Sejam abençoados por São Sebastião (bis) Uma jornada vivida Coragem, fé e atitude O padroeiro pede à sua juventude E venham de todo lugar Jovens de todas as partes Trazendo a cruz de Cristo No peito a missão Refrão


GUIA PARA CONFISSÕES Para se preparar melhor para celebrar bem o Sacramento da Reconciliação e para ter um melhor entendimento da importância desse sacramento, por favor tome um pouco de tempo para refletir com este folheto. Você veio experimentar o perdão e a compaixão do Senhor. É um momento pessoal no seu relacionamento com Deus. Para aproveitar ao máximo seu encontro confessional com Cristo, você deve se preparar bem. Você deve despertar um profundo e verdadeiro arrependimento de seu pecados, como eles ofenderam a Deus que nos ama de maneira infinita, assim como eles ofenderam aos nossos irmãos que precisam tanto de nossa ajuda. Você não deve se prender em recordar todo mínimo pecado – atitudes sérias de pecado vão provavelmente ser recordadas imediatamente, também não se deve perder tempo em arrependimento inútil. Por favor lembre-se que o Sacramento da Reconciliação é acima de tudo um ato de amor de Deus, é um momento pessoal para ser vivido em um relacionamento de amor com Deus. Não é uma rotina (ou uma provação) para se enfrentar, mas uma grande parte da renovação feita por cada pessoa. Você é convidado(a) a entrar na luz do amor de Deus: • para reconhecer os pecados em sua vida • para ter um arrependimento verdadeiro desses pecados • e confirmar a intenção verdadeira de evitá-los no futuro Esses elementos são essenciais para celebrar de maneira correta e significativa o Sacramento. O pecado não é somente uma série de fracassos. É também partilhar do que também é mal: 295


gUIA PARA CONFISSÕES

• descrença, indiferença, egoísmo • violência, desprezo pelos fracos, erotismo • racismo, negligência com os pobres • desejo em excesso pelo dinheiro, desperdício • sentimento de orgulho e superioridade Todo pecado, de uma maneira ou de outra, tem uma dimensão comunitária. Algo que mancha o Corpo de Cristo, que juntos, somos nós. Todo pecado deve despertar em nós sentimentos de um arrependimento humilde e um confiante pedido de perdão. Hoje meu Pai está esperando por mim, eu tenho que retornar a Ele... Então o filho pródigo entrou em si e disse “Eu vou embora deste lugar e vou para meu Pai e direi: ‘Pai, eu pequei contra o céu e contra ti’”. Enquanto ele estava ainda a uma grande distância de casa, seu Pai o viu e ficou comovido de pena. Ele correu ao garoto, pegou-o em seus braços e o beijou. O Pai disse: “Rápido, tragam a melhor veste... este meu filho estava morto e voltou à vida...” (Lucas 15). Nosso Pai Celestial espera por nós da mesma maneira. Seguindo o exemplo do filho pródigo, examine sua consciência sob a luz do Evangelho e descubra quando você se comportou de maneira contrária aos ensinamentos de Nosso Senhor Jesus Cristo em pensamentos, atos e palavras. Jesus disse: “Amarás o Senhor teu Deus com todo o seu coração...” • O meu coração está em Deus, para que realmente O ame acima de todas as coisas? • Eu estou aberto a Sua presença? • Eu escuto as palavras do Evangelho? E aos ensinamentos da Igreja de Cristo? • Qual lugar a oração ocupa em minha vida? • A Eucaristia é o centro da minha vida cristã? 296


gUIA PARA CONFISSÕES

• Eu participo regularmente da missa nos domingos e dias de preceito? • Eu permito que o Senhor seja o Senhor, ou tento eu mesmo ser o Senhor? • Eu me prendo aos meus desejos, minhas vontades e meus jeitos? • Eu tenho amor e reverência pelo nome de Deus? • Eu tenho vergonha de testemunhar a minha fé em Deus no meu dia-dia? • Eu me revolto em carregar a Cruz que Deus me envia? • Eu me volto para Deus quando estou em necessidade? Jesus disse: “Ame o próximo como amas a ti mesmo...” • Eu tenho amor verdadeiro por meus próximos? • Eu sou disposto e passivo a perdoar ofensas? • Eu julgo sem misericórdia em pensamentos e palavras? • Eu falo mal dos outros, calunio ou roubo? • Sou intolerante, invejoso e de temperamento quente? • Eu cuido dos pobres, dos doentes e dos indefesos? • Eu sou sincero e honesto em negócios com os outros? • Eu sou causa de outras pessoas pecarem? • Em minha família, eu contribuo para o bem-estar e a felicidade dos outros com paciência e amor verdadeiro? • Eu exerço minha paternidade/maternidade de acordo com os ensinamentos da Igreja? • Eu respeito o ambiente em que vivo? • Eu procuro o bem-estar dos outros? • Eu penso o suficiente nos menos afortunados? • Eu sou um espectador diante dos problemas dos outros, ou eu tento ajudar? • Eu desprezo os outros de outras crenças, cor ou opinião? • Eu respeito à propriedade alheia? • Eu abusei da propriedade alheia, roubei ou cobicei bens alheios? • Eu perdoo aqueles que pecaram contra mim? • Eu cumpro meus deveres como cidadão? • Eu respeito autoridades legítimas? 297


gUIA PARA CONFISSÕES

Jesus disse: “Sede perfeitos assim como seu Pai Celestial é perfeito” • Eu vivo como um Cristão e dou bons exemplos aos outros? • Eu fui contra a minha consciência por medo ou hipocrisia? • Eu participei em coisas que ofendem tanto a decência cristã quanto a humana? • Eu me importo muito comigo mesmo, minha saúde, meu sucesso? • Eu exagero em matéria comida e bebida? • Eu mantenho minha consciência e meu corpo puros e castos como templo do Espírito Santo? • Eu guardo rancores, desejo vinganças? • Eu partilho meus bens com os menos afortunados? • Eu estou sempre na ofensiva e ajo impacientemente? • Eu uso bem meu tempo? • Eu me permito me perdoar? • Eu procuro ser humilde e trazer a paz? Rito de Reconciliação A Reconciliação pode ser face a face ou anônima, com uma tela entre você e o padre. Escolha a opção que te deixa mais confortável. 1. O padre te dá a benção ou saudação. Ele pode partilhar uma pequena passagem da Escritura. 2. Faça o Sinal da Cruz e diga: “Sua benção padre, pois eu pequei. Minha última confissão foi...” (diga o número de semanas, meses e/ou anos).

298


gUIA PARA CONFISSÕES

3. Confesse todos os seus pecados ao padre. O padre vai ajudá-lo a fazer uma boa confissão. Se você não tiver certeza de como se confessar ou sinta-se desconfortável, peça ajuda para ele e ele o ajudará. Responda as perguntas dele sem esconder nada por medo ou vergonha. Coloque sua confiança em Deus, um Pai misericordioso que quer te perdoar. 4. Após a confissão de seus pecados, diga “Perdão por esses e todos os meus pecados”. 5. O padre lhe atribuirá uma penitência e lhe dará conselhos para ser um melhor católico. 6. Recite o Ato de Contrição, expressando seu arrependimento por seus pecados. O padre, agindo na pessoa de Cristo, então o absolverá de seus pecados Atos de Contrição Ó meu Deus, eu realmente me arrependo por ter Te ofendido, e detesto todos os meus pecados pois mereci a perda do Céu e as dores do inferno, mais ainda mais por eles terem Te ofendido, meu Deus, que sois tão Bom e mereces todo meu amor. Eu me proponho firmemente com a ajuda de sua graça, confessar meus pecados, cumprir a penitência e emendar minha vida. Amém. Ó meu Deus, eu me arrependo de meus pecados com todo o meu coração. Em ter escolhido o caminho errado e falhado em não ter feito o bem, eu pequei com Ti que deves estar acima de todas as coisas. Eu tenho a plena intenção, de com Sua ajuda, não mais pecar e evitar tudo o que me leva a pecar. Amém.

299


COLABORADORES

Vice presidente do COL: Dom Antônio Augusto Dias Duarte Diretores executivos: Padre Arnaldo Rodrigues Padre Leandro Lenin Autores do texto da via sacra: Padre José Fernandes de Oliveira, scj Padre João Carlos Almeida, scj Montagem e tradução: Lucero Ceballos, M. Regnum Christi Bianca Machado de Almeida, M. Regnum Christi Veronica Palacios, M. Regnum Christi Amelia Silva, M. Regnum Christi Elisa Ruiz, M. Regnum Christi Mariana Alves, M. Regnum Christi Padre Guillermo Padilla, LC Marcia Ferreira Marins Christiane Sales Padre Walter Bartnicki, LC Eliezer Gomes do Amaral, M. Vida Cristã Padre Alessandro Magnoni, LC Padre Jude Furlong, LC Padre Daniel Reynolds, LC Irmão Ernesto Simroth Cuevas, LC Design: Gustavo Huguenin (Brasil) Filipe Teixeira (Portugal) Haylia Soares (Brasil) Mariana Taboada (Brasil)

301


COLABORADORES

Canções – autores e compositores: Esperança do Amanhecer (Hino Oficial da JMJ Rio 2013) Padre José Cândido da Silva Kýrie Eléison Rodrigo Lima de Carvalho e Samara Marques Alencar Pereira Comunidade católica Shalom Glória a Deus Daniel Nogueira Comunidade Recado Aleluia Daniel Nogueira Comunidade Recado Ofertório JMJ Enes Gomes, SusanaGomes e Laís Gomes Sanctus Sidney Timbó Comunidade Discipulus Pacis Cordeiro de Deus Cenildo Costa, Helder de Castro e Luciano Machado Comunidade Católica Shalom Tesouro singelo Allison Alves e Marcelo Oliveira Comunidade Recado Tantum Ergo Padre Carlos Henrique Fino ai confinidella terra – “Até os confins da terra” GenRosso Mãe Aparecida Paulo Lima

302

Seja bem vindo Padre Fábio de Melo


"Ide e fazei discípulos entre todas as nações!" (Mt 28, 19)


Jornada Mundial da Juventude www.rio2013.com

Livro Litúrgico JMJ Rio2013 - Português  
Advertisement