Page 1

N.º9

MAIO ­– AGOSTO 2017 REVISTA QUADRIMESTRAL JUNTA DE FREGUESIA DE ALVALADE DISTRIBUIÇÃO GRATUITA

Economia e Inovação

Concurso Sabores de Alvalade promove gastronomia local Economia e Inovação

MOBILIDADE

pp. 02-03

pp. 08-09

A nova vida dos mercados de Alvalade

Entrevista ao presidente da Câmara de Lisboa

CULTURA

Arraial de Santo António está de volta p.12


Editorial

Membros do executivo Presidente André Caldas

A qualidade de vida de um Bairro também é determinada pelo seu dinamismo económico. Em particular, é influenciada pelo dinamismo do seu comércio tradicional. Em Alvalade, sabemos bem disso. Temos um comércio tradicional de grande qualidade, em franco desenvolvimento e modernização.

Vogal Secretário Mário Branco Vogal Tesoureiro José Ferreira Vogais

É no domínio da restauração que mais nos destacamos. Desde a cozinha internacional à gastronomia tradicional portuguesa, existem restaurantes para todos os gostos. Foi isso mesmo que assinalámos no passado mês de abril com o concurso gastronómico “Sabores de Alvalade”. Os restaurantes e pastelarias aceitaram o desafio da Junta de Freguesia e preparámos uma fantástica mostra do que melhor temos para oferecer.

Margarida Afonso Rosa Lourenço Ricardo Varela Pedro Bastos Membros da assembleia Presidente Luís Nazaré – PS

Houve vencedores, com certeza com todo o mérito, mas o mais entusiasmante foi o nível de participação. Certamente esta foi uma aposta ganha e que veio para ficar.

1.º Secretário José Reis – PS 2.º Secretário Valdemar Salgado – PSD

Alvalade prepara-se agora para participar nas Festas da Cidade. Teremos mais uma edição do Arraial, a par dos inúmeros arraiais populares organizados por diversas organizações e coletividades da Freguesia. Haverá festas para todos os gostos, onde não faltarão a sardinha e o manjerico, provando que Lisboa é uma cidade de contrastes e de diversidade. Ficam todos convidados. ●

Vogais Ana Oliveira – PS Joana Medeiro – PS Igor Roçadas – PS Cristina Campos – PS Diogo Carvalhêda – PS Mário Rui Costa – PS Aquino de Noronha – CDU Tiago Magro – CDU

André Caldas

Mariana Teixeira – PSD

Presidente da Junta de Freguesia de Alvalade

Armando Estácio – PSD Diogo Bastos – PSD Maria Manuela Santos – PSD Francisco Bento – PSD Maria Manuela Maia – PSD José Correia – CDS João Morais – BE ÍNDICE: 01 CULTURA

02 ECONOMIA E INOVAÇÃO

06 07 ECONOMIA E INOVAÇÃO

03 ECONOMIA E INOVAÇÃO | ESPAÇO PÚBLICO

08 09 MOBILIDADE

10 SEGURANÇA E PROTEÇÃO CIVIL

04 ESPAÇO PÚBLICO | HIGIENE URBANA E AMBIENTE 11

12 CULTURA

13 BREVES

Propriedade Junta de Freguesia de Alvalade · Direção e Coordenação André Caldas · Redação, Composição e Design Gráfico Junta de Freguesia de Alvalade · Impressão Gráfica VRBL Unipessoal, Lda. · Depósito Legal 380718/17 · Tiragem 18 000 exemplares · DISTRIBUIÇÃO GRATUITA Imagem de capa Junta de Freguesia de Alvalade com base no design original do cartaz Sabores de Alvalade, de Miguel Mimoso Correia.

Junta de Freguesia de Alvalade

Sede: R. Conde de Arnoso, n.º 5-B · 1700-112 Lisboa · Tel.: (+351) 218 428 370 · Fax: (+351) 215 998 395 · geral@jf-alvalade.pt Polo Azinhaga dos Barros: R. Frei Joaquim Santa Rosa de Viterbo, n.º 7 · Tel. (+351) 211 358 612  Polo dos Coruchéus: Cruzamento da R. Alberto de Oliveira com a R. António Patrício · Tel. (+351) 211 358 227 Polo Teixeira de Pascoais: Rua Teixeira de Pascoais, n.º 10 · Tel. (+351) 218 446 609


CULTURA

Centro Cívico Edmundo Pedro inaugurado “Quem melhor do que um profundo democrata para dar o nome a esta casa e, com o seu exemplo, com o seu legado, com a sua memória, inspirar as coletividades que aqui vão habitar”, sustentou o presidente da junta de freguesia, notando que é graças a homens como Edmundo Pedro que podemos hoje “viver de cabeça erguida”. “A minha geração está-lhe profundamente grata”, acrescentou André Caldas. “Devemos muito ao Edmundo e a todos aqueles que lutaram antes do 25 de abril e também depois”, afirmou por sua vez o presidente da Câmara Municipal de Lisboa, recordando as “quatro décadas tão longas e tão negras” que se viveram em Portugal.

Edmundo Pedro, resistente antifascista que “ajudou a construir a liberdade antes e depois do 25 de abril”, foi homenageado pela Junta de Freguesia de Alvalade. Em sua honra foi inaugurado o Centro Cívico Edmundo Pedro, “um espaço de trabalho partilhado para organizações da sociedade civil” que vai funcionar na sede da autarquia, na Rua Conde de Arnoso. Para Fernando Medina, o homenageado é um “homem extraordinário”, “porventura um dos mais corajosos e dos maiores lutadores que tivemos contra o anterior regime e pela democracia e pela liberdade”. “Não poderia haver melhor maneira de comemorarmos o 25 de abril”, rematou o presidente da Câmara Municipal de Lisboa. Já Edmundo Pedro, que foi recebido no centro cívico com aplausos, falou numa homenagem “exagerada”. “Tudo o que eu fiz na vida, e fiz realmente muita coisa, nomeadamente na luta contra o antigo regime, tudo o que eu fiz foi cumprir o meu dever. Mais nada. Nunca senti que tinha feito alguma coisa de especial”, afirmou o homem de 98 anos. Num primeiro momento, vão instalar-se no Centro Cívico Edmundo Pedro a chefia regional da Região de Lisboa e Vale do Tejo da Associação de Escoteiros de Portugal, a Associação para a Defesa e Desenvolvimento do Campo Grande (ADECAM), a Associação Centro Cultural e Desportivo Estrelas São João de Brito e a Associação Cultural e Social de Seniores de Lisboa. ● JUNTA DE FREGUESIA DE ALVALADE · 01


ECONOMIA E INOVAÇÃO ‹ Imagens dos projectos dos mercados de Alvalade: Mercado de Alvalade Norte e Mercado de Levante.

No caso do Mercado de Alvalade Norte, na Avenida Rio da Janeiro, a obra que está a ser executada pela Câmara Municipal de Lisboa, com o acompanhamento da Junta de Freguesia de Alvalade, pretende dar uma nova dinâmica a este equipamento e atrair novos utilizadores.

A nova vida dos mercados de Alvalade O Mercado de Alvalade Norte, um dos mais movimentados e concorridos da cidade, está a ser requalificado e vai ganhar um parque infantil interior e uma zona de estadia. Também o Mercado de Levante, o único na cidade de Lisboa que é montado ao nascer do sol de cada dia e desmontado algumas horas depois, vai ser requalificado e transformado num “Mercado Jardim”. 02 · JUNTA DE FREGUESIA DE ALVALADE

A intervenção em curso inclui a reorganização das bancas existentes, a requalificação dos espaços de uso público (como as instalações sanitárias) e a execução de obras de conservação das fachadas. No interior do mercado vai ser criado um parque infantil, no qual as crianças poderão brincar, enquanto os pais fazem as suas compras. Além disso, vai ser criada uma zona de estadia e alimentação, na qual os visitantes do mercado poderão fazer refeições ligeiras, à base de produtos adquiridos no local. Já o Mercado de Levante, na Rua Antero de Figueiredo, vai ser objeto de uma intervenção que o transformará num “Mercado Jardim”, em que as bancas de venda se irão fundir com o espaço verde contíguo. O projeto, da autoria do arquiteto Rui Mendes, promete dar uma nova vida ao mercado, que este ano celebra o seu 68.º aniversário. A requalificação deste equipamento, “dignificando o espaço e o respetivo usufruto do espaço público envolvente”, foi uma das propostas vencedoras do Orçamento Participativo da Câmara de Lisboa, entidade que delegou na Junta de Freguesia de Alvalade a execução da obra. ●


ECONOMIA E INOVAÇÃO | ESPAÇO PÚBLICO

Crianças aprendem os benefícios de uma alimentação saudável O Vamos Todos ao Mercado mudou-se para Alvalade. Desde o início de maio, este projeto de educação alimentar desenvolvido pela Câmara Municipal de Lisboa e orientado por nutricionistas funciona no Mercado de Alvalade Norte.

Este projeto destina-se aos alunos do jardim-de-infância da rede pública de Lisboa e aos alunos do 3.º e do 4.º ano do 1.º ciclo das escolas da cidade. O seu objetivo é sensibilizar os participantes para a importância de uma alimentação adequada e, ao mesmo tempo, promover os mercados como espaços onde a oferta é essencialmente constituída por alimentos saudáveis.

Espaços no Bairro de São Miguel requalificados

A Junta de Freguesia de Alvalade acompanhou a participação de um grupo de 20 alunos do pré-escolar neste projeto. Depois de assistirem a um teatro de fantoches, as crianças visitaram o mercado, onde tiveram a oportunidade de observar de perto as diversas bancas e os produtos aí comercializados e de contactar com os comerciantes. ●

A Junta de Freguesia de Alvalade promoveu a requalificação do Jardim da Rua António Ferreira, junto à Escola Básica do Bairro de São Miguel. Com esta intervenção, os moradores do bairro e as crianças que frequentam a escola e os seus familiares ganharam um agradável espaço de estadia, equipado com mesas e cadeiras. Os animais de companhia não foram esquecidos: neste espaço verde há agora um bebedouro que inclui uma saída de água para cães. No local existe também um dispensador, do qual os donos dos animais podem retirar sacos para recolher os dejetos dos seus canídeos. Na vizinha Praça Francisco de Morais, a autarquia realizou uma outra intervenção, que permitiu que a fonte existente no centro da praça voltasse a funcionar. Já na Praça Gonçalo Trancoso, os bancos de jardim existentes foram pintados, numa ação de voluntariado de um grupo de trabalhadores da empresa Hall City. ● JUNTA DE FREGUESIA DE ALVALADE · 03


Espaço Público Higiene Urbana e Ambiente

Logradouros da Rua Mem de Sá em obra

A obra de requalificação dos logradouros dos edifícios da Cooperativa Unidade do Povo e 25 de Abril, junto à Rua Mem de Sá, já teve início. Esta intervenção, a cargo da Junta de Freguesia de Alvalade, pretende transformar as zonas expectantes existentes em zonas de lazer e de estadia, das quais os residentes possam usufruir. O projeto que está a ser executado no local inclui a instalação de novo mobiliário urbano e de equipamentos de jogo. A recuperação dos caminhos pedonais será também concretizada, para permitir uma circulação confortável dos utilizadores pelo espaço, juntamente com a criação de novas áreas verdes e com a plantação de diversas espécies arbustivas e arbóreas. ●

Beatas no chão? Em Alvalade não Com o objetivo de evitar a deposição de beatas nas ruas, a Junta de Freguesia de Alvalade está a pôr em prática uma iniciativa que contempla a distribuição de cinzeiros para os comerciantes colocarem à porta dos seus estabelecimentos. A entrega dos primeiros 25 cinzeiros ocorreu no início de fevereiro. 04 · JUNTA DE FREGUESIA DE ALVALADE

Nesta primeira fase foram abrangidos cafés e restaurantes localizados em oito artérias dispersas por toda a freguesia. Este projeto não representa qualquer encargo para os comerciantes, que ao receber os cinzeiros assumem a responsabilidade de os acondicionar no interior dos estabelecimentos durante o horário de fecho e de promover a sua limpeza. Depois desta fase piloto, é intenção da autarquia alargar este projeto, por forma a abarcar mais comerciantes, de diferentes ruas de Alvalade e de ramos de atividade. À autarquia têm chegado várias manifestações de interesse nesse sentido. ●


CONCERTOS AO ENTARDECER

FESTIVAL DE VERÃO

2 JUNHO 18H

// Coro Emotion Voices // Coro Audite Nova de Lisboa Local: Logradouros Av. EUA entre os n.os 12 e 20

23 JUNHO 18H

// Coro LNEC Local: Jardim da Rua Teixeira de Pascoais

30 JUNHO 17h

// Associação Musical Lisboa Cantat // Coro ADECAM // Orquestra do Círculo de Música de Câmara Local: Logradouros da Rua Mem de Sá Mais informações: www.jf-alvalade.pt

Organização:

Apoios:


Economia e Inovação

Restaurante O Luís

Restaurante Barrosã

Restaurante Borges

Real Pão de Ló

Concurso PROMOVE gastronomia LOCAL

A edição inaugural do concurso gastronómico “Sabores de Alvalade”, que se realizou entre os dias 1 e 24 de abril, cumpriu com distinção aquele que era o seu principal objetivo: promover e valorizar o comércio local e a oferta gastronómica da freguesia. ilustrações do cartaz original de Miguel Mimoso Correia

06 · JUNTA DE FREGUESIA DE ALVALADE


Economia e Inovação

1.oº Prémio da categoria Prato Tradicional:

2.oº Prémio da categoria Prato Tradicional:

ROJÕES À MINHOTA COM PAPAS DE SARRABULHO

POSTA BARROSÃ

Rua Luís Augusto Palmeirim, 11 D

3.oº Prémio da categoria Prato Tradicional:

1.oº Prémio da categoria DOCE:

BACALHAU Assado à Lagareiro Restaurante BORGES

Rua Dr. João Soares, 6 A

“Temos uma restauração muito poderosa e ela soube afirmar-se à altura do desafio, com bastante qualidade, com muito gosto”, afirmou o presidente da Junta de Freguesia de Alvalade. Com esta iniciativa, sublinhou André Caldas, a autarquia e os estabelecimentos comerciais que aderiram a este desafio “mostraram aquilo que nós todos, os que nasceram e cresceram aqui ou os que aqui vivem, já sabemos há imenso tempo e não precisávamos que nos dissessem: que esta é a melhor freguesia da cidade de Lisboa”. “Com toda a certeza que agora vão querer vir todos aqui comer os maravilhosos pratos, provar os maravilhosos doces que tivemos a oportunidade de experimentar”, acrescentou o presidente da Junta de Freguesia de Alvalade.

Restaurante BARROSÃ

Restaurante O Luís · Rua José Duro, 29 B

Nesta primeira edição do concurso foram 28 os restaurantes e pastelarias, dispersos por toda a freguesia, que aceitaram o desafio de participar. A população aderiu a esta iniciativa com grande entusiasmo e também os comerciantes mostraram um significativo empenho na divulgação do concurso e na promoção dos seus pratos e doces junto dos clientes. Os pratos tradicionais foram avaliados por um júri, que teve em conta a apresentação do prato, a criatividade por ele revelada, o seu sabor, a combinação dos ingredientes e a higiene do espaço de refeições e da cozinha. “Foi uma árdua tarefa” escolher os melhores de entre “os pratos que a maravilhosa restauração de Alvalade pôs a concurso”, confessou o presidente da Junta de Freguesia de Alvalade, que foi um dos jurados.

PÃO DE LÓ

REAL PÃO DE LÓ Rua Conde de Sabugosa, 2

Já a difícil decisão sobre aquele que é o melhor doce de Alvalade foi tomada pelo público, que pôde votar no seu favorito através do envio de um SMS gratuito. Ao todo registaram-se mais de 1300 votos nos 24 doces que estavam em prova. Todos os vencedores receberam vales de compras, de valores diferenciados, para utilizar no Mercado de Alvalade Norte e no Mercado de Levante. Foram ainda entregues diplomas aos participantes, numa cerimónia aberta ao público que se realizou no auditório do Centro Cívico Edmundo Pedro. A condução da entrega de prémios, que mobilizou muitos comerciantes e empresários do setor da restauração, foi assegurada pelo apresentador Francisco Mendes. Durante o evento, os participantes puderam usufruir de uma prova de vinhos, proporcionada pela ValeDiVino. ● JUNTA DE FREGUESIA DE ALVALADE · 07


MOBILIDADE

“Há mais de sete anos que a Carris não tinha um cêntimo de investimento” Entrevista a Fernando Medina, presidente da Câmara Municipal de Lisboa fotografia Luís Filipe Catarino

A passagem da Carris para a Câmara Municipal de Lisboa foi uma boa notícia para a cidade? Sem dúvida. Há mais de sete anos que a Carris não tinha um cêntimo de investimento. Perdeu motoristas e os autocarros e elétricos existentes não chegam para as necessidades. Para que se perceba bem o que aconteceu, para preparar uma privatização que felizmente nunca teve lugar, a Carris em 2011 fez 42 milhões de quilómetros de viagens e em 2015 não fez mais de 29 milhões. Para trazermos as pessoas de volta temos de tornar o transporte público mais barato e ter mais autocarros a circular. É esse o nosso plano para os próximos três anos. Uma das mudanças já introduzidas foi a redução dos preços dos passes dos idosos e a introdução da gratuitidade para as crianças até aos 12 anos. Que importância tem esta medida? De 2011 a 2015, os vários transportes de Lisboa perderam 100 milhões de passageiros.

08 · JUNTA DE FREGUESIA DE ALVALADE


MOBILIDADE Ora, a única forma de melhorar a circulação dentro da cidade é termos menos carros e mais transporte - com os naturais ganhos em qualidade de vida, ambiente e saúde pública – e para isso precisamos de ter preços mais baratos do que o carro individual. Um exemplo apenas. Antes de a Câmara tomar posse da Carris, a 1 de fevereiro, uma família com duas crianças até aos 12 anos pagava 148 euros pelo navegante Urbano. Agora, paga 74. É a diferença entre ser mais caro andar de transporte ou, como agora acontece, muito mais barato. Os resultados dizemnos isso mesmo. Em apenas dois meses, o número de idosos com passe social aumentou 40% e o de crianças até aos 12 anos mais do que duplicou. Estou certo que, até ao fim do ano, estes números vão ser ainda mais significativos. Que outras melhorias podem os lisboetas esperar? O segundo passo, depois de alterado o tarifário, é contratar mais 220 motoristas e comprar 250 novos autocarros. Como disse, os meios humanos e físicos da Carris estão no osso e é preciso investir. É esse o nosso compromisso. Ao longo dos próximos três anos temos 60 milhões de euros para modernizar a Carris. Não vai ser de um dia para o outro, pois os prazos de contratação têm o seu tempo, mas vamos lançar os concursos públicos já nas próximas semanas. À margem do reforço da frota, que é essencial, vamos introduzindo novas medidas para melhorar o serviço. É o caso do wifi gratuito, uma medida já em teste no elétrico 15, mas que será estendido a todos os autocarros e elétricos ainda este ano. Também foi anunciada a criação de 21 novas linhas de autocarro, para servir os bairros de Lisboa. Como é que estas linhas vão funcionar? A Rede de Bairros é uma das novas apostas da Carris. Foi pensada e desenhada para facilitar as pequenas deslocações e a mobilidade e vida dentro do bairro, passando

sempre pelos mercados, centros de saúde, farmácias, escolas de cada bairro e principais eixos de transporte. A freguesia de Alvalade vai receber uma dessas novas carreiras, mal tenhamos os autocarros e motoristas necessários para essa expansão. É um passo importante para facilitar a mobilidade de uma freguesia como esta, com bastantes escolas, estações do metro e um centro de saúde que serve uma área bastante extensa. Uma outra mudança anunciada é a introdução em Lisboa de uma rede de bicicletas partilhadas. Que relevância tem esta medida? Quanto mais alternativas tivermos para circular na cidade melhor. A Câmara não quer obrigar ninguém a andar de bicicleta, mas, dotando a cidade de condições para a circulação em segurança, estou certo que teremos mais pessoas a optar

por meios suaves de mobilidade, como a bicicleta. Aliás, é o que já vemos na Avenida da República e Fontes Pereira de Melo. O teste piloto das bicicletas partilhadas começa agora no Parque das Nações, mas a ideia é ter o serviço a funcionar a 100% já este verão. Para quem tiver o passe social, o preço anual será quase simbólico, permitindo uma integração entre diversas formas de mobilidade. Alvalade será a zona da cidade com o maior número de estações, 33, permitindo uma ligação bastante simples à zona das Avenidas Novas, principais faculdades da cidade ou ao Lumiar. ●

“Para trazermos as pessoas de volta temos de tornar o transporte público mais barato e ter mais autocarros a circular. É esse o nosso plano para os próximos três anos.”


Segurança e Proteção Civil

Junta desenvolve Plano Local De Emergência de Alvalade A Junta de Freguesia de Alvalade desenvolveu o Plano Local de Emergência para a freguesia, instrumento que pretende garantir a segurança e proteção, no âmbito de uma resposta eficaz perante uma situação de acidente grave ou catástrofe que ocorra no seu território. Este plano articula-se com o Plano Municipal de Emergência de Lisboa.

O documento pode ser consultado no site da Junta de Freguesia de Alvalade, no endereço www.jf-alvalade.pt 10 · JUNTA DE FREGUESIA DE ALVALADE

O Plano Local de Emergência assenta no pressuposto de que, em situações de catástrofe, as primeiras medidas de socorro são desenvolvidas pelas comunidades locais. Nesses casos, a direção e coordenação operacional das ações será assegurada pelo chamado Centro de Operações de Emergência (COE), o qual é dirigido pelo Presidente da Junta de Freguesia de Alvalade e inclui os coordenadores dos grupos de Operações, Logística e Comunicações. Nestes grupos, está prevista a integração de elementos da população que residam e/ou trabalhem na freguesia, bem como entidades da freguesia, de acordo com as suas caraterísticas e conhecimentos. Os grupos darão apoio à população no âmbito da distribuição de alimentos e bens de primeira necessidade, prestarão a informação necessária no território da freguesia e promoverão a segurança de pessoas e bens, sempre sob direção do COE. Caso queira envolver-se neste projeto como voluntário, essa vontade deve ser manifestada à autarquia através do endereço geral@jf-alvalade.pt, ou nos locais de atendimento da Junta de Freguesia. Com vista à implementação do Plano Local de Emergência, serão promovidas formações ministradas pela Proteção Civil Municipal, que incluem formação com exercícios, após as quais serão efetuados simulacros. No âmbito deste instrumento, foram também definidos os pontos da freguesia em que deve concentrar-se a população em situação de emergência. ●


Cultura

Jogo levou participantes à descoberta de Alvalade Foi um sucesso o jogo “Conhecemos bem a freguesia de Alvalade?”, que se realizou no dia 22 de abril. Aventureiros de todas as idades aceitaram o convite da Junta de Freguesia de Alvalade para resolver uma série de desafios enquanto percorriam as ruas da freguesia.

O jogo começou junto ao Mercado de Levante, no Bairro das Estacas, e terminou no Mercado de Alvalade Norte, onde um desafio final aguardava os participantes. Pelo caminho houve tempo para visitar alguns dos principais pontos de interesse da freguesia e para ficar a conhecer melhor as suas ruas, estabelecimentos comerciais e equipamentos. Houve até quem aproveitasse para fazer algumas compras ou usufruir de uma refeição no comércio local, no decurso desta atividade. Nos diversos pontos de paragem, os jogadores foram convidados a resolver desafios que puseram à prova a sua capacidade de raciocínio e sentido de observação, já para não dizer a sua audição e olfato. Aos participantes nesta espécie de peddy paper que na verdade não o era foi entregue um passaporte, no qual se dava a conhecer uma curiosidade sobre cada um dos parceiros que aceitaram fazer parte desta iniciativa. Os sorrisos dos participantes na conclusão do jogo, registados para a posteridade numa série de fotografias e no vídeo que pode ser visto na página da Junta de Freguesia de Alvalade no Facebook, mostram bem como esta foi uma manhã divertida e bem passada. ● JUNTA DE FREGUESIA DE ALVALADE · 11


CULTURA ENTREVISTA

Arraial de Santo António está de regresso Os Santos Populares vão ser mais uma vez assinalados na freguesia de Alvalade, com um arraial onde não faltarão as tradicionais sardinhas e a boa e muito variada música portuguesa. Depois de no ano passado se ter realizado na Praça de Alvalade, junto à emblemática estátua de Santo António, este ano o arraial vai acontecer no Estádio 1.º de Maio, da Fundação INATEL. + info e programação www.jf-alvalade.pt

Esta iniciativa da Junta de Freguesia de Alvalade vai realizar-se entre os dias 9 e 18 de junho, das 17h às 24h à segunda, quarta e sexta-feira, das 12h às 22h30 ao domingo, terça e quinta-feira e das 12h às 24h ao sábado. A entrada no recinto será feita pela Rua Silva e Albuquerque. Neste arraial vai ser possível usufruir de uma refeição e assistir às atuações de alguns dos clubes desportivos da freguesia. Esta edição ficará também marcada por uma forte aposta na componente musical: ao longo dos dias pelos quais se prolonga esta iniciativa será possível assistir, de forma gratuita, a concertos de vários artistas e bandas de renome. Os primeiros a pisar o palco, no dia 9 de junho, serão os Cais do Sodré Funk Connection. Dia 12 a animação será assegurada pelo Dj Rui Tomé, no dia 14 pelos Groove Mood e no dia 15 pela Fenix Band. No dia 16 o palco é dos Los Cavakitos e no dia seguinte o fado faz-se ouvir, pela voz de Joana Amendoeira. As crianças também não foram esquecidas: no dia 11 de junho o Avô Cantigas promete fazer as delícias dos mais novos, a partir das 18h. Por isso já sabe: marque as datas do Arraial de Santo António em Alvalade na sua agenda e venha daí comemorar os Santos Populares num local resguardado da confusão e aberto a toda a família. ●

12 · JUNTA DE FREGUESIA DE ALVALADE


BREVES

Em breve na freguesia Todos os sábados, 9h às 14h, Parque de Jogos 1.º de Maio:

Bio d’Aqui Mercado Biológico

Freguesia recebeu competições de rugby

Novos sistemas de rega instalados

A freguesia de Alvalade recebeu, no primeiro fim de semana de abril, a sexta edição da International Bulldog Rugby Cup. Promovido pelo Clube de Rugby São Miguel, este evento realizou-se no Estádio 1.º de Maio, da Fundação INATEL, e contou com o apoio da Junta de Freguesia de Alvalade. Na semana seguinte, Alvalade recebeu uma outra competição da modalidade: a nona edição do Rugby Youth Festival Portugal 2017, que se realizou no Estádio Universitário e que também teve a autarquia como parceira. ●

A Junta de Freguesia de Alvalade está a instalar novos sistemas de rega automática em vários espaços verdes do seu território. A Rua Paul Harris, a Rua Mem de Sá, a Rua Dom Pedro Cristo e os canteiros no cruzamento da Avenida de Roma com a Avenida do Brasil são algumas das localizações já abrangidas por esta ação. ●

Último sábado de cada mês, 11h às 19h, Garagem GoPark Alvalade: Hype Market Último domingo de cada mês, 10h às 18h, Museu de Lisboa – Palácio Pimenta: Mercado Get Zen 3 de junho, 15h, Biblioteca Manoel Chaves Caminha: Encontro com

Escritores – Ana Margarida de Carvalho 7 de junho, 14h30 às 17h30, Biblioteca dos Coruchéus:

Oficina de origami para adultos Até 18 de junho, 10h às 18h (de terça-feira a domingo), Museu de Lisboa – Palácio Pimenta:

Exposição “A Lisboa que Teria Sido”

Helena Marujo na estreia do Alvalade Happy

Equipamentos de fitness na Rua Francisco Franco A Junta de Freguesia de Alvalade promoveu a requalificação do jardim da Rua Francisco Franco, junto ao início da Avenida Dom Rodrigo da Cunha. Este espaço verde dispõe agora de vários equipamentos de fitness, nos quais é possível praticar exercício ao ar livre, e de mesas e cadeiras que convidam a uma refeição no espaço público. ●

“Afinal, o que é isto da felicidade?” foi o mote para a conversa com a psicóloga Helena Marujo, escritora, formadora e co-coordenadora do Executive Master em Psicologia Positiva Aplicada do Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas, que aconteceu no dia 17 de abril. Com esta iniciativa a Junta de Freguesia de Alvalade deu início a um ciclo de conversas a que chamou “Alvalade Happy”. Em breve haverá novas sessões. ●

Até 30 de junho, 10h às 18h (de terça-feira a domingo), Museu Bordalo Pinheiro:

Exposição “Lisboa de Bordalo” 1 de julho, 15h, Biblioteca Manoel Chaves Caminha: Encontro com

Escritores – Leonoreta Leitão 15 de julho, 15h às 22h, Jardins do Bairro das Estacas: Ao Ar Livre 2017 1 de setembro, 21h30, Bairro de São João de Brito: Topografias

Imaginárias, visionamento dos filmes “O Descobrimento do Brasil” e “O Caso J.”

Comissão Social realizou VI Sessão Plenária A Comissão Social da Freguesia de Alvalade reuniu-se para a sua VI Sessão Plenária, no Auditório da Faculdade de Farmácia, no final de março. As novas adesões à comissão, que tem vindo a crescer desde que foi formada em janeiro de 2015 e que atualmente congrega 90 entidades e 11 personalidades, e o ponto de situação dos seus grupos de trabalho foram alguns dos pontos da ordem de trabalhos. ●

25 de abril assinalado nas escolas A Junta de Freguesia de Alvalade assinalou uma vez mais o dia 25 de abril nas escolas públicas do pré-escolar e do 1.º ciclo no seu território. Este ano foram distribuídas sementes de cravo vermelho, num desafio às crianças e às suas famílias para que também elas possam “semear a liberdade”. Cada aluno do 4.º ano recebeu ainda um livro alusivo à data. ●

www.facebook.com/jfalvalade

JUNTA DE FREGUESIA DE ALVALADE · 13


N.º 9 Revista Alvalade  

Revista quadrimestral da Junta de Freguesia de Alvalade - n.º 9 (maio - agosto 2017)

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you