Page 1

INFOMAIL

CULTURA

Biblioteca Manoel Chaves Caminha: um equipamento a (re)descobrir pp. 04-05

N.º16

ABRIL › JUNHO 2019 REVISTA TRIMESTRAL JUNTA DE FREGUESIA DE ALVALADE DISTRIBUIÇÃO GRATUITA

DESPORTO

DIREITOS SOCIAIS

ENTREVISTA

p. 02

p. 03

pp. 06-07

Novo campo de rugby na freguesia

Comissão Social já está na Internet

Aquilino Machado e a sua paixão por Alvalade


José António Borges Presidente da Junta de Freguesia de Alvalade

MEMBROS DO EXECUTIVO Presidente José António Borges – PS Vogal Secretário José Alberto Reis – PS Vogal Tesoureiro José Ferreira – PS Vogais Margarida Afonso – PS Mário Branco – PS Ricardo Varela – PCP Pedro Bastos – PCP MEMBROS DA ASSEMBLEIA Presidente Luís Nazaré – PS 1.º Secretário Igor Roçadas – PS 2.º Secretário Joana Medeiro – PS Vogais Rosa Lourenço – PS Diogo Carvalhêda – PS André Bernardo – PS Rita Teixeira – PS Mário Costa – PS Ana Gouveia – PCP Aquino de Noronha – PCP Catarina Ferreira e Silva – PSD António Prôa – PSD José Moreira da Silva – PSD Sara Luísa Santos -– PSD Francisco Camacho – CDS Abel Matos Santos – CDS Ana Costenla – CDS José dos Santos Correia – CDS Afonso Moreira – BE

EDITORIAL Em Alvalade, a primavera chega sempre mais cedo e este ano não foi exceção. Os nossos jardins e o nosso espaço público permanecem limpos e cuidados, com o trabalho e dedicação de todos. Apesar deste esforço contínuo, as severas privações de água que se avizinham, com o país a regressar a um regime de seca, obrigam-nos a tomar medidas de poupança generalizadas e, por isso, comunicámos já algumas restrições. Peço, naturalmente, a compreensão de todos. Deste número da nossa revista permitam-me destacar a notícia da reabertura da Biblioteca Manoel Chaves Caminha. Com as obras de requalificação, dotámos o espaço das necessárias condições de acessibilidade e demos-lhe o conforto técnico e material necessário para um usufruto digno. Com esta reabertura, lançámos também uma agenda audaciosa que é demonstrativa do nosso empenho com a Cultura em Alvalade. Teremos, nomeadamente, encontros com escritores. Começou já com Luísa Ducla Soares e, no próximo mês, teremos Maria Teresa Horta. Teremos os sábados de manhã para as famílias, com as epopeias contadas às crianças, começando com os clássicos gregos e viajando até à nossa Peregrinação. A Comunidade de Leitores, promovida pelo nosso freguês Gonçalo M. Tavares, também já começou e demonstrou ser um sucesso. Mas o nosso compromisso com a Cultura não se fica por aqui. Já em maio teremos mais uma edição da Capital da Leitura, este ano dedicada ao nosso ilustre freguês Aquilino Ribeiro. Desde um colóquio científico sobre a sua obra, na Biblioteca Nacional, até uma exposição dos trabalhos de Benjamin Rabier que ilustram o Romance da Raposa, passando por apresentações de livros, exposições bibliográficas, descerramento de uma placa e dum mural na Travessa Henriques Cardoso, será uma semana intensa que, no fundo, mais não fará que continuar a dar o mote duma Alvalade Cultural. Quanto ao mais, convido-vos a folhear a revista. Entre o que já fizemos e o muito que se avizinha, algumas páginas sobre o melhor Bairro da cidade. ●

FICHA TÉCNICA:

JUNTA DE FREGUESIA DE ALVALADE:

Propriedade: Junta de Freguesia de Alvalade

Serviços Centrais: Largo Machado de Assis, S/N T: (+351) 218 428 370 | F: (+351) 215 998 395 geral@jf-alvalade.pt Polo Avenida Rio de Janeiro: Biblioteca Manoel Chaves Caminha Avenida Rio de Janeiro, n.º 30-A T: (+351) 218 428 370 Polo Azinhaga dos Barros: Pavilhão Municipal da Freguesia de Alvalade Rua Mem de Sá, S/N | T: (+351) 218 428 370

Direção e Coordenação: José António Borges Redação, Composição e Design Gráfico: Junta de Freguesia de Alvalade Impressão: Gráfica VRBL Unipessoal, Lda. Depósito Legal: 380718/19 Tiragem: 17 800 exemplares DISTRIBUIÇÃO GRATUITA Fotografia de capa: Junta de Freguesia de Alvalade

ÍNDICE: 01 CULTURA 02 DESPORTO 03 DIREITOS SOCIAIS 04

05 CULTURA

06

07 ENTREVISTA

08 SEGURANÇA 09 BREVES


CULTURA

ALVALADE EM FÉRIAS REGRESSA, COM MUITAS NOVIDADES Como não podia deixar de ser, o Alvalade em Férias, que ano após ano tem proporcionado a centenas de crianças a possibilidade de usufruírem de duas semanas de praia e de várias atividades culturais e desportivas, está de volta. Procurando melhorar continuamente esta oferta à população, a Junta de Freguesia introduziu várias alterações no programa. O alargamento da idade dos participantes é uma dessas alterações: este ano, poderão participar crianças e jovens com idades entre os seis e os 14 anos. Até aqui, recorde-se, a idade limite dos participantes estava fixada nos 12 anos. Outra novidade na edição de 2019 é a criação de um terceiro turno, a juntar aos dois habituais, o que permitirá

As inscrições para o Alvalade em Férias Crianças e Jovens, que este ano deverão ser realizadas através da Internet, decorrem entre os dias 22 de abril e 3 de maio. que mais fregueses tenham a oportunidade de beneficiar deste programa de ocupação de tempos livres durante as férias escolares. Esses turnos vão acontecer nas seguintes datas: de 24 de junho a 5 de julho, de 8 a 19 de julho e de 22 de julho a 2 de agosto. Mas há mais: este ano, as inscrições deverão ser realizadas na Internet, através do site da Junta de Freguesia de Alvalade. Com esta medida pretende-se facilitar o processo, sendo certo que quem precisar de apoio na submissão da candidatura poderá dirigir-se a um polo de atendimento. No preenchimento da inscrição, cada pessoa deverá indicar o turno da sua preferência e o local de partida do autocarro que mais lhe convém: Centro Cívico Edmundo Pedro (Rua Conde de Arnoso), Campo Grande (junto ao n.º 28) ou Jardim da Quinta dos Barros (Rua Joaquim Rocha Cabral). As inscrições terão lugar entre os dias 22 de abril (a partir das 10 horas) e 3 de maio. As vagas, como é habitual, são limitadas e serão atribuídas por ordem de registo e de acordo com um conjunto de prioridades previamente definidas. ● JUNTA DE FREGUESIA DE ALVALADE · 01


DESPORTO

COMPLEXO DESPORTIVO S. JOÃO DE BRITO DEVOLVIDO À POPULAÇÃO Alvalade viveu um dia histórico, com a há muito ansiada reabertura do Complexo Desportivo Municipal de São João de Brito, na Avenida do Brasil. A inauguração do campo de rugby e da requalificação do edificado do complexo, que passará a ser a casa do Clube de Rugby São Miguel, foi vivida em ambiente de grande festa, pelas centenas de pessoas que por lá passaram. Ao longo de todo o dia, houve música, animação para os mais novos, desporto para todas as idades e muitos momentos de convívio e boa disposição. A cerimónia contou com a presença do presidente da Junta de Freguesia de Alvalade, José António Borges, do presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina, e do presidente do Clube de Rugby de São Miguel, Miguel Teixeira, entre outras individualidades.

excecional, naquilo que são as suas práticas desportivas, mas também naquilo, e isto é muito significativo, que são as responsabilidades sociais de todos”.

“É uma honra e um privilégio estar aqui no dia da inauguração deste complexo desportivo. É certamente um dos dias mais felizes deste mandato”, afirmou na ocasião o presidente da Junta de Freguesia de Alvalade.

O presidente da Junta de Freguesia destacou também a importância que a reabertura do equipamento municipal na Avenida do Brasil tem para o vizinho Bairro de São João de Brito. “Este dia marca a primeira face visível da reabilitação de todo o bairro”, sublinhou, acrescentando que “este complexo desportivo terá um grande valor” para essa área residencial de Alvalade.

Ao Clube de Rugby São Miguel, que nos termos do Contrato-Programa de Desenvolvimento Desportivo firmado com a autarquia irá assegurar a gestão do complexo desportivo, José António Borges deixou uma palavra especial: “a Junta de Freguesia de Alvalade tem visto no Clube de Rugby São Miguel um parceiro

O contrato-programa já mencionado prevê a cedência do uso e da utilização das diversas instalações e equipamentos que compõem o complexo desportivo a associações, clubes, estabelecimentos de ensino e outras instituições públicas localizadas na freguesia, ou que se encontrem na sua área de influência. ●

02 · JUNTA DE FREGUESIA DE ALVALADE


DIREITOS SOCIAIS

COMISSÃO SOCIAL GANHOU UMA MORADA NA INTERNET Acompanhar a atividade da Comissão Social de Freguesia de Alvalade e das entidades que a compõem é agora mais fácil. Respondendo àquela que era uma antiga ambição dos membros da Comissão Social de Freguesia de Alvalade (CSFA), esta entidade dispõe agora de um site. Esta plataforma de comunicação está aberta a todos os interessados, que poderão ficar a par da atividade da CSFA e das entidades que a integram no endereço http://csfa.jf-alvalade.pt. Nesse site, poderá encontrar alguns apontamentos sobre a história e a missão da comissão, criada no início de 2015. Aí, poderá também ficar a par da composição do Núcleo Executivo, núcleo que é composto por cinco entidades e que tem a responsabilidade de assegurar os atos internos indispensáveis à dinamização da CSFA. Também os grupos de trabalho da comissão têm uma área própria, na qual é possível consultar a sua razão de ser, o seu plano de atividades e a listagem dos seus membros. Os documentos mais relevantes da CSFA – como atas das sessões plenárias, legislação e regulamentos – estão disponíveis para consulta. Finalmente, este site dispõe de um Fórum, de acesso reservado aos membros da CSFA, no qual estes poderão trocar informações sobre diversos temas

de interesse comum. Este fórum constituirá seguramente um importante instrumento de trabalho e de partilha para todos aqueles que diariamente trabalham para colocar em prática a máxima da comissão: “Empreender, Inovar e ser Solidário/a”. ●

Junta disponibiliza Balcão Virtual Já conhece o Balcão Virtual da Junta de Freguesia? Este espaço reúne um conjunto de serviços que podem ser realizados na Internet, tornando desnecessária em algumas das situações a deslocação aos polos de atendimento da autarquia. Comodamente, a partir do seu computador, pode aceder a funcionalidades como pedidos de atestados, licenciamento zero, pedidos de apoio a atividades, atendimento social, licenciamento de canídeos e pedidos de intervenção, entre outros. No endereço https://balcao.jf-alvalade.pt/ pode ainda submeter requerimentos, aceder a formulários e solicitar audiências. JUNTA DE FREGUESIA DE ALVALADE · 03


CULTURA

BIBLIOTECA MANOEL CHAVES CAMINHA REABRIU COM OFERTA RENOVADA

A biblioteca localizada na Avenida Rio de Janeiro foi requalificada e aguarda a sua visita, de segunda-feira a sábado.

A Biblioteca Manoel Chaves Caminha reabriu ao público a 23 de março, dia que ficou marcado por um rico e muito participado programa de atividades, para diversos públicos. Neste dia especial, passaram por este equipamento da Junta de Freguesia de Alvalade os escritores Luísa Ducla Soares, Hélia Correia e Gonçalo M. Tavares, bem como o músico Daniel Completo e o jornalista José Mário Silva.

O dia prosseguiu com um Encontro com Escritores, conduzido pelo jornalista José Mário Silva. Ao seu lado sentou-se Hélia Correia, autora de obras como “A Terceira Miséria”, “Lilias Fraser” e “Adoecer”. A escritora, que se confessou “muito avessa a atos públicos e exposições”, encantou a plateia com várias histórias, nomeadamente da sua infância, passada em Mafra.

O dia começou bem cedo, com uma sessão para as crianças de Alvalade e para as suas famílias. Aqui, os participantes tiveram a oportunidade de ouvir, pela voz de Daniel Completo, uma série de músicas da autoria de Luísa Ducla Soares. “O Jantar dos Animais” e “A rainha Dona Urraca e a sua vaca” foram apenas alguns dos temas interpretados, temas que as crianças e os adultos acompanharam com grande entusiasmo e alegria.

Já ao fim da tarde, a biblioteca acolheu a primeira sessão da Comunidade de Leitores de Alvalade, conduzida por Gonçalo M. Tavares, escritor residente na freguesia. Esta comunidade irá reunir-se a cada dois meses, para falar sobre um conjunto de “clássicos modernos” da literatura, como “O Processo”, de Franz Kafka (em julho), e “Admirável Mundo Novo”, de Aldous Huxley (em setembro).

04 · JUNTA DE FREGUESIA DE ALVALADE


CULTURA

A reabertura da Biblioteca Manoel Chaves Caminha, originalmente inaugurada em novembro de 1997, contou com a presença do presidente da Junta de Freguesia de Alvalade, José António Borges, e do presidente da Assembleia de Freguesia de Alvalade, Luís Nazaré. Na ocasião, José António Borges notou que a requalificação, agora concluída, da biblioteca “faz parte de um projeto mais alargado da Junta de Freguesia de Alvalade de valorização dos elementos culturais e educativos”. “O dia de hoje marca o ritmo daquilo que será o nosso projeto cultural, educativo e recreativo para este espaço”, afirmou também o presidente da autarquia, que fez questão de sublinhar que esta “é uma biblioteca para as famílias”. Já o presidente da Assembleia de Freguesia confessou ter “um enormíssimo prazer” em participar na reabertura deste equipamento cultural. “É sempre um prazer muito

A terceira edição da iniciativa “Alvalade Capital da Leitura” realiza-se em maio, em vários equipamentos culturais da freguesia.

especial ver que há mais oferta de tudo aquilo que se prende com o saber. E com a diversão também, porque a leitura não é só para nos trazer mais conhecimento, mais saber, o que já não seria coisa pouca. É também para nos divertir, para que possamos tirar prazer e cultivar o prazer da leitura”, afirmou Luís Nazaré. ● A Biblioteca Manoel Chaves Caminha está aberta de segunda a sexta-feira, entre as 9 e as 18 horas, e aos sábados, entre as 9h30 e as 13h30 e entre as 14h30 e as 17h30. Neste equipamento é possível consultar revistas e jornais, ler livros ou requisitá-los para leitura no exterior. A biblioteca dispõe de um piso dedicado ao público infanto-juvenil, com livros e jogos.

CAPITAL DA LEITURA EVOCA AQUILINO RIBEIRO

Entre os dias 16 e 25 de maio, Alvalade vai ser, uma vez mais, a Capital da Leitura. Esta que é a terceira edição do evento será dedicada a Aquilino Ribeiro, escritor cuja vida e obra serão evocadas pela Junta de Freguesia, em parceria com várias entidades.

emocionalmente ligado à Freguesia de Alvalade, por ter vivido os últimos dez anos da sua vida no Bairro de S. Miguel, onde escreveu algumas das peças mais marcantes do seu magistério literário”, recorda.

Manifestando a convicção de que esta homenagem “afirmar-se-á como um compromisso renascido na divulgação do legado ficcional” do escritor, o seu neto, Aquilino Machado, lembra a forte relação do escritor com este território. “O meu avô Aquilino esteve

A programação da Capital da Leitura, que inclui a apresentação da reedição do livro “Terras do Demo”, no ano em que se assinala o centenário do seu lançamento, está disponível para consulta no site da Junta de Freguesia de Alvalade. ● JUNTA DE FREGUESIA DE ALVALADE · 05


ENTREVISTA

ALVALADE, “UM ADMIRÁVEL CALEIDOSCÓPIO DE CONCEITOS URBANÍSTICOS DIFERENCIADOS” ENTREVISTA A AQUILINO MACHADO, GEÓGRAFO E INVESTIGADOR Viveu sempre em Alvalade? Quais são as primeiras memórias que tem na freguesia? Sempre vivi no Bairro de Alvalade, num remate sentimental relativamente pequeno que se espraia entre o Bairro das Estacas, lugar onde os meus pais foram viver quando se casaram, e o Bairro de S. Miguel, onde atualmente resido. As primeiras memórias que retenho são aquelas que habitam a paisagem da minha infância. Globalmente, são marcas indeléveis que associam a felicidade deste período ao modo como brincávamos nos jardins de traço modernista do Bairro das 06 · JUNTA DE FREGUESIA DE ALVALADE

Estacas. Tivemos a sorte de guardar as nossas memórias de infância nos jardins oniricamente perfeitos projetados pelo arquiteto Gonçalo Ribeiro Telles. E mesmo as recordações mais distantes e imperfeitas que conservo são emolduradas neste belo cenário urbanístico: um teatrinho itinerante de fantoches que regularmente abancava no relvado em frente de casa dos meus pais. É um apaixonado pela história de Alvalade. Porquê? Sou geógrafo e investigador no Centro de Estudos Geográficos, uma unidade orgânica de investigação e desenvolvimento, integrada no Instituto de Geografia e Ordenamento do Território (IGOT), onde também dou aulas. Ora, neste centro de investigação tenho carreado o meu interesse de pesquisa nos campos da geografia cultural e urbana, sobretudo refletindo sobre os lugares de memória na cidade de Lisboa. Todas essas matérias descortinam-se fascinantemente no Bairro de Alvalade,

por força de vários repositórios que se manifestam aos nossos olhos como um admirável caleidoscópio de conceitos urbanísticos tão diferenciados, onde se alojam os princípios integradores que encontramos no movimento moderno ou na cidade-jardim, mas também traços que acolhemos numa linha discursiva mais tradicionalista. Na esteira desta ossatura urbanística tão eclética projetaram-se inúmeros lugares de encontro, sobretudo cafés e cinemas, que fizeram refluir incontáveis tertúlias que sempre se afirmaram como um simbólico espaço público culturalmente livre, por efeito da extraordinária riqueza dos seus intervenientes. Talvez seja esta geografia de encantamento que me apaixona ininterruptamente. Alvalade tem-se sabido adaptar à passagem do tempo? História e contemporaneidade convivem aqui de forma harmoniosa? Embora a cadência que marca as nossas vidas urbanas se traduza


DR

ENTREVISTA

por várias intensidades, o previsto e o imprevisto revelam-se quotidianamente no Bairro de Alvalade, razão pelo qual nos impele a percorrê-lo sempre com o mesmo adorno emocional de quem o descobre pela primeira vez. Este lado intangível e imensurável talvez seja o traço mais afirmativo de que este território soube adaptar-se à passagem do tempo. Tal aparato resulta num permanente jogo de sedução entre um território urbano contemporâneo e a sua história, contribuindo, deste modo, para (re)criar identidades introduzindo valores e marcas simbólicas agregadoras. Como residente, o que é que mais valoriza na freguesia? Por um lado, uma identidade arquitetónica e urbanística que permanece muito vigorosa, passadas tantas décadas após a elaboração do Plano de Urbanização que lhe deu origem; por outro, uma “essência urbana” que a dota de um simbolismo muito próprio, e que conduz à identificação

dos seus utilizadores com o respetivo território físico, levando a uma maior consciencialização cívica para salvaguardar esse legado. Para alguém que não conheça a freguesia, que pontos obrigatórios de visita indicaria? Acomodaria um primeiro itinerário pelos remates de pendor modernista, onde abarcaria: o Bairro das Estacas, a Avenida Estados Unidos da América, cenário urbano do filme de Paulo Rocha, “Os Verdes Anos”, e o conjunto de blocos habitacionais dispostos perpendicularmente à Avenida do Brasil, da autoria de Jorge Segurado; destinaria um segundo roteiro pela Avenida da Igreja, porque permite evidenciar um modelo de comércio de rua que resiste e olha de frente para as agruras da vida, e que retém na sua admirável composição um mar de restaurantes minhotos, o que me leva sempre a pensar que este pedaço da freguesia é como o Minho desaguado em Lisboa,

“Na esteira desta ossatura urbanística tão eclética projetaram-se inúmeros lugares de encontro, sobretudo cafés e cinemas, que fizeram refluir incontáveis tertúlias” na boa mesa que oferece e nas romarias quotidianas que o qualificam com essa altivez; por fim, reservaria um terceiro percurso pelo Jardim Mário Soares, motivo de uma profunda obra de reabilitação e que garantiu ainda a preservação de tipologias de jardim modificadas ao longo de várias épocas, nomeadamente aquela que grassaria pelo risco admirável do arquiteto Keil do Amaral. Mas também porque no Campo Grande perdura um cortejo de recursos duradouros povoado por paisagens literárias, que continuam a discorrer livres e ávidas de serem seduzidas e de nos seduzirem. ● JUNTA DE FREGUESIA DE ALVALADE · 07


SEGURANÇA

ALVALADE SEGURA

PÁSCOA EM SEGURANÇA Que medidas pode cada um de nós tomar para garantir umas férias tranquilas? A Junta de Freguesia e a PSP iniciam neste número da revista uma colaboração regular, em nome de uma Alvalade mais segura. fotografia Freepik.com

A PSP, através da 18.ª Esquadra – Campo Grande, alerta todos os cidadãos para algumas medidas preventivas que devem ser tomadas, nos períodos de férias que se aproximam:

Ú

Informe a Esquadra da PSP mais próxima da área da sua residência

Durante as suas férias, cuide também da sua viatura:

Ú

Dê uma aparência de atividade à sua residência

Ú

Nunca deixe objetos, documentos ou outros artigos na viatura

Ú

Peça a alguém que abra as persianas e cortinas, durante o dia, e ligue a iluminação interior algumas noites

Ú

Se tiver mesmo de os transportar, feche-os no porta-bagagens antes de chegar ao local onde vai estacionar

Ú

Não divulgue a estranhos que vai de férias, nem faça publicações prévias em redes sociais de que o vai fazer

Ú

Se utiliza GPS ou equipamentos equivalentes retire-os junto com o suporte e limpe o vidro para não deixar marcas

Ú

Feche bem as portas e janelas e ative sistemas de alarme que possua

Ú

Ao estacionar escolha locais bem iluminados e com movimentação de pessoas

Ú

Não deixe acumular a correspondência na sua caixa de correio

Ú

Em viagem, não deixe a bagagem na mala do carro

Ú

Catalogue os seus objetos de valor e anote os seus números de série

Ú

Instale sistema de alarme com sensor de movimentos

Ú

Informe um vizinho de confiança: ele é a sua segurança mais próxima

Ú

Guarde em lugar seguro joias, dinheiro, valores e objetos de arte

08 · JUNTA DE FREGUESIA DE ALVALADE

A PSP e a 18.ª Esquadra desejam-lhe boa viagem e boas férias.


BREVES Contreiras, junto ao Hotel Lutécia. Esta obra visou incrementar a segurança rodoviária no local e minorar os problemas de trânsito relacionados com a paragem de autocarros que servem o hotel. Esses veículos dispõem agora de três lugares (reservados ao Serviço do Hotel), com dimensões apropriadas ao seu estacionamento. ●

JUNTA DE FREGUESIA REALIZA LIMPEZA DE SARJETAS A limpeza e desobstrução de sarjetas é uma das tarefas desenvolvidas, de forma regular, pelo Serviço de Higiene Urbana da Junta de Freguesia de Alvalade. Esta tarefa, a qual se traduz na remoção dos resíduos acumulados no interior das sarjetas, constitui também uma relevante medida de prevenção sempre que se aproximam períodos de chuva. Este tipo de intervenção é desenvolvido com o apoio de uma das viaturas elétricas que compõem a frota da autarquia. ●

DIVULGADAS OFERTAS DE EMPREGO E FORMAÇÃO Tem uma empresa ou instituição em Alvalade e dispõe de ofertas de emprego e/ou formação que queira ver divulgadas junto de potenciais interessados? Então faça-nos chegar informações sobre essas ofertas, através do endereço atendimento. social.proximidade@jf-alvalade.pt. A Junta de Freguesia de Alvalade disponibiliza um Serviço de Atendimento para a Empregabilidade, dirigido aos fregueses em situação de desemprego ou à procura do primeiro emprego e/ou formação profissional. ●

REORDENADO ESTACIONAMENTO JUNTO A HOTEL A Junta de Freguesia de Alvalade promoveu uma obra de reordenamento do estacionamento na Avenida Frei Miguel

As crianças dos Jardins de Infância da rede pública da freguesia de Alvalade participaram no espetáculo “O Principezinho – Um Musical para Plateia e Marionetas”, no Centro de Congressos de Lisboa. Esta atividade envolveu cerca de 300 crianças, das escolas Teixeira de Pascoais, São João de Brito, D. Luís da Cunha e Santo António. Tratou-se de um concerto participado, no qual as crianças foram simultaneamente espetadoras e participantes, desafio que acolheram com grande entusiasmo. ●

EM BREVE NA FREGUESIA JARDIM DOS CORUCHÉUS GANHOU QUIOSQUE O Jardim dos Coruchéus, espaço verde na Rua Alberto de Oliveira que foi requalificado pela Junta de Freguesia de Alvalade, tem agora um novo motivo de visita: o quiosque instalado no jardim já está em funcionamento. Este equipamento está aberto de terça-feira a domingo, entre as 10 e as 18 horas. Mesmo ao lado há um parque infantil e um mural de homenagem ao músico João Ribas, da autoria de João Morais, para além da Biblioteca dos Coruchéus.●

ÚLTIMO SÁBADO DE CADA MÊS, 11H ÀS 19H, AV. DA IGREJA, 37 - E: Hype Market 13 DE ABRIL, 10H, BIBLIOTECA MANOEL CHAVES CAMINHA: “Epopeias contadas

às crianças” - A Ilíada e a guerra de Tróia (público infantil) 13 DE ABRIL, 16H, BIBLIOTECA MANOEL CHAVES CAMINHA: Encontro com

Escritores, com Maria Teresa Horta ATÉ 16 DE ABRIL, 9H ÀS 17H (DE SEGUNDA A SEXTA-FEIRA), CENTRO CÍVICO EDMUNDO PEDRO: Exposição de Pintura “Terras

e Mares”, de Maria Garção DE 18 DE ABRIL A 9 DE MAIO, 9H ÀS 17H (DE SEGUNDA A SEXTA-FEIRA), CENTRO CÍVICO EDMUNDO PEDRO: Exposição de Pintura

“Cores do Mundo”, de Alexa Jesus 11 DE MAIO, 10H, BIBLIOTECA MANOEL CHAVES CAMINHA: “ Epopeias contadas

SESSÃO DE CINEMA NO POPULAR ALVALADE O Popular Alvalade acolheu, em março, a projeção do documentário “Punk is not Daddy”. O bar encheu-se por completo para este evento, o qual contou com a presença de Edgar Pêra, realizador desta viagem pelos anos 80 na qual surgem bandas como os Heróis do Mar, Xutos & Pontapés, GNR e Censurados. Esta iniciativa resultou de uma parceria entre a Junta de Freguesia de Alvalade, o IndieLisboa e o Popular Alvalade. ●

CRIANÇAS DO PRÉ-ESCOLAR PARTICIPAM EM CONCERTO

às crianças” – A Odisseia e a aventura de Ulisses” (público infantil)

MERCADO RECEBEU FEIRA DE ARTESANATO O Mercado de Alvalade recebeu, no final de fevereiro, uma Feira de Artesanato, organizada pela Associação dos Artesãos da Região de Lisboa. Esta iniciativa, a qual contou com a presença de perto de duas dezenas de artesãos e se prolongou durante três dias, foi muito participada e elogiada. Os visitantes tiveram a oportunidade de assistir a demonstrações de pintura de azulejo, arraiolos, tecelagem e olaria. ●

DE 16 A 25 DE MAIO, VÁRIOS LOCAIS DA FREGUESIA: Alvalade Capital da Leitura 21 DE MAIO, 18H30, BIBLIOTECA MANOEL CHAVES CAMINHA: Encontro da

Comunidade de Leitores de Alvalade, sobre a obra “Terras do Demo”, de Aquilino Ribeiro 31 DE MAIO E 1 DE JUNHO, MERCADO DE ALVALADE: 3.ª Feira Social de Alvalade

www.facebook.com/jfalvalade JUNTA DE FREGUESIA DE ALVALADE · 09


Profile for Junta de Freguesia de Alvalade

N.º 16 Revista Alvalade  

Revista trimestral da Junta de Freguesia de Alvalade - n.º 16 (abril - junho 2019)

N.º 16 Revista Alvalade  

Revista trimestral da Junta de Freguesia de Alvalade - n.º 16 (abril - junho 2019)

Advertisement