Issuu on Google+

canalABERTO

Nº 516| Ano 10 | 17 de fevereiro de 2017

Ilhabela | Distribuição Gratuita | Circulação Semanal | www.jornalcanalaberto.com.br Foto: Divulgação/PMI

A eficiência da Policia Militar de Ilhabela, sob o comando do Tenente Diniz, fez-se presente uma vez mais, na Operação Verão deste ano. Quase 100 homens estão na cidade e permanecerão até a quarta feira de cinzas, com um trabalho digno que fez baixar o nível da criminalidade com número inferior a 2016

Dória, político, antes de ser gestor Numa sexta feira dessas, mais de meia noite, lá estava Dória num culto religioso de um dos maiores templos evangélicos do país, diante de mais de 10 mil fiéis liderados pelo missionário Valdemiro Santiago (o homem do chapelão), expondo a sua forma de governar, sorrindo e se dizendo apenas gestor, como sempre. A imprensa pouco falou sobre esse fato, mas ficou registrado nos anais de sua assessoria o compromisso com a plêiade evangélica. Mais que isso, sentiu que as portas se abriram num primeiro degrau, mas as demais seitas religiosas se apressaram em convidá-lo para passar pelos seus templos – a qualquer hora – para mostrar o que pretende para São Paulo (por enquanto), porque ele – Dória – consegue enxergar atrás dos montes, nas curvas, mais como um político nato do que apenas como gestor. Editorial

Turismo de um dia prejudica a cidade Pág. 2

Vôlei de praia foi mais um sucesso Pág. 4

Saúde anuncia mais investimentos Pág. 4

Há 6 anos faz-se presente em Ilhabela o Serviço de Atendimento Médico de Urgência (SAMU). A partir das próximas semanas haverá atendimento de emergência para primeiros socorros, com motocicleta, Técnico de Enfermagem, para dar mais agilidade, poupando vidas, como aconteceu no último fim de semana

Sabesp deseja contrato de 30 anos Pág. 8


02

Canal Aberto 516 | 17 de fevereiro de 2017 | www.jornalcanalaberto.com.br

FORMADORES DE OPINIÃO

EDITORIAL

João Dória é político sim, e não Turismo de um dia é

apenas um gestor. Este nome tem futuro. Creia prejudicial à vida da cidade Quando insiste em dizer que é apenas um gestor, João Dória está minimizando as condições de um dos políticos mais conscientes dos primeiros anos deste século. Pinçado por outro que começou muito cedo, na cidade de Pindamonhangaba, como vereador e que foi o mais novo prefeito de seu município, em sua época, João Dória foi visto (e entendido) por Geraldo Alckmin como uma das expressões do PSDB. Sem jamais ter disputado uma eleição, mas empresário competente, delicado, cortês, conciso, igualmente astuto, João Dória se descortina neste período inicial à frente do município de São Paulo não apenas como uma promessa, mas como uma realidade palpável da social democracia brasileira, para as próximas décadas. Na agenda de muitos brasileiros está escrito, desde a vitória no primeiro turno, nas eleições de outubro/2016 que João Dória será candidato ao governo de São Paulo, em 2022, e à presidência da República, em 2026, levado por Alckmin, pelo PSDB e principalmente pela forma de gerenciar a prefeitura da maior cidade brasileira. Trabalha muito o moço. Acorda cedo, levanta-se e exige que os seus assessores mais diretos o acompanhem nas empreitadas. Pelo que fez em suas empresas, desenvolvendo trabalho coletivo, organizado e distribuindo tarefas, cobrando, sugerindo, na busca de resultados, pode-se prever a ascensão dimensionada pela palavra firme, coerente e enérgica. Com uma visão panorâmica de gestão abriu o leque de oportunidades ao mundo, para que as concessões pretendidas na gestão da paulicéia se concretizem. Não sem pensar, mas desejando colher frutos em breve, partiu para o Oriente Médio semeando, não apenas batendo nas portas, mas mostrando o portfólio paulistano de ofertas que surpreendem sheiks e príncipes dos Emirados Árabes, onde o petróleo originário dos fósseis é a mina de ouro do planeta, nos dias de hoje. Jornalistas que o acompanham falam de sua astúcia, de seu vigor, de sua maneira educada de focar problemas e mostrar alternati-

Fernando Antonio Braga de Siqueira - ME CNPJ: 16.930.164/0001-58 Registrado no Cartório de Registro Civil das Pessoas Jurídicas de São Sebastião sob nº 5.909

ESCRITÓRIO CENTRAL, REDAÇÃO E ADMINISTRAÇÃO Avenida Princesa Isabel, 2.320 - conj. 02 Barra Velha - Ilhabela - SP CEP 11630-000

Fone: (12) 3896 3895

vas para a solução, visando o desenvolvimento da capital paulista. Numa sexta feira dessas, mais de meia noite, lá estava Dória num culto religioso de um dos maiores templos evangélicos do país, diante de mais de 10 mil fiéis liderados pelo missionário Valdemiro Santiago (o homem do chapelão), expondo a sua forma de governar, sorrindo e se dizendo apenas gestor, como sempre. A imprensa pouco falou sobre esse fato, mas ficou registrado nos anais de sua assessoria o compromisso com a plêiade evangélica. Mais que isso, sentiu que as portas se abriram num primeiro degrau, mas as demais seitas religiosas se apressaram em convidá-lo para passar pelos seus templos – a qualquer hora – para mostrar o que pretende para São Paulo (por enquanto), porque ele – Dória – consegue enxergar atrás dos montes, nas curvas, mais como um político nato do que apenas como gestor. E o que é um gestor? Gestor leitor amigo é um gerente. E o que é um político prefeito, governador ou presidente? Não é nada mais do que um gerente, o que administra, então, o gestor. E pelo que demonstrou em poucas semanas já se pode prever que a gestão por São Paulo será eficiente a tal ponto de mostrar ao povo paulistano e brasileiro que o seu sucesso como empreendedor, na vida privada, será o alicerce de boas gestões, para brindar São Paulo e o Brasil, daqui a alguns anos. Não é apenas um vaticínio, a profecia, o presságio ou uma simples conjetura, mas uma concreta análise do que se tem, do que se quer e do que se amolda a uma necessidade premente de grandes lideranças para este país maravilhoso, que sente a falta de políticos na acepção da palavra, com seriedade e que não pode continuar refém dos gestores que estão maculando a vida pública brasileira, na atualidade. Que o gestor aceite a denominação de político e que tenha vindo para ficar por um bom tempo, provando que nem todos são iguais. Os diferentes emergem, fluem e precisam permanecer como protagonistas e exemplos de uma vida melhor.

DIREÇÃO GERAL Fernando Siqueira - MTB 10.428 redacao@jornalcanalaberto.com.br COMERCIAL comercial@jornalcanalaberto.com.br DESENVOLVIMENTO Guilherme Siqueira | Projeto Gráfico Jaqueline dos Anjos | Diagramadora arte@jornalcanalaberto.com.br

IMPRESSÃO Atlântica Gráfica e Editora Ltda.

TIRAGEM 2.000 exemplares PERIODICIDADE Semanal

www.jornalcanalaberto.com.br Todos os direitos reservados ao Jornal Canal Aberto. É vedada a reprodução total ou parcial do conteúdo sem a permissão do jornal ou sem citar a fonte. Os artigos assinados não têm a responsabilidade do Jornal Canal Aberto.

Aniel Loquaz Uma cidade turística como Ilhabela, incrustada num arquipélago que é o único que abriga um município brasileiro, realmente é totalmente diferente de qualquer outra cidade deste país continente. Por isso mesmo deve ter melhor atenção, não apenas de seu povo, mas principalmente de seus dirigentes, representantes legais desse mesmo povo. Isto fica caracterizado a cada passo que se dá, caminhando pela cidade, seja pelas vias pavimentadas, seja pelas ruas de terra, seja pelas trilhas da Mata Atlântica ou mesmo pelas praias na orla central ou distantes, tanto ao sul quanto ao Norte ou mesmo pelas mais distantes “atrás da ilha”, onde o acesso só se faz pela estrada parque ou pelo mar. Há pessoas, entretanto que, mesmo residindo há muitos anos em Ilhabela e adotando a cidade como sua. Mal conhecem belezas naturais de trilhas distantes, não se deram prazeres dos mais célebres, para conhecer a Baía dos Castelhanos, Bonete, Serraria, Praia Mansa, Eustáquio, o Poço, além das ilhas de Vitória e dos Búzios. Alguns (ou seriam muitos?) não se dão ao trabalho de fazer coisas diferentes, passeios memoráveis e inesquecíveis, rompendo a zona de conforto, para contemplar o que a natureza brinda o arquipélago com lugares pitorescos, maravilhosos e que são conhe-

cidos e percorridos por mais gente de fora, turistas do Brasil e do exterior, como temos visto ultimamente, vindos de carros particulares, ônibus, helicópteros, lanchas, motos, bikes e navios de cruzeiros, hoje em número menor, mas altamente selecionados. É bom dizer que estrangeiros são pesquisadores, curiosos e querem conhecer mais lugares em menos tempo e por isso aproveitam bastante as horas inteiras que passam por estas paragens. Uma coisa é certa, esses turistas têm reclamado menos dos borrachudos e das balsas, com o serviço de travessia do Canal de São Sebastião que deixa a desejar do que dos preços praticados pelos comerciantes para lanches, refeições, hospedagens e restaurantes. Talvez seja a hora de um movimento surgir na cidade para definir metas de desenvolvimento turístico, sem que a prática da exploração do turista deixe de existir, como em tantos outros lugares do país. Do jeito que está a cidade só tem a perder, porque não são poucos os que praticam o turismo de um dia, hospedando-se no continente e visitando Ilhabela de cedo à noite, com mochilas, cestas com lanches, isopor com bebidas e que “agressivamente são tidos como farofeiros”. Tenho a impressão de que algo está errado e todos têm a perder. Aniel Loquaz – aniel@jornalcanalaberto.com.br


Canal Aberto 516 | 17 de fevereiro de 2017 | www.jornalcanalaberto.com.br

03

NA PONTA

DO LÁPIS

É lá que ele está? (1) Calejado (3) Mal tomou posse o prefeito Márcio Tenório começou a receber visitas insistentes de disfarçados adversários que se aproximaram, como se companheiros fossem. Pode até ser que, bem lá atrás, quando ainda no PSC, alguns desses eram aliados do chefe do executivo.

É lá (2)

Mas, experiente nesse aspecto, conhecedor das mazelas da política, Márcio está vacinado e tem demonstrado, de forma impermeável, que não se deixa molhar com essa chuva de mau agouro.

E pra lá que eu vou

E esses falsos companheiros, que estavam do outro lado da “ponte” que levou Márcio à vitória, são tão insistentes que aborrecem, pois o cercam de todos os lados, desde quando passa pela Lanchonete do Perequê, como no sábado, para um simples bate papo até quando desce do carro para ir ao gabinete, no Paço Municipal.

Calejado (1)

Marcado pelas ofensas de alguns, pelos maus comentários de outros, pela indisposição de outro tanto, Márcio vai seguindo, contando os dias, trabalhando, reunindo assessores, distribuindo o trabalho, sugerindo, cobrando, corrigindo e colocando alguns “nos seus devidos lugares”.

Calejado (2)

De bate pronto, como se estivesse na “entrada da área do Ferreirão”, de bate pronto o prefeito rebate, sempre com bom senso e educação, todas as provocações. Tem até aquela, logo depois da eleição quando alguém disse: “Na sua ausência falamos isso, assim, assim, assim e resolvemos dessa forma”. Ao terminar de ouvir, Márcio foi incisivo: “O prefeito sou eu e ninguém está autorizado a falar em meu nome”. E ela (a pessoa) quedou-se silente.

Foi realmente um chega pra lá, porque a moçoila que pensou estar autorizada a falar em seu nome só porque fez parte da campanha voltou ao lugar de origem. Afinal, respeito é bom e todos gostam, sem exceção.

Sete fôlegos (1)

Desejando reverter a reprovação das contas de 2012 de sua gestão o ex-prefeito Colucci pretende a aprovação de um Decreto Legislativo da Presidente da Câmara, Nanci Peres de Araújo.

Sete (2)

Apresentado na sessão anterior foi retirado da pauta e deverá ser analisado na próxima sessão. Conseguindo a aprovação, Colucci estará a um passo do desimpedimento por contas rejeitadas, para pleitear candidatura, à Câmara Federal, em 2018.

Sete (3)

Parece que o caso ainda vai dar o que falar, porque tem vereador de seu time (e de seu partido) que já se manifestou contrário a essa pretensão de Colucci, sob o escudo da Presidente da Casa de Leis.

Conseg na berlinda

Em virtude de últimos acontecimentos, o Conselho de Segurança poderá – mais uma vez – deixar de existir, por determinação da coordenação estadual. Deveria ter sido feito um trabalho para a nova eleição, o que inexistiu, estando fadado o Conseg a se extinguir. E parece que quem se entusiasmou para a volta a ativa, não mais vai botar o dedo na ferida.

Semáforo, pra quê? (1) Há vereadores que entendem serem moderninhos, querendo adotar semáforos para o centro nervoso da cidade. Há muitos contrários (a maioria), porque o mais correto seria designar marronzinhos para alguns pontos, ao invésa do que ocorre agora, principalmente defronte a lombo faixa diante do Frade.

Semáforo (2)

A sinaleira, como dizem alguns gaúchos, não precisa existir em Ilhabela, mas há a necessidade sim de marronzinhos colocarem ordem no trânsito. Os pedestres abusam: todos querem passar assim que chegam de um lado da rua. E, nem bem um está passando o outro não é capaz de esperar.

Semáforo (3)

Tá mais do que na hora de haver um bom senso, uma capacitação para quem de direito e orientação para os pedestres e ciclistas. Aliás, a lombofaixa é destinada a pedestres e não a ciclistas e está faltando respeito por parte desses, também. É melhor pensar mais, refletir melhor, antes de requerer semáforo para o executivo.

Capacitação (1)

Durante esta semana monitores e demais profissionais da APAE estão passando por uma capacitação. Para exemplificar, todos passaram por testes dos mais simples, como andar numa cadeira de rodas, para sentir não apenas os impactos, mas as dificuldades.

Capacitação (2)

Olhos vendados, caminhando por algum espaço é outro tipo de teste que foi ministrado. A motivação para a volta às aulas tem sido uma constante, organizada pela diretoria da APAE, à frente, hoje, a sra. Alda Areudo.

Volta às aulas (1)

Por falar na APAE, a volta às aulas se dará amanhã, logo cedo, com um café da manhã para os alunos que retornam, agora no novo prédio, na Barra Velha. Alunos ansiosos, professores, monitores e equipe técnica, todos estão muito esperançosos de que o ano letivo vai ser dos melhores. Pais de alunos esperam com bastante confiança, todas as aulas, inclusive as sessões equestres, na equoterapia.

Evolução (1)

Os resultados com a equoterapia têm surpreendido. Alunos

da APAE que tinham muitos tipos de dificuldades motoras conseguiram alcançar bons resultados com a prática, acompanhada por monitores dedicados e conhecedores das técnicas necessárias para as instruções.

acordo e só paga em última instância. Ao menos uma satisfação sobre os freqüentes cortes de energia elétrica poderia ser dada pela empresa concessionária de energia elétrica, no arquipélago.

Evolução (2)

Irresponsabilidade

O local onde se pratica a equoterapia, durante as férias passou por modificações, inclusive adotando sanitários para os portadores de necessidades especiais. Essa adaptação é mais um Investimento para o atendimento aos alunos, sem dúvida.

Elektro, o que há? (1)

Têm sido registrados na cidade seguidos cortes de energia elétrica, tanto durante o dia quanto de noite. A Elektro não dá explicações, não atende ligações telefônicas e o 0800 (que fica em Campinas, na sua Central de Operações). O consumidor merece explicações.

Elektro (2)

Alguns profissionais do ramo de marcenaria estão trabalhando com prejuízos e o perigo é iminente, porque quando há corte brusco de energia elétrica as máquinas deixam de operar e o profissional precisa estar mais atento do que nunca.

Elektro (3)

Teve gente do ramo que perdeu dedos das mãos e foi para a Justiça pleitear indenização. Só que a Elektro jamais faz

Já está mais do que careca de saber a PM quanto ao abuso de motociclistas (ou seriam motoqueiros?) que conduzem máquinas de cortar grama em seus veículos. Dia desses uma máquina caiu, no retão do Engenho D’água e a máquina foi destruída por um veículo pesado que não teve como desviar ou parar. Pior, o motoqueiro reclamou e queria uma nova máquina.

Trânsito impedido

Para pedestres, quase todas as noites de fins de semanas, na Vila. Bares e restaurantes continuam abusando, na Rua do Meio, na Praça Coronel Julião e na Dr. Carvalho. Fiscalização, onde é que você está?

Abusos preferenciais

Tem acontecido na fila da balsa, onde preferenciais que não têm nada a ver com a família que vai atravessar o canal e se mete ao volante, para faturar algum e aproveitar para transportar jovens que não querem aguardar na sua fila. É preciso cuidar desse fato, porque há prejuízos para muitos. Esses espertinhos!


04

Canal Aberto 516 | 17 de fevereiro de 2017 | www.jornalcanalaberto.com.br

ESPORTES

Foto: Marcos Teixeira/PMI

Ilhabela é ouro no Jiu Jitsu com

V Circuito do Vôlei de

Douglas Leão, na capital mineira. Medalhas... Praia agitou a Praia Grande O atleta de JiuJitsu Douglas Leão conquistou, mais uma vez, foi destaque em competições fora da cidade. Desta vez, Leão conquistou 3 medalhas de ouro, sagrando-se campeão na categoria Master Super Pesado, além de conquistar o “Double Gold”, no Submission, durante o Campeonato Belo Horizonte Summer International Open de Jiu Jitsu e Submission, realizado no Ginásio do Mineirinho, no último final de semana. O evento é organizado pela principal entidade de Jiu Jitsu Mundial, a International Brazilian Jiu Jitsu Federation (IBJJF). Só em 2017, o atleta ilhabelense já soma seis medalhas de ouro e uma de prata. “Estou muito feliz pelo resultado expressivo neste campeonato de alto nível. Graças a Deus consegui lutar muito bem, fiz um total de 8 lutas, vencendo 4 por finalização e voltando para casa com mais três medalhas de ouro”, disse. Agradecido, Leão sempre ressalta as

pessoas que o incentivam. “Gostaria de agradecer aos meus pais, minha esposa coach e massagista, Jessica Leão, minha família, meu Mestre Rodrigo Cavaca, meus parceiros de treinos, o instrutor do Dojô, Leão Christiano Troisi, e ao Magrinho, que foram meus coachs durante todas as lutas, meus amigos, meus alunos, meu professor de funcional Matheus Carlos e a todos meus apoiadores: do Prefeito Márcio Tenório, Prefeitura de Ilhabela, por meio da Secretaria de Esportes, Lazer e recreação e seu secretário Beto de Mazinho e do Secretário adjunto Flávio César”. Douglas está numa maratona de competições, e no próximo sábado (18/2), já disputa o Campeonato Sulamericano de Submission e o Festival de Verão de Jiu Jitsu, ambos realizados no Ginásio do Ibirapuera pela International Federationof Sports Brazilian JiuJitsu junto a Confederação Brasileira de Jiu Jitsu Esportivo.

SAÚDE

Secretário de Saúde participa de

reunião do Samu e anuncia investimentos Melhorias nas condições de trabalho, valorização dos funcionários e empenho na busca de novas ambulâncias são metas da Prefeitura de Ilhabela O secretário de Saúde de Ilhabela, Marco Antônio Gênova, participou nesta semana, da reunião de avaliação do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), que acontece mensalmente ou a cada dois meses, com o objetivo de fazer um balanço das atividades desenvolvidas pelo serviço de urgência no município de Ilhabela. Foi a primeira reunião da Unidade com a presença do secretário desde que assumiu a pasta da Saúde, que ressaltou a importância do trabalho desenvolvido pelos funcionários no atendimento à população. “Coloco-me à disposição do SAMU para que possamos trabalhar juntos da melhor maneira possível em prol da população ilhabelense, e iremos nos empenhar ao máximo para trazer melhores condições de trabalho e uma melhor estrutura para o serviço”, finalizou a secretário. De acordo com o Coordenador Técnico do SAMU em Ilhabela, o enfermeiro Carlos Eduardo Pestana, a reunião serviu para mostrar a estrutura do serviço, informar sobre o funcionamento da unidade e fazer um balanço geral das atividades. “O SAMU em Ilhabela foi implantado há seis anos e atualmente temos duas equipes de suporte básico que atendem todo o município de Ilhabela. No ano de 2016, foram realizadas mais de quatro mil ocorrências dos mais variados tipos, como: trauma, clínico e psiquiátrico. Só em janeiro deste ano, já realizamos 412 ocorrências”, disse Pestana. A prefeitura fará investimentos que serão aplicados no serviço de atendimento de urgência em Ilhabela, como a nova sede do SAMU, que já está em construção e tem previsão de término para junho deste ano, trazendo mais conforto e condições de trabalho aos funcionários. “A nova sede está localizada ao lado da base dos bombeiros, e irá abrigar o Corpo de Bombeiros e o SAMU. No projeto constam alojamentos feminino e masculino, almoxarifado, escritório, sala de reunião, refeitório, estacionamento coberto para viaturas do SAMU e bombeiros. Será uma das maiores estruturas do Litoral Norte. O prazo de conclusão das obras e entrega prevista é para o mês de junho”, disse o secretário de saúde.

Frota e Motolância

O secretário falou ainda sobre os investimentos que a Prefeitura está fazen-

Foto: Divulgação/PMI

Ambiente agradável e proveitosa a reunião da Sáude

do para a renovação da frota, aquisição de novas ambulâncias e a implantação da motolância, que trará mais rapidez e fluidez no atendimento das urgências no município. “A prefeitura irá se empenhar ainda mais para viabilizar a aquisição de novas ambulâncias via Ministério da Saúde, por meio de convênios e verbas federais, e também na implantação da motolância, pois devido Ilhabela ter uma única via principal, o deslocamento de urgência acaba sendo prejudicado e com este novo suporte poderemos salvar ainda mais vidas”, finalizou Marco Antônio. O serviço é composto por duas motocicletas e dois técnicos de enfermagem socorristas, e será financiado pelo Governo Federal com uma contrapartida do município.

O serviço do SAMU

Implantado há seis anos em Ilhabela e possui duas ambulâncias de suporte básico tripuladas por um auxiliar de enfermagem socorrista e um condutor socorrista. Todas as ocorrências são reguladas por uma Central composta por médico e rádio operador. Essa Central está localizada em São Sebastião e funciona 24 horas por dia, onde controla todas as ocorrências dos municípios do Litoral Norte. Neste caso, a pessoa liga para o número 192 e a ligação cai direto nessa Central denominada CRO (Central de Regulação e Operações).

Servico

SAMU - Serviço de Atendimento Móvel de Urgência 192 | E-mail: samu.saude@ilhabela.sp.gov.br.

60 atletas V Circuito de Vôlei de Praia agita a arena do “Verão Agita Mais Ilhabela”

Com recorde de inscritos, o evento que integra a programação do “Verão Agita Mais Ilhabela” contou com 30 duplas. A arena do “Verão Agita Mais Ilhabela”, montada na Praia Grande, recebeu no domingo (12/2), a 1ª etapa do V Circuito do Vôlei de Praia, reunindo os melhores do Vôlei de Praia no arquipélago. O evento, realizado pela prefeitura, por meio da Secretaria de Esportes, Lazer e Recreação, contou com 60 atletas, vindos de São Paulo, Rio de Janeiro, Angra do Reis, Paraty, Itapeva, Igaratá, São José dos Campos, Caraguatatuba, São Sebastião, jogadores da casa, entre outras cidades. Bem animado, o público presente incentivou os 60 atletas, sendo 18 duplas masculinas e 12 femininas, maior número de inscritos já registrado entre todas as edições. A grande campeã do feminino foi a dupla Valdirene e Kawane. “Participo do evento há alguns anos e considero ser um circuito bem organizado, com excelente estrutura. Nos sentimos muito bem e confortáveis em jogar aqui, neste lugar lindo. Valeu muito a pena todos os treinos puxados e horas de academia”, afirmou a atleta Kawane. A prata ficou com a dupla Kedma e Letícia, e o bronze com Gabi e Juliana. Michelle e Daniele classificaram na quarta colocação. No masculino a dupla da cidade de Igaratá, Alex e Isac, conquistou o ouro. “O evento no geral foi muito bom, estrutura show de bola, e a qualidade e nível dos atletas está cada vez melhor. Formamos a

dupla recentemente, treinamos 3 vezes por semana, e com muita paciência e dedicação conseguimos chegar ao pódio”, ressaltou Isac. Na grande final, Alex e Isac venceram o jogo contra a dupla Jorge e Filipe, que ficaram com a prata, em um jogo bastante acirrado. O bronze ficou com a dupla João e Erick e a quarta colocação com a dupla Edson e Henrique. A competição contou também com o atleta campeão do III Circuito Paulista de Vôlei de Praia, Júlio César, de São Joaquim da Barra. “Meu parceiro Júlio e eu ficamos em 5º lugar na primeira etapa, 3º lugar na segunda etapa e nas três últimas etapas ficamos em primeiro lugar, conseguindo uma boa pontuação e classificando para a primeira colocação. Os treinos de segunda a sábado valeram a pena”, disse Júlio. O Circuito de Vôlei de Praia, que está em sua quinta edição, vem conquistando cada vez mais adeptos, reunindo atletas de todo o Litoral Norte e região, que aproveitam não só para participar do evento, como também fomentam o turismo na cidade, curtindo o final de semana em Ilhabela.

Classificação

Masculino 1º lugar – Alex e Isac 2º lugar – Jorge e Filipe 3º lugar – João e Erick 4º lugar – Edson e Henrique Feminino 1º lugar – Valdirene e Kawane 2º lugar – Kedma e Leticia 3º lugar – Gabi e Juliana 4º lugar – Michelle e Danieli.


Canal Aberto 516 | 17 de fevereiro de 2017 | www.jornalcanalaberto.com.br

05

LINHA DE FRENTE

O pôr do Sol Musical Carnaval de Ilhabela começa em começou ontem e vai seguir

23 de fevereiro. Festa profana mais intensa

Na data de ontem, na praia do Perequê acontece a 3ª edição do Pôr do Sol Musical, com uma programação de quatro dias de shows. Para abrir a temporada, o cantor Toquinho subirá ao palco cantando seus maiores sucessos. O evento tem início às 18h30 com músicas do DJ Pôr do Sol, e em seguida o show de abertura do cantor local Beto Di Franco. A Prefeitura de Ilhabela, por meio da Secretaria de Cultura e Fundaci, realiza o Pôr do Sol Musical trazendo gran-

A programação do Carnaval de Ilhabela está cheia de atrações pela cidade. Este ano, a festa com o tema “O Carnaval da Vela” começa na quinta-feira, 23 de fevereiro, com o Ensaio Geral das escolas de samba Unidos de Padre Anchieta, Unidos do Garrafão, Acadêmicos Leões do Ita, Mocidade Sul da Ilha, Água da Boca e Mocidade Independente, que vão se reunir na Praça Coronel Julião. No dia 24, a festa começa às 14h, com matinê de marchinhas na Vila, e é lá, que às 22h, acontece a abertura oficial da folia com a entrega da chave da cidade à Corte Momesca. Entre blocos carnavalescos, matinês, bailes de rua com djs e desfiles das escolas oficiais, a festa ainda conta com o tradicional Banho da Dorotéia, onde os foliões fantasiados com papel crepom desfilam desde a Praça Coronel Julião até o píer da Vila, onde pulam na água. “O Carnaval é uma festa animada, e queremos que nossos munícipes e turistas se divirtam, por isso a programação está diversificada e para todas as idades”, disse o prefeito Márcio Tenório. Este ano, os bairros do Reino, Barra Velha e Água Branca, terão Matinê de Marchinhas, das 14h às 17h.

des nomes da música popular Foto: Divulgação brasileira, para serem curtidas à beira mar, apreciando as belezas naturais da cidade.

Programação 17/2 – hoje Larissa Cavalcanti Zélia Duncan 18/2 – amanhã Renato Barsa Guilherme Arantes 19/2 – domingo Felipe Blues Zeca Baleiro.

Operação Praia Limpa

retira 200 quilos de li xo A equipe da Operação Praia Limpa, acompanhada de voluntários, fez um mutirão no final de semana para recolher lixos deixados nas praias. Eles percorreram a Barra Velha, próximo a ponte estaiada, e por lá acharam resíduos deixados pelos banhistas e detritos vindos do mar. Entre os lixos recolhidos foram tirados da praia pedaços de plásticos, embalagens de alimentos e bebidas, pontas de cigarro, além de carrinho de bebê, gaiola, calçados e eletrônicos. O resultado da limpeza foram diversos sacos cheios e mais de 200 quilos de lixo recolhidos. A Operação Praia Limpa também esteve nas praias do Sul da Ilha fazendo distribui-

Foto: Divulgação/OPL

Infraestrutura

Limpeza é preservação ambiental

ção de sacolinhas oxibiodregradáveis para os banhistas armazenarem os resíduos que estavam produzindo, e orientando onde depositar a coleta, já que cada um é responsável pelo lixo que produz. O projeto “Operação Praia Limpa” conta com o apoio da Prefeitura de Ilhabela e da iniciativa privada e segue todos os finais de semana até o final do mês de fevereiro.

Ilhabela convoca 90 profissionais concursados Serão 25 técnicos desportivos e 65 professores do processo seletivo. A Prefeitura de Ilhabela, por meio das Secretarias de Educação e Esportes, Lazer e recreação convocaram noventa profissionais para compor o quadro de funcionários, 25 técnicos e auxiliares desportivos integrarão o quadro efetivo de funcionários pelo concurso 1/2016 e 65 professores do processo seletivo (8/2015 prorrogado em dezembro de 2016), foram convocados para ocuparem vagas em diversas disciplinas. Os técnicos desportivos serão distribuídos pelas escolinhas de esportes, PEIIs e para a Escola Municipal de Vela “Lars Grael”. Os alunos passarão a ser orientados e auxiliados por e técnicos de atletismo, basquetebol, futebol, futsal, jiu jitsu, natação,

taekwondo, vôlei. Na área náutica instrutores e técnicos ministrarão aulas de vela, remo, canoagem, stand up paddle. Os professores do processo seletivo ocuparão vagas na área de educação básica do ensino infantil para crianças de um a cinco anos; educação infantil ensino fundamental I do 1º ao 5º ano nas escolas tradicionais; Professor de Arte – Ensino Fundamental 6º ao 9º ano e Suplência de 5ª a 8ª série; Professor de Educação Física – Ensino, Fundamental 6º ao 9º ano e Suplência de 5º a 8ª série; Professor de Língua Portuguesa – Ensino Fundamental 6º ao 9º ano e Suplência de 5º a 8ª série; Professor de Matemática – Ensino Fundamental 6º ao 9º ano e Suplência de 5ª a 8ª série; Professor de Geografia – Ensino Fundamental 6º ao 9º ano e Suplência de 5ª a 8ª série.

Para receber bem os foliões, a Prefeitura de Ilhabela organizou uma estrutura no centro histórico, na Vila, onde terá o maior fluxo de pessoas curtindo a festa. Na avenida Doutor Carvalho, iluminação especial e som serão montados para o desfile, além das arquibancadas, camarotes para autoridades e o camarote da terceira idade, com acesso para deficientes físicos.

Policiamento e serviço de saúde O policiamento da cidade já está reforçado, os policiais que participaram da

Foto: Divulgação

Reinado de Momo trará visitantes à Ilhabela, outra vez

Operação Verão ainda estão no município e ficarão até 3 de março. O patrulhamento será feito por toda Ilha, com maior contingente em locais com grande fluxo de pessoas. Os policiais irão circular de bicicleta, moto e com as viaturas. Além do monitoramento, serão realizados bloqueios e blitz do bafômetro próximos aos locais com grandes eventos. Visando o bem-estar dos foliões, uma ambulância do SAMU ficará à disposição na Vila, que também terá apoio de uma equipe composta por um médico, enfermeiro e auxiliar técnico, no período das 22h às 4h. O Sul da cidade também receberá uma equipe reduzida no posto de Saúde, que ficará aberto todos os dias, das 11h às 19h.

Confira a programação completa do Carnaval da Vela 23 de fevereiro (quinta) 21h – Ensaio Geral (Vila) 24 de fevereiro (sexta) 14h às 17h – Matinê – Marchinhas (Vila) 22h –Abertura Oficial do Carnaval Entrega da chave da cidade (Corte Momesca) 22h30 – BLOCO DA CAMISINHA 23h – BLOCO DO FRADE 23h30 – BLOCO CENTER PAR 0h – BLOCO 100 FUTURO 0h30 – BLOCO BARREIRINHA 1h – Baile de rua com Djs – encerramento às 4h 25 de fevereiro (sábado) 14h às 17h – Matinê – Marchinhas (Campo do Reino) Desfiles dos blocos oficiais (Vila) 22h – BLOCO UNIDOS DO MORRO 22h40 – BANDA DAS BONITAS 23h50 – BLOCO UNIÃO DA PRINCESA 0h30 – BLOCO PEQUEÁ 1h20 – BLOCO DO TIM MALHA 2h30 – BLOCO AZUL E BRANCO 2h50 - Baile de rua com Djs – encerramento às 4h

26 de fevereiro (domingo) 14h – Banho da Dorotéia (Praia Grande - Sul) Desfiles das escolas oficiais (Vila) 23h – MOCIDADE SUL DA ILHA 0h20 – ÁGUA NA BOCA 1h30 – UNIDOS DE PADRE ANCHIETA 2h40 - Baile de rua com Djs – encerramento às 4h 27 de fevereiro (segunda) 14h às 17h – Matinê – Marchinhas (Campo do Leandro – Barra Velha) Desfiles das escolas oficiais (Vila) 23h - UNIDOS DO GARRAFÃO 0h20 – MOCIDADE INDEPENDENTE 1h30 – ACADÊMICOS LEÕES DO ITA 2h40 - Baile de rua com Djs – encerramento às 4h 28 de fevereiro (segunda) 11h – Apuração dos Blocos e Escolas de Samba 14h – BANHO DA DOROTÉIA (Vila) 14h às 17h – Matinê – Marchinhas (Campo do Galera – Água Branca) 22h30 –PREMIAÇÃO 23h – ESCOLAS CAMPEÃS 1h - Baile de rua com Djs – encerramento às 4h

MOMENTO LIONS A reunião semanal de 9 último, do Lions Clube de Ilhabela foi recheada de alegria, entusiasmo e muita emoção. Como tem feito na atual gestão, cujo slogan é “Servir amando”, o Lions clube homenageou dois profissionais da cidade: o fotógrafo Ronald Kraag, presente em todos os acontecimentos de Ilhabela, portando a sua “Canon”, na maioria das ocasiões de forma voluntária e o farmacêutico mais antigo, como profissional há mais de 45 anos no arquipélago e pela idade, hoje já passando dos 94 anos bem vividos, na esquina mais movimentada da cidade, no Perequê, sr. Richieri Andriotti. Ronaldo e o seu Richieri não sabiam das homenagens, pois foram apenas convidados para a reunião e, quando receberam as placas de reconhecimento e gratidão pelos serviços prestados, emocionaram-se. Os familiares do farmacêutico o acompanharam e um de seus netos falou, agradecendo em nome da família. Ambos agradeceram e foram momentos de alegria e, como já dito, de muita emoção.


06

Canal Aberto 516 | 17 de fevereiro de 2017 | www.jornalcanalaberto.com.br

SOCIAL | DESTAQUES

Fotos: Ronald Kraag

FUNDO SOCIAL

Presidente do Fundo

01.

Social recebe visita técnica

Foto: Camila Migliorini/PMI Foto: Camila Migliorini/PMI

02. 03.

04. Júlia Tenório recebe Jefferson Froes técnico regional do Fussesp (Fundo Estadual)

05.

06.

07.

08. 1 e 2 - Sob o comando do Mestre Rezende, aconteceu na Praia Grande um torneio de Jiu Jitsu reunindo atletas que se dedicam ao esporte do tatame. O esforço para o acontecimento esportivo é de todos, mas há o destaque especial de quem pratica esse esporte originário da terra do sol nascente | 3 e 4 - Para combater e enfrentar os problemas de saúde originários dos terríveis mosquitinhos transmissores da dengue, da zica, da chikungunya e da febre amarela a Secretaria de Saúde de Ilhabela tem realizado reuniões freqüentes, como duas que aconteceram nos últimos 15 dias, com a participação de profissionais e do público. A ação diuturna precisa continuar acontecendo | 5 e 6 - O Lions Clube de Ilhabela tem promovido homenagens a profissionais da cidade, na atual gestão denominada “servir amando”. Na semana passada foram homenageados o fotógrafo Ronad Kraag e o farmacêutico Richieri Andriotti. Justas e merecidas as homenagens, com reconhecimento desse importante clube de serviços da cidade | 7 e 8 - Com duplas daqui e de fora presentes no V Circuito de Volei de Praia Ilhabela se destacou na mídia televisiva, no último fim de semana. As promoções da Secretaria de Esportes, Lazer e Recreação têm trazido à cidade muitos atletas, despertado o interesse de amigos e familiares, assim como de torcedores da cidade, para a Atena do Perequê. O trabalho da Secretaria não sofreu a solução de continuidade, haja vista a feliz e inteligente permanência de Flavinho, como Adjunto de Esportes |

Júlia Tenório recebeu Jefferson Froes, técnico regional do Fussesp (Fundo de Solidariedade do Estado de São Paulo). No Fundo Social de Ilhabela desde o dia 1º de janeiro, a primeira dama Júlia Tenório aproveitou a visita para realizar uma roda de conversa com funcionários e colaboradores. A presidente apresentou ao técnico as dependências do local que conta com Polo da Beleza, Padaria Artesanal, Corte e Costura, Tear, Artesanato, Crochê e Marcenaria. Para a primeira dama a visita estreita laços e cria novas oportunidades. “É muito importante desenvolvermos esse contato para que possamos ajustar projetos que já estão em andamento, além de novas ideias. O Jefferson está representando a dona Lú Alckmin, e ela sabe que desenvolvimento social tem muita importância para o município. Sei também que a visão dela coincide com a nossa, que é realmente de trazer a base para que as pessoas se desenvolvam e possam ter independência e autonomia”, declarou Júlia Tenório. A visita tem como objetivo prestigiar tanto a primeira dama como os trabalhos

desenvolvidos pelo Fundo Social de Ilhabela. “É uma visita técnica mas com a representatividade da primeira dama do estado, Lu Alckimin. A minha função é orientar, tirar dúvidas e, principalmente, nos colocar à disposição do Fundo Social do município. Adorei tudo aqui, todo mundo é muito caprichoso. Muito bom! ”, disse Froes. Para mostrar um pouco do trabalho desenvolvido pelo Fundo Social de Ilhabela, Júlia Tenório levou o técnico à lojinha “Mãos de Fada” que comercializa os produtos produzidos pelos alunos do Fundo, como roupas e artesanatos. O local também oferece os produtos confeccionados pelos alunos da Apae de Ilhabela. O visitante ainda visitou a loja da Vila, almoçou no arquipélago e conheceu o prefeito Márcio Tenório em seu gabinete.

Cursos

Os cursos oferecidos pelo Fundo Social de Ilhabela retornam no mês de março. Os interessados podem escolher entre as aulas de auxiliar de cabeleireiro, manicure e pedicure, depilação e designer de sobrancelhas, maquiagem, corte e costura, tear, artesanato, crochê, panificação e marcenaria.


Canal Aberto 516 | 17 de fevereiro de 2017 | www.jornalcanalaberto.com.br

07

AQUI | MULHER

O homem miope ou a visão penetrante de um cristão. Reflita Fernando Siqueira Onde vemos apenas uma gota d’água, o cientista, ao microscópio, vê um mundo onde incontáveis seres vivos se agitam. Onde vemos uma “coisa” o poeta e o artista vêem o sinal de uma realidade maior e mais bela. Onde o homem comum só vê pessoas vivas e acontecimentos frutos do acaso, o cristão vê filhos dos homens que crescem e o Reino do Pai que se está construindo. Desde a encarnação a terra foi penetrada pelo céu e, cada coisa, cada acontecimento, cada pessoa possui uma dupla face: a terrestre e a celeste. Só o cristão pode contemplar o universo e a humanidade em toda a sua verdade, pois só ele possui a Fé, essa visão que lhe permite penetrar além das aparências, o mundo em sua totalidade. Por isso, sua Fé não é um limite, mas uma abertura, nela você troca seu olhar míope pelo próprio olhar de Deus. Os seus sentidos lhe dão um olhar carnal, sua inteligência, um olhar racional e sua

Monica C.A.Cuono Psicóloga

(12) 3896-1710 Santa Casa de

Misericórdia de Ilhabela Spa - beleza e cuidados pessoais

Cabeleireira e maquiadora Cleide Costa Santos

Rua Benedito dos Anjos Sampaio, 52, Sala 4, Barra Velha Ilhabela - Tel: (12) 3895 1092/98192 0541

Fé, um olhar de Cristo. Pelo olhar de Cristo, enxertado sobre o seu, você pode conhecer deus, o universo e você mesmo e os homens, como ele os conhece e se conhece a si mesmo. Evidentemente, você não pode adquirir sozinho a infinita riqueza da Fé, pois ela é um dom de Deus, é o presente que Cristo dá em seu batismo, por meio da Igreja: “Que pedes à Igreja de Deus? “___A fé”, respondem, em seu nome. Afinal, crer é encontrar sempre a Cristo a fim de adotar a sua maneira de ver, consolidada na máxima: “Eu sou a Luz da vida e quem me segue não andará nas trevas, mas terá a Luz da vida - (Jo, VIII, 12). A Fé, entretanto, não é uma propaganda que faz vender; ela é um dom de Deus e depende de oração, não da técnica utilizada na dita propaganda Praticar a oração é o caminho para se sentir com Fé e crescer, por si, pela família, pelos que o cercam, enfim.


08

Canal Aberto 516 | 17 de fevereiro de 2017 | www.jornalcanalaberto.com.br

SEGURANÇA

ETERNO APRENDIZ

E o reforço da Polícia Militar permanece em Ilhabela até o Carnaval Após reunião entre a prefeitura de Ilhabela e a corporação da Polícia Militar, foi definido o reforço do policiamento do Projeto Verão, que terminou no último final de semana, permanece na cidade até o último dia de carnaval. A decisão foi visando garantir a segurança de todos neste período em que o número de visitantes ainda é grande na cidade. Ilhabela recebeu, entre 19 de dezembro de 2016 a 11 de janeiro de 2017, cerca de 480 mil turistas. A previsão é de que no Carnaval o número chegue a 80 mil. “Visando dar mais segurança aos moradores e aos turistas que estarão na cidade, fizemos um planejamento, e a partir de 13 de fevereiro teremos cerca de

100 policiais pela cidade. Eles ficarão aqui até 3 de março”, disse o prefeito. O policiamento será feito por toda a cidade, com maior contingente em locais com grande fluxo de pessoas. Os policias irão circular de bicicleta, moto e com as viaturas. Além do monitoramento, serão realizados bloqueios a fim de reprimir atividades criminais, e blitz do bafômetro próximo aos locais com grandes eventos. “Apesar de Ilhabela ter índices criminais muito baixos, é sempre importante ter reforço policial para aumentar a sensação de segurança. Mesmo com o início das aulas e grande parte das pessoas terem retornado para suas cidades, o calor continua e no final de semana a cidade fica cheia”, afirmou Tenente Diniz.

SABESP

Contrato terá vigência de 30 anos

e investimento de R$ 128 milhões, com Sabesp Na última semana, o prefeito MárFoto: Divulgação/PMI cio Tenório esteve em São Paulo com executivos da Sabesp para definir ajustes do contrato a ser firmado com a empresa, que terá vigência de 30 anos e investimento total de R$128 milhões. Participaram da reunião o secretário de Obras, Katzumi Hoyer, e de Meio Ambiente, Mauro Oliveira; Jerson Kelman, diretor – presidente da Sabesp, Luíz Fernando Beraldo Guimarães, chefe de gabinete da Sabesp e José Bosco Fernandes, superintendente regional. Os investimentos cumprem com o Prefeitura de Ilhabela analisa contrato de prestação de serviço Plano de Governo apresentado por Tenório. litros e outro com 3 milhões de litros nos bairros “Com esse investimento o nosso Pla- do Reino e Green Park”, informou Tenório. Com no de Governo será cumprido, já que prevê a construção destes reservatórios, o abastecia construção da estação de tratamento se- mento será garantido com 6 milhões de litros socundária de esgoto, ampliação da rede de mando o já existente que tem capacidade para 1 coleta e tratamento de esgoto (saneamento milhão de litros. básico)”, salientou o prefeito. O total de investimentos para ampliaDurante a reunião os representantes ção e extensão da rede de água está orçado em da Sabesp informaram que, hoje, a cidade aproximadamente 56 milhões, e de esgoto por possui 12.253 ligações de água encanada e volta de 73 milhões. 6.378 ligações de rede de esgoto, o que corPara o secretário de obras Katzumi respondem a 82% e 67%, respectivamente. O Hoyer, o contrato é muito importante para fornecontrato possibilitará a expansão da rede de cer infraestrutura básica à população de Ilhabeágua e esgoto. Na região norte do arquipéla- la. “Precisamos fornecer infraestrutura básica e go, de imediato será feita a coleta de esgoto acabar com o abastecimento ilegal, evitar o desentre o Barreiros e Armação. E, na costa sul, carte irregular de esgoto e reduzir a poluição em da Praia Grande até a Ponta da Sela. No bair- nossa cidade”, disse o secretário. O próximo passo é a análise do contrato ro da Cocaia existe uma linha de esgoto que pelo município. “O documento será analisado será colocada em funcionamento. Um dos grandes problemas do municí- pela prefeitura, que fará os ajustes necessários pio é a falta d’água na alta temporada. “Solicita- para que os investimentos se iniciem o mais rámos prioridade na ampliação dos reservatórios pido possível”, salientou o secretário de meio de abastecimento de água tratada na região ambiente, Mauro Oliveira. A próxima reunião está agendada a prócentral, por isso, serão construídos dois reservatórios: um com capacidade de 2 milhões de xima semana em Ilhabela.

O Tempo. Sabemos usá-lo ou desperdiçamos? Incansavelmente, num tempo a perder-se de vista, nossa velha e jovem Terra, girando no espaço, dá-nos com perfeição as quatro estações e, com idêntica pontualidade, o dia e a noite, num ritmo exato. A sequência é tão nítida e meridiana que, por não percebermos, entendemos como uma normalidade. E, a partir daí tudo passa a ter sua referência cronológica a ela vinculada. Para que possamos, entretanto, discorrer mais sobre o tempo e irmos além do que estamos familiarizados, será preciso tomarmos como base que nossa “Mãe Terra”, apesar de sua grandeza e perfeição nos movimentos, é mais um pontinho girando na imensidão do céu. Partindo desse raciocínio, podemos nos imaginar num planeta qualquer que tenha tamanho e órbita dezenas de vezes maior que ela: nosso referencial cronológico seria diferente, um ano valeria mais e um dia teria mais horas também. Os planetas que fazem parte desse imenso espaço sideral possuem diâmetro e massas diferentes, giram

em órbitas distintas e sincronizadas e nós, os humanos, seguimos o mesmo princípio. E é exatamente sobre ele que devemos pensar. Cada indivíduo tem a sua natureza, diferindo das demais, como também o seu grau de desenvolvimento. No princípio do século passado, o Dr. Alexis Carrel, cirurgião e fisiologista francês (1873 – 1944) manifestou-se, dizendo: “O tempo interior está ligado às funções de adaptação de cada indivíduo”, com certeza, perenizando a observação. As reações diante das situações diferem de pessoa para pessoa e se existe uma ordem cronológica que a tudo comanda, há também o tempo interior em cada um de nós, que, de forma idêntica, deve ser respeitado, sob pena de trazer prejuízos à própria estrutura física e psicológica, vindo a interferir inclusive no plano espiritual. Isso vale para tudo na vida, já que, apesar de nos conhecermos e sabermos do que gostamos e o que detestamos, ainda somos ilustres desconhecidos à nossa estrutura individual. Pensemos nisso.


Jca 516