Issuu on Google+

EDIÇÃO Nº 459 ❚ Ano 09 ❚ De 07 a 13 de outubro de 2012 ❚ Edição Nacional e Ilhas ❚ Jornal de distribuição gratuita ❚ 56.000 exemplares

Siga-nos no facebook!

f o l h a d e p o r t u g a l . p t

Em

l a g Portu

LEIRIA VISEU

MADEIRA

PORTIMÃO

COIMBRA

PONTA DELGADA

CEDIDAS

■ O evento estendeu-se por todo o território nacional com um único objetivo: o de levar a Paz a milhares pessoas. No total foram beneficiadas 78 mil pessoas

"Eu Tenho Paz":

78.000

beneficiados Saiba mais sobre este evento realizado no passado dia 29 de setembro, em Portugal Continental e Ilhas➥

DIOGO ALMEIDA

política...

TEMA CAPA... PÁGS. 06/07

Autarquias solidárias contra a austeridade

Sapatos made in Portugal

NOS PÉS DO MUNDO

■ O Governo revela cortes para as famílias portuguesas, mas alguns autarcas apresentam medidas que beneficiam os seus munícipes com reduções de taxas

■ A indústria portuguesa de

reportagem...

PÁG. 12

Alterações climáticas: 100 milhões em risco

D.R.

calçado exporta mais de 95 por cento da sua produção para 132 países em todo o Mundo. O design, a qualidade de fabrico e as marcas próprias são os três ingredientes do sucesso das marcas nacionais

PÁG. 11

■ Mais de 100 milhões de pessoas poderão morrer até 2030 devido às alterações no clima, caso os governantes não tomem medidas preventivas


02

em foco ///

GOOGLE CHEGA AO 14º ANIVERSÁRIO EMPREGANDO 55 MIL PESSOAS

DOMINGO ■ 07 de outubro de 2012

folhadeportugal.pt

MELANIE MAPS/LUSA

er paz é um desejo que quase todas as pessoas têm, no entanto, são muito poucas aquelas que a conseguem alcançar. E sem dúvida nenhuma que muitas pessoas dariam tudo para a conquistar, mas como esta não se consegue comprar com dinheiro continuam assim sem a alcançar. Muitas na ânsia de atingir esse objetivo acabam por fazer pactos de bruxaria, outras procuram-na na música, na moda, no isolamento ou no convívio, mas ainda assim a paz tão desejada acaba por nunca ser alcançada, o que, muitas vezes, pode acabar por levar algumas pessoas ao suicídio. Mas existe um pequeno (grande) detalhe para se poder obter paz, já que em qualquer situação na vida tem que se pagar um preço. Afinal, nada se consegue sem o devido pagamento e com a paz não é diferente. Contudo, talvez lhe possa surgir uma pergunta: mas se nem todo o dinheiro do mundo pode pagar a paz, então, qual é o preço a pagar? Simplesmente vencer a “Guerra”! Este é um ponto chave, pois muitas pessoas querem ter paz sem vencerem as “guerras” que contribuem para lhes tirar a paz nas suas vidas. Só que muitas destas “guerras” são invisíveis! Então, como as vencer? Através de uma fé inteligente, pois, através desta, com certeza, conseguiremos vencer qualquer tipo de “guerra” e assim conquistar uma paz duradoura. No passado dia 29 de setembro, o Centro de Ajuda realizou um evento denominado, “Eu tenho Paz”, no qual mais de 26 mil pessoas participaram e mais de 78 mil foram beneficiadas, de uma forma direta ou indireta. E uma das coisas que mais me chamou a atenção neste evento foi o rosto feliz com que as pessoas saíram do Estádio Municipal de Oeiras.

REVOLTA CONTRA O FIM DAS ISENÇÕES: Um elemento da Comissão de Utentes da Via do Infante participou numa manifestação e vigília no primeiro dia sem isenções no pagamento de portagens na A22, em Faro D.R.

“É inaceitável que 25 milhões de pessoas estejam no desemprego no conjunto dos 27 Estados-membros”

“Se estivesse em frente a Tony Blair não diria ‘estou zangada’, diria simplesmente ‘acreditei em ti, mas enganei-me’”

JONATHAN TODD (PORTA-VOZ DO COMISSÁRIO EUROPEU DO EMPREGO E ASSUNTOS SOCIAIS), AGÊNCIA LUSA

SKIN (VOCALISTA DOS SKUNK ANANSIE), SITE SAPO MÚSICA

D.R.

“Este homem [Gerard Piqué], realmente, é o melhor que me aconteceu na vida. E agora este bebé!” SHAKIRA, CANAL RTL

“O Benfica faz parte da história de Portugal”

“Estão a trabalhar com uma rapariga gorda. Fiquem conscientes disso e habituem-se”

LUÍS FILIPE VIEIRA, SITE DESPORTO SAPO

“O tempo que Portugal atravessa não é um tempo para competição entre partidos” MIGUEL RELVAS, AGÊNCIA LUSA

CHRISTINA AGUILERA, REVISTA BILLBOARD

PUB

Vencer as “guerras” da vida através da fé inteligente Todos os anos, o Centro de Ajuda realiza este evento para ajudar as pessoas que nele participam a obter ferramentas para que, desta forma, possam ter armas suficientes para vencer as suas “guerras” do dia a dia e alcançar a paz tão desejada. Tenha uma boa leitura!

D.R.

T

JOÃO RELVAS/LUSA

A Europa em mudança

D.R.

João Filipe Diretor

D.R.

editorial

semflash...

E

FOLHA DE PORTUGAL ALAMEDA D. AFONSO HENRIQUES, Nº 35 (ANTIGO CINEMA IMPÉRIO) 1000-123 LISBOA TEL: 210 300 971 FAX: 210 300 999

Diretor: João Filipe jf.d@folhadeportugal.pt Secretariado: Cláudia Pereira Editor: IURD Redação: Carla Vaz e Isabel Barbosa Assistente de Redação: Joana Oliveira Copydesk: Carla Vaz Paginação: Eliane Rosa, Bárbara Domingos e Paulo Cabral Correio do Leitor / Publicidade geral@folhadeportugal.pt

FOLHA DE PORTUGAL Título registado no ERC com o nº 125046 Propriedade: IURD Sede administrativa: Praceta Professor Francisco Gentil, nº 3 - Póvoa de Santo Adrião - Lisboa NIPC: 592001679 Periodicidade: Semanal Impressão: Rafik Comunicação e Imagem Unipessoal, Lda. - Sítio da Bemposta, nº 1, 1A e1B, Longo da Vila - Mafra Tiragem: 56.000 exemplares Depósito Legal: 322699/11 Distribuição: Gratuita Circulação: Portugal Continental e Ilhas A FOLHA DE PORTUGAL NÃO SE RESPONSABILIZA NEM PELAS INFORMAÇÕES CONTIDAS NAS CARTAS DOS LEITORES, POIS ELAS NÃO EMITEM NECESSARIAMENTE A OPINIÃO DO JORNAL, NEM PELA AUTENTICIDADE DOS ANÚNCIOS PUBLICADOS


s Dia Mundial da Saúde Mental

ete-dias /// 450 MILHÕES DE PESSOAS SOFREM DE UM TRANSTORNO MENTAL

A

NESTA SEMANA TAMBÉM SE COMEMORA... Dia Mundial dos Correios

ANTÓNIO COTRIM/LUSA

Sofrer de depressão significa viver, em média, mais de 12 anos com incapacidade

1 em cada 4 pessoas precisará de cuidados de saúde mental

Nos países de baixo e médio rendimento, mais de três quartos das pessoas que necessitam de cuidados de saúde mental não recebem sequer o mais básico dos serviços nesta área

“Os governos tendem a gastar a maior parte de seus escassos recursos de saúde mental em cuidados de longa duração em hospitais psiquiátricos”, afirmou Ala Alwan, diretor-geral Adjunto de Doenças Não Transmissíveis e Saúde Mental da OMS. “Hoje, quase 70 por cento dos gastos de saúde mental vai para instituições de saúde mental. Se os países gastarem mais ao nível dos cuidados primários, eles serão capazes de atingir mais pessoas e começar a resolver os problemas com antecedência suficiente para reduzir a necessidade de cuidados hospitalares”, esclareceu o mesmo. *Com Lusa

Dia Nacional da Luta Contra a Dor

doenças mentais contribuem para elevado absentismo e perda de produtividade”, argumentou ainda. Ter psicólogos nos recursos humanos das empresas vocacionados para despistar problemas mentais é uma das medidas que Ricardo Gusmão defende, a par de outras mais simples, como ter uma creche no local de trabalho. *Com Lusa

-

A depressão é uma das maiores causas de incapacidade em todo o Mundo

D.R.

É preciso prevenir doenças mentais no local de trabalho ■ As grandes empresas europeias e norte-americanas já começaram a investir na prevenção das doenças mentais no local de trabalho, um exemplo que deveria ser seguido em Portugal, segundo o psiquiatra Ricardo Gusmão. O coordenador em Portugal da Aliança Europeia Contra a Depressão revelou que as multinacionais em Inglaterra, Alemanha ou EUA possuem já programas de prevenção da doença mental, com retornos de produtividade evidentes. Em Portugal, o segundo país do Mundo com a maior taxa de perturbações mentais, as empresas deveriam começar a fazer o mesmo, aconselhou o especialista. “Não vemos as empresas portuguesas a investirem neste tipo de prevenção, quando as

❚ O dia 10 de outubro é assinalado como o Dia Mundial e Europeu contra a Pena de Morte, cuja abolição em todo o Mundo é um dos principais objetivos da política da União Europeia (UE) sobre a questão dos direitos humanos. A UE considera a pena de morte desumana e uma violação da dignidade humana, para além de não produzir qualquer efeito dissuasor sobre os crimes violentos. Afinal, a pena de morte aplicada na sequência de um erro judiciário, a que não está imune nenhum sistema judicial, representa a perda irreversível de uma vida humana.

❚ A 14 de outubro é assinalado, em Portugal, pela Associação Portuguesa para o Estudo da Dor (APED), o Dia Nacional de Luta Contra a Dor, com base na discussão dos principais temas que envolvem a investigação, o diagnóstico e o tratamento da dor. “O nosso objetivo principal para as comemorações deste ano continua a ser a realização e promoção de todos os esforços que permitam aos doentes as acessibilidades necessárias ao tratamento da dor aguda e crónica num período curto e adequado, de forma a reduzir o seu impacto, em Portugal”, explica Duarte Correia, presidente da APED.

D.R.

D.R.

-

■ Uma em cada quatro pessoas irá necessitar de cuidados de saúde mental em algum momento da sua vida, mas, em muitos países, apenas dois por cento dos recursos de saúde são investidos em serviços de saúde mental, revelou a Organização Mundial de Saúde (OMS). Citando dados do Atlas de Saúde Mental 2011, a OMS referiu que o gasto médio global com esta área é inferior a três dólares norte-americanos per capita, por ano. O documento mencionou ainda que a maior parte desses recursos é, muitas vezes, gasto em serviços que atendem relativamente poucas pessoas.

Dia Mundial e Europeu contra a Pena de Morte

D.R.

❚ É celebrado anualmente a 09 de outubro, no dia do aniversário da criação da União Postal Universal (UPU) em 1874, em Berna, na Suíça. Na sua mensagem sobre este dia, o diretor-geral da UPU, Edouard Dayan, salienta que os correios são um serviço público de valor incalculável, constituindo a maior rede física de distribuição a nível mundial, com cerca de 600 mil postos de correio, um movimento anual de 438 mil milhões de cartas e 6 mil milhões de encomendas.

D.R.

Cada vez mais pessoas sofrem de distúrbios do foro mental

provenientes de outras partes do corpo ou ser ela própria a desencadear outras enfermidades ou a originar sintomas somáticos. Para o Dia Mundial da Saúde Mental 2012, o tema central escolhido foi “Depressão: uma crise global”, através do qual a Federação Mundial para a Saúde Mental pretende sensibilizar o público em geral e os governos em particular para uma melhor compreensão das doenças do foro mental.

folhadeportugal.pt

post-it

Passou a ser comemorado desde 10 de outubro de 1992 e, anualmente, a Federação Mundial de Saúde Mental escolhe um tema principal, com a intenção de colocar a saúde mental nas agendas dos governos ■ O termo doença mental abrange um amplo leque de condições que afetam a mente, provocando diversos sintomas, tais como distúrbios de conduta, desequilíbrio emocional e enfraquecimento da memória. Podendo a mente ser atingida por doenças

03 DOMINGO ■ 07 de outubro de 2012


sete dias ///

DESEMPREGO ATINGE 1 EM CADA 5 PORTUGUESES EM ESPANHA

marcas

aconteceu

do D.R.

Famílias de Lisboa e Centro mais ajudadas

08/10/1998

José Saramago é o primeiro autor de língua portuguesa a ganhar o Prémio Nobel da Literatura.

09/10/2006

YouTube é comprado pelo Google, 1,65 biliões de dólares.

10/10/1979

números

11/10/1958

D.R.

Vila Real tem sido apontada, nos últimos anos, como uma câmara modelo no que diz respeito às políticas de ajuda às famílias

Fundão, Guarda, Seia, Miranda do Corvo, Estarreja, Águeda e Vila de Rei. No distrito de Lisboa foram escolhidas as autarquias de Cascais, Amadora, Lisboa, Loures, Oeiras, Montijo, Sintra, Vila Franca de A cada município vencedor Xira e Torres Vedras. As câmaras municipais de irá ser entregue a bandeira Santarém, Torres Novas verde da iniciativa “Autarquia + Familiarmente e Abrantes também irão receber o galardão, o qual Responsável 2012”

aquele organismo, que deixou de fora as restantes 68 câmaras concorrentes. No Centro, as câmaras municipais premiadas foram: Coimbra, Cantanhede, Lousã, Mealhada,

R. D.

O jogo Pac Man começa a ser comercializado no mercado japonês pela Namco.

NASA lança a sonda lunar Pioneer 1.

12/10/1995

será ainda atribuído a cinco municípios nortenhos: Boticas, Vieira do Minho, Póvoa de Lanhoso, Vila Nova de Foz Côa e Vila Real. No Alentejo, apenas Évora e Mértola se destacaram e no Algarve foram Faro e Vila Real de Santo António. Nas ilhas, Angra do Heroísmo, Funchal e Praia da Vitória foram as autarquias vencedoras do galardão, que será atribuído no dia 24 de outubro. *COM LUSA

Descoberto o primeiro planeta de uma estrela que não o Sol, o 51 Pegasi b.

13/10/2006

Ban Ki-Moon é escolhido para ser o novo secretário-geral da Organização das Nações Unidas, sucedendo a Kofi Annan.

cultura

Roteiro virtual dedicado ao fado -

em Portugal. No despacho de arquivamento, os responsáveis do Departamento de Investigação e Ação Penal do Ministério Público consideram que, “do ponto de vista legal, é lícita a realização pelos participantes na rede P2P para uso privado, ainda que se possa entender que efetuada a cópia, o utilizador não cessa a sua participação na partilha”.

❚ Uma empresa agrícola inaugurou, recentemente, um lagar em Serpa, concluindo assim um projeto de 14 milhões de euros, que incluiu plantação de olival e que é o maior investimento privado 100 por cento português no setor olivícola em Portugal.

52,8%

D.R.

Copiar músicas e filmes é legal

14ME

D.R.

Morre Edgar Allan Poe, escritor norte-americano.

cópias legais

■ Descarregar músicas e filmes da Internet, através de redes de partilha de ficheiros é legal, desde que não tenham como destino a compra e venda, de acordo com o Ministério Público. Segundo a revista Exame Informática, o Ministério Público decidiu arquivar uma queixa apresentada em 2011 pela Associação do Comércio Audiovisual de Obras Culturais (ACAPOR) contra duas mil pessoas. Estas eram acusadas de descarregar cópias de produtos culturais em redes de partilha de ficheiros (P2P)

tempŠ

07/10/1849

As famílias que vivem no distrito de Lisboa e no Centro do país são as que recebem mais ajudas das autarquias, de acordo com o Observatório das Autarquias Familiarmente Responsáveis ■ Dos 308 municípios portugueses, apenas 103 responderam ao inquérito do Observatório das Autarquias Familiarmente Responsáveis (OAFR), o qual avalia as ajudas prestadas em áreas como o apoio à maternidade e paternidade, a educação e a cultura e lazer. Este ano, o OAFR irá distinguir 35 municípios com o título de “Autarquia + Familiarmente Responsável 2012”, com base nos resultados divulgados por

DOMINGO ■ 07 de outubro de 2012

folhadeportugal.pt

D.R.

04

-

❚ As exportações portuguesas para a China aumentaram 52,8 por cento nos primeiros oito meses de 2012, evidenciando a crescente atenção das empresas do país ao mercado chinês, revelou o embaixador português em Pequim.

Desde que não seja para fins comerciais, pode-se descarregar músicas e filmes da net

■ Um roteiro virtual em torno do fado será lançado em novembro, um ano depois deste género musical ter sido declarado Património Imaterial da Humanidade pela UNESCO. Miguel Honrado, diretor da EGEAC, a empresa municipal que gere os equipamentos culturais de Lisboa, revelou que o roteiro virtual terá informações sobreascasasdefado,oMuseudo Fado e as oficinas de construção de instrumentos. O lançamento

Menos 5,8% ❚ O número de passageiros desembarcados nos Açores em voos com origem no exterior registou uma quebra de 5,8 por cento nos primeiros oito meses deste ano relativamente ao mesmo período de 2011, segundo o Serviço Regional de Estatística.

D.R.

daquele roteiro virtual faz parte do plano de salvaguarda que a candidatura do fado a património da Humanidade apresentou à UNESCO. Para além do roteiro, estão em curso a rede de arquivos com a digitalização de fonogramas do fado, que deverá estar concluída em 2014, e a requalificação das casas de fado de Lisboa. Miguel Honrado revelou também que, por via da distinção do Fado como Património

. D.R

O Fado foi declarado Património Imaterial da Humanidade pela UNESCO, a 27 de novembro de 2011

Imaterial da Humanidade, o Museu do Fado registou um aumento de 60 por cento na afluência de visitantes. Em 2010, o Museu do Fado registou cerca de 35 mil visitantes, dos quais 20 mil eram estrangeiros. Em 2011, registaram-se 60 mil visitantes, metade dos quais estrangeiros. *COM LUSA

10 mortes

❚ Dez pessoas morreram afogadas nas praias portuguesas nos quatro meses de época balnear oficial, revelou o Instituto de Socorros a Náufragos. Duas das mortes ocorreram em praias marítimas vigiadas, seis em não vigiadas e uma numa praia fluvial não vigiada. *COM LUSA


05

sete dias

A post-it

DOMINGO ■ 07 de outubro de 2012

2.700 SENIORES ❚ O ensino direcionado para seniores na universidade dos Açores já abrangeu cerca de 2.700 pessoas ao longo de nove anos, permitindo um envelhecimento ativo, segundo fonte da reitoria. Em média, são realizadas 300 inscrições por ano, 70 por cento das quais de mulheres.

MIL ESPETÁCULOS ❚ Os artistas portugueses deverão dar este ano entre 800 a mil espetáculos no estrangeiro, revelou a associação Música.PT. É no mercado internacional que há maior hipótese de crescimento.

40ME

600 FARMÁCIAS

❚ A Agência Federal de Trabalho Alemã pretende criar um programa especial para facilitar o acesso de jovens da UE ao mercado de trabalho germânico, que arrancará em 2013 e será dotado com 40 milhões de euros por ano.

Deixe o mau

D.R. ❚ A Associação Nacional das Farmácias estima que 600 farmácias irão encerrar em 2013 e responsabiliza o Estado por conduzir o setor à situação de colapso em que se *Com Lusa encontra.

a sua carreira

humor à porta

U

ma das piores pragas que pode existir no local de trabalho é o mau humor, pois, para além de ser muitíssimo contagioso e afetar facilmente quem o/a rodeia, pode vir  a ter consequências arrasadoras na produtividade de uma equipa. Por isso, deixamos-lhe alguns conselhos básicos: ➜ Antagonismo: tente ser um pouco mais tolerante, em vez de estar sempre a questionar cada situação e as atitudes de quem o/a rodeia; ➜ Compromisso: faça um pacto consigo

mesmo/a de não se deixar aborrecer com nada, nem ninguém, durante duas horas e vá renovando esse acordo com regularidade; ➜ Perfeccionismo: se está sempre à procura da perfeição em tudo o que

Aprenda a evitar a irritabilidade faz, saiba que está a trilhar o caminho da frustração e a criar um bloqueio à boa disposição;

➜ Simpatia: sorria e retribua um cumprimento com simpatia, pois a boa disposição é contagiosa e uma arma eficaz contra a impaciência; ➜ Controlo: não descarregue a raiva nos colegas ou passe o dia inteiro de “trombas”, tente antes controlar as emoções; ➜ Ritmo: aprenda a desacelerar um pouco e a aliviar a tensão usual; ➜ Razão: gaste alguns minutos a pensar se existirão realmente motivos válidos para o seu mau humor.

Filhos únicos são mais felizes

Uma das principais razões é o facto da criança não ter de lutar pela atenção dos pais D.R.

4 mil crianças contaminadas ❚ Mais de 4.000 crianças e adolescentes alemães foram contagiados por um vírus que causa problemas gastrointestinais, devido à ingestão de alimentos contaminados em diversas cantinas escolares.

ESPANHA

Prémios da lotaria taxados ❚ Os prémios superiores a 2.500 euros correspondentes a sorteios e apostas das “Loterias de Estado” em Espanha serão submetidos a um novo imposto de 20 por cento, com o qual o Governo espera arrecadar receitas de 824 milhões de euros.

socialização, mesmo sendo filhos únicos têm sempre a oportunidade de conviver com outras crianças na escola, de fazer amigos e, sobretudo, de aprender a partilhar.

D.R.

pelo mundo ALEMANHA

a descoberta ■ Um estudo da universidade de Essex, na Grã-Bretanha, veio agora demonstrar que os filhos únicos são mais felizes do que aqueles que têm irmãos. De acordo com a coordenadora desta investigação, Gundi Knies, a principal razão passa pelo facto de os filhos únicos não precisarem de lutar pela atenção dos pais, não serem vítimas de bullying pelos irmãos mais velhos, nem receberemm alcunhas maldosas. Quanto ao problema da

D.R.

D.R.

PUB

BÓSNIA

Empréstimo a Sarajevo ❚ O Fundo Monetário Internacional atribuiu à Bósnia-Herzegovina um empréstimo de 405,3 milhões de euros, que se encontrava pendente, para ajudar o governo de Sarajevo a melhorar o fraco crescimento.

SÍRIA

700 mil refugiados ❚ O Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados revelou que poderá haver mais de 700.000 refugiados sírios no final de 2012, contra os atuais 300.000, tendo a ONU pedido mais verbas para os ajudar. *Com Lusa


06

TEMA CAPA ///

PORTUGAL JÁ EXPORTOU 32 MILHÕES DE SAPATOS

calçado

DOMINGO ■ 07 de outubro de 2012

folhadeportugal.pt

D.R. D.R. D.R. D.R. D.R.

A moda dos sapatos portugueses

Atualmente, a indústria portuguesa de calçado exporta mais de 95 por cento da sua produção para 132 países em todo o Mundo

D.R.

colocando o nosso país no 11º lugar no ranking dos maiores exportadores.

REDAÇÃO

C

om apenas um lugar de diferença de Itália na lista dos produtores mais caros do Mundo, a indústria nacional de calçado continua à procura de novos mercados para continuar a vender os seus sapatos e ultrapassar as fronteiras da crise. O setor do calçado está mesmo decidido a manter a dinâmica que tem demonstrado nos últimos anos, com o surgimento de novas marcas, novos segmentos e até mesmo lojas próprias.

No último ano, os sapatos feitos em Portugal passaram a ser os segundos mais caros do Mundo A Kyaia, o maior fabricante português de calçado, decidiu criar uma nova marca para competir ao lado das, também suas, Fly London e Foreva. Assim, a Goldmud abriu já uma loja em Berlim e vai abrir outra no Porto, em parceria com outras marcas nacionais. Miguel Vieira estreia-se no segmento infantil e a Marisport, que se dedicou sempre ao subsetor do calçado de segurança, lança agora uma marca própria. Estes e outros nomes fazem com que Portugal tenha contribuído com 70 milhões de pares de sapatos para a produção global em 2011,

Sapatos portugueses são dos mais caros Um par de sapatos fabricado em Portugal custa, em média, 24,4 euros, o que os coloca como os segundos mais caros do Mundo, a um passo de Itália, onde um par de sapatos à saída da fábrica atinge os 35,6 euros. De acordo com o “World Footwear 2012”, o relatório anual desenvolvido por iniciativa da APICCAPS (Associação dos Industriais do Calçado), o elevado valor de produção do calçado nacional vem reafirmar o posicionamento de Portugal como produtor de sapatos de luxo. Segundo o mesmo documento, o aumento do preço médio justifica-se pelo valor acrescentado que a indústria portuguesa do calçado tem conseguido introduzir no produto final, tanto ao nível da utilização dos materiais, como na criação de marcas próprias e, principalmente, na qualidade do produto final. Na China, que produz três em cada quatro pares exportados no Mundo, os sapatos chegam a ser produzidos a um custo médio inferior a 3 euros por par. Um excelente desempenho O relatório mostrou ainda que

D.R. D.R.

D.R.

Apesar da crise, os sapatos portugueses andam nos pés de cerca de 16 milhões de pessoas, espalhadas por todo o Mundo, com novas marcas a surgir e até lojas próprias

D.R.

D.R.

Portugal é o único país europeu e um dos poucos no Mundo, onde a produção de calçado ainda é superior ao consumo. No primeiro semestre deste ano, as exportações portuguesas de calçado somaram 747 milhões de euros e 32 milhões de pares de sapatos. A APICCAPS considera que, apesar do abrandamento em relação ao crescimento registado em 2011, o setor continua a ter um “excelente desempenho”. Na Alemanha, as vendas de calçado português aumentaram 8,5 por cento e a procura de sapatos lusos fora do continente europeu cresceu mais de 30 por cento. D.R.

-

Em média, um par de sapatos portugueses custa cerca de 24 euros à saída da fábrica


07

tema capa

DOMINGO ■ 07 de outubro de 2012

O segredo do sucesso do CALÇADO PORTUGUÊS Mesmo num panorama de crise, no ano passado, o setor conseguiu um crescimento nas exportações de 16 por cento

D.R.

❙ 95 por cento do calçado produzido em Portugal é exportado

D.R.

■ Os sapatos portugueses continuam a ter um contributo positivo para a balança comercial do nosso país. Atualmente, a indústria portuguesa de calçado exporta mais de 95 por cento da sua produção para 132 países em todo o Mundo. O design, a qualidade de fabrico e as marcas próprias são os três ingredientes principais de uma receita que o setor do calçado conseguiu arranjar para sair da crise em que se encontrava há cerca de 10 anos. Agora, mesmo num cenário económico complicado, o setor reagiu às dificuldades impostas pela saída das encomendas para países com mão de

internacionais. Estes trunfos colocaram os sapatos made in Portugal em países cada vez mais distantes.

D.R.

obra mais barata, percebendo as suas limitações e dando-lhes resposta. A importância que passou a ser atribuída ao design e à criação de marcas próprias foi um ponto de viragem no fabrico do calçado português, ao que se juntou a modernização tecnológica e a qualificação da mão de obra, bem como uma abertura maior aos mercados

A qualidade portuguesa O design português tem vindo a ganhar fama, com as linhas modernas e confortáveis, mas há décadas que a

países a mão de obra ser mais barata, o que baixa o valor do produto final, o setor recordou que a qualidade é mais importante do que os preços baixos. É por esse motivo que clientes, que tinham optado por esses países abandonando empresas portuguesas, começam a voltar a fazer encomendas em Portugal.

O design e a qualidade de fabrico fazem com que o calçado português seja um dos preferidos qualidade do nosso calçado é conhecida, sobretudo na Europa. Apesar de noutros

Lado a lado com os melhores A viragem na estratégia de produção valeu à indústria portuguesa de calçado um prestígio internacional que lhe permite, por exemplo, estar presente

na GDS em Dusseldorf, na Alemanha, um dos maiores certames do setor. A presença portuguesa da prata da casa, como é o caso das marcas Cubanas, Dkode, Goldmud ou Fly London, fez-se notar ao lado da gigante Converse ou da Desigual. A economia alemã continua a ser o principal impulsionador da zona euro, pelo que é imperativo em termos estratégicos apostar no mercado alemão. No primeiro semestre deste ano, Portugal colocou na Alemanha 5,3 milhões de pares de sapatos no valor de 148 milhões de euros, mais 8,5 por cento do que no mesmo período em 2011. RD

Sapatos portugueses pelo Mundo ano passado. O “velho continente” continua a ser o mercado de referência, sendo que os dados revelam que as exportações dentro da Europa cresceram 1,2 por cento. Contudo, os mercados mais relevantes ficam fora das fronteiras comunitárias, com o crescimento das exportações para o resto do Mundo a ultrapassar os 50 por cento. Nos Estados Unidos, por exemplo, as exportações aumentaram 60

por cento, atingindo os nove milhões de euros; na Rússia, os valores foram de 8,7 milhões, o que representa 31 por cento de aumento; em Angola, a subida chegou aos 43 por cento, o que se traduz em 6,3 milhões de euros; no Japão importou-se mais 30 por cento de calçado português, num total de 6,2 milhões; e no Canadá, apesar da subida ser menos acentuada, 5,1 por cento, chegou-se aos 5,3 milhões de euros a mais. RD D.R.

■ Apesar de na Europa as marcas portuguesas serem conhecidas, só há relativamente pouco tempo é que se começou a apostar nos países extracomunitários, que têm sido um grande impulsionador do setor nacional de calçado. De acordo com a APICCAPS, no primeiro semestre deste ano, Portugal exportou 32 milhões de pares de sapatos, o que corresponde a um aumento de 3,1 por cento face ao mesmo período do

Goldmud

Fabrica 600 mil pares de sapatos por ano

brica diaria mente 2.00 0 pares de sa patos

oss números

D.R.

D.R.

Angelini e Pé (grupo Facto Lindo rum Pele) Fa

Philipe Sou Eureka (grusa e Alberto So po usa) 10 milhõe s de euros p or ano em ve ndas

Sportstyle e Camport (grupo Campeão Português)

Exporta 45% das vendas e, este ano, pretende chegar aos 26 milhões de euros

atália e p a S , n o Fly Lond rupo Kyaia) Foreva (gabalhadores 600 tr e euros ilhões d m 0 5 e d dução Vendas a sua pro d % 5 9 Exporta

Cubanas

100% portuguesa e chega, atualmente, a 20 países


portugal ///

08

EM 2010 REGISTARAM-SE 27.556 DIVÓCIOS

DOMINGO ■ 07 de outubro de 2012

folhadeportugal.pt

infância

Luto nas crianças aumenta

M

uito embora a morte esteja presente na vida de todos os adultos, para uma criança ela não faz parte sequer do seu imaginário. A presidente da Associação Perdas e Afetos (APA), Lúcia Ferreira, alerta para a existência de um número cada vez maior de crianças em luto, sendo que as principais causas de morte dos pais são o suicídio, os acidentes rodoviários e a morte súbita. O apoio a crianças num cenário de perda dos seus progenitores é fundamental e tem sido registado pela Associação. Os principais sintomas de alarme são os pesadelos e a incontinência urinária e, segundo a responsável, a melhor forma de ajudar uma crianças em processo de luto é contar a verdade sem

Num cenário de perda dos seus progenitores, o apoio às crianças é essencial nunca utilizar metáforas. Por exemplo, dizer que “o pai foi para o Jesus porque era bom” pode levar a criança a pensar que a mãe também é boa e, por isso, vai igualmente embora, fazendo com que

tenha medo de ficar sozinha. Lúcia Ferreira refere ainda que a taxa de suicídio tem aumentado bastante, assim como a taxa de morte súbita de pais. “Infelizmente, têm falecido muitas pessoas, principalmente do sexo masculino, em acidentes rodoviários ou de forma súbita, e somos chamados para dar a notícia aos filhos”, referiu a também psicóloga. A Associação Perdas e Afetos funciona desde abril de 2011 e visa a sensibilização, formação, investigação e apoio, principalmente, na área do luto, sendo que também intervém nas áreas de comportamentos desviantes, catástrofes e apoio jurídico.

O processo de luto Se para um adulto nem sempre é fácil lidar com a morte, para as crianças o processo de luto pode ser facilitado, desde que haja uma atitude de abertura e honestidade para com a criança. A morte é um assunto que não deve ser evitado, pois evitar falar sobre ele leva a que a criança sinta o assunto como “proibido”. Mas como falar sobre um assunto tão delicado? A linguagem a usar deve ser clara, direta, simples e adequada à idade da criança, mas sem se recorrer a eufemismos. Assim, a criança deve saber

As crianças devem ser encorajadas a expressar os seus sentimentos

a verdade e esta deve ser explicada com todos os detalhes e informações que ela consiga compreender. Deve-se também ouvir com atenção todas as questões que a criança queira colocar e responder às mesmas com maior exatidão possível.

D.R.

REDAÇÃO

D.R.

Para uma criança, a morte é sempre um acontecimento repentino e inesperado, que a irá marcar para sempre. Superar a morte de um ente querido pode ser para os mais pequenos um longo percurso

Como pode ajudar o/a seu/sua filho/a a ser mais feliz? ■ Filhos de pais pessimistas têm cerca de 50 por cento de possibilidade de o serem também. As conclusões são de um estudo internacional efetuado nos Estados Unidos. Alguns psicólogos acreditam que o otimismo pode mudar o rumo de alguns acontecimentos na vida das crianças. Quanto às atitudes que os pais devem tomar para ensinar as crianças a lidar com as adversidades, deve-se educá-las de modo a serem autónomas e persistentes. É também essencial que os pais se mostrem confiantes e que encarem a vida utilizando metáforas positivas. É importante que os mais novos percebam que as dificuldades existem, mas que devem sempre tentar ultrapassá-las. Segundo os psicólogos, estes são pequenos truques que, utilizados durante a formação da personalidade da criança, no futuro poderão ajudá-la a ser mais feliz e a evitar depressões.

D.R.

família

Filhos sentem a dor da separação Em 2010 foram registados em Portugal 27.556 divórcios, sendo que na maioria dos casos há filhos envolvidos neste processo ■O divórcio determina sempre mudanças importantes no dia a dia da criança, podendo gerar insegurança e fragilidades. Por esse motivo, os pais procuram cada vez mais apoio técnico para ajudar os filhos a ultrapassar a dor, os medos, a tristeza e a revolta causada

pela separação. “Muitos pais procuram apoio psicológico para os seus filhos para os ajudarmos a lidar com o processo de adaptação ao divórcio dos pais, à nova realidade familiar”, explicou à agência Lusa Susana Monteiro, psicóloga e coordenadora de grupos de apoio a crianças e jovens no Centro de Formação e Investigação em psicologia (CEFIPSI). A responsável lida com este tipo de situações há cerca de dez anos e sublinhou que “os pais estão mais sensibilizados e disponíveis” para procurar este tipo de

suporte para os filhos. Susana Monteiro referiu ainda que quando chegam às consultas, as crianças e os jovens estão fragilizados em termos emocionais. Tristeza, medos de rejeição e abandono são os sintomas mais frequentes nas crianças até aos seis anos, que se culpam frequentemente pela separação dos pais.

Com o aumento do número de divórcios cresceu também a procura de psicólogos

Nas crianças entre os seis e os dez anos, os sinais mais evidentes Muitas vezes, as crianças tornam-se agressivas com a são a tristeza, a zanga e a separação dos pais raiva, que, muitas vezes, é canalizada para o progenitor com quem comportamentos de risco”, descreveu vive mais tempo, passando o que está a psicóloga. Os adolescentes, entre os ausente a ser idealizado. No que toca aos 14 e os 18 anos, lidam, normalmente, pré-adolescentes, a dor da separação com o processo de divórcio dos pais, dos pais é manifestada através de “uma distanciando-se da família e apostando maior dificuldade em demonstrar na relação com os amigos. Alguns entram ou expressar as suas emoções, o em depressão e outros envolvem-se em sofrimento, e envolverem-se em comportamentos de risco e delinquência. rd


Folha

Centro de Ajuda Pág. 2i

Pág. 8i

REFLEXÃO

REUNIÃO DA SUPERAÇÃO

O segredo para a felicidade

Construir a vida sobre a pedra angular iur d.pt

Suplemento jornal FOLHA DE PORTUGAL ■ Nº 459 ■ DOMINGO, 07 a 13 de outubro de 2012

especial EVENTO

78 mil

pessoas beneficiadas em todo o país ■ Apartirdas16horas,amovimentação

das pessoas começou a intensificar-se em volta do Estádio Municipal de Oeiras, pois, estava prestes a ter início o evento “Eu Tenho Paz”. Entre orações, canções, atendimento e casos verídicos registados ao vivo, esperava-se pela subida ao Altar do bispo Júlio Freitas, o que aconteceu às 18 horas, tal como previsto.

3

Momentos antes do evento começar 1

4 2

DIOGO ALMEIDA

No passado dia 29 de setembro, 78 mil pessoas foram beneficiadas, num evento que reuniu Portugal em torno de um só objetivo: a Paz


2i

folha centro de ajuda

especial

/ reflexão

EVENTO

DOMINGO ■ 07 de outubro de 2012

visite-nos em iurd.pt

mensagem

O CENTRO DE AJUDA NÃO COBRA PARA D

bispo

❚ realizar casamentos ❚ realizar batizados (adultos) ❚ dar aconselhamento

matrimonial

❚ aconselhar e acompanhar

indivíduos toxicodependentes

❚ aconselhamento pastoral ❚ participar na Santa Ceia ❚ a realização da unção

com óleo ❚ visitas ao domicílio ❚ visitas a doentes no hospital ❚ visitas a presidiários ❚ distribuição de cestas básicas às famílias carenciadas ❚ distribuição de bens (roupas, mobílias, eletrodomésticos, etc.) a pessoas carenciadas ❚ acolher o Instituto Português do Sangue nas suas instalações para a doação de sangue ❚ ajudar a manter o Lar de Idosos Universal ❚ a apresentação de crianças (não batiza crianças, somente adultos) ❚ participar no grupo de jovens "Força Jovem" ❚ a realização de orações ❚ a entrada nas igrejas e participação nos cultos ❚ a participação em concentrações, em locais como: Coliseu dos Recreios, Pavilhão Rosa Mota, estádios, Pavilhão Atlântico, etc. ❚ ajudar a manter a Sociedade “Pestallozi” (presta assistência aos portadores da síndrome de Down) ❚ manter a Fazenda Nova Canaã

❚ a realização de cursos

informáticos

Edir Macedo

O segredo para a felicidade

❚ aconselhar e apoiar na

escolha de uma carreira profissional ❚ atendimento telefónico 24 horas ❚ apoio a mulheres vítimas de abusos ❚ apoio e aconselhamento a indivíduos dependentes alcoólicos ❚ visitas a lares de terceira idade ❚ dar alimento aos sem-abrigo ❚ apoio em catástrofes ❚ a realização de atividades lúdicas e desportivas com os jovens ❚ aconselhamento e campanhas na prevenção do HIV ❚ transporte de pessoas com dificuldades de locomoção ❚ estacionamento no parque da Igreja ❚ estudos Bíblicos realizados ❚ entrada e participação no maior Congresso Financeiro do País ❚ realização de funerais ❚ distribuição do Óleo Santo de Israel ❚ cursos de Teologia (IBURD) ❚ milagres que acontecem em todos os Centros de Ajuda espalhados pelo Mundo. Só ensina às pessoas a VERDADE. O dízimo, como também as ofertas, são mandamentos bíblicos.

Sacrificando diariamente pelo seu ideal!

A

base de uma empresa, de uma família, de à terra que eu dou aos filhos de Israel”.  Josué sabia que uma vida começa com a sua aliança com Moisés estava morto, mas porque é que Deus o relembrou Deus. Quando você desse facto? Você não pode dar um abre mão da sua fé nas passo adiante se carrega dentro de si tradições religiosas, nos falsos deuses o passado. Essa mensagem é dura, e abraça a sua fé exclusivamente no mas a fé é assim, inflexível. A fé é um Senhor Jesus Cristo, então, forma a dom de Deus! O segredo para haste principal da cruz, que é a vertical. Quando você faz um pacto a felicidade está, Mas ninguém pode decidir isso por si!  com Deus, você toma posse dessa O segredo para a felicidade não é você convicção. Ele é a fonte de toda primeiro, na a energia, de todo o poder e de ter um diploma, um doutoramento, sua comunhão toda a glória. Se você se liga a Ele, dinheiro ou sucesso; ele está, primeiro, com Deus então, tem-No permanentemente na sua comunhão com Deus, no seu na sua vida, pois, assim como relacionamento com Ele. O Espírito Ele foi com Moisés e Josué, assim Santo quer andar consigo e estar consigo será consigo todos os dias da em todos os momentos da sua vida. Esse Deus de quem falamos é o único capaz sua vida. “Ninguém te poderá resistir todos os dias da tua vida; de o/a instruir, inspirar e fortalecer, de como fui com Moisés, assim serei contigo;não fazer com que a sua fé esteja sempre em alta e as suas dúvidas sempre em baixa. te deixarei, nem te desampararei” (Josué 1.5). Em Josué 1.2, Deus diz: “Moisés, meu servo, é morto; Que Deus abençoe a todos abundantemente. dispõe-te, agora, passa este Jordão, tu e todo este povo,

Acessos oficiais do

bispomacedo.com.br/blog

bispo Macedo PELA RÁDIO DIARIAMENTE: 95.0 FM 23H ¢

youtube.com/obispomacedo

facebook.com/BispoMacedo

Record FM 107.7 23h30 ¢ Liz FM 101.3 23H ¢ Gaia FM 95.5 23H ¢ IURDTV, diariamente, pelas 13h30 (hora de Lisboa)

iurd na web

história de sabedoria

O porco e o CAVALO ■ Um fazendeiro colecionava cavalos e só lhe faltava um de uma determinada raça. Até que, um dia, descobriu que um vizinho seu tinha esse determinado cavalo. Então, atormentou o vizinho até conseguir comprá-lo. Só que, um mês depois, o cavalo adoeceu e ele chamou o veterinário, que disse: “bom, o seu cavalo está com uma virose. É preciso tomar este medicamento durante três dias. No terceiro dia, voltarei e, caso não esteja melhor, será necessário

sacrificá-lo”. Nesse momento, o porco estava a escutar a conversa. No dia seguinte, deram o medicamento ao cavalo e foram-se embora. Então, o porco aproximou-se do cavalo e disse-lhe: “força amigo, levanta-te daí, senão serás sacrificado!”. No segundo dia, deram o medicamento ao cavalo e foram-se embora. O porco aproximou-se novamente e disse-lhe: “vamos lá amigo, levanta-te, senão vais morrer! Vamos lá, eu ajudo-te a levantar. Upa!

twitter.com/BispoMacedo

http://iurd.pt/centro-deajuda-no-zimbabue/

D.R.

Um, dois, três...”. No terceiro dia, deram o medicamento e o veterinário disse: “infelizmente, vamos ter que

Procure ser uma pessoa de valor, ao invés de uma pessoa de sucesso! sacrificá-lo amanhã, pois, a virose pode contaminar os outros cavalos”. Quando se foram embora, o porco

aproximou-se do cavalo e disse: “é agora ou nunca! Levanta-te logo, upa! Coragem! Vamos, vamos! Upa! Upa! Isso, devagar! Ótimo! Vamos, um, dois, três... Agora mais depressa, vai... Fantástico! Corre, corre mais! Upa! Upa! Upa! Venceste campeão!”. Então, de repente, o dono chegou, viu o cavalo a correr no campo e gritou: “milagre! O cavalo melhorou e isso merece uma festa. Vamos matar o porco!”.

No domingo (23/09), uma grande reunião foi feita para celebrar o “Dia da Diferença” em Bulawayo, com o intuito de mudar para melhor a vida espiritual, mediante uma entrega real a Deus, das milhares de pessoas que lotaram o grande Anfiteatro...

http://iurd.pt/fje-ucrania/

Em 2012, o Força Jovem organizou a 3ª temporada do "Jovem Talento". Durante o verão, foram realizadas as competições e selecionados 12 finalistas. A grande final ocorreu a 15 de setembro, em Kiev, na praça “Arco da Amizade dos Povos”...


folha centro de ajuda

/ nacional

especial

3i

EVENTO

DOMINGO ■ 07 de outubro de 2012

visite-nos em iurd.pt

"Deixo-vos a PAZ, a minha PAZ vos dou; eu não vo-la dou como a dá o mundo"

(JOÃO 14.27)

Depoimentos

Perdeu a vontade de cantar

CEDIDAS

■ “Sou fadista e tenho já algum reconhecimento em Reguengos de Monsaraz, onde costumo atuar. Estou há um mês no Centro de Ajuda e, mesmo antes de começar a frequentar a Igreja, pensava no suicídio, devido a vários problemas. Já não cantava, nem compunha há muitos anos por causa das depressões que todos esses pro-

blemas me causaram. Mas desde que cheguei ao Centro de Ajuda, venci a depressão e já consegui resolver alguns problemas. Hoje eu tenho Paz”. MARIA FILOMENA PIRES, ÉVORA

"Venci a depressão e já consegui resolver alguns problemas. Hoje eu tenho Paz"

“Aquilo que determinei aconteceu”

Perdoou o pai

■ “Durante dez anos guardei uma mágoa muito grande do meu pai. Aqui no evento ‘Eu Tenho Paz’, foi realizada uma oração de libertação, para que esse mal fosse expulso da minha vida. Depois da oração, abracei o meu pai e, juntamente com o resto da família, consegui perdoá-lo. O meu coração recebeu a Paz tão desejada”. ANA SOFIA, PORTIMÃO

■ “Estava desempregada há quatro meses, no entanto, consegui arranjar um bom emprego, onde estou a ganhar o dobro e fazendo menos horas de trabalho. As minhas colegas faziam troça de mim, por eu orar ao meu Deus... Então, disse-lhes que, no

"Abracei o meu pai e, juntamente com o resto da família, consegui perdoá-lo"

Espírito renovado

■ “Hoje saio daqui renovada!

Foi uma bênção muito grande e levo comigo um espírito novo. Eu tenho Paz”. ALBINA, ESPINHO

"Levo comigo um espírito novo"

"Aquilo que determinei está concretizado"

Venceu uma guerra interior ■ “Cheguei ao Centro de Ajuda quando vivia uma guerra em todas as áreas da minha vida. Não tinha Paz na minha saúde, tinha dores e nódulos no peito. Também na vida financeira as coisas estavam más porque o meu ordenado não chegava. Não tinha Paz na minha alma também porque ouvia constantemente vozes na minha cabeça. Mas ao aceitar a proposta

“Antes de chegar a nossa vida estava destruída” ■ “A minha mulher chegou primeiro à Igreja e, depois, trouxe-me, com problemas de saúde, por causa de um acidente. Estávamos no fundo do poço e dependíamos dos outros, até o próprio pão que comíamos pela manhã era-nos dado pelos vizinhos. O casamento também estava destruído porque eu andava com más companhias e vivia na noite. Cheguei há cinco anos atrás ao Centro de Ajuda e hoje, graças a Deus, dia após dia, as coisas transformaram-se. O casamento foi a primeira coisa que se transformou quando nós chegamos aqui. Apliquei o que os homens de Deus nos ensinavam e assim fomos ven-

dia em que saísse dali, ia conseguir um trabalho ainda melhor e assim aconteceu. Aquilo que determinei está concretizado e estou realizada!”. ISAURA, FUNCHAL

cendo. Na última Fogueira Santa estava a dever 73.250 euros e dessa dívida já só tenho 250 euros para pagar no próximo mês. Tenho a minha empresa, um escritório e um camião para trabalhar. Fiz uso da minha fé para transformar a minha vida!”. LAFAETE E ROSANGELA, PORTO

"Fiz uso da minha fé para transformar a minha vida!"

para participar no evento ‘Eu Tenho Paz’, a minha história passou a ser outra! Hoje tenho Paz na saúde e não sofro mais com dores. A minha vida financeira também foi restaurada e a minha alma tem Paz e alegria. Hoje sou feliz, pois, ao vencer a guerra dentro de mim, recebi Paz”. ISABEL DINIZ, VISEU

"A minha alma tem Paz e alegria"

Sentir-se mais leve

■ “É a segunda vez que participo e hoje vim muito pesada, sentindo-me mal comigo mesma. Mas saio daqui muito leve! Encontrei a Paz para a minha vida”. RUTE PINHO, AREOSA

"Saio daqui muito leve!"


4i

folha centro de ajuda

/ nacional

especial

EVENTO

DOMINGO ■ 07 de outubro de 2012

visite-nos em iurd.pt

No Estádio Munic foi possível en depoimentos ISABEL BARBOSA

❚ “Espero conseguir alcançar a Paz que vim aqui procurar e que foi, sobretudo, a nível interior. Tenho a certeza de que vou conseguir porque todas as vezes em que participei senti uma mudança e saí com uma outra visão da vida. É sempre muito bom participar!”. MARTA, BENFICA

❚ “Já participei noutros eventos da IURD (Igreja Universal do Reino de Deus) e, para este ‘Eu Tenho Paz’, a minha expetativa é muito grande. Afinal, quem não tem Paz, tem uma oportunidade para a encontrar aqui hoje, em todas as áreas da sua vida, bastando para isso apenas querer ". RITA SILVA, CALDAS DA RAINHA

❚ “Já participei noutros eventos do Centro de Ajuda e espero sair deste com uma vitória, sobretudo na vida financeira. Hoje vou mesmo interceder e tenho a certeza de que vou sair daqui com uma resposta”. ROSÁRIO, AMADORA

❚ “Já participei em alguns eventos, mas ao ‘Eu Tenho Paz’ é a primeira vez que venho, de facto, buscar a Paz, especialmente nas áreas financeira e espiritual. Hoje em dia não conseguimos encontrar Paz, é algo quase impossível! Mas hoje tenho a certeza absoluta de que vou sair daqui com Paz”. ZULEICA, CACÉM

O Altar foi expressamente montado para que o bispo Júlio Freitas pudesse ajudar todas as pessoas que se deslocaram a Oeiras, no passado dia 29 de setembro, para encontrar a Paz


folha centro de ajuda

especial

/ nacional

5i

EVENTO

DOMINGO ■ 07 de outubro de 2012

visite-nos em iurd.pt

unicipal de Oeiras encontrar a PAZ! BISPO JÚLIO FREITAS, responsável pelo trabalho evangelístico da Igreja Universal em Portugal e na Europa

“O objetivo da PAZ é vencer as guerras que afligem o ser humano”

DIOGO ALMEIDA

A

E

stiveram presentes 26 mil pessoas poderá haver paz, especialmente a em Oeiras, no evento que reuniu interior, o bispo procedeu à realização Portugal em torno do objetivo de de uma oração em favor da libertação alcançar a Paz. Atenção, focalização, fé espiritual. Todos pediram em favor e empenho... os requisitos eram estes, de uma vida livre da opressão e da os necessários para perturbação, em que a vida de todos todos os aspetos. Em Oeiras deixasse de ser o foco estiveram de turbulência que tem O “dom” presentes de Deus sido e se transformasse 26 mil pessoas no manancial de paz “Saúde, sabedoria que milhões perseguem. E porque sem e força... é um dom de Deus que você que haja uma libertação prévia nunca coma e desfrute de todo o bem desta

terra! Esta é a promessa que subjaz à Palavra de Deus! Que você desfrute do bem que provém de todo o trabalho das suas mãos”, foi assim que o bispo Júlio Freitas começou por explanar a mensagem que iria endereçar às cerca de 26 mil pessoas que lotaram o Estádio Municipal de Oeiras. Durante o evento, o orador reforçou sempre a ideia de que a vida plena que tantos procuram não é uma utopia e sim uma Promessa, feita pelo próprio Deus. *COM NILZA VAZ

s expetativas foram superadas, pois não esperávamos estas pessoas todas que, graças a Deus, vieram. O mais importante, de facto, é a atenção e o interesse que as pessoas demonstram em querer, realmente, superar as suas dificuldades e angústias, vencer as suas guerras e entender que a paz tem um preço. Afinal, o objetivo da paz é justamente vencer todas as guerras que afligem o ser humano, seja a nível familiar, físico, emocional, profissional, etc. Estamos a enfrentar uma crise muito delicada em Portugal e as pessoas que têm participado nas reuniões do Centro de Ajuda têm recebido a motivação necessária e a orientação precisa para superarem as dificuldades. E este evento só veio acrescentar a ajuda a essas pessoas que saíram daqui não apenas cheias de esperança, mas também preparadas para tomarem as decisões certas, de modo a superarem as suas dificuldades. A adesão superou as nossas expetativas não só aqui, mas também nos outros locais onde foi realizado o ‘Eu Tenho Paz’

"Estamos a enfrentar uma crise muito delicada em Portugal e as pessoas que têm participado nas reuniões do Centro de Ajuda têm recebido a motivação necessária e a orientação precisa para superarem as dificuldades" e onde aconteceram coisas extraordinárias. Nós, que somos embaixadores de Deus e da Sua Palavra, se estivermos abatidos como estão os nossos políticos e líderes, que nos deveriam motivar, incentivar e demonstrar força e coragem, mas não o fazem, então, ninguém o fará. Por isso, fazemos questão de investir em eventos como este, precisamente para beneficiar não apenas quem frequenta o Centro de Ajuda, mas, sobretudo, aqueles que não o fazem e que desconhecem a necessidade de fortalecerem o seu espírito e de terem a força necessária para superar os momentos difíceis da vida”.


folha centro de ajuda

/ nacional

especial

EVENTO

DOMINGO ■ 07 de outubro de 2012

visite-nos em iurd.pt

PORTO

PORTIMÃO

Foi possível ENCONTRAR A PAZ!

ÉVORA

6i

15H

18H CEDIDAS

FUNCHAL

Encontrar a PAZ na Madeira

Muitas foram as pessoas que partilharam o seu depoimento e as experiências alcançadas no Centro de Ajuda do Funchal

tem que ir para a guerra e lutar. Pois, se o fizer, inevitavelmente, o resultado será a vitória. Afinal, a paz é o resultado de uma guerra vencida! No final do evento foi ministrada a alegria, a prosperidade, a saúde, a união familiar, a felicidade sentimental e, principalmente, a paz na vida de todos os presentes. CEDIDAS

Às 18 horas, na presença de milhares de pessoas, o pastor Pedro Alvarenga iniciou o evento “Eu Tenho Paz”, realizando orações fortes de libertação, onde todos clamaram em favor de uma vida livre da opressão e das perturbações em todos os aspetos.

“Não penseis que vim trazer a paz à terra; não vim trazer paz, mas espada” (Mateus 10.34). A paz tem um preço e esse preço é você erguer a sua espada, que é a Palavra de Deus. Mesmo que as circunstâncias não lhe sejam favoráveis e os problemas o/a tentem intimidar, você

-

No Centro de Ajuda do Funchal foram colocadas cadeiras no parque de estacionamento e as pessoas puderam assistir ao evento por videoconferência

AÇORES

Foi no Centro de Ajuda do Porto que, pelas 15 e 18 horas, pessoas vindas de várias cidades do Norte do país se reuniram para participar também ali no evento que se realizou em todo o território nacional, com o objetivo de encontrar a Paz. No total estiveram presentes 6.000 pessoas


folha centro de ajuda

/ nacional

especial

7i

EVENTO

DOMINGO ■ 07 de outubro de 2012

visite-nos em iurd.pt

CENTRO

COIMBRA

CEDIDAS

ÉVORA

CEDIDAS

AVEIRO

O evento “Eu Tenho Paz” em Évora contou com a presença de, aproximadamente, 500 pessoas, sendo que 96 delas estavam ali pela primeira vez. O pastor frisou que é quando se entrega a vida totalmente a Cristo que se alcança uma mudança de vida

AÇORES

PORTIMÃO

-

No auditório municipal de Portimão o “Eu Tenho Paz” teve início pelas 16 horas. Neste evento estiveram presentes cerca de 700 pessoas vindas de todas as zonas do Algarve e muitas foram aquelas que deram testemunhos de cura, reconciliação e libertação. A tarde do dia 29 de setembro foi muito abençoada e, no fim, todos buscaram o Espírito Santo, saindo do auditório a poder dizer “Eu Tenho Paz!”

FIGUEIRA DA FOZ

CANTANHEDE

MARINHA GRANDRE CASTELO BRANCO

TOMAR

FAIAL POMBAL

❙ Palavra de Deus não voltará vazia, pois, ela cumprir-se-á na sua vida. “Ora, visto que a lei tem sombra dos bens vindouros, não a imagem real das coisas, nunca jamais pode tornar perfeitos os ofertantes, com os mesmos sacrifícios que, ano após ano, perpetuamente, eles oferecem” (Hebreus 10.1). Nós temos que ver! Cada um de nós tem que fazer uma análise pessoal da sua vida, de modo a perceber o que é, ou não, real na sua vida. Quando ouvimos a Palavra de

FUNDÃO

Deus, esta faz-nos ver e usar a nossa imaginação. Deus fez o ser humano inteligente e, por meio da fé, podemos imaginar. Imaginar a família unida, o corpo saudável, cheios do Espírito Santo, livres de traumas e complexos, prósperos, amando e sendo amados. Mas quando ouvimos e lemos a Palavra de Deus, ela é a sombra de coisas vindouras, ou seja, que virão se nós fizermos por onde. Portanto, quando você ouve, lê ou medita na Palavra de Deus, recebe essa visão e consegue imaginar qual é a vontade de Deus: como Ele quer que você seja, onde Ele quer que

você esteja, o que Ele quer que você tenha, supere e desfrute. Todavia, nada disso é real e vai-se tornar real dependendo do que você fará, depois que ouvir, ler e tomar conhecimento da Palavra de Deus. Então, se a sua saúde é uma sombra, se o seu caráter é uma sombra, se a sua

A Palavra de Deus só se torna real por causa das suas atitudes vida familiar é uma sombra, se nada na sua vida é real, nem concreto, a culpa

ÁGUEDA

-

Também nos Centros de Ajuda da zona Centro se realizou o evento “Eu Tenho Paz”. No total reuniram-se 2.321 pessoas, sendo que 689 participaram pela primeira vez ou estavam afastadas da Igreja. Os presentes puderam provar da verdadeira paz

O evento “Eu Tenho Paz” na Ilha do Faial traduziu-se numa tarde muito especial, que reuniu dezenas de pessoas

A Palavra de Deus A

LOUSÃ

ALCOBAÇA

TERCEIRA

PONTA DELGADA

LEIRIA

VISEU

se algo está mal...

...mantenha-se bem!

não é de Deus, é sua porque insiste em fazer sempre as mesmas coisas. Você pode até perguntar-se: “Então, não vou orar?” – Sim, mas com fervor; “Não vou trabalhar?” – Sim, mas vai-se dedicar; “Não vou amar a minha família?” – Sim, mas vai amar como Deus nos orienta, cuidando, valorizando e dando um exemplo; “E não vou ofertar?” – Sim, mas vai fazê-lo com fé;

“Não vou participar na Santa Ceia?” – Vai, mas com determinação e assumindo os seus benefícios. Porque tal como Deus diz, se nós fizermos, ano após ano, as mesmas ofertas, como haverá aperfeiçoamento? Como haverá desenvolvimento? Como haverá conversão? Como haverá uma transformação? Não acontecerá! Porque oferece, ano após ano, sempre o mesmo. Então, se você quer resultados diferentes tem que fazer coisas diferentes!

Por seu servo em Cristo, bispo Júlio Freitas / bispojulio.com


8i

folha centro de ajuda

/ sede internacional da europa

DOMINGO ■ 07 de outubro de 2012

visite-nos em iurd.pt

reunião /// DA SUPERAÇÃO domingo 9h30

Construir a vida sobre a PEDRA ANGULAR

Se construirmos a nossa vida sobre a pedra angular e o pilar que é, para nós, o Senhor Jesus, nada poderá abalar a nossa construção REDAÇÃO

DIOGO ALMEIDA

N

o passado domingo, dia 30, pelas 9h30, na Sede Internacional do Centro de Ajuda da Europa, em Chelas, o bispo Júlio Freitas deu destaque à importância de fazermos tudo o que está ao nosso alcance para pôr em prática a Palavra de Deus. “Faltam 93 dias para terminar o ano e faremos nesses dias o que ainda não fizemos, para que você alcance a totalidade de vida. Mas para isso é necessário que você faça também tudo o que está ao seu alcance, pois Deus só fará a parte d’Ele, se nós fizermos a nossa. E a nossa é fazer tudo o que está ao nosso alcance, enquanto que a d’Ele é fazer tudo o que está fora do nosso alcance”, sublinhou o bispo. “Pois isso está na Escritura: Eis que ponho em Sião uma pedra angular, eleita e preciosa; e quem nela crer não será, de modo algum, envergonhado” (1 Pedro 2.6) Esta pedra angular, eleita por Deus, e tal como está escrito, é e sempre será Jesus. “A pedra angular é o que garante que o edifício será edificado de forma justa, de modo a que o mesmo não fique torto e não havendo o risco de que num tremor de terra venha a

desabar e a ficar em ruínas. Nós cremos no Senhor Jesus como o pilar das nossas vidas e como a pedra principal, onde estamos a edificar a nossa vida, dia

chegaram as chuvas e as tempestades, quando vieram os momentos difíceis que todos nós enfrentamos, foi que tudo se desmoronou. “Por isso, viemos parar aqui, ou antes, fomos guiados por Deus Devemos cumprir os mandamentos de Deus de a este lugar, onde nos foi apresentada uma Igreja, acordo com as situações uma nova religião. O que é que vão surgindo nas que nos foi apresentado no nossas vidas Centro de Ajuda? A pedra após dia, semana após semana, mês angular, o Senhor Jesus, que é a rocha após mês, ano atrás de ano”, explicou preciosa e eleita por Deus”, reforçou. o orador. Todos nós já tivemos a experiência Quem crê em Deus não de edificar a nossa vida sobre a areia, ou é envergonhado/a seja, sobre fantasias, emoções, tradições e “O que é que tem feito você sentir-se costumes. Mas, o que aconteceu quando envergonhado/a? Seja o que for, em

qualquer âmbito da sua vida, há como sair do estado de vergonha e passar para o de honra, isto se ouvir a voz do Senhor. Mas, mais do que isso, o importante é ouvirmos e praticarmos, porque há quem leia a Bíblia e não saia do zero”, alertou o bispo Júlio Freitas. “Se atentamente ouvires a voz do SENHOR, teu Deus, tendo cuidado de guardar todos os seus mandamentos que hoje te ordeno, o SENHOR, teu Deus, te exaltará sobre todas as nações da Terra” (Deuteronómio 28.1). “Deus quer fazer o seu testemunho grande, de modo a estar acima de tudo na Terra, e nós, através da Record e da iurd.tv, temos feito os seus testemunhos chegarem a todas as nações. Agora, se você vai

ser exaltado ou não já depende de si mesmo”, continuou. A primeira decisão que temos que tomar para sermos exaltados é edificar a nossa vida sobre a pedra angular, sobre o Senhor Jesus. Não importa o que os outros digam, pois cada um de nós tem o poder de decidir onde edificar a sua vida. E devemos escolher edificá-la sobre a rocha, porque Ele nunca nos irá envergonhar. Nos últimos minutos da reunião houve ainda tempo para a Santa Ceia, na qual o pão, que representa o corpo do Senhor, foi abençoado e distribuído por todos os presentes, para que recebessem o Espírito Santo, juntamente com a força, a saúde e o vigor.

Foi distribuído o corpo de Deus por todos os presentes no Centro de Ajuda

CENTROS deAJUDA em Portugal Continental e Ilhas GRANDE LISBOA

Póvoa Stº. Adrião

Rua General Alves Roçadas, nº 4

Benfica

Av. Gomes Pereira, nº 39A

Sede Internacional da Europa Rua Dr. José Espírito Santo, nº 36 - Chelas (próximo da estação de metro)

S. João do Estoril

Baixa da Banheira

Rio de Mouro

Montijo

Rua General Norton de Matos, nº 201

Setúbal

Av. Mouzinho de Albuquerque, nº 46 Av. Comendador Abílio Seabra, entrada 7

Rua Sacadura Cabral, nº 102C Calçada da Rinchoa, lt. B1

Torres Vedras

Edifício Choupal, bloco D, r/c

Estrada Nacional 11, nº 243 Rua da Indústria Corticeira, lt. 16E

Estrada Militar, s/n

Largo Comendador, nº 01

Avenida do Alentejo, nº 30, Quatro Caminhos

Amadora

Alhandra

Évora

Centro de Ajuda no Império

Caldas da Rainha

Pontinha

Rua Heróis da Aviação, nº 2C

Alameda D. Afonso Henriques, nº 35

Santarém

Rua dos Combatentes, nº 10B

Rua Raul Proença, nº 25/27

Almada

Cacém

Av. 23 de Julho, nº 14/ 16/18, Cova da Piedade

Mercês

Rua da Cordoaria, Qt. das Cordas, nº 42, Vale dos Gatos

Praceta da Fraternidade Universal, nº 28 A

Cruz de Pau

Rua Fernanda Seno, nº 20, Bairro Horta das Figueiras NORTE

S. J. da Madeira

Póvoa do Varzim Paredes

Rio Tinto

Rua Fernão Magalhães, nº 306

Rua Egas Moniz, nº 485

Av. D. Lourenço Peixinho, 181

Viseu

Rua Vila Lusitana, nº 15 SUL

Portimão

Largo Gil Eanes, lt. A

Faro

Largo de São Sebastião, nº 10 ILHAS

Madeira / Funchal

Matosinhos

CENTRO

Rua Dr. Brito Câmara, nº 33

Braga

Rua do Sota, nº 20

Coimbra

Açores / Ponta Delgada

Vila Nova de Gaia

Rua Capitão Mouzinho de Albuquerque, nº 105

Av. Villagarcia de Arosa, 1038

Av. Imaculada Conceição, 567

Rua da Rasa, nº 230

Leiria

Rua Dr. João de Barros, nº 14

Centro de Ajuda no Porto

Aveiro

Info: Aqui estão apenas apresentadas as nossas sedes regionais, mas existem mais de 110 Centros de Ajuda espalhados um pouco por todo o país. Para saber qual é o mais próximo de si vá a iurd.pt ou, então, ligue para a nossa linha amigo 24H.

Rua da Boa Nova, nº 5


portugal ///

09

UM QUARTO DOS PORTUGUESES ADMITE SOFRER DE DEPRESSÃOfolhadeportugal.pt

DOMINGO ■ 07 de outubro de 2012

D.R.

DEPRESSÃO é a doença do século XXI

A depressão nervosa é uma das patologias que tem vindo a registar um maior aumento no número de pacientes em Portugal, uma vez que cada vez mais pessoas têm vindo a enfrentar mais e mais problemas

Numa pessoa que esteja a sofrer de depressão pode-se notar uma alteração de humor, ou seja, esta começa-se a sentir triste mesmo sem ter motivo para tal

D.R.

JOÃO FILIPE ■ jf.d@folhadeportugal.pt

A

depressão nervosa é vista como um transtorno psiquiátrico, que não tem uma faixa etária privilegiada, nem uma classe social onde predomine, uma vez que pode afetar pessoas de qualquer idade, sexo ou classe social. Existindo alguns sintomas que podem ajudar uma pessoa a perceber que está a sofrer de depressão: ausência de prazer nas atividades do dia a dia;

83 por cento assumiu já ter feito tratamento para combater a depressão diminuição da capacidade de raciocinar; perda de concentração e dificuldade em tomar decisões; maior lentidão; mais

fadiga e sensação de fraqueza; alterações no sono, insónias ou hipersonolência; alterações de apetite; redução do desejo sexual.

Dados em Portugal Um quarto dos portugueses admite que sofre ou sofreu de depressão, segundo um estudo apresentado pela Sociedade Portuguesa de Psiquiatria. 83 por cento assumiu ter feito tratamento para debelar a doença e 65 por cento conhece pessoas que lhe são próximas que também estão a enfrentar um problema de depressão. Das 1001 pessoas que foram inquiridas, 59 por cento assumiu que a depressão é uma doença. Como causa para este problema existem muitos fatores que os inquiridos consideram relevantes, tais como: 55 por cento fala da perda de um familiar; 21 por cento

menciona os problemas financeiros; e 18 por cento refere o desemprego. Das pessoas inquiridas, 83 por cento assume que se tivesse de fazer tratamento preferia medicamentos que não interferissem com a capacidade

D.R.

de trabalho; 69 por cento assume que tomaria os remédios que fossem mais eficazes; 41 por cento afirma que preferia medicamentos que não perturbassem a atividade sexual e que não aumentassem o apetite.

Ainda segundo este estudo, 10 por cento dos inquiridos afirmou que o apoio da família, o convívio com os amigos, o manter uma vida saudável e a prática de uma atividade física podem contribuir para uma melhor recuperação. PUB


10

portugal ///

A NORUEGA TEM NECESSIDADE DE 14 MIL ENGENHEIROS

DOMINGO ■ 07 de outubro de 2012

folhadeportugal.pt

Emigração no horizonte

para mais de 60 mil Portugal foi, em meados dos anos 90 e nos primeiros anos do XXI, visto por muitas pessoas como o “el dourado”, tendo sido, durante mais de uma década, o país de destino para muitos cidadãos oriundos de diversos países

D.R.

D.R.

JOÃO FILIPE ■ jf.d@folhadeportugal.pt

D

urante a década de 60, no apogeu do Estado Novo, ocorreu um êxodo muito grande da população portuguesa. Muitos jovens fugiam do país “a salto” para diversos destinos da Europa, EUA, Canadá, Brasil... Só que, durante as décadas de 80 e de 90, muitos portugueses emigrados, principalmente na Europa, regressaram a Portugal, normalmente para as suas terras de origem. Regressos estes que trouxeram um acréscimo de população ao nosso país. D.R.

Todavia, as crises financeiras e económicas tem sido cíclicas em Portugal, o que, por sua vez, tem feito com que o fenómeno da emigração do povo português também seja ele cíclico. Afinal, sempre que o momento de crise

Angola, Moçambique ou Timor são locais que têm um grande défice de docentes para lecionar nas suas escolas. Ideia que não foi muito bem aceite quer pela classe docente portuguesa, quer pela restante opinião pública.

Na Suíça já existem mais de 225 mil trabalhadores estrangeiros se torna mais agudo também acontece um maior êxodo de pessoas.

Os “conselhos” do Governo O primeiro-ministro Passos Coelho tem tido algumas declarações, no mínimo, infelizes. Quando este referiu que o desemprego deveria ser visto como uma oportunidade, ainda apresentou uma ideia para os professores que estavam em risco de não obter colocação, ou seja, que estes deveriam ver os países de língua oficial portuguesa como uma oportunidade. Isto porque países como o Brasil,

D.R.

O êxodo continua Atualmente, existem redes de emprego na Europa chamadas de Eures e, segundo o jornal Sol, existem cerca de 65 mil pessoas nelas inscritas. Número que cresceu 45 por cento no espaço de um ano, sendo o país onde a procura é maior a Suíça. Nesse país já existem mais de 225 mil trabalhadores

estrangeiros e aí o setor da construção civil conta com 28 por cento de mão de obra portuguesa. E a taxa de desemprego na Suíça é de apenas três por cento. Segundo o embaixador português na Noruega, a procura do mercado de trabalho tem vindo a mudar, isto porque os países que, tradicionalmente, c os t u m av a m s er consultados para, eventualmente, ser o destino de trabalho de muitos portugueses deixaram de o ser. A Noruega, segundo o mesmo jornal, tem necessidade de 14 mil engenheiros nas várias vertentes da engenharia, com a vantagem de terem como língua de trabalho o inglês. Ainda de acordo com o Sol, dos cerca de 65 mil trabalhadores inscritos nas redes Eures, 89,3 por cento está desempregado em Portugal; 35,2 por cento declarou ter o grau académico de bacharel; e 56,3 por cento tem menos

D.R.

de 35 anos. Por isso, como podemos observar através destes dados, Portugal arrisca-se a perder cercade65mil pessoasrelevantesdaforça de trabalho.

D.R.


politica ///

AUTARQUIAS COM PLANOS SOCIAIS

11 DOMINGO ■ 07 de outubro de 2012

folhadeportugal.pt

Autarquias minimizam efeitos da crise Portugal está a passar uma fase muito complicada na sua História. Sempre que o Governo faz um comunicado ao país é para revelar medidas de austeridade, mas algumas autarquias apresentam planos sociais a fim de tentarem ajudar os seus habitantes D.R.

JOÃO FILIPE ■ jf.d@folhadeportugal.pt

M

uitas autarquias estão exatamente como o país, ou seja, com níveis de endividamento muito elevados, muito devido ao investimento público em obras, seja em estradas, seja equipamentos sociais e desportivos. E, muitas vezes, os autarcas são acusados de fazerem obras nos últimos anos de mandato para assim ganharem votos. Muitas têm sido as vozes que se têm levantado contra os cortes orçamentais anunciados, uma vez que as transferências de dinheiro para as autarquias vão sofrer grandes cortes orçamentais, o que leva muitas autarcas a fazerem um pedido de ajuda

Particulares e empresas irão ser ajudados por algumas autarquias ao governo central, tal como é o caso do município de Évora. Ficando estes “obrigados” a aplicar as medidas de austeridade, no que diz respeito às taxas dos impostos municipais, que estão sob a sua responsabilidade.

Evvm contraponto Por outro lado, algumas autarquias do país estão a promover medidas que possam vir a aliviar as finanças dos seus munícipes, sendo estas de cariz fiscal, social, emprego, habitação e educação. Medidas estas que irão fazer aumentar a despesa pública local, no entanto, os autarcas prometem reduzir as despesas a nível das obras públicas. Exemplos a seguir As autarquias de Penafiel, Mortágua, Odivelas e Montalegre apresentam programas de auxílio aos munícipes, segundo noticiou a agência Lusa. Em Penafiel será criada a cantina social para que, desta forma, se possa

ajudar a minimizar as necessidades alimentares. Existindo ainda a proposta para reduzir as taxas do IMI sobre os prédios urbanos para o mínimo legal de 0,55 por cento e no caso dos prédios avaliados este será reduzido para o mínimo de 0,3 por cento. Já a derrama sobre os lucros das empresas que apresentem volumes de negócios inferiores a 150 mil euros passará de 1,5 para 0,75 por cento. Prevendo-se ainda a disponibilização de 88 imóveis, com rendas 30 por cento abaixo do preço de mercado.

D.R.

PUB

D.R.

Odivelas também apresentou as suas medidas “Anti-austeridade Odivelas apoia mais”: promover a redução das taxas do IMI para 0,675 por cento; isenção de pagamento de derrama para todas as empresas que instalem a sua sede social no concelho e para que consigam ainda manter ou até mesmo criar postos de trabalho; distribuição de livros e fichas a todos os alunos do 1º ciclo e garantir três refeições diárias. Os municípios de Mortágua e Montalegre apresentaram medidas de apoio aos seus munícipes, com a maior incidência em sede de IMI a apresentar reduções para os valores mínimos, o que no caso dos dois municípios referidos é de três por cento. Em Mortágua, os moradores poderão ainda contar com reduções em sede de IRS e as empresas com um volume de negócios inferior a 150 mil euros e que apresentem lucros tributáveis irão poder usufruir de uma redução da taxa de derrama de um por cento.


12

reportagem ///

97% DA CAMADA DE GELO NA GRONELÃNDIA DERRETEU

DOMINGO ■ 07 de outubro de 2012

folhadeportugal.pt

Como estamos a ALTERAR O CLIMA? Satélites registam degelo recorde na Gronelândia

As alterações climáticas poderão matar cerca de 100 milhões de pessoas até 2030, direta ou indiretamente

D.R.

❚ A NASA estima que 97 por cento da camada superior de gelo da Gronelândia começou a derreter. O índice é tão alto que os especialistas da agência questionaram-se se era real. A cobertura de gelo da superfície da Gronelândia derreteu no mês de julho uma área superior à detetada em mais de 30 anos de observações de D.R.

As alterações climáticas são responsáveis pelas secas, tempestades e degelo

D.R.

REDAÇÃO

O

clima da Terra tem sofrido alterações ao longo do tempo e as mudanças climáticas são a maior ameaça ambiental do século XXI, com consequências profundas e transversais a várias áreas da sociedade. Todos, sem exceção, estamos a ser afetados por esta questão, sejam os cidadãos comuns, as empresas, os governos, as economias e, fundamentalmente, a Natureza. No último século, o ritmo destas D.R.

variações climáticas tem sofrido uma forte aceleração e a tendência é para que tome proporções ainda mais caóticas se não forem tomadas medidas. Desde há 10.000anosparacá,oclimanohemisfério norte tornou-se progressivamente mais quente e mais estável, o que possibilitou o desenvolvimento da agricultura, o

Em 2100, as perdas na economia ultrapassarão os 10% do PIB mundial

é de que, neste século, suba entre 1,1 e 6,4ºC, dependendo das medidas preventivas que possam vir a ser aplicadas e cumpridas.

100 milhões poderão morrer Mais de 100 milhões de pessoas irão morrer e o crescimento económico global vai recuar 3,2 por cento em 2030, caso o Planeta não consiga suster as alterações climáticas. O estudo, publicado recentemente na Reuters, foi desenvolvido pela organização humanitária DARA, a pedido de 20

países em desenvolvimento, e analisou as alterações climáticas em 184 países, entre 2010 e 2030. À medida que as temperaturas globais aumentam, devido às emissões de gases com efeito de estufa, os efeitos na Terra sucedem-se: degelo, clima extremo, secas e aumento do nível médio do mar. Todas estas alterações irão ameaçar as populações. Dos 100 milhões de mortes esperados, cerca de cinco milhões por ano terão como origem a poluição do ar, a fome e as doenças relacionadas com as alterações climáticas. De acordo

satélite. Segundo a NASA, no verão cerca de metade da cobertura de gelo da Gronelândia derrete naturalmente, mas este ano a superfície derretida aumentou drasticamente, o que contribuirá para a elevação do nível do mar. RD D.R.

surgimento das primeiras cidades e das primeiras civilizações.

A atividade do Homem A nossa situação atual é bastante diferente, visto que a atividade humana foi apontada, em 2007, pelos especialistas da área, como sendo a principal causa das atuais mudanças do clima. A ocorrência de ondas de calor e secas são fenómenos cada vez mais frequentes e as consequentes perdas agrícolas representam uma ameaça real para as economias mundiais. No século passado, a temperatura registou um acréscimo de 0,76ºC e a previsão

À esquerda, a imagem da NASA mostra a extensa área branca a 08 de julho de 2012. À direita, o degelo registado a 12 de julho

Os carros são responsáveis por grande parte dos gases poluentes emitidos para a atmosfera

com a DARA, mais de 90 por cento destas mortes ocorrerão nos países em desenvolvimento. Em termos económicos, os primeiros efeitos poderão originar perdas de mais de 900 mil milhões de euros por ano, um valor


13


14

bem-estar ///

NÉCTARES TÊM DUAS COLHERES DE AÇÚCAR EM CADA 200ML

5 comidas que parecem saudáveis, mas não são!

D.R.

D.R.

D.R .

Sopas, produtos light ou sumos. São vários os tipos de produtos que consumimos, muitas vezes, pensando que são mais saudáveis para o nosso corpo, mas, no entanto, não é bem assim...

Ketchup Há quem acredite que, por ser feito de tomate, o ketchup não faz mal. Afinal, o

Chocolate light A lógica é o chocolate light ter menos açúcar e menos calorias. Só que não que é bem assim! Com a retirada de um dos ingredientes, o outro pode aparecer em maior quantidade para que o alimento não perca o sabor. No chocolate light,

A maioria das pessoas compra produtos light pensando que são mais saudáveis

Os sumos “100% fruta” não devem substituir os naturais

retira-se o açúcar, mas a quantidade de gordura é maior do que no tradicional. No fim das contas, este tipo de produtos acaba por ter um valor calórico maior.

Sumos néctar Sabemos que as frutas são saudáveis, mas os sumos néctar não se estragam se ficarem esquecidos na despensa algumas semanas. O problema está nos outros ingredientes. Mesmo os ditos “100% fruta” são ricos em açúcar, têm

conservantes e corantes e não têm todas as vitaminas encontradas na fruta.

Barras de cereais Os vilões você já conhece: o açúcar em excesso e a gordura saturada. Mas o cenário é ainda pior quando você percebe que nem todas as barras têm fibras. Tome atenção às informações nutricionais e à lista de ingredientes que estão na embalagem. Prefira sempre as barras com maior teor de fibras e menos gordura. FONTE: VOCESABIA.NET

D.R.

-

As sopas instantâneas são menos saudáveis do que aquilo que aparentam

D.R.

Sopa instantânea Uma sopinha quente quando ficamos com gripe sabe PUB sempre bem.

tomate é um vegetal. Sim, o ketchupvem ketchup vem do tomate e herdou da fruta algumas coisas boas, os antioxidantes. Mas, por outro lado, os níveis de açúcar e de sal são muito elevados, para padronizar o sabor e estender o tempo de validade do produto. E açúcar e sal em excesso não fazem bem.

CULINÁRIA

E

xiste uma lista de alimentos que consideramos saudáveis e que de saudável têm muito pouco... Aqui ficam cinco exemplos das comidas que o/a têm vindo a enganar:

O pior é a vontade de a fazer... Por isso, muitas vezes, optamos pelas sopas instantâneas. Mas o “pozinho” que torna tão rápida a confecção de uma sopa tem gorduras, conservantes e muito sódio. A longo prazo, esses produtos podem causar problemas de coração, hipertensão e diversos tipos de cancro.

-

F

REDAÇÃO

DOMINGO ■ 07 de outubro de 2012

folhadeportugal.pt

AÇORDA DE BACALHAU COM AMÊIJOAS

Ingredientes:

Preparação: Num tacho com água, coza o

— 2 postas de bacalhau demolhado — 300g de amêijoas — 1/2 pimento verde — 4 dentes de alho — 2 ovos cozidos picados — 1 ovo batido — 1 molho de coentros — azeite q.b. — sal q.b. — pão de véspera q.b.

bacalhau. Retire-o depois de estar cozido e abra as amêijoas. Num almofariz, pise, juntamente, o alho descascado, o pimento e os coentros. Deite este preparado numa terrina. Depois misture azeite e o ovo batido. Deite a água a ferver da cozedura do bacalhau e das amêijoas. Junte o pão cortado em cubos pequenos, o bacalhau feito em lascas e as amêijoas. Polvilhe com ovo picado e sirva de imediato.


o

lhar feminino /// TEMPO AJUDA A FORMAR RELAÇÕES

15 DOMINGO ■ 07 de outubro de 2012

folhadeportugal.pt

Amar os enteados

Em primeiro lugar, é fundamental aceitar e compreender que o amor que temos pelos enteados não é o mesmo que temos pelos nossos próprios filhos. E, depois, entender que o tempo e o respeito ajudam a construir relações

É preciso, em primeiro lugar, compreender os sentimentos que estão em causa

D.R.

receba o reconhecimento desejado por parte dos enteados. No fundo, é essencial tratá-los como filhos, mesmo que o sentimento nunca seja igual. D.R.

M

uitas madrastas culpam-se por não conseguirem amar os enteados como se fossem seus filhos, porém, é preciso perceber que a dificuldade de amar imediatamente uma criança que não é do seu sangue é totalmente legítima e real. A grande maioria das madrastas não está preparada para esse papel, improvisando a maior parte do tempo, ao assumir as novas funções e ao chegar à vida de crianças que foram sonhadas e desejadas por outras pessoas e que já possuem a sua própria história.

Madrasta e não mãe É necessário aceitar que este tipo de amor não é espontâneo, pois só assim será possível ver nascer este sentimento entre madrastas e enteados. Sendo fundamental manter uma linha de conduta clara relativamente à criança, sempre apoiada no respeito mútuo e zelando para que nada lhe falte. Prepare os seus pratos favoritos, planeie festas de aniversário divertidas... mesmo que não

É mais fácil construir boas relações quando os enteados são novos, pois a adolescência aumenta os problemas

De filho a enteado Para as crianças, costuma ser muito dolorosa a sensação de viver com pessoas que não são os seus pais. Sendo ainda pior quando um dos cônjuges, ainda sem ter um novo parceiro, não aceita a separação, nem a hipótese de reconstruir a sua vida. Ao ser notório o desprezo e a rivalidade relativamente à madrasta, a criança vê-se no meio de um conflito de lealdade. Com medo de trair um dos pais, a criança tem maior dificuldade em aceitar essa nova pessoa na sua vida e em lhe demonstrar afeto. Face ao doloroso dilema da criança, os adultos têm a obrigação de a proteger,

mesmo que isso signifique passar o seu próprio sofrimento para segundo plano. Portanto, quando os conflitos entre

progenitores e padrastos são reais, o seu dever é poupar as crianças dos mesmos. Fonte: site idade maior

Como ser uma boa madrasta

D.R.

CARLA VAZ ■ cv.r@folhadeportugal.pt

➜Dar tempo ao tempo: não nos tornamos uma boa madrasta a partir do momento em que decidimos constituir família com um dos progenitores da criança. Sendo a vivência do dia a dia que permite encontrar o lugar para ser uma boa madrasta. Partilhar o pequeno-almoço, dar banhos aos mais novos, ver um filme juntos no sofá... ➜Encontrar o próprio lugar: o lugar da madrasta define-se em função do investimento que esta está disposta a dar à sua relação com a criança, mas também aquele que a criança necessita de encontrar junto de si.

visite: vivifreitas.me crónica

Vivi Freitas

“Ver com os meus próprios olhos!” “Eu só mudo e transformo a minha situação, quando isso me é revelado por Deus e vejo o meu erro”

Você já ouviu, de alguém próximo e querido, uma repreensão? Já alguma vez lhe mostraram um erro ou defeito, que, na altura, a fizeram pensar, deixando-a revoltada contra si mesma?

E

você mudou? Se calhar até entendeu o seu erro e como lhe fazia mal ser dessa forma... Por um, dois ou três tempos, até começou a mudar, mas, com o passar do tempo, surgem os problemas, os desafios, as provas... Começa a desanimar, acaba por se “esquecer” do propósito de mudar e volta a ser da mesma forma.
Na verdade, você não quis realmente mudar e isso foi pu-

ra emoção, como um balão cheio, que foi perdendo o ar, pouco a pouco, e murchou. É como um ciclo vicioso: vive frustrada e o pior é que, agora, tem consciência do seu erro e não consegue mudar isso. Até quando? Até que eu veja com os meus próprios olhos o meu erro, o meu estado, o meu interior, o quanto, realmente, esse erro me prejudica e o

quanto preciso mudar. Se alguém me falar sobre o meu erro pode até convencer-me do mesmo, mas se eu não o reconheço e não me assumir como uma “alma”, não vou mudar verdadeiramente... Não vou permanecer. Eu só mudo e transformo a minha situação, quando isso me é revelado por Deus e vejo o meu erro, a minha necessidade. É algo pessoal, pois, sou eu que

preciso! Não devo mudar porque a outra pessoa quer que eu mude, mas porque eu preciso mudar. Aí sim!!! Quando me vejo, quando vejo com os meus próprios olhos, então, torno-me uma testemunha ocular dos meus erros e falhas, mas também serei a primeira testemunha ocular da minha transformação, fruto de uma fé inteligente, perseverante e pessoal.


odestaque

SEMANA DE 07 A 14 DE OUTUBRO

folhadeportugal.pt

Agenda

Siga-nos no facebook

Semanal

Edição Nº 459 ■ Domingo, 07 a 13 de outubro de 2012

Estamos abertos 7 dias por semana, em 110 localidades espalhadas por todo o país e ilhas

(moradas na pág. 8i)

SUPERAR é a palavra de ordem

D

REUNIÃO DA SUPERAÇÃO 7H30 / 9H30

Sessão do Desbloqueio - 15H Mulheres e Homens Sábios - 18H

2ª Conquistas Financeiras

Sucesso e desenvolvimento da sua empresa, casos na Justiça, pagamento de dívidas, desemprego, imigração...

A

D.R.

No meio de um mar de problemas e rodeado por uma Sociedade instável e em crise, o ser humano apenas consegue vislumbrar uma luz ao fundo do túnel, a da sua fé inteligente e perseverante

o olhar para a atual conjuntura nacional e mundial, a maioria das pessoas tende a desanimar e a deixar-se abater pelo que vê e sente, permitindo que os problemas e as dificuldades destruam os seus desejos e sonhos. Contudo, existe uma surpreendente minoria que não desiste e persevera na luta para conquistar uma vida bem-sucedida a todos os níveis, munindo-se da arma mais forte e poderosa que existe, a fé.

Na realidade, lutas o ser humano sempre terá de enfrentar ao longo de toda a sua existência aqui neste mundo, já o desfecho das mesmas está nas mãos de cada um: olhar para os problemas, esmorecer, desanimar e desistir ou lutar, perseverar, conquistar e triunfar.

mover e motivar diariamente e a todo o momento, pois só assim poderá tomar posse de tudo aquilo que Deus promete na Sua Palavra, uma vida plena, abundante e feliz. E, para o/a ajudar a trilhar o caminho certo rumo à verdadeira e real superação, o Centro de Ajuda realiza todos os domingos, pelas 9h30, a reunião da Superação, Persista sempre!!! onde são transmitidos Esta é a ideia chave que o/a deve os ensinamentos que lhe permitirão ser tudo aquilo que sempre desejou Persevere e faça a diferença em todos os ser, ou seja, um momentos da sua vida verdadeiro filho de Deus e um exemplo para as demais pessoas.

3ª Saúde Restaurada

Doenças, dores, problemas de saúde persistentes...

4ª Cura Interior

Desenvolva a sua vida espiritual e força interior, através da leitura da Palavra de Deus...

e 5ª Família Casamento

Orientação para a resolução de conflitos familiares...

6ª Limpeza Espiritual

Má sorte, maldições, energia negativa, insónia, pesadelos, inveja, bruxaria...

S Terapia do Amor

19H

Problemas sentimentais, falta de diálogo no relacionamento, discussões...

Casos perdidos - 8H

D.R.

CARLA VAZ ■ cv.r@folhadeportugal.pt

Sede Internacional da Europa - Rua Dr. José Espírito Santo, nº 36 - Chelas - Lisboa e no Centro de Ajuda mais perto de si!

Problemas que aos olhos humanos já não têm solução...

Força Jovem - 15H

Um encontro direcionado para os mais jovens...

PUB

REUNIÕES DE SEGUNDA A SEXTA 7H, 10H, 12H, 15H E 20H

(em todas temos disponível aconselhamento espiritual) SEDE INTERNACIONAL DA EUROPA - LISBOA Rua Dr. José Espírito Santo, nº 36 - Chelas (próximo da estação de metro) CENTRO DE AJUDA - PORTO Rua Egas Moniz, nº 485 - Porto Ou no centro de ajuda mais perto de si:

S ERVIÇO 24 HORAS


Edição nº459