Page 1

FUNDADOR: J.C. GUTIERREZ DIRETORA RESPONSÁVEL: ACÁCIA GUTIERREZ

2 A 8 DE JUNHO DE 2017 Ano XVII * Nº 664

Tatiana Santiago/G1

Doria inaugura Centro de Acolhimento para Moradores de Rua

O

padre Julio Lancelotti, o morador de rua Samir Ahamad, e o prefeito João Doria se encontram na Zona Leste. Página 3

Anuncie 2748-0418 2749-0663 2748-0418 2749-0663 Anuncie

AV. MARIA LUIZA AMERICANO, Nº 947 TELEFONES: 2748-0418 / 2749-0663 rededejornaisleste@terra.com.br


2

Itaquera em Notícias

Anuncie: 2748-0418

EDITORIAL

PONTO DE VISTA

Cracolândia - efeito sanfona e o pega-pega midiático A abordagem que acompanhamos pela mídia referente ao assunto da Cracolândia não nos parece estar sob a ótica correta. Praticamente todas as posições da mídia são correlacionadas ao movimento sanfona, se assim podemos dizer, da mobilidade dos usuários após as tentativas de eliminá-los do meio das ruas. Contudo, o assunto não pode ser tratado como uma mera poluição visual, ou limpeza urbana, como tratamos nos casos do Cidade Limpa da época do Kassab, ou da mobilidade da gestão Haddad. O assunto agora merece mais respeito e a reflexão precisa ser mais profunda. A triste situação dessas pessoas de

rua precisa ser discutida pelas suas causas. Primeiro, se 3 mil pessoas consomem crack diariamente, é porque a droga é produzida em quantidade extraordinária e trazida para essas pessoas com extrema eficiência na entrega, muito melhor que o serviço do correio, o que prova que o crime mais uma vez está à frente da máquina pública. Segundo, retirar as pessoas do meio da rua é necessário, ainda que outras transitem do centro para as periferias e vice-versa, o fato primordial não é onde elas estão, mas que elas existem! Terceiro, se o tráfico de drogas ou mesmo a revelação de onde essas drogas são produzidas forem realmente combatidos, a diminuição de usuários passa a ser uma

questão apenas de tempo. Contudo, a cobertura midiática tem sido espalhafatosa e medonha no ponto de vista humano, sendo politiqueira, que apenas faz dessa importante pauta, uma caça às bruxas contra o prefeito Doria, como se fosse ele culpado por determinados usuários saírem de um bairro e se deslocarem a outro, às vezes, apenas quarteirões. O que esperam os comentaristas de plantão? Que se tirem o direito de ir e vir dos usuários que já estão nas ruas? Ou pior, que a preocupação de quanto esses usuários seja considerada uma questão de poluição visual? A mídia, por muitas vezes, só sabe tumultuar e agradar corneteiros.

ARTIGO

Humberto Pinho da Silva

Dizer o que nunca se disse

Estando na Casa dos Jornalistas e Homens de Letras do Porto, para assistir a colóquio, moderado por Óscar Lopes, este, referindo-se a certa passagem do romance “ Ana Paula”, de Joaquim Paços D’Arcos, afirmou que o autor pretendia dizer: isto e aquilo… Joaquim Paços D’Arcos, que estava presente, imediatamente repostou: -” Penso que sei o que pretendia dizer…” Este episódio, ocorrido há muitas e muitas décadas, saltou-me à memória, ao ler o pós-frácio da “ Arte de Furtar” – Edição Afrodite, de João Benard da Costa, em eu a determinado passo diz: “ Um conferencista ( supõe-se que erudito)comentava determinado passo da obra de Lautréamont. E explicava:”

OPINIÃO

Com este verso quis Lautréamont dizer…” Do público, levantou-se” papá” Breton furioso: “ Não senhor, não quis, se quisesse dizer, tinha dito.” Quantas vezes, de boa ou má fé, dizemos ou interpretamos um texto, de modo diferente do autor? Tentando dizer o que este não disse, nem pretendia dizer? Acontece essa “exegese” com a Bíblia: alterando pontuação ou usando versículos isolados. Muitos, fazem-no por ignorância; mas outros, por malícia, ou artificio, para asseverar: que o Autor queria dizer, o que não disse, nem pretendia dizer. Interpretam o Livro, consoante o que lhes vai no coração, de encontro com o que desejam, e não com a Verdade. Afirmar que se disse, o

que nunca se disse, é astúcia de muitos, para ludibriar herdeiros. Quem não conhece a esperteza dos que põem na boca dos mortos, palavras que não disse, na esperança de virem a receber bens, que por direito, não lhes pertenciam? Homens públicos e políticos (para além de caricaturas e do humor maléfico,) são vítimas desse habilidoso estratagema, com o fim de lhes denegrir a imagem e destruir-lhes a carreira. Cada qual, interpreta ou deturpa, o que se disse, de harmonia com os interesses de momento. Poucos buscam a Verdade, porque a Verdade nem sempre interessa, nem convém. O atrevimento é tal, que não falta quem diga: que Deus quer, o que nunca quis; ou que o Apóstolo, assevera, o que nunca afirmou! … Juarez Alvarenga

Nascer e evoluir

A maioria das coisas são dinâmica. Tudo nasce para evoluir. Quanto mais novo as coisas, mais imperfeitas elas são. A perfeição é um companheiro do tempo e a medida que ele avança o atingimos. Estático só deve ser nossa filosofia pungente e madura, que a vida nos molda, para conviver em nossa alma estabilidade emocional e condicionamento mental. Antes da estabilidade instalar em nosso interior passamos por abismo perfunctoriamente destruidores. Navegamos sem trégua nas tempestades. Atingimos tormentos profundos e o anarquismo em nossa vida em busca de coisas verdadeiras é totalmente governado por intempéries existenciais. Achar significados para vida é necessário, antes de sair de nosso labirinto confuso e enigmático, com voluntarismo

Ed. 664 * 2 a 8 de junho de 2017

e força. Só no pragmatismo do dia a dia em que encaixotamos experiências acumuladas para enfrentar a vida com instrumentos afiados. O encontro com a felicidade nasce dos desencontros no trevo da existência, que defrontamos em certos momentos decisivos. A felicidade mora nos ninhos das experiências de quem aprendeu a voar conhecendo as inquietações profundas e escapuliu da beira dos abismos. Só sabendo errando que fixamos as lições. As transformações que nosso ambiente psíquico passa, pelo decorrer da existência, são deslumbrantes. Definitivo é só nossas tentativas em busca do perfeccionismo. A experiência da vida não é uma avenida. São cheios de buracos novos, sem sinalização do perigo, que exigem dos motoristas anos de trei-

namentos. A medida que vivemos as investidas da vida não são fatais, porém como obstáculos, para enfrentar temos uma filosofia sabia e solida. Aprendemos como enfrentar os problemas desviando das elucubrações do desespero. Analisamos e buscamos caminhos deslumbrantes, que nos leva ao tesouro aberto de nossa alma, nos instrumentalizando com sossego no recanto da vida. É o tempo o construtor da sabedoria. É nele que a vida desfila, com a mais soberba convicção, em que suas facetas estão às entranhas da felicidade. Nascer e evoluir é a substancia da vida. Quanto mais absorvemos as dores, mais preparadas para leveza da felicidade estaremos. É porque na dor está à sinalização de como devemos seguir os caminhos da existência de cabeça erguida e mente ávida.

Rede de Jornais Leste Ltda. CNPJ 03.939.099/0001-80 Circulação: São Paulo - SP

Diretora Responsável: Acácia Gutierrez MTb 35.004 Fundador: José Carlos Gutierrez Diretora Administrativa: Mª J.de Lima Gutierrez Redação e Reportagem: Acácia Gutierrez e Moacyr Minerbo. Diagramação e Arte: Daniela Lima Deptº Jurídico: Antonio Luiz L. do A. Furlam

Colaboradores: Humberto Pinho da Silva, Juarez Alvarenga, Júlio César Cardoso, Pedro Cardoso da Costa e Luiz Rodrigues Redação: av. Maria Luiza Americano, nº 947 - Jardim Nª Srª do Carmo - Cep: 08275-001 -São Paulo - SP Fone: (11) 2748-0418/2749-0663. E-mail: rededejornaisleste@terra.com.br Impressão: Gráfica Pana Fone: 3209-3538

Nossa equipe de Vendas é formada por profissionais autônomos e freelancer que trabalham por edição e com isso não possuem nenhum vínculo empregatício com nossa empresa. As matérias assinadas não refletem necessariamente a opinião do jornal, sendo de inteira responsabilidade de quem as subscrevem. Os nomes dos colaboradores e representantes comerciais não mantém vínculo empregatício com a empresa - Filiado à Ajorleste - Associação dos Jornais da Zona Leste, AJORB - Associação de Jornais de Bairro de São Paulo e à Rede de Jornais Leste Ltda.

Pedro Cardoso da Costa

Caçada ao erro maior

Trata-se se de uma guerra injusta, como qualquer guerra. Como as outras, nesta todos saem perdendo. Essa é bem longa e ainda não acabou e, diferente das demais, teve motivo suficiente que a justificasse. Começou no longínquo ano de 1998. Após prestar atenção num trecho do livro “Não Erre Mais”, de Luiz Antonio Sacconi, com uma dica de que horas só teria uma abreviatura correta. Seria somente horas com a letra “h” minúscula e quando fracionada, com “h” entre horas e minutos e min, no final. Assim: 10h, 18h, 24h ou 10h10min, 11h11min ou 00h16min. As demais formas eram inglesas e norte-americanas, em razão de representação digital, ou invencionices brasileiras. Passei a prestar atenção quais meios de comunicação tinham a preocupação de escrever da forma correta. As revistas Veja e ISTOÉ não escreviam; os jornais O Estado de São Paulo e a Folha de S.Paulo, também não. Do mesmo modo o ex-impresso Jornal do Brasil e O Globo, meu oponente atual. E todos os outros veículos de comunicação. E, ainda, essa forma errada aparecia nos telejornais, nas novelas, e em toda a mídia brasileira. O erro era seguido até por sites de

relevantes órgãos públicos, como o da própria Presidência da República, da Câmara dos Deputados, do Senado. Os do Supremo Tribunal Federal-STF e da Confederação Brasileira de Futebol-CBF que mantêm o erro até hoje. O pior era que o erro se repetia até nos sites das secretarias e no do Ministério da Educação, órgão máximo responsável oficialmente por essa área. As igrejas erravam nos horários de missas e cultos. Naquele ano de 1998, escrevi um texto com o título do livro e o encaminhei aos jornais, especialmente aos citados questionando a existência do erro, já que se fosse representado da forma correta, facilitaria para que os leitores passassem a escrever também corretamente. Fiz o mesmo encaminhamento aos governos estaduais, prefeituras e até para o Ministério da Educação. Cheguei a entregar algumas cópias do texto às empresas que confeccionam faixas e cartazes. Alguns veículos de comunicação corrigiram imediatamente. Outros, não. Alguns mantinham os erros apenas em determinadas seções, especialmente nas de classificados. Mas seguimos em frente. Algumas mudanças foram apenas para trocarem de erro e isso perdura até hoje. Passa-

POLÍTICA

ram, principalmente, a representar “10:30h”. Mas houve avanço a ponto de até os postos de combustíveis grafarem corretamente o atendimento de 24h. Aliás, cobro muito dos postos em todos os sentidos, devido ao atendimento contínuo e o tempo que as pessoas ficam para abastecer. O Jornal O Globo trocou a abreviatura de minutos por metro, “m”. Já escrevi inúmeras vezes para os e-mails do jornal, mas o erro permanece. Já liguei, mas teima em manter o erro. Não imagino que seja pelo poder que queira mudar até a regra gramatical. Só que enquanto não altera a regra, deveria corrigir. Enquanto isso, outros veículos de comunicação mantêm nome de mês com letra maiúscula, dia de semana como segunda, terça e não terça-feira, quarta-feira e assim segue o festival de erros gramaticais em todo o país. Não sou especialista no assunto. Embora toda guerra seja desumana e injusta, essa ainda é mais desigual. O conjunto de “os Globos” aparece diariamente para milhões de pessoas e um ser comum não é visto por ninguém. Mas como o erro não tem força, por ser erro, esta formiga precisa vencer o elefante. Várias batalhas foram perdidas, mas a guerra deverá ser vencida pelo bem de todos. Júlio César Cardoso

Projeto de punição a promotores, policiais e juízes É patética a empáfia do senador Roberto Requião (PMDB-PR) , como se ele não devesse satisfação à sociedade que banca o seu salário, de levar avante o projeto antirrepublicano de punição a promotores, policiais e juízes, sem ao menos apreciar a proposta alternativa apresentada pelo procurador geral da República Rodrigo Janot. Isso bem demonstra o firme propósito de dar salvo-conduto ao sindicato criminoso às voltas com a Justiça. Desgraçado é o país que tem políticos mais interessados em defender interesses solertes, em vez de combater a corrupção sistêmica política que (1) desmoraliza o país; (2) empobrece a nação; e (3) traz o infortúnio às camadas mais necessitadas - que não são bafejadas com sistemas públicos de qualidade nas áreas de educação, saúde e segurança - porque o dinheiro do Erário, abastecido por nossas contribuições de impostos,

é saqueada e desviada para o bolso de políticos, para manter a ilha da fantasia Brasília, para custear as mordomias do inchado e inoperante Congresso Nacional etc. Com a ideia do ministro do STF Gilmar Mendes de anular o vazamento de informações em decorrência de divulgação no site O Antagonista de trechos do depoimento de Marcelo Odebrecht em que ele declara que Dilma Rousseff sabia de tudo, inclusive que sua campanha era financiada por um poderoso caixa dois, que chegou a 150 milhões de reais, isso causou entusiasmo no Congresso Nacional, sobretudo entre os investigados, de retomarem a tramitação de projeto para conter o abuso de autoridade, mas que na verdade é para engessar a atuação dos procuradores, policiais e juízes no combate à corrupção política. Ora, o projeto é apenas uma forma especiosa revanchista de calar as autoridades

CARTAS DOS LEITORES

que combatem a corrupção política a exemplo da Lava-Jato, interferindo assim no livre exercício de suas atividades, o que é inadmissível. Não há necessidade de instituição de nova lei para contemplar os possíveis excessos ou medidas injurídicas emanadas de autoridades, pois o arcabouço jurídico existente já é o suficiente. Portanto, é inadmissível em pleno Estado Democrático de Direito a intimidação dos trabalhos dos procuradores, policiais e juízes. Por fim, temos que reconstruir o país, mergulhado na corrupção política. Não podemos mais conviver com as excelências que (1) dão as cartas na política brasileira; (2)não se importam com o repúdio das manifestações públicas; e (3) querem construir redes de proteção aos investigados, criando obstáculos aos avanços das investigações. Trata-se, como se observa, de classe político-partidária que não mais nos representa.


Itaquera em Notícias

Ed. 664 * 2 a 8 de junho de 2017

REFLEXÃO

Anuncie: 2748-0418

3

CAUSA HUMANITÁRIA

Divulgação

O local foi feito com a doação da iniciativa privada e o custo total foi de R$ 1,35 milhão

deficientes físicos. Também há um canil para cachorros e espaço para as pessoas deixarem suas carroças. A capital paulista possui atualmente 83 Centros de Acolhida, conhecidos como albergues e que irão se tornar

EDUCAÇÃO

Por General Ajax Porto Pinheiro

Cursinho popular gratuito na Zona Leste

AULAS DE REFORÇO

Reforço escolar em português, melhorar a linguagem falada ou redação para conseguir um emprego? Tenha aulas particulares por apenas 45 reais a hora. Aulas de língua portuguesa em sua casa ou trabalho. Moacyr - Whatsapp 11 9 7703.0615.

VAGAS PARA RAPAZES

Ambiente familiar, segurança e conforto. Quarto imobiliado, com cama, colchão, guarda-roupa, computador, WiFi, TV, DVD, sky. Cozinha completa, banheiro, lavanderia. Quartos individuais e coletivos. Local: Rua Newton Chaveiro 8B - Jd. Santa Terezinha.Pousada Belha Torno Cantos. Fone: 2724-0501.

COLUNA SAÚDE

Espaços Vida. Desses, 75 funcionam 24 horas por dia. A diferença entre os albergues e os CTAs é que o segundo é um local de abrigo temporário para recolocação no mercado de trabalho. O CTA possui oficinas de capacitação, informá-

Alunos do Cursinho Popular Professora Leila Regina e do Curso Popular Mafalda, em visita técnica à Paranapiacaba

Todos os sábados, das 8h20 às 16h, os alunos aprendem e relembram conteúdos que caem nas provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e dos principais vestibulares do país. A maioria tem entre 16 e 17 anos e está concluindo o terceiro ano do ensino médio. Fundado em junho de

2016, o cursinho começou com dez professores e 90 alunos. Em pouco tempo, as matrículas triplicaram. “Essa região não tinha cursinho gratuito e esses alunos não teriam oportunidade. Eu fui aluno de cursinho popular e depois que entrei na faculdade queria retribuir”, afirma Bruno, que coordena o projeto.

O cursinho foi batizado de Leila Regina de Souza, docente da Escola Técnica Estadual (Etec) Zona Leste falecida em 2014, vítima de câncer. Leila Regina foi professora de filosofia de Bruno na Etec, em 2013 - ele fez curso técnico de informática . “Ela fazia atividades diferenciadas, estimulava nossa leitura e vocabulário e nos inspirava a evoluir como seres humanos.” Atualmente há um processo seletivo aberto para preencher 40 vagas. Os interessados podem se inscrever, via página do Facebook (www.facebook. com/CursinhoLeilaRegina), até a próxima quinta-feira (1). As vagas são preenchidas por ordem de chegada, com prioridade para alunos de escola pública.

OPERAÇÃO CATA BAGULHO

No dia 3/6, a Prefeitura Regional Ermelino Matarazzo/ Ponte Rasa, realiza Operação Cata Bagulho no Vila Cisper e Jardim Keralux , a partir das 9h, onde, os moradores deverão colocar o material como: restos de madeira, móveis, colchões, ferro, pneus, para serem recolhidos pelos caminhões. Não serão recolhidos Lixo domiciliar, entulho, material de jardim e poda, resíduos industriais e hospitalares. Para pedir esse tipo de limpeza, o cidadão deve ligar no 156. A Prefeitura Municipal de São Paulo, através da Secretaria das Prefeituras Regionais, Prefeitura Regional Ermelino Matarazzo/Ponte Rasa e a Limpurb, realiza a Operação Cata Bagulho, com objetivo de recolher objetos em desuso antes que sejam jogados nos córregos.

24 H O R A S 2748-5093 Dr. Carlos Rico San Martin (11) (11) 3854-6708 CRO 69720

(11)

99462-4884

Av. Maria Luiza Americano, 754 - Jd. Nª Srª do Carmo

Ruas a serem percorridas: Agnelo Rodrigues de Melo rua Jaicós rua, 01,02 e 03 rua João Carreiro Fiel viela, 58 rua Joaquim Afonso Francisco rua, Abaira rua Joaquim Jose Vieira rua, Acapuzal rua Joaquim Mitsuo Kuabara rua, Acesita rua Lagoa da Prata rua, Aiquara rua Lagoa D’Anta rua, Anage rua Lagoa Nova rua, Anisio de Abreu rua Lajedo rua,

Apaura rua Lucas Gonçalves, Aprigio rua Mansidão - via de pedestre, Araçazal rua Maracanau - via de pedestre, Arauá rua Marcos Furquim rua, Arlindo Betio rua Maria Conceição Fernandes rua, Barra de Santa Rosa rua Maria Lucia Pettit rua, Bequimão rua (do córrego até R.Nova Palmeira)restante pertence à Penha Maria Tereza da Silva Pça.,Bispo e Martins rua ,Boaventura rua Nelson Benedito rua, Boiaruca rua Noberto José de Sousa rua, Brusque rua Nova Palmeira rua, Cachoeira dos Indios rua Nova Viçosa rua, Cacule rua Olavo Egídio de Sousa Aranha Av. (da Av. Wenceslau Guimarães até R.Caiçara do Rio do Vento), Caiçara do Rio do Vento rua Ourém rua, Cambira rua Palmeiras rua das, Campo Erê rua Paulo Fonteles rua , Candiba rua Pedra Lavrada rua (da R.Romelândia até Av.Olavo Egidio de Souza Aranha),Candida Rosa rua Pindaí rua,Candido de Abreu rua Piripa rua,Central rua Principal rua,Chaval rua Quinoa rua,Cicero Dantas rua Quinta do Sol rua,Cococi rua Ribeira do Amparo rua,Dos Mamonas rua Rogerio Bortoleto rua,Duas Ilhas rua Romelândia rua,Eliezer José de Macedo rua Salesopólis rua,Eloi de Souza rua São José dos Cordeiros rua,Feira de Santana rua Siriri rua,Ganso do Norte rua Vale do Amanhecer rua,Governador Archer rua Verissímo rua,Guanacés tv Vitória rua,Helenira de Rezende rua Wenceslau Guimarães rua (da R.Cisper até Av.Olavo Egidio de S.Aranha), Ipiaçu rua Xambré rua,Ivoti rua , Jacaúna rua.

Bruno de França Correia, de 18 anos, está no 2º ano de História na Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e sempre estudou em escolas públicas. Para retribuir as oportunidades, criou um cursinho pré-vestibular comunitário com ajuda de 40 professores voluntários que atendem a 220 alunos. As aulas, sempre gratuitas, ocorrem no Centro Educacional Unificado (CEU) Vila Curuçá

PROTESTO

Manifestantes ocuparam sede da Secretaria da Cultura

Grupo queria a saída do secretário André Sturm Divulgação

Sábado na Vila Cisper e Jardim Keralux

Dentista Dia e Noite

tica e palestras do programa Trabalho Novo. O morador de rua covardemente agredido pela GCM, perto do metrô Conceição - Zona Sul -, Samir Ali Ahamad, destacado na foto desta edição do Itaquera em Notícias, está hospedado no Centro de Acolhimento Temporário (CTA) inaugurado nesta quarta-feira (10). A esposa de Samir também está local. Mesmo antes da inauguração oficial, o local já recebeu mais de cem pessoas em situação de rua. O padre Rosalvino Morán Viñayo, por sua vez, segue sua jornada em prol da vida e das causas humanitárias na cidade de São Paulo, estendendo as mãos e levando a Palavra de Deus com muito empenho, sem fronteiras e sem distinção, como sempre fez em toda a cidade, em especial na Zona Leste da cidade, há pelo menos 4 décadas.

Divulgação

vestida disse “Thank you for your service”! Ao sair da estação dois jovens soldados americanos me saudaram. Depois um vendedor de loja e um senhor no hotel me cumprimentaram! Não dá para não se emocionar!!! Esse povo aqui tem uma admiração pelos militares que faz inveja a qualquer um... Em trinta minutos fui mais saudado com admiração na rua que em um ano no meu país!!!

O prefeito João Doria (PSDB) inaugurou o primeiro Centro Temporário de Acolhimento (CTA) para pessoas em situação de rua e prometeu entregar um equipamento por mês até o fim da sua gestão. Até o fim deste ano serão entregues 8 CTAs, totalizando 44 até dezembro de 2020. Segundo o prefeito, até o final desse ano serão oito unidades. Se considerarmos um por mês, são 4 anos de gestão. Nós temos aí 36 meses além dos oito até o fim do ano. Localizado na Avenida Alcântara Machado, na Zona Leste de São Paulo, o primeiro CTA funciona 24 horas e terá 164 vagas de acolhimento (para passar a noite) e mais 100 vagas de convivência. O equipamento social pode receber até 102 homens e 62 mulheres para dormir. No andar térreo há dois quartos acessíveis para cadeirantes e

Arquivo Facebook

“Todo dia caminho 30 minutos do hotel até a sede da ONU. Nesta semana estou participando da reunião dos 16 Force Commanders que ocorre anualmente aqui em NY, vou fardado, claro, para as atividades. Túnica verde oliva e boina azul”. Impressionante a maneira como as pessoas na rua, independente de idade, olham e cumprimentam com respeito. Eles sabem pelo uniforme e pela bandeira do Brasil na manga, que não sou americano. Nova York, na sua correria, não é local de se prestar atenção a detalhes e pessoas nas ruas... mas hoje me impressionou essa atitude deles para com os militares. Um operário de rua parou o que estava fazendo, prestou continência e falou “God bless you!” e depois ao ver a bandeira do Brasil falou o já tradicional “Brasiiiilll” e fez sinal de positivo. Ao entrar na confusão da Grand Station para cortar caminho, uma senhora bem

Divulgação

Doria inaugura centro de acolhimento Orgulhemo-nos de nossos invictos para moradores de rua e promete mais 43 Prefeito promete inaugurar um CTA por mês. Soldados Brasileiros Espaços terão quartos masculinos e femininos, além de canil

Os manifestantes afirmam que só sairão do prédio após o afastamento do secretário. “Em síntese, a gente tenta diálogo com esse secretário desde o início da sua gestão”, explica uma das participantes do protesto

Manifestantes ocuparam a sede da Secretaria Municipal de Cultura, no Centro de São Paulo. Eles entraram no edifício no dia 31 de maio para pedir a saída do secretário André Sturm e o descongelamento dos recursos destinados pela Prefeitura à área da cultura. O protesto ocorreu após a divulgação de um áudio em que Sturm ameaça “quebrar a cara” de um agente cultural durante reunião para negociar

a renovação de uma parceria para administração da Casa de Cultura Ermelino Matarazzo, na Zona Leste da capital. A Prefeitura na mesma data pediu ao secretário especial de Relações Governamentais, Milton Flávio, para negociar o fim do ato. Ele se reuniu com representantes dos movimentos e avisou que a saída do secretário André Sturm “não está na pauta do Prefeito”.


4

Itaquera em Notícias

Anuncie: 2748-0418

GIRO NOS BAIRROS

GIRO NOS BAIRROS

Premiação do concurso “Eu amo Guaianases”

Ed. 664 * 2 a 8 de junho de 2017

GIRO NOS BAIRROS

GIRO NOS BAIRROS

Comunidade é ameaçada por construção de corredor de ônibus

Divulgação

Divulgação

No dia 19 de maio, aconteceu Legislação garante direito dos moradores da Região da Vila da a Noite Solene, abrindo oficialPaz à permanência, urbanização e regularização fundiária mente o aniversário de 156 anos de Guaianases, no CEU Jambeiro, com cerca de 400 pessoas. Para dar início a cerimonia, o Prefeito Regional Guaianases, Antônio Eduardo Santos, mais conhecido como Chiquinho 90, agradeceu a presença de todos “Este é um momento de muita alegria, ter a casa cheia nesta noite demonstra o compromisso e o amor que todos têm pelo bairro. Sabemos que Guaianases ainda tem muito que melhorar e desenvolver, mas hoje é um dia de celebrar as conquistas!”. O destaque da noite foi a premiação do concurso “Eu amo Guaianases” idealizado pela professora e diretora da Diretoria Regional de Educação Guaianases (DRE-G), Lucimeire Cabral e o Prefeito Regional Guaianases, Chiquinho 90, no qual tiveram a ideia de criar um concurso para incentivar e despertar nas crianças o interesse de cuidar e zelar pelo bairro. “Eu agradeço o empenho dos Moradores da Comunidade da Paz durante reunião sobre ameaça de remoção professores das escolas da rede municipal e estadual por aderirem ao concurso. E também agradeço ao Prefeito Regional pela parceria e que possamos junto criar muitos outros projetos” diz Cabral. Ainda esta semana, funcionários da Eletropaulo terminarão de instalar a fiação para energia A grande vencedora deste concurso na categoria Mirim foi a Esher Juliana C. da Silva, 8 anos, elétrica na região da Vila da Paz, formada pelas comunidades Miguel Inácio Curi e Francisaluna da Escola Estadual Miguel Hidalgo – co Munhoz, localizada em Itaquera, Zona DE Leste II; na categoria Infantil foi a Lislany Leste de São Paulo. A distribuição de água Gomes dos Santos, 10 anos, aluna da EMEF já está regularizada e as obras do esgoto já Quirino Carneiro Rennó; já na categoria Juvenil estão na metade. Todas essas reivindicações foi a Kailany Souza da Silva, 14 anos, aluna da foram pautadas pelos próprios moradores Escola Estadual Aracy Zebral Teixeira – Diredas comunidades, que desejam os avanços toria de ensino Leste II . E muito emocionadas na urbanização e melhorias da área. todas foram premiadas com o troféu já estamNo clima do Dia dos Namorados, pado com o desenho e os slogans vencedores, Há exatos 30 dias, no entanto, as famílias e uma bicicleta; e a escola vencedora recebeu foram notificadas por representantes da Secentro de compras distribuirá 7 mil prêmios uma medalha de participação. cretaria Municipal de Habitação (Sehab) da Durante a noite aconteceram diversas apregestão do prefeito João Doria (PSDB) de que sentações como Zumba com o grupo da 3ª idade, a Prefeitura pretende construir um corredor apresentação de Jazz Juvenil, Street Dance. de ônibus passando sobre a comunidade e, Aconteceram também breves apresentações consequentemente, remover centenas de das atividades desenvolvidas pelo CADES pessoas. Em troca, a Prefeitura oferece uma (Conselho Regional de Meio Ambiente, Desenbolsa-aluguel de R$ 400 mensais até que as volvimento Sustentável e Cultura de Paz) com a famílias sejam reassentadas no empreendiconselheira Roseli Alves; da Defesa Civil com mento Safira do Minha Casa Minha Vida, o coordenador da Defesa Civil de Guaianases, ainda em construção. Gilmar Souza; Saúde com a Supervisora de Os moradores, no entanto, criticam a inSaúde, Suzana Maria Velloso Dutra e por último tenção da Prefeitura e a falta de um diálogo a apresentação da educação com um vídeo da maior com as famílias. Para eles, a permanênProfessora Lucimeire Cabral. cia na região que ocupam há cerca de 30 anos Lembrando que o desenho vencedor, juntae que tem melhorado com a implementação mente com os slogans serão utilizados durante todo decorrer da festa de aniversário de 156 dos direitos básicos solicitados por eles próanos de Guaianases. prios é o cenário ideal. Divulgação

Shopping Metrô Itaquera lança promoção Sorte no Amor

“Faça Seu Bairro Lindo” revitaliza Cj. Habitacional Texima

Revirada Cultural na Penha O público assistiu as apresentações de música e dança, envolvendo a parceria afinada da cultura com a educação A Revirada Cultural foi em substituição da Virada Cultural, que seria realizada no dia 21 de maio de 2017, no mesmo local. O tempo não ajudou e todos os envolvidos assumiram o compromisso para mudar a data para o dia 28. Foi mais uma semana de espera para um evento muito aguardado pela comunidade. A participação dos alunos da Escola San Martin, com a dança Maculelê foi vibrante. O Professor Caiapó ensaiou a turma e a Diretora Vera foi conferir. O Projeto Escola da Família mostra os seus resultados, envolvendo alunos, comunidade e a direção.

O evento foi uma parceria entre a Prefeitura Regional Penha, Secretaria do Verde e Meio Ambiente, Setor de Educação com o Projeto Escola da Família. A organização envolveu o gabinete, Supervisão de Cultura da Regional Penha, os parceiros do Penha Rock e de A Toca dos Eventos

Reforma de galeria no Lajeado A equipe de obras da Prefeitura Regional de Guaianases esteve trabalhando na rua Manuel da Mata Coutinho para reformar a galeria de águas pluviais que auxilia no escoamento de águas das chuvas até o corpo receptor (córregos e rios), evitando enchentes no local. Segundo o chefe de unidade, Gilberto Torrigo foram reformadas as tubulações O infrator colocava o lixo em que possuem cerca de 1,5 metros de vazão. E os sacos, transportava em seu carro moradores aprovaram o serviço executado “Foi e o despejava na rua ótimo que resolveu este buraco, pois este problema estava causando até rachaduras nas casas.”, diz o morador Waltier Silva Lima que reside nesta rua há 25 anos. Para ele além do buraco que tampou, a obra auxiliará em época de chuvas. Divulgação

Divulgação

No dia 27 de maio, foi a vez dos moradores do Conjunto Habitacional Texima realizarem a primeira ação do “Bairro Lindo Itaim Paulista”, que aconteceu no entorno da Rua Janez Novak. O destaque da operação foi o envolvimento da comunidade, onde 470 moradores voluntários contribuiram na revitalização do bairro. Tapa buraco, pintura de guias, grafite, cata bagulho, poda de árvores, manutenção das quadras de esporte, manutenção da pista de skate, orientação de saúde e apresentações de DJ’s, grafitagem de muros foram algumas das atividades de zeladoria, esporte, saúde e cultura desenvolvidas pelo projeto. ENVOLVIMENTO: 470 moradores. Operação Cata Bagulho: coleta de 21 toneladas, com participação de 157 famílias/ residências. No dia, foram coletadas 7000 toneladas de resíduos sólidos.Limpeza manual no Córrego Tijuco Preto: 3000m² (1200m de comprimento X 5m de largura). Corte de mato em áreas verdes: 15000m². Poda de árvores: 7 unidades. Plantio de árvores: 21 unidades (apoio do DGD Leste 3 - SVMA). Pinturas de guias: 500m. Pintura de Postes: 54 unidades. Tapa Buracos: 1569,93m² (45 buracos / 153,91 toneladas de massa asfáltica). No dia, foram executados 104m². Pintura de Quadra Poliesportiva: 2 quadras. Reforma de traves e alambrados: 2 quadras. Capinação e varrição nas vias e calçadas: 56 toneladas de material recolhido durante a limpeza. No dia, foram recolhidas 3,73 toneladas. Arte em grafite nos muros: 30 grafiteiros do bairro. Atividades recreativas: entrega de medalhas e roda de capoeira para 60 crianças – grupo Capoeira Beija Flor. Apoio da Delegacia Regional de Ensino – DRE Durante a semana prévia, foram realizados ciclos de palestras e exposição de desenhos com a temática “Bairro Lindo – Bairro Ideal”, com os 1300 alunos das 3 unidades escolares: CEI Diret Conj Habitacional Texima, EMEF Professora Wanda Ovídio Gonçalves e EMEI Professor Dalmo Amaral Machado. Apoio da SOMA - Conservação e Limpeza: 136 funcionários + 19 equipamentos. Limpeza de bocas de lobo: 50 unidades. Apoio da GS4 - Áreas Verdes: 30 funcionários. Foram usados 3 caminhões de carroceria, 3 Kombis e ferramentas. 5 caminhões basculantes + munck + 1 caminhão Pipa Ducar. - 1 retroescavadeira – Padock. + 1 Droner para captação de imagens. Apoio da Guarda Civil Metropolitana – GCM. Apoio da Companhia de Engenharia de Tráfego – CET. Serviços Equipe de Supervisão de Saúde Itaim Paulista: orientações de saúde, teste rápido de HIV, aferição de pressão arterial e distribuição de Preservativos. O programa de zeladoria “Faça Seu Bairro CATe Itaim Paulista: Orientação e emissão Lindo”, lançado pela Prefeitura de São Paulo, de Carteira de Trabalho. tem como principal objetivo, devolver o local CRAS Itaim Paulista: Assistência Social revitalizado aos moradores às famílias do bairro.

comprovante durante o período da promoção. Para retirar o prêmio, basta apresentar a cartela contemplada com um documento oficial com foto no balcão de trocas da promoção no centro de compras. Os estabelecimentos comerciais participantes da promoção Sorte no Amor poderão ser consultados pelo site www.shoppingitaquera.com.br. A ação faz parte da programação comemorativa do aniversário de 10 anos do Shopping Metrô Itaquera, que desde abril tem sorteado mensalmente R$ 30 mil. As celebrações se estendem até novembro, mês do aniversário, quando serão 3 prêmios também de R$ 30 mil. A cada R$ 250 em compras, o cliente tem direito a um cupom para participar. Os sorteios são realizados ao final de cada mês.

Divulgação

Para deixar o mês de junho ainda mais apaixonante, o Shopping Metrô Itaquera entra no clima do Dia dos Namorados e lança a promoção Sorte no Amor entre os dias 1º e 12 de junho com o sorteio de 7 mil prêmios. Clientes que fizerem compras no valor acima de R$ 250 recebem uma raspadinha e serão contemplados com presentes para compartilhar com quem amam: óleos para massagem, experiência gastronômica no Spoleto, ingressos do Cinépolis, squeezes, além de sorvetes da marca Spyral. Para participar, é necessário fazer um cadastro pessoal e das notas fiscais no autoatendimento do shopping ou por meio do aplicativo Antecipado Shopping Metrô Itaquera. A promoção limita uma cartela por CPF para os clientes que apresentarem o


Ed. 664 * 2 a 8 de junho de 2017

Itaquera em Notícias

Anuncie: 2748-0418

PÁGINA DA FAMÍLIA PÁGINA DA FAMÍLIA PÁGINA DA FAMÍLIA PÁGINA DA FAMÍLIA PÁGINA DA FAMÍLIA

Gêmeos - 21/05 a 20/06 Há coisas que só você sabe e que, mesmo tentando compartilhar, as pessoas não acreditariam e, pelo contrário, se voltariam contra você como se a sua atitude fosse ofensiva. Melhor, por isso, manter discrição sobre tudo. Câncer - 21/06 a 21/07 Nunca será fácil lidar com certas pessoas que sua alma gostaria de ver pelas costas, mas que pela força das circunstâncias há de se encontrar uma maneira sensata e até sábia para conviver da melhor maneira possível. Leão - 22/07 a 22/08 Em muitos casos, pouco pode significar muito. O pouco que você fizer, se você se dedicar a fazê-lo bem, resultará em enormes benefícios, diferente de você fazer muito, mas sem precisão, que acaba resultando em pouco. Virgem - 23/08 a 22/09 Agora é quando se torna oportuno você tomar as rédeas da situação, com o intuito de conduzir tudo a um melhor destino. Porém, só faça isso se você tiver certeza sobre o objetivo que pretende atingir. Só assim. Libra - 23/09 a 22/10 Hoje é um dia excelente para tocar nesses assuntos que normalmente sua alma prefere fingir que não existem, ficando escondidos em algum canto escuro da existência. Estão aí, trazê-lo à tona os colocará em seu devido lugar. Escorpião - 23/10 a 21/11 Talvez você tenha de ouvir algumas verdades, mas não de uma forma ofensiva, apenas com o intuito de você se esclarecer e, por isso, se tornar capaz de tomar atitudes melhores para arrumar seu caminho e prosseguir. Sagitário - 22/11 a 21/12 Está tudo arrumado, mas num equilíbrio muito delicado que pode ser desfeito a qualquer momento. Por isso, não chegou a hora de você descansar ainda, dando por garantido que tudo ficou acertado e em andamento. Capricórnio - 22/12 a 20/01 Quando os eventos pesados são tratados com bom humor, a alma passa por eles como se levitasse muito acima dos acontecimentos. Por isso, preserve o bom humor, faça piada dos assuntos mais sérios que acontecerem. Aquário - 21/01 a 19/02 Enfrente seus demônios, não permita que a sombra do medo obnubile seu entendimento nem tire de você o necessário atrevimento para avançar no caminho pretendido. Essas sombras não são maiores que você. Enfrente. Peixes - 20/02 a 20/03 Verdades são preferíveis, porque denotam que você não tem intenção de manipular ninguém, permitindo que as pessoas tomem suas próprias decisões e, como resultado, sejam responsáveis pelos seus atos. Melhor assim.

CULINÁRIA SAUDÁVEL

Divulgação

Bolo sem glúten

Ingredientes 5 ovos 1 lata de milho verde em conserva (sem o soro) 1 pacote de coco relado 100 g 1 lata de leite condensado 1 colher de sopa de fermento para bolo

Modo de Preparo Misture tudo no liquidificador, deixando o fermento de lado; Bata até triturar tudo; Em seguida acrescente o fermento e misture; Unte uma forma redonda com furo no meio com óleo (apenas óleo); Leve ao forno em temperatura aproximadamente de 180º graus.

O cigarro é responsável pela morte de 5 milhões de pessoa por ano no Brasil. Exercitar-se é essencial para quem luta contra o vício A rotina de exercícios é uma grande aliada na luta contra o vício no tabaco, como afirma o pneumologista Sérgio Prado. As doenças relacionadas ao tabagismo, só no Distrito Federal, mataram cerca de 2 mil pessoas em 2016, segundo a Secretaria de Saúde do DF. As atividades físicas auxiliam tanto a curto quanto em longo prazo. Além de combater alguns dos primeiros efeitos negativos que o cigarro proporciona, como falta de fôlego, diminuição de resistência e queda no desempenho físico e até sexual, a prática de exercícios estimula as pessoas a largarem de uma vez por todas o cigarro. O Dr. Sérgio Prado, médi-

co pneumologista da Aliança Instituto de Oncologia, explica que os exercícios físicos liberam hormônios relativos ao bem estar, que incentivam o cessar do tabagismo. “A atividade física estimula o sistema imunológico, melhora a capacidade física e pulmonar do paciente. Acredita-se que pacientes que praticam atividade física tem maior chance de cessar o tabagismo, principalmente entre seis meses e um ano”, aponta o especialista. Aliado a isso, a sensação de satisfação ao terminar uma atividade física ocasiona mais horas sem a vontade de fumar, conforme complementa o professor Talles Sucesso, da Bodytech Lago Sul. “Ao exe-

Divulgação

Touro - 21/04 a 20/05 Você não precisa discordar de ninguém, você apenas precisa se expressar com clareza a respeito de seus intuitos, pois, isso dará margem a que as pessoas aceitem sua posição, sem se sentirem incomodadas ou postas de lado.

Exercício físico para largar o cigarro

cutar movimentos a sensação fisiológica promovida pela atividade física promove mais tempo sem fumar. E conforme a pessoa vai avaliando a progressão da evolução física, percebe que uma coisa não combina com a outra e psicologicamente tende a diminuir o hábito de fumar, ou até mesmo parar de fumar”, explicou o professor que é ex-fumante. Com a capacidade física diminuída pelo cigarro, Talles conta que os fumantes pos-

suem dificuldades específicas quando iniciam os exercícios. “A dificuldade pulmonar dos fumantes é agravada pelo cigarro, e acabam cansando com mais facilidade. Então é necessário limitar, inicialmente, a intensidade e o volume do treinamento, para que a pessoa aos poucos melhore a condição física”, destaca. O tabagismo é um dos principais fatores de risco para os diversos tipos de câncer, em especial câncer de pulmão. Está relacionado também a doenças pulmonares, como asma bronquite, pneumonia, e doenças cardiovasculares, como arritmia, hipertensão e infarto. Segundo a OMS, o tabagismo é a principal causa de morte evitável no mundo.

PROGRAMA ESCOLA DA FAMÍLIA O Programa Escola da Família criado em 2003 pela Secretaria de Estado da Educação proporciona a abertura de escolas da Rede Estadual de Ensino, aos finais de semana, com o objetivo de criar uma cultura de paz, despertar potencialidades e ampliar os horizontes culturais de seus participantes. Reunindo profissionais da Educação, voluntários e universitários, o Programa oferece às comunidades paulistas atividades que possam contribuir para a inclusão social tendo como foco o respeito à pluralidade e a uma política de prevenção que concorra para uma qualidade de vida cada vez melhor. Cada escola organiza as

Educação todos os dias atividades dentro de 4 eixos: Esporte, Cultura, Saúde e Trabalho. Milhares de universitários, de todo o Estado de São Paulo, dedicam seus finais de semana ao Programa e, em contrapartida, têm seus estudos custeados por um dos maiores programas de concessão de bolsas de estudo do país, realizado em convênio com instituições particulares de Ensino Superior - o Programa Bolsa Universidade. Os universitários contemplados com a bolsa contribuem com seu empenho e dedicação para o crescimento da comunidade local e, quando formados, acrescentarão ao currículo uma preciosa

Divulgação

Áries - 21/03 a 20/04 Agora você está chegando ao nível que buscava, e isso não foi produto da sorte ou do misterioso destino, mas resultado de todo seu empenho e persistência. Mesmo de forma atrapalhada, as coisas continuam em marcha.

SAÚDE

Os voluntários Isaias Santos e Thalyta Mendonça assumiram o Projeto Alfabetização e a coordenação do Programa fica por conta da diretora Soraia, vice Rosana e os bolsistas

experiência, enriquecida por valores como a responsabilidade social e a participação comunitária. A E.E. Missionário Manoel de Melo no Parque do Carmo – Itaquera faz parte do Programa e desenvolvem

vários projetos. Um deles é o Projeto Alfabetização e Português para Estrangeiros aos domingos a partir das 12h. Informações: (11) 27485811 ou através do site: http:// escoladafamilia.fde.sp.gov.br/ v2/default.html

TRABALHO E AMAMENTAÇÃO

Você conhece os direitos garantidos por lei? São direitos garantidos pelo Estatuto da Criança e do Adolescente: toda criança tem direito ao aleitamento materno e toda mãe tem o direito de amamentar seu filho. Porém, como a amamentação deve funcionar nas empresas após o período de licença maternidade e quais são os direitos garantidos por lei? Toda mulher tem garantida por lei uma licença maternidade, que é um afastamento remunerado do trabalho, de, no mínimo, 120 dias e, no máximo, 180 dias a partir do oitavo mês de gestação. Porém, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), o

bebê deve ser amamentado por no mínimo 6 meses. Ou seja, quando a mãe tem direito aos 180 dias de licença, o bebê consegue ser amamentado no período recomendado. Mas quando isso não acontece, a mãe deve se organizar para continuar a oferecer o leite materno ao bebê. Segundo a Dra. Luciana Dessimoni, sócia no escritório Nakano Advogados Associados, as mães, ao retornarem ao trabalho após o período de 120 dias, têm garantido por lei o direito de fazer dois descansos remunerados de 30 minutos por dia para amamentar seu bebê até que ele complete seis

Divulgação

HORÓSCOPO

5

meses de idade. Ainda salienta que se a empresa ou entidade empregadora tiver no mínimo 30 funcionárias, ela é obrigada a oferecer um espaço como berçário. Não existindo essa opção no local, a funcionária deve ser autorizada a sair do trabalho para ir amamentar seu filho. “Na prática, é muito difícil que uma mãe consiga sair do trabalho, ir em casa, amamentar, e voltar ao traba-

lho em 30 minutos. Por isso, a colaboradora pode pedir à empresa a junção desses dois descansos, de forma que possa ficar afastada do emprego por 1 hora, podendo iniciar ou terminar sua jornada uma hora mais cedo”, explica a advogada. Caso seja esse o esquema acordado, é recomendado que empresa e colaboradora assinem um documento especificando o critério de descanso acordado para a amamentação. “Este documento deve ser guardado nos arquivos que a empresa mantém da funcionária para eventual apresentação à fiscalização trabalhista”, conclui.


6

Itaquera em Notícias

Anuncie: 2748-0418

FÁBRICAS DE CULTURA

Pereirinha e Pereirão Pastelândia no Sesc Itaquera Carrefour Pêssego Divulgação

Divulgação

“Nós Caipira” abre no dia 4 de junho, domingo, às 16h

Ed. 664 * 2 a 8 de junho de 2017

Lançamento

Brasil... salve-se quem puder

Esta obra conta a verdadeira história de um período conturbado pelo qual passou o povo brasileiro, desde os tempos da ditadura militar até o presente, onde uma sucessão de fatos moldaram um cenário acobertado por mentiras que davam mostra de que tudo “estava bem”, representação utópica de uma das classes mais hipócritas na conformação societária, quando por debaixo do pano a realidade era totalmente o extremo! O autor, José Carlos Gutierrez, em sua quinta obra nos mostra o quanto é difícil viver em um mundo pervertido pelos políticos do poder.

Lançamento dia 29/06

Divulgação

Além das tradicionais massas como nhoque, espaghetti ou talharim com acompanhamento grátis, dos diversos sabores de lasanha, das massas recheadas como caneloni, rondelli, capelleti e conchiglione, dos grelhados, panquecas e dos inigualáveis pastéis exóticos inovando com vários sabores como: fritas+queijo+bacon; hamburguer+queijo; feijoada e picanha fatiada+queijo, a Pastelândia Carrefour Pêssego traz também o de-

licioso strogonoff de carne ou frango acompanhado de arroz e batata. Tudo sempre quentinho, gostoso e cheio de recheio, o objetivo é que o cliente se torne fã e volte sempre. Confira todas essas delícias na Pastelândia situada na Praça de Alimentação do Carrefour Pêssego, à Av. Jacu-Pêssego, nº 1200, tel.: 25229101. Horário: domingo a domingo das 8 às 22hs. Aceita vários cartões de débito e crédito.

a partir das 18h30 na livraria Curitiba do Shopping Leste Aricanduva - Av. Aricanduva, 5555 Uma dupla folk-pop-rock-caipira formada por Mauricio Pereira, cantor, compositor, saxofonista, produtor, um dos criadores d’Os Mulheres Negras e seis discos solo lançados; e Tim Bernardes, cantor, compositor, violonista, guitarrista, produtor, que toca no trio O Terno, com dois discos lançados. Eles encarnam uma dupla caipira pouco ortodoxa que faz um repertório sem preconceito, que vai do pop-rock à moda de viola, das baladas folk à música sertaneja. A sonoridade é conduzida pela pegada intensa de Tim no violão de aço e as duas vozes cantando em terças, na mais pura (e às vezes impura) tradição da música de raiz do sudeste brasileiro. Mauricio toca sopros, mas não o seu habitual saxofone, e sim instrumentos incomuns em sua boca, como a gaita e a ocarina. Como em muitas duplas

Anuncie 2748-0418 2749-0663 2748-0418 2749-0663 Anuncie

A grandeza de um país não se mede pela sua extensão, mas pela dignidade do seu povo

musicais, eles também são parentes: pai e filho. Duas gerações de Pereiras, cada qual trazendo sua personalidade musical, sua escola, sua bagagem, suas influências. Cada qual refletindo sua época e seu caminho. O repertório variado bebe em várias fontes: há clássicos do folk, rock e country traduzidos por Pereira (Elvis, Johny Cash, Beatles, Hank Williams), música sertaneja (Alvarenga e Ranchinho, Milionário e José Rico, João Pacífico), pop brasileiro contemporâneo (Wander Wildner, Itamar Assumpção), canções de Mauricio de sabor mais caipira (“A Loira da Caravan”, “Modão de Pinheiros”), e também do repertório de Tim (“Enterrei Vivo”). Local: Praça de Eventos. Livre - Grátis 04/06. Domingo, das 16 às 17h15

Jornal Itaquera em Notícias  

Edição 664

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you