__MAIN_TEXT__

Page 1

ENTREVISTA Tathi Piancastelli

FAZENDO A DIFERENÇA

Com um currículo invejável, ela prova que ser diferente é normal.

N.º 08

InteirAção reconhece Primavera do Leste como Cidade Inclusiva.

Relatos de pessoas que fazem a diferença.

Pag. 03 Ano 6

NOTÍCIAS

Pag. 05 •

Novembro de 2019

Pag. 08 Distribuição Gratuita


EXPEDIENTE A InteirAção surge a partir da iniciativa de empresas especializadas em cuidadoria, voluntários, familiares de pessoas com deficiência e profissionais da área da saúde e educação, com a missão de contribuir para a inclusão e convivência harmoniosa da diversidade humana, prestando relevantes serviços à sociedade. A InteirAção trabalha incansavelmente pela causa da educação inclusiva. Através de uma série de treinamentos específicos, os profissionais de apoio e auxilio escolar são capacitados para prestar todo o suporte necessário ao aluno em instituições de ensino públicas e privadas. Editora e Jornalista responsável: Luciana Gomes MTB 49171/SP luciana@inteiracao.org.br Impressão: Gráfica Líder Informações, dúvidas, sugestões ou críticas: ouvidoria@inteiracao.org.br. Os artigos e depoimentos assinados não refletem necessariamente a opinião da editora. É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste jornal sem a prévia autorização. Tiragem: 2000 unidades Distribuição gratuita Contato: 4007-2810 facebook.com/inteiracao www.inteiracao.com.br

2

Olá, pessoas ‘InteirAtivas’! Chegamos a 8ª edição do Informativo da InteirAção em uma publicação recheada de boas novas! Nós, que trabalhamos fortemente para que se amplie a consciência sobre a importância de se promover a igualdade entre todos, Independente de suas condições, peculiaridades, sejam elas por fatores de sua livre escolha, ou não! E por falar em ampliar a conscientização, no último mês inauguramos o novo site da InteirAção! Uma página moderna e totalmente acessível, cuidadosamente pensada em levar mais informações sobre a causa da pessoa com deficiência para toda a sociedade. Vale a pena conferir: www.inteiracao.com.br E dando continuidade ao trabalho desenvolvido ao longo dos últimos anos, formando uma verdadeira corrente de inclusão, a InteirAção ampliou sua área de atuação, realizando o curso de Cuidadores nos Estados do Mato Grosso e Espírito Santo! Um avanço que demonstra o crescimento da valorização da educação inclusiva na rede regular de ensino! Nossos agradecimentos a todas as pessoas “InteirAtivas” que buscam o respeito à diversidade, sejam de quais tipos forem! Seja também uma pessoa InteirAtiva, contribua trabalhando e, ou apoiando tão nobre e importante causa! Boa leitura!


entrevista

Foto: Cris Ulla

Tai Piancastei:

Com um currículo invejável, ela prova que ser diferente é normal A jovem com Síndrome de Down que já realizou diversos feitos em sua carreira profissional Atriz, apresentadora, modelo, palestrante e influenciadora digital. O currículo de dar inveja é da Tathiana Piancastelli, uma jovem com Síndrome de Down que vem acumulando conquistas e realizações ao longo de seus 35 anos. Nascida em São Paulo, mudou com os pais em 2013 para Miami, nos Estados Unidos. E foi lá que teve início sua história de sucesso. Ao se matricular em um curso de teatro amador, teve a ideia de criar uma peça de teatro. Escrita, e protagonizada por Tathi, “Menina dos Meus Olhos” tem como temática o preconceito contra as pessoas com Síndrome de Down. O espetáculo produzido pela Nettles Artists Collective e ganhou o prêmio de melhor Teatro/Espetáculo no Brazilian International Press Awards USA 2016. As realizações de Tathi não param por aí, seu ativismo em prol da causa das pessoas com deficiência a levou a discursar na Organização das Nações Unidas, em 2016. Comunicativa, ela é apresentadora de seu canal no Youtube, e serviu de inspiração para o cartunista Maurício de Souza criar a personagem Tati, uma garotinha com Síndrome de Down. Provando que ser diferente é normal, Tathi contou um pouquinho sobre seus planos para o futuro em conversa exclusiva com a InteirAção.

3


entrevista IN: Como foi sua experiência na escola regular e relacionamento com os colegas? Tathi: Eu gostei, não senti nada especial, todo mundo junto misturado e muitas amizades.

Tai Piancastei IN: Como foi discursar na Organização das Nações Unidas (ONU)? Tathi: Eu falei 3 vezes na ONU, eu senti muito feliz.

IN: Ao longo da sua carreira profissional, chegou a trabalhar com outros colegas com síndrome de Down? Tathi: No trabalho eu era a única na peça também.

IN: Como surgiu a ideia de criar e protagonizar a peça “Menina dos meus Olhos”? Tathi: Me inspirei na Broadway. Fui eu que escrevi a peça Menina dos Meus Olhos, tenho grande paixão de atuar.

IN: Como foi a experiência de virar um personagem da Turma da Mônica? Tathi: A inclusão começa na infância para as crianças é o primeiro passo.

IN: Quais seus projetos para o futuro? Tathi: Meus projetos são os intercâmbios, apresentar a peça no segundo semestre em Nova

Peça Menina dos meus Olhos: Peça escrita e protagonizada por Tathi, sendo que a brasileira foi a primeira pessoa com síndrome de Down do mundo a escrever e protagonizar uma peça de teatro profissional apresentada em Nova Iorque.

Palestrante e Autodefensora Através do voluntariado no Instituto MetaSocial, outra frente de atuação são as palestras, que tem como missão contribuir com a inclusão na prática. Durante as palestras, ela espera sensibilizar a sociedade e refletir sobre a diversidade, para uma sociedade mais forte e inclusiva. Atuante como autodefensora da causa das pessoas com deficiência, palestrou como representante do Brasil na ONU, em Nova Iorque em 2016.

Canal no Youtube Ela é apresentadora de seu canal no Youtube, criado com o objetivo de contribuir para a inclusão e quebra de preconceitos.

4

Iorque, e o projeto de arte ‘Oi, Eu Estou Aqui (Hi, iam Here)’. E quero morar sozinha. IN: Como é seu trabalho no Instituto Meta Social? Tathi: Eu trabalho como blogueira sobre inclusão através das redes sociais. IN: O que você diria para uma futura mamãe que tem um filho com Síndrome de Down? Tathi: Eu diria para colocar seu filho na escola regular. Dar amor e acreditar na importância da inclusão.

Modelo Foi estrela de uma campanha de cosméticos da Inoar, empresa brasileira presente em mais de 40 países. Além disso, também protagonizou campanhas institucionais da Rede Globo. Oi, Eu Estou Aqui (Hi, iam Here) Intercâmbio Baseado no desejo de Tathi de experimentar novas descobertas, idealizou a proposta de intercâmbio onde ela hospeda-se em casas de outros, assim como os recebe em sua própria casa.


fazendo a

diferença

São inúmeros relatos que demonstram que a inclusão escolar abre caminhos para grandes descobertas, que contribuem para o desenvolvimento da tolerância, respeito, além do combate aos preconceitos. Conheça algumas histórias enviadas por cuidadores, pais e pessoas envolvidas diretamente no serviço de apoio e cuidado ao aluno com deficiência! (Queremos divulgar a sua história! Envie seu depoimento para o e-mail: ouvidoria@inteiracao.org.br)

MEIRE CRISTINA PEREIRA A aluna Luana Marcondes Dantas tem paralisia cerebral e a presença da Cuidadora Meire Cristina Pereira, de Promissão (SP), possibilitou que sua inclusão fosse realizada na escola.

Estou gostando muito! Acho que minha presença é essencial para que ela esteja incluída. Ela acaba

Há 4 anos Daisy Cristina da Cunha, de Lins (SP), exerce a função de Cuidadora. Atualmente responsável pelo pequeno Matheus Vinicius, que tem Síndrome de Down, ela acredita que a inclusão só é possível com a presença dos Cuidadores.

É de extrema importância a presença do Cuidador nas escolas, porque o

interagindo mais com os outros alunos, e os coleguinhas respeitam mais ela. Durante o intervalo procuro tirar ela um pouco antes da sala de aula, por conta da bagunça. Percebo que a presença do Cuidador é fundamental, desde que comecei a cuidar da Luana ela fez novos amigos, então está indo muito bem”.

DAISY CRISTINA

aluno acaba ficando muito tempo na escola, então, acaba se tornando uma extensão da própria família. Se não fosse o Cuidador, alunos com deficiência estariam fora das escolas. Além disso, sem o nosso auxílio, el as estariam isoladas, não teriam a interação social, então é muito importante o nosso serviço”.

ANGÉLICA PATRÍCIA GARCIA SALES Hoje a Cuidadora Angélica Patricia, de Lins (SP) divide seu tempo no atendimento aos alunos Gabriel José e Matheus Henrique, ambos com deficiência intelectual. Ela aposta que que a interação entre os alunos aumentou após o início das atividades como Cuidadora.

Fui muito bem recebida pelos dois alunos, muito bem acolhida. Mesmo o Cuidador sendo uma pessoa ‘estranha’, é como se fosse da família. Hoje percebo que eles ficam cada dia mais à vontade, conversam mais, se relacionam melhor com os outros alunos. Todos acabam ficando amigos, com muito respeito, independente da deficiência”.

5


Edra Maria (Diretora) Diretora da E.E. Valdomiro Silveira, Edra Maria, de Cafelândia (SP) trabalha há mais de 29 anos com educação, e acompanhou de perto a inclusão dos Cuidadores nas escolas. Ao longo dos últimos anos vivenciou os avanços da educação inclusiva e a evolução de muitos alunos com deficiência.

A chegada dos Cuidadores trouxe mais qualidade de vida para os alunos dentro das escolas. Antes, não tínhamos profissionais para

dar esse suporte. Percebo que os Cuidadores têm muito carinho pela profissão, se preocupam muito com os alunos, tornando-se essenciais na vida deles. Tem o caso da Gabi, ela tem problemas de mobilidade e deficiência intelectual. Ela apresentou um progresso muito grande, ela chegou aqui em uma cadeira de rodas, hoje ela até corre. Me emocionei muito no dia que vi ela correr, pois acreditava que isso era impossível”.

PRIMAVERA DO LESTE- MT SILVANA DE OLIVEIRA Responsável pelos cuidados com o pequeno Gabriel, Silvana de Oliveira descobriu na atividade de Cuidador um grande amor.

Tem que gostar muito da criança e do que faz, e cuidar com muito amor. Crianças com deficiência necessitam de um cuidado diferenciado, elas têm dificuldades de aprendizado,

mas com dedicação e cuidado elas aprendem. Ser Cuidadora é algo novo na minha vida, mas sempre tive vontade de trabalhar com as crianças especiais. Vejo muita evolução no Gabriel, ele aprendeu as formas geométricas, as cores, então está sendo muito bom”.

JANETE DE JESUS Muito emocionada, a Cuidadora Janete de Jesus diz ter aprendido muito mais do que ensinou ao longo dos últimos seis meses atuando como Cuidadora no atendimento ao pequeno Pedro, que nasceu com mielomeningocele Nosso papel é muito importante porque o professor não tem como auxiliar o aluno na ida ao banheiro, por exemplo, ele não pode

abandonar a sala de aula. Acredito que o Cuidador é fundamental, e os pais estão reconhecendo isso. Está sendo muito bom, tanto para mim, quanto para o aluno. Venho recebendo muitos elogios, aprendo muito mais do que posso ensinar, a cada dia é um novo aprendizado. Faço tudo com muito amor e me dedico 100% ao Pedro, escolhi essa profissão por amor”.

“Auxiliamos nas atividades dentro e fora da sala de aula, na ida ao banheiro, na alimentação. Uma professora não tem como cuidar de mais de 20 alunos, e dar atenção especial aos alunos com deficiência.” rebeca oliveira de jesus 6


Foto: Geunice, Suelma, Joice, Patrícia, Marcos e Rosidalva

rosidalva rodrigues souza Para a Cuidadora Rosidalva Rodrigues Souza a inclusão do aluno com deficiência nas escolas é a realização de um sonho. Responsável pelo atendimento da aluna Natália Suelen, em cinco meses de atendimento foram muitas as conquistas obtidas na evolução da assistida, que é deficiente visual, autista e hiperativa.

Quero parabenizar quem teve a ideia desse projeto de Cuidadores. Incluir essas crianças nas escolas é um sonho, saber que hoje elas são aceitas, que as outras crianças visualizam essas dificuldades e tratam todos com normalidade. Quando cheguei, a Natália era muito agressiva, hoje ela é amada por todos,

colegas, professores, ela é muito carinhosa. Antes, ela não conseguia nem abrir uma garrafa, hoje ela abre, ela também aprendeu a ir no banheiro sozinha. Gostaria de parabenizar a Conviva por fazer a diferença na vida dessas crianças”.

“A minha aluna não tinha interação com outras crianças, e não conseguia participar de atividades fora da sala de aula, hoje com o meu apoio ela consegue”. GEUNICE DA SILVA RODRIGUES

MARCOS VINÍCIUS OLIVEIRA Em seis meses de atividade, o Cuidador Marcos Vinicius de Oliveira acompanhou dia a dia a evolução dos alunos Luiz Felipe, que é deficiente auditivo, e do Cauã da Silva, que tem baixa visão e dificuldade de socialização.

Todos os alunos ganham na questão social! Auxiliamos o aluno nas dificuldades que ele possa ter, vamos trabalhando isso passo a passo, pois a cada momento eles apresentam novas dificuldades, então vamos lidando com isso, trazendo mais

independência para esses alunos. A atividade do Cuidador é essencial, vemos diariamente a melhora no rendimento deles, e isso é muito gratificante”.

novo site, moderno e acessível! Acesse já:

www.inteiração.com.br 7


Mais de 150 alunos com deficiência são beneficiados em Vitória (ES)

notícias

InteirAção capacitou mais de 70 pessoas para atuar no atendimento aos alunos em escolas capixabas

vitória

Referência no atendimento aos alunos com deficiência em todo o Estado de São Paulo, a Conviva Serviços passou a atuar em Vitória, no Espirito Santo, beneficiando cerca de 174 alunos em mais de 53 unidades de ensino do município. Para o atendimento, a InteirAção capacitou cerca de 70 pessoas em Curso de Capacitação realizado no Colégio SEB COC –

Unidade Jardim da Penha entre os dias 13 e 25 de maio. Importante ferramenta de inclusão, o suporte oferecido pelos profissionais de apoio escolar nas escolas de Vitória traz mais autonomia para os alunos atendidos, possibilitando que eles possam se deslocar de um local para outro, tenham auxilio para ir ao banheiro, e possam se alimentar de forma segura.

InteirAção reconhece Primavera do Leste como Cidade Inclusiva Gestão inclusiva do Município foi premiada através de entrega de certificado Em grande evento comemorativo, que contou com a presença do Prefeito Léo Bortolin, de Primavera do Leste, no Mato Grosso, além da atual secretária de Educação, Professora Adriana Tomasoni, a InteirAção entregou certificado de reconhecimento de Gestão Inclusiva ao Município em evento realizado no dia 15 de junho. A entrega dos certificados teve como objetivo enaltecer a importância do trabalho desenvolvido pelas cerca de 40 Cuidadoras que atuam no atendimento aos alunos com deficiência nas escolas municipais. Embora a educação inclusiva ainda não seja uma realidade em boa parte

do País, Primavera dá exemplo do que pode ser feito para que a inclusão saia do papel. “Primavera do Leste vem primavera do leste se tornando referência (em inclusão). Quantos Municípios têm condições de ter em profissionais de apoio escolar. “Esse uma sala de aula o professor, o auxiliar Certificado é um reconhecimento do educacional e até dois cuidadores? trabalho de cada Cuidadora. Eu, como ”, questionou Léo Bortolin durante o Prefeito, e a Adriana, como Secretária, evento. apenas buscamos a consolidação Ao receber o Certificado de desse processo, desde a contratação, Reconhecimento de Gestão Inclusiva, até a capacitação. Algo que focamos que também foi entregue à Secretária desde o início, e que vem sendo Adriana, Bortolin fez questão de construído aos poucos”, completou o dizer que a conquista é também das prefeito.

Conviva abre 120 postos de trabalho em Pindamonhangaba

Agentes de Educação Básica e Inclusiva irão atuar no atendimento aos alunos com deficiência Os alunos com deficiência matriculados nas escolas municipais de Pindamonhangaba, no interior

pindamonhangaba

paulista, agora contam com apoio e suporte nas atividades realizadas através do atendimento dos agentes de educação básica e inclusiva contratados pela Conviva, e treinados pela InteirAção. O atendimento teve início no segundo semestre, e os agentes receberam treinamento realizado pela InteirAção entre os dias 27 e 28 de Parceiros:

8

junho. A Capacitação contou com a presença do Sr. Prefeito Dr. Isael, e ainda contribuição do tenente Bombeiro 1º Sargento PM Natanael Silva, em treinamento básico de primeiros socorros, e apresentação do agente de telecomunicações da Polícia, Wanderley Domingues de Oliveira, que falou sobre a Lei Maria da Penha.

Profile for InteirAção

Informativo nº 8  

Ano 6 - nº 8 - Publicado em novembro de 2019. Destaque para entrevista com a jovem Thati Piancastelli e relatos emocionantes de Cuidadores...

Informativo nº 8  

Ano 6 - nº 8 - Publicado em novembro de 2019. Destaque para entrevista com a jovem Thati Piancastelli e relatos emocionantes de Cuidadores...

Advertisement