__MAIN_TEXT__

Page 1

76 Ano 17 Maio/Junho

2019

Informativo do Instituto de Oncologia do Vale

IOV inicia projeto de teleorientação para agilizar atendimentos e melhorar acesso aos especialistas

O

Instituto de Oncologia do Vale está iniciando um projeto piloto de teleorientação em oncologia para toda a região do Vale do Paraíba, que irá beneficiar tanto pacientes quanto profissionais de saúde. Como parte do projeto foi implantada uma plataforma de comunicação virtual, desenvolvida pela Innovecare, que funciona como uma central especializada em oncologia, para orientação ou suporte ao parecer clínico no esclarecimento de dúvidas sobre procedimentos, apoio à tomada de decisão, compartilhamento de documentos e imagens, bem como a discussão de diagnósticos complexos entre profissionais de saúde. Após o paciente ser avaliado pelo clínico, em caso de dúvida quanto ao diagnóstico, o médico solicitará orientação por vídeo ao especialista e enviará, pela plataforma, um resumo do caso. O especialista em oncologia fará a análise do caso em tempo real,

com ou sem a presença do paciente, e emitirá um parecer por escrito. O clínico, ainda, consegue participar de reuniões com especialistas em horários pré-agendados para apoio à tomada de decisão clínica “Essa tecnologia facilita muito o processo de tomada de decisão compartilhada, bem como agiliza o acesso do paciente ao centro de especialidade oncológica, pois quando ele chegar ao oncologista, o profissional já saberá todas as informações prévias, o que reduz o tempo de diagnóstico e permite um início mais rápido do tratamento, melhorando a qualidade da assistência e reduzindo os custos”, explica o diretor executivo do Instituto de Oncologia do Vale, Dr. Carlos Frederico Pinto. A agenda de atendimentos da teleorientação do IOV será oferecida sem custos para médicos de hospitais ou clínicas da rede pública ou privada.

Essa tecnologia facilita muito o processo de tomada de decisão compartilhada, bem como agiliza o acesso do paciente ao centro de especialidade oncológica.


2

EDITORIAL

Tecnologia e qualidade dentro e fora do IOV

OFICINAS

Festa Junina do IOV promove bem-estar social

O

Instituto de Oncologia do Vale tem expandido suas ações para além das nossas unidades, visando sempre o bem-estar da população e a redução o impacto do câncer na vida das pessoas. Há muito tempo já fazemos isso por meio de ações de prevenção e estímulo a qualidade de vida, mas decidimos ir além. Estamos investindo tempo e energia para apoiar a implantação da mentalidade Lean em serviços públicos de saúde como o Hospital Municipal de São José dos Campos, que já teve melhoras nos processos, o que já trouxe benefícios para a população que busca este serviço. Além disso, apostamos fortemente na criação de uma plataforma de teleorientação em oncologia, que permitirá o rápido acesso de clínicos aos nossos oncologistas para tirar dúvidas e garantir diagnósticos mais assertivos, assim como facilitar e agilizar o acesso dos pacientes aos tratamentos especializados, aumentando assim as chances de efetividade das terapias. Sabemos da importância da tecnologia, da inovação e do compartilhamento de informação para a prevenção em saúde e o combate ao câncer, por isso, vamos continuar investindo nossos melhores esforços para beneficiar o maior número possível de pessoas.

Dr. Carlos Frederico Pinto

A

missão do Instituto de Oncologia do Vale é reduzir o impacto do câncer na vida das pessoas, por isso, sempre proporciona diversas ações para manter o bem-estar social dos pacientes. No mês de junho, aconteceu a tradicional festa junina do IOV nas unidades de São José dos Campos e Taubaté. Com moda de viola e até sanfoneiro, a festa, que foi realizada para pacientes, familiares, colaboradores e médicos, faz parte da programação das Oficinas de Qualidade de Vida, organizadas pela equipe multiprofissional para auxiliar os pacientes durante o tratamento oncológico. Jesmar Zanoni, paciente do IOV, participou da festa pela primeira vez e viu a importância de eventos como este para o convívio de pacientes em tratamento. “Essa integração é muito importante, torna a medicina mais humana, traz uma proximidade maior, aumenta o nível de confiança e fortalece a relação interpessoal”, afirmou. “A intenção é integrar colaboradores e pacientes,

fazendo com que eles se esqueçam um pouco da dor, das preocupações e passem um dia diferente”, explica Camila Moraes, coordenadora da Farmácia do IOV Taubaté. Além das comidas típicas de festa junina, o evento contou também com várias outras atividades e atrações, como bingo e correio elegante. Ana Paula Dominguez Liparelli, paciente do IOV, estava acompanhada da filha Caroline Dominguez Liparelli, de 12 anos, e passaram uma manhã diferente com direito à uma rodada de bingo. “É o primeiro evento que participo, está tudo muito bonito, e as comidas estão deliciosas, com certeza estaremos presentes nos próximos”, destacou. “A festa junina do IOV é importantíssima, agrega valor ao paciente, aos voluntários e aos colaboradores. É muito importante ter esse encontro e o resultado é a participação de todos em um ambiente descontraído e solidário”, destaca Graça Marques, assistente social do IOV e presidente da Casa Recomeço.

Diretor Executivo

EXPEDIENTE Responsável Técnico: Dr. Carlos Flávio Turci – CRM 27.301 / Diretoria: Dr. Adriano Diniz B. Mendes, Dr. Carlos Flávio Turci, Dr. Carlos Frederico Pinto e Dr. Marcelo Taborda | Comunicação e MKT IOV: Fabiano Gaspar Vieira | IOV & Você circula junto aos pacientes, familiares, área médica e profissionais da saúde. Correspondências devem ser enviadas sob o título “Jornal IOV & Você” para: Rua Major Antônio Domingues, 472 – SJC – 12.245-750. Tel.: (12) 3924-9055. E-mail:iov@iov.med.br *Registrado no cartório de registro de notas e documentos sob o número 171517 | Produção: Comunikação Consultoria - Tel.: (12) 98156-6744 - www.comunikacao.com.br – Coordenação de Jornalismo e Edição: Areta Braga – Jornalista Responsável: Areta Braga - MTb 38.005 – Redação: Areta Braga e Natália Mitie Fotos: Arquivo/ Divulgação – Diagramação: Adriano Augusto – Revisão: Flávia Gavioli – Gráfica: Copcentro – Tiragem: 600 exemplares.


3

OFICINAS

Dia das mães especial para pacientes e colaboradoras do IOV

O

dia das mães é sempre uma data muito especial, mas, neste ano, ela foi ainda mais significativa para as colaboradoras do Instituto de Oncologia do Vale, pois junto aos filhos foram as estrelas da ação do Dia das Mães promovida como parte da programação das Oficinas de Qualidade de Vida. As colaboradoras foram convidadas a enviarem fotos com os filhos. As imagens ganharam uma arte especial e foram impressas para serem entregues de presente junto com um marcador de livros, que também foi distribuído para as pacientes que são mães. Além disso, as imagens foram exibidas nas TVs da recepção das unidades de quimioterapia de São José dos Campos. “Eu fiquei encantada e emocionada com a ação. Os pacientes também gostaram muito de ver um pouco da nossa família, pois muitos convivem com a gente por muito tempo. Vários deles comentavam ‘olha é você com seus filhos’. Foi muito bom ver um pedacinho tão importante da nossa vida de uma forma tão carinhosa”, comentou a recepcionista Gralciane Lilian Ribeiro Rosalez, que é mãe do Pedro Henrique, 19 anos, e da Maria Clara, 5 anos. Segundo a Dra. Cristiane Dias Bittencourt, oncologista clínica coordenadora da equipe multidisciplinar do IOV, a ação atendeu a um sonho antigo de fazer uma campanha com as colaboradoras

para valorizá-las e estabelecer uma proximidade maior com os pacientes. “As mães que trabalham fora acabam muitas vezes renunciando aos momentos preciosos com os filhos para se dedicar ao trabalho, então quisemos reconhecer o empenho das nossas colaboradoras e permitir que as suas histórias pessoais e familiares pudessem ser conhecidas pelos pacientes. O resultado foi lindo e trouxe um pouco do clima gostoso do Dia das Mães para a clínica”, disse.

Eu fiquei encantada e emocionada com a ação. Os pacientes também gostaram muito.

IOV DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS TAMBÉM TEVE APRESENTAÇÃO ESPECIAL DE BALLET As pacientes e colaboradoras das unidades de quimioterapia e radioterapia do Instituto de Oncologia do Vale de São José dos Campos também foram presenteadas com uma apresentação exclusiva da bailarina joseense Giovanna Pirozzi de Souza. A jovem começou no ballet com apenas 3 anos de idade e hoje, aos 16, já é professora e dá aulas em um projeto social. “Quando a colocamos nas aulas de ballet, não imaginávamos tudo isso. É um orgulho pra gente”, comenta o pai, André Luiz Rodrigues de Souza, que é paciente do IOV. Ele ressaltou a importância de apresentações como essa para os pacientes em tratamento. “As atividades são muito importantes. São ações diferentes que distraem e com isso, o paciente consegue por um momento se desligar de tudo o que está acontecendo e do motivo de estar ali”, finaliza.

QUALIDADE

Auditoria da Certificação Canadense mantém nível Diamante do IOV GIA

O

Instituto de Oncologia do Vale recebeu uma nova visita dos avaliadores da certificação canadense, Qmentum International. “Essa visita marcou o início do processo de certificação extensivo para nossa radioterapia”, explica a gerente do Lean Office, Stela Maris. As unidades de quimioterapia do IOV

já têm a certificação Diamante, que é o nível mais alto da Qmentum, certificação que orienta e monitora os padrões de alta performance em qualidade e segurança, utilizando critérios internacionais com validação mundial. A certificação é aplicada em mais de 30 países e assegura às organizações o atendimento aos requisitos de governança e boas práticas assistenciais.

TO

TITU

INS

LO NCO

O DE

DO

E VAL


4

RELATÓRIOS DE SEGURANÇA

Segurança do Paciente no Grupo IOV ALERTAS DE SEGURANÇA O Sistema de Gestão do IOV desenvolveu o Alerta de Segurança com o objetivo de identificar os potenciais riscos no processo. Quanto mais alertas forem abertos, maior a possibilidade de analisar o fluxo e torná-lo mais seguro. As equipes são responsáveis em identificar as falhas, que são discutidas no quadro gerador de ideias, se algum problema é identificado, analisa-se o risco, melhora o processo, cria barreiras e padroniza para que o evento não ocorra novamente.

ALERTAS DE SEGURANÇA RADIOTERAPIA 2018/2019

ALERTAS DE SEGURANÇA QUIMIOTERAPIA 2018/2019

Os gráficos das unidades de São José dos Campos e Taubaté ilustram que mantêm o número de alertas de segurança abertos no Grupo IOV.


5

EVENTO SENTINELA

A classificação de causas de um possível erro é denominada Evento Sentinela que, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), é um incidente inesperado e indesejável associado aos cuidados ou serviços prestados ao paciente que atingiu o cliente ou paciente. O incidente ocorre durante o processo de recebimento de serviços de saúde.

SENTINELA POR APLICAÇÕES DE RADIOTERAPIA 2018/2019

SENTINELA POR PROCEDIMENTOS DE QUIMIOTERAPIA 2018/2019

Observamos nos gráficos que o índice de Eventos Sentinelas está próximo de 0.

TRIGGERS

O Triggers é uma ferramenta para medir e investigar possíveis danos ocorridos em função de tratamentos oferecidos ao paciente. Inicialmente, ela foi criada pelo IHI (Institute for Healthcare Improvement) para o ambiente hospitalar, mas a equipe do IOV a adaptou para o ambiente ambulatorial e clínico. “Esta ferramenta nos permite identificar possíveis danos por meio de auditorias multidisciplinares, bem como discutir e desenvolver planos para melhoria da assistência por meio da criação de barreiras de prevenção de risco”, explica o oncologista Dr. Henrique Zanoni Fernandes.

GLOBAL TRIGGERS TOOL - UNIDADE DE QUIMIOTERAPIA SÃO JOSÉ DOS CAMPOS 2018 - 2019

GLOBAL TRIGGERS TOOL - UNIDADE DE QUIMIOTERAPIA TAUBATÉ 2018/2019

Nos gráficos das unidades de quimioterapia de São José dos Campos e Taubaté, observamos que os números de eventos/danos identificados estão dentro dos padrões estabelecidos pelo benchmarking do Institute for Healthcare Improvement, que analisa a performance de qualidade tendo como referência o IOM – Institute of Medicine. Os triggers evidenciados foram analisados, tratados e desenvolvidas contramedidas.


6

LEAN

Diretor do IOV é palestrante no Lean Summit Saúde 2019

E

m sua quarta edição, o Lean Summit Saúde, principal evento do País totalmente dedicado à aplicação do lean na saúde, contou com apresentações que trouxeram experiências concretas em hospitais e clínicas no Brasil, Argentina, Austrália e Cingapura, que demonstram a maneira como se cuida dos pacientes e reduzem desperdícios para ganhar produtividade por meio da gestão Lean. O diretor executivo do IOV, Dr. Carlos Frederico Pinto, foi um dos palestrantes do evento. Ele participou do painel “Como desenvolver capacidades rapidamente: a iniciativa da LGN (Lean Global Network)”, juntamente com o diretor do Lean Institute Brasil

e Coordenador da Lean Healthcare Initiative da LGN, Flávio Battaglia. Ao longo dos últimos anos, a LGN tem se concentrado em aumentar o impacto e a abrangência da transformação Lean na área da saúde no âmbito mundial. Nesta jornada chegou-se à conclusão de que dentre os fatores mais críticos estão o tempo e os esforços necessários para que se consolidem as capacidades internas das organizações, senão não haverá sustentação. Na busca por caminhos mais simples e ágeis para a transformação Lean, foram propostos os “5 princípios”, um guia prático para orientar indivíduos e organizações dispostas a perpetuar o Lean como a essência de sua estratégia competitiva ao longo do tempo.

Ainda como parte da programação do Lean Summit Brasil, aconteceu uma visita guiada ao IOV, na qual os participantes puderam conhecer como a mentalidade Lean é aplicada em todos os processos e os resultados gerados no Instituto de Oncologia do Vale.

Com apoio do IOV e aplicação de mentalidade Lean, hospital municipal melhora tempo de permanência no pronto socorro

C

om o apoio do Instituto de Oncologia do Vale e do Lean Institute Brasil, o Hospital Municipal Dr. José de Carvalho Florence, unidade da Prefeitura de São José dos Campos, está reestruturando seus processos de gestão com base na mentalidade Lean, com o objetivo de melhorar o atendimento dos pacientes e a utilização de recursos. O processo foi iniciado, em 2016, com a capacitação de 6 pessoas da liderança do hospital em Lean Thinking, mas ganhou reforço com o apoio do IOV, que é uma referência mundial na aplicação da mentalidade enxuta. “Mensalmente nos reunimos com o time do IOV. Como eles têm muita experiência em Lean, acompanham o que estamos fazendo e nos dão sugestões sobre como aprimorar nossos processos, isso ajuda a direcionar nossas ações”, explica a diretora de enfermagem do Hospital Municipal, Renata Mantovani. A iniciativa começou na sala amarela do pronto-socorro adulto, com o objetivo de reduzir o tempo de espera dos pacientes do pronto-atendimento. Combinando

nova organização do trabalho, controles visuais e rotinas de gestão, os tempos de espera e permanência dos pacientes têm sido reduzidos consideravelmente. Nos casos de menor complexidade, por exemplo, a permanência passou de 3 horas e 24 minutos para 1 hora e 55 minutos, uma redução de 56%. A metodologia também foi implementada na gestão de acesso e fluxo do paciente com a criação do projeto Leito Livre 11horas, que preconiza como meta atual 15% dos leitos livres para admissão dos próximos pacientes até às 11 horas na unidade de clínica médica e cirúrgica e 40% na unidade de cirurgia eletiva e pediatria. Através da ferramenta A3, o Lean também está sendo aplicado na utilização de kits cirúrgicos, metas de cirurgias eletivas, adesão ao protocolo de dor torácica, adesão ao protocolo de sepse, utilização de materiais inalatórios, entre outros. Outra iniciativa importante foi a sinalização das macas, de acordo com a necessidade de cada paciente em

observação, o que melhorou a rotina e a comunicação entre os profissionais, otimizando o atendimento, aumentou a segurança e reduziu o tempo de permanência dos pacientes no prontosocorro da instituição. “O apoio, consultoria e treinamento da equipe do IOV tem sido essencial para o nosso desenvolvimento. Eles são grandes incentivadores desta mudança que estamos vivendo. Com a experiência que têm, eles sempre nos apoiam e nos ajudam a pensar em novas soluções, o que motiva muito nossa equipe”, conclui a coordenadora administrativa do Hospital, Aline Ribas. Os resultados conquistados pelo Hospital Municipal Dr. José de Carvalho Florence foram tão positivos que o Diretor Técnico do hospital, Carlos Alberto Maganha, e a Diretora de Enfermagem Renata Mantovani fizeram uma palestra sobre o gerenciamento do fluxo do paciente em um hospital do SUS na 4ª edição do Lean Summit Saúde.


7

QUALIDADE DE VIDA

Cuidado do corpo e da mente é tema da 14ª SIPAT

O

Instituto de Oncologia do Vale de São José dos Campos realizou a 14ª SIPAT - Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho. Com o tema “Cuidando do corpo e da mente”, o evento contou com uma programação especialmente voltada à saúde dos colaboradores do IOV. “Focamos em temas direcionados para qualidade de vida, saúde e bem-estar, prática de atividades físicas, alimentação e hábitos saudáveis, que impactassem no dia a dia dos colaboradores. Se eles têm hábitos saudáveis tendo como aliada a prática de atividades físicas, no decorrer do dia ele terá mais disposição, melhor atenção e o aumento do nível de concentração em suas atividades de rotina” afirma Mauricio Gomes, técnico em Segurança do Trabalho do IOV. A programação da SIPAT contou com palestras sobre DST com a Dra. Ana Carla Pinto, parceira do IOV, para conscientização e orientação dos colaboradores, e sobre depressão e suicídio com a psicóloga do Instituto, Ana Eliza Sakakibara. “Existem muitos tabus com relação à depressão e mitos sobre o suicídio. A verdade é que se dou abertura, e acolho a pessoa que está em sofrimento, com certeza ela irá se sentir melhor só de saber que alguém a compreende”, destaca a psicóloga. Os benefícios da atividade física também foram tema de palestra ministrada pela professora Mônica Kaziwara, da Academia Uniclo, que ressaltou a importância da prática de exercícios físicos para a saúde. Os colaboradores ainda puderam usufruir

de uma aula de pilates solo, em parceria com o Studio Fernanda Mendes – Pilates e Fisioterapia. “Com a prática de atividade física, o corpo naturalmente produzirá a serotonina e endorfina, que são neurotransmissores relacionados à sensação de bem-estar e que ajudam a reduzir o estresse e a ansiedade”, afirma a fisioterapeuta, Fernanda Mendes. Além disso, o evento contou também com o apoio da nutricionista Gabriela Nascimento, que realizou um desafio interno com acompanhamento durante 30 dias. Os colaboradores participantes tinham como objetivo a reeducação alimentar, o ganho e melhora na

qualidade de vida, por meio da criação de hábitos saudáveis associados à prática de atividade física. Para ajudar os colaboradores a manterem o autocuidado e incentivar uma vida mais saudável, o IOV está com diversas ações e parcerias com academias, studio de pilates, nutricionista e grupo de corrida. “Incentivamos os colaboradores a manterem os hábitos saudáveis e seguirem os acompanhamentos para melhora da qualidade de vida e bemestar de todos, garantindo um dia a dia mais produtivo e cheio de energia e disposição”, destaca Maurício.


8

TREINAMENTOS

Colaboradores participam de palestra sobre trabalho em equipe e relacionamento interpessoal

A

evolução constante é uma das premissas do Instituto de Oncologia do Vale, por isso,

investe em palestras e treinamentos para capacitação e desenvolvimento de toda equipe. Colaboradores do IOV São José dos Campos e Taubaté, e CENON receberam a palestra “Trabalho em equipe e relacionamento interpessoal”, na qual os colaboradores puderam se autoconhecer e identificar os diferentes perfis comportamentais. “É um treinamento que pode ser levado tanto para a vida profissional quanto para a pessoal”, destaca Patrícia Fernanda Claro, coordenadora de RH do IOV. “O treinamento é de fundamental importância porque dá dicas de como se relacionar com pessoas, de como

lidar com as diferenças, além de trazer o entendimento de que podemos nos complementar e usar o talento de cada um”, explica a coordenadora de RH. Além de gerar benefícios para os colaboradores do IOV, os resultados positivos desses treinamentos refletem também no atendimento aos pacientes. “O autoconhecimento gera uma melhoria no ambiente e trabalho em equipe. Colaboradores motivados e que fazem o que gostam com certeza espelham de maneira positiva nos pacientes”, afirma. Segundo a coordenadora de RH, outros treinamentos estão sendo planejados ao longo do ano.

EVENTO

Fisioterapeuta do IOV lança livro sobre fisioterapia em Unidade de Terapia Intensiva adulto

A

fisioterapeuta do IOV, Dra. Carla Marzullo Plens foi coordenadora e uma das autoras do “Manual de Condutas e Práticas Fisioterapêuticas nas Unidades de Terapia Intensiva Adulto da Associação Brasileira de Fisioterapia em Oncologia (ABFO)” lançado no VI CBFO (Congresso Brasileiro de Fisioterapia em Oncologia) 2019. “Participar como coordenadora e uma das autoras foi muito gratificante, estou feliz por poder auxiliar na capacitação dos fisioterapeutas que atuam com pacientes oncológicos”, afirma. Segundo ela, quando internados em UTI, estes pacientes necessitam uma assistência especializada em questões de segurança relacionadas ao câncer, a progressão da doença e também em relação os efeitos colaterais associados ao tratamento oncológico, pois eles podem impactar na tomada de decisão no tratamento fisioterapêutico.

O manual foi lançado em maio e faz parte de uma série da ABFO sobre condutas e práticas em fisioterapia em oncologia. “O manual apresenta as principais abordagens no tratamento fisioterapêutico de pacientes críticos oncológicos, através de embasamento científico e experiência clínica das autoras”, complementa. Segunda a Dra. Carla, o fisioterapeuta é um profissional fundamental para os pacientes com câncer e tem como missão prevenir ou reabilitar as disfunções ou sequelas relacionadas ao tratamento oncológico – cirúrgico, quimioterápico, imunoterápico ou radioterápico – além de promover também o controle de sintomas nos cuidados paliativos. “O programa de tratamento fisioterapêutico é realizado de acordo com cada estágio de tratamento oncológico, promovendo melhora da qualidade de vida em todas as fases”, ressalta.

Profile for IOV - Instituto de Oncologia do Vale

IOV&VOCÊ Edição 76  

Informativo do Instituto de Oncologia do Vale

IOV&VOCÊ Edição 76  

Informativo do Instituto de Oncologia do Vale

Advertisement