__MAIN_TEXT__

Page 1

75 Ano 17 Março / Abril

2019

Informativo do Instituto de Oncologia do Vale

IOV apoia Caminhada Agita São José realizada no Dia Mundial da Saúde

N

o Dia Mundial da Saúde, o IOV participou e apoiou mais uma Caminhada Agita São José, realizada pela APM (Associação Paulista de Medicina) de São José dos Campos. Realizado há 14 anos, o evento tem o objetivo de incentivar pequenas mudanças que podem gerar resultados positivos para a saúde e bem-estar. “A missão da caminhada é mostrar para as pessoas a importância da atividade física no dia a dia e inserir o hábito de se movimentar na rotina por meio de ações, como uma caminhada rápida, ir a pé ao trabalho, usar as escadas ao invés do elevador, entre outras. “A parceria com o IOV é fantástica, nos últimos anos conseguimos aumentar o tamanho da caminhada, com maior número de participantes e parceiros. A visibilidade tem sido muito maior e só temos que agradecer nossos parceiros”, afirma o

presidente da APM, Dr. David Alves de Souza Lima. Com saída da Casa do Médico e chegada no Parque Vicentina Aranha, a caminhada também teve cunho social. Foram arrecadados 250 kg de alimentos não perecíveis, que foram doados a uma instituição social, e mais de 1200 pessoas atendidas no Parque Vicentina Aranha pelos estudantes da Faculdade de Enfermagem da UNIVAP, que realizaram medição de pressão e glicemia. A OMS (Organização Mundial da Saúde) recomenda 150 minutos de exercício por semana, 20 minutos em média por dia. “São pequenas mudanças no nosso dia a dia que fazem a diferença, não importa o tipo de atividade, mesmo que seja pouco, já é importante e só trará benefícios para a saúde e bem-estar de todos”, concluiu Dr. David.

A missão da caminhada é mostrar para as pessoas a importância da atividade física no dia a dia e inserir o hábito de se movimentar na rotina.


2

EDITORIAL

Nossa missão nos leva a compartilhar conhecimento

A

missão do IOV é reduzir o impacto do câncer na vida das pessoas, o que norteia todas as nossas decisões. É ela que nos leva a apoiar ações como a Caminhada Agita São José, da Associação Paulista de Medicina de São José dos Campos e a realizar ações do nosso Programa de Combate ao Câncer, Oficinas de Qualidade de Vida, entre outros. Quando abrimos as portas para recebermos a visita de outras instituições de saúde, ou mesmo levamos nossos profissionais a dedicarem tempo para ajudar instituições públicas a aprenderem sobre ferramentas de Lean e as aplicarem, nós acreditamos que estamos contribuindo com a melhora da saúde como um todo. Mais do que ser uma referência em nossa área, queremos que esse modelo de cuidado se propague, de modo que o tempo de espera e o desperdício sejam reduzidos e os pacientes sejam sempre atendidos de forma humanizada e segura, pois é assim que o impacto do câncer na sociedade pode ser reduzido.

Márcia Oliveira Diretora de Operações

MÍDIA

Dia Mundial de Combate ao Câncer alerta sobre a importância da prevenção no combate à doença ESTIMATIVAS DO INCA APONTAM QUE 600 MIL NOVOS CASOS DEVEM SER DIAGNOSTICADOS SOMENTE NO ANO DE 2019

N

o Dia Mundial de Combate ao Câncer (8 de abril), o Dr. Henrique Zanoni, médico oncologista do IOV, participou de um link ao vivo no Jornal Bom Dia Vanguarda para falar sobre como se cuidar e prevenir a doença. Segundo dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA), na última década, a incidência de câncer em todo o mundo cresceu 20%. Estima-se que, em 2019, 600 mil novos casos sejam diagnosticados no Brasil. Estes números demonstram a importância de divulgar hábitos e mudanças de estilo de vida que ajudam na prevenção da doença. “Adotar uma dieta saudável, praticar atividades físicas regularmente, reduzir o consumo de álcool e não fumar são medidas que ajudam a reduzir o risco de desenvolver um câncer”, afirma o especialista. Ainda de acordo com Dr. Henrique, fazer checkups preventivos e, no caso das mulheres, fazer o autoexame, também são práticas fundamentais para combater os dois tipos de câncer com maior incidência na população brasileira: os tumores de próstata (cerca de 68 mil casos por ano ) em homens e mama (cerca de 60 mil casos por ano) em mulheres.

EXPEDIENTE Responsável Técnico: Dr. Carlos Flávio Turci – CRM 27.301 / Diretoria: Dr. Adriano Diniz B. Mendes, Dr. Carlos Flávio Turci, Dr. Carlos Frederico Pinto e Dr. Marcelo Taborda | Comunicação e MKT IOV: Fabiano Gaspar Vieira | IOV & Você circula junto aos pacientes, familiares, área médica e profissionais da saúde. Correspondências devem ser enviadas sob o título “Jornal IOV & Você” para: Rua Major Antônio Domingues, 472 – SJC – 12.245-750. Tel.: (12) 3924-9055. E-mail:iov@iov.med.br *Registrado no cartório de registro de notas e documentos sob o número 171517 | Produção: Comunikação Consultoria - Tel.: (12) 98156-6744 - www.comunikacao.com.br – Coordenação de Jornalismo e Edição: Areta Braga – Jornalista Responsável: Areta Braga - MTb 38.005 – Redação: Areta Braga e Natália Mitie Fotos: Arquivo/ Divulgação – Diagramação: Adriano Augusto – Revisão: Flávia Gavioli – Gráfica: Copcentro – Tiragem: 600 exemplares.


3

LEAN

Equipe do Hospital Municipal de São José dos Campos participa do curso de A3 no IOV

O

Escritório Lean do Instituto de Oncologia do Vale promoveu um treinamento de A3, uma ferramenta de Lean utilizada para analisar e identificar a causa raiz de problemas e estabelecer melhorias que otimizam o fluxo no processo. O curso, organizado com o objetivo de capacitar os participantes na aplicação da ferramenta, contou com a presença de 15 pessoas entre coordenadores de área do IOV e profissionais do Hospital Municipal Dr. José de Carvalho Florence, de São José dos Campos, que tem contado com o apoio do IOV na implantação da mentalidade Lean em seus processos. “Nos tornamos uma referência em filosofia Lean na saúde e temos compartilhado aprendizados que tivemos durante essa jornada com outras instituições no Brasil e no exterior. Projetos com hospitais públicos, como o Hospital Municipal Dr. José de Carvalho

Florence, contribui muito para a melhora da saúde pública”, afirma a gerente de Lean Office, Stela Maris Antunes Coelho. “Para o IOV é muito importante contribuir no desenvolvimento de pessoas e de instituições na Mentalidade Lean, a troca de experiências nas soluções de problemas

e, principalmente, a aplicabilidade na prática de ferramentas como o A3 que agrega muito valor para os participantes e também pacientes que irão utilizar desses serviços”, afirma a coordenadora de farmácia do IOV, Camila Moraes dos Santos, que foi uma das instrutoras do treinamento.

Profissionais de diversas cidades do Brasil participam de visita guiada ao IOV

U

m grupo de 10 profissionais vindos do Hospital Naval Marcílio Dias, da Secretaria Estadual de Saúde do Rio de Janeiro, da Orthoservice e da UNIMED de Santos, participou da primeira visita guiada ao Instituto de Oncologia do Vale de 2019.

Organizada pelo Lean Institute Brasil (LIB) em parceria com o IOV, as visitas guiadas surgiram para atendar a demanda de profissionais interessados em conhecer a experiência do IOV, referência mundial na aplicação do Lean em saúde, que inclusive já despertou interesse de importantes visitantes internacionais. “O Instituto de Oncologia do Vale é, com certeza, a um dos cases mais interessantes em todo o mundo. No hemisfério sul, não há outro caso tão avançado de aplicação da mentalidade enxuta, onde a equipe realmente virou a chave e hoje é uma inspiração, inclusive para profissionais de outros setores”, afirma o diretor do Lean Institute Brasil, Flávio Battaglia. As visitas têm duração aproximada de um dia e permitem aos participantes conhecer as diferentes áreas e

processos, passando por gestão da estratégia, fluxos assistenciais, cadeia de suprimentos, faturamento, autorizações e processos suporte, de modo que possam compreender as diferentes dimensões da transformação Lean, bem como interagir com os profissionais diretamente envolvidos nos processos. Após a visita também são realizadas discussões e uma sessão de comentários e feedback dos participantes. De acordo com Ana Cristina Miyazaki da Conceição, do Lean Office do IOV, até o momento já foram realizadas 11 visitas com a participação de, aproximadamente, 251 pessoas. “Para este ano, estão programadas mais 3 visitas em parceria com o LIB”, afirma. Os interessados em participar devem se inscrever diretamente no site do LIB. Mais informações podem ser encontradas no site www.lean.org.br.


4

RELATÓRIOS DE SEGURANÇA

Segurança do Paciente no Grupo IOV ALERTAS DE SEGURANÇA O Sistema de Gestão do IOV desenvolveu o Alerta de Segurança com o objetivo de identificar os potenciais riscos no processo, quanto mais alertas forem abertos, maior possibilidade de analisar o fluxo e torná-lo mais seguro. As equipes são responsáveis em identificar as falhas, que são discutidas no quadro gerador de ideias, se algum problema é identificado, analisa-se o risco, melhora o processo, cria barreiras e padroniza para que o evento não ocorra novamente.

ALERTAS DE SEGURANÇA RADIOTERAPIA 2018/2019

ALERTAS DE SEGURANÇA QUIMIOTERAPIA 2018/2019

Os gráficos das unidades de São José dos Campos e Taubaté ilustram que mantêm o número de alertas de segurança abertos no Grupo IOV.


5

EVENTO SENTINELA

A classificação de causas de um possível erro é denominada Evento Sentinela que, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), é um incidente inesperado e indesejável associado aos cuidados ou serviços prestados ao paciente que atingiu o cliente ou paciente. O incidente ocorre durante o processo de recebimento de serviços de saúde.

SENTINELA POR APLICAÇÕES DE RADIOTERAPIA 2018/2019

SENTINELA POR PROCEDIMENTOS DE QUIMIOTERAPIA 2018/2019

Observamos nos gráficos que o índice de Eventos Sentinelas está próximo de 0.

TRIGGERS

O Triggers é uma ferramenta para medir e investigar possíveis danos ocorridos em função de tratamentos oferecidos ao paciente. Inicialmente, ela foi criada pelo IHI (Institute for Healthcare Improvement) para o ambiente hospitalar, mas a equipe do IOV a adaptou para o ambiente ambulatorial e clínico. “Esta ferramenta nos permite identificar possíveis danos por meio de auditorias multidisciplinares, bem como discutir e desenvolver planos para melhoria da assistência por meio da criação de barreiras de prevenção de risco”, explica o oncologista Dr. Henrique Zanoni Fernandes.

GLOBAL TRIGGERS TOOL - UNIDADE DE QUIMIOTERAPIA SÃO JOSÉ DOS CAMPOS 2017/2018

GLOBAL TRIGGERS TOOL - UNIDADE DE QUIMIOTERAPIA TAUBATÉ 2017/2018

Nos gráficos das unidades de quimioterapia de São José dos Campos e Taubaté, observamos que os números de eventos/danos identificados, estão dentro dos padrões estabelecidos pelo benchmarking do Institute for Healthcare Improvement, que analisa a performance de qualidade tendo como referência o IOM – Institute of Medicine. Os triggers evidenciados foram analisados, tratados e desenvolvido contramedidas.


6

LEAN NA SAÚDE

Diretor executivo do IOV realiza palestra na FAAP sobre a aplicação da filosofia Lean na saúde

P

or que Lean na saúde? questionou aos participantes da “Jornada de Implantação do Lean em Hospitais, Clínicas e Laboratório”, logo no início da palestra realizada pelo diretor executivo do Instituto de Oncologia do Vale, Dr. Carlos Frederico Pinto, na FAAP – Fundação Armando Alvares Penteado, de São José dos Campos. “Porque nada é tão caro como o sistema de saúde. Gastamos muito e gastamos mal”, afirmou o Dr. Carlos Frederico. Em sua palestra, o diretor executivo do IOV compartilhou a experiência na implantação da filosofia Lean em hospitais, clínicas e laboratórios, demonstrando como é possível melhorar a qualidade da assistência e atendimento, reduzindo o tempo de espera e o desperdício, bem como, aumentar a segurança do paciente por meio da gestão visual e da padronização com flexibilidade. Desde que iniciou sua jornada Lean,

em 2008, a equipe do IOV transformou sua forma de trabalhar gerando inúmeros benefícios para os pacientes. “Com o Lean, o IOV alcançou a experiência do cuidado perfeito, que é mais seguro, mais eficiente, eficaz, ágil, centrado no paciente e justo”, concluiu Dr. Carlos Frederico.

Porque nada é tão caro como o sistema de saúde. Gastamos muito e gastamos mal.

RESPONSABILIDADE SOCIAL

Casa Recomeço realiza Bazar Solidário em prol de pacientes com câncer

E

m abril, a Casa Recomeço realizou um Bazar de Artesanato em comemoração ao Dia das Mães, em um espaço cedido pelo Instituto de Oncologia do Vale, em benefício da instituição de apoio ao paciente oncológico, que tem a missão de promover uma rotina saudável para quem está em tratamento. “A Casa Recomeço montou uma mesa, na qual, 100% da renda arrecadada foi revertida para as despesas mensais”, destaca Graça Marques, Assistente Social do IOV e presidente voluntária da Casa Recomeço. O bazar também contou com a participação de artesãos voluntários que trouxeram artesanatos, cosméticos, perfumarias, roupas, tortas e bolos e se dispuseram a doar parte da arrecadação das vendas para a entidade. O sucesso do evento foi tão grande que até mesmo a TV Vanguarda marcou presença, enviando uma equipe de reportagem que fez uma entrevista ao vivo com a presidente da Casa Recomeço, para o jornal Link Vanguarda. “Esse evento é muito importante, pois divulga as ações da Casa Recomeço e porque toda renda é revertida para ajudar nas despesas mensais da entidade, que sobrevive de doações”, afirma Graça.


7

OFICINAS

IOV promove oficina de artesanato solidário de Páscoa

C

omo parte da programação das Oficinas Qualidade de Vida, a equipe multidisciplinar do IOV realizou um workshop de artesanato solidário de páscoa nas unidades de São José dos Campos e Taubaté. “A páscoa é um renascimento, é um renascer que temos diariamente. E essas atividades fortalecem a autoestima de cada uma das pacientes, o fazer algo agrega valor porque elas podem, e não é porque estão em tratamento ou em acompanhamento médico que não podem”, afirma Graça Marques, assistente social do IOV e presidente voluntária da Casa Recomeço. A oficina contou com o apoio das artesãs voluntárias da Casa Recomeço, que ensinaram a fazer porta-guardanapos, ovos de páscoa decorativos e coelhos de feltro. Adriana Fernandes é artista plástica e uma das artesãs voluntárias da Casa Recomeço, e conta sua própria experiência sobre a importância do artesanato nessa fase de tratamento. “Meu pai já faleceu de câncer e minha mãe faz tratamento há 14 anos. Vou na casa dela todas as semanas

fazer esse trabalho que estamos fazendo aqui no IOV, a gente passa a tarde inteira criando artesanato, e vejo o quanto isso é essencial nessa fase”, enfatiza. Essa foi a primeira oficina em que Márcia Cristina da Silva, paciente do IOV participou. “Amo artesanato, fico aqui durante umas 4 horas fazendo a minha sessão de quimioterapia, e sempre trago algo para fazer trabalhos manuais. Enquanto estou lá faço crochê, bandeirolas de feltro, sempre tenho algo, assim o tempo passa muito mais rápido”, diz. Márcia também falou sobre os benefícios dessas atividades

no período de tratamento. “A cabeça é tudo, quando temos algo que gostamos e que consegue tirar o câncer como foco, o nosso corpo até responde melhor”, compartilha. Maria Elizabete Siqueira é aposentada e acompanha a irmã, que já foi paciente no IOV, e que hoje faz o acompanhamento no Instituto, semestralmente. “Essas oficinas são muito boas, e, principalmente, para quem faz o tratamento. Um interage com o outro, brinca, e tudo isso mexe com a cabeça, ajuda a esquecer os problemas. Com certeza quero continuar vindo”, diz.

Espelho Mágico registra o Dia Internacional da Mulher no IOV

N

o Dia Internacional da Mulher o IOV quis garantir que todas as mulheres se lembrassem da real

beleza, de como são bonitas e de como é importante se amarem em primeiro lugar. E nada como um espelho para mostrar a beleza autêntica e genuína. Um “Espelho Mágico” foi o presente do IOV para todas as mulheres, que se divertiram com os acessórios, registraram o momento, e ainda puderam levar uma foto como lembrança desse instante tão único e especial. “No Dia Internacional da Mulher gostamos de fazer algo mais voltado para a autoestima da mulher mesmo, já fizemos manhãs de beleza, dicas de maquiagem, entre outras ações”, ressalta a Dra. Cristiane Dias Bittencourt, oncologista clínica do IOV. Segundo Camila Moraes, coordenadora da Farmácia do IOV

Taubaté, neste ano a ideia era fugir do tradicional, mas sem perder o foco na autoestima da mulher. “Quisemos fazer algo diferente, que fugisse do tradicional. Colocamos estrategicamente o espelho mágico na recepção com alguns acessórios, as mulheres chegavam para a consulta e já eram recebidas com o nosso presente”, conta. O IOV acredita que a qualidade de vida não está somente relacionada a manter uma alimentação saudável e praticar atividades físicas, mas também ao bem-estar social e cultural. Pensando nisso, a equipe multidisciplinar sempre organiza oficinas e outras atividades para cuidar do conforto dos pacientes.


Profile for IOV - Instituto de Oncologia do Vale

IOV&VOCÊ Edição 75  

Informativo do Instituto de Oncologia do Vale

IOV&VOCÊ Edição 75  

Informativo do Instituto de Oncologia do Vale

Advertisement