__MAIN_TEXT__

Page 1

74 Ano 16 Janeiro/ Fevereiro

2019

Informativo do Grupo IOV

Cuidado Coordenado amplia a assistência ao paciente com ferramenta online

O

Cuidado Coordenado, desde 2016, reduziu em 30% a ida dos pacientes do Instituto de Oncologia do Vale ao pronto atendimento. Visando ampliar cada vez mais esse cuidado, o IOV está desenvolvendo, em parceria com a startup Innovecare, uma plataforma na web que ampliará ainda mais a conexão entre a equipe multidisciplinar e o paciente, por meio de mensagens de texto e chamadas de vídeo. O modelo do Cuidado Coordenado foi desenvolvido para conduzir o plano terapêutico, acompanhando eventos relevantes, checando as

transições da etapa do cuidado através de um trabalho padrão. Com isso, proporciona apoio, antecipando as necessidades do paciente, principalmente, no que diz respeito ao controle da dor e dos efeitos colaterais dos quimioterápicos, que estão entre as principais causas de idas ao pronto socorro. Com o uso da plataforma, isso se tornará mais consistente. “A conexão será ainda maior e o controle dos protocolos mais robusto, de modo que teremos a certeza de oferecer o cuidado certo no momento certo”, explica a Gerente do Lean Office, Stela Maris Antunes Coelho.

Segundo a co-fundadora e CMO da Innovecare, Fernanda Diacov, a plataforma traz inteligência aplicada aos planos terapêuticos para uma melhor gestão do tratamento, colocando o paciente no centro do cuidado oncológico. “Todas as informações relatadas à equipe multidisciplinar são inseridas diretamente na plataforma, proporcionando maior agilidade e precisão no manejo dos sintomas reportados, bem como permitindo a recomendação da melhor conduta a ser adotada naquele caso”, conclui.


2

EDITORIAL

Tecnologia a serviço da saúde

S

empre buscando formas de ampliar as ações de combate ao câncer e reduzir o impacto da doença na vida das pessoas, o IOV investe na educação continuada e na filosofia Lean para reduzir os desperdícios e gerar valor para os pacientes. Mas nós vamos além disso. Investimos também na pesquisa e no uso de novas tecnologias e formas de comunicação. Foi pensando em como usar a tecnologia a favor da qualidade de vida e do combate ao câncer, que apostamos na criação da nossa plataforma online que permite uma relação ainda mais próxima dos nossos pacientes com a equipe multidisciplinar. Em breve, adicionaremos ainda mais em tecnologias da informação e comunicação para levar benefícios do cuidado para um número ainda maior de pessoas. Outro importante investimento que estamos fazendo, com base no nosso DNA de estimular a prevenção, é a estratégia de comunicação online. Com ela, estamos usando o benefício que as redes sociais e a internet podem trazer, para a disseminação de informações relevantes, ampliando nossa comunicação com a comunidade, contribuindo assim com a qualidade de vida das pessoas e ampliando a mensagem sobre a importância da prevenção.

QUALIDADE

Quadro do Cuidado Coordenado é reformulado

A

pós 3 anos de criação e mudanças no acompanhamento, o quadro do Cuidado Coordenado passou por uma reformulação para melhorar a gestão visual. Ele ganhou um novo layout e adesivos onde as peculiaridades são identificadas com cores diferentes trazendo benefício ao acompanhamento visual. “O quadro possibilita uma melhor combinação visual de acompanhamento dos protocolos gerenciados que são específicos aos sintomas ou intervenções necessárias de acordo com a periodicidade. Este tipo de gestão possibilita programar o próximo passo do acompanhamento, antecipar avaliações que poderão trazer benefícios ao paciente e identificar e tratar efeitos esperados”, explica a enfermeira do Cuidado Coordenado Laura Cristina Mongeló Gomes.

Dr. Carlos Frederico Pinto Diretor Executivo

EXPEDIENTE Responsável Técnico: Dr. Carlos Flávio Turci – CRM 27.301 / Diretoria: Dr. Adriano Diniz B. Mendes, Dr. Carlos Flávio Turci, Dr. Carlos Frederico Pinto e Dr. Marcelo Taborda | Comunicação e MKT IOV: Fabiano Gaspar Vieira | IOV & Você circula junto aos pacientes, familiares, área médica e profissionais da saúde. Correspondências devem ser enviadas sob o título “Jornal IOV & Você” para: Rua Major Antônio Domingues, 472 – SJC – 12.245-750. Tel.: (12) 3924-9055. E-mail:iov@iov.med.br *Registrado no cartório de registro de notas e documentos sob o número 171517 | Produção: Comunikação Consultoria - Tel.: (12) 98156-6744 - www.comunikacao.com.br – Coordenação de Jornalismo e Edição: Areta Braga – Jornalista Responsável: Areta Braga - MTb 38.005 – Redação: Areta Braga e Natália Mitie Fotos: Arquivo/ Divulgação – Diagramação: Adriano Augusto – Revisão: Flávia Gavioli – Gráfica: Copcentro – Tiragem: 600 exemplares.


3

LEAN

Sistema de gerenciamento diário garante melhora constante dos processos no IOV O sistema de gerenciamento diário é a chave para sustentar a implantação da mentalidade Lean, adotada com sucesso pelo Instituto de Oncologia do Vale desde 2011, pois por meio dele os problemas e oportunidades de melhorias são identificados de forma rápida, permitindo a redução de desperdícios, a melhora de processos e a qualidade na assistência.

Agora que os rounds da assistência e dos coordenadores estão consistentes, seguimos para a próxima etapa na cadeia de ajuda. Uma vez por semana, os coordenadores se reúnem com os gerentes para discutir quais suas necessidades e como eles gostariam de ser apoiados. Rounds diários e quadros de ideias O primeiro round acontece às 8 horas pelas equipes da assistência que planejam o dia, respondendo algumas perguntas padronizadas sobre segurança, qualidade, pessoas, produtividade, eficiência e celebram melhorias e datas comemorativas. As oportunidades de melhorias identificadas neste momento são colocadas no Quadro Gerador de Ideias, que fica disponível no setor. O Quadro é dividido em: ideias aprovadas, em execução e concluídas. Todos os colaboradores têm liberdade para inserir sugestões e o líder responsável, a Qualidade e o time associado ao quadro se reúnem para discutir, aprovar ou descartar as ideias. As sugestões aprovadas são movidas para o próximo bloco e entram em “fase de planejamento” e posteriormente são colocadas em prática. Quando alguma medida não pode

ser resolvida neste round, sobe para o round dos coordenadores. Essa ação é chamada de cadeia de ajuda. Nesse round que acontece às 10h da manhã com a participação de um responsável de cada unidade é feito um alinhamento entre os coordenadores, verificando a necessidade de realocar recurso e, se houver, alguma discussão de segurança, qualidade, eficiência e quais medidas podem ser tomadas para melhorar os fluxos de atendimento. “Agora que os rounds da assistência e dos coordenadores estão consistentes, seguimos para próxima etapa na cadeia de ajuda. Uma vez por semana, os coordenadores se reúnem com os gerentes para discutir quais suas necessidades e como eles gostariam de ser apoiados. Em contrapartida, os gerentes realizam um round com a diretoria onde compartilham quais são as estratégias que precisam ser cascateadas para toda a equipe”, explica Stela Maris Antunes Coelho, Gerente do Lean Office.

O que é Hoshin Kanri? A estratégia discutida nos rounds dos gerentes com os diretores é chamada de Hoshin Kanri que significa planejamento a longo prazo. A nossa instituição alinha o planejamento com a Missão que é “Reduzir o Impacto do Câncer nas Nossas Vidas”, essa estratégia é desdobrada em projetos para todas as camadas da empresa, que devem ser facilmente compreendidos e tornar o foco maior de todos dentro da organização.


4

RELATÓRIOS DE SEGURANÇA

Segurança do Paciente no Grupo IOV ALERTAS DE SEGURANÇA O Sistema de Gestão do IOV desenvolveu o Alerta de Segurança com o objetivo de identificar os potenciais riscos no processo, quanto mais alertas forem abertos, maior possibilidade de analisar o fluxo e torná-lo mais seguro. As equipes são responsáveis em identificar as falhas, que são discutidas no quadro gerador de ideias, se algum problema é identificado, analisa-se o risco, melhora o processo, cria barreiras e padroniza para que o evento não ocorra novamente.

ALERTAS DE SEGURANÇA RADIOTERAPIA 2018/2019

ALERTAS DE SEGURANÇA QUIMIOTERAPIA 2018/2019

Os gráficos das unidades de São José dos Campos e Taubaté ilustram que mantêm o número de alertas de segurança abertos no Grupo IOV.


5

EVENTO SENTINELA

A classificação de causas de um possível erro é denominada Evento Sentinela que, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), é um incidente inesperado e indesejável associado aos cuidados ou serviços prestados ao paciente que atingiu o cliente ou paciente. O incidente ocorre durante o processo de recebimento de serviços de saúde.

SENTINELA POR APLICAÇÕES DE RADIOTERAPIA 2018/2019

SENTINELA POR PROCEDIMENTOS DE QUIMIOTERAPIA 2018/2019

Observamos nos gráficos que o índice de Eventos Sentinelas está próximo de 0.

TRIGGERS O Triggers é uma ferramenta para medir e investigar possíveis danos ocorridos em função de tratamentos oferecidos ao paciente. Inicialmente, ela foi criada pelo IHI (Institute for Healthcare Improvement) para o ambiente hospitalar, mas a equipe do IOV a adaptou para o ambiente ambulatorial e clínico. “Esta ferramenta nos permite identificar possíveis danos por meio de auditorias multidisciplinares, bem como discutir e desenvolver planos para melhoria da assistência por meio da criação de barreiras de prevenção de risco”, explica o oncologista Dr. Henrique Zanoni Fernandes.

GLOBAL TRIGGERS TOOL - UNIDADE DE QUIMIOTERAPIA SÃO JOSÉ DOS CAMPOS 2017/2018

GLOBAL TRIGGERS TOOL - UNIDADE DE QUIMIOTERAPIA TAUBATÉ 2017/2018

Nos gráficos das unidades de quimioterapia de São José dos Campos e Taubaté, observamos que os números de eventos/danos identificados estão dentro dos padrões estabelecidos pelo benchmarking do Institute for Healthcare Improvement, que analisa a performance de qualidade tendo como referência o IOM – Institute of Medicine. Os triggers evidenciados foram analisados, tratados e desenvolvido contramedidas.


6

RADIOTERAPIA

Técnicos de radioterapia realizam especialização em SP

O

s técnicos de radioterapia do Instituto de Oncologia do Vale estão fazendo uma especialização de seis meses no Instituto Cimas de São Paulo e EaD pela INACI/FINACI. No curso eles aprofundam seus conhecimentos no planejamento e tratamento em 3D, radiocirurgia e técnicas com feixes modulados (VMAT e IMRT). Segundo a técnica em radioterapia Viviane Fernandes dos Santos, o aprendizado das aulas já está sendo posto em prática. “O curso abre a nossa mente e amplia nossos conhecimentos. Já estamos inclusive aprendendo sobre técnicas de planejamento de tratamento que implantamos aqui”, disse. Para o técnico em radiologia Danilo Benedito de Goes, que também está fazendo a especialização, a

Unidade de Radioterapia do IOV instala mais um moderno equipamento

V

isando sempre oferecer o que há de mais moderno aos pacientes, garantindo a excelência no cuidado, o IOV acaba de colocar em operação um terceiro equipamento para a radioterapia, um Acelerador Linear com um conjunto de lâminas MLC (multleaf collimator). O equipamento conta com um sistema de planejamento que auxilia a equipe médica e física médica no delineamento dos órgãos e em cálculos de tratamento. Essa tecnologia vai ao encontro da filosofia do IOV de oferecer o melhor cuidado, minimizando o desconforto e aumentando a eficácia do tratamento. O Acelerador também possui um sistema de gerenciamento de dados do paciente, que armazena todas as informações do tratamento, gerando maior segurança e produtividade no atendimento.

possibilidade de estudar e conhecer as práticas de outras instituições gera benefícios diretos para os pacientes. “Lá temos a oportunidade de conhecer novas rotinas de tratamento, além de aprender sobre diferentes patologias. Isso somando a prática que temos aqui amplia muito nossa visão e ajuda a oferecer uma assistência ainda melhor”, afirma.

O curso abre a nossa mente e amplia nossos conhecimentos. Já estamos inclusive aprendendo sobre técnicas de planejamento de tratamento que implantamos aqui


7

OFICINAS DE QUALIDADE DE VIDA

Compartilhando Risos e Alegrare levam gargalhadas para unidades do IOV de São José dos Campos

V

isando manter o ambiente da clínica sempre alegre e promover o bem-estar dos pacientes, o Instituto de Oncologia do Vale, por meio das Oficinas de Qualidade de Vida, convidou os palhaços do Compartilhando Risos e do Alegrare, para a realização de ações mensais nas unidades de quimioterapia e radioterapia, em São José dos Campos. “A visita deles é muito mais que diversão e entretenimento, a presença dos voluntários faz uma grande diferença na clínica. É possível ver e ouvir os pacientes e colaboradores rindo com esse momento de descontração. Conseguimos levar um pouco de alegria, nem que seja por alguns minutos”, afirma a coordenadora do Centro de Estudos e VSM do Fluxo do Ambiente de Trabalho, Melissa Freitas. As visitas do Compartilhando Risos foram iniciadas em 2018, mas neste ano

eles passam a contar com a companhia da equipe Alegrare para as ações que acontecem mensalmente. A expectativa é que essa parceria seja duradoura. “Pretendemos continuar com essas visitas enquanto enxergamos o sorriso no rosto de cada paciente”, disse Melissa.

A visita deles é muito mais que diversão e entretenimento, a presença dos voluntários faz uma grande diferença na clínica.

COMUNICAÇÃO

IOV lança projeto de comunicação online

P

ara ampliar sua comunicação, a disseminação da informação e a prevenção do câncer, o Instituto de Oncologia do Vale iniciou um novo projeto de comunicação online. Baseado na estratégia do Inbound Pr, para produzir conteúdo informativo e rico para atrair a atenção dos diversos públicos e também na crescente tendência de buscar informações sobre saúde e qualidade de vida na internet, o projeto do IOV tem o objetivo de ampliar a comunicação com os pacientes, familiares, médicos, outros profissionais de saúde e com a mídia, por meio de plataformas como o Facebook, Instagram, LinkedIn, site e assessoria de imprensa. “Fizemos um amplo planejamento para definir nossos públicos no campo digital, as mídias que seriam utilizadas e qual o conceito a ser

usado nas mensagens. Também vamos atuar no treinamento e capacitação de colaboradores para que sejam embaixadores das nossas mensagens em redes como o LinkedIn”, afirma o coordenador de Comunicação e Marketing, Fabiano Gaspar Vieira. A primeira fase do projeto contou com a reformulação das redes sociais, ampliação do número de posts publicados e alinhamento dos conteúdos. As próximas fases envolvem os treinamentos de colaboradores e a criação de novos formatos. “Esse projeto é mais um passo que o IOV está dando para promover a disseminação da informação e a prevenção ao câncer. Ele vem para somar a todas as outras ações estratégicas que já realizamos com a comunidade”, conclui Fabiano.


Profile for IOV - Instituto de Oncologia do Vale

IOV&VOCÊ Edição 74  

Informativo do Instituto de Oncologia do Vale

IOV&VOCÊ Edição 74  

Informativo do Instituto de Oncologia do Vale

Advertisement