Issuu on Google+

NEWS número207 A PROMESSA DA FELICIDADE Quem é que nunca sonhou com a felicidade plena? Aliás, quem nunca se questionou se essa felicidade existe mesmo? Muitos dizem que a vida é feita de momentos, sendo apenas alguns deles felizes. Mas a igreja de Cristo acredita que é possível sim viver a plenitude, aprendendo a minimizar os problemas e dificuldades que aparecem no dia a dia e multiplicar os momentos de refrigério, união e alegria. Nós, da El Shaddai, sempre pedimos a Deus que Ele nos proporcione momentos alegres, tremendos e inesquecíveis em nossa igreja e temos vivido isso nos últimos tempos, com eventos que têm consolidado aqueles que já freqüentam a casa de Deus e que também têm alcançado leitores como você. A ‘Rede de Homens e Mulheres’ e a ‘Rede de Crianças’, que aconteceram nas últimas duas semanas, são bons exemplos disso. Na última página você pode conferir um pouco de cada um deles. Aproveitamos esta edição para agradecer a todos que compareceram à festa da Páscoa, no dia 13. O tema “Vinde a Mim” trouxe muitos visitantes ao templo do Ipiranga para apreciar o louvor e a peça ministrada por toda a equipe da El Shaddai Company, que nos últimos meses ficou completamente envolvida com ensaios e mais ensaios. Se você perdeu, acesse agora nosso site

Chegou o momento da sua libertação - confira todos os passos na página 3

Peça “Vinde a Mim” na Festa da Páscoa

igrejaelshaddai.com.br e veja todas as fotos. Não deixe de ler ainda o testemunho desta quinzena. Paulo Laranjeira começou a ver sua vida financeira e familiar completamente restaurada justamente depois de conhecer uma Rede de Homens. Mais uma vez vemos o quanto esses eventos mudam a vida daqueles que têm um desejo de buscar a Deus e ver a sua vida restaurada. Fique de olho e não perca os próximos! A palavra de hoje fala também de libertação. É hora de dizermos NÃO a tudo aquilo que nos aprisiona, seja no nosso espírito, alma ou corpo físico. Uma boa leitura a todos e agradecemos por nos receber em seu lar.

“É assim que Deus age: Ele usa pessoas para abençoar aqueles que O buscam”

Veja como foi a Rede de Homens & Mulheres e a Rede de Crianças


Meu nome é Paulo Roberto Laranjeira. Tenho 50 anos e estou na El Shaddai desde agosto 2006. Conheci Jesus Cristo há dois anos em Feira de Santana-BA. Naquela ocasião, eu havia deixado o meu trabalho de 14 anos na Parmalat e também minha família aqui em São Paulo, para estabelecer uma distribuidora de lacticínios própria no meu estado natal. Em apenas onze meses tive um prejuízo de quase R$ 200.000,00, que em sua maior parte era fruto de uma oferta (o que chamamos de uma “quantia ou algo dado por alguém”) feita pelo meu cunhado, Willy Otto Jordan, e de minha irmã, Iraní Jordan. Quando vi o meu absoluto fracasso, fui buscar ajuda espiritual e encontrei apoio na minha própria casa. A minha caseira, Havana, freqüentava o Ministério Apostólico Monte Gerizim, justamente em Feira de Santana, e me recomendou procurar o Bispo J. Maria e os Pastores Eduardo, Murilo e Giner. Foi o meu primeiro contato com uma Igreja Evangélica. Em menos de sessenta dias eu estava de volta a São Paulo, sem nenhum recurso material para recomeçar e apenas com a semente em meu coração, que os pastores de lá de Feira de Santana haviam plantado.

A minha vizinha de muitos anos, Ângela Ramos, soube do meu retorno e da minha condição e me convidou para um almoço da Rede de Homens da Igreja El Shaddai. Neste almoço, conheci o Pastor Marco Aurélio e o Fernando Tenório, que hoje é o meu líder. Eu estava desempregado, endividado e sem nenhuma expectativa de recuperação. Naquele evento, eu, minha esposa Nana e meus dois filhos fomos tocados pelo Espírito Santo de Deus. Desde então (em quinze meses), busquei a presença do Senhor incansavelmente. Fui a todos os cultos, todas as células, me batizei, fui ao Encontro com Deus, estou na

Paulo Roberto Laranjeira com sua família

Escola de Líderes e ofereço a minha casa para que seja realizada uma célula (reuniões em casa). Vejam as bênçãos que o Senhor me proporcionou em menos de três meses: fui contratado pelo moinho São Jorge e pude novamente prover a minha casa. Meu filho Felipe, aprovado na Universidade Mackenzie, obteve uma bolsa de estudo de 75% de desconto e um automóvel de presente da tia Iraní. O débito de R$ 28.000,00 que tinha num banco e que eu poderia ter liquidado por R$ 6.000,00, recebi outra benção, fruto de jejum e oração, pois nem mesmo os R$ 6.000,00 precisei pagar, sendo que este valor me foi ofertado pelo Otto e pela Iraní, mais uma vez. E, para completar, dos meus conterrâneos e parentes mais próximos, doze freqüentam a reunião em célula. Este testemunho é apenas uma forma de agradecimento e uma demonstração do que o Senhor Jesus pode fazer na vida daqueles que O buscam. Vejam que muitas das bênçãos que recebi foram por intermédio de parentes que me amam e enxergaram a minha mudança de caráter e comportamento neste poucos meses. É assim que Deus age: Ele usa pessoas para abençoar aqueles que O buscam. Meus caros, o amor que tenho recebido dos irmãos da Igreja, do Apóstolo Fábio Abbud e de muitos outros, quero compartilhar com todos aqueles que estão lendo este pequeno relato. Creia que o Senhor Jesus pode lhe restaurar, assim como fez comigo. Amém.


A festa da Páscoa passou e teve um significado espiritual para toda a igreja. Foi um momento de libertação espiritual, emocional e material. Você é um dos que precisa ser liberto de algo? Há alguma coisa que hoje te oprime ou aprisiona, como um relacionamento, uma dívida, uma enfermidade? O texto de hoje não apenas nos fala de libertação como nos mostra o caminho para ela. O rei Ezequias estava restaurando o culto a Deus e resgatando princípios perdidos pelo povo, por isso Deus colocou em seu coração que resgatassem a celebração da Páscoa. O ponto de partida para isto era a convocação para que todo povo viesse à presença do Senhor em Jerusalém. Para que o povo fosse chamado, enviaram a todos cartas dizendo que voltassem a adorar a Deus e desta forma, Deus restauraria a sorte de cada um. Veja os passos para uma verdadeira libertação: 1º Passo: o povo deveria subir a Jerusalém, o que representa buscar a presença do Deus vivo, reconhecendo que precisamos Dele e que devemos a Ele gratidão, pois é o criador de todas as coisas. 2º Passo: cartas foram enviadas a todos os cantos e a todas as pessoas. Ou seja, toda pessoa que tem um verdadeiro encontro com Deus através de Jesus Cristo, não só é liberta e restaurada, como também se torna um instrumento nas mãos de Deus para comunicar a vontade de Deus a outros. Nós somos hoje estas cartas e devemos em todo tempo falar do amor, do perdão e da salvação que há em Jesus. O teor das cartas é mais do que um convite, é uma exortação a que ninguém endureça seu coração (versículo 8) e nem se faça indiferente, pois todo aquele que converte seu coração a Deus encontra misericórdia para si. Os versículos 10 e 11 relatam que diante das cartas, uns riam e zombavam, porém outros se humilhavam e atendiam ao chamado do Senhor subindo a Jerusalém. 3º passo: Ouvir a voz de Deus e sermos humildes

diante Dele, atendendo ao Seu chamado. Fé é atitude, e buscar ao Senhor é um passo de fé que não será desprezado por Deus, como promete o versículo 9: Vosso Deus, é misericordioso e compassivo e não desviará de vós o rosto, se vos converterdes a Ele. 4º passo: o povo santificou-se para celebrar ao Senhor e retiraram de suas casas e de Jerusalém tudo que representavam a adoração aos falsos deuses (altares, postes-ídolos e colunas de incenso). O povo deixou os rudimentos de sua velha fé e deram prioridade ao Deus vivo, não dividindo a glória do Deus Todo Poderoso com deuses pagãos, que são na verdade obras da imaginação e das mãos do próprio homem. Isto representa colocar Deus em primeiro lugar e dar ao Senhor as demonstrações práticas disto, como preferir a presença de Deus a outros compromissos (lazer, trabalho, reuniões de família, etc.). O versículo 15 ainda diz: então imolaram um cordeiro da páscoa. Este ato de imolar um cordeiro e aspergir seu sangue sobre o altar era para buscar o perdão de Deus e a libertação dos pecados e de suas conseqüências. No antigo testamento, este ato era a anunciação profética do que estava por vir: a definitiva libertação conferida por Deus na cruz do calvário, onde o Filho de Deus, Jesus Cristo, ofereceu-se em sacrifício a Deus para que todos quantos Nele creiam possam ser perdoados e reconciliados com Deus. Se hoje há em seu coração um desejo e uma necessidade de libertação, seja qual for o preço para que você seja livre, este já foi oferecido, o cordeiro já foi morto e pela fé em Jesus (o 5º passo) você terá vida, paz e liberdade no espírito, alma e corpo. Jesus Cristo o ama e seu sacrifício na cruz pode mudar tudo em sua vida, basta que você creia, pois está escrito: Se tu creres verás a Glória de Deus. Amamos vocês, Apóstolo Fábio e Pastora Claudia Abbud.

Este é o plano de salvação de Deus para a sua vida. Não para levá-lo a uma religião, mas a um relacionamento com o DEUS VIVO. Sua palavra nos garante quatro coisas:

1

João 3:16

Deus nos ama

2

Romanos 3:23

Todo homem é pecador

3

Atos 4:12

Jesus é o único remédio para o pecado

4

João 3:3

Você precisa aceitar Jesus como seu Senhor e Salvador pessoal

Ao aceitá-Lo você se torna um filho de Deus para sempre. Por isso, faça em voz alta esta oração: “Querido Jesus, sei que sou um pecador, mas creio no Teu perdão e no Teu sacrifício por mim na cruz. Creio, também, que o Senhor ressuscitou para que eu tenha novamente vida no meu espírito, por isso abro o meu coração e Te recebo como meu único Senhor e Salvador. Dirige a minha vida e dá-me a paz de que tanto preciso. Em nome de JESUS. Amém e obrigado.”


Culto da Família

Templo do Ipiranga Todos os domingos 9h30 e 18h30 Templo do Ipiranga Todos os sábados 19h00

Culto de Oração

Templo do Ipiranga Todos os dias das 6h00 às 8h00 das 18h30 às 19h30

Gente não faltou Muitos tentaram convites de última hora e não conseguiram. Pois é, a Rede de Homens e Mulheres que aconteceu no templo do Ipiranga na sexta-feira do dia 02 de abril foi um sucesso. Muita pizza, uma boa música comandada pela equipe de louvor da igreja, o testemunho de vida do casal Sérgio e Verônica Mana, e até sorteio de brindes fizeram da noite um momento especial na vida de muitos que não conheciam a Jesus e também a nossa igreja. Já podemos esperar “casa cheia” na próxima Rede. É bom se preparar!

Livraria Semente de Vida 2ª a 6ª feira - das 8h00 às 17h30 Sábado - das 9h00 às 12h00 Fone: (11) 6163-7563 “E não somente isto, mas também nos gloriamos nas próprias tribulações, sabendo que a tribulação produz perseverança; e a perseverança, experiência; e a experiência, esperança. Ora, a esperança não confunde, porque o amor de Deus é derramado em nosso coração pelo Espírito Santo, que nos foi outorgado.” (Romanos 5:3-5)

www.igrejaelshaddai.com.br

“RECEBA O AMOR DE DEUS”

Não jogar este impresso em vias públicas.

Geração de Samuel Quem não foi à Rede de Crianças no dia 05 de abril, no templo do Ipiranga, perdeu muita diversão, música, algodão doce e sorvete. O tema que envolveu crianças de todas as idades foi “Samuel, o menino que ouviu a Deus”. Através de um musical, a criançada aprendeu um pouco mais sobre Deus e se divertiu a valer. No final, ninguém queria ir embora. Você pode conferir as fotos no site da igreja El Shaddai e também entrar no blog e deixar o seu comentário: http://www.rededecriancaselshaddai.blogspot.com


El Shaddai News 207