Page 1

www.iCNE WS .com.br

Indústria&Comércio Curitiba, segunda-FEIRA, 12 de dezemBRO de 2011 Ano XXXV | Edição nº 8518 | R$ 1,50

DIÁRIO. Mais que notícias. inteligência. conhecimento.

Aroldo Murá FIEP AINDA NÃO TEM TERRENO PARA O HOSPITAL Até às 16 horas de sexta-feira, 9, fontes oficiosas da Federação Espítita do Paraná (FEP) informavam à coluna que a entidade ainda não dispunha de terreno para realocar o Hospital Espírita Psiquiátrico Bom Retiro, cujo terreno em que se localiza foi vendido para incorporadores imbiliários. A coluna recompõe momentos preciosos da vida de João Ghignome, um dos pioneiros do Hospital Bom Retiro, que ficou conhecido sobretudo como o fundador e dono da Livraria Ghignone, um marco na vida do Pareaná. PARANÁ | a3

Fábio Campana Richa envia Projeto Lei de Incentivo à Cultura O governo Beto Richa enviou à Assembleia o Projeto de Lei número 951/11 que institui o Programa Estadual de Fomento e Incentivo à Cultura (Profice) e o Fundo Estadual de Cultura (FEC). geral | a5

Pedro Washington “Vacina” aprovada Premido pela necessidade de votar a Desvinculação de Receitas da União (DRU), o governo acabou concordando com a aprovação da Emenda 29.

PR: empreendedores terão nova opção de microcrédito

Parceria com Caixa Econômica Federal permitirá operações entre R$ 300 e R$ 15 mil O Governo do Paraná vai oferecer mais uma opção de microcrédito para pequenos empreendedores. Parceria a ser firmada entre a Secretaria do Trabalho, Emprego e Economia Solidária e a Caixa Econômica Federal permitirá operações de crédito com valores entre R$ 300 e R$ 15 mil, para capital de giro, investimento fixo e investimento misto. A previsão é que o serviço esteja disponível no início do ano que vem. O programa vai beneficiar microempresários formais ou informais que atuam individualmente ou não, com faturamento anual de até R$ 120 mil. As taxas de juros serão de 0,64% ao mês – a mais barata do mercado - e os prazos para pagamento variam de quatro a 24 meses, sem carência. Os interessados em acessar o microcrédito deverão procurar o Posto de Atendimento ao Microcrédito (PAM), nas Agências do Trabalhador, assim que o serviço esteja disponível.

Maurílio Cheli/SMCS

Objetivo é atender artesãos, prestadores de serviços, empreendedores individuais, entre outros tipos de empresários geral | a2

página a2

expansão

Condor abre hiper com novidade em São José dos Pinhais negócios | b5

BEBIDA

Vinho paranaense é produzido em cenário de muita beleza

Banco Rural dobra captação em Curitiba Durante entrevista coletiva à imprensa, em Curitiba, a diretoria do Banco Rural revelevou que a instituição financeira especializada na oferta de crédito para

o middle market (pequenas e médias empresas), alcançou um aumento de 109% somente em depósitos a prazo, entre julho de 2010 e julho de 2011.

Países europeus selam acordo para enfrentar crise econômica Chefes de Estado e de Governo de países da União Europeia anunciaram na sexta-feira (09/12), em Bruxelas, na Bélgica, um novo acordo fiscal que exigirá dos Estados-Membros da zona do euro maior disciplina orçamentária a fim de enfrentar a crise econômica que atinge o bloco. O acordo obteve a adesão de pelo menos 23 dos 27 países que integram a União Europeia. O principal desfalque é o Reino Unido que, segundo o primeiro-ministro britânico, David Cameron, não irá se unir ao pacto fiscal porque o acordo não se ajusta aos interesses dos quatro países (Inglaterra, Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte) que integram o Reino Unido.

Venda

Dólar turismo 1,7200

1,8600

Confira no caderno especial

Dólar comercial 1,8049

1,8059

negócios | b5

Lojistas elevam previsão de vendas no Natal para 8,5% Os lojistas estão otimistas em relação às vendas de Natal e esperam comercializar 8,5% a mais do que o registrado no mesmo período do ano passado. A previsão anterior era de que a vendas seriam 6,5% maiores. De acordo com o presidente da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), Roque Pellizzaro Junior, a nova estimativa pode ser considerada favorável em vista do quadro geral da economia, impactado pela crise econômica que atinge, principalmente, a Europa e os Estados Unidos. Índice que reajusta aluguéis diminui para 0,04% na 1ª prévia de dezembro O Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M), usado para reajuste de contratos de aluguel, registrou inflação de 0,04% na primeira prévia de dezembro deste ano. A taxa é inferior à registrada na primeira prévia de novembro, que havia sido 0,37%, segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV). A redução de 0,33 ponto percentual do IGP-M foi influenciada principalmente pela queda de preços (deflação) de 0,16% no subíndice de Preços ao Produtor Amplo (IPA).

CMYK

INDICADORES FINANCEIROS MERCADO À VISTA Maiores altas

COTAÇÃO

CAF BRASILIA CAF BRASILIA TECTOY PRO METALURG PET MANGUINH

Maiores QUEDAS

3,00 0,83 0,04 0,30 1,21

COTAÇÃO

IDEIASNET TEX RENAUX FAB C RENAUX M G POLIEST METAL IGUACU

BOM DIA!

0,01 0,44 0,45 0,09 1,81

CÂMBIO

IBOVESPA Maiores altas* LLX LOG GOL ALL AMER LAT CYRELA REALT MRV

Maiores QUEDAS JBS TELEMAR N L ULTRAPAR HYPERMARCAS EMBRAER

COTAÇÃO 3,57 15,73 9,37 15,66 12,05

Moeda

Compra

Dólar paralelo 1,5900 5,57 49,50 32,03 Euro 2,4037 8,78 11,12 Ouro (Grama/R$): 218,63

COTAÇÃO

1,7300 2,4055

EDITORIAL BETO ESTÁ CERTO

Nesta altura da vida e dos séculos quem ainda ignora a baixíssima representatividade de sindicatos, associações, movimentos sociais no mundo e no Brasil? Nesta altura da vida e dos séculos quem ainda ignora como são formados sindicatos, associações, movimentos sociais no mundo e no Brasil? Nesta altura da vida e dos séculos quem ainda ignora como são eleitos os representantes dos sindicatos, associações, movimentos sociais? Nesta altura da vida e dos séculos quem ainda ignora a ínfima participação eleitoral nos pleitos dos sindicatos, associações, movimentos sociais? Lembramos estas banalidades como introdução ao irrestrito apoio às palavras do governador Beto Richa em Londrina, antes de ontem: “Se para todas as ações de governo eu tiver que fazer audiência pública aí o governo fica imobilizado”, grifo nosso, I&C. Perfeito. O governador foi eleito após

Agrária Engenharia e Consultoria comemora 25 anos de atuação Na edição de hoje, o jornal Indústria & Comércio traz um caderno especial sobre a Agrária Engenharia e Consultoria, uma empresa paranaense que está comemorando 25 anos voltados ao meio ambiente e ao desenvolvimento agrícola auto-sustentado. Fundada em 12 de dezembro de 1986, a Agrária desenvolve projetos e programas no Brasil, em outros continentes, outros países.

turismo | b4

REGISTRO

ESPECIAL

Dr. Joaquim Severino, Diretor Presidente da empresa Agrária Engenharia e Consultoria

Mundo EMPRESARIAL Livro “multiverso” de Eudes Moraes O Palacete dos Leões abriu suas portas, no dia 22 de novembro, para receber convidados e amigos do empresário Eudes Moraes. página a4

árdua, longa campanha eleitoral. Em que todos os temas relevantes foram debatidos à náusea entre os candidatos, interessados, comunidades, sociedade. Mais! E melhor! Juntamente com o governador foram eleitos os deputados estaduais, os legítimos, os verdadeiros representantes do povo do Paraná, o que engloba sindicatos, associações disto e daquilo, movimentos sociais. E ongs, organizações lucrativas sem fins... Foram estes, os representantes do povo do Paraná, que esmagadoramente acolheram o projeto do Executivo: terceiriza a gestão de não mais que três minúsculos grãos de areia no universo da coisa pública estadual: Hospital de Reabilitação de Curitiba, do Museu Oscar Niemeyer e da Orquestra Sinfônica do Paraná. Se cabe crítica ao aprovado projeto do governo o alvo deve ser a sua timidez...

Central de Atendimento: 41 3333.9800

e-mail: pauta@induscom.com.br

Editais na página A7


Geral

“Algumas quedas servem para que nos levantemos mais felizes.” William Shakespeare Indústria&Comércio | Curitiba, segunda-feira, 12 de dezembro de 2011 | A2 prpress@terra.com.br

Previsão do tempo

Panorama Político

fonte: www.simepar.br

Mín.: 14° Máx.: 29°

Pedro Washington

A instabilidade apresenta uma ligeira diminuição: o sistema de baixa pressão avança pelo sudeste e afasta-se do Paraná. Desta forma o sol volta a aparecer entre nuvens na maioria das regiões paranaenses. As temperaturas elevam-se de forma mais significativa, mas o tempo abafado e a umidade ainda presente, possibilitam o grande desenvolvimento de nuvens ao longo da tarde, com ocorrência de pancadas de chuva em todas as regiões do Estado. A atuação das precipitações será no período da tarde, de forma isolada e rápida.

“Vacina” aprovada

Emprego

Paraná vai oferecer opções de microcrédito Recursos virão da linha Crescer, do Programa Nacional de Microcrédito

O

Governo do Paraná vai oferecer mais uma opção de microcrédito para pequenos empreendedores. Parceria a ser firmada entre a Secretaria do Trabalho, Emprego e Economia Solidária e a Caixa Econômica Federal permitirá operações de crédito com valores entre R$ 300 e R$ 15 mil, para capital de giro, investimento fixo e investimento misto. A previsão é que o serviço esteja disponível no início do ano que vem. O programa vai beneficiar microempresários formais ou informais que atuam individualmente ou não, com faturamento anual de até R$ 120 mil. As taxas de juros serão de 0,64% ao mês – a mais barata do mercado - e os prazos para pagamento variam de quatro a 24 meses, sem carência. Os interessados em acessar o microcrédito deverão procurar o Posto de Atendimento ao Microcrédito (PAM), nas Agências do Trabalhador, assim que o serviço esteja disponível. Segundo o secretário estadual do Trabalho, Emprego e Economia Solidária, Luiz Claudio Romanelli, o objetivo é atender artesãos, prestadores

Ficha limpa regional

O “ficha limpa “ do Paraná, proposto pelos deputados Ney Leprevost, César Silvestri Filho, Stephanes Jr., André Bueno e Marcelo Rangel, antecipou-se ao outro, o nacional, que depende do STF como anunciado ontem aqui. Sancionado pelo governador Beto Richa, tem ainda a vantagem de ser extensivo a cargos comissionados. Ficha suja, nem para ocupar cargo no governo.

Postura criticada Objetivo é atender artesãos, prestadores de serviços, empreendedores individuais, associações, cooperativas, entre outros tipos de empresários

de serviços, empreendedores individuais, associações, cooperativas, entre outros tipos de empresários. “Entre as metas do governador Beto Richa está incentivar os microempresários que desejam ampliar suas atividades e apoiar aqueles que planejam iniciar o negócio próprio. Quando um empreendimento cresce, são gerados mais empregos e a economia local é fortalecida”, analisa. Os recursos virão da linha Crescer, do Programa Nacional

de Microcrédito. Inicialmente serão atendidos os municípios que tenham Agência do Trabalhador e da Caixa. Na segunda etapa, estará disponível em toda rede de Agências do Trabalhador, presente em 220 municípios, com uma cobertura de 93% da população do Paraná. O Programa Nacional de Microcrédito foi lançado em agosto e se encaixa no modelo da economia solidária. A meta é promover o acesso ao crédito, com agilidade, sem exigir dos

profissionais garantias para o pagamento dos empréstimos, podendo ser utilizada a modalidade de aval solidário. Para desenvolver o programa no Paraná a Secretaria do Trabalho, pelas Agências do Trabalhador, dará assessoria aos empreendedores na formalização das operações de crédito. Já a Caixa, na condição de agente financeiro, será responsável pela contratação do microcrédito e como banco depositário.

Indústria e Comércio

Ipem alerta consumidores sobre as compras de Natal O Instituto de Pesos e Medidas do Paraná (Ipem) faz um alerta aos consumidores da capital e do interior do Estado quanto à compra de brinquedos, que devem obrigatoriamente conter o selo do Inmetro. Se estes produtos não tiverem o selo deverão ser denunciados ao Ipem, organismo responsável pela fiscalização, pelo telefone 0800 645-0102. O presidente do Ipem/PR, Rubico Camargo, lembra que o selo de certificação irá atestar a passagem do brinquedo por exames laboratoriais que atestem o cumprimento das normas de segurança, além da indicação da faixa etária mais adequada. “O selo deve estar visível impresso na embalagem ou gravado no produto”, disse, lembrando ainda que “para os brinquedos impor-

Premido pela necessidade de votar a Desvinculação de Receitas da União (DRU) cuja validade se esgotaria no final deste dezembro, retirando da presidência da República a possibilidade de gastar R$ 62,4 bilhões a seu bel-prazer, isto é, sem comprometimento com o Orçamento, justamente em 2012, um ano eleitoral, o governo acabou concordando com a aprovação da Emenda 29, um instrumento que identifica o que é saúde e o que não pode nela ser inserido nos orçamentos estaduais e municipais. Ganham as populações dos estados e municípios, que não terão mais gastos com saneamento básico, merenda escolar, aposentadorias e salários de servidores do setor, limpeza urbana, assistência social, obras, planos de saúde a servidores, incluídos nos 12% que os estados tem que aplicar e nos 15% obrigatórios aos municípios. O que no Paraná representará para o governo estadual um acréscimo de R$ 140 milhões ao orçamento da Saúde. Ao governo federal muda pouco. Ele que tem tanto dinheiro para a Copa, não tem mais para a saúde! Continua nos 7% e não nos 10% previstos no projeto, o que acrescentaria R$ 35 bilhões ao orçamento nacional do setor. Em compensação, a resistência da oposição acabou beneficiando senadores governistas que emplacaram seus cupinchas em cargos vagos no setor elétrico, na Petrobras, agências reguladoras, superintendências do Dnit e linhas de financiamento do BNDES. Em alguns casos, quem mais indicações fez, para variar, foi o eterno José Sarney. Até o presidente em exercício do PMDB, Valdir Raupp recuou quando bateu de frente com ele. Enquanto Álvaro Dias afirmava que “não podemos dar um cheque em branco ao governo”, Sarney discursava que “a DRU é uma vacina contra a crise mundial que é singular”.

tados é obrigatório que as instruções venham em português”. PRODUTOS PRÉ-MEDIDOS - O Ipem também realiza fiscalização em pontos de venda de produtos alimentícios, verificando a indicação quantitativa de aves (peru, chester, codorna, perdiz), suínos (tender, presunto, pernil, lombo), pescados (bacalhau e peixes salgados), carnes em geral, frutas (in natura e secas), cereais, pães, panetones e bolos. Produtos embalados com quantidade definida são chamados de pré-medidos. O valor definido na embalagem é relativo ao produto, não devendo entrar o peso da embalagem nessa indicação. Produtos embalados em bandejas deverão ter suas especificações descritas em etiquetas

Campanha nas ruas

O próprio governador Beto Richa, em Brasília declarou que “o ato foi uma selvageria patrocinada pelo PT, antecipando a campanha de 2012”. O que não disse é que a campanha municipal já está nas ruas há bom tempo. Desde que Fruet bandeou-se para a oposição; Ratinho Jr. articula sua própria candidatura e o prefeito Luciano Ducci, antecipa a campanha com mensagens suas via telemarketing, agora proibidas pela Justiça.

Destaque nacional

Álvaro Dias (PSDB), citado na coluna inicial, por sua atuação como líder da oposição no Senado, na lista do Departamento Intersindical da Assessoria Parlamentar (Diap) está cotado como um dos políticos mais influentes na Câmara e Senado. O paranaense melhor colocado depois dele, Roberto Requião, aparece depois da 50a. posição.

Em choque

E que choque! Um Papai Noel antecipado! Na semana que vem a Câmara Federal deve aprovar a toque de caixa o seu “pacotão de Natal”, com reajuste para seus funcionários e aumento de cargos. O objetivo, segundo o deputado-relator Paulinho da Força (PDT), é equalizar (expressão que o deputado Traiano consagrou aqui no aumento das taxas do Detran) os salários entre Câmara e Senado. O aumento de 60 a 70 cargos visa atender o novo PSD de Gilberto Kassab.

EXPEDIENTE Ipem também realiza fiscalização em pontos de venda de produtos alimentícios, verificando a indicação quantitativa

adesivas. Exemplos de produtos pré-medidos: arroz, feijão, manteiga, leite, óleo comestível, detergente, sabão em pó, papel higiênico e muitos outros. O Instituto realiza fiscalização de produtos pré-medidos,

que são aqueles medidos e pesados sem a presença do consumidor, sendo realizados pelo próprio estabelecimento e aqueles fornecidos diretamente pela indústria de alimentos já empacotados.

Informe da Câmara Municipal de Curitiba Comissão do Lixo visita unidades de reciclagem Os vereadores Roberto Hinça (PSD) e Felipe Braga Côrtes (PSDB) visitaram, dois locais que recebem o material reciclável coletado em Curitiba pelos caminhões do “Lixo que não é lixo” e pelo programa “Câmbio Verde”. Acompanhados da secretária municipal do Meio Ambiente, Marilza Dias, os parlamentares estiveram na unidade administrada pelo Instituto Pró-Cidadania de Curitiba (IPCC), em Campo Magro, na região metropolitana, e na Associação de Catadores Vida Nova, no bairro Capão Raso. “O objetivo das visitas é acompanhar todas as etapas da coleta e tratamento de resíduos na capital, realizando vistorias in loco para avaliar essas atividades. Também desejamos medir o progresso na área e as perspectivas de melhoria para os próximos anos”, explicou Hinça, presidente da Comissão do Lixo. Dados apresentados pela SMMA indicam que, do resíduo total gerado

A postura da oposição estimulando a reação esboçada pelos que lotaram as galerias da Assembleia contra o projeto governamental que, na sua avaliação abre espaço para a privatização de setores como a saúde (exatamente como faz o governo federal petista com aeroportos e outros que tais), claro que sem contar com o comportamento mais insensato de alguns radicais, mereceu críticas da situação.

em Curitiba, apenas 23% é separado já nas residências e locais de trabalho. “A taxa de geração diária de lixo está em 1,2 kg por habitante”, informou Marilza Dias. Ampliação Instalada em Campo Magro, cidade vizinha de Curitiba, a unidade do IPCC opera a maior planta de reciclagem de resíduos gerados na capital. Por meio de um convênio com a prefeitura, a organização não-governamental mantém em funcionamento uma Unidade de Valorização de Resíduo (UVR) que dá destinação adequada a 40 toneladas de material reciclável por dia. No local, 212 pessoas revezam-se no trabalho de separar plásticos, vidros, papéis e outros materiais. As pilhas decorrentes da seleção e organização são prensadas, gerando fardos que serão posteriormente vendidos para financiar projetos sociais.

Diário

Indústria&Comércio Fundado em 2 de setembro de 1976 Fundador e Presidente Odone Fortes Martins Reg.Prof. DRT/PR: 6993 (ofm@induscom.com.br) Administração Irene Morva Martins (diretoria@induscom.com.br) Diretor de Redação Eliseu Tisato Reg.Prof. DRT/PR: 7568 (editor@induscom.com.br) Redação: Rua Imaculada Conceição, 205 - Curitiba - PR Fone: (41) 3333.9800 E-mail: pauta@induscom.com.br Publicidade Legal e Assinaturas: Rua Imaculada Conceição, 205 - Curitiba - PR Fones: (41) 3333.9800 | 3334.4665 e-mail: publegal@induscom.com.br

Parque Gráfico e Circulação: Rua Imaculada Conceição, 205 - Curitiba - PR Fones: (41) 3333.9800 | 3322.1012 Direção e Comercial: Rua Presidente Faria, 533 Centro - Curitiba - CEP: 80020-290 Fone: (41) 3322.1012 e-mail: diretoria@induscom.com.br comercial@induscom.com.br

NEW CAST PUBLICIDADE & MARKETING BRASÍLIA E RIO DE JANEIRO Atendimento : Flávio Trombieri Moreira – Cel.: (61) 8155 2020 Endereço: SRTVS Quadra 701 Bloco K Sala 624 – Edifício Embassy Tower – Brasília DF - Cep.: 70.340 – 908 Fone/Fax: (61) 3223 4081 E-mail: new.cast@uol.com.br / new.cast@hotmail.com

Os artigos assinados que publicamos não representam necessariamente a opinião do jornal.


GeralEstadual Curitiba, segunda-feira, 12 de dezembro de 2011 | A3 | Indústria&Comércio

aroldo@cienciaefe.org.br

Aroldo Murá G.Haygert Memórias da Livraria Ghignone

Agora que da Livraria Ghignone resta apenas a lembrança, principalmente entre aqueles que costumavam frequentá-la, vale registrar algumas informações dadas à coluna, principalmente por remanescentes dos integrantes da geração que o jornalista Adherbal Fortes de Sá Jr., com muita propriedade, designou de “geração Ghignone”. São os intelectuais que frequentavam a histórica livraria da rua XV, em maioria jornalistas, além de profissionais liberais, todos nas décadas de 60 e 70 do século passado. Os mais jovens migraram, nos anos 60, para a Livraria do Povo, comandada por José (“Dude”) Ghignone, filho do fundador João Ghignone. Quando a Livraria do Povo fechou, todos voltaram para a Ghignone da XV, não a primeira (pois livrarias existiam em Curitiba desde o séc.XIX), mas a que durou mais tempo (quase estava para inteirar um século quando a loja da Comendador Araújo fechou as portas).

Ghignone na Bahia

O que poucos sabem é que a Ghignone teve sucursal em Salvador. Aconteceu no final dos anos 30, quando João Ghignone e esposa viajaram para a Bahia e se encantaram com o que viram. Comerciante atilado, Ghignone viu também a possibilidade de estender sua atividade empresarial à capital baiana. E assim fez, viajando frequentemente para Salvador, sempre acomJoão Ghignone: patriarca e histórico panhado pela esposa, pois livreiro ambos eram realmente aficcionados do clima (em todos os sentidos) baiano. O problema surgiu quando o Brasil ingressou na Segunda Guerra Mundial. Ghignone nasceu na Itália, mas foi registrado no Brasil (pois aqui chegou com menos de um ano de idade). Já sua esposa, Itália Líbera Dall´Igna Ghignone, era filha de vênetos e nascida em Morretes. Para viajar, durante a guerra, era necessário um “passe” concedido pela Polícia. E provavelmente alguém muito inteligente da antiga DOPS (Delegacia de Ordem Política e Social) implicou, apesar da certidão de nascimento, com o nome Itália Líbera (“Itália Livre”) e concedia o “passe” só para João Ghignone, obrigando-o a viajar sozinho, o que acabou fazendo com que logo se desinteressasse pela sucursal baiana. Evidente que, sem o “olho do dono”, a Ghignone baiana declinou e acabou sendo fechada. Anos mais tarde, um dos filhos do casal, o engenheiro João Ítalo (“Nino”), foi trabalhar na Petrobrás e radicou-se em Salvador, lá permanecendo mesmo depois de aposentado.

Glória e azar de Manoel

Outro episódio é mais recente. Data de quando “Dude” comandava a Livraria do Povo e se entusiasmou quando um jovem cabeludo e rebelde exibiu um poema radical dedicado a “Che” Guevara. Dude pediu o texto do poema e o autor aquiesceu, sem saber que seus versos seriam mimeografados por ativistas políticos e distribuídos por toda Curitiba. Isso ocorreu bem no auge do período repressivo dos governos militares e contribuiu, como uma espécie de “gota d´água” para que o poeta Manoel Andrade (hoje comportado executivo da Clinipam) decidisse atravessar incógnito a tríplice fronteira, iniciando longas andanças pela América Latina, passando-se muitos anos até que retornasse à pátria. Alguém comenta que “Dude” era simpatizante da esquerda, desde quando os espíritas apoiaram maciçamente a candidatura do engenheiro Yedo Fiúza, que não era comunista mas que foi lançado pelo então legal PCB como candidato à presidência da República nas eleições de 1945.

AGENDA EMPRESARIAL

Lançada, na semana, com coquetel no Graciosa, a edição 2012 da Agenda Empresarial, iniciativa da colunista Nadyesda Almeida. Trata-se de material essencial para quem precisa estar em dia com o mundo dos negócios e dos profissionais liberais de Curitiba. Nadyesda foi personagem – com outros paranaenses – de meu livro Vozes do Paraná 1. Ela herdou do pai,o insubstituível Dino Almeida, um feeling especial para retratar Nadyesda Almeida: agenda é a sociedade paranaense e seus essencial braços empresariais.

ANA PAULA CARVALHO

Iniciada profissionalmente neste I&C, anos 1990, a jornalista Ana Paula de Carvalho tem solidificado carreira, com atuação, até recentemente, em O Globo, no Paraná. No momento,passou a compor os quadros da Link Comunicação.

NATAL DE LUZ

De 16 a 23 próximos, no Instituto Salette (Lange de Morretes, 533, Jardim Social), sempre a partir das 20h30, a grande festa da comunidade é o Natal de Luz. O trabalho preparatório para o festejo não comercial da data envolve a participação de 120 casais, boa parte deles ligados à Paróquia de Salette. Um espetáculo de música, luz e espaço para reflexão. No comando da festa o padre Adilson Schio, provincial dos Missionários Saletinos.

de clientela pobre, dependente do SUS, daí a comoção que causa sua mudança junto à comunidade. Sem aviso antecipado, pegando a todos de surpresa.

DUAS “ENCRENCAS” – 3

Mas há nos meios kardecistas quem defenda os dirigentes da Federação Espírita do Paraná (FEP) pela decisão que a fez alienar pelo menos 50 mil metros de área privilegiadamente valorizada, no bairro Bom Retiro, em favor de investidores imobiliários.

DUAS “ENCRENCAS” – 4

Um conhecido dirigente kardecista da cidade, com atuação num centro espírita da Água Verde – e que também pediu o anonimato - disse que “a negociação foi boa para a Federação”. Segundo ele, a FEP receberá 15 lojas em troca da cessão do terreno, para exploração “para o resto da vida”. Essa informação – a das 15 lojas – contradiz à carta enviada pelo presidente da FEP ao professor Eliel Valério Scussel, em que ele anunciou 150 lojas como contrapartida que o incorporador terá de entregar à Federação. O mesmo dirigente kardecista garantiu que, “até agora” não há nenhum terreno definido para a mudança do hospital. O resto, segundo ele, “é só especulação”. O dirigente do centro kardecista da Água Verde coloca-se entre os que defendem a desativação do Albergue da Federação Espítita. Acha que ocorreu “porque a Prefeitura foi assumindo serviços e clientela de moradores de rua que ele atendia”. E eu pergunto: como o Albergue São João Batista, no Rebouças, então, cotinua lotado, e servindo 800 refeições diárias para os carentes?

NO CONCÓRDIA, GARBER É O “IMPERADOR”

Por dezenas de anos o tradicional Clube Concórdia, fundado nos anos 70s do século 19, foi dirigido pelo empresário Hans Garber. Ele é reconhecido ainda como a grande liderança do clube de origem germânica, e o único nome que pode oferecer resistência ao grupo que incentiva a fusão do clube da Rua Carlos Cavalcanti pelo Clube Curitibano.

Garber parece estar na muda. Mas os que com ele freqüentam otradicional’ almoço das quartas-feiras num restaurante alemão da cidade, asseguram que “o Imperador está só articulando a resistência na surdina”. E, dizem, com uma assistência jurídica de primeira.

O CONSELHO É QUE TERÁ A PALAVRA FINAL

Os que conhecem bem os estatutos do Clube Concórdia devem conhecer a composição do Conselho Deliberativo do Clube. A ele é que caberá a decisão final. A ninguém mais. Sua decisão sobrepõe-se àda assembléia geral do clube. Pois é, a fusão terá de ter o “agreement” do Conselho do Concórdia.

O CUSTO DA BOA ALIMENTAÇÃO NA RUI BARBOSA

O restaurante popular que a Prefeitura de Curitiba e a Ação Social do Paraná (leia-se Arquidiocese de Curitiba) mantêm na Praça Rui Barbosa para a população de baixa renda, com almoço de qualidade custando apenas R$ 1,00, é o melhor exemplo de quanto resulta trabalho cooperativo bem montado. A Prefeitura e a ação Social participam com R$ 2,48, para cobrir o custo real da refeição de alta qualidade nutricional, preparada sob a supervisão de nutricionista. O consumidor paga apenas R$ 1,00. O que significa R$ 3,48 por almoço. Diariamente são servidas 2 mil refeições no local.

LANTUS EM BUSCA DE MERCADO, A PLENA FORÇA

O laboratório farmacêutico Sanofi Aventis está seriamente envolvido em ficar com uma boa fatia do marcado de usuário de insulina no Brasil, hoje mais ou menos “nas mãos” do Lilly. Visitadoras graduadas em Nutricionismo, Enfermagem, Auxiliar de Enfermagem e Farmácia atendem ampla agenda diária de visitas sugeridas por médicos de pacientes diabéticos, aos quais apresentam a insulina da linha Lantus. As promessas do laboratório, e de alguns médicos, são de “maravilhas”. A conferir.

LANTUS – 2

A propósito de insulina: como andam as negociações para a instalação em Curitiba da indústria de insulina, objeto de negociações feitas pelo governador Beto Richa em sua recente viagem a Kiev? É bom lembrar que o Consulado Geral da Ucrânia no Brasil fica em Curitiba, o que poderá acelerar a vinda da indústria.

A LÓGICA DE MARCOS ISFER: NÃO É CANDIDATO A VICE

Importante e representativa do mundo da arquitetura da Europa, a revista inglesa Wallpaper escolheu Letícia Wou, filha de Bia Wouk e João Almino, para ser um dos 23 novos talentos que publicam trabalho na edição deste mês. São os melhores do ano. A boa nova chega pela mãe coruja (justamente coruja) Bia.

A JUSTIFICATIVA

Wallpaper’s Graduate Directory 2011 is teeming with new creative talent that might just change the world. To cast our nets extra wide this year, we called out to theTwittersphere too, tasking you to play talent scout and nominate tomorrow’s A-list. Amid the flurry of chirping activity among our half-a-million-plus followers, were tip offs for everything from the shooting stars in design and architecture to the freshest faces in fashion and photography. After months of deliberation, we’ve made our global edit of the people headed for the top. http://www.wallpaper.com/directory/ graduate/2011/grads#54683 site da letícia/leticia’s site: http:// www.leticiawoukalmino.com.

abnoticias@abcom.com.br

SANEAMENTO BÁSICO O Paraná vai receber mais de 192 milhões de reais da Fundação Nacional de Saúde para obras de saneamento. Ao todo, 66 cidades serão beneficiadas com ampliação da rede de esgoto e distribuição de água. Segundo Censo do IBGE de 2010, 1,14 milhões de residências no Estado não tem coleta de esgoto ou fossa séptica, o que representa aproximadamente 35% do total de casas no Paraná.

DESENVOLVIMENTO NO NORTE O Norte do Paraná recebe a primeira unidade autônoma de gás natural canalizado, que é considerada fundamental para o desenvolvimento industrial da região. Há disponibilidade para chegar a 100 mil metros cúbicos por dia, sendo que atualmente as unidades de Londrina e Cambe tem capacidade para 30 mil. Nos próximos quatro anos, serão investidos 67 milhões de reais para viabilizar a distribuição do gás natural na região.

PARQUE INDUSTRIAL Foi inaugurado na cidade de Corbélia, Oeste do Estado, o Parque Industrial Alvísio Evaldo Schneider. A previsão é que pelo menos mil empregos sejam gerados com as novas empresas, provindas do próprio município e região.

FESTA POPULAR Acontece este mês, a festa religiosa de São Benedito, em Paranaguá, no litoral do Paraná. Serão sete dias de evento, com alvorada festiva, procissões, novenas, apresentações de corais e festejos populares. As comemorações têm início no dia 23 de dezembro.

PARE NA FAIXA Com o objetivo de fazer um alerta a motoristas, motociclistas e pedestres sobre os riscos de atropelamentos nas vias urbanas, foi lançada, em Paranavaí, Noroeste do Estado, a campanha “Pare na Faixa”. Com isso, a população volta a atenção para a necessidade de utilizar corretamente a faixa de pedestres. A iniciativa é do Núcleo Setorial dos Corretores de Seguros da cidade, que pretende reduzir o número de feridos por atropelamentos, diminuindo os altos gastos hospitalares decorrentes de acidentes de trânsito.

Um estudo da Universidade de Exeter, no Reino Unido, constatou que uma caminhada de 15 minutos por dia pode cortar o consumo de chocolate de uma pessoa pela metade. Mesmo em situações estressantes, trabalhadores comem apenas metade do chocolate que comeriam quando saem para andar um pouco.

Marcos Isfer, a quem vi nascer para a política, embalado pela Arena e depois PDS, sendo um dos liderados, então, do deputado Norton Macedo, garante-me que, de vez, desistiu de cargos eletivos. O que quer dizer que não lhe passa pela cabeça ser candidato a vice-prefeito de Luciano Ducci, o contrário de especulações que o apontam como de olho na posição.

ELEITOR “ESQUECIDO”

AB Notícias

CONSUMO DE CHOCOLATE

BOM ATENDIMENTO A Agencia do Trabalhador de São José dos Pinhais, na região de Curitiba, recebeu avaliação máxima da Secretaria Estadual do Trabalho. O conceito “A” se refere às atividades desenvolvidas no ano de 2010 e pelas constantes melhorias no local e no atendimento. Foi a única do Estado a alcançar a nota máxima em todos os quesitos analisados.

Marcos Isfer: chô eleições...

“Quero continuar na luta pela cidade”, diz à coluna, depois de lembrar amargas decepções.. Uma delas, citou, foi quando concorreu à reeleição de deputado, depois de ter-se oposto à venda da COPEL, no Governo Lerner. Em tese, lembrou, a posição,de cunho popular, deveria ampliarlhe a votação. “Ganhei só mais 29 votos na eleição seguinte”, contabiliza.

DUAS “ENCRENCAS” – 2

A SAGA DOS RODRIGUES E DE COMO ENFRENTARAM O PORTUGAL DIFÍCIL

A venda do espaço do Bom Retiroestá consumada, segundo todas as fontes espíritas oficiosos ouvidas. Os informantes pediram anonimato. E garantem as mesmas fontes que “até agora não existe nada de concreto sobre o local em que será realocado o Hospital Bom Retiro”. A casa é especializada em atendimento psiquiátrico, basicamente

LETÍCIA VAI PUBLICAR NA “WALLPAPER”

COM ASSISTÊNCIA JURÍDICA DE PRIMEIRA

DUAS “ENCRENCAS” DA CIDADDE

De um conhecido defensor dos interesses de Curitiba recolhi ontem a expressão: “Estamos com duas grandes encrencas da comunidade – o desaparecimento do Clube Concórdia e a venda do local em que desde os anos 1920 está instalado o Hospital Espírita Psiquiátrico Bom Retiro.” Dois assuntos, a propósito, encabeçados, em sua mobilização de opinião pública, por esta coluna.

uvas, vinho, leite, queijos e hortaliças, além de trigo. No final dos 50s ele, os irmãos e a mãe juntaramse ao pai, que trabalhava no comércio,no Norte do Paraná. A história do jornalista e publicitário que se tornou bom exemplo de realização empresarial no país estará no volume 4 de meu livro Vozes do Paraná. Os personagens e seus amigos anotem: o lançamento será dia 15 de maio, Dionísio Rodrigues: resistente, com no Solar do Rosário, a partir sucesso das 19 horas.

Acho que José Dionísio Rodrigues (OpusMúltipla) é alguém muito indicado para analisar o momento de crise vivido pelo Portugal de hoje. Pois Dionísio viveu tempos dificílimos, com a família, “tirando água da pedra”, numa pequena propriedade de um hectare em sua terra natal, e com a qual conseguiam produzir

PAGAR DÍVIDAS O Índice de Expectativa das Famílias, divulgado recentemente pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada – Ipea, revelou que quase 34% da população brasileira não tem condições de pagar suas dívidas. A pesquisa indica que apenas 18% dos entrevistados acreditam que terão condições de honrar os compromissos, e 45,6% responderam que conseguirão quitar parcialmente em novembro. A região Sul do Brasil é onde está o maior índice de expectativa quanto à capacidade de pagamento de contas em atraso.

BIBLIOTECA ACESSÍVEL Dois colégios dos municípios de Formosa e Assis Chateaubriand, no Oeste, vão fazer parte do projeto piloto da Rede Estadual de Bibliotecas Escolares do Paraná. Ao todo, são 32 estabelecimentos escolhidos em todo o Estado.


MundoEMPRESARIAL

www.icnews.com.br Luiz Augusto Juk reportagem@induscom.com.br

Curitiba, segunda-feira, 12 de dezembro de 2011 | A4

Indústria&Comércio

O

Livro “multiverso” de Eudes Moraes

Palacete dos Leões abriu suas portas, no dia 22 de novembro, para receber convidados e amigos do empresário Eudes Moraes para o lançamento de seu livro “multiverso”, editado pela Editora InVerso. A noite foi o cenário perfeito para consagrar os 80 poemas que fazem parte do livro. Em uma linguagem realista eclética, impactante, desafiadora, porém profundamente humana, Eudes transcreve em versos fortes e cultos, temas extraídos do cotidiano, colhidos de uma particular observação do comportamento humano mesclados à sua filosofia muito peculiar de disseminar ideias. “Cada palavra merece ser refletida. Nem sempre gostar da rima é entender a mensagem de um poema, pois ele é um mundo rico de mensagens cifradas”, argumenta o autor. A Editora já comemora o sucesso de vendas. “Pelo público presente já podemos conferir a aceitação do livro e o sucesso em vendagem em um único evento”, finaliza a editora Cristina Jones.Paulista de nascimento, Eudes Moraes morou em Londrina por 16 anos, em Brasília por 6 anos e em Curitiba há 32 anos.

Euclides de Oliveira , Juraci Barbosa Sobrinho, Marcos Isfer, Reynold Stephanes Jr, Eudes Moraes, Mario Celso Cunha, Tobias de Macedo e Mario Celso Cunha Jr.

Cristina Jones, Mônica Santanna, Eudes Moraes, Sérgio Wesley

Cristina Jones, Celso Coppio, Eudes Moraes, Marcelo Guilherme Baz

Ana Lúcia Bittencourt, Assis Z., Eudes Moraes, Bogdan Bembinowski, Cristina Jones

Jaqueline Copp, Débora Cunha, Laura Cunha, Cristina Wergrzn, Cristina Jones e Josiane Apter

Eudes Moraes e a filha Lena Aquino Moraes

Livro “Valmor Weiss – o Prisioneiro da Cela 310”

A

biografia do empresário Valmor Weiss, que chegou este mês às livrarias, traz uma análise crítica de um período da história nacional: a ditadura pós 1964. Com o selo do Instituto Memória – organização dedicada ao resgate da identidade paranaense – o livro “Valmor Weiss – o Prisioneiro da Cela 310” foi escrito pelo jornalista Milton Ivan Heller. Foram dois anos de conversas, sempre aos sábados e domingos, até o jornalista Milton Ivan Heller reunir todo o material para o livro. “Tive oportunidade de conhecer mais sobre a fase da ditadura e narrar os acontecimentos políticos desde aquela época até agora. E ainda o privilégio de contar a história de um amigo leal, que conheço há 50 anos”, revela o autor. Para o editor Anthony Leahy, presidente do Instituto Memória, “o livro vai ao encontro de uma das missões da editora: priorizar nossa realidade como ponto de partida para entender a identidade brasileira.”

Walter Schimidt, Julio Zaruch, Milton Ivan Heller, Valmor Weiss, Odone Fortes Martins e Luiz Augusto Juk

Valmor e Marlene Weiss

O casal Mariela Weiss der Andrade e Fabiano Andrade, ela filha de Valmor Weiss

Anthony Leahy, presidente do Instituto Memória, com o título d e Cidadão Honorário de Curitiba


GeralParaná Curitiba, segunda-feira, 12 de dezembro de 2011 | A5 | Indústria&Comércio

Contexto Político

Fábio Campana editor@fabiocampana.com.br

Richa envia Projeto Lei de Incentivo à Cultura

O governo Beto Richa enviou à Assembleia o Projeto de Lei número 951/11 que institui o Programa Estadual de Fomento e Incentivo à Cultura (Profice) e o Fundo Estadual de Cultura (FEC). Os projetos instituem no estado a lei de incentivo à cultura por meio de renúncia fiscal do ICMS. O governo está autorizado a destinar para incentivo cultural o máximo de 0,2% do total arrecadado com o ICMS no estado do ano anterior ao da concessão do incentivo. A arrecadação de ICMS em 2011 deve ficar próxima aos R$ 15 bilhões. Se a porcentagem for mantida na regulamentação da lei, a Secretaria da Cultura terá cerca de R$ 30 milhões para os projetos culturais aprovados no ano que vem. Além da renúncia de ICMS, haverá outras verbas, provenientes de dotação orçamentária do Estado, transferências da União, auxílios e contribuições de entidades públicas e privadas, arrecadação de bilheteria de eventos estatais, multas etc. Os projetos que venham a ser aprovados poderão ter financiamento integral e não veda a obtenção de recursos de outras fontes. Agora falta os deputados aprovarem ao projeto de lei ainda neste ano, para que entre em vigor no ano que vem.

Farmácia

para 2012 de 4,8% para 4,7%.

O secretário da Saúde, Michele Caputo Neto, inaugurou na última semana a unidade do programa Farmácia do Paraná em Guarapuava, que marca o início da reestruturação da rede de distribuição de medicamentos especializados no Estado. O programa tem o objetivo de promover o acesso da população a remédios seguros, eficazes e de qualidade. As unidades serão implantadas nas 22 regionais de saúde do Estado, como parte de um programa que, além da estruturação da área física das farmácias, inclui medidas voltadas para a qualificação e custeio da assistência farmacêutica.

Duplicação

O governador Beto Richa autorizou a abertura de licitação para o início da duplicação de um trecho de 16 quilômetros da PR-445, entre os municípios de Londrina e Cambé. Serão construídos 13 viadutos e trincheiras, com investimento total estimado em R$ 104 milhões. O Governo do Estado vai licitar a intervenção em três trechos.

Inflação

O Ministério da Fazenda elevou, de 5,8% para 6,4%, a sua previsão para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) deste ano, em linha com o que acredita o Banco Central, ao mesmo tempo em que reduziu a sua estimativa

Emprego industrial

O emprego industrial caiu 0,4% em outubro em relação a setembro, quando o índice também apresentou queda de 0,4%, na comparação com agosto. No ano, o índice aumentou 1,3%, com ritmo abaixo do verificado nos meses anteriores. No acumulado nos últimos 12 meses encerrados em outubro, a expansão chega a 1,6%. Os dados foram divulgados ontem (9) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Queda

A última década registrou uma expressiva queda no número de municípios criados no Brasil, em comparação com o período de 1991 a 2000. O dado consta da publicação Evolução da Divisão Territorial do Brasil 1872-2010, divulgada ontem (9) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O documento mostra que de 2001 a 2010 surgiram apenas 58 municípios, cerca de 1% do total existente nas 27 unidades da Federação (5.565). Já na década anterior, foram criados 1.016 municípios, que representaram um acréscimo de 18% no total nacional.

Imóvel rural

O Instituto Nacional de Colonização e Reforma

Saúde

Guarapuava recebe o programa Farmácia do PR Unidade de Guarapuava atenderá aos 20 municípios da 5ª Regional de Saúde

O

secretário da Saúde, Michele Caputo Neto, inaugurou a unidade do programa Farmácia do Paraná em Guarapuava, que marca o início da reestruturação da rede de distribuição de medicamentos especializados no Estado. O programa tem o objetivo de promover o acesso da população a remédios seguros, eficazes e de qualidade. As unidades serão implantadas nas 22 regionais de saúde do Estado, como parte de um programa que, além da estruturação da área física das farmácias, inclui medidas voltadas para a qualificação e custeio da assistência farmacêutica. A rede de Farmácias do Paraná visa atender aos pacientes do chamado componente especializado, de responsabilidade do Governo do Estado. São medicamentos para transplantados e portadores de doenças, como hepatite, Alzheimer, Parkinson, asma grave e esclerose múltipla, entre outras, hoje fornecidos pelas chamadas farmácias especiais, que não oferecem condições adequadas de atendimento. A unidade de Guarapuava atenderá aos 20 municípios da 5ª Regional de Saúde. Durante a solenidade de inauguração, foi entregue um mamógrafo que será instalado numa unidade de saúde municipal, para atender mulheres de todos os municípios da regional. Também foram

O programa tem o objetivo de promover o acesso da população a remédios seguros, eficazes e de qualidade

assinados dois convênios para repasse de recursos para custeio e financiamento do Hospital São Vicente de Paula (no valor total de R$ 3,9 milhões) e a inclusão do Hospital São José, de Laranjeiras do Sul, no Programa Hospsus (com investimentos na ordem de R$ 50 mil). “É uma grande alegria voltar a Guarapuava para entregar à população da região estruturas como esta, que vão melhorar o atendimento aos cidadãos”, disse o secretário. “São compromissos assumidos em nosso plano de governo que estamos cumprindo, além de atender as demandas apresentadas na audiência pública realizada aqui

pelo governador Beto Richa”, completou. Caputo Neto lembrou que o último investimento do Governo do Estado na área da saúde em Guarapuava foi a construção do Hemonúcleo, há mais de 10 anos. “Esta Farmácia do Paraná vai atender mais de 3 mil pessoas de toda a região”, disse. “É um sonho que se materializa. Mas a estrutura física é só o começo do projeto, pois sentiremos a diferença no atendimento ao cidadão que recorre à Farmácia do Paraná. São pacientes fragilizados e que precisam de atenção diferenciada”, afirmou a diretora do departamento de Assistência Farmacêutica da

secretaria, Deise Pontarolli. Deise explicou que o programa prevê três ações estratégicas: estruturação das farmácias e almoxarifados das 22 regionais de saúde, qualificação e custeio da assistência farmacêutica. INCENTIVO – A partir de 2012, a secretaria da Saúde implantará um incentivo financeiro estadual para municípios de pequeno porte (com população abaixo de 20 mil habitantes), para ser aplicado no custeio da assistência farmacêutica. Em 2011, o Governo do Estado já contratou 87 farmacêuticos e bioquímicos para atuar na assistência farmacêutica estadual e nas unidades do Estado.

Programas prevêem asfalto para 496 ruas de Curitiba A prefeitura de Curitiba começa a publicar já na próxima semana os editais de licitação para a pavimentação de 266,25 km de 496 ruas e avenidas nas oito grandes regiões da cidade: Bairro Novo, Boa Vista, Boqueirão, Cajuru, CIC, Pinheirinho e Santa Felicidade. Os investimentos alcançam R$ 85 milhões. Será um grande mutirão de asfalto, que começa nos três primeiros meses de 2012, e terá várias frentes de trabalho através de dois programas de pavimentação da prefeitura: recuperação da malha viária e revitalização das ruas do transporte coletivo – este último utilizará quatro recicladoras de asfalto. No total, serão asfaltadas 52 ruas (29,72 km) de Santa Felici-

dade, 75 ruas (40,27 km) da Boa Vista, 140 ruas (76,35 km) do Boqueirão, 86 ruas (26,98 km) do Portão, 98 ruas (59,21 km) do Cajuru, 17 ruas (7,54 km) do Pinheirinho, 13 ruas (13,02 km) da CIC e 15 ruas (13,15 km) do Bairro Novo.

Malha viária

O programa de recuperação da malha viária prevê investimentos de R$ 40 milhões e vai atender cinco regiões: Boqueirão, Santa Felicidade, Boa Vista, Cajuru e Portão. Serão 156 km de asfalto novo em 328 ruas. O mutirão está previsto para começar em janeiro pelo Boqueirão e vai asfaltar 56 km de 120 ruas da região, atendendo os conjuntos Eucaliptos, Tiraden tes, Érico Ve-

ríssimo, Araucária, Jardim Paranaense, Moradias Belém, Vila Hauer, Boqueirão e Xaxim. Na regional Santa Felicidade, 42 ruas vão receber 20,1 km de asfalto novo nos bairros Butiatuvinha, Vista Alegre, Campo Comprido, Seminário, Santo Inácio, São João, São Braz, Mossunguê, Campina do Siqueira e Santa Felicidade. Na Boa Vista serão asfaltadas 37 ruas, num total de 20 quilômetros, nos bairros Tingui, Atuba, Bacacheri, Pilarzinho, Santa Cândida, Barreirinha, São Lourenço, Boa Vista e Bairro Alto. No Cajuru, 59 ruas – 39,99 quilômetros – receberão asfalto novo. Os bairros atendidos serão: Uberaba, Guabirotuba, Jardim das Américas e Cajuru. Na regional do Portão, 70 ruas,

num total de 19,79 quilômetros, vão receber asfalto novo. As vias estão situadas no Novo Mundo, Parolin, Água Verde, Campo Comprido, Fazendinha, Portão, Guaíra, Fanny e Lindóia. Já o programa de revitalização das ruas do transporte coletivo vai atuar com as recicladoras em quatro frentes de trabalho nas 8 regiões (Bairro Novo, Boa Vista, Boqueirão, Cajuru, CIC, Pinheirinho e Santa Felicidade) e pavimentar 168 ruas – 110,19 km de asfalto novo. Essa fase do programa integra o convênio realizado entre a prefeitura e o governo do Estado, assinado neste mês pelo prefeito Luciano Ducci e o governador Beto Richa, e que prevê investimento de R$ 45 milhões.

Agrária (Incra) regulamentou, por instrução normativa, o procedimento de aquisição de imóvel rural por estrangeiro residente no país e pessoa jurídica estrangeira autorizada a funcionar no Brasil. A norma foi publicada ontem (9) no Diário Oficial da União.

Natal caro

Os preços de alimentos e presentes natalinos subiram 4,65% de dezembro de 2010 até este mês, aponta levantamento da FGV (Fundação Getulio Vargas) divulgado na sexta-feira (09). Os itens mais tradicionais para a ceia --sem contar os importados-- tiveram alta abaixo da inflação medida pelo IPC (Índice de Preços ao Consumidor, da FGV) que foi de 6,29%, entre dezembro de 2010 e este mês.

Informação pública

A nova regra de acesso a dados públicos entra em vigor em maio de 2012, mas o governo federal não está preparado nem tem uma cultura estabelecida para cumprir o que manda a Lei 12.527. Pesquisa encomendada pela CGU (Controladoria-Geral da União) sobre a cultura de acesso a informações públicas no Poder Executivo Federal concluiu que 53,2% dos servidores afirmam que não há nos seus locais de trabalho uma unidade para processar e atender às demandas de dados feitas pelos cidadãos.

Secretaria da Agricultura prepara fusão entre Claspar e Codapar O governo do Estado encaminhou à Assembleia Legislativa um projeto de lei que prevê a fusão da Companhia de Desenvolvimento Agropecuário do Paraná (Codapar) com a Empresa Paranaense de Classificação de Produtos (Claspar), vinculadas à Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento. A intenção é criar uma nova organização, mais moderna e alinhada com as estratégias do governo. Uma vez aprovado o projeto, o processo de fusão das duas empresas será conduzido pelo Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar), por meio de uma equipe de 12 consultores. A expectativa é que a proposta seja votada pelos deputados estaduais nos próximos dias. Na sexta-feira, o secretário da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara, reuniu-se com o diretor-presidente do Tecpar, Júlio Felix, para tratar do assunto. Também participaram do encontro o diretor-geral da Secretaria, Otamir Cesar

Martins; o diretor-presidente da Codapar, Silvestre Dimas Staniszewski; o diretor-presidente da Claspar, Carlos Alberto Scott; o assessor do Tecpar Rodrigo Silvestre e diretores das duas empresas. Segundo Ortigara, a intenção é iniciar o processo de incorporação em 2012, definindo o negócio e o espaço que a nova empresa vai ocupar na sociedade, sua identidade e o novo formato para atuação junto ao público. A incorporação será executada em duas etapas. Inicialmente, será feito um mapeamento de cada uma das casas, para identificar a estrutura necessária para atender a nova organização. Com base nesse documento, serão discutidos quais processos serão mantidos, quais serão alterados e quais serão criados para atender a nova organização. Também está previsto um plano de demissão incentivada nas duas empresas, para deixar a nova organização mais enxuta, mas capacitada a atender seus clientes.

Municípios da RMC preparam propostas sobre transparência e controle social

Cerca de 150 pessoas, entre representantes do poder público, da sociedade civil e de conselhos de políticas públicas, participaram na sexta-feira (9), em Curitiba, de mais uma etapa regional da 1ª Conferencia Nacional sobre Transparência e Controle Social (Consocial). Promovido pelo Governo do Paraná e pela Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Curitiba (Assomec), o encontro reuniu sugestões a serem apresentadas em março na conferência estadual, que, por sua vez, selecionará propostas para a etapa nacional, em maio. O encontro de Curitiba faz parte de uma série de 18 conferências regionais que vêm sendo realizadas no Paraná

desde outubro. O objetivo é promover a transparência dos atos públicos e estimular a participação da sociedade no acompanhamento e controle da gestão pública. As conferências regionais também elegem delegados para a etapa estadual. A etapa nacional reunirá todos os documentos elaborados pelos estados e será realizada em maio, em Brasília. “Essa discussão tem o mérito de reunir propostas com maior transparência, aproximar a população da gestão pública e principalmente estimular formas de controle popular que obriguem os gestores a aumentar a transparência”, disse o coordenador da Consocial, Osni Mendes.


PublicidadeLegal Curitiba, segunda-feira, 12 de dezembro de 2011 | A7 | Indústria&Comércio A Ghama Envasadora e Comércio de Cosméticos Ltda-ME, torna público que requereu ao IAP, Licença Prévia para estudo de instalação, para fabricação de cosméticos à ser implantado na Rua Inajá, 1.272, Emiliano Perneta, Município de Pinhais/PR. SÚMULA DE PEDIDO DE LICENÇA PRÉVIA Sotram Construtora e Terraplenagem Ltda, torna público que requereu ao IAP Licença Prévia para Usina de Asfalto à rodovia PR-323, s/n, município de Perobal-PR.

FASA AMÉRICA LATINA PARTICIPAÇÕES SOCIETÁRIAS S/A CNPJ nº 13.151.358/0001-67 Junta Comercial do Paraná NIRE nº 41300083347 ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA Data, Horário e Local: Aos 27 (vinte e sete) dias do mês de Outubro de 2011 (dois mil e onze), às 10:00 horas, na sede social da Companhia, na Rua Marechal Deodoro, nº 497, Sala 25, 2º Andar, Curitiba – PR, CEP 80.020-909. Presenças: a totalidade dos sócios. Convocação: Dispensada, face à presença da totalidade dos acionistas. Mesa: Presidente – Valdir José Federhen; Secretário – Daniel Antônio Zarth. Ordem do Dia: (i) deliberar sobre o Balanço Intermediário e os resultados do período entre 01 de Janeiro e 30 de Setembro de 2011; (ii) deliberar sobre destinação dos resultados do período; (iii) deliberar sobre a distribuição de dividendos. Deliberações Tomadas por Unanimidade: (i) depois de examinadas e discutidas, as Demonstrações Financeiras Intermediárias e todos os demais documentos legais relativos ao período entre 01 de Janeiro e 30 de Setembro de 2011, foram as mesmas aprovadas, sem restrições; (ii) o lucro líquido do período, no valor de R$ 19.227.998,45 (dezenove milhões, duzentos e vinte e sete mil, novecentos e noventa e oito reais e quarenta e cinco centavos), será levado integralmente a conta de Reserva de Lucros a Realizar; (iii) os acionistas, todos presentes, deliberaram que quando os lucros se realizarem serão convertidos integralmente em dividendos e serão pagos aos acionistas existentes em 30/09/2011. Encerramento: Lavratura e Leitura da Ata: foi oferecida a palavra a quem dela quisesse fazer uso. Ninguém se manifestando, foram encerrados os trabalhos e suspensa a reunião pelo tempo necessário à lavratura desta ata em livro próprio. Reaberta a sessão, foi a ata lida, aprovada e por todos os presentes assinada. Acionistas presentes: FAROS Participações Ltda. e Valdir José Federhen. Está de acordo com o original. VALDIR JOSÉ FEDERHEN, Presidente. DANIEL ANTÔNIO ZARTH, Secretário. JUNTA COMERCIAL DO PARANÁ. Certifico o registro em: 23/11/2011, sob número: 20114014248. Protocolo: 11/401424-8, de 07/11/2011. Empresa: 41 3 0008334 7 FASA AMÉRICA LATINA PARTICIPAÇÕES SOCIETÁRIAS S/A. SEBASTIÃO MOTTA, SECRETÁRIO GERAL.

Edital de Praça e Leilão: dia 13/01/2012 e 10/02/2012, às 09:30h = Local: Rua Senador Acciolly Filho, 1625-Cic-Curitiba-Pr: Paulo Setsuo Nakakogue, Leiloeiro Público Oficial, matricula nº 625, devidamente autorizado pelos Srs. Drs. Juízes do Trabalho, no exercício da Titularidade das Varas Trabalhistas, venderá, em público Leilão, conforme Art. 888 da CLT, no dia, hora e local supracitados,os bens objetivo de penhora das ações trabalhistas, nas condições indicadas neste Edital, a seguir descritos: Juiz do Trabalho, Dr. José Aparecido dos Santos, da 017ª Vara do Trabalho de Ctba a saber: Autos nº 08910-2005-651-09-00-6: Adriane Ligmanowski X Pierri Jr. Arquitetura X Julia Fridlund Pierri X Magali Ivone Fridlund Pierri; 01 Piano marca M. Schuwartzmann, tamanho médio, em razoável estado.R$ 4.000,00;01 Mesa de mármore italiano, em tom rosa,medindo aproximadamente 2,20m x 0,40 metros R$ 7.000,00; Total R$ 11.000,00; Autos nº 99838-2005-651-09-00-8: José Pedro Padilha de Lima Junior X Marco Antonio Rocha Pie(ME); 01 Prensa excêntrica, fabricante Harlo Ind. Brasileira, cor verde, capacidade de 20 ton., para corte e estampagem de peças Metálicas, equi pada com motor de 5CV, usada, porém em condições de uso. R$ 10.500,00;01 Serra policorte, própria para corte de alumínio,fabricante Cortesa, para disco de 10 polegadas, sobre estrutura de ferro, equipada com motor, chave e ainda, com caixa redutora instalada na parte inferior, sendo usada, porém em funcionamento e uso normal. R$ 1.800,00;01 Furadeira de bancada, com mandril de 5/8 polegadas, fabr. Motomil, equipada com motor, sobre estrutura de ferro,usada, em funcionamento normal, cor cinza.R$ 1.000,00;01 Furadeira FUNDEMAQ helmo, com mandril de 5/8 polegadas, de bancada cor verde e azul, montada, sobre estrutura de metálica (ferro), usada, em condições de uso.R$ 800,00;01 Compressor, estimado 10 pés cúbicos(volume), equipado com filtro e motor GE de 2 HP (220/380V), usado, em funcionamento e uso normal.R$ 1.400,00;Total R$ 15.500,00; Autos nº:05740-2005-651-09-00-8: Maria Angela Macanha X Ótica Visão Ltda X AFL Comércio de Produtos Opticos Ltda; Loja e sobre loja nº 26, antigos nº 102 e 202 da Rua Emiliano Perneta do Edifício Santa Adélia, cujas características e confrontações encontram-se descritas na Matrícula 2620 do Registro de imóveis da 6ª Circunscrição de Curitiba, com área de 337,50m2, avaliado o M2 em R$ 2.100,00 para a Região. R$ 708.750,00; Ônus na prefeitura não consta Débito até 23/12/2011, Condomínio R$ 8.354,07 até 23/11/2011; Autos nº 02000-2009-651-09-00-3: Cristiane Zapoctoczny Fidelis x Terceira Geração Tricot Confecções Ltda x Malharia Ivela Ltda; 55 Blusas,100 % Acrílico diversas cores e tamanho: P, M, G e GG,masculina, manga comprida com zíper de 30 cm. na Gola,fio 2,28 cada uma avaliada em R$ 80,00. Total R$ 4.400,00; Autos nº08423-2007-651-09-00-5: Antonio Marcos Reis Carlos e Outros (2) x Cattalini Transportes Ltda;Lote de terreno denominado Gleba B-6, com a área total de 44.230,00m², com indicação fiscal 87-252-006.000-8 do cadastro municipal,situado no Bairro Portão, medindo 100,71m de frente para a Rua João Bettega,cujas características e confrontações encontram-se descritas na matrícula 33.328 do Registro de Imóveis da 6º Circunscrição de Curitiba.(Descrição conforme o Termo de Penhora). Conforme a matrícula este imóvel possui as seguintes benfeitorias: Edificação da Administração: construção em alvenaria, com área construída de 706,38m2; Edifício das Oficinas de Manutenção: pavilhão industrial,com área construída de 4.790,15m2 em alvenaria; garagem: construção com área de 745,60m2 de alvenaria;lavadores, lubrificadores e depósito com área construída total de 403,56m2 de alvenaria. Conste-se que conforme Guia Amarelo a área total construída é de 9.745,50, portanto descrevo a seguir todas as construções encontradas no local (inclusive as descritas na matricula,sendo todas as medidas aproximadas, que se aproximam mais da área descrita na Guia Amarela:1) Portaria em alvenaria, com aproximadamente 60m2; 2) Área coberta para guarita, com aproximadamente 64m2; 3) Área coberta para posto,de abastecimento com aproximadamente 60m2; 4) Construção em alvenaria para lavar caminhões, com aproximadamente 410m2; 5) Construção em alvenaria,com aproximadamente 180m2;6)Área coberta para garagem, com aproxima-damente 720m2;7) Construção em alvenaria, mau estado para depósito,com aproximadamente 500m2; 8) Área coberta para descontaminação, com Aproxima- damente 200m2, já incluindo na lateral a construção em alvenaria para casa de máquina; 9) Construção em alvenaria,para caldeira, com aproximadamente 45m2; 10) Barracão aberto em alvenaria, em mau estado,com aproximadamente 175m2; 11) Barracão em alvenaria/pavilhão industrial em regular, com aproximadamente 6.000m2; 12) Construção em alvenaria,com aproximadamente 55m2; 13) Construção em alvenaria,para casa de força,com aproximadamente 36m2;14) Construção em alvenaria,em bom estado,para escritórios,com aproximadamente 700m2; 15) Construção em bom estado, para escritórios,com aproximadamente 222m2; 16) Caixa de água.total R$ 38.000.000,00; (3*) HBB; (4*) HBBB; (5*) ABCB; (6*) INSS; (7*) VEF; (8*) VFPFCCC; (9*) VFCC; (10*) VFPEAAEF; (11*) VTC; (12*) VCCC; (13*) INMNQII;(14*) U; (15*) VFPESP;Ônus na Prefeitura R$ 2.852.842,79 até 23/11/2011; PRÉ-REQUISITOS: Ficam cientes as partes litigantes e seus procuradores,bem como terceiros interessados em participar na Hasta Pública designada, de que a Praça e Leilão serão realizados em um único pregão, sendo que, apregoados os Bens e não havendo licitantes pelo valor equivalente a avaliação constante no Edital, os referidos Bens serão imediatamente Vendidos Pelo Maior Lance Ofertado. Os Bens Móveis e Imóveis serão Leiloados no Estado de Conservação em que se encontram; nos Imóveis a venda é “ad-corpus”, as imagens no SITE ou FOLDERES são estritamente ilustrativas; uma vez Comprados, serão considerados Vistoriados pelos Arrematantes, Não cabendo Reclamações, Desistência, Cancelamento, Devoluções do Lanço e da Arrematação do Bens; É de total responsabilidade dos Arrematantes: Ônus(1*): TODOS ÔNUS/IMPOSTOS/DÍVIDAS/MULTAS em especial de IPTU e CONDOMINIAIS (obrigações denominadas “propterrem”) constantes no Edital e/ou informadas antes da hasta publica, são assumidas de forma Clara e Inequívoca pelo interessados em oferecer o Lanço em Hasta Pública,estando plenamente cientes de que os ônus seguirão o imóvel e serão de total e exclusiva responsabilidade do Arrematante ou Adjudicatário,não se admitindo sub-rogações ou deduções dessas dívidas/multas no preço de Arrematação, conforme artigo 686,inciso V, do CPC; São igualmente de responsabilidade do Arrematante adjudicante TRANSFERÊNCIA/OUTRAS/DESPESAS incidentes sobre arrematação,tais como: Funrejus=0,2% sobre valor do ônus existentes ou valor arrematado, limitado ao valor teto, Lei Estadual 11.960/97; ITBI, Laudêmios, taxas, alvarás, emolumentos de cartório, escrituras, registros, averbações, hipote- cas,penhoras,dividas,Ônus gravado/ declarados,gravames,alienações,Impostos carrega mento, frete, seguro;Despesas do Leilão:Publicação dos Editais,honorários do Leiloeiro, despesas acessórias pendentes sobre o bem demais despesas e erratas informadas no Edital e/ou na Praça e Leilão; Venda a Prazo: a critério do Juízo da execução, com a anuência do Credor, o interessado poderá consignar proposta a prazo, em Leilão, Não havendo venda a vista, observado o imediato depósito do sinal de, no mínimo de 40% do lanço imediato e saldo em parcelas mensais, iguais, acrescidos Juros, Correções e demais garantias a critério do Juízo, a parcela inicial vencerá 30 dias do Leilão.O arrematante ficará como Fiel Depositário sempre observado Art.215 ao Art.221 do provimento Geral da Corregedoria Regional do Trabalho 9º região.Para ofertar propostas a prazo, deverá o licitante anunciar expressamente, tal condição de pagamento ao ofertar o seu lance. Exceto, nos AUTOS levados a Hasta Pública pela 17ª Vara do Trabalho de Curitiba, que, quem tiver interesse em adquirir o IMÓVEL em prestações, deverá:a) APRESENTAR a respectiva proposta por escrito até a véspera do leilão, observadas as condições impostas pelo art. 690 do CPC; b) DEPOSITAR previamente em juízo 30%(trinta por cento) do valor de avaliação do imóvel; c) COMPROVAR nos autos o respectivo depósito, sob pena de rejeição liminar da proposta. Se deferida a proposta,o restante da dívida ficará garantido por hipoteca sobre o próprio imóvel. Sobrevindo dúvida razoável do leiloeiro sobre quem seja o vencedor, deverá o leiloeiro receber o pagamento de quem ofertou o melhor lance em leilão e submeter o caso à deliberação do Juiz, que decidirá a questão, dando o bem por arrematado pelo apresentante do melhor lanço ou da proposta prévia mais conveniente, conforme o caso (CPC, art. 690); Comissão de Leilão, sempre será devida ao Leiloeiro Oficial, pelo simples ATO PRATICADO(Decreto Federal nº 21.981/32),assumindo,o arrematante ou,o adjudicante ou o remitente, o ônus desta despesa; não sendo devolvido em nenhuma hipótese; Lançador: Poderá ser registrado na Certidão de Praça e Leilão,o último e o penúltimo Lançador do Leilão; Se o último não cumprir as formalidades legais, o penúltimo poderá ser chamado, a critério do Juízo, desde que,o mesmo cumpra as condições do último lançador; Erratas,Ônus e Despesas informadas/anunciadas antes da realização da Hasta Pública integram o Edital de Leilão, como pré condição Irretratável/ irrevogável aceita e acordada pelos participantes do LEILÃO; Os pagamentos efetuados em cheques, serão considerados pagos, após a compensação dos mesmos; Ficam intimada(os) as(os) executada(os) de que o prazo para apresentação de quaisquer medidas processuais contra os atos de expropriação como embargos ou recursos começará a fluir 5(cinco) dias da realização da Hasta Pública, Independentemente de nova Intimação; Caso os Exeqüentes, Executados,Sócios/Equiparados e Cônjuges não sejam encontrados ou cientificados, por qualquer razão, da data de Praça e Leilão, valerá o presente Edital de Intimação de Praça e Leilão; Para Participação no Leilão: É pré-requisito que os Interessados reconheçam e concordem com Edital e Condições informadas na Praça e Leilão; LEGENDA;(3*) HBB; Hipoteca do Banco do Brasil S.A.;(4*) HBBB; Hipoteca do Banco Bamerindus do Brasil Sociedade Anônima.(5*) ABCB; ABC BULL S/A(6*) INSS; Instituto Nacional do Seguro Social – INSS;(7*) VEF; Vara de Exceções Fiscais; (8*) VFPFCCC; Vara da Fazenda Publica Falências e Concordatas da Comarca de Curitiba.;(9*) VFCC; Vara da Fazenda da Comarca de Curitiba.;(10*) VFPEAAEF; Vara da Fazenda Publica extraído dos Autos de ações de Executivo Fiscal;(11*) VTC; Vara do Trabalho de Curitiba;(12*) VCCC; Vara Civil da Comarca de Curitiba;(13*) INMNQII; Inst. Nac. de Metrologia, Normalização e qualidade Indl. Inmetro; (14*) U; União;(15*) VFPESP; Vara da Fazenda Publica do Estado de São Paulo.

API - Associação Paranaense de Imprensa Fundada em 31 de Outubro de 1934 Utilidade pública estadual

16º Tabelionato de Notas e 4º Ofício de Registro Civil Rua Voluntários da Pátria, 104, 1º Andar, Centro – Curitiba-PR Fone/Fax: 3233-2444 Faço saber que pretendem casar-se: AURELIO JOSÉ DOS SANTOS E VANESSA PRATE , JOSÉ XAVIER SILVA FILHO E MONIQUE RIBEIRO JORGE, LUIZ HENRIQUE CAMARGO E AMMANDA XAVIER SILVA, LUCAS FERNANDO ARRUDA E KASSYA DE PAULA PRESTES, JOAQUIM RAPHAEL LIMA DE ARAUJO E MARIANE CATIA ILIBRANTE, RONALDO ADRIANO DE OLIVEIRA E KARLA REGINA LEITE CORDEIRO, apresentaram os documentos exigidos pelo art. do CCB e se alguém souber de algum impedimento oponha-o na forma da lei do prazo de quinze (15) dias. Este será afixado no lugar de costume e publicado na imprensa local. Curitiba, 09 de dezembro de 2011. Eloirde Salette V. de Lara Escrevente. 1º Ofício do registro Civil 13º Tabelionato Leão Bel. Ricardo Augusto de Leão - Oficial Trav. Nestor de Castro, 271 - CEP 80.020-120 Centro - Curitiba - PR EDITAL DE PROCLAMAS Faço saber que pretendem casar-se: 1 - MICHAEL ALEXANDER CRUZ e PRISCILA CONYVOLIC. Se alguém souber de algum impedimento, oponha-o na forma da Lei, no prazo de 15 dias. Lavro o presente Edital de Proclamas para ser publicado e afixado em lugar de costume. CURITIba, 09 DE DEZEMBRO de 2011

EDITAL DE CONVOCAÇÃO ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA NEGOCIAÇÃO COLETIVA SINDICATO DOS TRABALHADORES EM CEMITÉRIOS, CREMATÓRIOS E EMPRESAS CONGÊNERES DO ESTADO DO PARANÁ - SINTRACECREM, por seu Presidente infra-assinado, no uso de suas atribuições legais e estatutárias, convoca a todos os trabalhadores em cemitérios, crematórios e empresas congêneres do Estado do Paraná, para Assembléia Geral Extraordinária a ser realizada no dia 30 de dezembro de 2011, na rua Nicolau José Gravina, 541, Bigorrilho— Curitiba — PR, em primeira convocação, as 19:00 horas. Não sendo obtido o quorum em primeira convocação, a assembléia será instalada em segunda convocação, 1 (uma) hora após – as 20:00 horas - , tudo em conformidade com os artigos 612, 615 e 859 da CLT; considerando-se aprovadas as deliberações tomadas pela maioria, a fim de ser estudada, discutida e colocada em votação a seguinte ORDEM DO DIA: 1) Discussão e aprovação pela categoria da data-base para Janeiro; 2) Pronunciamento sobre a conveniência de serem estabelecidas condições de trabalho e de salário para a categoria profissional, sob à égide de representação deste Sindicato, fixando-se em hipótese afirmativa, as cláusulas de natureza jurídica e de natureza econômica que deverão compor a proposta reivindicatória a ser formulada, tanto para Convenção quanto para Dissídio Coletivo de Trabalho; 3) Autorização para o Sindicato estabelecer negociação direta com o SINDICATO PATRONAL (SINCEPAR- SINDICATO DOS CEMITÉRIOS PARTICULARES DO ESTADO DO PARANÁ), bem como autorização para estabelecer negociação direta com as empresas do setor econômico, objetivando a realização de Convenção Coletiva de Trabalho e Acordo Coletivo de Trabalho; 4) Autorização para o Sindicato, suscitar Dissídio Coletivo de Trabalho perante o Egrégio Tribunal Regional do Trabalho da Nona Região; 5) Discussão e deliberação dos descontos salariais a título de contribuições assistenciais e financeiras ao sindicato; 6) Autorização para que o Sindicato, possa adaptar,’ modificar, suprimir ou acrescentar qualquer das reivindicações acima para efeito de negociação ou Dissídio Coletivo de trabalho; 7) Autorização para que o Sindicato possa DEFLAGRAR GREVE da Categoria caso restarem frustadas as negociações conciliatórias. Curitiba, 1º de março de 2011. Márcia Bertolotte Faria Gomes Presidente - SINTRACECREM

AÇÃO DE BUSCA E APREENSÃO EM ALIENAÇÃO FIDUCIÁRIA Nº 501082481.2010.404.7000/PR AUTOR : CAIXA ECONÔMICA FEDERAL - CEF RÉU : LOURDES JURAVSKI URNABEK EDITAL N.º 5727359 EDITAL DE CITAÇÃO - PRAZO 30(TRINTA) DIAS O Doutor Cláudio Roberto da Silva, Juiz Federal Substituto da Segunda Vara Federal Cível da Seção Judiciária do Paraná, na forma da lei, F A Z S A B E R, aos que o presente virem ou dele conhecimento tiverem, que tramitam neste Juízo Federal os autos da Ação de Busca e Apreensão em Alienação Fiduciária nº 5010824-81.2010.404.7000, em que figura como autora a CAIXA ECONÔMICA FEDERAL, inscrita no CNPJ/MF sob nº 00.360.305/000104 e ré LOURDES JURAVSKI URBANEK, brasileira, casada, portadora da CI nº 3.448.020/SSP-SC, inscrita no CPF/MF sob nº 973.913.019-49. E, constando dos autos encontrar-se a ré em LUGAR INCERTO E NÃO SABIDO, na forma do artigo 232, inciso IV, do Código de Processo Civil, pelo presente fica a ré devidamente CITADA, do inteiro teor do despacho proferido no evento 42, para, no prazo legal, apresentar resposta ou purgar a mora, nos termos da inicial, cujo prazo começará a fluir após o prazo deste edital. DESPACHO EVENTO 42: ‘Resultaram infrutíferas todas as diligências realizadas no sentido da localização da requerida, conforme se observa dos autos. Diante disso, defiro o pedido formulado pela CEF no evento 39, determinando a expedição de edital de citação da requerida, com prazo de 30 dias, para apresentar resposta ou purgar a mora, no prazo legal, nos termos da inicial, cabendo à CEF comprovar a sua publicação respectiva. Intime-se. Curitiba, 27 de outubro de 2011 (a) Cláudio Roberto da Silva - Juiz Federal Substituto.’ Intimem-se. Curitiba, 10 de dezembro de 2008 (a) Gisele Lemke - Juíza Federal.’ E para que cheque ao conhecimento de todos e ninguém possa alegar ignorância, determinou o MM. Juiz Federal Substituto que se expedisse o presente edital, o qual será afixado no lugar de costume e publicado na forma da lei. Expedido nesta cidade de Curitiba, Capital do Estado do Paraná, aos vinte e seis dias do mês de novembro do ano de dois mil e onze, por Eliana C.P.Machado, Supervisora de Processamento, conferido por Marluz Augusto Magierski, Diretor de Secretaria da 2ª Vara Federal Cível. Cláudio Roberto da Silva Juiz Federal Substituto EXECUÇÃO DE TÍTULO EXTRAJUDICIAL Nº 2004.70.00.022775-0/PR EXEQUENTE : CAIXA ECONOMICA FEDERAL - CEF ADVOGADO : MAURICIO PIOLI EXECUTADO : ANTONIO EDUARDO DI PIETRO : CYBELE ANDRADE SO LOPES DI PIETRO ADVOGADO : OSMANN DE OLIVEIRA EDITAL N.º 5668910 EDITAL DE LEILÃO O DOUTOR MARCELO MALUCELLI, JUIZ FEDERAL DA 3ª VARA, CIRCUNSCRIÇÃO JUDICIÁRIA DE CURITIBA, SEÇÃO JUDICIÁRIA DO PARANÁ, NA FORMA DA LEI, ETC. FAZ SABER, a todos os que o presente edital virem, ou dele conhecimento tiverem, que será levado a público pregão de venda e arrematação, nos dias 16/01/2012 e 26/01/2012, às 15 horas, respectivamente, primeira e segunda praça, o bem móvel penhorado nos supramencionados autos, a ser realizado na sede deste juízo, sito a Av. Anita Garibaldi, nº 888, 4º andar, ficando os executados por este meio intimados, caso não sejam encontrados pessoalmente. BEM A SER LEILOADO : “Lote de terreno sob nº 4 da quadra 90 da Planta Jardim San Diego, situado no Alto Itupava, nesta cidade, medindo 15,00m de frente para a rua nº 2, atualmente denominada rua Prof. Manoel Vieira de Alencar; pelo lado direito de quem da rua olha o lote confronta com o lote nº 3, na extensão de 30,20m, do lado esquerdo confronta com o lote nº 5, na extensão de 30,20m e nos fundos com o lote nº 17, na extensão de 15,00m, com a área de 453,00m2, contendo uma casa de alvenaria de frente para a rua Prof. Manoel Vieira de Alencar, 362. Indicação fiscal: setor 36, quadra 103, lote 004.000-6 do Cadastro Municipal. Matrícula nº 24.688 do Cartório de Registro de Imóveis da 3ª Circunscrição de Curitiba, PR”. AVALIAÇÃO TOTAL : R$ 430.559,00 (quatrocentos e trinta mil, quinhentos e cinqüenta e nove reais), em 02/2010. DEPOSITÁRIO: Cybele Andrade Só Lopes Di Pietro. ÔNUS: Primeira e especial hipoteca (R-7/24.688). ENCARGOS: custas de arrematação e comissão de leiloeiro. RECURSO PENDENTE DE JULGAMENTO: Não há. DEMAIS INFORMAÇÕES : na Secretaria da 3ª Vara Federal, sito na Av. Anita Garibaldi, nº 888, 4º andar, Ahú, das 13:00 às 18:00hs. E para que chegue ao conhecimento de todos, mandou o MM. Juiz, expedir o presente EDITAL, que será publicado na forma da lei e afixado no local de costume. DADO E PASSADO nesta cidade de Curitiba, Paraná, aos 16 de novembro de 2011. Eu, Marcio Barbosa, Técnico Judiciário, digitei e vai conferido pela Diretora da Secretaria da Terceira Vara Federal e.e. Marcelo Malucelli Juiz Federal

ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA 16DEZ2011 Nos termos do Estatuto Social, ficam os associados convocados para a Assembleia Geral Extraordinária destinada à eleição dos órgãos dirigentes, cf. a seguir: Dia:

16 de dezembro de 2011, 6ª.feira

Hora: Das 10,30 às 17,00 hs. Local: Sede provisória, Rua José Loureiro, 464, 4º a., cj. 44, Curitiba Ordem do dia: 1. 2.

Eleição dos órgãos dirigentes da Associação Outros assuntos:

A - Palestra do Dr. Gil Xavier, presidente da Associação Paranaense dos Magistrados B - Outros assuntos de interesse associativo. Obs.: Para a instalação dos trabalhos observar-se-á o disposto no Estatuto, art. 12, parag. 4º (às 10,30 hs - primeira chamada com presença da maioria dos associados; às 11,30 hs – com qualquer número). Curitiba, 9 de dezembro de 2011. Rafael de Lala, Presidente da Diretoria Elias Tisato, Secretário “ad hoc”. RJS-2000 HOLDINGS LTDA. CNPJ/MF no 07.152.652/0001-90 – NIRE 41.2.0538028-3 Resolução de Sócios em 30/11/2011 Pelo presente instrumento, os Sócios abaixo assinados, representando a totalidade do Capital Social da Sociedade Empresária Limitada denominada RJS-2000 Holdings Ltda. (a “Sociedade”), com sede na Rua Prefeito Ângelo Ferrário Lopes, no 1.713, Hugo Lange, CEP 80040-252, na cidade de Curitiba/PR, inscrita no CNPJ/MF sob o no 07.152.652/0001-90, com seu contrato social devidamente registrado na Junta Comercial do Estado do Paraná – JUCEPAR sob o NIRE 41205380283, em sessão de 24 de dezembro de 2004, RESOLVEM reduzir o seu Capital Social em R$2.700.000,00 (dois milhões e setecentos mil reais), com o consequente cancelamento de 2.700.000 (dois milhões e setecentas mil) cotas de capital, com fundamento no inciso II do art. 1082 da Lei no 10.406/2002, nas seguintes condições (a) As cotas de capital canceladas pertencem ao sócio João Jurandir de Souza, que receberá o valor correspondente em imóveis, classificados na conta 125.20.008 do Plano de Contas Geral Contábil, pelo seu valor contábil de R$1.002.975,28 (hum milhão, dois mil, novecentos e setenta e cinco reais e vinte e oito centavos), sendo que a diferença de R$1.697.024,72 (hum milhão, seiscentos e noventa e sete mil, vinte e quatro reais e setenta e dois centavos) será compensada com parte do saldo credor de contrato de mútuo da sociedade com este sócio. (b) A redução de capital ora deliberada será objeto de Alteração Contratual específica, que será celebrada e levada a registro na Junta Comercial do Paraná em 90 (noventa) dias contados da publicação desta deliberação no Diário Oficial do Estado do Paraná e no Jornal Indústria e Comércio, conforme preceitua o art. 1084 e seus parágrafos, da Lei no 10406/2002. Destarte, o caput da cláusula 3.1. do Contrato Social deverá ser alterado para a seguinte redação: O capital social é de R$300.000,00 (trezentos mil reais), totalmente integralizado, dividido em 300.000 (trezentas mil) quotas no valor nominal de R$1,00 (um real) cada uma, sendo distribuído aos sócios da seguinte forma: João Jurandir de Souza, 299.996 cotas no valor nominal total de R$299.996,00; Erol Roberto de Souza, 1 cota nova valor nominal de R$1,00; Nicolau Salomão Neto, 1 cota nova valor nominal de R$1,00; Rogério Ricardo Bailer, 1 cota nova valor nominal de R$1,00; Rosane Chiesa, 1 cota nova valor nominal de R$1,00. (c) Todos os sócios concordam com os termos da Redução de Capital ora deliberada, e comprometem-se, por si e por seus sucessores, a firmar a Alteração Contratual necessária, para registro na Junta Comercial do Paraná, instruindo-se o pedido de arquivamento com as certidões exigidas pela Instrução Normativa no 115/2011, do DNRC, e com a comprovação da publicação desta Ata. (d) A presente RESOLUÇÃO dispensa a realização da reunião de sócios, nos termos do artigo 1072, § 3o, da Lei no 10406 de 10/01/2002, e Cláusula 5.7 do Contrato Social, in fine. Por ser verdade e por corresponder à livre manifestação da vontade dos sócios sobre seus direitos disponíveis, assinam a presente RESOLUÇÃO em 3 (três) vias de igual teor e forma, para que produza efeitos entre os sócios e entre estes e a Sociedade. Curitiba, 30 de novembro de 2011. Assinaturas: João Jurandir de Souza, sócio; Erol Roberto de Souza, Sócio e Administrador; Nicolau Salomão Neto, sócio; Rogério Ricardo Bailer, sócio e Rosane Chiesa, sócia.

Empresas & Produtos Michael Jennissen assume direção da Eismann no Brasil

O alemão Michael Jennissen, acaba de assumir o cargo de Diretor de Operações da Eismann no Brasil, líder no mercado europeu de alimentos ultracongelados e primeira do Brasil com atuação na venda direta. O objetivo é unificar a operação de negócios da empresa em Curitiba e iniciar em breve uma forte expansão. “Estamos cada vez mais fortalecendo nosso negócio em Curitiba. Por isso, queremos aprimorar ainda mais nossos serviços e unir a cultura de negócios alemã com a brasileira”, diz. O Diretor da Eismann destaca que os 30 primeiros caminhões fazem parte da etapa teste na empresa na capital paranaense. Explica e em breve o serviço estará disponível em outras cidades.

Estudantes da FAE gerenciam oficinas no Encomex

Curitiba sediou o 3º Encontro de Comércio Exterior do Mercosul (Encomex Mercosul), evento que reuniu 21 expositores do Paraná e outro três de Santa Catarina, além de autoridades, economistas e empresários, com um público total estimado em cerca de 1.000 pessoas. A FAE Centro Universitário enviou estudantes dos cursos de Negócios Internacionais e Administração para gerenciar diversas oficinas e também para acompanhar algumas empresas convidadas durante os dois dias do evento, com a supervisão do professor da FAE Joaquim Brasileiro. Segundo a coordenadora de Assuntos Internacionais da Secretaria da Indústria, do Comércio e Assuntos do Mercosul, Aline Albano, que também participou do Encomex, as empresas convidadas já realizam exportações com cases de sucesso ou participam de algum projeto do Governo Federal, como o “Primeira Exportação”, por exemplo. “O principal objetivo desse projeto é aproximar a iniciativa privada do governo, permitindo que o empresariado conheça as opções comerciais de exportação”, destaca. No Paraná, o “Primeira Exportação” começou a ser desenvolvido no início desse ano, numa parceira entre o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) e a FAE Centro Universitário.

Investimento de mídia digital proporciona resultados positivos para empresas

A concorrência acirrada faz parte do mercado consumidor atual, com isso as empresas vêem buscando meios de divulgação da marca e para as empresas curitibanas é possível investir em um dos veículos de comunicação mais modernos a mídia digital out of home do canal POSmídia. A POSmídia - canal digital de mídia out of home, tem como local de veiculação os salões de beleza de maior qualidade da capital paranaense como Lady Lord (Shopping Curitiba, Omar, Augusto Stresser, Swimex, Mueller e Anita Garibaldi) , Vimax, Beauty Center Frank d`Ferran (Clube Curitibano e Shopping Novo Batel). Com uma carteira de clientes como Grupo Thá, Datelli e a Ice Watch que apostam nesta mídia alternativa.

Paraná atinge meta de qualificação de magistrados

A Escola da Magistratura do Paraná (EMAP) realiza nos dias 12 e 13 de dezembro o segundo Curso Regional de Aperfeiçoamento para Magistrados sobre Administração Judiciária - Gestão de Pessoas. Com a realização dessa capacitação o Tribunal de Justiça do Paraná vai cumprir a meta de qualificação de juízes em administração judiciária. Essa exigência faz parte da Meta 8 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que estabelece a promoção de cursos de capacitação em administração judiciária para pelo menos 50% dos juízes do Estado. Segundo o presidente da Escola Nacional de Magistratura (ENM), juiz Roberto Portugal Bacellar, que irá ministrar o curso, a capacitação continuada do magistrado é fundamental para a melhoria do serviço prestado.


Eutruco vocêRetruca Aleluia! Aleluia! Aleluia!

Já, em algumas oportunidades passadas, comentei que foram poucas as vezes que fui mencionado ou questionado sobre temas tratados por mim, aqui nesta coluna, com o título acima! Principalmente depois que parei de escrever em favor do Voto Distrital, quando tive, aí sim, várias manifestações de apoio e algumas contestações, fatos que considero naturais! Mas, depois de criada a coluna EU TRUCO E VOCÊ RETRUCA, na qual tenho comentado ou emitido opiniões pessoais sobre assuntos diversos, em meu entender sérios, até recentemente não havia sido RETRUCADO ou seja, contraditado! Cheguei a ficar na seguinte dúvida: será que não tenho contestadores ou nem sou lido? Daí o titulo de hoje: Aleluia, Aleluia, Aleluia, acabando o jejum e comemorando o primeiro..”.você retruca” que recebi! Fui contestado, por telefone, a poucos dias passados, sobre o artigo que escrevi, TURISMO: INDUSTRIA FANTÁSTICA E SEM POLUIÇÃO, que foi publicado neste jornal, no dia 21/11/2011, quando sugeri a OFICIALIZAÇÃO DO JOGO, com abertura de cassinos de 1ª., com shows de alto nível,etc, com o objetivo de aproveitar as nossas riquezas naturais e obter, com a maximização da atividade turística, o embalo para estimular o surgimento de mais recursos financeiros, para as nossas necessidades, sem precisar aumentar impostos,etc,etc! Não estou inovando: isto já existe pelo mundo afora! Gestão é uma coisa e imposição é outra! Pedi à pessoa que me telefonou, minha amiga, que me enviasse um e-mail. Assim eu poderia refletir mais profundamente sobre o que ouvira dela, pois não queria correr o risco de fazer “interpretações equivocadas”, tendência natural do gênero humano ao defender seus “pontos de vista”! Ela justificou por que não o faria e eu, nem poderia ser diferente, aceitei! Isto, porém, indicava que estava sendo lido(boa notícia para mim: já tive pelo menos hum leitor, além de mim, o próprio autor). Aleluia! Para um aprendiz como eu, isto já significava alguma consideração e até uma oportunidade! Algumas vezes, nem tanto quanto outros articulistas, mestres na arte de escrever, recebi alguns e-mails, telefonemas e em eventuais saídas minhas lá pela Boca Maldita, onde frequentei muito pouco, fui abordado por alguns conhecidos, me cumprimentando pelo que haviam lido nos artigos que publiquei,mas sobre o Voto Distrital, sobre o qual já escrevi 24 capítulos, um por semana! Agora, até ficava em dúvida. Será que não estou minimamente agradando? Lia, ratifico, em outras colunas tantas referências, mencionadas por seus autores, sobre Infindáveis manifestações de leitores sobre as suas respectivas publicações que isto me deixava na incerteza: continuo ou paro? Depois da criação desta coluna, com este titulo, e nunca ter sido retrucado, confesso, deixava-me com um sentimento desconfortável! Estarei não sendo útil ou tudo que escrevo , é incontestável? Vaidade é vaidade...e só não a tem... os mortos! Ou tem, também? Hoje estou me sentindo melhor(saí do anonimato) e agradeço a você, meu primeiro contestador. Vou tentar lhe explicar, mesmo sinteticamente, o que você contestou. Vamos lá? Você me disse que, por mais bem pagos, quando o ”cara” tem tendência para ser ladrão, não haverá salário, por melhor que seja, que evite a inclinação do “mau caráter” para esta prática da “mão leve”! Esta afirmação foi feita para demonstrar a inutilidade do que eu propus ou seja: em cada cassino uma unidade da Receita Federal para fiscalizar a integral honestidade vigente naquele local! Meu caro amigo e crítico: não será pela já comprovada infidelidade em muitos matrimônios, que deveremos eliminar a existência desta entidade, o casamento donde surgem, até, as “famílias mais nobres”! Seria o mesmo que “matar a vaca para acabar com as pulgas que a sugavam”! O gênero humano tem uma índole dificílima de ser conduzida, principalmente no que tange a atividade que garante a nossa sobrevivência: a prática sexual, sobretudo quando praticada entre homens e mulheres! Pela liberdade atual, pela existência da industria “moteleira”, pela preferência física natural, com seus usos e abusos, poderemos ser até vitimas da super-população mundial. Se não for controlada, extinguirá a capacidade do nosso planeta de, até, nos garantir a tal da sustentabilidade, para usar a palavra da moda! Mais ainda e o convido-o a pensar: já imaginou podermos anunciar em TODOS os cantos do mundo: VISITE O BRASIL: VENHA CONHECER, VIVER E CONVIVER, EM SEGURANÇA FISICA E PATRIMÔNIAL, ALGUNS DIAS E NOITES CONOSCO. Frequentar shows e cassinos com esta garantia, não será um “senhor”convite ao mundo, hoje abalado e amedrontado, para nos visitar? Bastará cumprir a lei, as que já existem ou que devam ser criadas ou revistas, mas que, nos dias atuais, parecem ser de “mentirinha”! Será impossível, para nós, apagarmos a mancha que um dia(inicio da década de 1960) a nossa mídia provocou e levou o Presidente da França, Charles De Gaulle, a declarar e com enorme repercussão internacional: “O Brasil é um país que não poderá ser levado a sério”! Sabem quando isto aconteceu? Quando espalhamos pelo mundo inteiro que “por meia dúzia de lagostas”, que estavam sendo roubadas por “piratas” franceses, lá pelos mares do nordeste, o Brasil estava disposto à declarar guerra à França! Os responsáveis por tal ato, leviano e impatriótico, foram “cobrados” pelos prejuízos, éticos, morais e financeiros, que causaram á nossa Pátria? Com uma ação bem planejada, o turismo poderá contribuir enormemente para a canalização de muitos recursos para o Brasil. Deles precisamos e muito, para sanarmos as grandes deficiências e males nacionais! CHEGA DE FALSO PURITANISMO! Só não querem permitir que esta “mina de dinheiro” seja explorada oficialmente, os que a exploram clandestinamente! VOCÊ IMAGINA O “POR QUÊ”? NÃO? ACORDE, MEU AMIGO! *João Carlos Calvo, eng.civil/1954/UFPR e-mail:jcalvo@terra.com.br

Inserção do CPF ou CNPJ na petição é obrigatória Foi publicada no DJE da última terça-feira (06) a Resolução nº 21 do Tribunal Pleno do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, que dispõe sobre a obrigatoriedade de indicar na petição inicial protocolada no âmbito do Poder Judiciário de Mato Grosso o número do CPF ou CNPJ e o endereço completo dos litigantes. O objetivo é garantir a celeridade processual e atender a Resolução nº 46 do CNJ, que dispõe sobre o cadastramento das partes nos processos. Conforme a resolução do Pleno do TJMT, as petições iniciais que não atenderem as novas determinações e que não puderem ser sanadas no prazo de dez dias, contados do ato da distribuição do feito, serão indeferidas, com

posterior devolução dos documentos ao advogado ou à parte, mediante recibo. Excluem-se dessa obrigatoriedade as ações que objetivem registro de nascimento e aquelas em que tal procedimento seja impossível, após análise do magistrado responsável pela distribuição, na Primeira Instância, e pelo relator, na Segunda Instância. As informações prestadas pelos advogados das partes deverão ser fielmente cadastradas nos bancos de dados dos Sistemas Judiciários em uso no Poder Judiciário, servindo como base para pesquisa, inclusive de certidões. Os casos omissos quanto à aplicação desta resolução serão decididos pelo magistrado que presidir a causa.

Justiça&Direito Indústria&Comércio | Curitiba, segunda-feira, 12 de dezembro de 2011 | A8

sindicância

CNJ suspende pagamento de precatório de R$ 18 mi Plenário vai apurar possível infração disciplinar de desembargador

O

Plenário do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) determinou a abertura de sindicância para apurar “possível infração disciplinar” cometida pelo desembargador Paulo Alfeu Puccinelli no pagamento de precatórios do Tribunal de Justiça do Mato Grosso do Sul (TJMS). Além da abertura da sindicância, os conselheiros determinaram a suspensão do pagamento desse precatório (2008.018499-1), no valor de R$ 18 milhões. A decisão foi tomada na 140º sessão ordinária do CNJ, a partir da análise do Pedido de Providências nº 000658838.2009.2.00.0000. O documento solicitava a suspensão do pagamento alegando que houve quebra da ordem cronológica para quitação da dívida. De acordo com a lei, precatórios alimentares de credores maiores de 60 anos e de portadores de doenças graves têm prioridade no pagamento até o limite de aproximadamente 180 salários mínimos. Durante a apuração do caso, constatou-se que o precatório em questão não se enquadrava nessas condições. E, ao atender um título que não se encaixa nessas especificidades, o desembargador pode ter quebrado a ordem da fila de espera. Em 10 de julho de 2009, o TJMS deferiu o pagamento do precatório, no valor total de R$

Com a decisão do Plenário do CNJ, o TJMS terá que suspender pagamento de precatório

25,5 milhões, independentemente da ordem cronológica e com liberação dos recursos via alvará. Sete dias depois, o tribunal estabeleceu acordo entre a parte beneficiária do precatório e a Fazenda Pública de Campo Grande, em que se fixou o crédito em R$ 18 milhões a ser pago em 13 parcelas fixas mensais a partir de 14 de agosto do mesmo ano. Com a decisão do Plenário do CNJ, da última terça-feira (06), o

TJMS terá que suspender o pagamento. O Pedido de Providências em questão teve como relatora a corregedora nacional de Justiça, ministra Eliana Calmon.

Histórico

Em 15 de abril de 2010, o então relator do Pedido de Providências, o conselheiro e corregedor nacional de Justiça, ministro Gilson Dipp, determinou liminarmente a sus-

OAB-ES apoia advogada no recurso em que contesta honorário de R$ 168 O presidente da OAB-ES, Homero Junger Mafra, conseguiu suspender o julgamento de um recurso em que se discute a fixação de honorários aviltantes à advogada da causa. Mafra pediu a suspensão do julgamento, para se habilitar como assistente da advogada. O estado do Espírito Santo foi condenado pela 3ª Vara Criminal de Linhares a pagar a honorários no valor de R$ 168 à advogada e ela apelou. Homero Mafra que estava presente à sessão pediu a palavra e solicitou que fosse suspenso o julgamento e retirado da pauta, para que a Ordem intervenha como assistente. “A Ordem vai defender a dignidade

da profissão”, afirmou o presidente. “Não se pode admitir que os honorários sejam fixados em valores aviltantes. Quando se fixa honorários em R$ 168, que é bem menos que o valor do salário mínimo, o que há é o aviltamento da profissão do advogado. É um desprezo do magistrado pela advocacia”, ressaltou o presidente da seccional. Para Homero Mafra, a “Ordem não pode admitir que seja vilipendiado o trabalho do advogado”. “Por iniciativa do presidente do Conselho Federal, Ophir Cavalcante, há uma campanha nacional de valorização dos advogados a qual a OAB-ES se associa. Por isso,

a necessária intervenção da Ordem para que os honorários sejam fixados em valores compatíveis com a dignidade da profissão”, afirmou.

Campanha

Na XXI Conferência Nacional dos Advogados, realizada em novembro, foi aprovada a Campanha Nacional Contra o Aviltamento dos Honorários Advocatícios. A partir de agora, a OAB funcionará como assistente em todos os processos que tratarem dos honorários para defender o direito que os profissionais da advocacia têm aos honorários de sucumbência. Com informações da Assessoria de Imprensa da OAB-ES.

Contratos e fusões serão mais atraentes para advocacia a partir do próximo ano Contratos internacionais, fusões e incorporações deverão ser um campo propício para atuação da advocacia. É o que diz a maioria dos profissionais do Direito dos maiores e mais renomados escritórios do Brasil, que se encontraram na festa de final de ano promovida pelo Centro de Estudos das Sociedades de Advogados (Cesa), presidido pelo advogado José Luis de Salles Freire, no Jockey Clube de São Paulo. Para eles, a boa fase da economia brasileira e eventos como a Copa do Mundo

e as Olimpíadas irão corroborar para o aquecimento destas áreas. “A área empresarial é sempre atraente para advocacia. Mas, em 2012, este campo deve sofrer um aquecimento em virtude de novas fusões por conta do momento econômico privilegiado que o Brasil vive, atraindo muito capital estrangeiro”, disse Décio Policastro, sócio do escritório Araújo e Policastro Advogados. O advogado ressalta que é preciso estar preparado para aproveitar ao máximo as oportunidades que estão por vir.

“Para se destacar neste campo, é imprescindível estar atualizado. As empresas e os advogados terão que se adequar às novas regras do SuperCade. Além disso, a especialização em arbitragem é um bom negócio. Muitos destes contratos serão resolvidos por esta via”, afirmou Policastro. Para o advogado Antonio Correa Mayer, do escritório Machado Mayer Sendacz Opice Advogados, os próximos anos podem representar um momento ímpar para os negócios da advocacia.

TST afasta regra prescricional para trabalhador rural Em decisão recente, a 2ª Turma do Tribunal Superior do Trabalho afastou a nova regra prescricional para trabalhado rural, conferida pela Emenda Constitucional 28, de 2000. Ao analisar pedido da Cosan – Açúcar e Álcool para que fosse aplicada a nova regra prescricional numa ação trabalhista ajuizada por ex-empregado, o colegiado entendeu que a redução do prazo de prescrição só pode ser aplicada aos contratos firmados após a promulgação da norma. Ou seja, depois de 25 de maio de 2000. No Recurso de Revista, a empre-

sa pediu a aplicação da prescrição quinquenal ao caso. Isso porque a extinção do contrato de trabalho de natureza rural e o ajuizamento da ação pelo empregado ocorreram na vigência da nova lei. A emenda em questão modificou a redação do artigo 7º, XXIX, da Constituição Federal, ao estabelecer prazo de prescrição de cinco anos para os trabalhadores urbanos e rurais, até o limite de dois anos após a extinção do contrato, para pleitear créditos salariais. O relator do caso, ministro Renato de Lacerda Paiva, explicou que o prazo prescricional

instituído pela emenda era inferior ao aplicável anteriormente aos trabalhadores rurais, uma vez que a única prescrição aplicável a eles era a bienal, contada a partir da extinção do contrato de trabalho. Como a emenda é menos benéfica ao empregado rural, já que restringe a concessão de eventuais créditos trabalhistas aos últimos cinco anos do contrato, o relator entendeu que ela não pode ser aplicada a um contrato iniciado antes de sua entrada em vigor da nova norma, apenas às lesões ocorridas a partir da sua promulgação.

pensão imediata dos pagamentos. Dipp também identificou quebra da ordem cronológica no pagamento do precatório e defendeu a apuração da conduta do desembargador Paulo Alfeu Puccinelli devido a expressividade dos valores e ao fato de a dívida executável ter sido transformada em acordo de parcelamento para depósitos diretos ao credor, “à margem do regime constitucional do precatório”.

Gurgel presidirá Associação Ibero-americana de MPs O Brasil conquistou a presidência da Associação Iberoamericana de Ministérios Públicos (Aiamp). Em eleição durante a 19ª AssembleiaGeral Ordinária da Aiamp, o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, foi eleito por unanimidade entre os membros para assumir a presidência da associação no biênio 2012-2014. A Associação Ibero-americana de Ministérios Públicos é composta por 21 países e tem como objetivo estreitar os vínculos de cooperação, solidariedade e enriquecimento profissional entre os Ministérios Públicos ibero-americanos. “Gostaria de agradecer pelo privilégio imenso, a confiança que os procuradores gerais e fiscais depositaram no procurador-geral do Brasil. No próximo ano completo 30 anos de trabalho no Ministério Público e seguramente nesses 30 anos a escolha da presidência da AIAMP constitui a honra maior que recebi e também desafio maior”, afirmou Roberto Gurgel. Em seu discurso de posse, o procurador-geral da República apresentou um plano de atividades baseado na cooperação internacional e também na defesa dos direitos humanos. Roberto Gurgel afirmou que irá cumprir compromissos já assumidos e fortalecer os projetos desenvolvidos pela Aiamp. Entre os temas prioritários citados pelo novo presidente da associação estão o combate ao tráfico de pessoas, maior difusão do manual de boas práticas no combate ao tráfico de drogas, busca da sustentabilidade ambiental, combate aos crimes cibernéticos, fortalecer a comunicação entre os Ministérios Públicos, dentre outros. Gurgel também quer incluir o tema do combate à violência contra a mulher entre as prioridades do próximo biênio e deixou claro que este é apenas um plano inicial.


Negócios Curitiba, segunda-feira, 12 de dezembro de 2011 | b1 | Indústria&Comércio

PARANÁ

Seminário de crédito auxilia pequenas empresas Iniciativa do Sebrae e da FIEP percorreu oito municípios Mais de 120 empreendedores e empresários do município de Astorga, no noroeste do Paraná, tiveram a oportunidade de conhecer diversas linhas de crédito ao participarem, no final de novembro, dos Seminários Regionais de Créditos. A iniciativa é do Sebrae/PR e da Federação das Indústrias do Estado do Paraná (FIEP), em parceria com instituições financeiras e associações empresariais. Gustavo Ishikawa, consultor do Sebrae/PR que coordenou o evento em Astorga, avalia de forma positiva a grande participação de empreendedores e empresários. “Houve uma mobilização significativa, até porque os empresários se interessam por soluções em linhas de crédito”, afirma, citando que o evento, no município, também contou com o apoio da Prefeitura Municipal e da Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Astorga (ACIAA). O consultor do Sebrae/PR também salienta as explicações das instituições financeiras sobre as possibilidades de crédito para micro e pequenas empresas, que trouxeram informações importantes. “A partir desses

conhecimentos os empresários têm condições de trilhar o caminho de acesso ao crédito. Além disso, as rodadas de negócios foram muito produtivas e temos certeza de que resultarão em boas negociações”, frisa Gustavo Ishikawa. O empresário Osvaldo Santana participou do evento, em Astorga, e já conseguiu identificar uma opção adequada para o seu negócio. Há três anos e meio no mercado de oficina mecânica, na área de injeção para veículos a diesel, ele precisa de recursos para comprar novas ferramentas. “No evento, sanei muitas dúvidas e já estou analisando uma linha de crédito. O relacionamento com as instituições financeiras também foi facilitado”, destaca. Antonio Valdecir Marta, empresário há nove anos no segmento de fabricação de móveis, em Arapongas, também ficou satisfeita com o evento. Ainda este ano, ele vai mudar a empresa para Astorga porque identificou, no município, oportunidade de crescimento. “Primeiramente, vamos para um barracão alugado, mas pretendemos adquirir um terreno e construir a nossa

sede. Para fazer esse investimento, precisamos de recursos”, explica. O empresário adianta que, após o Seminário de Crédito, foi atendido por uma instituição financeira a fim de analisar linhas de crédito. Antonio Marta acrescenta ainda que, assim que realizar a mudança para Astorga, vai buscar orientações do Sebrae/PR para saber como adquirir o crédito e direcionar os investimentos, de modo a evitar problemas futuros.

Seminários

Este ano, os Seminários de Crédito também passaram pelos municípios de Paranavaí, Loanda, Maringá, Cianorte, Umuarama, Altônia, Nova Esperança e Campo Mourão, beneficiando mais de 900 pessoas. Na região noroeste, a iniciativa também mobilizou cerca de 150 profissionais de instituições financeiras e 100 atendimentos individuais. No Paraná, esse é o segundo ano consecutivo da iniciativa, que percorreu, ao todo, 21 municípios. De acordo com o gerente da Regional Noroeste do Sebrae/PR, Luiz Carlos da Silva,

a vantagem dos Seminários Regionais é que empreendedores e empresários têm à sua disposição diversas instituições reunidas em um único local, o que permite conhecer linhas de crédito que atendam melhor suas demandas. Flavio Locatelli Junior, coordenador estadual de Acesso a Serviços Financeiros do Sebrae/ PR, ressalta o motivos que fazem do evento um sucesso. “Os resultados são positivos porque têm atendido os objetivos de levar informações sobre linhas de crédito para micro e pequenas empresas e empreendedores individuais, e ampliar o canal de relacionamento entre empresários e instituições financeiras”, afirma. O coordenador estadual do Sebrae/PR destaca as Sociedades de Garantia de Crédito (SGC), consideradas como uma inovação no processo de captação de recursos financeiros, e das Cooperativas de Crédito, que oferecem linhas em condições especiais. Locatelli Junior também ressalta os microcréditos do Programa Crescer, do Governo Federal, operacionalizado pelo Banco do Brasil e pela Caixa Econômica Federal (CEF).

Resolução autoriza parcelamento de débitos tributários do Simples Nacional A partir de 2 de janeiro de 2012, optantes do Simples Nacional, regime especial unificado de arrecadação de tributos e de contribuições devidos pelas microempresas e empresas de pequeno porte, poderão parcelar débitos tributários apurados pelo sistema que unifica seis tributos federais, um estadual e um municipal. A regulamentação integra a Resolução nº 92, aprovada pelo Comitê Gestor do Simples Nacional (CGSN) e publicada no Diário Oficial da União, edição 223. Cesar Rissete, coordenador estadual de Políticas Públicas do Sebrae/PR, lembra que antes da regulamentação, as empresas não poderiam contrair dívidas sob pena de serem excluídas do regime especial. “A não possibilidade de parcelamento prejudicava as empresas que, por alguma dificuldade, utilizavam os recursos disponíveis, primeiramente, para pagar fornecedores, colaboradores, despesas com locação, água,

luz, telefone e outras de maior urgência para a manutenção das operações do negócio.” A empresa que possui débitos tributários fica impedida de emitir a Certidão Negativa de Débitos (CND), documento exigido para realizar transações comerciais com governos e solicitar financiamentos em linhas especiais de crédito. De acordo com a Secretaria de Estado da Fazenda (SEFA), cerca de 80% das empresas paranaenses – em setembro deste ano eram 279.460 – estão cadastradas no Simples Nacional, bem como 88.008 pessoas formalizadas como Empreendedor Individual. A Resolução autoriza o parcelamento de débitos em âmbito municipal, estadual ou federal em até 60 parcelas corrigidas pelo Sistema Especial de Liquidação e de Custódia (Selic). É vedada a concessão de novo parcelamento enquanto o parcelamento anterior não for integralmente pago. No âmbito de cada órgão concessor, serão

admitidos até dois reparcelamentos de débitos do Simples Nacional. O valor de cada parcela será obtido mediante a divisão do valor da dívida consolidada pelo número de parcelas. Se o tributo devido for controlado pela Receita Federal do Brasil, o valor mínimo da prestação será de R$ 500, exceto se o devedor for Empreendedor Individual. Os estados, Distrito Federal ou municípios estabelecerão o valor mínimo nos parcelamentos de sua competência. A falta de pagamento de três parcelas, consecutivas ou não; ou a existência de saldo devedor, após a data de vencimento da última parcela do parcelamento, implica em rescisão do parcelamento. Cesar Rissete explica que, atualmente, as empresas que possuem débitos tributários são notificadas pelos órgãos responsáveis com o recebimento de correspondência impressa. Porém, essa forma de notificação passará a ser eletrônica,

a partir do momento em que o sistema específico para esse controle for desenvolvido. “Em breve, o devedor receberá o comunicado de débito por e-mail e essa mudança vai exigir atenção redobrada dos empresários. O Sebrae/PR recomenda que o empresário que tenha débitos, seja ágil ao solicitar o parcelamento da dívida para continuar a usufruir dos benefícios do Simples Nacional.” No dia 24 de janeiro de 2012, será realizado um Seminário pelo Sebrae/PR, Receitas Federal, Estadual e do Município de Curitiba, Federações Empresariais e Entidades Contábeis, que será transmitido simultaneamente para 22 cidades, a fim de prestar esclarecimentos sobre as novas regras do Simples Nacional. Em Curitiba, o seminário acontece no Centro de Inovação, Educação, Tecnologia e Empreendedorismo do Paraná (CIETEP), situado na Avenida das Torres

Pesquisa identifica o imóvel ideal do comprador curitibano Adquirir um apartamento para moradia, com dois ou três dormitórios, com no mínimo dois banheiros, duas vagas de garagem e área de lazer enxuta, com valor entre R$ 120 mil e R$ 300 mil. De acordo com o levantamento inédito realizado pela Associação dos Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário do Paraná (Ademi/PR), e divulgado no Perfil Imobiliário, este é o imóvel ideal do comprador curitibano. Segundo o presidente da entidade, Gustavo Selig, ainda é possível encontrar imóveis novos com estas características, e nesta faixa de preço, mas em regiões mais afastadas do centro da cidade. “Existem oportunidades em boas regiões, porém, agora é hora de comprar e fazer um bom negócio porque os imóveis vão valorizar e bastante, especialmente em função do aumento dos custos da construção civil, como terrenos, mão de obra e insumos”, alerta. O Água Verde continua sendo o bairro mais procurado pelos compradores (9%), assim como Portão (8%), Bigorrilho e Campo Comprido (5% cada). “Estas são

regiões com boa infraestrutura de comércio e serviços e acesso facilitado ao transporte coletivo o que faz com que o aquecimento imobiliário seja ainda maior. Além disso, as linhas de metrô vão passar próximo destes locais”, explica Selig. A pesquisa também revelou que a maior parte dos interessados em adquirir um imóvel deve o fazer em até 12 meses (74%). “Isto mostra que o consumidor está mais ativo na compra, ao mesmo tempo, comparando mais. Como o mercado está aquecido e em movimentação acelerada, o cliente não pode esperar muito para fechar o negócio sob a pena de pagar mais caro”, analisa Selig. A principal motivação para a aquisição é trocar a atual residência por uma mais nova ou maior (30%), sinalizando claramente a demanda por um upgrade. Outros 23% pretendem o fazer para sair do aluguel e 16% porque irão casar.

Escolha

Segurança (99%) e preço (98%) são considerados os fatores mais relevantes na escolha de

Empresas & Produtos Famec está com inscrições abertas para cinco cursos

A Faculdade Metropolitana de Curitiba (Famec), integrante do Sistema Fiep, está com as inscrições abertas para vestibular dos cursos de Administração, Direito, Sistemas de Informação, Pedagogia e Tecnologia em Redes de Computadores. O prazo é até 25 de janeiro de 2012. Para maior comodidade do candidato, as provas podem ser agendadas e realizadas entre os dias 12 e 23 de dezembro e 02 a 27 de janeiro. O agendamento pode ser feito através dos telefones 0800-41-5881 e 3593-1221. Os alunos que optarem por alguns cursos no período matutino têm descontos exclusivos. Para saber mais acesse www.famecpr. edu.br. Com pouco mais de um ano de gestão integrada com o Sistema Fiep, a Famec, com sede em São José dos Pinhais, já obteve dois resultados positivos na avaliação do Ministério da Educação (MEC). Em agosto o curso de Direito recebeu conceito 4 (em escala que varia de zero a 5). A avaliação envolveu a qualidade das atividades acadêmicas oferecidas no curso, como organização didático- pedagógica, corpo docente, corpo técnico administrativo e infraestrutura. A Famec recebeu do MEC, também, o conceito 4 em relação a sua estrutura. Ao todo, foram avaliados dez quesitos no funcionamento da instituição de ensino, desde a estrutura física da instituição, como instalações e biblioteca, até o relacionamento com colaboradores, alunos e a sociedade.

Frischmann Aisengart conta com dois laboratórios no litoral

O Frischmann Aisengart tem desde setembro de 2007 a Unidade Paranaguá, primeira da marca no litoral. Em novembro deste ano foi inaugurada uma unidade do laboratório no município de Matinhos, também no litoral do Paraná. As duas unidades oferecem serviços de análises clínicas. Segundo Milton Zymberg, diretor do Frischmann Aisengart, desde 2006 o Frischmann Aisengart fazia atendimentos em domicílio no litoral. “Devido ao sucesso deste serviço, decidimos abrir unidades na região”, afirma. A Unidade Paranaguá fica localizada na Rua Nestor Vítor, número 421, Centro, próxima ao Hospital Paranaguá. A Unidade Matinhos fica localizada na Av. Bandeirantes, Centro, próximo à Igreja São José, que fica no calçadão central de Matinhos. Mais informações pelo telefone 40040103. O Frischmann Aisengart tem 65 anos e  é considerado uma referência para o segmento de medicina diagnóstica na região. Com forte presença nas áreas hospitalar e ambulatorial é o líder de mercado  na capital e Região Metropolitana. Possui mais de 600 colaboradores e 40 unidades. São mais de três mil tipos de exames de análises clínicas que contemplam serviços e soluções diferenciados com qualidade, rapidez e alto padrão de atendimento, como a coleta domiciliar e vacinas. Para mais informações: www.labfa.com.br .

SOFHAR e AECIC firmam parceria

A SOFHAR, especialista em soluções nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação, é a mais recente integrante da AECIC (Associação das Empresas da Cidade Industrial de Curitiba), que existe há 35 anos. Na parceria, além do desenvolvimento de projetos para a entidade na área de TI, serão proporcionadas oportunidades de negócios entre os associados. De acordo com o diretor executivo da AECIC, Carlos Vivaldi, a SOFHAR também vai poder contar com um espaço para realização de encontros empresariais e networking com seus parceiros comerciais.

Paim cria para o Natal das Lojas Renner

A agência de comunicação gaúcha Paim Comunicação acaba de lançar a campanha de Natal das Lojas Renner, com um filme que abusa do clima descontraído e alegre que envolve o Natal – e que tem uma melodia pra lá de contagiante – além do catálogo promocional e das peças para o PDV. A super condição de pagamento da rede, que está dando até 60 dias para o consumidor pagar a primeira parcela no Cartão Renner, é o grande mote da campanha.

Elemidia ganha Prêmio Colunistas Paraná

A Elemidia Curitiba acaba de receber o Prêmio Colunistas Paraná – 2011 na categoria “Empresa de Mídia Exterior do Ano”. Essa é a primeira vez que a Rede Elemidia recebe esse prêmio no Paraná. “Este reconhecimento é fruto e mérito de toda a equipe. Desde o início do ano estamos trabalhando e demonstrando todo o potencial e as inúmeras possibilidades e flexibilidade desta plataforma de comunicação, além de toda confiança e credibilidade que recebemos do mercado”, afirma Jean Cláudio, diretor da Elemidia Curitiba. A festa de premiação contou com onze monitores da Elemidia, que divulgavam notícias, vinhetas de patrocinadores, os ganhadores dos prêmios e faziam parte de duas ações da rede. Na primeira, o SMS de um convidado enviado para outro aparecia nos monitores. A segunda ação mostrava nas telas as fotos tiradas pela Fun Click, parabenizando o convidado fotografado.

Cepdap lança promoção no Facebook que vai dar uma bolsa de estudo

O Cepdap (Centro de Educação Profissional de Design, Artes e Profissões) lançou na sexta-feira (09) uma campanha no Facebook, que vai dar uma bolsa de estudo de 50% para o Curso Técnico em Paisagismo, que tem início em fevereiro de 2012. Para participar basta acessar a fanpage da escola (http://www.facebook.com/ cepdap.profissoesinovadoras) na rede social e acessar a página de eventos. O participante terá que responder a frase: Qual a diferença entre Jardinagem e Paisagismo? Aquele que receber mais curtições dos usuários da rede leva a bolsa de estudos. A promoção vai até o dia 19 de dezembro. Mais informações pelo telefone (41) 3029-4044 ou no site www.cepdap.com.br

Nissan Inova Show volta a Curitiba com Sedan Versa

Gustavo Selig, presidente da Ademi/PR

um imóvel. Para Selig, a questão da localização está interligada a estes itens. “Os melhores bairros são os mais seguros, com apartamentos de padrão mais elevado e, consequentemente, com um preço maior”, relaciona. O apartamento está atrelado à segurança, tanto que 58% dos entrevistados que procuram um imóvel residencial optam por este tipo de habitação.

Os compradores também preferem uma área comum mais enxuta, que comporte salão de festas (61%), churrasqueiras externas (57%) e paisagismo (52%). “O curitibano tem como característica sair de casa porque os bairros são bem atendidos de serviços. A cidade ainda é fácil de transitar e tem uma área pequena, o que estimula os deslocamentos.

Desde o último sábado, Curitiba recebe pela segunda vez a caravana itinerante de experiência de marca Nissan Inova Show. Desta vez a grande novidade é o Nissan Versa, primeiro sedan compacto japonês do mercado brasileiro, que integra o evento após seu lançamento comercial em novembro. O Nissan Inova Show é um evento inovador de relacionamento da Nissan do Brasil com o consumidor brasileiro que vai percorrer, durante um ano, mais de 30 destinos, de Norte a Sul do país. O objetivo é proporcionar a mais de 100 mil pessoas experiência da marca Nissan e demonstrar na prática todo o seu conceito de Inovação Japonesa para Todos. Aberto ao público durante os fins de semana, o Nissan Inova Show é uma oportunidade para o consumidor conhecer toda a linha de produtos da Nissan no Brasil: família Livina (Livina, Grand Livina, X-Gear), família Tiida (Tiida e Tiida Sedan), Sentra, a picape Frontier, além do recém-lançado Nissan March, o primeiro popular japonês do Brasil que mudou o conceito de carro popular, e do Nissan Versa, lançado em novembro.


Nacional Indústria&Comércio | Curitiba, segunda-feira, 12 de dezembro de 2011 | B2

COMUNICAÇÃO

Nelson Breve é o novo diretor-presidente da EBC Adquirir independência financeira da empresa é um dos objetivos O jornalista Nelson Breve tomou posse na sexta-feira (9) como diretor-presidente da Empresa Brasil de Comunicação (EBC). A nomeação, por um período de quatro anos, foi publicada no dia 1º de novembro no  Diário Oficial da União. Breve assumiu o cargo em substituição à jornalista Tereza Cruvinel, que presidiu a empresa de 2007 a 2011. Na mesma solenidade, o jornalista Eduardo Castro tomou posse como diretor-geral da EBC. Participaram da cerimônia as ministras Helena Chagas, da Secretaria de Comunicação Social (Secom) da Presidência da República, Tereza Campello, do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, e Ana de Hollanda, da Cultura, além do ex-ministro da Secom Franklin Martins, da presidenta do Conselho Curador da EBC, Ima Célia Vieira, e de representantes de diversos meios de comunicação. Em discurso, Nelson Breve classificou de “esforço monumental” a tarefa de erguer, nos últimos quatro anos, uma rede nacional de comunicação pública composta por mais de 700 emissoras e presente em 22 estados e no Distrito Federal. Ele destacou os investimentos feitos na modernização de equipamentos, a renovação da grade da TV Brasil e os prêmios de jornalismo conquistados pelas diversas mídias da empresa. “Todos esses investimentos

O jornalista Nelson Breve tomou posse na sexta-feira (9) como diretor-presidente da Empresa Brasil de Comunicação (EBC)

permitiram avançar em boa parte do caminho para cumprir a missão de levar o melhor conteúdo, com o melhor sinal, ao maior público”, disse Breve. “Eu me sinto herdeiro dessa luta e peço a Deus para estar à altura desse desafio”, completou. Para ele, o novo cargo representa crescimento profissional e também de valores e princípios. Como desafios para o próximo quadriênio, Breve destacou a elaboração de um planejamento estratégico, a profissionalização dos serviços prestados pela empresa, por meio da capacitação de funcionários, e a conquista de maior adesão do público

às mídias. Ele lembrou ainda a importância de se adquirir independência financeira para a empresa. “A EBC precisa ter uma gestão profissional, que valorize o esforço, mas que considere os resultados”, ressaltou. “Precisamos conviver com a pluralidade. Temos a obrigação de buscar a eliminação dos preconceitos – nossos e da sociedade”, acrescentou. A ministra Helena Chagas, que integrou a primeira diretoria da empresa, avaliou que o projeto de comunicação pública proposto pela  EBC  representa um momento importante de consolidação da democracia no

Brasil. Ela definiu a empresa como uma instituição do Estado a serviço da sociedade e uma demonstração de espírito público e de apreço à democracia. Durante a cerimônia, Helena lembrou que a TV Brasil  já é retransmitida em 69 países e destacou a recente conquista do Prêmio Nacional Jornalista Abdias Nascimento pela  Agência Brasil, com a publicação de uma série especial de matérias sobre o Dia da Consciência Negra. “É um mercado para a produção independente que não havia antes, um espaço para a cidadania, um espelho onde os diversos Brasil podem se reconhecer”, disse a ministra.

Safra nacional de cana cai 8,4% em 2011/2012

A produção nacional de cana-de-açúcar a ser moída pela indústria sucroalcooleira na safra 2011/2012 deve ser de 571,471 milhões de toneladas. O volume representa queda de 8,4% em relação à safra anterior (623,905 milhões de toneladas), conforme mostra o terceiro levantamento da safra, divulgado nesta quintafeira (8/12) pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). Conforme os técnicos do governo, a queda da produção se deve à baixa na produtividade, causada por diversos fatores, principalmente climáticos, como a estiagem de abril/ outubro de 2010, a escassez de chuva em maio deste ano, a ocorrência de geada nos estados de São Paulo, Mato Grosso e Paraná, além do florescimento excessivo. Colaboraram

A produção nacional de cana-de-açúcar a ser moída pela indústria sucroalcooleira na safra 2011/2012 deve ser de 571,471 milhões de toneladas

também para a queda a falta de renovação dos canaviais e o uso de insumo em menor escala. Do total de cana a ser esmagada, 50,7% (287,564 milhões

de toneladas) será destinado à produção de 22,857 bilhões de litros de etanol. Desse volume, 13,788 bilhões de litros são do tipo hidratado e 9,069 bilhões,

do anidro. Os 49,3% (283,906 milhões de toneladas) restantes vão para a produção de 36,882 milhões de toneladas de açúcar, volume inferior em 3,37% à safra passada, quando foram produzidas 38,168 milhões de toneladas. A pesquisa projeta área de cultivo de 8,368 milhões de hectares com a cultura, equivalente a 3,9% a mais do que na safra anterior. O estado de São Paulo ocupa a maior parte, com 4,37 milhões de hectares ou 52,2% do total nacional. Em seguida vem Minas Gerais (752 mil), Goiás (678 mil) e Paraná (611 mil). A pesquisa de campo foi realizada por 44 técnicos, entre os dias 7 e 18 de novembro, que ouviram representantes de 442 unidades produtoras, das quais 389 estavam em pleno funcionamento nesta safra.

Produção florestal brasileira cresce e soma R$ 14,7 bi em 2010

A produção primária florestal somou R$ 14,7 bilhões em 2010, R$ 1,1 bilhão a mais que em 2009. Os dados fazem parte da Pesquisa da Produção da Extração Vegetal e da Silvicultura (Pevs) 2010, divulgada na última sexta-feira (9) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Foram analisados 38 produtos oriundos do extrativismo vegetal (exploração de recursos vegetais nativos como madeira, látex, frutos e raízes) e sete da silvicultura (reprodução de florestas visando à produção de madeira, resinas, carvoejamento, proteção ambiental etc.). A participação da silvicultura respondeu por 71,8% (R$ 10,7 bilhões) do valor gerado pela produção florestal em 2010, enquanto a extração vegetal teve participação de 28,2% (R$ 4,2 bilhões). Em 2009, 66,3% (R$ 9 bilhões) dos produtos florestais eram oriundos da silvicultura e 33,7% (R$ 4,6 bilhões) do extrativismo vegetal. O estudo sugere que a maior participação da silvicultura na produção e a queda do extrativismo vegetal são consequências da forte atuação dos órgãos fiscalizadores e ambientais e da demanda por produtos florestais que não para de crescer. Os produtos madeireiros na extração vegetal renderam R$ 3,4 bilhões (81,5% de participação) e os não madeireiros, R$ 778,2 milhões (18,5%). Por outro lado, dos produtos madei-

reiros do extrativismo, quatro dos cinco estudados tiveram queda na produção: carvão vegetal (-8,7%), lenha (-7,9%), madeira em tora (-17%) e nó de pinho (-11,3%). Dos sete produtos originários da silvicultura, seis tiveram aumento em suas produções, com exceção das cascas de acácianegra (-3%), devido ao baixo preço do produto. Na silvicultura, os quatro produtos madeireiros somaram R$ 10,5 bilhões (98,7% de participação) e os três não madeireiros R$ 139,7 milhões (1,3%). Dos produtos não madeireiros, a produção de folhas de eucalipto, utilizada na fabricação de óleo essencial (eucaliptol), concentrada no Sudeste e Sul, apresentou o maior aumento (51,2%) na comparação com 2009, impulsionado pelo bom preço praticado no mercado. Ainda segundo a pesquisa, em 2010, cerca de 90% da madeira em tora era originária da silvicultura e 9,9% da extração vegetal. Na silvicultura, 60,3% da madeira foi destinada para papel e celulose. A participação do extrativismo vegetal ganha maior peso na produção de lenha, com 43,8% da produção nacional. Das quase 5 mil toneladas de carvão vegetal produzidas, 69,6% eram oriundas das florestas plantadas e 30,4% da extração vegetal. O carvão vegetal da silvicultura teve aumento de 1,6% em 2010 em relação a 2009.

Incra fixa regras para aquisição de imóvel rural por estrangeiros O Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) regulamentou, por instrução normativa, o procedimento de aquisição de imóvel rural por estrangeiro residente no país e pessoa jurídica estrangeira autorizada a funcionar no Brasil. A norma foi publicada na sexta-feira (9) no Diário Oficial da União. De acordo com Evandro Cardoso, coordenador-geral de Cadastro Rural do Incra, o instrumento esclarece alguns aspectos no processo de aquisição de imóvel rural por estrangeiro. O Incra poderá obter informações mais consistentes no que diz respeito à identificação, quantitativo, localização e destinação de terras rurais no país, sob domínio estrangeiro. E o estrangeiro, por sua vez, terá mais orientação sobre o cumprimento das formalidades legais exigidas para aquisição ou arrendamento

de imóvel rural no país. Segundo Cardoso, o Incra terá também um controle regional mais eficaz, tornando mais uniforme a atuação das 30 superintendências do instituto espalhadas pelo país. A venda de terras brasileiras a estrangeiros ou a empresas brasileiras controladas por estrangeiros recebeu nova interpretação em 2008, por meio de um parecer da Advocacia-Geral da União (AGU), que impôs limites à venda e tornou a regulamentação mais compatível com a atual realidade da estrutura fundiária nacional. Com a medida, o governo brasileiro considerou as alterações no contexto social e econômico do país, bem como aspectos como a valorização das commodities  agrícolas, a crise mundial de alimentos e o desenvolvimento do biocombustível.

Gurgel não vê espaço para manobra Ministra comemora semana de vitórias para o governo no Congresso judicial que evite julgamento do mensalão s vitórias consecutivas do governo na Câmara e no Senado deixaram a ministra de Relações Institucionais, Ideli Salvatti, feliz. Ela, inclusive, transmitiu na última quintafeira (8) ao Congresso Nacional, após a aprovação, em primeiro turno, da proposta de emenda à Constituição (PEC) que trata da prorrogação da Desvinculação de Receitas da União (DRU), “os parabéns” da presidenta da República, Dilma Rousseff. “A presidenta Dilma me pediu especialmente que pudesse vir agradecer a todos os senadores e senadoras”, disse. “Foi uma bela semana, vitoriosa. E o Congresso Nacional está de parabéns. Enquanto nós vivemos um momento em que em outros países os governos não têm o apoio de seus parlamentos, o Brasil tem uma parceria positiva, benéfica”, completou a ministra.

Além da PEC, que era considerada tema prioritário para o governo, a semana também foi marcada pelas aprovações do novo Código Florestal e do projeto que regulamenta a Emenda Constitucional 29, destinando mais recursos para a saúde. As três votações eram consideradas polêmicas e terminaram de acordo com as negociações feitas pela base governista. A expectativa do governo é manter a mesma união da base aliada para a votação, em segundo turno da PEC da DRU, que está marcada para o dia 20 de dezembro. Tanto Ideli Salvatti, como o líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDBRR), estão confiantes na articulação política que tem sido feita para garantir quórum e maioria para aprovar a matéria sem sobressaltos. “Esta foi uma vitória importante. A base estava unida e agora vai estar unida para a vo-

tação em segundo turno”, disse Jucá ao fim da votação. Segundo ele, o governo mostrou a relevância do assunto e convenceu os senadores da base aliada a votarem favoravelmente à proposta. O líder negou qualquer negociação por cargos ou emendas parlamentares alegando que já não há mais cargos ou emendas para serem distribuídos. A oposição, que não fez qualquer tipo de obstrução e até ajudou para que a votação acabasse cedo, garantiu que também não irá criar problemas para a próxima votação. “Não temos o que fazer, vai votar a DRU no dia 20”, declarou o líder do PSDB, senador Álvaro Dias (PR). Apesar disso, os oposicionistas se recusaram a fazer um acordo para quebra de interstícios que propiciaria ao governo votar a PEC em segundo turno antecipadamente.

O procurador-geral da República, Roberto Gurgel, não acredita que haja espaço no Supremo Tribunal Federal (STF) para que a defesa dos réus do mensalão (Ação Penal nº 470) consiga desmembrar o processo e levar parte do julgamento para primeira instância (por meio do recurso chamado questão de ordem). Ele também não vê margem legal para que a eventual renúncia de todos os réus que hoje têm mandato e direito a foro privilegiado suspenda a ação penal no STF. “O Supremo já apreciou essas questões e entendeu que, no caso, o relacionamento entre as condutas era tão completo que não haveria como fazer esse desmembramento. Qualquer tentativa de reabrir a discussão a respeito é, sim, meramente protelatória”, ressaltou Gurgel. Segundo ele, além disso, a Corte “já decidiu que é absolutamente indispensável que todos os réus

sejam submetidos à jurisdição do Supremo”. A renúncia de uma das pessoas com prerrogativa de foro privilegiado seria “uma clara tentativa de fraude”, acrescentou. Gurgel participou, em Brasília, de evento sobre o Dia Internacional contra a Corrupção, promovido pela ControladoriaGeral da União (CGU). A possibilidade de réus em processo de corrupção usarem recursos protelatórios para adiar e suspender julgamentos foi apontada como um dos principais mecanismos de impunidade para a corrupção. O ministro-chefe da CGT, Jorge Hage, apontou como “um passo da maior importância” para evitar o uso desse expediente judicial a aprovação da chamada PEC dos Recursos, a Proposta de Emenda à Constituição nº 15/2011, que tramita na Comissão de Constituição,

Justiça e Cidadania do Senado. “Há uma infinidade de recursos e possibilidades de protelação, e os corruptos é que podem pagar os melhores escritórios de advocacia, que não deixam o processo chegar ao fim nunca, devido aos problemas de nossa legislação processual. Isso tem que mudar”, afirmou Hage. Não há data prevista para o Congresso Nacional tratar da PEC dos Recursos: há 40 projetos de lei no Senado e 110 na Câmara dos Deputados (30 prontos para ir a plenário) aguardando decisão quanto à tramitação, informou o presidente da Frente Parlamentar Mista de Combate à Corrupção, deputado Francisco Praciano (PT-AM). “Tudo é lento no Congresso”, disse Praciano, ressaltando que, no caso dessas propostas, o Legislativo “não está ouvindo a população” sobre a a pauta da ética e do combate à corrupção.


Economia Curitiba, segunda-feira, 12 de dezembro de 2011 | B3 | Indústria&Comércio

consumidor

joca.sev@hotmail.com

Demanda por crédito cai pelo 3º mês consecutivo As pessoas estão dando prioridade ao pagamento de dívidas, diz Serasa A procura dos consumidores brasileiros por crédito diminuiu 1,7% em novembro, em relação a outubro, segundo dados divulgados na sexta-feira (09/12) pela empresa de consultoria Serasa Experian. É a terceira redução consecutiva do indicador, que registrou queda de 7,4% no comparativo com o mesmo mês do ano anterior. No acumulado do ano, houve alta de 8,8% em relação ao mesmo período de 2010. Se classificados por faixa de renda, os únicos grupos de

consumidores que não apresentaram queda na demanda são os que têm ganhos mensais de menos de R$ 500 e mais de R$ 10 mil – cada um deles com uma elevação de 0,2% de um mês para o outro. Todas as demais faixas de renda apresentaram redução, sendo que a maior delas foi observada na faixa de ganhos entre R$ 1.000 e R$ 2.000, com queda de 2,1%. Na análise por região do país, a Nordeste foi a única onde houve aumento na busca por crédito, com alta de 1,7% em novembro

Emprego na indústria tem queda de 0,4% de setembro para outubro

comércio exterior

O emprego industrial caiu 0,4% em outubro em relação a setembro, quando o índice também apresentou queda de 0,4%, na comparação com agosto. No ano, o índice aumentou 1,3%, com ritmo abaixo do verificado nos meses anteriores. No acumulado nos últimos 12 meses encerrados em outubro, a expansão chega a 1,6%. Os dados foram divulgados na sexta-feira (09/12) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em relação a outubro de 2010, houve queda de 0,3%, primeiro resultado negativo desde janeiro de 2010, nesse tipo de comparação. Houve redução no contingente de trabalhadores em seis dos 14 locais pesquisados. São Paulo foi a cidade que mais contribuiu para o resultado, ao apresentar variação de -3,5%. Quinze dos 18 setores investigados apresentaram taxas negativas, sobretudo, as indústrias de borracha e plástico (-12,3%), de papel e gráfica (-8,2%), de alimentos e bebidas (-3,5%), de produtos de metal (-6,2%) e de calçados e couro (-12,3%). O Ceará (-2,9%) e Santa Catarina (-0,7%) também apresentaram reduções. A pesquisa aponta também que o número de horas pagas aos trabalhadores da indústria caiu 0,9% em outubro, na comparação com o mês anterior, registrando a segunda taxa negativa consecutiva. A diminuição das horas pagas foi registrada em 11 dos 18 setores pesquisados, com destaque para os de calçados e couro (-8,4%), produtos de metal (-5,1%), vestuário (-4,2%), madeira (-11,4%), papel e gráfica (-5,2%), borracha e plástico (-4,5%) e o têxtil (-4,8%). Já os setores de meios de transporte (5,6%), máquinas e aparelhos eletroeletrônicos e de comunicações (5,3%), alimentos e bebidas (1,3%) e máquinas e equipamentos (3,1%) tiveram variações positivas na passagem de setembro para outubro. Na comparação com o mesmo período do ano passado, houve queda de 1% no número de horas pagas, a segunda taxa negativa consecutiva e a menor desde dezembro de 2009 (-1,4%). O valor da folha de pagamento real dos trabalhadores da indústria também diminuiu (-2,2%) em outubro em relação ao mês anterior, após expansão de 3,3% em agosto e queda de 1,9% em setembro.

em relação ao mês anterior. As demais regiões apresentaram quedas, sendo as mais intensas na Centro-Oeste (-3,1%) e na Sul (-3%). Na Sudeste e na Norte, as reduções foram 2,1% e de 2,4%, respectivamente. No acumulado do ano, consumidores nordestinos apresentaram a maior demanda, com alta de 13,7%, com relação ao mesmo período de 2010. Em segundo lugar está os da Região Centro-Oeste, com crescimento de 10,3%. Em seguida, aparecem os consumidores

que vivem nas regiões Norte e Sudeste, onde houve alta acumulada de 8%. Por último, aparecem os da Região Sul, com elevação de 6,1%. Segundo os economistas da Serasa, o desaquecimento econômico doméstico, o agravamento da conjuntura internacional e o aumento da inadimplência em 2011 têm levado os consumidores a serem mais moderados na busca de novos financiamentos, priorizando o pagamento de suas dívidas.

Faturamento das exportações do agronegócio bate novo recorde

Roosewelt Pinheiro/Abr

Os produtos do complexo soja (grão, farelo e óleo) são os principais itens de exportação do agronegócio

As exportações brasileiras do agronegócio registraram novo recorde em novembro, alcançando US$ 87 bilhões. A quantia supera a meta prevista para 2011, de US$ 85 bilhões. Os dados fazem parte da Balança Comercial de Agronegócio, divulgada na sexta-feira (09/12) pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). O valor acumulado no ano é 24,4% superior ao registrado no mesmo período do ano passado. O resultado positivo é atribuído à elevação do preço médio de exportação dos principais produtos brasileiros. Com relação

à quantidade, apenas o complexo soja e o café ampliaram os embarques, em 8% e 1,4%, respectivamente, em relação a outubro. Os produtos do complexo soja (grão, farelo e óleo) são os principais itens de exportação do agronegócio brasileiro. As vendas para o exterior somaram US$ 22,92 bilhões. Entre janeiro e novembro, houve aumento de 38,9% ante o mesmo período de 2010. Em segundo lugar nas receitas aparece o complexo sucroalcooleiro (etanol e açúcar), com vendas de US$ 14,99 bilhões (+18,9%). As carnes seguem na terceira posição entre

os principais produtos exportados, totalizando US$ 14,35 bilhões (+14,8%). Também houve crescimento no valor exportado para os principais blocos econômicos, entre janeiro e novembro de 2011: África (+42,1%); Oceania (+49,6%); Europa Ocidental (+33,2%); Ásia (+31,1%), Nafta (+22,5%), Mercosul (+19,9%) e União Europeia (+18,1%). Por países, houve este ano aumento das exportações para a maioria dos vinte principais destinos importadores, com destaque (em valores) para Argélia (+74,6%), Japão (+49,6%), China (+45,6%) e Espanha (+40,6).

Inflação oficial deve terminar 2011 em 6,4% Marcio Ferreira

da redação

O Ministério da Fazenda espera que a inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) termine 2011 em 6,4%, apenas 0,1 ponto percentual abaixo do limite superior de 6,5% da meta, cujo centro é 4,5%. A projeção foi divulgada na sexta-feira (09/12) no boletim Economia Brasileira em Perspectiva. A estimativa da Fazenda é igual ao que espera o Banco

Central (BC) – que também prevê inflação oficial de 6,4% no acumulado de janeiro a dezembro –, mas é mais alta que o previsto no boletim anterior, em junho, quando a estimativa estava em 5,8%. Já o Ministério do Planejamento havia previsto uma taxa de 6,62% para o IPCA no final do ano, quando reviu os parâmetros para o OrçamentoGeral da União do ano que vem, no fim do mês passado. A projeção do mercado financeiro para a inflação é um pouco maior do que calculou o Minis-

tério da Fazenda. Segundo o Boletim Focus, publicação semanal do BC, as instituições financeiras acham que o IPCA vai terminar o ano no teto da meta, 6,5%. “Daqui em diante, espera-se que a inflação desacelere sucessivamente nos próximos meses. De acordo com o Relatório de Inflação divulgado pelo Banco Central do Brasil em setembro, o IPCA deve encerrar 2011 com variação anual de 6,4% e convergir para o centro da meta de 4,5% em 2012-2013”, afirmou a Fazenda.

Inadimplência cresce 9,46% em novembro A inadimplência do consumidor no mercado varejista teve alta de 9,46% em novembro, em relação ao mesmo mês de 2010. É a décima elevação seguida nesse tipo de comparação, segundo dados divulgados na sexta-feira (09/12) pela Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas (CNDL). Em relação a outubro deste ano, no entanto, a inadimplência caiu 12,11% em novembro.

De acordo com o presidente da entidade, Roque Pellizzaro Junior, o sucessivo endividamento do consumidor se deve “à instabilidade econômica, por causa da crise externa, à redução do nível de confiança de consumidores e empresários, ao encarecimento do crédito e à inflação”. Ele argumentou que “a inflação só é suportável quando a atividade econômica está aquecida,

o que não está acontecendo no momento”. “Em consequência disso, todo o segmento de juros está em alta, apesar da taxa básica de juros anual, a Selic, ter sido reduzida”. Segundo o presidente, o sucessivo endividamento das famílias faz com que o mercado de crédito eleve os juros porque as financeiras correm mais riscos “quando a capacidade econômica do consumidor está em baixa”.

Joaquim Severino CONSULTORAS E CONSULTORIAS

Tempos atrás sob o título “A dura sobrevivência de uma consultora” foram considerados vários aspectos, alguns dos quais repetidos neste artigo. Não bastasse o caráter pejorativo que sempre rondou o ramo da consultoria, dá-se no governo Dilma, como nunca antes visto nesse país, a maior incidência de ascensão e queda de ministros acusados de malfeitorias através de suas consultorias e/ou de suas consultoras. Macacos em loja de cristal. A sobrevivência de uma empresa de consultoria não é nada fácil, é como ter que matar um leão por dia. Primeiro pelo entendimento de um inestimável número de pessoas, especialmente empresários com visão de sapo, de que consultoria obedece a uma baixíssima relação benefício/custo. Costuma se dizer que o consultor é o cara que te pede o relógio emprestado para te dizer que horas são. Conseguir vender uma consultoria para uma empresa privada é como achar uma agulha no palheiro. O que certos contratantes buscam, a preço de banana, é a receita de concorrentes ou validação de suas próprias idéias e procedimentos para se exibirem como inovadores abertos à evolução do competitivo mundo dos negócios. No serviço público não é muito diferente, com o agravante do entendimento quase generalizado de que consultoria e corrupção andam juntas. No serviço público, onde mais se contrata consultoria, o consultor é figura “non grata”. Isso porque a primeira coisa que se levanta é o valor do contrato, que dividido por horas/técnico, resulta uma exorbitância em comparação ao que ganha os simples mortais funcionários da casa. Desconsidera-se aí, por conveniência ou simples maledicência, três aspectos fundamentais, quais sejam: a remuneração efetivamente recebida pelo consultor e os correspondentes impostos e encargos; os custos fixos e variáveis da consultora e, principalmente, o interregno entre um contrato na mão e outro incerto e não sabido. Os funcionários de carreira da instituição contratante, pública ou privada, são os que mais denigrem a consultoria. Invariavelmente comparam a remuneração do consultor temporário com seus salários permanentes. Não consideram a diferença entre quanto recebem de salário e quanto custam para a instituição. O valor do contracheque é uma coisa, o custo para a empresa é outro muitas vezes maior. Custos da consultora relativamente a logística, know-how e mobilização/desmobilização, nada disso é tomado em conta. Pior que tudo isso é quando há substituição de governantes enquanto a consultoria se transcorre. Invariavelmente os novos dirigentes, sobretudo se eram da oposição, denunciam o contrato, os contratantes e a consultora. Isso significa dizer, ameaças de devolução de valores pagos com as devidas correções e multas, além das eventuais penalidades por desvio de conduta. Toma-se pelo menos um ano para que tudo volte a ser como dantes e, não raras vezes, com mais avidez. É por essas e outras que quase 90% das empresas de consultoria não sobrevivem ao primeiro ano. As consultoras dos ministros da presidente Dilma duraram dois anos, em média, mas embora tenham faturado muito, o custo em ter consultora está sendo a perda do cargo. Sábio é o jacaré que dispensa consultor para saber que em lagoa onde tem piranha ele nada de costas. *Joaquim Severino – Diretor Presidente da empresa Agrária Engenharia e Consultoria S/A e Professor de Política Agrícola da Universidade Federal do Paraná (1973/2010) escreve nesta coluna desde 1992.

Alimentos e presentes de Natal ficam abaixo da inflação do ano Os gastos para as comemorações do Natal, divididos entre alimentos e presentes, subiram menos do que a inflação acumulada em 12 meses, encerrados em novembro passado. É o que mostra pesquisa divulgada na sexta-feira (09/12) pelo Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (Ibre-FGV). De acordo com o estudo, os itens considerados essenciais para a ceia de Natal subiram em média 4,65%, ficando abaixo, portanto, da inflação de 6,29%, apurada pela FGV para o período de dezembro de 2010 a novembro de 2011. Em relação aos presentes, o aumento foi 5,50%. Na média, alimentação e presentes em geral subiram 5,03%. De acordo com análise do economista do Ibre/FGV, André Braz, a percepção é que, em média, a diferença de preço do ano passado não é tão grande. “Que, em termos reais, esses produtos não ficaram mais caros, porque perderam da inflação acumulada no mesmo período”. André Braz advertiu, porém, que os preços “ficaram abaixo (da inflação), mas isso não quer dizer que não existam vilões”. No item da alimentação, um dos maiores aumentos foi no bacalhau, que aumentou 10,34%. Refrigerantes e cervejas também apresentaram majorações significativas de preços (10,82% e 14,16%, respectivamente). Em contrapartida, mostraram deflação o

azeite de oliva (-9,08%), frango especial inteiro (-2,44%) e vinho (-1,17%). No caso dos presentes em geral, os itens que subiram mais foram roupas infantis (12,31%), masculinas (8,64%) e femininas (7,71%). André Braz disse que os consumidores devem ficar atentos aos gastos, mesmo com as reduções de preços apresentadas em itens como celulares (-10,12%), aparelho de videogame (-9,66%) e televisores (-6,64%). “Apesar de os eletroeletrônicos aparecerem na nossa lista de presentes como os mocinhos, aqueles itens que perderam para a inflação e até caíram de preço nos últimos 12 meses, é bom lembrar ao consumidor que só se deve investir nesses bens caso a pessoa tenha feito um preparo. Porque o computador, o celular, e mesmo a televisão de alta tecnologia, são itens caros”. Braz esclareceu que a pesquisa não objetiva estimular o consumo de itens caros para os quais as pessoas não se prepararam para comprar. “Ela só mostra o que ficou um pouco mais caro ou mais barato em relação ao ano passado”. Segundo o ele, mesmo as roupas, que subiram mais do que no Natal de 2010, continuam sendo uma boa opção. “Porque ainda que elas tenham vencido a inflação média e ficaram mais caras em relação a 2010, os preços de uma peça de roupa é bem inferior ao de um computador ou uma televisão”.


t

urismo

Ida&Volta Acordo Delta-Gol, sem surpresas

No ar, a LAN Colômbia

O grupo LAN, que tem a LAN Chile, LAN Argentina e LAN Peru, acaba de lançar a LAN Colômbia, com o que agrega 22 rotas domésticas naquele país e a internacional para Fort Lauderdale, nos Estados Unidos, desde Bogotá. Isto tornou-se possível com a aquisição, há pouco mais de um ano, da empresa colombiana Aires. Para Ignacio Cueto, gerente geral da LAN, a nova filial garante a “possibilidade de ampliar nossa conectividade na América do Sul e no restante do mundo”.

Réveillon em Bombinhas

As pousadas Vila do Farol e Vila do Coral I e II, de Bombinhas, litoral de Santa Catarina, ainda têm disponíveis pacotes para o Reveillon 2012. As pousadas oferecem apartamentos equipados de frente para o mar e infraestrutura de lazer com lounge bar, restaurante, fitness, sala de cinema, sala de jogos, sauna, piscina térmica e bar molhado em frente ao mar. Informações e reservas: (47) 3393-9000; viladofarol.com.br e viladocoral. com.br. Bombinhas foi eleita este ano, pela quinta vez consecutiva a melhor praia do Brasil, através de pesquisa da revista Viagem & Turismo. E trabalha para fortalecer a sua posição como importante destino turístico na Costa Esmeralda de Santa Catarina. Suas dez praias, de águas verdes e cristalinas, já são por si uma grande atração.

Mudanças na Orion

Trícia Sander, Eliane Schneider, Leila Magalhães e Carlos Marassi, sócios da Orion Turismo, aproveitaram o encontro de congraçamento, dia 6/12, pra anunciar a venda da agência para o empresário Alexandre Taborda. Com elevado conceito na praça, a Orion, cujo portfólio inclui roteiros para Rússia e Oriente, completa 20 anos em maio. Cada ex-sócio segue caminho diferente. Trícia, por exemplo, é consultora do Sebrae/PR.

Lisboa para brasileiros

“Lisboa para brasileiros” é um blog destinado a brasileiros que gostam da capital portuguesa, que a conhecem ou pretendem conhecê-la. Reúne as principais informações sobre a cidade, com dicas, fotos, roteiros, curiosidades e depoimentos. Os relatos das viagens são postados na sessão “Diários de Bordo”, enquanto os links apresentam sites de passeios obrigatórios, estadia e dicas. Em “Curiosidades”, o internauta descobre expressões, dados, regiões, fatos históricos e personalidades que marcam a cidade. O endereço é http://lisboaparabrasileiros. blogspot.com/.

Diamantes reais

Entre 1º de agosto a 30 de setembro de 2012, quem visitar o Palácio de Buckingham, residência da rainha Elizabeth II em Londres, poderá apreciar uma exposição inédita de joias pessoais herdadas pela monarca ou adquiridas durante seu reinado. A mostra, chamada “Diamonds, a Jubilee Celebration”, é dedicada aos 60 anos de reinados de Sua Majestade e vai mostrar as diversas maneiras como os diamantes vêm sendo utilizados por reis e rainhas britânicos ao longo dos últimos 200 anos. Os diamantes são associados à longevidade porque, dentre os materiais naturais conhecidos, são os mais resistentes. Durante séculos, governantes usaram diamantes em insígnias, joias e objetos preciosos.

EXPRESSAS

Depois de perder a gestão do Eco Resort Capivari, em Campina Grande do Sul, para a rede Mabu de Hotéis, a Bristol Hotelaria deixa de comandar o hotel Dom Ricardo, de São José dos Pinhais, vizinho do aeroporto, que passa a integrar os franqueados da rede Bourbon Hotéis & Resorts. *** O empresário Eduardo Marson Ferreira, da Helibrás, é o novo presidente do Conselho de Administração da Abag (Associação Brasileira de Aviação Geral). Substitui o comandante Francisco Lyra e cumprirá mandato de dois anos.*** O Skal Internacional do Brasil, associação de profissionais de turismo com ramificação em mais de 90 países, anuncia a data de seu congresso nacional em 2012: será de 30 de maio a 3 de junho, em São Luiz do Maranhão, terra de sua presidente, Ana Carolina Medeiros.*** Macchu Picchu, “a cidade perdida dos incas”, no Peru, Patrimônio Mundial da Unesco, foi eleita como “primeiro destino a se visitar antes de morrer”, em votação realizada entre os leitores do jornal on line estadunidense The Huffungton Post. Venceu concorrentes de peso como as Ilhas Galápagos, (Equador), Parque Nacional de Yellowstone (EUA) e as pirâmides de Giza (Egito).***Esta página faz um breve recesso e volta em janeiro. Aos leitores e familiares, Feliz Natal e o melhor em 2012.

cmyk

Indústria&Comércio | Curitiba, segunda-feira, 12 de dezembro de 2011 | B4

Vinho paranaense é produzido em cenário de muita beleza O

Movimento Pró Paraná, que é uma entidade apolítica, e tem entre suas atribuições a promoção da identidade cultural do Paraná e a defesa das questões envolvendo o estado, poderia agregar, àquelas reuniões que são encerradas com coquetel de confraternização, um item a mais e coerente com seus propósitos: vinhos produzidos no próprio estado, de vinícolas que já alcançaram seu padrão de qualidade e avançam na conquista de mercados. Na última reunião do Movimento, em 5/12, por exemplo, após palestra do especialista em marketing Eloi Zanetti – que discorreu sobre a importância do sentimento de pertencimento a um lugar -, foi servido um vinho da Serra Gaúcha. Nada contra, mas é fundamental prestigiar os sabores e aromas paranaenses. Há, no Paraná, uma série grande de vinícolas, a maioria trabalhando em silêncio, com seus produtos pouco conhecidos (mais uma razão para o Movimento contribuir para a divulgação) e outra já com maior presença nos pontos de venda, como a maringaense Intervin, de um empresário português, com sua linha Aljôfar, de tintos, brancos, rosés e espumantes, e de produtores de cidades da região metropolitana de Curitiba, como Colombo e Campo Largo. No cenário paranaense, porém, um dos destaques emergentes é uma vinícola de Toledo, oeste do estado, chamada Dezem. É uma pequena vinícola, padrão butique, com vinhedos próprios, que combina “a tradição familiar na elaboração dos vinhos com as mais modernas tecnologias no vinhedo e na adega”. Entre as uvas cultivadas pela família Dezem estão as brancas Chardonay, Sauvignon Blanc e

Vinhedos e a sede da vinícola, em Toledo, oeste do Paraná

Malvasia de Cândia, e as tintas Merlot, Cabernet Franc, Cabernet Sauvignon, Tempranillo, Pinot Noir, Negro Amaro e Sangiovese. A linha de vinhos contempla elementos da natureza: Magne (terra), que vem da palavra magnetita; Extrus (água), originária de extrusiva, tipo de rochas que se formam pelo extravasamento do magma à superfície; e Atmo (ar), cuja origem está em atmosfera. Os Magne compõem a linha básica luxo, com dois brancos e um rosé; os Atmo, a linha super premium, com dois tintos e um branco; os Extrus, a linha premium, com dois tintos, um branco e dois espumantes (brut e demi sec). A rede Mabu de Hotéis & Resorts, que tem o projeto “Quatro Estações” e a cada chegada de uma delas redecora suas unidades conforme a época e recompõe seus cardápios, adotou vinhos da Dezem, com rótulos exclusivos, para apreciação dos

Vinhos da Dezem: Magne, Extrus e Atmo

hóspedes. A Confraria da revista Panorama do Turismo, do jornalista Júlio César Rodrigues, também fechou 2011 com uma jantar na sede da Fecomércio onde os vinhos da Dezem foram degustados e bastante elogiados. A enóloga e sommelier da Dezem, Sonia Petri, presente ao jantar da Confraria, ao lado da

proprietária da vinícola, Susan Dezem, destacou, na ocasião, que um especialista em vinho, ao visitar a região dos parreirais de Toledo, exclamou: “Parece a Toscana!”, reportando-se a um dos mais belos cenários da Itália, também produtor do bom vinho. O que parece animar a empresa a criar roteiros de enoturismo.

ViaGastronômica Os sabores do Via Vernaglia Tudo começou há um ano com uma casa de massas, mas o sucesso decorrente da qualidade dos produtos e os inúmeros pedidos dos clientes motivaram os sócios Nelson e Cláudio Vernalha e Guto La-Cava a transformar a loja em restaurante, mas sem abrir mão da função original. Por enquanto, o Via Vernaglia (nome do ramo italiano da família, da região da Calábria) atende apenas para o almoço (de terça a sexta, das 10h às 20h; sábados, domingos e feriados, até às 16h), mas Gerson Lima

Para os leitores desta página, não foi surpresa o anúncio da associação entre a Delta Air Lines, dos EUA, considerada a maior companhia aérea do mundo em número de passageiros, e a brasileira Gol, a segunda no país pelo mesmo critério. Na edição de 13/9/2010, o Turismo I&C afirmava que a “Gol pode ser a bola da vez na fusão entre companhias aéreas”. Além da Delta, consideravamse acordos com a Avianca e a Taca, além da irlandesa Ryanair e a norteamericana Virgin. Com cacife mais alto, a Delta anuncia que vai investir 100 milhões de dólares na compra de ações preferenciais da Gol. O anúncio foi feito em conjunto pelo CEO da Delta, Richard Anderson, e pelo presidente da Gol, Constantino Oliveira Junior. Como a American Airlines, que há pouco solicitou concordata, a Delta também passou pelo mesmo processo há seis anos, mas conseguiu se reestruturar. Em julho deste ano, a Gol anunciou a compra da Webjet, mas o negócio ainda não foi consolidado. Enquanto isso, espera-se a concretização da fusão entre a chilena LAN e a brasileira TAM, cujos trâmites parecem caminhar para o final.

Júlio Zaruch | juliozaruch@gmail.com

já há planos para abrir à noite. Fica na rua Augusto Stresser, 866, entre ruas Almirante Tamandaré e José de Alencar, com estacionamento próprio, o que é importante. O cardápio do almoço lista, no couvert, focaccia padana, manteiga temperada, patê de picanha e caponata de berinjela; como entradas, aspargos verdes com shitake, creme de abobrinha com alho poró e salada com calda de vinagre balsâmico; nos pratos principais, bife de chorizo na

manteiga com ervas e fettucine ao pomodoro basílico, filé de peixe com papardele ao molho de shitake na manteiga e frango marinado ao creme de shitake e capeline à carbonara; afora uma série de massas especiais, todas produzidas na casa, inclusive os pães. Na sobremesa, abacaxi flambado com sorvete de limão e semifredo aos dois chocolates com calda de morango. Quem quiser, pode levar o vinho; não é cobrada rolha. A casa também abre para eventos.

Madero Relógio das Flores Bufê de feijoada aos sábados ao som de chorinho ao vivo, eis uma das atrações do novo Madero Burger & Grill Relógio das Flores, na praça Garibaldi, que ocupa

um casarão do Setor Histórico que já abrigou um antiquário. Inspirada em bares e restaurantes europeus, conta com cinco ambientes, três internos e dois externos e acomoda 160 pessoas.

Vieiras canadenses Vieiras canadenses são a novidade, exclusiva, anunciada pelo restaurante Chalet Suisse, de Santa Felicidade. Maiores, sem ovas e com paladar mais refinado do que as chilenas, peruanas e nacionais, são raras no Brasil pela dificuldade de importação.

A receita mais tradicional e reconhecida mundialmente é a das vieiras gratinadas, presente diariamente no cardápio de entradas do restaurante. Mas também compõem o camarão do chef.

Caviar brasileiro Bottarga é a ova de tainha, salgada e desidratada ao sol e é um dos destaques do restaurante Tambaiá Cozinha da Alma, localizado em Itapoá (SC), anexo do hotel Baití Marina. Os chefs Emiliana e Emílio Carvalho, donos do lugar, destacam que a bottarga é considerada o Enquanto procura um local vizinho para transferir seu tradicional restaurante a quilo Villa Sabor, no Bom Retiro, o empresário Fernando Carlan abre sua terceira casa, agora na praça de alimentação do shopping Jardim das Américas, com área de 150 m² e capacidade para 75 pessoas, inaugurada dia 6/12. O Villa Sabor está também no shopping Mueller, em Curitiba. Além das ceias com entrada, prato principal e sobremesa, de Natal (R$ 210 por pessoa) e de Ano Novo (R$ 250 por pessoa), o restaurante Lellis Trattoria (rua Gonçalves dias, 51, Batel) também oferece espaço e cardápios especiais para festas

caviar brasileiro e deve ser degustada em pequenas porções, o que acentua seu sabor marcante. As tainhas são pescadas no mar de Santa Catarina entre junho e agosto e as ovas, depois de preparadas, são embaladas a vácuo e armazenadas sob refrigeração.

de confraternização. Os cardápios podem ser montados pelo próprio cliente. E as encomendas de Natal serão aceitas até 23 de dezembro. Com o timbre da Baco Multimídia, Ibravin (Instituto Brasileiro do Vinho) e da Wines do Brasil, foi lançado o Anuário Vinhos do Brasil. A publicação

apresenta as regiões produtoras, as castas, os vinhos, as rotas do vinho, o enoturismo, gastronomia e tudo que as regiões brasileiras oferecem de melhor neste segmento. Com direção editorial do jornalista Marcelo Copello, em português e inglês, oferece ao longo de 156 páginas dicas e serviços (endereços, sites, telefones e e-mails). Marcada para o período de 22 de março a 8 de abril de 2012, a 17ª Chocofest, em Gramado (RS), já tem pronta sua programação de desfiles, oficinas e atrações especiais. Haverá, ainda, um evento religioso chamado Gramado Aleluia.


Negócios

Indústria&Comércio | Curitiba, segunda-feira, 12 de dezembro de 2011 | B5

Finanças

Banco Rural dobra captação em Curitiba

Programa da Fundação Dom Cabral está com uma nova turma na capital Luiz Augusto Juk

da redação

Durante entrevista coletiva à imprensa, em Curitiba, a diretoria do Banco Rural revelevou que a instituição financeira especializada na oferta de crédito para o middle market (pequenas e médias empresas), alcançou um aumento de 109% somente em depósitos a prazo, entre julho de 2010 e julho de 2011. Participaram do encontro com jornalistas, o diretor comercial, Roberto Maia, e o diretor regional, Vanderlei Felício, que estavam acompanhado do GerenteGeral, em Curitiba, Jose Nilton Alves. que apresentarão o Banco Rural e os números referentes à sua presença na região, além dos sistemas e tecnologias desenvolvidos para a instituição NOVO CONCEITO O Banco renova sua agência em Curitiba e traz um novo conceito, que abrange modernidade e disponibilidade. A instituição atingiu a marca de R$ 100 milhões em volume de negócios no Paraná e pretende dobrar de tamanho em 2012. “Queremos facilitar a vida de nossos clientes ainda mais e avançar no estado. Para isso, conhecemos com profundidade as suas necessidades e somos ágeis em atendê-los.”, afirma Roberto Maia, diretor executivo do Banco Rural. A nova agência está localizada no centro da cidade, no Edifício Workspace Emiliano, um pré-

Roberto Maia, diretor executivo do Banco Rural

dio moderno, de fácil acesso e maior segurança. “O conceito de ser uma agência ‘aérea’ traz um ambiente moderno e entrada restrita. Estamos levando este modelo para todas as agências do Rural”, conta Maia. As soluções tecnológicas implantadas pelo Banco Rural permitem acesso on-line aos sistemas bancários proporcionando aos gerentes total mobilidade. Com isso, o atendimento é feito no local escolhido pelo cliente, o que facilita a interação entre a empresa e a instituição e promove maior velocidade nos processos internos. MELHOR GERENCIAMENTO “Quando estamos mais próximos, conhecemos o dia-a-dia de nossos clientes e as suas verdadeiras necessidades. Com isso, estruturamos melhor o que podemos oferecer para que o

negócio cresça com solidez”, afirma Vanderlei Felício, superintendente regional responsável pelo Paraná. “Queremos ajudá-los a gerenciar melhor a liquidez de sua empresa”, completa. Outro exemplo que facilita o dia a dia do cliente, é a ficha cadastral, que pode ser preenchida diretamente pelo proponente, sem a necessidade de intervenção do gerente da conta, em qualquer horário. O processo, 100% on-line, permite a interação do cliente novo ou em processo de renovação de dados, por meio de login e senha únicos, diretamente com os sistemas corporativos do Banco, o que garante o máximo de rapidez e, especialmente, total confiabilidade quanto às informações imputadas. Para o Banco Rural, o estado do Paraná é considerado uma praça estratégica pela sua eco-

nomia e também para facilitar o acesso ao Sul do País. “O estado possui uma excelente infraestrutura de estradas, aeroportos, ferrovias, portos e usinas geradoras de energia elétrica e está em pleno desenvolvimento. Um terreno fértil para as pequenas e médias empresas, que precisarão de crédito especializado para crescer”, completa Roberto Maia. Com sede em Belo Horizonte (MG), a grande maioria dos clientes, além dos gerentes, se relacionam com o banco via internet. A proposta do banco é duplicar os negócios nos próximos anos e ser uma instituição digital das mais modernos no Brasil . Ao contrário do que o nome sugere, o Banco Rural não opera no mercado agrícola. Ele foi fundado há 47 anos pelo empresário Sabino Rabello, que era apaixonado por um carro chamado Rural Willys, que hoje faz parte do museu do banco. Do nome do carro, saiu o nome de banco, cuja estratégia é trabalhar 100% digital, contando com poucas agências físicas e uma equipe de 182 gerentes de atendimento, que levam um notebook e uma placa de modem para atendimento aos clientes. Considerada uma instituição de médio porte, o Rural é um banco de negócios focado no mercado de pequenas médias empresas. (fonte: www.tiinside.com.br)

Condor abre hiper com novidade que vai torná-lo o mais moderno da América do Sul

Com investimento de R$ 40 milhões, o novo Condor Av. Joinville, em São José dos Pinhais, contará com uma tecnologia que tornará este hipermercado o mais moderno da América do Sul. A novidade, que vai revolucionar o setor supermercadista no Brasil, será apresentada pelo presidente da rede, Pedro Joanir Zonta, na inauguração que acontece nesta terça-feira, dia 13 de dezembro, às 8 horas. Além da inovação a ser anunciada, o novo Condor Av. Joinville também terá o sistema de etiquetas eletrônicas de preços, uma tecnologia francesa que por oferecer uma solução totalmente informatizada e interligada com

a frente de caixa, transmite confiabilidade, facilidade e segurança aos clientes. O Condor também foi a 1ª rede supermercadista a trazer esta tecnologia para o sul do Brasil, já implantada no hipermercado do bairro Água Verde, em Curitiba, inaugurado em dezembro de 2010. Em uma área construída de 29 mil m² e 6.300 m² de área de vendas, o empreendimento tem 33 check-outs e um mix completo, com 40 mil itens. Para valorizar a mão de obra local, os 400 empregos foram priorizados para os moradores da região. Os colaboradores vão atender mais de 250 mil clientes por mês.

A beleza da obra já pode ser conferida desde a arquitetura da fachada, que usou materiais nobres como aço inox, vidro e ACM, que dão requinte e elegância ao empreendimento, bem como à região onde está instalado. O novo hipermercado terá, ainda, praça de alimentação e galeria com 13 lojas de apoio, entre elas O Boticário, Joalheira Aristides, Farmácia das Nações, além de outras opções que trarão mais conveniência e praticidade para o dia a dia dos clientes. O Condor inaugurou sua primeira loja em São José dos Pinhais em 1985 e já estava nos planos da rede ampliar sua atuação na cidade. “Face a grande expansão

Apenas 40% dos funcionários levam a sério a segurança de TI de empresas A Avira, empresa de segurança digital, representada no Brasil pela Nodes Tecnologia, acaba de divulgar os resultados de uma pesquisa que realmente preocupa: apenas 38,95% dos funcionários levam a sério as normas e a segurança de TI das empresas onde trabalham, enquanto que 35,42% conhecem as políticas de segurança, mas não acham que isto importa. Outros 25% simplesmente não se preocupa com ela e acredita que este assunto é do administrador de redes, apenas. A Avira perguntou quanto o funcionário é cuidadoso quando se trata da segurança de TI da empresa onde trabalha. “Quando se analisa estes números, damos conta que há muito que fazer para mudar esta realidade”, afirma Sorin Mustaca, especialista em segurança de dados da Avira. “Todos os funcionários das companhias necessitam saber que a segurança vai muito além de se ter um software antivírus instalado. Nos últimos anos temos visto uma quantidade enorme de casos de aumento do uso de exploits como vetor de ataque às redes corporativas a fim de executar

códigos maliciosos para roubar informações confidenciais das empresas. E isto é feito porque os cyber criminosos sabem que os funcionários são o elo mais fraco do ecossistema de segurança nos ambientes corporativos, que eles não tomam o cuidado necessário para se evitar os ataques de hackers”, afirma o executivo. Eduardo Lopes, diretor da Nodes Tecnologia, comenta que o cenário no Brasil também é preocupante. “Sabemos que o número de novos postos de trabalho traz novo tipo de usuário de PC ao ambiente empresarial e que este pessoal deve ser ensinado a lidar com esta nova situação. Manter os sistemas corporativos e de segurança constantemente atualizados é importante, mas creio que uma nova tarefa surge: ensinar os novos colaboradores a usar os recursos de TI em segurança”, destaca o executivo. Para auxiliar as micro e pequenas empresas neste processo, a Nodes oferece uma campanha para o Avira Small Business Suite, criada para garantir a segurança multi camadas das redes

de computadores nas empresas, com funcionalidades para proteção de desktop, servidor de arquivos, servidor de e-mail a partir de administração centralizada. A solução foi projetada para empresas que possuem entre 3 e 100 computadores e oferece instalação facilitada a partir de um console central, que permite monitorar e atualizar a segurança automaticamente em tempo real. “Com esta solução é possível garantir que os ativos de TI estejam fora do alcance dos cyber criminosos a partir da adoção de soluções tecnológicas avançadas e com bom custo benefício, como uma solução que permite uma economia de até 40% e fecha todas as portas por onde as ameaças virtuais podem entrar”, comenta. Como parte da campanha, a Nodes oferece a Avira Small Business Suite com desconto especial de 10% pelo período de 12 meses, com a finalidade de ampliar a sua base de clientes no Brasil neste segmento e pode ser adquirida por intermédio de seus mais de 300 parceiros comerciais em todo o território nacional.

do município nos últimos anos, achamos que chegou o momento de abrir a nossa segunda loja em São José e buscamos o que há de mais moderno para transformar este hipermercado em uma vitrine para o país, fazendo com que o nosso Paraná seja referência para a América do Sul.”, diz Zonta. SERVIÇO O novo Hipermercado Condor Joinville está localizado na Avenida Joinville, 3001, bairro Pedro Moro, São José dos Pinhais - PR. O horário de atendimento será de domingo a quarta-feira e feriados, das 8h às 22h e de quinta-feira a sábado, das 8h às 23h.

Mercado brasileiro de cartões cresce 24%

Segundo levantamento da Abecs (Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços), o faturamento dos cartões de crédito, débito e de rede/loja no Brasil registrou alta de 24% no terceiro trimestre de 2011, em comparação com o mesmo período de 2010. A inclusão de novos consumidores no sistema financeiro, a substituição natural dos meios de pagamento em papel por meios eletrônicos e a continuidade do crescimento do consumo das famílias, do emprego e da renda do brasileiro estimularam o resultado, que totalizou R$ 169,6 bilhões. “Independentemente do cenário econômico, o mercado de cartões ainda tem muito espaço para crescer, devido à migração dos meios de pagamento. O brasileiro está usando cada vez mais o cartão, por perceber seus inúmeros benefícios, como a segurança, a praticidade e a facilidade na hora de pagar suas compras”, afirma Claudio Yamaguti, presidente da Abecs.

Empresas & Produtos Siena lança Panettones Roma Trufado e Premium

Para este Natal, a empresa paranaense Siena Alimentos lança dois novos panettones: o Roma Trufado, com recheio de chocolate e o Roma Trufado Premium, que além do recheio, também vem com cobertura em chocolate ao leite. Os produtos contam com ingredientes nobres e são fabricados com a tradicional receita italiana pelo processo de fermentação natural, que é fundamental para garantir qualidade superior, aroma, sabor inigualável e evitar distúrbios gástricos. Mesmo sendo o símbolo natalino, o panettone vem se aprimorando a cada ano para atender as necessidades de consumidores cada vez mais exigentes. Os panettones Roma Trufado e Premium são produtos selecionados e sofisticados desde a embalagem, que é requintada e elegante com detalhes em dourado e imagens que despertam o desejo de consumo, sendo uma grande opção de presente para o Natal. O Panettone Roma Trufado Premium está disponível em embalagem de 700 gramas, já o Trufado é disponibilizado em embalagem de 500.

Grupo Uninter promove arrecadação de livros para o Projeto Rondon

Alcântara, no Maranhão, é o próximo destino dos alunos da Facinter, instituição de ensino superior do Grupo Uninter, que, pelo terceiro ano consecutivo, participam do Projeto Rondon. Coordenado pelo Ministério da Defesa, com a colaboração da Secretaria da Educação do Mistério da Educação (MEC) e diversos órgãos civis para integração social, o projeto tem como objetivo melhorar a vida dos moradores das regiões carentes do país. Serão mais de 10 dias, no início do primeiro semestre de 2012, de convivência entre universitários de todo o país, período em que haverá ações de solidariedade e cidadania promovidas para a população local. Entre as atividades – desenvolvimento local e gestão pública –, um dos objetivos da Facinter é melhorar as bibliotecas das escolas do município. Na última participação da Instituição no projeto, que aconteceu em Laranjal do Jarí, no Amapá, foram arrecadados aproximadamente 200 livros. Nesta edição a campanha continua. As doações podem ser feitas por qualquer pessoa, desde colaboradores até a comunidade em geral na Sede Garcez do Grupo, localizada no centro de Curitiba. Marcos Maioli, coordenador do projeto pela Facinter, acredita na importância do envolvimento de alunos e instituição nesta ação. “É um projeto extremamente concorrido. Centenas foram encaminhados ao Ministério da Defesa e poucos foram aprovados. Para o município é bom porque trazemos vários cursos e capacitações que movimentam a cidade, para a Instituição é bom, pois nossos alunos colocam na prática aquilo que aprendem somente na teoria. Fora a vivência de uma realidade totalmente diferente”.

UniBrasil está com inscrições abertas para cursos de pós graduação

A UniBrasil (Faculdades Integradas do Brasil) está com as inscrições abertas para os cursos de pós graduação lato sensu. As especializações da instituição são: Business Intelligence (BI), Comunicação e Novas Mídias, Gestão Financeira e Controladoria, Logística Empresarial, Marketing Estratégico, Educação e Inclusão, Educação Física Escolar, Gestão da Tecnologia da Informação, Licitações e Contratos Administrativos, Fisioterapia Traumato-ortopédica e Personal Training. A carga horária dos cursos varia entre 360h e 420h e as especializações contam com corpo docente formado por especialistas, mestres, doutores e pós-doutores reconhecidos no mercado. As inscrições podem ser realizadas até fevereiro de 2012 com previsão de início das aulas no mês de março. Mais informações sobre os cursos podem ser obtidas através do site www.unibrasil.com.br ou na Secretaria de Pós Graduação, pelo telefone 3361-4218, atendimento de segunda à sexta-feira, das 8h às 20h30 e nos sábados, das 8h às 12h.

Sony Ericsson é líder em download de jogos HD no Brasil

Segundo a Gameloft, em novembro, o Xperia Play passou a ser o líder em número de download de jogos HD no Brasil. O smartphone que foi lançado no terceiro trimente do ano continua surpreendendo e passa a oferecer 30 opções de games gratuitos e mais de 200 títulos disponíveis para download com preços a partir de R$ 3,99. Todos os jogos podem ser baixados via Android Market. Para os amantes de adrenalina, a Sony Ericsson apresenta três novos títulos de Xperia Play, com muita ação, aventura e esporte radical.

Porto Beach Fun reabre no dia 25 de dezembro

Quem ficar ou quem optar pelo Paraná para passar as férias de verão, não vai se arrepender. Boa gastronomia e o melhor do entretenimento são as principais características que vão marcar a temporada 2012, pelo menos no Porto Beach Fun. O lugar já virou passagem obrigatória dos moradores e turistas que vão ao litoral paranaense, e quem já estava ansioso para saber das novidades, o complexo reabre no dia 25 de dezembro (domingo), logo após a comemoração do Natal. Para quem não lembra, o espaço reúne seis operações em um só lugar, todas interligadas por um deck posicionado de frente para a baía. Para os diferentes gostos gastronômicos e musicais, estão o Porto Iguana, que possui repertório ao vivo de surf music, eletrônico e pop rock, além de servir opções de jantar e variedade de petiscos; o Porto Deck, que é especializado em petiscos; o Porto México, que serve o melhor da culinária quente mexicana; o Porto Dog, ideal para quem procura uma refeição rápida em meio às festas; o Porto Sushi, que serve diferentes pratos da cozinha oriental; e o Porto Santo Canto, ideal para quem gosta de dançar ao ritmo de sertanejo, pagode e micareta. As casas abrem a partir das 19h, com exceção do Porto Santo Canto, que abre as portas às 22h.

Oi prorroga inscrições para programa de estágio 2012

A Oi decidiu prorrogar as inscrições para o processo seletivo de 2012. A entrada para os candidatos selecionados está prevista para março e outubro do ano que vem. Os candidatos interessados em estagiar na Oi devem ter inglês intermediário, domínio do pacote Office e estar a no mínimo 1 ano e meio e no máximo 2 anos da formatura. As inscrições já podem ser feitas até o fim de janeiro no site www.oi.com.br/euquerotrabalharnaoi. Na Oi, o processo seletivo para o Programa de Estágio é completo. Há provas online (Inglês, Raciocínio Lógico e Conhecimentos Gerais), Dinâmicas de Grupo, fase em que são discutidos casos situacionais, e entrevistas com RH e Gestor.


3

a

margem

Indústria&Comércio | Curitiba, segunda-feira, 12 de dezembro de 2011 | B8

arte&atitude,

Nem te Conto Luzes mapeadas

moda&cia

Adélia Maria Lopes | adelia@novacombrasil.com.br

Troféu Gralha Azul Todas as noites, até dia 24, às 20h30, 21h10 e 21h50, acontece um espetáculo na fachada do Shopping Curitiba. É o espetáculo de luzes e imagens matematicamente projetadas em 3D, causando um efeito atraente para adultos e crianças. Ao término de cada apresentação, entra uma decoração estática com um cronômetro indicando o horário do próximo show, cujo patrocínio é do Grupo Tha, atento às novas tecnologias. O local de melhor visibilidade e de audição da música é da Praça Oswaldo Cruz.

Fandango

Ás de Paus, de Londrina, entre os indicados ao prêmio

Após julgar 45 peças inscritas, a decisão do júri do Troféu Gralha Azul deste ano será revelada nesta terça 13, às 20h, no Guairinha (entrada franca). Para melhor espetáculo de 2011 estão indicados A Pereira da Tia Miséria, do Núcleo Ás de Paus, Antes do Fim, de Marcos Damaceno Cia de Teatro, Avenida Independência 161-Trilha Sonora para Coisas Irreversíveis, da Cia MKF Produções, Ouoquequiserdes, da Cia do Ator Cômico, e Vivienne, da Cia de Bifeseco Na categoria Espetáculo infantil concorrem: Clarice Matou os Peixes/Cia do Abração, Buanga, a Noiva da Chuva/Cia Karagozwk, Cinderela/Cia Regina Vogue e Caipirados pra Burro/Cia Geografia das Artes. Criado há 32 anos, o prêmio é uma realização é do Teatro Guaíra e sindicatos das artes cênicas. A Comissão Julgadora de 2011 é formada por Dinah Ribas Pinheiro, Luiz Afonso Burigo, Mara Cristina Izidorio, Marialda Pereira e Simone Ribinski da Costa Mattos.Também será premiado o Melhor Técnico do Ano. As principais indicações são: Ator: Guilherme Kirchheim/A Pereira da Tia Miséria, Zeca Cenovicz/ Antes do Fim, Ranieri Gonzalez/Isso Te Interessa? e Luiz Bertazzo por Seance, As Algemas de Houdin.

Atriz: Kassandra Speltri/Avenida Independência 161, Sílvia Monteiro/ Edifício Amor, Claudete Pereira Jorge/ Ilíada Canto 1 e Pagú Leal/Minha Vontade De Ser Bicho. Ator coadjuvante: Samir Halab/Antes do Fim, Rodrigo Ferrarini/Isso Te Interessa?, Fernando Bachstein/A Sapateira Prodigiosa, Joel Vieira/A Guerra dos Fanáticos e Diogo Zavadski/Vivienne. Atriz coadjuvante: Elliane Campelli/ Antes do Fim e Karla Fragoso por “Avenida Independência 161-Trilha Sonora Para Coisas Irreversíveis” Cenário: Marco Damaceno/Antes do Fim, Cleverson de Oliveira/Edifício Amor, Paulo Vinícius/Avenida Independência 16, Paulo Vinícius/Seance, As Algemas de Houdini e Sérgio Richter/ Orinoco. Figurino: Fernando Bachstein/Os Sete Pecados, Paulo Vinicius/ Ouoquequiserdes, Alex Lima/A Pereira da Tia Miséria, Paulo Vinícius/A Sapateira Prodigiosa, Thamis Barreto/A Guerra dos Fanáticos. Direção: Edson Bueno/Minha Vontade de Ser Bicho, Marco Damaceno/ Antes do Fim, Paulo Biscaia/Avenida Independência 161-Trilha Sonora, Mauro Zannata/Ouoquequiserdes e Dimis Jean Sores/Vivienne. Direção Espetáculo Infantil: Letícia

Festa popular em semi-extinção, o fandango ganha exposição no Museu de Arqueologia e Etnologia, em Paranaguá. Em cartaz até 8 de abril de 2012, o acervo apresenta ferramentas, rabecas, tamancos, dentre outros utensílios que dão vida às danças e músicas desse universo. Tem ainda fotos de Carlos “Macaxeira” Aguiar, um vídeo com os mestres fandangueiros e três maquetes em papel machê da artista Elizangela Sarraf. O museu abre de terça a sexta das 9 às 18h e nos sábados, domingos e feriados das 12 às 18h.

Natal no Castelo

Crianças de programas sociais mantidos pela Fundação de Ação Social de Curitiba receberão uma ceia adaptada ao gosto delas com cachorro quente Au-Au, sorvetes Kibon, guloseimas e bebidas. As crianças também participarão de oficinas de beleza com os profissionais do Princess Hair. Será nesta terça 13, no Castelo do Batel, decorado pela Big Festa. A festa terá personagens da literatura infantil, além da dupla de palhaços Patati e Patatá. Papai Noel entregará os presentes.

Novas lojas Guimarães/Clarice Matou Os Peixes, Marcelo Santos/Buanga, A Noiva da Chuva, Maurício Vogue/Cinderela. Revelação: Cleber Hidalgo (cenário de Histórias Para Passar o Tempo e de A Fabulosa Cozinha de Pierre), Gabriel Manita (ator em Cinderela), Simone Hidalgo (direção de Fabulosa Cozinha de Pierre, Patricia Cipriano (atriz em Vivienne). Texto: Gerson de Andrade/Caipirados Pra Burro, Paulo Biscaia/Avenida Independência 161, João Luiz Fiani/A Guerra dos Fanáticos- O Contestado e Dimis Jean Sores/Vivienne.

Guaíra 2 dança Blow Elliot Benjamin ça terminal, que gasta todo o patrimônio, para depois descobrir que seu mal não era tão grande. Cleide Piaseki juntou ainda as histórias do aviador que cai do céu, da serial killer de apenas oito anos, da cantora de ópera que morre queimada dentro do teatro e o cão que tem uma estátua no túmulo do seu dono no Cemitério de Highgate. Apresentações no Guairinha, sexta 16 e sábado às 20h30 e domingo às 18h. Ingressos a dez e cinco reais.

Para encerrar a temporada 2011, a Guaíra 2 Cia. de Dança reapresenta Blow Elliot Benjamin, que estreou em agosto. Este é o primeiro trabalho do grupo centrado num personagem. Autora do texto e da direção, Cleide Piaseki inclui, além da dança, a interpretação teatral. Cenografia e figurinos são do premiado artista Gelson Amaral Gomes. A assistência coreográfica é de Júlio Mota. O espetáculo é inspirado na história real de um homem diagnosticado com uma doen-

1- Com presença da atriz Claudia Raia, a italiana Monnalisa, presente em 50 países e líder mundial em roupas e acessórios infantis para meninas, realiza desfile-show de inauguração de sua primeira loja conceitual em Curitiba. A franqueada Priscila Cadore Nobre planeja abertura de mais lojas no Brasil, em 2012. O desfile será nesta terça 13, no Solar do Rosário. “Além de contarmos com a presença VIP da atriz, teremos a honra de abrir e fechar o desfile com sua filha Sofia”, conta Priscila. A loja será aberta ao público nesta quinta-feira. 2- Nesta terça 13, abertura do Espaço Grifith na Bazaar Fashion, das 19h30 às 23h. É um ambiente dedicado à joalheria, sob comando de Norma Camargo, que retorna ao mercado de luxo. 3- A Toys & Papers, recém-inaugurada no Shopping Novo Batel pelas sócias Suzana Muller Branco e Maria Helena Righetto, oferece brinquedos, papelaria, oficinas artesanais e de gastronomia para minichefs. 4- Especializada na criação de artigos de papelaria personalizados, presentes e lembranças para festas, a Papelícia está em novo endereço (Rua Dario Velloso, 1219, Vila Izabel). Desenho e estampas são feitos pela loja. O cliente ainda pode encomendar toques personalizados como capas com o nome da pessoa que será presenteada. O acervo tem cupcakes e mimos para chá de panela, de fralda etc etc. Fone: 3078-6010.

Decoração

Solar do Barão se enche de ar-te

O Museu da Gravura, Museu da Fotografia e a Gibiteca, salas do Solar do Barão, em agenda de fim de ano abrem exposições nesta terça 13, às 19h, com visitação até fevereiro. O destaque são as gravuras em metal de Louise Bourgeois, do acervo de arte da Fundação Cultural de Curitiba. Séries Autobiográficas- Louise Bourgeois “retiram a mulher da zona de sombra da história da arte”, segundo o crítico Paulo Herkenhoff registrou no catálogo da XI Mostra da Gravura Cidade de Curitiba.

Para ele, “depois de Bourgeois, o universo da arte já não será de mulheres no mundo dos homens, nem têm elas que falar a linguagem dos homens, mas podem tornar presentes seus próprios desejos”. Ainda no Museu da Gravura estão Arquivo/Operação.Impermanência, mostra com obras de Arthur do Carmo, Luana Navarro e Patrícia Lion; Miragens, gravuras em metal e litografias de Larissa Franco; Práticas de Aproximação, xilos realizadas por artistas nos ateliês do museu; Hacklab S.o.l.a.r, ciclo

Bar fecha portas com bom humor Diogo Portugal retorna ao Era Só O Que Faltava (Rep. Argentina, 1334) nesta terça 13, para apresentar o seu primeiro espetáculo, Cabaré, criado há dez anos, quando começou a atuar em Curitiba. Como o bar fechará, pois o prédio será demolido, o comediante vai relembrar o início da carreira, quando trazia convidados de cmyk

outras cidades, promovendo intercâmbio e mistura de modalidades de humor, indo do stand up ao musical, passando por esquetes e personagens. Cabaré, com Diogo Portugal e convidados, será às 22h, Ingressos a 50 reais (vendas antecipadas com lugares marcados) e 20 reais. Fone 3342-0826. Classificação etária: 14 anos

de encontros comandado por Guilherme Soares e Simone Bittencourt para discussão sobre Cultura Digital Livre, e a coletiva Marcas e Ilhas, com gravuras de Maikel da Maia, Julcimarley Totti, José Roberto da Silva e Maria Lúcia de Júlio. No Museu da Fotografia, Milla Jung apresenta Países Imaginários, em que as fotos tanto podem ser vista quanto “ouvidas”. E ali ainda a exposição Malote Destino CWB, com obras em pequena dimensão de dez artistas convidados por Deborah Bruel. Esse acervo es-

tará em permanente circulação pelo país. A Gibiteca de Curitiba sedia Histórias de Nanquim, em que o desenhista André Caliman apresenta originais da série em quadrinhos E.L .F., publicada nos EUA pela editora Across The Pond, ao lado de originais de algumas HQs editadas no Brasil, como a que foi feita para a internet Ruídos, e a inédita Sequestro em Três Buracos. E na Loja da Gravura estão à venda gravuras, desenhos, fotografias, pequenos objetos, catálogos e publicações.

1- Adesivos de parede estão na moda e podem ser usados de forma criativa. A Stixx tem vários modelos para personalizar camas box, por exemplo. Além disso, há modelos divertidos, como os da linha Ilusionistas, que tem cadeira, abajur, cabeceiras, lustres, molduras e até gaiolas. A entrega é em todo o pais pela loja online www.stixx.com.br. 2- Lugar de trabalho deve e precisa ser agradável. O escritório tá feio? Então veja as cadeiras da loja Artany Curitiba. Desenvolvidas pela Enjoy, elas possuem design, ergonomia e inovação.

Caviar capilar

Para ajudar na proteção dos cabelos em época de sol, o salão Lady Hair de Curitiba sugere um extrato de caviar que hidrata os fios, o Tratto Capillare. A matéria prima é italiana e “além de conter diversas vitaminas, possui proteínas que dão maciez e brilho imediato aos cabelos”, garante o cabeleireiro Nilson Jose. Com sede em Milão, a Cosmezi, responsável pela linha de caviar, utiliza da nano-técnologia para criar seus produtos.


12-12-11 Indústria&Comércio  

jornal, ecnomia, diário, curitiba, comercio, politica, beto, agraria, joaquim severino, 25 anos

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you