Page 1

semanal

ICESP www.icesp.org.br | semanal@icesp.org.br

9 de dezembro | ano 5, edição 205

Cotidiano

Aconteceu ICESP lança protocolo institucional de manejo da dor Divulgação ICESP

O lançamento do protocolo institucional para o manejo da dor, realizado no último dia 29, fechou o mês de novembro no ICESP. O evento contou com a presença da bioquímica Maria Carmona, professora titular associada da disciplina de anestesiologia da USP, que fez o discurso inicial, além das médicas Marisa Madi, diretora Executiva, Maria Del Pilar, diretora da oncologia clínica e a enfermeira Maria Rita, diretora técnica assistencial. O protocolo, elaborado por uma equipe multidisciplinar, padroniza a avaliação e o manejo farmacológico e não farmacológico da dor nos pacientes em tratamento contra o câncer. Segundo levantamento recente, mais de 40% dos pacientes que passam pelo CAIO referem a dor como principal motivo para a vinda ao serviço de pronto-atendimento.   A médica coordenadora do grupo de dor, Ângela Souza, apresentou aula sobre o assunto e explicou a importância da implantação do protocolo e, princi-

palmente, da adesão de toda a equipe assistencial às condutas propostas. “Estudos mostram que mais de 90% dos pacientes com câncer tem dor em algum momento da evolução da doença e 1/3 sofre com dor intensa, por isso não podemos negligenciar esse sintoma, que, com o protocolo, passa a ser considerado um sinal vital”, destaca a especialista. Avaliação A dor deve ser mensurada pela equipe assistencial todas as vezes em que forem medidos os parâmetros vitais dos pacientes - pressão arterial, frequências cardíacas e respiratória e temperatura -, como um 5º sinal vital a ser medido. O protocolo determina quatro modelos de escalas de avaliação: visual númerica (0 a 10) e descritiva verbal (variando de sem dor a dor insuportável), ambas para pacientes acima de 3 anos, conscientes e orientados, além da escala PAINAD, que será aplicada por enfermeiros em pa-

cientes com algum déficit de cognição e, por fim, a comportamental, aplicada a pacientes sedados. “Considerando a necessidade de evitar o desconforto prolongado do paciente, quando houver medicamentos prescritos para alívio da dor, as equipes de logística, farmácia e enfermagem atuarão em 30 minutos para administrar o medicamento adequado. A equipe de enfermagem reavaliará a dor do paciente após 1 hora do término da administração do medicamento”, explica a gerente de enfermagem Daniela Vivas. Entendendo que em alguns casos o tratamento farmacológico não é suficiente para resolver o quadro do paciente, o protocolo contempla também ações não farmacológicas como a psicoterapia de apoio e acupuntura. As ações envolvem, ainda, tratamentos minimamente invasivos realizados por por especialistas em dor com formação básica em anestesiologia e neurocirurgia. Semanal ICESP | 1 |


Cotidiano

Grupos da Cirurgia do Aparelho Digestivo e Endoscopia são premiados em congresso brasileiro

Divulgação ICESP

É tempo de música

O último mês do ano chegou, e com ele, a 3ª edição do projeto “É Tempo de Música”, realizado pelo setor de Humanização. Com a proximidade das datas comemorativas, a ação tem objetivo de estimular, por meio da música, a criatividade, atitudes positivas e interação com pacientes e colaboradores. Na primeira semana de dezembro, o hall de entrada, as UI e o CAIO foram palco de corais, grupos de dança e pianistas, todos voluntários. “Já passei vinte dias praticamente

morando no ICESP porque meus irmãos foram tratados aqui. Nesses momentos, a música se tornou minha fortaleza, por isso, decidi aceitar o convite das Voluntárias a tocar piano e proporcionar para essas pessoas o conforto que encontrei na música”, comenta Rosana Luna, pianista voluntária do ICESP. As apresentações acontecem até o dia 20 de dezembro no Instituto e externamente. Fique ligado na programação enviada por e-mail. Não perca!

O grupo de Cirurgia do Aparelho Digestivo e do Serviço de Endoscopia do ICESP, coordenado pelo Dr. Fauze Maluf Filho, ganhou o prêmio de melhor pôster apresentado durante a XII Semana Brasileira do Aparelho Digestivo (SBAD), concorrendo com outros 156 trabalhos. O evento reúne renomados profissionais nacionais e internacionais da área da saúde para a troca de experiências e atualização científica, discussão e debates. “Esse fórum é o mais importante do Brasil para os médicos da área. Por isso, o prêmio significa o reconhecimento de uma conduta médica que estamos adotando dentro do Instituto, fruto de um trabalho conjunto e da nossa rotina” declarou Fauze. O pôster que foi apresentado pelo grupo, refere-se ao trabalho com pacientes que tem câncer e obstrução biliar, tratados por meio da drenagem biliar endoscópica. Os profissionais autores do trabalho são: Mauricio Paulin Sorbello, Bruno Medrado, Vagner Birk, Jeismann, Felipe Retes, Ulysses Ribeiro Junior, Ivan Cecconello e Fauze Maluf Filho.

ICESP realiza exposição de quadros produzidos pelos colaboradores As artes produzidas no segundo semestre de 2013, no curso de Sensibilização Artística, foram expostas no hall de entrada do Instituto, na última terça-feira (3) . Essa edição contou com quadros feitos por meio das técnicas: pontilhismo e grafismo. Todos os artistas que participaram das aulas terão suas obras expostas na mostra, já que os quadros estão passando por um rodízio semanal. O curso “Sensibilização Artística” é ministrado pela professora Enice Fava e acontece semestralmente. Semanal ICESP | 2 |


Cotidiano

Joint em Destaque

Programe-se

Avaliação dos Pacientes Um processo eficaz de avaliação do paciente resulta em decisões sobre as necessidades imediatas e continuadas de tratamento. A avaliação é um processo contínuo e dinâmico que ocorre em muitas clínicas e é adequada quando considera as condições do paciente, sua idade, necessidades de cuidado e preferências. Esses processos são mais eficazes quando os vários profissionais qualificados, responsáveis pelo paciente, trabalham em conjunto. Além disso, é muito importante que a instituição determine a periodicidade com que estas avaliações devem ser atualizadas. A Joint Commission preconiza padrões para esta função. Entre eles, destacamos alguns exemplos: - As necessidades de todos os pacientes devem ser identificadas através de um processo estabelecido. - A avaliação inicial deve incluir os fatores físicos, psicológicos, sociais e econômicos, inclusive o exame físico e o histórico de saúde. - Médicos, enfermeiros e demais profissionais responsáveis pelo cuidado colaboram para analisar e integrar as avaliações do paciente.

Agenda Dezembro 13 16

III Jornada de Nutrição e Câncer

Encerramento 2013

A festa de confraternização do ICESP está chegando. Não deixe de participar. Listamos algumas informações importantes para quem for curtir a balada: Quando 17 de dezembro, das 20 às 4 horas Onde Via Marquês - Avenida Marquês de São Vicente, 1589 Translado Transporte gratuito da estação Barra Funda do metrô (Rua Tagipuru, 795) até o local da festa, entre 19 horas e meia-noite Vallet Serviço de manobrista no valor de R$ 25 Fique ligado • O evento é gratuito e exclusivo para colaboradores do Icesp •

A entrada é permitida mediante apresentação do crachá

Buffet de petiscos, sucos e refrigerantes não será cobrado

Não haverá comércio de bebidas alcoólicas

Menores de idade não podem participar

Semanal ICESP | 3 |


Gourmet

Panetone Colaboração: Vivian Anhê Savane, nutricionista do ICESP

O panetone é um alimento tradicional da época de Natal, de origem milanesa, do norte da Itália. O pão doce possui fragrância discreta de  baunilha  e recheio de frutas secas, tais como damasco, laranja, limão, figo, maçã, cidra e a uva passa. Durante sua fabricação, a massa passa por um processo de fermentação  natural que busca garantir que o panetone fique com consistência macia. A origem do panetone é um mistério. Existem diversas lendas sobre sua origem, sendo a mais conhecida, descrita como uma história de amor no qual tudo iniciou no século 15, quando

um jovem milanês membro da família Atellini, se apaixonou pela filha do padeiro, chamado Toni, que por sua vez não aprovava o namoro. Para impressionar o padeiro, o rapaz disfarçou-se de ajudante de padeiro e passados alguns dias de trabalho inventou um maravilhoso pão naturalmente fermentado e com frutas, de extrema delicadeza e sabor especial, o mesmo foi moldado no formato da cúpula da igreja. O jovem presenteou o futuro sogro com o pão. O sucesso do pão foi imediato e a nova iguaria passou a ser conhecida como o pão do Toni, e com o passar do tem-

po, simplesmente, panetone. Desse dia em diante a padaria ganhou muito movimento, o que fez a família ficar rica. Com o passar dos tempos, a receita original vem sofrendo diversas inovações, dando origem a versões como Chocotone, Sorvetone e Colomba Pascal, variações mais conhecidas da receita. Apesar da deliciosa tentação, há de haver um cuidado especial no consumo, visto que o produto final é rico em carboidrato  e possui grande quantidade de gordura: uma fatia de 80 gramas do panetone, por exemplo, possui cerca de 280 Kcal.

Panetone Modo de preparo

• 1 kg de farinha de trigo • 100 gr de fermento biológico fresco • 200 gr de manteiga • 200 gr de açúcar • 8 unidade(s) de gema de ovo • 10 gr de sal • 250 gr de frutas cristalizadas • 150 gr de uva passa • 6 gotas de essência de baunilha • 6 gotas de essência de laranja • 1 copo(s) de água

1. Em uma vasilha, faça uma esponja com 100g de farinha de trigo, o fermento e um pouquinho de água. Deixe descansar por 15 minutos, 2. Após este descanso, adicione o restante dos ingredientes menos as frutas, faça uma massa bem macia colocando as frutas e as uvas sempre por último, 3. Deixe descansar, coberta por um pano, durante 20 minutos, Após este descanso, acrescente as frutas, faça os modelos, coloque nas formas e deixe descansar novamente até quase atingir o dobro, 4. Após tudo pronto, pegue uma lâmina, faça os cortes em formato de cruz em cima de cada pannetone, puxe as abinhas para fora e coloque por cima uma colherinha de manteiga sem sal. Leve para assar em uma assadeira ou forma de papel. Usar forno médio 180ºC. 5. Dica, ao invés de frutas e passas, coloque a mesma quantidade de gotas de chocolate (antes passe-as na farinha de trigo e misture-as delicadamente na massa) que você vai ter um chocotone delicioso.

Você tem dúvidas sobre alimentação? Encaminhe-as para nós, pelo e-mail semanal@icesp.org.br.

Reprodução

Ingredientes

Semanal ICESP | 4 |


Bem-estar

Cuide-se Sol, calor, piscina e... saúde!

Descobrir e comunicar Colaboração: Walmir Cedotti, psicanalista e consultor de pessoas do ICESP.

Ainda não chegamos ao verão, mas esse calorão já pede uma refrescada no fim de semana, não é mesmo? Seja na praia, na piscina da casa dos amigos ou na do clube, é importante tomar alguns cuidados para evitar problemas recorrentes nessa época do ano, como micoses e alergias.

Reprodução

Escolha do local Para evitar micoses e outras doenças, dê preferência a piscinas em locais onde são exigidos exames de pele e outros critérios para garantir a higiêne. Não ande descalço nas áreas e em banheiros públicos.

Reprodução

Fungos Mesmo com alguns cuidados a contaminação é bem comum, pois passamos muitas horas com a pele úmida. Caso tenha notado alguma anormalidade após o uso da piscina, procure um dermatologista.

Na corrente mística-filosófica do oriente temos uma figura chamada bodhisatva que representa o arquétipo do buscador de conhecimento seguindo em direção à montanha ao encontro da realidade em seu interior. Após um tempo de reclusão e meditação, retorna à vida cotidiana para levar o que descobriu àqueles que cruzam o seu caminho. As antigas tradições que integram a abordagem sistêmica da realidade enriquecem nossas vidas ampliando o intelecto e a maneira de sentir o mundo em que vivemos, pois apontam para o simbolismo existente em muitas práticas sobre o conhecimento humano. A montanha que se deve subir para tocar em nossa interioridade está dentro de cada um de nós. Quando fazemos uma descoberta significativa, devemos comunicá-la àqueles que vivem ao nosso lado. Transmitir o que é bom em nós é um jeito de fazer o bem e tornar a experiência de existir mais valiosa deixando um legado de luz aos que virão habitar as terras por onde andamos um dia.

Rep

Divirta-se

Autor: Sasha Gould Editora: Novo conceito

Diretor: Jon Turteltaub País/Ano: EUA/2013

R e pro dução

ro d u ç ã o Rep

A cidade dos segredos Laura vivia num convento e após a morte inexplicável de sua irmã Beatrice ela é obrigada a voltar para casa e se casar com o noivo da falecida. A sociedade Secreta faz um pacto com Laura e promete ajudá-la a descobrir quem matou Beatrice.

ro d u ç ã o

Última viagem a Vegas Billy Paddy, Archie e Sam são amigos desde a infância. Quando Billy, o solteirão do grupo, decide enfim pedir em casamento sua namorada de trinta e poucos anos, eles resolvem viajar até Las Vegas para reviver a juventude.

Piscinas públicas em São Paulo A capital paulista tem uma lista com 8 locais públicos pra dar um tchibum no fim de semana. O preço é bem baratinho e opções não faltam. Entre essa lista, destacam-se: Sesc Itaquera, Parque Ecológico, Centro Esportivo do Pacaembu e muitos outros. Confira lista completa em: www.guiadasemana.com.br

Semanal ICESP | 5 |


Giro 2

segunda-feira

Chuva de foguete Possíveis restos de foguete que levou sonda lunar caem sobre casas na China

3

terça-feira

Cacareco Arqueólogos encontram banheiro pré-histórico, usado há 240 milhões, na Argentina

4 quarta-feira

Cientistas lêem o mais antigo DNA de humano primitivo Publicado em: UOL

ma de Los Huesos, na Espanha, tem semelhanças surpreendentes com o de humanos primitivos da Sibéria, os denisovanos. Além da distância de milhares de quilômetros, o espécime espanhol tem 400 mil anos, enquanto os denisovanos viveram há 40 mil anos.

Twittes

Quiz

Reprodução

O DNA de um humano primitivo que morreu na Espanha há quase meio milhão de anos foi recuperado e “lido” por uma equipe internacional de pesquisadores, num feito que promete complicar ainda mais o que se sabe sobre a tortuosa história evolutiva da nossa espécie. Ocorre que o DNA do hominídeo de Si-

Direto da fonte Britânica cria porta-retratos para bebês feito com placenta das mães

5

quinta-feira

Agora é que são eles Cientistas australianos testam em ratos pílula anticoncepcional para homens

6

sexta-feira

Mensageiro sideral Imagem mostra estrela ‘nova’ visível a olho nu do hemisfério Sul

7

sábado

Fita métrica ‘Gordinho saudável’ é um mito, de acordo com nova pesquisa canadense

8

domingo

Cobertura nacional Governo vai oferecer remédio a todos os infectados com o vírus do HIV

Confira o vídeo institucional do @Icesp_ no youtube e conheça um pouco mais sobre o nosso trabalho. Instituto do Câncer

@Icesp_

Algumas salas do ICESP têm o teto com luzes para simular uma noite estrelada. Em qual setor elas se encontram? a) Radioterapia e Serviço de Imagem

3 dez

b) Tomografia e Medicina nuclear Governo do Estado cria o 1º centro brasileiro de referência e pesquisa em seringueira. Governo de S. Paulo

@governosp 5 dez

c) Quimioterapia e Radioterapia Resposta o Quiz anterior: Alternativa C: O último tour ICESP aconteceu no CME.

Fonte: Folha

O Semanal ICESP é uma publicação produzida pela Assessoria de Comunicação do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo Octavio Frias de Oliveira - OSS Jornalista responsável: Victor Ramos | Reportagem: Fernanda Geppert, Karla Correia e Raquel Tomacelli Projeto Gráfico: Vivian Kuwajima e Victor Duro | Diagramação: Beatriz Alonso e Victor Duro | Assessoria de Marketing: Felipe Godoy

Semanal ICESP | 6 |

Semanal ICESP (9 de dezembro)  

Semanal ICESP (9 de dezembro)

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you