Issuu on Google+

semanal

ICESP www.icesp.org.br | semanal@icesp.org.br

3 de fevereiro | ano 6, edição 213

Cotidiano

Aconteceu Abertura de nova área vai reunir atendimento médico A partir desta segunda-feira (3), a equipe especializada no trato gastrointestinal passa a atender em um novo “endereço”, no 3º andar. Os grupos de oncologia clínica, oncologia cirúrgica e hepatologia, antes reunidos no 5º andar, continuam trabalhando de maneira interligada - agora em uma área exclusiva -, oferecendo um atendimento global aos pacientes com tumores digestivos. A mudança segue o modelo das clínicas  integradas, projeto implantado no segundo semestre de 2012 e inédito no Sistema Único de Saúde (SUS). Ao unir em um mesmo espaço físico o atendimento de um paciente em suas diferentes necessidades, como avaliação cirúrgica,  clínica especializada em determinado tipo de câncer, radioterapia, entre outras especialidades, o Icesp passou a garantir maior conforto e agilidade no tratamento, ao mesmo tempo em que pode ampliar a produção de pesquisa conjunta entre diversas áreas.          “O modelo internacional, já utilizado

em um dos melhores centros de tratamento oncológico, o MD Anderson Cancer Center (EUA), aumenta a interação entre os diferentes especialistas que avaliam e tratam o paciente. Essa relação mais próxima possibilita a criação de protocolos de cuidado e o desenvolvimento de trabalhos científicos, além de agilizar o tratamento”, destaca o diretor geral Paulo Hoff. Gestão de ambulatórios O setor de Gestão de Ambulatórios e Terapias, desenvolvido em 2012, é responsável pela alocação dos consultórios, gestão das recepções ambulatoriais, imagem, quimioterapia, radioterapia, pré-atendimento, coleta ambulatorial e pela Central de Agendamento Não Presencial. Segundo o diretor de Operações e Tecnologia Kaio Bin, a iniciativa melhorou a gestão dos tempos de espera para agendamento de exames, terapias e retornos nas recepções.  

O programa “Roda de Conversa com o Diretor”, criado no início de 2012, já reuniu mais de 350 colaboradores com a intenção de disponibilizar um canal de comunicação entre diretores e profissionais.

Divulgação ICESP

Bate-papo aproxima colaboradores de liderança Cada diretor estabelece a periodicidade dos encontros de acordo com a necessidade de sua área. Apenas a roda com a diretora executiva Dra. Marisa Madi é aberta para todos dos ICESP. Semanal ICESP | 1 |


Cotidiano

Oficinas de culinária ensinam pacientes com câncer a “driblar” sintomas do tratamento

Encontro com a Qualidade

É muito comum o paciente com câncer perder o apetite durante o tratamento. Pensando nisso, o serviço de Nutrição e Dietética do Icesp oferece aulas práticas de culinária para ensinar os acompanhantes a preparar receitas que estimulem o paladar do paciente e reduzam os efeitos colaterais comuns da quimioterapia, radioterapia e radioiodoterapia. Os sintomas mais comuns são: náuseas, dor para engolir, ferida na boca, intestino preso, vômitos, entre outros. As oficinas acontecem todas as terças e quintas-feiras e atendem cerca de 80 pessoas por mês. As receitas são testadas pela equipe antes das aulas e, além de gostosas e saudáveis, têm baixo custo e pode ser consumida por toda a família. “O acompanhamento do médico e, em alguns casos, a prescrição de medicamentos para possíveis reações é fundamental, mas o auxílio pode vir da cozinha de casa, na elaboração de pratos que ajudam a melhorar o apeti-

Você se lembra quais são as seis Metas Internacionais de Segurança do Paciente, preconizadas pela Joint Commission? Aproveite para conhecer mais sosexta-feira (7), em um treinamento especial apresentado pela Marisa Aquino, gerente do setor de Qualidade. O encontro acontece a partir das 10 horas, no Anfiteatro (6º andar). Realizado pela equipe de Desenvolvimento de Pessoas, o treinamento visa preparar todo o time do ICESP para a visita do órgão de acreditação. É importante que

Divulgação ICESP

bre cada uma delas na próxima

Divulgação ICESP

Joint em Destaque

te e controlar os sintomas”, comenta o coordenador do Serviço de Nutrição do Icesp, Vitor Modesto Rosa.

todos os colaboradores estejam Divulgação ICESP

com as informações “na ponta da língua” e os setores prontos para atender as exigências necessárias. Converse com os seus colegas e não deixe de participar.

Agenda Fevereiro 10 e 14

Divulgação da Política de Controle de Pragas

No dia 29 de janeiro foi comemorado o Dia da Hospitalidade. Parabéns para o time do ICESP!

Programe-se Treinamento PDCA Atenção, colaborador: o próximo treinamento Metodologia PDCA acontece nesta quarta-feira (5).

Local: Auditório (6º andar) Horário: a partir das 15 horas Não é necessário realizar inscrição. Semanal ICESP | 2 |


Gourmet

Abacate Colaboração: Jane Lopes de Souza, nutricionista do ICESP

Nativo da América Central, provavelmente do México e da Guatemala, o abacate já era consumido pelos índios Maias e Astecas. Atualmente, um dos maiores produtores é o Brasil, mas também existem outros países como Colômbia e México. Existem vários tipos de abacate pelo mundo, no Brasil os mais conhecidos são o abacate manteiga, com formato de pêra, polpa macia e sem fibras, já o Guatemala, possui casca rugosa e seu formato é oval e com o pescoço muito semelhante ao do abacate manteiga, sendo somente mais alongado. O abacate é fonte de folato que é essencial para a produção do material gené-

tico e ajuda a prevenir más-formações fetais. É indicado para todas as mulheres em idade fértil, mas também apresenta em sua composição fibras alimentares e vitamina C. Rica em gordura insaturada, em especial a monoinsaturada que ajudam a diminuir os níveis de colesterol total e do colesterol ruim (LDL) e aumentar o colesterol bom (HDL) proporcionando assim um efeito protetor contra o desenvolvimento de doenças cardiovasculares. Mesmo com todos estes benefícios vale lembrar que o abacate é uma fruta calórica, 100 gramas tem aproximadamente 160Kcal. Na hora da compra verificar a cor do

abacate, os que apresentam casca verde-clara e sem manchas são os melhores, mas alguns frutos podem apresentar manchas de cor marrom clara que é um defeito somente superficial. Os melhores abacates são os mais pesados e firmes. Na hora de armazenar o abacate deixe sempre em local fresco e arejado, se ainda estiver duro, deixe fora da geladeira para que o processo de amadurecimento seja concluído. No Brasil o abacate é consumido em receitas doce ou in natura com açúcar e gotas de limão, em outros países o abacate é acrescentado em receitas salgadas como o guacamole que pode ser com torradas como um patê.

Guacamole - Molho de abacate Ingredientes

Modo de preparo

• 2 abacates pequenos

1. Amasse os abacates e reserve, 2. Pique a cebola, salsa, tomate e cebolinha e misture o suco de limão, azeite e sal; 3. Misture os temperos com o abacate. 4. Sirva com torrada ou pão ou nachos.

Reprodução

Temperos • 1 ½ cebola branca • 2 tomates sem pele e sem semente • 2 colheres ( sopa) suco de limão • 2 ½ colher( sopa) de azeite • 1 colher( chá) de salsa • 1 colher( chá) cebolinha • 1 pitada de sal

Você tem dúvidas sobre alimentação? Encaminhe-as para nós, pelo e-mail semanal@icesp.org.br.

Semanal ICESP | 3 |


Bem-estar

Cuide-se Pipoca: um estouro em antioxidantes

Voluntário ou escolhido Colaboração: Walmir Cedotti, psicanalista e consultor de pessoas do ICESP.

Um punhado de milho, um fiozinho de óleo e uma panela no fogo. Bastam mais alguns minutos e... pronto, pipoca na mesa! Quando preparada corretamente, ou seja, não apelar para a praticidade da versão de microondas, o alimento reúne antioxidantes e pode ser aliada na guerra contra os radicais livres.  Reprodução

Parte por parte As substâncias protetoras da saúde como as fibras estão na casca. A parte fofinha do alimento é ainda fonte de carotenóides, substâncias que, no corpo, são convertidas em vitamina A.

Reprodução

Receita de sucesso O recomendado para se beneficiar das qualidades é prepará-la na panela. Uma xícara de chá cheia (30 gramas) fornece apenas 100 calorias. Usar pimentas para temperar o petisco é uma boa ideia.

Os voluntários servem porque escolheram servir, porém há outros que se sentem escolhidos para uma determinada ação e avançam como que atraídos por um imã ativado dentro de si mesmo. Atividades corriqueiras acontecem de maneira quase automática e nos enfadamos com muita frequência quando isto acontece sem muita atenção ao propósito interior. Embora tenhamos que realizar esta ou aquela atividade para fazer “andar a vida”, quando possível excluímos o que não nos agrada diretamente. Nos tornamos voluntários e servimos quando existe em nós uma centelha de confirmação de que a direção escolhida em nossa vida pessoal ou profissional é um chamado de alma. O chamado é algo que vem de dentro de nós, como uma voz envolvente ou sentido de profundo, mais do que um lampejo da vontade, mas a clara intuição de que nascemo para fazer aquilo. Nesta hora, tudo dentro e fora da pessoa começa a brilhar, e a luz que emana, cura, transforma, restaura e cria o novo em preparação.

Rep

Divirta-se

Autor: Lewis, Gil Editora: Galera Record

Diretor: Julia Rezende País/Ano: Brasil/2013

R e pro dução

ro d u ç ã o Rep

A Viagem de Íris Quando Callum conhece Iona, nem imaginam que, aos poucos, se tornariam grandes amigos. Os dois se unem pela promessa de manter em segredo a descoberta fantástica do que habita discretamente na fazenda da família de Callum, na Escócia.

ro d u ç ã o

Meu passado me condena Quando Fábio e Miá se encontram, é amor a primeira vista. Eles se casam um mês depois decidem viajar à Europa em um cruzeiro de lua de mel. Durante a viagem, ele encontram seus antigos namorados, que hoje estão juntos e também.

Cazuza no Museu da Língua Portuguesa As poesias cantadas por Cazuza ganham formas e imagens. A exposição ocupa todo o museu, inclusive os banheiros, levando o público a uma viagem interativa pela história do país por meio das músicas  compostas pelo artista. Serviço: Às terças e sábados a entrada é gratuita e nos demais dias o ingresso sai por R$ 6 .

Semanal ICESP | 4 |


Giro 27 segunda-feira Volta às aulas Peso da mochila não deve ultrapassar 10% do peso do aluno, alerta especialista 

28 terça-feira Mapeando o cérebro Grupo faz mapa em 3D do cérebro de homem cuja memória parou no tempo

29 quarta-feira

Onça-pintada corre risco extremo de extinção na mata atlântica Publicado em: Folha de S.Paulo

vem existir somente 250 onças-pintadas adultas na mata atlântica, o que representa uma redução de 80% nos últimos 15 anos. Segundo o chefe do Cenap, Ronaldo Morato, poucas ações foram tomadas nos últimos anos para conter o desaparecimento do maior mamífero da vegetação.

Twittes

Quiz

Marisa Madi, diretora executiva do @ Icesp_,é palestrante convidada no IV Fórum Nacional Oncoguia.

Os brigadistas são muito importantes para o ICESP. Você sabe responder quantos bombeiros trabalham aqui?

Instituto Oncoguia @oncoguia_ 3 fev

a) 1

Reprodução

Animal que faz parte do topo da cadeia alimentar da mata atlântica, a onça-pintada (Panthera onca) corre o risco extremo de extinção nesse bioma. Estudo desenvolvido pelo Cenap (Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Mamíferos e Carnívoros), instituto criado pelo Ibama, aponta que de-

Precisa-se de chuva Reservatório de água da Cantareira atinge menor nível em 39 anos

30 quinta-feira Choque da cura Estimulação elétrica ‘protege’ neurônios de roedores com Parkinson

31 sexta-feira Mais árvores, por favor Depois de quatro anos em queda, o desmatamento na Amazônia voltou a subir

01 sábado Onda de calor Mudanças climáticas ameaçam produção de alimentos

b) 5

02 domingo Corpo humano interativo Sucesso no exterior, exposição ‘túnel da ciência’ chega a São Paulo

Programa reduz em 90% ida de pacientes diabéticos a pronto socorro do @Icesp

c) 3

Instituto do Câncer

Resposta o Quiz anterior: Alternativa B: 491 médicos

@Icesp_

31 jan

Fonte: Folha

O Semanal ICESP é uma publicação produzido pelo Centro de Comunicação Institucional do ICESP | Jornalista responsável: Thaís Mirotti Reportagem: Fernanda Geppert, Karla Correia e Raquel Tomacelli | Projeto Gráfico: Vivian Kuwajima e Victor Duro Diagramação: Beatriz Alonso, Tatiane Lopez e Victor Duro | Gerência: Mônika Torihara Kinshoku |

Semanal ICESP | 5 |


Semanal ICESP (3 de fevereiro)