Page 1

SEMANAL 21 de novembro | ano 8, edição 358

ICESP

www.icesp.org.br | icesp.comunicacao@hc.fm.usp.br

DIA A DIA

Divulgação ICESP

HPV é tema de conversa aberta com especialistas

O auditório do ICESP abriu as portas no dia 4 de novembro para um bate-papo sobre HPV e câncer. Com abertura da coordenadora de Humanização e idealizadora do evento, Maria Helena Sponton, o encontro contou com a presença da coordenadora do INCT-HPV (Instituto do HPV) e chefe do laboratório de Biologia Molecular do Centro de Investigação Translacional em Oncologia do ICESP, Profa. Luisa Lina Villa, do urologista do Centro de Referência DST/AIDS do Estado de São Paulo, Roberto Carvalho Silva, e da Maria Luisa Baggio, enfermeira de pesquisa do ICESP, e foi intermediado pela dire-

tora executiva do ICESP, Joyce Chacon. Durante a conversa, aberta para dúvidas do público, os especialistas explicaram o que é o HPV (papiloma vírus humano), como ocorre a ação do vírus, desde sua transmissão até suas possibilidades ou não de cura, além da relação estabelecida entre HPV e o desenvolvimento de tumores. Foram abordadas ainda questões relacionadas à vacina incluída no Programa Nacional de Imunizações desde 2014, dada na rede pública para meninas de 9 a 13 anos, e estendida, a partir de janeiro 2017, a meninos de 12 a 13 anos.

Semanal ICESP | 1 |


ESPECIAL Perguntas e respostas sobre HPV: O que é HPV? É um vírus que possui mais de 100 tipos e é altamente contagioso e muito comum entre a população. Dentre os de maior ocorrência, destacam-se os tipos 16 e 18, de alto risco para o câncer do colo do útero, e os tipos 6 e 11, que causam verrugas genitais.

Qual a relação do HPV com o desenvolvimento de tumores? O HPV está presente em quase 100% das mulheres com câncer de colo de útero. Além desse, outros tumores podem se desenvolver por conta do vírus, como o câncer anal, o câncer de vagina, vulva e pênis, e também os de orofaringe.

O HPV tem sintomas visíveis? Os vírus não oncológicos, ou seja, os que não causam câncer podem gerar verrugas visíveis a olho nu. Porém as outras lesões causadas pelo HPV só são detectadas por um exame detalhado. Por isso, fazer o Papanicolau como exame periódico é indispensável.

A relação sexual é a única forma de transmissão? Não. O vírus é transmitido no contato “pele a pele”, por isso, apesar de a transmissão ocorrer na maioria das vezes por relações sexuais, ela também pode se dar quando há atrito da pele com a mucosa infectada. Isso vale para as mãos, a boca e as genitais. Por isso, os médicos recomendam uso de preservativos sempre, inclusive durante o sexo oral. Existe também a possibilidade de ocorrer transmissão por meio de objetos contaminados. Vale destacar que a infecção pelo HPV não está restrita a grupos de risco, podendo atingir todos os homens e mulheres sexualmente ativos.

Uma pessoa com HPV irá desenvolver um tumor? Não necessariamente. Na maioria das vezes, o organismo consegue se defender naturalmente e “expulsar” o vírus. O problema está nas pessoas que estão com o sistema imunológico comprometido.

Como prevenir o HPV? Atualmente, existem duas vacinas contra o HPV, uma quadrivalente, contendo os tipos 6, 11, 16 e 18, e outra bivalente, contendo os tipos 16 e 18. Elas são seguras e eficazes contra os tipos de HPV contidos em suas formulações.

Quem pode tomar a vacina? Tanto mulheres como homens podem ser vacinados contra o HPV.

Uma única dose protege durante a vida toda? As vacinas são novas no mercado, por isso, garantem um período de eficácia de 10 anos. No entanto, estima-se que a persistência de anticorpos após a vacinação com a dose quadrivalente possa chegar a 20 anos. Esta vacina é dividida em três doses, sendo a segunda um mês após a primeira e a terceira deve ser tomada depois de seis meses depois da primeira.

Por que é melhor vacinar precocemente? Quanto mais jovem, melhor é a resposta à vacina devido à maior quantidade de anticorpos produzida. Além disso, por se tratar uma vacina preventiva, e não de tratamento, o ideal é que suas doses sejam aplicadas antes do contato com o HPV, ou seja, na pré-adolescência/adolescência. No entanto, não há contraindicações para a vacinação de mulheres acima de 26 anos - os estudos comprovam a segurança e a eficácia da vacina em mulheres mais velhas.

Semanal ICESP | 2 |


ESPECIAL A vacina serve como tratamento? Não. A ação da vacina é preventiva.

A mulher vacinada precisa continuar fazendo o exame Papanicolau? Sim. Os tipos 16 e 18 do HPV são responsáveis por 70% dos casos de câncer do colo do útero, mas existem outros tipos desse vírus. Portanto, é preciso continuar fazendo o exame Papanicolau anualmente, além de não estar descartado o uso de preservativo.

Mulheres que já tiveram infecção por HPV podem se vacinar? Sim. Como a vacina protege contra mais de um tipo de HPV, pode impedir que ela seja contaminada novamente por outras variedades do vírus.

Quais são as possibilidades de tratamento para o HPV? Muitas vezes o vírus é eliminado espontaneamente, porém em caso de persistência é necessário fazer um tratamento. Isso pode ser feito por meio de medicamentos ou com procedimentos cirúrgicos, dependendo do caso. Os tratamentos são prescritos de maneira individualizada, levando-se em consideração diversos fatores.

DIA A DIA ICESP é destaque na XV Semana Brasileira do Aparelho Digestivo Nos dias 31 de outubro e 1º de novembro, foi realizada a XV Semana Brasileira do Aparelho Digestivo. O evento aconteceu no ExpoMinas, em Belo Horizonte, e foi marcado pelo desempenho notório do ICESP. Ao todo, foram avaliados mais de 400 trabalhos científicos encaminhados ao Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva da XV SBAD-2016. Desses, foram premiados os três melhores trabalhos do CBCD da SBAD-2016 e receberam menções honrosas 14 temas livres, 7 vídeos livres e 23 pôsteres. O Instituto ficou em 2º lugar com o melhor trabalho de tema livre, intitulado “Qual o papel atual e resultados das ressecções hepáticas vídeoassistidas? Revisão sistemática e metanálise de estudos observacionais”, e apresentado pelo Dr. Fabricio Ferreira Coelho. Além da posição de destaque, o ICESP recebeu menção honrosa em quatro vídeos: “Gastrectomia subtotal robótica”, “Técnicas para realização da anastomose esofagojejunal”, “Linfadenectomia laparoscópica na cirurgia do câncer gástrico” e “Retossigmoidectomia vídeo-assistida para tratamento de tumor de transição retossigmóide com intussuscepção sigmoidorretal”; e em cinco temas livres: “Ressecções hepáticas videoassistidas: são mantidos os benefícios da laparoscopia? Estudo comparativo com as modalidades convencional e totalmente laparoscópica”, “Impacto da relação neutrófilos/linfócitos pré-operatória em pacientes com câncer gástrico”, “Resultados cirúrgi-

cos de pacientes submetidos a gastrectomia com linfadenectomia d1 por condições clínicas desfavoráveis”, “Fatores de risco para metástases linfonodal e aplicabilidade dos critérios de ressecção endoscópica no câncer gástrico precoce: visão ocidental” e “Trial randomizado controlado de pacientes com câncer de reto localmente avançado com resposta clínica completa após quimioradioterapia neoadjuvante: observação versus ressecção cirúrgica”. “Esse desempenho é resultado de um trabalho executado com comprometimento e dedicação, por isso, ficamos realmente honrados com o número de conquistas nessa edição da Semana Brasileira do Aparelho Digestivo”, destacou orgulhoso o Prof. Ulysses Ribeiro Jr., Coordenador Cirúrgico do ICESP e Professor Associado de Cirurgia do Aparelho Digestivo do Departamento de Gastroenterologia da FMUSP. A Comissão Científica – SBAD 2016 e a Comissão de Trabalhos foram compostas pelos doutores Bruno Zilberstein, Nicolau Gregori Czeczko, Marco Tulio Costa Diniz, Carlos Eduardo Domene, Carlos Eduardo Jacob, Claudio Jose Caldas Bresciani, Delta Madureira Filho, Fabio Guilherme C.M. de Campos, Ivan Cecconello, José Eduardo Pereira Monteiro da Cunha, Jurandir Marcondes Ribas Filho, Marco Aurélio Santo, Nelson Adami Andreollo, Paulo Herman, Paulo Kassab, Rubens Antonio Aissar Sallum, Leandro Cardoso Barchi, Maurice Youssef Franciss, Fabrício Ferreira Coelho.

Semanal ICESP | 3 |


DIA A DIA

Divulgação ICESP

Profissionais do ICESP participam de nova edição do “Dia da Beleza”

Entre os dias 9 e 11 de novembro, os profissionais do ICESP foram convidados a participar de mais uma edição do “Dia da Beleza”. A iniciativa é promovida pelo setor de Hospitalidade em parceria com a empresa Payot. Ao longo dos três dias, separados em grupos, os participantes foram orientados por instrutoras da rede de cosméticos. Na ocasião, as mulheres tiveram uma aula prática de limpeza de pele e maquiagem, sempre com foco em tons mais aplicados

ao cotidiano, que podem ser usados no ambiente de trabalho. Já na vez dos rapazes, a aula foi direcionada a higienização do rosto e aparência no dia a dia dentro do ambiente corporativo, e contou inclusive com dicas de como manter aquela famosa barba - que está na moda - com um bom aspecto. “As escolhas são por temas simples, mas muito úteis, com alguns truques que podem ser aplicados diariamente e renovam o visual das pessoas no ambiente corporativo. Estamos na 25ª edição e o programa tem sucesso garantido sempre”, comenta Marcelo Cândido, coordenador de Hospitalidade do hospital.

Melanoma e do Câncer de Pulmão são temas de discussões de Preceptorship

Divulgação ICESP

Dentre os temas abordados, estavam: classificação molecular das neoplasias melanocíticas, coleta de amostras para biobanco, novas estratégias com potencial impacto no tratamento do melanoma, nova classificação dos carcinomas de pulmão segundo a Organização Mundial da Saúde, cuidados práticos com as amostras destinadas a exames complementares em anatomia patológica e tratamento antineoplásico dos carcinomas não pequenas células do pulmão.

Divulgação ICESP

O ICESP abriu as portas nos dias 11 e 12 de novembro para o Preceptorship de Patologia Morfológica e Molecular do Melanoma e do Câncer de Pulmão. Com abertura feita pelos doutores Evandro Sobroza de Mello, Venâncio Avancini Ferreira Alves e Regina Schultz, o evento foi estruturado com uma programação de aulas e discussões, com dois módulos: Melanoma e Câncer de Pulmão. Além disso, os participantes foram divididos em duas turmas para a execução de atividades práticas.

Entre os dias 6 e 8 de novembro, o ICESP realizou o Innovation Cancer Research. Organizado pela Profa. Luisa Lina Villa, o evento foi realizado pelo hospital em parceria com o Instituto do HPV e promoveu conferências com especialistas de diversos países. Semanal ICESP | 4 |

Na última semana, o ICESP recebeu duas apresentações do programa “Dança para Todos”. Além de dança do ventre, os pacientes puderam assistir uma mostra de balé.


DIA A DIA Central de Correspondências Atenção, o serviço prestado pela Central de Correspondências é destinado exclusivamente para demandas institucionais. Desta forma, qualquer objeto ou documento particular terá seu envio e recebimento recusado.

# D ribleOP reconceito

NOVEMBRO AZUL

Faturamento

21º Norte Noturno

Administração Predial

16º andar

Semanal ICESP | 5 |


AGENDA VIII Jornada da Pós-Graduação em Oncologia No dia 25 de novembro, das 8 às 18 horas, o Auditório do ICESP será palco da 8ª Jornada da Pós-Graduação em Oncologia. Além da programação de aulas e apresentação de pôsteres, o encontro contará com a entrega do V Prêmio Maria Mitzi Brentani para os melhores trabalhos de mestrado e doutorado e com a venda do livro “Fundamentos de Oncologia Molecular”, da Editora Atheneu. As compras da obra poderão ser efetuadas somente com cartão, não sendo aceitos pagamentos em dinheiro. Participe!

Nossa Balada ICESP 2016 Atenção, já está fechada a data da “Nossa Balada” 2016. O evento deste ano acontecerá no dia 14 de dezembro, das 17h à 1h, no Carioca Clube, e terá como tema “heróis x vilões”. Escolha seu lado, separe seus trajes, e fique atento para as novas informações sobre esse animado “duelo”!

BENEFÍCIOS

Uninove Descontos nas mensalidades Colégio: 10% Docência: 10%

Graduação Presencial e EAD: 10% Pós-graduação: 15% Tel.: (11) 2633-9000

ICESP NA MÍDIA Jornal da Record faz série sobre cirurgia plástica Na última semana, o Jornal da Record apresentou uma série sobre cirurgias plásticas. No capítulo sobre implantes de silicone, durante o especial, o ICESP foi convidado a falar de um procedimento cirúrgico que foge às questões estéticas, as reconstruções mamárias, oferecidas para as pacientes em tratamento de

Semanal ICESP | 6 |

câncer de mama. Na ocasião, o JR conversou com o cirurgião plástico do Instituto, Dr. Alexandre Munhoz, e com uma paciente que realizou o procedimento no hospital. Para assistir à reportagem, acesse o site da emissora ou entre em contato com a Comunicação.


BEM-ESTAR DICA DA SEMANA

AMercadão garota no trem

Casa da pedra

Se você mora em São Paulo e não conhece o Mercado Municipal, não deixe para 2017 o que ainda dá tempo de fazer em 2016. Símbolo histórico da cidade de São Paulo, o Mercadão é cheio de opções de comércio e lazer, sem falar na variedade de produtos, desde frutas, especiarias até refeições, o local conta com quase 300 estandes e se tornou, ao longo dos anos, um característico espaço gastronômico paulistano, com grande destaque para o sanduíche de mortadela. End.: Rua da Cantareira, 306. Horário(s): Segunda a sábado, 6h às 18h; domingo e feriado, 6h às 16h.

Quem disse subir na parede é diversão de criança? Os adultos que gostam da ideia, podem se programar para fazer uma escalada acompanhados, seja em um grupo de amigos, com a família ou até pelos instrutores do local. O clube de escalada indoor foi inaugurado há quase 20 anos e possui paredes de até 14 metros de altura. Com opções para todas as idades, o local oferece diferentes níveis de dificuldade, incluindo variáveis que controlam a mudança de clima e inclinação da rocha. End.: Rua Venâncio Aires, 31. Contato: (11) 3879-6800

Reprodução

Reprodução

DICA DA SEMANA

GOURMET Salada de fusilli

Nutricionista: Vivian Anhê Savane

27/11 – Dia Nacional de Combate ao Câncer

Ingredientes:

Reprodução

• 500 g de fusilli integral • 16 tomates-cereja cortados ao meio • 4 fatias médias de queijo branco light em cubos • 8 castanhas-do-pará picadas

• 1 colher (sopa) de azeite • Sal e manjericão picado a gosto • Ervilha fresca cozida • Azeitona picada a gosto • 2 colheres (sopa) de linhaça

Modo de preparo: 1. Em uma panela, cozinhe o macarrão em água e sal até ficar al dente (macio, porém firme). 2. Espere esfriar, transfira a massa para um refratário e acrescente o tomate-cereja, o queijo branco, a castanha-do-pará, o azeite, a ervilha, a azeitona, o sal e o manjericão. 3. Polvilhe com a linhaça e gele até servir. Dica: você pode acrescentar legumes cozidos, como: brócolis, abobrinha, cenoura, entre outros. Semanal ICESP é uma publicação produzida pela Assessoria de Comunicação | Jornalista responsável: Luna Rodrigues Equipe: Fernanda Geppert, Luna Rodrigues e Raquel Tomacelli Diagramação: Milena Rosa e João Freitas | Marketing: Mariane Ribeiro | Gerente de Comunicação: Thaís Mirotti

Semanal ICESP | 7 |


Semanal ICESP (21 de novembro)  

Semanal ICESP (21 de novembro)

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you