Page 1

A

Vera Lucia da Fonseca

1


AGRADECIMENTOS

Em primeiro lugar agradeço a Deus por ter permitido a conclusão deste trabalho, a minha mãe e meus irmãos e irmãs pelo apoio e a todos os meus amigos que me incentivaram a continuar.

2


INTRODUÇÃO

MINHAS PÁGINAS EM SUA VIDA

“O RETROCESSO DA MENTE”

Os sonhos sempre andaram lado a lado com nossa fé, nossos devaneios noturnos escalam a montanha que nos leva ao lugar onde o supremo se estabelece, ali aprendemos como agir para realizar nossos maiores anseios e ainda ver onde o sol se escondeu. Não precisamos ter algum tipo preciso de conhecimento, para aproveitar os ensinamentos ganhos durante estas breves estadas fora do corpo. Este desprendimento

3


acontece com todos os seres humanos, mesmo para os mais leigos ou ignorantes de tal fato. Para os que pressentem sua real essência, o fato de ir dormir os deixa em êxtase, pois encontram aí a possibilidade

de

complementarem

em

parte

sua

evolução. Se em algum momento você ouvir alguém dizer que não sonha, por favor, pare, pense e analise, todos nós vamos pra algum lugar durante o sono, porém, uma grande maioria agasalha-se em velhos conceitos bizarros, não sabem que durante estas fugas de uma “dormidinha” voltam para o colo da mãe, voltam para o aconchego alegre e crucial de quem não os tornaria jamais banais, enfim, eu só consigo te sugerir o seguinte: não deixe de sonhar.

4


O maior risco de vida que poderia nos ocorrer seria o fato do desligamento total com o único curso do rio, o rio que nos faz ressuscitar e continuar. De fato, nossas maiores aspirações são apenas parte de um grande conjunto, aquele que não é instrumental, e muito menos tem um coral, no entanto a melodia faz parte da grande viagem astral, a do crescimento como ser espiritual, um broto de bambu no fundo do quintal. Um acontecimento ou uma experiência completa poderia ser comparado (a) ao ponto final do contexto, mas, me parece que quanto mais andamos, menos saímos do lugar, ou, desaparecemos pra sempre desta história, e, isto não é e nem seria uma grande glória. Nosso futuro é a porta que se abre ao lado, é o passo seguinte de quem tem receio, mas sabe que precisa

5


continuar a andar, mesmo vendo todo dia no noticiário de TV aquelas imagens frias e sórdidas, de pessoas que vivem no antro nulo dos infiéis, sem braços, sem pernas, sem brio, muitas vezes sem essência, sentindo o sangue quente correr em sua face ou na face do outro que está ao lado, mas permanece no centro de um oriente que se considera médio, mas, nunca conseguiu comungar com o meio. De tão tolas palavras me sinto bem, por fazer de mim a sapiência infeliz e ter a clareza envolta em um verniz, que veio do cego, e também da pobre meretriz, meros que de tão fracos, imaginam crer no sonho quadrado da bandeira em preto e branco da chegada, de uma reles competição de corrida, que não os levará a lugar algum.

6


Quem dera entre trancos e barrancos, mesmo aos tropeções, me transportasse pelo caminho inseguro, deste labirinto que se fez meu, teu e nosso mundo, e ter a sorte de não estar na porta de entrada, daquela casa que nunca foi lar. Tedioso é repetir o eco que vem do grito do infeliz, de quem vive em buracos, mas, tem janelas de vidros na frente dos olhos, pra peneirar a poeira e escoar as lágrimas, e ainda aumentar a imagem fantasiosa, da família do vizinho ateu e quase feliz. Nesse ínterim, você pode sair pela porta da frente e dar de cara com o mar azul, aquele infinito que te faz sentir presente pra sempre, ou, podes fugir pela porta de traz, e depois, tentar conviver com a besteira que fez.

7


Sempre poderemos inventar algo pra encurtar o trajeto da busca de luz, quem sabe andar de mãos dadas, ou um sorvete na esquina? Não importa qual será o meio de acesso, o que importa é a continuação com garra, sem medo de passar por tantos terrenos baldios, vale até pular a cerca, ou, se fantasiar de palhaço. Tudo em prol de um mesmo bem, pode ser tanto o nosso bem comum, quanto o teu bem próprio, pois, sei que sendo a minha ou a tua, nossa felicidade é reluzente, portanto contagiosa em demasia. Aí, eu paro e ouço um som, nem sei se o acorde é alto ou baixo, tom ou semitom, mas, a melodia está sempre dentro do mesmo contexto arrítmico que faz com que eu sinta que meu sonho não é o único.

8


Nas batidas silenciosas das baquetas inicia-se um ritmo raro e incomum, nunca antes ouvido, bate aqui bate acolá, e assim continuo na viajem do meu sonho, ao vivo e a cores. Neste esbaldar transbordo em letras, tento ser o afago que você precisa, sem ao menos e no mínimo lembrar de mim, é o cúmulo do desapego, jamais inventaram um amor assim. Que venham então, porque são poucos. Continuo a postos, sempre à espreita de algo que me surpreenda e me arrebate, uma luz no fim do túnel dentro das minhas rotinas diárias, que tentam desde sempre me controlar. Logo eu, um ser incorruptível, às vezes até sigo com o sistema, e, acabo sempre no

9


desvio de minha vã, única e forte personalidade, ou seja, “eu mesma”. Neste regalo, entre um susto e outro, tento transformar minhas fantasias em fatos reais, pura ilusão, ainda bem que posso sempre voltar a sonhar. Sou fã do cochilo, e de todas as outras fugas da realidade, é só encostar e sonhar, no ônibus, na reunião, no bate papo que não se ouve, na conversa que se consome, e aí? Falava-mos mesmo do que? Ah! Sim, voltemos ao assunto principal, dentro do qual sempre o mesmo tom, o medo e a dor, pra cá, pra lá, tentando achar o desvio do fio da meada. Nossa, que saudade de minha infância, quando eu não sabia o que era lembrança, aquela guardada no fundo da minha memória, meu elo perdido entre fraudas e bico, do

10


seio da mãe, e no olhar perdido e rasgado de meu pai que nem era chinês, mas, morando no brasilistipuês, pensava e acreditava e até brigava por uma raiz que nunca se expandíeis, mesmo assim, era o símbolo da continueis. E, aqui estou eu, diante e no auge de outra insensatez, tentando achar a chave do tempo, perdida num lugar escuro e qualquer, de hoje em diante ou de ontem pra traz. Vale qualquer teatro que nos leve de encontro à Paz.

Vera Lucia da Fonseca

11


CAPÍTULO 01 (Um) Vaga-lume...

A tarefa de escrever é o mesmo que entrar num quarto e tatear no escuro em busca de uma janela que nos dê um resquício de luz e nos mostre o caminho da inspiração. Hoje meu desejo é sintonizar com a humanidade, quero que meus versos, minhas frases, minhas idéias,

façam

brotar um sorriso, um incentivo, um arrepio dentro daquelas almas feridas. Minha intenção não é correção, não sou mais nem menos que ninguém, nessa eterna igualdade que nos convém.

12


Agora busco a liberdade de exprimir nestas linhas o melhor que ainda procuro ser, ou seja, simples e igual a vocês. De uma forma clara a vida nos dá uma noção de que há uma verdade escondida dentro de cada um e, o mais fascinante é que nos sentimos parte do todo. Podemos ter razões fora de padrões que compõe algumas opiniões, como se toda nossa insensatez fosse um voraz deslumbramento, igual ao que se sente ao enxugar uma lágrima, ou quando roubamos um beijo. Vamos fazer um canto que abrigue todas as vozes, onde a melodia num lento deslizar de acordes nos permita a comunhão com todos os seres que andam em busca da paz.

13


Dancemos a música que nasce do vento e, a cada passo delirante, um esvoaçar estonteante nos torne invisíveis, nem que seja só por um instante, afinal, alguns milagres ainda estão por acontecer. O dom absoluto da existência é ser o vestígio do amor, que nos leva ao paraíso que há no sussurro do balanço do mar. Antes de chegar a vocês me perdi no caminho, era uma via tortuosa onde a beleza e os falsos prazeres faziam uma espécie de alento, endossavam minhas atitudes banais e ainda faziam com que eu me sentisse no auge. Agora que o crescer se fez presente, vejo um pouco mais além. As experiências e provações não conseguiram modificar o mais puro de mim, visto que a cada encanto ou

14


desencanto sentia-me cada vez mais forte. O tempo, aquele amigo desconhecido a me seduzir só fez com que eu me posicionasse como um ser consciente (embora sem muita vontade de representar)... A cada segundo que ia, eram solícitas algumas atitudes, ora drásticas noutras serenas e, com certeza o melhor de mim ainda está por vir. Não desisto nunca desta tarefa de mostrar ao mundo ou uma parte dele, o que vim aqui fazer: aprender e viver o amor. Nem sempre dá pra gente falar, tem pessoas que não querem ouvir, há uma barreira plantada pelos costumes de outras épocas, o simbolismo e os falsos valores de uma sociedade nem sempre polida, plantaram dentro de

15


muitos a inconsciência de não se perceber como a fagulha que nunca vai fenecer. Meu maior sonho é deixar aflorar meu sentimento, os dias não são sempre iguais, se amanhã estiver chovendo, minha humildade continuará no percalço de serenar nosso espaço. Minhas palavras envoltas numa névoa de saudade ficam um tanto irreais, queria ser pura e visionária como uma santa do nordeste (se bem que lá, acho que só tem santo homem, ou o que vi foi o santo graal?), ainda bem que a doce madre deve ter estado por lá. No momento tenho que prestar muita atenção pra não sair da órbita lógica dos meus pensamentos. E que venham os loucos porque são poucos, mas que elas existem, existem.

16


Nosso mundo é como uma valsa de quinze anos, quando a mocinha sonha em virar uma mulher adulta, isto é o auge de uma breve viagem na fantasia obsoleta de um ser que ainda não recuperou a memória. Meu coração está meio nublado, então pergunto à Lua Minguante onde estão os teus outros lados ocultos? Cruzei quase toda a terra em busca de elos mais fortes, que não me levassem a morte, lembro-me de acordar de ressaca e meu coração vazio havia se expandido. Busco anjos, sim, sempre os procuro, onde estão vocês? Seres distintos e absolutos? Querem que eu implore receber um toque ou um sinal? Onde estão vocês? Meu refúgio é buscar o seu caminho, já me disseram que poderia ser a última chance. Besteira eu sei, eu vejo, eu sinto. Se digo isso, falo por mim, pelo que vivi e

17


pressinto, ta grudado em meu ser, somos todos um sim, então, sem chance... Jamais me deixarei corromper: eu, dentro do meu eu verdadeiro que foi, é e pra sempre será. Vamos esclarecer: quando eu falo: “eu” digo o que gostaria de demonstrar, uma emissária do amor, um vestígio e um pouquinho de calor, ou seja, a minha (nossa essência) não há nome, se bem que existem diversos apelidos. Não há luz, mas não tem como negar o grande clarão. Você (s) acredita (m) nisso? Eu tento encontrar uma forma concreta de não profetizar e, no entanto mostrar o que realmente vejo em nosso caminho, o mesmo trajeto, o mesmo meio e o mesmo fim.

18


Sabe o que isso significa? Que enfim, nossa energia consegue se expandir sem eiras nem beiras, de novo no meio da clara do ovo, no congresso, na coluna social, num pequeno pedaço de um país qualquer, um cantinho dentro deste planeta, não importa onde, mas sabemos que estamos aqui. Então, que tal doar o melhor de nós? Bailando aqui, bailando acolá? Tanto faz. Contanto que a música seja completa e tenha ginga, a ginga dos pobres, dos loucos, doentes, oprimidos, famintos... Quisera eu, ser uma cigana encantada com meus preceitos,

e,

acender

um

pequeno

graveto,

que

incendiasse e acordasse um tantinho desse cantinho, do meu e do nosso trajeto.

19


Não podemos deixar passar batido, cada qual em seu arminho, vamos nos dar as mãos, mas não só pra bailar, mas reiniciar e dar continuidade ao que seria desumano esquecer, que viemos aqui não só pra aquecer, e nem deixar espairecer, se não somos seres banais, sejamos então muito mais que alguns raios superficiais, mas um trovão tão grande que ilumine até os mais distantes dos nossos ancestrais. A busca da felicidade é indisfarçável, todos querem chegar ao auge da alegria, da paz, saborear a sonhada leveza do ser. Entretanto os caminhos diversos nem sempre nos levam ao sonho almejado. Acabamos entrando em labirintos sem fim, por mais que haja um enorme esforço, nossa vontade não é o suficiente para nos guiar até a saída triunfal.

20


Ficamos em dúvida, atordoados, nos corredores úmidos e frios da grande armadilha de não se conhecer. Não podemos desfalecer sem antes apreender que a essência única de que somos feitos, é o nosso elo perdido com o criador. Por dentro ou por fora não há diferença, estamos conectados a uma estrela guia. Não existem segredos ou fórmulas milagrosas que nos encaminhem ao final feliz, a riqueza de ver dentro de si, é uma pedra bruta, mas muito preciosa, e você mesmo terá que lapidá-la. Amar é um dom nato, é o sentimento maior que está incrustado em nossa alma, veio de graça e cabe a nós a responsabilidade

de fazê-lo

desabrochar e

ter a

21


inteligência de não perder tempo, e saber como presentear. Nossa hora é agora, sem atos teatrais, olhe ao teu redor e poderá observar a expansão do teu inconsciente, isto não é coisa só de clarividente ou paranormal, mas, apenas um pedaço de nós. Se

acreditarmos,

pensarmos,

sonharmos,

enfim,

sentirmos que toda a realidade nos faz parecer meros viajantes estrangeiros, é porque no fundo entendemos que há um lugar comum e, a cada passo nos aproximamos mais da verdade escusa guardada a sete chaves dentro de algumas mentes ditas iluminadas.

22


CAPÍTULO 02 (Dois) Pessoas são um presente de Deus.

Em períodos de chuva nosso quintal agradece e nossa alma tem a oportunidade de meditar. Nessas horas podemos aproveitar para varrer os sentimentos ruins e fazer uma reciclagem total. Percebemos que todos os dias podem ser vividos de uma forma leve e pacata verdadeiramente, se nós

23


viemos para aprender, não há nada melhor do que fazer uma avaliação do nosso comportamento diário. Seria bom também agradecer pelos presentes recebidos, eu pessoalmente considero a convivência com os próximos uma dádiva, pois para mim as pessoas são presentes de Deus. A coragem de reconhecer nossos erros e acertos neste espaço Terreno é ir de encontro à luz. Se estiver acontecendo algo que está mexendo contigo, te deixando sem entender o porquê de tanta solidão, você pode ter certeza que cada experiência não é um tropeço, ao contrário, são oportunidades de crescimento. Então não se isole, vá de encontro a si mesmo, entre bem no fundo de si e faça uma auto-análise, veja realmente quais são as coisas que você merece e, o que

24


não te agradar, jogue fora, pois o que te faz sofrer é porque não foi feito para você. Quando eliminamos sentimentos confusos estamos nos libertando e ao mesmo tempo liberando o lado tóxico e negro de nossa vida. Ao ficarmos limpos (as) clareamos o sentido maior do viver, evoluímos ao entender que só o amor em todas as suas formas nos eleva ao ápice de interagir com a energia maior do universo, da qual fazemos parte. Não deixe os trovões da tempestade enegrecerem o teu interior, ao contrário, utilize o lado bom da natureza e absorva o som iluminado dos raios, isto vai te fazer compactuar com o ser supremo. Nestas tardes escuras, quando você sente vontade de chorar, simplesmente chore, libere este lado sombrio,

25


pois quando deixamos ir estes sentimentos estamos nos preparando para o fortalecimento, ficamos abertos a novas experiências, nos libertamos para o reinício do auto-conhecimento. Quando nos sentimos sintonizados com o ambiente em que vivemos jamais nos sentiremos sozinhos, a ligação entre todos os seres é clara, está aí, manifesta-se de diversas formas, só não enxerga quem não quer. É óbvio que nossas atitudes são fatores de crucial importância

para

determinar

como

será

nossa

passagem, depende só de nós o modo como nos comportamos, se temos uma boa índole e uma sensitividade acelerada nossos atos serão como um espelho onde veremos refletidas todas as nossas boas ações.

26


Nossa sensibilidade fica mais apurada quando a busca do aperfeiçoamento está coroada de alegrias, somos apenas pessoas afortunadas por termos a leveza de possuir o amor puro, e ainda estarmos rodeados (as) por pessoas carentes, e isto é uma chance para podermos praticar o ato mais nobre de doação, que é a caridade de ensinar o amor puro e desinteressado. É como viver um doce e colorido sonho, a liberdade de poder ir e vir por si só, sem ter culpa, já é um começo, pois nossa alma tem a pretensão de alçar o vôo mais alto, na tentativa de aproximar-se do ser maior. Somos indivíduos capazes de renascer, ou sobreviver a qualquer naufrágio, então, depois que a lágrima secar e a dor esmorecer, ofereça o que você tem de melhor à sua comunidade, deixe o teu brilho se expandir, solte a

27


voz e cante a canção mais bela, contagie tudo ao seu redor, afinal você sabe que isto vai fazer a diferença, se não for para os outros, que seja pra si mesmo (a). Trabalhe a tua mente, depois purifique e preserve o teu meio ambiente, ele é o casulo que te acolheu, é teu dever cultivar e divulgar a irmandade que temos com a natureza. A correria dos teus dias não pode te afastar do teu próximo, seria insensato e cruel o isolamento, nossa missão é também comunitária, devemos saber lidar com as diferenças. É claro que ninguém é sozinho, portanto, mesmo nos momentos de interiorização, quando se forma um escudo dentro de si, irradie a sintonia mais pura em prol dos desesperados, dos pobres de espírito, dos leigos, dos insensatos, dos ignorantes.

28


Quando damos o melhor de nós

em prol da paz da

humanidade, germina uma abundante semente, é que na verdade estamos ajudando a construir o paraíso aqui na terra. Se você acha que precisa mudar sua rotina cheia de desejos, mude sem medo, estamos sempre em meio a modificações de hábitos e comportamentos, é preciso entender que a busca de novos sonhos faz parte da ascensão do nosso mundo. Há uma busca desenfreada, quando atingimos um objetivo nem nos damos conta, pois já existem outros que se sobrepõe, ainda não conheci alguém que estivesse completamente satisfeito, finalmente feliz. As viagens quase sempre são repletas de fantasias, nossa

fértil

imaginação

tem

o

dom

de

criar

29


ininterruptamente filmes e, o mais interessante é que podemos mudar o enredo quando houver conveniência. Inclusive considera-se de bom tom a iniciativa de treinar nossa mente para produzir somente o melhor. Se você pensar que pode, acredite, serás capaz das maiores proezas, seu verdadeiro poder é seu espírito, que é pura energia, então deixe fluir tua carga positiva, o teu lado bom sempre retornará melhor e melhor. A expectativa de vitórias é que fará de você um (a) vencedor (a), pois viemos também para usufruir o melhor, somos seres guerreiros que não temem a batalha, mas esperam e sabem que merecem os louros da chegada. Não existe esta coisa de ser herói, entre o bem e o mal tem milhares de sinais. Nós sabemos a qual lado

30


pertencemos logo no primeiro respirar. Ao acordar neste corpo e nesta época, podemos sentir se nossa índole é da paz ou não. Nesta divisão comportamental, aqueles que são mais evoluídos têm o dever de encaminhar e auxiliar os desviados, os que têm um aprendizado inferior, pois estão mais necessitados, tem fome e sede, mesmo morando em local rico de alimentos e de água, sentem um grande frio quando ainda agasalhados. O que lhes falta é a consciência da iluminação. Devemos sempre dar uma chance de crescimento interior a todos. A felicidade de um pode contribuir positivamente para o desenvolvimento de todo o grupo.

31


Algumas atitudes inspiram-se como um sopro silencioso que é sussurrado na linguagem especial de nossos protetores desencarnados, estes têm o dom, que chamamos

angelicais,

ajudam-nos

na

tarefa

de

recuperar e sanar algumas almas perdidas, inclusive a nossa própria. Todos nós procuramos a libertação e a purificação da alma. Com relação à riqueza sabemos que nossa ascensão material é um meio de melhorar a vida, e, também facilitar o nosso acesso a grupos diferentes, socialmente falando. Com dinheiro muitas portas se abrem, podemos aproveitar para interagir e deixar nossa mensagem de luz e amor.

32


Não seríamos melhores se vivêssemos passando necessidades, isto soa falso, e com certeza quem o diz não sabe o que fala. Para ensinar a abundância do amor não precisamos passar fome. Seria demasiado injusto se houvesse um ser superior que aplicasse regras em que os mais pobres e sofridos teriam acesso garantido aos “reinos celestes”. Acredito que a pureza da alma não é julgada pela falta e nem pela abundância de bens materiais, mas por fatores bem mais relevantes de comportamentos, onde as atitudes são meros reflexos do lado nobre ou negro de cada ser.

33


Nosso espírito não ficará melhor se nosso corpo estiver sofrendo,

pois

um

depende

do

outro.

(enquanto

estivermos aqui). Se os frutos que colhemos têm um gosto bom é porque soubemos o momento certo de plantar e colher, da mesma forma, nossa plantação apresentará melhores resultados se prepararmos bem o terreno e, a lição de ser o exemplo, sem dúvida alguma facilitará uma grande parte da jornada. Não basta ensinar alguém a pescar, para fazer isto temos que ser o melhor pescador. Vamos deixar flores no rastro de nossas pegadas, pode ser a melhor pista para incentivar alguém a continuar sua caminhada.

34


As imensidões de cores maravilhosas que nossos olhos conseguem ver aqui deveriam ser um estímulo para se perceber que a arte de viver será sempre um passeio fantástico em busca da unificação. Não deixe que pequenos tropeços te tirem a vontade de seguir adiante, você é livre por saber que temos um Deus a nos proteger. Capítulo 03 (três) Um caminho a seguir.

Um dos principais ensinamentos dos mestres nos afirma que a lei do perdão é um princípio importantíssimo de libertação a fatos passados, e, tenho certeza que muitos de nós já perceberam por si só que o apego a mágoas e

35


ressentimentos, males

que

tem sido a principal causa de tantos

atormentam

uma

grande

parte

da

humanidade. Podemos nos permitir dizer também que, apesar de muitos estarem num estágio evolutivo bem avançado, ainda estão apegados a acontecimentos negativos, que os mantém em uma espécie de prisão temporal. Isto os leva a ter sentimentos ruins, onde as vibrações de energias negativas, devido à causa da lei da ação e reação, acabam por provocar uma série de transtornos que poluem além do seu corpo físico, com doenças e outros males afins, como também atingem o mais profundo de si, ou seja, o seu espírito, aí sim, as conseqüências são bem mais graves, podendo levar o

36


ser a ter uma série de transtornos mentais, ocasionando muitas vezes distúrbios irreversíveis de sua psique. O caminho que leva a dissolução destas cargas negativas, sem dúvida é o perdão, o desligamento total das lembranças a tais fatos negativos, só levará o indivíduo a libertação destas energias, purificando e neutralizando seu campo de ação. É usando o pensamento positivo que conseguimos iluminar e curar, eliminando os distúrbios ocasionados pela mente poluída por pensamentos e lembranças desta, ou, de alguma outra existência, é o que normalmente

chamamos

de

carma,

adquirido

em

experiências com o mal. O grande mistério de nossa vida é o conhecimento das leis do universo, e a lei da atração é muita clara, nosso

37


pensamento tem o dom de criar, tanto para o bem quanto para o mal, é como quando jogamos uma boa semente no solo, se o mesmo for fértil com certeza no tempo devido colheremos um bom fruto, caso contrário, estaremos apenas desperdiçando um pouco do nosso valioso tempo. Nossa imaginação é a grande semente, devemos aprender a monitorá-la incessantemente, para que tenha sempre bons pensamentos, só assim conseguiremos saborear os bons frutos que desejamos degustar em todos os setores de nossa vida, material ou espiritual. Todas as nossas emoções derivam-se do tipo de sentimento que experimentamos no dia-a-dia. O caminho para atingirmos grandes realizações só depende de nós, devemos abrir a consciência para a

38


entrada da luz, no fundo, apesar dos conceitos diferentes, a meta é sempre a mesma, a busca da felicidade que advém do equilíbrio, da harmonia e da paz. Podemos olhar para as pessoas com as quais convivemos como espelhos iguais, ambos os lados se refletem com a mesma semelhança e intensidade, portanto devemos nos preparar para o convívio de forma generosa, pois, se queremos atrair o bem devemos livrar-nos das cargas negativas adquiridas no passado, assim podemos purificar nosso presente, livrando-nos de quaisquer retrocessos que possam colocar em risco nossa evolução. Ao

desenvolvermos

bons

pensamentos

estamos

elevando nossa consciência em direção ao mundo da luz

39


onde só há alegria, a vibração de alegria assemelha-se a vibração do amor. Ao acostumarmo-nos a monitorar nossos pensamentos, devemos ter o hábito de visualizar sempre o que é perfeito, ou seja, queremos adquirir a saúde perfeita, um ambiente perfeito, um relacionamento perfeito, etc. Escolha o que você quer para a sua vida de forma consciente, mantenha-se no foco do que realmente deseja, use a persistência que te ensinaram, não se desvie do caminho, liberte-se das emoções mesquinhas que poderão escraviza-lo (a) a falsos valores, concentrese na sua verdadeira essência de ser cósmico, utilize toda a sua energia para adquirir mais conhecimento, assim você terá a oportunidade de repassar para muitos a sabedoria de luz e resgatar a paz que tem procurado.

40


Entramos

em

sintonia

com

o

universo

quando

reconhecemos nossa união com tudo e com todos, e, ao estarmos sintonizados descobrimos que fazemos parte desta grande força energética, somos parte desta divina corrente, então, temos a capacidade de neutralizar todo medo, dúvida, e demais sentimentos que contradigam nossa valiosa participação em busca da harmonia entre tudo que há, foi e sempre será. Reconheça-se como o ser espiritual que você é, a vibração que emana de ti tem o alcance tão longo e ilimitado que é capaz de abraçar o mundo todo instantaneamente, abra sua mente e cumpra o teu papel de ensinar o verdadeiro sentido da vida: somos puro amor.

41


Tudo fica bem mais simples quando preenchemos nosso mundo com luz e amor, nosso caminho fica mais leve, adquirimos a confiança necessária para ir em busca da liberdade que nos dará a tão sonhada felicidade. Nossa alma tem a essência sagrada que é capaz de purificar nosso corpo e também o meio ao qual fazemos parte, é a energia iluminada que nos dá uma força divina para seguirmos sempre em frente, ao encontro das possibilidades de se fazer e viver o bem. Podemos atingir todos os nossos objetivos quando tivermos gravado em nossa consciência que somos a própria essência do amor, cada partícula da vida está interligada, somos um facho de luz, por isto, devemos pregar sempre a igualdade entre tudo e entre todos.

42


Para prosseguir no bom caminho vista-se com a humildade, coloque-a em suas palavras, em seus gestos, e principalmente em seus olhos, pois estes são o portal de tua verdadeira essência, ou seja, a tua alma. Crie um campo de força iluminado ao teu redor, e verá com que facilidade você se transformará num poderoso imã, atraindo tudo o que precisa para ter uma vida plena e feliz, a tua benéfica luz tem o poder de transformar as pessoas e ainda purificar o espaço em que você se encontra. É maravilhoso quando descobrimos uma parte do grande segredo que rege o universo, somos parte do todo, e como tal devemos irradiar nossas boas emoções através dos raios do amor.

43


O amor é sagrado, é a manifestação do nosso próprio “eu”, é a nossa força vital, é o tesouro no fim do arcoíris, é a luz mais pura, é o caminho seguro para a elevação do espírito. Então, que sua vida seja um cálice transbordante de amor, que suas palavras entoem o som do divino e alcance tudo e todos, levando alegria e discernimento

a

tantas

mentes

que

ainda

estão

apagadas, tente ser sempre um começo, nunca um fim.

44


CAPÍTULO 04 (QUATRO) A hora do show

No teatro os atores principais têm um camarote vip, é um tipo de mordomia que eles conquistaram com seu talento, então podemos nos equiparar a estes artistas, pois julgamo-nos merecedores deste tipo de status. A vida assemelha-se a um palco onde a principal estrela é você. Ao representar seu papel você não quer ser coadjuvante, espera que todos os teus atos sejam coroados de aplausos e, isto é muito natural. O brilho que te ilumina vem do mesmo sol que alimenta as plantas e as faz crescer.

45


Nesta peça você pode criar um novo arranjo, inventar uma frase nova, solte sua voz, a busca da paz deve ser expressa, deixe fluir teus sentimentos. Comunique-se de qualquer forma, utilize os meios que estão ao teu alcance para relacionar-se, se você está aqui tem que viver da melhor forma possível e, a tua tranqüilidade depende de como é o teu convívio social. Em cada contato que temos com os outros, é importante colocarmos a gentileza, a calma, o bom humor e muito sorriso nas relações, uma pessoa que sabe ser amável provavelmente é um (a) vencedor (a). A incógnita de não sabermos quanto tempo nos resta nos dá a certeza de eliminar desperdícios, pra que jogar conversa fora? Vamos aproveitar esta passagem para o cultivo do crescimento espiritual, estamos num estágio

46


em que é inevitável o contato, as pessoas dependem umas das outras, devemos ter a sutileza de interagir saudavelmente com nossos vizinhos. O que nos acontece não é por acaso, recebemos mensagens de luz diariamente, podemos acreditar no amor, na felicidade eterna, na paz. Tudo é possível para aquele que crê, solte suas emoções, seus anseios se dissolvem quando você os esquece, não seja como a criança que grita e esperneia quando não ganha um doce. Se teu coração está ferido não esquenta, vai passar, tudo na vida passa, nem um dia é igual a outro, hoje chove, mas o amanhã pode ser ensolarado, a verdade vai aparecer mesmo que você não espere.

47


Use a tua imaginação para colorir teus sonhos, veja como você pode transformar em realidade tudo o que desejar, coloque a fé verdadeira em teus pedidos, aquela que não tem nenhuma margem de dúvida, tenha certeza de que tudo o que você quiser já é seu, e assim será. Um coração humilde conhece as leis do universo, sabe que a paz e a igualdade são buscas constantes, nunca desiste de sonhar. O ato de acreditar faz com que tenhamos cada vez mais fé na realização de nossos ideais. Não abra mão das coisas que almeja, descubra dentro de si a energia que transforma em realidade o que você quer, use a simplicidade dos humildes como exemplo, não coloque dúvidas jamais, pois, quando você duvida está se dando por vencido (a).

48


Mantenha a chama da fé acesa, podemos criar nosso destino, faça de cada experiência sua um ato de fé, brinque e seja inocente, os puros não sabem como, mas tem certeza de adquirir o que querem. A tua felicidade só depende de você, nada nem ninguém é responsável pelas coisas que te acontecem, você e a tua imaginação são capazes das maiores proezas. Dê o melhor de si, o ato de doar com amor abre portas, inclusive dá entrada em locais onde vivem pessoas com o coração empedrado, você consegue suavizar o lado grotesco da humanidade que te rodeia quando dá o melhor, dê esperança de paz, mostre que todos somos iguais.

49


Os seres que fazem a vida florescer têm a consciência evoluída, desvendaram o segredo do universo, temos que ser puros, transparentes. O sentimento verdadeiro leva a igualdade, primeiro você tem que se amar para depois doar e receber amor. O cultivo de verdadeiras amizades também é um dom, a pessoa que tem amigos tem um grande tesouro. Veja nas pessoas do seu convívio familiar um exemplo para o seu comportamento com os que você considera de fora do seu círculo. Primeiro limpe e regue o seu jardim, depois do serviço realizado você pode colher as flores e fazer um belo arranjo.

50


Os erros que possuímos devem ser reconhecidos e corrigidos,

temos

sensibilidade

para

crescer

interiormente sempre. Quando reconhecemos nossas falhas ficamos aptos a ter relacionamentos mais puros, muito mais transparentes. As diferenças nem sempre são ruins, se houvesse uma rotina planejada na qual você pudesse prever reações, seria monótono, o desconhecido é que nos surpreende. Somos nossa própria balança, imagine que o ideal seja o equilíbrio. Então tente centrar-se, você é o (a) responsável único (a) pelos seus atos e pelas suas escolhas. Procure adquirir das boas e más experiências o néctar da

razão,

pois

os

tolos

não

absorvem

os

ensinamentos das lições que se apresentam no dia a dia.

51


Nunca é tarde para um recomeço, as mudanças são uma chance de aprimoramento pessoal, a grandeza é reconhecer o momento certo de mudar. Abra os olhos, seja esperto (a), este mundo te dará tudo que você merecer, então se prepare, não queira provar mais as frutas colhidas antes do tempo, elas tem um sabor amargo. O medo e a dor de sofrer são as piores pragas que podem atingir os seres humanos, destes sentimentos é que nascem a depressão, o stress e a baixa-estima. Temos que banir este mal de nossa vida urgentemente, pois tudo o que tememos aparece como fato real, isto significa que estamos usando nossa energia de forma errada.

52


Se somos capazes de criar nosso mundo, sejamos então menos cruéis conosco, vamos mudar estes sentimentos, é uma fantasia e, como tal, basta ter consciência da trilha que nos fará feliz. Neste caminho só haverá paz quando reconhecermos nosso poder, se fazemos parte da mesma energia universal, podemos eliminar tudo o que é antinatural. Devemos enfrentar nossos receios de peito aberto, não existem monstros, nós é que os produzimos. Nossa carência vem do fato de não acreditarmos em nossas realizações pessoais, é um tipo de fraqueza, está claro que todos queremos o melhor em todas as áreas de nossa vida, no lado material, dos relacionamentos e principalmente obter paz de espírito.

53


Para alcançar o sucesso em nosso trajeto não há necessidade de esforço, de trabalho pesado, de luta, vamos usar o que está ao nosso alcance, todos temos algum dom nato, então descubra qual é o seu e tome uma atitude. Trabalhe no que te faça feliz, se ainda não descobriu o que veio fazer aqui, relaxe, acalme a mente e peça uma luz que os teus caminhos ficarão mais claros, com certeza você encontrará as respostas que precisa no instante em que deixar aflorar o melhor de você, o que realmente você é, uma célula do grande núcleo que muitos chamam Deus, Amor, Ser Supremo, Jesus Cristo, Buda, Maomé... Não importa o nome, o importante é ter a consciência de fazer parte desta energia vital, que é, sempre foi e sempre será.

54


Temos uma facilidade incrível de nos adaptar em qualquer situação, porém não podemos confundir medo e fraqueza, não devemos aceitar o que nos faça sofrer, ou, que faça sofrer nosso próximo, ao contrário, em momentos de crise é que se exige a superação. A chama que te fortalece e te ilumina chama-se fé, então tenha fé em si mesmo (a), em Deus e no Universo. Se você é parte do todo, busque a perfeição, queira sempre o melhor sob todos os aspectos, você sabe que merece, portanto é claro que assim é que será. Mostre ao mundo o seu valor de forma humilde, exaltando o amor.

55


CAPÍTULO 05 (Cinco) Abrindo a mente.

Ontem, hoje e amanhã só há uma resposta certa, vamos dividir o amor, ele é a cura pra todas as feridas, é o bálsamo que alivia nossas dores. Se em teu caminho tens encontrado muitas pessoas amargas é porque precisas cultivar a paciência, a tolerância sem limites.

56


Em casos extremos respire fundo, não é fácil ter autocontrole, porém se retrucares impulsivamente estará agindo da mesma forma que os intolerantes e, toda a carga negativa retornará a você, então, muita calma nesta hora. Não se deixe contagiar pelo maior mal que assola uma grande parte da humanidade, a ignorância, ela é capaz de transformar em grandes vazios o que poderia ser mais uma oportunidade de crescimento. Em momentos difíceis parecem fáceis as sugestões dadas por terceiros, pra quem vive a situação ocorre uma falta de entendimento, ao nos confrontarmos com grosserias as reações são imprevisíveis, nem sempre conseguimos ter bom senso e revidamos.

57


É claro que depois vem o arrependimento, achamos que poderíamos agir de um jeito mais ameno, quem sabe não apaziguaríamos? Seria ótimo se pudéssemos prever antes, mas, não é assim que ocorre, nesta sala de aula, é o tal do salve-se quem puder. Nem sempre nas provações cumprimos o que pregamos, falar é sempre mais fácil, temos que usar de muita sutileza para não cometer atos arbitrários. A realidade pode ser diferente, aliás, em nossa vida as coisas mudam a cada segundo, a natureza, as pessoas, os animais, tudo o que existe no Universo são formas de energia que interagem constantemente e, algumas situações são de calma profunda enquanto que noutras é um abalo total.

58


Nossa urgência de paz tem do outro lado a oposição com os humanos obscuros, seu papel é a provocação, a luta, aí, nos perguntamos: por quê? Procuramos respostas do além quando deveríamos nos policiar e verificar onde foi que erramos. Porque somos responsáveis pelo nosso caminho, tudo o que plantamos colhemos. Se for o caso de análise do terreno, talvez devêssemos caprichar um pouco mais na hora de arar e adubar. Pense bem antes de falar, se houver sentimento de raiva, ofensa, por favor, fique calado (a), um coração ressentido só é capaz de magoar e atrair mais situações desconfortáveis, então, respire fundo antes de retrucar, um segundo de calma pode evitar muito sofrimento, principalmente para você.

59


Não podemos guardar o amor para depois, tem que ser agora, do futuro nada sabemos. Mesmo durante as tempestades, os vendavais ou os ciclones, nas maiores catástrofes ele sobrevive, é o sentimento mais puro, a energia vital que compõe cada célula do ser humano, da natureza, de tudo que existe. Não sabemos de onde vem, mas, pressentimos para onde deve ir. Sempre encontraremos ao nosso lado alguém carente deste afeto, ou de um gesto solidário. Sem questionamentos devemos dar de graça o que de graça recebemos, não há altruísmo nisto. É como se tivéssemos ganho um prêmio de loteria sem termos jogado, então empolgue-se, doe o amor que você tem, e agradeça por poder doar.

60


Não

devemos

ficar

gratos

apenas

pelas

graças

recebidas, nobre é aquele que se emociona ao fazer o bem, e fica feliz por poder agir assim. Fique satisfeito (a) por receber as respostas que você precisa, mas, todo sorriso que você der pode ser o responsável por cada benção adquirida, pense nisso. Deveríamos buscar sempre só o que nos fizesse crescer, separar o joio do trigo poderia ser uma lição básica, mas não é tão simples assim, como reconhecer? Use sempre a tua intuição, que é a tua mestra, ela sabe tudo antes de você perceber. Não estaremos nunca sós, disso temos certeza, a grandiosidade desconhecida do mundo nos mostra que a irmandade está aquém da terra, e um dia a gente sabe

61


que vai passear, vamos visitar outros mundos e rever antigas famílias. Não entendo porque tanta dificuldade em aceitar nosso lado espiritual. Para alguns está claro demais, então deduzo que estes devem passar adiante seu conhecimento. Sabemos que quanto mais esclarecido o ser fica, há uma mudança radical na forma de encarar a vida, a abertura de sua mente traz alivio e discernimento. A

inteligência

universal

envia

fluídos

energéticos

capazes de abrir a mente, basta você se purificar com bons preceitos para abrir sua percepção e se tornar um (a) receptor (a) desta iluminação. A felicidade é um dom que vêm do supremo, muitos a buscam, poucos a têm, alguns a conhecem de vista.

62


As pessoas a procuram nos outros, onde nunca a acharão, um sábio até disse: se queres ser feliz, conhece a ti mesmo. Podemos deduzir que pra ser feliz verdadeiramente a pessoa tem que se conhecer, se aceitar, se respeitar e se amar em primeiro lugar, aí sim, estará apto (a) a dar o amor que encontrou dentro de si. O que aparentamos é apenas um mero reflexo da grandeza de nossa alma. Se houver dias em que a monotonia toma conta de ti, reaja, respire fundo e de um passeio, entre em contato com a natureza, pise na terra descalço, se puder ande na areia da praia, sempre podemos buscar harmonia ao interagir com tanta beleza que há neste planeta.

63


Acalme tua insatisfação, busque a alegria, corra na chuva, ande de bicicleta, jogue bola, cuide de si. Só você é capaz de se curar e melhorar, então, mãos a obra, comece agora a se namorar, apaixone-se pela vida e se ame. Tenha orgulho e admire-se, você é o principio e não o fim. Basta de sofrimentos, de stress, ansiedade. Chega de sentimentos inúteis, eles não te ajudam, ao contrário, te deixam doente, pense no bem que o bem se seguirá. Você pode ser o motivo da paz em seu caminho. Quando encontramos espinhos, ainda assim podemos admirar a beleza das rosas, se houver pedras na tua rua, junte-as e construa um castelo. Busque a realização dos teus sonhos, encare com seriedade o hoje, creia e saiba que só depende de você

64


a forma como você vive, não atribua a fatores externos a causa

de

suas

frustrações,

elas

vem

de

seus

pensamentos e da sua imaginação, pois criamos todas as nossas experiências, boas ou más. Corrija seu modo de pensar, elimine tuas dúvidas, jamais conseguiremos concluir algum projeto se duvidar-mos. Nosso objetivo é a felicidade, nossa realidade tem que ser coroada de êxitos, estamos aqui para brilhar e crescer, devemos ter abundancia sempre, podemos conseguir tudo que almejamos desde que monitoremos constantemente nossos pensamentos. O que se passa em nossa mente é responsável pelo que nos ocorre, tenhamos então sempre a consciência de purificar o que pensamos.

65


O poder da mente é fantástico e temos que aprender a utilizá-lo. O grande idealizador de sua vida é você mesmo, compreenda isto de uma vez, a diferença entre os que têm sucesso e os outros é que o primeiro sabe de onde vem a sua força, não poderia ser diferente, é o poder do pensamento positivo e o poder da imaginação. Programe a sua imaginação para criar somente boas experiências e verá o milagre acontecer. Devemos nos concentrar no que almejamos como um fato já concretizado, antecipe a conclusão de tuas metas mentalmente agora, visualize e sinta o prazer da realização, tudo que desejamos é porque tem que ser nosso, não se desvie dos teus sonhos, quando temos um objetivo devemos perseverar, sinta-se feliz já.

66


Viva a emoção intensa da cura, teu corpo é saudável porque tua mente é sã, todo o bem que você deseja para si ganha mais força se teus pensamentos estiverem de acordo. Admita que você esteja ascendendo o caminho da luz, você faz parte do divino e pode libertar-se de todas as imperfeições, torne-se um templo do amor.

CAPÍTULO 06 (Seis) O que te interessa?

O mundo é uma paisagem magnífica, o cheiro que vem do vento nos faz ter a união com o firmamento.

67


O universo tem uma lógica desconhecida que a intuição nos revela, estejamos atentos aos sinais. Muitas vezes a expressão intuitiva vem como uma voz interior, um sonho, uma frase que se ouve ou se lê, o importante é reconhecer, pois a resposta aos nossos problemas vem de formas variadas, temos que estar sempre atentos. O ser humano está sempre buscando desafios pra tentar a superação, comporta-se como se a vida fosse uma batalha e, depende dos seus talentos sair vitorioso. É uma forma de encarar a vida, mas, eu pessoalmente não concordo, prefiro ser pacifista e acredito que uma grande maioria está comigo.

68


Onde houver conflito pode ter certeza que há pobreza de espírito, as pessoas, comunidades, nações inteiras brigam por motivos muitas vezes banais. De quantas guerras ficamos sabendo através da história da humanidade? Quantos seres desencarnados de forma grotesca? Quanta maldade? A terra foi sendo parcialmente destruída, enquanto os que se diziam e

se dizem donos deste paraíso

encontram milhares de vãos motivos para continuar a pelejar violentamente. É inconcebível que seres racionais, que se julgam inteligentes, tenham capacidade para achar que há justificativa para atos tão vis.

69


Nossa verdadeira batalha deve ser a do conhecimento, do crescimento espiritual, nossa verdadeira busca deve ser a da purificação para encontrar a paz. Nossa grande missão deve a ser de tentar a união dos povos, como disse JESUS CRISTO: PAZ NA TERRA AOS HOMENS DE BOA VONTADE. Temos tantos bons exemplos de grandes mestres a seguir, estudamos pra que? Vemos diariamente nos noticiários a onda crescente da violência, então, que tal nos dar as mãos? Podemos formar o exército da Paz. Se viemos para aprender e mostrar que o amor é possível, acho que chegou a hora, cada qual no seu tempo, no seu espaço e na sua crença, vamos fazer da Caridade nossa mola mestra?

70


Podemos eliminar as diferenças, afinal elas foram disseminadas por falta de credo. Se somos elos de uma mesma corrente, vamos emendar onde algum deles se soltou? Não podemos lavar as mãos e deixar como está, este é um momento no qual devemos nos posicionar, as dores que vemos nos olhos dos pobres são da mesma cor da dor do choro da natureza. Este é o nosso tempo, este é o nosso lugar. Vamos curar as feridas espalhadas nesta vida, vamos matar a fome, vamos replantar a fé. Sabemos que um dia a verdade vai aparecer e não adianta você dizer que não sabia, as conseqüências virão, mesmo sendo uma outra estação.

71


A humildade deve ser coroada pela liberdade, todos nós temos o direito de ir e vir. Veja a felicidade que se pressente ao admirar o vôo livre de um pássaro, ou, escutar o som de um bem-te-vi. Preencha os teus vazios com as imagens do entardecer, mas, não se esqueça do vazio que há no mundo, tantos corações partidos, tantas almas penadas, tantos sonhos perdidos. A esperança deve ser nossa grande companheira, apegue-se a ela todo dia, crie a atmosfera pura do teu mundo, siga passo a passo em direção ao campo vibrátil de iluminação que o encaminha até Deus. Tente sempre desenvolver as boas qualidades que você já conhece, assim você conseguirá libertar-se das sombras que o envolvem, cumpra o seu tempo aqui de

72


forma branda, coloque alegria em sua vida sempre e estará percorrendo um caminho de êxitos. Você é um ser inteligente e tem o poder de ativar seu cérebro para ter somente bons pensamentos, pode atrair riqueza e sucesso, mas, pode principalmente ser a cura para muitos, um enviado da grande luz, nada pode interferir para que você viva a felicidade. Focalize a sua atenção em todas as grandes realizações e conquistas que ainda estão por vir, descubra a graça e a humildade de ter aprendido com seus erros, estas experiências te ajudaram a crescer, mas, agora já passou, devemos seguir em frente, vire a página e se deixe guiar por esta nova luz azul. Seja o que você deve ser, um (a) vitorioso (a), capaz de realizar grandes feitos, uma pessoa que empreende

73


pacificamente e positivamente, aquele (a) que tem domínio sobre as suas emoções, que supera todas as dificuldades e opressões, que tem a plenitude e anda de mãos dadas com o criador.

CAPÍTULO 07 (Sete) A dança dos anjos

74


Vamos dar as mãos e bailar, façamos uma dança cigana, deixa o ritmo te levar... A alegria de viver também é de poder cantar, dançar no ritmo da luz do sol. Escute o som nítido das guitarras, ou a suavidade das teclas de um piano. O solo de uma flauta doce. Deixe-se inebriar pelo balanço. Mas não saia do seu próprio embalo... A música é a arte mais completa e bela que existe, você já imaginou a vida sem ela? Seria como a primavera sem flores, o mar sem as ondas, os rios sem cachoeiras, a terra sem a lua. É o divino que se manifesta no som, então vamos dançar mais?

75


Relaxe e faça uma viajem com o compasso do som, tome um banho de mar ou de cachoeira, acalme a tua mente, purifique-se, leve dentro da tua alma a liberdade nostálgica que se faz presente. Teu astral é de luz, deixe o sol te banhar, as sombras que te rodeiam são ilusórias e não podem te apagar. A solidão não pode ser uma constante em sua vida e, nós nunca estamos sós, encontre motivos pra continuar, faça a festa com teus amigos, embarque em algum sonho antigo. Quando a gente faz alguma besteira temos que admitir nossos erros, pedir desculpas é nobre e pode fazer muita diferença em nossas relações.

76


Nunca será tarde demais para crescer, esta vida pode até passar, mas, nós existiremos sempre, se não aqui, com certeza do lado de lá. Nossos dias podem ser maravilhosos e é assim que tem que ser, dê um jeito de acordar, faça o amanhecer sereno, cante e agradeça, o mundo é verdadeiro e retribuirá. Em qualquer lugar deseje o bem e terá o melhor, dê um abraço e um sorriso, assim tudo volta ao seu lugar. A perfeição está inclusa no que é imperfeito, depende em qual lado você está. A vida é bela sim, e nós somos uma parte muito importante dela, então não se desencante, passe pelas curvas sem derrapar, e não ande em ponto morto, daqui pra frente teu gosto vai ser diferente, é vida nova toda

77


hora, tenha os pés no chão, mas saiba parar para sonhar. Hoje é o tempo novo, agora é a hora de consertar o que está quebrado, então guarde as armas e dance, solte-se e abra bem os olhos, busque a paz, seja um sobrevivente do amor, não se cale jamais. Nosso compromisso além de fazer acontecer é marcar dentro das pessoas, levando uma réstia de esperança, a grande surpresa sempre pode partir de você. Coloque leveza e paixão em teus passos, nosso ritmo tem que ser quente, vamos bailar até levitar, pode ser a última dança. Não se esconda dos teus desejos, se quiser perguntar para o mundo pergunte sim, mas de preferência fale com

78


a lua, não se perde o que não se tem, mas, sempre ganhamos o que nos convém. Tuas expectativas devem ser leais à vontade do divino, a tendência é que você encontre pessoas belas e simples correndo a favor do vento. Solte-se,

não

se

deixe

aprisionar

no

canto

do

desencanto, é o som da vida que te convida, liberte-se da prisão da solidão. Você merece ver a luz do sol, apague a dor com um sorriso, não tenha pressa, é o encanto do amor que vem trazendo um canto de paz. Continue então a dançar, cada passo sem sobressalto, sinta-se como o rebolar leve da onda, deslizando em cima do mar.

79


Jogue-se de encontro a um sentido bom, mas, sempre dançando neste mesmo ritmo quente. Continue nesta melodia e dance, dance cada vez mais, você vai viajar sem sair do lugar, porque esta música é tua e só você sabe quando é que ela vai acabar... Ao ouvir uma boa música estamos abrindo nossa sala de visita para que os anjos venham nos visitar, estes amigos invisíveis sintonizam-se conosco também através do som, estejamos então atentos ao tipo de música que ouvimos, deve haver nela uma harmonia que purifica o nosso ambiente mental. Estes seres de luz nos ajudam principalmente na evolução espiritual, nos ensinam a possibilidade de efetuarmos o milagre da multiplicação por meio da emanação da energia pura e vibrátil do amor.

80


São verdadeiros gênios a nos iluminar e inspirar nossas boas ações e estão sempre ao nosso lado, nos instruem a reconhecer e divulgar a partícula de energia divina que une a todos nós. Para banir definitivamente a escuridão que envolve o mundo, devemos usar toda a nossa fluidez de luz, é o puro conhecimento da verdade de que o homem verdadeiro é o dirigente do seu corpo, e não seu escravo.

81


CAPÍTULO 08 (Oito) A chave mestra

A gratidão é o princípio da evolução, sinta-se grato (a) por tudo que você possui, principalmente por ter família e amigos. Veja seu corpo saudável que te proporciona usufruir das delícias da vida, quando você tem fome? Tem o que comer. Tem sono? Tem onde dormir. Está com frio? Tem um agasalho. Olhe ao seu redor e veja quantos

82


gostariam de ter o que você possui, mas não conseguem, tem doentes, pobres, leigos, esquecidos... Entretanto os dias passam rapidamente, mas a seu favor, estes seres que vivem como se habitassem um outro planeta aguardam passar o tempo que se arrasta lentamente, estão jogados num canto a esperar um segundo de paz. Enquanto você tem tudo de bom que poderia almejar, muitos imploram por um pedaço de pão, um pouco de piedade, você já viu quanta disparidade? Muitos iguais a você, mas, nesta terra a quantidade de desiguais chega a assustar. Então agradeça, erga as mãos para os céus e diga obrigado (a) meu Deus.

83


Continue seu caminho enquanto flor, você está quase desabrochando. Quanto maiores forem as realizações de sua vida, enormes serão as oportunidades que você terá de estender as mãos num gesto de socorro. Não se omita, faça o seu papel e agradeça também por ter esta chance de ajudar sem orgulho, porque na caridade não há espaço para este sentimento. Deixe teu rastro na história como um bom exemplo, tantos já passaram por aqui, e em suas pegadas apenas um triste legado, muitas páginas em branco gerando muito desencanto. O maior perigo que você pode enfrentar aqui é tornar-se cego (a) frente a situações nas quais teus irmãos são massacrados e humilhados, ficar inerte e preso (a) em teu pequeno “mundinho particular”, fazer de conta que

84


não tem nada com o que se passa com os ditos terceiros, pois, o maior cego é aquele que não quer ver. Escapismo é um ato vil de crueldade, não haja assim porque não vai conseguir dormir. Não deixe o seu coração se transformar numa eterna estação de inverno, derreta o gelo em versos, grite ao mundo tua grande história, não cruze os braços diante do sofrimento alheio, isto é apenas um adjetivo, você pode e quer ajudar teu próximo a sonhar. Pra poder agradecer devemos ter motivos que o justifiquem, sejamos todos voluntários do amor é o único remédio que acalma toda dor. Sinta o gosto maravilhoso do riso da criança abandonada quando é acolhida dentro de um lar, veja quanto brilho ela leva no olhar, parece que a alma quer sair pelos

85


olhos, é a expressão máxima da felicidade, de alguém que encontrou um caminho. Os

inocentes

que você

puder libertar serão

os

responsáveis pela cura do mundo. Lute, mas pela educação, pelo ensino do bem, pela cultura da amizade, pela generosidade da igualdade, não se cale, seja um (a) mensageiro (a) da paz, por onde você passar um novo caminho se iniciará. Teus grandes atos vêm do desejo universal da irmandade, busque a conciliação sempre, estamos numa época em que a união entre os povos tem urgência, não perca tempo, vamos andar lado a lado. A tristeza que tenta se fazer presente é apenas uma prova a ser superada, durante nosso aprendizado as

86


lições se repetem para que não tenhamos mais dúvidas, devemos superar as baixas vibrações. O bem que se quer e se faz, torna nosso caminho bem mais ameno, é a alquimia que os antigos sábios buscavam, o caminho pra se ganhar um pouco mais de luz. Em todos os momentos da vida, inclusive nos mais difíceis, temos que reconhecer a valiosidade das experiências pelas quais passamos, todos os atos vividos são lições para o nosso crescimento, então, não é nobreza alguma se agradecermos por tudo e por todos. Quando dizemos: obrigado (a) Senhor, estamos nos conectando com a essência mais pura de tudo que existe, sentimos um alívio, uma calma profunda,

87


percebemos a nossa união com o infinito, chegamos à conclusão do quanto é importante sentirmos gratidão. Nossa vida não é um jogo de cartas marcadas, nós é que a desenhamos, e, em cada traço desta nossa arte podemos pintar o amor. Ouçam o que os teus guardiões sempre lhes sussurram, somos do bem, então, podemos ir muito mais além. Estes mestres invisíveis sabem tudo sobre nós, estão sempre prontos a interferir com sugestões, nos ajudam a não derrapar no caminho e, quando somos invadidos pelas sombras e caímos, sem dúvida conseguem nos soerguer. Sejamos então muito mais gratos, somos felizardos (as), e o fato de entender um pouco dos mistérios da vida, faz com que a nossa principal meta seja a busca pela iluminação, pela paz e pela liberdade.

88


Não há limite para a gratidão, se reconhecêssemos todas

as

dádivas

que

recebemos

no

cotidiano,

perceberíamos que há uma única direção que leva a felicidade, é o caminho da luz.

CAPÍTULO 09 (Nove) Abrindo portas

Descobrir qual é o segredo da vida deveria ser uma tarefa fácil, não fosse pelas mentes despreparadas que habitam este planeta, se encarássemos que somos todos iguais, que este corpo é apenas o invólucro de nossa alma, que somos imortais, mas, nem todos pensam ou sentem da mesma forma.

89


Há uma divisão de crenças, de filosofias e um pluralismo de idéias que provocam tal separatismo. Então cada um parte em busca de suas próprias verdades e, acabam se perdendo em falsos valores, há um desencontro, a cada dia criam-se novas seitas, novas religiões, é como se houvessem vários Deuses ou, que o Ser Supremo fosse desfragmentado e distribuído em pequenos blocos, um pedacinho para cada novo credo. Qual seria o grande mistério da vida? É uma pergunta que todos têm em comum. De onde viemos? Pra onde vamos? Creio que a resposta a estas venha quando desencarnarmos, como citei anteriormente, tive minhas experiências, lembranças retomadas de um outro tempo, de outras épocas, foram pontos referenciais que ganhei por merecimento conforme minhas atitudes tomadas

90


aqui. Quando agia de forma correta recebia como um troféu alguns resquícios de lembranças de tempos muito remotos, me vi em outros corpos, mas me senti a mesma pessoa, que existe aqui e agora. Sempre fui como São Tomé, tinha que ver para crer e assim tirei minhas próprias conclusões conforme o que apreendi da essência da vida. (No caso minha vida e meus diversos corpos). Em algumas lembranças que aconteceram, estive acompanhada por pessoas com quem vivi a mesma realidade em épocas muito mais distantes, foi muito emocionante, tocou muito fundo as partes envolvidas, é como passar por um momento mágico onde o tempo e o espaço não existem.

91


Em outra ocasião provavelmente farei um livro onde relatarei minhas viagens extra-sensoriais e espirituais. A recompensa mágica por vivermos em busca do bem maior que é o dom de amar, premia-se por si só, ficamos com a alma leve, o coração sintonizado e o corpo relaxado.

CAPÍTULO 10 (Dez) Onde estamos agora?

Continuamos em nossa constante busca de verdades, cada indivíduo a seu modo espera obter o autoconhecimento, utilizando para isto os métodos que aprendeu durante o seu tempo vivido. Há uma lógica

92


quando comparamos que a consciência de alguns grupos está em pleno estágio de evolução dos pensamentos espirituais, enquanto que outros continuam em sua cegueira fatal. Felizmente, existe uma integração moral, as pessoas que atingiram um nível mais elevado de conceitos, possuem uma ideologia social, sabem a importância de passar adiante todo o seu saber em todas as áreas, principalmente na divulgação da igualdade espiritual, social e material. Temos a impressão que nosso caminho é sempre novo, e, na realidade é isto mesmo que acontece, nem um dia é igual a outro, a exuberância de esperar sempre uma surpresa agradável é um dos maiores dons adquiridos, a

93


renovação que se almeja é o desejo de melhorar nosso ânimo frente às divergências. Aprendemos a lidar com o menosprezo e a dificuldade, a vontade acirrada de adquirir o verdadeiro despertar se contrapõe às constantes batalhas do cotidiano. É

necessário

na

atualidade

conhecermos

nossas

defesas mentais, podemos criar um escudo para nos protegermos dos riscos que ameaçam nossas crenças e nossos valores. Quando crianças, recebemos ensinamentos básicos para sobrevivermos sem muitos problemas, mas, nem sempre as diretrizes são retas, o que se julgava útil em épocas remotas agora já não funciona mais. Devemos nos preparar para a iluminação tirando nossas próprias conclusões ao viver as experiências, ninguém

94


pode passar por nada em nosso lugar, temos que ter uma intuição apurada para tomarmos as decisões que julgarmos corretas, isto vem de nosso próprio caráter. O desenvolvimento espiritual e evolutivo do ser o levará a liberdade de pensar e agir segundo seus conceitos estabelecidos, a sensação de pensar e sentir livremente nos mostra o caminho para o livre arbítrio. Através do conhecimento lúcido de nossa inteligência, superamos uma herança carregada de superstições e falsos valores, que escureceriam a nossa razão. A crença não é um valor que nos pode ser imputado por religiosos de alguma seita ou filosofia qualquer, isto nos tornaria marionetes de outros.

95


O ser já nasce crédulo ou incrédulo, tudo depende das suas lembranças, a ciência e a fé não se misturam, mas, existe um respeito mútuo. Os incrédulos com certeza no decorrer de sua vida tornam-se joguetes de algumas comunidades religiosas, onde impera o interesse material e não o interesse espiritual pela caridade, e pela evolução da humanidade. Os bons resultados que conseguirmos dependem do nosso pensamento, que é o responsável direto pela paz e felicidade almejadas, por isso é importantíssimo que policiemos

nossa

forma

de

pensar

sempre,

estabelecendo algumas regras básicas para separar o lado proveniente do bem e do mal.

96


Nossa realidade jamais será estática, está sempre em movimento, então devemos ter o domínio do nosso campo mental, pois, nosso pensamento é o principal responsável pelas criações que nos acometem. Do nosso modo de pensar deriva-se o nosso sentimento, é importante então que saibamos ter o controle de nossa imaginação, nossas idéias devem pender para a felicidade e a realização dos nossos melhores anseios, mas, também não podemos nos esquecer que podemos alterar nosso meio se, de acordo com nossa boa fé, direcionarmos bons pensamentos em prol do bem do nosso próximo. A principal razão de se adquirir conhecimento é óbvia, está no fato do crescimento espiritual da pessoa para, a partir de sua consciência criar soluções para melhorar a

97


conjuntura atual de sua personalidade, e assim aumentar a sua percepção e atingir seus objetivos com mérito. Podemos cultivar alguns hábitos considerados saudáveis em nossa convivência com a família e com a sociedade, por exemplo, o respeito, o afeto, a cordialidade e principalmente a gentileza, são todos sentimentos oriundos do amor e, onde o amor estiver, com certeza haverá harmonia e paz. Os ambientes ficam mais leves e as pessoas sentem uma calma indescritível. Encontrar o bom caminho é uma meta que valoriza cada minuto do tempo gasto, nossa maior ambição deve ser a do aprimoramento moral e espiritual. Todos nós queremos a evolução, pois me parece que é neste patamar que encontraremos as respostas para todas as nossas dúvidas com relação a esta e outras

98


passagens. Você já se perguntou onde deixou a sua emoção? Dizem que o hábito faz o monge, concordo plenamente, devemos cultivar nossos relacionamentos com muito tato, colocando acima de tudo a pura sensibilidade e o máximo de nossa respeito. Da maneira como lidarmos com as pessoas é que produziremos em nosso meio um intercâmbio razoável, onde a meta seja a ponderação.

99


CAPÍTULO 11 (Onze) O que é realmente essencial?

Todos nós buscamos o equilíbrio para nutrir nossa necessidade

de

paz

e

harmonia,

a

luta

pela

sobrevivência que nos é imposta diariamente exige que tenhamos muita disposição para manter a fé desperta. O apego demasiado aos bens materiais ou, o total desapego

a

estes

podem

ocasionar

um

descontentamento sem fim. Os exageros de atitudes que nos aprisionam, tanto materiais como espirituais podem nos deixar doentes, física ou mentalmente.

100


A tranqüilidade e a felicidade são estados de espírito, não

podemos

encontrá-las

exteriormente,

seria

impossível. O único caminho que nos deixará feliz é o saber dar e receber amor. Alguns podem considerar isto muito simples, mas, é claro que na prática, esta troca de afeto entre as pessoas é um trajeto meio escorregadio, porque é possível que nem sempre os objetivos de alguns estejam em sintonia com os dos outros. Estas diferenças são muito comuns, pois vivemos em um mundo onde as provações nos exigem o máximo de sensibilidade e respeito ao nos relacionarmos com os outros. A indiferença é uma das causas mais prováveis do desafeto, podemos ser mais cautelosos com relação

101


ao que nos rodeia, porque tudo que cruzarmos em nosso caminho, principalmente as pessoas, estão de alguma forma interligadas à nossa história. Quando conseguirmos peneirar nossos defeitos e ascender nossas virtudes, estaremos num estágio superior. Podemos disciplinar nossa mente para a evolução, é importante salientar que as mudanças devem surgir quando o indivíduo sentir a necessidade, todos estamos sujeitos à hipocrisia de sentirmo-nos superiores e perfeitos. Isto é considerado um dos piores erros, pois, na essência somos iguais, portanto, ainda bem longe da perfeição.

102


Ter a capacidade de reconhecer quando erramos é muito normal e, quando isto acontece provém de um lado bom de nossa índole. A ignorância é responsável por atos que nos tornam cada vez mais egoístas, estou falando não de estudos, mas, da ignorância do caráter. Conheci muitas pessoas que não sabiam ler nem escrever, no entanto eram pessoas amáveis, simples, receptivas, então, logicamente deduzo que a verdadeira sabedoria é indistinta, está ao alcance de todos. Para livrarmo-nos do aumento de carmas negativos devemos buscar a paz e a tolerância. Ao nos depararmos frente a conflitos, por mais difícil que possa parecer no momento, podemos dosar nossas reações impetuosas, não basta ter discernimento, temos

103


que praticar diariamente a harmonia simples que vem da boa convivência. O conhecimento espiritual nos leva a aceitar a vida de um jeito mais brando, temos a consciência de que somos um risco dentro de um grande rabisco. Possuímos uma tênue linha invisível de cor prateada que une o nosso corpo físico à nossa alma, acredito que atualmente, um grande número de seres humanos reconheça-se como uma entidade etérea. Tenho dúvidas se há realmente um processo, ou algum mecanismo que possa medir o tempo, aliás, me parece que foram inventados diversos meios para tal fim, entretanto só podemos ter certeza de que a noite está chegando quando o sol se põe, o dia também só nasce

104


quando este mesmo astro completa sua rotatividade ao redor da terra. Há uma enorme força superior que criou tudo o que existe no universo, inclusive nós. Quem poderia afirmar alguma regra que fizesse a contagem do tempo? Este relógio criado pelo homem não é preciso, ao contrário, ninguém sabe de onde vêm tantas intempéries. É um infinito de perguntas sem respostas. Acho interessante algumas pessoas conformarem-se com tudo o que ocorre ao seu redor, aceitam naturalmente as diversas situações com as quais se deparam, não tem grandes questionamentos, é a tal frase, “deixa a vida me levar”.

105


Considero ainda mais sublime quem tenta encontrar algo dentro deste vasto mistério que o ligue ao Ser Superior, porque, no fundo

todos sabemos que há muito mais

além de nossa medíocre razão. Agimos impulsionados pela intuição, como a maioria dos seres que habitam este planeta, onde há tantos encontros e desencontros, percebemos que apesar de nossa

abnegação

em

conservar

alguns

valores

adquiridos na educação desde a infância, o que nos direciona na verdade sãos os ensinamentos que absorvemos interiormente conforme nossos sentimentos mais íntimos, que fundamentam o puro teor de nossa alma. Nossas reações vêm de impulsos internos, temos urgência em desvendar o verdadeiro sentido da vida.

106


É encantador como conseguimos elaborar sonhos perfeitos, nossa imaginação é o principal alimento de nosso espírito. Nas vitórias materiais podemos sentir uma espécie de ápice de alegria, mas, pressentimos que é somente um êxtase ilusório, porque nossa verdadeira realização não provém da matéria, embora esteja claro que os ganhos facilitem ainda mais este aprendizado. O verdadeiro ouro é livre de todos estes apegos terrenos e de todos os prazeres mundanos, tem brilho próprio. CAPÍTULO 12 (Doze) A força da natureza

107


A terra é um planeta fantástico, um verdadeiro paraíso, tem abundancia de belezas naturais, em qualquer lugar que passamos ficamos inundados com as cores das florestas, dos rios, da chuva e do sol. É uma perfeição fora do comum, não encontramos palavras que possam expressar com precisão este ofuscar de brilhos e cores. Percebo que quanto mais o ser for humilde, mais encontra-se em sintonia com este habitat, leva uma vida tranqüila e, constantemente agradece por tudo que recebe, não tem grandes ilusões com relação a poder e glória. Sua satisfação flui de uma forma natural, há uma cumplicidade entre as pessoas simples e os elementos naturais.

108


Às vezes os leigos mostram-se erradamente superiores, conseguem perceber que foram criados da mesma energia que compõe tudo que existe no universo, então, sabendo que a harmonia é um ponto em comum com tudo que os rodeia, deveriam aceitar que a sua visão analítica engana-se, esta é uma falha grave que necessita ser corrigida enquanto for tempo hábil. Sei que somos os principais responsáveis por todos estes desastres ecológicos que vem ocorrendo em nosso planeta, e também por tanta violência. Estamos colhendo os resultados da nossa falta de amor e de união, aprendemos, mas não colocamos em prática.

CAPÍTULO 13 (Treze) Discípulos do amor.

109


Tentamos seguir em frente em meio a confusões e desejos

não

realizados,

somos

consumidos

pela

realidade crua que não perdoa nossos deslizes. Ardentemente esperamos acompanhar a velocidade do tempo, não temos obstáculos intransponíveis, sugamos a vida com a fome de pedintes solícitos de um pedaço de pão, e a sede de quem pretende transpor um grande deserto e não tem o mapa que o leve a um oásis. Horas, dias, meses e anos passam em segundos sem percebermos direito, mas, sempre a mesma pergunta: onde isto tudo vai dar? Quando achamos que é tarde de repente ainda nem começou.

110


Continuamos

nos

movimentando

corajosamente,

instintivamente descobrimos novos objetivos, novos sonhos. Buscamos algo que nos incentive e nos impulsione a seguir em frente, mesmo sem saber o que será que vem depois. Especializamo-nos em continuar como desbravadores de um novo mundo, seguimos a velha rota atrás de inovadores caminhos. Então, a história antiga se repete continuadamente, séculos após séculos. No fundo estamos sempre repetindo os erros dos nossos antepassados, e algumas vezes os nossos próprios erros cometidos em vidas anteriores.

111


É claro que o sofrimento nos ensina a superação da dor, mas deveria também nos mostrar que o próximo degrau não está tão longe, e, o cume da montanha nem é tão gelado. O que nos favorece é a capacidade que temos de adaptarmo-nos em situações inesperadas, quando nos deparamos com o desconhecido atuamos naturalmente, o que poderia ser surpreendente não nos assusta mais. Nesta transição nossas atitudes são impetuosas, são rompantes de sentimentos que estavam guardados, esperando o momento propício de aparecer. São todos aqueles sentidos adquiridos em nosso constante aprendizado diário, são lições que ajudaram a amadurecer o nosso caráter.

112


Mesmo em meio a sombras e luz, tentamos nos situar no centro, é justamente onde encontramos o nosso equilíbrio, parece um tanto contraditório, mas, decerto que precisamos conviver com todas as nuances, sejam elas boas ou más, isto faz parte do crescimento. É claro, porém, que não podemos deixar o nosso espírito ser poluído com as manchas que vem dos seres do mal, ao contrário, devemos procurar tirar estas almas obscuras das sombras e traze-los para a claridade, sem que este ato comprometa a iluminação de nossa alma. Só há um caminho para se conseguir chegar a este fim, temos que ensinar-lhes o que é o poder do amor. Apenas ele é capaz de curar todas as feridas, ele é puro e transparente, alivia todas as dores e abre todas as portas.

113


Nossa trilha deve ser agradável, nosso sentimento de fé e esperança é o principal combustível. Não podemos querer conviver só com os que nos são agradáveis, porque estamos rodeados também pelos que vivem no caos, os que são pobres e infelizes, os necessitados jamais podem ser excluídos. Temos que lhes estender as mãos e ajudá-los a levantar, tirar-lhes da grande apatia que os invadiu, estancar o sangramento de sua alma. Não adianta olhar para o lado, reconhecer o que se passa e depois virar os olhos, ou então desejar boa sorte e seguir em frente, as pessoas são todas especiais, faça um gesto, dê um sorriso, troque algumas palavras, mas, por favor, não lave as mãos, se você fizer isto estará

114


perdendo uma grande chance de praticar a caridade, e, todos sabemos que sem a caridade não há amor. Para poder por em prática os ensinamentos do bem que recebemos, temos que nos libertar de idéias préconcebidas e de todo tipo de preconceitos, sigamos o exemplo do grande mestre Jesus Cristo: “Não julgueis para não serdes julgados”, esta frase nos mostra uma grande verdade: ninguém é melhor que ninguém. Não permita que a frieza tome conta do seu coração, você pode transformar a sua vida e assim beneficiar o seu próximo, conte o que você sabe de bom, a semente de fé é o bálsamo supremo. Nas vias tortuosas de nossa existência podem surgir um novo amanhecer onde o despertar tem um tom de azul.

115


Vamos acordar com a expectativa de uma vida em harmonia, podemos acreditar no futuro que se faz presente todo dia, algo nos diz que este ĂŠ o lugar e agora ĂŠ o momento. O sol nasce pra todos, tanto o pobre quanto o rico, todos temos direito Ă igualdade, sigamos num mesmo rumo e descobriremos a estrada de luz.

116


CAPÍTULO 14 (Quatorze) Um lugar sem dor

A vida é passageira, disso a maioria de nós tem absoluta certeza, sabendo isso, dosamos nosso comportamento num controle de atitudes, para que nossa jornada seja um pouco tranqüila, afinal quem nunca sonhou com um tempo de paz? Cada vez mais o ser humano conscientiza-se da importância de manter uma boa convivência com as outras pessoas e com a natureza, todos os dias surgem novos movimentos erguendo a mesma bandeira em prol da preservação ambiental.

117


Há uma unificação de ideais em comum, nossa evolução espiritual embora ainda em fase inicial, é o grande fator desta abertura de visão, até uma criança hoje sabe da importância e da responsabilidade que todos temos em manter este planeta sem poluentes, infelizmente só tomamos consciência da necessidade de mudanças de hábitos há pouco tempo, mas, me parece que ainda poderemos reverter em parte, pois estamos em conflito com

grandes

destruição

da

desastres

naturais

provocados

camada

de ozônio,

pela

desmatamento,

desvios das águas, a emissão de CO2 na atmosfera, etc. Creio que este planeta e seus habitantes estão passando por um período de metamorfose complexo, não podemos mais dizer como serão as quatro estações,

118


é imprevisível dizer com certeza se nós e as próximas gerações conseguiremos sobreviver aqui. A única certeza que temos é o que está diante de nossos olhos, povoados inteiros destruídos em catástrofes e, não dá pra fingir que não temos responsabilidade, porque temos sim, desde os primeiros anos de escola já éramos alertados com relação ao aquecimento solar e o derretimento dos árticos. Os estudiosos sempre souberem o que a ganância e a ignorância do homem estavam plantando na terra, mas, tudo o que foi disseminado com relação à preservação ecológica não teve eco em outras épocas, e, até hoje ainda existem camadas da sociedade em diversos países, inclusive aqui, que lavam as mãos com relação ao assunto, considero um erro este comportamento,

119


devemos ser responsáveis e, cada um no seu meio tem que fazer a sua parte. A vida é um bem muito precioso, não é porque sabemos que passa muito rápido que temos o direito de fechar os olhos ou nos isolarmos, certamente dentro das leis de ação e reação, cedo ou tarde seremos responsabilizados pela ausência de atitudes. Vamos tentar fazer deste planeta um lugar melhor, vamos cuidar deste presente, se temos a oportunidade de usufruir das belezas deste paraíso que nos foi emprestado, devemos cuidar com esmero, olhe ao seu redor, você ganhou esta benção de graça, não desperdice e nem estrague o que não é seu, definitivamente, tudo é provisório, é simplesmente uma provação.

120


CAPÍTULO 15 (Quinze) A busca da paz

Nosso mundo está repleto de seres com uma grande capacidade de amar, está gravado em seus corações o mais precioso de todos os bens, o dom de ter um espírito iluminado.

121


Quando encontramos pessoas assim sentimos um orgulho repentino por ter este privilégio, e realmente devemos

ser

gratos

(as)

pela

oportunidade

de

aprendizado, pois, a maioria deles (as) tem a missão de nos ensinar como alcançar o caminho que levará até Deus. Estas almas possivelmente têm ou tiveram algum laço mais íntimo conosco, normalmente nestes encontros elas se reconhecem instantaneamente, é uma experiência fabulosa onde ocorre uma mescla de bons sentimentos que não sabemos de onde vem. Quantas vezes eu ou você (s) ao sermos apresentados (as) a pessoas ou lugares diferentes temos a impressão de já conhece-los?

122


Recebemos sempre em nossa vida um convite ao amor, e, nem sempre agarramos a oportunidade de aceitar este convite, talvez por medo de errar, isto é besteira, as indecisões são somente um atrapalho em nossa vida. Já é tempo de aprendermos que nossas decisões têm o poder de alterar nosso tempo atual e também do futuro, mas, com relação ao passado nada mais podemos fazer, pois ficou para traz. Somos meros viajantes com pouca bagagem. Devemos ter confiança diante das dificuldades, cada problema que surgir em nossa vida é só mais uma prova a ser superada, então, diante destes, além de ter coragem, devemos agradecer pela oportunidade de crescer.

123


Nosso tempo de peregrinação deve ser uma chance para ajudarmos a construir um mundo onde impere a paz.

CONCLUSÃO

Finalmente, ao concluir este trabalho devo dizer da grande satisfação que será para mim se conseguir através deste livro, plantar uma semente de fé e esperança em alguns corações.

124


Espero poder contribuir também para o princípio de esclarecimento no âmbito espiritual, de todos aqueles que tenham um pouco ou até nenhum discernimento com respeito à verdadeira essência do ser humano. Poder escrever estas páginas foi uma experiência gratificante, pois ao expor minhas idéias tive o grato prazer de experimentar o quão longe pode ir nossa energia e, ao mesmo tempo saber da capacidade de nos abrirmos ao novo. Estamos vivendo em uma época onde a urgência maior é a busca pela iluminação interior. E, mais uma vez vou insistir em dizer que no caminho onde o fundamento principal seja o amor, com certeza estaremos resgatando o sentimento mais puro que une tudo e todos.

125


Então, por favor, façamos juntos esta travessia, vamos andar com fé em busca da paz, já sabemos o quanto é importante e vital abraçarmos esta causa em prol da evolução da humanidade. Desejo de todo coração que todos que tiverem a oportunidade de ler esta minha mensagem consigam captar que ao escrever “Minhas Páginas em Sua Vida”, tentei doar o melhor de mim, sem nenhuma pretensão de altruísmo. Minha crença maior é a da igualdade, com certeza sou defensora dos direitos humanos, e, o primordial desta tese é que juntos somos um e, assim sendo poderemos contribuir para fazer deste um mundo muito melhor. Que minha energia os alcance e leve paz, alegria, e principalmente amor a todos vocês.

126


A felicidade estรก ao nosso alcance sempre.

Vera Lucia da Fonseca. 20/12/2008.

127

Minhas Páginas na Sua Vida - http://houdelier.com  

Livro de Vera Lucia da Fonseca

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you