Page 1

uma estrela nasceu – trovas pra ela

Homenagem tão pequena para ela que foi grande. Só posso dizer: "Que pena...!" Mas guardo o amor, que se expande.

trovas de claudia houdelier


dedicatória

Para ela, que me inspira, para meu filho e marido, por tudo o que respira e à vida e ao seu sentido.


dedicatória

Para todos que a amaram assim tão intensamente e àqueles que sonharam amar, afetuosamente.


dedicat贸ria

Para os que compartilham minha dor, que 茅 em comum, eles, aqui, tamb茅m trilham, como se f么ssemos um.


escrevendo

Para ela escrevendo, eu me sinto bem melhor, como se a estivesse vendo, bem aqui, ao meu redor.


palavras

Faรงo das minhas palavras as daqueles que a amaram, que, assim quentes, como lavras, com amor a abraรงaram.


quem se ama

Nada pode ser mais triste e forte, em toda sua gama, pior que tudo o que existe, ĂŠ perder a quem se ama.


adeus

Queria tanto ter dado meu adeus para Glorinha, mas meu amor declarado n茫o coube numa s贸 linha...


bela

Tudo ĂŠ triste sem ela, que sabia nos mostrar da vida a parte mais bela. Se eu a pudesse encontrar...


fada

Nada vai trazer de volta essa fada que partiu, atĂŠ mesmo a revolta, com ela, se repartiu.


exemplo

Durante toda a sua vida, ela soube exemplo dar, e, tambĂŠm, na sua partida, nos mostrou o que ĂŠ tentar.


querida

Sabe, minha avó querida, meu amor é tão enorme... levarei toda a minha vida para crer que você dorme.


presença

Você partiu de repente, deixando tudo vazio. Sua presença se sente: correm lembranças num rio...


dor

É tão grande a minha dor... Queria poder dizer quanto Ê grande o meu amor. Vivo triste sem te ver.


partir

Se apenas eu soubesse que vocĂŞ fosse partir, daria o que pudesse para lhe fazer sorrir.


lembranças

Lembranças vivem fecho os olhos e Tudo faz com que leva, então, meu

pra sempre: te vejo. eu me lembre... doce beijo.


ajuda

Precisei da sua ajuda tantas vezes, não contei, pra que eu não me desiluda... só você e eu que sei.


companheira

Minha amiga e companheira das grandes dificuldades, vocĂŞ se empenhou inteira, nas minhas necessidades.


cumplicidade

Entre n贸s foi sempre assim: s贸 voc锚 pra me entender, cumplicidade sem fim, parece tudo saber.


bondade

A bondade, em criatura, em vocĂŞ encontrou lugar. Uma alma lĂ­mpida e pura, qualidades a somar!


coração

Para sempre vai viver, dentro do meu coração. Quantas coisas pra dizer... e eu pedi: “não parta não”...


folia

Sempre temi esse dia de voc锚 me separar. Pode parecer folia: s贸 a queria eternizar.


te amo

S贸 posso dizer "te amo"... esperando que me escute, cada vez que eu te chamo, pra que ajudes que eu lute.


anjo

Você é um anjo agora... (na verdade sempre foi) sei que de lá você ora como se dissesse "oi!"


chance

Se existe o outro lado, algum dia vou saber... te ver no cĂŠu azulado: essa chance quero ter.


aqui

Estamos todos aqui, mesma vidinha de sempre, pensando em vocĂŞ daqui, unidos ao que nos cumpre.


estrela

Quando essa estrela nasceu todo o céu se iluminou... é que ela renasceu, o existir não terminou.


rezo

Rezo muito, minha querida, que o bom Deus, onde Ele esteja, ilumine sua ida e sua bondade Ele veja.


saudades

Suas palavras ecoam, para sempre vou lembrar. As saudades me magoam, com vocĂŞ, queria estar.


conselhos

Boas palavras nos disse e sรกbios conselhos deu, fez que o branco colorisse, nos deixando o que aprendeu.


sorte

Grande sorte a que eu tive de viver assim tĂŁo perto, dividir o que se vive, aprender o que ĂŠ certo.


hora

Desde a hora que acordo até quando vou dormir, não aceito, não concordo que ela tivesse que ir.


tristeza

Lá do céu Deus está vendo nossa tristeza infinita, quanto estamos sofrendo, pois ninguém ainda acredita.


estimada

Por todos foi estimada, esposa, m達e amorosa. Para nossa t達o amada: mais de uma linda rosa.


imensidão

Ela foi onde há paz, onde há luz e imensidão, deixando tudo pra trás, plantando só união.


recordações

Eu só tenho a agradecer cada dia ao acordar, bem perto dela nascer e, em recordações, flanar.


sacrifĂ­cio

Quanto sacrifĂ­cio fez para todos ajudar... Em dez ela se desfez, disposta a tudo mudar.


boa

Coração puro, sem mágoa é difícil de encontrar. Ela era assim tão boa, sabia tudo perdoar.


caridade

Tão voltada à caridade... em discrição, ela fez tantos atos de bondade, não só um, em cada vez.


Este afeto enorme é qualquer coisa de importante, ela era plena de fé, disposta a seguir avante.


jeito

O amor foi rotineiro, nem precisa averiguar, com seu jeito, bem mineiro, sempre quis apaziguar...


demonstrações

Quantos laços de amizade ela soube cultivar. Demonstrações de verdade, para sempre vão ficar.


rainha

Ela era uma rainha, plena de simplicidade. A nobreza se continha, com toda sua humildade.


maga

Como uma luz que se apaga devagar, sem que fomente, ela, luminosa maga, esperou sua hora somente.


conformar

Nunca vou me conformar, nĂŁo hĂĄ nada a se fazer, basta apenas aceitar que assim tinha que ser.


bênção

Pelo menos conheceu, antes de chegar sua hora, a bênção, que Deus me deu, que alegra minha vida agora.


anjo da guarda

Peço ao seu anjo da guarda: "abra as asas sobre nós”... se pra levá-la não tarda, também, não nos deixe sós.


criador

Peรงo ao nosso Criador que proteja sua viagem e, com o mais profundo ardor, conduza a sua passagem.


céu

Lá no céu, os anjos cantam glória ao Pai, ela é bem-vinda... Para os que creem e amam nem na morte a vida finda.


festa

Hoje o céu está em festa, Glorinha está lá também. Sabemos que só nos resta deixá-la partir, amém.


glorinha - 2004


blues fúnebres - w. h. auden Que parem os relógios, cale o telefone, jogue-se ao cão um osso e que não ladre mais, que emudeça o piano e que o tambor sancione a vinda do caixão com seu cortejo atrás. Que os aviões, gemendo acima em alvoroço, escrevam contra o céu o anúncio: ela morreu. Que as pombas guardem luto — um laço no pescoço — e os guardas usem finas luvas cor-de-breu. Era meu norte, sul, meu leste, oeste, enquanto viveu, meus dias úteis, meu fim-de-semana, meu meio-dia, meia-noite, fala e canto; quem julgue o amor eterno, como eu fiz, se engana. É hora de apagar estrelas — são molestas — guardar a lua, desmontar o sol brilhante, de despejar o mar, jogar fora as florestas, pois nada mais há de dar certo doravante.


http://houdelier.com

Uma Estrela Nasceu - Trovas pra Ela - http://houdelier.com  

Livro de Trovas de Claudia Houdelier

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you