__MAIN_TEXT__
feature-image

Page 1

RÓMULO SANTOS

66

º GRANDE PRÉMIO

ESTE SUPLEMENTO É PARTE INTEGRANTE DO HOJE MACAU E NÃO PODE SER VENDIDO SEPARADAMENTE

DE MACAU SEXTA-FEIRA 15.11.2019

MARCA HISTÓRICA


Melhor volta de sempre

ID

FÓRMULA 3 JAKE HUGHES PROVISORIAMENTE NA POLE POSITION

O recorde da melhor volta ao Circuito da Guia caiu ontem, com Jake Hughes a rodar na primeira qualificação do Grande Prémio de Macau de Fórmula 3 num "tempo canhão” de 2:06.673 SÉRGIO FONSECA info@hojemacau.com

COMO EM todos os primeiros dias do Grande Prémio, amplificada com a introdução do novo monolugar de Fórmula 3 da FIAno Circuito da Guia, esta foi uma quinta-feira a apalpar terreno para os intervenientes. Todas as equipas começaram os trabalhos de pista com uma folha em branco, pois os dados da telemetria recolhidos em edições passadas com a anterior geração de F3

“Estou muito feliz por estar de volta, este é um evento fantástico e as pessoas são muito simpáticas”, disse Sophia Flörsch, piloto de Fórmula 3, que está de regresso depois do acidente espectacular do ano passado, na Curva do Hotel Lisboa. Sobre o incidente, a alemã afirmou que não teve qualquer efeito na sua condução: “Não senti nada quando passei na curva. Está tudo bem. Vou tentar fazer o meu melhor e familiarizar-me com o carro para a corrida”, frisou.

À CONVERSA COM Cherry Cheung É a única concorrente a participar na Taça de Carros de Turismo de Macau. Como se sente? Entusiasmada, mas também um bocado nervosa, uma vez que é a minha estreia no Circuito da Guia. Mas estou muito grata à equipa e ao meio do automobilismo porque as pessoas são muito prestáveis.

triunfo, Juri Vips e Armstrong, obtiveram o terceiro e o quarto tempo, respectivamente. Charles Leong, o representante de Macau, teve um dia relativamente tranquilo, colocando o Dallara-Mechachrome da Jenzer Motorsport no 21º posto, com uma marca três segundos mais lenta que o pole-position provisório. Sophia Flörsch ficou duas posições atrás, no 23º lugar, ficando-se a quatro segundos do tempo mais rápido do dia. Amanhã haverá outra sessão de qualificação para determinar a grelha de partida para a Corrida de Qualificação de sábado.

Novo carro passa primeiro teste Foram muitas as vozes com peso na disciplina que expressaram publicamente o seu receio e oposição sobre a introdução deste novo F3, mais potente, pesado e potente no Circuito da Guia, um carro que obrigou mesmo a alterações, relacionadas com a segurança, em vários pontos da pista. Estas críticas tinham razão de ser e estão mais relacionadas com direcção diferente que a FIA decidiu para a categoria que visita Macau desde 1983. “Penso que as queixas vêm mais da parte dos puristas, nos quais me RÓMULO SANTOS

SOPHIA FLÖRSCH “MUITO FELIZ” POR REGRESSAR

de pouco ou nada servirão este fim-de-semana. Com o objectivo de recolher toda a informação possível, a ordem era para que os pilotos realizassem o maior número de voltas exequível e se mantivessem longe dos muros. Obviamente, nem todos cumpriram tal missão. Depois do treino livre matinal, em que Marcus Armstrong registou o melhor tempo, na parte da tarde teve lugar a primeira sessão de qualificação. Jake Hughes foi o mais rápido, o que lhe dá a pole-position provisória para a corrida de qualificação de sábado. O ano passado a melhor volta no primeiro dia foi de Daniel Ticktum em 2:11.004, ele que era o detentor do recorde da pista com um “crono” de 2:10.266. O vencedor da prova nos dois últimos anos ficou-se ontem pelo sexto lugar numa sessão que terminou prematuramente devido a um acidente, sem consequências, do japonês Yuki Tsunoda. Apesar da excelente prestação, Hughes apenas superou por quatro décimas de segundo o alemão David Beckmann. Dois dos candidatos ao

CHARLES LEONG ESPERAVA MAIS “Acho que o 21.º lugar não é assim tão mau. Temos de ver que não tenho muita experiência com o carro em relação aos outros. Mas esperava mais e gostava de ter ficado entre os 15 primeiros, que é o meu objectivo”, disse Charles Leong, piloto local, que está a disputar a corrida de Fórmula 3. “Não tive uma preparação ideal, porque não tive muitas corridas e isso faz com que tenha muitas dificuldades”, acrescentou.

incluo, que consideram os novos FIA F3 como monolugares demasiado grandes e pesados para serem considerados verdadeiros F3 que eram o exemplo supremo de equilíbrio de chassis”, explicou Nuno Pinto, o Director Desportivo da favorita SJM Prema Theodore Racing, ao HM. “A existência de um sistema DRS pode desvirtuar um pouco as características únicas do que era o Grande Prémio de Macau e o desafio de ter de fazer a zona da montanha com uma afinação de pouca carga aerodinâmica como acontecia até agora. A questão da velocidade de ponta antes da curva Lisboa não é tão significativa para mim, já que anteriormente se chegou a rodar a 280km/h mas o facto de serem bem mais pesados pode tornar um incidente ainda mais grave, sim.” Apesar de vários chefes de equipa terem apontado que este monolugar desvirtua a categoria e por sua vez a sua prova rainha, Nuno Pinto admite que não havia outra hipótese: “esta é a nova F3, é a do campeonato FIA e Macau tem de continuar a ser a prova rainha da F3. Como tal, tinha de ser

CORRER NA GUIA SEMPRE FOI UM SONHO DE INFÂNCIA

Quais as razões que a levaram a querer participar no Grande Prémio de Macau? Comecei a competir nos carros de turismo em Junho de 2018 e o Grande Prémio de Macau era um objectivo a curto prazo. Correr no Circuito da Guia sempre foi um dos meus sonhos de infwância e estou a concretizá-lo no mesmo ano em que celebro

40 anos, o que é uma excelente prenda.

importante é acabar e acumular experiência.

Corre com as cores da Teamwork Motorsport que venceu no ano passado. É possível um top 3? Tem sido uma equipa vencedora e é por isso que me juntei a eles. Só que sou uma estreante e sei que não devo ter expectativas a nível de resultados. O

Qual foi o carro que gostou mais de conduzir? Em situação de corrida, o favorito é o Audi TCR, devido ao desempenho e ao equilíbrio. É fantástico. Em termos de carros de estrada gosto do Honda S2000 ou o Mitsubishi Evolution 6 ™

Version. Os carros com caixa manual deixam-me sempre bem-disposta. O que faz fora do automobilismo? Estou à frente de uma empresa de tecnologias de informação, que se foca em GPS com alta precisão, entre outros serviços no mercado da Ásia-Pacífico. JOÃO SANTOS FILIPE


hoje macau SEXTA-FEIRA 15.11.2019

PETER HICKMAN NA “POLE” PROVISÓRIA E DEIXA ADVERSÁRIOS A QUASE DOIS SEGUNDOS

Uma galáxia de distância JOÃO SANTOS FILIPE joaof@hojemacau.com.mo

disputado com os monolugares mais actuais.” Mesmo sendo quase cinco segundos mais rápidos em pista que os seus antecessores, no primeiro dia do evento o número de incidentes em pista não foi superior ao de edições passadas, tendo a quinta-feira decorrido de uma forma perfeitamente normal para mais importante corrida de F3 do planeta. É previsível que o melhor tempo obtido ontem por Hughes possa ainda ser superado durante o fim-de-semana.

NAS ÚLTIMAS quatro edições do Grande Prémio de Motos Peter Hickman (BMW S1000RR) ganhou três e assume-se como o natural candidato ao triunfo. Numa sessão de qualificação com 45 minutos, o britânico dominou por completo e com um tempo de 2:25.100, deixou Michael Rutter, segundo classificado, a mais de 1,7 segundos, e ainda se deu ao luxo de terminar mais cedo. “Já tinha um bom tempo, uma afinação satisfatória, não precisava de ser mais rápido e por isso não valia a pena ficar na pista a dar mais voltas. Não fazia sentido forçar mais”, afirmou Hickman, que voltou para as boxes quando faltavam cerca de 10 minutos para o fim. O britânico recusa que a vitória seja um dado garantido, mas reconhece que tem mais para dar: “Amanhã [hoje] e no sábado [amanhã] os outros pilotos vão andar mais rápido. Mas eu também tenho mais para dar”, explicou o piloto da BMW. No segundo lugar ficou Michael Rutter (Honda RC213V) com um tempo de 2:26.836, a 1,738 segundo do colega de equipa, que está na pole position provisória.

ELES PODEM BATER RECORDES…

O também britânico admitiu que a vitória está mais longe. “A verdade é que ele está muito à frente, mas era expectável. Tem estado a conduzir de forma fabulosa no Reino Unido”, apontou. Rutter explicou ainda que precisa de rodar mais para ganhar ritmo. “Não tenho corrido muito, por isso vou ter de aproveitar a qualificação de amanhã [hoje] para aumentar o ritmo, mas ele [Hickman] é mesmo o principal favorito. Aliás é por isso

que está na nossa equipa”, disse em tom divertido. No terceiro lugar da grelha de partida está John McGuinness (Ducati V4 Panigale), com um tempo de 2:27.186, a 0,348 segundos de Rutter e 2,086 segundos da pole position. O português André Pires teve uma prestação desapontante, devido aos problemas com a Yamaha R1, e ocupa o 24.º lugar provisório da grelha, a mais de 10 segundos

O REGRESSO DO GLADIADOR

Rob Huff, Michael Rutter, Dan Ticktum e Edoardo Mortara poderão fazer história na 66ª edição do Grande Prémio de Macau, mas nenhum deles dá por garantido um triunfo este fim-de-semana no Circuito da Guia.

Tiago Monteiro está de regresso ao circuito de Macau, depois de ter estado presente na edição do ano passado nas funções de apoio à equipa. No regresso o português admitiu que há muito mais pressão quando chega a altura de meter o capacete e entrar no carro. “O ano passado estive a apoiar a equipa e senti quase um alívio por não ter aquela pressão de correr… Acho que é a sensação da pressão é parecida com a vivida pelos gladiadores quando tinham de ir para a arena”, comentou o piloto. “Mas é uma pressão

• DAN TICKTUM (procura a 3ª vitória no GP Macau F3): “Eu não tinha a certeza se algum dia poderia voltar a Macau, portanto estar aqui com a Carlin é bastante entusiasmante. Este é um circuito incrível e já fui um vencedor aqui, logo obviamente que o objectivo é o mesmo este ano. Espero conseguir uma adaptação rápida ao novo Fórmula 3 e às borrachas da Pirelli.” • EDOARDO MORTARA (procura a 5ª vitória na Taça GT Macau): “Vou novamente tentar vencer, depois de ter ganho em 2017 e ter ido ao pódio o ano passado. Tenho tido muito sucesso em Macau e espero este ano conseguir um bom resultado. A concorrência volta a ser muito forte este ano na corrida dos GT, mas estou muito motivado e determinado em vencer. Estou com fome de sucesso como nunca antes.” SÉRGIO FONSECA

RÓMULO SANTOS

RÓMULO SANTOS

• ROB HUFF (procura a 10ª vitória em Macau): “Claro que gostaria de vencer. Como eu venci nove vezes, as pessoas pensam que vou fuzilar toda a gente. Mas todos os anos está cada vez mais difícil. Tenho de repensar onde posso encontrar aquele tempo extra. O WTCR é um campeonato profissional e o nível é extremamente alto, mas este é um recorde que quero estender.” • MICHAEL RUTTER (procura a 9ª vitória no GP de Motos de Macau): “A única razão para correr com a Honda RCV é porque é a única forma de tentar vencer e competir com o Peter Hickman. Ele está numa nova BMW superbike, que ainda não atingiu todo o seu potencial, mas se viesse com a BMW superstock não ia funcionar. Fizemos alguma melhoras em termos de electrónica que fizeram diferença e nos dão mais potência.”

da frente. “A estabilidade da mota não está a ajudar e a electrónica não está a permitir que ande rápido, porque está muito sensível. É algo que acontece porque este circuito tem muitas lombas, ao contrário dos tradicionais, mas vamos desmontar a mota e descobrir o que está errado”, disse André Pires. A segunda sessão de qualificação está agendada para as 7h30 de hoje e a corrida vai ter lugar amanhã às 15h55.

sabe tão bem”, confessou. O português está a competir no Campeonato Mundial de Carros de Turismo, com um Honda, e na terra do jogo admite precisar de toda a sorte: “Macau é sempre uma lotaria, como sabemos, e vamos precisar de um daqueles fins-de-semana loucos de Macau. Se for normal vai ser difícil ter um bom resultado”, afirmou. Nos treinos livres, Monteiro foi 14.º e 8.º. As duas sessões de treinos livres foram lideradas por Norbert Michelisz (Hyundai) e Rob Huff (Volkswagen).


[6.2 km] 19 CURVAS

hoje macau SEXTA-FEIRA 15.11.2019

Volta mais rápida

HOJE 6:00 FECHO DO CIRCUITO 6:30 - 7:00 Inspecção do Circuito 7:30 - 8:15 53.º Grande Prémio de Motos de Macau - Cronometrado 8:50 - 9:30 Corrida da Guia Macau - Taça do Mundo de Carros de Turismo da FIA - Cronometrado 9:50 - 10:20 Taça GT - Corrida da Grande Baía Cronometrado 10:40 - 11:10 Taça de Carros de Turismo de Macau - Cronometrado 11:30 - 12:10 Grande Prémio de Macau de Fórmula 3 - Taça do Mundo de F3 da FIA - Treino livre 2 12:30 - 13:00 Taça GT Macau - Taça do Mundo de GT da FIA - Treino livre 2 13:35 - 14:50 Corrida da Guia Macau - Taça do Mundo de Carros de Turismo da FIA (Q1, Q2 ,Q3) 15:10 - 15:50 Grande Prémio de Macau de Fórmula 3 - Taça do Mundo de F3 da FIA Cronometrado 2 16:10 - 16:40 Taça GT Macau - Taça do Mundo de GT da FIA - Cronometrado 18:30 ABERTURA DO CIRCUITO

AMANHÃ 6:00 FECHO DO CIRCUITO 6:30 - 7:00 Inspecção do Circuito 7:10 - 7:50 Carros de Segurança e Intervenção Rápida 8:00 - 8:40 Evento Especial 9:00 - 10:00 Grande Prémio de Macau de Fórmula 3 - Taça do Mundo de F3 da FIA (Prova Classificativa) - 10 voltas 10:25 - 11:25 Taça de Carros de Turismo de Macau -12 voltas 11:50 - 12:10 53.º Grande Prémio de Motos de Macau - Treino livre 13:05 - 14:05 Taça GT Macau - Taça do Mundo deGTdaFIA(ProvaClassificativa)-12 voltas 14:30 - 15:20 Corrida da Guia Macau - Taça do Mundo de Carros de Turismo da FIA - Race 1 - 8 voltas 15:55 - 16:55 53.º Grande Prémio de Motos de Macau - 12 voltas 18:00 ABERTURA DO CIRCUITO

DOMINGO 6:00 FECHO DO CIRCUITO 6:30 - 7:00 Inspecção do Circuito 7:10 - 7:50 Carros de Segurança e Intervenção Rápida 8:20 - 9:10 Corrida da Guia Macau - Taça do MundoFIAdeCarrosdeTurismo-Race 2 - 8 voltas 9:35 - 10:35 Taça GT - Corrida da Grande Baía - 12 voltas 11:00 - 12:00 Corrida da Guia Macau - Taça do Mundo de Carros de Turismo da FIA - Race 3 - 11 volta 12:25 - 13:40 Taça GT Macau - Taça do Mundo de GT da FIA - 18 voltas 14:00 - 14:35 Evento Especial 15:10 - 15:20 Dança do Leão 15:30 - 16:30 Grande Prémio de Macau de Fórmula 3 - Taça do Mundo de F3 da FIA - 15 voltas 18:00 ABERTURA DO CIRCUITO

2:06.793 • JAKE HUGHES • 2019

Prata da casa TEXTO JOÃO SANTOS FILIPE • FOTOS RÓMULO SANTOS

Taça de Carros de Turismo de Macau

• FILIPE DE SOUZA | AUDI RS3 TCR; TREINOS LIVRES: GERAL: 1.º CLASSE: 1.º “O carro está bem e conseguimos um bom equilíbrio, que já nos permite extrair 90 por cento do que tem para dar. A única área em que que é necessário melhorar é na travagem. O nosso objectivo para o fim-de-semana é ganhar, mas ainda precisamos de ver como está a concorrência. Os adversários da Teamwork estão muito fortes e têm mais 50 cavalos.”

• RUI VALENTE | MINI COOPER S; TREINOS LIVRES: GERAL: 16.º CLASSE: 7.º “O carro tem uma suspensão nova, que estamos a utilizar pela primeira vez, e esteve um bocado rijo para este circuito. Vamos alterar a afinação e esperamos fazer uma boa qualificação. O objectivo é ficar nos 10 primeiros, o que não conseguimos hoje [ontem]. Depois de no ano passado ter estado no WTCR, este ano vou poder divertir-me mais porque o carro é meu e não tenho receios em relação a danificar a viatura. É bom estar de volta.”

• CÉLIO DIAS | MINI COOPER S; TREINOS LIVRES: GERAL: 8.º CLASSE: 3.º “Estamos com alguns problemas, principalmente ao nível das afinações, que penso estarem a ser causados pela suspensão. Vamos tentar resolvê-los para obtermos uma boa qualificação. Ainda é difícil sabermos como vamos rodar ao longo do fim-de-semana, porque só fizemos três voltas rápidas. Mas gostava de conseguir um lugar entre os cinco primeiros na minha categoria.”

• DELFIM MENDONÇA CHOI | MITSUBISHI EVO 7; TREINOS LIVRES: GERAL: 33.º CLASSE: 17.º “Logo na primeira volta senti problemas de afinação e tive de vir às boxes. Fizemos alterações e depois senti que o carro já estava bom. Infelizmente, os incidentes da corrida fizeram com que não conseguíssemos rodar tanto quanto pretendíamos. Temos a esperança de que amanhã as coisas corram melhor. Se no sábado conseguir terminar nos cinco primeiros à geral fico muito contente.”

Taça da Grande Baía

Campeonato do Mundo de Carros de Turismo (WTCR)

• EURICO DE JESUS | LOTUS EXIGE S; TREINOS LIVRES: GERAL: 17.º O carro deu-nos problemas porque a caixa de velocidades está sempre a entrar em modo de segurança. Quando testámos no Interior não tínhamos detectado este problema. Foi uma pena porque nos prejudicou bastante e não consegui fazer uma volta rápida. Estou confiante que amanhã [hoje] vai estar tudo resolvido e que posso lutar pelo objectivo de ficar nos seis primeiros.”

• BILLY LO | AUDI RS3 LMS; SESSÕES DE TREINOS LIVRES: GERAL: 27.º E 27.º “Estou muito entusiasmado por estar a competir pela segunda vez no WTCR em Macau. Como sou o único piloto local sei que a pressão é maior. É um grande desafio porque estou a correr contra os melhores do mundo, que têm muito mais experiência. Também por isso o meu objectivo passa por ir encurtando as distâncias ao longo do fim-de-semana e ser o melhor dos seis pilotos convidados.”

Profile for Jornal Hoje Macau

66.º GP Macau #2 - 15/11/2019  

Suplemento do 66.º Grande Prémio de Macau - 15/11/2019 - Dia 2

66.º GP Macau #2 - 15/11/2019  

Suplemento do 66.º Grande Prémio de Macau - 15/11/2019 - Dia 2

Profile for hojemacau
Advertisement

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded