Page 1

projecto de construção da nova Biblioteca Central vai avançar com “formato” diferente centrais

Uma das estátuas de Lagoa Henriques, colocada na zona de S.Paulo, vai mudar de lugar última

tempo aguaceiros isolados min 27 max 32 humidade 55-90% câmbios euro 10.4 baht 0.24 yuan 1.19 pub

Agência Comercial Pico • 28721006

hojemacau Mop$10

pub

Director carlos morais josé • segunda-feira 2 de agosto de 2010 • ANO IX • Nº 2178

chui sai on promete que nada vai mudar com lei de apoio judiciário

Liberdade está garantida Justiça

Execuções na China estão a diminuir • P.3

Economia

Aumenta défice com exterior • P.4

Transportes

TCM continua fora da corrida • P.6

IAS

Deficientes vão ficar em Macau • P.7

Desporto

Liedson ilibado pela Federação • P.10

Ambiente

Poluição chinesa chega à Rússia • P.2

O Governo procura o “equilíbrio certo” entre a protecção dos funcionários públicos e a liberdade de Imprensa, disse Chui Sai On, em declarações aos jornalistas. O Chefe do Executivo justificou a necessidade da lei de apoio judiciário com exemplos recentes de agressões de que foram alvo médicos e enfermeiros do hospital público. >página 4

Inquérito | Maioria apoia eleições para Al e Chefe do Executivo

Queremos votar!

Página 5


segunda-feira 2.8.2010 www.hojemacau.com

2

actual

Derrame de produtos químicos afecta rio chinês

A caminho da Rússia As autoridades do nordeste da China reconheceram ontem que a fuga de produtos químicos que poluíram o rio Songhua na província de Jilin chegou até a vizinha província de Heilongjiang, na fronteira com a Rússia, de acordo com a imprensa chinesa. Du Jiahao, vice-governador de Heilongjiang, assinalou que as amostras de água do rio Songhua analisadas demonstram que existe contaminação por produtoss químicos, apesar de as autoridades de Jilin terem assegurado que o derramamento era mínimo e inócuo. Conhecido também por rio Sungari, e principal afluente do rio Amur, que divide a fronteira entre China e Rússia, as águas afectadas do rio Songhua chegaram à vizinha província de Heilongjiang na tarde de ontem, assegurou Du. O jornal "South China Morning Post" adianta que as autoridades reconheceram que não puderam travar a expansão da fuga de produtos químicos para Heilongjiang, de onde pode chegar até a Rússia, quando as águas contaminadas do Songhua desembocarem no Amur. Não é a primeira vez que catástrofes ecológicas sofridas pela China devido a uma in-

cloro silicato, um líquido incolor inflamável de cheiro muito forte, explicou o Departamento de comunicação do Comitê Municipal do Partido Comunista da China em Jilin.

Não é a primeira vez que catástrofes ecológicas sofridas pela China devido a uma industrialização descontrolada afectam países vizinhos.

dustrialização descontrolada afectam países vizinhos, já que o Songhua foi palco de outro derrame de produtos químicos que chegou até à Rússia em 2005, provocando graves danos ambientais. Origem

Os serviços de emergência da China encontraram já a fonte daquela poluição - mais de sete mil pequenos contentores de produtos químicos que foram ar-

rastados pelas chuvas torrenciais até o rio Songhuajiang. Segundo as autoridades da cidade de Jilin, três mil recipientes continham 170 quilos de produtos químicos cada. Os quatro mil restantes estariam vazios. Até o momento, cerca de 400 contentores foram tirados das águas, segundo fontes do governo local. Alguns dos recipientes, de propriedade de uma planta química local, continham trimetil

Os especialistas explicaram que o produto químico, ao reagir com a água, desprende ácido clorídrico. O rio Songhuajiang, de 1,9 mil quilômetros, é o subafluente mais longo do rio Heilongjiang, na fronteira entre China e Rússia. No último dia 16 de julho, uma explosão e o incêndio de dois oleodutos do porto Xingang, de Dalian, deixaram escapar 1.500 toneladas de petróleo para o mar. A macnha de poluição atingiu 430 quilômetros quadrados de superfície do Mar Amarelo, no pior incidente do tipo registrado recentemente na China.

Banco de dados ajuda a encontras crianças raptadas

Os detectives genéticos A Polícia chinesa trabalha na criação de uma ampla base de dados nacional de ADN para contribuir para a busca de crianças desaparecidas e sequestradas, informou o Ministério da Segurança Pública. Até o momento, os dados de ADN disponíveis permitiram a reunificação de 730 crianças com suas famílias, disse ao "China Daily" um membro dos serviços da luta contra o tráfico humano, durante um seminário internacional organizado pela Federação

de Mulheres da China em Pequim. O banco de dados, apoiado por 236 laboratórios de ADN em todo o país, já tem 107 mil mostras sanguíneas de crianças suspeitas de teram sido sequestradas ou têm passado incerto, residem em centros apoio ou mendigam na rua, assim como de pais que buscam os seus descendentes, segundo o Ministério. As crianças destinadas à adoção, inclusive por estrangeiros, deverão ser submetidas antes a exames de

sangue para serem incluídas no banco de dados. O custo da análise de sangue e do DNA será coberto pelas autoridades policiais, por isso será gratuito para crianças e pais, acrescentou. Desde Abril de 2009, a Polícia recuperou 17.717 mulheres e crianças, segundo dados oficiais, e foram detidos 17.528 suspeitos, alguns deles criminosos muito procurados. Por ano, desaparecem na China entre 30 mil e 60 mil crianças.

Economia | China em segundo lugar

A China destronou o Japão como segunda economia mundial, afirmou o vice-presidente do Banco Central chinês, em entrevista a um publicação local. No entanto, Yi Gang não explicou como chegou a esta conclusão nem adiantou dados concretos sobre a economia chinesa que permitissem fundamentar a sua afirmação. "De fato, a China é a partir de agora a segunda economia mundial", declarou, em entrevista à revista “China Reform”, entrevista que também foi publicada também no portal oficial da administração do banco. A China conseguiu fazer frente à crise económica mundial graças a um plano de reactivação gigantesco de 4 triliões de yuans e a empréstimos bancários e empresas estatais, que quase duplicaram atingindor, em 2009, 9,6 triliões de yuans. Nos primeiros seis meses do ano, o PIB chinês chegou a 17,284 triliões de yuans, segundo a Agência Nacional de Estatísticas, ou seja, 2,552 triliões de dólares americanos.

Tabaco chinês aprendido em Portugal

A Polícia Judiciária apreendeu 10 milhões de cigarros de contrabando que vinham da China num contentor e que tinham por destino sobretudo o mercado britânico. A operação foi bem sucedida e evitou que o Estado fosse lesado numa quantia que, só em impostos, ascenderia a milhão e meio de euros. “O total de preço de venda ao público desta mercadoria rondará os 10 milhões de euros e, por isso, implicaria um pagamento de impostos num valor que ascenderia a cerca de 1,5 milhões de euros”, explica Vitor Paiva, da Unidade de Combate à Corrupção. Vítor Paiva revela ainda que foram detidos quatro homens, dois portugueses e dois estrangeiros, sendo um deles cidadão chinês, numa operação que envolveu perseguições na auto-estrada e tentativas de atropelamento: “A operação foi algo aparatosa, como são todas as perseguições policiais, desde logo quando a viatura suspeita entra na A8 e faz uma inversão de marcha, conduzindo durante algum tempo em contramão. No início da fuga, os suspeitos tentaram abalroar as viaturas da polícia e atropelar alguns agentes da Polícia Judiciária.”


O grande problema de Macau é, como se sabe, a capacidade de criar e concretizar projectos que respondam aos anseios da população. Não se pode andar anos e anos a falar nas mesmas ideias, nas obras que devem ser feitas, mas não se dar passos concretos para que tudo isso comece a ser realizado. Como as direcções de serviço e os organismos autónomos já devem ter iniciado a elaboração das suas propostas para 2011, espero que haja renovação e, sobretudo, inovação, que é o que tem faltado em Macau. Os funcionários públicos, que nos últimos anos têm perdido poder de compra, devem ter os vencimentos actualizados. Gilberto Lopes P.15

As 5 mil execuções registradas na China em 2009 colocam o país em primeiro lugar entre os países que aplicam a pena de morte, punição a que foram submetidas 5.679 pessoas no mundo todo esse ano. A ONG italiana contra a pena capital "Nessuno tocchi” revelou, no passado fim de semana, que a China foi responsável por 88% das execuções em todo o mundo, no ano passado, seguida pelo Irão, com 402, e do Iraque, com 77. "Embora a pena capital continue a ser considerada na China um segredo de Estado, nos últimos anos circularam notícias, também de fontes oficiais, indicando que as penas de morte ditadas pelos tribunais chineses diminuíram 30%, com relação aos anos anteriores", indica o relatório. "A redução foi mais significativa a partir de janeiro de 2007, quando entrou em vigor a reforma com base na qual toda a pena de morte ditada na China por tribunais de categoria inferior, deve ser revista pelo Supremo Tribunal", acrescenta. "Nessuno tocchi Caino" divulga dados do jornal "China Daily", que informou que o Supremo Tribunal chinês anulou 15% das penas de morte que foram submetidas à sua apreciação, em 2007 e 10% em 2008. "Apesar destes primeiros sinais, ao menos aparentes, de uma nova abordagem da justiça chinesa", indica a ONG, não terminaram as condenações de pessoas "sem a devida transparência", como denunciaram vários advogados chineses. "Os momentos mais 'quentes'

segunda-feira 2.8.2010 www.hojemacau.com

3

China é o país que mais sentenças de morte aplicou em 2009

Campeã das execuções

para as execuções são os períodos que antecedem celebrações de datas importantes”, aponta o relatório. Este estudo, que conta com o apoio da vice-presidente do Senado italiano, Emma Bonino, precisa que dos 43 países que têm pena de morte no seu código penal, 36 são ditaduras ou regimes autoritários.

Por esse motivo, muitos desses países não publicam estatísticas oficiais sobre as execuções, o que pode fazer com que esses números sejam ainda maiores. EUA em 5° lugar

Segundo a ONG intaliana, em quarto lugar está a Arábia Saudita, com 69 execuções, e em quinto, um país democrático e ocidental, os Estados

Unidos, que aplicaram 52 penas capitais em 2009. Logo a seguir, aparece o Iémen, com 30. No caso dos EUA, em 2009 as execuções cresceram com relação às 37 de 2008 e às 42 de 2007, por causa da moratória que vigorou de Setembro de 2007 até Maio de 2008, à espera da sentença Supremo Tribuanl sobre a constitucionalidade da execução através de injeção letal.

Na lista de países que aplicaram esta punição em 2009, publicada pela organização "Nessuno tocchi Caino", figuram outros dois estados democráticos: Japão e Botsuana, com sete e uma execuções, respectivamente. Segundo a ONG, "a evolução positiva em direção à abolição da pena de morte no mundo que se registra há mais de dez anos, confirmou-se em 2009 e também nos primeiros seis meses de 2010", já que os países ou territórios que decidiram aboli-la somam 154. No ano passado, teve continuidade a tendência de baixa nas execuções de penas de morte, depois das 5.735 contabilizadas em 2008, e das 5.851 em 2007. Em 2009, pelo menos 607 execuções (585 em 2008) aplicaram-se em países de maioria muçulmana, muitas ordenadas por tribunais islâmicos, em uma "rigorosa" aplicação da Sharia, enquanto oito menores foram condenados, nesse mesmo ano, no mundo todo, perante 13, no ano anterior. "Na Europa, a Bielorússi continua a ser a única exceção num continente totalmente livre de pena de morte. Em 2009 não ocorreram execuções, mas em Março de 2010 dois homens foram condenados por homicídio. Em 2008 foram realizadas quatro execuções", segundo o relatório da ONG.

Bloqueio na China foi apenas falso alarme

queda de ponte provoca 49 mortos

A administração da Google afirmou, no final da passada semana, que seus serviços na China estão a operar normalmente e que a informação de que o site estaria bloqueado naquele país foi um alarme falso. De acordo com o Google, os sistemas de controle de acesso ao portal indicaram que os serviços de busca estavam bloqueados na China, e apenas o site de correio eletrônico Gmail funcionava normalmente. "Devido à forma que usamos para medir a acessibilidade na China, é possível que o nosso sistema tivesse sobreavaliado o nível

O desabamento de uma ponte no centro da China, devido às inundações que têm atingido o país, causou 49 mortos e 17 desaparecidos, informaram as equipes de resgate. A ponte sobre o rio Yihe em sua passagem por Luanchuan, na cidade de Luoyang, caiu no último dia 24, quando uma centena de pessoas observava o aumento das águas a partir desta construção.

E tudo a água levou

Google continua livre de bloqueio. É o que também aconteceu mais recentemente, quando houve a indicação de um pequeno bloqueio. Agora, aparentemente os utilizadores chineses estão a conseguir aceder aos nossos serviços normalmente", afirmou o Google, em nota oficial. No principio do mês, o Google anunciou que as autoridades chinesas renovaram a sua licença comercial para operar em todo o país, após o site encerrar a política de redirecionamento automático de utilizadores para a versão da página em Hong Kong, que não é censurada como o site chinês. O Google afirmou, no seu blog

oficial, que tinha solicitado a renovação da licença. A agência de notícias estatal Xinhua informou depois que a solicitação do Google foi aceita pelo governo. A China é o maior mercado mundial de Internet por número de utilizadores. Este é o mais recente episódio em uma série de reviravoltas que ocorreram desde que o Google alertou, em Janeiro, que poderia deixar a China devido a receios quanto à censura e depois de sofrer ataque de hackers chineses, segundo a empresa.

A corrente arrastou a maioria, por isso as equipas de resgate consideram que existem muito poucas possibilidades de achar os desaparecidos com vida. A ponte, construída em 1987, tinha um comprimento de 200 metros e ficava a 10 metros de altura sobre o rio e, segundo as primeiras investigações, caiu devido à acumulação de árvores arrastadas pelas águas na base da estrutura. O Governo de Luanchuan pediu desculpas de forma pública e assumiu a responsabilidade pelo acidente. AChina vive as suas piores inundações da década, com 991 mortos e 558 desaparecidos neste ano.


segunda-feira 2.8.2010 www.hojemacau.com

4

política

Chui Sai On garante que imprensa de Macau está altamente protegida

Na liberdade ninguém toca Depois de Florinda Chan, secretária para a Economia e Finanças, foi a vez de Fernando Chui Sai On garantir que a liberdade de imprensa é um valor intocável em Macau. A possibilidade da nova lei de apoio judiciário aos funcionários públicos abrir a porta a múltiplos processos contra os jornalistas é uma das preocupações que têm sustentado a discussão pública do diploma. “Os residentes e os media podem ficar descansados que o propósito da legislação é fornecer assistência jurídica aos funcionários públicos para que levem a cabo as suas responsabilidades e para que realizem o trabalho com efectividade e à-vontade”, frisou o Chefe do Executivo, num evento público no sábado.

O valor total das exportações alcançou as 596 milhões de patacas em Junho deste ano, equivalendo a um decréscimo de 3,7%, face a Junho de 2009. A exportação doméstica cifrou-se em 202 milhões de patacas, decrescendo 24,3%, mas a reexportação observou um acréscimo de 11,9%, atingindo as 394 milhões de patacas. O valor total das importações atingiu as 3,68 mil milhões de patacas, traduzindo um incremento de 28,7% em comparação com o mesmo mês de 2009. Consequentemente, verificou-se um

Segundo Chui, desde que o terceiro Governo iniciou o seu mandato, “tem mantido um grande respeito pela liberdade de imprensa e pelas notícias”. O Chefe do Executivo lembrou que nas suas Linhas de Acção Governativa foi

proposta uma revisão “oportuna” das leis de imprensa e difusão “com a salvaguarda da liberdade de imprensa sendo a prioridade”. AAssociação dos Jornalistas de Macau, deputados e académicos temem que com a aprovação do

diploma de apoio judiciário, que prevê a possibilidade dos funcionários públicos processarem terceiros quando se sentem ofendidos, a liberdade de expressão e de imprensa está em risco. O líder do Governo, no entanto, não concorda com essa visão. “Entendemos a preocupação dos meios de comunicação. Por isso, estamos activamente e com muita abertura a analisar, com a 1a Comissão Permanente da AL, um forma de encontrar o equilíbrio certo entre a protecção dos funcionários públicos e a liberdade de imprensa”, realçou. De acordo com Chui Sai On, a liberdade de imprensa nunca estará em causa. “O Governo irá definitivamente proteger a liberdade de

imprensa no processo legislativo. Os artigos da lei podem ser ajustados na discussão ao pormenor, mas com a intenção de uma legislação clara, a sociedade deverá sentir-se confortável em deixar o Governo e a AL continuarem a discussão do projecto”, explicou. O objectivo do diploma que se encontra agora em discussão na especialidade tem como meta proteger e garantir direitos aos trabalhadores enquanto representantes da Administração Pública. Chui Sai On referiu que funcionários da função pública queixam-se de experiências poucas agradáveis aquando do exercício das suas funções. Durante a entrevista, o Chefe do Executivo lembrou casos de médicos, enfermeiros e outros trabalhadores da área de saúde que foram alvos de agressão e sofreram danos físicos. “Por isso, a referida proposta de lei tem como objectivo dar certas garantias aos funcionários públicos no exercício da sua actividade, para um trabalho mais eficaz”, acrescentou.

Défice da balança comercial atinge 3,08 milhões de patacas com aumento de importações

Exportações baixam e as reexportações sobem défice de 3,08 mil milhões de patacas na balança comercial do mês passado, informam os Serviços de Estatística e Censos. No segundo trimestre, as exportações (1,80 mil milhões de patacas) apresentaram uma queda de 4,2% face aos valores verificados no trimestre homólogo de 2009. Entretanto, as importações (10,62 mil milhões

de patacas) registaram um aumento de 22,5%, fixando o saldo negativo da balança comercial em 8,82 mil milhões de patacas. As exportações de Macau no primeiro semestre de 2010 situaram-se em 3,62 mil milhões de patacas, registando uma redução de 7,1%, comparativamente ao mesmo período do ano transacto. Os fluxos da exportação pub

Aviso

(Notificação nº 002/SS/UTLAP/2010)

Devido à impossibilidade de notificação pessoal do interessado, notificam-se, nos termos do artigo 68º e da alínea 2) do artigo 72º do Código de Procedimento Administrativo, o médico Ao Ieong San Chak e a senhora Ao Ieong Hong que compareçam, às 15H00 do dia 19 de Agosto de 2010 na Unidade Técnica de Licenciamento das Actividades e Profissões Privadas de Prestação de Cuidados de Saúde (UTLAP), sita naAlameda Dr. Carlos D´Assumpção, Edifício Hotline, nº. 335-341, 6º andar, NAPE, Macau, para a realização de uma audiência oral. Na ocasião, poderão levar consigo todos os documentos relacionados para a consideração do órgão instrutor. O médico Ao Ieong San Chak é portador do Bilhete de Identidade de Residente Permanente de Macau, de número 7347186(4), e a senhora Ao Ieong Hong é portadora do Bilhete de Identidade de Residente Permanente de Macau, de número 7354471(0), com última morada conhecida na Rua da Barca, nos 67-69, Edifício Fai Tong, 2º andar, Sala D. Como existem indícios de que algum indivíduo é suspeito de prestar cuidados de saúde no referido

apartamento sem a devida licença profissional, e para investigar mais profundamente situação, decidiu-se realizar uma audiência oral aos mesmos nos termos do artigo 15º do Decreto-Lei nº 84/90/M de 31 de Dezembro, com as alterações introduzidas pelo Decreto-Lei nº. 20/98/M de 18 de Maio e do nº. 3 do artigo 85º e do artigo 95º do Código de Procedimento Administrativo. Para alem disso, informam-se aos referidos que nos termos do nº. 3 do artigo 95º e do Código de Procedimento Administrativo, a comparência atrasada ou a falta de comparência dos interessados não constitui motivo de adiamento da audiência, mas, se for apresentada justificação da falta até ao momento fixado para audiência, deve proceder-se ao adiamento desta.

Macau, aos 21 de 06 de 2010. Subdirector dos Serviços de Saúde, Cheang Seng Ip

doméstica baixaram 33,2%, mas os da reexportação expandiram-se 12,8%, em relação aos fluxos do primeiro semestre de 2009. O valor total das importações cifrou-se nos 20,48 mil milhões de patacas, equivalendo a uma subida de 20,9%. Consequentemente, no primeiro semestre deste ano o défice da balança comercial alargou-se 29,3%, quando comparado ao idêntico período do ano anterior, situando-se nas 16,86 mil milhões de patacas. A taxa de cobertura das exportações sobre as importações atenuou-se para 17,7%, ou seja, menos 5,3 pontos percentuais face ao período homólogo de 2009. Menos para EUA e UE

Analisando as exportações por destino, no primeiro semestre de 2010, observouse que o valor exportado para Hong Kong (1,64 mil milhões de patacas) e para a China Continental (585 milhões de patacas) elevouse 18,9% e 0,6% em valor, respectivamente, enquanto

tados (2,85 mil milhões de patacas) cresceu 19,3%. Carros importados

que para os Estados Unidos (385 milhões de patacas) e para a União Europeia (201 milhões de patacas) desceu, acentuadamente, 52,6% e 47,1%, respectivamente, em comparação com o mesmo período de 2009. O valor dos produtos têxteis e vestuário exportados (770 milhões de patacas) caiu 48,9% em relação ao período homólogo do ano precedente e o seu peso baixou para 21,2%, face ao total exportado. O valor dos produtos não têxteis expor-

As mercadorias importadas durante o primeiro semestre deste ano, provenientes da China Continental (6,30 mil milhões de patacas) e da União Europeia (4,44 mil milhões de patacas) dilataram-se 20,4% e 25,1%, respectivamente, em relação ao idêntico período do ano antecedente. O valor importado de bens de consumo ascendeu a 40,4%, designadamente o valor importado dos automóveis de passageiros e motociclos aumentou 122,6% face ao período homólogo de 2009. Inversamente, as importações de bens de capital e matérias-primas e produtos semi-transformados sofreram diminuições de 11,8% e 1,3%, respectivamente. No primeiro semestre de 2010, o valor total das importações e exportações atingiu 24,10 mil milhões de patacas, correspondendo a um crescimento de 15,7%, face aos 20,84 mil milhões de patacas registados no idêntico período de 2009.


Rita Santos é a nova secretária-geral do Fórum China-Países de Língua Portuguesa A comendadora Rita Santos foi nomeada, na sexta-feira, secretária-geral adjunta do Fórum para a Cooperação Económica e Social entre a China e os Países de Língua Portuguesa, cargo que acumulará com as funções de coordenadora do Gabinete de Apoio ao Secretariado Permanente do mesmo organismo. A nomeação já vinha sendo comentada há mais de seis meses, mas só agora concretizou-se. Um dos desafios a curto prazo da nova secretária é a organização da terceira reunião ministerial, em Setembro.

Kahon Chan

hojemacau@yahoo.com

Mais de três terços dos residentes locais querem o sufrágio universal tanto nas eleições para a Assembleia Legislativa como para chefe do Executivo, enquanto mais de 70 por cento concordam que é necessário o Governo traçar um roteiro com vista às eleições directas duplas, segundo os resultados de uma sondagem em que participaram 1240 pessoas. Em todas as questões, um quarto dos inquiridos respondeu “não sei”, o que parece indicar um certo desinteresse pelo desenvolvimento democrático entre alguns residentes de Macau. Realizado pela Associação de Nova Visão de Macau, a sondagem divulgada ontem inspirou-se na disputa que teve lugar em Hong Kong no âmbito da aprovação do pacote de reformas constitucionais em Junho. O estudo de opinião é o primeiro a focar-se apenas nas reformas democráticas e eleitorais em Macau desde que Chui Sai On foi empossado. Dos inquiridos, 778 foram entrevistados pessoalmente, em 12 zonas diferentes da cidade, a 24 de Julho, enquanto 462 foram contactados aleatoriamente por telefone, no mesmo dia. Nas duas questões sobre a satisfação em relação ao actuais sistemas das eleições para a AL e para o chefe do Executivo, os entrevistados dividiram-se em três partes aproximadamente iguais, representando os “satisfeitos”, os “insatisfeitos” e os “sem opinião”. No entanto, 49 por cento acreditam haver uma urgência no início do debate sobre reformas eleitorais, enquanto 65 por cento defendem o sufrágio universal duplo. Uns expressivos 73 por cento deixam claro que o Governo tem de providenciar um roteiro e um cronograma para conduzir à implementação total do sufrágio universal. A divisão foi maior quando os inquiridos tiveram de se pronunciar sobre qual seria o foco das atenções no debate sobre o sufrágio universal. Nas eleições para a AL, 37 por

segunda-feira 2.8.2010 www.hojemacau.com

5

Governo pressionado a iniciar reformas constitucionais

Maioria exige democracia 1.º de Maio faz mossa na popularidade do Governo

cento acham que o debate deveria centrar-se em eleições directas para todos os assentos da assembleia, enquanto outros acham preferível o avanço gradual com ideias de compromisso como o acréscimo dos assentos directamente eleitos (20%), a redução dos lugares

eleitos indirectamente (8%) ou a redução dos assentos para nomeação (13%). Para a eleição do chefe do Executivo, quase metade (47%) dos inquiridos querem que a discussão aponte para o sufrágio universal, enquanto 17% querem que se centre na expansão do comité elei-

toral e 12% na decrescente taxa de admissão para se ser um candidato. Silenciosos

O estudo observou também haver uma percentagem consistente de entrevistados (de 21 a 35%) que optaram por “sem opinião” em todas as

• Está satisfeito com a composição actual da AL?

33% 32%

Sim:

Não:

35%

Sem opinião:

• Está satisfeito com a eleição para o chefe do Executivo?

33% 36%

Sim:

Não:

31%

Sem opinião:

• Espera que seja adoptado o sufrágio universal duplo em Macau? Sim:

14%

Não:

65%

21%

Sem opinião:

• Concorda que o Governo deveria traçar um roteiro e um calendário para o sufrágio universal?

73%

Sim:

Não:

Sem opinião:

6%

21%

questões. Li Lue, presidente do conselho de administração da associação, considera que a neutralidade é resultado de desconhecimento e negligência e que, assim que a discussão comece, essas pessoas podem ser “activadas” para participarem no debate pela democracia em Macau. Li pediu ao Governo que começasse a trabalhar numa reforma política imediatamente, possivelmente para agir antes que haja uma erupção no descontentamento público, pelo que o Governo poderia apenas reagir passivamente no processo de democratização. E acredita que muitas das pessoas de Macau aceitariam um avanço gradual e demorado em direcção ao sufrágio universal, em que o povo teria de convencer os interesses estabelecidos no interior da AL para trocar o seu poder concentrado por propostas de compromisso. O público e os académicos deverão agora alimentar o debate sobre as reformas eleitorais. AAssociação de Nova Juventude Chinesa de Macau afirmou não ter uma opinião específica sobre como e quando a reforma política deveria ter lugar. Sandro

A Associação de Investigação de Sondagens de Macau, presidida pelo académico Angus Cheong, divulgou um estudo de acompanhamento sobre a confiança do público, com mais de seis mil locais a terem sido contactados pela associação entre Janeiro e Junho. O índice de confiança geral variou entre os 57,6 pontos (em 100) verificados em Maio e os 61,2, em Abril. A avaliação do Governo e do chefe do Executivo em Junho foram de 62,8 e 60,7, respectivamente. A confiança dos residentes nos média e na AL mostrou um padrão geral de decrescimento nos últimos seis meses. Angus Cheong admite que os protestos do Dia do Trabalhador possam ter atingido negativamente a confiança do público no Governo, o que se terá reflectido na avaliação, mas os dados não reflectem o impacto de casos mais recentes, como a nomeação de Orieta Lau.

Kou, vice-director-geral da associação, disse que era claro que o público queria mudanças para as próximas eleições e que o Governo deveria começar com as acções de consulta já no próximo ano para recolher a opinião pública exaustivamente, em vez de se limitar a apelar à aceitação pública a uma proposta específica no último minuto. Os jornalistas também levantaram questões sobre a metodologia da Associação de Nova Visão de Macau durante a amostragem, com Li Lue a explicar que todos os dados sobre os inquiridos foram cruzados entre si para evitar discrepâncias e, uma vez que cerca de um terço das famílias em Macau terá aparentemente desistido dos seus serviços de telefone fixo, os questionários de rua foram aprovados para preencher a lacuna estatística.


sociedade

segunda-feira 2.8.2010 www.hojemacau.com

6

Empresa perde recurso na Segunda Instância e quer ir à Última

TCM recorre da nega O Tribunal de Segunda Instância considerou, na sextafeira, improcedente o recurso interposto pela TCM, que a excluiu do concurso para o novo serviço de autocarros, previsto para entrar em vigor a 15 de Outubro. Por quatro minutos de atraso ao entregar a sua candidatura, a concessionária ficou de fora da competição, que atribuiu os serviços à Transmac e à Reolian.

A empresa promete agora avançar para o Tribunal de Última Instância, enquanto a Direcção dos Serviço para os Assuntos de Tráfego (DSAT) vai continuar à espera do desenvolvimento judicial da questão. Em comunicado, o organismo informou que “vai continuar a estar atenta à evolução da situação, no sentido de acompanhar as acções subsequentes e tomar

Há prédios cada vez mais velhos e em risco de ruírem, sem que os proprietários tomem medidas por conta própria para evitar tragédias. Para incentivá-los a manter o património de pé, o governo está a ponderar criar, ainda este ano, um plano de apoio financeiro destinado à inspecção de prédios. Segundo o presidente do Instituto de Habitação (IH), Tam Kuong Man, dessa forma os proprietários contariam com um subsídio para tomarem conhecimento da situação das estruturas e poderiam tomar, com mais facilidade, medidas de manutenção. O governo queixa-se que, no

providências para a respectiva adjudicação”. A DSAT iniciou, no quarto trimestre do ano passado, o processo relativo ao concurso público para prestação de serviço público de transportes colectivos. Contudo, pelo atraso na entrega da proposta por parte da TCM, a Comissão de Abertura de Propostas decidiu a não admissão da sua proposta. Posteriormente, a TCM veio interpor um recurso contencioso ao Tribunal de Segunda Instância, ou seja, a acção principal sobre a existência de condições legais para a admissão da sua proposta pelo atraso.

O TSI julgou improcedente ontem o recurso contencioso, negando o seu provimento. Como a empresa tem ainda o direito de recorrer ao TUI, a DSAT disse que só tomará providências para a adjudicação depois do trânsito em julgado da decisão final. Entretanto, o governo está a negociar com as duas companhias vencedoras do concurso para prorrogar o prazo do contrato de concessão em vigor, no sentido de assegurar o funcionamento contínuo dos serviços de autocarros até à adjudicação dos novos serviços de autocarros.

Governo estuda subsídio para melhorar inspecções a edifícios

Apoio para prédios não caírem decurso do tratamento das reparações dos edifícios antigos, tem encontrado várias dificuldades. A falta de cooperação, de compromisso das despesas, a incapacidade de suportar as despesas de inspecção e a reparação dos edifícios estão no topo da lista, factores que, aponta, causam negligências graves e colocam em risco o desenvolvimento urbano da cidade. Para reforçar a eficácia da legis-

lação, já está a ser levada a cabo a revisão do “Regulamento Geral da Construção Urbana”, incluindo a optimização do mecanismo de inspecção dos edifícios afim de reduzir os procedimentos administrativos, estimular os proprietários a enfrentarem de forma activa os problemas e o incumprimento frequente das respectivas sanções no decreto-lei, a fim de prestar apoio jurídico e aperfeiçoar a regulamentação dos

trabalhos de reparação e manutenção dos edifícios antigos. De acordo com o IH, e em resposta a uma interpelação do deputado Chan Meng Kam, uma equipa desloca-se a um edifício por iniciativa dos residentes ou dos proprietários para inspeccionar edifícios em risco. Uma classificação, dentro de três possíveis (falta de reparação, ruína ou ruína iminente) é atribuída e os proprie-

tários são notificados a fazer os arranjos necessários. Quando o prédio corre risco de desabar, as próprias Obras Públicas procedem à demolição e cobram as despesas aos donos.

Cheong U não tem dúvidas sobre a nova legislação

Aumenta número de veículos nas ruas de Macau

As cerca de cem pensões ilegais de Macau estão com os dias contados. Pelo menos é o que promete Cheong U, secretário para os Assuntos Sociais e Cultura, a frisar que uma das determinações mais expressas do governo é acabar de vez com os hotéis sem registo. O responsável acredita que a nova lei “proibição de prestação ilegal de alojamento”, recém-aprovada na Assembleia Legislativa, será um meio eficaz nesse combate, já que contempla punição agravada para operadores, proprietários de fracções autónomas, angariadores de utilizadores, alojados, bem como as agências de imobiliário envolvidas. Cheong U deixa o aviso: não vale a

Até ao final de Junho de 2010 havia 191.647 veículos em circulação, tendo aumentado 4% em relação ao período homólogo de 2009. Do total de veículos, 103.798 eram motociclos (54% do total) e 74.266 eram automóveis ligeiros particulares (39%). Por outro lado, também aumentaram o número de acidentes de viação – nos primeiros seis meses deste ano somaram-se 6.424 acidentes de viação, registando-se um aumento de 6% comparativamente ao período homólogo de 2009, dos quais resultaram 2.586 vítimas, três delas mortal. Entre Janeiro e Junho, foram atribuídas 7.548 novas matrículas, menos 1% do que no mesmo período do ano anterior. Estas novas matrículas pertenciam principalmente a motociclos (59%) e automóveis ligeiros particulares (38%), informam os Serviços de Estatística e Censos. O movimento entre Macau e a China

Caça aos alojamentos ilegais

pena as pessoas arriscarem-se a desafiar a lei. O secretário afirmou que a legislação contribuirá para alterar a anterior situação passiva e de falta de meios para o combate às pensões ilegais e dá mais garantias da execução da lei pelos serviços competentes. Cheong U destacou que vão também ser reforçadas as acções de promoção aos turistas, a fim de alerta-los para o problema e informá-los de que

também podem ser punidos a alojarem-se em locais ilegais. Cheong U sabe que os resultados, numa fase inicial, podem não saltar à vista, mas está esperançoso de que no futuro a execução da lei tende a melhorar e tornar-se mais eficiente. Segundo o secretário, a Direcção dos Serviços de Turismo está bem preparada para poder corresponder às necessidades da nova legislação, tendo já iniciado o processo de recrutamento e formação de pessoal para o efeito. Se necessário, serão mobilizados mais recursos humanos, como pessoal de outras subunidades, para assegurar a qualidade e efectividade dos trabalhos.

Mais acidentes de trânsito Continental nas fronteiras terrestres, no primeiro semestre de 2010, foi de 1.839.165 viaturas e cresceu 6% face ao mesmo período do ano precedente, enquanto no posto fronteiriço das Portas do Cerco se registou um movimento correspondente a 83% do total. Quanto aos transportes aéreos, registaram-se, no primeiro semestre, 17.380 voos comerciais no Aeroporto Internacional de Macau, que representaram uma redução de 7% face ao primeiro semestre de 2009. A maior parte dos voos estabeleceu ligações com Taiwan (38%), a China Continental (27%), a Tailândia (8%) e a Malásia (8%). Por seu turno, no heliporto, constataram-se 8.826 voos entre Macau e Hong Kong, isto é, menos 2% em relação ao período idêntico do ano anterior. Observou-se ainda um movimento de 1.595 voos entre Macau e a China Continental, correspondentes a um crescimento homólogo de 2%.


Hemodiálises regressam às origens com melhorias Depois de sete meses de obras, o Centro Hospitalar Conde de São Januário concluiu agora a remodelação da Unidade de Hemodiálise e da Unidade de Diálise Peritoneal e, a partir de hoje, os serviços voltam ao seu local de origem. Segundo dos Serviços de Saúde, o novo espaço conta com um sistema central de tratamento de água por desinfecção térmica destinado à terapia de purificação do sangue, que é a técnica mais moderna desta área – uma forma de evita acidentes desnecessários devido à ausência de resíduos químicos líquidos nos tubos da máquina de hemodiálise.

segunda-feira 2.8.2010 www.hojemacau.com

7

Governo desiste de construir lar para portadores de deficiências na China

Deficientes ficam onde estão Estava tudo pensado, mas o plano de construir um lar para portadores de deficiência no interior da China não se vai concretizar. O presidente do Instituto de Acção Social (IAS), Ip Peng Kin, anunciou que Macau enfrentou problemas com a titularidade do terreno previsto para alojar o empreendimento. Após contactos com autoridades vizinhas, o governo local chegou à conclusão que não poderia registar, em seu nome, um terreno na localidade de Jiangmen, já que só o poderia fazer em nome de pessoas colectivas ou de uma entidade. Em outras palavras, os deficientes vão ter de ficar em Macau.

Contudo, Cheong U, secretário para os Assuntos Sociais e Cultura, anunciou no fim-de-semana que daqui a dois ou três anos o governo tenciona criar condições para servir mais 150 pessoas. O responsável afirmou que representantes do IAS deslocaram-se várias vezes a Jiangmen e a Pequim para se informarem sobre a viabilidade do projecto. No entanto, depois de vários contactos com responsáveis da cidade chinesa, chegou-se à conclusão que a questão de titularidade do terreno exigia uma decisão final do governo da RAEM até ao próximo mês de Setembro. Após analisar e avaliar o assunto, o governo

“viu-se obrigado a abandonar o projecto”, apontou Cheong U. A solução vai viável, portanto, é alargar a capacidade dos centros da cidade, incluindo a instalação de lares próprios em infra-estruturas sociais já em fase de construção, com capacidade para acolher 150 pessoas. Por outro lado, também tenciona-se tentar encontrar locais para construir instalações para o mesmo efeito em territórios vizinhos, como a Ilha da Montanha. Contentes e descontentes

Wong Iong Hou, mãe de uma criança portadora de deficiência mental e dinamizadora de

Emissão de títulos sobe mais de 40% de 2008 para 2009

Investimentos ao alto Um número nunca antes visto: 116,3 mil milhões de patacas. Foi esse o montante investido pelos residentes de Macau durante o ano de 2009, um valor que significa um aumento de 41,6% em relação às 82,2 mil milhões de patacas de 2008 e é o maior número desde 2002, altura em que foi lançado o inquérito à carteira de investimentos. Segundo a Autoridade Monetária de Macau (AMCM) , o notável aumento do investimento em títulos deve-se à subida dos preços dos activos e ao crescimento da vontade em investir nos instrumentos financeiros. Para as contas, entram os investimentos feitos pelos indivíduos residentes, governo e de outras pessoas colectivas, mas excluindo o fundo de reserva cambial da RAEM. Os investimentos em títulos representativos de capital atingiram as 61,1 mil milhões de patacas; as obrigações de longo prazo 49,9 mil milhões, enquanto as obrigações de curto prazo ficaram-se em 5,3 mil milhões de patacas. Em comparação com o ano anterior, os preços do mercado dos investimentos em títulos representativos de capital subiram substancialmente 96,9%, dos quais, os fundos mútuos e os investimentos em trusts atingiram 13,6 mil milhões de patacas. Os investimentos nas obrigações de longo prazo subiram 15,1%, enquanto as obrigações de curto prazo caíram 31,7%. Segundo a classificação por países ou ter-

ritórios, o valor do investimento aplicado no mercado de títulos emitidos por entidades em Hong Kong ocupou o maior peso, com 20,2% do total. O restante investimento foi canalizado principalmente para títulos emitidos por entidades no interior da China, Reino Unido, Estados Unidos, Ilhas Caimão, Austrália, Países Baixos, França e Luxemburgo. O valor de mercado do investimento em títulos emitidos por entidades em Hong Kong foi de 23,5 mil milhões de patacas, expandindo-se 74,5%, ou seja, 10 mil milhões de patacas face a 2008. O valor de mercado do investimento em títulos representativos de capital, obrigações de longo prazo e obrigações de curto prazo foi de 14,4; 7,3 e 1,8 mil milhões de patacas, respectivamente, equivalendo a 23,6%; 14,5% e 34,6% do valor total nas respectivas categorias. Por seu turno, o investimento aplicado em títulos emitidos por entidades no interior da China (incluindo os títulos que estavam listados em bolsas no exterior do interior da China) dilatou-se 3,5 pontos percentuais em relação a 2008, atingindo os 17,5%. Este valor de mercado cresceu significativamente 77,4% face ao 2008, situando-se nas 20,4 mil milhões de patacas. Os investimentos em acções subiram notavelmente 96,6%, atingindo 18,6 mil milhões de patacas e representando um peso predominante de 30,5% face ao mesmo tipo de investimento.

um protesto para exigir mais condições para os deficientes na semana passada, ficou chocada quando soube da decisão. Segundo Wong, alguns pais que tinham ficado entusiasmados com os planos de construção das instalações na China, estão agora profundamente desapontados com as notícias. Wong tinha referido que os pais não se oporiam à

proposta e que preferiam apenas que as crianças ficassem mais próximas. Ao Hoje Macau, a mãe disse que os recursos para os deficientes mentais poderão agora ser concentrados em projectos a realizar em Macau e poderão, por exemplo, ser canalizados para a tão necessária construção de dormitórios e centros de dia o mais depressa

possível. A Associação dos Familiares Encarregados dos Deficientes Mentais de Macau disse ao jornal Ou Mun que a proposta tinha sido feita pela primeira vez em 2005, então pelo Chefe do Executivo Edmund Ho, depois de a associação ter exigido a construção de mais dormitórios e ter então participado na busca de terrenos nas principais cidades da zona oeste do Delta do Rio da Pérolas. Nos últimos cinco anos, a associação relembra que até chegou a financiar e a conduzir estudos de viabilização do projecto. Por isso, quando a directora Lio Sao Wa soube da notícia, reagiu com profundo descontentamento e classificou-a como “uma piada”. “foram vocês que nos disseram para ir-mos para lá e agora dizem-nos para desistirmos”, afirmou. A pior frustração para os pais reside no facto de terem alimentado esperanças com o projecto de Jiangmen e, agora que este se desvaneceu, o Governo não tomou qualquer iniciativa ao longo dos últimos cinco anos para acrescentar dormitórios ou centros de dia apesar da persistente procura.

Protestos contra língua oficial chegam a Hong Kong

Centenas contra o mandarim Centenas de manifestantes protestaram este domingo em Hong Kong contra a tentativa de Pequim de impor o mandarim fazendo com que aquela língua suplante o cantonense. Os protestos ocorreram uma semana depois de manifestações semelhantes terem sido organizadas na cidade de Cantão. O grupo marchou rumo à sede do Governo da RAEHK onde exigiu a co-existência dos dois idiomas chineses e a preservação da cultura cantonense. “Queremos mostrar o nosso apoio aos nossos amigos de Cantão e à campanha para a protecção do cantonense contra a ameaça de extinção”, disse o activista Choi Suk Fong, organizador do protesto. Os manifestantes usaram t-shirts onde se lia: ‘Querem calar-nos! Falaremos mais alto em cantonense!’. A manifestação foi convocada depois de, no mês passado, um organismo político consultor de Cantão ter sugerido aos burocratas locais que os programas televisivos em horário nobre passassem a ser transmitidos em mandarim em vez de cantonense, em vésperas da realização dos Jogos Asiáticos

que decorrem na cidade durante o próximo mês de Novembro. De notar que, na sequência do primeiro protesto em Cantão, a polícia local deteve várias pessoas, entre as quais um turista, vários repórteres, de agência e pertencentes a dois canais de televisão de Hong Kong. Os detidos forma interrogados e libertados depois de lhes terem sido recolhidas as impressões digitais. Segundo as autoridades de Cantão, a adopção da língua oficial durante os jogos seria um meio de promover a unidade “fomentando uma boa atmosfera linguística” disponível para os visitantes chineses daquele grande evento desportivo que não falem o cantonense. A proposta desencadeou em muitos falantes de cantonense receios sobre o futuro de um idioma que é língua materna para cerca de 70 milhões de pessoas no Sul da China, nomeadamente em Hong Kong, Macau e na província de Guangdong. Para além disso, a língua também é amplamente falada pela diáspora chinesa espalhada pelo mundo.


segunda-feira 2.8.2010 www.hojemacau.com

8

cultura

Não há mais concurso para o desenho da nova biblioteca

Afinal fica tudo no mesmo saco Kahon Chan

hojemacau@yahoo.com

Com o objectivo de acelerar a sua construção, o Instituto Cultural (IC) decidiu abandonar a competição aberta para o desenho arquitectónico da nova Biblioteca Central, combinando num pacote de concurso público a construção e o projecto arquitectónico. Concurso que terá lugar no próximo ano com a reconversão do antigo edifício do Tribunal, situado na Avenida da Praia Grande, a ter início no final de 2011. O presidente do IC, Ung Vai Meng, revelou nesta sextapub

feira, na segunda reunião do Conselho Consultivo de Cultura, que não haverá uma segunda ronda na competição para a concepção do projecto de arquitectura para a construção da nova Biblioteca Central. A decisão de suspender uma nova fase do processo criativo foi feita tendo em conta que uma nova onda de projectos de construção em grande escala terá início dentro de dois anos, com a construção do metro ligeiro, e que a construção da nova biblioteca não poderá sofrer um atraso maior. Assim, o IC pretende abrir um concurso para um

contrato único, que combina o desenho do projecto e a sua construção, no último trimestre deste ano, avaliando o conjunto de propostas em Maio para a sua execução avançar no último trimestre

de 2011. Ung Vai Meng espera que a estrutura adicional acrescentada ao edifício do Tribunal não prejudicará a aparência visual do edifício já existente, referindo ainda que o projecto deverá ter em

consideração a expansão da sede da Polícia Judiciária. Os arquitectos locais terão também a oportunidade de participar na decoração do interior do edifício como incentivo da sua contribuição para a criação de um novo “marco cultural”. O primeiro concurso de desenho conceptual para o projecto da biblioteca teve lugar há dois anos e, revelado pelo Hoje Macau, os primeiros dois classificados do concurso eram funcionários da empresa de consultadoria de Chui Sai Peng que também forneceu serviços de consultadoria ao

projecto de biblioteca antes do concurso ter lugar. Chui Sai Peng é primo de Chui Sai On, que era então Secretário para os Assuntos Sociais e Cultura que supervisiona o IC. Como o Comissariado Contra a Corrupção investigou a competição nenhum processo de decisão foi levada a cabo até Março deste ano, altura em que Ung Vai Meng confirmou o objectivo de relançar o concurso para o projecto de arquitectura em 2011, com as regras da competição a serem redigidas até Abril passado. Intenções entretanto abandonadas com esta nova decisão.


10 anos da RAEM ao vivo em Macau

segunda-feira 2.8.2010

A Exposição Comemorativa do 10° Aniversário da Região Administrativa Especial de Macau (vulgo Exposição do 10° Aniversário), organizada pelo Governo da RAEM, que esteve patente ao público entre os meses de Dezembro de 2009 e Janeiro do corrente ano em Pequim, com grande sucesso e, chegará a Macau, onde estará patente ao público, no Fórum, no final do ano, depois de um périplo por mais de uma dezena de cidades chinesas. Com um orçamento global estimado em dez milhões de patacas a exposição vai arrancar no dia 15 de Novembro e será supervisionada pelo Gabinete de Comunicação Social da RAEM.

www.hojemacau.com

9

Escritor Eduardo Pitta casou com companheiro

Quase um milhão de visitantes na Feira do Livro de Hong Kong

O escritor Eduardo Pitta, de sessenta anos, casou no fim-de-semana em Lisboa com o seu companheiro Jorge Neves, com quem vivia desde 1972. O casamento, que institucionaliza uma relação com 38 anos, realizou-se no edifício das conservatórias do registo civil. Eduardo Pitta é assim a primeira figura pública a divulgar publicamente a realização do seu casamento com uma pessoa do mesmo sexo desde que a lei que reconhece este contrato civil entrou em vigor a 7 de Junho passado. Escritor, poeta, ensaísta e crítico literário, Eduardo Pitta nasceu em Lourenço Marques, a 9 de Agosto de 1949. Homossexual assumido, a autor do blogue Da Literatura foi uma das figuras públicas que lutaram pelo reconhecimento do casamento entre pessoas do mesmo

A edição de 2010 da Feira do Livro de Hong Kong, que decorreu entre os dias 21 e 27 de Julho, atraiu cerca de 920 mil visitantes – um valor 2% superior em relação à edição de 2009, segundo um relatório divulgado pelo Hong Kong Trade Development Council. Durante a feira, o Conselho examinou a fundo os hábitos de leitura de 915 visitantes, encontrando uma multidão “pró-digital” interessada em publicações em língua estrangeira. O grande evento do livro da Ásia em termos de números, que se tornou um fenómeno cultural em toda a sua história de 21 anos, atraiu um grande número de visitantes, muitos dos quais estoicamente à espera durante as noites de autógrafos com os

Ao abrigo da lei

sexo integrando o Movimento pela Igualdade. É autor do ensaio Fractura, em que analisa a projecção do homoerotismo e da homossexualidade de escritores portugueses na sua própria obra. Editado em 2003, Fractura é o primeiro trabalho feito em Portugal em que a homossexualidade é analisada ao nível da análise e do estudo do texto literário. Entre outras obras de ficção e de poesia, o autor escreveu os contos Persona, onde ficciona o processo que foi instaurado a vários soldados portugueses pelo Estado português, por prática de homossexualidade durante a Guerra Colonial. Para o próximo mês de Agosto está previsto o casamento civil entre o cientista Alexandre Quintanilha e o escritor Richard Zimler.

Livros electrónicos em alta autores convidados, para a compra de livros e outras actividades paralelas que decorreram em todo o certame, com 270 eventos culturais e 510 expositores entre as ofertas da feira. Das 920.000 pessoas que assistiram a esta edição da feira, cerca de 13.000 eram turistas, vindos principalmente da China Continental, Macau e Taiwan. Pela primeira vez, a feira deu um grande destaque ao advento da edição digital, um tema que também foi objecto de análise profunda nas conferências realizadas. Na pesquisa realizada, 25 por cento dos inquiridos relataram ter comprado livros electrónicos no passado, com os telefones móveis à frente como o mais popular dos dispositivos de leitura.

A China tem uma das maiores indústrias de publicação do mundo com uma procura mais acentuada por títulos em língua inglesa. Os resultados da pesquisa destacam essa tendência, com 35 por cento dos participantes a afirmarem o seu objectivo em adquirir publicações em línguas estrangeiras, com o inglês à frente. O evento de Hong Kong, atrás da Feira do Livro de Pequim em termos de importância na Ásia, marcada para o período entre 30 de Agosto e 9 de Setembro, vem ocupando um lugar cada vez maior na região, ganhando importância de ano para ano como uma das portas de entrada para o grande mercado chinês, que alguns chamam de “fronteira final” na indústria editorial.


segunda-feira 2.8.2010 www.hojemacau.com

10 A Autoridade Antidopagem de Portugal revelou ontem que o futebolista Liedson, que representa o Sporting e a selecção nacional, foi sujeito a “variadas acções de controlo de dopagem” desde que está em Portugal e nunca “infringiu qualquer regra”. De acordo com a edição de ontem do jornal A Bola, o avançado ‘leonino’ terá acusado “vestígios de alguma substância proibida” – testosterona - num controlo antidoping, sendo que a contra-análise teria sido tido negativa. “A notícia em referência é falsa e especulativa, revela violação de confidencialidade legalmente protegida. A ADoP vai solicitar ao Instituto do Desporto de Portugal que esta violação de confidencialidade seja investigada e apurados os seus responsáveis”, lê-se no comunicado do organismo enviado à agência Lusa. A ADoP acrescenta que “tal como acontece com Liedson e todos os demais atletas” as ações de controlo de dopagem “são obrigatórias e legalmente sigilosas e de conhecimento exclusivo” do organismo, do jogador e do clube que representa. O comunicado da ADoP lembra ainda que, no estágio da seleção nacional de preparação para o Mundial2010, foi efetuada uma ação de controlo a sete jogadores da formação das “quinas”, incluindo Liedson, sem qualquer resultado positivo.

desporto Federação de futebol confirma análises ao “levezinho”

Liedson está limpo

“Todos os intervenientes, jogadores e médicos da seleção nacional de Portugal, tiveram um comportamento ético e profissionalmente irrepreensível, receben-

do e colaborando com respeito e civismo com a equipa de controlo da ADoP. O único incidente ocorreu com o seleccionador nacional Carlos Queiroz e foi, como é públi-

Gilberto Madaíl e Carlos Queiroz já reuniram, diz o Record

Seleccionador com bilhete só de ida O presidente da Federação Portuguesa de Futebol reuniu-se, no passado Sábado, com Carlos Queiroz numa primeira tentativa de chegar a um acordo para a desvinculação amigável entre as duas partes, dando seguimento ao mandado que lhe foi conferido pelos elementos da direcção do organismo na reunião de sexta-feira, de acordo com o jornal Record. Gilberto Madaíl tem cerca de 15 dias para conseguir resolver a situação criada pelo incidente protagonizado pelo seleccionador nacional com uma brigada da Autoridade Antidopagem na Covilhã, sendo certo que

a saída do técnico parece inevitável, como ficou claro na reunião directiva da FPF, escreve o Record, na sua edição de ontem. Carlos Queiroz será ouvido, em princípio amanhã, pelo presidente do Conselho de Disciplina da FPF, Marques da Silva, que está ele próprio a conduzir o processo, tendo já inquirido cinco testemunhas dentro da estrutura da Selecção Nacional, acrescenta o jornal desportivo. Pena máxima

O Record adiante que os depoimentos coincidem com os prestados durante o inquérito movido pelo Instituto do Desporto de

co, oportunamente participado ao IDP”, conclui o documento. Situação normal

Ontem, também em comunica-

do enviado à Lusa, o Sporting confirmou que Liedson foi submetido em Janeiro a um controlo antidoping, do qual resultou a necessidade de realizar “estudos complementares”, que comprovaram a inexistência de infração. O Sporting observa que se trata “de uma situação cada vez mais comum em atletas de alta competição, em qualquer modalidade desportiva federada”, mas rejeitou que a substância que motivou os exames complementares seja testosterona, conforme noticia A Bola. “O jogador Liedson foi submetido a um controlo de dopagem no final do mês de Janeiro de 2010. O controlo referido no ponto anterior gerou a necessidade de se proceder à realização de estudos complementares”, informa o comunicado do clube lisboeta. O Sporting assinala que a Autoridade Antidopagem de Portugal “efectuou todos os estudos que entendeu por necessários, tendo concluído que o jogador Liedson não infringiu qualquer regra antidopagem”, e manifestase “sempre disponível” para a realização de futuros controlos. O Sporting esclarece também que a condução do estudo por parte do Sporting, bem como a elaboração do respetivo relatório, esteve a cargo do diretor clínico do clube, José Gomes Pereira.

Portugal (IDP), mas o CD da FPF não quis limitar-se a extrair certidões deste inquérito externo e por isso abriu o seu próprio processo de inquérito que deverá transformar-se em processo disciplinar. O cenário previsível é que as duas entidades (IDP e CD da FPF) proponham a aplicação das penas máximas previstas nos respectivos regulamentos (3 anos de suspensão no primeira caso, 2 anos no segundo), o que servirá de argumento à direcção da FPF para desencadear o processo de despedimento com justa causa. Foi com o propósito de evitar um desenlace conflituoso que Madaíl se encontrou ontem com Queiroz. O Record revela que, ao contrário do que lhe teria sido pedido pelos restantes membros da direcção da

FPF, Madaíl tentou desvalorizar o conflito, fazendo ver ao seleccionador que o assunto acabaria por ser ultrapassado, por, alegadamente, se tratar de “uma tempestade num copo de água”. O processo vai ter de decorrer em autêntico contrarrelógio, considera o Record, pois Madaíl, pressionado pelos seus pares, terá de encontrar uma solução em duas semanas, uma vez que as actividades da Selecção Nacional assim o impõem. Portugal defronta o Chipre no primeiro jogo do apuramento para o Euro’2012 no dia 3 de Setembro, em Guimarães. Antes disso, entre 18 e 20, terão de ser enviadas as pré-convocatórias para os atletas que jogam no estrangeiro e a convocatória final deverá ser feita por volta do dia 25.


Webber lidera mundial de pilotos Mark Webber, da Red Bull-Renault, venceu este domingo o Grande Prémio da Hungria, assumindo a liderança do Mundial de Pilotos, destronando Lewis Hamilton, que foi forçado a desistir. Foi a quarta vitória da época para o piloto australiano, que completou o circuito de Humgaroring em 1.41,05. Na 2ª posição do pódio ficou o espanhol da Ferrari Fernando Alonso, que travou uma luta interessante com Sebastian Vettel, companheiro de Webber na Red Bull-Renault, até à última volta. Contudo, o alemão não conseguiu mais do que o 3º lugar no final da corrida. Em 4º lugar terminou Felipe Massa, o outro piloto da escuderia italiana. A corrida ficou marcada pelo abandono de Lewis Hamilton, com problemas nos travões do McLaren-Mercedes, quando lutava por um lugar no pódio.

Anderson escapou ileso de grave acidente

Noitada ia acabando mal Dada a violência do acidente, o Audi R8, no valor de 150 mil euros, incendiou-se, com Anderson inanimado no interior. Apenas a intervenção de populares salvou a vida ao brasileiro, relata o Jornal de Notícias, na sua edição de ontem. O atleta do Manchester United encontra-se em Portugal, a recuperar de uma lesão. No Sábado de manhå, após uma “noitada” na discoteca “Sardinha Biba”, em Braga, Anderson despistouse na EN 103, ao quilómetro 62, no Lugar de Igreja Nova, pouco depois das sete da manhã. Após ter galgado um separador de acesso a uma estrada municipal, o carro embateu num muro de uma exploração agrícola e voou para dentro de um campo. pub

“Vi uma nuvem de fumo à minha frente. O carro não conseguiu endireitar-se, após uma ligeira curva, foi parar ao campo e pegou fogo”, relatou, ao JN, Almeno Antunes, que socorreu os três ocupantes. Apesar de se tratar de uma viatura de dois lugares, Anderson era acompanhado por uma jovem brasileira

e um amigo, de nome Victor, confirmou a GNR do Distrito de Braga. Todos foram assistidos no Hospital de São Marcos, na Cidade dos Arcebispos. “Pensei que estava morto. O meu irmão arrastou-o de lá para fora. Apagámos as chamas que saíam do carro antes que tudo ardesse”, relatou Almeno An-

tunes, revelando que Anderson estava inanimado. Segundo apurou o JN, várias pessoas ligadas ao Sporting de Braga deslocaram-se ao hospital, bem como funcionários da Gestifute, de Jorge Mendes, agente do jogador. Ao JN, fonte da Gestifute afirmou que “tudo não passou de um valente susto e que Anderson, cumprindo o plano de recuperação, voltará, em breve, a Manchester”. Os três ocupantes do Audi R8 receberam alta ao fim da manhã. “Tinham apenas pequenas escoriações. A jovem é que inspirou mais cuidados, mas coisas pequenas”, revelou Romana Fresco, assessora do Hospital de Braga. Resta perceber que implicações legais terá o jogador do United, por excesso de passageiros e alegada condução sob o efeito de álcool, relatada, ao JN, por várias testemunhas, mas sem confirmação por parte das autoridades.

segunda-feira 2.8.2010 www.hojemacau.com

11

Cajuda sonha com selecção

“Não basta ser um bom professor para ser um bom treinador.” As palavras pertencem a Manuel Cajuda, que não esconde o sonho de suceder a Carlos Queiroz no comando técnico da Selecção: “É claro que sonho treinar a Selecção.” Cajuda diz que “falta uma liderança forte” na equipa das quinas e aponta como exemplo as críticas públicas de Deco: “Não foi a quente que ele falou, foi uma hora e meia depois do jogo.” “O técnico teórico tem o lado científico, mas quando entra na realidade do futebol quase sempre é triturado. Entrar num balneário é como entrar num ninho de víboras. Não ter estofo e argumentos é meio caminho andado para o fracasso”, disse, para reforçar: “Eu entro num balneário como quem vai escovar os dentes.”

Bruno Alves quase no Zenit

A cada vez mais provável transferência de Bruno Alves do FC Porto para o Zenit, da Rússia, conheceu avanços significativos no passado fim de semana, segundo o Diário de Notícias, mas continua ainda, no entanto, presa por pequenos detalhes a acertar entre os dois clubes. Certo, neste momento, é que o defesa-central de 28 anos, internacional português, tem à espera na Rússia um contrato com o Zenit, válido para as próximas quatro épocas, consideravelmente mais vantajoso em termos financeiros por comparação com o vínculo que mantém com os dragões. A paixão que Bruno Alves nutre pelo FC Porto é grande, mas o futebolista parece estar, nesta fase, receptivo à mudança para um outro campeonato.


segunda-feira 2.8.2010 www.hojemacau.com

o Hoje [r]ecomenda

12

[f]utilidades Su doku [ ] Cruzadas

HORIZONTAIS: 1-Emblema da justiça; Fedor. 2-Aracnídeo de dimensões muito reduzidas; Cortar cerce. 3-Ruminante da América do Sul; Agulha de sapateiro. 4-Ice; Cério (s.q.); No ano do Senhor (abvev. lat.). 5-Nome científico do joio; Pequena argola. 6-Da natureza da aranha. 7-Anadava para lá; Desembaraçado. 8-Corpo Diplomático (abrev.); Inflamação do ouvido (pl.). 9-A eles; Espécie de calçado (ant.); Primeira mulher, Segundo a Bíblia. 10-Suspiro; Conter. 11-Insignificância; Abertura por onde o vulção expele a lava.

VERTICAIS: 1-Guitarra russa. 2-Entusiástico, exaltado. 3-Lâmina pequena; Que não está podre nem estragado. 4-Pedra de altar; Armadilha para apanhar coelhos. 5-Dificuldade; Acto ou efeito de premeditar um crime sem que este cheque a ser praticado. 6-Catedral; Espécie de cegonha pequena. 7-Jarro (planta); Acrescentara. 8-Salve! (interj.); Aquele de que se fala; Extraterrestre (abrev.). 9-Instante; União da preposição a com o artigo o; Carta de jogar. 10-Guardar silêncio; Assistir. 11-Charruas; Face.

Soluções do problema HORIZONTAIS: 1-Balança; Aca. 2-Ácaro; Rapar. 3-Lama; Sovela. 4-Ale; Ce; AD. Lólio; Aro. 6-Aracnídeo. 7-Ia; Hábil. 8-CD; Otiles. 9-Aos; Osa; Eva. 10-Ai; Reter. 11-Avo; Cratera. VERTICAIS: 1-Balalaica. 2-Acalorado. 3-Lamela; São. 4-Ara; Ichó. 5-Nó; Conato. 6-Sé; Íbis. 7-Aro; Aditara. 8-Ave; Ele; ET> 9-Ape; Ao; Sete. 10-Calar; Ver. 11-Arados; Cara.

Insira algarismos nos quadrados de forma a que cada linha, coluna e caixa de 3X3 contenha os dígitos de 1 a 9 sem repetição solução do problema do dia anterior

Maria João Bastos de plumas, ora loura, ora morena; São José Correia de caracóis negros e ligas ‘à matadora’. Não é um filme sobre mulheres mas mostra bem o poder que elas têm sobre os homens. Que aqui comandam a acção, com recurso aos mais escusos estratagemas para multiplicar dinheiro em ‘offshores’, subtraindo ao Estado. A partir da obra homónima – da procuradorageral adjunta Maria José Morgado e do jornalista José Vegar –, a história surge encadeada, bem contada, com detalhes interessantes mas sem emoção.

[ Te l e ] v i s ã o RTPi 82 14:00 Telejornal Madeira 14:30 Fábrica Das Anedotas (III) 15:00 De Sol A Sol 15:30 Magazine EUA Contacto – N. Jersey 16:15 O Preço Certo 17:00 Notícias 17:30 Paixões Proibidas 18:15 Nome De Código: Sintra 19:15 Há Conversa 20:00 Jornal Da Tarde 21:00 Património Mundial 21:30 Magazine EUA Contacto – N. Jersey 22:00 Esta É A Nossa Rua 23:00 Verão Total TVB PEARL 83 06:00 Bloomberg Rewind 07:30 NBC Nightly News 08:00 CCTV News – LIVE 08:30 ETV 10:30 Inside the Stock Exchange 11:00 Market Update 11:30 Inside the Stock Exchange 11:32 Market Update 12:00 Inside the Stock Exchange 12:02 Market Update 12:30 Inside the Stock Exchange 12:35 Market Update 13:00 CCTV News - LIVE 14:00 Market Update 14:40 Inside the Stock Exchange 14:43 Market Update 15:58 Inside the Stock Exchange 16:00 Word World 16:30 League Of Super Evil 17:00 Taste Buds 17:30 The Penguins Of Madagascar 18:00 Putonghua News 18:10 Putonghua Financial Bulletin 18:15 Putonghua Weather Report 18:20 Financial Report 18:30 America’s Funniest Home Videos 18:50 Climate Change Solutions 19:00 The Wall Street Journal Report 19:30 News At Seven-Thirty 19:50 Weather Report 19:55 Earth Live 20:00 Pilot Globe Guides 20:30 Ugly Betty 21:30 What’s In Your Wine 22:30 Marketplace 22:35 Monk 23:30 World Market Update 23:35 News Roundup 23:50 Earth Live 23:55 Terminator: The Sarah Connor Chronicles 00:50 The Wall Street Journal Report 01:15 FIFA Football World 01:45 European Art At The MET 02:00 Bloomberg Television 05:00 TVBS News 05:30 CCTV News ESPN 30 13:00 Ricoh Women’s British Open 2010 Day 4 16:00 US Senior Open Championship 4th Round 19:00 Premier League World 19:30 (LIVE) Sportscenter Asia 20:00 Football Asia 20:30 2010 San Diego Classic Billiards Semifinal #1 21:30 Premier League World 22:00 Sportscenter Asia 22:30 X Games 16

REGRAS |

‘O Inimigo Sem Rosto’, José Farinha

STAR SPORTS 31 13:00 (Delay) Gp2 Series 2010 15:00 Sea Master Sailing Series 2010 15:30 FIA F1 World Championship Raceday 2010 Hungarian Grand Prix 16:15 FIA F1 World Championship 2010 - Main Race Hungarian Grand Prix 18:15 FIA F1 World Championship Chequered Flag 2010 Hungarian Grand Prix 19:00 (Delay) Sbk Supebike World Championship 2010 - Races 21:00 Simply The Best 21:30 (LIVE) Score Tonight 22:00 Planet Speed 2010/11 22:30 Engine Block 2010 23:00 FIA F1 World Championship Highlights 2010 Hungarian Grand Prix STAR MOVIES 40 12:25 The Women

www.macaucabletv.com

19:15 In the Arms of a Killer 21:00 Bridge to Silence 22:45 The Unforgiven 00:45 Revenge of the Pink Panther DISCOVERY CHANNEL 50 13:00 Mythbusters - Shooting Fish In A Barrel 14:00 Seven Wonders Of Ancient Greece 15:00 7 Wonders Of The Muslim World 16:00 Man Vs Wild - Texas 17:00 Dirty Jobs - Plumber 18:00 How It’s Made 19:00 Build It Bigger - Singapore Skypark 20:00 Man Vs Wild - Alaska 21:00 Solving History With Olly Steeds - Hitler’s Mummies 22:00 Survivorman - Australian Outback 23:00 Deadliest Catch 00:00 Solving History With Olly Steeds - Hitler’s Mummies NATIONAL GEOGRAPHIC CHANNEL 51 13:00 Samurai Sword 14:00 Food Lovers Guide To The Planet 15:00 Rough Trades 16:00 Bear Necessities 17:00 What Would Happen If... 18:00 Colossal Churches 19:00 Miracle Escape 20:00 Samurai Sword 21:00 Show Of Force 22:00 Britain’s Greatest Machines Wi - 1950s A New World Order 23:00 Colossal Churches 00:00 Miracle Escape ANIMAL PLANET 52 13:00 In Search Of The Komodo Dragon 14:00 Animals Of The Chinese Zodiac 15:00 Big Cat Diary 16:00 Meerkat Manor 17:00 Downsize My Pet 18:00 Animal Cops South Africa 19:00 Groomer Has It - The Cutting Edge 20:00 In Search Of The Flying Snake 21:00 Big Cat Diary 22:00 Meerkat Manor 23:00 Downsize My Pet 00:00 In Search Of The Flying Snake

(MCTV 50) Discovery Channel 19:00 Build it bigger - singapore skypark

14:20 City Of Ember 16:00 Battle In Seattle 17:45 Throw Momma From The Train 19:20 Meteor Storm 21:00 Three Men And A Baby 22:50 Beer For My Horses 00:25 Pathology HBO 41 13:00 Public Enemies 15:15 Duma 16:50 The Rugrats Movie 18:05 The Pirates Who Don’T Do Anything 19:30 Burn After Reading 21:00 True Blood 22:00 Generation Kill 23:00 House Of Saddam - Part I 00:00 Sex And The City

HISTORY CHANNEL 54 13:00 Three Years And Eight Months In Hong Kong 14:00 Oppenheimer And The Atomic Bomb 15:00 Cosmic Holes 16:00 Deadly Rig 17:00 Infamous Assassinations 18:00 The Victors & The Vanquished 19:00 Pawn Stars 20:00 “How The Earth Was Made - Mount St Helens” 21:00 Space Wars 22:00 The Real Face Of Jesus? 00:00 Deliver It STAR WORLD 63 13:00 Everybody Loves Raymond 14:00 Australia’s Next Top Model 15:00 Grey’s Anatomy 16:00 Monk 17:00 Australia’s Next Top Model 18:00 How I Met Your Mother 18:30 American Idol 19:30 Two and a Half Men 20:00 The King Of Queens 20:55 Accidentally On Purpose 21:20 Cougar Town 22:00 How I Met Your Mother 22:30 American Idol 23:30 The King Of Queens 00:00 Rules Of Engagement

CINEMAX 42 12:00 Disturbing Behavior 13:30 Roger Corman’S Frankenstein Unbound 15:15 Battle Of The Bulge 18:00 Gunfighter’S Moon 19:45 Epad On Max 70 20:00 Stevie 22:00 Sheena 00:00 10,000 B.C. MGM 43 12:00 The Chocolate War 13:45 Troll 2 15:30 UHF 17:15 Reversal of Fortune

Informação Macau Cable TV


segunda-feira 2.8.2010 www.hojemacau.com

[O]bjectiva

13 Raio [X] Uma história estomacal Làhm Siujé

ALGUÉM quer remover esta estátua?

Para[ ]comer • Pérola 3/F, Sands, Largo de Monte Carlo, no.203 8983 82222888 3352 http://www.sands.com.mo • VINHA Alm Dr. Carlos d' Assumpção 393 r/c AC 2875 2599vinha@macau.ctm.net http://www.vinha.com.mo • FAT SIU LAU (SINCE 1903) Av.Dr.Sun Yat-Sen,Edf.Vista Magnifica Court Rua de Felicidade No.64, R/C Macau 2857 3585fsl1903@macau.ctm.net http://www.fatsiulau.com.mo

• Casa Carlos Bispo Medeiros 28D 2852 2027

• HAC SA PARK Hac Sa Park-Hac Sa Beach Coloane 2888 2297 http://www.yp.com.mo/hacsa

• António (TP) R, dos Negociantes 3 28999998

• SOL NASCENTE (TP) Av Dr Sun Yat Sen No.29-37 R/C 2883 6288 http://www.yp.com.mo/solnascente • TENIS CIVIL (LEON) Av.da República N°14 1° Macau 2830 1189 http://www.yp.com.mo/leon • Platão Trav. São Domingos No.3 2833 1818 reservation@plataomacau.com • Banza (Tp) Nam San Bl.5, GH 28821519

• Galo (Tp) Clérigos 45 2882 7318 http://www.yp.com.mo/domgalo • Riquexó Av Sid Pais 69 2856 5655

• Clube Militar Av Praia Grande 795 2871 4000 cmm@macau.ctm.net • Espaço Lisboa Lda (Col) Gaivotas 8 2888 2226 2888 1850 • Camilo Av Sir Anders Ljungsted 37 2882 5688

• Dom Galo Vista Magnifica Court 2875 1383 domgalo@yp.com.mo http://www.yp.com.mo/domgalo • O Santos (TP) R. do Cunha 28827508 • Porto Exterior Ed Chong U 2870 3276 http://www.portoext.com.mo • Restaurante Fernando (Col) Praia Hác Sá 9 2888 2264

• Ó MANEL (Tp) Fernão M Pinto 90 2882 7571

• Litoral Restaurante Lda Alm Sérgio 261 2896 7878 2896 7996 http://www.yp.com.mo/litoral

• A PETISQUEIRA (TP) S João 15A 2882 5354

• Nga Tim Café (Col) Caetano 8 2888 2086

Aquamarine Thai A Tasca do LuísCafé (Taipa) Rua Correia da Silva (Taipa) Jardim Nova Taipa Bl. 21 57-59Tel. R/C2883 Tel.0010 2882 7636

• O Porto Interior Alm Sérgio 259B 2896 7770 • A Lorcha Alm Sérgio 289 2831 3195

• Sawasdee Thai Av Sid Pais 43AE 2857 1963 • Aquamarine Thai Café (Tp) Jardm Nova Taipa bl 21 2883 0010 • Bangkok Pochana Ferrª Amaral 31 2856 1419 • Kruatheque Henrique Macedo 11-13 2835 3555 • Restaurante Thai Abreu Nunes 27E 2855 2255

• Afonso III Central 11A 2858 6272

• LA COMEDIE CHEZ VOUS Ed Zhu Kuan S/N G (Oppsite Cultural Centre) 2875 2021

• Bar Oporto Tv Praia 17 2859 4643 • Maria’s Comida Portuguesa Patane 8A 2823 3221

• LE BISTROT (Tp) Nova Taipa Garden Block 27, G/F 2884 37392884 3994

• Restaurante Pinocchio (Tp) Regedor 181-185 2882 7128 • Canal dos Patos Parque Municipal Sun Yat Seng 2822 8166

• CHURRASCÃO Nova Taipa Garden, Block 27 G/F, Taipa 2884 37392884 3994 • Yin Alª Dr Carlos d’Assumpção 33 2872 2735

inception Cineteatro | PUB

Sala 1 Inception [C] Um filme de: Christopher Nolan Com: Leonardo Dicaprio, Ellen Page 14.15, 16.45, 19.15, 21.45 SALA 2 Salt [C] Um filme de: Phillip Noyce Com: Angelina Jolie, Liev Schreiber 14.30, 18.00, 19.45, 21.30

• Fogo Samba VENETIAN-Grand Canal Shoppes Apt 2412 2882 8499

[ ] Cinema

Durante quatro meses, não houve um dia em que Beatriz não saísse do trabalho e não reparasse numa mancha amarela no chão. Nos primeiros tempos, passava por ela com indiferença. Sabia-a lá, mas preferia não a fitar. Mas à medida que o tempo passava, não havia como ignorá-la. “Ah, mancha marota, ainda aí estás. Quando é que um dia sais daí?”, deu por si a pensar, assim, sem mais nem menos ao encerrar horas e horas de expediente. Contados 83 dias, Beatriz não aguentou. Parou perante a maldita mancha amarelada e chegouse a ela para analisá-la. Pobrezinha! Era, afinal, um vómito. Ressacado, esquecido, ignorado. Com pequenos pingos colados à parede, estes já mais acinzentados. Quando saía do trabalho, a falar ao telemóvel, olhava fixamente para o vómito que insistia em estar ali, como se ninguém nunca nele tivesse reparado. A conversa ia e vinha e lá estava ele, intocável num canto, mas a reluzir com o seu amarelo. No 120º dia, Beatriz já não aguentava. Já não entendia. “Mas porque é que ninguém se atreve a tirar isto daqui?”, questionava-se. Naquela noite, quando os ponteiros assinalavam que ia ter problemas com o marido ao chegar a casa, decidiu mudar o rumo daquele inocente vómito. Confrontou-o munida de luvas, lixívia e panos. Agachou-se perante ele. Esfregou os olhos uma, duas vezes. “Afinal, o que aconteceu?”, perguntou impulsivamente em voz alta enquanto olhava para o chão. Alguém lhe tinha roubado a ideia. O excremento já lá não estava. Agora, todos os dias quando deixa o escritório, Beatriz olha para o sítio que contemplou durante quatro meses. Espera que um irmão, um filho ou um primo ocupe de novo aquele espaço. Algo tem de ser limpo por ela, para que se livre de toda a sujidade que vai na sua mente.

Sala 2 Toy Story 3 [a] Cantonês legendado em chinês e inglês

Um filme de: Lee Unkrich 16.15

Sala 3 Doraemon: nobita’s great battle of the mermaid king [a]

Sala 3 Toy Story 3 [a]

falado em Cantonês

Cantonês legendado em chinês e inglês

Um filme de: Kôzô Kusuba 14.30, 16.15, 18.00, 19.45

Um filme de: Lee Unkrich 21.30

[Làhm é uma rapariga atenta a todos os vómitos e pastilhas elásticas destas ruas de Macau]


segunda-feira 2.8.2010 www.hojemacau.com

14

opinião t r a ves s a da s ver da des Paulo Reis

U

As rotundas do General

ma das mais interessantes figuras que surgiu em Portugal, após a Revolução de Abril, foi o autarca de “pochette”, casaco branco e cabelo bem acamado, à custa de laca e restaurador Olex. Digno herdeiro do regedor, a autoridade máxima das freguesias, o autarca começou por trepar afincadamente pela escadaria do poder local. Com o passar dos tempos, abocanhou o cargo de presidente do clube de futebol local, assumiu – por interpostos familiares – posições accionistas discretas em empresas de construção civil e ofereceu electrodomésticos para estimular eleitores a fazer a escolha certa. Vinte anos depois do 25 de Abril, este curioso espécimen já tinha evoluído bastante. Largou a “pochette”, arranjou um alfaiate razoável, passou a fumar charuto, ganhou gosto pelo conforto e solidez mecânica do BMW e abriu contas na Suíça. Colocou um apaniguado de confiança no lugar de Presidente da Câmara e foi para Lisboa, a cavalo no Partido. Ciente de que o Poder está no povo, o autarca nunca esqueceu as origens nem renegou

ca r t o o n por Steff

os seus. Durante a semana, passava os dias a polir as esquinas dos corredores do Parlamento e as noites a refastelar-se nos confortáveis sofás do Elefante Branco. Ao fim de semana – leia-se, na sexta-feira – o autarca regressava à terra, para ver se tudo estava como dantes e se a obra feita, antes de saltar para a cadeira de deputado, se mantinha de pé. Ficaram famosas, então, as rotundas dos autarcas. Por tudo e por nada se fazia uma, decorada com jardins, flores e relva, a inauguração devidamente assinalada com placa comemorativa. Mas a critica feroz às rotundas dos autarcas tinha algo de injusto. Porque esta solução, dizem os especialistas, é das mais eficazes e menos caras, quando se trata de regular o tráfego. Ao contrário dos semáforos, não gasta energia e não precisa de manutenção. Tudo isto me veio à memória quando li a notícia da mudança de local da estátua de Lagoa Henriques, colocada ali no sopé da escadaria que dá acesso às ruínas de S.Paulo. Para quem não se lembra, a dita estátua fazia parte de um projecto mais amplo, delineado pelo General Rocha Vieira, para compensar

China, a segunda maior economia

a retirada do monumento a Ferreira do Amaral do largo em frente ao Hotel Lisboa. Adecisão de construir um monumento por ano, para reforçar os sinais da presença portuguesa em Macau, foi anunciada pelo então secretário-adjunto para a Cultura, Salavessa da Costa, durante uma conferência de Imprensa. Mal o tradutor acabou de tornar compreensíveis as palavras do tenente-coronel, ouviu-se uma sonora e espontânea gargalhada colectiva, da parte dos jornalistas chineses, seguida de um silêncio algo embaraçoso. E as tais obras de arte lá vieram. As Portas do Entendimento foram o primeiro dos tais monumentos destinados a vincar a matriz portuguesa do território. Fez-se também uma espécie de “fontanário”, ali junto à Pousada de Santiago e, claro, o conjunto escultórico que agora perdeu uma das suas peças, que irá conhecer nova morada. E ainda bem, digo eu. Sempre achei aquela estátua de uma jovem chinesa, de pernas abertas e saia levantada, uma coisa de muito mau-gosto, a ultrapassar a simples vulgaridade, desagradável e quase ofensiva, na minha opinião. Mas enfim, artistas são artistas e ai de quem os belisque. Mesmo fazendo um esforço razoável e pedindo ajuda aos colegas aqui do jornal, não consegui lembrar-me de todos os monumentos que o General por cá plantou, um pouco à maneira dos autarcas a semear rotundas por dá cá aquela palha. E quanto àqueles de que me lembrei, nenhum consegue rivalizar com o pastel de nata, no que toca ao seu valor simbólico, como sinal da presença portuguesa na Região Administrativa Especial de Macau. E já agora que, por força de circunstâncias que têm a ver com o reordenamento da zona onde tinha sido colocada a estátua da autoria de Lagoa Henriques, se retirou de um espaço nobre aquela coisa, aproveito para deixar uma sugestão: encontre-se uma solução para as Portas do Entendimento. Por exemplo, aproveite-se aquelas toneladas de pedra e cimento para os futuros aterros. Nenhum dos monumentos erigidos como “contrapartida” pela retirada da estátua de Ferreira do Amaral suscita qualquer interesse ou apreço, por parte da comunidade portuguesa de Macau. Não têm praticamente nenhum significado ou valor, nem sequer afectivo, para essa mesma comunidade. As rotundas dos autarcas têm, pelo menos, alguma utilidade, regulando o trânsito. É verdade que já vi, por diversas vezes, alguns automobilistas de balde na mão a tirar água do tal “fontanário” situado junto à Pousada de Santiago, para lavar o carro. Mas parece-me escasso, para justificar o esforço dos artistas e o dinheiro que se gastou. Antes meia-dúzia de rotundas.


Ninguém te pode dizer nada. Se te falam, irritam-te; se se calam irritam-te. Padre Manuel teixeira [1912-2003]

Dito da Semana

Macau 2011

PB

Há muito trabalho a fazer nos próximos meses para enriquecer as Linhas de Acção Governativa para 2011. Em Novembro, Fernando Chui Sai On deve continuar a surpreender os residentes, de modo a prolongar o estado de graça em que se encontra. Macau pode distinguir-se pelas condições que oferece à população e não ser apenas conhecida pelos casinos dos cinco por cento e, portanto, justificam-se mexidas na tabela indiciária. As políticas sociais e de apoio aos mais desfavorecidos

devem ser reforçadas e não deve existir o receio de fazer aumentos, pois alguns dos actuais subsídios são muito reduzidos.

O Governo continua a ter muitos recursos financeiros e não se pode estar sempre a acenar com a necessidade de precaver o futuro, pois as receitas podem diminuir, se o sector do jogo entrar em crise. As finanças públicas atravessam um excelente momento, que deve beneficiar todos os residentes e não apenas alguns privilegiados e as grandes famílias. Ao nível legislativo os diplomas não podem demorar meses e meses a ser preparados ou a não avançar nas comissões especializadas da Assembleia Legislativa, como está a suceder com a nova lei contra o tabaco. Em síntese, há muito trabalho a fazer nos próximos meses para enriquecer as Linhas de Acção Governativa para 2011. Em Novembro, Fernando Chui Sai On deve continuar a surpreender os residentes, de modo a prolongar o estado de graça em que se encontra. Macau pode distinguir-se pelas condições que oferece à população e não ser apenas conhecida pelos casinos, onde mensalmente se jogam milhões e milhões de patacas.

Acontecimento da Semana

O consulado de Almeida e Costa • Quando cheguei a Macau, já lá vão mais de 20 anos, eram visíveis as fracturas entre a comunidade, provocadas pelo consulado de Almeida e Costa. Jorge Rangel, por exemplo, não tinha ainda feito as pazes com os seus irmãos da comunidade portuguesa de Macau. A chegada de Rocha Vieira ao Palácio da Praia Grande ajudou a sarar o que se tinha

passado entre 1981 e 1986, mas não fez esquecer o período mais difícil e problemático no relacionamento entre os portugueses de Macau e o Governador. O que de bom foi feito por Almeida e Costa não superou os aspectos negativos de uma administração que tinha pouco de democrática e era, acima de tudo, autoritária.

www.hojemacau.com

15 ol h a del a

“Abater a comunidade portuguesa”

“Almeida e Costa meteu na cabeça que para poder subsistir era indispensável abater a comunidade portuguesa e aliar-se à chinesa. Não obstante o reconhecimento por muita gente, o balanço é negativo porque a agressão era inútil”. JORGE NETO VALENTE IN DECLARAÇÕES AO JTM

•As Linhas de Acção Governativa para 2011 vão ser o próximo grande teste ao Chefe do Executivo. Quando em Novembro apresentar as opções estratégicas, Fernando Chui Sai On deve anunciar medidas, que permitam a Macau dar um salto em frente. Políticas que consubstanciem mais o desenvolvimento e não somente o crescimento – o que a RAEM tem conhecido nos últimos anos. O grande problema de Macau é, como se sabe, a capacidade de criar e concretizar projectos que respondam aos anseios da população. Não se pode andar anos e anos a falar nas mesmas ideias, nas obras que devem ser feitas, mas não se dar passos concretos para que tudo isso comece a ser realizado. Como as direcções de serviço e os organismos autónomos já devem ter iniciado a elaboração das suas propostas para 2011, espero que haja renovação e, sobretudo, inovação, que é o que tem faltado em Macau. Os funcionários públicos, que nos últimos anos têm perdido poder de compra, devem ter os vencimentos actualizados. Em finais do ano, a inflação não deve andar muito longe

segunda-feira 2.8.2010

Não fosse o corte que fez com a comunidade e hoje Almeida e Costa seria um Governador recordado com saudade, já que ninguém ignora - nem os que sempre estiveram do outro lado da barricada – que o contra-almirante terá contribuído para que Macau começasse a ter as condições indispensáveis ao surto de crescimento que veio a conhecer mais tarde.

Gilberto Lopes

A Figura da Semana Nomeação há muito prevista • Rita Santos foi, finalmente, promovida no Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa. Uma nomeação há muito prevista e que só peca por tardia. Podemos não gostar do seu estilo, da sua maneira de ser, mas não há dúvidas que o Fórum tem tido na nova secretária-geral adjunta (manterá as funções de coordenadora do gabinete de apoio ao secretariado permanente) um dos membros mais activos. A actuação de Rita Santos, que muitos acham um pouco folclórica, tem sido muito útil à estrutura que Pequim criou para aproximar a China dos países de língua portuguesa. Tem sido, de certo modo, a alma do Fórum. A partir de agora as suas responsabilidades serão, certamente, maiores. Em Setembro deverá realizar-se a terceira reunião ministerial, sendo de prever que sejam traçadas as directrizes para os próximos anos. A sua concretização poderá passar pela nova secretária-geral adjunta, que conhece bem os cantos à casa. É também tempo de Rita Santos e Manuel Amante da Rosa ultrapassarem as divergências que existiram (ou ainda existem) entre si. Têm ambos um grande conhecimento do Fórum e das suas potencialidades e a sua acção, em conjunto com a liderança do secretário-geral, deve permitir que o Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os países de língua Portuguesa se assuma, de facto, como um instrumento de aproximação entre os vários países-membros. Em todas as vertentes e não apenas no campo dos negócios.

MAIS e menos + O chamado “Erasmus lusófono” é um excelente exemplo da cooperação entre instituições portuguesas e de Macau. Deve ser seguido noutros campos, pois o reforço das ligações entre Portugal e a RAEM será benéfico para ambos os lados e ajuda a solidificar uma amizade e relacionamento de séculos. - A decisão de não construir na China um lar destinado a residentes, portadores de deficiência, pode ser considerada positiva, mas não resolve uma questão que preocupa as famílias e as organizações que tratam dos que precisam de cuidados. É preciso encontrar as melhores soluções para minorar o seu sofrimento e criar condições para que tenham uma vida melhor.

Propriedade Fábrica de Notícias, Lda Director Carlos Morais José editor Paulo Reis Redacção António Falcão; Kahon Chan; Marco André de Sousa; Rodrigo de Matos; Vanessa Amaro Colaboradores Carlos Picassinos; Francisco Isöo; José Manuel Simões; Marco Carvalho; Maria João Belchior (Pequim); Rui Cascais; Sérgio Fonseca; Severo Portela Colunistas Arnaldo Gonçalves; Boi Luxo; Correia Marques; Duarte Santos; Gilberto Lopes; Hélder Fernando; João Miguel Barros; Jorge Rodrigues Simão; José I. Duarte; Marinho de Bastos; Paul Chan Wai Chi; Pedro Correia; Zélia Ribeiro Cartoonista Steph Grafismo Paulo Borges; Catarina Lau Ilustração Rui Rasquinho Agências Lusa; Xinhua Fotografia António Falcão; António Mil-Homens; Lusa; GCS; Xinhua Secretária de redacção e Publicidade Laurentina Silva (hojemacau@gmail.com) Assistente de marketing Vincent Vong Impressão Tipografia Welfare Morada Av. Dr. Rodrigo Rodrigues nº 600 E, Centro Comercial First Nacional, 14º andar, Sala 1407 – Macau Telefone 28752401 Fax 28752405 e-mail hojemacau@yahoo.com Sítio www.hojemacau.com


a fechar segunda-feira 2.8.2010 www.hojemacau.com

Escultura polémica retirada pelo governo BP promete estancar o petróleo

A BP anunciou ontem que pretende injectar lama no poço de Macondo, no Golfo do México, para terminar com a fuga de petróleo e selar definitivamente a maior fonte de derrame na história dos Estados Unidos. A petrolífera prepara-se para instalar a cobertura de lama, injectada através de um tubo a partir de um navio de superfície. A operação consiste em injectar uma mistura de líquidos e de materiais sólidos no poço antes de o selar com cimento. Segundo o especialista na área petrolífera Arthur Berman, há uma forte probabilidade de o processo ser bem sucedido. “Nada é 100 por cento seguro, mas acho que temos todos esperança que esta seja a solução final”, sustentou. O desastre no Golfo do México começou a 20 de Abril, com a explosão de uma plataforma a cerca de 80 quilómetros da costa do Estado da Louisiana, matando 11 trabalhadores.

Bissau admite força de paz internacional

As autoridades políticas e militares da GuinéBissau concordaram ontem com o princípio da vinda de uma força de estabilização, disse à imprensa um porta-voz da presidência guineense. Em declarações à imprensa, à saída de uma reunião do Conselho de Defesa Nacional guineense, presidida pelo Presidente Malam Bacai Sanhá, o porta-voz Soares Sambu afirmou que essa decisão havia sido tomada e que seriam agora iniciadas as formalidades necessárias. Segundo Soares Sambu, a aceitação da futura força vem na sequência dos apelos nesse sentido feitos à Guiné-Bissau nas recentes cimeiras de chefes de Estado e governo realizadas na cidade de Sal, Cabo Verde, na cimeira da CPLP que se realizou em Luanda, Angola e as decisões da cimeira da União Africana, realizada em Kampala, Uganda.

Luanda combate tráfico de órgãos

As autoridades políticas e judiciárias angolanas vão reunir nos próximos dias para definir estratégias de combate ao tráfico de órgãos e seres humanos, anunciou ontem a ministra da Família e Promoção da Mulher. Em Xangai, na China, onde se encontra de visita à Expo 2010, no âmbito das comemorações do Dia da Mulher Africana, Genoveva Lino explicou que o encontro, em coordenação com o ministro do Interior e que junta o director da Interpol, o comandante geral da polícia e o director da Polícia Judiciária, pretende a recolha de “mais dados” no sentido de direccionar a acção das autoridades para a “prevenção dessas situações”. A governante considerou que este tipo de criminalidade “preocupa”, admitindo que as principais vítimas são mulheres e crianças.

Mulher e cão deixam S.Paulo António Falcão

hojemacau@yahoo.com

A arte tem destas coisas, não é consensual, e a estátua do artista português Lagoa Henriques com o título de “Ano do Cão”, colocada junto à escadaria das Ruínas de São Paulo, foi muitas vezes alvo de crítica na comunidade chinesa desde a sua inauguração, nos anos idos de 1994. Na peça escultórica está representada uma mulher chinesa sentada, numa posição dada como demasiado descontraída, com um fino vestido subido até à cintura, deixando entrever o bronze da sua roupa interior, ao lado da figura de um cão. Com o pretexto de “alargar o espaço para actividades” para os turistas, razão que alguma imprensa chinesa não achou convincente, o

Instituto para os Assuntos Cívicos e Municipais (IACM) resolveu retirar sem aviso prévio a estátua do escultor português, falecido no ano passado, do ponto mais emblemático do território, acedendo a alguns protestos da população que tem solicitado desde há muito a remoção desta peça, considerada como ofensiva. “Com o objectivo de melhorar o ambiente

circundante das Ruínas de São Paulo, remodelando os bancos de pedra aí existentes e expandido a área de acção para os turistas, o governo resolveu remover a estátua”, afirmou um porta-voz do governo ao jornal The Macau Post Daily. Numa acção consertada entre o IACM e o Instituto Cultural, que após ser consultado aprovou a remoção da escultura, assegurou não ser esta

uma obra de referência no património cultural de Macau, que custou dois milhões de patacas ao governo de administração portuguesa da altura, sendo retirada do local onde se encontrava na quinta-feira passada. Lagoa Henriques, famoso pela sua escultura de Fernando Pessoa em frente ao café “A Brasileira” em Lisboa, durante a sua longa carreira foi

Mais de meio milhar de mortos em Julho

Violência aumenta no Iraque O mês de Julho foi o mais mortífero no Iraque nos últimos dois anos, segundo fontes oficiais, o que sugere que os movimentos de resistência têm aproveitado com sucesso os meses de impasse na formação de um novo governo. De acordo com a Associated Press (AP), os números divulgados sábado pelos Ministérios do Interior, da Defesa e da Saúde Terminou ontem em Macau o sétimo Campeonato Mundial de Clubes de Barcos-Dragão, um evento onde participaram 3.643 atletas distribuídos por 181 equipas. Na categoria de grandes embarcações a primeira posição foi para os chineses da Windsor Arch Jiujiang DBT, em segundo lugar ficou a equipa checa Nymburk Dragon Team e no terceiro posto a equipa alemã Wann Sea Dragons.

mostram que 535 pessoas morreram o mês passado, o número mais elevado desde Maio de 2008, quando morreram 563. Os números fazem aumentar as preocupações sobre a precária situação de segurança no Iraque, agora que os Estados Unidos estão a reduzir o número das suas tropas presentes no país. Os militares norte-america-

nos já rejeitaram os dados agora conhecidos, contrapondo que, de acordo com os seus dados, morreram apenas 222 iraquianos em Julho. “Fazemos o nosso melhor para sermos vigilantes e para garantir que os nossos números são o mais rigorosos possível”, disse o porta-voz das forças americanas, o coronel Bob Owen. A negação dos dados das

distinguido com vários prémios e as suas obras estão espalhadas por várias cidades em Portugal e no Brasil. Mas nunca deixou de ser um autor polémico, sobretudo com a criação de uma estátua em bronze de Alves Redol, colocada em Vila Franca de Xira, onde o escritor português aparece sentado completamente nu, apenas envergando um boné. Para a comunidade lusófona, auscultada pelo Hoje Macau, o acto não suscitou especial relevância, salientando-se o comentário generalizado de se tratar de uma obra sem importância de maior no panorama cultural de Macau, que segundo o IACM irá ser recolocada noutro local, garantido que será escolhido “um lugar adequado.”

entidades oficiais iraquianas por parte dos americanos surge numa altura delicada, depois das forças norte-americanas terem anunciado que a segurança no Iraque tinha estabilizado e que planeavam mandar para casa cerca de 50 mil tropas até ao final do mês. O aumento da violência tem sido relacionado com continuadas tentativas de desestabilizar o país, ao mesmo tempo que o Iraque luta por resolver os resultados inconclusivos das eleições nacionais há cerca de cinco meses.

Prova de Macau foi a maior de sempre

Mundial de Barcos-Dragão atracou

Quanto à categoria de pequenas embarcações, a grande vencedora foi a Vladivostok Tigers, oriunda da Rússia, seguida dos PLK Paddlers de Singapura enquanto a Hoi Fu Jai de Hong Kong ocupou o terceiro lugar do pódio. O programa de regatas, que foi organi-

zado em conjunto pelo Instituto do Desporto e pela Associação de Barcos-Dragão de Macau, resultou na maior prova da modalidade organizada desde 1991, com a duração de quatro dias e a participação de mais de 15 países e territórios, da Europa, Ásia, América e Austrália.


Hoje Macau • 2010.08.02 #2178  

Edição do jornal Hoje Macau de 2 de Agosto de 2010 • ANO IX • Nº 2178

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you