Issuu on Google+

PUB

AGÊNCIA COMERCIAL PICO • 28721006

PUB

MOP$10

Ter para ler

DIRECTOR CARLOS MORAIS JOSÉ • QUARTA-FEIRA 11 DE JANEIRO DE 2012 • ANO XI • Nº 2528

TEMPO MUITO NUBLADO MIN 12 MAX 17 HUMIDADE 65-90% • CÂMBIOS EURO 10.2 BAHT 0.2 YUAN 1.2

ELEIÇÃO DO MELHOR JOGADOR DO MUNDO FIFA DÁ BRONCA EM MACAU

ALGUÉM VOTOU PELO CAPITÃO DA SELECÇÃO

Geofredo Cheung está incrédulo, já que teria eleito o vencedor, Lionel Messi, em vez da escolha que lhe atribuíram. “Nunca votaria no Casillas!” Página 15

8 mil deficientes sem subsídio a que têm direito

Governo falha promessa Para receberem apoio de seis mil a 12 mil patacas, os portadores de deficiência precisam de um cartão, recebido após registo com prova de invalidez. Em dez mil inscritos, só dois mil foram atendidos. Em Setembro, o Governo disse que todos teriam o subsídio até ao fim de 2011. PÁGINA 6

EMPRÉSTIMOS PARA JOGO

DEPUTADA PEDE MEDIDAS CONTRA ANÚNCIOS ILEGAIS Página 8

2011 COM CRESCIMENTO DE 12,2%

MACAU BATE RECORDE DE VISITANTES RECEBIDOS Página 7

PUB


ACTUAL

QUARTA-FEIRA 11.1.2012 www.hojemacau.com.mo

2 ÍNDIA LEOPARDO MATA ADVOGADO Um leopardo matou um homem e feriu outros quatro numa localidade do noroeste da Índia. O incidente ocorreu na noite de domingo em Guhawati, onde testemunhas relataram que o animal saltou sobre um advogado que falava ao telemóvel no exterior da sua casa. As autoridades locais conseguiram apanhar o leopardo depois de o anestesiar e anunciaram que será levado para uma reserva. TAILÂNDIA HOMEM CASA-SE COM CADÁVER DA NAMORADA Um tailandês casouse com o cadáver da namorada, que morreu após acidente de viação. O casamento de Chadil Deffy e Ann teve lugar no dia 4, na província de Surin, no noroeste da Tailândia, e foi uma cerimónia budista que contou com a presença dos familiares e amigos. “O nosso amor foi algo muito grande, mas infelizmente não podemos voltar ao passado e alterá-lo”, disse o noivo. CHINA CONSÓRCIO COMPRA EMPRESA DE IATES Um consórcio chinês vai comprar 75% do capital da Ferretti, fabricante italiano de iates de luxo, por 374 milhões de euros. A compra foi acordada entre o Weichai Holding Group Co. Ltd e o Ferretti Group, que está “em fase de reestruturação”. O presidente da Weichai, Tan Xuguang, disse que “a indústria de iates é um dos objetivos estratégicos” da sua empresa para os próximos cinco anos. CHINA COMÉRCIO COM UE CRESCEU 18,3% O comércio China-União Europeia cresceu 18,3% em 2011, para MOP 4537 mil milhões, indicou a administração geral das alfândegas chinesas. Apesar da diminuição da procura nos países da zona euro, a UE continua o maior parceiro comercial da China, à frente dos EUA. No conjunto, o comércio externo chinês cresceu 22,5% em 2011, somando MOP 29,35 biliões.

Chá “mais caro do mundo” cultivado com ingrediente original

Excremento de panda vale ouro

O

empresário chinês An Yanshi está convencido de ter encontrado o melhor ingrediente para produzir um dos mais exclusivos chás do mundo: fezes de panda. Este ex-professor de caligrafia comprou 11 toneladas de excrementos num centro de criação de pandas, a fim de serem utilizados como fertilizante no cultivo de chá, nas montanhas da província de Sichuan, onde vivem os pacíficos mamíferos. An afirma que a sua primeira colheita de folhas de chá será feita na Primavera de 2012, prevendo que venha a ser o “chá mais caro do mundo”. E pensa vender o primeiro lote de 500 gramas pela soma astronómica de MOP 270 mil. Os lotes seguintes irão custar até MOP 24 mil a unidade. Para ilustrar até que ponto é apaixonado por este projecto, o homem de 41 anos vestiu-se com uma fantasia de panda antes da entrevista para a AFP, não temendo ser ridicularizado por alguns dos que gozam com as suas afirmações acerca dos potenciais benefícios do seu chá para a saúde. Pelo contrário, An garante

a sua seriedade, explicando que deixou o emprego na Universidade de Sichuan para se dedicar, de “corpo e alma”, à empresa Chá Panda, cujo lógotipo mostra um urso sorridente usando um laço e levantando um copo fumegante de chá verde.

“O excremento do panda é rico em elementos nutritivos... sendo claramente superior aos adubos químicos”, sublinha, enquanto degusta uma chávena de chá.

QUALIDADE SUPERIOR

Além de administrar a sua

plantação de 1,13 hectares, acredita ter uma missão: convencer o mundo de que é preciso substituir os adubos químicos por estrume dos animais, antes que seja tarde demais. “As pessoas devem desenvolver uma relação harmoniosa com o céu, a terra e o

O EXEMPLO DO CAFÉ KOPI LUWAK

O Kopi Luwak, ou café civeta, está entre os mais caros do mundo. Esta iguaria de produção limitada é feita a partir de grãos de café deglutidos por civetas (animal carnívoro de pequeno porte, também conhecido por gato-de-algália), que depois de passarem pelo aparelho digestivo do animal, são expelidos sob a forma de pequenos grãos. Após lavagem, são deixados a secar ao sol, torrados e preparados, conferindo ao café um aroma muito menos amargo. Este café produzido maioritariamente na Indonésia, nas ilhas de Sumatra, Java e Bali, mas também em Timor-Leste, tem muitas variedades (arábica, robusta, liberica, entre outras), mas todas partilham o aroma característico do produto e a particularidade de serem muito menos amargas do que os cafés comuns. O preço a que é vendido varia de país para país, chegando a atingir as MOP 23 mil por 500g.

CASO DO POODLE ABATIDO POR “RAZÕES DE SEGURANÇA”

Hainan Airlines processada por dona do cão A

dona do poodle abatido a tiro há dias no aeroporto de Hainan processou a Hainan Airlines, exigindo uma compensação de cerca de MOP 45.000 pela perda do animal. A pequena Princess, nome do defunto canídeo, corria freneticamente pela pista do aeroporto, após ter escapado da caixa onde era transportada, quando foi morta pelas autoridades. A justificação foi o receio de que o animal pusesse em causa a segurança dos passa-

geiros dos aviões que aterravam ou descolavam. Ni, a dona da infeliz poodle, declarou que a companhia de aviação se recusou a assumir qualquer negligência no transporte do animal. O incidente foi dado a conhecer pela filha de Ni, Sunny Meow, que relatou os tristes factos na rede social Weibo, exprimindo a sua dor e recebendo inúmeras mensagens de simpatia e condolências por parte dos cibernautas. Por seu lado, a companhia

aérea declarou que a caixa que transportava Princess era muito pequena para um voo de longa duração, tendo ficado danificada, o que permitiu a sua abertura de dentro para fora. Embora a companhia aérea tenha declarado estar determinada de futuro a prestar um melhor serviço, não se livra no presente de um processo em tribunal, por não ter assumido negligência neste caso, segundo disse “Sunny Meow” aos jornais chineses.

meio ambiente. Temos todos a obrigação de proteger o meio ambiente.” Este grande amante de chá teve a ideia de usar fezes de panda como adubo após assistir, em Julho, a um seminário no qual descobriu que estes mamíferos absorviam menos de 30% dos bambus que consomem, rejeitando pelas vias naturais os restantes 70%. Mostrou ainda um frasco de vidro cheio de excrementos frescos de panda que emprega para fertilizar as plantações de chá, elogiando a “qualidade” e a cor “verde” do produto.

IDEIA PATENTEADA

O ex-professor universitário não duvida do sucesso do seu chá Panda e já patenteou a ideia, a fim de impedir um eventual concorrente de a roubar. Acredita que o seu chá verde irá proteger as pessoas e até ajudá-las a perder peso. Entretanto, vai recebendo algumas críticas pela internet, sobretudo no que diz respeito ao preço exorbitante do produto. Um cibernauta que assina 24-0 declara: “Mais de MOP 200 por 500 gramas de chá fertilizado com esse estrume - o que seria melhor? Beber o chá ou o sangue dos pandas?”


Hoje quando pergunto aos meus alunos o que querem fazer da vida, ouço sempre a mesma resposta: trabalhar para o Governo. Aliás, “trabalhar para o Governo” pode já ser considerado por si só uma nova profissão da moderna Macau. Não importa no quê, só importa é trabalhar não “para”, mas “no” Governo. Vanessa Amaro, P.19

QUARTA-FEIRA 11.1.2012 www.hojemacau.com.mo

3

China adverte EUA a serem “cuidadosos” na reorientação militar

o Mar do Sul da China e o Estreito de Ormuz.

O tigre anda irritado

O

Ministério da Defesa da China aconselhou os Estados Unidos na segunda-feira a serem “mais cuidadosos nas suas palavras e acções”, depois do anúncio de um novo plano de defesa que procura responder à ascensão da China, com o apoio de alianças e bases norte-americanas em toda a Ásia.

Após alguns comentários mais contidos, onde até se referiam aspectos positivos da acção norte-americana, a China mostrou-se agora frontalmente desagradada. A declaração do porta-voz do ministério, Geng Yansheng, foi a reacção mais completa de Pequim até agora à nova estratégia dos EUA, revelada na semana passada. “Perce-

MÍSSEIS MAIS FORTES QUE PORTA-AVIÕES

Alguns analistas questionam a capacidade do novo portaaviões norte-americano USS Ford de enfrentar os mísseis anti-navio chineses DF-21D, segundo o Wall Street Journal. O sistema DF-21D tem capacidade de atingir alvos em movimento num raio de 1.700 milhas. Em caso de conflito, o sistema de defesa da marinha americana consegue interceptar um ou dois mísseis, mas a capacidade de lançamento simultâneo chinesa é muito maior. Por outro lado, a força aérea norte-americana enfrentaria grandes dificuldades para penetrar nas defesas chinesas. Enquanto os EUA desenvolvem o seu primeiro navio de guerra não tripulado, com capacidade de bombardeamento de longo alcance, a China deve apostar em desenvolver recursos tecnológicos e cibernéticos, enfrentar as ameaças de veículos aéreos não tripulados.

bemos que os Estados Unidos divulgaram este plano para ajustar a sua estratégia de defesa, e vamos observar de perto o impacto que a estratégia militar norte-americana terá na região Ásia-Pacífico e nos desenvolvimentos da segurança mundial.” No plano do governo de Obama, porém, há pontos de provocaram muita irritação. “As acusações feitas contra a China pelos EUA neste documento são totalmente infundadas. Esperamos que os Estados Unidos acompanhem a maré e lidem com a China e os militares chineses de forma racional e objectiva. Devem ser cuidadosos nas suas palavras e acções e fazer o que for mais benéfico para o desenvolvimento das relações entre os dois países e as suas forças armadas.”

LEITURA ESTRATÉGICA

A nova estratégia norte-americana promete au-

VISÃO CHINESA

mentar a sua força na Ásia, numa tentativa de conter a capacidade crescente da China na região, ao mesmo tempo que as forças norte-americanas recuam noutros cantos do mundo. Os EUA manterão grandes bases no Japão e na Coreia

CHINESES TENTARAM COMPRAR COMPANHIA DE ‘RATING’ PORTUGUESA

PREVISÃO DE BANCO ALEMÃO PARA ECONOMIA CHINESA

Dúvidas impediram negócio A

agência de ‘rating’ chinesa Dagong abordou os responsáveis da Companhia Portuguesa de Rating (CPR) para discutir a sua compra, mas o negócio caiu por terra devido a dúvidas da CPR sobre a independência do processo do ‘rating’. Fonte do sector financeiro, com conhecimento das negociações, disse à Agência Lusa que os responsáveis chineses abordaram os responsáveis da CPR em Novembro, altura em que os líderes máximos da Dagong estiveram em Lisboa a participar numa conferência. A Dagong reuniu-se então com a liderança da CPR, onde demonstraram interesse em comprar a agência portuguesa e também que «havia disponibilidade e capacidade financeira» para fazer o negócio, de acordo com outra fonte com conhecimento das conversas. No entanto, a proposta foi

rejeitada pela CPR porque a visão transmitida pelos responsáveis da Dagong «não garantia a total Independência do ‘rating’», demonstrando um «enviesamento» do processo de ‘rating’ para o lado dos credores, ou seja, mais benéfico para o lado chinês, adiantou.

CRÍTICAS E CONVICÇÕES

Durante a conferência, o presidente da Dagong criticou as principais agências de ‘rating’ a actuar maioritariamente no mercado norte-americano (Standard & Poor’s, Fitch e Moody’s) acusando-as de estar do lado dos países devedores, de usar os ‘ratings’ para defender os interesses dos Estados Unidos e utilizar preconceitos políticos e de ideologia para defender os países devedores, ao invés de fazerem a sua obrigação, de assumir uma «postura imparcial». No entanto, a proposta seria rejeitada precisamente porque os

responsáveis chineses terão transmitido a ideia que a Dagong veria o ‘rating’ como um instrumento de apoio de um dos lados, colocando em causa a independência da análise - a principal critica às maiores agências por empresas e bancos que têm mudado os seus contratos para agências alternativas, caso da Dagong ou da DBRS. A convicção entre os responsáveis portugueses é que o modo de operar da Dagong dificilmente passaria no crivo da ESMA, deixando assim a companhia portuguesa numa difícil situação, já que depois de muito tempo para obter licença para operar no mercado europeu, finalmente conseguiu obtê-la (ainda assim uma das primeiras a nível europeu) este verão. A Agência Lusa contactou o presidente do conselho de administração da CPR, José Poças Esteves, mas este responsável apenas disse: «não confirmo».

do Sul e enviarão marines, navios da Marinha e porta-aviões para o norte da Austrália. A estratégia visa conter tentativas eventuais da China e do Irão de bloquear as capacidades norte-americanas em áreas como

A presença militar norte-americana crescente na Ásia baseia-se no erro de cálculo de que Pequim pretende modernizar as suas defesas militares, disse o Ministério das Relações Exteriores da China. “A acusação contra a China contida no documento não tem fundamento e é basicamente irrealista”, disse o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, Liu Weimin. “A China adere ao caminho do desenvolvimento pacífico, com uma política externa pacífica e independente e uma política de defesa nacional defensiva.” Mesmo assim, ainda há um temor crescente nos EUA e na Ásia sobre os desenvolvimentos militares da China nos últimos anos. O país tem vindo a expandir o seu poderio naval, com submarinos e porta-aviões, e também aumentou as suas capacidades de vigilância e o número de mísseis, ampliando o alcance ofensivo na região e enervando os vizinhos.

Crescimento desce para 8,3% O

crescimento da economia chinesa deverá abrandar para 8,3% em 2011, segundo o relatório de um banco alemão

divulgado hoje em Pequim. Arrastado pela queda do investimento no sector imobiliário e nas exportações, no primeiro trimestre deste ano o crescimento “cairá para 6% ou 7%”, contra os 9,7% registados em igual período de 2011, disse um economista do Deutsche Bank. A China é a segunda maior economia do mundo, a seguir aos Estados Unidos. No primeiro semestre de 2011, o Produto Interno Bruto (PIB) chinês cresceu 9,6%, abrandando para 9,1% no terceiro trimestre. Os números relativos ao último trimestre de 2011 ainda não foram divulgados, mas os analistas esperam que o abrandamento seja mais acentuado do que no trimestre anterior.


QUARTA-FEIRA 11.1.2012 www.hojemacau.com.mo

4

PUB.


POLÍTICA

QUARTA-FEIRA 11.1.2012 www.hojemacau.com.mo

5

CCAC | Separação de provedoria e comissariado pode pôr em causa autonomia

Imparcialidade da Lei traz dúvida

“anedótica e pedagogicamente incorrecta”. Mas Gabriel Tong não acredita que haja necessidade de alarmismos. Em conversa com o Hoje Macau, o deputado frisou que esta é uma questão de confiança na separação de poderes e que ambas as hipóteses – separação e junção - são plausíveis. Gabriel Tong recorda que o CCAC está previsto na Lei Básica como uma das entidades de funcionamento autónomo, pelo que, no caso de um cidadão querer intentar uma acção contra o próprio comissariado, poderá fazê-lo. “De acordo com a lei, o CCAC tem de investigar como se fosse uma entidade separada.” O deputado e académico da área do direito diz mesmo que a separação das duas funções do CCAC poderá baixar o nível da autonomia do organismo. Na altura da aprovação na generalidade, Vasco Fong, comissário do CCAC, aceitou que esta separação possa “merecer ponderação” mas diz não existir para já uma posição definida quanto a esta possibilidade. O comissário defendeu que a fusão “não afecta o papel de fiscalização” da entidade e que este “é o modelo mais adequado ao desenvolvimento da RAEM”.

Joana Freitas

V

Joana.freitas@hojemacau.com.mo

AI começar a ser analisada amanhã na especialidade a proposta de alteração à Lei n.º 10/2000 do Comissariado Contra a Corrupção (CCAC). A lei foi aprovada na generalidade em Julho do ano passado, com total acordo dos deputados, mas a proposta levantou algumas dúvidas. Para alguns membros da Assembleia Legislativa (AL), algumas das alterações, nomeadamente o alargamento de funções do CCAC, poderiam colidir com outras competências. José Pereira Coutinho foi um dos que se manifestou a favor da separação das entidades “comissariado” e “provedoria” – juntas na proposta -, de forma a que as funções fossem desempenhadas de forma rápida e sem desequilíbrios. No entender do deputado, a junção das duas funções na mesma entidade não era compreensível. “Como é que uma entidade pode estar vocacionada para ser, ao mesmo tempo, investigadora criminal e garantir a legalidade dos cidadãos?”, questionou, na altura da aprovação na generalidade da proposta. Pereira Coutinho caracterizou mesmo a junção de

APOMAC RECORDA PEDIDO AO EXECUTIVO NO JANTAR DA ASSOCIAÇÃO

AL DEVERIA TER MAIS DEPUTADOS LUSÓFONOS, DIZ ACADÉMICO

É preciso aumentar reformas

A essência de Macau

F

RANCISCO Manhão, presidente da Associação dos Reformados e Pensionistas de Macau (APOMAC), pediu ao Executivo a subida da reforma para um mínimo de três mil patacas. Ontem, no discurso do jantar de Primavera da associação, Francisco Manhão voltou à carga com o pedido. A luta da APOMAC no aumento das reformas é antiga e, o ano passado, na altura da apresentação das Linhas de Acção Governativa (LAG) para 2012, a associação falou directamente com Chui Sai On.

Na altura, Jorge Fão, também da APOMAC, pediu uma actualização automática da actual reforma e vinculada ao valor da taxa de inflação. “Os aposentados que representamos são aposentados da função pública e como pensionistas queremos restringirmo-nos às viúvas desses funcionários”, explicou na sede do Governo, após o encontro com o Chefe do Executivo. “Também elas devem ter uma actualização de subsídios automática e vinculada ao sistema que o Governo está a estudar.” Os maiores obstáculos

dos reformados e pensionistas do território prendem-se, assegura a APOMAC, com o facto de salários e subsídios não serem altos e caminharem a par com uma inflação galopante. Durante a reunião com Chui Sai On, Jorge Fão pediu que ao invés de existirem pessoas a receber duas mil patacas e outras apenas mil, fosse definido um montante único, que crescesse 500 patacas à medida que os anos avançassem. Assim, quem tiver 65 anos receberia três mil patacas, aos 70, 3500, e assim sucessivamente. - J.F.

J

ORGE Godinho acredita que a actual consulta sobre reforma política deveria ser também aproveitada para alterar o método de cálculo dos votos, de forma a transformá-los em mandatos. O académico da Universidade de Macau, citado pelo Macau Daily Times, defende que o actual sistema de eleições na Assembleia Legislativa (AL) utiliza um método D’Hondt modificado. “Beneficia as associações mais pequenas e torna impossível que qualquer outra força política assuma lugares significativos.” Jorge

Godinho afirma que é altura de alterar o método e caminhar para um sistema mais proporcional e justo. No que diz respeito ao aumento de assentos na AL, acredita que as comunidades falantes do português, incluindo a macaense, deveriam ter um estatuto especial. “Aminoria lusófona, apesar de pequena, é parte da identidade de Macau e contribui para caracterizar a sua essência. É, na sua essência, uma minoria qualificada.” Apesar de existirem dois deputados macaen-

ses, várias tentativas para que falantes do português entrassem na AL saíram falhadas. A última tentativa, segundo o académico, foi em 2009 e reuniu menos de mil votos. Uma alternativa a este estatuto especial seria criar um “eleitorado lusófono” para as eleições indirectas. A outra seria o Chefe do Executivo nomear um ou dois deputados falantes da Língua Portuguesa numa base regular. “Da mesma forma que o Governador de Macau antes de 1999 nomeava membros chineses.”


QUARTA-FEIRA 11.1.2012 www.hojemacau.com.mo

6

SOCIEDADE

Instituto de Acção Social incapaz de atender pedidos do registo de avaliação

8 mil deficientes à espera de apoio Andreia Sofia Silva

O

andreia.silva@hojemacau.com.mo

S cartões concedidos no âmbito do regime de apoio financeiro para portadores de deficiência, criado em Setembro de 2011, estão a demorar demasiado a chegar às mãos de quem precisa. De acordo com números apontados por Siu Yu Hong, director-executivo da Associação de Paraolímpicos de Macau (MSO), das dez mil pessoas que fizeram o seu pedido junto do Instituto de Acção Social (IAS) apenas duas mil conseguiram obter o cartão até agora. Em Setembro do ano passado, o Governo publicava em Boletim Oficial o novo “Regime do subsídio de invalidez e dos cuidados de saúde prestados em regime de gratuitidade”, no âmbito do qual planeava gastar MOP 80 milhões em apoios financeiros a ajudar

os portadores de deficiência em Macau. Este regime de subsídio de invalidez prevê apoios que variam entre seis a 12 mil patacas, consoante o grau de deficiência - apenas garantidos depois de as pessoas conseguirem o cartão. Na altura, o Governo prometeu que iria proceder a todas as avaliações “até ao final do ano”. Contudo, já começou um novo ano e apenas duas mil pessoas receberam o cartão de registo de avaliação de deficiência.

Ou seja, de dez mil requerentes há ainda oito mil à espera de serem avaliados pelo IAS. Estes dados foram referidos ao Hoje Macau por Siu Yu Hong, que afirmou tê-los “ouvido junto do Governo”. O director-executivo da MSO explicou que o Governo “deveria fazer mais coisas para que as pessoas não estejam na lista, porque esperam demasiado”. Do grupo de dez mil pessoas que pediram o cartão, três a quatro mil são portadoras de deficiência

CEM ACOLHEU TRÊS NOVAS ESTRELAS

Iniciado o ano passado, o programa de estágios “Estrelas em potência da CEM” constitui um dos exemplos de integração das pessoas com deficiência no mercado de trabalho. Este ano, estagiaram oito, que colaboraram nas mais diversas tarefas. Desse número, três foram contratadas por esta empresa. No seu discurso, Franklin Willemyns, presidente da comissão executiva da Companhia de Electricidade de Macau (CEM), recordou a colaboração com a MSO desde 1996, e lembrou o crescimento das capacidades sociais e de trabalho que esta formação proporcionou aos estagiários.

mental (dentro deste grupo, apenas mil viram o seu pedido aprovado).

FALTAM RECURSOS HUMANOS

Os números referem-se a portadores de deficiência de todas as idades. Contudo, Siu Yu Hong falou das necessidades que as crianças sentem na sociedade actual. De acordo com o director-executivo da MSO, não existe um local específico de apoio. “As crianças com deficiência não têm um acompanhamento, não existe um centro de seguimento

nestes casos. Macau deveria ter um sistema criado para o seguimento de crianças com necessidades físicas especiais, para que tenham a capacidade de desenvolver-se.” Siu Yu Hong falou aos jornalistas à margem da cerimónia de encerramento do programa de estágios “Estrelas em potência da CEM”. Este responsável referiu os casos de Hong Kong e Xangai, por possuírem cerca de dez anos de experiência na reabilitação. Outro dos pontos abordados prende-se com a falta de

O ESCONDER DE UMA REALIDADE

Apesar dos dez mil pedidos recebidos pelo IAS, há portadores de deficiência que não constam da lista do Governo. Isto porque muitas das crianças portadoras de deficiência não são assumidas pela família. Segundo Siu Yo Hong, a criação do cartão de registo de avaliação de deficiência pode ajudar a mudar esse cenário. “Muitos dos pais vão compreender como é que podem lidar com os seus filhos. Mesmo que estes tenham incapacidades, vão poder lidar melhor com isso no futuro. O sistema de avaliação tem de resolver este problema de aceitação.”

profissionais na área, tendo Siu Yu Hong defendido que Macau deveria importar terapeutas. Assim, a região poderá ter “acesso a uma cultura profissional que pode formar mais pessoas, para compreender que Macau tem mercado na área da terapia”. Na opinião do responsável, faltam educadores especializados, fisioterapeutas e profissionais de terapia ocupacional. Além das necessidades dos mais pequenos, os adultos portadores de deficiência também precisam de mais espaços para contornarem os problemas originados pela incapacidade. O próprio director do IAS, Iong Kong Io, prometeu no ano passado a criação de mais oito locais de reabilitação até 2015. Com a existência de 25 centros e 1400 vagas, os números estão longe do ideal. “À medida que a sociedade se vai desenvolvendo, a procura dos serviços por parte das pessoas com deficiência tem vindo a aumentar constantemente.”


CENTRO DE ABRIGO DA ILHA VERDE ENCERRADO A previsão de subida das temperaturas vai levar ao fecho do Centro de Abrigo de Inverno do Instituto de Acção Social situado na Ilha Verde, que ocorre a partir de hoje. Aberto entre os dias 3 e 9 de Janeiro, este local recebeu 242 pessoas, num total de 219 homens e 23 mulheres.

F

Virginia.leung@hojemacau.com.mo

ORAM mais de 28 milhões os visitantes que chegaram a Macau o ano passado e o número ainda é provisório. João Manuel Costa Antunes, director dos Serviços de Turismo (DST), avançou ontem com os dados, durante a conferência de imprensa anual do organismo. Os números apontam para uma subida de turistas no território de 12,2%. Segundo dados recentes da Direcção dos Serviços de Estatísticas e Censos (DSEC), boa parte dos turistas chega a Macau por via marítima, mas há ainda assim a intenção do Governo em poder extinguir o terminal da península. Em declarações aos jornalistas, o responsável da DST disse concordar com a existência de dois terminais marítimos no território. “Devem ser mantidas duas entradas, uma em Macau e outra no Cotai, mas deve ser mais diversificado e com o aumento de capacidade penso que vamos conseguir.” Costa Antunes diz ainda que a coordenação das

7

Macau a bater recordes

companhias de navegação é também importante já que, ao existirem mais pistas do que num aeroporto, chegam vários passageiros ao mesmo tempo. Dos turistas que chegaram a Macau o ano passado, 25 milhões eram provenientes da China – incluindo Hong Kong e Taiwan -, aumentando 13,5%. Também o número de turistas

internacionais aumentou ligeiramente – 2,2%.

PREÇOS BAIXOS

Mesmo assim, na lista de prioridades do Executivo continua a tentativa de conseguir atrair turistas de países estrangeiros. “Há ainda bastante trabalho a fazer, porque aumentando qualidade e explorando as várias oportunidades de Macau – nomeadamente excursões,

MINISTÉRIO PÚBLICO ACUSA SEIS MULHERES POR FURTO

Limpeza total S

www.hojemacau.com.mo

Director da DST concorda com a existência de dois terminais marítimos

Virginia Leung  

QUARTA-FEIRA 11.1.2012

EIS mulheres estrangeiras foram acusadas de furto qualificado pelo Ministério Público.As arguidas eram empregadas domésticas no território e tinham entre 32 a 47 anos. As três filipinas, duas indonésias e uma vietnamita trabalhavam em casas diferentes, de onde tiraram jóias, dinheiro e roupas. Os valores dos furtos estão avaliados entre as 400 e as cem mil patacas. Todos os objectos foram penhorados. No entanto, uma das arguidas – natural

das Filipinas -, é suspeita de ter levado consigo cem mil patacas para o seu país natal. Mais tarde regressou a Macau, com um passaporte falso – da irmã –, com o qual terá arranjado outro emprego. Acabou por ser identificada no mercado pelo antigo empregador, vítima do furto, que a denunciou. Todas confessaram os crimes. O procurador condenou as mulheres por furto, burla e uso de documentos falsificados. Aguardam julgamento.

FALECIMENTO

A família de Filomena Ferreira Lata cumpre o doloroso dever de participar o seu recente falecimento no Centro Hospitalar Conde de S. Januário, vítima de doença. As exéquias fúnebres terão lugar no dia 12 de Janeiro, pelas 15h00, na capela do Cemitério de S. Miguel Arcanjo, com missa de corpo presente, seguida de enterro. A família enlutada agradece antecipadamente a todas as pessoas que se dignarem acompanhar o funeral.

categorias de hotéis e alimentação – aumentamos também a receita dos operadores locais e fazemos o nosso produto mais conhecido no exterior.” No topo das prioridades está a exigência. “Não podemos considerar apenas os números dos turistas, mas a qualidade dos serviços que prestamos.” Os hotéis e as hospedarias do território tiveram 83% de ocupação, um aumento na ordem dos 4%. Mas a DST quer concretizar   o plano de colocar mais quartos disponíveis no território a preços mais económicos. “Nós suportamos se o sector privado desenvolver acomodações a baixo custo”, frisou. “Somos um mercado aberto

e, da nossa parte, vamos facilitar os pedidos de licença para este tipo de mercado.”

DIVERSIFICAR OFERTAS

A criação de um novo grupo de trabalho da DST é um dos objectivos a cumprir este ano, precisamente para que a promoção turística possa ser mais diversificada. Costa

Antunes fala também numa reestruturação interna no organismo da DST, assim como a implementação de medidas a curto, médio e longo prazo. Uma das prioridades é a melhoria na acessibilidade a Macau e nos transportes do território. Para Costa Antunes, um dos grandes responsáveis pelo aumento dos visitantes é o sector das exposições e convenções. “Macau assume hoje não só uma atracção natural, que é a zona de entretenimento, como também continuamos a insistir em cultura, eventos, exposições e convenções.” A diversificação económica de Macau é um objectivo constante e este sector é uma das apostas para fugir à dependência do jogo. “Se olharmos realmente para o número de visitantes e virmos que a contribuição da área de exposições foi muito grande estamos no caminho certo.”

FRONTEIRAS 24 HORAS AINDA SEM SOLUÇÃO

A abertura de fronteiras terrestres durante 24 horas ainda não está definida. Segundo Manuel Costa Antunes o assunto é importante, mas não é ainda possível dar uma resposta imediata. “Em Macau, temos cada vez mais pessoas a passar a fronteira para trabalhar, logo a abertura das fronteiras 24 horas é um assunto que merece ser ponderado por todos os departamentos.”

PUB

DIRECÇÃO DOS SERVIÇOS DE FINANÇAS EDITAL Contribuição Predial Urbana

São, por este meio, avisado os contribuintes que pretendam beneficiar, relativamente ao exercício de 2011, da dedução das despesas de conservação e manutenção, prevista nos artigos 13º e 16º do Regulamento da Contribuição Predial Urbana, em vigor, de que deverão apresentar, no mês de Janeiro, uma declaração do modelo M/7, em separado para cada prédio ou parte dele. Ficam dispensados da apresentação da referida declaração, quanto aos prédios não arrendados, no exercício de 2011. O impresso da declaração será fornecido por estes serviços, no Edifício de Finanças, no Centro de Serviços da RAEM e Centro de Atendimento Taipa, ou podem ser descarregado através do endereço electrónico www.dsf.gov.mo. Aos, 9 de Dezembro de 2011. A Directora dos Serviços, Vitória da Conceição


APREENDIDAS 10 TONELADAS DE TABACO EM HONG KONG

QUARTA-FEIRA 11.1.2012 www.hojemacau.com.mo

Mais de 10 toneladas de tabaco destinadas ao Reino Unido foram apreendidas em Hong Kong nas últimas cinco semanas, numa operação concertada entre as autoridades inglesas, chinesas e da antiga colónia britânica para acabar com o contrabando. A quantidade de tabaco de enrolar encontrada foi cerca de 10 vezes superior à detectada nos primeiros 11 meses de 2011, de acordo com os serviços da alfândega de Hong Kong.

8

SOCIEDADE

Deputada preocupada com práticas ilegais

Anúncios a empréstimos para jogo

A

Virginia.leung@hojemacau.com.mo

deputada Kwan Tsui Hang questionou, através de interpelação escrita, se o governo iria tomar medidas sobre os anúncios que incitam os cidadãos a pedir empréstimos para jogar. “O rápido crescimento da indústria do jogo contribuiu o desenvolvimento da economia e para um grande aumento da receita fiscal, mas teve um impacto muito negativo na sociedade local.” Sublinhou que já anteriormente alguma imprensa tinha denunciado a existência, na área de Fai Chi Kei, de cartazes

DIREITOS HUMANOS?

Adeputada questionou ainda que medidas pensa o governo tomar, uma vez que, segundo a lei, quem pretender obter para si ou para outros bens alheios, através de empréstimos monetários ou outros, poderá ser condenado por “crime de agiotagem”. Interrogou ainda se já tinham ocorrido casos desta natureza e como pensa o governo prevenir e controlar estes comportamentos ilegais. Além disto, inquiriu de que forma pensa o executivo criar consenso na sociedade, na questão das medidas aplicadas aos jogadores patológicos e se o governo encara esta matéria como uma questão de direitos humanos.

GONÇALO LOBO PINHEIRO

Virginia Leung

que induziam os apostadores a pedir empréstimos para jogar. “Tais práticas são ilegais e tendem a aumentar ainda mais a atmosfera do jogo dentro da sociedade.”

PUB

ARROZ DE FORA AUMENTOU

O ANÚNCIO HM-2ª Vez 11-01-2012 簡易執行裁判案 第 CV3-08-0031-CAO-B Execução de Sentença sub a forma Sumária n.º

第三民事法庭 3º Juízo Cível

EXEQUENTE: CHEONG MENG SENG, residente em Macau, na Rua da Tribuna, nº 21, Edifício Yi Nam, r/c “L”.--------------------------------------------EXECUTADOS: LEONG SEK MENG e HONG LAI CHON, ausentes em parte incerta, e com último domicilio conhecido em Macau, Avenida da República, Fu Keng, nº 40, 2 andar A, ou Alameda Dr. Carlos D’Assumpção, nº 18, Centro Comercial Tong Nam Ah, 20º andar E e F------------------------.

Conselho de Consumidores (CC) publicou o resultado da investigação sobre preços de arroz em Janeiro do ano corrente. Comparativamente à investigação anterior (realizada em Dezembro de 2011), dentro de 16 marcas de arroz só se nota um aumento de cerca de 5% no preço de seis. No entanto, as últimas investigações sobre preços de arroz feitas pelo CC reflectem que a subida de preços do referido produto já está a abrandar. A investigação realizada no dia 5 de Janeiro mostra que os preços do arroz proveniente do Japão, da Austrália e da Tailândia aumentaram.

***** FAZ-SE SABER que, pelo Juízo, secção e Tribunal acima identificados, correm éditos de TRINTA (30) dias, contados da segunda e última publicação dos respectivos anúncios, notificando, por esta forma, os executados acima identificados, ora ausentes em parte incerta, de todo o conteúdo do requerimento executivo, do despacho determinativo da conversão do arresto em penhora, e da realização da penhora de fracção autónoma denominada pela letra “A” do 2º andar, para habitação, do prédio sito em Macau, na Avenida da República, nº 40, descrito na Conservatória do Registo Predial de Macau sob o nº 13511, podendo, no prazo de DEZ (10) dias, posterior ao dos éditos, deduzir embargos de executado ou oposição à penhora, bem como requerer a substituição dos bens penhorados por outros de valor suficiente, tudo como melhor consta do requerimento inicial da execução, cujo duplicado se encontra nesta Secretaria à disposição dos notificados.------------------------------------------------------------------------Macau, 15 de Dezembro de 2011

DEPÓSITOS DOS RESIDENTES AUMENTAM 3,3%

O

S depósitos dos residentes de Macau cresceram 3,3% em Novembro, em relação a Outubro, atingindo os MOP 295,8 mil milhões. Já os depósitos dos não residentes tiveram uma quebra de 2,1%, para MOP 94,2 mil milhões. AAutoridade Monetária de Macau divulgou os dados na terça-feira, dizendo também que os empréstimos internos ao sector privado sofreram uma descida de 0,3%, para MOP 164,6 mil milhões. Os empréstimos ao exterior aumentaram 2,4%, para MOP 151 mil e 900 milhões.


PUB.

QUARTA-FEIRA 11.1.2012 www.hojemacau.com.mo

9 Anúncio

Concurso público da empreitada de « Construção de silo de automóveis no Parque de Seac Pai Van » 1. 2. 3. 4. 5. 6.

Modalidade do concurso: concurso público. Local de execução da obra: Estrada de Seac Pai Van. Objecto da empreitada: Construção de silo de automóveis no Parque de Seac Pai Van. Prazo de validade das propostas: o prazo de validade da proposta é de 90 dias, a contar da data do acto público do concurso, prorrogável nos termos previstos no programa de concurso. Tipo de empreitada: a empreitada é por Série de Preços. Caução provisória: MOP$2,500,000.00 (Dois milhões e quinhentas mil patacas) e pode ser prestada por depósito em dinheiro, por garantia bancária ou por seguro-caução aprovado nos termos legais. 7. Caução definitiva: a caução definitiva é de 5% do preço total da adjudicação (das importâncias que o empreiteiro tiver a receber em cada um dos pagamentos parciais são deduzidos 5% para garantia do contrato, em reforço da caução definitiva a prestar). 8. Preço base: não há. 9. Condições de admissão: inscrição na DSSOPT na modalidade de execução de obras. 10. Local, dia e hora limite para entrega das propostas: Núcleo de Expediente e Arquivo do IACM, sito na Av. de Almeida Ribeiro, n.º 163 -R/C, Edif. Sede do IACM, até às 17:00 horas do dia 14 de Fevereiro de 2012 (a proposta deve ser redigida numa das línguas oficiais da RAEM). 11. Local, dia e hora do acto público: Divisão de Formação e Documentação do IACM, sita na Avenida da Praia Grande,Edificio China Plaza, 6o andar , no dia 15 de Feveiro de 2012, pelas 10:00 horas. Os concorrentes ou seus representantes deverão estar presentes no acto público de abertura de propostas para os efeitos previstos no artigo 80.º do Decreto-Lei n.º 74/99/M, e para esclarecer as eventuais dúvidas relativas aos documentos apresentados no concurso. 12. Local, dia e hora para exame do processo e obtenção da cópia: O projecto, o caderno de encargos, o programa do concurso e outros documentos complementares podem ser examinados, nos Serviços de Construções e Equipamentos Urbanos do Instituto para os Assuntos Cívicos e Municipais, sitos na Av. da Praia Grande, Edifício Comercial Nam Tung, 18º andar - Macau, durante as horas de expediente, desde o dia da publicação do anúncio até ao dia e hora do acto público do concurso. No local acima referido poderão ser solicitadas até às 17:00 horas do dia 10 de Fevereiro de 2012, cópias do processo de concurso ao preço de MOP$5,000.00 (cinco mil patacas) por exemplar, ao abrigo do n.º 3 do artigo 52.º do Decreto-Lei n.º 74/99/M. 13. Prazo de execução da obra: O prazo de execução não poderá ser superior a 360 dias, contados a partir da data de consignação dos trabalhos. 14. Critérios de apreciação de propostas e respectivos factores de ponderação: - - - - - -

Preço Global da empreitada e Lista de Preços Unitários Prazo de execução razoável: Plano de trabalhos: i. O nível de discretização das actividades elementares ii. A interdependência das actividades elementares iii. A adequabilidade e efectividade dos prazos de execução Os processos construtivos e os meios propostos para a execução dos trabalhos Experiência em obras semelhantes Material

60% 10% 3% 3% 4% 5% 10% 5%

15. Junção de esclarecimentos: Os concorrentes deverão comparecer nos Serviços de Construções e Equipamentos Urbanos do Instituto para os Assuntos Cívicos e Municipais, sitos na Av. da Praia Grande, Edifício Comercial Nam Tung, 18º andar - Macau, a partir de 01 de Fevereiro de 2012, inclusive, e até à data limite para entrega das propostas, para tomar conhecimento de eventuais esclarecimentos adicionais.

Macau, aos 05 de Janeiro de 2012. O Vice Presidente do Conselho de Administração Lo Veng Tak


vida

QUARTA-FEIRA 11.1.2012 www.hojemacau.com.mo

10

China | Hotéis supostamente amigos do ambiente ven

Verdes, mas não tanto

Q

UASE todos os “hotéis verdes” de Pequim continuam a vender barbatana de tubarão aos seus clientes, apesar das chamadas de atenção de vários grupos de advogados para que parem esta prática, segundo o jornal Beijing Times. A barbatana de tubarão tem um valor nutricional baixo e é comida principalmente devido ao estatuto que atribui a quem a compra como iguaria. Os órgãos de comunicação social e os grupos de ambientalistas têm lutado para que esta prática pare. Cerca de 73 milhões de tubarões são abatidos a cada ano - sendo que alguns são deixados a morrer no mar

ESPÉCIE RARA DE TARTARUGA JULGADA EXTINTA REAPARECEU

Afinal estavam a viver na ilha ao lado U

DALIAN | MUSEU FUTURISTA VIRADO PARA O AMBIENTE

Design amigo O

escritório chinês “10 design” divulgou imagens do futuro Museu Dalian, na China. O edifício vai abrigar exposições sobre planeamento urbano e quer tornar-se um ícone de progresso e design ambiental para a região. Com 35 mil m², o prédio destaca-se sobretudo pela fachada de alumínio, que reflecte a paisagem circundante. Externamente, um revestimento de dióxido de titânio

Sabia que... ... as flores e as ervas selvagens fornecem alimento aos insectos benéficos, como as borboletas?

vai neutralizar a poluição do ar e remover a poluição. Essa reacção de limpeza é mantida, segundo o escritório, por 24 horas: durante o dia é estimulada por raios ultravioletas e à noite por células fotovoltaicas. Já internamente a fachada usa uma camada de polímero, que aumenta os valores de isolamento em 10% a 20%, além de oferecer resistência às bactérias e fungos. Os arquitectos terão ainda apostado num sistema de aquecimento e arrefecimento passivos, minimizando as fachadas leste e oeste e impedindo o acesso a ventos no lado norte. O Museu Dalian terá oito andares, incluindo um subsolo para estacionamento, e será completamente voltado para um parque. Além das áreas de exposição, o projecto também prevê uma biblioteca, um centro de ciência e um centro de recreação.

MA espécie rara de tartaruga gigante das ilhas Galápagos, no Equador, que se julgava extinta há mais de 150 anos, reapareceu em muito pequeno número, revela uma investigação publicada nos Estados Unidos. Segundo a agência

AFP, cientistas norte-americanos chegaram a esta conclusão depois de terem redescoberto a marca genética da tartaruga Chelonoidis elephantopus no ADN dos seus descendentes híbridos. A equipa de investigação da

Universidade de Yale descobriu que uma subespécie extinta há mais de 150 anos pode estar viva na ilha ao lado dos Galápagos, a Isabela. Originalmente, a Chelonoidis elephantopus encontrava-se apenas numa outra ilha das Galápagos, a


ACTIVISTAS CONTRA CAÇA À BALEIA EM GREVE DE FOME NUM NAVIO JAPONÊS

Três homens da organização Forest Rescue Austrália, detidos neste fim-de-semana a bordo de um navio japonês, começaram uma greve de fome para tentar impedir a caça à baleia no oceano Austral. Na noite de sábado, lançaram-se às águas num bote pneumático e conseguiram subir a bordo do navio japonês. Segundo noticia a australiana ABC, o trio queria assim pedir ao navio que os levasse de volta à Austrália e impedir que perseguisse o “Steve Irwin”, barco da organização ecologista Sea Shepherd. Mas os três homens foram detidos pela tripulação. O Governo australiano tenta conseguir a libertação dos activistas mas não tem muitas esperanças de que estes não sejam levados para o Japão para serem julgados.

QUARTA-FEIRA 11.1.2012 www.hojemacau.com.mo

11

ndem barbatanas de tubarão

depois de lhes serem arrancadas as barbatanas - e quase 1/3 das espécies que existem estão em extinção. Zhang Yue, um repórter do canal chinês da CCTV, disse num programa que os chineses comem a barbatana dos tubarões não porque têm fome, mas porque é uma forma de mostrarem a sua riqueza. “Ninguém se importa com o que sofrem os animais, depois de lhes serem arrancadas as barbatanas.” Há quem defenda que a tradição deve ser abolida e lute para que os governos façam leis de protecção a estes animais. Em Pequim, um total de 124 hotéis verdes e de cinco estrelas foram investigados - apenas um não vendia a iguaria.

o Floreana, tendo sido dada como extinta pouco depois da viagem do naturalista britânico Charles Darwin ao arquipélago, em 1835. As tartarugas das Galápagos ficaram célebres por terem inspirado Charles Darwin na teoria da

evolução das espécies pela selecção natural. São todas provenientes de uma população comum, mas têm diferenças morfológicas de ilha para ilha devido à adaptação a cada local, o que faz com que sejam consideradas subespécies. Quando chegou às Galápagos, em 1835, Darwin encontrou a subespécie Chelonoidis nigra nigra a viver na ilha de Floreana ou Santa Maria, uma das maiores ilhas. Mas passado alguns anos, a tartaruga desapareceu devido à caça intensiva especialmente feita pelos baleeiros, que levavam as tartarugas para alimento. Os répteis podem pesar perto de 400 quilos, medir mais de 1,80 metros de comprimento e viver mais de cem anos. Actualmente, alguns exemplares das 13 espécies de tartarugas das Galápagos estão em risco de extinção. De acordo com os investigadores norte-americanos, o transporte de tartarugas de uma ilha para outra das Galápagos, por parte de piratas e baleeiros, não era raro no século XIX. Os cientistas avaliaram geneticamente 1669 indivíduos. Ao todo, 84 eram híbridos entre as duas subespécies e 30 destes 84 tinham menos de 15 anos. Esta informação obrigou a repensar o estatuto de extinção da Chelonoidis nigra nigra.

CHINA | CIDADÃOS DUVIDAM DAS MEDIÇÕES DE POLUIÇÃO DO GOVERNO

Medir para crer M

UITOS cidadãos na China começaram a fazer as suas próprias medições da qualidade do ar, suspeitando que as medidas lançadas pelo Governo Central são imprecisas. Chen Jiajun, o director de uma organização de protecção ambiental em Guangzhou, utilizou um laser que detecta poluição a partir de uma varanda de um edifício residencial, em Dezembro passado. O resultado foi 0,153 miligramas de pó por metro cúbico, o dobro dos padrões normais – 0,075 mg/ metro cúbico. Os residentes chineses têm pedido ao Governo que adopte novas medidas de detecção de poluição, uma

vez que, dizem, as actuais não reflectem a verdadeira qualidade do ar das cidades. A embaixada dos EUA em Pequim instituiu já aparelhos PM2.5 – mais avançados na detecção – e descobriram que o ar de duas cidades da China é perigo para os cidadãos mais sensíveis, como as crianças. O Consulado Geral, contudo, defende que a descoberta não é oficial e é apenas uma referência para os americanos que trabalham na embaixada. A justificação dada é que apenas um aparelho não pode detectar a qualidade certa do ar, mas que é preciso ter em conta o local e a forma como o aparelho é utilizado.

Click ecológico

ELEFANTES EM SINGAPURA • Visitantes admiram as 162 esculturas de elefantes expostas nos Jardins Botânicos de Singapura, no âmbito da iniciativa “Elephant Parade”. As obras serão leiloadas, as receitas vão reverter para a Fundação para o Elefante Asiático Foto: David Loh/Reuters/Público


PUB.

QUARTA-FEIRA 11.1.2012 www.hojemacau.com.mo

12

ANÚNCIO Concurso Público de “Prestação de Serviço de Manutenção e Reparação do Sistema de Ar Condicionado das Instala��ões Desportivas afectas ao Instituto do Desporto (ID) em Macau” 1. Entidade que põe a prestação de serviços a concurso: 2. Modalidade de Concurso:. 3. Local de Serviço:

ANÚNCIO Concurso Público de “Prestação de Serviço de Manutenção e Reparação do Sistema de Ar Condicionado das Instalações Desportivas afectas ao Instituto do Desporto (ID) na Taipa”

Instituto do Desporto. Concurso público. Instalações Desportivas afectas ao Instituto do Desporto (como as seguintes).

1. Entidade que põe a prestação de serviços a concurso: 2. Modalidade de Concurso:. 3. Local de Serviço:

Instituto do Desporto. Concurso público. Instalações Desportivas afectas ao Instituto do Desporto (como as seguintes).

Nome das Instalações Desportivas 1 2 3 4 5 6 4. Objectivo do Serviço: 5. Prazo do Contrato do Serviço: 6. Prazo de Validade da Proposta: 7. Tipo da Empreitada: 8. Caução Provisória: 9. Caução Definitiva: 10. Preço Básico: 11. Condições de Admissão. 12. Local, dia e Hora Limite para Entrega da Proposta: Local: Dia e Hora Limite: 13. Local, Dia e Hora do acto público do Concurso: Local: Dia e Hora: 14. Local, horário e preço para a obtenção da cópia e exame do processo do concurso: Local: Horário: 15. Critérios de Apreciação e Respectivos Factores de Ponderação

Nome das Instalações Desportivas

Pavilhão Polidesportivo Tap Seac Centro Náutico da Grande Praia Centro Desportivo da Vitória Centro Desportivo Tamagnini Barbosa Centro Desportivo do Colégio D. Bosco Centro Desportivo Lin Fong

1 2 3 4 5 6

Manutenção de rotina e serviço de apoio do sistema de Ar Condicionado das Instalações Desportivas. No total de dois anos. (Desde Abril de 2012 até Março de 2014) O prazo de validade da proposta é de noventa dias, a contar da data do acto público do concurso, com a possibilidade de prorrogamento de acordo com as disposições do programa de concurso. A empreitada é por preço global. Setenta e oito mil patacas ( MOP 78.000,00 ), a prestar mediante depósito de numerário, por garantia bancária legal ou seguro-caução. Cinco por cento do preço total de adjudicação (Para a garantia do contrato, cinco por cento são deduzidos em cada um dos pagamentos parciais à contratada, para o reforço da caução definitiva a prestar). Não há preço básico. Serão admitidos como concorrentes as entidades inscritas na DSSOPT para execução de obras, bem como as que à data do concurso tenham requerido a sua inscrição / renovação, neste ultimo caso a admissão é condicionada ao deferimento do pedido de inscrição / renovação. Av. Dr. Rodrigo Rodrigues, s/n, Fórum de Macau, Bloco 1, 4.º andar, Macau, Instituto do Desporto. Dia 9 de Fevereiro de 2012 (quinta-feira), até às 12 horas. Av. Dr. Rodrigo Rodrigues, s/n, Fórum de Macau, Bloco 1, 4.º andar, Macau, Instituto do Desporto. Dia 15 de Fevereiro de 2012 (quarta-feira), pelas 09:30 horas. Av. Dr. Rodrigo Rodrigues, s/n, Fórum de Macau, Bloco 1, 4.º andar, Macau, Instituto do Desporto (Pode adquirir uma cópia do processo do concurso, os planos de concurso e documentos, cada custam mil patacas (MOP 1.000,00)). Hora de expediente. (das 09:00 às 13:00 horas e das 14:30 às 17:30 horas de segunda-feira à sexta-feira)

Itens de Avaliação

4. Objectivo do Serviço: 5. Prazo do Contrato do Serviço: 6. Prazo de Validade da Proposta: 7. Tipo da Empreitada: 8. Caução Provisória: 9. Caução Definitiva: 10. Preço Básico: 11. Condições de Admissão. 12. Local, dia e Hora Limite para Entrega da Proposta: Local: Dia e Hora Limite: 13. Local, Dia e Hora do acto público do Concurso: Local: Dia e Hora: 14. Local, horário e preço para a obtenção da cópia e exame do processo do concurso: Local: Horário: 15. Critérios de Apreciação e Respectivos Factores de Ponderação

Manutenção de rotina e serviço de apoio do sistema de Ar Condicionado das Instalações Desportivas. No total de dois anos. (Desde Abril de 2012 até Março de 2014) O prazo de validade da proposta é de noventa dias, a contar da data do acto público do concurso, com a possibilidade de prorrogamento de acordo com as disposições do programa de concurso. A empreitada é por preço global. Oitenta e quatro mil patacas ( MOP 84.000,00 ), a prestar mediante depósito de numerário, por garantia bancária legal ou seguro-caução. Cinco por cento do preço total de adjudicação (Para a garantia do contrato, cinco por cento são deduzidos em cada um dos pagamentos parciais à contratada, para o reforço da caução definitiva a prestar). Não há preço básico. Serão admitidos como concorrentes as entidades inscritas na DSSOPT para execução de obras, bem como as que à data do concurso tenham requerido a sua inscrição / renovação, neste ultimo caso a admissão é condicionada ao deferimento do pedido de inscrição / renovação. Av. Dr. Rodrigo Rodrigues, s/n, Fórum de Macau, Bloco 1, 4.º andar, Macau, Instituto do Desporto. Dia 9 de Fevereiro de 2012 (quinta-feira), até às 12 horas. Av. Dr. Rodrigo Rodrigues, s/n, Fórum de Macau, Bloco 1, 4.º andar, Macau, Instituto do Desporto. Dia 13 de Fevereiro de 2012 (segunda-feira), pelas 09:30 horas. Av. Dr. Rodrigo Rodrigues, s/n, Fórum de Macau, Bloco 1, 4.º andar, Macau, Instituto do Desporto (Pode adquirir uma cópia do processo do concurso, os planos de concurso e documentos, cada custam mil patacas (MOP 1.000,00)). Hora de expediente. (das 09:00 às 13:00 horas e das 14:30 às 17:30 horas de segunda-feira à sexta-feira)

Itens de Avaliação

Percentagem de Avaliação

Estrutura de pessoal e Experiência de projecto 1. Experiência de manutenção e reparação do sistema de Ar Condicionado dos concorrentes e seus subempreiteiros. 2. Familiaridades com desenhos, instalações e manutenção e reparação do sistema de Ar Condicionado apresentados pelos concorrentes e seus subempreiteiros. 3. Experiência dos concorrentes no âmbito da gestão de contratos de grandes construções, especialmente em contratos de manutenção e reparação do sistema de Ar Condicionado. 4. Experiência dos membros principais da equipa, tais como gerentes de projecto, engenheiros profissionais, fiscalização técnica e técnicos, sobre os sistemas, nas áreas como concepção, construção, manutenção e reparação. Compreensão do projecto 1. Avaliar a compreensão e conteúdo do projecto de concorrentes através de documentos apresentados sobre a compreensão do projecto.

Centro Desportivo Olímpico Campo de Futebol e Atletismo da Universidade de Ciência e Tecnologia de Macau Centro de Formação Centro Desportivo Olímpico - Piscina Olímpica Piscinas do Carmo Centro de Medicina Desportiva

Percentagem de Avaliação

20%

Estrutura de pessoal e Experiência de projecto 1. Experiência de manutenção e reparação do sistema de Ar Condicionado dos concorrentes e seus subempreiteiros. 2. Familiaridades com desenhos, instalações e manutenção e reparação do sistema de Ar Condicionado apresentados pelos concorrentes e seus subempreiteiros. 3. Experiência dos concorrentes no âmbito da gestão de contratos de grandes construções, especialmente em contratos de manutenção e reparação do sistema de Ar Condicionado. 4. Experiência dos membros principais da equipa, tais como gerentes de projecto, engenheiros profissionais, fiscalização técnica e técnicos, sobre os sistemas, nas áreas como concepção, construção, manutenção e reparação.

20%

10%

Compreensão do projecto 1. Avaliar a compreensão e conteúdo do projecto de concorrentes através de documentos apresentados sobre a compreensão do projecto.

10%

Programa de trabalho 1. Através do conteúdo do programa de trabalho apresentado pelos concorrentes, avaliar a racionalidade e a viabilidade do projecto, e se satisfaz os requisitos específicos e compreende o âmbito de trabalho e os procedimentos respectivos.

20%

Programa de trabalho 1. Através do conteúdo do programa de trabalho apresentado pelos concorrentes, avaliar a racionalidade e a viabilidade do projecto, e se satisfaz os requisitos específicos e compreende o âmbito de trabalho e os procedimentos respectivos.

20%

Distribuição de recursos humanos 1. Avaliar se é adequado o quadro de distribuição de recursos humanos apresentados pelos concorrentes. 2. Se o pessoal técnico na distribuição satisfaz a requisição.

10%

Distribuição de recursos humanos 1. Avaliar se é adequado o quadro de distribuição de recursos humanos apresentados pelos concorrentes. 2. Se o pessoal técnico na distribuição satisfaz a requisição.

10%

Montante do Concurso 1. Avaliar se o montante do concurso é razoável através da apreciação do documento do concurso pelos concorrentes. 2. Exigir a exactidão dos diversos itens na lista de quantidade do projecto e avaliar se existe omissão ou situação anormal.

40%

Montante do Concurso 1. Avaliar se o montante do concurso é razoável através da apreciação do documento do concurso pelos concorrentes. 2. Exigir a exactidão dos diversos itens na lista de quantidade do projecto e avaliar se existe omissão ou situação anormal.

40%

16. Nota:

Antes do fim de apresentação dos documentos do concurso, os concorrentes devem dirigir-se ao Instituto do Desporto, situado na Av. Dr. Rodrigo Rodrigues, s/n, Fórum de Macau, Bloco 1, 4.º andar, Macau, para saber se existem mais documentos com informação adicional.

16. Nota:

Antes do fim de apresentação dos documentos do concurso, os concorrentes devem dirigir-se ao Instituto do Desporto, situado na Av. Dr. Rodrigo Rodrigues, s/n, Fórum de Macau, Bloco 1, 4.º andar, Macau, para saber se existem mais documentos com informação adicional.

O Presidente, Vong Iao Lek 05 de Janeiro de 2012, Macau

O Presidente, Vong Iao Lek 05 de Janeiro de 2012, Macau

ANÚNCIO [N.º 11/2012]

ANÚNCIO Concurso Público de “Prestação de Serviço de Manutenção e Reparação do Sistema de Ar Condicionado das Instalações Desportivas afectas ao Instituto do Desporto (ID) em Cotai” 1. Entidade que põe a prestação de serviços a concurso: 2. Modalidade de Concurso:. 3. Local de Serviço:

Para os devidos efeitos, vimos por este meio notificar os representantes dos agregados familiares seleccionados da lista de espera de habitação económica abaixos mencionados:

Instituto do Desporto. Concurso público. Instalações Desportivas afectas ao Instituto do Desporto (como as seguintes).

N.º do boletim de candidatura 92915

Nome das Instalações Desportivas 1 2 3 4 5 6 4. Objectivo do Serviço: 5. Prazo do Contrato do Serviço: 6. Prazo de Validade da Proposta: 7. Tipo da Empreitada: 8. Caução Provisória: 9. Caução Definitiva: 10. Preço Básico: 11. Condições de Admissão. 12. Local, dia e Hora Limite para Entrega da Proposta: Local: Dia e Hora Limite: 13. Local, Dia e Hora do acto público do Concurso: Local: Dia e Hora: 14. Local, horário e preço para a obtenção da cópia e exame do processo do concurso: Local: Horário: 15. Critérios de Apreciação e Respectivos Factores de Ponderação

Nave Desportiva dos Jogos da Ásia Oriental de Macau Centro Internacional de Tiro Centro de Bowling Academia de Ténis Centro Náutico de Cheoc-Van Centro Náutico de Hác-Sá

Manutenção de rotina e serviço de apoio do sistema de Ar Condicionado das Instalações Desportivas. No total de dois anos. (Desde Abril de 2012 até Março de 2014) O prazo de validade da proposta é de noventa dias, a contar da data do acto público do concurso, com a possibilidade de prorrogamento de acordo com as disposições do programa de concurso. A empreitada é por preço global. Cento e dezasseis mil patacas ( MOP 116.000,00 ), a prestar mediante depósito de numerário, por garantia bancária legal ou seguro-caução. Cinco por cento do preço total de adjudicação (Para a garantia do contrato, cinco por cento são deduzidos em cada um dos pagamentos parciais à contratada, para o reforço da caução definitiva a prestar). Não há preço básico. Serão admitidos como concorrentes as entidades inscritas na DSSOPT para execução de obras, bem como as que à data do concurso tenham requerido a sua inscrição / renovação, neste ultimo caso a admissão é condicionada ao deferimento do pedido de inscrição / renovação. Av. Dr. Rodrigo Rodrigues, s/n, Fórum de Macau, Bloco 1, 4.º andar, Macau, Instituto do Desporto. Dia 9 de Fevereiro de 2012 (quinta-feira), até às 12 horas.

Itens de Avaliação

Percentagem de Avaliação

Estrutura de pessoal e Experiência de projecto 1. Experiência de manutenção e reparação do sistema de Ar Condicionado dos concorrentes e seus subempreiteiros. 2. Familiaridades com desenhos, instalações e manutenção e reparação do sistema de Ar Condicionado apresentados pelos concorrentes e seus subempreiteiros. 3. Experiência dos concorrentes no âmbito da gestão de contratos de grandes construções, especialmente em contratos de manutenção e reparação do sistema de Ar Condicionado. 4. Experiência dos membros principais da equipa, tais como gerentes de projecto, engenheiros profissionais, fiscalização técnica e técnicos, sobre os sistemas, nas áreas como concepção, construção, manutenção e reparação.

20%

Compreensão do projecto 1. Avaliar a compreensão e conteúdo do projecto de concorrentes através de documentos apresentados sobre a compreensão do projecto.

10%

Programa de trabalho 1. Através do conteúdo do programa de trabalho apresentado pelos concorrentes, avaliar a racionalidade e a viabilidade do projecto, e se satisfaz os requisitos específicos e compreende o âmbito de trabalho e os procedimentos respectivos.

20%

Distribuição de recursos humanos 1. Avaliar se é adequado o quadro de distribuição de recursos humanos apresentados pelos concorrentes. 2. Se o pessoal técnico na distribuição satisfaz a requisição.

10%

Montante do Concurso 1. Avaliar se o montante do concurso é razoável através da apreciação do documento do concurso pelos concorrentes. 2. Exigir a exactidão dos diversos itens na lista de quantidade do projecto e avaliar se existe omissão ou situação anormal.

40%

16. Nota:

Antes do fim de apresentação dos documentos do concurso, os concorrentes devem dirigir-se ao Instituto do Desporto, situado na Av. Dr. Rodrigo Rodrigues, s/n, Fórum de Macau, Bloco 1, 4.º andar, Macau, para saber se existem mais documentos com informação adicional. O Presidente, Vong Iao Lek 05 de Janeiro de 2012, Macau

Nessa altura, os agregados familiares da lista de espera acima referidos devem apresentar os documentos comprovativos (originais e cópias) abaixo mencionados, para efectuar a nova verificação dos requisitos da candidatura da aquisição de habitação económica. Caso as respectivas informações afectem os actuais requisitos da aquisição de fracção ou existirem mudança da composição dos agregados familiares acima referidos, este Instituto irá suspender, imediatamente, o procedimento da escolha de habitação económica:

2.

Av. Dr. Rodrigo Rodrigues, s/n, Fórum de Macau, Bloco 1, 4.º andar, Macau, Instituto do Desporto (Pode adquirir uma cópia do processo do concurso, os planos de concurso e documentos, cada custam mil patacas (MOP 1.000,00)). Hora de expediente. (das 09:00 às 13:00 horas e das 14:30 às 17:30 horas de segunda-feira à sexta-feira)

N.º do boletim de candidatura 108347

Nome LOU MAN HOU CHAO LAM MIGUEL CASTILHO De acordo com os termos do artigo 12.º do Decreto-Lei n.º 26/95/M, de 26 de Junho, o Instituto de Habitação (IH) informa os representantes dos agregados familiares acima referidos, através de ofícios, para se dirigirem pessoalmente ao IH, sita na Travessa Norte do Patane, n.º 102, Ilha Verde, Macau (perto da Escola Primária Luso-Chinesa do Bairro Norte), no dia 1 de Fevereiro de 2012, às horas fixadas nos respectivos ofícios, para escolha das fracções de habitação económica disponíveis na zona de Taipa.

1.

Av. Dr. Rodrigo Rodrigues, s/n, Fórum de Macau, Bloco 1, 4.º andar, Macau, Instituto do Desporto. Dia 14 de Fevereiro de 2012 (terça-feira), pelas 09:30 horas.

Nome

3.

Documentos de identificação de todos os elementos do agregado familiar e os seus cônjuges (caso houver) registados no boletim de candidatura de habitação económica. Prova de casamento (aplicável aos indivíduos casados. Caso tenha entregue ao IH, nos últimos três meses, não é necessário a entregar de novo.) Boletim de candidatura dos dados dos agregados familiares de habitação económica devidamente preenchidos e assinados.

Por motivo de não existirem mais fracções disponíveis de tipologia T0IV ou T4, e de acordo com as disposições dos n.os 6 e 7 do artigo 60.º da Lei n.º 10/2011, informamos V.Ex.ª que pode alterar a sua opção para habitações de tipologia T2 ou T3, e será reordenado na lista do mesmo concurso, tendo em consideração a classificação obtida. De acordo com os termos do n.º 2 do artigo 13.º do decreto-lei acima referido, com as alterações introduzidas pelo Regulamento Administrativo n.º 25/2002, caso os agregados familiares da lista de espera acima referidos não tenham comparecido no IH, no dia e horas fixados, e apresentado os documentos acima referidos, para escolha de habitação ou não pretendam adquirir nenhuma das fracções de habitação económica disponíveis no momento podem optar entre, por motivo não justificado, implica a perda do direito de escolha e passagem automática para o último lugar da lista geral; ou após a apreciação dos dados apresentados, verifique que não reunirem com os requisitos da candidatura, os agregados familiares seleccionados serão excluídos na lista geral. No intuito de proporcionar os agregados familiares seleccionados para terem mais conhecimentos sobre as informações das fracções de habitação económica disponíveis, o IH juntamente os ofícios enviará em anexo o catálogo com descrições das fracções para venda, tabela dos preços, rácio bonificado, pontos de observação, informações sobre a fracção de modelo. Caso os agregados familiares seleccionados não tenham recebidos os ofícios remetidos pelo IH, até sete dias antes da data fixada, poderão dirigir-se ao IH sito na Travessa Norte do Patane n.º 102, Ilha Verde, Macau) ou consultar através do telefone n.º 2859 4875, durante o horário de expediente. O Presidente, Tam Kuong Man 9 de Janeiro de 2012


CULTURA

QUARTA-FEIRA 11.1.2012 www.hojemacau.com.mo

13

Facturação de Hollywood superior ao total dos filmes locais

Kung fu à americana bate cinema na China

N

UMA altura em que o Governo chinês intensifica as restrições à cultura ocidental, nomeadamente com origem nos Estados Unidos, por temer a sua influência, há resultados desanimadores para quem persegue tal objectivo. No cinema, onde os

filmes estrangeiros têm uma quota muito pequena, os mais vistos em 2011 foram todos produções norte-americanas. Sendo a grande maioria dos filmes exibidos, os de origem local não conseguiram sequer metade da facturação total do negócio do cinema na China. Os campeões de

bilheteira foram, respectivamente, “Kung Fu Panda 2” (MOP 760 milhões), “Piratas das Caraíbas 4” (584 milhões) e “Transformers 3” (MOP 140 milhões). Em 2010, o filme que mais facturou foi Avatar, também produzido nos Estados Unidos. O domínio de Hollywood nas

escolhas do público chinês que gosta de cinema é uma incerteza para 2012, não só pelo cada vez maior investimento na produção de filmes domésticos, mas também por poder haver leis ainda mais restritivas no que diz respeito às permissões de exibição de películas estrangeiras.

Da parte dos norte-americanos, porém, o olhar para este mercado continua a ser de cobiça. Sabe-se já que “Rei Macaco”, um filme de animação em 3D feito pela mesma companhia de efeitos especiais por trás de “Kung Fu Panda 2”, vai estrear na China nas férias do novo ano lunar.

RELAÇÕES ENTRE A CHINA E EUA EM DEBATE

CONCERTO DO ANO NOVO CHINÊS EM NOVA IORQUE

INÉDITO DOS THE DOORS JÁ ESTÁ ONLINE

Universidade de São José vai receber na próxima terça-feira, dia 17, uma conferência intitulada “Nova Guerra-Fria Sino-americana”, proferida pelo académico chinês Xiang Lanxin. A palestra decorre por volta das 19 horas, moderada por Emilie Tran. Em cima da mesa estará a questão das relações entre a China e os Estados Unidos na era Obama. O autor irá falar sobre o clima de cooperação bilateral entre estes dois países, que assume dimensões de ordem militar, politica e económica. Xiang Lanxin dá aulas de História Internacional e Política no Instituto Internacional de Estudos Graduados de Genebra, na Suíça.

tradição do Ano Novo Lunar, também conhecido por Ano Novo Chinês, vai chegar a Nova Iorque, nos Estados Unidos. O ministério chinês da cultura anunciou que o pianista Lang Lang vai dar um concerto na sala de espectáculos Lincoln Center, que pela primeira vez recebe este tipo de eventos. O programa deverá incluir obras de “prestigiados compositores chineses”, além de “canções estrangeiras famosas”. O pianista afirmou ainda estar “entusiasmado” por mostrar a sua arte no outro lado do mundo. Este espectáculo está integrado na campanha “Feliz Ano Novo Chinês”, lançada em 2010 por Pequim. Segundo a Xinhua, vai decorrer este ano em 144 cidades de 82 países e regiões.

E forma a celebrar os 40 anos sobre o lançamento do álbum “L.A. Woman”, foi colocada na internet esta segunda-feira uma canção dos The Doors nunca antes ouvida pelo público. “She smells so nice” é a música que já está na página da banda no Facebook, e que foi descoberta por Bruce Botnick. O co-produtor da banda encontrou a canção numa das cassetes originais de “L.A. Woman”, quando procurava material para a comemoração do aniversário do grupo liderado por Jim Morrison. Editado em 1971, o disco vai ser reeditado no dia 24 de Janeiro, sendo que nesse dia também estará disponível uma edição limitada de coleccionador. O novo “L.A. Woman” terá ainda novas versões das músicas.

A

A

D


QUARTA-FEIRA 11.1.2012 www.hojemacau.com.mo

14

DESPORTO Campeonato de Carros de Turismo de Macau começa e acaba mais cedo

Já há datas para 2012 Sérgio Fonseca

N

info@hojemacau.com.mo

IFFHS RONALDO SEGUNDO MELHOR MARCADOR EM 2011 Cristiano Ronaldo é o segundo melhor marcador das Ligas Nacionais em 2011, com 40 golos em 32 jogos disputados pelo Real Madrid, segundo a Federação Internacional de História e Estatística do Futebol (IFFHS). O letão Aleksandrs Cekulajevs, da equipa estónia do Trans Narva, com 46 golos, em 35 jogos, lidera a classificação, na qual Lionel Messi é terceiro classificado, com 31 tentos apontados em 35 partidas. Hulk, avançado brasileiro do FC Porto, surge na 20.ª posição, com 23 golos. NBA DELONTE WEST IMPEDIDO DE ENTRAR NA CASA BRANCA No dia em que Barack Obama recebeu na Casa Branca os Dallas Mavericks, equipa que venceu na última temporada a NBA, o base Delonte West, que reforçou os texanos nesta época, foi impedido de entrar na residência do presidente norte-americano. Na origem desta decisão estão os vários problemas do jogador com as autoridades policiais. “Fui proibido de entrar na Casa Branca. É o que acontece quando tomas decisões equivocadas na tua vida. É uma lástima que o presidente perca a oportunidade de conhecerme. Sou o presidente da minha casa”, disse West à imprensa norte-americana. TÉNIS VENUS WILLIAMS ASSUME AUSÊNCIA DO OPEN DA AUSTRÁLIA A norte-americana Venus Williams, ausente da competição desde setembro, assumiu esta segundafeira a ausência do Open da Austrália, que começa na próxima semana. “Tenho muita pena de anunciar que vou falhar o Open da Austrália 2012. Depois de vários meses de treino e tratamento, estou a sentir progressos no sentido de voltar à melhor forma. Tenho a intenção de voltar ao circuito em fevereiro”, pode ler-se no anúncio feito pela mais velha das irmãs Williams. Venus, 31 anos, não compete oficialmente desde a desistência do Open dos Estados Unidos, depois de ter sido informada de que sofria da síndroma de Sjogren, uma doença que afeta o sistema imunitário e provoca fadiga e dores nas articulações.

A pretérita semana, o Circuito Internacional de Guangdong, localizado na cidade de Zhaoqing, não muito longe da mega-cidade de Cantão, publicou na sua página oficial na Internet as datas provisórias para as duas jornadas duplas que compõem o Campeonato de Carros de Turismo de Macau (MTCS, na sigla inglesa). Depois de vários anos consecutivos tendo como palco preferencial o vizinho Circuito Internacional de Zhuhai, em 2011, o MTCS estreou-se no segundo circuito permanente da província de Guangdong, muito devido às condições proporcionadas pelo promotor local aos participantes, aliadas aos custos mais baixos em comparação com aqueles que Zhuhai poderia oferecer. De acordo com a nota

publicada pelo Circuito Internacional de Guangdong, a caravana das corridas de automóveis da RAEM visita o “GIC” nos fins-de-semana de 27 a 29 de Abril e de 25 a 27 de Maio. Esta informação também foi dada a conhecer pela Associação Geral Automóvel Macau – China (AAMC) aos pilotos interessados, em reunião, realizada na sexta-feira passada, na sede o clube originalmente fundado na década de oitenta. Sem surpresas e como tem

acontecido nas últimas décadas, o MTCS irá manter a aposta em duas provas únicas, cada uma composta por duas corridas. Em termos de categorias, o campeonato continuará dividido em três: N2000, Roadsport e S2000/Super-Produção. Repetindo o sucesso do ano passado, não existirá um fornecedor exclusivo de pneus. A maior novidade para a época que ai vem prende-se mesmo com o facto do campeonato iniciar e terminar bastante mais cedo que o habitual, existindo um intervalo de

cinco meses e meio entre a última prova do MTCS e o Grande Prémio de Macau. De acordo com alguns intervenientes ouvidos pelo Hoje Macau, um calendário assim, com um início e um fim antecipado, interessa principalmente àqueles, poucos, pilotos locais com projectos desportivos internacionais paralelos, visto que, por exemplo, o campeonato asiático da especialidade poderá apenas arrancar no mês de Junho. OAAMC deverá abrir o processo de inscrições muito em breve e este ano, devido à conjuntura económica positiva, tudo leva a crer que as listas de inscritos voltarão a ser bem preenchidas. As duas provas do MTCS servem também de qualificação para os pilotos locais para as corridas “Macau Road Sport Challenge”, “Troféu Hotel Fortuna Interport Macau/ Hong Kong” e “Taça de Carros de Turismo de Macau” da 59º edição do Grande Prémio de Macau.

CASO BWIN | FPF AGASTADA COM DECISÃO

HENRY VOLTOU E MARCOU O GOLO DA VITÓRIA

“Machadada na viabilidade do futebol”

O regresso do mosqueteiro

F

ERNANDO Gomes. presidente da Federação Portuguesa de Futebol (PFP), considera que a decisão do Tribunal do Porto em manter o impedimento por parte da Liga de utilizar publicidade referente à Bwin coloca em causa a sustentabilidade do futebol português. “Diria que a decisão do tribunal, não querendo questionar a sua justeza, é uma machadada forte

na viabilidade e sustentabilidade do futebol português”, diz o antigo presidente da liga, em declarações à Antena 1. Em Setembro do ano passado, o Tribunal das Varas Cíveis do Porto declarou ilegal a actividade da Bwin, uma casa de apostas, em Portugal. A empresa apresentou recurso, indeferido pelo tribunal, pelo que a Bwin terá de retirar toda a sua publicidade e suspender todas as suas actividades no país. “Esta situação pode levar a um decréscimo da receita que estava contratualizada. Do ponto de vista jurídico podem existir razões para o contrato ser resolvido, o que poderá ter reflexos já nesta época, das receitas dos clubes que participaram e participam na Taça da Liga”, afirmou Gomes à Rádio Renascença, relembrando que o valor do patrocínio da Bwin às competições nacionais ascende a 20 milhões de euros.

A

OS 34 anos, o avançado francês voltou ao Arsenal para ajudar o clube a eliminar o Leeds (1-0) da Taça de Inglaterra. O estádio quase veio abaixo. Quando Thierry Henry deixou o Arsenal em 2007, depois de oito gloriosas épocas, era quase maior que o clube mas Barcelona e Nova Iorque (onde joga agora) fizeram dele um jogador diferente, humilde. Na altura, a piada era que na viagem para a Catalunha iriam precisar de um lugar extra na classe executiva para o seu ego. Não agora: num acto de con-

trição apareceu de barba, vestiu a camisola 12 e preparou-se para uma visita de dois meses para ajudar o clube. “É algo importante para mim. Não se esqueçam que sou fã do Arsenal”, afirmou. Os adeptos deliraram. O estádio tremeu quando Henry entrou para o aquecimento. Telemóveis em punho e câmaras ligadas, filmou-se a substituição de Chamakh (68’). Dez minutos depois marcou o golo. O terramoto só acalmou quando Henry e Wenger se abraçaram. No fim, Henry levou as mãos ao céu. Tudo estava expiado. Dono de 226 golos em 370 jogos entre 1999 e 2007 no Arsenal, é o maior goleador da história. Tem uma estátua de bronze no estádio. “O que ele fez por este clube ficará para sempre. Esperamos que ele possa aumentar um pouco mais a sua estátua”, disse Wenger. E aumentou, ajudou a eliminar o Leeds na Taça de Inglaterra (1-0).


FUTEBOL | DJANINY É REFORÇO DO BENFICA

O jovem avançado Djaniny, da União de Leiria, vai mesmo ser jogador do Benfica. A confirmação foi feita por Rui Gomes da Silva, administrador da SAD do Benfica, durante o programa “Dia Seguinte”, da SIC Notícias. Djaniny, cabo-verdiano de 20 anos, está a dar nas vistas esta época na Liga Zon Sagres, onde chegou oriundo do Velense, da Ilha de São Jorge, Açores. O dirigente dos encarnados comentou também a vitória da sua equipa na deslocação à Marinha Grande, onde venceu de forma clara os leirienses: “Não foi passear as camisolas, entendendo que o jogo era para ganhar”.

Bola de Ouro | Capitão da Selecção de Macau não participou na eleição

Quem votou por Geofredo?

posta antes do fecho desta edição. Tentámos ainda o contacto com a AFM, sem sucesso.

Gonçalo Lobo Pinheiro

L

glp@hojemacau.com.mo

IONEL Messi venceu a Bola de Ouro de 2011 apesar de, pelo menos, uma irregularidade ocorrida em Macau. O Hoje Macau achou curioso o voto do capitão da Selecção do Lótus, Geofredo Cheung – votou, por ordem de preferência, em Casillas, Cristiano Ronaldo e Lionel Messi -, e questionou-o. O também jogador do Monte Carlo também achou estranho esse resultado: “Nunca votaria em Iker Casillas.” A situação não belisca a eleição do argentino como melhor jogador do mundo (48% de votos a favor, Cristiano Ronaldo ficou em segundo com 22% e Xavi, em terceiro, com 9%) mas pode vir a criar alguma tensão nas relações entre o organismo máximo do futebol mundial e a Associação de Futebol de Macau (AFM). Geofredo, que é o capitão da Selecção de Macau há três anos, afirmou ao Hoje Macau que nunca votou para a eleição do melhor jogador do mundo. “Não votei agora e não votei desde que sou capitão. Não sei o que diga mais. Se aparece, oficialmente, a minha votação no documento que a Federação Internacional de Futebol Associado (FIFA) disponibiliza isso quer dizer que alguém votou por mim”, esclarece o jogador. O atleta ficou surpreendido com o telefonema do Hoje Macau e sugeriu que tenha havido “aldrabice” durante o processo. “É no mínimo estranho que você tenha ligado para mim a questionar sobre a minha votação para a Bola de Ouro, porque eu nem sabia que tinha se votar nisso.” Se fosse chamado a dar o veredicto, Geofredo votaria sempre por Lionel Messi. “Acho que o Cristiano Ronaldo é um jogador fantástico, mas em 2011 o Messi foi muito melhor. Como tal, a minha votação seria Messi, Ronaldo e Xavi. Jamais votaria em Iker Casillas”, explicou o atleta. De Macau contaram as votações do capitão e do selecionador, Leung Sui Wing, que votou igual a Geofredo. Agora várias questões se colocam: Quem votou por Geofredo? Esta situação ocorreu em mais algum país? Que dirá a FIFA? Contactámos o organismo mas devido à diferença horária para a Suíça não obtivemos qualquer res-

MESSI MOSTRA-SE EXTASIADO POR IGUALAR PLATINI

O internacional argentino de 24 anos igualou o feito do francês Michel Platini ao vencer a Bola de Ouro pelo terceiro ano consecutivo. “É uma grande honra para mim. Quero compartilhar com os meus companheiros, com o treinador e selecção argentina. Quero também compartilhar com o Xavi, que também está aqui nesta gala. É uma honra estar ao teu lado e quero partilhar contigo este prémio”, afirmou Messi. Cristiano Ronaldo ficou em segundo lugar e o espanhol Xavi completou o pódio. De destacar que o português Nani surgiu na 22.ª posição com 0,26% dos votos.

GUARDIOLA É O MELHOR

www.hojemacau.com.mo

15 Prémios FIFA 2011

MELHOR JOGADOR MASCULINO 1.º Lionel Messi 2.º Cristiano Ronaldo 3.º Xavi MELHOR JOGADORA FEMININA 1.º Homare Sawa 2.º Marta 3.º Abby Wambach MELHOR TREINADOR FUTEBOL MASCULINO 1.º Pep Guardiola 2.º Alex Ferguson 3.º José Mourinho MELHOR TREINADOR FUTEBOL FEMININO 1.º Norio Sasaki 2.º Pia Sundhage 3.º Bruno Bini PRÉMIO FAIR-PLAY • Japão MELHOR GOLO • Neymar

O treinador catalão do Barcelona sucede ao português José Mourinho – que ficou em terceiro – e vê o seu trabalho na equipa espanhola devidamente recompensado. Mourinho – tal como Cristiano Ronaldo -, que também estava nomeado pela FIFA juntamente com o escocês Alex Ferguson, acabou por não marcar presença na cerimónia deste ano, alegando o jogo que Real Madrid tem esta terçafeira, diante do Málaga.

Geofredo Cheung

QUARTA-FEIRA 11.1.2012

PRÉMIO PRESIDENCIAL • Alex Ferguson EQUIPA DO ANO • Casillas (Real Madrid); Daniel Alves (Barcelona), Piqué (Barcelona), Vidic (Manchester United) e Sergio Ramos (Real Madrid); Iniesta (Barcelona), Xavi (Barcelona) e Xabi Alonso (Real Madrid); Cristiano Ronaldo (Real Madrid), Rooney (Manchester United) e Messi (Barcelona)

PAVILHÃO DO TAP SEAC ACOLHE PRIMEIRO TORNEIO DA TEMPORADA

Cestos de prata e mãos quentes Marco Carvalho info@hojemacau.com.mo

O

Pavilhão do Tap Seac acolhe ao final da tarde a última ronda da edição de 2012 do Torneio de Prata em Basquetebol, uma prova organizada pela formação do Fukien Basket que traz até Macau equipas com uma ligação sentimental à província continental de Fujian mas oriundas de países e territórios tão díspares como Hong Kong, a Malásia ou a longínqua Roménia. O primeiro grande torneio da nova temporada de basquetebol decorre desde o final da tarde de segunda-feira. A prova abriu com um embate entre o cinco anfitrião e os representantes da comunidade chinesa radicada na

Roménia. A jogar perante o seu próprio público, o cinco do Fukien Basket não comprometeu e brindou o conjunto romeno com uma exibição irrepreensível e com um resultado a todos os níveis esmagador. A formação do território, que durante as duas últimas temporadas contou com o contributo do português Nuno Gomes, assumiu o controlo da partida desde os segundos iniciais e em momento algum viu o seu domínio comprometido. Frente a um adversário notoriamente mais débil, o Fukien Basket não teve dificuldades para colocar em prática o seu melhor jogo, encerrando o placard com um triunfo por 100-37. Bem mais renhido, o outro encontro da primeira jornada da prova colocou frente a frente as formações do Fukien Hong Kong e

do Fukien Malásia. O cinco oriundo do Sudeste Asiático até começou melhor, mas uma resposta fulminante por parte do conjunto da antiga colónia britânica acabou por deitar por terra as esperanças malaias de um triunfo no desafio de estreia. Mais forte na recta final do encontro, o conjunto da RAEHK acabou por levar a melhor na partida pelo parcial de 8780. Ontem, na segunda jornada da edição de 2012 do Torneio de Prata, o cinco do Fukien Macau esgrimiu argumentos com a formação que representa Hong Kong na competição, num desafio que ainda decorria à hora de fecho do Hoje Macau. A formação anfitriã despede-se da prova ao fim da tarde de hoje frente ao Fukien Malásia, num desafio que deverá determinar o nome do vencedor do certame.


PUB.

QUARTA-FEIRA 11.1.2012 www.hojemacau.com.mo

16

ANÚNCIO CONCURSO PÚBLICO PARA OBRA DE REMODELAÇÃO DAS INSTALAÇÕES DO FSS NO 13.O ANDAR A-E,P DO EDIFÍCIO PAK TAK (CHINA CIVIL PLAZA) 1. Entidade que põe a obra a concurso: Fundo de Segurança Social (FSS). 2. Modalidade do concurso: Concurso Público. 3. Local de execução da obra: Alameda Dr. Carlos D’Assumpção no. 249-263, Edifício Pak Tak(Edifício China Civil Plaza) 13.º andar A-E, P. 4. Objecto da empreitada: obra de remodelação interior no local de execução da obra. 5. Prazo máximo de execução: 60 dias (sessenta dias). 6. Prazo de validade das propostas: o prazo de validade das propostas é de 90 dias, a contar da data do acto público do concurso, prorrogável, nos termos previstos no Programa de Concurso. 7. Tipo de empreitada: a empreitada é por série de preços. 8. Caução provisória: MOP60,000.00 (sessenta mil patacas), a prestar mediante depósito em dinheiro, garantia bancária ou seguro caução aprovado nos termos legais. 9. Caução definitiva: 5% do preço total da adjudicação (das importâncias que o empreiteiro tiver a receber, em cada um dos pagamentos parciais são deduzidos 5% para garantia do contrato, para reforço da caução definitiva a prestar). 10. Preço base: não há. 11. Condições de admissão: serão admitidas como concorrentes as entidades inscritas na Direcção dos Serviços de Solos, Obras Públicas e Transportes para execução de obras, bem como as que à data do concurso tenham requerido a sua inscrição, neste último caso a admissão é condicionada ao deferimento do pedido de inscrição. 12. Local, dia e hora limite para entrega das propostas: Local: Divisão Administrativa e Financeira do FSS, sito na Rua Eduardo Marques, n.º 2 a 6, 1.º andar, Macau. Dia e hora limite: 15 de Fevereiro de 2012 (quarta-feira), até às 12:00 horas. 13. Local, dia e hora do acto público: Local: Sala de reuniões do FSS, sito na Rua Eduardo Marques, n.º2 a 6, garagem, Macau. Dia e hora: 16 de Fevereiro de 2012 (quinta-feira), pelas 09:30 horas. Os concorrentes ou seus representantes deverão estar presentes ao acto público de abertura de propostas para os efeitos previstos no artigo 80.º do Decreto-Lei n.º 74/99/M, e para esclarecer as eventuais dúvidas relativas aos documentos apresentados no concurso. 14. Local, dia, hora e preço para obtenção da cópia e exame do processo: Local: Divisão Administrativa e Financeira do FSS, sito na Rua Eduardo Marques, n.º2 a 6, 1.º andar, Macau. Hora: durante o horário de expediente (das 9:00 às 12:45 horas e das 14:30 às 17:00 horas). Preço: MOP300,00 (trezentas patacas). 15. Critérios de apreciação das propostas e respectivos factores de ponderação: - Preço razoável: 60%; - Plano de trabalhos: 15%; - Experiência e qualidade em obras semelhantes: 20%. - Registo comprovativo de que os sócios da sociedade concorrente ou o próprio concorrente não tenham sido sentenciados pelo tribunal ou órgão administrativo, de terem empregado trabalhadores ilegais, contratado trabalhadores para o exercício de funções fora da empreitada ou não autorizados nos últimos cinco anos: 5%. 16. Documentos adicionais de esclarecimento: Os concorrentes deverão comparecer na Divisão Administrativa e Financeira do FSS, sito na Rua Eduardo Marques, n.º2 a 6, 1.º andar, Macau, a partir de 30 de Janeiro de 2012 até à data limite para a entrega das propostas, para tomar conhecimento de eventuais esclarecimentos adicionais.

Fundo de Segurança Social, aos 04 de Janeiro de 2012.

O Presidente do Conselho de Administração, Ip Peng Kin.

DIRECÇÃO DOS SERVIÇOS DE FINANÇAS EDITAL DECLARAÇÃO DE RENDIMENTOS DO IMPOSTO PROFISSIONAL RESPEITANTE AO EXERCÍCIO DE 2011 1. Em conformidade com o disposto no artigo 10.º, n.º 1 do Regulamento do Imposto Profissional, avisam-se todos os contribuintes do 1.º Grupo (assalariados e empregados por conta de outrem) e do 2.º Grupo (profissões liberais e técnicas) – sem contabilidade devidamente organizada – do referido imposto, que deverão entregar, durante os meses de Janeiro e Fevereiro de 2012, na Repartição de Finanças de Macau, em duplicado, uma declaração de rendimentos, conforme o modelo M/5, de todos os rendimentos do trabalho por eles recebidos ou postos à sua disposição no ano antecedente. 2. Ficam dispensados da apresentação da referida declaração os contribuintes do 1.º Grupo cujas remunerações provenham de uma única entidade pagadora. 3. Os contribuintes do 2.º Grupo (profissões liberais e técnicas) – com contabilidade devidamente organizada conforme n.º 1 do artigo 11.º do mesmo Regulamento – deverão entregar, a partir de 1 de Janeiro até 15 de Abril de 2012, na Repartição de Finanças de Macau, uma declaração de rendimentos, conforme o modelo M/5 e o Anexo A, em duplicado, juntamente com os seguintes documentos: a) Balanços de verificação ou balancetes progressivos do razão geral, antes e depois dos lançamentos de rectificação ou regularização e de apuramento dos resultados do exercício; b) Mapa modelo M/3 de depreciações e amortizações dos activos fixos tangíveis e intangíveis e mapa modelo M/3A da discriminação dos elementos alienados a título oneroso e dos abatidos a que se refere a alínea d) do n.º 1 do artigo 13.º do Regulamento do Imposto Complementar de Rendimentos; c) Mapa modelo M/4 do movimento das previsões a que se refere a alínea e) do n.º 1 do artigo 13.º do Regulamento do Imposto Complementar de Rendimentos. 4. Todas as entidades patronais deverão entregar nos meses de Janeiro e Fevereiro de 2012, na Repartição de Finanças de Macau, uma relação nominal, em duplicado, conforme o modelo M3/M4, dos as salariados ou empregados a quem, no ano anterior, hajam pago ou atribuído qualquer remuneração ou rendimento. 5. Conforme o Regulamento do Imposto Profissional, a falta da entrega da declaração de rendimentos e das relações nominais dos empregados ou assalariados, ou a inexactidão dos seus elementos, será punida com a multa de 500,00 a 5.000,00 patacas. 6. Os impressos da declaração e das relações nominais são disponíveis no Núcleo do Imposto Profissional do Edifício de Finanças, no Centro de Atendimento Taipa e no Centro de Serviços da RAEM. Aos 14 de Dezembro de 2011. A Directora dos Serviços,

Vitória da Conceição


Cineteatro | PUB SALA 1

LAUGHING GOR TURNING POINT 2 [C]

Um filme de: Herman Yau Com: Michael Tse, Francies Ng, Chapman To 14.30, 16.15, 18.00, 21.45

THE TWILIGHT SAGA BREAKING DAWN PART1 [C]

Um filme de: Bill Condon Com: Kristen Stewart, Robert Pattinson, Taylor Lautner 19.45 SALA 2

THE AWAKENING [C] Um filme de: Nick Murphy

[ ] Cinema

[f]utilidades QUARTA-FEIRA 11.1.2012 www.hojemacau.com.mo

17

Com: Rebecca Hall, Dominic Wes 14.30, 16.30, 19.30, 21.30 SALA 3

NEW YEAR’S EVE [B] Um filme de: Garry Marshall Com: Halle Berry, Jessica Biel, JonBon Jovi 14.30, 16.45, 19.15

SHERLOCK HOLMES A GAME OF SHADOWS [B]

Aqui há gato

Um filme de: Guy Ritche Com: Robert Downey Jr., Jude Law, Noomi Rapace 21.30

VERTICAIS: 1-Guitarra russa. 2-Entusiástico, exaltado. 3-Lâmina pequena; Que não está podre nem estragado. 4-Pedra de altar; Armadilha para apanhar coelhos. 5-Dificuldade; Acto ou efeito de premeditar um crime sem que este cheque a ser praticado. 6-Catedral; Espécie de cegonha pequena. 7-Jarro (planta); Acrescentara. 8-Salve! (interj.); Aquele de que se fala; Extraterrestre (abrev.). 9-Instante; União da preposição a com o artigo o; Carta de jogar. 10-Guardar silêncio; Assistir. 11-Charruas; Face.

SOLUÇÕES DO PROBLEMA

Su doku [ ] Cruzadas

HORIZONTAIS: 1-Emblema da justiça; Fedor. 2-Aracnídeo de dimensões muito reduzidas; Cortar cerce. 3-Ruminante da América do Sul; Agulha de sapateiro. 4-Ice; Cério (s.q.); No ano do Senhor (abvev. lat.). 5-Nome científico do joio; Pequena argola. 6-Da natureza da aranha. 7-Anadava para lá; Desembaraçado. 8-Corpo Diplomático (abrev.); Inflamação do ouvido (pl.). 9-A eles; Espécie de calçado (ant.); Primeira mulher, Segundo a Bíblia. 10-Suspiro; Conter. 11-Insignificância; Abertura por onde o vulção expele a lava.

[Tele]visão TDM 13:01 13:30 14:30 18:30 19:00 19:30 20:30 21:00 21:30 22:15 23:00 23:35 01:00 01:30

TDM News - Repetição Jornal das 24h RTPi DIRECTO That 70\’s Show (Que Loucura de Família) TDM Entrevista (Repetição) Amanhecer Telejornal Olhar Macau Brothers and Sisters (Irmãos e Irmãs) Passione TDM News A Falha Telejornal (Repetição) RTPi DIRECTO INFORMAÇÃO TDM

RTPi 82 14:00 Telejornal Madeira 14:30 Rumos 15:00 Relatório e Contas – Best Of 16:00 Bom Dia Portugal 17:00 O Elo Mais Fraco 17:45 Resistirei 18:45 Trio D’Ataque 20:00 Jornal Da Tarde 21:15 O Preço Certo 22:00 Alta Pressão 23:00 Portugal no Coração ESPN 30 13:00 (Delay) Argentina Chile Peru Dakar Rally 2012 Day 8 13:30 2011 Remax World Long Drive Championship 15:00 Len European Short Course Swimming Championships 17:00 The Football Review 17:30 Big Ten Conference Basketball Ohio State vs. Illinois 19:30 (LIVE) Sportscenter Asia 2012 20:00 Geico PBA Team Shootout 20:30 Global Football 2011 21:00 The Football Review 21:30 Argentina Chile Peru Dakar Rally 2012 Day 8 22:00 Sportscenter Asia 2012

22:30 23:00 23:30

Global Football 2011 Geico PBA Team Shootout The Football Review

STAR SPORTS 31 13:00 Game 13:30 FEI Equestrian World 14:00 Australian Open Classic Match 2007 16:00 Max Power 2012/13 17:00 FA Cup 2011/12 Swindon Town vs. Wigan Athletic 19:00 FA Cup 2011/12 Bristol Rovers vs. Aston Villa 20:00 Goal! - FA Cup 2011/12 20:30 Motorsports@Petronas 2011 21:00 When The Games Begin 21:30 (LIVE) Score Tonight 2012 22:00 F1 Classics - 2002 Austrian Grand Prix 23:00 Australian Open Tennis 2008 Official Film FOX MOVIES 40 12:10 Tangled 13:55 Bewitched 15:40 Chain Reaction 17:30 It’s A Wonderful Afterlife 19:15 X-Men: The Last Stand 21:00 The A-Team 23:15 Hancock 00:55 500 Days Of Summer HBO 41 12:00 13:40 15:25 17:20 19:45 22:00 00:25

Harley Davidson And The Marlboro Man Something To Talk About Blue Chips Free Willy Syriana Godzilla Harley Davidson And The Marlboro Man

CINEMAX 42 11:15 13:30 16:00 18:00 19:30 20:05 22:00 00:15

Star Trek Inglourious Basterds Stalag 17 The Kiss Of The Vampire Hollywood Buzz 49 Boardwalk Empire Scarface Star Trek

HORIZONTAIS: 1-Balança; Aca. 2-Ácaro; Rapar. 3-Lama; Sovela. 4-Ale; Ce; AD. Lólio; Aro. 6-Aracnídeo. 7-Ia; Hábil. 8-CD; Otiles. 9-Aos; Osa; Eva. 10-Ai; Reter. 11-Avo; Cratera. VERTICAIS: 1-Balalaica. 2-Acalorado. 3-Lamela; São. 4-Ara; Ichó. 5-Nó; Conato. 6-Sé; Íbis. 7-Aro; Aditara. 8-Ave; Ele; ET> 9-Ape; Ao; Sete. 10-Calar; Ver. 11-Arados; Cara.

À VENDA NA LIVRARIA PORTUGUESA ANA VIEIRA : E O QUE NÃO É VISTO • Jorge Silva Melo

É insólito o lugar de Ana Vieira na arte portuguesa: trabalhando o rasto, a sombra, a passagem da luz (ou dos corpos?), o reflexo, a sobreposição, a pegada, a memória ou a planificação do futuro, a sua arte raia o invisível. E questiona o lugar da arte - e do espectador, colocado sempre “de fora” ou com a consciência do “off”. Pois não é Ana Vieira que diz “o que me interessa mais neste momento é o que não é dito e o que não é visto”?

LOURDES CASTRO - PELAS SOMBRAS • Catarina Mourão

REGRAS |

Insira algarismos nos quadrados de forma a que cada linha, coluna e caixa de 3X3 contenha os dígitos de 1 a 9 sem repetição SOLUÇÃO DO PROBLEMA DO DIA ANTERIOR

Vem ver a pintura que estou a fazer. Um bocado grande, não cabe em museu nenhum. E tão pequena, tão pequenina que todos que passam por aqui nem dão por isso. Uma tela com forma esquisita. O que vale é que não é preciso esticá-la. Por si só, ela está sempre pronta a receber pinceladas, ventos, estações, chuva, sol....”Quando eu tinha catorze anos levaram-me a ver um teatro de sombras. Chamava-se Linha do Horizonte e revelava o dia-a-dia de uma mulher, através de sombras projectadas num lençol branco.Essa experiência marcou-me profundamente”. Lourdes Castro ficou conhecida como a artista que se ocupa de sombras.

HELENA ALMEIDA: PINTURA HABITADA • Joana Ascensão

Filme sobre o trabalho de Helena Almeida, artista plástica que, desde o final dos anos 60, tem desenvolvido uma obra na qual explora os limites da auto-representação e as fronteiras dos diferentes meios que utiliza, sejam eles a pintura, o desenho, a fotografia ou o vídeo. Pintura Habitada centra-se nas várias fases e elementos envolvidos no elaborado processo criativo através do qual Helena Almeida constrói os seus trabalhos, desde os primeiros estudos à exposição das obras acabadas. RUA DE S. DOMINGOS 16-18 • TEL: +853 28566442 | 28515915 • FAX: +853 28378014 • MAIL@LIVRARIAPORTUGUESA.NET

A MODA DEMASIADO “PRÊT-A-PORTER” DE MACAU Eu sei que por estes dias tem estado frio, mas mesmo um gato como eu tem de se fazer à vida e andar por aí a ver cenas. Uma das coisas que me despertou a atenção outro dia foi a forma como as pessoas andam vestidas cá no sítio. Por entre chineladas nos pés da comunidade chinesa residente ou combinações de padrões que não lembram ao diabo dos que vêm do Continente, não sei o que é pior. Mas como ainda estamos em Janeiro e as coisas de 2011 ainda estão muito fresquinhas na minha memória, lembrei-me de uns eventos de moda que têm ocorrido aqui em Macau. Trouxeram os melhores estilistas da Ásia a um evento chamado “Grand Slam”, no City of Dreams. À entrada do dito hotel\casino já estavam vestidos de noite expostos, muito bonitos e brilhantes, e muitas pessoas tiravam fotografias, maravilhadas. Depois, o desfile foi cheio de brilho e de gente gira. Tanto que até convidaram uma tal de supermodelo japonesa, que também era bastante crescida. Depois, no Albergue SCM, convidaram o menino terrível (desculpem lá ter traduzido) da moda portuguesa, o senhor Dino Alves, uma estilista do país do samba, de Angola... estive lá e também me fartei de ver gente gira enquanto bebia cerveja à pala. Pegando nestas duas ideias, não consigo juntá-las. Se calhar sou eu que já não consigo usar bem esta cabecinha cheia de pêlo. Mas numa região que quer ser cosmopolita, internacional e toda “prá frentex”, como Hong Kong ou outras cidades europeias, não consegue trazer isso para a rua. Por mais eventos que se façam (e aqui já não falo apenas de moda), Macau está longe de ser cosmopolita. Não sei porque será, falta-lhe algo que eu não sei o que é. Tudo é demasiado “prêt-aporter”. Pu Yi


QUARTA-FEIRA 11.1.2012 www.hojemacau.com.mo

18

OPINIÃO a p a l i ça d a Correia Marques

E se ...?! Diz que deu, diz que dá, dis que Deus dará, não vou duvidar, ô nega. E se Deus negar, eu vou me indignar e chegar. Chico Buarque, estribilho da canção “ Partido alto”.

D

ESDE Agosto ou Setembro do ano passado que suspendi a minha participação nas páginas deste jornal, e fi-lo por duas ordens de razões: primeiro porque sentia que pouco ou nada mais tinha para dizer, segundo porque o comodismo, se apossara de mim. Isto porque “Deus me deu muita saudade/e muita preguiça”. A vida é assim mesmo, feita de intermitências! Quando, já lá vão mais de sete anos, iniciei a minha colaboração com o “Hoje Macau” escolhi como título genérico das mesmas: “A paliçada”. Paliçada que é uma barreira de estacas, para defesa de um reduto. Estou de volta, porque o ato de escrever, mesmo que ninguém me leia, traduz as minhas estacas, as minhas escoras e as minhas âncoras, ou seja, a minha arma contra o desânimo e contra o conformismo. Mas constitui também, muitas vezes, um

ca r t o o n por Steff

árduo exercício de ponderação dos assuntos abordados e de medição das palavras usadas, sobretudo quando escrevo sobre Macau, porquanto penso que não se deve querer ter, ao mesmo tempo, sol na eira e chuva no nabal.Ainda assim, acreditem (se quiserem) não escrevo nada que não sinta ou que não pense, embora não escreva tudo o que sinto ou o que penso.

“Navegamos por mares desconhecidos, sem bússola, sem cartas de navegar, sem (o nosso) sextante, sem rumo. E nem sequer sabemos quais os instrumentos que devemos usar para acertar a rota. Estamos à deriva, desconcertados e desorientados” Sei que não vou mudar o mundo. Mas sei, igualmente, que chegámos onde chegámos, também, pelo silêncio e pelo alheamento das pessoas de bem. O que busco é, hoje, muito simples, mas nem sempre fácil de conseguir, isto é, que o mundo me não mude a mim!

Isto porque sinto (ou pressinto) que entrámos numa fase nova da História em que ninguém, por mais bandarra que seja, consegue prever ou definir o que será o Mundo que nos espera. As primaveras de protesto derrubam ditadores, mas o que se seguirá? Até quando o crescente fosso entre um escasso número de desmesuradamente e ostensivamente ricos e uma miríade daqueles que nada têm pode subsistir sem dar lugar à revolta? Até quando a promiscuidade entre finanças e governos, levada ao extermo de ser o mundo das finanças a impor primeiros ministros não sufragados pelo voto em países como a Grécia (ironia do destino, o berço da democracia!) ou a Itália? E o que virá a seguir? É que, para mim, a democracia (e o que é a democracia?) não é um bem dado como definitivamente adquirido. Navegamos por mares desconhecidos, sem bússola, sem cartas de navegar, sem (o nosso) sextante, sem rumo. E nem sequer sabemos quais os instrumentos que devemos usar para acertar a rota. Estamos à deriva, desconcertados e desorientados. E, quando alguém nos anuncia uma luz ao fundo do túnel, desconfiamos, com razão, se não será a lâmpada de Aladino e se, atrás dele, não virá Ali-Babá e mais quarenta ladrões? É este o mundo cão em que vivemos, mas

ANWAR IBRAHIM ABSOLVIDO DO CRIME DE SODOMIA

“Um mundo melhor será aquele onde se proíba menos e se eduque mais. Um mundo onde seja cada vez menos necessário proibir. Para mim que me fiz homem no tempo e nos ideais do Maio de 1968, um mundo onde seja proibido proibir. Utopia, eu sei, mas que venham os sonhos bons que de pesadelos estamos fartos” não existe outro. A todos nós, que temos o privilégio de estar vivos, cumpre-nos viver a vida e, se possível, contribuir para um mundo melhor. E um mundo melhor não é um mundo de silêncio, onde tudo seja proibido; onde cada um dos nossos passos esteja sujeito a vigilância eletrónica; onde os comportamentos sejam uniformizados (porque cada ser humano é um ser único, na sua individualidade); um mundo onde se ministre instrução militar às crianças ou haja crianças soldados; ou um mundo onde, em nome da ganância especulativa, se destrua o equilíbrio da mãe natureza, subsittuindo-o pelo betão e pelo cimento onde se encaixotam, de forma impessoal, pessoas como se fossem resmas de papel. Um mundo melhor será aquele onde se proíba menos e se eduque mais. Um mundo onde seja cada vez menos necessário proibir. Para mim que me fiz homem no tempo e nos ideais do Maio de 1968, um mundo onde seja proibido proibir. Utopia, eu sei, mas que venham os sonhos bons que de pesadelos estamos fartos. P.S.D: “Jesus Cristo ainda me paga/um dia ainda me explica/como é que pôs no mundo/essa pobre coisica”, chamada Passos Coelho que depressa se esqueceu de todas as promessas eleitorais e se atreve a sugerir aos portugueses a emigração como forma de fugir da miséria. Por mim, que já por aqui estou há longo tempo, por aqui me fico, bem obrigado. Só me custa ter de, ainda, mensalmente, remeter dinheiro que contribui para ele e a sua trupe continuarem a esbanjar à tripa-forra em prebendas para os políticos, subsídios à banca e empregos para os amigos e correligionários, como a imprensa nos relata. E se todos os emigrantes deixassem de enviar dinheiro para Portugal, seria que o “nosso primeiro” e o maquiavélico Relvas ainda aconselhariam os jovens a emigrarem? Olho para o meu país e constato que afinal algo mudou: as moscas.


Ciclone

Turistas na praia da Tailândia lembram as lagartixas nas pedras vulcânicas do Pico, em dia de sol. Por Fernando

QUARTA-FEIRA 11.1.2012 www.hojemacau.com.mo

19 d i scu r so d i r ect o Vanessa Amaro*

Na terra das facilidades Q

UANDO eu era pequena e me perguntavam o que eu queria ser quando crescesse, tinha sempre uma resposta na ponta da língua. Comissária de bordo, assistente de palco do programa da Xuxa, professora, patinadora, oceanógrafa, repórter... Os tempos mudam, os anseios evoluem e hoje quando pergunto aos meus alunos o que querem fazer da vida, ouço sempre a mesma resposta: trabalhar para o Governo. Aliás, “trabalhar para o Governo” pode já ser considerado por si só uma nova profissão da moderna Macau. Não importa no quê, só importa é trabalhar não “para”, mas “no” Governo. No primeiro dia de aulas de uma turma do primeiro ano da licenciatura em Comunicação, perguntei aos estudantes o porquê da escolha do curso. “Porque sou tímida”, “Porque quero aprender inglês” foram algumas das respostas, mas ninguém conseguiu derrotar a primeira opção: “Quero tirar um curso que seja fácil de passar para ter um diploma e candidatar-me a qualquer coisa no Governo”. Os jovens de Macau têm razão. Trabalhar “no” Governo é ganhar a lotaria às prestações. Pouca dor de cabeça, um horário certinho para cumprir, bom salário a pingar no fim do mês, 22 dias úteis de férias, 14 salários por ano, subsídios para tudo. E eles bem têm

tentado entrar à força nessa máquina que já conta com 25 mil cabeças. Constantemente, alguns alunos pedem dispensa da aula para fazer provas de um concurso público qualquer. Não interessa a área: oficial de justiça, chefe de departamento, oficial na polícia, técnicos informáticos. Vale tudo para dar o salto na vida. O Governo para os jovens de Macau é uma espécie de Deus palpável, que lhes envia um cheque uma vez por ano e que os ajuda a comprar uma mota ou um telemóvel novo. Para quê questionar o que está bem? A vida política não lhes interessa minimamente. Para eles tanto faz quem seja o Chefe do Executivo, quantos deputados eleitos directamente estão na Assembleia Legislativa e se algum dia isso vai mudar. Política para os jovens é saber quando o Governo vai abrir mais vagas de emprego na Administração ou quando vão fazer uma lei para acabar com as multas das motas estacionadas em lugares impróprios. O Executivo tem organizado palestra atrás de palestra para tentar captar a opinião da população sobre o desenvolvimento do sistema político. Durante todo o ano passado, a secretária para a Administração e Justiça, Florinda Chan, repetiu que não havia consenso sobre a matéria e que a população

ainda não estava preparada para dar tal passo. Levantaram-se vozes a pedir uma grande auscultação pública e um primeiro passo do Governo.

Se depender dos jovens de Macau, as coisas estão bem como estão. Não contem com nenhum ideal revolucionário. Eles foram educados a ouvir e nunca questionar. Não tiveram tempo, nem a mínima motivação, para formar uma opinião sobre o sistema político de Macau Se depender dos jovens de Macau, as coisas estão bem como estão. Não contem com nenhum ideal revolucionário. Eles foram educados a ouvir e nunca questionar. Não tiveram tempo, nem a mínima motivação, para formar uma opinião sobre o sistema político de Macau. Ninguém lhes explicou o que é uma democracia plena, o que é um sufrágio universal e como isso se aplica às suas vidas na prática. Sabem que a RAEM é uma tal coisa de “um país, dois sistemas”,

mas não conseguem explicar o que isso verdadeiramente significa. Não sabem o que é o primeiro e tão pouco o que é o segundo. Quando perguntei numa aula o que iam opinar sobre uma eventual reforma política, fez-se silêncio. Chamei-os pelos nomes e pressionei uma resposta. “Não sei... Acho que não vou dar nenhuma opinião, porque não sei bem o que isso é”, foram respondendo um a um. Alguém falhou em fazer o dever de casa. Ninguém nunca lhes disse que a política rege as suas vidas e influencia os seus futuros. Ninguém nunca lhes explicou que há uma Lei Básica que é fundamental para a defesa dos seus direitos. E quem não a conhece, está em grande desvantagem. Para eles, política é um ser tão abstracto como o monstro que vivia debaixo da cama na altura em que eram crianças. “E se vocês fossem políticos, o que faziam por Macau?” Ah, aí sim choveram respostas. “Abria mais concursos públicos para os jovens”, “Aumentava o valor do cheque de ajuda de comparticipação pecuniária”, “Construía casas baratas para os que nasceram em Macau” ou “Mandava fazer um parque da Hello Kitty.” Vamos avante.... * Jornalista e professora universitária

Propriedade Fábrica de Notícias, Lda Director Carlos Morais José Redacção Andreia Sofia Silva; Gonçalo Lobo Pinheiro; Joana Freitas; José C. Mendes; Nuno G. Pereira; Virginia Leung Colaboradores António Falcão; António Graça de Abreu; Carlos Picassinos; Hugo Pinto; Marco Carvalho; Maria João Belchior (Pequim); Michel Reis; Rui Cascais; Sérgio Fonseca; Tiago Quadros; Vanessa Amaro Colunistas Arnaldo Gonçalves; Carlos M. Cordeiro; Boi Luxo; Correia Marques; Hélder Fernando; Jorge Rodrigues Simão; José I. Duarte, José Pereira Coutinho, Marinho de Bastos; Paul Chan Wai Chi; Pedro Correia; Peng Zhonglian Cartoonista Steph Grafismo Catarina Lau; Paulo Borges Ilustração Rui Rasquinho Agências Lusa; Xinhua Fotografia António Falcão, Gonçalo Lobo Pinheiro; Lusa; GCS; Xinhua Secretária de redacção e Publicidade Laurentina Silva (publicidade@hojemacau.com.mo) Assistente de marketing Vincent Vong Impressão Tipografia Welfare Morada Calçada de Santo Agostinho, n.º 19, Centro Comercial Nam Yue, 6.º andar A, Macau Telefone 28752401 Fax 28752405 e-mail info@hojemacau.com.mo Sítio www.hojemacau.com.mo


QUARTA-FEIRA 11.1.2012 www.hojemacau.com.mo

BANCO FAZ DÁDIVA A QUEM MAIS PRECISA

BNU doou um milhão

A

cooperação já existe desde os tempos da passagem de soberania do território para a China, e este ano o ritual voltou a repetir-se - o Banco Nacional Ultramarino (BNU) doou ontem MOP um milhão à associação Tung Sin Tong, que apoia pessoas com dificuldades económicas em Macau. A verba resultou de 1% das receitas conseguidas com o “cartão de afinidade”, um cartão de crédito lançado em 1999 graças a um protocolo entre o BNU e a instituição. Segundo dados avançados por Pedro Cardoso, presidente da Comissão Executiva desta entidade bancária, foram obtidas MOP 100 milhões com as vendas do cartão. Desta forma, foi dado à associação Tung Sin Tong “um cheque de um milhão de patacas que se destinará a ser utilizado

integralmente no apoio que esta organização já dá aos mais desfavorecidos em Macau”, referiu o mesmo responsável. Desde 1999, o apoio já chegou às MOP 4,5 milhões. Chui Sai Peng, presidente da Tung Sin Tong, explicou que a verba recebida vai servir para o apoio aos mais velhos e na construção de um novo centro de dia para crianças na zona da Areia Preta, projecto que poderá estar concluído ainda este ano. O apoio foi considerado “necessário” por Pedro Cardoso. “Mesmo as economias mais desenvolvidas, como é o caso de Macau, têm sempre franjas da população que devem ser apoiadas e esse apoio deve ser realizado por todos, pelo Governo e pela sociedade civil, na qual o BNU se insere.”

CHINA NIKE CONSTRÓI SEDE EM XANGAI A Nike, o maior fornecedor de roupa e materiais desportivos, vai construir uma nova sede em Xangai. A empresa americana disse que iria construir um campus de cerca de 600 mil metros quadrados para os seus empregados. “O novo campus permitirá aumentar e expandir as nossas instalações, assim como melhorar as capacidades da Nike ao juntar todos os seus funcionários de Xangai num único espaço”, referiu Craig Cheek, vice-presidente da empresa na China. ÍNDIA MAIS TÚNEIS NA FRONTEIRA COM CHINA O governo indiano planeia construir mais dois túneis nas suas fronteiras com a China e o Paquistão. Fontes oficiais indianas declaram que os túneis não terão apenas uso militar, em possíveis escaramuças com os seus vizinhos, mas que também serão de grande utilidade no transporte de civis. Além destes dois túneis de 89km de comprimento, Nova Deli planeia a construção de outros nove em Caxemira e Sikkim. HONG KONG DOLCE&GABBANA ORIGINA PROTESTO Quase duas mil pessoas protestaram esta semana em frente da loja Dolce &Gabanna de Hong Kong, após um segurança ter proibido um transeunte de tirar fotografias em frente da loja no início do mês. O facto espalhouse rapidamente pela internet e no domingo a polícia teve de acorrer para manter ao ordem entre os manifestantes que protestavam em frente à loja da conhecida marca. “Querem impedir-nos de tirar fotografias num espaço público, tenham vergonha”, exclamou um dos manifestantes.

PUB


Hoje Macau 11 JAN 2012 #2528