Issuu on Google+

PUB

AGÊNCIA COMERCIAL PICO • 28721006

PUB

MOP$10

DIRECTOR CARLOS MORAIS JOSÉ • TERÇA-FEIRA 10 DE JANEIRO DE 2012 • ANO XI • Nº 2527

Ter para ler

TEMPO MUITO NUBLADO MIN 11 MAX 19 HUMIDADE 55-85% • CÂMBIOS EURO 10.2 BAHT 0.2 YUAN 1.2

AIR MACAU

AUMENTO DA BANDEIRADA

GOVERNO TENTA NÃO PASSAR DOS 10% MAS TAXISTAS DISCORDAM Página 6

AGORA POLÉMICA É AO CONTRÁRIO

ESCRITORES CHINESES PROCESSAM APPLE Página 3

PILOTO FALTA AO TRABALHO E FOGE PARA O MÉDIO ORIENTE Página 7

Mais de 80% da população tem medo dos produtos alimentares

Angústia ao jantar Estudo governamental diz que 80,4%dos chineses estão preocupados com uso de pesticidas, óleos reciclados e animais doentes na produção alimentar. Wen Jiabao já tinha falado em “nível alarmante nas falhas da segurança alimentar”, mas não há registos de melhorias. PÁGINA 3


ACTUAL

TERÇA-FEIRA 10.1.2012 www.hojemacau.com.mo

2

Relatório revela exigências das mulheres chinesas para casar

Mostra-me a carteira primeiro

JAPÃO GOVERNO INSTALA SISTEMA PARA DETECTAR TSUNAMIS O governo japonês vai instalar em Março de 2013, no fundo do mar da costa leste do país, um sistema de detecção de tsunamis, informou ontem a televisão pública NHK. Serão instalados sismómetros e detectores de tsunamis subaquáticos na península Boso e na costa de Sanriku, onde se encontram as zonas mais devastadas pelo sismo e tsunami de 11 de março de 2011. PESCADORES NORTE-COREANOS DEVOLVIDOS AO PAÍS Os governos do Japão e da Coreia do Norte acordaram ontem o regresso dos três pescadores norte-coreanos que alcançaram sexta-feira a costa ocidental japonesa após vários dias à deriva ao seu país de origem. Os pescadores, que deverão hoje regressar à Coreia do Norte via Pequim, garantiram que a sua intenção não era desertar do regime comunista, tendo pedido para regressar ao seu país de origem, de acordo com a agência noticiosa japonesa Kyodo. FILIPINAS EXPLOSÃO FERE MAIS DE 76 EM PROCISSÃO Pelo menos 76 pessoas ficaram ontem feridas na sequência de tumultos ocorridos no início de uma procissão em Manila, realizada sob fortes medidas de segurança, devido à ameaça de bomba revelada domingo pelo presidente Benigno Aquino. O incidente ocorreu quando os fiéis procuraram aproximar-se da imagem de Nazareno Negro, depois da missa. Fontes da Cruz Vermelha indicam que 33 pessoas sofreram ligeiros ferimentos.

S

EGUNDO um inquérito recentemente apresentado pelo Ministério dos Assuntos Sociais da China, dinheiro e casa própria são as principais condições que as mulheres chinesas exigem num homem para se casarem com ele. O inquérito elaborado pelo Ministério, em conjunto com o website de encontros Baihe, questionou 50.384 pessoas sobre a sua vida amorosa. Cerca de 92% das mulheres inquiridas referiram um “rendimento estável”

do noivo como a principal condição para se casarem e quase 70% concordam que ele deve possuir casa própria antes de pensar na boda. Entre os homens, 40% afirmaram que não dividiriam a posse da habitação com as mulheres, no caso de ter sido adquirida com o seu próprio dinheiro, enquanto que quase metade das mulheres disseram que o pagamento da casa tem de estar a cargo do homem.

A PAIXÃO TEM UM PREÇO

Dois quintos das mulheres

afirmaram que não se apaixonariam por um homem que ganhasse menos de MOP 5 mil, um aumento de 10% em relação a outro inquérito, efectuado em Agosto do ano passado, e mais de um quarto declarou que o salário mínimo aceitável para um futuro marido é de cerca de MOP 12mil. No que diz respeito à idade certa para assumir uma união, quase 50% dos inquiridos responderam que para um homem seria entre os 28 e os 30 anos, enquanto 60% declarou que as

mulheres deveriam contrair matrimónio entre os 25 e os 27 anos de idade. Os “casamentos relâmpago” (entre indivíduos que se conhecem apenas há uns meses), assim como os divórcios, também não param de aumentar. As separações, entretanto, cresceram 12%, quando comparadas com os números do ano passado. Também 50% dos inquiridos declarou que tinha amigos que se casaram pouco tempo depois de se conhecerem, enquanto 21,7% revelaram conhecer casais

cuja união não durou mais de seis meses. Fan Aiguo, Secretário Chefe da Associação do Casamento e Estudos Familiares declarou que a sociedade chinesa tem-se vindo a tornar mais tolerante face a uma grande variedade de matérias, como o divórcio ou os casamentos secretos, mas acrescentou que a falta de harmonia tenderá a aumentar se as pessoas encararem o casamento e o divórcio de forma ligeira. “Temos de reforçar os valores éticos na educação dos mais jovens.”

UMA PAIXÃO QUE NASCEU MUITO CEDO

Casamento começou num funeral U

MA jovem de Nanquim, de 24 anos, casou finalmente com o seu amor de infância. Tudo começou quando a rapariga tinha apenas dois anos e, durante um funeral, espontaneamente deu a mão àquele que viria a ser seu marido. Apesar de os comentários sobre a condição social do rapaz, que não se equipara à da rapariga, oriunda duma família abastada, Zue Yuan diz-se uma mulher sortuda, nada preocupada com o facto de o marido não ter meios para adquirir carro ou casa. Pelo contrário, sente-se feliz por finalmente ter casado com aquele que era o seu “noivo” desde a mais tenra idade. As famílias de Zue e do marido, Wang Yu, são de cidades diferentes, Nanquim e Guangdong, respectivamente, e estiveram sem contacto durante cerca de 20 anos. Foi apenas

em 2009 que o pai de Zue conseguiu descobrir o rasto do futuro genro, através de um amigo comum. A história está na internet e tem comovido muitos cibernautas. “Numa era em que as pessoas preferem chorar dentro do BMW, em vez de rir a andar de bicicleta, esta história de amor é comovente”, comenta um deles. O “caso” teve início em 1990, quando o pai deWang Yu levou a família de Guangdong até Nanjing para assistir ao funeral da avó de Zue. Em décadas anteriores, o pai de Wang, soldado em Nanquim, foi ferido com gravidade e abandonado à sua sorte. Acabou por ser descoberto pela avó de Zue que o tratou , resgatando-o da morte. O pai de Wang nunca esqueceu este acontecimento e acabou por reconhecer a sua salvadora como sua madrinha. As duas famílias acabaram por se tornar próximas desde então. Durante o funeral da avó, as duas crianças tornaram-se inseparáveis, brincando como irmãos. “Porque é que não os casamos quando crescerem?”, comentou o pai de Wang na altura. Em 2009, o pai de Zue encontrou finalmente Wang Yu, que é agora oficial de policia, através de um amigo comum. Zue e Wang passaram os últimos dois anos a namorar e trocar mensagens, até que finalmente consumaram o noivado em Outubro passado.

ANÚNCIO PUBLICADO NA REDE SOCIAL RENREN

As 15 condições para ser marido “M

ARIDO Precisa-se” foi o anúncio que Lin Yu, uma licenciada em Agronomia, publicou no Renren, equivalente chinesa do Facebook. No anúncio, Lin enumera os 15 requisitos que os candidatos devem preencher, muitos comuns à maioria dos anseios partilhados em sites de encontros. O pretendente deverá abster-se de fumar, beber e jogar, terá de ter um rendimento anual de pelo menos MOP 63 mil e medir pelo menos 172cm, além de possuir mestrado. Outras condições mais específicas afastam os nativos dos signos Virgem e Capricórnio, assim como os habi-

tantes de Wuhan. Lin refere ainda que o marido terá de partilhar pelo menos quatro refeições por semana com ela e que nunca se casará menos de um ano depois do primeiro encontro. Outras das exigências passam por ser filho único, oriundo de uma área urbana, ter os pais ainda casados e vivido romances prévios com duas a quatro ex-namoradas. Por cada característica preenchida os candidatos ganham seis pontos, numa tabela que atinge os 100. Quem atingir a pontuação mais elevada, poderá ser o “Sr. Certo” para Lin Yu, que se mostra esperançada em casar até ao Verão.


Observar o que está à volta, começa por ouvirmos o que nos diz a voz interna. Esta, vale mais, a maior parte das vezes, do que os sons de muitas falas que anunciam reformas e a gente a ver que o melhor do desejo é tudo ficar na mesma. Helder Fernando, P.15

TERÇA-FEIRA 10.1.2012 www.hojemacau.com.mo

3

Estudo revela que mais de 80% da população está preocupada

Chineses duvidam da segurança alimentar

U

M estudo realizado pelo governo chinês revela que mais de 80% da população se mostra preocupada com o uso de pesticidas, aditivos ilegais, óleos reciclados e animais doentes na produção alimentar. O inquérito, conduzido pela Inside China, revista de análise politica publicada quinzenalmente pelo Partido Comunista Chinês, mostra que 80,4% dos inquiridos não se sentem seguros em relação a cinco tipos de alimentos: produtos cozinhados derivados da carne, fritos, carne fresca, lacticínios e vegetais. Mais de metade

dos entrevistados crê que os padrões de qualidade dos alimentos são ainda menores do que eram há um ano atrás. Os cinco elementos que mais preocupam os participantes do inquérito são o excesso de insecticidas e pesticidas nos vegetais, os aditivos ilegais em todo o tipo de alimentos, carne proveniente do abate de animais doentes, substâncias venenosas como a melanina e o “gutter oil”, (óleo alimentar feito a partir de alimentos podres, óleo reciclado e desperdícios).

PASSOS A DAR

Segundo este estudo, os três grandes passos que

têm de ser dados de forma a melhorar o nível de qualidade alimentar referem-se a: produção e processamento; inspecção e monitorização; e quarentena alimentar. Mais de 67% dos entrevistados pensa que a questão alimentar é “muito grave”, enquanto 91,3% se mostram “muito preocupados” com as questões desta natureza. Por fim, 55,2% declaram que o governo afrouxou o supervisionamento na área alimentar. Apesar dos esforços governamentais para evitar o uso de aditivos ilegais, mais de metade dos inquiridos acha que a situação piorou em comparação

com o ano passado e 52.5% mostra-se descontente.

GOVERNO ALARMADO

Em 2011, o Presidente Hu Jintao disse que “a segurança alimentar é uma questão que tem de ser acompanhada de perto”, enquanto o primeiro ministro Wen Jiabao sublinhou que “as falhas que levaram à desconfiança na segurança alimentar, assim como a degradação moral no sector atingiram níveis alarmantes”. A China irá publicar este ano uma lista de marcas que não cumprem os requisitos nacionais para uma alimentação segura, de forma a proteger os seus cidadãos.

POODLE VÍTIMA DE “QUESTÃO DE SEGURANÇA”

CHINA | DIREITOS DE AUTOR EM CAUSA

Abatido a tiro no aeroporto de Hainan

Escritores processam Apple

A

S autoridades do aeroporto de Hainan abateram a tiro, há poucos dias, um poodle que corria pela pista, depois de ter escapado da caixa onde era transportado. A decisão de abater o animal foi tomada sob o pretexto do perigo que poderia trazer para a segurança dos passageiros, caso fosse sugado pelas turbinas de um dos aviões prestes a descolar. O acontecimento foi posto a circular na popular rede social Weibo pelo dono do animal, Sunny Meow, e tem despertado a atenção de inúmeros cibernautas. Sunny Meow viajou de Pequim para Haikou, com o seu poodle, “Princess”, e foi informado pouco

tempo depois de aterrar, que o animal tinha escapado da gaiola, quando era transportado, com as bagagens, junto à pista. Dez funcionários do aeroporto foram enviados na missão de resgate do animal, que corria em pânico pela pista, mas o medo de pôr em causa a segurança dos passageiros das aeronaves prestes a descolar levou as autoridades a abatê-lo. As opiniões no blog dividem-se entre os que acham a reacção dos funcionários exagerada, defendendo o salvamento do desafortunado poodle, e os que aplaudem as autoridades por colocar a segurança de vidas humanas à frente da vida do cão.

B

EI Zhicheng, porta-voz da Associação Chinesa para a Protecção dos Direitos de Autor, anunciou que um tribunal de Pequim deu início à acusação contra a Apple, num caso de violação de direitos de autor que envolve quase 40 livros de escritores chineses. As queixas envolvem nove escritores, entre os quais o conhecido romancista e blogger Han Han, que reclamam cerca de MOP15 milhões de prejuízos. Segundo Bei, a Apple é a única empresa estrangeiras que vende obras não autorizadas online, oferecendo aos compradores descontos de 30%. “Estão a roubar, descaradamente as obras dos escritores”, sublinhou, acrescentando que a Apple se recusou a retirar os livros da sua loja online, mesmo depois de ter sido questionada pelas editoras sobre as respectivas autorizações. “Cerca de 200 milhões de utilizadores chineses da Apple descarregam as obras não autorizadas, aumentando consideravelmente os lucros da empresa e prejudicando o mercado literário.”


PUB.

TERÇA-FEIRA 10.1.2012 www.hojemacau.com.mo

4 ANÚNCIO [N.º 5/2012]

Para os devidos efeitos, vimos por este meio notificar os representantes dos agregados familiares seleccionados da lista de espera de habitação económica abaixos mencionados: N.º do boletim N.º do boletim de Nome Nome de candidatura candidatura 63233 SO KWAN CHAI 72127 NG LAI IENG MERLIE CALIXTO BA58191 LAM IENG 72167 CAYON 68795 CHAN PENG 68214 LEONG SIO MAN 68951 HONG IOK CHAN 66515 NIP HIU SAN 66368 KEONG IAT KONG 63691 LAO CHOI HONG 71214 WONG UN FONG 66744 PUN KAN HAU 62043 LO U SOI 69163 CHAN KIN MEI 51472 DA SILVA JOAO JOSE FELIX 62407 LAM SZE MAN EDUARDO NASCIMENTO DE 63334 72118 TOU WAI MENG SOUSA HO WENG NENG ALIAS HA 67855 57660 UN KIN MENG VINH LIEN 53962 LON WUN HA 71370 TAM LAI FONG ALBERTO LUIS AZEDO 53557 DA ROCHA HO VIVIANA 71342 AUGUSTO IP SI KA ALIAS ESCOLASU KAM IENG ALIAS YEE 62128 53457 TICA IP KIM YAIN BASTO DA SILVA JORGE 62497 62827 CHONG WAI HONG ALBERTO 63622 WU CHENG PONG 57836 GLORIA HELDA DE ASSIS 63777 UNG MEI LENG 66694 FONG SAI IEONG 55016 CHAO LAI KENG 27413 NG SOI LEONG 30028 WONG SUT MUI 32129 HA MAO 1345 NG KIN WAI 8074 WONG MIO CHAN LEI VENG FAT ALIAS 33158 CHEONG KA UN 24746 SAMUEL LEE 31460 KOU KAM LIN 351 LEE HUNG DENIS 33946 LEONG WAI MAN 64458 CHOW KA WAI *720 *LOK IOK WAN *51006 *WONG SIU PING 54867 WONG MIO LENG *16524 *WONG PENG KAN *54461 *LAM WAI OI 80030 KUAN KEANG CHUN 92431 CHEONG TAK IAO 119267 NG MUI CHAI 114517 VONG KWOK LEONG 114188 LOI SI NGA 127408 WONG KAM SU 77159 LO WAI PO 93885 MA CHON HOU 92819 WU CHON CHON 92901 KAM IEK U 101412 CHAN MENG WAI

De acordo com os termos do artigo 12.º do Decreto-Lei n.º 26/95/M, de 26 de Junho, o Instituto de Habitação (IH) informa os representantes dos agregados familiares acima referidos, através de ofícios, para se dirigirem pessoalmente ao IH, sita na Travessa Norte do Patane, n.º 102, Ilha Verde, Macau (perto da Escola Primária LusoChinesa do Bairro Norte), no dia 31 de Janeiro de 2012, às horas fixadas nos respectivos ofícios, para escolha das fracções de habitação económica disponíveis de T3 na zona de Taipa. Nessa altura, os agregados familiares da lista de espera acima referidos devem apresentar os documentos comprovativos (originais e cópias) abaixo mencionados, para efectuar a nova verificação dos requisitos da candidatura da aquisição de habitação económica. Caso as respectivas informações afectem os actuais requisitos da aquisição de fracção ou existirem mudança da composição dos agregados familiares acima referidos, este Instituto irá suspender, imediatamente, o procedimento da escolha de habitação económica: 1. Documentos de identificação de todos os elementos do agregado familiar e os seus cônjuges (caso houver) registados no boletim de candidatura de habitação económica. 2. Prova de casamento (aplicável aos indivíduos casados. Caso tenha entregue ao IH, nos últimos três meses, não é necessário a entregar de novo.) 3. Boletim de candidatura dos dados dos agregados familiares de habitação económica devidamente preenchidos e assinados. De acordo com os termos do n.º 2 do artigo 13.º do decreto-lei acima referido, com as alterações introduzidas pelo Regulamento Administrativo n.º 25/2002, caso os agregados familiares da lista de espera acima referidos não tenham comparecido no IH, no dia e horas fixados, e apresentado os documentos acima referidos, para escolha de habitação ou não pretendam adquirir nenhuma das fracções de habitação económica disponíveis no momento podem optar entre, por motivo não justificado, implica a perda do direito de escolha e passagem automática para o último lugar da lista geral; ou após a apreciação dos dados apresentados, verifique que não reunirem com os requisitos da candidatura, os agregados familiares seleccionados serão excluídos na lista geral. * Em caso da 2.ª convocação, os agregados familiares seleccionados que não tenham comparecido no IH, no dia e horas fixados, e apresentado os documentos acima referidos, para escolha de habitação ou não pretendam adquirir nenhuma das fracções de habitação económica disponíveis no momento podem optar entre, serão excluídos na lista geral, de acordo com os termos das alínea a) do artigo 14.º do decreto-lei acima referido, com as alterações introduzidas pelo Regulamento Administrativo n.º 25/2002 e alínea 2 do n.º 5 do artigo 60.º da Lei n.º 10/2011. No intuito de proporcionar os agregados familiares seleccionados para terem mais conhecimentos sobre as informações das fracções de habitação económica disponíveis, o IH juntamente os ofícios enviará em anexo o catálogo com descrições das fracções para venda, tabela dos preços, rácio bonificado, pontos de observação, informações sobre a fracção de modelo. Caso os agregados familiares seleccionados não tenham recebidos os ofícios remetidos pelo IH, até sete dias antes da data fixada, poderão dirigir-se ao IH sito na Travessa Norte do Patane n.º 102, Ilha Verde, Macau) ou consultar através do telefone n.º 2859 4875, durante o horário de expediente. O Presidente, Tam Kuong Man 3 de Janeiro de 2012

Atribuição de subsídio a pilotos locais participantes nas corridas no exterior em 2012

Os interessados podem apresentar o requerimento, a partir do dia 3 até ao dia 31 de Janeiro de 2012, na Comissão do Grande Prémio de Macau. I. Requisitos do pedido e critérios de atribuição do subsídio 1. O requerente, ao abrigo do n.o 1 do artigo 34.o do Decreto-Lei n.o 67/93/M, de 20 de Dezembro, deve satisfazer uma das seguintes condições: 1) Ser natural da Região Administrativa Especial de Macau (R.A.E.M.); 2) Ser de nacionalidade portuguesa ou chinesa e ter na R.A.E.M. a sua residência há mais de 1 ano; 3) Residir na R.A.E.M. há, pelo menos, 3 anos. 2. O requerente deve, ainda: a) Ser sócio da Associação Geral de Automóvel de Macau, China (AAMC), e ser portador de todas as licenças legais e indispensáveis para a participação em corridas no exterior e obter a representividade da AAMC; b) Ter terminado e obtido classificação oficial nas corridas do Grande Prémio de Macau (GPM) realizado no ano de 2011. 3. A atribuição de subsídio será limitada à participação em corridas homologadas pela Fédération Internationale de Motocyclisme (FIM) ou pela Fédération Internationale de l’Automobile (FIA), devendo estas competições no exterior ser do mesmo tipo e de nível equivalente ao da efectivamente participada pelo piloto requerente no GPM em 2011 (motos, carros de turismo ou fórmula 3). A atribuição está sujeita aos seguintes padrões de avaliação: 1) Classificação geral numa das corridas do Grande Prémio de Macau realizado no ano de 2011 (em comparação com o resultado dos primeiros 3 classificados na mesma corrida), analisando o nível de competição do requerente nestas corridas; 2) Classificação geral do requerente nas corridas realizadas no exterior (em comparação com o resultado dos primeiros 3 classificados da mesma corrida), analisando-se o nível de competição do requerente nestas corridas; 3) Potencialidade de desenvolvimento do requerente no desporto motorizado (incluindo idade, etc.); 4) Importância e popularidade da corrida em que irá participar, analisando-se o nível de competição do requerente em diferentes tipos de corridas, internacionais ou regionais; 5) Efeito promocional e divulgação de Macau.

4. A atribuição será calculada com base na percentagem correspondente à participação efectiva nas corridas declaradas pelo piloto no pedido de atribuição de subsídio no ano de 2011.

II. Documentos a apresentar com o requerimento: 1) Carta de pedido, indicando obrigatoriamente o valor do subsídio requerido; 2) Plano de actividades (incluíndo a designação, datas, locais e os nos. das corridas no exterior da RAEM e respectivas mangas); 3) Mapa pormenorizado das despesas previstas; 4) Curriculum vitae do requerente; 5) Cópia do B.I.R. do requerente; 6) Cópia do cartão de sócio na Associação Geral de Automóvel de Macau, China; 7) Cópia de todas as licenças legais e indispensáveis para a participação em corridas no exterior da RAEM; 8) Documento comprovativo da obtenção de representatividade da Associação Geral de Automóvel de Macau, China; 9) Prova de participação obrigatória e obtenção de resultados oficiais das corridas do Grande Prémio de Macau no ano de 2011; 10) Prova da classificação final e oficial do requerente obtida em corridas realizadas no exterior da RAEM no ano de 2011. III. Qualquer alteração às informações apresentadas deve ser comunicada dentro do prazo de 30 dias a contar da apresentação do pedido de subsídio, com declaração expressa do motivo justificativo, findo o qual, salvo comprovadas situações de cancelamento por parte da organização do evento ou motivos de força maior, o piloto terá necessariamente que concretizar as restantes corridas que no pedido de atribuição de subsídio declarou ter a intenção de participar, para lhe ser reconhecido o direito ao subsídio. Endereço da Comissão do Grande Prémio de Macau: No.207, Av da Amizade, Edif. do Grande Prémio de Macau. Telefone: (853) 87962200 ou 87962204.


GONÇALO LOBO PINHEIRO

POLÍTICA

Joana Freitas*

C

joana.freitas@hojemacau.com.mo

HUI Sai On chegou ontem a Bruxelas, onde se reúne hoje com Durão Barroso, presidente da Comissão Europeia. O Chefe do Executivo partiu de Macau rumo àquela que é a primeira visita à União Europeia (UE) desde que assumiu o cargo de líder do Governo. Para o Chefe do Executivo, a cooperação com a UE desdobra-se em várias áreas desde 1992, quando Macau ainda se encontrava sob administração portuguesa, e é algo que “está assente em bons alicerces”. A visita a Bruxelas tem como

Chui Sai On reúne hoje com Durão Barroso em Bruxelas

Estreia europeia objectivo “reforçar a cooperação em diversas áreas, especialmente, no comércio, indústrias criativas e culturais, protecção ambiental e educação”. Apesar de não ter um peso político determinante para as instituições europeias, Macau não passa despercebido a Bruxelas.

Para a representante da UE no escritório de Hong Kong e Macau, Maria Castillo Fernandez, o território desempenha um papel de plataforma. “É uma ponte usada pelos negócios da comunidade comercial, mas Macau tem ainda um papel mais importante na ligação da China aos países de

língua portuguesa, que é algo que também nos interessa”, disse à Agência Lusa.

DEPUTADO PEDE MAIS

Para José Pereira Coutinho, o encontro de Chui Sai On com os representantes da UE é um aspecto positivo, mas não chega. “As outras entidades governamentais têm de participar também”, disse ao Hoje Macau. “A AL, por exemplo, não vai à UE há mais de dez anos.” O facto de os deputados – ou, pelo menos, um grupo – não se deslocarem a outros países com sistema democrático é um défice não só nas relações entre parlamentos, mas também pela forma de ver o

É preciso ouvir o povo Virginia Leung

virginia.leung@hojemacau.com.mo

  AUL Chan Wai Chi não concorda com a realização de apenas um simpósio dedicado à população. Numa interpelação escrita ao Governo, o deputado critica-o por ter proposto a realização de oito palestras sobre o Desenvolvimento do Sistema Político, sendo apenas uma aberta ao público. “Este é um número obviamente inadequado para a população e reflecte que o Governo não está a prestar atenção à opinião pública.”

P

O Governo já alterou o local da sessão – do Instituto Politécnico para o Grande Auditório do Centro Cultural de Macau -, devido à falta de lugares, mas o deputado continua a dizer que o tempo de

intervenção é curto. À semelhança do que aconteceu com as palestras anteriores – dedicadas aos políticos e representantes de associações do território -, cada pessoa tem cinco minutos para a sua opinião. “Desta

Audição é no dia 18 A Palestra Pública sobre o Desenvolvimento do Sistema Político terá lugar no dia 18 de Janeiro, entre as 20:00 e as 21:30, no Grande Auditório do Centro Cultural de Macau. Os interessados deverão inscrever-se através de fax (89870789 ou 89871017), e-mail (register@cdm.gov.mo) ou telefone (88668866).

forma, não será possível dar mais oportunidades aos residentes para expressarem a sua opinião.” Para Paul Chan Wai Chi, o passo mais importante para a alteração do sistema político é compreender totalmente o que pretendem as diferentes áreas da sociedade e a própria população. O deputado pede ao Governo que pondere a realização de mais uma sessão pública, algo já anteriormente requerido por deputados como José Pereira Coutinho e Ng Kuok Cheong.

www.hojemacau.com.mo

5 mundo. Numa altura em que Macau atravessa uma possível reforma política e eleitoral, Pereira Coutinho acredita que seria pertinente, antes de analisar a proposta, uma visita dos deputados à UE, para verem o modo de funcionamento dos parlamentos democráticos. “A China não pode servir de exemplo, porque tem apenas um partido político e não é essa via que queremos para Macau.” O deputado já fez a sugestão na Assembleia Legislativa e directamente a Chui Sai On, mas tal nunca aconteceu. Importante, diz, seria também organizar este tipo de visitas para os representantes de associações que pedem deputados eleitos pela via indirecta. “Não temos o poder de representar o povo de Macau, porque a lei diz que todos podemos eleger e ser eleitos e isso não acontece.” Enquanto o Governo salienta que os encontros na capital belga procuram reforçar as relações e aprofundar a cooperação e intercâmbio em diversas áreas, Pereira Coutinho não acredita que uma dessas áreas seja a política. “Chui Sai On não vai trazer nada de especial da UE para Macau a nível de reforma politica, isso tem de ser Macau a trabalhar.” Na agenda do líder do Governo de Macau estão ainda encontros com os dirigentes do Governo belga e com o encarregado de negócios da Embaixada da República Popular da China na Bélgica, Chen Xiaoming. Na quarta-feira, último dia da visita oficial, Chui Sai On é recebido pelo vice-presidente do Parlamento Europeu, Libor Roucek.* com LUSA

GONÇALO LOBO PINHEIRO

PAUL CHAN WAI CHI PEDE MAIS UMA SESSÃO PÚBLICA SOBRE REFORMA POLÍTICA

TERÇA-FEIRA 10.1.2012


TERÇA-FEIRA 10.1.2012 www.hojemacau.com.mo

6

SOCIEDADE

MACAU EM EXPOSIÇÃO NO CONTINENTE

Vender o que é nosso D

E 13 a 15 de Janeiro, Macau está em exposição em Guangzhou. A “Feira de Produtos Famosos de Macau-Guangzhou”, organizada pelo Instituto de Promoção do Comércio e do Investimento de Macau (IPIM) e pelo Gabinete de Comércio Externo e Cooperação Económica do Município de Guangzhou, é o primeiro evento económico e comercial de grande envergadura no continente. Fazendo parte de um dos projectos do Acordo-Quadro de Cooperação Guangdong-Macau, a feira pretende não só incentivar a interacção entre os sectores económico e industrial dos dois territórios, como também promover a cooperação económica entre Guangzhou, Macau e os países de língua portuguesa. O objectivo principal é promover os produtos de Macau e Guangzhou. O recinto da feira conta, por isso, com 8500 metros quadrados que recebem 200 empresas expositoras. Macau leva até ao continente a “Macao Ideas”, produtos criativos concebidos no território: de vestuário a artigos de decoração e bolos e vinhos de mesa a azeite português. Móveis, doces típicos e leques artesanais são outros dos itens que Macau pode oferecer. Durante o período da Feira, o IPIM irá organizar uma “Reunião Conjunta das Associações Comerciais e Câmaras de Comércio de Guangzhou e de Macau e Bolsas de Contacto entre os Sectores”, proporcionando oportunidades para intercâmbio entre as empresas de Guangzhou e Macau. A feira estará aberto ao público durante três dias consecutivos.

DSAT aponta limite a taxistas, mas ainda não há consenso

Aumento da bandeirada a menos de 10% Andreia Sofia Silva

A

andreia.silva@hojemacau.com.mo

proposta de aumentos nas tarifas dos táxis para 15 patacas ainda está a ser discutida entre as associações dos taxistas e o Governo, que não está disposto a avançar para aumentos superiores a 10%. Wong Wan, que tutela a Direcção dos Serviços para os Assuntos de Tráfego (DSAT), afirmou ontem, à margem da apresentação do novo Centro de Aprendizagem e Exame de Condução, que tanto o Governo como as associações do sector deverão tomar uma decisão em meados de Abril ou Maio. Wong Wan explicou ainda que a proposta do Governo, já entregue, aguarda uma resposta do outro lado. “No ano passado, eles já tinham pedido aumentos, embora mais elevados. Considerando a capacidade financeira da população e a vida dos taxistas, elaborámos uma proposta, mas ainda não é uma decisão final.”

No meio deste processo, existem pontos divergentes entre as partes. Enquanto os taxistas exigem não só o aumento das tarifas da bandeirada, que corresponde aos primeiros 1600 metros, como também da fracção (período de tempo a cada 230 metros), o Executivo apenas pretende aumentar a bandeirada. “A nossa proposta é apenas para aumentar a taxa no início”, diz Wong Wan. “Por cada viagem propomos menos de 10% de aumento. Temos de reconsiderar as tarifas, porque os últimos aumentos ocorreram em 2008.”

MAIS TÁXIS PRETOS ATÉ MAIO

Anunciada nas Linhas de Acção Governativa (LAG) para 2012, a concessão de mais 200 licenças para táxis pretos deverá começar no início deste ano. Contudo, e tal como foi sugerido pelas associações de taxistas, a sua distribuição deverá ser feita de forma faseada. “Poderemos fazer o concurso

público ainda no início deste ano, depois teremos a abertura das propostas”, sublinha Wong Wan. “Posto isto, temos de esperar que as pessoas comprem os carros.” Acrescenta que em meados de 2012 “novos táxis poderão surgir na cidade”. Actualmente, são mais de 10 mil os taxistas com licença para transportar passageiros. Sem data concreta está a alteração ao Regulamento dos Transportes de Passageiros em Automóveis Ligeiros de

Aluguer de Táxis. Também conhecido como regulamento dos táxis, este documento tem sido discutido pela DSAT e associações do sector. O Governo vai entregar até ao final do ano uma proposta que visa “melhorar as condições do serviço”. Dentro desta questão, os taxistas querem ver regulamentado o funcionamento dos táxis nas épocas de tufão, e saber, de forma mais clara, quais as infracções impostas aos profissionais deste sector.

NOVO LUGAR PARA APRENDER A CONDUZIR O novo Centro de Aprendizagem e Exame de Condução vai abrir portas no próximo dia 27 de Fevereiro e pretende substituir as instalações do actual centro, na Estrada Flor de Lótus. A partir dessa data, todos os alunos terão de fazer o exame de ligeiros e de motociclos no novo centro, que tem uma dimensão de seis mil metros quadrados. Luís Gageiro, chefe do departamento dos assuntos de veículos e condução da DSAT, explicou que a mudança se deveu às obras do Metro Ligeiro. Com 36 escolas de condução em Macau, Luís Gageiro considerou que os cerca de 400 instrutores existentes são suficientes.


TABACO | PRIMEIROS DIAS SOMAM 45 MULTAS

TERÇA-FEIRA 10.1.2012

Nos primeiros oito dias desde que entrou em vigor a nova lei do tabaco, 45 pessoas foram acusadas de transgredir a proibição de fumar. No total, 3.157 estabelecimentos foram inspeccionados e todas as pessoas multadas são do sexo masculino. Entre os transgressores estão 26 residentes de Macau e 19 turistas. Cerca de 40% das acusações foram feitas na Freguesia da Areia Preta (20 acusações na Areia Preta, 17 no Tap Seac, 5 no Fai Chi Kei e 3 em São Lourenço). Em quatro casos foi necessário chamar a polícia.

Gonçalo Lobo Pinheiro

À

glp@hojemacau.com.mo

hora marcada não compareceu ao trabalho. No cockpit só estava o comandante. O co-piloto, que deveria compor a restante tripulação, abandonou a Air Macau sem dar qualquer cavaco. De acordo com fontes bem informadas estará já a trabalhar numa companhia aérea do Médio Oriente. O piloto, de nacionalidade italiana, estava na Air Macau há um ano e sempre foi visto como um profissional exemplar. Contudo, dizem alguns colegas, o piloto estaria bastante descontente com as chefias da Air Macau. “Não é o único”, referiu ao Hoje Macau um dos pilotos que abandonaram a companhia. “Por isso é que os pilotos têm saído. Quase 30 pilotos saíram durante o ano passado e muitos deles com milhares de horas de voo. Pessoas experientes, portanto.” Para suprir qualquer tipo de incómodo aos passageiros da Air Macau, a companhia chamou um dos

Italiano à deriva

pilotos de reserva disponíveis e o voo lá seguiu com dois comandantes ao leme. Os pilotos têm saído da Air Macau porque se mostram descontentes com as políticas internas da companhia. Além de problemas nas aeronaves e na manutenção, os profissionais têm-se queixado de feriados não pagos, de promoções de pilotos sem experiência, de alegadas incompetências na gerência. “A Air Macau não merece isto”, referiu um ex-piloto. “O piloto abandonou o barco de uma forma abrupta, é certo, mas as coisas só têm acontecido assim porque a companhia, infelizmente,

Virginia Leung

virginia.leung@hojemacau.com.mo

Deputado da assembleia Legislativa Au Kam San interpelou o Governo sobre as medidas relativas ao consumo de electricidade, estabelecidas pelo Instituto de Habitação (IHM) para a habitação económica. Segundo o deputado, “a decisão do Chefe do Executivo não vai de encontro às recomendações dos profissionais”. A configuração dos contadores de electricidade para todas as unidades habitacionais de T1 a T4 não terá seguido as recomendações dos especialistas da Companhia de Electricidade, critica o deputado, questionando como é que o Governo pensa resolver problemas importantes se não dá ouvidos aos profissionais do sector.  Au Kam San sublinhou que as sugestões recebidas apontavam

está a bater no fundo. Parece que nem o Governo, com o seu aumento de capital, resolveu os problemas. A Air Macau está numa fase em que se promovem instrutores de voo sem qualquer experiência, em detrimento de diversos profissionais com milhares de horas de voo.”

AINDA O VOO CCA101

Os ex-pilotos ouvidos pelo Hoje Macau também se demonstraram tristes com a situação que os pilotos do voo CCA101 de Pequim para Hong Kong (avião operado pela Air China em wet-lease com a Air Macau). “A culpa não é só dos pilotos”, atirou um ex-colega, que contextualizou de seguida: “Sei que um deles tem tido problemas com a sua filha recém-nascida e até pediu para não voar para Pequim, algo que a Air Macau negou de imediato.”

PUB

Decisão ignora recomendações de especialistas O

7

Air Macau | Piloto não comparece à chamada

DEPUTADO PREOCUPADO COM CONTADORES DE ELECTRICIDADE DE POTÊNCIA ÚNICA

 

www.hojemacau.com.mo

para que as unidades com 2 quartos poderiam solicitar contadores de 69.000 volts, enquanto que as de três divisões ou mais deveriam ser equipadas com contadores de

115.000 volts, para evitar problemas de energia. No entanto, quando os compradores de apartamentos de 3 e 4 divisões do Edifício da Tranquilidade, requisitaram contadores com aquela potência, foram confrontados com a notícia de que o IHM já tinha regulamentado medidores de 69.000 volts para todas as unidades. O deputado realçou ainda o facto de que se os compradores quiserem aumentar a potência eléctrica das suas habitações terão de suportar os custos de toda a instalação.  Au Kam San, questionou ainda que medidas serão adoptadas pelo Governo nos casos de compradores que instalem novos contadores, e deixem os cabos eléctricos espalhados por todo o lado e se para as restantes 15 mil unidades habitacionais em construção, também será adoptada esta politica de um contador de potência única.

ANÚNCIO HM-1ª Vez 10-01-2012 簡易執行裁判案 第 CV3-08-0031-CAO-B Execução de Sentença sub a forma Sumária n.º

第三民事法庭 3º Juízo Cível

EXEQUENTE: CHEONG MENG SENG, residente em Macau, na Rua da Tribuna, nº 21, Edifício Yi Nam, r/c “L”.--------------------------------------------EXECUTADOS: LEONG SEK MENG e HONG LAI CHON, ausentes em parte incerta, e com último domicilio conhecido em Macau, Avenida da República, Fu Keng, nº 40, 2 andar A, ou Alameda Dr. Carlos D’Assumpção, nº 18, Centro Comercial Tong Nam Ah, 20º andar E e F------------------------. ***** FAZ-SE SABER que, pelo Juízo, secção e Tribunal acima identificados, correm éditos de TRINTA (30) dias, contados da segunda e última publicação dos respectivos anúncios, notificando, por esta forma, os executados acima identificados, ora ausentes em parte incerta, de todo o conteúdo do requerimento executivo, do despacho determinativo da conversão do arresto em penhora, e da realização da penhora de fracção autónoma denominada pela letra “A” do 2º andar, para habitação, do prédio sito em Macau, na Avenida da República, nº 40, descrito na Conservatória do Registo Predial de Macau sob o nº 13511, podendo, no prazo de DEZ (10) dias, posterior ao dos éditos, deduzir embargos de executado ou oposição à penhora, bem como requerer a substituição dos bens penhorados por outros de valor suficiente, tudo como melhor consta do requerimento inicial da execução, cujo duplicado se encontra nesta Secretaria à disposição dos notificados.------------------------------------------------------------------------Macau, 15 de Dezembro de 2011


vida

TERÇA-FEIRA 10.1.2012 www.hojemacau.com.mo

8 UMA MICRO-RESERVA PARA PROTEGER A BORBOLETA AZUL QUE IMITA FORMIGAS

A larva que precisa de formigas

É

uma borboleta azul que apenas sobrevive se for adoptada por formigas. O insecto ganhou esta semana uma micro-reserva na serra de Montemuro, no Norte do país, graças a um projecto da Quercus que teve o apoio da paróquia local, frisa o Público. Ao contrário do que acontece com as lagartas de outras espécies que, no Inverno, aguardam, escondidas na vegetação, pelo calor e sol da Primavera para voar, a Phengaris alcon está debaixo da terra, dentro de um formigueiro. Leva uma vida predatória, alimentando-se das larvas das formigas até estar pronta para surgir nos lameiros como uma das borboletas mais ameaçadas

de Portugal. Actualmente apenas são conhecidas populações no Parque Natural do Alvão e na serra de Montemuro, esta última descoberta no Verão de 2011 pelo Tagis - Centro de Conservação das Borboletas de Portugal. Na semana passada, a Quercus – Associação Nacional de Conservação da Natureza comprou 3500 metros quadrados no município de Castro Daire, na Serra de Montemuro, para criar uma micro-reserva e ajudar à sobrevivência dessa população de borboleta azul. “É um terreno privado, rodeado de baldios e pequenas propriedades, que comprámos com donativos de privados”, disse Paulo Lucas, do Grupo de Trabalho de conservação da natureza daquela organização.”Esta era uma ambição antiga nossa e quisemos perseguir o sonho de ter um espaço para esta borboleta”, acrescentou, em declarações ao Público. No Verão, centenas de borboletas azuis esvoaçam nos lameiros de altitude. Mas há milhares de ovos que não sobrevivem, comidos por predadores como os gafanhotos.

O

S níveis de poluição do ar em Hong Kong foram os piores de sempre, afirmou o jornal South China Morning Post esta segunda-feira. A nova realidade pode comprometer ainda mais o papel da cidade como um centro financeiro asiático fazendo com que executivos de negócios mudem para outras cidades, como Singapura, com preocupações com a sua saúde . A maior causa dessa poluição advém das emissões de gases poluentes dos veículos automóveis bem como da poluição industrial

A poluição está cada vez pior na vi

Ar putrefacto vinda da província de Guangzhou. De acordo com os Serviços de Protecção Ambiental, e com leituras em três estações de monitorização – Central Hong Kong, Causeway Bay e Mong Kok -, os resultados são claros: os níveis de poluição aumentaram

mais de 20% em relação ao ano de 2010, que foi dez vez pior do que 2005, ano em que os níveis de poluição também foram bastante altos. A estação Central de Hong Kong, onde se localizam diversas sedes de bancos mundiais como o HSBC Hol-

DESTROÇOS DO CARGUEIRO CHEGARAM ÀS PRAIA

Rena dá à costa O

S destroços do cargueiro “Rena”, que se partiu em dois na noite de sábado depois de ter encalhado no Recife Astrolábio a 5 de Outubro, começaram a chegar hoje às praias da Nova Zelândia. Pelo menos cinco contentores deram à praia de Waihi, muito procurada como destino de férias, disse o porta-voz do Instituto Marítimo neozelandês, Bruce Fraser. “Há muitos contentores e destroços nas águas e que estão a dar à costa”, acrescentou. As autoridades deram conta, ainda, de uma mancha de combustível que se está a espalhar, a três quilómetros do cargueiro, e pequenas porções de fuelóleo que estão a chegar às praias e ilhas da região.

Madeira, plástico e dezenas de sacos atingiram a zona costeira. O navio de 47.230 toneladas, com pavilhão da Libéria, encontra-se a 22 quilómetros de Tauranga. As autoridades marítimas neozelandesas tentaram remover o fuelóleo e os contentores do cargueiro, mas grande parte da carga continua no navio, agora quebrado. A Nova Zelândia já considerou este como o seu pior desastre ambiental das últimas décadas. A polícia fechou o acesso público à praia Waihi. “As pessoas não se devem aproximar dos destroços que derem à costa por razões de saúde e apelamos àqueles que recolheram objectos das praias para os entregarem a fim de serem descon-


TUBARÕES COM RAZÕES PARA FESTEJAR

TERÇA-FEIRA 10.1.2012

Os Shanghai Hotels de Hong Kong decidiram parar de servir sopa de barbatana de tubarão em todas as propriedades hoteleiras que detêm desde o início deste ano. A notícia, avançada pelo Fundo de Protecção à Natureza (WWF), foi aplaudida pelas organizações de protecção ambiental, que esperam que sirva para inspirar outras empresas a seguir o mesmo caminho. Actualmente, já 112 empresas fizeram a promessa de não comercializar este prato. Já 97 hotéis e restaurantes em Hong Kong estão a participar na proposta “Menu Shark-free “ da WWF.

www.hojemacau.com.mo

9

CONSUMO RESPONSÁVEL DE PEIXE É PRIORIDADE EUROPEIA

Cozido, grelhado, assado ou gratinado “E

izinha Hong Kong

dings Plc e o Goldman Sachs Group Inc, apresentou os piores números, com leituras consideravas bastante excessivas, observou o relatório. As leituras dos níveis de poluição são feitas de hora a hora junto e ao longo das estradas e tratam valores

dos principais poluentes como partículas suspensas respiráveis e​​ óxidos de nitrogênio. Quando a leitura passa o patamar 100 (valor referência) isso significa que pelo menos um dos poluentes está presente em demasia e afecta seriamente a qualidade do ar. Os ambientalistas já se meteram ao barulho e acusaram o Governo liderado por Donald Tsang de, deliberadamente, ter retardado a introdução de procedimentos que tornem boa a qualidade do ar, dando prevalência aos grandes projectos de construção que se erguem nos céus de Hong Kong.

SCOLHA o seu peixe”. Esta é a frase que a Comissão Europeia, através do comissariado das pescas, quer deixar na mente dos consumidores europeus. A campanha, presente nos 27 Estados-Membros, apela a que sejam escolhidas, no momento da compra, espécies de pescado sustentáveis. A iniciativa surge no âmbito da reforma da Política Comum de Pescas (PCP), mas também como uma forma de sensibilização do consumidor final para a importância de fazer escolhas sustentáveis, em função da informação existente sobre a origem do pescado. Actualmente, o consumo de peixe na União Europeia (UE) é de 22,3 quilogramas anuais por pessoa. A média é bastante superior ao consumo global, que se situa nos 16,1 quilogramas. Em termos de produção, a pesca europeia representa cerca de 40 por cento da procura. Do lado da sustentabilidade, três em cada quatro unidades populacionais de peixes estão a ser alvo de sobrepesca, o que representa 82 por cento das unidades do mar Mediterrâneo e 63 por cento do Atlântico.

AS DA NOVA ZELÂNDIA

taminados”, disse o sargento Dave Litton, da polícia de Waihi. Mais de 20 contentores estão cheios de um químico tóxico. Nos últimos três meses foram bombeados para fora do “Rena” mais de mil toneladas de combustível mas isso não conseguiu evitar um derrame. Centenas de aves marinhas morreram por causa da poluição.

Também a Ocean2012, aliança de organizações ambientais não-governamentais, tem dado constantes alertas sobre o impacto da sobrepesca nos ecossistemas. A plataforma divulgou a publicação “Os Impactos da Sobrepesca 2”, na qual chama a atenção para a situação frágil de alguns dos stocks piscícolas da Europa. Dando destaque aos casos do

Click ecológico

Sabia que... ... com o simples isolamento do telhado poderá ser poupada cerca de 20% de energia?

O LIXO NO BAIRRO MAIS POPULOSO • Num dia de semana, lixo acumulado sai dos contentores, no bairro do Fai Chi Kei. A falta de locais de depósito de lixo e a pouca recolha na zona aumenta o lixo nas ruas, naquele que é o bairro com maior densidade populacional do território. Foto Hoje Macau

salmão selvagem, da enguia-europeia e do esturjão, a Ocean2012 quer também garantir que a nova PCP preveja limites de pesca em linha com o aconselhamento científico. Desta forma, seria possível «acabar com as práticas piscatórias destrutivas e distribuir o uso justo e equitativo de populações de peixe saudáveis», defende a plataforma.


TERÇA-FEIRA 10.1.2012 www.hojemacau.com.mo

10

PUB.


CULTURA A Universidade Nova de Lisboa prepara-se para lançar o European Journal of Macau Studies, uma revista online que pretende mostrar diversas investigações sobre a realidade do território, tendo a colaboração de professores da Universidade de Macau. Ao Hoje Macau, Rogério Miguel Puga, editor do projecto, falou de uma publicação que se pretende “multidisciplinar” e que resulta do Seminário Permanente de Estudos sobre Macau, realizado desde 2010

TERÇA-FEIRA 10.1.2012 www.hojemacau.com.mo

11

Universidade portuguesa lança revista online sobre a RAEM

Análises de um território “multidisciplinar” Andreia Sofia Silva

N

andreia.silva@hojemacau.com.mo

O início, a ideia surgiu “para suprimir uma lacuna”. Na cabeça de Rogério Miguel Puga e dos seus colaboradores, responsáveis pela realização do Seminário Permanente de Estudos sobre Macau (SPEM), este servia para mostrar que Portugal “deveria ser uma plataforma para a divulgação de Macau no mundo ocidental”, por forma a que “investigadores de todo o mundo pudessem partilhar os seus conhecimentos sobre a RAEM”, contou este académico do Centro de Inglês, Tradução e Estudos Anglo-Portugueses (CETAPS, na sigla inglesa), da Universidade Nova de Lisboa (UNL). Esta entidade, juntamente com o Centro de História de Além-Mar da UNL, são responsáveis pela coordenação deste seminário permanente, que desde 2010 enquadra uma série de palestras sobre o território, em diversas áreas.

Com um “balanço positivo”, segundo Rogério Miguel Puga, o SPEM prepara-se agora para “ser consolidado”. Isto porque em breve vai surgir online o European Journal of Macau Studies (Jornal Europeu de Estudos sobre Macau), uma revista anual, de acesso gratuito, e que junta trabalhos de investigadores de todo o mundo. O primeiro número deverá arrancar em breve e terá artigos não só de Macau mas também de

Portugal e até do Reino Unido. As áreas, essas, são diversas, e passam pela história, literatura, antropologia ou sociologia. Tudo para criar “um jornal multidisciplinar”.

A PARTICIPAÇÃO DA UMAC

Neste “jornal”, vão participar académicos de todo o mundo, responsáveis pela revisão das investigações publicadas. No grupo de colaboradores contam-se docentes da Universidade de Macau (UMAC), tal como Alan

Baxter, antigo director do Departamento de Estudos Portugueses da instituição, a socióloga Eva Hung ou Kit Kelen. Ana Paula Laborinho, do Instituto Camões, também consta no painel. De acordo com Rogério Miguel Puga, o objectivo desta revista é “chegar mais perto e rapidamente às pessoas”, onde “os investigadores conseguem partilhar o seu trabalho de forma mais rápida”. A revista online sobre Macau vai também conter uma secção literária, onde “pessoas que queiram narrar a RAEM podem enviar os seus textos”. Mesmo sem ter “uma ligação directa” com o SPEM, esta publicação online acaba por ser fruto deste projecto. Sobretudo, pretende-se “que haja uma simbiose”, numa iniciativa que quer mostrar cada pedaço de Macau ao mundo.

PENÉLOPE CRUZ TRAUMATIZADA COM PRIMEIRAS CENAS DE SEXO

FILME SOBRE AYRTON SENNA CANDIDATO AOS BAFTA

LADRÕES DEVOLVEM QUADRO DE MAGRITTE

Penélope Cruz ficou traumatizada com as primeiras cenas de sexo que filmou, aos 18 anos. Foi no filme “Jamón, Jámon”, de 1991, que a actriz espanhola gravou as primeiras cenas de sexo, com Javier Bardem, actual marido e pai do filho de Cruz. “Tive rejeição a tudo o que tivesse a ver com sexo ou tudo o que fosse sensual. Cortei o cabelo à rapaz e não fiz cenas de amor, nem sequer com beijos, durante vários anos”, confessou Penélope Cruz, ao jornal britânico “The Sun”. Apesar do trauma, a actriz espanhola reconhece a “grande oportunidade” que o realizador do filme de “Jámon, Jámon”, Bigas Luna, lhe deu ao confiar-lhe aquele o papel. Foi a primeira vez que entrou num filme de cinema. A actriz, de 37 anos, lembrou o grande apoio que teve da mãe, com quem aprendeu que há coisas de que é melhor não falar.No filme “Jámon, Jámon”, Penélope Cruz contracena com Javier Bardem, com quem casou anos mais tarde e com quem tem um filho.

A primeira lista de nomeados, com 15 filmes em cada categoria, foi anunciada. A partir desta lista serão escolhidos, no próximo dia 17, oito nomeados por categoria. Os premiados pela Academia Britânica serão anunciados a 12 de Fevereiro. ‘Senna’, realizado por Asif Kapadia, está nomeado para melhor filme, melhor filme britânico, montagem, documentário e som. ‘A Toupeira’, de Thomas Alfredson, e ‘A Minha Semana com Marilyn’, de Simon Curtis (ambos neste momento em exibição em Portugal) lideram a lista com 15 nomeações cada. ‘A Dama de Ferro’, de Phyllida Lloyd, e ‘O Artista’, de Michael Hazanavicius, aparecem empatados com 12 indicações. Entre os nomeados estão outros dos filmes mais falados de 2011, como ‘Meia Noite em Paris’, de Woody Allen, ‘Drive’, de Nicolas Winding Refn, ‘The Ides of March’, de George Clooney, The Descendants’,de Alexander Payne (e com Clooney), ‘Moneyball’, de Bennett Miller (com Brad Pitt) - estes dois estreiam-se ainda este mês em Portugal.

Um quadro do pintor surrealista belga René Magritte, roubado há dois anos em um museu de Bruxelas, acabou sendo devolvido pelos ladrões, que, aparentemente, não conseguiam vendê-lo, informou a imprensa belga. Intitulada “Olympia”, a pintura, que era avaliada em três milhões de euros, tinha sido roubada de um museu de Jette, um distrito da cidade, que é dedicado ao consagrado artista. O especialista em arte Janpiet Callens, que foi contatado há duas semanas de forma anônima pelos supostos autores do crime para devolver a obra, entregou a pintura às autoridades e explicou que os ladrões não tinham conseguido colocá-la no mercado negro. “Olympia” é um retrato nu de Georgette Magritte, esposa do artista, que aparece deitada em uma toalha branca. Ao fundo, se destaca uma paisagem junto ao mar.


TERÇA-FEIRA 10.1.2012 www.hojemacau.com.mo

12 ANDEBOL PORTUGAL VOLTA A VENCER A TURQUIA A Seleção Nacional venceu hoje a Turquia, em Mersin, por 34-26, no segundo jogo do Grupo 2 da fase de qualificação para o Mundial de 2013. Após o folgado triunfo (35-22) sobre a Turquia em Lamego, na semana passada, Portugal sentiu maiores dificuldades no terreno do adversário e chegou ao intervalo o marcador a registar um empate a 16 golos. No segundo tempo, os pupilos de Mats Olsson foram claramente superiores, com David Tavares a destacar-se no que respeita à finalização. Com este triunfo, Portugal assume a liderança do com o mesmo número de pontos que a Ucrânia, que é o próximo adversário da equipa das ‘quinas’, no próximo dia 12 de Janeiro. NBA OKLAHOMA VENCE SAN ANTONIO E REFORÇA LIDERANÇA A OESTE Os Oklahoma City Thunder receberam e venceram os San Antonio Spurs por 108-96, em mais um jogo da fase regular da NBA, e reforçaram a liderança na Conferência Oeste. Kevin Durant, com 21 pontos e 10 ressaltos, esteve em destaque pelo conjunto de Oklahoma, que passa a somar oito vitórias e duas derrotas na conferência, mais dois triunfos que os Portland Trail Blazers, que assumiram a vice-liderança após o triunfo sobre os Cleveland Cavaliers. Em casa, os Lakers continuam a mandar – somaram o sexto triunfo consecutivo e só perderam a ronda inaugural com os Chicago Bulls. Desta feita, os de Los Angeles bateram os Memphis Grizzlies com Kobe Bryant a juntar 26 pontos à conta pessoal. FUTEBOL RONALDO MARCOU MAS NÃO FESTEJOU Cristiano Ronaldo fechou a goleada (5-1) do Real Madrid sobre o Granada com mais um golo – o 21.º esta temporada – de belo efeito. Porém, o internacional português recusou-se a festejar com os seus companheiros. Porquê? No final da partida, Sergio Ramos desvalorizou a ação do companheiro de equipa: «Ele é assim. Estamos satisfeitos por ele.» A decisão de Ronaldo pode justificar-se com o facto de outro lado estar o companheiro de Seleção Carlos Martins, que foi titular pelo Granada. O médio continua a luta por encontrar um dador de medula compatível para o filho Gustavo e, talvez por isso, em vez de festejar, o jogador do Real Madrid tenha preferido manifestar a sua solidariedade.

DESPORTO Futebol pode perder mais de 200 milhões de euros

Misericórdia, por favor

A

decisão do Tribunal do Porto de recusar os efeitos suspensivos do recurso apresentado em conjunto por Liga Portuguesa de Futebol Profissional e da Bwin contra a sentença de 28 de Setembro, que considerou ilegal a actividade da casa de apostas em Portugal na sequência de uma queixa apresentada pela Associação Portuguesa de Casinos e da Santa Casa da Misericórdia, coloca para já em risco o patrocínio da Bwin à Taça da Liga, que esta época se cifra em quarenta milhões de patacas, distribuídos pelos clubes que na

competição participam e tendo em conta os objectivos que atingem. A decisão ainda não é definitiva, a Liga Portuguesa de Futebol Profissional aguarda que uma decisão sobre o recurso apresentado seja tomada em Fevereiro, mas a verdade é que se a sentença for negativa a Bwin deixa de facto de poder dar o seu nome à Taça da Liga (esta época denominada Bwin Cup), obrigando a Liga a procurar novo patrocinador para a prova. Mas o desfecho deste caso pode encerrar cenário bem mais grave para o futebol em Portugal. É que se neste processo está apenas em causa o patrocínio da Bwin,

uma nova decisão que confirme a ilegalidade da actividade desta casa de apostas em Portugal abre um precedente para todas as outras que operam no país. E que patrocinam também o futebol, nomeadamente através de publicidade, nos estádios ou nas camisolas de quase todos os clubes das ligas profissionais. E aí não estaremos a falar de apenas quarenta milhões de patacas, mas sim de uma comparticipação que na globalidade ultrapassa os 200 milhões. O que, percebe-se, num momento de enorme aperto financeiro para quase todas as empresas, poderá provocar enormes danos aos

orçamentos dos clubes portugueses, que poderão ver-se privados de parceiros importantes. Muitos emblemas portugueses poderão mesmo ter o seu futuro ameaçado por aquilo que, independentemente das interpretações que se possam dar ao caso, constitui um violentíssimo ataque ao futebol. Em causa em todo este processo está, já se sabe, a legalização das casas de apostas online em Portugal, pretensão há muito defendida mas à qual o Governo ainda não acedeu.

BENFICA GOLEIA (4-0) UD LEIRIA E ISOLA-SE NA LIDERANÇA

Jesus é o primeiro M

ISSÃO cumprida. À segunda tentativa, o Benfica isolou-se no comando da Liga com vitória, por 4-0, diante do UD Leiria, na Marinha Grande. Depois de falhar o assalto à liderança isolada na 10.ª jornada, tratou o Benfica de não desperdiçar nova oportunidade, e fê-lo de forma categórica. Quatro golos sem resposta atestam a superioridade encar-

nada na Marinha Grande, casa emprestada de um UD Leiria que ainda não tinha sofrido qualquer golo na condição de visitado, com Manuel Cajuda ao leme. Bruno César, na primeira parte, Cardozo e Rodrigo (por duas vezes), na segunda, deram expressão ao domínio das águias, que tiraram partido de três canhotos do plantel para

construir triunfo folgado e voar para o topo da classificação, com mais dois pontos que o FC Porto. Desde 9 de Maio de 2010, após o jogo com o Rio Ave, no Estádio da Luz, que garantiu a conquista do título de campeão nacional na época 2009/10, que o Benfica não olhava para os rivais pelo retrovisor.

PALANCAS NEGRAS JÁ RECEBERAM PRÉMIOS EM ATRASO

De cabeça lavada para o CAN A

CABOU a polémica! Pedro Neto, presidente da Federação Angolana de Futebol, deslocou-se a Cabinda para discutir com os jogadores como será compensada a participação no CAN-2012, mas fez mais, saldou as dívidas existentes no que a prémios diz respeito, o que foi acolhido no seio do grupo com grande felicidade. Na última edição de A Bola demos conta do incómodo que estava a provocar o atraso no pagamento dos prémios e os riscos que isso poderia acarretar para o rendimento da Seleção no Campeonato Africano. Neste contexto, Pedro neto fez questão de se deslocar pessoalmente para junto dos jogadores e com eles discutir como será no futuro, porque o passado, esse parece agora enterrado, com a FAF a liquidar todas as dívidas. E para que não houvesse qualquer questão por resolver, todo o grupo esteve na conversa com Pedro Neto. Fontes contactadas por A Bola dizem que houve

cedências de parte a parte e após longos minutos de debate o acordo chegou finalmente, o que põe ponto final naquele que era nesta fase o maior foco de instabilidade junto dos Palancas Negras. Dos oito milhões que o Governo disponibilizou para a FAF, chegaram aos cofres da instituição dois milhões e graças a esse esforço foi possível satisfazer as exigências dos jogadores, que desde a primeira hora disseram a Pedro Neto que não queriam voltar a viver uma situação recorrente... chegarem ao CAN sem estar definida a questão dos prémios, diárias e compensação pelos objectivos alcançados. Será este o grande mérito de Pedro Neto neste início de mandato. Antes da partida para Malabo já todos sabem com o que podem contar e por isso a única preocupação será cumprir a promessa de Angola ter a melhor participação de sempre num Campeonato Africano. Um olhar para, pelo menos, as meias-finais.

FUTEBOL SCHOLES VOLTA DEPOIS DE ARRUMAR CHUTEIRAS O treinador do Manchester United está satisfeito por Paul Scholes ter regressado aos relvados pouco mais de seis meses depois de ter decidido terminar a carreira. “Acelerámos a preparação de Scholes nas últimas semanas e começou a treinar com o plantel principal na semana passada. É um reforço tremendo para o plantel nesta fase extremamente importante do campeonato”, disse Ferguson em declarações ao site do clube. Scholes, 38 anos, que tinha anunciado a carreira no Verão passado depois de 19 temporadas consecutivas ao serviço dos red devils, regressou ontem aos relvados na condição de suplente utilizado no jogo com o Manchester City para a Taça de Inglaterra.


Cineteatro | PUB SALA 1

LAUGHING GOR TURNING POINT 2 [C]

Um filme de: Herman Yau Com: Michael Tse, Francies Ng, Chapman To 14.30, 16.15, 18.00, 21.45

THE TWILIGHT SAGA BREAKING DAWN PART1 [C]

Um filme de: Bill Condon Com: Kristen Stewart, Robert Pattinson, Taylor Lautner 19.45 SALA 2

THE AWAKENING [C] Um filme de: Nick Murphy

[ ] Cinema

[f]utilidades TERÇA-FEIRA 10.1.2012 www.hojemacau.com.mo

13

Com: Rebecca Hall, Dominic Wes 14.30, 16.30, 19.30, 21.30 SALA 3

NEW YEAR’S EVE [B] Um filme de: Garry Marshall Com: Halle Berry, Jessica Biel, JonBon Jovi 14.30, 16.45, 19.15

SHERLOCK HOLMES A GAME OF SHADOWS [B]

Aqui há gato

Um filme de: Guy Ritche Com: Robert Downey Jr., Jude Law, Noomi Rapace 21.30

VERTICAIS: 1-Estampilha; Histrião. 2-Foge a; Vinho ordinário (gír.). 3-Cobalto (s.q.); Escutou; Medida itinerária do Japão. 4-Vazia; Miadela; Prefixo designativo de terra. 5-Cachaça de mau gosto; Sapo do Amazonas (Bras.). 6-Fileira; Pau-ferro. 7-Acreditei; Árvore cuja casca aromatiza o vinho. 8-A favor; Cabo de reboque; Cloreto de sódio. 9-Suspiro; Versejar; Observei. 10-Anta-do-brasil; Atormentar. 11-Cançonte; Vestuário de mulher, que fica da cintura para baixo.

SOLUÇÕES DO PROBLEMA

Su doku [ ] Cruzadas

HORIZONTAIS: 1-Insensível (fig.); Pé ou mão de animal. 2-Recorda; Fundar. 3-Lítio (s.q.); Animal microscópico gerador da sarna e de alegrias; Sinal abreviativo de matemática, cujo valor é 3,4116. 4-Ouvido (pref.); Acolá; Gracejava. 5-Palavra sagrada pra o hinduísmo, usada para iniciar as orações; Transporte Internacional Rodoviário. 6-Voltar; Intervalo com dois meios-tons (Mús.). 7-Prefixo designativo de vida; Maior rio da Suíça. 8-Lagarta que vive nas folhas das árvores (prov.); Fruto de ateira; Pano de arrás. 9-Interjeição que se emprega para cumprimentar (Bras.); Maquinismo com calabre para levanter grandes pesos (pl.); Além. 10-Queda sem consequências graves; Limpai; banhando em líquido. 11-Aranha grande africana; Símbolo da Música.

[Tele]visão TDM 13:00 13:30 14:30 16:35 18:00 18:30 19:30 20:30 21:00 21:30 22:00 23:00 23:30 00:00 00:30

TDM News - Repetição Jornal das 24h RTPi DIRECTO Liga Sagres: U. Leiria - Benfica (Repetição) That 70\’s Show (Que Loucura de Família) TDM Desporto (Repetição) Amanhecer Telejornal TDM Entrevista Linha da Frente Passione TDM News A Verde e as Cores Telejornal (Repetição) RTPi DIRECTO INFORMAÇÃO TDM

RTPi 82 14:00 Telejornal Madeira 14:30 Alta Pressão 15:00 Ingrediente Secreto 15:30 Low Cost 16:00 Bom Dia Portugal 17:00 O Elo Mais Fraco 17:45 Resistirei 18:30 A Hora de Baco 19:00 Himalaias – A Viagem dos Jesuítas Portugueses 20:00 Jornal Da Tarde 21:15 O Preço Certo 22:00 Nativos Digitais 22:45 Portugal no Coração ESPN 30 13:00 13:30 16:30 19:30 20:00 20:30 21:00 21:30

(Delay) Argentina Chile Peru Dakar Rally 2012 Day 9 Big 12 Men’s Football 2011/12 - AT&T Cotton Bowl Classic 2012 2012 Allstate Bcs National Championship LSU vs. Alabama (LIVE) Sportscenter Asia 2012 The Football Review Closeness Of Victory Breaking The Record Argentina Chile Peru Dakar Rally 2012 Day 9

22:00 22:30 23:00 23:30

Sportscenter Asia 2012 The Football Review Breaking The Record Geico PBA Team Shootout

STAR SPORTS 31 13:00 Sri Lankan Airlines Pro 13:30 Motorsports@Petronas 2011 14:00 Australian Open Classic Match 2006 17:00 2011 Ana Open 18:00 Rolex FEI World Cup Jumping 2011/12 19:00 Motorsports@Petronas 2011 19:30 FA Cup 2011/12 Arsenal vs. Leeds United 21:30 (LIVE) Score Tonight 2012 22:00 Asian Rugby Sevens 2011 23:00 Australian Open Tennis 2006 Official Film FOX MOVIES 40 12:05 Born To Raise Hell 13:40 X-Men: The Last Stand 15:25 Shadow Man 17:05 The 6Th Day 19:10 Chain Reaction 21:00 Stealth 23:05 It’s A Wonderful Afterlife 00:50 The A-Team HBO 41 12:00 Primo 13:40 Analyze That 15:45 Pretty Bird 17:25 Midnight In The Garden Of Good And Evil 20:00 The Last Of The Mohicans 22:00 Ronin 00:00 Goodfellas CINEMAX 42 12:30 14:15 16:00 18:30 20:05 22:00 00:25

Hackers Spaceballs 2001: A Space Odyssey Earth Vs. The Flying Saucers Boardwalk Empire Inglourious Basterds Uncommon Valor

HORIZONTAIS: 1-Seco; Pata. 2-Evoca; Criar. 3-Li; Ácaro; Pi. 4-Oto; Ali; Ria. 5-Aum; TIR. 6-Vir; To,. 7-Bio; Aar. 8-Bru; Ata; Rás. 9-Oi; Gruas; Lá. 10-Boléu; Lavai. 11-Ólio; Lira. VERTICAIS: 1-Selo; Bobo. 2-Evita; Briol. 3-Co; Ouviu; Li. 4-Oca; Mio; Geo. 5-Aca; Aru. 6-Ala; Itu. 7-Cri; Aal. 8-Pró; Toa; Sal 9-Ai; Rimar; Vi. 10-Tapir; Ralar. 11-Ária; Saia.

À VENDA NA LIVRARIA PORTUGUESA THE LOVEBIRDS (DVD) • Bruno de Almeida

The Lovebirds é uma longa-metragem que se passa em Lisboa no decorrer de uma noite onde, seis histórias se desenrolam em simultâneo. Histórias labirínticas e fragmentadas, que falam de amizade, de amor, de paixão, da falta de amor e do desejo de ser amado. Através delas, o retrato de uma cidade comovente com as emoções que nela habitam, misto de enamoramento e nostalgia, “cidade triste e alegre”, ”Lisboa e Tejo e Tudo”, como Álvaro de Campos lhe chamou...

VIXEN (DVD) • Russ Meyer

Este é o primeiro filme daquela que viria a ser a mais conhecida série do realizador de culto da comédia erótica americana, Russ Meyer, o mestre inconfundível do cinema que deu a conhecer as mais generosamente dotadas mulheres do mundo. Vixen é uma força da natureza e no convívio diário com a vida selvagem, os seus sentidos estão sempre à beira de explodir.

REGRAS |

Insira algarismos nos quadrados de forma a que cada linha, coluna e caixa de 3X3 contenha os dígitos de 1 a 9 sem repetição SOLUÇÃO DO PROBLEMA DO DIA ANTERIOR

THE CELLULOID CLOSET - O CINEMA NO ARMÁRIO (DVD) • Rob Epstein e Jeffrey Friedman

The Celluloid Closet – O Cinema no Armário é um olhar divertido e provocador sobre Hollywood e a forma como reflectiu e definiu a maneira de pensarmos sobre a homossexualidade. Dos gay cómicos às vampiras lésbicas, das patéticas “rainhas” aos predadores sádicos, dos bons aos maus, as personagens gay existem desde o início da sétima arte. Um filme directo que confirma o talento de Rob Epstein e Jeffrey Friedman enquanto montadores de ideias e imagens, tirando o melhor proveito de centenas de clips de filmes clássicos, conta com uma narração concisa de Lily Tomlin e inúmeras entrevistas com estrelas de Hollywood como Tom Hanks, Shirley MacLaine, Susan Sarandon, Whoopi Goldberg, Tony Curtis e Gore Vidal.  RUA DE S. DOMINGOS 16-18 • TEL: +853 28566442 | 28515915 • FAX: +853 28378014 • MAIL@LIVRARIAPORTUGUESA.NET

A HELLO KITTY É PIOR QUE PÃO COM RANHO Cara Hello Kitty: À medida que cresço vou-me apercebendo da tua influência no Mundo, em particular aqui em Macau. Por isso resolvi escrever-te. Não uma carta de amor, mas uma carta-piparote. Para ver se desamparas a loja, pois és uma vergonha para a raça felina. Começo pela tua aparência. O que se passa com essa roupa ridícula? Milhares de anos até os gatos terem este pêlo ideal para qualquer temperatura e apareces de vestidinho? O que vais fazer a seguir? Calçar galochas para não arranhares? Como se não bastasse, tens zero em elegância. Coxas musculadas e flexibilidade de bailarina eram assim tão má ideia? Para ti, pelos vistos, sim, já que preferiste ser uma bola que mal se mexe. Ao pé de ti, aliás, melancias rolando ribanceira abaixo parecem manequins a desfilar. Para que tudo corresse um bocadinho melhor, podias ao menos ter personalidade vincada. À gato, com atitude, percebes-me? É pouco provável, pois como explicam os génios que te criaram, “a Hello Kitty não tem boca para melhor reflectir os sentimentos daqueles que a observam - está contente quando estão contentes, está triste quando estão tristes”. Sobre “personalidade” estamos conversados, quanto ao resto, enfim, é melhor nem comentar não teres boca. Resta-te o argumento dos fãs, aos milhões espalhados pelo planeta. É verdade que o número é grande, mas que tipo de pessoas são? Um bom exemplo é a cantora Mariah Carey, talvez a tua admiradora mais conhecida. Boneca como tu, animada como tu e cativante como tu. Lê lá estas palavrinhas mágicas que esse rouxinol rechonchudo disse há uns tempos. “Sempre que vejo na TV aquelas pobres crianças a morrer de fome, não consigo deixar de chorar. Quer dizer, adorava ser assim magra, mas sem as moscas e a morte e isso tudo.” Os teus fãs, estás a ver? Adeusinho, ó Kitty. (e se algum dia te desenharem a boca, por favor fica calada, porque cheira-me que vais ladrar) Pu Yi


TERÇA-FEIRA 10.1.2012 www.hojemacau.com.mo

14

OPINIÃO

Um país? Alberto Castro In Jornal de Notícias

H

Á dias, foi divulgada uma fotografia nocturna de Portugal na qual é evidente a litoralização do país em que, ainda, assim, sobressaem dois pólos, um em Lisboa (bastante maior) e, outro, no Porto. A imagem não é muito diferente em Espanha, embora o núcleo mais forte se situe no Centro do país, onde se localiza Madrid. Arrisco dizer que, se continuássemos pela Europa adentro, o panorama não seria muito diferente com a excepção de países com uma extensão de costa limitada ou daqueles que são ilhas ou, então, estritamente continentais, que tendem a ser mais policêntricos. A ideia de um povoamento territorialmente equilibrado parece ser uma utopia. Em rigor, talvez não pudesse deixar de ser assim: há economias de aglomeração evidentes e factores produtivos ou recursos naturais que não se distribuem homogeneamente. As actividades que mais beneficiariam da proximidade e complementaridade com outras indústrias ou serviços concentrar-se-iam em algumas zonas, mais ou menos polarizadas. Noutras regiões a especialização seria em actividades mais extensivas. E assim sucessivamente. Não é este nem o espaço nem o propósito para discutir a teoria do desenvolvimento nem a forma como se dá a sua expressão territorial. O ponto não será esse mas o de saber em que medida essa diferente especialização e territorialização salvaguarda, por um lado, a igualdade de oportunidades

no acesso a níveis de vida condignos e, por outro, não limita ou colide com o propósito do próprio desenvolvimento global do país. O excesso de polarização pode acontecer por razões que se diriam naturais e que o tempo corrigirá. A atracção de pessoas e recursos faz-se, nas economias de mercado, de uma forma espontânea, não planeada, reagindo a incentivos e expectativas. Quando esse processo vai longe de mais, geram-se deseconomias e desperdícios: o custo dos terrenos ou os alugueres sobem, os congestionamentos sucedem-se, o custo de vida aumenta desproporcionadamente, a produtividade estagna, a competitividade perde-se, o desemprego emerge. Havendo flexibilidade, pessoas e empresas deslocam-se para outras regiões que se antecipa oferecerem um futuro melhor. Entre nós, a lei das rendas, forçando à aquisição de casa própria, cerceou a mobilidade territorial e impôs, sobretudo aos mais jovens, a aceitação de condições de vida e emprego bem abaixo do que inicialmente antecipavam. Pior, muito pior, ocorre quando os interesses entretanto instalados se recusam a aceitar o natural processo de ajustamento e se arrogam estatuir que, pelo contrário, o país precisa de reforçar a capital. Quando o congestionamento produz ineficiência, o simples objectivo de repor o nível inicial de rendimento requer que se drenem proporcionalmente mais meios que, desta forma, vão minguar no resto do país, sobretudo nas regiões e comunidades com menos peso e força política, onde a esperança fenece, alimentando o ciclo vicioso de empurrar os que ainda têm alguma mobilidade para onde lhes

Pior, muito pior, ocorre quando os interesses entretanto instalados se recusam a aceitar o natural processo de ajustamento e se arrogam estatuir que, pelo contrário, o país precisa de reforçar a capital. parece haver alternativa. Para tornar as coisas piores, aqueles recursos tendem a ser apropriados por uma oligarquia de interesses, públicos e privados, que se torna a única beneficiária de todo o processo. O resultado final é aquele a que assistimos: um país dual mas também uma metrópole com enormes assimetrias internas, com os mais jovens e desfavorecidos reféns do processo de centralização, sem alternativas, empurrados para a periferia da cidade, com diminuta qualidade de vida, com acesso a serviços de qualidade limitada e consumindo nas deslocações o tempo e o dinheiro que pouparam na habitação. Crescer, assim, consumirá sempre mais recursos do que o necessário. Para sobreviver a esta crise, a coesão é um imperativo. Nela se entrecruzam as dimensões social e territorial, a salvaguarda da dignidade da pessoa humana e a subsidiariedade. Em conjunto, seriam a expressão de um país mais solidário. Na verdade, a expressão de UM país. Não inscrever a descentralização e a subsidiariedade na agenda política é, mais uma vez, adiar o país.


Ciclone

Praia, sol e calor secam o pensamento. Por Fernando

TERÇA-FEIRA 10.1.2012 www.hojemacau.com.mo

15 à f l or d a p el e Helder Fernando

Reformas e contra-reformas I Em Macau, a mais recente palavra mágica é reforma. Mesmo entre os contra-reformadores, esses mesmos que dizem apoiar reformas, limitando-se, afinal, a proporem que se pinte de amarelo limão o que está em amarelo canário. São muito engraçadas estas propostas ditas reformadoras, tresandando a passivo juizinho, cautela e caldos de galinha. Ninguém está à espera de outra coisa, naturalmente. Podiam é não tratar mal a palavra reforma, respeitá-la no seu significado. Reformar é organizar de novo, é modificar. Foram as reformas registadas em várias épocas da História, essas sim, que fizeram avançar a Humanidade - na política, nas religiões, em todos os sectores da vida, extirpando malefícios. Reformar é ter a inteligência e a coragem de mudar, é devolver a esperança, é recriar para melhor, é aperfeiçoar, tornar justo. A reforma é o eixo, o ponto central das mudanças estruturais. Não construindo assim o gesto de reformar, adivinha-se o fracaso, a devolução do que não interessa, a maquilhagem que borrará na primeira curva apertada do caminho colectivo. Por favor, chamem-lhe outra coisa: remendos, alterações, acrescentos. Reformas, por enquanto, e até sabermos realmente o que é autorizado a mudar, não. Por muito agradável de ouvir e até pomposo que seja esse cliché no discurso político local. II Observar o que está à volta, começa por ouvirmos o que nos diz a voz interna. Esta, vale mais, a maior parte das vezes, do que os sons de muitas falas que anunciam reformas e a gente a ver que o melhor do desejo é tudo ficar na mesma. Sem pudor, lá vão falando de Este a Oeste, amparados em altas jogadas de profundidade, onde colocam os peões de brega para pegas de cernelha. Como os peões de brega não são forcados, a incompetência e a desavergonhice salta à vista. Até no futebol, onde o caso português está muito longe de ser único. O António Oliveira que conte mais umas histórias antes que o abatam. Assistir a um telejornal de Portugal é presenciar um filme de terror com muito sangue, insistentes morticínios. Um ministro chamado Relvas a repetir o trágico

Esteve fria a semana anterior. Deu para alterar estados de espírito, quebras ou acrescentos emocionais. Por curtas semanas, vestimos as roupas menos usadas em Macau, pensando em nós, no nosso agasalho. Assistindo a alguns que as usam pensando nos outros. disparate já dito pelo chefe daquele governo, no sentido de influenciar portugueses a abandonarem o País, sob o argumento hipócrita de que na época dos Descobrimentos fomos os maiores. Como o civismo e a complacência parecem aconselhar que nenhum português vá às trombas aos senhores ministros, eles continuam a gozar com a desgraça. Se esses fulanos vierem até este Delta, haja alguém capaz de lhes apresentar alguns dos muitos portugueses,

ca rtoon por Steff

sobretudo jovens, desempregados. Esse tipo de gente mal palavrosa, há muito instalada no poder em Portugal, terá algum futuro político depois da revolta colectiva? Ou, sequer, não haverá revolta? Bom, as palavras também se revoltam. Umas com as outras; todas contra quem as usa constantemente mal. As palavras sempre atrapalham aqueles que se atrapalham com elas e com as idéias. As palavras preferem quem as ame, respeitando a inteligência das pessoas. As palavras ficam indiferentes com quem as usam apenas mecanicamente e para falsidades. As palavras desprezam quem as silencia. III Esteve fria a semana anterior. Deu para alterar estados de espírito, quebras ou acrescentos emocionais. Por curtas semanas, vestimos as roupas menos usadas em Macau, pensando em nós, no nosso agasalho. Assistindo a alguns que as usam pensando nos outros. A roupa também é um termómetro social. O Tintim e o Rato

AHMADINEJAD NA AMÉRICA LATINA

Mickey é que andam eternamente com a mesma roupa. Ambos fazem anos hoje. O repórter,  83, o rato faz 80.  IV As sistemáticas violações de instituições relevantes, algumas delas todos julgávamos impenetráveis, colocando online informações altamente confidenciais, mais terde ou mais cedo provocará alterações substanciais no modo como recebemos e consultamos a internet. Talvez não leve ao desligar abrupto da rede, mesmo momentaneamente, mas o facto é que o apagão total é uma hipótese cada vez mais falada. Alguma consequência haverá, depois das mais recentes acções de uma série de “haktivistas” que penetraram nos serviços de segurança britânicos e norte-americanos, expondo ao mundo centenas de textos encriptados, senhas de acesso, e-mails, etc. Por outro lado, a coincidência de alguma imprensa europeia e não só, estar mencionando como realidade hipotética (ainda), uma grande união entre empresas como Google, Yahoo, Twiter, Facebook, Mozilla, Paypal, Aol, Amazon e outras, integradas na plataforma “Netcoalition”, com eventual intenção de levar à prática a desconexão digital que hoje coloca grande parte do mundo em contacto no tempo real. Aparentemente, o porquê deste gigantesco apagão da internet, mesmo por algumas horas, será uma alta pressão contra um projecto de lei denominado “Stop Online Piracy Act” (SOPA), que desde Outubro passado se discute no Congresso dos Estados Unidos, e cuja votação está agendada para 24 deste Janeiro. O mencionado projecto “SOPA” prevê a perseguição à pirataria ilegal, colocando nas mãos do Departamento de Justiça dos Estados Unidos de criminalizar todos os que alojam na internet conteúdos ilegais, desde um anónimo blog a qualquer rede social, impondo o bloqueio da “web” como medida mais gravosa. Assim se derrubarão as “wikileaks”, talvez pensem eles. As já referidas empresas e motores de busca, observam estas medidas projectadas pela tal “SOPA” como “novas ferramentas para silenciar a liberdade de expressão na internet”. Daí, colocarem como assunto de estudo, e em resposta à pressão, o tal gigantesco apagão digital. 2012 problemas gigantes, este ano.

Propriedade Fábrica de Notícias, Lda Director Carlos Morais José Redacção Andreia Sofia Silva; Gonçalo Lobo Pinheiro; Joana Freitas; José C. Mendes; Nuno G. Pereira; Virginia Leung Colaboradores António Falcão; António Graça de Abreu; Carlos Picassinos; Hugo Pinto; Marco Carvalho; Maria João Belchior (Pequim); Michel Reis; Rui Cascais; Sérgio Fonseca; Tiago Quadros; Vanessa Amaro Colunistas Arnaldo Gonçalves; Carlos M. Cordeiro; Boi Luxo; Correia Marques; Hélder Fernando; Jorge Rodrigues Simão; José I. Duarte, José Pereira Coutinho, Marinho de Bastos; Paul Chan Wai Chi; Pedro Correia; Peng Zhonglian Cartoonista Steph Grafismo Catarina Lau; Paulo Borges Ilustração Rui Rasquinho Agências Lusa; Xinhua Fotografia António Falcão, Gonçalo Lobo Pinheiro; Lusa; GCS; Xinhua Secretária de redacção e Publicidade Laurentina Silva (publicidade@hojemacau.com.mo) Assistente de marketing Vincent Vong Impressão Tipografia Welfare Morada Calçada de Santo Agostinho, n.º 19, Centro Comercial Nam Yue, 6.º andar A, Macau Telefone 28752401 Fax 28752405 e-mail info@hojemacau.com.mo Sítio www.hojemacau.com.mo


Hong Kong | Partido Democrático escolhe Albert Ho como candidato

O Ho do lado

GUINÉ-BISSAU MORREU PRESIDENTE MALAM BACAI SANHÁ Malam Bacai Sanhá, presidente da Guiné-Bissau, morreu esta segunda-feira, num hospital de Paris, segundo a AFP. O chefe de Estado, de 67 anos, estava internado desde o final de Novembro em Paris, devido a problemas de saúde. Malam Bacai Sanhá tinha sido eleito presidente da Guiné-Bissau em 2009, tornando-se o quarto chefe de Estado do país. A notícia da morte de Malam Bacai Sanhá pode abalar a estabilidade política e social do país, depois de no mês passado, na ausência do presidente, dois chefes militares se terem envolvido num conflito. Em causa desentendimentos entre o chefe do Estado-Maior das Forças Armadas, António Indjai, e Bubo Na Tchuto, chefe do EstadoMaior da Armada, por alegado tráfico de droga envolvendo este último elemento, bem como uma suposta tentativa de golpe de Estado. PUB

O

Partido Democrático de Hong Kong escolheu o candidato às próximas eleições para o chefe do executivo, após a realização das primeiras “primárias” para designar um representante do campo pró-democrata.

O presidente do partido, Albert Ho, foi escolhido, com 67% dos votos, obtidos na votação de domingo e num inquérito conduzido por telefone, de acordo com os resultados divulgados no domingo. O escrutínio foi aberto a todos

os residentes permanentes maiores de idade, tendo participado 33.932 pessoas. Albert Ho obteve 22.148 votos contra 10.791 para Frederick Fung Kin-kee, da Associação para a Democracia e Bem-estar da População, de acordo com a imprensa de Hong Kong. Num inquérito realizado por telefone entre 3 e 6 de Janeiro, 6217 pessoas “aprovaram” Albert Ho, enquanto 180 Frederick Fung Kin-kee. Contudo, 547 dos inquiridos afirmaram não apoiar qualquer dos dois candidatos democratas. Albert Ho necessita agora de reunir 150 assinaturas para participar nas eleições para Chefe do Executivo, marcadas para 25 de Março. Na corrida ao cargo, encontram-se mais dois candidatos de peso: o ex-secretário-chefe do governo Henry Tang e o ex-membro do Conselho Executivo Leung Chun-ying. De acordo com a imprensa, Pequim vai escolher Henry Tang ou Leung Chun-ying para suceder a Donald Tsang na chefia do Governo. Albert Ho reconheceu que não tem hipótese de vencer, frisando que os candidatos pró-Pequim “têm agora de enfrentar o desafio”. O líder do Governo de Hong Kong não é eleito por sufrágio universal mas por um comité representativo dos principais sectores da Região Administrativa Especial, composto por cerca de 1200 elementos.

TERÇA-FEIRA 10.1.2012 www.hojemacau.com.mo

REI GHOB EM SILÊNCIO NO ARRANQUE DO JULGAMENTO O julgamento do «rei Ghob», como é mais conhecido Francisco Leitão, arrancou esta segunda-feira em Torres Vedras, numa sessão marcada pelo silêncio do sucateiro de Carqueja. Para além da leitura da acusação, estava previsto que o arguido prestasse declarações, o que não se verificou, à semelhança do que já tinha acontecido quando foi detido pela Polícia Judiciária. Francisco Leitão, de 43 anos, é acusado do homicídio de quatro pessoas - duas raparigas, um jovem e um idoso - permanecendo desconhecido o local onde estarão os cadáveres. Está em prisão preventiva desde 2010. A próxima sessão foi agendada para o próximo dia 16, onde se espera a audição de algumas das 37 testemunhas arroladas.


Hoje Macau 10 JAN 2012 #2528