Issuu on Google+


SAKE AGORA TEM NOME.

CAIPISAKE DE JUN DAITI™ E KIWI

2 APRECIE COM MODERAÇÃO.

INGREDIENTES: • 1 1/2 Kiwi em cubos; • 1 colher de sobremesa de açúcar; • 5 cubos de gelo; • 60ml de JUN DAITI™ sake.

MODO DE PREPARO: no copo, macere levemente a fruta como açúcar. Coloque o gelo em cubos, acrescente JUN DAITI™ e misture. DICA: se a fruta estiver doce, diminua o açúcar.


Editorial

Editorial Nesta edição especial de Natal e Ano Novo, apresentamos sugestões de lindas cestas para presentear aqueles de quem gostamos. Selecionamos também receitas especiais para as festas de final de ano, entre elas, uma torta gelada de panetone, do chef Vilmar Turnes, e um suflê de frutas vermelhas, de Dona Edith Wille Porto, cliente Hippo que adora cozinhar. Apresentamos, ainda, informações sobre hidratação da pele e cuidados que se deve ter com alimentação, e, para quem gosta de viajar, a sugestão é conhecer Istambul. Essas são algumas das matérias disponíveis nesta edição. Desejamos a todos um Natal e um Ano Novo repletos de alegrias e realizações.

Destaques

05

Novidades Hippo

11

Chef convidado

Sumário

20

Matéria de capa

29 Nutrição

42

Entretenimento

49 Tendência

05 - Novidades HIPPO. 06 - Clientes HIPPO. 09 - Chef HIPPO. 11 - Chef convidado. 18 - Receita cliente HIPPO. 20 - Matéria de capa. 24 - Receitas Natalinas. 27 - Nutrição HIPPO. 31 - Momentos HIPPO. 32 - Meio ambiente. 35 - HIPPO em Movimento. 36 - Saúde e bem-estar. 42 - Entretenimento. 45 - Comportamento. 49 - Tendência. 50 - Informações em destaque.

Expediente A revista Hippo é uma publicação da Editora Sul Publicações Ltda.

Projeto Gráfico: Larissa Harsteln

Planejamento e Concepção do Projeto Maria Helena José

Comercialização:

Revisão de Texto: Cleusa Iracema Pereira

Impressão: Coan

Editora Sul Publicações Ltda. E-mail: revistanutriresaber@hotmail.com Maria Helena José: (48) 9998 6737

Editora Responsável: Maria Helena José

Hippo. www.hippo.com.br Loja 01: Rua Almirante Alvin, 555 - Centro. Loja 02: Rua Almirante Lamego, 761 - Centro. Fones: (48) 3212 6600 / (48) 3225 5121

3


4


Novidades Panettone Italiano FRACCARO Puccini Limoncello

Novidades HIPPO

Panettone Italiano FRACCARO Alle Mandorle

Pandoro Italiano FRACCARO Astuccio

Panettone Italiano FRACCARO Astuccio

5


Clientes HIPPO

Clientes

Marcelo Ribas

Ana Maria e Giuliano Wolf

JosĂŠ Nazareno Vieira

Cynthia Bresola

6


Marcelo Destri

Morgana Vieira Bittencourt

Rachel G. Teixeira

Epitacio Bittencourt

7


8


Chef HIPPO

Chef

Vilmar Turnes

A importância da boa alimentação Alimentar-se bem é fundamental para viver e ser feliz. A forma como nos alimentamos tem significativa influência no que nos rodeia: na paisagem, na biodiversidade da terra e nas tradições culturais. Por isso, para um verdadeiro chef, é impossível ignorar as fortes relações entre um bom prato e o planeta. Além disso, melhorar a qualidade da nossa alimentação e arranjar tempo para saborear é uma forma simples de tornar o nosso cotidiano mais prazeroso. Segundo Carlo Petrini, “É inútil forçar os ritmos da vida. A arte de viver consiste em aprender a dar o devido tempo às coisas.” O princípio básico de uma boa alimentação é o direito ao prazer de consumir alimentos feitos com produtos funcionais e orgânicos de qualidade, produzidos de forma que respeite tanto o meio ambiente quanto as pessoas responsáveis pela elaboração dos pratos. Por isso, o Hippo procura entre os produtos existentes no mundo o que há de melhor, mais saboroso e saudável, disponibilizando-os em suas gôndulas, para deleito dos apreciadores dos bons produtos. Visite nossas lojas, veja o que preparamos e conheça novos sabores, sensações e aromas.

Torta Gelada de Panetone (Zucotto)

Ingredientes • 1 panetone de 1 kg • 1 xícara de água morna • 1/3 de xícara de licor de sua preferência • 10 colheres de sopa de açúcar • 1 caixa de morangos limpos e cortados ao meio • 300 g de uva itália verde graúda • 2 mangas maduras e firmes • 2 kiwis • 2 laranjas morgotas • 2 litros de sorvete de creme • 1 pote de nata fresca • 400 g de doce de leite • 100 g de cacau em pó • 300 g de creme de leite • Folhas de hortelã para decorar Modo de Preparo Tirar delicadamente a casca do panetone com uma faca e fatiá-lo na largura de 1 cm. Forrar com filme plástico uma tigela funda de metal ou de louça. Misturar o licor à água morna, passar nessa calda as fatias de panetone e ajeitá-las na tigela de forma a não sobrar nenhum espaço sem panetone. Misturar 400 g de doce de leite com o cacau em pó e o creme de leite e levar rapidamente ao micro-ondas para amolecer. Passar essa mistura por toda a superfície já coberta com panetone. Preencher o zucotto com sorvete e deixar no freezer até endurecer. Levar o açúcar ao fogo e acrescentar as frutas. Incorporar a nata. Na hora de servir, colocar o zucotto no centro de um prato e a calda de frutas à volta. Decorar com folhas de hortelã. Chef Vilmar Turnes

9


10


Chef convidado

Bel Coelho e uma releitura do PF Formou-se no Culinary Institute of America, de Nova York, e já trabalhou com grandes chefs como Laurent Suaudeau e Alex Atala, além de chefiar cozinhas de restaurantes em diversos países. Essa é uma pequena mostra da carreira de Bel Coelho, jovem chef que se destaca pela determinação no trabalho. Isso foi percebido em Porto Belo, onde ela fez uma aula show. Bel e sua equipe chegaram cedo à Secretaria de Turismo da cidade, local da apresentação. A tarde foi dedicada à produção de pratos, que mais tarde foram servidos aos participantes da aula. Proprietária dos restaurantes Dui e Clandestino, ambos em São Paulo, tornou-se dona do próprio negócio para ficar mais livre na criação dos pratos. Na aula, preparou três receitas: a saladinha brasileira; doce de três abóboras com creme de coco, laranja e sorvete de coco; e uma releitura deliciosa do PF. O prato feito elaborado por Bel (com ovo perfeito, espuma de feijão preto, farofa, crispy de couve, chips de paio e caviar de quiabo) encantou os participantes da aula. A 4ª Semana Internacional de Gastronomia da Costa Esmeralda, organizada pelo Costa Esmeralda Convention & Visitors Bureau é um evento realizado com apoio do Sebrae/SC, do Governo do Estado e das prefeituras de Itapema, Porto Belo e Bombinhas.

11


Chef convidado

Ovo P.F. Rendimento: 8 porções

Ovo perfeito Ingredientes • 8 ovos caipiras

Modo de Preparo Cozinhe os ovos com casca em água com um ronner a 62,5 °C por 45 minutos.

Espuma de feijão preto

Ingredientes • 400 g de semente cruas de quiabo • 30 g de salsinha picada • 10 g de pimenta dedo-de-moça finamente cortada em julienne • 80 ml de azeite extravirgem • Sal a gosto

Modo de Preparo Refogue o bacon até que a gordura comece a derreter. Adicione a cebola e o alho e refogue-os até ficarem translúcidos. Acrescente o feijão, o louro, a salsinha e água, se necessário. Deixe cozinhar por meia hora. Processe tudo até obter um creme e coe. Adicione o creme de leite fresco e tempere esse creme. Coloque o creme de feijão num sifão com duas bombas de gás e mantenha-o quente em uma panela de água quente.

Couve Crispy

Farofa

Ingredientes • 500 g de farinha de mandioca Deusa • 250 g de manteiga • Sal a gosto Modo de Preparo Derreta a manteiga em uma frigideira. Acrescente a farinha e deixe-a dourar mexendo sempre. Tempere a farofa com sal.

Chips de paio

• 100 g de paio em finas fatias divididas em quatro Leve as fatias ao forno baixo em cima de uma silpat ou papel manteiga até ficarem crocantes.

12

Caviar de quiabo

Ingredientes • 100 g de alho picado • 300 g de cebola picada • 200 g de bacon picado • 2 folhas de louro • 500 g de feijão preto (pré-cozido até ficar macio) • 400 ml de creme de leite fresco • 50 g de salsinha picada • Pimenta dedo-de-moça a gosto • Sal a gosto

Modo de Preparo Misture todos os ingredientes e retifique os temperos.

Ingredientes • 500 g de couve sem caule e cortada em fatias muito finas • 300 ml de óleo de canola • Açúcar a gosto • Sal a gosto Modo de Preparo Esquente o óleo e frite a couve até ficar crispy. Seque a couve em papel toalha. Tempere-a com açúcar e sal a gosto. Montagem Ovos cozidos em baixa Espuma de feijão Crispy de couve Chips de paio Farofa Caviar de quiabo No fundo de um bowl coloque a couve crispy. Ao lado, posicione o ovo já sem a casca e um pouco da espuma ao seu lado. Sobre o ovo coloque uma colher de chá do caviar de quiabo e à parte, ao lado, sirva a farofa com os chips.


Saladinha Brasileira

Chef convidado

Rendimento: 8 porções

Veloute de pupunha

Ingredientes • 80 g de alho-porro picado • 100 g de cebola picada • 300 g de pupunha em cubos médios • 200 g de batata sem casca e em cubos • 30 g manteiga sem sal • 600 ml de caldo de legumes • 150 ml de creme de leite fresco • 1 g de ágar-ágar • Sal a gosto • Pimenta-do-reino branca moída na hora a gosto Modo de Preparo Refogue a cebola e o alho-porro na manteiga até que fiquem translúcidos. Adicione a pupunha e a batata e refogue por alguns minutos. Acrescente o caldo e deixe cozinhar até que a batata e a pupunha estejam macias. Em um thermomix ou liquidificador resistente, bata essa sopa ainda quente até obter um creme liso. Coe esse creme e leve-o novamente ao fogo. Acrescente o creme fresco, sal e pimenta e deixe o creme reduzir até obter uma espessura cremosa e ligeiramente grossa. Adicione o ágar ao creme e dissolva-o. Coloque 150 ml desse creme em bowls de vidro e leve-os a geladeira por pelo menos duas horas ou até que estejam firmes.

Gelatina de tomate Ingredientes • 600 g de tomate • 3 g de ágar-ágar • Sal a gosto

Modo de Preparo Passe o tomate numa centrífuga e coe-o. Esquente até 70 °C esta água que saiu do tomate. Adicione o ágar ao líquido de tomate. Coloque uma camada muito fina (2 mm) dessa água sobre o velouté de palmito e volte os bowls à geladeira por pelo menos uma hora.

Beterraba desidratada

Ingredientes • 200 g de beterraba, sem casca e finamente fatiadas (1 mm de espessura) • 100 g de açúcar refinado • 100 g de água filtrada Modo de Preparo Faça um xarope com a água e o açúcar. Mergulhe as fatias de beterraba nesse xarope, coloqueas na desidratadora e deixe-as até que fiquem crocantes.

Purê de alface Ingredientes • 200 g de alface • 100 ml de água • 3 g de xantana • Sal a gosto

Modo de Preparo Bata todos os ingredientes numa thermomix ou liquidificador até obter uma textura ligeiramente espessa.

Ar de cenoura

Ingredientes • 800 g de cenoura sem casca • 4 g de lecitina de soja Modo de Preparo Passe a cenoura na centrífuga. Utilize 500 ml do suco de cenoura obtido e, com um mixer, bata-o com a lecitina até obter uma textura airada. Montagem Bowls com veloute de pupunha e gelatina de tomate Purê de alface Beterrabas desidratadas Ar de cenoura Brotos de folhas variadas Flor de sal Faça cinco pontinhos (gotas) do purê de alface no canto do bowl sobre a gelatina de tomate, fazendo uma meia lua. Encaixe duas ou três fatias de beterraba crocante sobre a gelatina. Coloque um punhado pequeno de brotos também sobre a gelatina e, em seguida, uma colher de sopa do ar de cenoura. Termine com uma pitada pequena de flor de sal.

13


Chef convidado

Doce de 3 abóboras com creme de coco, laranja e sorvete de coco Rendimento: 8 porções

Doce de abóbora

Ingredientes • 150 g de abóbora pescoço sem casca e em cubos de 1,5 cm • 150 g de abóbora japonesa sem casca e em cubos de 1,5 cm • 150 g de abóbora moranga sem casca e em cubos de 1,5 cm • 25 g cal virgem • 3 litros de água (para a cal) • 1,5 kg de açúcar • 2 litros de água • 2 canelas em pau • 2 cravos Modo de Preparo Deixe as abóboras de molho com a cal e os 3 litros de água por pelo menos três horas. Escorra as abóboras e lave-as. Faça um xarope com os 2 litros de água, o açúcar, a canela e o cravo. Acrescente as abóboras. Deixe-as cozinhar por dez minutos ou até que estejam macias, porém ainda firmes.

Creme de coco

Ingredientes • 300 ml de leite de coco • 40 g de açúcar • 15 g de amido de milho • 2 ovos Modo de Preparo Misture o açúcar e o amido aos ovos com um batedor. Ferva o leite de coco. Tempere os ovos com um pouco do leite de coco quente. Misture tudo e leve ao fogo baixo novamente até obter ume creme espesso.

14

Coulis de laranja

Ingredientes • 250 ml de suco de laranja fresco • 150 g de açúcar Modo de Preparo Leve tudo ao fogo e deixe reduzir a um terço do volume inicial ou até obter uma textura espessa.

Chips de coco

Ingredientes • 100 g de coco em fatias • 100 g de isomalt • 5 g de canela em pó • 3 g de cravo em pó Modo de Preparo Doure em forno baixo as fatias de coco sobre papel manteiga. Derreta o isomalt. Misture a canela e cravo ao isomalt. Mergulhe as fatias de coco no isomalt com ajuda de um uma pinça. Retire-as e deixe-as secar sobre uma placa de silicone (silpat). Montagem Doce de abóbora Sorvete de queijo - 8 quenelles Chips de coco Creme de coco Coulis de laranja 200 g de gomos de laranja Margaridas amarelas comestíveis Em prato levemente fundo, coloque 5 ou 6 cubos das abóboras, gotas do creme de coco, pingo do coulis de laranja e pedaços de gomos de laranja. Sobre essa cama, coloque uma quenelle de sorvete de queijo e, sobre ele, dois chips de coco com canela e cravo. Coloque algumas pétalas de margarida para decorar.


15


Chef convidado

Ponto G por Vitor Gomes

Já vi e ouvi várias histórias de contínuas procuras do ponto G, contínua procura do prazer extremo, do encanto e do autoconhecimento. Tentando facilitar as coisas, hoje posso afirmar que nunca foi tão fácil achá-lo. Acho que este nome resume toda minha paixão pelo bom humor e pela gastronomia. Quem hoje não deseja um prazer extremo, um lugar único que busca, através de boa música, boa bebida, boa cozinha, exclusividade, conforto e prática do bem viver e conviver de forma harmoniosa com velhos e novos amigos? Assim é o “Ponto G”, um lugar que pretende saciar e proporcionar prazer, seja pela comida ou pela alegria de receber pessoas bonitas em um local lindo, próximo da natureza e com uma vista única. Nele, pretendo conquistá-lo, através do atendimento cordial e familiar, e, acima de tudo, através do prazer gerado pelos encontros com amigos e familiares. Pelas novas e antigas receitas reproduzidas no Ponto G, pelos bons vinhos que, sem dúvida, ficarão na memória e pelo prazer de receber e trocar experiências. Espero que os sabores e o ambiente de minha casa permaneçam em sua memória e o tragam sempre de volta, para mais uma sessão de enaltecimento à vida e suas boas coisas.

16

“Vitor Gomes - Gastronomia “Ponto G Gastronomia”, voltado à realização de pequenos jantares e workshops em sua própria casa, tentando sempre enaltecer e valorizar as nuances do terroir sulbrasileiro e, principalmente, as nuances de particularidades de Santa Catarina.


Spaghetti Al Vongole Ingredientes

Modo de Preparo

• 1,5 kg de vôngoles (berbigão) frescos com casca (fechados) • Dentes de 1 cabeça pequena de alho espremidos • 1 cebola roxa bem picada • Salsinha picada a gosto • 50 g de manteiga sem sal • Sal e pimenta a gosto • azeite extravirgem • 1 taça de vinho branco seco • 3 tomates sem peles e sem sementes cortados em pequenos pedaços • 500 g de spaghetti cozido ‘al dente’.

Lave muito bem os vôngoles. Se forem recém-colhidos, deixe-os depurar em água do mar ou em uma água limpa com um pouco de sal. Aqueça uma frigideira, junte um pouco de azeite, coloque o alho e a cebola . Junte os vôngoles, molhe com vinho branco e tampe a frigideira por 3 a 4 minutos, até que as conchas se abram. Junte a massa cozida al dente com a manteiga, faça a correção do sal e da pimenta e polvilhe com os tomates e com a salsinha de forma generosa.

Chef Vitor Gomes (48) 8827-1911 chefvitorgomes@gmail.com

17


Receita cliente HIPPO

Receita Cliente Dona de uma simpatia ímpar, elegante e com sabedoria construída em uma vida baseada no amor, Dona Edith Wille Porto, 86 anos, com três filhos, seis netos, seis bisnetos e mais um a caminho, é uma cliente Hippo especial e querida por todos. Além de cantar, dançar e sorrir, faz deliciosas receitas e muito se aperfeiçoou com grandes mestres gourmets. Em conversa bem descontraída, mostrou-me suas plantas e sua habilidade com projetos de jardinagens. Mãe do Dr. Sérgio Porto, da Dra. Ivana (in memorian) e Neusa, Dona Edith tem uma aliada que convive com ela há 41 anos: Maria Luiza, sua acompanhante de todos os dias.

18

O Hippo é o lugar onde Dona Edith gosta de comprar os ingredientes que dão à sua culinária maior sabor e qualidade e onde costuma dar sugestões das muitas ideias que surgem de suas visitas aos grandes centros de São Paulo, lugar em que passa alguns dias visitando sua filha Neusa. Podemos descrever Dona Edith como um exemplo de vida, pela amizade que construiu, por sua educação e pelo carinho dedicado ao próximo. Sempre disposta, vai às compras, às aulas de ginástica e procura estar sempre otimista com as alegrias que encontra em tudo que faz.


Dona Edith nos presenteou com uma receita deliciosa de suflê de frutas vermelhas, para que o Natal e Ano Novo tenham cores vivas e um sabor bem doce.

Suflê de frutas vermelhas Ingredientes • 1 xícara de morango • 1 xícara de framboesa • 1 xícara de amora • 1 xícara de mirtilo • 1 xícara de açúcar • 1 colher de limão siciliano • 5 claras em neve Modo de Preparo Colocar as frutas na panela, juntar o açúcar e uma colher pequena de maisena. Levar ao fogo e deixar engrossar até que fique em ponto de geleia. Retirar do fogo e deixar esfriar. Bater as claras em neve e acrescentá-las na geleia fria. Levar ao forno em uma forma untada com manteiga e açúcar. Em aproximadamente 20 minutos, o suflê estará pronto. Servir gelado. Obs.: Pode levar ao forno também em ramequins, para servir individualmente.

19


Matéria de capa

Cestas de Natal, um presente para ser lembrado. Em época natalina, é costume presentear as pessoas com uma cesta de Natal. Trata-se de um belo presente, caracterizado pela praticidade e utilidade. A cesta é uma homenagem que se faz de maneira afetuosa e gentil. No Hippo, os clientes têm à disposição cestas lindas, elaboradas tanto com produtos nacionais como importados, todos de alta qualidade.

Cesta de Natal ESPECIALIDADES Aceto Balsâmico Italiano Colavita di Modena 6 anos 250ml Amêndoas Americanas Blue Diamond Smokehouse 150g Azeite de oliva Italiano Crudo extra-virgem 500ml Azeite de oliva Italiano Paganini 250ml Biscoito Bottarga Gold Grissini 130g Biscoito Dinamarquês Jacobsens 340g Biscoito Belga Jules Destrooper 100g Bombom Português Jubileu 200g Bombom Húngaro Cherry Queen Passion 179g Ova de tainha Bottarga Gold salgada e defumada inteira 50g Torrada Portuguesa Dancake para Bruschettas 240g Chá Alemão Teekanne 60g Champagne Francês Veuve Clicquot 750ml Chocolate Suíço Lindt Mousse 140g Escargot Francês Sabarot Achatines sem Concha 200g Figo Ramy Fugini 600g Filé de Arenque Alemão Alstertor 200g Flor de Sal Cimsal 150g Geleia Alemã Göbber Tradicional 450g Licor Francês Grand Marnier Cordon Rouge 700ml Ostra Marithimu’s defumada 200g Panettone Italiano 900g Pão Alemão Meierbaer 500g Patê Francês Henaff Campagne 78g Salsicha Alemã Meica Mini Wini 260g Salsichão Espanhol El Pozo Nobleza Mini 300g Vinho Francês Combelles Saint-Emilion 750ml Whisky Escocês Buchanan’s 18 anos 1000ml Xarope Canadense Great Northern Maple 250ml

20


Cesta de Natal GOLD Corações de Alcachofra Italiana Colavita Cortada 340g Alcaparras Colavita Capperi 89g Azeite de Oliva Grego Mykonos extra-virgem 250ml Azeite de Oliva Italiano Paganini 250ml Berinjela e Pimentão Colavita 340g Biscoito Alemão Bahlsen 125g Biscoito Dinamarquês Jacobsens 340g Biscoito Belga Jules Destrooper 100g Biscoito Alemão Weiss Pão de Mel 400g Biscoito Corações de Pão de Mel Alemão Lambertz 250g Bombom Alemão Heidel Praline Balls 150g Bombom Português Jubileu 180g Bombom Húngaro Cherry Queen Passion 179g Café moído Baggio 250g Chá Alemão Teekanne 60g Champagne Francês Louis Roederer 750ml Chocolate Alemão Storck Toffifee 125g Chocolate Holandês Droste em pastilha 100g Chocolate Alemão Katzenzungen 100g Chocolate Suíço Lindt Lindor 100g Chocolate Alemão Schogetten 100g Croutons Alemão Leimer 100g Figo em Calda Vega 600g Filé de Anchovas La Rioja 72g Fuet Espanhol El Pozo 150g Geleia Alemã Göbber Tradicional 450g Licor Escocês Drambuie 750ml Mexilhão Marithimu’s Defumado 200g Mix de Castanha La Violetera 500g Mostarda Francesa em Grão Grain D’Or 350g Panettone Italiano 900g Pão Alemão Meierbaer 500g Pasta de Anchovas Italiana Zarotti 60g Patê Francês Henaff 80g Vinho Francês Combelles Saint-Emilion 750ml Whisky Escocês Ballantines Gold Seal 12 anos 1000ml Xarope Canadense Great Northern Maple 250ml

21


Matéria de capa

Champanheira de Natal Grande Alcaparras Santa Chiara 100g Ameixa Seca Preta Uniagro sem Caroço 40g Amêndoas Uniagro Confeitadas 200g Azeitonas Verdes Gregas Olymp Recheadas 200g Bolo Casa Suíça Natal 400g Castanhas de Caju Royale 50g Castanha-do-Pará Uniagro Inteira sem Casca 30g Chocolate Alemão Schogetten 100g Chocolate Suíço Lindt Excellence 100g Espumante Brasileiro Chandon 750ml Nozes Inteiras com Casca 300g

Champanheira de Natal Pequena Ameixa Seca Preta Uniagro sem Caroço 40g Amêndoas Uniagro Confeitadas 200g Biscoito Alemão Bahlsen 125g Biscoito Bauducco Grissini Kiskui 100g Castanhas de Caju Royale 50g Castanha-do-Pará Uniagro Inteira sem Casca 30g Chocolate Suíço Lindt Excellence 100g Espumante Francês Veuve Devienne 750ml Nozes Inteiras com Casca 300g

22


Cesta de Natal Orgânica Adoçante Jasmine Xarope de Agave - Orgânico 330g Azeite de Oliva Italiano Clemente Extra-Virgem - Orgânico 500ml Azeitona Verde Italiana Gaudiano com Caroço - Orgânica 180g Banana Passa Biodaterra - Orgânica 200g Barra de Fruta Banana Power - Orgânica 27g Castanha-do- Pará Mãe Terra Inteira - Orgânica 120g Chá Mate Tribal Chai - Orgânico 30g Cookies Mãe Terra - Orgânico 120g Coração de Alcachofra Italiano Gaudiano - Orgânico 180g Geleia Native Sabores da América - Orgânica 312g Massa Italiana Riscossa Grano Duro Spirali - Orgânica 500g Palmito Açaí King of Palms Tolete - Orgânico 300g Suco de uva Da Casa Integral - Orgânico 500ml Suco de Laranja Native - Orgânico1000ml Vinho Italiano Sgarzi Luigi Sangiovese - Orgânico 750ml

23


Receitas Natalinas

Peru com Farofa

Com farofa de linguiça, ameixa e uva passa Ingredientes

Para o tempero:

• 5 colheres (sopa) de azeite • 1 colher (sopa) de alho • 1/2 xícara (chá) de manjericão fresco • 150 ml de vinho branco seco • Tempero pronto a gosto • 1 peru • Suco de 1 laranja • 100 g de manteiga ou margarina derretida

Para a farofa:

• 100 g de bacon picado • 100 g de linguiça tipo portuguesa picada • 50 ml de azeite • 1 cebola pequena picada • 1 colher (sopa) de alho picado • 1 cenoura ralada • 100 g de ameixas secas sem caroço • 100 g de uvas passas pretas sem sementes • 100 g de uvas passas brancas sem sementes • 10 azeitonas verdes picadas • 1 pimenta dedo-de-moça picada • 250 g de farinha de milho • 1 tablete de caldo de galinha diluído em 100 ml de água • Tempero pronto a gosto • 1 xícara (chá) de cheiro verde picado

24

Modo de preparo

Para o tempero:

No liquidificador, bata o azeite, o alho, o manjericão fresco, o vinho e o tempero pronto. Lave o peru e passe o tempero batido por dentro e por fora. Recheie com a farofa. Amarre a ponta das coxas com um barbante. Cubra bem com papel-alumínio e leve para assar por 1h30min mais ou menos. Retire o papel-alumínio e deixe por 1 hora, regando com a mistura de suco de laranja e a manteiga derretida.

Para a farofa:

Numa panela, doure o bacon e a lingüiça. Junte o azeite, o alho, a cebola e a cenoura. Refogue por 5 minutos mais ou menos. Coloque as ameixas, as passas, as azeitonas, a pimenta, a farinha de milho e o caldo de galinha. Acerte o tempero. Junte o cheiro verde. Desligue o fogo e recheie o peru.


Ponche Natalino Ingredientes • 1 dose de vodca (60 ml ou 1/4 de xícara de chá) • 1 dose de gim (60 ml ou 1/4 de xícara de chá) • 1 dose de rum branco (60 ml ou 1/4 de uma xícara de chá) • 2 doses de licor de pêssego ou laranja • 1 garrafa de vinho branco • 1 garrafa de champagne doce gelada • 2 latas (700 ml) de guaraná gelado • Açúcar a gosto • 1 mamão papaia cortado em cubos pequenos • 3 laranjas picadas em pedaços pequenos • 1 abacaxi picado em cubos pequenos • 12 cerejas cortadas em lascas • 6 morangos cortados em quatro • 3 kiwis cortados em cubos pequenos • 1 manga cortada em cubos pequenos • 10 uvas italianas verdes cortas em seis pedaços • Folhas de hortelã fresca rasgadas • Gelo a gosto Modo de preparo Misture todos os ingredientes. Coloque numa poncheira ou jarra de vidro.

25


26


Nutrição HIPPO

Cuidados com a Alimentação de Diabéticos e Hipertensos nas Festas de Final de Ano O final do ano está chegando, e com ele vêm as confraternizações tradicionais. Nessa época é quase impossível resistir às tentações gastronômicas. No entanto, é necessário atenção, pois pequenos deslizes na dieta podem acarretar graves transtornos, principalmente para os diabéticos e hipertensos. As festas de final de ano são momentos de alegria e comemoração pelo ano que se encerra e pela expectativa do ano que se inicia, por isso, não perca o controle de sua alimentação; esqueça as tentações, coma com equilíbrio, faça substituições de alimentos e/ou ingredientes da ceia tradicional dando preferência sempre por alimentos mais saudáveis. Siga as dicas abaixo e garanta umas Boas Festas!

Diabéticos • Substitua os petiscos fritos, em conserva ou industrializados por queijo branco picado, canapés de pasta de ricota com salmão e/ou peito de peru. • Prefira, no prato principal, carnes brancas, como peixe, frango, peru, chester ou lombo suíno. • Evite os molhos feitos com creme de leite; substitua-os por molhos a base de iogurte. • Evite as saladas elaboradas com maionese e procure incluir preparações com verduras e legumes. • Nas sobremesas prefira as frutas secas (com moderação), tradicionais nesta época, e também as frutas da estação, como uva, kiwi, melancia, pêssego e ameixa. • Adicione, se possível, canela nas sobremesas, pois ela auxilia no controle dos níveis de glicemia. • Se não puder resistir, opte por sobremesas e doces diets, como panetones diets, pudim diet, doce de leite diet, etc. • Evite ao máximo consumir bebidas alcoólicas. • Beba bastante água durante o dia. • Não esqueça de fazer o controle de sua glicemia. • Aproveite para praticar alguma atividade física.

Hipertensos • Evite frituras e produtos industrializados. Procure trocar as conservas e enlatados por produtos frescos. • Dê preferência às carnes magras (como peixe e carne suína), grelhadas ou assadas, e, se possível, retire a pele. Evite o consumo de carnes pré-temperadas e defumadas. • Nas sobremesas prefira as frutas secas (com moderação) e as frutas frescas, como kiwi, abacaxi, morango, manga, laranja, que, além de serem ricas em fibras, auxiliam na digestão, também são fonte de vitaminas e minerais, indispensáveis para o bom funcionamento do organismo. • Substitua o creme de leite e a maionese por molhos à base de iogurte natural desnatado. • Evite alimentos embutidos, como salames, linguiça, presunto, salsicha, etc. • Substitua os temperos prontos por limão e ervas aromáticas, como salsinha, cebola, alho, orégano, cominho, manjericão, etc. • Beba bastante água durante o dia. • Evite ao máximo consumir bebidas alcoólicas. • Monitore sua pressão arterial regularmente. • Pratique exercício físico e se movimente sempre que puder. Marquid Cristin Maurer (estagiária do Curso de Nutrição da UNISUL) Nutricionista responsável: Ana Lúcia Corrêa CRN10-712 NOTA: em breve, o setor de Nutrição lançará um GUIA DE COMPRAS destinado aos diabéticos e hipertensos, a fim de facilitar suas compras e escolha de alimentos que atendam suas necessidades.

27


28

www.cottonbaby.com.br


Nutrição HIPPO

Sobrepeso na infância: o que fazer? Ana Lúcia Corrêa CRN 10-712 CREF 8818-G/SC

O sobrepeso na infância é um dos assuntos mais discutidos quando se fala em nutrição. Muitos pais, na tentativa de fazer o seu filho emagrecer, cometem erros. Um deles é não seguir um cardápio balanceado para toda família e também insistir para a criança comer frutas e verduras quando este não é um hábito dos pais. O tratamento de uma criança obesa é mais delicado que o de um adulto, pois a criança tem dificuldade em entender as restrições alimentares. Há também a tradição de disponibilizar, no dia a dia das crianças, guloseimas, como balas, pirulitos, chocolate e refrigerante, como forma de agradar a criança e como forma de recompensa. Mal sabem os pais que essa atitude pode contribuir para que a criança se torne um adulto obeso ou uma pessoa ansiosa que só consiga se tranquilizar depois de uma boa dose de doce. A tarefa de alimentar uma criança com sobrepeso ou com obesidade deve ser seguida de forma disciplinada, corrigindo os hábitos incorretos e oferecendo alimentos saudáveis, com o intuito de se preservar a saúde na vida adulta. A existência de uma alimentação descontrolada, rica em gorduras, açúcares e sal, aliada ao sedentarismo, prejudicam o funcionamento do organismo, desequilibrando a microbiota intestinal e dificultando a circulação sanguínea desde a infância, o que gera problemas como diabetes, hipertensão, infarto e derrame. Para garantir a qualidade de vida, é imprescindível fazer atividades físicas divertidas e lúdicas durante a infância. Assim, utilizar alimentos nutritivos de forma divertida e brincar com atividades que requerem o movimento corporal é a melhor forma de introduzir na vida das crianças uma rotina saudável. Portanto, alimentar seu filho de forma equilibrada e introduzi-lo em atividade físicas regulares é sinônimo de oferecer a ele um futuro saudável. Em matéria similar, a revista Crescer publicou recentemente um quadro com dicas de atividades físicas para crianças. O tema era “MEXA-SE SEM PERCEBER” e trazia a lista de algumas atividades, bem como a quantidade de calorias perdidas com elas. Essa é uma forma de cuidar da saúde brincando. Vamos lá, saúde e diversão! Deixem a preguiça de lado e divirtam-se!

b b b b b b

•PULAR AMARELINHA por 10 minutos: 80 kcal •PULAR CORDA por 15 minutos: 200 kcal •ANDAR DE BICICLETA por 30 minutos: 120 kcal •BRINCAR DE BAMBOLÊ por 25 minutos: 120 kcal •DANÇAR por 30 minutos: 180 kcal •EMPINAR PIPA por 20 minutos: 100 kcal

29


30


Momentos HIPPO

Hippo Confraternização de final de ano Todos os anos os funcionários do Hippo e seus familiares — cerca de 500 pessoas — se reúnem para comemorar o final do ano. Neste ano a confraternização aconteceu no dia 20 de novembro, na Fazenda Brisa do Mar. A festa é feita com bastante antecedência, devido ao fato de o mês de dezembro ser muito corrido. Assim, todos podem aproveitá-la com tranquilidade. A comemoração iniciou com um belo café da manhã, seguido de uma missa em Ação de Graças e um delicioso churrasco no almoço. No período da tarde houve sorteio de brindes, que foram doados pelos parceiros do Hippo; homenagens de bodas aos funcionários mais antigos; chegada do Papai Noel, que distribuiu presentes às crianças; e um baile. A programação contou ainda com recreação, feita pelo Pirata Jack Spera, algodão-doce e pipoca. A festa é uma forma de agradecimento à equipe pelo trabalho realizado durante o ano todo.

31


Meio ambiente

Rastreamento e Sustentabilidade A PariPassu, empresa responsável pelo desenvolvimento e implantação do Programa de Rastreabilidade e líder no setor de rastreamento de alimentos, com mais de 1 bilhão de quilos de alimentos rastreados, é a responsável pelo programa de qualidade de várias grandes empresas, tanto nacionais como multinacionais. Um desses clientes é o Hippo, que, sempre inovando, aposta na segurança e visa ao rastreamento como mais um controle de qualidade dos seus produtos. O programa acompanha o produto desde a lavoura até a distribuição, permitindo ao consumidor saber de onde vem o que ele vai adquirir. “Hoje, os consumidores não se contentam em apenas selecionar um produto pelos seus aspectos de sabor, preço e aparência, e sim buscam cada vez mais informações sobre a segurança, tais como a procedência dos alimentos, aspectos relacionados ao sistema de produção, cuidados com o ambiente, com o bem-estar dos animais e dos trabalhadores.” Afirmam Selene Daiha Benevides, Afonso Mota Ramos e Ronaldo Perez.

32


Além do controle efetivo da qualidade, o rastreamento possibilita transparência na cadeia produtiva aos agricultores que fornecem para o Hippo, visto que precisam atender aos limites de uso de defensivos agrícolas, respeitar exigências sanitárias no manejo e atender às legislações trabalhista e ambiental. Inicialmente, o que parece ser um custo extra para o produtor acaba se mostrando um benefício, pois o controle minucioso dos processos permite a identificação e eliminação de falhas, gerando redução de custos e aumento do volume vendido. Através da sua tecnologia de rastreamento, a PariPassu apoia produtores e distribuidores no processo de diferenciação e utiliza o QR Code — um código de barras bidimensional que permite o armazenamento de uma certa quantidade de informações que podem ser lidas posteriormente —, tendo atingido o volume de quatro milhões de etiquetas de rastreamento com QR Code impressas mensalmente pelos produtores. Com o sistema de rastreabilidade, as empresas mantêm sua lucratividade e passam a ter um controle mais rigoroso de todo o processo ao longo da cadeia produtiva. O consumidor, por sua vez, se sente mais seguro, pois tem a certeza de que terá um alimento com garantia de sanidade e de qualidade. Essa solução coloca na mão do consumidor o poder da decisão de compra não mais somente baseado no preço e na marca, mas também baseado em informações sobre a origem do produto, seu processo produtivo e seu impacto ambiental.

33


34


HIPPO em Movimento No dia 02 de outubro de 2011, 23 atletas do Hippo em Movimento participaram da maratona de santa Catarina, que teve sua largada na passarela Nego Quirido e seguiu em sentido ao Sul da Ilha, passando por dentro do túnel e pela Via Expressa Sul. Dos 23 atletas, 22 correram 10 km e um correu 42 km. Imaginem que vitória! Os participantes agora se preparam para correr a corrida pela Paz no Trânsito, que, além de ser uma excelente causa, encerra a participação do Hippo em movimento, no ano de 2011, em eventos esportivos. Dedicação e superação fazem deste programa um exemplo do que pode ser realizado em prol da mudança de hábitos e de atitude a favor da vida saudável. Parabéns a todos! Além das participações em eventos desse tipo, o programa Hippo em movimento realiza caminhadas semanais. As saídas acontecem sempre às 2ª, 4ª e 6ª feiras, às 18h30, em frente ao estacionamento do Hippo da Almirante Alvim. Participe você também. Contato: hippocorridas@googlegroups.com

35


Saúde e bem-estar

E agora, doutor, estou com tireoide! Dr. Gilberto Vaz Teixeira

Essa expressão é extremamente comum em consultórios de profissionais médicos que atuam na área de tireoidologia. Mas, afinal, que glândula é essa da qual muitos têm conhecimento somente quando são portadores de doenças que a atingem? Na verdade, o desconhecimento a cerca da glândula tireoide por parte da população geral é grande (já foi maior, mas hoje reduziu um pouco graças à internet). Isso é exemplificado pelo título acima, pois as pessoas se referem à doença que acomete a glândula tireoide como sendo a própria glândula tireoide. Mas minha resposta a essa questão é certeira: — Que bom meu/minha senhor(a). Se você não tivesse sua tireoide, provavelmente eu não teria a oportunidade de conhecê-lo(a), pois ela é imprescindível para a vida. A glândula tireoide é uma glândula endócrina indispensável ao bom funcionamento do organismo, e o que você provavelmente possui é uma doença na glândula tireoide. — Ah! Que alívio, doutor. Quer dizer que ainda tenho minha glândula tireoide? — Certamente, mas teremos que investigar o que está afligindo a sua tireoide. A primeira etapa a ser vencida por quem supostamente possui uma doença na glândula tireoide é o interrogatório familiar, a fim de se identificar se a pessoa possui parentes próximos que, por ventura, já tenham vivenciado o mesmo problema. E isso vale para doenças benignas e malignas que acometem a glândula. A presença de um parente próximo com doença na glândula tireoide aumenta o risco de se possuir também uma doença semelhante. Seria o velho ditado: o fruto nunca cai longe do pé. Hoje, com o melhor entendimento sobre a genética das doenças, a medicina está identificando cada vez mais alterações genéticas que predispõem a doenças familiares, e a tireoide não escapa dessa tendência. Dez por cento das doenças malignas da tireoide se manifestam em mais de um membro da família. Para as doenças inflamatórias, como tireoidite crônica, isso também é válido.

36

tireoide

Mas qual seria a importância da glândula tireoide? A glândula tireoide já é conhecida e estudada há séculos. Em suas primeiras descrições, achava-se ser um filtro do sangue que era enviado ao cérebro, por estar situada na raiz do pescoço. Como as mulheres tinham uma maior incidência de doenças que acometiam a glândula tireoide, achava-se que as mulheres tinham o pensamento mais purificado pela presença de uma glândula tireoide aumentada. Alguns pintores renascentistas pintavam as mulheres com o pescoço discretamente alargado, constituindo um sinônimo de beleza. Há estudiosos detalhistas que afirmam que a Monalisa pintada por Leonardo Da Vinci possuía problemas na glândula tireoide, pois sua pintura a retrata com o pescoço discretamente alargado.


Mas, voltando ao nosso(a) angustiado(a) paciente, o que seria realmente essa glândula? Ela possui o formato de uma borboleta, pesa em torno de 5 a 15 gramas e está localizada na raiz do pescoço, pouco abaixo da cartilagem, facilmente identificada no homem como sendo o pomo-deadão. Na glândula normal, cada lobo, ou cada lado, ou, ainda, cada asa da borboleta, possui o tamanho do dedo polegar da pessoa. Habitualmente a glândula tireoide não é visível e não é palpada, exceto em pessoas magras, nas quais facilmente identificamos não somente a tireoide, mas outras estruturas do pescoço. Essa glândula pode estar fisiologicamente (normal e não constituindo doença) aumentada durante a gestação e a adolescência. A tireoide funciona como o maestro do organismo. Aquele que rege e dá o ritmo de nosso metabolismo. Seria o parafuso que regula a lenta do carro. Quando nosso motor está funcionando normalmente, nosso carro anda bem e nosso motor torna-se econômico. Nessa situação de harmonia, todas as reações metabólicas em nosso corpo mediadas pelos hormônios da glândula tireoide funcionam a seu tempo. Contudo, quando a tireoide está doente, seus hormônios (T3 e T4) funcionam de forma desregulada, podendo haver uma produção aumentada ou reduzida. No caso em que há uma elevada produção de hormônios, o organismo funciona acelerado. É muito semelhante a um carro com a lenta desregulada para mais. O motor funciona acelerado, e o consumo de gasolina é maior. Nessa situação, as reações metabólicas do organismo mediadas pelos hormônios da tireoide se fazem mais rapidamente, resultando em aceleração do ritmo cardíaco, emagrecimento inexplicável, sudorese persistente, insônia, aceleração do ritmo intestinal e algo que chama atenção bastante dos entes próximos: labilidade emocional. A pessoa ri e chora com mais facilidade, e muitas vezes em situações não justificadas. A esse estado chamamos hipertireoidismo. No entanto, quando a lenta que regula o motor está reduzida, observamos o fenômeno inverso. O carro para no semáforo e quase apaga o motor. O organismo trabalha em ritmo de desaceleração também. A pessoa perde o interesse por suas coisas, possui uma intolerância ao frio, pode ter retenção líquida com ganho de peso, o ritmo intestinal reduz e observamos constipação, o cabelo fica seco, e pode surgir um quadro semelhante à depressão. Isso seria o que chamamos de hipotireoidismo. Acredita-se que 5% a 10% da população possuem quadro de hipofunção da glândula tireoide. Mas, após interrogado, descobrimos que esse não é o caso de nosso interlocutor, uma mulher de meia idade, a quem, durante consulta ginecológica, foi solicitado um exame de ultrassom do pescoço. Nossa cliente já vem com o

resultado de exames de sangue que mostram a dosagem normal dos hormônios tireoideos. Junto, observamos o laudo do exame de ultrassom que descreve dois nódulos acometendo o lado direito de sua tireoide, um com 0,5cm e outro com 1,2cm de diâmetro. Nossa jovem paciente refere nunca ter sentido nada anormal no pescoço, nem se lembra de algum parente próximo que pudesse também ter o mesmo problema na glândula tireoide. — E agora, doutor, tenho uma doença nodular que acomete minha glândula tireoide! — Melhor, respondo: agora sim, já começamos a ter um retrato do seu problema. Vivencia-se um “boom” de diagnóstico da doença nodular que acomete a glândula tireoide devido à melhor acurácia dos equipamentos de ultrassom em detectá-la e ao aumento de sua solicitação por profissionais acostumados a realizar o rastreamento de doenças que possuem uma prevalência aumentada, mas em estado assintomático ou subclínico. Obviamente, nessa situação, a incidência de diagnóstico de doenças não palpáveis e não visíveis aumenta. Comumente recebemos clientes submetidos a exame de ultrassonografia do pescoço para estudo das artérias carótidas para investigação de aterosclerose, apresentando nódulos de tireoide como um achado de exame. Isso é mais comum de ocorrer em mulheres, pois a doença nodular da tireoide acomete em torno de 5 a 6 vezes mais mulheres que homens, e a partir de uma faixa etária acima dos 40 anos, período em que iniciamos exames tipo “check up” para diagnóstico de doenças mais comuns. — Mas não adianta chorar o leite derramado, o diagnóstico já foi feito e sua tireoide possui nódulos, complemento. Após ler atentamente o laudo do exame de ultrassom atrás de mais subsídios para sabermos se os nódulos achados são suspeitos de doença ruim ou não, observamos que sutilmente o ultrassonografista descreveu alterações na imagem do nódulo que nos fazem preocupar quanto à origem de tais alterações. Da mesma maneira, sutilmente, explicamos nossa preocupação quanto ao

37


Saúde e bem-estar

fato, e sugerimos à paciente que a próxima etapa deve ser um exame de punção. Ela retruca: — Já esperava por isso, doutor. Não tenho parentes com problema na glândula tireoide, mas tenho amigas que já passaram por esse exame. No entanto, estou preparada. O exame de punção aspirativa por agulha fina (PAAF), guiada por ultrassom, é o exame que nos fornece maiores detalhes para melhorarmos a nossa fotografia da doença nodular da tireoide, de nossa, agora, angustiada cliente. — Doutor, terei que operar depois deste exame? — Ainda não sabemos. A PAAF, na década de 90, firmou-se como o exame que é determinante para traçarmos a conduta nos casos de doentes portadores de nódulos de tireoide. A presença de nódulos de tireoide com mais de 1 cm de diâmetro associada a alterações ultrassonográficas que aumentem o risco de doença maligna são sugestivos para a indicação desse exame. Vale lembrar que a maioria dos nódulos de tireoide são benignos, e, nessa situação, a confirmação de benignidade pela PAAF nos tranquiliza a sugerirmos um acompanhamento clínico para nossa cliente. Em média, 70% dos resultados de PAAF são de doença benigna, 20% são de lesões suspeitas, 5% são de lesões confirmadamente malignas e em 5% não são diagnosticadas lesões, devido ao material coletado ser insuficiente. As lesões malignas obviamente vão para cirurgia, e as suspeitas, dependendo do grau de suspeição, vão para cirurgia ou para novo exame de punção, o qual deverá ser realizado de 6 meses a 1 ano após diagnosticada a lesão. Vamos trabalhar com probabilidades: nossa cliente saiu do consultório com a solicitação de um exame de punção, que foi realizado sete dias após, com o resultado de lesão benigna, fornecido pelo patologista sete dias após a punção. — Ufa! Exclamou ela, passei três noites sem dormir. — Reconfortei-a e disse: Parabéns pelo presente de Natal! Esse tipo de presente não encontramos na prateleira das lojas. Retorne no ano que vem, para fazermos um controle, para que possamos dar-lhe novos presentes de natal. Este caso ilustrativo é fictício e reflete uma situação comum que ocorre nos consultórios médicos. Visite nosso website (www.cirurgiadetireoide.com.br). O Dr. Gilberto Vaz Teixeira é cirurgião de cabeça e pescoço e cancerologista, especialista em cirurgia de tireoide e um dos coordenadores nacionais do projeto Diretrizes para Diagnóstico e Tratamento de Nódulos de Tireoide, para a saúde suplementar, patrocinado pela Associação Médica Brasileira e Agência Nacional de Saúde Suplementar.

38


39


40


Saúde e bem-estar

Hidratação

O segredo de uma pele jovem e bonita A hidratação é um cuidado básico que merece atenção especial durante o verão. Quando não tem suas necessidades atendidas, a pele torna-se ressecada e sem vida, acelerando o envelhecimento precoce. O ressecamento cutâneo faz com que a barreira lipídica, composta de ceramidas, escaleno, colesterol e lipídeos, se fragilize, facilitando o aparecimento de descamações, irritações e rugas. Para levar água às suas células e reequilibrá-las, não basta apenas fazer uso de cremes e hidratantes, é preciso beber muito líquido. A hidratação interna é fator importante para o bom funcionamento do corpo e reflete diretamente na saúde de pele. O hábito de hidratação com líquidos aliado ao uso regular de produtos adequados é o que faz a pele se manter hidratada. Uma grande aliada para obter uma hidratação efetiva é a higienização facial (limpeza de pele), em função de deixar a pele mais receptiva aos produtos utilizados, que vão desde o protetor solar ao hidratante. O sabonete deve ser aplicado no máximo duas vezes ao dia, pois, em excesso, pode estimular a oleosidade. O produto pode ser em barra, que é mais utilizado em pessoas com pele oleosa ou mista, embora já existam sabonetes líquidos com essa mesma função. Além disso, existem atualmente mousses ou espumas de limpeza. O uso do protetor solar é importante para se obter uma pele bonita e saudável, além de protegê-la das indesejadas manchas. Outro procedimento que se faz necessário é a esfoliação. É um cuidado prévio que serve para retirar células mortas e facilitar a penetração das substâncias. Outra vantagem da esfoliação, nessa época do ano, é a uniformização da camada córnea, garantindo melhor fixação e durabilidade ao bronzeado. Os esfoliantes devem ter partículas pequenas e devem ser usados com intervalos de, pelo menos, 15 dias, para não agredirem a pele, o que pode causar o efeito contrário ao pretendido. No rosto, parte do corpo em que a pele é mais delicada, são recomendados produtos com grânulos bem finos. No corpo e em áreas como joelhos e cotovelos, podem ser utilizados esfoliantes com grânulos maiores. Após a esfoliação, é preciso hidratar

bem a pele ou aplicar máscaras ricas em sais minerais e com ação anti-inflamatória. A água termal é um dos itens indispensáveis no verão. Além de hidratar, traz sensação de frescor. A evolução da cosmética permite criar hidratantes cada vez mais poderosos e eficientes. Deve-se procurar fazer uso de um hidratante que seja adequado ao perfil de cada pele. Em caso de dúvida, deve-se procurar um profissional qualificado para fazer a indicação. Quando bem hidratada, a pele ganha vitalidade, adquire uma textura macia e maior flexibilidade. Também fica mais protegida das agressões externas, como o vento, o sol e a poluição, e, portanto, menos vulnerável. Clínica fases e faces Esteticista facial: Sayonara Prange Fone para contato: (48)30242040 /(48)84612040

41


Entretenimento

Istambul, a cidade dos contrastes A antiga cidade de Constantinopla, rebatizada de Istambul após o sultão Mehmet romper suas muralhas em maio de 1453, marcou o início da Idade Moderna. A história recente da Turquia foi traçada por Atäturk (Pai dos Turcos), que, em 1922, acabou com os privilégios dos sultões e trouxe democracia ao país. Além disso, aboliu a complicada escrita Árabe-Otomana e introduziu o alfabeto ocidental. Hoje, Istambul é marcada não apenas pelo seu passado rico em história, mas também pela sua arquitetura exuberante com inúmeras e belíssimas mesquitas, pelos seus grandes contrastes religiosos (mulçumanos e cristãos convivem em paz), por sua sociedade ainda machista de hábitos milenares e ao mesmo tempo com costumes de uma cidade moderna, por estar localizada sob dois continentes: Ásia e Europa, por sua vida agitada e fascinante 24 horas ao dia, entre outras revelações que só se descobre conhecendo essa surpreendente cidade. É um daqueles destinos que a gente escolhe quando procura algo diferente e vibrante. É dividida em quatro principais regiões, todas situadas no lado europeu, onde ficam as principais atrações turísticas: Região do Palácio do Sultão, Sultanhamet (onde se localizam a Basílica Santa Sofia e a Mesquita Azul), Bairro dos Bazares (onde está o grande bazar da cidade) e Beyoglu (onde fica Taksin, setor mais moderno da cidade).

42

O que visitar Comece sua visita à cidade pelas mesquitas. A Basílica de Santa Sofia é uma das maiores realizações arquitetônicas de todos os tempos. Foi inaugurada como igreja católica no ano 537, após a tomada da cidade pelos Otomanos. Depois foi convertida em mesquita e teve quatro minaretes construídos ao lado. Quanto maior o número de minaretes, maior a importância da mesquita. Cinco vezes ao dia, os religiosos faziam orações no topo dos minaretes. Hoje as orações continuam sendo ouvidas em toda cidade, mas são transmitidas por alto-falantes. Noventa e oito por cento da população turca são de religião islâmica. Atualmente, Santa Sofia é um Museu. A principal da cidade é a Mesquita Azul. Para nela entrar é necessário tirar os sapatos, e as mulheres devem cobrir ombros e costas com um lenço, em sinal de respeito à fé muçulmana. No interior da mesquita, há um local delimitando a área de orações apenas a quem realmente deseja rezar. Por ser um local de orações, o silêncio é recomendável. Mulheres muçulmanas fazem suas orações separadas dos homens, num setor situado nos fundos da mesquita.


Outro local a ser visitado é o Grande Bazar. Ele existe há séculos e é imperdível. Lembra um labirinto sem fim que mais parece um cenário de filme das Arábias. Lá se encontra de tudo, tapetes aos milhares, joias de ouro e prata, artesanato, alimentos, temperos, perfumes, roupas, cerâmicas, narguilés de todos os tamanhos e lembranças para toda a família. Mas atenção: nunca pague direto o que o vendedor pedir, ofereça apenas a metade. Pechinchar faz parte da tradição local e ninguém se ofende com isto. Muito pelo contrário, a ofensa está em aceitar o primeiro preço oferecido pelo comerciante, o que pode ser interpretado como desprezo pelo produto. Bem no centro está uma das visitas mais impressionantes da cidade, a Cisterna da Basílica (Yerebatan Saray). Um enorme reservatório subterrâneo de água construído pelos Bizantinos no ano 532 para abastecer o palácio, e sustentado por 336 colunas de 8 metros de altura. Visite o trecho onde está representada a cabeça da Medusa, local de um santuário de ninfas aquáticas e passe no pequeno restaurante iluminado a velas existente dentro da cisterna. Outra visita que não se pode deixar de fazer é ao Palácio Topkapi, residência dos antigos sultões turcos. A área do palácio é formada por uma sucessão de pavilhões, pátios e jardins, onde estão trajes imperiais e tesouros de encher os olhos e a imaginação. O estreito de Bósforo é o canal que faz a divisão entre os dois continentes. Pegue um dos barcos que saem dos portos de Kabatas ou Eminonu, atravesse o Estreito de Bósforo, e vá dar uma voltinha logo ali na Ásia, onde fica Uskudar, o principal bairro asiático de Istambul. Alguns pontos em destaque nesta parte da cidade são A Torre de Leandro (Kiz Kulesi), Mesquita do Semsi Pasa, Mesquita dos Azulejos (Cinili Camii) e estação de trens Haydarpasa, a maior

da cidade. Outra deslumbrante opção é fazer o passeio de barco pelo Bósforo, desde o lado europeu e sem paradas. Amantes de castelos devem visitar a Fortaleza da Europa (Rumeli Hisari), um imponente castelo medieval situado cerca de 20 km ao norte da cidade. Bem mais próximo e muito mais luxuoso é o Palácio Dolmabahce, um tipo de Versalhes à moda Turca. O luxo e a extravagância desse palácio construído pelo sultão Abdül Mecit em 1856 são estonteantes. Merecem destaque a Escadaria de Cristal, Salão Cerimonial, Harém e Salão Azul, onde está o maior lustre de cristal do mundo. Foi nesse palácio que Atäturk passou seus últimos dias, e o relógio de seu quarto mostra até hoje a hora em que o Pai do turcos faleceu. Não deixe de visitar o Museu Arqueológico (Arkeoloji Müzesi), onde estão relíquias de todas as partes do império Otomano. Merecem destaque o Sarcófago de Alexandre o Grande, o Tratado de Kadesh (onde estão gravados os termos do tratado de paz firmado entre egípcios e Hititas, no ano 1269 a.C.), relíquias de 3000 anos a.C. da cidade de Troia e objetos diversos das civilizações de Anatólia, Trácia e Bizâncio. A Torre de Gálata (Galata Kulesi) é a construção mais alta da cidade. Está situada bem no centro de um labirinto de ruas, na região de Beyoglu. Construída em 1348, fazia parte das antigas fortificações da cidade. Hoje é mais uma atração turística, e principalmente o melhor ponto de observação para quem quer ver Istambul de cima. Chega-se ao topo por um elevador, e à noite o restaurante do último andar apresenta shows com danças típicas e pratos regionais.

43


Como se locomover e onde ficar O aeroporto de Istambul fica situado 25 km a oeste. A melhor opção de transporte para o centro são os confortáveis ônibus da linha Havas, com saída a cada 30 minutos bem à frente da área de desembarque. Se você quer hospedar-se num hotel bem situado, sugerimos que opte pela região próxima à praça Taksim, onde estão os melhores hotéis da cidade, ao estilo ocidental, e nem por isso são mais caros. A rua Cad Istiklâl é a principal artéria de comércio de Istambul. Sua marca registrada é o simpático bondinho que circula de uma extremidade a outra. As melhores lojas da cidade concentram-se nessa rua, além de diversos bares, restaurantes, cinemas e consulados. Outra sugestão é ficar em algum hotel próximo ao Gran Bazar, pois com certeza você não irá resistir às tentações desse fascinante mercado. A cidade é grande, e para ir de um bairro a outro existem várias linhas de ônibus e barcos. Táxis são baratos e cobram pelo taxímetro. Caminhar é uma boa opção para conhecer a cidade de perto, mas procure levar um bom mapa e caminhar com atenção, porque o lado mais antigo de Istambul é um labirinto de estreitas ruas, e calçadas que podem desaparecer, sendo preciso muitas vezes disputar espaço com os carros. Os preços não são caros, comparados aos valores cobrados em outras cidades europeias, mas nem sempre é fácil entender as rotas e os destinos. Não hesite em pedir informações, mímica e inglês frequentemente ajudam muito a comunicação, mas o povo tem boa vontade com turistas e é capaz até de seguir junto só para lhe mostrar o caminho. Comida tipica Istambul é cheia de pequenos restaurantes nos quais os pratos são preparados na entrada, bem à vista dos fregueses. Basta apontar o que você quer e o atendente vai colocando os itens escolhidos em pratinhos separados. A comida não é muito diferente da nossa, mas costuma ser mais condimentada. Entre os pratos mais populares estão o kebab (espetinhos de carne, peixe ou legumes), frango (preparado de várias formas), beringela (muito usada como

acompanhamento ou recheada com carnes) e também camarão, atum, alcachofras, pimentão e almôndegas, além de pão à vontade para acompanhar o prato. Para arrematar, experimente um café ou chá turcos, geralmente fortes e sempre servidos em pequenos e artesanais recipientes de vidro (que também são vendidos nos bazares turcos). Outra tentação irresistível são os doces turcos. Esqueça a dieta e experimente as tulumbas e baklavas, folheados de mel, recheados de castanhas, cornucópias de chocolate, pudins de frutas, entre outros. Delícias essas que são vendidas em tabuleiros pelas ruas e nos bazares da cidade. Quem leva você PLAZATUR Rio Branco, 941 Centro (com estacionamento) Florianópolis-SC Fone: 48 3223-3000 www.plazatur.com.br plazatur@plazatur.com.br

44


Comportamento

Seus compromissos Nesta época em que o dia é curto e os afazeres são intermináveis, temos que ser produtivos sob todos os aspectos, eis uma dica: “você nunca estará atrasado para o compromisso que você realmente deve ter.” O que isso quer dizer, afinal? Quer dizer que às vezes você se atrasa, seja no trânsito, seja em uma reunião que se prolongou ou por que você encontrou uma pessoa muito amiga e lhe destinou um tempinho a mais [...]. Nessa hora, geralmente vem um diálogo interno muito forte lhe dizendo alguma coisa do tipo: “Viu como você é incompetente? Seu irresponsável! Um verdadeiro profissional jamais chegaria atrasado como você!” [...]. É como se fosse o seu juiz interno lhe dando um monte de broncas e sermões por você se encontrar nessa situação. Por favor, não leve para o lado da irresponsabilidade, muito pelo contrário, leve para o lado da sua sabedoria sagrada: “Se você se atrasou para um compromisso é porque é assim que sua inteligência magnífica acha que deve ser [...]. Entenda uma coisa: muitos compromissos dos quais você irá participar não servirão para nada [...]. Por outro lado, na grande maioria das vezes, a pessoa com a qual você teria uma eventual reunião também se atrasa e nem percebe ou até agradece que você não esteja no horário previsto. Até porque alguns dos compromissos anteriores que ela teve podem ter se alongado. O que estou querendo enaltecer aqui é uma atitude de “let it go” (deixe estar), de estar mais relaxado consigo mesmo em relação aos infinitos afazeres diários [...]. Certa vez estava conversando com Fábio Gouveia, ex-campeão mundial amador, que hoje é considerado um dos melhores surfistas de todos os tempos do Brasil [...], e lhe perguntei: “Você não fica observando o mar para saber onde e quando vem as melhores ondas?” E ele me respondeu com seu jeito alegre e debochado: “[...] eu não ligo para essas coisas não! Eu entro na água e seja o que Deus quiser, pego minhas ondas e fico tranquilo. Se der deu, se não der não deu, fico feliz do mesmo jeito!” Naquele dia, Fábio se tornou o primeiro e único brasileiro até hoje a vencer uma competição com a elite do surf mundial no Hawaii.

Sua atitude com relação à vida é assim também, o que faz dele uma pessoa extremamente agradável, brincalhona e, acima de tudo, alguém que tem prazer em viver a vida da melhor maneira possível: sem cobranças, sem culpas, sem culpados e alegremente. E existe maneira melhor de viver? Esteja bem com você apesar do que acontece à sua volta, e seu dia será muito melhor, sua vida será muito melhor, e você será uma pessoa que estará num estado mental mais leve e contemplativo, mais tranquilo e sereno, com mais amor e satisfação para fazer tanto as coisas simples como as complicadas, porque, no fundo, sua atitude é de bemestar com a vida. Por: Flávio Boabaid e-mail: flavboabaid@gmail.com

45


ELE É MAIS QUE UM CÃO. Ele é o Apolo. 3 anos repletos de felicidade. Adora jogar futebol e brincar de casinha.

Ele adora seu Dog Chow Adultos Raças Médias e Grandes, que contém os nutrientes ideais para sua idade, seu porte e estilo de vida, incluindo proteínas de alta qualidade para músculos fortes. Conheça a família de produtos Dog Chow Nutrição + Vida Saudável. Afinal de contas, seu cão merece um alimento tão especial quanto ele. ELE É MAIS QUE UM CÃO, É PARTE DA FAMÍLIA .

46


Comportamento

Amor Maduro O que é amor maduro? Amar parentes e não amar outras pessoas é amor maduro? Dr. Cesar Vasconcellos de Souza

Mas afinal o que é o amor? É um sentimento? É algo dirigido somente a um pequeno grupo de pessoas, familiares, namorado(a), noivo(a)? É a paixão? Nascemos amando ou temos que aprender a amar? Não vamos entrar nas possíveis respostas a todas essas perguntas, mas vamos pensar um pouquinho no conceito de amar. A mente humana, de qualquer pessoa neste mundo, é composta de pensamentos, sentimentos e capacidade de escolher, de agir. Se pensarmos nesses componentes de nossa mente, podemos vislumbrar que o amor não pode ser só sentimentos, porque sentimentos ou emoções são somente uma parte da mente. Neurocientistas e neurofisiologistas estão descobrindo a importância das emoções para nossa saúde. Elas são mais importantes para o bom funcionamento da fisiologia de nosso organismo do que se pensava antigamente. Muitas respostas fisiológicas, ou seja, muitos sintomas físicos que uma pessoa apresenta podem ter uma origem emocional importante. Alguém com forte tristeza pode, por exemplo, ter distúrbios digestivos e, assim, perder peso. Amar depende, então, das três dimensões da mente: o que penso, o que sinto e o que faço. É comum os jovens crerem que sentir uma forte emoção por uma pessoa é a prova de que a amam. Mas isso pode não ser amor, ou ser o começo dele, no entanto, não é o suficiente para que haja amor maduro. Adultos que amam só os seus também não desenvolveram um amor maduro. Como diz Erich Fromm em “A Arte de Amar” o amor maduro não é só por uma pessoa. Concordo. Se você ama seu marido, sua esposa, seus filhos, seus pais, outros parentes, seu/sua namorado(a), seu/sua noivo(a) e mais ninguém, isso ainda não é

amor maduro. O amor maduro é por qualquer pessoa. “Puxa!”, você dirá: “Quem consegue ter esse tipo de amor maduro, que ama todas as pessoas?”. Lembra que Jesus disse que Seus seguidores deveriam aprender a amar até seus inimigos? Talvez, quando conseguirmos chegar ao ponto de amar até os inimigos, desenvolveremos amor maduro. Que inimigos? Inimigo pode ser a pessoa que machucou e ainda machuca você. Pode ser uma pessoa, familiar ou não, difícil de lidar. Há pessoas difíceis de se relacionar, não é? São briguentas, ranzinzas, autoritárias, mentirosas. Como amá-las? Tem você sido uma dessas pessoas difíceis de os outros amarem? Não tem como lutar consigo mesmo para se tornar alguém amável que facilita aos outros amarem você? Você pode dizer: “Ah! Ele (ela) não me aceita como eu sou!”. Ora, mas se o jeito seu de ser é ruim, agressivo, desagradável, fica difícil aceitar, não é? Entretanto, o amor maduro amará as pessoas difíceis, ou “inimigas”. Só que esse amor não obrigatoriamente se evidenciará com predomínio de sentimentos agradáveis transmitidos à pessoa complicada, mas por atos bondosos, que são também uma forma de amar. Quando não mais temos o amor (sentimento) por alguém, pelo menos é possível ainda tratarmos essa pessoa com cortesia, não é? E tratar alguém com cortesia é uma faceta do amor maduro. Amor maduro é por qualquer pessoa, o que não significa que iremos manifestá-lo em palavras e atitudes iguais para todos. Há níveis diferentes de intimidade afetiva. Tratar bem os inimigos é como colocar fogo na mente deles, é dar a eles a chance de pararem para pensar nas atitudes chatas que eles possuem e, assim, poderem mudar, se quiserem. Só se consegue tratar bem as pessoas difíceis, se fizermos o desligamento emocional com amor. E isso significa que você aprende a ser responsável para com a pessoa, mas não mais responsável pela pessoa. Ao andar pela cidade, olhe para as pessoas e pense: somos iguais, somos mortais, temos lutas pessoais, estamos vivos e enfrentamos desafios, alguns mais difíceis, outros menos, mas somos todos humanos, dependemos de Deus para ter vida; não somos deuses. Olhe para os outros com fraternidade, elimine de sua mente a postura de superioridade e também a de inferioridade, e pense que a diferença entre você e a pessoa com quem cruza na calçada pode ser de cultura, poder econômico, visão da vida, religiosidade, mas não de carência de amar e ser amado de maneira madura. Precisamos aprender a amar, porque não sabemos isso naturalmente. Amar é um aprendizado que dura a vida toda.

47


48


Tendência

Atelier 48 Personalização é a palavra que exprime o principal objetivo do Atelier 48, que foi criado para propiciar às clientes a aquisição de peças exclusivas, cujos modelos, tecidos, cores, acabamentos serão escolhidos por elas. As produções trazem consigo matérias primas diversas, tais como tecidos importados de alta costura, tecidos feitos a partir de garrafas PET, linho, algodões orgânicos, entre outros, e os modelos atravessam um leque que abrange o despojado, o chique e o vintage. Tudo passa por um crivo seletivo e, assim, as peças tomam formas e moldes. “Acreditamos que este trecho de nosso release resume muito a nossa marca: ‘sabemos o quão singelo e delicado é o desejo de cada uma de nós, mulheres, de estarmos de bem com a vida pelo simples fato do vestir. Assim, desse desejo único, nasce o Atelier 48, devolvendo a cada uma de nós, de vocês, o sorriso em nosso olhar.’” Afirmam as sócias do atelier, Nina Giacomini, modelo de renome internacional, e Dani Palma, estilista autodidata. O conhecimento e o discernimento de cada uma das sócias são todas as fontes do encanto de cada peça, uma vez que não existem coleções datadas, e sim um único fluir para cada botão, linha e tecido que compõem as roupas feitas pelo atelier. Cada vestido de paetê, cada macacão de linho, rendas, entre outras peças, são minuciosamente produzidos à mão e a olhos, que vão modelando com afinco cada curva, cada silhueta daquelas que encomendam suas peças no Atelier 48.

49

O Atelier 48 está situado na Rua Porto Seguro, n. 58, Lagoa da Conceição, Florianópolis. Você pode conhecer algumas das peças acessando o site: www.atelier48.com.br. O atelier atende com hora marcada, que pode ser feita através do endereço eletrônico: contato@atelier48.com.br ou ainda pelos telefones: (48) 9932-5115 (Nina Giacomini) e (48) 9901-1779 (Dani Palma).

49


Informações em destaque

Otília Garofallis Fialho, cliente Hippo, comemora 101 anos Vó Otília, ou Tilinha, como é conhecida por todos, completou 101 anos de existência, no dia 09 de novembro. Sendo a sua neta mais velha, há 53 anos, comemoro o Natal em sua casa, e tudo é sempre preparado com carinho, entusiasmo e muita alegria, pois ela adora ter toda a família reunida ao seu redor. Mulher de fibra como minha avó ainda não conheci! Sua determinação abre caminhos para que o melhor sempre aconteça para todos. Sua vocação é fazer os outros felizes, pois sua bondade proporciona a realização de muitos sonhos que acalentamos no silêncio de nosso coração. Seu lema: “amanhã será outro dia”, é sempre ancorado numa meta a ser alcançada, demonstrando que a juventude é eterna. Sempre aberta a aprender coisas novas, é curiosa e interessada por tudo à sua volta, não se descuidando, nem um minuto, de sua autoestima. Sua grandeza em servir ultrapassa os limites familiares, pois seu amor incondicional a torna sensível às necessidades daqueles que dela se aproximam. Ouvindoos atentamente, como uma verdadeira terapeuta, procura encontrar soluções eficazes para aliviar suas dores. A matriarca Otília Garofallis Fialho marca nossas vidas de forma única, eterna e especial! Creio que isto é saber viver. Chegar aos 101 anos de vida com um belo legado: “Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a si mesmo”. Uma homenagem de sua neta Isabella Fialho Lemos

50



Revista Hippo Ed.18