Issuu on Google+

A CARTA DE DEUS AO HOMEM I Introdução: É a Bíblia de DEUS ou dos homens? Já existia Bíblia no começo do mundo? Que fazer para entender a Bíblia? Para que serve a Bíblia? 1. No início do mundo, como falava ‘DEUS com Adão e Eva? Gen. 3:9 (Pessoalmente) 2. Que interrompeu essa comunicação pessoal? Isaías 59:2 (O Pecado) 3. Que outro meio usou DEUS então? Hebreus 1:1 e 2 (profetas e JESUS) 4. Como se comunicava DEUS com os profetas? Num. 12:6 (Visões e sonhos) 5. Que disse DEUS a Moisés? Êxodo 17:14 (Escreve em livro) 6. Que fez Moisés? Êxodo 24:4 (Escreveu) Nota: Moisés viveu 1.500 anos antes de CRISTO. 7. Há alguma parte na Bíblia feita por ser humano? II S. Pedro 1:21; II Tim. 3:16 (Não) 8. Que fazer para entender a Bíblia? a) I Tim. 4:13 – Ler b) I Tim 4:15 e 16 – Meditar c) I Tim. 4:15 – Ocupar-se com ela d) I Cor. 2:13 – Comparar uma parte com outra e) S. João 7:17 – Obedecer (ver s/ E. S. I Cor. 2:13) 9. Para que serve a Bíblia? a) II Tim. 3:16 – Ensinar, advertir, instruir na justiça e aperfeiçoar b) Sal. 119:105 – Iluminar a vida c) Sal. 119:11 – Livrar de pecar d) S. João 5:39 – Conduzir a CRISTO 10. Que diz S. Pedro sobre ler a Bíblia? II S. Pedro 1:19 – (faz bem) S. João 5:39 11. Para que mais serve a Bíblia? Apoc 1:3 – (Para tornar a pessoa feliz) Apêlo: Ler a Bíblia, examine-a (S. João 5:39; I Tess. 2:13 e Atos 17:11), pratique seus ensinos (S. Mat. 7:21 a 23) e deixe-se guiar pelo Espírito Santo (S. João 16:13) Para ler a Bíblia num ano, leia 3 capítulos em dia de semana e 5 aos sábados e domingos.

VIVER SAUDÁVEL II 1. 2. 3. 4.

5. 6. 7. 8. 9. 10. 11. 12. 13. 14.

Recapitular o estudo anterior. Qual o desejo de DEUS? III João 2 Para termos saúde que aconselha DEUS? Gên. 1:29 (Comer cereais, frutas, verduras – Isaías 55:2: comer o que faz bem) Das carnes, quais as que podemos comer? a) Lev. 11:2, 3, 5-7 (casco partido, remoer) b) Lev. 11:9, 10, 12 (escamas + barbatanas) c) Lev. 11:13-20 (aves limpas) Que não usar como alimento? Gên. 9:4 (sangue) Que bebidas não devemos beber? Prov. 23:29-31; I Cor. 6:10; Hab. 2:15. A que não entregar nosso corpo? I Cor. 6:18-20 Em que devemos pensar? Filip. 4:8 Que não devemos falar? Efés. 5:3; I Cor. 15:33; II Tim. 2:16. Que mais devemos evitar? I S. Ped. 2:1 Que devemos cultivar? II Ped. 1:6 (domínio próprio) Glória para quem deve ser tudo o que fizermos? I Cor. 10:31 É o cuidado do corpo questão de salvação ou de perdição? I Cor. 3:16, 17 Qual a promessa de DEUS? Êxo. 23:25

ORIENTAÇÕES SIMPLES, PRÁTICAS E EFICAZES PARA SE TER UMA BOA SAÚDE 1.

Alimentação O conjunto dos bons alimentos é: cereais, frutas, nozes, verduras e raízes. Porém, não misture frutas com verduras numa mesma refeição, e não coma nozes à noite. Pela manhã, ao levantar e pelo menos 60 minutos antes do desjejum, tomar um a dois copos de água pura morna e engolir um ou dois dentes pequenos de alho. Pode tomar suco de limão, nesse caso, meio copo. Mas não tome mais de dois copos de líquido ao todo. Na refeição, comer um tipo de fruta, de preferência doce, mais cereais e pão e um pouco de nozes ou amendoins. Tome um copo de leite ou de yugurte. Frutas devemos usar em abundância. Ao meio dia, não coma frutas, mas saladas cruas sem vinagre, temperadas com limão e sal, mais dois ou três pratos de comida quente e um pouco de nozes ou amendoins. À noite, pelo menos três horas antes de dormir, pela janta coma frutas outra vez, cereais e/ou pão torrado e bolacha de sal e sopa. Varie esses alimentos de uma refeição para outra. Não coma demais no jantar. Até pode dispensar o jantar, mas não dispense o desjejum pela manhã, isso é prejudicial. O jantar deve ser leve, tal como sopa, frutas, chá ou suco de frutas. Nunca coma antes de dormir, muito menos durante a noite.

2.

Bebidas Só tome líquidos entre as refeições, até meia hora antes e duas horas depois. Sucos naturais de diferentes frutas são ótimos para a saúde. Use também chá de ervas e sucos de vegetais. Suco de limão, meio copo, é bom para o desjejum. Água ou líquidos, somente tome entre as refeições, um adulto precisa de pelo menos 2 litros ao dia. Não mate a sede com água gelada, tome-a numa temperatura para que o corpo não necessite aquece-la antes da digestão. Cada vez tome uns poucos goles, para logo ter sede outra vez. Acostume-se - isso não é difícil - a ter sede entre as refeições, nunca durante a refeição. Não tome líquido junto à refeição nem coma nada entre as refeições, com exceção a orientações médicas específicas. Líquido junto à refeição prejudica a salivação, essencial para a digestão. Com o tempo, a salivação fica fraca e se faz necessário tomar líquidos. Nesse caso, mastigar bem mais para fazer retornar o funcionamento das glândulas salivares. 3.

Dicas importantes: Se o alimento fez mal, jejue uma ou duas refeições e tome sucos. Um jejum por semana é bom. Faça assim: não coma no desjejum e a janta substitua por sucos. Só almoce e em quantidade pequena. Isso ajuda muito para a saúde do corpo. Após um jejum, coma frutas, e faça uma refeição leve. Sobremesas ricas deveriam ser dispensadas. O melhor alimento é o pão torrado, o pior para a digestão é o quente, recém assado, embora gostoso. Para o pão use farinha integral em lugar da branca ou fina, que é pobre de elementos nutritivos. Não utilize bicarbonato ou fermento em pó. No pão levedado, deve-se usar água em lugar do leite que fermenta mais facilmente. Numa refeição use três ou quarto variedades diferentes, não mais que isso. De uma refeição para outra, aí sim, varie os tipos de alimento. Assim, o estômago terá menos trabalho para processar o alimento, e durante a semana, você terá uma grande variedade de alimentos para completar os nutrientes de que necessita. Comer em todas as refeições sempre a mesma coisa debilita o organismo. Usa-se demasiado açúcar no alimento. Bolos, pudins, pastéis, geléias, doces e cremes são causa de má digestão. O azeite de oliva é um dos melhores. A manteiga é menos nociva quando empregada no pão, mas deveria ser dispensada. O queijo é totalmente impróprio para alimento. Não coma quando estiver muito cansado. Não ingira alimento ou bebidas muito quentes ou muito frias Não abuse do sal, evite picles e comidas condimentadas. Não coma após exercícios fortes nem faça trabalho pesado logo após uma refeição. Uma caminhada ao ar livre após a refeição ajuda a digestão. Comida mal cozida estraga o sangue e desarranja o organismo. Use o alimento o mais natural possível, o mais fresquinho, menos processado industrialmente, sem adicionar temperos fortes. Nunca misture mais de 4 variedades por refeição mas varie bastante de uma refeição para outra. Deixe o estômago descansar e se recuperar. Umas cinco horas entre uma refeição e outra é recomendável. “Frutas, cereais, nozes e verduras, preparados de maneira simples, livres de especiarias e gordura animal de qualquer espécie, fazem com leite e nata, o mais saudável regime dietético. Comunicam nutrição ao corpo, e


dão um poder de resistência e um vigor de intelecto não produzidos por um regime estimulante. (CSS, 115) A quantidade de alimento de cada vez não deve ser grande. Quando sentir que o estômago está confortavelmente abastecido, pare. Comer demais prejudica o trabalho do estômago e isso nutre mal o organismo e embota o cérebro, cuja energia é requerida para o trabalho mais pesado do estômago. A glutonaria e a embriaguez são quase equivalentes. Mastigue devagar, permitindo que a saliva se misture com o alimento. Coma vagarosamente, fazendo da refeição um momento tranqüilo de prazer, não de discussões. Quanto mais tempo o alimento permanece na boca, melhor para a digestão. Carne: “A possibilidade de adquirir moléstias é dez vezes aumentada pelo uso da carne. As faculdades intelectuais, morais e físicas são prejudicadas pelo uso habitual de alimentos cárneos. Esse uso desarranja o organismo, obscurece o intelecto e embota as sensibilidades morais. ... O caminho mais seguro para vós, é deixar de lado a carne.” (Conselhos Sobre Saúde, 70) Chá preto e café não alimentam e são venenos para o organismo. Devemos dominar o apetite, não sermos dominados por ele. Nunca adicione açúcar ao leite. Isso produz fermentação. Junto as refeições, num pouco de água, tome uma colher de cá de pó de levedo de cerveja, ótimo suplemento alimentar sem contraindicações. 4.

Os 8 remédios naturais, para a excelência na saúde Nutrição equilibrada, simples numa refeição e variada durante a semana. Exercício físico pelo menos três vezes por semana (por exemplo, caminhando durante 40 a 60 minutos cada vez), descontraído, realizado sem pressões, alivia o estresse, no entanto, deve haver regularidade. Água pura entre as refeições, dois litros para o adulto, precisamos mais de água do que de alimento. Luz solar, com exposição diária que pode ser durante o exercício físico e toda oportunidade recomendável. Autocontrole, temperança ou abstinência, alimentando-se com critério e evitando tudo o que é nocivo ou em quantidades exageradas mesmo do que é bom. Ar puro, respiração profunda várias vezes ao dia, para oxigenar os pulmões e enriquecer o sangue, isso não custa absolutamente nada, exceto fazer. Várias vezes ao dia respire profundamente, segurando o ar por algum tempo nos pulmões. Isso oxigenará o organismo. No quarto de dormir, o ar deve ser bem arejado. Habitue-se a respirar profundamente, como os bebês. Cuidar para estar sempre bem ambientes bem ventilados. Descanso, de em média, 6 a 8 horas por dia, sempre no mesmo horário, inclusive nos finais de semana. Durante o dia é recomendável momentos de descanso. Confiança em DEUS. É fundamental o reconhecimento de um Criador que nos ama e que nos orienta pelas mais diferentes formas, que muitas vezes desconhecemos. A incerteza, a dúvida são fatores que favorecem a doença. Apelo: Experimente estas dicas por dez dias, então faça uma avaliação dos resultados.

A HISTÓRIA DO MUNDO NUM CAPÍTULO DA BÍBLIA III 1. Recapitular o estudo anterior. 2. Por que o rei ficou perturbado? Dan. 2:1 (sonhou e esqueceu) 3. Quem foi convocado e o que ocorreu? Dan. 2:2-9 (os sábios não souberam responder) 4. Que confessaram os sábios? Dan. 2:10, 11 (sua incapacidade) 5. Que fez o Rei? Dan. 2:12 – (decretou-lhes a morte) 6. Quem buscaram primeiro para ser morto? Dan. 2:13, 14 (Daniel, o servo de DEUS) 7. Onde Daniel encontrou salvação? Dan. 2:18-24 (Na prece, em casa – DEUS nunca desampara uma pessoa sincera que confia n’Ele) 8. Qual o sonho? Dan. 2:31-35 (estátua, vide gravura no verso) 9. Qual a interpretação? Dan. 2:36-40 a) Ouro – Babilônia – 605 a 539 A C b) Prata – Medo-Pérsia – 538 a 331 A C c) Bronze – Grécia – 331 a 168 A C d) Ferro – Roma – 168 A C a 476 D C 10. Que aconteceria a Roma? Dan. 2:41 (Seria dividida. O que antes era Roma, hoje são os países da Europa) 11. Por que foi dado o sonho? Dan 2:28 (Para mostrar o que iria acontecer no tempo do fim) 12. Que acontecerá no fim dos dias? Dan. 2:44 (DEUS estabelecerá um reino eterno e perfeito) Apêlo:

Confiar na palavra profética Confiar no DEUS de Daniel

A PEDRA DO CÉU IV 1. Recapitular o estudo anterior. 2. Quem é a pedra, nas palavras de S. Pedro? I S. Pedro 2:3,4 (JESUS CRISTO) Veja mais em Atos 4:10,11 e Efés. 2:20 3. Descerá JESUS a esta Terra? I Tess. 4:16 e Atos 1:11 (sim) 4. Que disse JESUS sobre Sua volta? S. João 14:1-3 5. Quão certa é a volta de JESUS? Heb. 9:27,28 (como a morte) 6. Como virá Nosso Senhor JESUS CRISTO? a) Em corpo – Atos 1:9-11 e Luc 24:39, 41 b) Será visto por todos – Apoc. 1:7 e Mat. 24:30 c) Acompanhado – Mat. 25:31 d) Com poder e glória – Luc. 21:27 7. Que ocorrerá com os justos ao descer JESUS? I Tess. 4:16, 17 e I Cor. 15:52 (os justos mortos ressuscitarão, os vivos serão transf. e arrebatados) 8. Que ocorrerá com os ímpios? II Tes. 1:7-9; 2:8 (morrem) A volta de JESUS é chamada o fim do mundo porque os ímpios morrem e os justos são levados ao Céu) 9. O grande paradoxo a) Ímpios desesperados – Apoc. 6:15-17 b) Justos jubilosos – Isaías 25:9 Apelo: Só vai haver duas classes quando JESUS voltar. Vamos decidir estar entre os justos e obedientes.


(Ver gráfico ilustrativo no final da série de estudos)

QUANDO VIRÁ NOSSO SENHOR JESUS V

OS MIL ANOS VI

1. Recapitular o estudo anterior. 2. Que perguntaram os apóstolos? S. Mat. 24:3 (quando ?) 3. Em resposta, a que Se referiu JESUS? S. Mat. 24:15; Luc. 21:20-24 (À destruição de Jerusalém, em 70 DC) 4. Qual acontecimento mencionado em seguida? S. Mat. 24:21 (A grande perseguição aos cristãos, de 70 a 1773) 5. Que ocorreria após 1773? S. Mat. 24:29 Escurecimento do Sol – 19/05/1780 Escurecimento da Lua – idem Queda das Estrelas – 13/11/1833 6. Como é chamado o período que se segue? II Tim. 3:1 (últimos dias, tempo do fim) 7. Que haverá nos últimos dias? II Tim. 3:2-5; S. Tiago 5:3 II S. Pedro 3:3, 4; S. Mateus 24:5-8 8. Qual o último grande sinal que precede o fim? S. Mat. 24:14 (evangelho será pregado a todos) 33

70

1773

1780

grande perseguição CRISTO destruição de Jerusalém

9. Em que parte estamos? Apelo: Amós 4:12 – Prepara-te!

Sol Lua

1833

FIM

últ. dias queda estrelas

1. Recapitular o estudo anterior. 2. Que duas ressurreições haverá? (gráfico – vide verso) S. João 5:28, 29; Atos 24:15 (dos justos e dos ímpios) 3. Quando ocorrerá a ressurreição dos justos? I Tess. 4:16; Apoc. 20:6 (Ao voltar JESUS) 4. Quando ressuscitarão os ímpios? Apoc. 20:5 pp (mil anos mais tarde) 5. Quais os acontecimentos do início do milênio? a) Volta de JESUS b) Morte dos ímpios II Tess. 2:8 c) Ressurreição dos justos I Tess. 4:16, 17 d) Arrebatamento dos justos idem e) Prisão de Satanás Apoc. 20:1-3 6. Quais as condições durante o milênio? a) Justos vivem, julgam e reinam com CRISTO (Apoc. 20:4; Apoc. 20:6) b) Ímpios mortos – Jer. 25:33 c) Terra vazia – Jer. 4:23 a 27 d) Satanás preso – Apoc. 20:2 7. Quais os acontecimentos do fim do milênio? a) A Nova Jerusalém desce com JESUS e os anjos Apoc. 21:2; Zac. 14:4 b) Os ímpios ressuscitam - Apoc. 20:5 c) Satanás é solto – Apoc. 20:7 d) Os ímpios tentam tomar a cidade e são consumidos – Apoc. 20:8 e 9; Malaquias 4:1-3 e) Satanás é destruído – Apoc. 20:10; Ezeq. 28:19 8. Que surgirá então? II S. Pedro 3:10-13 9. Tem DEUS prazer na morte do ímpio? Ezequiel 33:11 (não) Para o bem estar dos justos, para a felicidade do universo, para que somente o amor seja a norma de vida, é preciso acabar com os maus e desobedientes. Apelo: decidir estar dentro da cidade.


A NOVA TERRA VII 1. Recapitular o estudo anterior. 2. Como será a vida na Nova Terra? a) Isaías 35:1, 2 - Terra fértil b) ´´ 35:5, 6 - Não haverá cegos e aleijados c) ´´ 35:7 - Sem desertos d) ´´ 35:10 - Alegria eterna, felicidade e) ´´ 11:6, 7 - Animais mansos f) ´´ 11:8, 9 - Nada que faça mal g) ´´ 65:21, 22 - Construir, plantar, comer, etc. 3. Como se chama a capital? Apoc. 21:1, 2 – (Nova Jerusalém) 4. Como será a cidade? Apoc. 21:12-14, 16-21 5. Que não haverá lá? Apoc. 21:4 6. Para quem é a Nova Terra? I Cor. 2:9 (Para os que amam a ‘DEUS’) Apelo: amemos a DEUS, fazendo a Sua vontade que é boa! Nota: neste estudo de número VI mostrar as diferenças desta Terra com a Nova Terra.

A PRECE VIII Introdução: É possível comunicar-se com DEUS? Que é prece? A quem orar? Como orar? 1. Recapitular o estudo anterior. 2. Que pediram os discípulos de JESUS? Luc. 11:1 (ensina-nos a orar) 3. Que é prece? Sal. 62:8 (é abrir o coração a DEUS como o melhor amigo, em Quem podemos confiar) 4. A Quem orar? Mat. 6:6 (a DEUS) 5. Em nome de Quem? S. João 14:13, 14 (JESUS) 6. Qual o modelo de oração? S. Mat. 6:9-13 (Pai Nosso – explicar cada frase) Nota: Amém quer dizer assim seja – está concordando 7. Quais as condições para que a oração seja atendida? a) Fé – Hebreus 11:6; Marcos 11:24 b) Perdoar – Mat. 6:14, 15 c) Sinceridade – Prov. 28:9; Sal. 66:18 d) Fidelidade – I S. João 3:22 8. Qual a posição ideal em oração? S. Luc. 22:41 (de joelhos, no Reino de DEUS é a posição mais nobre, de reverência diante do Criador) 9. Quando orar? a) Três vezes ao dia – Salmos 55:17; Dan. 6:10 b) Antes das refeições – S. João 6:10, 11 c) Quando tentados – Mat. 26:41; I Tess. 5:17 d) Antes de decisões difíceis – Luc. 6:12, 13 10. Qual o costume de JESUS? Mat. 14:23 (orar a sós) 11. Qual a promessa de JESUS? Mat. 7:7, 8 Apelo: Orar de hoje em diante, verifique os resultados com a experiência de oração.

A RESTAURAÇÃO DA VERDADE IX 1. Verificar se o interessado começou a orar. 2. Que viu Daniel? Dan. 8:1-9 a) Um carneiro com dois chifres b) Um bode com um chifre c) Um chifre grande d) Quatro chifres pequenos e) Um chifre pequeno que saiu de um dos 4 e cresceu muito e se tornou arrogante 3. Que queria Daniel entender? Dan. 8:15 (O significado da visão) 4. Qual é o significado? a) Dan. 8:20 – carneiro: Medo Pérsia – 538-331 AC b) Dan. 8:21 – bode: Grécia – 331 AC c) Dan. 8:21 – chifre grande – Alexandre d) Dan. 8:22 – 4 chifres – 4 reinos Nota: Alexandre morreu em 323 AC., seus quatro generais (Cassandro, Lisímaco, Seleuco e Ptolomeu) dividiram o reino entre si, dos quais surgiu: Roma, Grécia, Síria e Egito. e) Dan. 8:23 – Um rei. A Bíblia não identifica esse rei pelo nome, mas diz o que haveria de fazer. 5. Que haveria de fazer esse rei? a) Dan. 8:10, 24 – Destruir o povo santo b) Dan. 8:11, 25 – Falar contra JESUS (I Tim. 2:5) c) Dan. 8:12 - Deitar por terra a verdade d) Dan. 7:25 - Tentar mudar a Lei de DEUS Nota: Descrever esse poder e mostrar a Lei na Bíblia e no Catecismo. (vide verso) 6. Qual a pergunta que surgiu? Dan. 8:13 (até quando?) 7. Qual a resposta? Dan. 8:14 (Ao acabarem as 2.300 tardes e manhãs a verdade haveria de ser restaurada na Terra; e no Céu, o Santuário, purificado) 8. Por que foram dadas as profecias? Prov. 29:18 (livrar-nos da corrupção) Apelo: seguiremos a DEUS e Seus mandamentos corretos ou a homens e os mandamentos alterados?


OS DEZ MANDAMENTOS Os originais, conforme a Bíblia sagrada: Êxodo 20:1-17 *********************** OS DEZ MANDAMENTOS CONFORME O CATECISMO I Amar a DEUS sobre todas as coisas. II Não falar Seu Santo nome em vão. III Guardar domingos e festas. IV Honrar pai e mãe. V Não matar. VI Não pecar contra a castidade. VII Não furtar. VIII Não levantar falso testemunho. IX Não desejar a mulher do próximo. X Não cobiçar coisas alheias.

Nota: As maiores alterações recaíram justamente sobre os quatro primeiros mandamentos que se referem ao culto a DEUS. Os outros seis, que se referem ao nosso próximo, sofreram menor alteração. Qual a razão disso?

O SANTUÁRIO TERRESTRE X 1. Recapitular o estudo anterior. 2. Que era o santuário? Êxodo 25:8 (Lugar de habitação de DEUS com o povo) 3. Que havia no santuário? Êxodo 40:18 a) No santíssimo – Êxodo 40:20 e 21 e 26:33 b) No Santo – Êxodo 40:22, 24 e 26 c) No Pátio – Êxodo 40:29, 30 e 33 4. Quem entrava? a) No Santo – Heb 9:6 (os sacerdotes) b) No Santíssimo – Heb. 9:7 (o sumo sacerdote) c) No pátio – (os pecadores arrependidos) 5. Que se fazia no santuário? a) Sacrifício Contínuo – Núm. 28:1-4 (Simbolizava a salvação à disposição de todos – PROVISÃO – dada por DEUS) b) Sacrifício pelo pecado – Lev. 4:2, 27-31 (Simbolizava a transferência do pecado, do pecador para o santuário pelo sangue – ABSOLVIÇÃO) c) Sacrifício da Expiação – Lev. 16:5, 8, 15, 16 (Simbolizava a remoção dos pecados – EXTINSÃO) 6. De que outro Santuário o Santuário da Terra era cópia? Êxo. 25:40; Heb. 8:5; 9:24 – Do Céu. 7. Quando o Santuário da Terra perdeu a vigência? S. Mat. 27:50-51 8. Que Santuário está em função atualmente? Heb. 8:1 e 2 (O do Céu) Conclusão: Na confissão, ao sacerdote aplicar o sangue, o pecador era perdoado. Deixava de ser culpado para ser justo. Deixava de ser um filho de Satanás para ser filho de DEUS. Apelo: Confessar todos os pecados a DEUS.

PROVAS DO SANTUÁRIO CELESTIAL XI 1. Recapitular o estudo anterior. 2. Provas do Santuário Celestial Apoc. 4:5; 8:3; 11:19; 15:5 (lâmpadas, altar, testemunho) 3. Como funciona o Santuário do Céu? Heb. 8:2, 5 (tal como o Santuário da Terra) 4. Quem é o sacerdote do Santuário do Céu? Heb. 4:14 (JESUS) 5. Quem é a vítima (Cordeiro) do Santuário do Céu? Heb. 7:27 up (JESUS era sacerdote e vítima ao morrer na cruz) 6. Onde entrou JESUS após a morte? Heb. 8:1, 2 (no santuário do Céu) 7. Para que entrou JESUS no Santuário Celestial? Heb. 9:24 e 7:25 (compadecer por nós, interceder) 8. Que duas coisas faz JESUS quando confessamos? I S. João 1:9 (perdoa e purifica) Nota: JESUS toma sobre Si o nosso passado pecador e atribui a nós o Seu passado imaculado. Isías 53:4, 6, 12 – Justificação 9. Que mais faz JESUS? S. João 1:12; Rom. 6:14, 18 (liberta do poder do pecado) 10. Que convite nos é feito? Heb. 4:16 Apelo: Confessemos a DEUS que Ele já conhece todos os nossos pensamentos, e só Ele sabe do que necessitamos.


O DIA DO JUÍZO NO SANTUÁRIO CELESTIAL XII 1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. 8. 9. 10. 11. 12. 13.

Recapitular o estudo anterior. Que fará DEUS? Eclesiastes 12:14. Como é a cena do juízo? Dan. 7:9-10 Quem é o Juiz? S. João 5:22, 27; Atos 17:31 Quem são as testemunhas? Apoc. 5:11 Quais são os livros do julgamento? a) Da Vida – Apoc. 20:15; 21:27 – (Nomes) b) Memorial – Malaquias 3:16 – (Atos) Quando o nome de alguém é inscrito no Livro da Vida? S. João 5:24 (na conversão) Quem será julgado? I S. Pedro 4:17; S. João 3:18 (Aqueles que têm o nome no Livro da Vida. Os outros já estão condenados) Como é feito o juízo? Apoc. 20:12 (Abre-se o Livro da Vida. Se o nome da pessoa ali está, verifica-se, no memorial, se confessou e venceu todos os pecados) Se alguém não venceu e não confessou todos os pecados, que acontece? Êxodo 32:33. Se alguém venceu todos os pecados, que ocorre? Apoc. 3:5 (O nome fica no livro) Que decreto é feito na conclusão do juízo? Apoc. 22:11 Que fará JESUS logo a seguir? Apoc. 22:12.

Apelo: ABANDONAR TODO PECADO

O TEMPO DO JUÍZO XIII 1. 2. 3. 4. 5.

6.

7.

Recapitular o juízo no santuário do Céu. Quando o santuário do Céu foi purificado? Dan. 8:14 (No fim das 2300 tardes e manhãs) Que significa profeticamente uma tarde e uma manhã? Eze. 4:6, 7; Núm. 14:34 (um ano) Quando começaram os 2300 anos? Dan. 9:25 (Na ordem de reconstruir Jerusalém) Quando esta ordem entrou em vigor? Esdras 7:7, 8 (7:12-28) resp.: em 457 AC. Nota: O 7º ano de Artaxerxes foi de 457 para 456 AC. Ver enciclopédias. Quando terminaram os 2300 anos? 2300 menos 456 é igual a 1844 Nota: Em 1844 começou o juízo no Céu e na Terra a restauração da verdade – estudo VII. Prova real da profecia: a) Após 483 anos (7 + 62 semanas) haveria de vir O Messias. 483 – 456 AC = 27 DC) No ano certo, O Messias apareceu. JESUS foi batizado no ano 27 DC, S. Mat. 3:16; Atos 10:38. b) Na metade da última semana das 70, O Messias seria morto. Dan. 9:26, 27. Exatamente 3 anos e meio após o batismo JESUS foi crucificado. A profecia foi confirmada, Dan. 9:24. c) No fim das 70 semanas Paulo converteu-se e o evangelho foi para os gentios. Atos 7:58, 59; 9:15. d) Até hoje o povo judeu enfrenta guerra? Dan. 9:26, 27. Diagrama – vide verso

Apelo: O juízo está em andamento, CONSAGREMO-NOS

A LEI NO TRIBUNAL DO CÉU XIV 1. 2.

Recapitule o estudo anterior. Como devemos proceder? S. Tiago 2:12 3. Que lei é essa? S. Tiago 2:10 e 11 4. Qual é a lei em cujo conteúdo se encontra: Não matarás, não adulterarás? Êxodo 20:3-17 (Dez Mandamentos – idem em Deut. 5:6-21) 5. Qual lei será escrita nos corações? Heb. 8:10; 10:16 e II Cor. 3:3, up (A mesma que foi escrita nas tábuas de pedra, no Novo Concerto, foi escrita nos corações e nas mentes – ver Deut. 11:18; 30:10; 32:46; Sal. 37:31; 119:10, 34, 69; Prov. 3:3; 4:4, 23; 7:3; Isa. 51:7; Jer. 31:33; 32:40; Ezeq. 11:19, mas, ver ainda Marcos 4:15) 6. Explicar a razão, a bênção e a amplitude de cada mandamento. (Analisar os Dez Mandamentos, comparar os quatro primeiros com os seis seguintes) 7. Qual a causa de todo mal? Rom. 1:21, 25, 28-32; 8. Que disse JESUS dessa Lei? S. Mat. 19:17 e 5:17 e 18 9. Quem será justificado? Rom. 2:13 (Cap. 7:12) 10. Quem nos capacita a guardar os mandamentos? Filip. 4:13; S. João 1:12; 15:5, 10. Apelo: Guardar os mandamentos pela graça de CRISTO.


Luc. 23:54 e 56 – sábado descansaram João 19:31 – sexta, preparação Heb. 4:4 e 10 – descanso no sábado Apelo: IMITAR JESUS (João 13:15 – Eu vos dei o exemplo... – Há uma bênção no sábado)

Maias, o México e os Japoneses adoravam o sol. Na realidade, de uma forma ou de outra, todos os povos não cristãos adoravam o sol, por dar a luz para a vida. Trata-se a um culto que sempre esteve relacionado à mentira e à violência, voltado contra o DEUS Criador de todas as coisas. Note que o primeiro dia da semana foi o dia em que pouca coisa já havia sido criado por DEUS. Apelo: Sejamos como S. Pedro e Maria, mãe de JESUS

O DIA DO SENHOR XV 1. 2. 3.

Recapitular o estudo anterior. Ao criar o mundo, que fez DEUS? Gen. 2:1-3 Antes de Israel chegar ao Sinai, como foi provado? Êxodo 16:4, 5, 22-30 4. Que diz o quarto Mandamento? Êxodo 20:8-11 5. Era o sábado só para os Judeus? Isa. 56:6; Ecles. 12:13 6. De que era o sábado um sinal? Ezequiel 20:12, 20 7. Qual o costume de JESUS? Lucas 4:16 8. Quem disse JESUS tem poder exclusivo sobre o sábado? Mat. 12:8; Marc. 2:28; Luc. 6:5 (Comparar com: Êxodo 16:23, 25; 20:10 e 11; Lev. 23:3; Deut. 5:14 – o sábado sempre foi o dia do Senhor) 9. Que dia observava a Mãe de JESUS (virgem Maria)? Lucas 23:54-56; S. João 19:25 10. Que dia observavam os apóstolos? Atos 13:13, 14, 27, 42, 44; 15:21; 16:12, 13; 18:4, 11 11. Que queria JESUS que observasse após Sua morte? S. Mat. 24:20 – Jerusalém foi destruída no ano 70 AD. 12. Que dia será observado na Nova Terra? Isaías 66:22, 23 Confira os versículos sobre o sábado, no Novo Testamento: Mat. 12:8 – O Senhor do sábado Mat. 12:1-14 – prática do sábado Mat. 24:20 – não fugir no sábado Mat. 27:62 – sexta-feira, dia preparação Mat. 28:1 – não foram ao sepulcro no sábado Marc. 2:27-28 – O Senhor do sábado Marc. 15:42 e 16:1 – sexta, preparação Luc. 6:5 – O Senhor do sábado

ORIGEM DA GUARDA DO DOMINGO XVI 1. 2.

Recapitular o estudo anterior. Que haveria antes de JESUS voltar? II Tess. 2:1-4; Atos 20:29-30 3. Que dia guardavam os cristãos apostólicos? Atos 15:21 4. Que dia guardavam os pagãos? Deut. 4:19; 17:2-3; Jer. 8:1, 2 – adoravam o sól 5. Qual o dia do Sol? Resp. O domingo Inglês – Sunday (dia do Sol) Alemão – Sonntag (dia do Sol) 6. Quem ordenou a guarda do domingo? Resp.: Constantino, em 321 DC. – “Que todos os juízes, e todos os habitantes da cidade, e todos os mercadores e artífices descansem no venerável dia do Sol.” (O Grande Conflito, 574) 7. Quem ordenou o sábado? Êxodo 20:8-11 (DEUS) 8. A quem devemos obedecer? Atos 5:29 9. Aceita DEUS adoração de alguém que segue doutrina de homens? Mat. 15:9 e 13 10. Que promessas faz DEUS? Sal. 37:25; Filip. 4:19 Obs. O domingo não pertence à Igreja Católica nem aos protestantes, mas aos pagãos, principalmente os egípcios, os babilônios, e os romanos, que desde os tempos remotos veneravam o sol nesse dia. No Egito, as pirâmides e os obeliscos estavam associadas com a adoração do sol. Os obeliscos significam reverência ao sol como deus, inclusive o que atualmente se encontra na Santa Sé. Mais tarde também os

SELO DE DEUS E O SINAL DA APOSTASIA XVII 1. 2. 3. 4. 5.

Que sinal é mencionado em Apocalipse? Apoc. 13:16, 17 (Sinal da Besta) Nota: Selo, sinal, marca, na Bíblia são sinônimos. Em oposição, que outro sinal é mencionado? Apoc. 7:2; 9:4 (Sinal de DEUS) Onde estarão os que têm o sinal de DEUS? Apoc. 15:2, 3 Qual o destino das pessoas que portam o sinal da Besta? Apoc. 14:9-11; 19:20 Quem é a Besta? Apoc. 13:17, 18 V– 5 I– 1 Nota: Mão direita – símbolo do C – 100 trabalho e da honra; testa A símbolo da razão, da inteligência R e da capacidade de decidir. I– 1 V– 5 S F I– 1 L – 50 I– 1 I– 1 D – 500 E I– 1 666


6.

Que ordenou essa autoridade? “A Igreja de DEUS (católica), porém, transferiu para o domingo a solene celebração do sábado” Catecismo Romano, p. 440 7. Qual o sinal de DEUS? Ezeq. 20:12, 20 8. Quando é que as pessoas são assinaladas? Apoc. 7:1-3 (Quando recebem o conhecimento para uma decisão racional, com base na verdade) Apelo: Deuteronômio 30:19

Apelo: Continuamente anjos bons e maus disputam influência sobre nós. A qual deles nos submeteremos? Temamos a DEUS!

Nota: O homem era imortal. Tornou-se mortal. Pode tornar-se imortal outra vez, se decidir crer – converter-se. Apelo: Aceitemos a oferta da imortalidade!

QUE SÃO OS ANJOS? XIII Recapitular o estudo anterior. Qual a origem dos anjos? Sal. 148:2, 5 – foram criados por DEUS 3. São eles espíritos de mortos? Gen. 3:24 4. Constituem família? S. Mat. 22:30 5. Quantos são os anjos? Apoc. 5:11 6. Têm corpo os anjos? I Cor. 15:44 (Comparar com S. Luc. 24:36, 39, 41) 7. Que duas grandes classes de anjos há? Apoc. 12:7, 9 (De JESUS e de satanás) 8. Que fazem os anjos maus? a) Transformam-se e se disfarçam II Cor. 11:14, 15 b) Lutam contra nós. Efésios 6:11, 12 c) Enganam I Tim. 4:1 – ensinam erros 9. Que fazem os anjos bons? a) Sal. 34:7 – protegem b) Sal. 91:11 – acompanham sempre (Mat. 18:10) c) Ecles. 5:6 – registram nossos atos d) Dan. 7:10 – testemunham no juízo 10. Que farão os anjos bons quando JESUS vier? Mat. 24:31 – escoltarão os justos

O SONO DA MORTE XIX

1. 2.

1. 2.

Recapitular o estudo anterior. Que é morte no dizer de JESUS? S. João 11:11-14 (Um sono) 3. Fez DEUS o homem para morrer ou para viver eternamente? Gên. 2:16 – para viver eternamente 4. Que perdeu Adão ao pecar? Rom. 5:12 – a capacidade de viver eternamente 5. Como pode o homem mortal tornar-se imortal outra vez? S. João 3:16; I João 5:11 6. Quando é que o ser humano passa a ter direito à vida eterna outra vez? S. João 5:24 – ao se converter 7. Quando dará JESUS esta vida eterna aos que crerem? I Cor. 15:21-23 (Quando voltar em glória) 8. Enquanto JESUS não vem, onde estão os mortos? Dan. 12:2 (No pó da terra) 9. Enquanto dormem, sabem os mortos qualquer coisa? Ecles. 9:5; Sal. 6:5; 115:17 10. Que sai do homem quando morrer? Ecles. 12:7 11. Tem esse espírito raciocínio ou consciência própria? Sal. 146:4 (não) 12. Que espírito é esse que sai ao morrer? Gen. 2:7 (O mesmo que entrou no homem ao DEUS criá-lo – o fôlego vital, isto é, a respiração)

BATISMO, LAVA-PÉS, SANTA CEIA XX 1. 2. 3. 4. 5. 6.

Recapitular o estudo anterior. Que ordenou JESUS? S. Marcos 16:15, 16 Que deve preceder o batismo? Mat. 28:20; Atos 2:38 (Ensinar, crer, arrepender-se, confessar, praticar tudo o que JESUS mandou) Que simboliza o batismo? Rom. 6:10, 12 (Morte para o pecado e vida nova para DEUS) Qual a forma do batismo? Rom. 6:3, 4; Col. 2:12 (sepultamento) A que família passa a pertencer o converso? Efés. 2:19 – à família de DEUS Obs. O batismo é um momento feliz par o converso e para o céu inteiro.

O LAVA-PÉS Antes da comunhão que fez JESUS? S. João 13:1-5 Que disse JESUS a Pedro ao ele querer recusar-se ao lavapés? João 13:8 – “Não terás parte comigo.” 9. Devem os seguidores de JESUS praticar o lava-pés? S. João 13:14, 15, 17 10. Qual a razão do lava-pés? S. João 3:16 (Um não é maior do que o outro) 7. 8.


A SANTA CEIA 11. Que fez JESUS após o lava-pés? S. João 13:12; I Cor 11:23-25 12. Que representa o pão e o vinho? I Cor. 11:26; S. Lucas 22:19, 20 13. Que devemos fazer antes de participar da S. Ceia? I Cor. 11:27-30 (Examinar-se) 14. Até quando a ceia deve ser celebrada? I Cor. 11:26 – até JESUS voltar.

11. É certo acudir doentes no sábado? S. João 9:13, 14; S. Luc. 14:1-6; S. Mar. 1:32-34 12. Qual a promessa de DEUS aos que deixam os interesses próprios no sábado? Isaías 58:13, 14; 56:2. Apelo: DEUS pôs uma bênção no sábado. Recebemo-la observando-o adequadamente.

Apelo: Decidir pelo batismo, considerando o desejo pela salvação e vida eterna. Orar de joelhos com o estudante. (Os próximos estudos são de preparação para o batismo)

A OBSERVÂNCIA DO SÁBADO XXI 1. 2.

Recapitular o estudo anterior. Que fez DEUS no sábado? Gen. 2:1-3. (Descansou, abençoou e santificou. DEUS pôs uma bênção sobre o sábado) 3. Quando começa o sábado? Lev. 23:32; Mar. 1:32; Deut. 16:6. (Ao pôr do sol) 4. Como era chamada a sexta-feira nos dias de JESUS? S. Luc. 23:54 – dia da preparação 5. Em que dia deviam os israelitas prover os alimentos para o sábado? Êxodo 16:22 – 27 6. Em que dia JESUS e as santas mulheres recomeçaram as suas atividades? S. Marcos 16:1-6 7. Que devemos ter no sábado? Lev. 23:3 – santa convocação, descanso, lar em repouso. 8. Que fazia JESUS aos sábados? S. Luc. 4:16 9. Que faziam os apóstolos no sábado? a) Atos 13:14, 15, 27, 42, 44 – estudo da lei e pregação. b) Atos 16:12, 13 – oração, trabalho missionário, contato com a natureza. 10. Que não fazer no sábado? Êxo. 20:8-11 (Nenhum trabalho de interesse nosso, seja físico ou mental; só fazer os trabalhos de interesse de DEUS)

PROSPERIDADE NO PLANO DE DEUS XXII 1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. 8. 9. 10. 11. 12. 13. 14.

Recapitulação do estudo anterior. Qual o maior trabalho? S. Mat. 28:19 Que fizeram os apóstolos? S. Lucas 5:11 De que viveram? I Cor 9:14; II Cor. 11:8 De quem é tudo que temos? Sal. 24:1; 50:10, 11; Deut. 8:18; Ageu 2:8 Que parte DEUS reservou para Si? Lev. 27:30 Para que é o dízimo? Núm. 18:21; II Cron. 17:8, 9 Aprovou JESUS o sistema do dízimo, quando na Terra? S. Mat. 23:23 Que fez Abraão, o “Pai” dos crentes? Hebreus 7:1, 2 Que acontece com muitos? Ageu 1:6 Qual é o princípio da prosperidade e como ficar livre de adversidades? Malaquias 3:10, 11 Como nos chamarão os vizinhos? Malaq. 3:12 (bemaventurados) Que é reter dízimos e ofertas? Malaquias 3:8, 9 Que ocorre ao justo? Sal. 37:25

Apelo: Entregar o envelope de dízimos ao estudante da Bíblia e apelar para que prove a promessa de DEUS.

CONDUTA CRISTÃ XXIII 1. 2.

Recapitular o estudo anterior. Como deve ser o cristão? Rom. 12:9 a 21 Explicar cada verso 3. Qual a úncia dívida do cristão? Rom. 13:8 4. Que conselho é dado aos: a) Filhos: Efés. 6:1, 2 b) Pais: Efés. 6:4 c) Empregados: Efés. 6:5, 6 d) Patrões: Efés6:9 e) Maridos: Efés. 5:25 f) Esposas: Efés. 5:22 5. Com quem andar? I Cor. 5:9, 11 6. Com quem casar? I Cor. 7:39; Deut. 7:3 7. Como namorar? I Tess. 4:4-7; Prov. 5:3, 8 8. Como vestir-se? I Tim. 2:9; I Ped. 3:3; Deut. 22:5; Êxo. 33:6; Gên. 35:2 9. Que freqüentar? Tiago 4:4; I João 2:15 a 17 10. Qual a relação do cristão com as autoridades? Rom. 13:1-7; João 18:36


11. Que JESUS faz por nós? I João 1:7; II Ped. 1:4 (Tira o desejo de pecar e põe em nós natureza divina) Apelo: sejamos puros, honestos e fiéis.

8.

Que é o testemunho de JESUS? Apoc. 19:10 (o dom de profecia) 9. Explicar como o dom profético surgiu na Igreja Adventista na pessoa de E. G. White e como foi provado pela Bíblia. a) Crença em JESUS? (Carta D. T. N.) b) Pelos frutos (“Mensageira...” pg. 283) c) Pelo cumprimento de suas profecias (Vida e Ensinos” P. 130, 170, 171) d) Conformidade com a Lei (seus escritos) e) Observância da Lei (idem) f) Fenômenos físicos (“Mensageira ...” p. 33, 49, 53, 54, 55) 10. Qual a promessa? II Cron. 20:20 up. Apelo: I Tess. 5:20

O DOM DE PROFECIA XXIV 1. 2. 3.

4.

5. 6. 7.

Recapitular o estudo anterior. Devemos crer em qualquer profeta? I João 4:1 Como distinguir o profeta verdadeiro do profeta falso? a) I João 4:2 – pela crença em JESUS corpóreo b) Mateus 7:15-23 – pelos frutos c) Deut. 18:21-22 – pelo cumprimento de suas profecias d) Deut. 13:1-3 – doutrina conforme a Bíblia e) Isaías 8:19-20 – pela observância da lei. Quais os fenômenos físicos do verdadeiro profeta em visão? a) Num. 24:4; Apoc. 1:11 – Vê de olhos abertos b) Dan. 10:7 – Outros não vêem, mas percebem c) Dan. 10:16 – O profeta vê, sente e fala d) Dan. 10:17 – Não respira. Que haverá nos últimso dias? Mat. 24:24 Haverá também o verdadeiro dom profético nos últimos dias? Atos. 2:17 Quais as duas características da igreja de JESUS? Apoc. 12:17 (mandamentos e o Testemunho de JESUS)

O MILÊNIO Justos mortos Ímpios mortos ressuscitam ressuscitam 1ª ressurreição 2ª ressurreição Morte dos Cidade santa

ímpios desce´ CRISTO volta com os

Santos levados

Satanás ao Céu

solto Vinda Ímpios e de CRISTO Satanás

Satanás amarrado

santos

destruídos

Últimos dias MILÊNIO Era cristã ressurreições

O Eternidade

1.000 anos entre as duas Nova Terra

Fim das mensagens Terra desolada – Satanás amarrado, não tem a quem Os santos possuirão De Apoc. 14:6-14 tentar, vai refletir sobre as conseqüências do que fez para sempre o reino


Estudos_Biblicos1_compacto