Issuu on Google+

SETEMBRO A DEZEMBRO

Serviรงo Educativo 2011

Pedro Soares / Vassilissa ou a Boneca no Bolso


Visitas Guiadas

Espectáculos

Todo o Ano / Terça a Sexta

17 Set / 17h00 e 21h30

Visitas Guiadas ao CCVF

Clã

A partir de Dezembro / Terça a Sexta

Disco Voador 6º Aniversário do CCVF

Hugo Canoilas Paintings against painting Visitas Guiadas à Exposição

Música

25 Set / 10h00, 11h00 e 12h00

Mãe-Mão Teatro do Biombo Teatro

14 Out / 10h00 e 19h00

Sopa Nuvem Um Thriller Gastronómico Companhia Caótica Multidisciplinar

25 Nov / 10h00 e 15h00 / 26 Nov / 16h00

Vassilissa ou a boneca no bolso Teatro O Bando Teatro


Projectos/Apresentações

Oficinas/Formação

22 Out / 18h00

Out 2011 a Jun 2012

A Palavra Manifesta

Caminhos do Olhar

Gimba e Gonçalo Alegria

Magda Henriques

Escrita/Som

10 Dez / 16h00

Entretecer Pé de Pano Multidisciplinar

28 a 30 Out

Artes e Comunidades - Encontros Letizia Quintavalla, João Sousa Cardoso, Madalena Victorino & Giacomo Scalisi Novembro

À Conversa com o Jazz Conversa

Novembro

Oficinas A Ilha Desconhecida Dália Dias e Brice Coupey 19 a 23 Dez

Natal feito com as mãos Multidisciplinar


A partir de Dezembro

Todo o Ano / Terça a Sexta

Hugo Canoilas

Visitas Guiadas

E se um dia um artista decidisse destruir as suas obras? E se isso fosse pretexto para levar mais longe a sua produção e pensamento? Justapondo pela primeira vez peças dos últimos anos e dispositivos de exibição programados para esta exposição, Hugo Canoilas desafia definições, géneros e suportes do trabalho artístico. Materiais de um estaleiro de construção civil convivem lado a lado com peças artísticas. As obras surgem incompletas, refeitas; baralham-se espaços e coordenadas. E o espectador, que fará? Entrar no jogo! Pelo jogo se coloca em perigo as convenções e se abre portas para a reconstrução permanente.

Nas visitas guiadas ao Centro Cultural Vila Flor cada grupo é recebido com um percurso desenhado à medida da sua curiosidade, adaptado à faixa etária, à linguagem e aos propósitos que traz consigo. Enquanto percorre os espaços da estrutura, vai conhecendo a História do Teatro e a evolução do espaço cénico ao longo dos tempos. Vai ainda explorar os bastidores de uma casa de espectáculos e descobrir os segredos de uma caixa negra que tem o poder de tudo transformar….

Paintings against painting Visitas à exposição

Visitas Guiadas ao CCVF

As visitas guiadas são construídas de acordo com as diversas faixas etárias e propõem um percurso pela exposição que permita leituras diferenciadas.

Local Palácio Vila Flor Horário Terça a Sexta, das 10h00 às 19h00 Duração Dos 4 aos 12 anos | 60min. Maiores de 12 anos | 90min. Preço 0,50€ Lotação 1 turma/ 25 pessoas Actividade sujeita a marcação prévia com uma semana de antecedência.

Local CCVF Horário Terça a Sexta, das 10h00 às 19h00 Duração 60min. Preço 1€ S/ desconto, 0,50€ C/ desconto, Entrada gratuita Crianças até 12 anos quando acompanhadas de adulto pagante e Professores acompanhantes de grupos (na proporção de 1 acompanhante por cada 10 estudantes) Lotação 30 pessoas Actividade sujeita a marcação prévia com uma semana de antecedência. Reservas antecipadas através do nº 253 424 700 ou pelo e-mail geral@ccvf.pt


Maiores de 3 anos

Setembro / 17

Música Sábado 17h00 e 21h30

Clã

Disco Voador 6º Aniversário do CCVF

Voz Manuela Azevedo Transbaixos e Guitarra Hélder Gonçalves Teclados Miguel Ferreira Teclados Pedro Biscaia Baixo Eléctrico Pedro Rito Bateria Fernando Gonçalves Direcção Cénica e Cenografia Victor Hugo Pontes Desenho e Operação de Luz Wilma Moutinho Desenho e Operação de Som Nelson Carvalho (sala) Desenho e Operação de Som Nuno Couto (palco) Figurinos Osvaldo Martins Construção de Cenografia Sandra Neves e Emanuel Santos Stagemanager Emanuel Santos Técnicos de Backline Carlos Adolfo e Manuel Toga Clã penteados por Manu (Anjos Urbanos) Maquilhagem Ricardo Pedro

Imagem © Ana Luandina

Local Grande Auditório Preço pague o que quiser Duração 50 min.

Num espectáculo que assinala o 6º aniversário do Centro Cultural Vila Flor, os Clã aterram no espaço cultural vimaranense com a promessa de uma viagem à infância, a bordo do seu recente “Disco Voador”. Nesta data especial, o CCVF lança um desafio aos espectadores que quiserem subir a bordo: o bilhete de embarque poderá ser adquirido pelo valor que achar justo. “Disco Voador” é um trabalho feito a pensar no universo dos supernovos, nos seus sonhos e medos, amigos e amores, integralmente composto por canções originais, lúdicas e irreverentes, cheias de histórias de crianças e para crianças mas, decididamente, um disco para todas as idades - uma viagem no tempo que transporta qualquer um de nós à infância, a esse lugar onde os sentimentos, a amizade, os primeiros amores, se mantêm com a mesma intensidade, hoje como ontem.


Mãe-Mão

Teatro do Biombo

Mãe-Mão é um espectáculo multidisciplinar para a primeira infância, que retrata de forma poética a importância das rotinas diárias para a conquista da autonomia afectiva. Da Mão da Mãe, que conforta e conduz, até não ser preciso mais Mão.

De 6 meses a 3 anos Teatro Domingo 10h00, 11h00 e 12h00

Ideia original Joana Pavão Dramaturgia, encenação e interpretação Joana Pavão e Ana Lázaro Acompanhamento pedagógico Miguel Mata Pereira Música Hugues Le Bars Figurinos Teresa Pavão Costureira Helena Dinis Adereços Carla Freire Desenho de luz H.C. Franco Ilustração Amelie Bouvier Produção Teatro do Biombo Local Espaço Oficina Preço 2 eur, Duração 30 min. Lotação 45 lugares

Imagem © Bruno Saavedra

Setembro / 25


Maiores de 7 anos Multidisciplinar Sexta 10h00 e 19h00

Outubro / 14

Sopa Nuvem Um Thriller Gastronómico Companhia Caótica

Concepção e dramaturgia antóniopedro e Caroline Bergeron a partir de uma ideia original de antóniopedro Encenação Caroline Bergeron Composição e música ao vivo antóniopedro Interpretação antóniopedro e Gonçalo Alegria Cenário Caroline Bergeron Coaching técnico, som e desenho de luzes Gonçalo Alegria Coaching cinema Leonor Noivo Realização Cenário Nuno Melo Costureira Chloe Maxim Produção executiva Ana Rita Osório Assistência de produção, ensaios e cenografia Miguel Estanislau Produção Companhia Caótica Difusão Andrea Sozzi – SUMO Associação de Difusão Cultural Co-Produção CCB/Fábrica das Artes e Centro Cultural do Cartaxo Espectáculo encomendado e financiado pelo Centro Cultural de Belém/ Fábrica das Artes

Imagem © Gonçalo Alegria

Local Grande Auditório (palco) Duração 60 min. Preço 2€ Lotação 100 lugares

O filho tem fome. Mas desta vez só quer a sopa que o avô fazia... O pai parte então numa viagem, para dentro e fora de si, à procura da misteriosa receita. Velhos filmes super 8, novos filmes super 8, entrevistas, ecrãs múltiplos, fotografias, uma bateria, uma guitarra eléctrica, um fogão, um frigorífico e vários objectos-sonoros ajudam-nos a mergulhar na memória de um homem comum. E a evocar, com simplicidade, a morte, a passagem de testemunho, a memória, a família e o amor, que tudo atravessa.


Outubro / 22

A Palavra Manifesta

Maiores de 6 anos Escrita/Som Sábado 18h00

Gimba e Gonçalo Alegria

A Palavra Manifesta é um projecto de criação para adolescentes que surge do desejo de resgatar um uso ético e poético da linguagem. Cruzando a escrita com outras práticas artísticas, propõe-se uma experiência de criação que nos torne mais conscientes da nossa capacidade interventiva. Durante o mês de Outubro, Gimba e Gonçalo Alegria orientam um trabalho de criação em laboratório com um grupo de adolescentes da EB2,3 Fernando Távora (Fermentões). Partindo de uma memória pessoal - transformada em poesia textual, visual, sonora – será criado um objecto artístico que seja manifesto da ânsia de pensar e agir. O produto final será apresentado no palco –espaço público de uma íntima vontade de actuar. A não perder, a voz destes jovens!

Local Espaço Oficina Entrada Gratuita até ao limite dos lugares disponíveis


Dos 4 aos 7 anos Teatro Sexta 10h00 e 15h00 Sábado 16h00

Novembro / 25 e 26

Vassilissa ou a boneca no bolso

Imagem © Pedro Soares

Letizia Quintavalla/ Teatro O Bando

Livremente inspirado na obra de Afanasiev Texto Bruno Stori Encenação Letizia Quintavalla Interpretação Suzana Branco Apoio à interpretação e técnica Nicolas Brites Co-Produção Teatro O Bando, Teatro Delle Briciole e Centro Cultural de Belém

Vassilissa é um dos mais emblemáticos espectáculos de teatro produzidos para a infância. Esta é a história da passagem do poder feminino da intuição, simbolizado pela boneca que uma menina, de nome Vassilissa, guarda sempre no seu bolso.

Local Espaço Oficina Preço 2 eur, Duração c. 60 min. Lotação 80 lugares

Neste antigo conto russo fala-se da capacidade de “ver” dentro, de ouvir, de sentir e saber rapidamente como agir, de compreender que às vezes as coisas não são o que parecem. A procura do fogo obriga a rapariga a deixar a sua casa e a estabelecer uma relação afectuosa e sincera com uma velha bruxa selvagem, Baba Jaga.


Dezembro / 10

Entretecer

Maiores de 6 anos Multidisciplinar Sábado 16h00

Pé de Pano

Numa primeira fase, grupos de seniores de Guimarães e de Castelo Branco desenvolverão com Lara Soares e Maria Belo Costa uma pesquisa em torno da Memória e da sua relação com a construção da Identidade Individual e Colectiva, concretizada através de oficinas de criação. Num segundo momento, em 2012, será construído um projecto artístico multidisciplinar, partindo dos resultados materiais e vivenciais dessa pesquisa conjunta.

Direcção Artística Maria Belo Costa Criação e formação Maria Belo Costa e Lara Soares Uma produção Pé de Pano – Projectos Culturais com o apoio do Centro Cultural Vila Flor Local Sala de Ensaios Entrada Gratuita até ao limite dos lugares disponíveis

Imagem © Helder Milhano

Os resultados das oficinas de criação serão apresentados e discutidos a 10 de Dezembro. A presença e contribuição do público nesta apresentação são fundamentais para a criação a realizar em 2012.


Maiores de 15 anos Oficinas/Formação De Outubro 2011 a Junho 2012

Local Vários Duração Outubro 2011 a Junho 2012 Horários Sessões formativas 1 Outubro | 10h-18h; Dias 22 Outubro e 3 Dezembro | 15h-18h Espectáculos e exposições Roteiro Dentro das Palavras/ Rui Catalão, 1 Outubro | 22h; A Palavra Manifesta/ Gimba e Gonçalo Alegria, 22 Outubro | 18h; Violet/ Meg Stuart, 22 Outubro | 22h; Paintings against painting/ Hugo Canoilas, 3 Dezembro | 18h; The Old King/ Romeu Runa e Miguel Moreira, 17 Dezembro | 22h As inscrições poderão ser efectuadas no Centro Cultural Vila Flor ou através do preenchimento da ficha de inscrição disponível on-line em www.ccvf.pt. Só serão consideradas válidas as inscrições após efectuado o respectivo pagamento, sendo aceites por ordem de entrega até ao limite dos lugares disponíveis. O pagamento da inscrição poderá ser efectuado em numerário no Centro Cultural Vila Flor, através de cheque enviado por correio à ordem de “A Oficina, CIPRL”, ou através de referência multibanco a gerar no acto de inscrição, até à data limite designada para o efeito. Em caso de desistência, o valor apenas será reembolsado se a mesma ocorrer até 48h antes do início da actividade.

Outubro a Junho

Caminhos do Olhar Magda Henriques

Caminhos do Olhar é um programa que se constrói sobre dois eixos: sessões de formação/ debate e um roteiro de espectáculos, exposições, residências artísticas e ensaios abertos, que integram a programação regular do CCVF e a programação de Guimarães 2012 Capital Europeia da Cultura. Este percurso formativo evidencia as práticas artísticas como integrantes do quotidiano e como construtoras/ reveladoras do mundo/ de mundos. Pretende-se qualificar o papel do espectador, tomando o acto de olhar como uma prática que necessita de ser exercitada e que faz parte dos processos de criação e de produção. Caminhos do Olhar é pensado para todos, a partir dos 15 anos, embora se possa revelar particularmente útil para estudantes e formadores de áreas artísticas, pelo que serão reservadas algumas inscrições para este fim. Serão realizadas duas sessões extra gratuitas para jovens antes do início do programa - os interessados deverão contactar o Serviço Educativo através do email servicoeducativo@ aoficina.pt ou do telefone 253424700. Magda Henriques, licenciada em História, Variante de Arte, pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto e professora de História das Artes, na Academia Contemporânea do Espectáculo, tem desenvolvido actividades pedagógicas, no âmbito da arte contemporânea, destinadas a públicos adolescente e adulto, em colaboração com várias instituições e festivais, em diferentes zonas do país, inclusive com a Fundação de Serralves, a Culturgest e a Fundação Calouste Gulbenkian.


Outubro / 28 a 30

Artes e Comunidades Encontros

Adultos Oficinas/Formação Sexta das 19h00 às 21h00 Sábado e Domingo das 10h00 às 19h00

Letizia Quintavalla, João Sousa Cardoso, Madalena Victorino & Giacomo Scalisi

A proliferação de intersecções entre práticas artísticas e comunidades e o crescente interesse que elas suscitam, bem como o modo indiferenciado como os termos “público” e “comunidade” são empregues, torna premente uma reflexão aprofundada e transversal sobre estas matérias. Artes e Comunidades – Encontros é um evento anual promovido pelo Serviço Educativo do CCVF que pretende dar lugar a essa reflexão, reunindo à volta da mesma mesa artistas, professores, teóricos e programadores cuja prática quotidiana se desenvolva nestes territórios. Um grupo singular de convidados será responsável por orientar três grupos de trabalho em três percursos diferenciados que ora se encontram ora se afastam.

Local Centro Cultural Vila Flor Inscrição 30€ (inclui jantar do dia 28) Lotação 3 grupos de 15 a 25 participantes Data limite de inscrição 10 de Outubro As inscrições poderão ser efectuadas no Centro Cultural Vila Flor ou através do preenchimento da ficha de inscrição disponível on-line em www.ccvf.pt. As inscrições serão objecto de pré-selecção, através do envio de pequena biografia e motivação para inscrição nos Encontros. Após pré-selecção, será necessário validar a inscrição efectuando o respectivo pagamento, caso contrário a mesma não será aceite. O pagamento da inscrição poderá ser efectuado em numerário no Centro Cultural Vila Flor, através de cheque enviado por correio à ordem de “A Oficina, CIPRL”, ou através de referência multibanco a gerar no acto de inscrição, até à data limite designada para o efeito. Em caso de desistência, o valor apenas será reembolsado se a mesma ocorrer até 48h antes do início da actividade.

Apoio Instituto Italiano de Cultura de Lisboa


Letizia Quintavalla, reconhecida um pouco por todo o mundo como criadora e pedagoga, dirige um ateliê sobre a criação teatral com crianças e jovens, incidindo sobre a sua experiência com a Cia dei Bambini e sobre a relação do espaço cénico com o público. João Sousa Cardoso, criador português com um percurso desenhado entre as artes visuais, o cinema e a sociologia, lança o olhar para as especificidades do caso português, as formas locais e o valor da experiência. Giacomo Scalisi e Madalena Victorino partirão da aventura em que se lançaram há três anos numa zona esquecida de Lisboa, o Martim Moniz – o Festival TODOS, Caminhada de Culturas. Serão aceites inscrições de profissionais de todas as áreas cuja actividade incida nos possíveis (des)encontros entre artes e comunidades. As inscrições serão objecto de pré-selecção, através do envio de uma pequena biografia e motivação para integrar os Encontros. Cada participante poderá inscreverse apenas num dos grupos de trabalho.


Novembro

Novembro

À conversa com o Jazz

Oficinas A Ilha Desconhecida

No âmbito da edição comemorativa dos 20 anos do Guimarães Jazz, o Serviço Educativo promoverá uma sessão de conversa, memórias e alguma música, numa viagem conduzida por duas figuras carismáticas do jazz em Portugal. Neste encontro, que se quer informal e saboroso, e que se adequa a todos, especialistas ou curiosos, crescidos ou menos crescidos, a narrativa e a composição musical dialogam num dueto improvisado.

O Conto da Ilha Desconhecida, de José Saramago, será o centro de um projecto anual proposto às escolas, especialmente para o 3º ciclo. A Cie Allinéa estreará a 9 de Março de 2012, em Guimarães, a versão portuguesa de um espectáculo para marionetas e um actor, criado a partir do conto de Saramago.

Dália Dias e Brice Coupey

Em Novembro, os professores serão convidados a participar em duas oficinas, uma de escrita e dramaturgia e outra de teatro de objectos, que lhes permitirão desenvolver com os seus alunos uma exploração do conto e do espectáculo. Estas oficinas serão gratuitas e será dada preferência de inscrição aos professores participantes no projecto. Mais informações em www.ccvf.pt.

Todos os Públicos

Professores

Conversa

Oficinas/Formação

Horários a Anunciar

Horários a designar Local Centro Cultural Vila Flor Inscrição gratuita Lotação 15 participantes por oficina Data limite de inscrição 04 de Novembro


Dos 6 aos 10 anos

Dezembro / 19 a 23

Multidisciplinar

Natal feito com as mãos

Local Sala de Ensaios Horário Oficinas 10h00-12h30 e 14h30-17h00 Acolhimento e Saída 9h00-10h00 e 17h00-18h00 (respectivamente) Inscrição 1 dia | 8€ S/ almoço e 12,5€ C/ almoço; 1 semana | 33€ S/ almoço e 55,5€ C/ almoço Lotação 15 participantes Data limite de inscrição 12 de Dezembro

Nestas oficinas, a cada dia, e através de diferentes expressões, a sala de trabalho vai transformar-se numa autêntica oficina para fabricar um novo Natal, feito pelas mãos das crianças. Será privilegiado o trabalho em grupo e o espírito de partilha, bem como as práticas manuais ligadas ao quotidiano e enraizadas na nossa tradição cultural. É possível a inscrição numa oficina, com a duração de um dia, ou em várias. O programa detalhado será divulgado em Novembro.


Endereço Centro Cultural Vila Flor Av. D. Afonso Henriques, 701 4810 431 Guimarães telefone 253 424 700 e-mail geral@ccvf.pt site www.ccvf.pt

Babysitting

Informações e Reservas

O espaço de babysitting do CCVF foi criado especialmente para o efeito, estando devidamente equipado e permanentemente assistido por duas educadoras acreditadas. Enquanto assiste a um espectáculo, o seu filho poderá desenvolver actividades criativas e jogar, ouvir histórias… ou apenas deixar-se embalar.

As reservas para os espectáculos do Serviço Educativo poderão ser efectuadas por telefone, fax ou email. Todas as reservas deverão ser levantadas até 48h antes de cada espectáculo, com excepção dos grupos escolares. No caso dos grupos escolares, serão atribuídos convites aos adultos acompanhantes, na proporção de 1 convite por cada 10 crianças. Existem condições especiais de acesso para públicos carenciados do concelho de Guimarães.

O serviço de babysitting tem o custo de 1.00 eur e deverá ser requerido junto da bilheteira. Este serviço poderá receber crianças entre os 3 e os 9 anos de idade. Capacidade máxima para 20 crianças.

Reservas para espectáculos telefone 253 424 700 / Fax 253 424 710 e-mail bilheteira@ccvf.pt Reservas para Visitas Guiadas e Oficinas telefone 253 424 700 e-mail servicoeducativo@aoficina.pt Informações telefone 253 424 700 e-mail servicoeducativo@aoficina.pt site www.ccvf.pt

2011 Atelier Martino&Jaña


Serviço educativo 3ºtrimestre 2011