Page 1

“DEVOLVA NOSSA RÁDIO”

ENTRE NESSA CAMPANHA PARA DISCUTIR AS CONCESSÕES DE RÁDIO E TV DE GUARULHOS Guarulhos, 30 de Abril a 06 de maio de 2015

Ano V - N.º 290

VAGAS DE EMPREGO Pág. 8

VELADO NA LAJE

Não só a vida do trabalhador Jaime Correia (no destaque) foi difícil. A morte também. No último dia 14, após sofrer um infarto, ele caiu de uma escada e morreu no Jardim Fortaleza. Por descaso do poder público, seu corpo permaneceu numa laje por 14 horas, diante dos olhares de amigos e familiares, que se sentiram humilhados. Págs. 6 e 7

l a i c Espe o d e c a M s o n a 87 Prestes a completar 87 anos neste dia 1º de maio, a Associação Atlética Macedo fez história no futebol de Guarulhos. O Folha do Ponto conversou com Carlos Roberto Pelissoni, o Magrão, considerado o maior ídolo da história do clube, e com vários outros esportistas que revelaram detalhes da trajetória do time tão amado na cidade. Págs. 11 a 14

PAULA FERNANDES DIA 1º DE MAIO NO SHOW DO TABOÃO Pág. 10

GINGA BRASIL É CAMPEÃO DO CAMPEONATO DE VETERANOS Pág. 16

FINAL DA COPA CECAP NESTE 1º DE MAIO NO FLAMENGO Pág. 15


02

www.folhadoponto.com.br

GUARULHOS, 30 DE ABRIL A 06 DE MAIO DE 2015


GUARULHOS, 30 DE ABRIL A 06 DE MAIO DE 2015

www.folhadoponto.com.br

03


04

www.folhadoponto.com.br

GUARULHOS, 30 DE ABRIL A 06 DE MAIO DE 2015

Opinião

REDE GLOBO: DEMOCRACIA, CIDADANIA E DIVERSIDADE CULTURAL – A GENTE NÃO VÊ POR ALI

0s 50 anos que a Rede Globo de Televisão completou no último dia 26 de abril são propícios para pensarmos o quanto poderíamos ter avançado na democratização dos meios de comunicação (e na regionalização dos mesmos), na ampliação do acesso aos bens culturais para a maioria da população (como usuários e produtores) e ainda em revelar os diversos brasis que formam nosso país, não fosse, entre outros aspectos, a atuação organizada deste veículo e de suas filiadas regionais. Nos diversos atos que os movimentos sociais estão realizando neste período para “descomemorar” o aniversário da Globo, o DNA golpista e de agente político de um pensamento conservador, privatista e antidemocrático da emissora têm sido mais que lembrados. E não é à toa. A emissora, nunca é demais lembrar, é um dos frutos mais “acertados” do golpe civil-militar surgido em 1964. O fundador deste, Roberto Marinho, fez de seu jornal impresso “O Globo”, um dos principais opositores do então presidente João Goulart, contra as reformas estruturais que este e a sociedade brasileira desejavam e massificando na opinião pública o incentivo a deposição do governo. Apoiando, entre outras, as “marchas com Deus e a família pela liberdade”, mobilizando os civis pelo apoio ao golpe arquitetado nos quartéis, em parte da igreja católica, por políticos direitistas, grandes empresas, etc. Consumado o golpe pelos militares e civis apoiadores, um ano depois deste, em 1965, a emissora é fundada com concessão direta do novo governo ditatorial. Se formos pensar no campo político de lá para cá, não tivemos nenhum fato ou momento importante no qual a emissora se alinhou as causas democráticas. Sustentáculo e sustentada pelo governo golpista – a exemplo de outros grupos econômicos e de comunicação – apoio a repressão, a tortura e todos os métodos usados para combater os movimentos pela democracia, pela Anistia e pelas eleições diretas. Perseguiu governos locais progressistas, como o de Leonel Brizola, no Estado do Rio de Janeiro, 1983-1989. Quando as eleições presidenciais livres foram enfim convocadas, sempre se colocou ao lado mais conservador. Manipulou informações, debates, fatos, como na disputa entre Lula e Collor, editando um debate para beneficiar o segundo, fato que gerou uma “autocrítica” cínica e inútil, pois não reviram os seus métodos. O alinhamento com o campo conservador na política é similar na área econômica, tendendo sempre no apoio ao capital estrangeiro, aos grandes oligopólios e na entrega das empresas estratégicas do país para os grupos privados nacionais e transnacionais. E, consequentemente, criminalizando movimentos sociais e sindicais. E as posições político-econômicas da emissora são sustentadas ainda por um grande aparato cultural presente em todo o território nacional. Ao longo destes 50 anos a Globo foi galgando cada vez mais espaço, sufocando opiniões, falas, cores, diferenças e singularidades regionais. E, convencendo a sociedade de que esta era representada na “telinha da Globo”, mesmo que o sotaque majoritário da emissora seja o carioca e o paulista, e nestes estados, Rio e São Paulo, focando principalmente no ponto de vista e ideologia das áreas centrais e mais ricas. E, vez por outra, como se fizesse uma concessão, e diante de críticas de intelectuais e movimentos, abre uma janela para as culturas regionais, mas sempre padronizadas e pasteurizadas. O povo nordestino, rico em expressões, é sempre apontado como se fosse uma “coisa” só. E mesmo aqui, o Nordeste é uma mistura de Bahia, Pernambuco e Ceará, os outros quase nunca foram retratados. E mesmo nestes, não existem grandes aspectos locais, os sotaques são os mesmos, as vozes, as danças. A Região Norte, só foi mostrada, como um lugar que foi “colonizado” por empreendedores vindos do “sul” ou como “refúgio” para “mocinhos” e “mocinhas” entediados com a “vida urbana”. Só para lembrar dois exemplos. Os negros, historicamente foram relegados como personagens ficcionais subalternos ou secundários. E quando se deu o aumento da consciência social da população, fruto também das muitas lutas dos movimentos pela igualdade racial e por cotas sociais e pelo despertar da autonomia da

juventude negra e/ou “periférica”, algumas portas foram abertas. Mas convém lembrar que os negros, os mais pobres, os ‘favelados’ e ‘periferias’, cresceram como poder de consumo, e logo de ‘fogo’. Mas ainda assim devem ser retratados com um certo padrão homogeneizador. Se os negros que são maioria da sociedade brasileira são tratados como brasileiros de segunda classe na produção da TV Globo, o que dizer de outros grupos étnicos como indígenas, ciganos, árabes de diversas origens, judeus, orientais, entre outros? Podemos lembrar ainda do papel inicialmente reservado para as mulheres, ora submissas, ora de “adulteras”, “levianas” ou “sex-simbol”. Os homossexuais foram migrando dos personagens caricatos dos programas de humor – nos quais contracenavam com os negros “desdentados” e “nojentos”, as “louras burras”, os “caipiras”, os “paraíbas”, entre outros – para uma cena mais emergente, mas também sempre visando a audiência, como nas polêmicas sobre ter ou não um “beijo gay” no último – e agora no primeiro – capítulo das telenovelas “modernas” e “contemporâneas”. Tudo nesta emissora é visando o lucro. E para isso não se furtam a absorver, mesmo que deturpado e sobre um nível de controle social, os diferentes grupos culturais, etários e étnicos que insistem – mesmo contra os poderosos inimigos religiosos, políticos, econômicos e audiovisuais– em se colocarem como detentores de direitos e de repertórios culturais na sociedade brasileira. Mais do que nos solidarizarmos, somos parte da base de movimentos socioculturais e políticos que lançaram o manifesto “50 anos da TV Globo: vamos descomemorar!”, formado por entidades como o Intervozes, o Fórum Nacional Pela Democratização da Comunicação (FNDC), o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), a Central Única dos Trabalhadores (CUT), o Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), e outros. Mas, mais do que “descomemorarmos” os 50 anos – e não o fazemos como desrespeito aos atores, músicos, roteiristas, câmeras, jornalistas e outros que trabalham assalariados na empresa, pois separamos a prática e os objetivos da direção da Rede Globo aos dos seus funcionários – precisamos de ação. Vivemos na chamada “cultura digital”, o que leva a alguns acharem equivocadamente – que basta um “post” em uma rede social para que as coisas mudem, ledo engano. A nossa ação política pela democratização do meios de comunicação é também um ato contra esta cultura massificada, pragmática, e que há 50 anos vem agindo contra os direitos humanos, sociais e culturais. Na redes sociais temos, de fato, a possibilidade de reverberar posições anti-hegemônicas e democratizantes, mas não só aí, precisamos agir nas ruas, nos palcos, nos Pontos de Cultura, nos sindicatos, nas universidades, TV´s, jornais e rádios comunitárias e no parlamento. Não custa lembrar que cabem aos governos federal – liderado pela presidenta Dilma – estaduais e municipais a adoção de medidas econômicas e políticas que modifiquem este quadro, inclusive prestigiando e democratizando os recursos voltados para a divulgação e a publicidade oficial. É preciso mudar a rota aí também. Sem democratização dos meios de comunicação e dos bens, produtos e serviços culturais não conseguiremos avançar nas mudanças estruturais que desejamos e estamos construindo no Brasil. E não podemos esperar mais 50 anos para isto.

Edmilson Souza – Vereador licenciado, Secretário Municipal de Cultura de Guarulhos – SP e Secretário Nacional de Cultura do Partido dos Trabalhadores - PT

IMPRESSÃO - TAIGA 2468 3384


GUARULHOS, DE 30 ABRIL A 06 DE MAIO DE 2015

www.folhadoponto.com.br

05


06

www.folhadoponto.com.br

GUARULHOS, 30 DE ABRIL A 06 DE MAIO DE 2015

Espe

VELADO NA LAJE POR 14 HORAS,

Em um flagrante de total descaso e desrespeito do poder público, corpo de trabalhador fica jogado Por Gil Campos Desde que chegou a Guarulhos por volta da década de 1970, vindo do município baiano de Floresta Azul onde nasceu no dia 20 de junho de 1950, Jaime Correia da Rocha sabia que a vida não seria fácil por estas bandas, mas nunca imaginou que até na hora da morte enfrentaria o descaso e o desrespeito do poder público; o mesmo que ele vinha enfrentando há 15 anos para tentar se aposentar, mesmo tendo perdido a audição, adquirido diabetes que afetou sua visão, e outros problemas de saúde. No último dia 14, uma terça-feira, “seo Jaime”, como era conhecido no Jardim Fortaleza onde morava há décadas, acordou às 4h – como fazia todos os dias –, preparou o café da mulher Aurelina Maria Santos Rocha, 58, e saiu pelas ruas do bairro para cumprir o seu roteiro diário: visitar os amigos doentes Ivan e “Zé do Correio”, e conversar com Nelson Aparecido Trevisan, 59, o “Baixinho”, amigo de muitos anos. A passos lentos, ele saiu pelo Jardim Fortaleza ora apertando a mão de um conhecido, ora abraçando ou acenando. “Jaime chegou à minha casa por volta das 7h30 e fomos limpar um terreno no Morrão. Estava conversador nesse dia. Como a enxada quebrou, retornamos para casa por volta das 10h30, almoçamos e, depois, por insistência dele, resolvemos fazer uma ligação na caixa d’água da minha casa”, contou “Baixinho”, que mora na rua José de Souza Mendes. Jaime, que já trabalhou como açougueiro e eletricista, subiu na laje, fez as ligações hidráulicas e, terminado o serviço, pediu ao amigo que ligasse a água para verificar que não havia vazamentos. Quando estava na metade da escada de oito degraus, Jaime não conseguiu mais subir, soltou as mãos e caiu. A queda ocasionou um pequeno corte em sua cabeça. Jaime não reagia aos chamados de “Baixinho”. Ele morreu ali, sob o olhar atônito do amigo, em cima da laje e, naquele local, seu corpo permaneceu por 14 horas, sendo velado debaixo da escada, coberto por um lençol branco e aguardando a Polícia Militar, posteriormente a Unidade de Criminalística (Polícia Científica) e, por fim, um rabecão do Serviço de Verificação de Óbitos (SVO), da Prefeitura de Guarulhos. Passava das 15h quando aquele trabalhador baiano morreu, mas o cadáver foi retirado da laje às 5h10, conforme a filha Jaqueline Rocha de Queiróz, 29. “É muita humilhação. A gente não tem dignidade na vida e, muito menos, na morte. Por que isso?”, se perguntou com os olhos marejados. Segundo o óbito número 7973, “Seo Jaime” foi vítima de um infarto agudo do miocárdio.

Os amigos ‘Baixinho” e Cristiano apontam o local onde Jaime Correia (no destaque) passou mal e morreu, ficando o corpo por 14 horas jogado em cima da laje aguardando pela retirada

SAMU DIZ QUE

“Baixinho” estava com Jaime Correia

A Secretaria de Saúde de Guarulhos informou ao Folha do Ponto, por meio de nota, que “o tempo gasto desde a chamada ao Samu até a chegada da viatura no bairro Jardim Fortaleza foi de 25 minutos, sendo 20 de deslocamento (das 16h10.às 16h35)”. Disse que os tempos estão registrados e gravados no sistema do Samu. “A Base mais próxima é a do Jardim São João, porém estava em outra ocorrência e por


ecial

www.folhadoponto.com.br

GUARULHOS, 30 DE ABRIL A 06 DE MAIO DE 2015

07

, SEM CAIXÃO, NO JARDIM FORTALEZA aguardando perícia para ser retirado de laje sob os olhares de familiares e amigos humilhados

FAMÍLIA QUESTIONA ATENDIMENTO DO SAMU E CRITICA DEMORA DA PERÍCIA O primeiro chamado para o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi por volta das 15h30. A filha da vítima, Jaqueline Rocha, disse que o atendimento só chegou ao local às 16h54, o que a Prefeitura de Guarulhos nega (ver matéria abaixo). “É muito tempo, quando temos uma base no bairro vizinho, no São João”, completou a viúva Aurelina Rocha (foto) Quando os socorristas chegaram à casa de “Baixinho” para socorrer Jaime, foram logo em duas ambulâncias. A equipe tentou reanimá-lo, mas não houve sucesso. À família, os socorristas teriam dito que “nada mais podiam fazer” e que “aguardassem a chegada da Polícia Militar”. “Naquele instante, imaginamos que o contato com a PM seria feito pelo próprio Samu, então ficamos aguardando. Por volta das 19h15, como não havia sinal da PM e o corpo estava ainda em cima da laje, é que ligamos para o 7º

Distrito Policial (delegacia da área) e para o 190 e fomos informados que não havia registro de nenhum comunicado. Mais um capítulo do descaso”, lamentou Cristiano Ferreira dos Santos, 40, amigo da família e que acionou a PM. A PM chegou minutos depois de ter sido acionada. Foi registrada a ocorrência no 7º DP, por volta das 20h30, e agora a espera era para a chegada dos peritos da Unidade de Criminalística. Isso só ocorreu às 4h40. Os técnicos da polícia informaram a demora se deu por conta do atendimento de uma ocorrência em Mairiporã, pois a UC tem apenas uma viatura para atender, além de Guarulhos, os municípios de Mairiporã, São Miguel e Santa Isabel. Feita a perícia, foi a vez de acionar o Serviço de Verificação de Óbitos (SVO) da prefeitura, que só retirou o corpo do local às 5h10, o encaminhando para o Instituto Médico Legal (IML)

PAGAMENTO DE R$ 2.000 PARA VELAR CORPO PELA SEGUNDA VEZ Pela demora em retirar o corpo de cima da laje, onde permaneceu sendo velado pela primeira vez por 14 horas, o Instituto Médico Legal comunicou à família, às 10h de quarta-feira (15), que o sepultamento deveria ocorrer até as 15h, pois o cadáver já estava entrando em estado de decomposição. Mas a família queria dar um um velório digno a Jaime, de 64 anos, e a solução foi embalsamar o corpo. Para isso teve de desembolsar R$ 2.000,00 para fazer o embalsamamento, realizado pela Funerária Guarulhos, localizada na avenida Tiradentes, 588, no Centro. O Folha do Ponto teve acesso ao orçamento número 2949, que comprova o valor. Com o corpo pronto, chegou a quinta-feira, e outro problema: a família foi informada que não havia vaga no cemitério público municipal Nossa Senhora de Bonsucesso, no bairro de Bonsucesso, mais próximo do Jardim Fortaleza, para enterrar “Seo Jaime”. A solução foi realizar o sepultamento no Cemitério da Vila Rio, do outro lado da cidade.

“A DOR DO POVO É A MESMA DO PODEROSO, MAS O RESPEITO NÃO” Enquanto o corpo de Jaime Rocha estava sendo enterrado na tarde de quinta-feira (16) no cemitério da Vila Rio, na tribuna da Câmara de Guarulhos, o vereador Eduardo Barreto (PC do B), representante do Jardim Fortaleza no Legislativo, denunciou o descaso do poder público com a sua morte. “Às vezes, faço críticas ácidas mas tem hora que não há como se posicionar de maneira diferente (...) sou criado na periferia e desde 1993 que a gente ouve uma música dos Racionais MCs que diz ‘deu meia noite e o corpo ainda estava lá, coberto com lençol, ressecado pelo sol jogado, o IML estava só 10 horas atrasado’. E não foi só 10 horas que o IML estava atrasado. Um senhor faleceu às 15h de terça-feira e o corpo foi retirado às 5h da quarta-feira. Ou seja, 14 horas e a família velando o corpo [em cima de uma laje]”. O parlamentar criticou o atendimento dado pelo poder público às pessoas pobres. “A dor de um cidadão comum quando perde um ente querido é a mesma dor de uma pessoa poderosa, mas o respeito não. O povo sofre com o descaso da saúde, segurança e educação. Nossos pilares sociais estão desmoralizados. Nem depois de morto temos respeito”.

EQUIPE CHEGOU AO LOCAL EM 25 MINUTOS; SSP SILENCIA isso foi acionada uma viatura da Base do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ). A primeira era de Suporte Básico VSB (com condutor e técnico de enfermagem), porém constatada a gravidade do caso, foi solicitado apoio de uma Viatura de Suporte Avançado (com médico e enfermeiro) que chegou 10 minutos após para dar o devido apoio”, informou. A nota diz ainda que “a comunicação entre Samu e Polícia Mi-

litar em casos como esses é padrão, porém, o Samu não tem controle sobre o atendimento prestado pela Polícia Militar. Cabe ressaltar que na primeira via da Notificação de Óbito emitida pelo SAMU e entregue à família, há orientações sobre procedimentos a tomar nesses casos,inclusive avisar a Polícia Civil no Distrito Policial (DP) mais próximo”. A Prefeitura de Guarulhos informou

ainda que o Serviço de Verificação de Óbitos (SVO) disponibiliza três viaturas para atender a população. O Folha do Ponto também questionou a Secretaria de Segurança Publica (SSP) a respeito do atendimento do IML e da Polícia Científica em Guarulhos, mas alegando “questões estratégicas”, a assessoria disse que não responderia os questionamentos da reportagem.


08

www.folhadoponto.com.br

GUARULHOS, DE 30 DE ABRIL A 06 DE MAIO DE 2015

Utilidade Pública

EMPREGOS

OPORTUNIDADES *AUXILIAR DE DEPÓSITO - Quinze vagas disponíveis em Arujá (sexo feminino). Exige-se Ensino Médio incompleto. Não é necessário experiência. Salário de R$ 1.085,00. (3251328) *AUXILIAR DE LIMPEZA - Três vagas disponíveis na região do Jardim Zaíra (sexo masculino). Exige-se Ensino Fundamental completo e seis meses de experiência. Salário de R$ 916,00. (3257444) *AUXILIAR DE LINHA DE PRODUÇÃO - Duas vagas disponíveis na região do Jardim Zaíra/Centro (sexo masculino). Exige-se Ensino Fundamental completo. Não é necessário experiência. Salário de R$ 1.200,00. (3265380) *AUXILIAR DE LINHA DE PRODUÇÃO - Quinze vagas disponíveis na região do Jardim Zaíra (sexo masculino). Exige-se Ensino Fundamental completo. Não é necessário experiência. Salário de R$ 1.200,00. (3265414) *AUXILIAR DE TOPÓGRAFO - Uma vaga disponível na região da Ponte Grande (sexo masculino). Exige-se Ensino Médio completo e seis meses de experiência. Salário de R$ 1.641,00. (3263105) *BALCONISTA - Três vagas disponíveis na região do Pimentas (sexo feminino). Exige-se Ensino Médio completo e seis meses de experiência. Salário de R$ 1.090,00. (3262389) *CHEFE DE LIMPEZA - Cinco vagas disponíveis na região do Macedo. Exige-se Ensino Médio completo e seis meses de experiência. Salário de R$ 1.352,00. (3262454) *LIMPADOR DE VIDROS - Cinco vagas disponíveis na região do Macedo (sexo masculino). Exige-se Ensino Fundamental completo e seis meses de experiência. Salário de R$ 1.229,00. (3262529) *MECÂNICO DIESEL - Uma vaga disponível na região da Cidade Industrial Satélite de Cumbica (sexo masculino). Exige-se Ensino Fundamental completo e seis meses de experiência. Salário de R$ 1.700,00 à R$ 2.000,00. (3265421) *PEDREIRO - Uma vaga disponível em Guarulhos (sexo masculino). Exige-se Ensino Fundamental completo e seis meses de experiência. Salário de R$ 1.393,00 (3253200)

Mais informações nos seguintes endereços CIET: CENTRO

CUMBICA - Avenida Capitão Avia-

- Rua Doutor Gastão Vidigal, 200

dor Walter Ribeiro, 359

(Próximo ao Cartório de Registro

(Próximo ao Cartório do Cidade

Civil)

Jardim Cumbica)

VILA AUGUSTA

PIMENTAS - Avenida Juscelino

- Rua Antônio Iervolino, 225 (Tra-

Kubitschek de Oliveira, 2.760

vessa da avenida Guarulhos)

(Pq. São Miguel - próximo ao INSS)

Cidade

Sindicato dos Metalúrgicos de Guarulhos completa 52 anos (Filiada à Força Sindical, entidade tem forte atuação social e cidadã)

O Sindicato dos Metalúrgicos de Guarulhos e Região completa 52 anos de fundação nesta quinta (30). O aniversário será comemorado na sede da entidade (rua Harry Simonsen, 202, Centro, Guarulhos), a partir das 18 horas, com entrega de medalhas a sócios mais antigos. Fundado por metalúrgicos idealistas, em 30 de abril de 1963, o Sindicato é hoje uma das principais entidades metalúrgicas do País. Além de Guarulhos, a entidade representa cerca de 50 mil trabalhadores, em 1.500 fábricas, de Arujá, Mairiporã e Santa Isabel. O presidente do Sindicato, José Pereira dos Santos (foto), informa: “Metalúrgicos com mínimo de 20 anos de sindicalização serão homenageados. Esses companheiros têm papel fundamental na entidade, porque, além de fortalecer o Sindicato, simbolizam o comprometimento contínuo com o órgão de classe da categoria e as lutas metalúrgicas”. Patrimônio - Nestes 52 anos, o Sindicato construiu um dos maiores patrimônios do sindicalismo brasileiro. Além do prédio da sede, com cinco andares, no Centro de Guarulhos, possui subsedes em Arujá e Mairiporã (Terra Preta). A entidade também tem Clube de Campo (Parque Primavera), Colônia de Férias em Caraguatatuba e o Hotel-Fazenda Vista Linda, em Vargem (a 90 quilômetros de Guarulhos). Pereira - José Pereira dos Santos, presidente da entidade, afirma: “Nascemos na democracia, penamos na ditadura, vivemos agora com plena liberdade. Sofremos anos de arrocho, períodos de forte desemprego e épocas de ataque a direitos. Sobrevivemos e estamos mais fortes. Buscamos o melhor para o metalúrgico e participamos ativamente das lutas sociais por um Brasil melhor e mais justo”.


Cidade

GUARULHOS, DE 30 DE ABRIL A 06 DE MAIO DE 2015

www.folhadoponto.com.br

09

JARDIM VILA GALVÃO RECEBERÁ FÁCIL MÓVEL NO MÊS DE MAIO

GUARULHOS SOBE EM

Os serviços do Fácil Móvel estarão disponíveis no período de 4 a 29 de maio, de segunda a sexta-feira, das 10 às 16 horas, na praça Nossa Senhora Aparecida, 234, ao lado da Escola Municipal Siqueira Bueno, no Jardim Vila Galvão. No Fácil Móvel são oferecidos à população mais de 700 serviços da Prefeitura e do Saae, como atualização cadastral, certidão negativa de tributos, informações e 2ª via de IPTU, emissão de 2ª via da conta de água, solicitação de ligação de água, entre outros. Fácil Móvel - Iniciativa da Prefeitura para atender bairros que não contam com uma unidade do Fácil-Central de Atendimento ao Cida-

RANKING DE SANEAMENTO

A cidade de Guarulhos subiu oito posições no novo Ranking do Saneamento nas 100 Maiores Cidades (acesse emhttp://www.tratabrasil.org.br), saindo de 41º lugar para 33º lugar. Esse estudo, que foi divulgado nesta terça-feira, dia 28, é elaborado pelo Instituto Trata Brasil em parceria com a consultoria GO Associados, tendo como base os números do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS) ano 2013. O superintendente do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) de Guarulhos – autarquia municipal responsável pela prestação de serviços de abastecimento de água e de coleta e tratamento dos esgotos –, engenheiro Afrânio de Paula Sobrinho, diz que essa melhora no ranking não surpreende: “Essa elevação reflete a eficácia com que os recursos estão sendo investidos em Guarulhos na área de saneamento básico nos últimos anos”. No entanto, ele alerta que a escassez de água na região metropolitana de São Paulo poderá comprometer os resultados futuros. “Daqui em diante, o que preocupa é a dificuldade de investimentos devido à crise hídrica”, avalia Afrânio.

dão, o Fácil Móvel visita periodicamente um bairro diferente e já beneficiou dezenas de locais, como Vila Augusta, Vila Galvão, Jardim das Oliveiras, Parque Continental, Bonsucesso, Cidade Soberana, Ponte Alta, Parque Uirapuru, Jardim Lenize, Jardim Maria Dirce, Granja Eliana – Pimentas, Cidade Aracília, Cidade Tupinambá, Lavras, Vila Carmela, Álamo, Jardim Fortaleza, Parque Mikail, Cabuçu, Jardim Palmira, Jardim Soimco e Sítio dos Morros. A unidade itinerante funciona numa carreta de 15 metros e conta com funcionários treinados, sala de espera e acessibilidade para portadores de deficiência, por meio de elevador hidráulico.

VILA OPERÁRIA SOLICITA AUDIÊNCIA

COM JUDICIÁRIO PARA AGILIZAR ACORDO Comissão de moradores querem acordo com Imobiliária Continental para evitar reintegração de posse A comissão de moradores da Vila Operária protocolou na última segunda-feira (27), documento no Juízo da 5ª Vara de Guarulhos, solicitando audiência com Judiciário e participação do Ministério Público, Imobiliária Continental e Prefeitura de Guarulhos. O objetivo é firmar o acordo entre as partes para evitar a reintegração de posse da área pela imobiliária. Wagner Ribeiro Gomes,integrante da comissão,disse ter esperanças que a situação se regularize, definitivamente, nesta reunião. “Nós queremos sair dessa reunião com a documentação pronta. É mostrar que os moradores querem o quanto antes este acordo”. O Folha do Ponto acompanha a situação da Vila Operária desde a primeira reunião da comissão com o dono da imobiliária, Walter Luongo. Na época, ambas

s s b fi á

ç q q

as partes já se mostraram interessadas em resolver o problema. Uma assembleia já foi realizada na Vila Operária para explicar os detalhes do acordo, com grande parte dos moradores da comunidade favoráveis. O acerto prevê o valor de R$ 700,00 pelo metro quadrado, com juros abaixo do 1% ao mês, no prazo de oito a dez anos para realizar o pagamento.

p g r p r

j o


10

www.folhadoponto.com.br

Cidade

GUARULHOS, 30 DE ABRIL A 06 DE MAIO DE 2015

PAULA FERNANDES E BELO NA FESTA DO TRABALHADOR NO TABOÃO Para comemorar o Dia Internacional do Trabalho, a Prefeitura de Guarulhos, com apoio da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Força Sindical, União Geral dos Trabalhadores (UGT), Nova Central Sindical de Trabalhadores e a Central dos Sindicatos Brasileiros (CSB), vai promover a Grande Festa do Trabalhador, na sexta, dia 1º, a partir das 13h, na rua Joaquina de Jesus, Taboão. Com entrada franca, a Grande Festa do Trabalhador vai contar com show da cantora Paula Fernandes, além dos artistas Belo, Latino e a funkeira Ludmilla. Para contemplar todos os gostos musicais, o evento ainda vai trazer apresentações de grupos como Art Popular, Bom Gosto, Sampa Crew, Onze20 e dos cantores Gabriel Gava, Rodrigo Fela, Lucas Morato, Leo Magalhães, Helen Caroline e as duplas Everton & André e Deuber & Leandro.

O prefeito Sebastião Almeida destaca que a comemoração do 1° de Maio em Guarulhos já é tradicional e costuma reunir milhares de pessoas todos os anos. “Mais do que nunca, vamos comemorar as conquistas históricas dos trabalhaBelo

dores ao longo das últimas décadas. Porém, também queremos convidar as pessoas para que façam uma importante reflexão sobre as mudanças na legislação trabalhista que estão sendo discutidas em âmbito nacional”, afirma Almeida.

Latino

Ludmilla

Serviço: Grande Festa do Trabalhador Dia 1º de Maio - A partir das 13h Rua Joaquina de Jesus, Taboão Entrada Franca

VIVA A CLASSE TRABALHADORA! O Dia do Trabalhador homenageia homens e mulheres cujo esforço, ao longo dos séculos, vem forjando um mundo mais justo e mais livre. Entre esses homens e mulheres estão seguidas gerações metalúrgicas, em funções de importância vital para a sociedade. A todas essas pessoas, de ontem e hoje, José Pereira dos Santos presidente

externamos nosso reconhecimento. E reafirmamos nosso compromisso com as novas gerações, que, apoiadas nas novas tecnologias, saberão acelerar a marcha rumo ao progresso, à paz e à igualdade. Viva o 1º de Maio. Salve a classe trabalhadora!

Sindicato dos Metalúrgicos de Guarulhos e Região. Telefone 2463.5300. Acesse www.metalurgico.org.br

Produção: Agência Sindical (11) 3255.6559 - www.agenciasindical.com.br

SALVE O 1º DE MAIO!


Especial Macedo 87 anos

GUARULHOS, 30 DE ABRIL A 06 DE MAIO DE 2015

www.folhadoponto.com.br

11

OS 87 ANOS DO MAIS QUERIDO DA CIDADE Associação Atlética Macedo completa aniversário neste 1º de Maio. Conheça a sua história, conquistas e orgulho nesta data especial Páginas 12 a 14


12

www.folhadoponto.com.br

Especial Ma

GUARULHOS, 30 DE ABRIL A 06 DE MAIO DE 2015

O TIME Nº 1 DA CIDADE FAZ

Folha do Ponto traz especial sobre a história da Associação Atlética Macedo, contada po Por Jordan Mello O ano era 1928, o bairro era pequeno e atendia pelo nome de Macedo, na época, dominado pela colônia de italianos que trabalhavam em olarias nas proximidades da região. Foi quando um grupo de amigos resolveu fundar um time de futebol, sem muitas ambições, apenas por diversão nos finais de semana. Pronto, no dia 1° de maio – Dia do Trabalhador – às 20h, nascia a Associação Atlética Macedo. Tudo começou com os amigos Antonio Aveni, Antonio Vaccaro, Francisco de Almeida, Mateus Francisconi e João Pinheiro, junto com os irmãos José e João Damiani fundaram o Macedo. A ata da fundação do clube permanece conservada na sede da equipe, na rua Claudino Barbosa, número 145, no bairro do Macedo. A primeira diretoria ficou com: Antonio Aveni presidente, José Damiani vice, seu irmão João, o 1° secretário, Vaccaro o 2° secretário, Francisco de Almeida o 1° tesoureiro, Manoel de Almeida o 2° tesoureiro, Salvador Bufoni e Arlindo de Almeida como cobradores, Francisconi e João Pinheiro como fiscais e Salvador Di Récio como o primeiro diretor de esportes. O time ganhou o nome Macedo por causa do dono de uma fábrica que havia no bairro, e as cores verde, branco e vermelha – todos eram torcedores do então Palestra Itá-

lia (hoje Palmeiras) – em homenagem à bandeira italiana. Uma figura que acompanhou a história do Macedo ao longo dos anos é a do ex-contador Claudino Romano, de 74 anos. Ex-jogador do clube, “Iô” como é conhecido na cidade, jogou pela primeira vez pela equipe guarulhense em 1954, e o futebol era bem diferente do esporte que encanta milhões de brasileiros no país. “Naquela época era muito diferente. Existiam as madrinhas para cada jogador, inclusive para os adversários, elas entraram em campo na hora da troca de flâmulas. Era uma festa no Macedo. E sempre foi uma tradição, desde 1928. Os melhores times de Guarulhos eram convidados para participar, e nunca havia briga. É o que eu sinto mais falta da alegria que era o Macedo naquela época”. Romano chegou a treinar a equipe de masters durante a década de 70 e atualmente faz parte do conselho do clube.

O FUTURO É

Para o futuro, Zanzini espera regula o clube, que deixou de ter equipes de f atenção para a parte social. “Nós chega que ou se escolhia o futebol, ou os asso mos pelos associados. Hoje em Guarulh investem mais em esporte, nem mesm não temos sequer um estádio digno da g Hoje, nossa principal meta é regulariza

Lamartine Zanzini

Claudino Romano “Iô”

O CAUSO DA ‘MALA PRETA’ DE APARECIDA DO NORTE Um “causo” curioso foi a tentativa de mala preta – quando alguma equipe oferece dinheiro para o adversário perder um jogo – que a então equipe da Aparecida ofereceu aos dirigentes do Macedo. “Era a última partida do campeonato e o Macedo já estava desclassificado. Só que se a equipe do Aparecida ganhasse seguia para a próxima fase. Inclusive, o juiz dessa partida foi José de Assis Aragão – árbitro que ficou famoso após fazer um gol no clássico Palmeiras e Santos em 1983 – e tinha um torcedor nosso que ficava gritando ‘Aladrão, Aladrão’ e o Aragão ficou maluco, chamou a polícia e mandou expulsar o torcedor do estádio. Nesse meio tempo, os dirigentes da Aparecida vieram atrás de mim e oferecerem um dinheiro para que o Macedo perdesse a partida. Eu falei que lamentava muito e que isso não seria possível. No primeiro tempo, nós fizemos 3 a 0. Durante o intervalo, os dirigentes voltaram novamente e aumentaram o valor, me ofereceram 20 mil cruzados. Eu neguei novamente, mas no segundo tempo, eles empataram o jogo, e se a partida tivesse mais 5 minutos, acho que teriam vencido. Mas acabaram eliminados assim como a gente. Era curioso, ainda mais por ser um time de uma cidade tão religiosa”, diverte-se Zanzini. Zanzini revelou que o Macedo é administrado com uma renda mensal de R$ 30 mil. Atualmente, a atual diretoria do clube é formada por: Stálin Zanzini (Presidente), Odair de Carvalho (Vice Presidente e 1° Tesoureiro), José Carillo (1° Secretário), João Barbosa (2° Secretário), José Brumatti (2° Tesoureiro), Lamartine Zanzini (Diretor de Esportes), Hérica Matiello (Diretora Social), Benedicto de Moura (Diretor de Patrimônio), Edmundo dos Santos (Diretor de Obras) e Eduardo Zanzini (Diretor Jurídico).

“O MACEDO É

Se existe alguém mais identificado com a Associação Atlética Macedo, este é Carlos Alberto de Moraes, o Tuchinha (foto). Com 60 anos – todos eles dedicados ao Macedo segundo o próprio – o ex-jogador nasceu em uma chácara na frente do estádio do Macedo. “Não tinha nada em volta, era só mato. O estádio era cercado por aquelas cerquinhas de madeira. Só na década de 70 o clube fez uma cerca melhor”, explica Tuchinha. O amor da família pelo clube era tão grande que ele até apanhou. “O Santa Cruz de Guaianazes veio jogar no Macedo. E eles vieram todos naqueles caminhões bascu-


acedo 87 anos

GUARULHOS, 30 DE ABRIL A 06 DE MAIO DE 2015

www.folhadoponto.com.br

13

87 ANOS NESTE 1° DE MAIO

or jogadores, presidentes e torcedores do clube mais antigo em atividade de Guarulhos Quem também conta um pouco da história do clube é o ex-presidente e atual diretor-geral de esportes Lamartine Zanzini. “Eu comecei no Macedo como jogador, era zagueiro central, joguei nas categorias de base do time, depois nas categorias maiores como amador. Mas a minha trajetória administrativa mesmo no clube começou no início da década de 70, onde eu me tornei conselheiro e depois presidente, substituindo a diretoria anterior que tinha renunciado”, explicou Zanzini. Sobre o principal rival em Guarulhos, Zanzini é direto: “Era o Flamengo de Guarulhos (Jardim Tranquilidade). Nós fizemos grandes jogos, inclusive alguns em que houve o maior quebra-pau entre as torcidas. Era realmente uma guerra, as duas torcidas sempre foram fanáticas”. Campeão do Futebol Amador de Guarulhos em seis oportunidades – 1955, 58, 62, 65 e 77, o campeonato da cidade era considerado um dos mais fortes do estado de São Paulo.

É REGULARIZAR E MODERNIZAR O CLUBE

arizar e modernizar futebol e voltou sua amos num ponto em ociados. E nós optahos, as pessoas não mo a prefeitura. Nós grandeza da cidade. ar toda a documen-

tação do clube. Antigamente, as pessoas do clube nem se preocupam em documentar esse patrimônio, nós temos uma área de 10.000 m².” Um dos sonhos é transformar o histórico campo do Macedo em grama sintética, além da troca de iluminação e das grades de proteção do estádio. Atualmente, o clube tem por volta de 350 associados e sobrevive com a renda arrecada com o estacionamento, festas e locação da quadra e campo.

É MINHA VIDA”

lantes. Foi quando com o Macedo estava perdendo que minha avó falou: vai lá e murcha os pneus dos caminhões. Eu tinha oito anos na época, eu estava lá esvaziando quando um homem me pegou pelo colarinho e começou a me bater. Aí apareceu minha avó com uma bengala e começou a bater no homem, e eu saí correndo pro sítio da minha avó, que era em frente ao estádio”, conta. Sobre o que significa o Macedo em sua vida, Tuchinha se emociona. “Minha família inteira viveu no Macedo. Meu pai, meus tios, todos eles jogaram no Macedo. Um tio meu inclusive fa-

PROGRAMAÇÃO DE ANIVERSÁRIO Para celebrar o seu aniversário, o Macedo irá realizar uma série de jogos em seu campo neste final de semana com ex-jogadores que fizeram parte desta grande história. A entrada é franca e as partidas acontecerão:

Sexta-Feira (1° de Maio) 8h30 – Realmatismo (B) x Jd. Presidente Dutra 10h – Realmatismo (A) x A.D. Vila das Palmeiras 11h30 – Master Macedo x Unidos do Morro F.C (Vila Gustavo) 12h45 – Misto Macedo x Unidos da Mata E.C 16h – Neblina E.C. X Sport Juntos por Acaso 21h – Baile de Aniversário 87 anos com o DJ Rodrigo Reis

Sábado (2 de Maio) 8h – Amigos do Macedo x Talento F.C. 9h45 – Amigos do Adriano x Talento F.C. 11h – Grêmio Magion x Paulistano F.C. 14h – A.A. Judiciária x Leões da Vila F.C. 16h – A.D. Amigos E.C x Macaubas F.C.

Domingo (3 de Maio) 7h – Raspa Terra F.C. Master x Raspa Terra F.C. Senior 9h30 – A.A. Macedo (Master) x Cruzeiro do Tatuapé (Master) 11h – A.A. Macedo (Misto) x A.D. Jd. Neri 14h – EF Dutra (Sub-10) x Pimentinha (Sub-10) 15h – EF Dutra (Sub-12) x Pimentinha (Sub-12) 15h45 – Guarunatal (Sub-15) x Pimentinha (Sub-15) 16h30 – Guarunatal (Sub-15) x Pimentinha (Sub-15)

leceu jogando bola no campo do Macedo. Isso aqui só me traz lembranças boas. É a minha vida. Eu nasci aqui e me criei aqui”. Com o clube, Tuchinha foi eleito o melhor jogador de Guarulhos em 1978.

Na sexta-feira (01) a partir das 21h, será realizado o Baile do Verde, Vermelho e Branco, celebrando os 87 anos do Macedo. Haverá ainda a partir das 23h, uma queima de fogos em comemoração. A entrada também será gratuita. O clube do Macedo fica localizado na Rua Claudino Barbosa, 145, no Macedo.


14

www.folhadoponto.com.br

GUARULHOS, 30 DE ABRIL A 06 DE MAIO DE 2015

Especial Macedo 87 anos

O DIA QUE GUARULHOS PAROU PARA ASSISTIR UM JOGO Para todo torcedor do Macedo e guarulhense, o dia 13 de Dezembro de 1979 é uma data especial. A década de 70, inclusive, foi a mais importante para o clube, onde durante três anos – de 1978 a 1980 – a equipe se tornou profissional e disputou a 3ª Divisão do Campeonato Paulista. “Foi o nosso auge, nós fizemos grandes jogos contra Mogi Mirim, Bragantino, Ituano. Apesar de pequeno, o estádio ficava lotado. Por muito tempo o Macedo foi o time número um de Guarulhos”, revela o ex-presidente. E justamente 1979 foi o ano que o Macedo montou seu principal time, onde com boa campanha conseguiu chegar à semifinal da terceirona. O adversário era o Bragantino, que mesmo com um bom time, tinha fora de campo a sua principal força. Seu presidente em 1979 era Nabi Abi Chedid – falecido em 2006 – e então presidente da Federação Paulista de Futebol (FPF), organizadora do campeonato.

Renato

Magrão

MACEDO X BRAGANTINO - OS PERSONAGENS DE UM JOGO HISTÓRICO

“Foi o melhor time da história do Macedo. Tinham ali jogadores fora de série. Era uma equipe tranquila, sabia o que queria dentro de campo, obediente taticamente”, relembra Naim Jorge Zeitune, ex-presidente, atual presidente do Conselho do Macedo e ex-treinador durante os três anos em que a equipe foi profissional. Zeitune também foi vereador por Guarulhos entre 1977 a 1988. Como prova do equilíbrio das duas equipes, naquele campeonato, Macedo e Bragantino jogaram duas vezes na primeira fase. O primeiro confronto aconteceu pela 1ª rodada do campeonato, mais precisamente no dia 29 de julho de 1979. A partida foi em Bragança Paulista e terminou com um empate de 1 a 1. No jogo de volta, a surpresa: jogando em casa, o Macedo massacrou a Massa Bruta com impiedosos 4 a 0. “Existe um documentário do Bragantino onde fala que o Macedo era a pedra no sapato deles. Eles nunca tiveram facilidade contra a gente”, explica Cláudio Roque da Silva, o Claudinho. Hoje com 57 anos, o ex-lateral esquerdo é um dos maiores jogadores da história do clube.

A “GUERRA“ EM BRAGANÇA PAULISTA Os dois se enfrentariam novamente na semifinal do Paulista. Quem vencesse subiria para a 2ª divisão do campeonato. O primeiro jogo aconteceu no dia 11 de dezembro de 1979. Jogando em casa, o Bragantino devolveu a goleada e fez 4 a 0. “O jogo foi uma guerra em Bragança. Era impossível jogar lá. A torcida jogava bola de gude com estilingue, pedra, tijolo. E os jogadores bateram demais na gente. No final da partida começou o maior quebra-pau. Renato e eu ficamos protegendo o nosso ônibus, senão nem para a casa a gente tinha conseguido ir”, relembra Luiz Carlos Ricci, atacante do Macedo e autor de um dos gols na segunda partida.

O COMÉRCIO FECHOU PARA VER O MACEDO JOGAR A decisão então seria em Guarulhos, com a torcida apoiando em peso o Macedo.“Foi o dia que Guarulhos parou. O Macedo estava lotado dentro do estádio, e fora devia ter cinco mil pessoas tentando ver alguma coisa. Tinha uma frota de ônibus estacionados no bairro. Toda a cidade tentou entrar para assistir esse jogo”, relembra José Roberto de Araújo, o Zezinho, meio campista do Macedo que estava na partida. “Como o jogo aconteceu numa quinta-feira à tarde, as lojas fecharam. Na verdade, a cidade fechou para ir ver o jogo. E naquele dia estava meio chuvoso, mas, mesmo assim, o estádio estava lotado”, conta Renato Quirino dos Santos, goleiro do Macedo entre 1979 a 80 e titular nas duas partidas. Naquela época, se cada uma das equipes vencesse as duas partidas – independente do saldo de gols dos jogos – seria necessário a disputa de prorrogação. Com isso, numa quinta-feira chuvosa de dezembro, entraram em campo Macedo e Bragantino. O Folha do Ponto ainda conversou com Carlos Roberto Pelissoni, o Magrão, quarto zagueiro do Macedo e considerado por muitos, o maior ídolo da história do clube. Durante conversa em seu trabalho – Magrão é funcionário do 2° Cartório de Guarulhos – relembra emocionado dos tempos de jogador e citou a estrutura como um dos pontos fracos do Macedo na decisão. “Nós jogamos no profissional, mas a estrutura e o treinamento eram de time amador. Não existia nem concentração. E o Bragantino tinha tudo isso, tinha também a questão do próprio presidente deles ser o Nabi Chedid”.

Claudinho

Ricci

Elegante em campo e com técnica única, Magrão teve passagem pelo Palmeiras, onde chegou a ser reserva do lendário Luís Pereira, ídolo do Palmeiras e Atlético de Madrid. No tempo normal, 2 a 1 para o Macedo – gols de Ricci e Caxambu – com o detalhe de ter estado em campo com um jogador a menos desde os dez minutos do 1° Tempo, já que o lateral-esquerdo Claudinho foi expulso. A decisão foi então para a prorrogação. Com um jogador a mais e a melhor forma física fez a diferença: o Bragantino marcou 2 a 0 com gols de Maurinho e Zé Márcio (pênalti), terminando com o sonho do acesso à segunda divisão.

FALTA DE ESTRUTURA CONTRUBUIU PARA DERROTA Para Ricci, assim como para Magrão, a falta de estrutura do Macedo e do esporte em Guarulhos contribuíram para a derrota na prorrogação contra o time de Bragança. “Eles treinavam todo dia. Nós treinávamos duas vezes por semana, e à noite. Eles recebiam salário, recebiam bicho. Nós, uma ajuda de custo. Quem jogava no Macedo, jogava por amor”. Ainda assim, a derrota não diminuiu a importância do clube na história da cidade. “As pessoas falam deste jogo contra o Bragantino, mas nós fomos campeões amadores de Guarulhos em 1977, e com apenas uma derrota. A torcida cobrava isso da gente, a última vez que tinha sido campeão foi na década de 50 e 60. A nossa época foi a de ouro do futebol amador na cidade, que era melhor até o que o futebol profissional. As pessoas lembram muito também da estreia no profissional em 78, contra o Golfinho, que era um timaço. Eles eram favoritos e nós ganhamos”, explica Claudinho.

“CUMPRIMOS NOSSO DEVER COM A CIDADE” Renato finaliza falando sobre o dever cumprido do Macedo com a cidade de Guarulhos. “A gente sempre tentou dar alegria para a cidade, para os torcedores. Nós ganhamos o segundo jogo com um jogador a menos desde o começo da partida. Levamos o jogo para a prorrogação. A torcida reconheceu isso na época. Tanto que até hoje, nenhum time chegou perto da qualidade daquela equipe do Macedo”. A equipe que entrou em campo pelo Macedo na segunda partida da semifinal era formado por: Renato; Caxambu, Pescuma, Magrão e Claudio; Zezinho, Ademir (Português) e Gouveia; Mario (Angelo), Ricci e Nenê. Técnico, Naim Zeitune.

Zezinho

Naim Zeitune


Esporte

www.folhadoponto.com.br

GUARULHOS, 30 DE ABRIL A 06 MAIO DE 2015

NO PONTO

15

guimaguarulhos.com.br

GIRO DO ESPORTE PELA CIDADE

FINAL DA COPA CECAP NESTE 1º DE MAIO 9 de Julho da Casa Verde e Estrela de Guarulhos disputam o título ás 14h, no campo do Flamengo

Nove de Julho Com expectativa de grande público Estrela de Guarulhos e Nove de Julho da Casa Verde se enfrentam neste 1º de maio , a partir das 14h, no Estádio Antônio Soares de Oliveira (Flamengo) na final da 15ª edição da Copa Cecap de Futebol de campo.A competição teve a participação de 56 equipes, com fase classificatória e mata-mata. Invicta na competição, o Nove de Julho da Casa Verde ganhou todas as sete partidas que disputou, marcando 18 gols

Estrela Guarulhos e sofrendo apenas quatro. Já o Estrela Guarulhos ganhou cinco partidas, empatou uma e perdeu uma, além de marcado quinze gols e sofrido sete. Os atuais artilheiros da Copa Cecap são Felipe do Parque Stella e Luiz Carlos do São Carlos com oito gols cada. No intervalo da partida, a Comissão Organizadora da Copa Cecap realizará sorteios de brindes. O torcedor que levar 1 kg de alimento não perecível ganha um cupom para participar do sorteio.

CASTELO F.C. DE ARUJÁ É CAMPEÃO DA 1ª COPA REGIONAL 2015 DE ARUJÁ E REGIÃO Com a participação de 16 equipes das cidades de Guarulhos, Arujá, Santa Isabel e Guararema, a competição chegou ao final com um grande jogo. Bom publico aplaudiu a vitória da equipe do Castelo de Arujá por 3 a 1 sobre a equipe do União de Guararema. Organizador da Copa e presidente da Liga de Arujá, o Sr. Giba agradeceu as equipes pela bonita festa que foi realizada no campo de Guararema.

A EQUIPE GUARULHENSE DE FUTSAL PONTO DE ENCONTRO ESTÁ NO CAMPEONATO DA FEDERAÇÃO PAULISTA 2015

CLUBE ATLÉTICO GUARULHENSE / PONTO DE ENCONTRO é a mais nova equipe da cidade de Guarulhos a participar na categoria principal dos campeonatos da Federação Paulista de Futsal. E o ínicio foi com uma grande vitória no Paulistão 2015 sobre a equipe do 1º de Maio de Santo André por 4 a 2 em jogo realizado no último dia 24, no Ginásio da Ponte Grande. O presidente Douglas Carneiro contratou vários atletas da nossa cidade, formando uma excelente equipe. Ainda segundo o dirigente, muitas novidades no decorrer do campeonato virão. O próximo jogo será realizado dia 09 de maio na cidade de Embu Guaçu.

DIVISÃO ESPECIAL 2015 DA ULAFA

A Divisão Especial 2015 da Ulafa começou com a realização de oito jogos realizados nos dias 25 e 26 de abril, nos Estádios Cícero Miranda e Oswaldo De Carlos. A surpresa da rodada foi a derrota da equipe do Brittus – Campeão de 2014 – que perdeu na estreia por 1 a 0 para o Real Acácio (FOTO). Veja abaixo os resultados da primeira rodada.

REAL ACÁCIO

1x0

AD BRITTU”S

UNIDOS DA MATTA FC

2x5

VASCO DO JD PARAÍSO

GAROTOS DO AMERICA FC

6x1

ESTRELADO FC

A.A 33 DO BELA VISTA

2x0

A.A GANES/ARSENAL

BEIRA RIO FC

1x0

UNIDOS ITAPEGICA/ GUILHERMINA

AD RENASCENÇA

2x2

CORRE ATRAS FS

ZAZUEIRA FC

4x0

AD ART BLOCO

UNIÃO P. DUTRA

4x2

26 DE MAIO FC


16

www.folhadoponto.com.br

GUARULHOS, 30 DE ABRIL A 06 DE MAIO DE 2015

Ace


Esporte

GUARULHOS, 30 DE ABRIL A 06 DE MAIO DE 2015

www.folhadoponto.com.br

17

GINGA BRASIL É O GRANDE CAMPEÃO A equipe do Jardim Acácio venceu o Arsenal do Cabuço por 1x0 na final do campeonato de veteranos

Em pé: Zafra (Diretor), Bigu, Pedrão (Presidente), Cebola, China (Diretor), Thiago (Torcedor), Viola, Tico, Reginaldo (Torcedor), Nenê, Mariel, Vaca, Ivo, Régis, Marcelo (Diretor), André (Técnico), Agnaldo (Diretor), Pirulito (Torcedor), Keler (Diretor). Agachados: Gabriel (Torcedor), Macarrão (Diretor), Márcio, Binho, Evandro, Nilton, Lulinha, Fofinho, Raimundinho, Galinha, Kakareco, Edson, Bambam, Régis, Zé Maria, Sandra (Aux. Técnica), Luiz (Massagista). Com um gol salvador marcado por Fofinho no último minuto de jogo, o Ginga Brasil venceu por 1 a 0 a equipe do Arsenal (foto ao lado), conquistando o Campeonato Veterano 2015 Campo da Paz. O gol saiu quando tudo indicava que a decisão seria decidida nas penalidades máximas. Uma grande festa marcou o cerimonial de premiação que teve a presença de várias autoridades da cidade. O goleiro Bigu do Ginga Brasil recebeu o troféu de melhor goleiro. O atacante Valdeilton do Arsenal recebeu o troféu de artilheiro da competição com oito gols. O capitão da equipe do Ginga Brasil, o Emerson Tico, recebeu o troféu de campeão.

JOGADORES E TORCEDORES COMEMORAM NO CLUBE DO PONTO

Após a partida e a conquista do título, jogadores, dirigentes, da festa que foi até altas horas do domingo. Prestigiaram o evento, o torcedores e simpatizantes do Ginga Brasil seguiram para o Clube do deputado estadual Gileno, o secretário de esportes Wagner Freitas Ponto (Campo do Alemão) no Jardim Acácio, e comemoraram com e os vereadores Tico Emerson , Serjão Inovação e Romildo Santos. muita cerveja, churrasco e samba. Cerca de mil pessoas participaram A diretoria do clube agradeceu a todos que colaboraram com a festa


18

www.folhadoponto.com.br

GUARULHOS, 30 DE ABRIL A 06 DE MAIO DE 2015


Esporte

GUARULHOS, 30 DE ABRIL A 06 DE MAIO DE 2015

www.folhadoponto.com.br

19

“JOGADOR TEM QUE GOSTAR DE JOGAR BOLA”

Em visita a Guarulhos, ex-zagueiro da Seleção Brasileira, Guarani, Corinthians,Santos e com passagem pelo América do México, Amaral fala sobre a Copa do Mundo de 1978 e a situação do futebol atual Por Jordan Mello

O Folha do Ponto teve a honra de receber em sua redação João Justino Amaral dos Santos, ou simplesmente Amaral. Zagueiro clássico que preferia sair jogando com a bola do que dar um chutão para frente, o ex-jogador conversou sobre a Seleção Brasileira, os jogadores de hoje e a claro, a sua passagem pela “Canarinho”, onde disputou a polêmica Copa do Mundo de 1978, na Argentina. CONVOCAÇÃO PARA A SELEÇÃO BRASILEIRA Primeiro jogador do interior a ser convocado para a Seleção Brasileira, Amaral começou sua carreira no Guarani de Campinas, em 1971. Pela equipe Bugrina, ficou até 1978, onde fez parte do esquadrão verde que tinha nomes como Zenon, Capitão, Bozó e Careca. Entretanto, Amaral não fez parte da campanha do título brasileiro de 78 – transferiu-se para o Corinthians - mas foi pelo time do interior que surgiu a oportunidade de defender a seleção canarinho, em 1974. “Eu puxei o início das convocações dos jogadores do interior. Naquela época, não existia a confiança nos jogadores do interior, só era convocado quem jogasse nas capitais”, revela Amaral. Convocado para a Copa do Mundo de 1978, o zagueiro foi “vítima” - assim como toda a seleção – de um dos maiores escândalos da história do futebol. TITULAR NA COPA DE 78 A Copa do Mundo na época era disputada em duas fases: na primeira, haviam quatro grupos com quatro equipes cada. Os dois melhores destes quatro grupos passariam para a segunda fase da Copa. Nela, os times classificados eram separados em dois grupos, com quatro equipes cada. O primeiro colocado de cada grupo, disputaria a final, e os melhores segundo colocado, a disputa do terceiro lugar. PERU FACILITOU PARA A ARGENTINA Na segunda fase, o um dos grupos era formado

por Argentina, Brasil, Peru e Polônia. O Brasil venceu por 3 a 1 o Peru e a Argentina bateu a Polônia por 2 a 0. No clássico sulamericano, empate por 0 a 0. Na última rodada então, o Brasil fez 3 a 1 na Polônia e estava praticamente classificado para a final, já que a Argentina precisaria vencer com uma diferença de cinco gols contra o Peru. Acontece que os argentinos fizeram 6 a 0 na equipe peruana. O detalhe era que o goleiro peruano era o argentino naturalizado Ramón Quiroga e a Argentina estava em plena ditadura do general Jorge Rafael Videla. “A gente não esperava que o Peru fosse facilitar para eles. Ainda mais, que diferente de hoje em dia, o Peru tinha uma equipe muito forte. A Argentina ganharia aquela partida de no máximo 3 a 0. Foi algo lamentável que aconteceu”, relembra o zagueiro brasileiro. Na disputa pelo terceiro lugar, o Brasil bateu a Itália por 2 a 1. A Argentina conquistou seu primeiro título mundial por 3 a 1 contra a Holanda, sem Johan Cruyff que não disputou a Copa. Sobre o clima tenso no país em plena ditadura, Amaral sentiu as dificuldades assim que a delegação brasileira chegou na Argentina. “O avião nosso era da Varig. Quando chegamos, mandaram o avião voltar pro Brasil imediatamente. Nós percorremos várias cidades argentinas com um jatinho pequeno da Força Aérea Argentina. E tinha que fazer duas viagens, porque não tinha espaço para a delegação inteira. A gente só conseguiu sair para conhecer a cidade uma vez durante a Copa toda, e você sentia o clima tenso na rua. Na véspera do jogo contra a Argentina, a gente não dormiu, jogaram rojões a madrugada toda na porta do nosso hotel”.

“FUI PARA O SANTOS AFIM DE SER VALORIZADO” Após rápida passagem pelo Corinthians, Amaral jogou pelo Santos antes de se transferir para o futebol mexicano, onde jogou pelo América. “Na verdade, a minha passagem pelo Santos foi marketing. Naquela época (1984), o Corinthians não era conhecido mundialmente, o Santos sim. Só o Santos e o Botafogo eram conhecidos. Então, seu fosse pelo Corinthians, a transferência custaria 400 mil dólares. Pelo Santos, foi quase um milhão”, explica Amaral. Ele jogou pela equipe mexicana por dois anos – 82 a 84 - depois passou pelo Universidad de Guadalajara, onde jogou até 1986, e encerrou a carreira pela equipe do Blumenau, em 1987. Sobre o futebol de hoje, o ex-jogador gosta do futebol do garoto Malcom no Corinthians, vê o Santos como o time que dá mais oportunidade aos jovens e acredita que o jogador de hoje está meio preguiçoso. “Eu queria entender como um jogador hoje volta de férias, joga um mês apenas e quer descansar? Descansar de quê, meu Deus? Você vê o Messi, ele joga todas as partidas. Tem que ser fominha, tem que gostar de jogar futebol”, criticou. Outro ponto abordado por Amaral é a força que os times do interior tinham até a década de 90. “O interior sempre teve grandes times, como Guarani, Ponte Preta, Comercial, Botafogo de Ribeirão Preto, Bragantino. Foram equipes que montaram esquadrões, sempre com jogos onde o estádio ficava lotado. Hoje em dia, para um jogo no interior ficar lotado, a equipe precisa vender sua cota de ingresso pro time grande, que tem mais torcida.


20

www.folhadoponto.com.br

GUARULHOS, 30 DE ABRIL A 06 DE MAIO DE 2015

Publicidade Legal

Razão Social: Associação Caritativa da Paróquia Santa Cruz do Taboão - CNPJ: 63.896.021/0001-57 Endereço: Rua Jamil João Zarif, 439 - Taboão - Guarulhos - SP - Fone/Fax: 2401-5639 email: contato@aspacruz.com.br - Presidente: Alice Maria da Silva

BALANÇO PATRIMONIAL

-

Periodo: 01/2014 a 12/2014


P

o t n o

GUARULHOS, 30 DE ABRIL A 06 DE MAIO DE 2015

T

n e e

Famosos

www.folhadoponto.com.br

21

Astros do mundo teen

Guitarrista do Slipknot afirma que a banda jamais se apresentará sem mascará

Em recente entrevista ao jornal New Press, o guitarrista Jim Root revelou que thais@folhadoponto.com.br o Slipknot jamais subirá ao palco sem as suas famosas máscaras. Ao ser questionado se haveria uma possibilidade dos músicos se apresentarem sem elas, Root declarou que se isso acontecesse seria o fim da carreira da banda. “Bem, por um lado, o Kiss já fez isso. E segundo, acho que você UM SHOW DE HUMOR – ESPECIAL faz algo assim quando sua carreira já não tem mais o mesmo sucesso de antes. Para nós, as máscaras são uma forma DIA DAS MÃES de nos apresentar ao vivo. Ela sempre foi o show ao vivo pra nós. Nós temos Pela 1º vez em um Halloween no palco todas as noites”, disse. Guarulhos,Um show de humor difeZoolander 2 rente de tudo o que Justin Bieber foi anunciado ontem (28) como você já viu. Quatro uma das participações especiais do filme “Zotalentos da comédia olander 2” pelo Instagram do ator e roteirista nacional irão fazer da franquia, Ben Stiller. O comediante, que usa você gargalhar com a rede social para atualizar os fãs em relação diferentes estilos de ao elenco da sequência, posou ao lado do canapresentação. tor canadense para fazer o anúncio. O artista Marcinho Eiras, aparece de peruca fazendo o famoso bico que humorista e guitarrista conhecido por tocar três guicaracteriza os personagens do filme.O primeitarras ao mesmo tempo. Felipe Hamachi e Rodrigo ro longa-metragem estreou em 2001, e sua seCapella, humoristas consagrados dos canais Comedy Central e Multishow. Marco Barreto, atual in- gunda parte trará o elenco original (Owen Wilson, Will Ferrell e Christine tegrante do programa Zorra Total.Então você mãe, Taylor), além de uma possível participação do rapper Kanye West. mulher! Comprando seu ingresso antecipado paga metade do valor. Classificação: 10 anos. Inteira R$50.00 (Pode ser comprado por qualquer pessoa.) Meia - R$25.00 - Condições para meia entrada: Belle & Sebastian se apresenta no Brasil Estudantes (ensino fundamental, médio, superior Os escoceses do Belle & Sebastian e pós graduação), aposentados, pessoas acima retornarão ao Brasil para uma série de 60 anos e professores da rede pública. Promo- de shows. Segundo José Norberto cional Masculino - R$35.00 até 09/05. Promocional Flesch, do jornal Destak, a banda Feminino - R$25.00 até 09/05. desembarcará por aqui em novembro Por Thaís Arielle

#ficadica

Eventos Rola na semana ...

Música

Teatro Adamastor Av. Monteiro Lobato, 734, Macedo. Guarulhos - SP

Projeto Cultural - Samba Raiz do Brasil

para divulgar o mais recente trabalho “Girls In Peacetime Want To Dance”, lançado em janeiro deste ano. Os locais e datas exatos ainda não foram revelados, mas segundo a publicação uma das apresentações será em um festival.

Cinema

O projeto Cultural Samba Raiz do Brasil apresenta “Sexta feira boa” dia 15/05 a partir das 18:30 as 21:00 com muita música, sorteios e diversão para os amantes de um bom samba raiz.... Abertura: Dupla Samba Rio, Emerson Asrcanjo, Silva do Tamborim com sambas de época. Convidado Especial: Grupo Klarevidência, mostrando o que é um bom samba de qualidade! Ingresso popular antecipado : R$7,00 - Na porta: R$10,00, ou se prefirir, Disque Entrega: R$10,00 Contatos: (11) 95740 - 5610 ou (11) 94563 - 9712 Biblioteca Monteiro Lobato Rua João Golçalves nº 439 - Centro - Guarulhos - SP

Últimas do mundo da música

Estreia da semana

Entre Abelhas

Entre Abelhas, uma tragicomédia, conta a história de Bruno (Fábio Porchat), um editor de imagens recém-separado da mulher (Giovanna Lancellotti), que começa a deixar de ver as pessoas. Ele tropeça no ar, esbarra no que não vê, até perceber que as pessoas ao seu redor estão ficando invisíveis. Com a ajuda da mãe (Irene Ravache) e do melhor amigo (Marcos Veras), ele tentará descobrir o que se passa em sua vida.

Classificação: 16 anos


22

www.folhadoponto.com.br

GUARULHOS, 30 DE ABRIL A 06 DE MAIO DE 2015

20

www.folhadoponto.com.br

CANAL 15 DIGITAL

GRADE DE PROG

É aqui que Guarulhos acontece!


Tá no Ponto!

Musa da Copa!

FAZENDO PIRRAÇA...

Grazi Massafera está uma Copa de 2010, onde foi arara com Flávio Canto. a Espanha. Famosa por Elaentre descobriu que foi o exo celular os seios -judoca que saiu espalhando estádios da África do Sul, que os dois estavam se coares de fãs pelo mundo. nhecendo melhor. Xiii... Grae classificou para o Munzi não gostou nada da divulstiu asgação cores da seleção e voltou a se encontrar o erótico paraSilva só comeosensual lutador Erik Musa.de pirraça. Flávio, que é ex da modelo Fiorella Matheis (que agora namora o jogador Alexandre Pato), tem uma .. tendência a gostar de sair com famosas para aparecer.

15

© Revistas COQUETEL

Capital da Mancha (a honra) Grécia "(?) das Onze", clássico de Adoniran (Mús.)

Ethan (?) e cola: Condição a "pesqui- do "queri- Hawke, sa" do alu- dinho" do ator de "A chefe Entidade" no atual

Restos de terremoto

Rolo de PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS carne

muito a trabalho. A assessoria www.coquetel.com.br

da Japa informou ainda que é possível que eles sejam vistos juntos em alguns eventos, já que os dois têm alguns trabalhos para fazer e "continuam sendo muito amigos" Sinais vitais verificados para avaliar o estado da vítima de acidentes graves, como choque

"(?) Messagero", jornal italiano

Batman, HomemAranha e Hulk (HQ)

Antigo aparelho de som, possui dupla função

Pessoa que domina os métodos de ensino

Sorteio com venda de cotas Demorados

Par como Luciano Huck e Angélica

Pátria (?), referência

Âmago Fazer (?), mania da barraqueira Macaco, em inglês Ave colorida

mania da barraqueira

Macaco, em inglês Ave colorida

Argola A Terra dos Arianos (Ásia)

O da gíria dá-se no contexto informal

Par como

A do centenário de Vinícius deuse em 2013

"American (?)": revela cantores (TV) Pequena quantia de dinheiroÂmago (pop.)Fazer (?),

Pecado Argola capital do obeso A Terra

Luciano O da gíria Huck e dá-se no Angélica contexto informal

"Índia", no placar

dos Arianos (Ásia)

A do centenário de Vinícius deuse em 2013

Pecado capital do obeso

Pátria (?), referência ao Brasil no Hino

Cachorro, ao Brasil em inglês no Hino Cartucho sem projétil

de cotas Demorados

Pequena quantia de dinheiro (pop.)

Complexo de (?), conceito freudiano

Agrido Se (?) que: embora

Complexo de (?), conceito freudiano

Agrido

"American (?)": revela cantoSorteio res (TV) com venda

Corte dianteiro macio da carne bovina

Total de anos em um século

Total de anos em um século

Se (?) que: embora

Cachorro, em inglês Cartucho sem projétil

Declarar por escritura pública (jur.)

Corte dianO Criador teiro maDa mescio da carma índole ne bovina das vilãs Pessoa que domina os métodos de ensino

Necessitados de reposição de líquido

Necessitados de reposição de líquido

Restos de terremoto

"(?) Messagero", jornal italiano

Cidade natal de Caetano e Bethânia Declarar O erro por escrigramatical tura públina frase ca (jur.) "Cheguei em Natal"

O Criador Da mesma índole das vilãs

Antigo aparelho de som, possui dupla função

BANCO

Capital da Mancha (a honra) Grécia "(?) das Onze", clássico de Adoniran (Mús.)

Batman, HomemAranha e Hulk (HQ)

Rolo de carne moída (it.)

Cidade natal de Caetano e Bethânia O erro gramatical na frase "Cheguei em Natal"

© Revistas COQUETEL

moída (it.)

Ethan (?) e cola: Condição a "pesqui- do "queri- Hawke, sa" do alu- dinho" do ator de "A chefe Entidade" no atual

Peça de moda íntima Agrícola

"Índia", no placar

Peça de moda íntima Agrícola

BANCO

74

74

Solução

O jovem inconformado por não dar sorte com mulher Solução bonita, vai procurar um grande sábio japonês (claro !!!) - Mestre, o que é preciso para um cara conseguir um mulher linda e gostosa??? E o sábio responde: - É Sete Vidas -18h, Globo Alto Astral-19h, Globo precisoo karatê, né ?! O jovem discípulo não entendendo Samantha e Pepito gravam Pedro confidencia a Felipe direito, pergunta: - Karatê, mestre ?? o videoclipe. Sai o resultado Sim.pensando É preciso karatê que -está emonão se beleza,o karatê cabeça, okaratê carro, o karatê do exame antidoping de Céseparar de Taís. Luís grana... combinaEnviada por Simone Monteiro/Cocaia sar. Ele é humilhado no clube, de se encontrar com Isabel. perde o título e Itália revela Rosa fica revoltada quando Enviada por Eudora Marine / Cocaia Próximas emoções... que foi ela quem o dopou. CaGuida conta que Aníbal ficou Um velhinho precisou fazer um exame de contagem de esperChiquititas Meu Pedacinho Chão Além do Horizonteíque tenta descobrir Em Família onde Miinteressado por de uma vizinha ma. O médico deu a ele um potinho e disse: - Leve isso e me 20h30, SBT – 18h, Globo -19h, Globo -21h, Globo randa está escondido. traga de volta amanhã, com uma amostra de esperma. No dia bem mais nova que ele. Madame Catarina tenta o velho ao consultório e devolveu-lhe o pote, Lili enfrenta Tereza. Álvaro O bebe é voltou adotado. Na Dulce fica triste ao saber seguinte, que estava vazio comopesquisa no dia anterior. O médico perguntou Os dez mandamentos convencer Epaminondas a percebe o interesse de FerAmazônia, Junior que Luiza e André terminaBabilônia -21h, Globo que aconteceu sobre e o velho explicou: - Bem, doutor, foi o sedeixar os adultos terem aulas nanda em Sérgio. Paulinha e ram -20h30, RecordBenjamim o informações Miguel. o namoro. Alice conta que terminou guinte… primeiro, eu tentei com Arão desconfia que Apuki tecom Juliana. Rodapé aconTereza hesitam em entregar Lili toca piano e Virgílio tira O carro em que Gabrielaa mão direita, e nada. Depois, com a mão esquerda, e nada ainda. Daí, eu pedi ajuda à com Evandro e Inêsemtenta nha Helena assassinado Isabel. Henut- Os tentei selha Zelãoa dar um tempo para LC e pensam fazer um estámulher. sendoEla levada força para dançar. minha tentouacom a mão direita, com a esquerda, convencê-la que o culpado mire se mostra satisfeita com o para a professora. Rosinha pacto com ela. Kleber confes- idosos da casa de repouso e nada. de volta para a mansão Tentou com a boca – dos primeiro com os dentes, e depois, namoro entre Ramsés e aafilha Murilo. na Vinícius se insinua para Izidoro. Re-disso satudo seusé crimes delegacia. Almeida Campos diminui aa chamar a vizinha, e ela tamespeculam sobre identi- sem eles, e nada. Nós chegamos do Sacerdote de Waset enquanto nato afirma que seu pai vairecebe Nilson reencontra Klaus. André dade do amigo misterioso bém Beatriz na delegacia velocidade, a mulher tentou. Primeiro, com asconduas mãos, depois, com o sovaco Yunet, contrariada, finge concorpor último, ajudá-lo a construir o postoe seestranha o sumiço de adThomaz abrirespremendo a porta e entre fugir.os joelhos, e nada. O médico, de Miss Lauren. Cadu e Cla- e, segue apresenta como seu dar. Num deixa Amália sozinha -Vocês pediram ajuda à vizinha? O velho respondeu: médico, e Ferdinando reagevogado, e Heloísa. Selma insiste em se O homem tenta recapturára consolam Nando, que está chocado: enviado por Teresa. para ir trabalhar. Foi. Mas nenhum de nós conseguiu abrir o potinho. com despeito. apresentar no Tapibar. chateado por causa de Juliana. -la Gabriela. A E T H E N A S

U Ç

I R Ã

O

A

L

CA ND

T O N E R O I S E G C M A R O C E M B B EM A E R T A D OS O M I A P E D O S A DE

Esta sua vontade de dizer tudo que vem à mente deve ser respeitada Vai lhe trazer bons frutos.

Descanse sua mente, mas não deixe de buscar conhecimento. Relaxe um pouco mais.

Peixes - 20/02 a 20/03

As coisas ainda estão em ritmo frenético. Não se apegue, porém não se prive de nada.

DE

L A

A R A R A

Suas condições hão de prevalecer, mas conte com bastante resistência nesse sentido.

Sagitário - 22/11 a 21/12

O N O I G A R C E

O U T O R G A R

I D O L

Virgem - 23/08 a 22/09

Não se esqueça de agradecer as pessoas pelo bem que elas lhes proporcionam.

C O P I A

P R O T E G I D O

R

Gêmeos - 21/05 a 20/06

Aquário - 21/01 a 19/02

E S C O M B R

U S O

O inesperado ainda está por vir. Então não o espere, senão acabará por não acontecer.

Escorpião - 23/10 a 21/11

OS

A L G U M

Sua sensualidade está em alta e a tendência é que aconteçam muitas oportunidades românticas

Leão - 22/07 a 22/08

Olhe nos olhos e fale sobre seus desejos, metas, vontades, mude primeiro para tudo mudar.

EM

C P O L S U P E L I S A N O D E M R A D D E S I SP D R I F A R E T C A S A Ç T Ã I T C O M E

Não se intimide e faça tudo o que vier na cuca. Se liberte, que o tempo é o agora!

E S

Melhor seria mudar tudo radicalmente, porém, tudo precisa ser negociado

Capricórnio - 22/12 a 20/01

M A S

ND

Tudo continuará parecendo muito difícil até arregaçar as mangas e colocar mãos à obra.

Libra - 23/09 a 22/10

CA

Touro - 21/04 a 20/05

Câncer - 21/06 a 21/07

P S U L S O E R D E

L

As contrariedades produzidas por puro capricho são o que de pior poderia acontecer neste momento.

Geremy Batins

SP

O

Áries - 21/03 a 19/04

A

Horóscopo

E A D M I A P D O A I U R Ç Ã

“Minha Novela”

A T T E R N E A M S B L A A T O I D A O R L A R R A

Próximas emoções...

L P E E R H O N T O D E U G T D I O I D R D O G A A T A R A L G U T U S E M O

“Minha Novela”

F E S T I M

víde ande va foi iaen-

Sinais vitais verificados para avaliar o estado da vítima de acidentes graves, como choque

R I R C A Ç Ã C O

stá enana eria até na em meiem Gianna.

Durou pouco mais de cinco meses o namoro de Carol Nakamura e Raphael Lacchine. A ex-bailarina do “Domingão do Faustão” e o modelo assumiram o relacionamento em janeiro. Mas, desde a primeira quinzena de abril, não se seguem mais no Instagram e o ritual de deletar todas as fotos em que apareciam juntos foi cumprido. Tanto Nakamura quanto Lacchine apagaram os vestígios de qualquer romance entre eles.Segundo a publicação do Extra, a assessoria de imprensa de Carol confirmou o fim do namoro e disse que o término ocorreu em comum acordo. O motivo, segundo a representante da artista, é a falta de tempo de Raphael, que viaja

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS

www.coquetel.com.br www.folhadoponto.com.br

2/il. 3/ape — dog — irã. 4/idol. 5/arara. 7/denigre. 10/polpettone.

Marilene Ferreira

mari@folhadoponto.com.br

em Copa do Mundo, falou em ssim em 2010 e a modelo paracial para repetir o sucesso que rissa fez um ensaio fotográfico a Copa do Mundo que será rea-

Baraba

SOLTEIRA DE NOVO?

CURTASGUARULHOS, DE 24 A 30 DE ABRIL DE 2014

23

2/il. 3/ape — dog — irã. 4/idol. 5/arara. 7/denigre. 10/polpettone.

Ponto!

www.folhadoponto.com.br

GUARULHOS, 30 DE ABRIL A 06 DE MAIO DE 2015


24

www.folhadoponto.com.br

GUARULHOS, 30 DE ABRIL A 06 DE MAIO DE 2015

Profile for JORNAL FOLHA DO PONTO

Edição 290  

Jornal Folha do Ponto - De 30 de abril a 06 de maio de 2015

Edição 290  

Jornal Folha do Ponto - De 30 de abril a 06 de maio de 2015

Advertisement