Issuu on Google+

ANO V – N o 24

R$ 10

N AT U R A L DA T E R R A

Especial Verão

| ANO V - No 24

Um up grade na salada de frutas, lanches de praia e receitas ayurvédicas, com o melhor da estação

Vinhos

Os melhores rótulos para as festas de fim de ano

Natal gourmet Três opções de ceia – vegetariana, japonesa e clássica, e reinterpretações do tradicional panetone

001_capa_final_rev.indd 1

12/9/11 5:26 PM


2 002_005_sumario–rev.indd 2 anuncio revista NT.indd 1

www.naturaldaterra.com.br

12/9/11 6:32 PM


Natal é no Natural da Terra Para facilitar a sua escolha, o Natural da Terra oferece uma gama de produtos selecionados, também em embalagens prontas.

São castanhas, frutas secas, bacalhau e frutos do mar, produtos de impecável qualidade a preços acessíveis, para dar um toque de requinte e sofisticação à sua mesa. Venha pra o Natural da Terra. O caminho para a sua ceia de Natal está bem aqui.

Conheça nossas lojas através do site: www.gruponaturaldaterra.com.br blog.naturaldaterra.com.br

002_005_sumario–rev.indd 3

3 12/12/11 5:15 PM 12/12/11 4:34 PM


4 002_005_sumario–rev.indd 4

www.naturaldaterra.com.br

12/9/11 6:33 PM


sumário

edição 24

8 Cartas

A palavra do leitor

10 Vida saudáVEl

Pílulas de bem-estar

70 ViaGEm

Maceió é o destino para quem quer descansar com agito

76 EsCaPadas GourmEt Quatro lugares para comer bem e se divertir perto de São Paulo

Comer e beber

16 Produtos da Estação

As frutas em seu ápice e receitas ayurvédicas

24 CliEntE GourmEt

Torta Sacher, por Lea Gonçalves – bolo de Natal feito com amor

EsPECial VErão

28 Up grade na salada de fruta. Sugestões para aprimorar a sobremesa clássica do verão 34 Lanche de praia Nada de comida que engorda. Verão pede delícias leves e de fácil digestão

Qualidade de vida

82 EsPortE

Natação: o esporte mais completo de todos

88 BElEza

Encare o verão com muitas cores

38 tEndênCia

Como melhorar o que já é bom: panetones Natural da Terra

42 EsPECial natal

Três ceias para todos os gostos: vegetariana, japonesa e clássica

56 BrindEs dE VErão

Aprenda a fazer drinques com espumante

Natural da Terra

90 diCas do FrEGuês

O cliente dá seu recado

94 PEquEno toquE dE ChEF As compras e dicas de Roberto Junqueira, da RJ Gastronomia, de São Paulo

Conheça

98 PaPo EXPrEsso

Dicas para preparar café no coador de pano

62 EsPaço WinE

Seleção de rótulos para presentear ou acompanhar as festas

68 tEntaçõEs

Presentes para todos, inclusive para você

blog.naturaldaterra.com.br

002_005_sumario–rev.indd 5

5 12/12/11 5:15 PM


carta ao leitor é uma publicação do Natural da Terra Diretor Administrativo — Florisvaldo Ruiz Gerente de Marketing — Fabiana Marin Assistente de Marketing — Adriana Ferreira Livia Leite Auxiliar de Marketing — Karla Fortunato

Natural da Terra — Alto da Boa Vista Avenida Santo Amaro, 6618

Natural da Terra — Brooklin Avenida Santo Amaro, 3493

Natural da Terra — Moema Al. dos Nhambiquaras, 1856

Espaço Gourmand — Moema Al. dos Imarés, 478

Natural da Terra — Higienópolis Rua Rosa e Silva, 163/177

Natural da Terra — Itaim Rua João Cachoeira, 1351

Natural da Terra — Vila Madalena Rua das Corujas, 456

Tel. (11) 5188-8108 www.naturaldaterra.com.br

Diretora Responsável – Mariella Lazaretti Diretor Executivo – Georges Schnyder Rua Andrade Fernandes, 283, telefax (11) 3023-5509, São Paulo, SP, CEP 05421-010, e-mail: 4capas@4capas.com.br Projeto Editorial – 4 Capas Editora R E DAÇ ÃO Diretor de Redação – Ricardo Castilho Editora – Marta Barbosa Projeto Gráfico – Nina Franco Diretora de Arte – Nina Franco Designer – Paula Portella Revisão – Ruth Figueiredo Tratamento de Imagens – Silvio Rogério da Silva Colaboraram nesta edição: Texto – Bianca Marchetti, Carolina Esquilante, Horst Kissmann e Leticia Rocha Fotos – Ricardo D'Angelo, Paulo Mercadante, Carol Gherardi, Dulla e António Rodrigues Produção – Cristina Esquilante

Esta edição da revista Natural da Terra está cheia de argumentos para fazer diferente nesta virada do ano. A começar pela ceia de Natal. Uma reportagem especial apresenta três menus para inovar na noite em família. Há uma sugestão de cardápio inteiramente vegetariano e outro japonês e bem light – ambos pensados de forma a fazer você gastar o menor tempo possível na cozinha. O.k., se você não abre mão da tradição, há também um menu clássico, sem invenções, mas com muito charme. Em outras duas reportagens, apresentamos formas diferentes de aproveitar a riqueza de sabores das frutas. Na seção Produtos da Estação, encontramos uma nutricionista ayurvédica que mostra modos de preparo especiais para o que há de mais fresco nas gôndolas. E, para garantir que a boa e velha salada de frutas ganhe cara nova, a chef do Natural da Terra, Luciana Bonamico, explica como alguns detalhes podem mudar tudo e dar um up na sobremesa clássica do verão. Para tirar proveito da ótima oferta de vinhos do Natural da Terra, preparamos uma seleção especial de rótulos (espumantes, brancos, tintos e de sobremesa) e indicamos alguns drinques para fazer com espumante e refrescar os dias de calor. Espero que as próximas páginas encham você de ideias saborosas. Que 2012 seja uma delícia! Boa leitura e até a próxima edição. Fabiana Marin fabiana.marin@naturaldaterra.com.br

ANO V – No 24

R$ 10

Especial Verão

N AT U R A L DA T E R R A

PUBLICIDADE marketing3@naturaldaterra.com.br

Pode parecer clichê, mas é impossível não se contaminar com o clima de renovação que dezembro nos traz. Independentemente de crenças ou apego às tradições, a chegada do AnoNovo sempre nos apresenta a chance de mudar. De pensar no que está certo e por onde devemos continuar nossa jornada, descartando o que nos incomoda. E mesmo que, dali a dois meses, aquela lista de resoluções caia no esquecimento, por que não tentar mais uma vez, não é mesmo?

| ANO V - No 24

Jornalista Responsável – Ricardo Castilho

Um up grade na salada de frutas, lanches de praia e receitas ayurvédicas, com o melhor da estação

PRODUÇÃO GRÁFICA Doron Central e Compras Gráficas IMPRESSÃO Plural Editora E Gráfica Ltda. Av. Marcos Penteado de Ulhoa Rodrigues, 700 06543-001, Santana de Parnaiba, SP As pessoas não listadas no expediente não estão autorizadas a falar em nome da revista ou a retirarqualquer tipo de material sem prévia autorização emitida pela redação ou pelo departamento de marketing do Natural da Terra.

006_007_OKcarta.rev.indd 6

Vinhos

Os melhores rótulos para as festas de fim de ano

Natal gourmet Três opções de ceia – vegetariana, japonesa e clássica, e reinterpretações do tradicional panetone

001_capa_final_rev.indd 1

12/9/11 5:26 PM

CAPA: RICARDO D’ANGELO (FOTO)

12/12/11 5:40 PM

Job: 285886


006_007_OKcarta.rev.indd 7

Job: 285886 -- Empresa: Burti RS -- Arquivo: 285886-AnGranFormaggio-Natural-210x275_pag001.pdf

12/9/11 5:47 PM


U

cartas VILLA NATURAL Parabéns a todos – diretoria, funcionários da administração, executivos e demais colaboradores. Sua empresa constitui um modelo primoroso de organização em todas as dimensões, caracterizandose tão avançada quanto as mais modernas já visitadas, nos países desenvolvidos do mundo. A inauguração do Villa Natural foi uma dádiva aos moradores desta região e um passo a mais em benefício da civilidade. Prédio de linhas modernas, ótima iluminação e arejamento, distribuição inteligente das gôndolas, permitindo livre circulação aos frequentadores: uma verdadeira aula de organização. Edgar Novaes da Silveira

“FUTI-FUTI” É com imenso prazer que recebo a revista Natural da Terra! Sou consumidora assídua da unidade da Rua João Cachoeira e fiquei feliz ao ler sobre a expansão da rede. Adoro cozinhar e conto diariamente com a qualidade de frutas, legumes e de todos os demais produtos do "futifuti" (maneira carinhosa pela qual chamamos o Natural da Terra aqui em casa, numa alusão a como uma sobrinha nossa de 3 anos se refere ao hortifrúti!). Devo ressaltar, além da qualidade dos produtos, o cuidado com a exposição e a estética das lojas! Ainda não conheço o Villa Natural, mas devo fazê-lo em breve. Lea Maria Gonçalves

8 008_009_OKcartas_rev.indd 8

C

M

Y

TRATAMENTO ESPECIAL

CM

Estive hoje na loja da Vila Madalena e conheci um mundo diferente de compras de frutas no Brasil – olha que conheço muito bem o Brasil! Fiquei encantado com a loja. Só achei um pouco fria. Conversando com o senhor Marcos, ele mencionou que já está tomando as providências para dar maior comodidade e conforto aos clientes sobre esse assunto. Por sinal, a atenção e a educação me cativaram. Nunca fui tão bem tratado em uma loja. Até me ofereceram uma taça de vinho na adega! Jonhy Willian

MY

CY

CMY

K

ERRATA SOBRE CERVEJAS Primeiramente, gostaria de felicitá-los pelo sucesso do Natural da Terra, que vem conquistando o exigente público paulista. É muito bom ter lojas cada vez mais sofisticadas a nossa disposição. Além disso, venho chamar atenção para a reportagem "Geladas e gourmets" (revista Natural da Terra no 23), em que as descrições acerca das cervejas Erdinger Weissbier e Erdinger Pikantus estão trocadas, pois a seta indicativa entre a imagem da primeira aponta para a descrição da segunda, e vice-versa. Espero que esta mensagem seja recepcionada como elogio e sugestão à revista, por ser ela de excelente qualidade – ou seja, o reflexo da rede Natural da Terra. Jonas Carvalho

www.naturaldaterra.com.br

12/9/11 5:34 PM


Untitled-2

1

12/5/11

6:41 PM

C

M

Y

CM

MY

CY

CMY

K

blog.naturaldaterra.com.br

008_009_OKcartas_rev.indd 9

9 12/9/11 5:34 PM


vida saudável

CONCENTRAÇÃO EM 2012 Agora tudo é festa. E férias. Mas logo o novo ano vai começar e com ele aquela “preguiça mental” típica de quem relaxou tanto que sente dificuldade em retomar o ritmo. Normal. Assim como o ser humano precisa de alguns dias para acostumar o corpo ao descanso, precisa também de tempo para voltar ao pique do dia a dia, restabelecer o foco nos objetivos. Há muitas formas de facilitar esse retorno à rotina. Uma delas passa pela mesa. Sim, a forma como nos alimentamos pode ajudar ou atrapalhar nosso nível de concentração. Pratos gordurosos e pesados, como feijoada, batata frita, molhos com queijo e carnes vermelhas, são ótimos para os dias de folga, até porque depois de uma refeição desse tipo tudo o que se quer é uma cama. Ou rede. Mas, se o trabalho chama, temos de optar por itens mais leves, de fácil digestão e que nos deem energia. A seguir, alguns alimentos para ajudar essa transição das férias para a vida real. Vale para os adultos, e também para as crianças na volta às aulas.

LARANJA E MARACUJÁ Como fontes de vitamina C, essas duas frutas aumentam as defesas do organismo. Ideal para combater aqueles resfriados comuns na volta às aulas e ao trabalho. O suco dessas frutas combate o estresse e, sim, acalma os ânimos. Não encare a primeira reunião do ano sem ele.

PEIXE Nossas avós estavam certas quando diziam que peixe é bom para o cérebro. Isso é fato. O consumo de pescados ricos em zinco e selênio beneficia a memória e aumenta o nível de concentração. A explicação é que os peixes em geral nos protegem contra a ação dos radicais livres, preservando as membranas dos neurônios. Inclua peixe no jantar e sinta como as energias se renovam.

ALFACE Tem lactucina, uma substância que tem ação calmante. Mas não adianta comer só as folhas. Inclua os talos e o coração da folha – ali estão as maiores concentrações das substâncias benéficas.

MAÇÃ Muita gente já sabe que essa frutinha barata e abundante é uma das principais fontes de fisetina, composto que estimula os mecanismos cerebrais. Inclua uma no lanche de seu filho e no seu também.

10 010_015_OKvida saudavel.rev.indd 10

OVO Básico, versátil, barato. São muitas as qualidades do ovo, que é fonte de colina, importante na formação dos neurônios e na reparação das células cerebrais avariadas. Por ser produtor de acetilcolina, o consumo de ovo é essencial para fortalecer a memória e facilitar o aprendizado. E sabe aquela tristezinha que bate em trocar a praia pelo escritório? O ovo também combate a depressão.

FRUTAS VERMELHAS Amoras, morangos, cerejas. Essas frutinhas não são apenas charmosas. Ricas em flavonoides, elas têm comprovada eficiência na reversão do déficit de memória. Isso porque elas protegem os neurônios.

www.naturaldaterra.com.br

12/9/11 5:26 PM


VOCÊ SABE O QUE É MEDICINA ANTROPOSÓFICA? Você já deve ter ouvido falar em medicina antroposófica, uma corrente da medicina acadêmica (a convencional) bastante popular em países europeus, como Alemanha, e que ganha cada vez mais adeptos no Brasil. Não é uma oposição à medicina como a conhecemos, mas sim uma ampliação. A diferença básica é que na antroposófica se consideram, além da natureza física do corpo, aspectos individual, psicológico e espiritual do homem. A base desse método é a ciência espiritual, fundada na Europa por Rudolf Steiner, no começo do século passado. As doenças, de acordo com essa corrente, são reflexo de um desequilíbrio na relação entre os sistemas biológico, psicológico e espiritual do homem, que estão intimamente ligados. Não se trata de uma dor na coluna sem entender o que no indivíduo, psicológica ou espiritualmente, poderia ter causado o transtorno. Essa metodologia tem levado ao desenvolvimento e à fabricação de medicamentos próprios, todos tendo como base ingredientes subtraídos da natureza. Ou seja, os remédios antroposóficos estão mais próximos da homeopatia do que da alopatia. Mas os tratamentos vão além da medicação. Massagens rítmicas, terapias corporais e artísticas são opções que os médicos dessa corrente lançam mão. Para saber mais e conhecer algumas aplicações dessa filosofia médica em São Paulo, acesse abmanacional.com.br.

blog.naturaldaterra.com.br

010_015_OKvida saudavel.rev.indd 11

11 12/9/11 5:26 PM


vida saudável

NOVO MUNDO DIANTE DOS OLHOS

COMER RÁPIDO DEMAIS ENGORDA Sim, comer rápido demais aumenta as chances de obesidade, e isso independe da idade. A conclusão foi publicada na revista científica Journal of the American Dietetic Association e é a conclusão de uma pesquisa feita pela Universidade de Osaka com homens e mulheres entre 40 e 50 anos. Os pesquisadores monitoraram os hábitos alimentares de 3 mil pessoas. Em resumo, os homens que davam poucas mastigadas antes de engolir o alimento tinham 84% mais de chance de ter excesso de peso num médio ou longo prazo. Entre as mulheres, a probabilidade dobra. Isso porque comer muito rápido confunde os comandos do cérebro, além de sobrecarregá-lo. A sensação de saciedade, ocorrida a partir da produção da grelina quando o estômago está cheio, leva cerca de 20 minutos para acontecer. Alguém que come depressa acaba precisando de mais comida para que o cérebro entenda que a pessoa está satisfeita. Então, relaxe. Uma refeição precisa durar no mínimo 30 minutos a partir da primeira garfada. E, se a ideia é emagrecer, comece pelas saladas e pratos mais leves, de forma a dar tempo para que a sensação de saciedade chegue ao cérebro.

12 010_015_OKvida saudavel.rev.indd 12

Imagine a cena: você usa lentes de contato e, através de projeções holográficas, consegue ler textos sem um papel ou uma tela de computador diante dos olhos. Sim, essas lentes capazes de projetar imagens diante do usuário já existem e estão em avançado processo de testes em animais nas universidades de Washington, Estados Unidos, e de Aalto, na Finlândia. E com sucesso. Os primeiros testes feitos em coelhos não registraram contraindicações. As lentes biônicas funcionam porque receberam centenas de pixels em sua estrutura gelatinosa. Claro que a primeira funcionalidade que vem à cabeça está relacionada aos jogos eletrônicos. Um garoto poderia jogar videogame enquanto viaja de avião sem precisar de um equipamento eletrônico. Mas a funcionalidade dessas lentes é muita mais ampla. Uma enfermeira poderia checar os exames do paciente por meio da realidade virtual. Um motorista poderia checar a direção por um mapa projetado diante de si. E por aí vai. Uma invenção capaz de, literalmente, descortinar um novo mundo diante de nossos olhos.

www.naturaldaterra.com.br

12/9/11 5:26 PM

anuncio


Há mais de 25 anos, a Paulifruti comercializa frutas de alta qualidade e ainda conta com as melhores parcerias na sua produção mantendo um alto padrão. O cuidado vai além da produção, envolve o transporte até a chegada no Natural da Terra. Tudo mantendo o respeito e carinho para você. Agradecemos ao Natural da Terra pela parceria e por mais um ano juntos e desejamos à todos um Feliz Natal e Próspero Ano Novo.

Av. Dr. Gastão Vidigal, 1946 | Vila Leopoldina Pav: MFE-B | Móds: 214 a 219 – CEAGESP São Paulo - SP – 05314-000 Tel: (11) 3834-2966 / 3834-2424 E-mail: paulifruti@uol.com.br

blog.naturaldaterra.com.br

010_015_OKvida saudavel.rev.indd 13 anuncio paulifruti.indd 1

13

12/9/11 5:26 PM 12/2/11 3:38 PM


FOT_

vida saudável

VERÃO SEM ACNE Calor, transpiração, mais tempo em contato com a natureza. O verão é lindo, mas também traz transtornos, principalmente às pessoas que sofrem com acnes. Há uma série de tratamentos tópicos e orais à disposição, e muitos deles são realmente eficazes, desde que monitorados por um médico. Mesmo com o uso de remédios é ter alguns cuidados básicos para manter a pele sem espinhas. A regra número um na prevenção é não descuidar da limpeza da pele. Lavar o rosto antes de dormir, retirando completamente a maquiagem, é essencial. Mas lavar o rosto demais também é um problema. O recomendado para pessoas com predisposição é lavar o rosto não mais que duas vezes ao dia, para não irritar a pele. Na hora de escolher os produtos de higiene, opte com sabonetes com peróxido de benzoil ou ácido salicílico. Evitar contato com as áreas é importante. Cutucar cravos e espinhas é um erro que muitos cometem. Não ajuda, só piora o quadro. Maquiagem demais causa ainda mais acnes. Nesse quesito, prefira os pós em relação aos cremes. E nos dias de muito calor tenha por perto um lenço de papel para limpar o suor do rosto, que retém bactérias e sujeira nos poros – principais causadores da acne.

DOE SANGUE, SALVE VIDAS Já pensou em se tornar um doador de sangue? No Brasil, o déficit de doação é imenso, e os processos médicos que exigem transfusão estão sempre em alerta. Dados do Ministério da Saúde mostram que se doa por ano cerca de 3,5 milhões de bolsas de sangue, quando pelo tamanho do país seriam necessários 5,7 milhões. O procedimento é mais simples e indolor do que muita gente imagina. A primeira condição é que o doador pese mais que 50 quilos e tenha entre 18 e 67 anos (adolescentes com 16 ou 17 anos podem desde que com autorização do responsável). A doação de sangue está proibida para grávidas, ou mulheres que amamentam, pessoas que tiveram hepatite após os 11 anos de idade ou que sejam portadoras de doenças transmissíveis pelo sangue (aids, hepatite, sífilis e doença de chagas, malária). Antes de se submeter ao procedimento, o candidato a doador responde a algumas perguntas constrangedoras e pode ser desclassificado se for usuário de drogas ou tiver tido relação sexual com parceiro desconhecido sem uso de preservativo. A única documentação exigida é uma carteira de identidade com foto, e o intervalo entre as doações é de 60 dias para homens e 90 dias para mulheres.

14 010_015_OKvida saudavel.rev.indd 14

www.naturaldaterra.com.br

12/9/11 5:27 PM


FOT_anuncio_natural_curv_cs4.pdf 1 12/2/2011 4:09:06 PM

010_015_OKvida saudavel.rev.indd 15

12/9/11 5:27 PM


produtos da estação frutas

Cores e saúde As gôndolas estão cheias de frutas em seu melhor momento. A seguir, as especialidades da época com receitas pensadas por uma culinarista ayurvédica P o r L E T I C I A R O C H A foto s R I C A R d O d ' A n g E LO Produç ão CRIsTInA E s quILAnTE

Figos assados com Flan de avelãs

16 016_023_OKfrutas_rev.indd 16

www.naturaldaterra.com.br

12/9/11 7:07 PM


sorbet de amoras orgânicas

blog.naturaldaterra.com.br

016_023_OKfrutas_rev.indd 17

Ao longo do ano, a bancada vai dando sinal do que a natureza oferece. Há momentos coloridos, outros nem tanto, e nada supera esta época: caqui, jabuticaba, morango, lichia. Tudo fresco, tudo cheiroso. Nesta lista entram ainda os diversos tipos de ameixa, pêssego, nectarina e uva. É hora também de frutas vermelhas, como amora, framboesa e cereja. E de physalis, a frutinha laranja tida como exótica e que, de uns anos para cá, começou a ganhar espaço entre os gourmets brasileiros. Mais frequentes na mesa do brasileiro estão os tropicais coco e manga, que até dá para ter o ano todo, mas atingem o ápice agora. Mais que matar a vontade do que não tem o ano todo, há muitos outros bons motivos para apostar nas frutas da estação. Elas estão em seu melhor momento. Têm sabor e cor. “Elas também não estão tão carregadas de insumos agrícolas, como os fertilizantes usados para garantir colheita o ano inteiro e forçar produção fora da safra”, diz Marise Berg, terapeuta e culinarista com especialização em consciência alimentar, de São Paulo. Isso sem falar nas questões sustentáveis. Nesta época, as frutas não precisam vir de tão longe e não demandam logísticas complicadas, com longos transportes que afetam a questão ambiental. “Engloba ainda aspectos como o solo, o sol, a chuva, o trabalho de quem planta e colhe, transporta, prepara, além do consumo de recursos do planeta usados para a produção dos alimentos”, afirma Marise, que também é graduanda em nutrição e autora do blog Ayurvedicamente (ayurvedicamente.com.br). É por meio desse canal que a especialista, formada pela International Academy of

17 12/9/11 7:08 PM


produtos da estação frutas Ayurveda, na Índia, compartilha informações sobre saúde, alimentação e, claro, muitas receitas. Todos os pratos que Marise divulga em seu blog são criados e testados na cozinha de sua casa. Tantas provas têm explicação: ela é adepta da Ayurveda, um dos sistemas de saúde mais antigos da humanidade, que prega, entre muitas coisas, longevidade, vitalidade, saúde física, mental e emocional. Com base nessa filosofia, a alimentação tem papel vital. Na prática, a Ayurveda não mistura leite e derivados com frutas. Por isso, Marise conta que é sempre um desafio gerar receitas apetitosas sem creme de leite ou leite condensado. “Como opção, uso as castanhas, que têm sabor delicado e refinado e tornam as receitas mais leves e saudáveis”, diz. Trunfos de uma cozinheira Marise combina as frutas da época com especiarias que adicionam sabor e aromas inusitados às preparações. “Penso em melhorar a percepção sensorial, estimulando nossa potência digestiva e tornando dispensável a adição de açúcar”, afirma a terapeuta. Entre os curingas

Figos AssAdos Com FlAn de Avelãs 8 porções

1/2 xícara (chá) de avelãs (sem a casca dura) 800 ml de água filtrada 3 colheres (chá) de ágar-ágar 1 colher (chá) de extrato de baunilha 4 unidades de figos 4 colheres (chá) de melado de cana 4 ramos pequenos de alecrim fresco

Modo de preparo

1 Deixe as avelãs de molho em 400 ml de água por 2 horas. 2 Escorra a água, adicione mais 400 ml de água e bata no liquidificador. 3 Coe em uma peneira e despreze as fibras. 4 Cozinhe o “leite” de avelãs com o ágar-ágar por 2 minutos; depois da fervura, adicione o extrato de baunilha. 5 Coloque em forminhas de empada e deixe descansar por 2 horas na geladeira. 6 Higienize os figos e corte cada um em 4 partes. 7 Em ramequins individuais, coloque 1 figo cortado em quatro, 1 colher (chá) de melado de cana, deixando-o escorrer pelos

18 016_023_OKfrutas_rev.indd 18

em sua cozinha estão o melado de cana, rico em ferro e usado como substituto do mel. Segundo algumas linhas de pensamento, o melado não pode ser levado à fervura, pois perde propriedades terapêuticas e libera toxinas. Outro trunfo de Marise é o uso de ágar-ágar, uma alga rica em fibras, com alto poder de gelatinização, que ajuda na absorção mais lenta dos carboidratos (o açúcar) das frutas. “Com ela ainda dá para fazer uma gelatina em casa e fugir da artificial, que, nutricionalmente, é bem pobre.” Foi com ela que Marise fez o sorbet de amoras orgânicas (uma das receitas que ilustram esta reportagem). “É um preparo todo natural e versátil”, diz. “Se apenas gelar, será uma gelatina; se congelar, um sorbet.” Para mostrar a potencialidade das frutas da estação, a culinarista ainda desenvolveu especialmente para a revista Natural da Terra outras cinco receitas: creme de manga e yacon com granola de amêndoas e cardamomo; frutas assadas com lavanda; e figos assados com flan de avelãs. Entre as bebidas estão um shake de framboesas e capim-santo; e um chá refrescante de hortelã com coco ralado fresco. Difícil é não se render a esses sabores.

pedaços da fruta, e finalize com um ramo pequeno de alecrim fresco. 8 Asse em forno preaquecido a 230 ºC, por 8 minutos. 9 Desenforme os flans e sirva com os figos regados com a calda de melado que se formou no fundo dos ramequins. 10 Enfeite com alecrim.

sorbet de AmorAs orgâniCAs 8 porções de 70 ml

de maçã com o ágar-ágar por aproximadamente 2 minutos; depois da fervura, desligue e você vai sentir a consistência do purê ficar mais firme. 5 Adicione o purê cozido ao creme de framboesas e bata mais um pouco no liquidificador. 6 Coloque em uma travessa e deixe esfriar. Dica: se congelar, a consistência será de sorbet. Se apenas gelar, a consistência será de gelatina.

500 g de amoras frescas 4 colheres (sopa) de suco de limão-rosa 1/2 xícara (chá) de açúcar demerara Maçã Fuji doce (com casca) 150 g, 1 unidade grande 30 ml de água ou a gosto 1 colher (sopa) de ágar-ágar

Modo de preparo

1 Bata as amoras no liquidificador e peneire para retirar as sementes. 2 Adicione o açúcar e o suco de limão e misture bem no liquidificador; reserve. 3 Bata a maçã no liquidificador com água, que deve ser adicionada aos poucos, o suficiente para formar um purê com a fruta; peneire e reserve. 4 Em uma panela, cozinhe o purê

www.naturaldaterra.com.br

12/9/11 7:08 PM


geladas. m ser con e d o p s ta u fr em bolos • Algumas ão usadas r e s e u q s lavadas nte a m ser bem Especialme e v e d , to n a ara ta ue em cad e tortas. P dos. Coloq a r ti e . r o m s u o ç cons e os caro ta para o a x e o ã i ç a r v e po eezer o qu saquinho a tira do fr ó s m a data ê o c c o v tiqueta Assim, e a m u e u anana e . Coloq da fruta. B usar no dia e m o n o mento e do congela geladas m ser con e d o p o ã n pera

DICA DO

NAT U R ITO

blog.naturaldaterra.com.br

016_023_OKfrutas_rev.indd 19

19 12/9/11 7:08 PM


produtos da estação frutas

FrutAs AssAdAs Com lAvAndA 4 porções

1 maçã Fuji 1/4 melão Cantaloup 4 ameixas com casca (pode ser substituído por abacaxi doce, figo, goiaba ou pêssego) 1 pêssego com casca 1 colher (chá) de lavanda seca 1 colher (chá) de extrato de baunilha (opcional) 1 colher (chá) de ghee (manteiga clarificada)

Modo de preparo

1 Forre uma assadeira com papel laminado suficiente para fazer um papillote. 2 Corte as frutas em pedaços médios de 1,5 cm a 2 cm. 3 Adicione o ghee, espalhando-o para que se misture nas frutas, o extrato de baunilha; polvilhe a lavanda. 4 Feche o laminado e asse no forno preaquecido a 230 ºC por 10 minutos. 5 Abra o laminado e regue as frutas com o caldo que se formou ao fundo do recipiente. 6 Feche e asse por mais 5 minutos. 7 Sirva morno.

Creme de mAngA e YACon Com grAnolA de AmêndoAs e CArdAmomo 2 porções

1 manga sem casca 1 batata Yacon sem casca 1/4 de colher (chá) de chá de Ghee (manteiga clarificada) ou manteiga comum 6 favas de cardamomo 2 colheres (sopa) de amêndoas laminadas sem casca 2 colheres (chá) de uvas-passas escuras 1 colher (chá) de açúcar mascavo 2 colheres (chá) de coco ralado (opcional) 60 ml de água filtrada

Modo de preparo

1 Corte a manga e a batata e bata no liquidificador com 30 ml de água; reserve. 2 Abra as sementes de cardamomo e despreze as cascas; em um pilão, massere o cardamomo e reserve. 3 Massere as amêndoas e reserve. 4 Em uma panela, doure o cardamomo moído em ghee, rapidamente, por cerca de 10 segundos, para não queimar. 5 Adicione o açúcar, os 30 ml de água, as passas, as amêndoas, o coco ralado e mexa por 1 minuto ou até formar uma granola molhada. 6 Sirva o creme gelado com a granola quente.

20 016_023_OKfrutas_rev.indd 20

www.naturaldaterra.com.br

12/9/11 7:08 PM


a fruta rada de um r a tempo ita ve ro que ap r • Para para evita pecial, ou es ra esmo de m si que con e geleias. O compotas a aç es f et , rv ue estrag ores e so eparo de lic pr o ra vale pa

DICA DO

NAT U R ITO blog.naturaldaterra.com.br

016_023_OKfrutas_rev.indd 21

21 12/9/11 7:08 PM


sHAKe de FrAmboesAs e CAPim-sAnto 2 Copos de 240 ml

de uma só a geladeira isso • Não encha ais vezes, compras m e vez. Vá às os sc s fre odutos mai garante pr erdício menos desp

tragam com tos que es dos • Os alimen acondiciona devem ser facilidade congelador próximos ao

DICA DO

NAT U R ITO

5 folhas frescas de capim-limão (ou cidreira, ou hortelã) 200 ml de água filtrada 200 g de framboesas orgânicas (ou amoras ou morangos) 80 ml de leite de coco 2 colheres (chá) de xarope de Agave (opcional)

Modo de preparo

1 Bata no liquidificador o capim-santo e a água. 2 Coe em peneira fina e lave o liquidificador para remover as fibras do capim-limão. 3 Bata novamente no liquidificador o suco de capim- limão com todos os ingredientes e está pronto para servir. Dica: se preferir, coe novamente para remover os caroços das framboesas.

CHÁ reFresCAnte de Hortelã Com CoCo rAlAdo 1 lITro

XÍCARA TRAnsPAREnTE LuIgI BORMIOLI dA MAIsOn dEs CAVEs (WWW.MAIsOndEsCAVEs.COM.BR) PRATO quAdRAdO, PAnELA IndIAnA, COPO PARA sHAKE, CuMBuCA BRAnCA E JARRA ACERVO dA CHEF COLHER dE PAu, COLHER dE VIdRO, BAndEJA FLOR E AMPOLA ACERVO dA PROduTORA

1 litro de água filtrada 4 colheres (chá) de coco ralado fresco 20 folhas de hortelã (ou capim-limão ou 4 colheres de chá de hortelã) 2 colheres (chá) de mel

22 016_023_OKfrutas_rev.indd 22

Modo de preparo

1 Ferva a água a 90 ºC. 2 Adicione o coco ralado e as folhas de hortelã. 3 Tampe, desligue o fogo e deixe a infusão descansar por 3 minutos. 4 Coe o líquido e gele. 5 Adicione o mel, mexa e sirva em seguida. Receitas da culinarista ayurvédica Marise Berg, terapeuta e autora do blog Ayuvedicamente; ayurvedicamente.com.br

www.naturaldaterra.com.br

12/9/11 7:08 PM

anuncio g


016_023_OKfrutas_rev.indd 23

12/12/11 11:26 AM


cliente gourmet

Torta Sacher

POR CAROLINA ESQUILANTE PROduçãO CRISTINA ESQUILANTE fOtOs RICARdO d'ANgELO

Com açúCar, e Com amor Na casa de Lea Gonçalves, cliente do Natural da Terra Itaim, não existe Natal sem esse bolo de chocolate Não precisa ter na família uma cozinheira talentosa para garantir uma mesa cheia de delícias na noite de Natal. Mas não dá para negar que é uma sorte ter por perto pessoas como Lea Gonçalves. Formada em artes plásticas, Lea trabalhou a vida inteira como estilista. “A culinária era um hobby”, diz. “Sempre gostei de me aventurar na cozinha, passava horas observando minha mãe, para aprender as receitas.” Hoje, aos 49 anos, Lea conta com o incentivo da família para criar delícias na cozinha. “Acho que desenvolvi mais o gosto pela culinária depois do nascimento de Pedro, há 20 anos”, diz a estilista. O maridão também aprova os dotes de sua mulher, que está sempre pesquisando novos sabores, seja em programas de televisão, nos livros ou nos cardápios de novos restaurantes. Outra fonte de aprendizado são as gôndolas do Natural da Terra Itaim, do qual é frequentadora assídua. “Tem dias que chego a ir duas vezes”, afirma. “Costumo dizer que cozinhar é uma arte que requer alguns cuidados especiais, como a escolha dos ingredientes. No Natural é sempre tudo muito fresco e de ótima qualidade.” Ir tanto à loja está explicado pela quantidade de receitas que ela testa. “Raramente sigo à risca o preparo, procuro sempre fazer reinterpretações”, diz. É o caso da receita que une a família na noite de Natal: a torta Sacher, ensinada por uma amiga em 1985. Originalmente, é um bolo de chocolate recheado de damasco e servido com chantilly, criado por Franz Sacher em 1832. “Criei uma nova versão da torta, mais brasileira, com castanha-do-pará”, diz. “No lugar do chantilly, pode-se usar o sorvete de creme, que combina perfeitamente.” Esse bolo é tudo o que um gourmet pode desejar: dá o mínimo de trabalho no preparo e uma grande recompensa na hora de servir. “Que o digam todos de casa, que não aceitam um Natal sem essa sobremesa”, diz Lea. Confira a seguir a receita dessa sobremesa deliciosa e muito prática.

24 024_027_OKcliente_gourmet.rev.indd 24

www.naturaldaterra.com.br

12/9/11 4:15 PM


25 024_027_OKcliente_gourmet.rev.indd 25

12/9/11 4:15 PM


cliente gourmet

No brinde de fim de ano de Lea, a receita de 1832 não pode faltar: “mas faço minha interpretação da torta”

torta Sacher

TorTa SaCher 6 porções 6 gemas 2 xícaras (chá) de castanhas-do-pará trituradas (no liquidificador) 2 xícaras (chá) de açúcar 4 colheres (sopa) de chocolate em pó 4 colheres (sopa) de farinha de rosca 2 colheres (sopa) de margarina 3 maçãs descascadas e raladas (ralo grosso) 6 claras em neve Cobertura 1 lata de creme de leite, sem soro 3 colheres (sopa) de chocolate em pó 1 colher (sopa) de manteiga 1 colher (sopa) de achocolatado

Modo de preparo

1 Bata as gemas com o açúcar até ficar

26 024_027_OKcliente_gourmet.rev.indd 26

bem cremosa. 2 Junte a margarina e bata novamente até que fique homogênea. 3 Acrescente o chocolate e a farinha de rosca e bata novamente. 4 Adicione as maçãs e as castanhas. 5 Junte as claras em neve e mexa delicadamente. 6 Despeje em forma redonda (30 cm de diâmetro) untada com margarina e polvilhada com farinha de trigo. 7 Leve ao forno, a 180 °C, por aproximadamente 40 minutos. Cobertura 1 Leve ao fogo em banho-maria até que os ingredientes se dissolvam por completo. 2 Cubra e confeite com castanhas-do-pará. 3 Mantenha na geladeira. 4 Sirva em fatias, com sorvete de creme ou chantilly.

Receita de Lea Gonçalves, cliente do Natural da Terra Itaim.

www.naturaldaterra.com.br

12/9/11 4:15 PM


Inove a sua Ceia com produtos orgânicos da Direto da Serra!

Monte saladas com a linha completa de orgânicos: tomates, alfaces americana e roxa, rúcula e radicchio. E para dar um gostinho especial às carnes, temos temperos verdes: hortelã, manjericão, alecrim, orégano e cheiro-verde. A Direto da Serra atua no mercado de orgânicos desde fevereiro de 2003. A tradição e a experiência no campo, aliada à fertilidade do solo, rica em matéria orgânica e fontes de água com qualidade controlada, permite que ela seja uma empresa diferenciada no segmento de produção de hortaliças.

TOALhA dE mESA, AvENTAL, ENfEITES NATALINOS, gUARdANApO E fACA ACERvO dA pROdUTORA pRATO dE vIdRO ACERvO dA CLIENTE TAçAS pARA AgUA E TAçAS fLûTE pARA ChAmpANhE IRIS pLATIA/OURO dA ROjEmAC (www.ROjEmAC.COm.bR)

De origem oriental, a empresa possui como objetivos a obtenção de produtos saudáveis e de qualidade, comprometendo-se oferecer aos seus consumidores, vegetais orgânicos com as melhores condições sanitárias e nutricionais possíveis.

blog.naturaldaterra.com.br

024_027_OKcliente_gourmet.rev.indd 27

Informações:(11) 4724.0148 www.diretodaserra.com.br

27 12/9/11 4:15 PM


especial verão salada de fruta

Doce exercício A chef do Natural da Terra, Luciana Bonamico, ensina a “fórmula” para transformar a cotidiana salada de frutas em sobremesa de impressionar P o r L e t i c i a R o c h a foto s R i c a R d o d ' a n g e Lo P r o d u ç Ã o c R i S t i n a e S Q U i L a n t e

Uma taça de salada de frutas é sempre bem-vinda a qualquer hora do dia. Vai bem no café da manhã e no lanche da tarde, no almoço ou no jantar – no melhor estilo “adoçar a vida sem deixar o quesito saúde de lado”. Ainda mais agora, em tempos em que os termômetros estão lá nas alturas, a refrescante opção é a sobremesa perfeita para devorar sem moderação. Já é uma delícia aquela simples, feita comumente em casa com laranja, maçã e mamão e uma ou outra fruta da época que tiver na geladeira. Especialmente se ela tiver aquele “caldinho” característico, feito com suco de laranja e guaraná e, aos que se permitem, chantilly. Mas dá para ir muito além do trivial, com toques gourmet, e virar uma sobremesa de impressionar. Quem ensina os truques e sugere as receitas é a chef do Natural da Terra, Luciana Bonamico. “Salada de frutas gostosa é aquela em que a gente sente na boca aquele azedinho, com algo doce e um leve cítrico também”, diz. “Tem de ter um molhadinho, como um creme, uma calda e, para completar, um crocante.” Com base nessa “fórmula”, a chef criou três receitas de preparo bem fácil e que não exigem aquela lista gigante de ingredientes que desanima qualquer um de ir para a cozinha. A melhor dica é explorar a fruta natural, e os contrastes de sabores entre elas. Nada de mascarar com muitas coberturas “gordas” e guloseimas carregadas de açúcar. No auge da temporada, as frutas vermelhas podem ser uma boa investida. Morango, framboesa, cereja e amora foram a aposta de Luciana. A partir delas, bastaram apenas iogurte natural, que, além de garantir a textura cremosa, ajuda com o azedinho. Mel, preferencialmente orgânico e de laranja, dá um doce levemente cítrico. Lâminas de amêndoas salpicadas minutos antes de servir garantem o crocante.

28 028_033_OKsaladafrutas.rev.indd 28

www.naturaldaterra.com.br

12/9/11 5:06 PM


Salada de frutaS vermelhaS com iogurte e amêndoaS laminadaS e mel orgânico com laranja

blog.naturaldaterra.com.br

028_033_OKsaladafrutas.rev.indd 29

29 12/9/11 5:06 PM


especial verão salada de fruta

SALADA De fruTAS vermeLhAS com iogurTe e AmêNDoAS LAmiNADAS e meL orgâNico com LArANjA 1 porção

Essa mesma equação foi usada pela chef para criar mais duas receitas: a salada de figo, pêssego e damasco frescos com creme de baunilha e limão-siciliano e granola; e a de kiwi, abacaxi e uva verde sem semente com sorvete de pistache e coulis de hortelã. “Não tem erro, é só olhar as frutas cotidianas que tem em casa e, para dar um ar ‘mais nobre’, apostar no que há de mais fresco e saboroso, além de acessível ao bolso”, diz Luciana. “No Natal e no verão, a variedade de frutas é riquíssima.” Aos que não dispensam o uso da banana, a chef concorda que não há truque melhor do que o caseiro uso de gotas de limão para a fruta não escurecer. Para o time dos que preferem a receita clássica, a chef sugere leves interferências: suco de tangerina ou de maracujá para fazer a caldinha, em vez do de laranja; e sorvete ou sorbets, como os de manga ou pera, dão suavidade e doçura. Por fim, bebidas como champanhe, espumante e até o destilado italiano grappa rendem sofisticação. Boa hora para começar a exercitar essa “fórmula” em casa. A lição nunca fora tão doce.

30 028_033_OKsaladafrutas.rev.indd 30

80 g de morango picado 80 g de framboesa 80 g de amora 80 g de cereja fresca picada 50 g de amêndoas laminadas 30 g de mel orgânico com laranja 1 pote de iogurte natural

Modo de preparo

1 Pique o morango e a cereja. 2 Em um bowl, misture todas as frutas. 3 Derreta por 20 segundos o mel e misture-o às frutas. 4 Em uma taça, coloque o iogurte, as frutas com o mel e as amêndoas laminadas, levemente torradas.

SALADA De figo, pêSSego e DAmASco freScoS com creme De BAuNiLhA e Limão-SiciLiANo e grANoLA 1 porção

125 g de açúcar 5 gemas 500 ml de leite 10 ml de limão-siciliano 4 figos frescos sem casca 3 pêssegos pequenos cortados em cubos 2 damascos pequenos cortados em cubos 1 fava de baunilha Granola a gosto

Modo de preparo

1 Corte as frutas em cubos pequenos; reserve. 2 Ferva o leite com o limão, com a fava de baunilha cortada ao meio no sentido longitudinal, e, à parte, misture as gemas com o açúcar. 3 Acrescente o leite, as gemas, aos poucos, mexendo sempre. 4 Leve ao fogo baixo e vá mexendo até que engrosse, levemente, o creme inglês. 5 Resfrie. 6 Sirva as frutas picadas com creme inglês e a granola de sua preferência.

www.naturaldaterra.com.br

12/9/11 5:06 PM


blog.naturaldaterra.com.br

028_033_OKsaladafrutas.rev.indd 31

31 12/9/11 5:06 PM


tecido e taça paRa SobRemeSa aceRvo da pRodUtoRa cUmbUca de vidRo baRco, taça paRa maRtini, taLheReS de acRiLico da Koi do eSpaço Santa heLena (www.eSpacoSantaheLena.com.bR)

especial verão salada de fruta

SALADA De kiwi, ABAcAxi e uvA verDe Sem SemeNTe com SorveTe De piSTAche e couLiS De horTeLã 1 porção

100 g de açúcar 50 ml de água 3 kiwis em cubos 1 xícara (chá) de abacaxi em cubos 1 xícara (chá) de uva verde cortada ao meio 1 xícara (chá) de hortelã Sorvete de pistache a gosto

Modo de preparo

1 Corte as frutas em cubos pequenos, 2 Bata a água, o açúcar, a hortelã e leve ao fogo baixo por 20 minutos; resfrie. 3 Em uma taça, coloque o pistache, as frutas e cubra com o coulis de hortelã.

Receitas da chef Luciana Bonamico, do Natural da Terra.

32 028_033_OKsaladafrutas.rev.indd 32

www.naturaldaterra.com.br

12/9/11 5:06 PM

_2_estaca


TEMPORADA DO ABACAXI! A ESCOLHA É SUA. A SELEÇÃO É NOSSA! A preocupação com você faz parte de nosso dia-a-dia, conquistando sua escolha através da aparência e sabor inigualável de nossas frutas, legumes e verduras. Todos os detalhes são fatores decisivos, que vão desde a produção no campo até a sua mesa, criando assim uma verdadeira relação de afeto entre a qualidade de nossos produtos e o prazer de consumi-los.

Tel.: (11) 3644.9296 – Fax: (11) 3643.8956 estacaosabor@estacaosabor.com.br

028_033_OKsaladafrutas.rev.indd 33

12/9/11 5:06 PM

_2_estacao sabor.indd 1

12/7/11 9:30 AM


especial verão lanches

Fominha de praia Resista à tentação das frituras. Confira as dicas para manter uma alimentação saudável nos dias de sol P o r C A R O L I N A E S Q U I L A N T E foto s R I C A R d O d ' A N g E LO

Que atire o primeiro queijo de coalho quem nunca teve momentos de farra praieira, regada a muita fritura e caipirinha. Um dia de espetinhos de camarão, pastel e peixinho frito, vá lá! Mas um verão inteiro, isso pesa. No fim de uma semana de vida hedonista, o biquíni já não cai tão bem, e a canga vira companhia inseparável. Terminar as férias mais gordo e menos saudável não é justo. E nem precisa ser assim. “Há muitas opções melhores de comidinha que não sejam as frituras”, diz a nutricionista Juliana de Melo Sá, de São Paulo. “Além de serem calóricos, esses alimentos têm digestão mais lenta.” Não significa que você tenha de cortar tudo o que gosta. “Uma sugestão saborosa e nutritiva de lanche de praia é o milho-verde cozido.” Fonte de carboidrato que dá energia, o milho contém substâncias antioxidantes que protegem inclusive a visão. Além disso, o milho-verde fornece proteínas, fibras, vitaminas E e do complexo B. Claro, para ficar bem mesmo na fita, dispense a manteiga ou margarina. Um pouco de sal está liberado. Para os que gostam de se aventurar na cozinha, uma dica é criar os próprios sanduíches. Você coloca os ingredientes de que mais gosta, dos quais conhece a procedência, e pode armazenar em bolsas térmicas para que permaneçam frescos ao longo do dia. No cardápio da chef Alexandra Tedesco, do restaurante Ale Tedesco Bakery Shop, de São Paulo, há saladas de folhas verdes com granola salgada, quiches com farinha integral e sementes de linhaça na massa, sanduíches de atum, rosbife e frango no pão integral, que fazem muito sucesso. Depois de um dia de sol, não caia na tentação de um almoço-jantar pesado. Para essas refeições são indicadas comidas com mais sustança. Lentilha com lascas de peito de frango, hortelã e mandioquinha; quiches integrais, de alho-poró ou champignon, acompanhadas de saladinha verde são sugestões de Alexandra. “Até mesmo uma massa integral, feita com molho puro de tomate, é uma refeição nutritiva e leve.”

34 034_037_lanche_praia.rev.indd 34

BeBidas e soBremesas Não são só as friturinhas que tiram qualquer um da dieta nesta época do ano. Cervejas, caipirinhas e sorvetes calóricos, cheios de cobertura gordurosa, podem ser substituídos no dia a dia e virar comida especial. Com receitas mais leves não é necessário abrir mão dos doces. “Temos um bolo superleve em nosso cardápio, o heidi, feito com pão de ló e creme de baunilha bem suave, coberto com frutas vermelhas”, diz Alexandra. É importante aliar ingredientes como frutas com elementos menos adocicados e fugir das tortas com muito brigadeiro, muito creme e cobertura. Dos picolés, Juliana sugere os de frutas, em vez dos à base de leite, pois além de serem mais saudáveis são também mais refrescantes. “As frutas in natura podem ser levadas à praia previamente higienizadas, em recipientes térmicos, e são uma boa opção para quando bater aquela vontade de algo mais doce”, diz. “O açaí também entra nesse time, já que tem altíssimo poder antioxidante, é fonte de energia e contém os ácidos graxos ômega 6 e 9, vitamina A, vitamina C, cálcio, fósforo e potássio.” Para aproveitar melhor seus benefícios, a dica é consumi-lo com frutas, como banana e morango, evitando acrescentar leite condensado e flocos de milho açucarados. Um agravante que deve ser considerado é o sol forte e a perda de líquido. “Para se manter bem hidratado, fique longe dos refrigerantes, até mesmo das versões diet, light e zero e das bebidas alcoólicas, que aumentam a retenção de líquidos ocasionando inchaço.” Aposte na água, nos sucos naturais e na água de coco, que pode ser usada em drinques incríveis sem álcool. No Bar, sem desculpas Para muita gente, adotar uma postura mais saudável implica também mudar outros hábitos, como deixar de frequentar bares, onde as tentações são muitas. Mas uma coisa não tem a ver com a outra. O bar e restaurante Pé

www.naturaldaterra.com.br

12/9/11 5:41 PM


blog.naturaldaterra.com.br

034_037_lanche_praia.rev.indd 35

35 12/9/11 5:41 PM


de Manga, na Vila Madalena, em São Paulo, oferece em ambiente de aspecto praiano, com mesas ao ar livre sob sombreiros em meio à natureza, opções de prato que fogem das frituras. No cardápio, executado pelo chef Julio Morillo, estão sanduíches de filé de frango, tomate seco e mussarela de búfala no pão tipo baguete; beirutes de peito de peru, queijo, alface, tomate e molho rosé; e carpaccio, parmesão e molho mostarda no pão ciabatta, entre outras opções. Confira uma receita que pode lhe ajudar a criar alimentos saudáveis para entrar 2012 em forma, e com saúde.

Lanchinhos

Inclua algumas dessas ideias na bolsa de praia •

No verão, o ideal é selecionar alimentos que deem mais energia, ainda mais se você está pretendendo passar o dia na praia e pular o almoço.

As barrinhas de cereais, além de práticas, podem ser transportadas facilmente e são fonte de fibras. No entanto, é preciso certo cuidado com elas. “Procure consumi-las com moderação, pois são também fonte de açúcar e gordura”, afirma a nutricionista Juliana de Melo Sá. “Fique atento aos rótulos e escolha aqueles cujo primeiro ingrediente seja algum cereal, como a aveia em flocos, e não o xarope de glicose.”

As oleaginosas (castanha-do-pará ou castanha-do-brasil, castanha de caju, amêndoas, nozes, avelã, pistache, amendoim e macadâmia) são fonte de nutrientes antioxidantes como vitamina E e selênio. Contêm magnésio, zinco e fósforo, que atuam no adequado funcionamento do organismo, além de gorduras monoinsaturadas, que agem nos processos inflamatórios. “O ideal é fazer um mix de oleaginosas e sementes para comer ao longo do dia”, diz Juliana. Esse mix pode ser composto de 1 castanha-do-brasil, 2 nozes, 3 castanhas de caju e 1 colher (sopa) de sementes de girassol.

Apesar de benéficas, as oleaginosas são um pouco calóricas e devem ser consumidas moderadamente: uma porção diária é ideal.

36 034_037_lanche_praia.rev.indd 36

SANDUÍCHE DE QUEIJO COTTAGE 1 PORÇÃO

250 g de queijo tipo cottage 3 colheres (chá) de zaatar 2 colheres (sopa) de granola salgada 5 minifolhas de rúcula 3 fatias de pão de forma integral ou multigrãos 3 minifolhas de alface americana 3 fios de xarope de romã (para decorar) 3 pimentas-rosas (para decorar) 2 tomates-cerejas 1 rabanete Sal a gosto

Modo de preparo

1 Lave as folhas verdes e monte no prato, de modo a preencher 1/4 do prato. 2 Lave os tomates-cerejas e corte-os ao meio, colocando-os em cima da salada. 3 Corte 3 fatias grossas (de 3 cm a 4 cm cada uma) do pão de forma escolhido. 4 Distribua-as no prato e coloque queijo cottage em cada uma delas. 5 Reserve. 6 Corte o rabanete em finas fatias e coloque 4 fatias em cada pedaço de pão. 7 Pincele cada parte do pão com 1 colher (chá) de zaatar. 8 Decore com o xarope de romã e a pimenta-rosa. 9 Sirva com a granola salgada.

Receita de Alexandra Tedesco, do Ale Tedesco Bakery Shop, São Paulo, SP; aletedesco.com.br

www.naturaldaterra.com.br

12/9/11 5:41 PM

anuncio alh


Akio Produtos Alimentícios Ltda. Rua Carnaúba dos Dantas, 151 Ermelino Matarazzo CEP 03891-000 – São Paulo - SP Tel.: 11 2280.5412 ou 2041.1446 E-mail: akio.roxo@superig.com.br www.akioroxo.com.br

A Akio Produtos Alimentícios Ltda. já está no mercado há 28 anos, levando mais sabor a sua vida. Atualmente é uma das principais marcas de alhos em São Paulo. Akio & Roxo sempre procurou trabalhar com honestidade, qualidade, baixo custo, e um bom atendimento aos nossos clientes, para levar ao consumidor produto de excelente qualidade. Com uma gama de produtos, a Akio & Roxo comercializa alho a granel, em pacote, frito, triturado e agora com um lançamento da tapioca. blog.naturaldaterra.com.br

034_037_lanche_praia.rev.indd 37 anuncio alho akio.indd 1

37 12/9/11 5:41 PM 12/2/11 3:08 PM


tendência panetone

Criatividade à mesa Sozinho já é uma delícia, mas, se a ideia é surpreender, veja a seguir como transformar o panetone do Natural da Terra na estrela da noite de Natal P o r B i a n c a M a r c h e t t i foto s r i c a r d o d ' a n g e lo

Ah, o Natal! Para os cristãos, é tempo de recordar o nascimento de Jesus. Para os mais festeiros é também uma oportunidade de reunir os amigos ou a família. E, entre os gourmets, é um momento de grande deleite. Pernil, peru, leitão à pururuca, farofa e sobremesas, muitas e variadas. Por falar em sobremesa, usar a criatividade e repaginar clássicos como o panetone está em alta. “O doce de origem italiana pode ser o gran finale da ceia”, diz Luciana Bonamico, chef do Natural da Terra. Os panetones Tradicional e Gotas de Chocolate, da marca própria do grupo Gourmand, ganharam sofisticação em três receitas criadas por ela. Em uma delas, o panetone vira um míni-gâteau que, acompanhado de sorvete de damasco seco, fica muito charmoso. A tão requisitada rabanada pode ser feita com o doce. Basta substituir o pão tradicional por fatias generosas de panetone. As frutas garantem um toque especial. “Harmonize com um bom vinho branco do tipo

38 038_041_OKpanetone.rev.indd 38

Sauternes”, diz a chef. Outra dica é preparar uma ganache de chocolate com licor Baileys e rechear o panetone de chocolate. Dá até para presentear os convidados.

A história

O panetone teria sido criado em Milão, em meados do século XV, por um jovem chamado Toni. Apaixonado pela bela filha do padeiro, ele teria se disfarçado de padeiro para trabalhar com o pai da moça a fim de conquistar sua confiança. Na tentativa de fazer um pão doce, criou algo novo. O tamanho incomum para a época e o formato que lembra uma cúpula de igreja teriam agradado aos fregueses. O garoto, enfim, pôde namorar a amada.

www.naturaldaterra.com.br

12/9/11 7:09 PM


RabaNada de paNeToNe Com CReme iNglêS de amaReTTo 8 porções

8 fatias de panetone de 10 cm 125 g de açúcar 500 ml de leite 20 ml de licor Amaretto 10 ml de limão-siciliano 3 ovos Canela e açúcar a gosto Creme inglês 300 ml de leite 5 gemas 1 fava de baunilha

Modo de preparo

rabanada 1 Bata os ovos com um garfo. Misture com o leite. 2 Esquente uma frigideira com óleo, mas não deixe ficar tão quente. 3 Enquanto isso, passe as fatias de panetone na mistura de leite e ovos. 4 Frite até dourar de ambos os lados. 5 Passe no açúcar com canela.

Creme inglês 1 Em um bowl, misture as gemas com o açúcar. Reserve. 2 Ferva o leite com o limão e a fava de baunilha cortada ao meio no sentido longitudinal. Desligue o fogo. 3 Misture o leite e as gemas, mexendo sempre. 4 Leve ao fogo baixo, acrescente o licor de Amaretto e vá mexendo até que engrosse. Resfrie.

blog.naturaldaterra.com.br

038_041_OKpanetone.rev.indd 39

39 12/9/11 7:09 PM


MontaGeM 1 Corte a base inferior (parte debaixo) do chocotone com 1 cm de largura. Reserve. 2 Faça um círculo no meio, retire o miolo, de forma que fique um buraco. 3 Recheie o panetone com a ganache e tampe a base com o fundo reservado. 4 Deixe esfriar na geladeira por 4 horas.

míni-gâteau de panetone Com reCheio de sorvete de Baunilha e damasCo seCo em Calda 4 porções

200 g de panetone de frutas Natural da Terra 200 g de sorvete de baunilha 150 g de damasco seco 50 g de açúcar 100 ml de água 50 ml de vinho de sobremesa 4 cravos

Na dúvida sobre o presente de Natal, vá de kit Natural da Terra: um espumante Nocturno Brut e um Panettone Gourmand

Modo de preparo ChoCotone Com ganaChe de ChoColate e Baileys 6 porções

1 chocotone Natural da Terra Ganache de chocolate e Baileys 350 g de chocolate amargo picado 240 ml de creme de leite 80 ml de licor Baileys

Modo de preparo

1 Em uma tigela pequena coloque o chocolate picado. Reserve. 2 Numa panela, esquente o creme de leite. Deixe-o ferver, tomando cuidado para que não derrame da panela. 3 Acrescente o licor Baileys e o chocolate. Misture bem até formar um creme. Desligue o fogo. 4 Deixe a ganache esfriar por alguns minutos até que adquira consistência firme. 5 Em seguida, misture-a com um batedor de arame até formar um creme fofo.

40 038_041_OKpanetone.rev.indd 40

1 Corte o panetone em fatias de 1 cm de espessura. Reserve. 2 Utilize aros de 10 cm de diâmetro. Coloque-os sobre bases redondas e envolva a parte interna em filme plástico. Recheio 1 Corte os damascos ao meio e pique-os. 2 Em uma panela, em fogo médio, coloque os damascos, o açúcar, o vinho, a água e os cravos. Deixe cozinhar e reduzir por 30 minutos. MontaGeM 1 No aro, coloque uma base de panetone e cubra com sorvete até que fique uma camada de 2 cm. 2 Disponha os damascos sobre o sorvete. Repita o processo por mais três vezes, de modo que a última camada seja e sorvete. 3 Leve ao freezer por 5 horas. 4 Retire e decore com os damascos. 5 Retire do aro puxando o filme plástico.

Receitas da chef Luciana Bonamico, do Natural da Terra.

www.naturaldaterra.com.br

12/12/11 6:13 PM


blog.naturaldaterra.com.br

038_041_OKpanetone.rev.indd 41

41 12/9/11 7:09 PM


especial ceias

peito de peru bolinha com molho de laranja kinkan

42 042_055_OKceias.rev.indd 42

www.naturaldaterra.com.br

12/9/11 4:05 PM


Natal para todos Seguir a tradição não significa fazer tudo sempre igual. A seguir, três ideias de ceia: uma vegetariana, uma clássica e outra oriental P o r M A RTA B A R B O S A foto s R i c A R d O d ' A n g e lO P r o d u ç Ã o c R i S T i n A e S Q U i l A n T e

Todo ano é tudo sempre igual. Festa em família, mesa farta, a turma ansiosa pela ceia, mas que tal surpreender no cardápio da noite de Natal? Se o medo é aumentar a já tradicional trabalheira que antecede a noite do dia 24 de dezembro, esta reportagem é para você. A chef do Natural da Terra, Luciana Bonamico, e o consultor de culinária japonesa Carlos Ohata arregaçaram as mangas do dólmã antes de você e montaram três ceias cujo ponto em comum é a facilidade no preparo. A ideia é sugerir receitas simples, mas com um quê de festa essencial nesta época do ano. Tudo feito com produtos à venda em qualquer uma das lojas da rede de hortifrútis e que não exige longo pré-preparo. Alguns pratos dá até para encomendar à turma do Natural da Terra, mas nesse caso é preciso antecedência mínima de dois dias. “Nossa equipe está treinada para receber todos os pedidos”, diz Luciana. “Desde que sejam itens do nosso receituário, fazemos do jeito que o cliente pedir.” Seus únicos trabalhos, nesse caso, serão montar a mesa, acolher com carinho os convidados e receber os elogios.

blog.naturaldaterra.com.br

042_055_OKceias.rev.indd 43

43 12/9/11 4:05 PM


especial ceias

Quiche de bacalhau com brócolis

44 042_055_OKceias.rev.indd 44

ceia clássica Para os tradicionais, a dica é a ceia clássica, que tem como entrada um cuscuz de camarão (leia a receita a seguir), que leva também carne de cação, ovos e palmito. Versátil, esse prato permite dar asas à imaginação. Dá para acrescentar azeitonas, alcaparras e até algum tipo de fruta seca, como passas. O toque de chef no cuscuz assinado por Luciana é o leite de coco, misturado às farinhas de milho e de mandioca na hora do cozimento. Ainda como entrada, Luciana sugere uma quiche de bacalhau com brócolis que está na lista dos itens que podem ser encomendados nas lojas do Natural da Terra. “O cliente que preferir pode substituir a massa de quiche pela de torta salgada, mantendo o recheio”, diz a chef. “O tamanho também é opcional: pode ser uma porção individual ou de tamanho grande, para ser fatiada na mesa e reforçar o clima de comida caseira.” De prato principal, são duas as opções. Primeiro, um peito de peru bolinha com molho de laranja kinkan, que pode ser substituído por tender. O molho cítrico equilibra a gordura da proteína, além de dar um sabor mais tropical à receita.

www.naturaldaterra.com.br

12/9/11 4:05 PM


CuSCuz trAdiCioNAl de CAmArão 6 porções

1 kg (2 vidros) de palmito em conserva 500 g de cação em postas 500 g de camarão médio 200 ml de leite de coco 1 xícara (chá) de farinha de milho 1 xícara (chá) de farinha de mandioca 3/4 de xícara (chá) de polpa de tomate 4 colheres (sopa) de manteiga 8 tomates sem sementes e picados 3 ovos cozidos 3 dentes de alho 1 maço de cheiro-verde picado 1 cebola grande picada Suco de 1 limão Folhas de salsinha para decorar Sal e pimenta-do-reino a gosto

Modo de preparo

1 Limpe os camarões: retire-lhes as cascas e a cauda; faça um corte nas costas e retire as tripas com um palitinho. Lave-os bem, sob água corrente. 2 Transfira-os para uma tigela e tempere com suco de limão e sal. 3 Numa panela, coloque 15 camarões, tampe e deixe cozinhar ao vapor, por 7 minutos, em fogo médio. 4 Numa tábua, corte o cação em cubos de 2 cm e os ovos cozidos e os palmitos em rodelas. Reserve. 5 Umedeça uma forma de pudim com água para que o cuscuz desenforme facilmente. Disponha de maneira harmoniosa as rodelas de ovo e de palmito e os camarões cozidos. Reserve. 6 Numa panela, coloque a manteiga e leve ao fogo. 7 Quando derreter, acrescente a cebola e mexa até ficar transparente. 8 Adicione o alho e, assim que dourar, coloque os tomates picados e deixe cozinhar em fogo médio por 10 minutos. 9 Junte a polpa de tomate, o leite de coco e o cheiro-verde. Tempere com sal e pimenta-do-reino. Deixe cozinhar por mais 15 minutos. Retire do fogo. 10 No liquidificador, bata o refogado de tomate. Volte-o à panela e deixe cozinhar em fogo médio. 11 Adicione, aos poucos, a farinha de milho e a de mandioca. Continue mexendo até que a mistura comece a engrossar. 12 Acrescente o cação, o restante do palmito e os camarões crus. Continue mexendo até que a mistura se desprenda do fundo da panela. 13 Transfira o cuscuz para a forma preparada e cubra com papel filme. Quando esfriar, leve à geladeira por 3 horas. Desenforme sobre um prato e decore com as folhas de salsinha. Sirva frio.

Receitas de Luciana Bonamico, chef do Natural da Terra.

blog.naturaldaterra.com.br

042_055_OKceias.rev.indd 45

45 12/9/11 4:05 PM


especial ceias

pernil com molho rôti de cogumelos e crocante de couve

46 042_055_OKceias.rev.indd 46

O segundo principal é um pernil com molho rôti de cogumelos e crocante de couve. “A couve é picada finamente e depois frita de forma a intensificar a crocância”, diz Luciana. Nos dois casos, do peito de peru (ou tender) e do pernil, quem preferir pode simplesmente encomendar nas lojas. Depois de um menu com sustância, a sugestão é fechar a noite com uma sobremesa de fruta: figos assados com creme de Sauternes. É época de figo, e eles estão tão saborosos que não precisam de muito mais. A dica é apenas cortar ao meio, colocar um pouquinho de açúcar ou mel e levar ao forno. “A cobertura é um creme de baunilha clássico da confeitaria, acrescido de um vinho de sobremesa”, diz a chef. Os franceses Sauternes são uma ótima pedida, mas podem muito bem ser substituídos por um vinho doce da América do Sul, claro.

www.naturaldaterra.com.br

12/9/11 4:05 PM


figos assados com creme de sauternes

blog.naturaldaterra.com.br

042_055_OKceias.rev.indd 47

47 12/9/11 4:05 PM


especial ceias

torta de creme de pupunha com aspargos

48 042_055_OKceias.rev.indd 48

ceia vegetariana Não há restrição alimentar que seja empecilho para uma ceia farta e deliciosa. E, para provar, a chef Luciana Bonamico desenvolveu um cardápio para vegetarianos de que até os apaixonados por carne vão gostar. O menu começa com uma terrine de queijo de cabra com pesto de manjericão, tomatinhos confit e abobrinha com azeite de trufas. Um luxo que vai fazer os convidados pensar que deu um trabalhão para fazer. Que nada! O preparo é fácil e rápido (leia o modo de fazer a seguir). Para garantir boa consistência e sabor, use dois tipos de queijo para fazer a terrine: o de cabra tipo boursin e a ricota fresca. A abobrinha e o manjericão vão dar o sabor de comida caseira e, para arrematar com um toque gourmet, o azeite de trufas negras. “Sugiro acompanhar com um vinho branco feito com a casta Sauvignon Blanc”, diz a chef. A segunda entradinha é uma ideia de mestre: bruschetta com berinjela caponata, queijo de coalho e baby rúcula. O “truque” é que a berinjela caponata é vendida prontinha nas lojas do Natural da Terra. Você só vai precisar montar, levar ao forno e finalizar as bruschettas, de preferência minutos antes de servir. E nem precisa revelar que parte da receita foi comprada pronta, óbvio.

www.naturaldaterra.com.br

12/9/11 4:05 PM


s torradinha m o c e in r r Sirva a te branco e um vinho s e t n a c o cr ar lanc Albam B n o n ig v u Sa terriNe de QueiJo de CABrA Com PeSto de mANJeriCão, tomAtiNHoS CoNFit e ABoBriNHA Com Azeite de truFAS 4 porções

DICA DO

NATURITO

300 g de tomate-cereja 250 g de queijo de cabra tipo boursin 200 g de ricota fresca 50 g de parmesão 300 ml de creme de leite fresco 200 ml de azeite 150 ml de azeite 5 ml de azeite de trufas negras 2 abobrinhas italianas 1 maço de manjericão 1 dente de alho Tomilho a gosto Sal a gosto Pimenta-do-reino preta em grãos a gosto

Modo de preparo

1 Bata no liquidificador metade do creme de leite com a ricota. 2 Aos poucos, incorpore o queijo de cabra picado e acrescente o restante do creme de leite, até que a mistura fique homogênea. Reserve na geladeira. 3 Bata no liquidificador o manjericão, o alho, o parmesão com 200 ml de azeite, até que o manjericão fique bem triturado. 4 Corte a abobrinha em rodelas bem fininhas e grelhe levemente com um pouco de azeite. Tempere com sal e pimenta; reserve. 5 Corte os tomates-cerejas ao meio, e leve-os ao forno a 150 oC, com azeite e tomilho, por 20 minutos. Deixe esfriar. 6 Forre o fundo e as laterais de uma forma pequena de terrine com plástico filme. Cubra a primeira camada de 1 cm aproximadamente de queijo, em seguida as rodelas de abobrinha, umas sobrepostas às outras. 7 Pincele o pesto de manjericão sobre as abobrinhas e os tomatinhos confit. 8 Seguindo essa sequência, a última camada deverá ser a pasta de queijo, finalizando com os tomatinhos, com a parte de fora voltada para cima. 9 Decore com folhinhas pequenas de manjericão e finalize com um fio de azeite de trufas negras.

Receitas da chef Luciana Bonamico, do Natural da Terra.

blog.naturaldaterra.com.br

042_055_OKceias.rev.indd 49

49 12/9/11 4:05 PM


especial ceias

sorvete de baunilha com calda de abacaxi, damasco seco e grappa

ravióli de maçã com molho gorgonzola e farofa de pistache

50 042_055_OKceias.rev.indd 50

O primeiro prato principal que Luciana sugere é um ravióli de maçã com molho gorgonzola e farofa de pistache. Dá para encomendar massa e molho, desde que com dois dias de antecedência. Se não der tempo passar lá antes, há a possibilidade de trocar pelo molho quatro queijos, que fica prontinho nas gôndolas do Natural da Terra. O menu vegetariano segue com uma torta de creme de pupunha com aspargos – essa à venda para pronta entrega nas lojas. É época de aspargos, e eles estão realmente lindos. Não resista. Além de deliciosos, eles são um charme na finalização do prato. Feche a noite com uma sobremesa refrescante, como pede o clima quente da estação. Luciana indica um sorvete de baunilha com calda de abacaxi, damasco seco e grappa. Do sorvete, seu único trabalho será escolher a marca. Prefira os menos adocicados, considerando que a calda já será doce suficiente. “Essa calda é muito fácil de fazer: é só cozinhar lentamente em fogo baixo a fruta picada com um pouco de água, açúcar e grappa”, diz Luciana. Sirva ainda quente, para causar um contraste de temperatura com o sorvete.

www.naturaldaterra.com.br

12/9/11 4:06 PM


bruschetta com berinjela caponata, Queijo de coalho e baby rĂşcula

blog.naturaldaterra.com.br

042_055_OKceias.rev.indd 51

51 12/9/11 4:06 PM


especial ceias

52 042_055_OKceias.rev.indd 52

www.naturaldaterra.com.br

12/9/11 4:06 PM


ceia japonesa A ideia original para a terceira sugestão de ceia era que ela fosse de baixa caloria, pensada para aqueles que não descuidam a balança nem em noite de festa. Nesse caso, nada melhor que buscar referências na cozinha oriental, mais precisamente, a japonesa. “O critério aqui foi aproveitar ao máximo o que o Natural da Terra oferece em seus espaços de comida japonesa”, diz Carlos Ohata, consultor do hortifrúti e responsável pelo cardápio japonês de todas as lojas. A ceia japonesa não tem segredos (leia todas as receitas a seguir). E, ao contrário do que se pode imaginar, não exige no preparo conhecimentos aprimorados da arte do sushi. Começa com um clássico shimeji na manteiga, que você faz em apenas alguns minutos. O segredo aqui é usar cogumelos frescos e selecionados e acrescentar um pouquinho de saquê mirim para realçar o sabor. Ainda de entrada, Carlos sugere um enroladinho vegetariano. A base do prato são folhas de acelga, que recebem recheio de cenoura, pepino japonês e alho-poró. Para finalizar, um pouco de geleia de pimenta, dessas vendidas prontas, para dar picância e um final adocicado.

enroladinho vegetariano

Combine bem

O combinado de sushi e sashimi hitôri é composto de 9 fatias de sashimis variados, com atum, salmão e peixe branco; 5 sushis variados de atum, salmão, peixe branco, camarão e polvo; e 4 enrolados variados de salmão e atum.

blog.naturaldaterra.com.br

042_055_OKceias.rev.indd 53

53 12/9/11 4:06 PM


especial ceias

O primeiro prato principal é um combinado de sushi e sashimi. E, antes que você se imagine tentando acertar o corte preciso dos peixes, Carlos dá a boa notícia: “Podem-se encomendar o peixe e o corte desejado no balcão de sushi, e o trabalho será apenas finalizar o prato”. O ideal é comprar os pescados no mesmo lugar da ceia, para garantir que vai chegar tudo fresquinho à mesa. Por último, um tepan de salmão, que nada mais é que o peixe grelhado em nada ou pouquíssima gordura. Use uma grelha de ferro para assar e acrescente vegetais variados. Brócolis, cenoura, abobrinha, berinjela, acelga e repolho roxo são as sugestões do chef, mas você usar outros tipos. “Observe que é um cardápio inteiro sem fritura”, lembra Carlos. Dá até para investir numa sobremesa mais calórica, como o tradicional panetone. Se até na hora do doce a regra for manter o shape, então vá de seleta de frutas frescas, quem sabe aproveitando as mesmas usadas na decoração da mesa. É sustentável, saboroso e muito leve.

54

enfeiTeS nATAlinOS, pORTA velAS veRde, TecidOS, hAShi, vASO e jOgO AMeRicAnO AceRvO dA pROdUTORA • gUARdAnApOS dA ROUpA de MeSA (Tel (11) 3811 9715) • TAçAS flUTe pARA chAMpAnhe, cOpOS e pORTA velAS gRAnde de vidRO dA QUAdRifOgliO (www.QUAdRifOgliO.cOM.BR)

042_055_OKceias.rev.indd 54

www.naturaldaterra.com.br

12/9/11 4:06 PM


SHimeJi NA mANteiGA 2 porções

200 g de shimeji desfiado 30 g de manteiga 20 g de cebolinha fatiada 50 ml de molho shoyu 30 ml de saquê mirim

Modo de preparo

1 Aqueça uma frigideira média e acrescente a manteiga até derretê-la. 2 Coloque o shimeji desfiado e logo em seguida o saquê mirim e o molho shoyu. Mexa por cerca de 4 minutos em fogo baixo. 3 Para finalizar, acrescente a cebolinha fatiada.

eNrolAdiNHo VeGetAriANo 6 porções

20 g de cenoura em tiras finas 20 g de pepino japonês em tiras finas 20 g de alho-poró em fatias 10 g de manteiga 6 colheres (sobremesa) de geleia de pimenta 4 unidades de shiitake em tiras 1 folha de acelga grande

Modo de preparo

1 Aqueça água em uma panela pequena e logo em seguida acrescente a acelga por 2 minutos até deixá-la amolecer; reserve. 2 Aqueça uma frigideira pequena e acrescente a manteiga até derretê-la. 3 Em seguida, acrescente o shiitake em tiras por 4 minutos; reserve. 4 Estique a folha de acelga e, em seguida, acrescente o pepino fatiado, a cenoura, o shiitake e o alho-poró de forma igual em toda a extensão da acelga. Enrole a acelga comprimindo os ingredientes até o final da folha. 5 Corte em fatias de 3 cm e coloque em um prato pequeno. 6 Coloque 1 colher

(sobremesa) de geleia de pimenta em cima de cada fatia.

tePPAN SAlmão 1 porção

250 g de filé de salmão em postas 25 g de brócolis cortados 25 g de cenoura cortada em fatias 25 g de abobrinha cortada em fatias 25 g de berinjela cortada em fatias 20 g de acelga cortada em tiras 20 g de repolho roxo 70 ml de caldo de frango 1 colher (sopa) de óleo de soja 1 pitada de sal 1 pitada de pimenta-do-reino

Modo de preparo

1 Aqueça uma chapa de ferro, acrescente a colher de óleo de soja e em seguida coloque a posta do salmão temperando com sal e pimenta a gosto. 2 Coloque uma frigideira média no fogo com o caldo de frango e acrescente os legumes. Tempere a gosto e mexa até estar al dente. 3 Vire a posta do salmão e espere até ficar no ponto desejado. 4 Coloque os legumes na lateral de um prato e a posta de salmão ao lado. Se desejar, acompanhe com arroz branco japonês.

Receitas de Carlos Ohata, chef consultor do Natural da Terra.

pRATO gRAnde OvAlAdO dO eSpAçO SAnTA helenA (www.eSpAcOSAnTAhelenA.cOM.BR) • TAçAS pARA SOBReMeSA, cOnjUnTO de pRATOS lyOn e TAlheReS glASgOw dA wOlff e ROjeMAc (www.ROjeMAc.cOM.BR)

blog.naturaldaterra.com.br

042_055_OKceias.rev.indd 55

55 12/9/11 4:06 PM


especial festa

Spritzz Aperol

56 056_061_OKdrinks_espumante.rev.indd 56

www.naturaldaterra.com.br

12/9/11 4:43 PM


Brinde de verão Além de muito saborosos sem misturas, os espumantes são ótimos ingredientes para preparar drinques P o r H o r s t K i s s m a n n foto s r i c a r d o d ' a n g e lo

Brindar com uma taça de espumante é legal, e há quem diga que um bom rótulo não exige nada mais que a temperatura correta. Mas, se você é do tipo que gosta de experimentar todas as possibilidades da bebida, vai adorar saber que ela é também ótima na composição de drinques. O perlage correto realça qualquer combinação. Os tipos de vinho podem ser os mais diversos, como espumantes nacionais (cada vez melhores), Proseccos (da Itália), cavas (espanhóis) ou, então, o mais glamouroso (e caro) de todos: o champanhe (francês, claro). Além da riqueza de sabores, são as borbulhas que ajudam na expressão dos aromas, tanto do vinho como dos ingredientes que compõem o drinque. Vale somente ficar atento ao rótulo: os brut são do tipo seco, já os demi-sec costumam ter mais açúcar residual. Outra boa pedida são os rosés, vinhos feitos com uvas tintas e que costumam conferir aromas com notas de morangos, cassis e frutas silvestres. Embora as taças longas sejam as mais comuns no momento do serviço, por evidenciarem mais o perlage (as bolhinhas), copos também podem ser usados. Confira a seguir os preparos da barwoman Hulda dos Santos da Silva, do Blá Bar e Restaurante, de São Paulo.

blog.naturaldaterra.com.br

056_061_OKdrinks_espumante.rev.indd 57

57 12/9/11 4:43 PM


especial festa

Spritzz Aperol 1 dose

80 ml de Prosecco 50 ml de Aperol 10 ml de refrigerante soda 3 cubos de gelo 1 fatia de laranja

Modo de preparo

1 Em um copo tipo Ilhabela, coloque as pedras de gelo, o Aperol, o Prosecco e o espumante. 2 Decore com laranja.

crAwBerry 1 dose

50 ml de espumante 25 ml de vodca 5 ml de xarope de crawberry 5 ml de licor de laranja 2 morangos 2 pedras de gelo

Modo de preparo

1 Macere os morangos e coloque-os em uma taça tipo Martíni. 2 Quebre as pedras de gelo, adicione a vodca, o licor, o xarope, dê uma leve mexida e complete com o espumante.

Beline 1 dose

20 ml de suco de pêssego 80 ml de espumante 1 cereja

Modo de preparo

1 Em copo tipo flûte, coloque o suco e complete com o espumante. 2 Finalize com uma cereja no fundo do copo.

Kir royAl 1 dose

20 ml de licor de cassis 80 ml de espumante 1 cereja

Modo de preparo

Em copo tipo flûte, coloque o licor de cassis, complete com o espumante e finalize com a cereja.

58 056_061_OKdrinks_espumante.rev.indd 58

www.naturaldaterra.com.br

12/9/11 4:43 PM


Kir royAl

blog.naturaldaterra.com.br

056_061_OKdrinks_espumante.rev.indd 59

59 12/9/11 4:44 PM


tropicAl Blá 1 dose

60 ml de espumante 50 ml de vodca 30 ml de suco de abacaxi 20 ml de suco de laranja 10 ml xarope de maçã verde 3 cubos de gelo 1 physalis

Modo de preparo

1 Em um copo tipo Escandinávia, bata no shaker a vodca com suco de laranja e de abacaxi. 2 Coloque o gelo no copo e a bebida agitada. 3 Adicione o xarope de maçã e em seguida o espumante. 4 Enfeite com a fruta.

Summertime 1 dose

60 ml de espumante 30 ml de Curaçau Blue 30 ml de licor de cassis 30 ml de suco de laranja 4 cubos de gelo 1 physalis

60 056_061_OKdrinks_espumante.rev.indd 60

Modo de preparo

Em um copo tipo Escandinávia, coloque o gelo e os líquidos um a um sem misturar. Enfeite com a physalis.

GreenpArAdiSe 1 dose

60 ml de espumante 50 ml de vodca 40 ml de suco de uva verde 20 ml de xarope de maçã verde 10 ml de licor de laranja 3 pedras de gelo

Modo de preparo

1 Bata no shaker a vodca com suco de uva verde, o xarope e o licor. 2 Coloque o gelo em um copo longo, a mistura e complete com o espumante.

Drinques preparados pela barwoman Hulda dos Santos da Silva, do Blá Bar e Restaurante. Avenida Brigadeiro Luís Antônio, 5003, Itaim Bibi, tel. (11) 3052-2448, São Paulo, SP; www.barbla.net

www.naturaldaterra.com.br

12/9/11 4:44 PM


cAipieSpumAnte

1 DOSE 80 ml de espumante 50 g de frutas vermelhas 1 colher (sopa) de açúcar 2 lichias

Modo de preparo

1 Em copo tipo Ilhabela, coloque as frutas vermelhas e a lichia, macerando suavemente. 2 Complete com o espumante.

blog.naturaldaterra.com.br

056_061_OKdrinks_espumante.rev.indd 61

61 12/9/11 4:44 PM


vinho dicas P O R H O R S T K I S S M A N N FOTO S R I C A R D O D ' A N G E LO

Brindes para surpreender Bons rótulos à venda no Natural da Terra para impressionar bem nas festas de fim de ano

Espumante NOCTURNO BRUT Produtor: Maldonado Mendoza, Argentina Produzido na região de Luyan de Cuyo, esse espumante levemente doce é feito com as uvas Chenin e Ugni Blanc. De cor amarelo brilhante com reflexos dourados, conta com aromas de frutas brancas.

62 062_067_OKvinho_dicas_rev.indd 62

NORTON COSECHA ESPECIAL ROSÉ Produtor: Bodega Norton Mendoza, Argentina Com 12% de álcool, é produzido na região de Luyan de Cuyo a partir do corte de Chardonnay e Pinot Noir na mesma proporção. Com aroma de morangos e mirtilos, é fresco, jovem e persistente na boca.

CHAMPAGNE DRAPPIER CARTE D'OR Produtor: Drappier Reims, França Três castas fazem parte desse champanhe: Pinot Noir, Pinot Meunier e Chardonnay. Um vinho para ser aberto em ocasiões especiais e celebrar a vida com os amigos.

DOM PÉRIGNON 2006 Produtor: Moët Chandon Reims, França É um vinho de contemplação. Quando tem a safra estampada no rótulo, é porque se trata de um ano respecial. Com notas muito elegantes no aroma de tostado e de cítricos, é elaborado pelo método tradicional, tendo a segunda fermentação na garrafa.

www.naturaldaterra.com.br

12/9/11 6:37 PM


Branco Enfim, chegou o momento de garimpar os rótulos que farão parte das festas de fim de ano. Pode ser na ceia de Natal, para brindar a chegada do Ano-Novo ou para servir aos amigos e familiares mais queridos nesses dias de confraternização. Vinhos também são muito bem-vindos como presente, seja ao colega de trabalho, na reunião de amigo secreto, seja para retribuir o convite para uma festa. A boa oferta de rótulos tornou as lojas do Natural da Terra uma referência para quem entende muito, ou nem tanto, do assunto. Há cerca de 800 rótulos das mais conceituadas importadoras do país, com preços camaradas. Festas de fim de ano chamam espumantes, que podem acompanhar muito bem uma entradinha ou até a sobremesa, quando forem do tipo brut. Para fazer par com as receitas mais típicas da época, os brancos e tintos que passam por madeira costumam ter mais corpo e, com isso, sustentam melhor o prato. Os vinhos de sobremesa, embora muitas vezes esquecidos, sempre encantam e surpreendem. São o toque final, e fecham com elegância qualquer refeição. A seguir, algumas sugestões de rótulos dos experts. Todos pensados para impressionar os amigos e garantir muitos brindes.

LES SALICES VIOGNIER 2008 Produtor: Domaine François Lurton Languedoc, França Produzido com a Viognier, uma uva branca autóctone (de origem naquele local) da região do Côte du Rhône, na França. Na taça, tem uma coloração amarelo-palha e leve reflexo esverdeado. LUIGI BOSCA RESERVA SAUVIGNON BLANC 2010 Produtor: Bodega Luigi Bosca Mendoza, Argentina Esse célebre produtor argentino faz mais de 30 vinhos, sendo que esse reserva branco está no momento ideal para ser consumido. VINHA GRANDE 2010 Produtor: Casa Ferreirinha Douro, Portugal Parte do Grupo Sogrape Vinho, um dos mais respeitados de Portugal, é da Casa Ferreirinha esse corte das uvas Viosinho, Gouveio e Códega. MAYCAS DEL LIMARI SAUVIGNON BLANC 2008 Produtor: Viña Maycas del Limarí Vale do Limarí, Chile Com certa evolução, é um vinho mais gastronômico e boa pedida para ser servido na companhia de peixes e carnes brancas, que podem inclusive ser servidos com molho. VIRTUDE CHARDONNAY 2009 Produtor: Salton Bento Gonçalves, Brasil Com ótima relação de preço e qualidade, esse varietal (feito a partir de uma única uva) é produzido na Região Sul do Brasil. É uma prova da evolução crescente dos vinhos produzidos por vinícolas brasileiras.

blog.naturaldaterra.com.br

062_067_OKvinho_dicas_rev.indd 63

63 12/9/11 6:38 PM


vinho dicas Tinto CHÂTEAU PETRUS-GAÏA NO 2 Produtor: Château Petrus-Gaïa Bordeaux, França Macio e aveludado em boca, também impressiona com aromas de fruta, notas de tostados e de baunilha por causa da breve passagem por barricas. THE BLEND EDITION LIMITADA 2006 Produtor: Viña Errazuriz Vale do Aconcágua, Chile Essa edição limitada da chilena Errazuriz é produzida a partir do corte (quando o vinho é feito com mais de uma variedade de uva) de Sangiovese, Petit Verdot, Cabernet Franc e Carménère. BRUNELLO DI MONTALCINO 2004 Produtor: Podere Cannet Toscana, Itália Feito com a Sangiovese, a principal uva da região da Toscana, na Itália, é boa pedida para acompanhar pratos com carne vermelha e de caça com molhos mais consistentes e temperados. VIBO MALBEC 2007 Produtor: Viu Manent Mendoza, Argentina Recentemente lançado pela argentina Viu Manent, esse vinho é feito com a casta (uva) mais conhecida daquele país. Um tinto forte e potente. ESTEVA 2009 Produtor: Casa Ferreirinha Douro, Portugal Em Portugal, é muito comum encontrar vinhos produzidos com diversas castas, como esse que leva a Touriga Nacional (a principal daquele país), a Touriga Franca, a Tinta Barroca e a Tinta Roriz.

64 062_067_OKvinho_dicas_rev.indd 64

www.naturaldaterra.com.br

12/9/11 6:38 PM


blog.naturaldaterra.com.br

062_067_OKvinho_dicas_rev.indd 65

65 12/9/11 6:38 PM


Sobremesa LAS PERDICES TARDIO 2009 Produtor: Viña Las Perdices Mendoza, Argentina Um interessante late harvest (colheita tardia), produzido com uvas Viognier que ficaram nas videiras por mais tempo. Isso garante maior concentração de açúcar. NORTON COSECHA TARDIA CHARDONNAY 2010 Produtor: Bodegas Norton Mendoza, Argentina Fundada em 1895 pelo inglês Edmund J.P. Norton, engenheiro responsável pela construção de ferrovias na Argentina, é dessa bodega esse vinho que acompanha muito bem uma bela fatia de torta doce. SAUTERNES SCHRÖDER & SCHŸLER Produtor: Château Schröder & Schÿler Bordeaux, França Um ótimo Sauternes elaborado pela reputada casa bordalesa Schröder & Schÿler. Com delicioso bouquet em boca, é amplo e doce, com um ótimo final.

66 062_067_OKvinho_dicas_rev.indd 66

www.naturaldaterra.com.br

12/9/11 6:38 PM


M

Y

Y

Y

062_067_OKvinho_dicas_rev.indd 67

12/9/11 6:39 PM


tentações

PRESENTES VARIADOS PARA TODAS AS TRIBOS

Não tem jeito de fugir de algumas obrigações. Final de ano é sempre o momento de presentear. Presente para a pessoa amada, para o melhor amigo, para quem quebrou galhos para você, enfim, sempre tem alguém em sua lista. Aqui, dicas variadas de estilos e de preço para ajudar você em suas escolhas. Boas compras 2

Moringa Gift "Divino Espírito Santo", da We. De porcelana. R$ 129 • we-designstudio.com.br

4

Processador Fresh Express da Arno. Compacto e com cinco cones raladores. Preço sugerido Arno, R$ 300 • arno.com.br

Kit com seis utensílios Elevate Carousel da Joseph/ Joseph, na MO.D. Design by Gillian Westley. Preço sugerido MO.D., R$ 296 • lojamod.com.br

068_069_OKtentacoes.rev.indd 68

Porta-pão, da italiana Guzzini. R$ 236, na Kirk's • kirks.com.br

3

5

68

1

6

Lixeira para escritório London. R$ 27,40 cada uma, na Day By Day • tel. (11) 3739-0906

7

Garrafa térmica Isokanne Columbus, da Leifheit. De vidro e ABS. Com ampola de parede dupla. R$ 159, na Laris • laris.com.br

Timer Pie da Joseph/Joseph, na MO.D. Preço sugerido MO.D., R$ 58 • lojamod.com.br

www.naturaldaterra.com.br

12/9/11 5:49 PM


P O R C R I S T I N A E S Q U I L A N T E FOTO S R I C A R D O D ’A N G E LO

8

9

10

Hand Mixer da KitchenAid. Batedeira de mão e mixer em um único produto. R$ 490, na KitchenAid • www.kitchenaid.com.br

Liquidificador Vela, da Bugatti. R$ 1.019, na Kirk's • kirks.com.br

Jogo de seis xícaras e seis pires para café, da Casa Ambiente. R$ 48, na Camicado • camicado.com.br

11

12

Cooler Vertice da <OU>. De acrílico translúcido e capacidade para 14 litros. Bertussi Design Industrial. R$ 122 • ou.ind.br

13

Panela de pressão Eterna, da Nigro. Com seis itens de segurança e capacidade para 4,5 litros. R$ 229, na Kirk's •kirks.com.br

Minigeladeira Vedai. De ABS. Capacidade para 4 litros. Importada pela AZ Design Brasil. R$ 385, na Artmix • artmix.com.br

blog.naturaldaterra.com.br

068_069_OKtentacoes.rev.indd 69

69 12/9/11 5:50 PM


viagem macei贸

70 070_075_OKviagem.rev.indd 70

www.naturaldaterra.com.br

12/9/11 5:55 PM


Paraíso urbano POR HORST KISSMANN FOTO S F E L I P E M E D E I R O S , N I D E L I N S E R I C A R D O D ’A N G E LO

Com belas praias e muito agito, a capital de Alagoas é o destino para quem quer se desligar da correria sem se sentir isolado do mundo Terra de muito sol e lindas praias, Maceió – a capital do Estado de Alagoas – é uma daquelas cidades que merecem ser visitadas pelo menos uma vez na vida. Isso para os que não se apaixonam à primeira vista por suas belezas naturais e resolvem ficar por lá mesmo. Bem estruturada para o turismo, inclusive o estrangeiro, agrada tanto aos que gostam de uma cidade com vida noturna agitada e ótima gastronomia como a quem busca tranquilidade. Aliás, são suas praias de águas limpas e cristalinas que atraem quem procura um refúgio no Nordeste brasileiro para descanso e diversão.

blog.naturaldaterra.com.br

070_075_OKviagem.rev.indd 71

71 12/9/11 5:55 PM


O QUE FAZER BOLEIRAS DE RIACHO DOCE Tradição na cidade, as boleiras de Riacho Doce, cidade conhecida pelos poemas de José Lins do Rego, vendem seus quitutes regionais, como bolo de milho, de macaxeira, de massa puba, beiju, grude, pé de moleque e bolinho de goma. É para esquecer o regime e ser feliz. ARTE DO FILÉ Desde pequenas, as crianças do Pontal da Barra aprendem a bordar, em renda de filé, blusas, vestidos, saias, roupa de cama e de mesa, como colchas e toalhas. Uma tradição genuinamente alagoana, que passa de mães para filhas, de geração em geração. Os trabalhos são feitos a partir de uma rede tecida em algodão presa por pregos a uma peça de madeira, em que são dados os pontos com uma agulha de mão.

72 070_075_OKviagem.rev.indd 72

www.naturaldaterra.com.br

12/9/11 5:55 PM


PRAIA DE PAJUÇARA Sem dúvida, é a praia mais famosa da cidade de Maceió. Segura para o banho de mar, sua orla tem muitos bares, restaurantes e hotéis. Além, é claro, de inúmeras barracas de praia. PRAIA DA PONTA VERDE Continuação da Praia de Pajussara, é indicada para um banho de mar em águas calmas e cristalinas. Está cercada por badalados restaurantes e hotéis de qualidade. PRAIA IPIOCA Os bancos de areia branca e fofa formam ótimas piscinas naturais que são perfeitas para a prática do mergulho, com e sem cilindro. Localizada a 24 quilômetros do centro da cidade, a deserta praia da Vila de Ipioca tem águas azuis praticamente sem ondas.

blog.naturaldaterra.com.br

070_075_OKviagem.rev.indd 73

73 12/9/11 5:55 PM


ONDE FICAR RADISSON MACEIÓ O hotel se diferencia por ter sido planejado e construído com total acessibilidade para pessoas portadoras de necessidades especiais. Além de muito conforto, também procura ser sustentável, com tecnologia que reduz o consumo de água e de energia elétrica. Aos sábados, o chef Odair Silva comanda um dos melhores bufês de feijoada da cidade; atlanticahotels.com.br RITZ LAGOA DA ANTA Perto das principais atrações turísticas da cidade, o Ritz Lagoa da Anta tem localização privilegiada de frente para a bela Praia de Lagoa da Anta, próxima das praias de Jatiúca e Ponta Verde. Conta com spa onde são oferecidos banhos aromáticos relaxantes, massagens e tratamentos estéticos. Ainda tem banheiras de rochas vulcânicas importadas da Indonésia; ritzlagoadaanta.com.br

74 070_075_OKviagem.rev.indd 74

www.naturaldaterra.com.br

12/9/11 5:55 PM


ONDE COMER WANCHAKO Mais do que ponto de encontro da alta sociedade alagoana, o Wanchako, de Simone Bert, é um dos melhores restaurantes do Brasil. Por lá, a chef executa com perfeição e consistência diversos pratos da cozinha peruana. Simone é uma das precursoras no país do ceviche, tão em moda hoje em dia em São Paulo. Os ceviches feitos à base de peixe cru marinado em limão, coentro, cebola e pimenta são os mais pedidos, embora a chef também faça um polvo agridoce para comer de joelhos; www.wanchako.com.br PICUÍ Vencedor dos mais importantes prêmios do setor, o jovem e competente chef Wanderson Medeiros é presença obrigatória nos almoços e jantares mais badalados da cidade. Membro da Associação dos Restaurantes da Boa Lembrança, o restaurante tem 22 anos de existência. É um começo perfeito para conhecer a culinária regional; www.picui.com.br IAIÁ COZINHA DE VÓ A bela e competente chef Michelle Welcker acaba de abrir seu primeiro restaurante na cidade. Com decoração simples e benfeita, traz um pouco do interior para o centro da cidade. Do fogão saem pratos como o caldinho de feijão com pedacinhos de charque frito, linguiça na cachaça acebolada, servida com vinagrete e carneiro com farofa de cuscuz; tel. (82) 3316-0942

blog.naturaldaterra.com.br

070_075_OKviagem.rev.indd 75

75 12/9/11 5:56 PM


destino escapadas gourmet

O DECORADOR FUAD MURAD, O CHEF EDUARDO DUÓ E OS PROPRIETÁRIOS LICA E RENÊ: CLIMA DE CASA

Nem tão longe assim Fuja da rotina e rume para o interior. Há muito luxo, belas paisagens e boa comida a poucos quilômetros do cenário urbano de São Paulo P O R L E T I C I A R O C H A C O L A B O R O U M A RTA B A R B O S A FOTO S PA U LO M E R C A DA N T E , TA D E U B R U N E L L I E R I C A R D O D ' A N G E LO

O clima é de interior e com tudo o que lhe é de direito. Entre belas paisagens, muito verde, tranquilidade e uma comilança sem fim. Para desfrutar nem que seja um pouquinho essa vida boa longe da cidade, engana-se quem pensa que é preciso muito planejamento e horas e horas de viagem. Para fugir da rotina urbana, basta distanciar-se um pouco da capital paulista para encontrar aquele jeitão de fazenda ou um cenário

76 076_081_OKescapadas_gourmet.rev.indd 76

bucólico na serra, com lareira. Como vale investir nessa pausa! Seja por alguns dias, um final de semana, seja mesmo para um bate e volta, o astral renovado faz parte do pacote. A seguir, quatro sugestões charmosas, aconchegantes e que prometem mesa farta. Nem é preciso ir tão longe: a mais próxima está logo ali, a 20 quilômetros de São Paulo. E a mais distante não passa de 175 quilômetros do burburinho paulistano.

www.naturaldaterra.com.br

12/9/11 6:03 PM


CASA DA LICA Propriedade gigante, cenário rústico e casa de fazenda, com direito a fogão a lenha, horta e uma varanda enorme. Para desfrutar esse privilégio, perfeito para “prosear” por horas, bastam 20 quilômetros de estrada, partindo da capital paulista. Em Embu das Artes, esse espaço chama atenção pela proposta que destoa dos padrões. Durante a semana, é a moradia do casal Renê e Lica. Nos fins de semana, recebe convidados. Um projeto idealizado pelo decorador Fuad Murad e pelo chef Eduardo Duó que, junto com os moradores, recebem para um longo almoço. Os quatro anfitriões não gostam de chamar o espaço de restaurante. “Tudo ali é de verdade, a casa é de verdade”, diz o chef. A ideia é resgatar aqueles encontros ao redor da mesa, que duram o dia todo. Lá, a diversão e a comilança começam cedo. As pessoas chegam por volta das 11 da manhã, a conversa rola solta e o clima é de casa de amigo. Um na piscina, outro na mesa de bilhar, enquanto da cozinha saem belisquetes, como bolinho de arroz, pastel, caldinhos, polentinha cremosa. Em seguida, entram em cena as receitas do chef, como pernil no forno a lenha com mandioquinha no sal grosso e echalotes caramelizadas. Para sobremesa, um bolo quente de maçã com calda de caramelo para devorar com o café de coador na canequinha e rapadura. Lá não existe cardápio fixo. Quem vai à Casa da Lica paga antecipado um preço fixo (sem bebidas e serviço) e tem direito a tudo, do menu às instalações. Rua Wataru Sugaki, 374, tel. (11) 4704-4689, Embu das Artes, SP; casadalica.com.br

POLENTA CREMOSA COM RAGÙ DE CALABRESA PERNIL NO FORNO A LENHA

BOLO DE MAÇÃ

blog.naturaldaterra.com.br

076_081_OKescapadas_gourmet.rev.indd 77

77 12/9/11 6:03 PM


VILA BUENO Trata-se de um casarão imponente e todo cheio de história. Data de 1890, e foi construído a pedido do coronel Amâncio Bueno, o fundador da cidade de Jaguariúna, interior de São Paulo. O prédio do século XIX fica no município, distante 140 quilômetros da capital. Em 1999, passou por uma restauração em caráter de urgência. Quem tomou a frente dessa empreitada foi a pesquisadora Abigail Ziggiatti, o que logo a fez idealizar ali o Vila Bueno, um lugar que une pousada, adega, cachaçaria e um restaurante encantador. Na cozinha, o passado convive muito bem com os dias de hoje. A mesma Abigail é quem trata de cuidar do cardápio de comida brasileira simples, aquela que agradava aos paulistas “antigos”. É fácil de entender por que essas receitas faziam sucesso. Um bom exemplo é o prato chamado “Sertão dos Guayases”, uma espécie de picadinho servido com mandioquinha palha, couve bem fininha refogada e farofa de banana. “É uma homenagem aos tropeiros paulistas, que carregavam esses ingredientes e passavam por aqui ao cruzar o Estado de São Paulo rumo a Goiás”, diz Felipe Ziggiatti, filho de Abigail, e um dos administradores do espaço. O “Bacalhau Veio de Trem” é outra especialidade de dar água na boca: uma tortinha de bacalhau, servida com batatas na manteiga e arroz branco. O curioso nome tem explicação. “É mais uma comida daquela época e foi batizada assim porque os produtos do preparo, especialmente o peixe, vinham até a cidade de Maria Fumaça”, diz Felipe. Travessa Dona Ermelinda, 81, tel. (19) 3867-3320, Jaguariúna, São Paulo, SP; vilabueno.com.br

78 076_081_OKescapadas_gourmet.rev.indd 78

O BACALHAU VEIO DE TREM

FELIPE ZIGGIATTI E A MÃE, ABIGAIL: A DUPLA À FRENTE DA VILA BUENO

www.naturaldaterra.com.br

12/9/11 6:03 PM


CHÂTEAU LA VILLETE Essa residência familiar, tal como um Relais & Château, foi transformada em pousada e restaurante. Fiel a esse conceito comum na Europa, o lugar hoje integra o projeto Roteiros de Charme, em Campos do Jordão. Aconchegante, romântica e cheia de luxos – com direito a três lareiras, um belo jardim e até heliporto. Tudo isso sem dar a mínima bandeira de que se trata de uma hospedaria. A placa, propositalmente, é discreta. A maioria dos clientes vem mesmo pela propaganda boca a boca. Esse recanto de sossego está a 2 quilômetros do burburinho de Capivari e a 170 quilômetros de São Paulo. Estando ali, nem é preciso sair da pousada para viver grandes

experiências gourmet. Lá está o Le Foyer, um pomposo restaurante famoso por servir uma fondue dos deuses. Mas o cardápio vai além. Abusa dos ingredientes (de longe) que se adaptaram a esse terroir de montanha, como truta, cogumelos, frutas vermelhas, castanhas e diversos tipos de arroz. Boas pedidas da casa, que faz parte da Associação dos Restaurantes da Boa Lembrança, são a sopa de shiitake, o badejo em crosta de noz-pecã, com molho de maracujá e arroz de coco ou o confit de canard com risoto de arroz vermelho com maçã. Tanto a pousada como o restaurante funcionam o ano todo. Rua Cantídio Pereira de Castro, 100, Vila Everest, Campos do Jordão, SP; lavillettepousada.com.br

SOPA DE SHIITAKE

076_081_OKescapadas_gourmet.rev.indd 79

12/9/11 6:04 PM


T p c

MARCELLO CATALFAMO: O QUE NÃO CONSEGUE COMPRAR NA MONTANHA, ELE MESMO FAZ

FETTUCCINE NEGRA DE TINTA DE LULA AO MOLHO DE CALAMARES E CAMARÕES

POUSADA DO CEDRO Em meio a montanhas, paisagem rural e nada de clima rústico. De frente para a Pedra do Agudo, o que chama atenção são dez lofts que esbanjam charme e luxo, sem afetação. As suítes têm o aconchego necessário e muito mais: o hóspede tem o mimo de acordar a 175 quilômetros de São Paulo, ir até a máquina de expresso sem sair do quarto e tirar o próprio café. E degustá-lo entre os travesseiros ou na varanda, cuja vista é um imponente paredão de mata verde. Os privilégios continuam, esses, da natureza: acordar com ruídos de um macaco, velho conhecido pelas redondezas, e, antes de dormir, observar um incrível céu estrelado, coisa que a vida na capital faz a gente esquecer. Capítulo à parte é o restaurante Na Mata. Nada de cozinha internacional e sem graça, comum ao mundo hoteleiro. Esse tem personalidade, e muita. Ali se serve culinária italiana

80 076_081_OKescapadas_gourmet.rev.indd 80

autêntica e comandada por um italiano. Marcello Catalfamo é da Toscana e faz uma gastronomia de raiz. A localização da pousada não é desculpa para descaracterizar a comida italiana. Longe de empórios gourmet paulistanos, o chef decidiu produzir as iguarias necessárias para fazer a cozinha de seu país ali mesmo, no meio do mato. Descobriu o melhor açougueiro da cidade, e dele compra a melhor barriga de porco para fabricar a pancetta, embutido presente em muito do receituário que lhe é familiar. Se Marcello cuida desse lado artesanal, também não dispensa as modernidades gastronômicas, como ter um forno combinado e uma máquina de cozinhar a vácuo. Para provar de seu tempero, não é preciso ser hóspede da pousada. O restaurante é aberto ao público, para almoço e jantar, e tem 18 privilegiados lugares. Estrada do Pico do Agudo, km 5, Santo Antônio do Pinhal, tel. (12) 3666-1873; pousadadocedro.com.br

As sã nh ra ga se

w

www.naturaldaterra.com.br

12/9/11 6:04 PM


Tudo de bom que a natureza pode oferecer, fica ainda melhor com as laranjas Lucato.

As laranjas Lucato levam o melhor da natureza para sua casa. As frutas são selecionadas eletronicamente, o que garante uniformidade de tamanho, cor, sabor e suco interno. Toda produção passa pelo processo de rastreabilidade; a fruta é monitorada do pomar até o ponto de venda, garantindo, assim, os mais altos padrões de qualidade e das normas de segurança alimentar.

PREMIUM ORANGES www.citricolalucato.com.br

076_081_OKescapadas_gourmet.rev.indd 81

blog.naturaldaterra.com.br

81 12/9/11 6:04 PM


esporte natação

SAÚDE NA PISCINA Nunca é tarde para começar a nadar e descobrir os benefícios do esporte tido como o mais completo de todos P O R B I A N C A M A R C H E T T I FOTO S C A R O L G H E R A R D I

82 082_087_OKESPORTE_rev.indd 82

www.naturaldaterra.com.br

12/9/11 6:37 PM


blog.naturaldaterra.com.br

082_087_OKESPORTE_rev.indd 83

83 12/9/11 6:37 PM


Aos 54 anos, Peter Ternauman resolveu abandonar a monotonia de uma vida sedentária. Pensou em começar a correr. Mas o ar poluído de São Paulo o desanimou. Afinal, não é nada bom respirar monóxido de carbono durante o exercício físico – a respiração fica mais acelerada quando esses componentes são inalados em grande quantidade, o que é bastante prejudicial à saúde. Musculação, nem pensar. Ele não queria nada que causasse grande impacto. Foi quando decidiu praticar natação. Peter nunca tinha nadado. Nem sequer sabia a diferença entre nado borboleta ou crawl. “Pensei: 'Nada poderia ser tão difícil que eu não pudesse aprender'”, diz. Vinte e três anos depois, aos 77 anos, ele dispensa a ajuda de instrutores e afirma que durante esse tempo todo visitou o médico apenas para realizar check-up. “Minha saúde está mil.” Há um ano, Itamar da Cunha, de 35 anos, optou pela natação. Ele praticava futebol uma vez por semana e sempre que podia corria na esteira. Mas algo parecia fora do lugar. “Precisava me envolver mais com o esporte e não tinha estímulo nas categorias

84 082_087_OKESPORTE_rev.indd 84

que praticava”, diz. O aluno que sempre gostou de uma piscininha decidiu nadar. “Tomei coragem para aprender algo que não sabia.” Para Peter, a natação é uma terapia, o lugar onde relaxa e se livra do estresse da vida urbana. Bastam 45 minutos, três vezes por semana, para manter a forma, a saúde e o humor. “Quando falto, fico triste”, diz. Itamar também não deixa de treinar. O esporte praticado duas vezes por semana melhorou sua qualidade de vida. Ele sentia falta do fôlego de quando era garoto, na hora da “pelada” com os amigos. “Agora, meu desempenho é bem melhor.” O professor de educação física Fernando Alde ensina o esporte há oito anos na Cia. Athletica, em São Paulo. Segundo ele, a natação é um dos esportes mais completos que existem. A lista de benefícios começa com a água e suas propriedades relaxantes. Logo no início é possível notar uma melhora na coordenação motora, na respiração e no ritmo dos movimentos. Em seguida, ao dominar os estilos, como costas, crawl, borboleta, e intensificar os movimentos, o aluno inicia um processo de queima de calorias.

www.naturaldaterra.com.br

12/9/11 6:37 PM


A Akrópolis é especializada em carnes de:

V itelo Cordeiro C abrito L eitão Iniciou suas atividades com a

Agropecuária Akrópolis,

inscrita no S.I.F.n°3126, São Gonçalo do Sapucaí/MG, com a necessidade de um melhor atendimento em São Paulo.

Atuando no mercado

há 20 anos.

Assegurando aos nossos clientes, produtos de excelente procedência, refrigerado dentro dos mais rigorosos critérios de segurança, garantindo a

qualidade e o bom preço.

CONTATO: Tel.: (11) 3611 1212 / 3611 2265 Fax.: (11) 3611 1818

blog.naturaldaterra.com.br

082_087_OKESPORTE_rev.indd 85

12/9/11 6:37 PM


Peter e Itamar não são os únicos a ingressar no esporte depois de adultos. A natação é para todos. Nas piscinas da academia, há bebês de 6 meses e senhores de 80 anos. “As crianças têm mais facilidade de aprender o esporte, mas acho que isso está ligado ao bloqueio que os adultos criam. A timidez é um deles”, diz o professor. O esporte pode e deve ser praticado todos os dias,

desde que os estímulos ou modalidades sejam feitos em dias alternados. Para começar, a sugestão é encarar a piscina de duas a três vezes por semana, por uma hora. Se sua agenda estiver um pouco mais tranquila, nos dias de folga escolha alguma atividade de força ou resistência em sala de musculação. Dessa forma, você garante sua saúde em dia, músculos firmes e um corpo enxuto.

Peter tem 77 anos e nada há 23. "Minha saúde está mil"

86 082_087_OKESPORTE_rev.indd 86

www.naturaldaterra.com.br

12/9/11 6:37 PM


C

M

Y

blog.naturaldaterra.com.br

082_087_OKESPORTE_rev.indd 87

CM

MY

CY CMY

K

87 12/9/11 6:37 PM


produtos

cores

BELEZA COLORIDA Novidades e sugestões de compras para tirar a vida do preto e branco neste verão UNHAS DE GATA Ninguém resiste a uma invencionice nas unhas. A Sally Hansen apresenta dois esmaltes para alegrar a ida à manicure. O Insta-Dri Fast Dry Nail Color é um esmalte holográfico cuja composição garante um brilho espelhado, em uma única aplicação. Detalhe: a promessa é uma secagem em 60 segundos. São 32 cores dessa linha. O Xtreme é um esmalte de longa duração e alta pigmentação, com acabamento cremoso, acetinado e com glitter. XTREME WEAR NAIL COLOR de R$ 20 a R$ 40

INSTA-DRI FAST DRY NAIL COLOR R$ 39,90

SAC (11) 3507-1383 SALLYHANSEN.COM

88 088_089_beleza_rev.indd 88

www.naturaldaterra.com.br

12/9/11 6:31 PM


FLUO E BRILHO NO MAKE Lá fora a moda é antiga. Olhos e boca se destacam com cores fortes, fluorescentes, brilhosas. Um charme que no verão promete invadir as ruas de noite e também de dia. A marca Koloss tem sugestões. Para garantir um bocão daqueles, aposte no Batom Mate, cuja aplicação é fosca, sem brilho, e contém partículas que disfarçam os vincos dos lábios. O Gloss Labial Neon não escorre e é vendido em cinco cores de tons néon. O Batom Mate Fluo é apresentado em três cores que brilham à luz negra. Para os olhos, a Sombra Fluo promete alta intensidade de cor e brilho, em seis cores luminosas. A Sombra Iluminadora tem alta fixação e ganha pontos pelas cores da moda. BATOM MATE R$ 8,50 GLOSS LABIAL NÉON R$ 6,50 BATOM MATE FLUO R$ 8,50 SOMBRA FLUO R$ 7,30 SOMBRA ILUMINADORA R$ 6,80

SAC (14) 3621-5877

OLHAR ILUMINADO Para as que preferem não exagerar nas cores, mas nem por isso abrem mão de um olhar iluminado, a dica é a coleção Iluminadores em pó, da Catharine Hill, agora com nova embalagem. Os iluminadores servem para finalizar a maquiagem dos olhos. São 27 cores disponíveis, entre essas, quatro tons néon, que dão aquele efeito fluorescente, sem exagero. R$ 21,90

SAC (11) 5070-1060 CATHARINEHILL.COM.BR

CONTORNO NÉON A sombra em lápis é amiga dos makes mais ousados. O formato é o ideal para fazer desenhos nas pálpebras. O Lápis Sombra Néon, da Verídica It, possui textura macia e cobertura homogênea. Disponível nas cores azul-turquesa, amarelo, roxo, laranja, verde e rosa. R$ 8,20

SAC (11) 3672-2122 VERIDICAIT.COM.BR

blog.naturaldaterra.com.br

088_089_beleza_rev.indd 89

89 12/9/11 6:32 PM


dicas do freguês

As comprAs e As dicAs dos clientes nAturAl dA terrA dA lojA do itAim

Quem Mariana Calil O que faz Sou arquiteta Minha compra tem Uma vez por semana passo aqui e levo figo, pitanga, blueberry. Essas frutas não são vendidas em nenhum outro lugar. Ainda mais com o mesmo frescor.

Quem Letícia Cintra O que faz Sou fonoaudióloga Minha compra tem Em minha casa só entram produtos naturais e orgânicos. Aqui tenho tudo à mão: os melhores peixes, frutas e verduras fresquinhas. Para o lanche da tarde, estou levando uma saladinha de frutas selecionadas.

90 090_093_OKdica_do_fregues.rev.indd 90

Quem Iva Silva da Anunciação O que faz Sou dona de casa Minha compra tem Alface crespa e roxa, tomate, uva, banana. Só aqui no Natural da Terra encontro verduras e frutas sempre fresquinhas.

www.naturaldaterra.com.br

12/9/11 4:40 PM


P o r B i a n c a M a r c h e t t i Foto s c a r o l G h e r a r d i

Quem Fernanda Sá O que faz Sou produtora de moda Minha compra tem Fujo do trabalho para comer aqui na lanchonete. O atendimento é bastante rápido. Fico sempre entre o pastel, o temaki e os combinados.

Quem Alceu Maitino O que faz Sou aposentado Minha compra tem Elegi o Natural da Terra como o lugar onde compro minhas frutas. Variedade é a palavra: pêssego, damasco, figo, ameixa.

Quem Lígia Abukessm O que faz Sou comunicadora visual Minha compra tem O atendimento é impecável e as frutas estão sempre docinhas. Levo as mais exóticas como jabuticaba, lichia, pinha e jaca.

91 090_093_OKdica_do_fregues.rev.indd 91

12/9/11 4:40 PM


dicas do freguês

As comprAs e As dicAs dos clientes nAturAl dA terrA dA lojA itAim

Quem Fernanda Rodrigues O que faz Sou auxiliar de vendas Minha compra tem O escritório em que trabalho fica perto e aproveito para almoçar aqui. Adoro o temaki de salmão. Hoje, vim olhar as flores. Adoro girassóis, e este está especialmente lindo!

Quem Elbe Kios Gonçalves O que faz Sou advogada Minha compra tem Minhas netinhas adoram a torta que faço com maçãs e chantilly. No meu carrinho também não faltam os pães e matinais de que as pequenas tanto gostam.

Quem Betty Mulman O que faz Sou fonoaudióloga Minha compra tem Moro no bairro e adoro vir aqui. A loja é moderna e ao mesmo tempo aconchegante. Sem contar que supre minhas maiores necessidades. Adoro frutas secas, kiwi, mamão formosa e melão.

92 090_093_OKdica_do_fregues.rev.indd 92

Quem Rágita Gonçalves O que faz Sou supervisora comercial Minha compra tem Todo sábado venho lanchar aqui. O pastel é mais saboroso e sequinho que os de feira. Adoro os de carne com queijo e de frango com Catupiry.

www.naturaldaterra.com.br

12/9/11 4:41 PM


Quem Vanderley Almeida Ramos O que faz Sou aposentado Minha compra tem Sardinha, queijo e laranja-lima. Estava passando por aqui e não perdi a oportunidade de parar e comprar essas “coisinhas”. Tudo aqui é de primeira qualidade.

Quem Maria Helena Zanete O que faz Sou professora Minha compra tem Criei o hábito de vir ao Natural da Terra toda terça-feira. A variedade e a durabilidade dos alimentos me mantêm freguesa. Hoje estou levando castanhas e frutas. Elas vão durar a semana toda.

blog.naturaldaterra.com.br

090_093_OKdica_do_fregues.rev.indd 93

93 12/9/11 4:41 PM


pequeno toque de chef

Roberto Junqueira

P o r C a r o l i N a e s q u i l a N t e foto s r i C a r d o d ' a N g e lo

Ex-consultor financeiro, Roberto Junqueira trocou o banco pela gastronomia há oito anos. À frente da RJ Gastronomia, em São Paulo, cuida para que as refeições de seus clientes sejam elaboradas somente com produtos frescos, comprados diariamente na loja do Natural da Terra de Higienópolis. Além de congelados, Roberto fornece pratos para eventos e dá aulas. Confira alguns ingredientes que Roberto não deixa faltar em sua despensa, e aprenda com ele a aproveitar ao máximo cada um deles.

Nozes Famosas como fontes de energia, pelo alto teor calórico, as nozes são ricas em vitamina E, potássio e proteína vegetal. Muito versáteis, podem ser consumidas puras, em bolos, saladas e pratos principais. Além de muito saborosas, fortalecem as defesas do corpo, auxiliam na formação de glóbulos vermelhos, ajudam a curar ferimentos mais depressa, fortalecem ossos e dentes e, ainda, atuam contra o envelhecimento das células. Um truque para tirá-las inteira da casca é deixá-las por uma noite no congelador.

ameixa-preta Pouco calórica, a ameixa-preta é fonte de vitaminas C e A. A fibra pectina abaixa os níveis do mau colesterol. Muito usada contra prisão de ventre e tosse. Pudim de ameixa e farofa de ameixa são as duas formas preferidas do chef aproveitar essa fruta. Além, é claro, da famosa calda de caramelo com ameixa que acompanha o manjar branco. alho-poró Muito usado em quiches e tortas, o alho-porró é uma hortaliça muito apreciada na culinária francesa e japonesa. Pode ser consumida crua ou cozida, fria como salada, ou em pratos quentes. Apesar de as folhas verdes serem muito aproveitadas, no tempero de molhos e para fazer sopas é a parte branca a mais consumida.

limão-siCiliaNo Também chamado de limão-verdadeiro, o limão-siciliano é muito versátil – pode ser usado no preparo de salgados ou doces. Indicado para marinar carnes e perfeito para criar molhos para a salada. Com o suco, é possível fazer geleias, sorvetes, coquetéis, cremes, recheios e licores. Rico em vitamina C, possui também vitaminas A e do complexo B, além de sais minerais, cálcio, potássio, sódio, fósforo e ferro. Além disso, são menos suculentos e mais ácidos que o limão-galego.

94 094_097_OKtoquedechef_rev.indd 94

www.naturaldaterra.com.br

12/9/11 7:07 PM


blog.naturaldaterra.com.br

094_097_OKtoquedechef_rev.indd 95

95 12/9/11 7:07 PM


pequeno toque de chef

Roberto Junqueira

CaNela Originária do Ceilão, a canela é obtida da parte interna da casca do tronco da caneleira. Muito utilizada na culinária como condimento e aromatizante, além da preparação de chocolates e licores. Considerada símbolo da sabedoria, o condimento dá um toque especial aos temperos para carnes. A dica de Roberto é usá-la em pratos da cozinha síria, compondo especiarias mais complexas, como curry e pimentas. ViNagre balsâmiCo Uma das coisas que Roberto não deixa faltar em sua cozinha é vinagre balsâmico. De aspecto denso, cor escura e sabor agridoce acentuado, pode ser usado em saladas, carnes, peixes, frituras, molhos e até sobremesas. Suas propriedades estimulantes facilitam o processo digestivo. Além disso, possui função antioxidante – combate os radicais livres e tem ação antisséptica – e ajuda na proteção ao organismo. contra infecções.

arroz 7 grãos Os grãos integrais não passam pelo processo de polimento, portanto, a casca continua nos grãos. Isso faz com que eles preservem mais vitaminas e fibras que são essenciais para o bom funcionamento do organismo. Depois de preparar o arroz, de acordo com as instruções da embalagem, adicione azeite, uva-passa, queijo branco, peito de peru e sal. É uma ótima pedida agora no verão. CataloNha Rica em cálcio, fósforo, ferro, vitaminas A – boa para a visão e para a saúde da pele, B – evita infecções da pele e queda de cabelos, e C – fortalece ossos e dentes; além de sais minerais, a catalonha pode ser conservada em geladeira de três a quatro dias. Roberto sugere combiná-la com ingredientes pouco adocicados, para ressaltar seu sabor amargo.

96 094_097_OKtoquedechef_rev.indd 96

www.naturaldaterra.com.br

12/9/11 7:07 PM


A banana é uma ótima fonte de potássio (importante mineral aos músculos), apresenta vitaminas do complexo B e vitamina C. Ideal quando consumida bem madura, prefira as que estiverem com a casca bem amarela e pequenas manchas marrons. Com uma variedade infinita de preparações, aproveite as bananas ELS para guarnições simples, lanches, compotas, batidas com leite ou iogurte e frutas, além de aproveitar os benefícios desta fruta , você estará acrescentando muitos outros nutrientes! Em 2012, completamos 17 anos no mercado e estaremos com um novo galpão com aproximadamente 1500m2, localizado próximo ao bairro do Morumbi, ao lado da Chácara do Jóquei Clube, onde teremos o dobro da capacidade para continuar crescendo e atendendo nossos clientes.

R. Dr. Silvio Dante Bertachi, 650/660 – Vila Sonia São Paulo - SP – Fone: 11 3742.4823 bananasels@uol.com.br blog.naturaldaterra.com.br

97

094_097_OKtoquedechef_rev.indd 97

12/9/11 7:07 PM

els bananas.indd 1

12/2/11 4:12 PM


papo expresso

FOTO R I C A R D O D ' A N G E LO

Nada como começar o dia com cheiro de café tomando a cozinha. Na casa brasileira, ainda é comum que ele seja feito no coador de pano. Mas até para esse método tradicionalismo, há segredinhos. Leia, a seguir, algumas dicas para acertar nesse modo de preparo, que resulta numa bebida forte e aromática. • O pó deve ser espalhado uniformemente, sem ser apertado, e umedecido com água quente (não fervida); • A medida ideal fica entre 5 e 6 colheres de sopa de pó para 1 litro de água; • A água deve ser despejada em fio, lentamente, sem mexer com a colher; • O pó pode macerar na água quente. Se a mistura ficar no fogo baixo, mexa vagarosamente com uma colher de pau. Essa maceração faz liberar os açúcares, as proteínas e alguns dos óleos aromáticos da bebida.

98 098_100cafe_rev.indd 98

www.naturaldaterra.com.br

12/9/11 6:42 PM


blog.naturaldaterra.com.br

098_100cafe.indd 99

99 12/9/11 6:37 PM


AF_Rustichella_anuncio.pdf

1

07/12/11

18:33

C

M

Y

CM

MY

CY

MY

K

098_100cafe.indd 100

12/9/11 6:37 PM


Natural da Terra | 24