Page 1

www.radarnews.com.br

Fotos: Divulgação

Talentos da cidade Músicos de RP fazem sucesso com blues

Pág. 12

Distribuição GRATUITA

Ribeirão Preto, Ano 1, Edição No 5 - 12 a 15 de Setembro de 2013 Foto: Thiago Cruz

Edição Semanal

Radar Gastronômico Confira um panorama sobre o crescimento do setor da gastronomia no Brasil Pág. 12

Foto: Folhapress

Geral

Barrinha enfrenta protestos violentos

Pág. 04

radar 10 Presidente da ACIRP analisa a criação da 3ª faixa em RP e fala dos benefícios oferecidos pela entidade Pág. 10

Radar Turismo Altinópolis: grutas e cachoeiras para diversão

Pág. 11

7 Dias Brasil e Mundo

Além da contaminação, área do Aquífero Guarani reduz nível em decorrência da criação de novos poços Pág. 6

Dívida de Ribeirão aumenta R$ 1,3 bilhão em oito anos

Valor de dívida é uma previsão que consta na Lei de Diretrizes Orçamentárias. Pág. 05

Pág. 04

Achei Produtos e Serviços

Foto: Banco de Imagem

ESCASSEZ À VISTA

Ex-baixista do Charlie Brown Jr. É encontrado morto em apartamento

Paisagismo elaborado ganha cada vez mais espaço em áreas urbanas Pág. 09

esportes Felipe Massa deixa a Ferrari em 2014 Pág. 15


2

Radar News

www.radarnews.com.br

quinta, sexta e fim de semana de 12 a 15 de setembro de 2013

Edmilson JR Caparelli

Publisher

ecaparelli@grupomidia.com

Pensando no futuro

foi até um dos lagos desta reserva ambiental, próximo a Avenida Henri Nestlé, na Zona Leste, para verificar a atual situação do manancial. Entrevistamos diretores de departamentos responsáveis pela conservação do local e ainda apuramos que, em 2014, o DAERP pagará uma taxa ao Governo do Estado para retirar água do reservatório. Você confere também uma matéria sobre as inovações de

paisagismo voltado aos espaços urbanos. Ainda trazemos um texto sobre uma nova vertente do mercado imobiliário de Ribeirão Preto, os condomínios sustentáveis. No Radar Cultural, nossa equipe preparou um especial sobre o blues. Na matéria apresentamos grandes talentos desse estilo em Ribeirão Preto como Fred Sun Walk e João da Gaita. Ainda temos a estreia da

Ela disse

Você ouviu

Fotos: Divulgação

curiosidades de Altinópolis, município localizado na região de Ribeirão Preto. A editoria apresenta detalhes de roteiros turísticos do local e ainda informa sobre as conhecidas grutas e cachoeiras. Para finalizar, não deixem de conferir o “Ponto Final”, que faz uma análise sobre os manifestos realizados no Brasil, que vêem ocasionando a destruição de prédios públicos. Ótima leitura.

“Não falei com o Sheik não, se bobear agora ele vai querer me dar um selinho. É brincadeira, Sheik, foram 15 anos brincando com os caras (são-paulinos) e você estragou tudo em uma noite.” Ex-jogador do Corinthians, Vampeta fez piada com a polêmica envolvendo o selinho que Emerson Sheik, atacante do Timão, deu em um amigo.

“Meu primeiro beijo foi com 11 anos, eu era bem novinha, né. Eu quando era mais nova, era muito mais extrovertida, hoje em dia eu sou muito mais tímida.” Atriz Bruna Marquezine, namorada do jogador Neymar

Você viu

coluna do cirurgião-dentista Eduardo Landi que traz dicas sobre saúde bucal. Já no Radar 10, uma entrevista com o Presidente da Associação Comercial e Industrial de Ribeirão Preto (ACIRP), José Carlos Carvalho, que comentou sobre a criação de vias para 3ª faixa de trânsito e elencou benefícios dos 109 anos da entidade. No Radar Turismo, a dica desta semana aponta as

Uma das grandes preocupações de ambientalistas para as próximas décadas é o abastecimento de água em algumas regiões do Brasil. Nessa premissa, destacamos na reportagem da semana os casos de contaminação e o rebaixamento do nível das águas subterrâneas do Aquífero Guarani, que possui grande parte dos reservatórios em Ribeirão Preto. A equipe do Radar News

O empresário Abilio Diniz fechou acordo com Jean Charles Naouri, do Grupo Casino, e deixará o Grupo Pão de Açúcar. Com a decisão, Abilio deixa a presidência do conselho da empresa. “Exatos 65 anos depois, encerro esse importante ciclo de sucesso da empresa”, disse.

TEMP. MÍNIMA 16ºC TEMP. MÁXIMA 32ºC Sol com algumas nuvens. Não chove.

Sexta-feira - 13.09.2013 TEMP. MÍNIMA 16ºC TEMP. MÁXIMA 32ºC Sol com algumas nuvens. Não chove.

Sábado -14.09.2013 TEMP. MÍNIMA 18ºC TEMP. MÁXIMA 33ºC Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite.

Domingo - 15.09.2013 TEMP. MÍNIMA - 19ºC TEMP. MÁXIMA - 30ºc Sol com algumas nuvnes. Não chove.

Localização dos Radares 12/9 (quinta-feira) Av. Eduardo Andrea Matarazzo - 70km/h Av. Independência - 60km/h Av. Prof. João Fiusa - 60km/h 13/9 (sexta-feira) Av. Caramuru - 60km/h Av. Marechal Costa e Silva - 60km/h Av. Mogiana - 60 km/h

Radarnews.com.br O Radar News também está na Internet trazendo as principais notícias do Brasil e do mundo. Visite nosso site e deixe seu comentário, participe de enquetes e mande a sua sugestão. No www.radarnews.com.br você também poderá conferir o vídeo sobre o Radar News, sua distribuição e a opinião de leitores sobre o novo jornal. O Radar News também está no Facebook (facebook.com/ RadarNewsBR) e no Twitter (@RadarNewsBR).

Eu anuncio

Canal Aberto Fotos: Alexandre Tiba

Quinta-feira - 12.09.2013

“Ribeirão ganhou uma alternativa diferenciada no quesito comunicação. Tenho gostado bastante das matérias do jornal. Também é uma mídia que vale a pena anunciar devido à distribuição gratuita.”

Eduardo Chaguri Diretor da Chaguri

Eu leio “A proposta do Radar News é muito interessante. É um veículo com formato dinâmico que traz notícias para a população de forma objetiva e atrativa. Com certeza é mais uma opção inovadora de atualização dos fatos.”

Acesse: www.radarnews.com.br

14/9 (sábado) Av. Costabile Romano – 60 km/h Av. Eduardo Andrea Matarazzo - 70 km/h Av. Maurilio Biagi – 70 km/h

Radar fixo:

Av. Dr. Celso Charuri - 70Km/h Obs: A presente escala poderá ser alterada de acordo com as necessidades da TRANSERP

Expediente

Alan Alberto Molin Microempreendedor Envie sua opinião com uma foto para “Eu leio o Radar News”: redacaorn@grupomidia.com

O Jornal Radar News é uma publicação semanal com distribuição 100% gratuita. Produzido pelo Grupo Mídia

Publisher: Edmilson Jr. Caparelli Diretora Administrativa: Lúcia Rodrigues Diretora Editorial: Priscila Soares Prado Diretora de Marketing/ Eventos: Erica Almeida Alves Diretor Comercial: Marcelo Caparelli Diagramação e Criação: Erica Almeida Alves e Valéria Vilas Bôas

Conselho Editorial: Edmilson Jr. Caparelli, Erica Almeida Alves, Jailson Rainer, Lúcia Rodrigues, Marcelo Caparelli, Priscila Soares Prado REDAÇÃO: Priscila Soares Prado, Carla de Paula Pinto, Thiago Cruz, Patricia Bonelli Comercial: Eliana Rodrigues, Evaldo Felício, Ana Alice Hilário Relações Internacionais: Jailson Rainer

Assistente Comercial: Caroline Caparelli e Janaiana Marques Distribuição: Ruy Troncoso A opinião do jornal é expressa em editorial. Os artigos são de responsabilidade de seus autores. Tiragem: 20.000 exemplares Trabalhe Conosco: selecao@grupomidia.com

Fale com a gente (16) 3629-3010 Dúvidas, críticas e sugestões: radarnews@grupomidia.com. Pessoas não listadas neste expediente não estão autorizadas a falar em nome do Jornal Radar News ou a retirar qualquer material sem prévia autorização emitida pela redação.


Radar News

quinta, sexta e fim de semana de 12 a 15 de setembro de 2013

3


4

Radar News

quinta, sexta e fim de semana de 12 a 15 de setembro de 2013

Thiago Cruz

Geral

Cidade da região de RP enfrenta protestos Atos de vandalismo ocorreram nesta semana em Barrinha (SP) motivados pelo assassinato de um jovem de 26 anos, morto com dois tiros disparados supostamente pelo comandante da Guarda Civil Municipal (GCM) durante uma blitz. O agente foi afastado das funções. A Polícia Civil investiga o caso. O procurador de Barrinha, João Anselmo Leopoldino, afirmou que, além da sede do governo, também foram atacados a base da GCM e departamentos como garagem, almoxarifado, biblioteca pública e o centro odontológico do município, inaugurado há 90 dias. Levantamento preliminar realizado pela Prefeitura de Barrinha (SP) estima que o prejuízo causado pelos ataques no primeiro dia dos protestos chegam a R$ 1,1 milhão.

Prefeitura vende parte de nova etapa do distrito São 12 o número de novas empresas que chegarão a Ribeirão Preto por meio da terceira etapa do Distrito Industrial da cidade. Além das corporações já confirmadas ainda estão disponíveis 80 lotes com áreas entre mil e três mil metros. A movimentação acarretará na geração de empregos para a cidade. Os terrenos foram adquiridos em leilão e o lance mínimo variou de R$ 187 a R$ 205 o m².

Foto: Divulgação

thiagocruz@grupomidia.com

adriano peixoto

adriano.run@hotmail.com

Benefícios previdenciários para donas de casa

Vários focos de queimadas foram detectados na região Para combater os incêndios, tão frequentes nesta época do ano, a Polícia Ambiental de Ribeirão Preto vem utilizando a ajuda de satélites. Com a operação Corta Fogo, feita em todo o Estado de São Paulo, as buscas são feitas diariamente através do site do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais). Os policiais consultam o site e, a partir disso, elencam as queimadas detectadas via satélite. Depois disso, localiza-se o proprietário do local e verifica-se se há autorização para fazer queimada na área. O período entre os meses de

agosto e setembro é quando ocorre o maior número de queimadas, muito por causa do tempo seco. Além disso, conforme ressalta Rodnei Barbosa Correa, Engenheiro Agrônomo, a palha de cana, resquícios da colheita mecanizada, é um material altamente inflamável, ou seja, qualquer bituca de cigarro pode gerar queimada. Do começo deste ano até o dia 6 de setembro foram identificados 338 focos de queimadas nas 32 cidades da região. O cidadão também pode denunciar queimadas. Para tanto, basta ligar no Corpo de Bombeiro, 193, ou Polícia Ambiental (3931-1070).

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

7 Dias Brasil e Mundo

Recentemente uma série de discussões sobre os direitos trabalhistas e previdenciários ganhou as atenções de todo o país, mas o que muitas donas de casa de baixa renda não sabem, é que elas também possuem direitos. Para usufruir desses direitos é necessário contribuir mensalmente com o INSS. Atualmente é possível conseguir outras benefícios previdenciários com um pagamento mensal de 5% do salário mínimo (R$ 33,90), antes o mínimo era de 11%. A Lei 12.470/2011 possibilita à dona de casa de baixa renda contribuir com a Previdência Social e garantir os principais benefícios previdenciários, como aposentadoria por idade, por invalidez, auxílio-doença, pensão por morte, salário maternidade e auxílio-reclusão através do pagamento de um salário mínimo para estes benefícios. Não só a dona de casa pode filiarse ao Regime Geral de Previdência Social como segurado facultativo, mas qualquer pessoa maior de dezesseis anos de idade que não exerça atividade remunerada tais como estudantes, síndicos de condomínios que não são remunerados, desempregados, bolsistas ou estagiários, presidiários que não exercem atividade remunerada entre outros. Requisitos É preciso preencher alguns requisitos para receber o benefício: 1º A renda mensal deve ser de até 2

salários mínimos (R$ 1.356,00); 2º Necessário fazer inscrição no Cadastro Único de Programas Sociais (CadÚnico). Para fazer a inscrição no CadÚnico procure a prefeitura de sua cidade. Para quem possui esta renda mensal e já contribuía no valor de R$ 74,58 (11%) poderá passar a contribuir no novo percentual sem nenhum prejuízo. As donas de casa (ou dono de casa) que não são de família de baixa renda, também poderão contribuir para a Previdência como segurada(o) facultativa(o). Neste caso o valor da contribuição é de, no mínimo, 11% sobre o salário mínimo, tendo direito aos mesmos benefícios. Benefícios não aceitos com o pagamento de 5% ou 11%: O pagamento por 5% (baixa renda) ou 11% (para os demais) dá direito a todos os benefícios descritos acima, porém não dá direito a aposentadoria por tempo de contribuição. Veja quais os códigos de pagamento: Os contribuintes de baixa renda podem receber optando pelo recolhimento mensal ou trimestral, conforme os códigos abaixo: Código 1929 - Recolhimento Mensal Código 1937 - Recolhimento Trimestral As inscrições podem ser feitas pelo telefone 135 ou pelo site da Previdência Social.

Odonto Dicas eduardo landi

coeduardolandi@gmail.com

Cresce desmatamento na Amazônia Legal Mais uma tragédia para o rock nacional Foi encontrado morto, em seu apartamento, o baixista da banda Charlie Brown Jr, o Champignon. A perícia ainda não divulgou o laudo, porém tudo leva a crer que ele tenha cometido suicídio, já que estava com um tiro na cabeça e uma pistola 380 na mão direita. Segundo parentes e amigos, Champignon apresentava sinais de depressão, devido às várias críticas que vinha recebendo pela sua nova banda, A Banca, na qual era vocalista e cantava as músicas do Charlie Brown. Champignon foi enterrado em Santos no mesmo local em que está o corpo do amigo e companheiro de banda Chorão, morto em março desse ano devido à uma overdose de cocaína.

Na terça-feira (10/9) foi divulgado pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) que o desmatamento na Amazônia Legal entre agosto de 2012 e julho de 2013 foi de 2765,64 km², alta de 35% em comparação com o período entre agosto de 2011 e julho de 2012, quando houve a derrubada de 2.051 km² de vegetação. O total de floresta destruída é superior a duas vezes a área

do município do Rio de Janeiro. O período analisado pelo INPE refere-se aos meses do “calendário do desmatamento”, que está relacionado com as chuvas e as atividades agrícolas no bioma. O instituto divulgou ainda informações sobre a degradação na Amazônia em agosto deste ano, quando a floresta perdeu 288,6 km² (queda de 44,7% na comparação com 2012).

Espionagem contra Petrobras A Presidente Dilma Rousseff (PT) voltou a solicitar esclarecimentos do Governo dos Estados Unidos sobre a denúncia de que a inteligência americana teria espionado cidadãos e empresas do Brasil. Entre os alvos estariam ela própria e a Petrobras. Em nota, a mandatária disse que, caso a espionagem contra

a estatal seja confirmada, ficará “evidenciado que o motivo das tentativas de violação não é o combate ao terrorismo mas sim interesses econômicos e estratégicos”. Segundo Dilma, tais tentativas são incompatíveis com a convivência democrática entre países amigos, sendo manifestamente ilegítimas.

Sangramento gengival fique atento! Não pense que é normal sair sangue da gengiva durante a escovação dos dentes.Muitas pessoas acham que possuem “gengiva sensível” ou acham que o sangramento é resultado de uma escovação eficaz. Cuidado!Este pode ser um indicador dos primeiros sinais da gengivite, periodontite ou problemas de saúde sistêmicos. Nesse caso o mais indicado é procurar um cirurgião dentista de preferência periodontista pois é a especialidade que cuida deste tipo de problema. Este profissional deverá realizar alguns exames para diagnosticar corretamente o problema, pois, os problemas gengivais são grande parte das causas que levam a inflamação e sangramento. Além disso o fator genético conta muito, pois cada pessoa tem uma necessidade específica em relação à higiene oral como

exemplo pacientes que escovam pouquíssimo seus dentes e não ligam tanto para higiene bucal e nunca apresentaram qualquer tipo de problema de sangramento e o outro exemplo o paciente que se preocupa muito com higiene bucal se dedica muito à escovação e sempre apresenta sangramento. A explicação disso tudo está na genética, ou seja, o paciente que possui pré disponibilidade ao desenvolvimento de problemas gengivais ou cárie, este deve ter nada menos que uma escovação perfeccionista e acompanhamento profissional trimestralmente. Concluindo, se você apresenta sangramentos, cáries mesmo após a realização de tratamentos odontológicos feitos à pouco tempo atrás, procure o cirurgião dentista pois algo de errado está acontecendo.


Radar News

quinta, sexta e fim de semana de 12 a 15 de setembro de 2013

Política

5

Lei dos royalties é sancionada

luiz Rufino

rufino.politica@gmail.com Por que a política tem se tornado bárbara? O pensador espanhol Ortega y Gasset chegou a comparar a barbárie da política à destruição da civilização. Uma dessas colunas civilizatórias mais atacadas, nas últimas décadas, é a democracia. A multidão, que no passado era apenas uma quantidade visual, passou para a esfera da qualidade. Aí é que está a questão: qual a qualidade da interferência das massas? Tenho um palpite, assistindo as manifestações do dia 7 de setembro cheguei a crer que as inovações políticas dos últimos anos, leiam-se FHC e Lula, não significam outra coisa senão o império político das massas. O triunfo de uma hiperdemocracia na qual a massa atua diretamente sem lei, por meio de pressões materiais, impondo suas aspirações e seus gostos na política.

A Política

É um erro dos analistas interpretarem as novas situações como se a massa tivesse cansado da política e encarregasse de seu exercício apenas pessoas especiais. Justamente o contrário. Foram as massas que ocuparam as principais instituições políticas. Observem a qualidade intelectual de nossos representantes. Por isso, a massa acha que pode impor e dar força de lei aos seus problemas do dia-a-dia. Já estão representadas.

Quem é o homem-massa? É o homem cuja vida não possui nem peso e nem raiz, “deixando-se arrastar pelas correntes”, sem resistir aos redemoinhos que se formam nas artes, na política ou mesmo nos costumes. E apesar dos ganhos históricos as mais perversas formas de barbárie continuam nos intestinos dos Estados modernos.

LDO prevê aumento de dívida em R$ 1,3 bilhão para o município O município de Ribeirão Preto tem uma dívida que pode aumentar R$ 1,3 bilhão, durante as duas gestões do Governo Dárcy Vera (PSD). Tal valor é uma previsão que consta na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) do ano que vem, produzida pela administração municipal e publicada no Diário Oficial do Município.

No primeiro ano da atual administração, em 2009, a dívida consolidada era de R$ 262,9 milhões. Este ano, ela deve ficar em R$ 816,8 milhões. A previsão para 2016, é de uma dívida de R$ 1,5 bilhão. Esses números podem ser visualizados no Sistema de Coleta de Dados Contábeis (SISTN) da Caixa Econômica.

Economia Demanda do consumidor por crédito recua 5,5% em agosto De acordo com o Indicador Serasa Experian da Demanda do Consumidor por Crédito, a quantidade de pessoas que buscou crédito recuou 5,5% em agosto/13 em relação ao mês imediatamente anterior. Na comparação com agosto do ano passado, a queda foi de 3,3%. No acumulado do ano, isto é, de janeiro a agosto de 2013, a demanda dos consumidores por crédito cresceu 4,7% frente ao período de janeiro a agosto de 2012. De acordo com os economistas da Serasa Experian, a alta do dólar, dos juros e o menor grau de confiança dos consumidores contribuíram negativamente para a demanda do consumidor por crédito no mês passado. DÓLAR COMERCIAL 11/9/2013 15h00 Compra

Venda

Variação

Dólar com.

2,2869

2,2876

+0,25%

Dólar tur.

2,2700

2,3900

+2,14%

Euro

3,0464

3,0475

+0,49%

Libra

3,6110

3,6124

+0,43%

Pesos arg.

0,3997

0,3999

-0,1%

Fonte: economia.uol.com.br/cotacoes/

China impulsiona queda do dólar Durante esta semana, o dólar comercial caiu 1,14%, sendo cotado em R$ 2,2780. No turismo, a queda observada foi de 0,82%, passando para R$ 2,40, atingindo assim o menor valor desde o dia 9/9 deste ano. A queda foi influenciada pelas exportações chinesas que cresceram 7,2% em agosto, com relação ao ano anterior e com as importações, que subiram 7%, lucrando US$ 28,6 bilhões ao País. Esse crescimento positivo fez com que os investidores ficassem otimistas e impulsionassem as empresas exportadoras.

Alta da Selic reflete aumento de juros em setembro Acompanhando o aumento da Selic, as taxas de empréstimo pessoal subiram de 5,24% para 5,27% entre agosto e setembro. O levantamento realizado pelo PROCON com os bancos Bradesco, Caixa Econômica Federal, Itaú, HSCB, Santander, Banco do Brasil e Safra apontou que no cheque especial, o aumento passou de 7,98% em agosto para 8,03% em setembro. A maior taxa encontrada, com relação ao cheque especial foi no Santander com 10,09% e a menor na Caixa, com 4,41%.

A Democracia

Mas e os mascarados?

A democracia tem fracassado na tentativa de vencer a quebra da lei, da ordem, da criminalidade, do declínio dos valores morais e tuttiquanti. Os vícios do passado continuam presentes e crescentes na esfera política. Continua a valer nas três esferas do poder o corporativismo e o tráfico de influências.

Típicos homens-massa julgamse convictos de seus conhecimentos éticos e de sua pseudo -intelectualidade formada nos cursinhos e universidades propagandistas do socialismo. Daí vem o pior: sem trâmites, nem reservas, vestem uma máscara e como bóias deixam-se arrastar pelas correntes impondo sua vulgaridade em todos os cantos. A característica do momento é que a alma vulgar, sabendo que é vulgar, tem a coragem de afirmar o direito à vulgaridade e a impõe em toda parte.

O Brasil mudou? Mudou do coronelismo para o “neocoronelismo”. Saltou do poder econômico do velho avô oligarca para o neto “neocoronel”. Aliás, na massa o que significa isso? Absolutamente nada. A elite agrária brasileira nunca teve projeto de poder político, sempre costurou a manutenção de seu poder econômico com os interesses de quem ocupa o cargo atual.

Senador Aécio Neves critica Dilma na TV O Presidente do PSDB e possível candidato à Presidência da República, Senador Aécio Neves (MG), utilizou as inserções de 30 segundos do partido apresentadas na TV na noite da terça-feira (10/9), para criticar o governo da Presidente Dilma Rousseff (PT) e se apresentar aos brasileiros. “Eu sou Aécio Neves. Vamos conversar?”, propôs o senador tucano no final

de cada uma das inserções. Ele foi também o apresentador de todas elas. No dia 19/9, o PSDB levará ao ar no rádio e na TV o programa do partido, com dez minutos. A estrela principal será de novo o pré-candidato Aécio Neves. Nos dias 21, 26 e 28 serão apresentadas novas inserções, mais uma vez, tendo o senador como protagonista.

Esta semana a lei que destinada 75% dos royalties do PréSal para a educação e 25% para a saúde foi aprovada pelo Congresso Nacional e sancionada pela Presidente Dilma Rousseff. Segundo o governo, cerca de R$ 112 bilhões serão repassados aos Estados e municípios nos próximos 10 anos. Há previsão de que a primeira parcela – cerca de R$ 770 milhões – seja liberada ainda esse ano.

CPI do Transporte cobra mais fiscalização Reunião da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) do Transporte, que ocorreu na segunda-feira (9/9) teve um clima tenso entre vereadores da base e manifestantes do Movimento pelo Povo de Ribeirão Preto, na Câmara. O diretor de Transporte da TRANSERP, José Mauro Araújo, e o gerente de Transportes, Reinaldo Lapate, por meio de suas respostas fizeram com que os oposicionistas cobrarem mais fiscalização no serviço prestado pelo consórcio PróUrbano. Minutos antes do início da reunião da CPI, os manifestantes queimaram uma catraca na entrada do Legislativo.


6

Radar News

www.radarnews.com.br

quinta, sexta e fim de semana de 12 a 15 de setembro de 2013

Reportagem da Semana Fotos: Thiago Cruz

Por Thiago Cruz

Alerta necessário

LAGO PRÓXIMO À AVENIDA HENRi NESTLé, UM DOS RESERVATÓRIOS DO AQUÍFERO GUARANÍ QUE ABASTECE em 100% RIBEIRÃO PRETO

Contaminações e criação de novos poços reduzem nível além do Aquífero Guarani além do normal

S

e o assunto é água, Ribeirão Preto destaca-se por causa do imenso reservatório subterrâneo existente na cidade, o Aquífero Guarani. Porém a presença deste manancial não garante a abundância de água por longa data. O aumento do consumo deste bem precioso pela população e a construção de novos poços vêm ocasionando a escassez desta reserva. Assim como os depósitos irregulares de lixo, agrotóxicos, fossas sépticas, vazamento em oleodutos, poços abandonados ou construídos sem tecnologia adequada, podem provocar a contaminação do aquífero. O abastecimento público da cidade é totalmente dependente da exploração do Aquífero Guarani e, por este motivo, a proteção da água subterrânea é uma preocupação constante. Conforme estudo da USP de São Carlos, nos últimos 10 anos, o Aquífero Guarani baixou um metro por ano. Segundo o DAERP (Departamento de Água e Esgoto de Ribeirão Preto), o desperdício de água na cidade é de 39%. A água do aquífero é extraída pelo DAERP através de poços tubulares profundos. A reportagem apurou que a autarquia municipal terá que pagar pela retirada de água do reservatório a partir de 2014. Até a água que se perde pelas antigas redes de distribuição do órgão terão custos, já que a cobrança será feita diretamente no poço. Carlos Alencastre, Diretor Regional do Departamento de Águas e Energia Elétrica (DAEE), comenta que este pagamento será uma forma de educar os usuários no bolso. “Desta maneira, todo mundo vai querer economizar água porque está pagando a mais por ela”, diz. Este dinheiro será

utilizado para a recuperação dos recursos hídricos do reservatório. Alencastre ainda diz que o DAERP, como um órgão de abastecimento público na cidade, faz apenas um trabalho emergencial. “Eles deveriam fazer algo mais planejado. Precisa reformular toda a rede, pois existem vários pontos na cidade com água perdida”. Ribeirão tem vários poços e esses níveis diminuíram de maneira geral. Há uma infiltração nesta reserva, por isso, é importante criar medidas para evitar essa problema. Hoje são mais de 400 poços artesianos no município de Ribeirão Preto, sem contar os poços clandestinos. A maioria dos poços está na Zona Leste, concentrados no Recreio Internacional e no Portal dos Ipês. O poço irregular é propício para levar qualquer contaminação ao aquífero. “O DAERP, no que lhe cabe para evitar a contaminação do manancial, tem como função coletar e tratar

todo esgoto gerado”, afirma Leonardo Cavalcante, Assessor de Planejamento da autarquia. Cavalcante alega que o DAERP utiliza modernas tecnologias para a perfuração de novos poços, de acordo com as normas técnicas brasileiras (ABNT). O assessor também disse que os poços desativados são cimentados na boca e são monitorados para verificação do nível estático dos mesmos. O DAERP informa que elevou o índice de perdas, que chegaram a atingir mais de 50 % do que era produzido pelos poços. Com a implantação do “Programa de Controle de Perdas” houve uma redução, e em 2012, um nível de perdas de 26,5 %. Futuro – Estudo da Agência Nacional de Águas (ANA) informa que a partir de 2015 Ribeirão Preto deverá usar água do Rio Pardo. O DAERP, independente desse estudo da ANA, elaborou um projeto para usar a água do Rio Pardo, tendo encami-

nhado ao Ministério das Cidades, em abril deste ano, um pedido de financiamento para execução dessa obra que causará um grande impacto no desenvolvimento de Ribeirão Preto. O Secretário do Meio Ambiente, Daniel Marques Gobbi, considera o uso desta nova fonte de abastecimento algo positivo, pois as águas do Aquífero são muito nobres para utilização em processos industriais ou irrigação que, em princípio, seriam atendidas pelas águas superficiais. Na web – O administrador João Luiz Carvalho criou uma Fanpage no Facebook para coletar denúncias de concentração irregular próximo aos lagos do Aquífero Guarani. “Desenvolvemos essa página com o intuito de preservar este importante reservatório. Já até tivemos alguns embates com a Prefeitura devido aos casos de contaminação.” Confira a página pelo link: facebook.com/aquiferoguaranimerecesocorro.natureza

LAVAR A CALÇADA COM MANGUEIRA CONTRIBUI PARA O DESEPERDÍCIO, DIMINUINDO O NÍVEL DO AQUÍFERO GUARANÍ


www.radarnews.com.br

Radar News

quinta, sexta e fim de semana de 12 a 15 de setembro de 2013

Se tem motor você encontra aqui

radarnews@grupomidia.com

Fotos:Divulgação

Inovadora minivan ideal para a família e em sintonia com as últimas tendências

Um novo modelo de automóvel ideal para a família já pode ser visto nas principais avenidas de Ribeirão. Chegou ao mercado o Chevrolet Spin, um veículo que foi pensado no dia a dia e também para as longas distâncias. Este lançamento possui um bagageiro de fácil acesso e uma forma robusta, bem diferente dos MPVs comuns. A minivan também possui personalidade própria, notada principalmente nos dois vincos que nascem na altura dos faróis e lanternas. O porta-malas da Spin com-

porta 710 litros na versão para cinco passageiros, saltando para 1.668 litros com o banco traseiro rebatido. Na versão com sete lugares, o acesso à terceira fileira é dificultado pela falta de um mecanismo que deslize o banco de trás, mas o espaço é suficiente apenas para levar crianças. O espaço para bagagens é sacrificado, caindo para 162 litros. A Spin usa uma nova versão do motor 1.8 Flexpower, agora batizado com o sobrenome Econo. Flex. São 108 cv com etanol e 106 cv se a escolha for pela gasolina, ambos a 6.200 rpm.

7


8

Radar News

quinta, sexta e fim de semana de 12 a 15 de setembro de 2013

radarnews@grupomidia.com

Com inúmeros problemas que o Planeta Terra enfrenta quanto à degradação da natureza, a saída é ir à busca de soluções ecológicas para o cotidiano. Nessa premissa diversas cidades brasileiras já estão recebendo construções de condomínios sustentáveis. A proposta desses imóveis é levar ao morador o conforto aliado aos conceitos de proteção ambiental. Recentemente em Ribeirão Preto foi anunciado a construção de um condomínio fechado focado em preocupações sustentáveis. O espaço divulgado possui 83 casas, além de áreas de lazer, salões de festa e outros espaços comuns. Projetos como esse possuem em sua concepção conceitos sustentáveis como sistema de aquecimento solar

para água em todas as casas e iluminação com sensores de presença; as descargas serão instaladas com sistemas de duplo comando em todos os banheiros. Além disso, estes condomínios “verdes” costumam ser entregues com um sistema de coleta seletiva de resíduos, incluindo até um espaço para óleo de cozinha. Um dos maiores diferenciais destes projetos é a instalação de um sistema híbrido de geração de energia alternativa. Alguns lançamentos também contam com a estrutura de coleta seletiva, que inclui um cuidado especial com a separação do óleo de cozinha, item altamente poluente. Esses conjuntos habitacionais geralmente são estruturados para tratar e reaproveitar a água da chuva.

Foto: Banco de Imagem

Condomínios verdes garantem gestão de resíduos e produção energética


Radar News

quinta, sexta e fim de semana de 12 a 15 de setembro de 2013

radarnews@grupomidia.com

Equilíbrio através do contato com a natureza Foto: Banco de Imagem

Paisagismo elaborado ganha cada vez mais em ambientes urbanos cheios de concreto

Com o crescimento desenfreado das cidades, os espaços verdes e naturais andam cada vez mais escassos. E a vida conturbada e corrida do mundo atual faz com que as pessoas procurem um contato maior com a natureza, a fim de aliviarem suas tensões e “recarregarem” suas energias. Em busca de uma melhor qualidade de vida, as pessoas investem em projetos de paisagismo, tanto para ambientes internos quanto externos, seja para suas casas, locais de trabalho ou praças e espaços públicos.

Aliando conhecimentos, o paisagismo torna-se a arte de planejar a paisagem através da arquitetura e outros fatores como equilíbrio de formas e texturas, buscando um resultado harmonioso e utilizando as plantas adequadas para o local, sejam elas ornamentais ou frutíferas. A conjunção do paisagismo com a arquitetura é imprescindível, pois os dois profissionais devem fazer com que o local seja aconchegante, agradável esteticamente com móveis e adornos, como esculturas, fontes e pisos, além de

satisfazer as pessoas com as texturas, cores e perfumes. Quando um projeto de paisagismo for elaborado, deve-se levar em consideração todas as necessidades e expectativas do consumidor final, utilizando muito bem o espaço livre. Se o projeto for elaborado para espaços públicos, além da otimização do ambiente não se deve esquecer dos portadores de necessidades especiais, para que o paisagismo não impeça a mobilidade dos mesmos.

9


Radar News

quinta, sexta e fim de semana de 15 a 18 de agosto de 2013

rADAR 10 Busca pelo desenvolvimento

patricia bonelli

patricia@grupomidia.com

Presidente da Associação Comercial e Industrial de Ribeirão Preto (ACIRP) opina sobre a 3ª faixa em RP e elenca benefícios dos 109 anos da entidade Alterações na economia e a crescente movimentação do comércio e indústria são importantes fatores para o desenvolvimento do País. E com o intuito de debater assuntos relevantes do setor, o Radar News entrevistou o Presidente da Associação Comercial e Industrial de Ribeirão Preto (ACIRP), José Carlos Carvalho. 1- Como a implantação da 3ª faixa em algumas vias do trânsito de Ribeirão Preto pode afetar o comércio? Carvalho: Em primeiro lugar, a 3ª faixa beneficia a mobilidade urbana. Porém, muitos comerciantes podem perder faturamento. Sem estacionamento, as pessoas não frequentam o local. A sugestão é que haja bom senso e negociação antes de qualquer mudança e que os argumentos de todas as partes sejam ouvidos. As atividades do comércio são essenciais para geração de emprego e desenvolvimento de uma cidade. Por isso, devem ser estimuladas e não prejudicadas. 2- Quais são as principais medidas que a ACIRP tem desenvolvido para melhorar o comércio e indústria de Ribeirão Preto? Carvalho: A ACIRP, desde sua fundação, tem participação fundamental na história de Ribeirão. Foi da entidade, por exemplo, a ideia de revitalizar o Calçadão e o Centro como um todo, atendendo a um pedido antigo dos lojistas, moradores e frequentadores da região. Atuamos na criação do Distrito Empresarial, cuja terceira etapa foi lançada recentemente. A parceria com o Sicoob Cooperac, o Banco de Talentos no portal da ACIRP, além da criação do Núcleo de Economia (com pesquisas sobre inflação, expectativa de consumo, etc) e da Área de Relações Internacionais. 3- Qual análise o sr. faz do Cidade Limpa implantado em Ribeirão Preto? Carvalho: É excelente e tem apoio da ACIRP. O mundo moderno exige que os centros urbanos se atualizem e criem soluções para melhoria do ambiente econômico e social. A dificuldade de se readequar, para muitos empresários, esteve relacionada à parte financeira. Muitas empresas têm orçamento apertado e trabalham com planejamento de longo prazo. Adequar novas despesas à planilha de negócios não é uma tarefa simples. Ainda assim, é justo que a fiscalização seja mantida. Senão, quem já fez as adaptações acaba penalizado.

5- Em julho julho deste ano, o mercado de Ribeirão registrou uma alta na contratação de trabalhadores. Quais fatores influenciaram neste aumento? Carvalho: Julho gerou 303 vagas de emprego ao município. Destaque para os setores de teleatendimento (158), construção de rodovias e ferrovias (100), e comércio varejista de ferragens, madeira e material de construção (80). Vê-se que a economia de Ribeirão continua crescendo em atividades diretamente ligadas aos setores de serviços e construção civil, principalmente em obras de condomínios, construção de lojas e shopping centers. 6- Quais as maiores deficiências do comércio de Ribeirão Preto atualmente? Carvalho: A principal deficiência é a falta de vagas de estacionamento. A frota de automóveis aumentou significativamente nos últimos anos sem que fossem criadas soluções ao aprimoramento no fluxo de veículos. Além deste problema, é preciso uma política se segmentação dos estabelecimentos comerciais, com encadeamento das atividades conforme a cadeia produtiva. 7- Como o sr. avalia a proposta da Nota Fiscal Ribeirão-pretana? Carvalho: A Nota Fiscal Ribeirão-pretana, como todas as medidas do tipo, é uma excelente maneira de os governos se resguardarem de que os produtos vendidos têm procedência, qualidade e são tributados. Para o consumidor, além de ajudar na fiscalização, o retorno vem na forma de prêmios. Para o comerciante, é um certificado a mais que atesta os bons serviços prestados por seu estabelecimento. Ganham todos. 8- Em agosto a ACIRP completou 109 anos. Na sua opinião, quais as maiores conquistas que a entidade proporcionou à cidade ao longo deste centenário? Carvalho: A lista é muito grande e inclui, entre outros itens, a criação do Sicoob Cooperac, há sete anos, e a criação da Câmara de Conciliação, Mediação e Arbitragem, há três anos. A própria idade da ACIRP impressiona. São raras as instituições que ultrapassam os cem anos, o que por si só mostra a força e importância que a entidade conquistou. Creio que a mais significativa é a certeza de que a ACIRP se tornou ao longo dos anos a voz do empresariado de Ribeirão. 9- Como será o Projeto Educação Empresarial da ACIRP? Carvalho: São cursos de curta duração, elaborados por especialistas em diversas funções de uma empresa, voltados à capacitação profissional. A ideia é suprir deficiências que surgem nas práticas típicas do dia a dia, a maioria delas pouco debatida em cursos universitários e técnicos. São cursos rápidos, de dois a cinco dias, realizados na própria ACIRP, com classes de no máximo 32 alunos. 10- Como o sr. avalia a procura dos empresários para a instalação de novas empresas na 3ª etapa do Distrito Empresarial? Carvalho: O Distrito Empresarial é muito importante para a cidade. Os lotes da primeira e segunda etapas foram todos vendidos e os da terceira continuam avançando, apesar do momento de incerteza econômica em que vivemos. Em breve, a Prefeitura vai lançar novo edital para a comercialização dos lotes restantes, bem como licitação para a implantação da infraestrutura. Com isso, a adesão dos empresários certamente irá aumentar.

Foto: Divulgação

4- Na sua avaliação qual o impacto da alta do dólar no comércio e indústria local? Carvalho: A alta do dólar afeta o preço dos insumos importados. Hoje, muitos destes produtos são essenciais à população. Com isso, automaticamente haverá impacto no orçamento das famílias. Produtos como o leite e o trigo que dá origem à farinha de trigo e participa em média com 35% do custo de produção do pão francês, sofrerão impacto maior.


Radar News

quinta, sexta e fim de semana de 12 a 15 de setembro de 2013

11

Segundo Caderno

rADAR turismo

erica alves

erica.alves@grupomidia.com

Entre grutas e cachoeiras que encontrou como saída essas duas formações. Esse fato acabou sendo considerado também como mais um milagre pela religiosidade do município. Outra galeria da gruta leva a uma câmara onde não há entrada de luz, para se chegar lá é preciso acompanhamento de guia. Depois de poucos minutos com as lanternas apagadas e em silêncio total, perde-se a noção de tempo e espaço. Uma sensação inexplicável que, segundo os guias locais, é apenas vivenciada pelos astronautas quando estão soltos no espaço. Outro local que retrata o paraíso natural de Altinópolis é a Fazenda Vale das Grutas. O local possui riacho e árvores que convidam o turista a prática de Arvorismo, com circuito curto, possui dificuldades variadas podendo ser praticada por crianças a partir de seis anos. Há também o Water Trekking, que consiste em caminhar por dentro da água, passando pelas pequenas quedas formadas pelo desnível do riacho. O passeio começa na parte seca, por uma trilha de cerca de 700 m até a cachoeira do vale, a partir deste ponto a caminhada passa a ser dentro da água. Além do atrativo natural, o local é palco de grandes eventos como o Forró da Lua Cheia que acontece sempre no mês de junho. Para aqueles que curtem a

Morro do Cuscuzeiro Cascata Salto Major Levy

Foto: Divulgação

L

ocalizada a 1050 m de altitude, Altinópolis possui um clima serrano permanentemente agradável, com uma ótima infraestrutura de hotéis e restaurantes. A região possui oito grutas catalogadas que fazem parte do seu roteiro turístico, sendo a mais famosa a Gruta do Itambé, que possui uma fachada de 28 m de altura e cerca de 350 m de galerias. Sua fama deve-se a uma lenda religiosa: contam os altinopolenses que em certa época apareceu por lá uma imagem de Nossa Senhora Aparecida. Sem que ninguém soubesse, como ou porque, por três vezes consecutivas a imagem foi retirada da gruta, reaparecendo depois de alguns dias, novamente dentro dela. A população da cidade, espantada com a ocorrência, considerou o fato um milagre e ergueu um pequeno altar em sua entrada para homenagear a santa. Além do pequeno altar, a gruta possui características interessantes. Ao entrar pela galeria principal, a claridade vai ficando para trás, tornando-se necessário o uso de lanterna. Logo no início é possível avistar alguns morcegos que habitam o local. Outra atração da Gruta do Itambé são as duas cavidades em forma de orelhas de onde jorra pequena quantidade de água. Esse fenômeno é causado pela absorção de água pelo solo exterior da gruta,

Fotos: Renato Camozzi

Altinópolis proporciona turismo ecológico e momentos de lazer e relaxamento por sua beleza natural

Gruta do Itambé

prática do Rapel não podem deixar de ir até o Morro do Forno. Cercado por uma natureza exuberante, o local possui um paredão de 45 m, mas a descida é bem tranquila, e a ancoragem acontece em um local estratégico com um belo visual a sua volta. Outra prática comum no município é o Cascading na Cachoeira dos Macacos. A 17 Km do centro da cidade, com uma queda de 50 m e com grande volume de água, é possível no meio da descida ficar pendurado livremente bem no meio da queda, proporcionando uma oportunidade única para o aventureiro contemplar a vista. Cercada por 35 cachoeiras,

Cinema “O Ataque” é sucesso nas telas dos cinemas de Ribeirão Preto

O sonho do policial John Cale era fazer parte da equipe de elite do serviço secreto para a proteção do Presidente dos Estados Unidos, porém com sua reprovação no teste de seleção, Cale vê seu castelo se desmoronar. Desiludido com a notícia e sem saber como contar isso à sua filha, ele resolve levá-la para conhecer a Casa Branca. Infelizmente, nesse mesmo dia, a sede do governo americano é atacada por um grupo paramilitar. Com o governo preocupado em enfrentar o caos e com pouco tempo para pensar, John é obrigado a encontrar uma forma de salvar o presidente do ataque terrorista.

Foto: Divulgação

Com direção de Roland Emmerich e participação de Channing Tatum, Jamie Foxx, Maggie Gyllenhaal, Jason Clarke, Richard Jenkins, James Woods, Jimmi Simpson e Michael Murphy. Classificação: 12 anos.

Altinópolis tem muitas atividades a oferecer como o Bóia Cross, nas épocas em que o rio está mais cheio, além de outros passeios como cavalgada, e o Morro do Parque Municipal, localizado a 1.200 m de altitude, com visão de 360º permite que se avistem 16 municípios ao seu redor. Toda a sua riqueza natural

contribuiu com que Altinópolis fosse a cidade escolhida pelo artista Bassano Vaccarini. Italiano naturalizado brasileiro ele escolheu o município para integrar com harmonia sua arte à natureza, expondo suas obras em vários cantos da localidade, transformando -a em um autêntico “museu a céu aberto”.


Radar News

quinta, sexta e fim de semana de 12 a 15 de setembro de 2013

Foto: Heraldo Junior Foto: Divulgação

rADAR cultural

O

Fred Sun Walk

blues surgiu das canções que os escravos negros cantavam durante o trabalho nas plantações dos EUA durante o século XVII, porém só se concretizou como um estilo musical após a Guerra Civil Americana. Procurando melhores condições de trabalho e sobrevivência, grande parte desses escravos negros migrou para Chicago, durante a década de 40, colocando na mala, junto com o seu sonho de vitória, o blues. Aderindo aos instrumentos elétricos, os músicos abriram uma gama de oportunidades para usarem e abusarem de seus talentos. Nesse cenário, surgiu o primeiro grande bluesman da história, Muddy Waters, que foi uma grande influência, principalmente para o rock inglês, com bandas como Rolling Stones, Led Zeppelin e Beatles declarando-se fãs e fazendo versões de músicas de Waters. Alguns outros nomes de grande impacto foram o guitarrista e gaistista Howlin`Wolf famoso por sua voz extremamente rouca, Willie Dixon que revolucionou com seu baixo

acústico e voz grave, e claro, o grande rei do blues, B.B. King, que criou uma forma única de tocar, com melodias e solos incomparáveis, colocando sua guitarra como tema central. Em Ribeirão Preto O blues ganhou tantos adeptos no Brasil que em 1989 aconteceu o 1º Festival de Blues do País, realizado em Ribeirão Preto com nomes internacionais de peso como Buddy Guy, Junior Wells, Albert Collins, Magic Slim, Etta James e da banda brasileira Blues Etílicos e do gaitista André Christovam. E desde o memorável encontro para os dias atuais, a cidade já foi palcos de grandes shows de blues, fazendo nascer uma paixão pelo estilo no público local e oferecendo, grandes talentos como Fred Sun Walk e João da Gaita. Guitarrista autodidata, Fred Sun Walk tem 17 anos de carreira, 5 CD´s lançados e uma bagagem musical invejável. Já participou de grande festivais de blues e jazz no Brasil como o Visa Jazz&Blues, Festival Internacional de Rio das Ostras, Natu Blues Festival e Sesc´N´Blues e já tocou com

Priscila Soares priscila@grupomidia.com

Guitarras, gaitas, vozes graves e muito talento No final dos anos 80, Ribeirão Preto foi a capital nacional do blues e hoje talentos locais fazem história no cenário nacional

lendas como Carey Bell, Phil Guy, Buddy Guy e Eric Gales, que ele acompanhou em suas turnês pelo Brasil. Fred acredita que no País há espaço e público para todos. “O número de festivais vem crescendo bastante. Hoje, existem festivais de Blues e Jazz por todo Brasil. Algumas rádios também reservam horários com programação voltada para este público. Estou otimista (há 17 anos)”, conta rindo, o guitarrista. O virtuoso guitarrista relembra que seu melhor show foi em sua cidade natal: “O show mais emocionante que fiz na vida foi em 2000, no Teatro de Arena no Ribeirão Blues Festival. O Arena estava completamente lotado. No final, saí tocando “Blues Everyday” (seu maior hit) no meio do público e todas as pessoas estavam cantando e a maioria com sorriso no rosto. Sinceramente, este tipo de show é o ´show dos sonhos´, onde se reúnem pessoas que estão ali exclusivamente para ouvir sua música e se divertirem” conta Fred. Outro músico que se destaca em Ribeirão Preto e está na estrada desde 2012 é João

da Gaita. Como o próprio nome diz, é um gaitista apaixonado pelo Blues. Ganhou sua primeira gaita de um amigo, que disse a ele que “aquilo” traria muita coisa boa. A partir de então, começou a estudar, entender o blues e viver como os grandes bluesman. “É isso que eu quero fazer da minha vida. Quero fazer as pessoas sentirem o que eu senti quando ouvi blues pela primeira vez”. João conta que enfrentou dificuldades devido à falta de união entre os músicos e muita vaidade para um mercado que gera uma receita bastante baixa. Porém, ao mesmo tempo, se sente privilegiado por fazer parte de um movimento de bons músicos que tocam blues de qualidade na cidade. “Um momento muito especial na minha carreira foi quando toquei com o Sun Walk and The Dog Brothers no Theatro Pedro II, tanto pela história do teatro quanto pela história que eu havia vivido com os caras. Fiquei muito feliz por ser convidado a dar uma canja nesse show da banda”, comenta. Fred Sun Walk se apresenta toda quarta-feira no Salz Bar

em Ribeirão Preto e seus próximos shows acontecem dia 14/9 no Adega Beer em Batatais, dia 24/9 no Vila Dionísio em RP e dia 10/10 no SESC Vila Mariana em São Paulo. Já João da Gaita se apresenta toda quarta no Goa Lounge, dia 14/9 no Kaza Bar em Bebedouro, dia 26/9 no Bar Dom Pedro e dia 27/9 no Espaço Kaiser, em Ribeirão Preto. Entre em nosso site www. radarnews.com.br e confira a entrevista completa com cada um dos músicos e ainda conheça um pouco mais do trabalho de cada um.

Fotos: Herick Mem

12

joão da gaita

Radar Gastronômico Saciando o mercado

Foto: Banco de Imagem

Setor de culinária cresce no País com ingredientes tipicamente brasileiros O Brasil é um País de dimensões continentais e, com isso, oferece diversos sotaques, cores, cheiros, sons e, principalmente, sabores. Nos últimos anos, a valorização da culinária nacional foi reconhecida internacionalmente, pois inúmeros paladares perceberam a qualidade e diversidade dos produtos naturais e exóticos aqui encontrados. Grandes chefs brasileiros com experiência internacional entraram para o hall da fama por trazerem técnicas avançadas e refinadas utilizando ingredientes tipica-

mente brasileiros como a mandioca, açaí, cupuaçu, entre outros. Ao contrário da década de 90, em que ingredientes importados eram sinônimo de requinte na culinária, hoje em dia, os famosos chefs buscam novas iguarias, novos sabores, novas consistências para um público cada vez mais antenado e exigente. Números: De acordo com a ABRESI – Associação Brasileira das Entidades e Empresas de Gastronomia, Hospedagem e Turismo, o setor de gastronomia representa

aproximadamente 2,4% do PIB Nacional, empregando quase seis milhões de pessoas (cerca de 8% dos empregos diretos do País). Em Ribeirão Preto, o setor gastronômico acompanha o mercado. A culinária local espelha-se na quantidade de culturas e estilos aqui abrigados. Existem eventos específicos e diversas opções como a culinária japonesa, mexicana e italiana, além de inúmeras churrascarias e botecos e também das reverenciadas choperias e cervejarias, que brindam nacionalmente a noite quente da cidade.


Radar News

quinta, sexta e fim de semana de 12 a 15 de setembro de 2013

pedro leão

rADAR social

twitter: @pedrooleaoo instagram: @pedroleaoruge

A multimídia Rose Victal esteve em São Paulo na plateia do Domingão do Faustão. A francana aproveitou a oportunidade para ser fotografada para nossa coluna ao lado da badalada atriz Bruna Marquezine.

Roberto Zampini Jr, Vice-Presidente do Grupo Imediato durante a inauguração do novo e moderno Centro de Distribuição da Rede Dia de Supermercados. Marcos Milone, franqueado da loja Mundo Verde, especializada em produtos naturais e recém inaugurada no RibeirãoShopping, abriu suas portas para a equipe do Radar Social.

Prestes a disputar o torneio mundial, o carateca Heitor Deus treinou com o ex-campeão mundial Giovani Sakata que o treinará também na competição na Inglaterra.

Dr. Brasil Salomão participou da posse da nova Ministra do STJ, Regina Helena Costa. Grande evento! Antonio Carlos Frederico, participou da caravana Ford Econoshow em Ribeirão Preto. Os meninos são simpáticos e tem talento. Destaque na Radar Social para a dupla Marcos e Bersan! Vieram para ficar.

Marcos Botelho, o colunista Manoel Simões com o filho e vereador Rodrigo Simões, durante entrega dos prêmios da campanha de Dia dos Pais do RibeirãoShopping.

Glaucia Almeida e Matheus Abrahão, durante o primeiro Happy Hour da recém inaugurada loja Luks, no Jardim Sumaré.

13

Adolfo Minervino apresentou à Ribeirão o novo projeto Über Parque Sul, que prevê a criação de um novo bairro na cidade. O projeto é uma parceria entre a Bild, Perplan e Construplan.


14

Radar News

quinta, sexta e fim de semana de 12 a 15 de setembro de 2013

lucas arantes arantes.lucas@hotmail.com

Carlos: Acordando agora, é? Diego: Dormindo um pouco mais. Hoje é o meu dia de dormir lá fora e a minha garganta está ficando cada vez pior. Aproveitei pra esticar um pouco além da hora… Que cheiro é este? Carlos: Acha que o óleo está muito velho? Diego: Não, acho que não. Está até cheirando bem. Parece... Carlos: Pastel de escabeche. Diego: Não sabia que ainda tinha sobrado legumes. Carlos: É de carne. Diego: E onde você arrumou? Carlos: Lembra que comemos um pastel inesquecível na Praça São Francisco, antes de sairmos de La Paz? Diego: O óleo que aquele cara usava era tão preto que eu não acreditei quando ele tirou a massa de pastel lá do fundo, branquinha, sem ter queimado nada ou contaminado o salgado com aquele líquido escuro. Carlos: E ainda disse que era escuro por conta dos ‘temperos especiais’. (Risos. Entra Hugo) Hugo: Trouxe os tomates recheados de escabeche.

Diego: É de carne também? Hugo: Não. É de “flango”. Diego: Vocês não fizeram aquele recheio do chinês de Ribeirão, certo? Hugo: Cara, era o que tinha de vivo na rua. Se você achar coisa melhor é só falar. Diego: Não sei se era a fome, mas o pastel aquele dia só ficou ruim porque o chinês, que falou que só tinha pastel de “flango”, vendeu tudo o que ele tinha mais barato pra fechar mais cedo e ... Hugo: Eu comi uns três. Carlos: O meu foi só dois mesmo. Diego: Deixa eu terminar… Aí veio umas três pombas pra cima da gente... Hugo: (interrompe) E o maldito do china começou a gritar pras pomba: “Xô flango, xô flango”. Diego: Nossa… Eu quis morrer aquela hora. Acho que eu vomitei até uns pedaços de pena depois. Carlos: E as pombas quase nos atacaram, como se fôssemos nós os assassinos das primas, filhas, mães, tias delas... (Alguém começa a tossir) Carlos: O seu pai acordou. Ele pare-

LÁ, PAZ

ce que não está muito bem. Diego: Entre o pastel e o tomate, o que vocês acham que não está tão ruim pra ele comer? Hugo: Acho que não seria bom ele comer dessa fritura. Isso aí é resto de óleo de cozinha. Pra virar biodiesel ainda é preciso muito trabalho. De bom esse óleo não tem muita coisa. Precisa filtrar muito. Pega um tomate desses que acho que vai ser melhor. (Carlos pega um tomate recheado) Diego: Pai, você precisa comer alguma coisa. (tosse) Diego: Segura aqui. Você precisa comer. Pai: Eu não quero comer. Diego: Como está se sentindo? Pai: Estou bem, não precisa ficar preocupado. Estava pensando na sua mãe, na tia de quase todos que estão aqui, e fiquei com vontade de pedir desculpas. Diego: Nós é que insistimos com você pra vir, não precisa ... Pai: Queria pedir desculpas por ter trazido vocês comigo. Ouviram? Mil vezes desculpas. Não sabia que ia

ser assim. Espero que o nome dessa cidade nunca mais seja repetida por algum de nós, que seja banida do nosso país, que seja extinta da nossa memória. A gente acaba se sentindo sem espaço, com vontade de sair correndo, de conhecer outros lugares, de achar que o que já temos ainda é pouco, que ainda pode ser melhor… E olha onde viemos parar... São oito camas sem nenhum lençol aqui dentro... E outra ali fora. A única vontade que eu tenho quando chego aqui é de deitar e ficar calado, envergonhado, sem poder dormir lá fora porque vocês não deixam. Estou sendo um peso agora? Me desculpem se estou doente. Fico pensando na minha casa, na casa que vocês tinham, tudo de bom que deixamos pra trás, por um certo orgulho, talvez. Não sei. Pode parecer delírio, mas eu estou querendo voltar mais cedo, sair daqui agora, levantar e ir embora. (Pai tenta levantar, mas não consegue. Tosse muito). Diego: Fique mais um pouco deitado e descanse. Calma. Depois a gente vê isso. Pai: Em La Paz, pelo menos, há uma

paz que eu não consigo encontrar aqui. Me sinto sozinho como jamais estive. Eu sei que fiz o errado, mas eu não consigo encontrar o certo. Quero me perdoar em vocês e me perdoar em mim. Será que consigo? Será que conseguimos sair juntos desse buraco? Eu pensei que me surpreenderia em Pradópolis. Eu nunca imaginei que ia acabar assim. Diego: (Vai até a janela) E este azul? O céu daqui é lindo. Este azul parece que vai te dar dias abertos sempre. As vezes até parece um sonho. (Música) “Ay, este azul Que les quiero contar como fue Por momentos se queda en mi piel Ilustrándome el paisaje aquel. Ay, este azul Golondrina que vuelve otra vez Musicando mi zaguán de ayer A esperarme de barco en la sed”. (Silêncio. Um policial e uma mulher extremamente bem vestida entram no pequeno cômodo que abriga os bolivianos). Mulher: Veja. Parece que estão aqui faz tempo. FIM

luluzinha teen

Horóscopo Áries - 21/03 a 20/04

Libra - 23/09 a 22/10

Touro - 21/04 a 20/05

Escorpião - 23/10 a 21/11

Gêmeos - 21/05 a 20/06

Sagitário - 22/11 a 21/12

Câncer - 21/06 a 21/07

Capricórnio - 22/12 a 20/01

Leão - 22/07 a 22/08

Aquário - 21/01 a 19/02

Virgem - 23/08 a 22/09

Peixes - 20/02 a 20/03

Sua vida profissional deverá ser encarada de uma forma realista. Não se deixe conduzir por excessos de autoritarismo.

A área profissional poderá ser motivo de preocupação. Não dê mais do que pode, pois o seu corpo e a sua mente poderão sentir as consequências.

Seja bastante cuidadoso na área profissional. Deverá manter os seus contatos pessoais, com colegas ou sócios num nível de entendimento mútuo e, especialmente, de muita moderação. Não se aconselha tomar decisões e nem iniciar projetos ambiciosos na área profissional. Não crie polêmicas desnecessárias e tente viver mais introspectivo. Deverá ser moderado, essa semana, nas questões profissionais e olhar, um pouco mais para o que o rodeia. Não exija muito de si no que se refere a esforços de ordem física. Não crie situações de conflito em seu trabalho. O momento não será o mais favorável para tomar iniciativas e nem grandes decisões.

Não exija muito de si. Talvez essa semana seja um bom momento para analisar suas opções profissionais e ser mais moderado em suas exigências. Indecisões deverão ser evitadas essa semana. Faça as suas opções e mantenha-se seguro de que tomou a decisão correta.

Período delicado na área profissional. Não tome atitudes precipitadas e evite situações complicadas, com colegas ou, sócios.

Fique atento ao seu relacionamento com colegas, sócios e clientes. Não crie situações delicadas que resultarão em consequências desagradáveis. Seja moderado nas suas decisões e não tome iniciativas. Seja cuidadoso na forma como se relaciona com amigos, familiares ou simples conhecidos. Evite situações de competição com colegas e tente colaborar ao máximo. No caso de trabalhar por conta própria, não tome decisões precipitadas.


Radar News

Fale com

quinta, sexta e fim de semana de 12 a 15 de setembro de 2013

Esportes

15

radarnews@grupomidia.com

Marcel Capretz

No futebol, assim como na vida, existem ciclos que chegam ao fim. Renovação é saudável para todo mundo. E no Corinthians isso tem que acontecer. Alguns jogadores já deram tudo o que tinham que dar e não conseguem mais render. Casos de Emerson Sheik, Alessandro, Fábio Santos dentre outros. Para a diretoria corintiana, o técnico Tite é intocável. Dessa forma, é necessário não deixar a gratidão pelos recentes títulos contaminar o clube. Caso contrário, as grandes conquistas ficarão no passado e não no presente. O torcedor do Palmeiras precisa torcer muito para Valdívia: torcer para ele disputar a Copa do Mundo no ano que vem pela seleção do Chile, se destacar, atrair o interesse de algum clube europeu e ser negociado. No Verdão ele não joga: faz participações especiais. Não compensa ter um jogador como ele no elenco. Caro e que nunca pode jogar. O ideal é negocia-lo para o prejuízo ser menor. Resta ter times interessados...

Massa deixará Ferrari em 2014 Felipe Massa declarou que não correrá pela Ferrari em 2014. Com esse decisão, o Brasil ficará sem nenhum piloto no grid para o ano que vem, fato que não ocorre desde 1970. “A partir de agora quero achar uma equipe que me dê um carro competitivo para conseguir mais vitórias e vencer um campeonato, que é o meu sonho!”, desabafou o pi-

loto em uma rede social. Massa fechará a temporada com 139 corridas pela Ferrari, perdendo apenas para Michael Schumacher, que concorreu 180 provas pela equipe entre 1996 e 2006, conquistando cinco título consecutivos, de 2000 a 2004. O piloto brasileiro conseguiu 36 pódios, 15 pole-positions e 11 vitórias, sendo vice-campeão em 2008.

Muricy Ramalho é chamado para tentar salvar Tricolor

Concurso Nacional de saltos em Ribeirão Preto

Após dez derrotas, quatro empates e apenas três vitórias no comando do São Paulo, Paulo Autuori perdeu o cargo. O Tricolor confirmou essa semana o nome de Muricy Ramalho para tentar salvar o time do rebaixamento. Desde Julho, com a demissão de Ney Franco, o nome de Muricy é cogitado para voltar ao clube paulista. Grande ídolo da torcida tricolor o técnico foi tricampeão brasileiro com o São Paulo entre 2006 e 2008. Muricy Ramalho, dispensado do Santos desde julho já estreia nessa quinta-feira (12/9) contra a Ponte Preta.

De 11 a 15 de setembro ocorre o 3º Concurso de Salto Nacional, no Haras Manoel Leão com inscrição de mais de 150 cavaleiros, sendo o nome mais esperado o paulista Bartholomeu Bueno de Mirando Netto, o Totty. O evento, promovido pela Federação Paulista de Hipismo e a Confederação Brasileira de Hipismo tem entrada franca e distribuirá R$ 30 mil em prêmios. Maiores informações pelo site: www.harasmanoelleao.com.br ou pelos telefones: (16) 3515-0321 / 3514-3980

Brasil vence Portugal por 3 x 1 Em Boston, nos Estados Unidos, a Seleção Brasileira venceu Portugal por 3 a 1, de virada, em um clima muito amistoso já que Luis Felipe Scolari também foi técnico da seleção portuguesa de 2003 a 2008. Após apanhar muito do adversário, Neymar fez sua estrela brilhar. Aos 34 minutos do primeiro tempo fez um golaço,

passando por toda a saga portuguesa e marcando na saída do goleiro Rui Patrício. No segundo tempo, continuou fazendo diferença com dribles sensacionais e passes perfeitos, como o toque rasteiro para Maxwell que cruzou para Jô, e finalizou com o terceiro gol, finalizando o placar do jogo.

Botafogo estuda transformar Santa Cruz em arena para sanar dívida O presidente do Botafogo de Ribeirão Preto, Gustavo Assed, estuda transformar o Estádio Santa Cruz em uma arena multiuso para sanar as dívidas do time. Com a trans-

formação o estádio receberá shows e eventos. Na análise do presidente botafoguense, Ribeirão Preto carece de um espaço para grandes plateias no âmbito cultural.

Foto: Folhapress

A chegada do técnico Muricy Ramalho é a última chance do São Paulo se salvar do rebaixamento no Campeonato Brasileiro. A equipe tricolor tem jogado mal, está nervosa em campo e se abate com facilidade. Vejo que apenas um treinador com moral no clube e com um currículo vitorioso como Muricy pode salvar a equipe. Não sou fã do trabalho dele. Muricy nunca armou seus times para jogar um futebol vistoso, elegante. Era apenas o resultado que interessava. Jogando feio e tudo. E é justamente isso que o São Paulo precisa agora. Uma chacoalhada. Alguém que mostre para os jogadores que o Tricolor é muito grande e que não pode, mesmo com os desmandos da atual diretoria, ser rebaixado para a segunda divisão. Quem sabe se, além dessa parte motivacional, Muricy não consiga também fazer com que peças fundamentais como Rogério Ceni, Luis Fabiano e Ganso joguem mais. É a última cartada para que o outrora ‘Soberano’ não passe pelo inferno da Serie B.

Foto: Folhapress

Título

Foto: Divulgação

marcel.capretz@gmail.com twitter: @MarcelCapretz

Timão perde para o Botafogo no RJ

Rivais diretos na luta por uma vaga na Libertadores de 2014 e até mesmo pelo título do Campeonato Brasileiro 2013, o Corinthians perdeu na quartafeira (11/9) para o Botafogo por 1 a 0, no Estádio do Maracanã, pela 20.ª rodada do Brasileirão. O gol do Fogão foi feito pelo atacante Hyuri aos 44 minutos

do 2o tempo. Quatro jogadores receberam cartões amarelo, sendo Seedorf, Lodeiro, Paulo André e Sheik. No 1o turno, o confronto entre os alvinegros terminou empatado em 1 a 1, no Pacaembú (SP). Confira na tabela abaixo mais resultados e saiba mais no www.radarnews.com.br


16

Radar News

www.radarnews.com.br

Horário de Fechamento DESTA EDIÇÃO:

23:59 Quarta-feira

Foto: Folhapress

www.radarnews.com.br

quinta, sexta e fim de semana de 12 a 15 de setembro de 2013

Atendimento ao leitor

Redação

Rua Antônio Manoel Moquenco Pardal, 1027 - Ribeirânia - CEP: 14096-290 Ribeirão Preto-SP redacaorn@grupomidia.com Telefone: (16) 3629-3010

radarnews@grupomidia.com Telefone: (16) 3629-3010

comercial

comercialrn@grupomidia.com Telefone: (16) 3629-3010

distribuição

Semáforos das principais avenidas de Ribeirão Preto e bancas espalhadas pela cidade de Ribeirão Preto e região.

Produtos

Outros produtos do Grupo Mídia: HealthCare Management; HealthARQ; Full Energy; Saúde Online, dentre outros.

Ponto Final

Por um País melhor? Os protesto ocorridos nos último meses no Brasil vêm para reforçar a tradicional prática dos anos 70 para fazer ouvir a voz da população. A luta pelos direitos e a conquista de novos serviços públicos é o que diversos brasileiros almejam. Contudo, tais atos vêm sendo “banalizados” com a ação de cidadãos não engajados, que querem apenas depredar patrimônios públicos, alegando que estes foram erguidos com verbas oriundas dos impostos pagos pela própria população. É fato que grande parte dos governantes de várias instituições públicas brasileiras não cumprem as promessas e ainda não atendem a demanda e anseios da população. Em um País democrático como o nosso é comum os munícipes recorrerem a protestos criados na Internet como fórmula de eliminar graves gargalos sociais e suprir falhas constantes como nas unidades de saúde e centros

educacionais. Neste caso, grande parte dos atos não possuem uma ideologia ou premissa estabelecida, provocando violência na maioria das vezes. O que leva um “manifestante” a apedrejar a sede de uma Prefeitura ou Assembleia Legislativa? Quais benefícios a população ganha com a destruição desses bens públicos? Nenhuma! Dessa forma questionamos a existência de um fundamento para todas essas ocorrências. Algumas medidas já vêm sendo viabilizadas por parte de políticos em decorrência da sucessão de ataques aos prédios públicos, latas de lixo, ônibus, bancas de jornal, placas de rua, entre outros componentes dos espaços urbanos. No Rio de Janeiro, nesta semana, foi aprovado pelos deputados estaduais o projeto de lei que proíbe o uso de máscaras em manifestações no Estado. Já em Brasília, a Câmara dos Depu-

tados decidiu limitar o número de visitantes ao Congresso por falta de Habite-se. Conforme a norma, somente 1.770 pessoas poderão ocupar os prédios ao mesmo tempo e sem bandeiras, faixas ou cartazes. Até hoje, não existia limite. No edifício principal e galerias, o número máximo de visitantes será de 200 pessoas. A mesa diretora da casa de leis alega que tal limitação é por questão de segurança. Por outro lado, o presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) nega que seja uma reação às recentes manifestações. Segundo Alves é tudo por uma questão de segurança, pois o prédio até hoje não possui o Habite-se, a autorização para ser ocupado. Seria necessária a criação de todas essas leis com o intuito de coibir possíveis protestos e crimes? Convenhamos que não! A população poderia alcançar novos objetivos de forma pacífica

marcel Capretz Colunistas

Menalton Braff

e mais ordeira. Os manifestos ocorridos no último feriado de Sete de Setembro, infelizmente, precisaram da intervenção da polícia. A convocação dos ativistas do conhecido grupo “Black Blocks” nos protestos pediam que os participantes levassem tábuas de madeira para serem utilizadas como escudo, caso ocorresse confronto com a PM. Esta é a sociedade que buscamos marcada por atos violentos em prol de uma causa sem definição? A população carece de segurança, não de conflitos! De fato, muito destes manifestantes não sabem o que estão fazendo. A maioria na verdade, são alienados quanto ao papel histórico que esses movimentos representam. O Brasil precisa mudar e muito. E que comece pelo poder político, mas também na conscientização da população na hora de reivindicar suas causas e anseios.

Colunistas

Eduardo Landi Cirurgiãodentista com especialização em periondontia.

Marcel Capretz é jornalista, atua como apresentador de rádio e TV.

Membro e segundo vice-presidente da UBE e escritor.

adriano peixoto Advogado especialista em Direito do Trabalho e Previdenciário.

“Tanto o amor quanto o ódio têm a capacidade de nos mover, mas cada um nos conduz a um destino diferente.” Abílio Diniz

5a Edição do Radar News  

Jornal Semanal distribuído gratuitamente para Ribeirão Preto e região.

Advertisement