Page 1

ANO 1 - NO 1 - DEZEMBRO DE 2016

BARRA BONITA

NONONONONO NONONONO

em revista

N

os explit, venti auda vid ut quatates utem quatenis simporunt rem fugiaep erehenist ma qui atio. Nam eum nullaboris que niasperepre doluptam re neseque aute volesto custibus evel inctatum hit qui aliquamus erorate ped eaquod

ENCONTRO

Famílias e amigos em um dia de festa e alegria na comunidade “mais de bem com a vida” do Recreio. Confira a 4ª edição do Festival de food trucks.

SEGURANÇA A associação investe em monitoramento para gerar mais segurança para todos os condomínios do Barra Bonita. As áreas comuns ganharão câmeras e mais vigilância.

chamada

condomínio


Quanto do seu tempo é dedicado pra você? Massagens ~ Estética Corporal ~ Estética facial Cabeleleiro ~ Unhas confort

Horário de atendimento Seg. a sábado 10h à 20h

21 7711-9091 21 2499-1647

RECREIO SHOPPING | Av. das Américas, 19.019 - sala 302


BLINDADOS *Blindagem automotiva *Manutenção e revisões *Assistência técnica

Acerte no alvo, Blindatta. MELHOR CUSTO BENEFÍCIO DO MERCADO.

21 3259 - 2053 21 97025 - 8218

Av. Alfredo Balthazar da Silveira, 580 Recreio dos Bandeirantes Shopping Barra World – Subsolo comercial@blindatta.com.br

ANÚNCIO


expediente

CONDOMÍNIOS E SÍNDICOS ASSOCIADOS

DIRETORES E CONSELHEIROS DA ASSOCIAÇÃO

ALOHA CLUB RESIDENCE Síndica Fabíola Pombo

PRESIDENTE: William Andrade Nogueira VICE-PRESIDENTE: Júlio Cesar Jesus de Sá

CONDOMÍNIO DO EDIFÍCIO RESIDENCIAL VILLA BELLA Síndica Virgínia Sobral Moraes

DIRETOR FINANCEIRO: Antônio Carlos de Assis Silva DIRETOR ADMINISTRATIVO: Lincoln Franklin Fernandes

CONDOMÍNIO LUAU DO RECREIO Síndico Lincoln Franklin Fernandes

DIRETORA DE OPERAÇÕES: Fabíola Pombo CONSELHO FISCAL: Felipe Marcelo M. de Carvalho / Ivone dos Santos Dias / Valdinez Gonçalves de Lima

CONDOMÍNIO PUERTO MADERO RESIDENCE Síndico Silmar Cavalieri CONDOMÍNIO RECREIO TOP DUPLEX Síndico Felipe Marcelo M. de Carvalho

BARRA BONITA É FORMADO POR 18 CONDOMÍNIOS: ALOHA (168 APARTAMENTOS)

CONDOMÍNIO RESIDENCIAL LA VISTA Síndico Antônio Carlos de Assis Silva

CHOICE (360) CONDE DO RECREIO (80)

CONDOMÍNIO RESIDENCIAL PABLO PICASSO Síndica Ana Cristina Lucidi

HOME WAYS (80) JARDIM DO ALTO (252)

CONDOMÍNIO SUMMER CLUB RESIDENCE Síndico Paulo Monjardin

LA VISTA (242) LUAU DO RECREIO (312)

CONDOMÍNIO VARANDAS DE BARRA BONITA Síndica Cíntia Cristina B. de Oliveira

NATURA RECREIO (392) PABLO PICASSO (100) PUERTO MADERO (228)

CASAS ASSOCIADAS

SUMMER (62)

MARIA ALICE E ANTÔNIO CARLOS

SUNSET (320)

VERÔNICA GOMES

TOP DUPLEX (220)

LUIZ CÉSAR CRONER

UP LIFE (440)

AURELY CANTUÁRIA

VARANDAS (224)

PAULO AMORIM

VILLA BELLA (80)

RICARDO DE OLIVEIRA RANGEL

VILLA FIRENZE (63)

ALFREDO LOPES

VILLA VENEZIA (80)

JOSÉ LUIZ DE OLIVEIRA JOAQUIM MARIANO

FALE COM A ASSOCIAÇÃO Nós estamos disponíveis para atendê-lo através dos canais abaixo: 97021-2627

Chegada do

Papai Noel

2025-2485

Dia 17/12 - sábado Horário: de 9h às 12h

contato@novabarrabonita.org.br /NovaBarraBonita NovaBarraBonita.org.br 4


formula.academias

CONHEÇA A FÓRMULA RECREIO SHOPPING, A ACADEMIA COMPLETA. Aulas Coletivas

Equipamento com Entretenimento

159

a partir de:

MATRÍCULA GRÁTIS ESTACIONAMENTO GRÁTIS POR 2H PISO L3 EXPANSÃO

Recreio Shopping – Expansão – Piso L3 formulaacademia.com.br

*

R$

por mês | no plano anual*

Oferta de matrícula e preço do plano válidos até 31 de dezembro 2016.

Estação Funcional


editorial

FAMÍLIA BARRA BONITA

BARRA BONITA

A

DIRETORA ADMINISTRATIVA Rebeca Maia

Associação de Condomínios Nova Barra Bonita quer estar mais perto de você, estreitar a comunicação, estar presente na vida da comunidade, enfim, criar pontes. Assim apresentamos a primeira edição da Barra Bonita em Revista, publicação mensal que será o retrato da forma de viver daqui. Equipes de reportagem estarão presentes nos eventos, registrando o bom, o belo, a alegria e o encontro de bons vizinhos. Barra Bonita vem se consolidando como um pequeno bairro dentro de outro grande bairro. Quase um resgate da forma de viver de outrora, onde os pais sentavam na calçada de casa para olhar os filhos brincando na rua. Meninada livre para aprender, se divertir e crescer com leveza e segurança. O melhor de ontem com o melhor de hoje: infraestrutura, lazer e transporte de qualidade na porta de casa. E a Revista vai registrar esse grande álbum da família Barra Bonita. Além disso, trará também informações importantes sobre temas de interesse do morador. Uma publicação que não vai onerar a associação. A comercialização dos espaços publicitários irá cobrir todos os custos para produção e criação do material. Convocamos você a participar, sugerindo pautas, indicando novos caminhos, somando com toda a equipe editorial. Barra Bonita em Revista existe para você, por você e estará presente no dia a dia da comunidade. É a associação ampliando a comunicação e se colocando mais perto das necessidades dos condomínios.

em revista

DIRETOR EXECUTIVO Paulo Roberto Mesquita

EDITORA-CHEFE Tereza Menezes Dalmacio SUGESTÃO DE PAUTA (21) 99437-2520 editora@grupocoruja.com.br

COMERCIAL (21) 3471-6799 REPÓRTER Aldi Mafra Guilherme Cosenza Sandro Miranda FOTOGRAFIA Hilton Ribeiro Lourrayne Lima REVISÃO Laila Silva DIREÇÃO DE ARTE E DIAGRAMAÇÃO Rachel Sartori DESIGN Allan Pecora Marcília Almeida Renato Passos www.grupocoruja.com Tel.: 21 3471-6799

Sugestão de pauta: editora@grupocoruja.com.br.

Avenida Armando Lombardi, 205, salas 211 a 215, Esquina da Barra Barra da Tijuca - Rio de Janeiro

Grande abraço de toda a equipe de reportagem. Tereza Dalmacio Editora-Chefe

Barra Bonita em revista é uma publicação

6


7


entrevista

WILLIAM NOGUEIRA: PRESIDENTE DA ASSOCIAÇÃO BARRA BONITA: Qual o papel da associação? WILLIAM NOGUEIRA: Primeiro, ela representa os moradores diante do poder público, para assim terem representatividade e cobrar aquilo que apenas o poder público pode fazer e deixou de ser feito por ele, como segurança pública, iluminação, obras etc. A associação, além de cobrar, busca ter o poder público como parceiro para as necessidades de toda comunidade. Segundo, ela é uma organização forte, proativa, à frente do bairro, que realiza as melhorias necessárias nas áreas comuns.

Casado com Késya Nogueira e pai da pequena Mirella (5 anos), William Nogueira chegou ao Barra Bonita em 2009. A praça central do condomínio foi um dos grandes atrativos que fez o empresário escolher o sub-bairro do Recreio dos Bandeirantes como casa: “aqui tem essa praça linda e é um local muito tranquilo”. Contudo, William viu o bairro quase perder seu charme e sua paz por conta do abandono público e das associações de moradores que se estabeleceram: “ao todo, três associações de moradores acabaram não durando e poucas delas cuidaram de verdade do Barra Bonita”. Com a insatisfação dele e de muitos, William e um grupo de moradores fundaram a nova Associação de Condomínios Barra Bonita. Desde então, o grupo vem trabalhando para o cuidado e as melhorias das áreas comuns.

A associação cuida do paisagismo local, que é formada por uma área muito grande, que vai além da praça e canteiros, gerando mais que beleza, mas também bem-estar. Hoje vemos muito mais pessoas usufruindo da praça. A segurança local será reforçada com a chegada das câmeras nas áreas externas, além de mantermos a equipe de vigilância, que soma com a segurança pública. Há também a preocupação de criar proximidade entre todos. Celebramos as datas comemorativas mais importantes do calendário. Os eventos são realizados na praça do bairro e reúnem muita gente. BARRA BONITA: São quantos condomínios no Barra Bonita? Todos são associados? WILLIAM NOGUEIRA: Ao todo são 18 condomínios. Mas nem todos são associados, apenas a metade. A associação acredita que é questão de tempo para que haja essa unidade. O trabalho realizado é para cada família que escolheu viver nesse novo bairro. Estamos mostrando os objetivos desse grupo que assumiu a associação, que não tem fins lucrativos, mas tem uma disposição imensa de fazer desse espaço um lugar melhor para todos. Desta forma, isso valorizará sempre o patrimônio individual e gerará mais qualidade de vida para a comunidade. Confiança se constrói com paciência, trabalho e transparência. Acreditamos que chegaremos lá. Além de sermos representantes da associação, somos moradores, nossas famílias também estão aqui, e nada pode ser mais motivador.

Para você, morador, que ainda não conhece o trabalho da associação e o seu papel na comunidade, acompanhe a entrevista. 10


“QUEREMOS DEIXAR OS ESPAÇOS DA

entrevista

PRAÇA AINDA MAIS DEMOCRÁTICOS COM A CONSTRUÇÃO DO “PARCÃO” PARA OS PETS, COM DIREITO A EQUIPAMENTOS PARA O EXERCÍCIO E LAZER DOS ANIMAIS. HÁ AINDA A DUPLICAÇÃO DO PARQUINHO INFANTIL, PARA SETORIZAR AS CRIANÇAS POR FAIXA ETÁRIA, E A IMPLANTAÇÃO DE UMA ÁREA PARA A LEITURA, COM A COLOCAÇÃO DE PERGOLADOS. ALÉM DISSO, AINDA HAVERÁ A CRIAÇÃO DE MAIS JARDINS, UM ESPAÇO PARA OS ADOLESCENTES E A DISPONIBILIZAÇÃO DE REDE WI-FI PARA ACESSO À INTERNET. TODOS ESSES SÃO PROJETOS QUE SE TORNARÃO REALIDADE PARA TODOS MORADORES DO BARRA BONITA.”

UMA INDESCRITÍVEL EXPERIÊNCIA GASTRONÔMICA NA BARRA DA TIJUCA

Promoção do mês Aberto diariamente das12h as 23h Sexta e sábado música ao vivo no jantar.

Parrilla para duas pessoas por R$ 98

Av: das Américas 15.500 Piso 2 reservas@babybeefpremium.com.br


entrevista

BARRA BONITA: O Recreio, apesar de ter uma natureza exuberante, charme e estilo, ainda é carente em alguns aspectos. Qual a maior dificuldade? WILLIAM NOGUEIRA: É em relação ao poder público. Muitas vezes ficamos presos à figura do subprefeito, que por mais que ele busque atender as demandas solicitadas, acaba não conseguindo cumprir integralmente, pois muita coisa foge ao seu comando. Temos problemas como qualquer bairro, com buracos, podas de árvore, iluminação pública etc. Como aqui é mais distante, a dificuldade aumenta. Mas a associação fica em cima, cobrando soluções. BARRA BONITA: Qual é o problema mais urgente, no seu ponto de vista? WILLIAM NOGUEIRA: Meio ambiente. A poluição das lagoas, que nos afeta diretamente, está aqui ao lado. Mau cheiro, mosquitos em demasia, e isso por conta das algas e gigogas que o esgoto

despejado nas águas acaba formando. O número de insetos aumenta e gera muito transtorno para todos. BARRA BONITA: E como se posiciona a associação quanto a esse problema? WILLIAM NOGUEIRA: No olhar da associação, o problema é consequência de uma má administração pública ao longo de muitos anos. Temos participado de diversas reuniões e fóruns para discutir a despoluição do Complexo Lagunar. Já fomos procurar tecnologias novas para despoluição e tudo mais, mas precisamos de recursos. Então batemos na velha tecla: precisamos de uma sociedade mais atuante, junto das associações, para que possamos levar esses e outros projetos para frente. O Barra Bonita está aqui, em frente ao Canal das Tachas, o mais poluído de todos, e isso atinge diretamente a gente. Precisamos estar juntos e unidos. Precisamos nos fazer ouvir. 12

BARRA BONITA: Segurança, outro assunto preocupante. Qual a sua avaliação? WILLIAM NOGUEIRA: Nós estamos em um momento relativamente tranquilo. Mas tivemos muitos problemas, com carros sendo furtados à noite, pois não havia segurança aqui, não tínhamos vigilantes, então muitos assaltos e crimes aconteceram. Não que estejamos totalmente seguros, mas conseguimos melhorar muito e reduzimos esses números, graças à vigilância noturna, feita por meio da associação. Colocamos homens nos postos já criados e a própria polícia está mais presente. Cobramos muito do 31º BPM. BARRA BONITA: A associação trabalha para ampliar a segurança. Quais serão os próximos passos? WILLIAM NOGUEIRA: Monitoramento. Estamos investindo em 49 câmeras de segurança que serão espalhadas pelo bairro, a fim de aumentar ainda mais essa sensação de segurança. Estamos passando


BARRA BONITA: Qual a importância de os moradores participarem, não só das associações, mas em todo o processo que o bairro enfrenta? WILLIAM NOGUEIRA: Total. O morador participar da associação

é cuidar de seus próprios interesses e de suas famílias. Com a presença de todos nas reuniões, ficaremos mais fortes e mostraremos que a união com a comunidade permite que tenhamos mais voz junto ao poder público. Isso já acontece em muitos outros condomínios vizinhos, que também são bairros novos.

“CONFIANÇA SE CONSTRÓI COM PACIÊNCIA, TRABALHO E TRANSPAR Ê NCIA. ACREDITAMOS QUE CHEGAREMOS LÁ. ALÉM DE SERMOS REPRESENTANTES DA ASSOCIAÇÃO, SOMOS MORADORES, NOSSAS FAMÍLIAS TAMBÉM ESTÃO AQUI, E NADA PODE SER MAIS MOTIVADOR.”

entrevista

fibra ótica em todo o Barra Bonita para receber as câmeras.


lazer

ÁLBUM

de família

Esta seção é o ponto de encontro de quem escolheu o Barra Bonita como casa. As áreas externas e comuns a todos são um convite à caminhada, ao passeio de bicicleta, para brincar com as crianças ou levar a mascote para se exercitar. Confira uma manhã ensolarada de domingo.

O pequeno Antônio (4 anos) mostrava que já dominava a sua bike. Observado pelo pai, Carlos, o menino pedalava com segurança e muita alegria. Antônio mora com a mamãe Daniele (Home Ways) e aproveitava o domingo com o papai.

“Isso aqui é a minha vida”, disparou Adelaide Peixoto, moradora do Aloha. Ela ainda completou: “preciso agradecer à associação, pois a praça é muito bem cuidada, por isso eu venho caminhar sozinha na maioria das vezes, outras vezes venho com meu cachorro. Eu adoro ouvir o som dos pássaros e das cigarras. Me sinto privilegiada de morar aqui”.

16


lazer Cintia Gomes (Top Duplex) aproveitava o dia com o filho, Dante (1 ano), e a mascote da casa, Mel. Enquanto o pequeno esbanjava alegria, a mamãe recolhia as fezes do animal para manter a praça limpa para ela, sua família e toda a comunidade.

Ler, pedalar e sentar para desfrutar um iogurte após o exercício. Magda Lucia, que visitava o Barra Bonita, desfrutava da sombra de uma árvore e da calmaria do lugar.

Michele é tia de Maria Eduarda (Puerto Madero) e as duas tiraram a manhã para aproveitar o sol, depois de uma semana de chuva, e andar de patins. Maria Eduarda contou que adora a praça porque tem um balanço.


Luau do Recreio

VIVER NO BARRA BONITA Barra Bonita é formado por 18 condomínios: Aloha (168 apartamentos); Choice (360); Conde do Recreio (80); Home Ways (80); Jardim do Alto (252); La Vista (242); Luau do Recreio (312); Natura Recreio (392); Pablo Picasso (100); Puerto Madero (228); Summer (62); Sunset (320); Top Duplex (220); Up Life (440); Varandas (224); Villa Bella (80); Villa Firenze (63) e Villa Venezia (80). Aqui vivem famílias que buscam tranquilidade, qualidade de vida, segurança e lazer. Cada condomínio oferece, além de mais qualidade ao seu morador, também uma estrutura organizada e em pleno crescimento. A seção Viver no Barra Bonita vai apresentar cada residencial, mostrar quem está na vizinhança e trocar experiências. Um raio X do bom, do belo e do trabalho que é realizado lá. O síndico será o entrevistado nessa seção, pois será ele quem contará tudo para você, leitor.

18


ão dois prédios, com 312 unidades e quase mil moradores. O condomínio é um dos grandes destaques do bairro, seja pela sua imponência e tamanho, como pela qualidade de serviço e sua importância dentro da Associação de Condomínios Nova Barra Bonita. À frente da administração do residencial, que completará 5 anos em janeiro, o empresário Lincoln Franklin Fernandes. Casado com Joanna de Oliveira e pai do pequeno João Pedro (2 anos), Lincoln aceitou o cargo de síndico há

SUA BIKE NOVA ESTÁ AQUI Tudo em até 10x sem juros

Oficina especializada nac. e imp. Venda de bicicletas nac. e imp. Revisão e conserto de freio hidráulico Peças e acessórios nac. e imp. Revisão e conserto de suspensão Bike fit

Av. Guiomar Novais, 80 Lj J - Recreio Rio de Janeiro - RJ - CEP: 22790-590

BUSCAMOS E ENTREGAMOS SUA BIKE www.planetbike.com.br

19

21 2490-7383 | 21 3734-7383

Luau do Recreio

S


Luau do Recreio

3 anos, mas conta que começou a colaborar com a administração antes de assumir o posto: “quando eu adquiri meu imóvel, passei a participar das reuniões antes da implantação do condomínio e percebi que os moradores compareciam em peso. Então, acabamos formando um grupo bom e me transformei em um dos conselheiros, depois virei subsíndico e, um ano depois, entrei para gerenciar todo o condomínio como síndico”. Lincoln destaca sua passagem pelo cargo como um período pacífico: “o Luau passou por algumas polêmicas com os síndicos anteriores, e tínhamos moradores divididos. Hoje, graças a Deus, estamos em um período mais tranquilo, conseguimos aca-

bar com as diferenças e temos o apoio de boa parte dos moradores”. Essa aprovação é resultado de mudanças implantadas na atual administração: “medidas foram implantadas para gerar economia, como a troca da iluminação para lâmpadas de LED. O que permitiu uma redução na conta de 15%”.

A administração participativa, ouvindo os moradores, tem sido produtiva para a vida da comunidade do Luau do Recreio. Lincoln encerra a entrevista comentando sobre o trabalho que assumiu: “é importante estarmos por dentro do que acontece dentro do condomínio e poder zelar


Luau do Recreio por ele. Não importa se você é síndico, subsíndico, conselheiro ou morador, todos precisam estar presentes e envolvidos com o espaço que escolhemos para viver e criar nossos filhos. Com essa união, protegemos, cuidamos e assim valorizamos ainda mais o nosso patrimônio”.

“NÃO IMPORTA SE VOCÊ É SÍNDICO, SUBSÍNDICO, CONSELHEIRO OU MORADOR, TODOS PRECISAM ESTAR PRESENTES E ENVOLVIDOS COM O ESPAÇO QUE ESCOLHEMOS PARA VIVER E CRIAR NOSSOS FILHOS. COM ESSA UNIÃO, PROTEGEMOS, CUIDAMOS E ASSIM VALORIZAMOS AINDA MAIS O NOSSO PATRIMÔNIO.” Lincoln Franklin Fernandes, síndico do Luau do Recreio.

Venha saborear

CASA DE CARNES – Terça a quinta 15h à 0h Sexta a domingo 10h à 0h PARRILLA – terça a sexta 19h à 0h Sábado e domingo 13h à 0h

do Rio Grande Sul, Argentina e Uruguai.

Espaço Parrilla | Cervejas Especiais | Acompanhamentos Av. Gláucio Gil, 1246 Loja C - Recreio (em frente ao estacionamento do Zona Sul) Tels: 21 3497 8977 / 21 99906 1246

21


food truck

MISTURA DE SABORES Os temperos, aromas e receitas dos food trucks (e food bikes) invadiram o Recreio. Nos dias 2, 3 e 4 de dezembro, eles estacionaram na praça do Barra Bonita. Essa foi a 4ª edição do Barra Bonita Food Truck Festival. Ao todo foram 25 expositores, que apresentaram toques gourmets e uma variedade de sabores. Havia de tudo um pouco: dos tradicionais churros – com variações de dar água na boca -, até sanduíches defumados como o saboroso Mandala Burguer. Os moradores do Barra Bonita aprovaram a iniciativa e curtiram bastante o evento. Como foi o caso da família de Luciano Marques, do La Vista. “Eu vi esse condomínio e essa praça crescerem. Quando eu era moleque, brincava muito por aqui. Agora fico muito satisfeito de aproveitar um evento como esse, curtindo com a família, sem preocupação, deixando as crianças soltas para se divertirem”, confessa.

sábado

As amigas Maria Tereza Caldas, Fernanda dos Santos (síndica do Home Ways) e Luzia Cruz aproveitaram a noite de sábado para apreciar a gastronomia itinerante que tem ganhado cada vez mais fãs. “Eu apoio o Barra Bonita Food Truck Festival, pois ele movimenta o condomínio. Sem contar que é uma ótima oportunidade para curtir com os amigos e beber chope artesanal”, destaca Fernanda.

Eduardo Martins, morador do Luau do Recreio, foi outro que reuniu os amigos para curtir o fim de semana. Ao lado da esposa, Liliane Holanda, da cunhada, Mariana, e do casal de amigos Lincoln Fernandes (um dos diretores da Associação Nova Barra Bonita) e Joanna de Oliveira, ele posou para a foto. “A cada edição, o festival está melhor”, comenta Eduardo.

Marcia Arruda Bastos e o marido Fernando de Medeiros são do Top Duplex e acreditam que são oportunidades como essa que melhoram o convívio entre os moradores do Barra Bonita. “O ambiente agradável e familiar é um convite a integração entre as pessoas. Há 8 anos moro aqui e torço para que o festival continue acontecendo nos próximos anos”, relata Marcia.

Patrícia Passos, do Luau do Recreio, era só alegria ao lado do enteado, Richard (12 anos), e da filha, Júlia (6 anos). “São momentos como esse que provocam o entrosamento entre nós, moradores. Para o ano que vem, fica a sugestão de diversificarem mais os food trucks, para que os cardápios sejam mais variados”, explica Patrícia.

22


food truck

domingo

Luciano Marques, do La Vista, posou para a foto ao lado da família e disse: “aprecio muito esse tipo de festival. Aliás, quem não gosta de boa comida somada a um ambiente agradável e descontraído, não é mesmo?”.

Silmar Cavalieri (síndico do Puerto Madero) ouviu muitos elogios à iniciativa. “Aqui eles se encontram e acabam formando grupos de convivência. Nosso trabalho nos condomínios é em parceria com a associação, que atua com eficácia, principalmente no que diz respeito à segurança na região e na praça. Infelizmente, nem todos os prédios são associados”, destaca Silmar.

O presidente da associação, William Nogueira, ao lado da esposa, Késya, e da filha, Mirella (5 anos), comentou: “ficamos muito satisfeitos com essa quarta edição. Ver os moradores felizes com suas famílias aproveitando seu próprio bairro, já vale o esforço empenhado em realizar um evento desse porte. Promover a confraternização com o encontro de gerações - filhos, netos, avós, irmãos e amigos - é o que valorizamos mais nesses festivais que realizamos. Queremos trabalhar para trazer outros tipos de eventos. A proposta é integrar ainda mais as pessoas”.


food truck

O casal Paulo Barros e Sylvia Grec, do La Vista, torce para que haja novas edições em breve. “Tudo foi muito bem estruturado e organizado. Entre os itens que mais apreciamos estão os hambúrgueres e as cervejas artesanais”, ressalta Paulo.

Cintia Cristina Barreto de Oliveira é síndica do Varanda de Barra Bonita e acredita no sucesso desse tipo de iniciativa. “Na minha opinião, são elas que trazem mais gente para o condomínio. Sem contar que os food trucks são bem interessantes. Aliás, sou suspeita para falar do trabalho da associação, pois eles são bem atuantes na nossa região”, enaltece Cintia.

24

Ricardo Fernandes dos Reis e a esposa, Patrícia Gontijo (Aloha), curtiram pela terceira vez a gastronomia sobre rodas. “Para mim, essa foi a melhor edição de todas que aconteceram no condomínio. Entre as nossas principais opções estão os petiscos e os sanduíches”, disse Ricardo.


food truck Vitor Bravo, do Cabeça Feita Chopp Artesanal, trabalha há um ano no segmento de food truck. “O público aqui nos recebeu muito bem. Desejamos que ano que vem possamos vir de novo”, conta.

Aurea Maciel, do Chicago Burguer, estava entre os 25 expositores. “Já fomos com nosso truck em vários eventos pela cidade. Trabalhamos há dois anos nesse ramo e, para esta edição do festival, trouxemos algumas opções, entre elas o Redneck Burguer - que acompanha molho de cream cheese com jalapeño e cebola empanada - e o Gorgonzola Burguer - que tem mix de cogumelos frescos e cebola caramelizada.

25

Danielle Sanches, do Mandala Burguer, foi outra expositora. “Nosso diferencial é usar um blend próprio preparado com charbroiler na pedra, que dá um sabor especial ao hambúrguer. Nosso truck é o primeiro grafitado do Rio e faz sucesso por onde passa, e aqui, no Barra Bonita, não foi diferente”, comenta.


food truck

A quarta edição foi organizada pelas sócias Ana Paula Barbosa e Daniele Lopez. “Essa foi a segunda vez que ficamos à frente do festival aqui no condomínio. Trabalhamos há 15 anos com eventos e há um ano e dois meses com os trucks. A chuva não foi empecilho para o público curtir e aproveitar muito os três dias de evento”, destaca Ana Paula.

26


informe publicitário

Joseph Groll. A Pilsen é uma cerveja do tipo Lager, de baixa fermentação. Nesse tipo, a levedura se deposita no fundo do fermentador e necessita de uma temperatura de 7 a 12°C para que sua fermentação ocorra. Elas podem aparecer como Bohemian Pilsner, representada pela Pilsner Urquell e Czechvar. E as German Pilsner são representadas pelas Bitburger e Wieninger Ruperti Pils. Então, essa é a nossa dica para iniciar no estilo, além de ser um dos carros-chefes da Mestre Cervejeiro - Recreio.

e cervejas...

A Wieninger Ruperti Pils, com graduação alcoólica de 5%, tem como característica a sua coloração dourada (ouro), uma cerveja bem límpida e extremamente brilhante, fazendo com que sua aparência seja elegante na taça. No aroma, o lúpulo e o malte são pronunciados e tem caráter floral intenso. Seu amargor é suave e de média persistência no final da boca. Uma cerveja fácil de beber e refrescante; uma excelente pedida para os dias mais quentes. Para harmonizar a Wieninger Ruperti Pils, sugerimos pratos à base de frutos do mar, como camarão frito, ostras e peixe frito. Assim como um bom petisco, como salame, linguiça e queijo branco.

Para iniciarmos a nossa saga cervejeira, falaremos do tipo mais consumido no mundo, a cerveja Pilsen. Mas afinal, o que é esse tipo de cerveja?

Agora, nossa última dica é correr para a Mestre Cervejeiro Recreio, abrir uma Pilsen e brindar. Juliana Franco Sommelière Mestre Cervejeiro - Recreio

A cerveja Pilsen tem a sua origem na cidade que leva o mesmo nome da bebida, a atual República Tcheca, e sua receita foi criada por volta de 1842, pelo mestre cervejeiro alemão

LOJA DO RECREIO: Rua Fernando Leite Mendes, 101 Terça a domingo - a partir das 15h


CCRV

SEGURANÇA EM PAUTA C

omo já é de conhecimento de todas as associações de moradores da Barra da Tijuca, Recreio e Vargens, todo mês são realizadas as reuniões do Conselho Comunitário de Segurança, que reúnem as maiores autoridades locais para debater os problemas e as soluções para a segurança da região.

Presentes à mesa de reunião estiveram o comandante da 31º BPM, coronel Sérgio Schalioni; o delegado Marcus Vinícius, da 19a DP; o delegado Uriel Alcântara, da 42ª DP; o comandante Luciano Sarmento, do Corpo de Bombeiros; a assessora da subprefeitura, Patrícia Lelot; o administrador do Recreio, Marco Almeida; o presidente do CCS, Ricardo Magalhães; o anfitrião e presidente da Associação de Condomínios Nova Barra Bonita e também da Câmara Comunitária do Recreio e Vargens (CCRV), William Nogueira; e a conselheira tutelar Neyde Zimmermann.

28


CCRV

Para começar a reunião, cada autoridade apresentou para os moradores presentes os índices e os problemas enfrentados em cada região. Após isso, foi a vez da comunidade fazer perguntas e expor seus anseios para as autoridades. A preocupação com a elevação dos índices da violência foi o tema principal. O administrador do Recreio falou sobre o assunto: “passamos por um grande problema, tanto na guarda municipal, como nas polícias (civil e militar) pela falta de contingência. Para se ter uma noção, aqui, no Recreio, só temos uma moto da guarda municipal para fazer a ronda de toda

a extensão dessa área, que é enorme”. Porém, Marco salientou a importância da comunidade nas reuniões e falou que pequenas ações podem ajudar no atendimento à população: “hoje, nós temos uma demanda muito grande de chamadas, mas muitas vezes são problemas como podas de árvores, iluminação na região, asfaltamento de ruas e outros problemas pequenos, que acabam se tornando grandes. Desta forma, esse fórum serve para colocarmos isso em pauta, pontuar essas demandas e dar ênfase a todas as necessidades”. Já o delegado da 19ª DP, Marcus Vinícius, falou da importân-

30

cia de unir o poder público com a comunidade para melhorar os resultados: “hoje, em virtude das crises que vivemos, é fundamental a participação da sociedade civil. Acredito que essa interação do poder público junto à população é muito positiva para andarmos em uma só direção para o bem de todos. Para isso, precisamos que as associações sejam ainda mais atuantes politicamente, para conseguirmos sanar alguns urgências, principalmente a falta de contingente”. Já trabalhando nessa diretriz, William informou que a Associação de Condomínios Nova Barra Bonita investe em segurança lo-


O delegado da 19ª DP tratou de acalmar a população sobre o crescimento da violência : “vivemos em um período violento, e aqui, na nossa região, também tivemos um aumento, pequeno, mas ainda sim um aumento. Estamos cuidando para recuperar isso e voltarmos a bater as metas de maneira eficiente, como sempre fizemos”.

CCRV

cal: “aqui, no Barra Bonita, iremos instalar 49 câmeras de vigilância, e pela CCRV colocaremos 50 câmeras pelo bairro, que iremos disponibilizar também para que a PM possa usar como vigilância. Dessa maneira, acredito que, com o tempo, o Recreio fique muito mais monitorado”.


meio ambiente

POR UM PONTO FINAL NA POLUIÇÃO DO CANAL DAS TAXAS U

m problema que incomoda quem transita ou mora próximo ao Canal das Taxas é a poluição. Além do mau cheiro e da proliferação de mosquitos, o risco para a saúde também preocupa quem vive no Barra Bonita. Felizmente, no entanto, há uma alternativa viável para a questão, trazida pelo engenheiro químico Nuno Cunha e Silva. O objetivo do profissional, que tem quatro décadas de experiência, é dar continuidade a um processo que começou no ano passado, também no canal. O teste foi iniciado no mês de março e seguiu até meados de junho. Nuno deseja recomeçar entre fevereiro e março de 2017, tão logo obtenha autorização municipal. “Utilizamos uma tecnologia japonesa barata. Foram três pessoas voluntárias que bancaram do próprio bolso um trabalho com o apoio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente”, explica Nuno, se referindo à ajuda dos parceiros Thiago Linder, Bernardo Vieira e Marcia Siqueira, todos cariocas preocupados com a degradação ambiental. De acordo com o engenheiro, foi um processo longo, dificultado, sobretudo por alguns “acidentes” oriundos da falta de informação sobre o trabalho voluntário que estava sendo feito. “Enquanto de um lado plotávamos os microorganismos, do outro lado chegava um caminhão-pipa e despejava caixas de gordura e esgoto na nossa frente. Assim não funciona”, reclama Nuno. Desta vez, no entanto, a expectativa é contar com o apoio de toda a comunidade, para que a nova fase de testes seja feita em quatro seções do Canal das Taxas, utilizando o mesmo conceito: nada de química, tudo biológico. “A gente decidiu começar novamente agora, numa área mais resguardada, no início do Canal das Taxas, incluindo uma área do Barra Bonita”, comenta.

32


meio ambiente

“POR QUE O CANAL ESTÁ MORTO? PORQUE O OXIGÊNIO ALI NÃO EXISTE. VAMOS TENTAR UM CHOQUE PARA COMEÇAR A MATAR OS COLIFORMES FECAIS, PARA DIMINUÍ-LOS DRASTICAMENTE. E DEPOIS QUE EQUALIZAR, DAR UMA BALANCEADA NO SISTEMA, ENTRANDO COM UM PROCESSO DE MANUTENÇÃO. PORQUE SEM ISSO VAI TUDO POR ÁGUA ABAIXO.”

33


meio ambiente

MANUTENÇÃO PARA RETOMAR A VIDA DO CANAL

TESTES SÃO POSITIVOS Os resultados obtidos pela equipe de Nuno comprovam que, após três dias do tratamento de choque, o mau cheiro foi bastante reduzido. E foi, aos poucos, no decorrer dos meses seguintes, considerado como eliminado.

Nuno explica que a aplicação do produto, assim como na vez anterior, deve ser dividida em duas fases: tratamento de choque e manutenção. “Por que o Canal está morto? Porque o oxigênio ali não existe. Vamos tentar um choque para começar a matar os coliformes fecais, para diminuí-los drasticamente. E depois que equalizar, dar uma balanceada no sistema, entrando com um processo de manutenção. Porque sem isso vai tudo por água abaixo”, alerta.

Assim como o exemplo do Japão, a intenção é mostrar às autoridades que é possível fazer muito, gastando pouco. “Não precisamos gastar centenas de milhões. Existem formas complementares, com custos infinitamente menores. O que nós pretendemos fazer é um paliativo, mas o saneamento precisa ser melhorado. Nós podemos reduzir a carga das interligações das redes de esgoto às casas. Para fazer com que isso seja mantido, nós gostaríamos que houvesse um programa de reciclagem junto à comunidade local, em uma base ali no Terreirão, para que as pessoas coloquem o produto na pia ou vaso, para que, dessa forma, já chegue limpando o canal”, informa. Para o profissional, é fundamental haver educação ambiental. “Talvez, com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente dando palestras para a população, aconteça um processo de sensibilização para que a comunidade participe ativamente”, afirma.

34


SEJA UM VENCEDOR. CORRA PARA O ÍCARO!

MATRÍCULAS ABERTAS PARA 2017! Ensino fundamental e Médio regular Pré-vestibular Campeão na EDUCAÇÃO

MENSALIDADES a partir de R$ 460 do 6º ao 9º ano Material incluso Unidade Tijuca

Inscreva-se já! Há mais de 48 anos EDUCANDO e APROVANDO COM SUCESSO jovens e adultos no Rio de Janeiro! Muitos jovens e adultos já fizeram sucesso no Ícaro! Temos um método de trabalho e uma filosofia de ENSINO PRÁTICO, para que o aluno aprenda o máximo. Venha nos conhecer!

NA APRESENTAÇÃO DESSE ANÚNCIO

100% DE DESCONTO NA MATRÍCULA. TIJUCA 2254-9994 Praça Saens Pena, 63 (a 10m do metrô)

RECREIO 2437-5867 Rua Cel. João Olintho, 630 (próximo ao Mc Donald’s)

JACAREPAGUÁ 2447-4439 Est. de Jacarepaguá, 7503 Freguesia (ao lado do Unicenter)


ECO Lavagem Ecológica A lavagem ecológica é uma técnica revolucionária que substitui a água e sabão por um produto a base de óleos vegetais e cera vegetal, que além de limpar o veículo como um todo, também estará protegendo e embelezando sua pintura, além de esta colaborando de forma direta para preservação do meio ambiente. Faça sua parte: Economize água, pois assim você estará protegendo o meio ambiente e colaborando par a sustentabilidade do planeta!

Oferecemos os seguintes serviços: Lavagem externa e interna Limpeza de motor Cristalização de vidros Enceramento de pintura Higienização de ar

SUGESTÃO DE PAUTA editora@grupocoruja.com.br

Hidratação de bancos de couro Higienização de bancos de tecidos Parceiros

Atendimento Delivery Consulte nossa tabela de preços

(21) 97242 5430 / 985425796 contato@ecosmartwash.com.br | www.ecosmartwash.com.br

ANUNCIE AQUI! /GrupoCorujaComunicacao @grupocoruja /grupocoruja

3471-6799 www.grupocoruja.com


ANÚNCIO


recreioshopping recreioshopping

AGORA TEM MAIS GASTRONOMIA PERTINHO DE VOCÊ!

Revista Barra Bonita  

Edição 01