Page 1

ANO 1 - NO 10 - SETEMBRO DE 2017

condomínio

BARRA BONITA

em revista

IOGA Muitos moradores tiveram a oportunidade de experimentar a prática. A praça de Barra Bonita serviu de espaço para um aulão de ioga e reuniu um grupo ao ar livre. Confira.

SEGURANÇA A inauguração da Central de Monitoramento no 31º Batalhão da Polícia Militar aumenta a vigilância em toda região. São 80 câmeras instaladas estrategicamente para coibir o crime.


ANÚNCIO


BARRA BONITA 4 expediente

em revista

DIRETOR EXECUTIVO Paulo Roberto Mesquita DIRETORES E CONSELHEIROS DA ASSOCIAÇÃO

DIRETORA ADMINISTRATIVA Rebeca Maia

PRESIDENTE: William Andrade Nogueira

EDITORA-CHEFE Tereza Menezes Dalmacio

VICE-PRESIDENTE: Júlio Cesar Jesus de Sá DIRETOR FINANCEIRO: Antônio Carlos de Assis Silva DIRETOR ADMINISTRATIVO: Lincoln Franklin Fernandes DIRETORA DE OPERAÇÕES: Fabíola Pombo

SUGESTÃO DE PAUTA (21) 97374-6674 editora@grupocoruja.com

CONSELHO FISCAL: Felipe Marcelo M. de Carvalho / Ivone dos Santos Dias / Valdinez Gonçalves de Lima

COMERCIAL (21) 3471-6799

CONDOMÍNIOS E SÍNDICOS ASSOCIADOS

REPÓRTER Aldi Mafra Guilherme Cosenza

ALOHA CLUB RESIDENCE Síndica Fabíola Pombo CONDOMÍNIO CHOICE RECREIO RESIDENCIAL Estasa CONDOMÍNIO LUAU DO RECREIO Síndico Lincoln Franklin Fernandes CONDOMÍNIO HOME WAYS RESIDENCE Síndico Jorge da Silva Carneiro CONDOMÍNIO PUERTO MADERO RESIDENCE Síndico Silmar Cavalieri CONDOMÍNIO RECREIO TOP DUPLEX Síndica Márcia Gama CONDOMÍNIO RESIDENCIAL VILLA BELLA Síndica Virgínia Sobral Moraes CONDOMÍNIO RESIDENCIAL LA VISTA Síndico Antônio Carlos de Assis Silva CONDOMÍNIO RESIDENCIAL PABLO PICASSO Síndica Ana Cristina Lucidi CONDOMÍNIO SUMMER CLUB RESIDENCE Síndico Paulo Monjardin CONDOMÍNIO VARANDAS DE BARRA BONITA Síndico Dierci Silveira

FOTOGRAFIA Lourrayne Lima ESTAGIÁRIO DE FOTOGRAFIA Marcos Alcantara REVISÃO Laila Silva DIREÇÃO DE ARTE E DIAGRAMAÇÃO Rachel Sartori DESIGN Allan Nascimento Marcilia Almeida Renato Passos www.grupocoruja.com Tel.: 21 3471-6799 Avenida Armando Lombardi, 205, salas 211 a 215, Esquina da Barra Barra da Tijuca - Rio de Janeiro

BARRA BONITA É FORMADO POR 18 CONDOMÍNIOS: ALOHA (168 APARTAMENTOS) CHOICE (360) CONDE DO RECREIO (80) HOME WAYS (80) JARDIM DO ALTO (252) LA VISTA (242) LUAU DO RECREIO (312) NATURA RECREIO (392) PABLO PICASSO (100) PUERTO MADERO (228) SUMMER (62) SUNSET (320) TOP DUPLEX (220) UP LIFE (440) VARANDAS (224) VILLA BELLA (80) VILLA FIRENZE (63) VILLA VENEZIA (80)

Barra Bonita em revista é uma publicação

FALE COM A ASSOCIAÇÃO Nós estamos disponíveis para atendê-lo através dos canais abaixo: 97021-2627 2025-2485

CASAS ASSOCIADAS

contato@novabarrabonita.org.br

MARIA ALICE E ANTÔNIO CARLOS VERÔNICA GOMES LUIZ CÉSAR CRONER AURELY CANTUÁRIA PAULO AMORIM RICARDO DE OLIVEIRA RANGEL ALFREDO LOPES JOSÉ LUIZ DE OLIVEIRA JOAQUIM MARIANO TÂNIA MARA SOARES

/NovaBarraBonita NovaBarraBonita.org.br A produção da Revista Barra Bonita não gera custo para a Associação Nova Barra Bonita. Toda a despesa (produção, criação, impressão e veiculação) é paga com o que é arrecadado com a venda de anúncios.


A MAMMA JAMMA CHEGOU AO RECREIO SHOPPING M A MM A J A M M A PIZZERIA RUSTICA

PEÇA ONLINE! WWW.MAMMAJAMMA.COM.BR DELIVERY RECREIO (21) 3689-5900

MAMMA JAMMA RECREIO SHOPPING Recreio Shopping Expansão | Av. das Américas, 19019 | Loja 118 Domingo a quinta de 12h - 00h | Sexta e sábado de 12h - 1h


6 palavra do presidente

O SEU IPTU FICARÁ MAIS CARO ANO QUE VEM, SABIA?

P

ois é, quem não acompanhou toda a movimentação feita pelos vereadores da Câmara Municipal do Rio de Janeiro, com certeza ficará surpreso com as novas alíquotas que chegarão no carnê do IPTU no ano que vem. Mesmo em meio a crise financeira do estado e do Brasil, o prefeito Marcelo Crivella submeteu aos vereadores o Projeto de Lei 268/2017, que visa aumentar a alíquota do ITBI e do IPTU da cidade do Rio de Janeiro. Uma proposta no mínimo polêmica e que não chega em boa hora para os cariocas, afinal, muitas famílias vêm enfrentando dificuldades financeiras por conta da alta taxa de desemprego e da recessão que vem impactando negativamente a renda familiar das pessoas. São os inúmeros casos de famílias que estão tentando se equilibrar em meio a crise, tentando cortar custos, despesas supérfluas e, até mesmo, mudando seus filhos de escola por conta dos valores das mensalidades. A hora é de austeridade e o governo mais uma vez propõe aumento de imposto para resolver seus problemas de arrecadação. Uma cidade que recebeu altos investimentos para a realização de grandes eventos, como Copa e Olimpíadas, agora agoniza; e para resolver a questão, mete mais uma vez a mão no bolso de seus contribuintes através de lei.

Mas o que fazer em uma hora dessas? Uma das ações foi convocar os principais vereadores representantes da região da Barra, Recreio e Vargens para uma conversa, que aconteceu nas dependências da Câmara Comunitária da Barra. Durante a reunião os representantes das associações e de outras entidades, alertaram os parlamentares sobre a inviabilidade de se aprovar um Projeto de Lei que trouxesse ainda mais ônus para o morador da região. Cada vereador colocou o seu ponto de vista e, independentemente dos pedidos e apelos feitos, votaram a PL de acordo com seus interesses, não considerando nem o pedido para que o assunto fosse melhor estudado. Para se ter uma ideia, a região da Barra, Recreio e Vargens representa 33,5% de toda a arrecadação da cidade, sendo que nossa região arrecada o equivalente a bairros como Leblon, Ipanema, Botafogo, Flamengo, Copacabana, Lagoa e Jardim Botânico juntos. Veja um comparativo interessante: em Copacabana, por exemplo, o percentual do valor venal do imóvel é de 11,8% e será aumentado para 20%. O bairro do Leblon vai de 12% para 20% e Ipanema de 12,1% vai para 20%. Já o Recreio, prestem bem atenção, terá um aumento no percentual do valor venal de 26% para 30% e a Barra de 27,8% para 31%. Reparem que os demais bairros estão indo para 20% e nossa região para 30%. A votação teve 23 vereadores que votaram a favor do aumento e 18 vereadores que votaram contra o aumento. Mas o assunto não para por aí, os vereadores que votaram NÃO ao aumento já sofreram represálias do Executivo e alguns perderam cargos e indicações, já quem votou SIM, conseguiu ainda mais benefícios, cargos e influência. É o velho jogo da política que contempla os aliados com os benefícios individuais em detrimento da vontade da sociedade. Qual seria

a vontade da sociedade com relação a esse aumento? Seria de aumentar mais um imposto? Sim ou não? Vale a pena ver a lista de votação e verificar se o seu vereador correspondeu com suas expectativas, honrando com seu voto a sua vontade. Como citei acima, o trabalho de uma associação de condomínio como a nossa, por exemplo, e de outras associações e câmaras comunitárias é esse, representar o maior número de moradores para juntos cobrarmos ações efetivas do poder público. Esse trabalho não é fácil, exige tempo, dedicação, muito jogo de cintura e seriedade para que sejamos atendidos. Recebemos quase que diariamente solicitações de moradores para que cobremos ações da prefeitura, como iluminação, podas de árvore, asfaltamento, limpeza, entre outras necessidades importantes. Algumas são atendidas e outras postergadas, mas seguimos cobrando, ajudando e informando o poder público de nossas necessidades, afinal, nós que moramos aqui conhecemos bem os nossos problemas, não é mesmo? Projeto de Despoluição do Trecho do Canal das Taxas em Barra Bonita Os esforços para que o projeto aconteça ainda continuam. Já realizamos uma reunião com os órgãos da prefeitura e agora estamos tentando cumprir toda a parte burocrática, como cadastros, apresentações de documentos, licenças etc. Esse processo de documentação faz parte e é demorado, mas esperamos que ainda este ano consigamos iniciar nossas ações. Não deixem de nos apoiar e torcer para que o projeto saia logo do papel, pois será bom para todos nós! Barra Bonita, eu amo, eu cuido!

William Andrade Nogueira Pres. da Associação de Condomínios Nova Barra Bonita e morador.


8 economia

AUMENTO DO IPTU P

or mais que a sociedade tenha se organizado para pressionar os vereadores para não aprovarem o aumento do IPTU, nada adiantou. Por 30 votos a 19, o imposto terá aumento em 2018 de 25% em cima dos valores atuais, fazendo com que os moradores cheguem à marca de 31% do valor do imóvel. Antes da votação, a Associação de Condomínios de Barra Bonita participou de várias reuniões, na tentativa de convencer os vereadores que, diante da crise instalada no Rio, mais um aumento de imposto é uma medida para afundar ainda mais a população. Na Câmara Comunitária da Barra da Tijuca ocorreu uma reunião com representantes de associações e vereadores que foram eleitos com um grande número de votos na região. Entre eles estavam Carlo Caiado (votou contra o aumento), Marcello Siciliano (a favor do aumento), Alexandre Arraes (a favor), Fernando William (a favor) e Felipe Michel (contra). O objetivo do


9 economia


10 economia

Câmara dos Vereadores: votação IPTU no dia 5 de setembro.

encontro foi ouvir deles o que envolve toda essa reformulação, uma semana antes da audiência pública na Câmara Municipal do Rio de Janeiro, que foi realizada no dia 28 de agosto e aprovou o projeto do prefeito Marcelo Crivella, o PL 2689/2018. Representando Barra Bonita, William Nogueira comentou: “o que vemos muito no Recreio e Vargens são pessoas invadindo terrenos e construindo moradia. Elas possivelmente não pagam e nem pagarão IPTU. Se entrar no Terreirão dá pra ver prédios construídos totalmente fora da lei, sem nenhuma fiscalização. Essa distorção de cobranças deveria entrar nas emendas dos vereadores”. E ele ainda acrescentou: “a nossa região é muito prejudicada pelo uso irregular do solo, com construções sem qualquer tipo de licença ou de legalização que permita a contribuição com o IPTU. Os vereadores deveriam pensar em projetos de lei que pudessem estabelecer a ordem nas ocupações do solo, bem como propor projetos

para resolver a distorção nos valores cobrados do IPTU em diversas regiões do Rio de Janeiro”. Reuniões, audiência pública, encontros com vereadores da região, nada disso convenceu a maioria do Legislativo. Agora é amargar mais essa conta e saber em quem votar na próxima eleição.


12 conselho comunitário

SEGURANÇA: PREOCUPAÇÃO PERMANENTE O

Conselho Comunitário de Segurança da região que compreende Barra, Recreio e Vargens (Grande e Pequena) se reuniu recentemente e apresentou um balanço das ocorrências na região. À mesa, o presidente do conselho Ricardo Magalhães; a delegada Márcia Julião, titular da 42º DP (Recreio); Paulo Roberto, delegado adjunto da 16º DP (Barra), representando o delegado titular Marcus Neves; tenente-coronel Vanildo Sena, subcomandante do 31º BPM; Claudio Carneiro, presidente da OAB-Barra; Thiago Barcellos, superintendente da Barra e Recreio; Guilherme Braune, administrador adjunto da Barra; Michel Oliver, supervisor regional do Itanhangá e Joá; capitão Rafael Bruzon, do Comando de Polícia Ambiental; major André Suzano, do Grupamento de Salvamento dos Bombeiros; e Gustavo Souza, da Guarda Municipal. O encontro contou com a colaboração do deputado federal Otávio Leite (PSDB) e do vereador Carlo Caiado (DEM). Entre os assuntos destacados, o vereador Carlos Caiado comentou sobre a criação de uma comissão para a Ordem da Segurança Pública na Câmara dos Vereadores. Já Otavio Leite afirmou que na Câmara dos Deputados o assunto é profundamente analisado por ser de interesse nacional,


O subcomandante do 31º Batalhão de Polícia Militar, tenente-coronel Sena, enfatizou que o uso de aplicativos, como o Linha Direta, fortalece o trabalho da polícia:

13 conselho comunitário

e não somente do estado do Rio. Sobre isso, William Nogueira, presidente da Associação de Condomínios de Barra Bonita, comentou: “precisamos pressionar para que haja urgentemente uma mudança na legislação e precisa ser logo, a violência já ultrapassou o tolerável. Havia sugerido ao presidente que façamos uma reunião com todos os deputados federais do Rio de Janeiro para que eles levem ao Congresso uma proposta da bancada do Rio de Janeiro. Temos que no mínimo, cobrar o presidente do Congresso para que esteja presente e lidere a proposta, afinal, ele também é do Rio de Janeiro”.

”por meio deles, a população pode entrar em contato direto com o batalhão. Nós faremos aquilo que estiver ao nosso alcance para atender as ocorrências. Vale destacar que nossas redes sociais estão à disposição dos cidadãos, pois lá mostramos os números das nossas ações diárias”.


14 central de monitoramento

NOVO CAPÍTULO NA SEGURANÇA DA REGIÃO “É

mais uma conquista para a população”, disse o coronel Schalioni. A fala do comandante do 31º Batalhão de Polícia Militar do Rio de Janeiro, coronel Schalioni, reflete a positividade de todos os representantes de moradores, comerciantes e políticos da região, presentes na inauguração da Central de Monitoramento SD PM Fernando Santos de Andrade e Silva. A sala que faz homenagem ao soldado Fernando Silva, alocado no 31º BPM e morto em serviço, faz parte do projeto criado em parceria público-privada entre o batalhão e as câmeras da Associação Comunitária Bairro Seguro. “A sala de monitoramento contará com 50 câmeras da prefeitura e 30 câmeras da ACBS que funcionaram 24 horas e serão monitoradas de dentro do 31º BPM”, explica o coronel, que contou ainda os pontos positivos com a chegada da sala de monitoramento: “com o advento dessa tecnologia feita em PPP, otimizaremos o serviço e ajudaremos no remanejamento das viaturas, além de observar possíveis manifestações em pontos distintos, efetuando até mesmo prisões, se forem observados delitos através das câmeras. Na realidade, essa é uma conquista para todos nós, tanto a população quanto a corporação”. Presidente da ACBS, Alfredo Lopes falou da nova chance de trazer mais segurança aos moradores da Barra da Tijuca e Recreio dos Bandeirantes: “o Rio de Janeiro é muito criticado pela falta de segurança. Então, buscamos uma alternativa viável para trazer um projeto como esse. A Carvalho Hosken, a Artplan e a Multiplan, junto às associações de moradores e comerciantes, decidiram levar esse projeto para frente. O que estamos fazendo aqui é dar a volta por cima do cenário atual da nossa cidade, cuidando para que nosso bairro seja cada dia mais seguro”. Algumas câmeras de monitoramento de Barra Bonita estarão interligadas na Central de Monitoramento da ACBS que fica na Barra da Tijuca e também serão replicadas para a Central de Monitoramento SD PM Fernando Santos de Andrade e Silva do 31º PM. Esse projeto permitirá que, em caso de alguma ocorrência em Barra Bonita, se acionada, a Central poderá iniciar o atendimento e acompanhar através das câmeras. Será mais uma conquista para o aprimoramento da segurança em Barra Bonita.


15 central de monitoramento

A HOPE chegou ao Shopping Metropolitano Barra! Venha conhecer nossa nova loja e ganhe 2 horas de estacionamento nas compras acima de R$200*

*Válido até 30/11/2017

SHOPPING METROPOLITANO BARRA | PISO L2 - LOJA 2023 | (21) 3095.9253


18 lazer

ÁLBUM

de família

Esta seção é o ponto de encontro de quem escolheu o Barra Bonita como casa e segue registrando o jeito leve e descontraído de viver aqui. As áreas externas e comuns a todos são um convite ao bem-estar. Confira.

Os pais João Vidal e Ludmila (Top Duplex) e os filhos Arthur (1 ano e 4 meses), Laura (1 ano e 4 meses) e Sophia (7 anos) brincavam em família na praça e disseram: “a praça é o local que mais gostamos, pois é arborizada e tranquila para trazer a família e fazer exercícios”.

As gêmeas Alice e Clara (3 anos) se divertiram no passeio de bicicleta com os pais Roberto e Márcia Costa (Up Life): “aqui nos faz lembrar uma cidade de interior pela tranquilidade. Conseguimos fazer bastante coisa a pé, pois temos tudo que precisamos por perto”.


19 lazer

26 DE OUTUBRO

EM TEMPORADA

ESTREIA EM 12/OUT

17 DE OUTUBRO

14 DE NOVEMBRO

15 DE NOVEMBRO

16 DE NOVEMBRO

09 DE NOVEMBRO


20 lazer

“Eu moro no Recreio desde que nasci. Ter a praia perto de casa é ótimo, um verdadeiro lazer. Todo dia venho para a praça com minha filha, pois ela adora brincar aqui”, contou Veronica Morais, com a pequena Maria Eduarda (2 anos).

“Eu adoro morar aqui porque tenho praia, shopping e mercado por perto. Sempre que posso. trago minha filha para brincar na praça. A única sugestão, que daria para a associação, é fazer a retirada dessas pedras do parquinho, pois as crianças vivem colocando na boca, seria melhor grama”, declarou Fernanda Job (Up Life), na foto com Valentina (2 anos).

Josiely Maria (Choice) posou com o filho Lorenzo (4 anos) e o cachorrinho Pingo para a foto: “o bairro é tranquilo, arborizado e saudável para crianças. Gosto de morar aqui pelo clima de interior”.


21 lazer Vinicius de Melo (Natura) estava com a filha Laura (4 anos) e nos contou que mora no bairro há quase 10 anos: “foram alguns fatores que me trouxeram para cá, como o local, o ambiente familiar, a praça e a tranquilidade. A associação também vem fazendo um ótimo trabalho para os moradores”.

“Tenho muita comodidade em Barra Bonita, encontro transporte para todo lugar. Aproveito a área para lazer e todo fim de semana estamos aqui na praça”, afirmou Rita Santoro (Pablo Picasso), acompanhada de Alessandra (4 anos).


22 ioga

O DESPERTAR DO SER A

vida moderna nos obriga a correr, a fazer várias coisas ao mesmo tempo, trânsito, comida rápida, muito trabalho, e o corpo sente... A mente cansa, mas não podemos parar. Então, o que fazer para diminuir esse estresse e descansar o corpo e a mente? Que ferramenta usar para proteger o organismo? Uma saída interessante é a prática do Hatha Yoga, uma técnica milenar que veio do oriente. A expressão Hatha Yoga poderia ser traduzida, dividindo-se as sílabas, nas palavras “ha” (sol) e “tha” (lua), cujo significado é atribuído à busca pelo equilíbrio das forças solar e lunar, masculina e feminina, como objetivo final dessa prática. O Hatha Yoga atua em todos os níveis do nosso ser: físico, mental e emocional. Mas o que torna a ioga única é o fato de ela não apenas alongar todas as partes do corpo, mas também massagear os órgãos internos e as glândulas; coordenar o sistema respiratório com o corpo físico; relaxar os músculos e a mente; estimular a circulação; aumentar a provisão de oxigênio em todos os tecidos; rejuvenescer as células do cérebro e revigorá-lo, aliviando a fadi-

“Essa foi minha primeira vez fazendo ioga. Sempre tive curiosidade na modalidade e vou confessar que adorei, me fez muito bem. Foi um momento de relaxamento e alongamento”, declarou Helena Melo, moradora do Residencial Choice.

Tatiane Real, moradora do Jardins de Barra Bonita, contou as mudanças adquiridas após as aulas de ioga: “com a correria do dia a dia e o trabalho, algumas vezes, acabo ficando estressada. Esse é um momento de paz, para relaxar. Meu corpo está mais elástico e mantenho minha coluna ereta por mais tempo”.


23 ioga

ga. Costas, peito, sistema digestivo e pulmões são os mais beneficiados pelos exercícios e o resultado é um alívio no processo de enrijecimento, devido à inatividade, ao cansaço, à postura incorreta e ao envelhecimento. Muitos moradores tiveram a oportunidade de experimentar a prática. A praça de Barra Bonita foi o local para um aulão de ioga e reuniu um grupo ao ar livre. A aula foi ministrada pela professora Priscila Goulart, instrutora de Hatha Yoga, formada pelo Svadhyaya - Curso de Formação de Instrutores em Hatha Yoga e certificada pela International Yoga Alliance. Praticante e aprendiz desde 2003, já participou de diversos cursos na área, como iogaterapia, ioga restaurativa, disciplina do yogin, meditação, reiki e vedanta. Apaixonada por ioga, meditação e surfe, ela continua trilhando o caminho em busca do autoconhecimento.

A professora Priscila Goulart, moradora do Residencial Choice, falou dos benefícios da ioga: “a aula foca na área respiratória, o que já faz as pessoas se sentirem melhores. Os movimentos relaxam e diminuem as dores. Diminuir o estresse, melhorar a postura e a qualidade de vida são alguns dos objetivos. Além de aumentar a consciência corporal e a percepção do que acontece a sua volta”.

Rosângela Melo, moradora do Residencial Choice, já pratica algumas posições de ioga em casa e comentou: “achei o máximo a aula! Eu estava precisando relaxar e, logo quando acabou, senti diferença. Além disso, também traz benefícios físicos, como o fortalecimento muscular”.

䠀섀 ㌀㔀 䄀一伀匀 吀刀䄀一匀䘀伀刀䴀䄀一䐀伀 䤀䰀唀䴀䤀一䄀윀쌀伀 䔀䴀 匀䄀吀䤀匀䘀䄀윀쌀伀 嘀椀猀椀琀攀 愀 䰀漀樀愀 刀攀挀爀攀椀漀 攀 挀漀渀栀攀愀 愀  最爀愀渀搀攀 瘀愀爀椀攀搀愀搀攀 搀攀 瀀爀漀搀甀琀漀猀  瀀愀爀愀 攀洀戀攀氀攀稀愀爀 漀 猀攀甀 愀洀戀椀攀渀琀攀⸀

刀攀挀爀攀椀漀 搀漀猀 䈀愀渀搀攀椀爀愀渀琀攀猀  ⴀ 䄀瘀⸀ 搀愀猀 䄀洀爀椀挀愀猀Ⰰ ㄀㔀⸀㔀㜀㤀 ⴀ ㈀㐀㌀㜀ⴀ ㌀㤀㜀 䈀攀渀ǻ挀愀 ⴀ 刀⸀ 匀攀渀愀搀漀爀 䈀攀爀渀愀爀搀漀 䴀漀渀琀攀椀爀漀Ⰰ ㈀㠀  ㌀㘀 ⴀ ㌀㈀㠀㤀ⴀ㈀㤀㐀㐀

挀愀猀愀爀愀漀氀甀猀琀爀攀猀氀琀搀愀

挀愀猀愀爀愀漀开氀甀猀琀爀攀猀

 眀眀眀⸀挀愀猀愀爀愀漀氀甀猀琀爀攀猀⸀挀漀洀⸀戀爀

䔀匀吀䄀䌀䤀伀一䄀䴀䔀一吀伀 倀刀팀倀刀䤀伀Ⰰ 䔀䴀 䘀刀䔀一吀䔀 䄀 䰀伀䨀䄀⸀


24 ioga

Portanto, se você busca controlar o estresse, ganhar bem-estar e se fortalecer para a rotina diária, o Hatha Yoga é uma excelente saída. Entre em contato com o estúdio Yoga Soul, que funciona no Recreio Shopping, e saiba mais sobre essa prática. yogasoulrecreio


25 ioga


O uso de mídias digitais na sala de aula A sociedade de hoje tem uma postura muito diferente da época de nossos avós. Com o avanço da tecnologia, a cada dia surgem novas relações entre o ciberespaço, a forma de pensar os meios de comunicação e o viver em sociedade. O surgimento das tecnologias digitais e a conectividade proporcionada pela internet nos apresentam diferentes possibilidades de comunicação, de interação, sociabilidade e aprendizagem. Inseridos nesse contexto, as crianças e adolescentes que hoje temos em nossas salas de aula desafiam o professor, pois eles nascem em contato com este universo, onde podem ter acesso a todo tipo de informação sem a presença de um educador. Portanto, a interação e a interatividade que eles estabelecem para além da sala de aula também proporcionam a construção do conhecimento. Diante disso, o educador precisa repensar sua prática, rever sua forma de “olhar” para esse estudante, interagindo com ele de maneira a favorecer o pensamento crítico e uma aprendizagem significativa, de acordo com a forma como se relaciona hoje na sociedade. Pensando nisso, o Colégio Notre Dame Recreio desenvolve o projeto “Educação Digital” que, no contexto do hibridismo e da multimodalidade, tem como objetivo geral formar e capacitar coordenadores e professores, dos diferentes níveis de ensino, para a proposição, o desenvolvimento, o acompanhamento e a avaliação de propostas educacionais contemporâneas, fundamentadas nas mais recentes teorias de aprendizagem. Assim, proporciona experiências para que os seus professores compreendam este universo da cibercultura, e para que seus estudantes possam fazer uso das tecnologias digitais a favor da sistematização de conhecimentos adquiridos com o foco na aprendizagem. As turmas do 3° ano do Ensino Fundamental I, por exemplo, pesquisaram sobre o uso e possibilidades do QR Code para sistematizar os

conhecimentos adquiridos ao final do trimestre. O QR code, ou código QR, é a sigla de “Quick Response”, que significa resposta rápida. É um código de barras, que foi criado em 1994, e possui esse nome pois dá a capacidade de ser interpretado rapidamente pelas pessoas. Como ele é presente hoje em diversas embalagens, reportagens, cartazes, e por ser uma imagem “curiosa”, diferente do que presenciamos no dia a dia, a professora optou por explorá-lo, a partir do conteúdo estudado no trimestre. Cada estudante elegeu um conteúdo que assimilou durante o percurso, elaborou o seu texto com os conhecimentos mais significativos para eles e a professora criou um QRCode para cada texto elaborado. A partir das imagens prontas, espalhamos pela escola essas imagens, despertando a curiosidade de todos os estudantes do segmento. Os próprios estudantes da série foram em todas as salas, explicando o que era um QRCode, por quem foi criado e qual o objetivo de utilizá-lo. Assim, geraram curiosidade e instigaram outros estudantes a investigar o que havia de informação espalhada pela escola. A atividade reforçou a apropriação do conhecimento, além de estimular o uso da tecnologia a favor da aprendizagem significativa e incentivar outras turmas a pesquisar e descobrir o prazer de aprender usando a ferramenta que está diariamente nas mãos de cada um deles. E foi possível perceber que os meios digitais permitem desenvolver autonomia nos estudantes, a capacidade de interpretar e interagir de diversas formas com a informação apresentada e transformá‐la para seu próprio uso e do grupo ao qual está inserido. Cristina Varga Coordenadora do Ensino Fundamental I do Colégio Notre Dame Recreio


28 clube de vantagens

O Clube de Vantagens da Associação de Condomínios Nova Barra Bonita foi criado para oferecer vantagens e descontos aos moradores associados. Para usufruir dos benefícios do nosso Clube, basta apresentar a carteirinha nos estabelecimentos conveniados e aproveitar os descontos concedidos. O associado que possuir a carteirinha terá direito aos descontos nas lojas parceiras. O empresário que desejar participar do Clube de Vantagens, deve entrar em contato pelo e-mail contato@novabarrabonita.org.br.


10% 70%

Ainda não fez sua carteirinha? Entre em contato conosco por meio do telefone 2025-2485 para maiores informações.

50%

igrejabatistaatitudecentraldabarra

@ibatitude

R$

@ibatitude

w w w . i b a t i t u d e . c o m . b r Rua Sylvi o da Rocha Pollis, 751, Barra da Tijuca


30 chamada

NONONONONO NONONONO N

os explit, venti auda vid ut quatates utem quatenis simporunt rem fugiaep erehenist ma qui atio. Nam eum nullaboris que niasperepre doluptam re neseque aute volesto custibus evel inctatum hit qui aliquamus erorate ped eaquod


N

os explit, venti auda vid ut quatates utem quatenis simporunt rem fugiaep erehenist ma qui atio. Nam eum nullaboris que niasperepre doluptam re neseque aute volesto custibus evel inctatum hit qui aliquamus erorate ped eaquod

31 chamada

NONONONONO NONONONO


Revista Barra Bonita  

Edição 10