Page 1

ANO 1 - NO 12 - NOVEMBRO DE 2017

condomínio

BARRA BONITA

em revista

A PRAÇA É NOSSA Aqui tudo acontece: encontros, brincadeiras, diversão e muito bate-papo. A pracinha é o ponto alto do bairro para muitos moradores.

12a EDIÇÃO

E MAIS:

O leitor comenta sobre o primeiro ano da sua Revista. Confira.

E mais: música, arte, entrevistas e o que acontece por aqui.


ANÚNCIO


BARRA BONITA

em revista

4 expediente

DIRETOR EXECUTIVO Paulo Roberto Mesquita DIRETORES E CONSELHEIROS DA ASSOCIAÇÃO PRESIDENTE: William Andrade Nogueira VICE-PRESIDENTE: Vago DIRETOR FINANCEIRO: Vago DIRETOR ADMINISTRATIVO: Lincoln Franklin Fernandes DIRETORA DE OPERAÇÕES: Fabíola Pombo CONSELHO FISCAL: Felipe Marcelo M. de Carvalho / Ivone dos Santos Dias / Valdinez Gonçalves de Lima

CONDOMÍNIOS E SÍNDICOS ASSOCIADOS ALOHA CLUB RESIDENCE Síndica Fabíola Pombo CONDOMÍNIO CHOICE RECREIO RESIDENCE Síndica Camila Lopes CONDOMÍNIO LUAU DO RECREIO Síndico Lincoln Franklin Fernandes CONDOMÍNIO HOME WAYS RESIDENCE Síndico Jorge da Silva Carneiro CONDOMÍNIO PUERTO MADERO RESIDENCE Síndico Silmar Cavalieri CONDOMÍNIO RECREIO TOP DUPLEX Síndica Márcia Gama CONDOMÍNIO RESIDENCIAL VILLA BELLA Síndica Virgínia Sobral Moraes CONDOMÍNIO RESIDENCIAL LA VISTA Síndico Antônio Carlos de Assis Silva CONDOMÍNIO RESIDENCIAL PABLO PICASSO Síndica Ana Cristina Lucidi CONDOMÍNIO SUMMER CLUB RESIDENCE Síndico Paulo Monjardin CONDOMÍNIO VARANDAS DE BARRA BONITA Síndico José Antônio

BARRA BONITA É FORMADO POR 18 CONDOMÍNIOS: ALOHA (168 APARTAMENTOS) CHOICE (360) CONDE DO RECREIO (80) HOME WAYS (80) JARDIM DO ALTO (252) LA VISTA (242) LUAU DO RECREIO (312) NATURA RECREIO (392) PABLO PICASSO (100) PUERTO MADERO (228) SUMMER (62) SUNSET (320) TOP DUPLEX (220) UP LIFE (440) VARANDAS (224) VILLA BELLA (80) VILLA FIRENZE (63) VILLA VENEZIA (80)

DIRETORA ADMINISTRATIVA Rebeca Maia EDITORA-CHEFE Tereza Menezes Dalmacio SUGESTÃO DE PAUTA (21) 97374-6674 editora@grupocoruja.com

COMERCIAL (21) 3471-6799 REPÓRTER Aldi Mafra Debora Monken ESTAGIÁRIA DE JORNALISMO Katharine Alves FOTOGRAFIA Lourrayne Lima ESTAGIÁRIO DE FOTOGRAFIA Marcos Alcantara REVISÃO Laila Silva DIREÇÃO DE ARTE E DIAGRAMAÇÃO Rachel Sartori DESIGN Allan Nascimento Marcilia Almeida Renato Passos www.grupocoruja.com Tel.: 21 3471-6799 Avenida Armando Lombardi, 205, salas 211 a 215, Esquina da Barra Barra da Tijuca - Rio de Janeiro Barra Bonita em revista é uma publicação

FALE COM A ASSOCIAÇÃO Nós estamos disponíveis para atendê-lo através dos canais abaixo: 97021-2627 2025-2485

CASAS ASSOCIADAS

contato@novabarrabonita.org.br

MARIA ALICE E ANTÔNIO CARLOS VERÔNICA GOMES LUIZ CÉSAR CRONER AURELY CANTUÁRIA PAULO AMORIM RICARDO DE OLIVEIRA RANGEL ALFREDO LOPES JOSÉ LUIZ DE OLIVEIRA JOAQUIM MARIANO TÂNIA MARA SOARES

/NovaBarraBonita NovaBarraBonita.org.br A produção da Revista Barra Bonita não gera custo para a Associação Nova Barra Bonita. Toda a despesa (produção, criação, impressão e veiculação) é paga com o que é arrecadado com a venda de anúncios.


6 palavra do presidente

EDIÇÃO No 12 expor suas marcas e seus produtos para os moradores, mas não tinham como fazer isso de uma maneira mais efetiva. Um dos objetivos que temos é que o nosso bairro seja próspero, que os lojistas e comerciantes locais se desenvolvam para oferecer produtos e serviços de qualidade para os nossos moradores.

E

ssa edição da Revista Barra Bonita é especial para nós, é a 12ª edição. Sim, completamos 1 ano! É uma conquista importante para qualquer instituição ou associação como a nossa conseguir manter uma revista assim. Primeiro que para se manter é necessário ter conteúdo, e não é qualquer conteúdo, tem que ter relevância, utilidade para o morador e principalmente, mostrar para o morador que ele faz parte da revista, que ele é o motivo dela existir. Ainda sobre o conteúdo, para se manter uma revista relevante, com informações que tenham a ver com Barra Bonita, é necessário ter uma associação atuante, lutando por melhorias e promovendo mais bem-estar aos moradores, e isso tem sido a nossa missão ao longo desses anos, um esforço sem medidas para transformar Barra Bonita no melhor lugar para se morar no Recreio. A Revista Barra Bonita também criou oportunidades de divulgação para as empresas que estão no bairro, no próprio Recreio Shopping, sendo que muitas delas desejavam muito

A Revista Barra Bonita é motivo de alegria para a diretoria que permanece à frente da associação; muitos foram os elogios de moradores, dos comerciantes e de pessoas que moram em outras localidades e que tiveram acesso às edições. Mas, ao mesmo tempo, mostrou o lado político de alguns síndicos, que além de se recusarem a contribuir com as benfeitorias do bairro, também fizeram questão de impedir os moradores de receberem a Revista em seus escaninhos. Essas atitudes, infelizmente, só demonstram a falta de compromisso e de responsabilidade de alguns deles com o coletivo, com seus próprios condôminos, com Barra Bonita e com o próprio patrimônio que só é valorizado se tiver um cuidado constante da sociedade civil organizada. A associação sempre esteve aberta para o diálogo e sempre convidou todos para participar da gestão, afinal, todos ganham se Barra Bonita crescer de forma ordenada e bem administrada. Aproveitando a oportunidade, agradecemos a parceria com o Grupo Coruja, que nos ajudou a criar a nossa Revista e tem colocado toda sua expertise para dar ainda mais qualidade a cada edição. O nosso

muito obrigado vai para a Tereza Dalmacio (editora-chefe), que coordena toda a parte editorial da Revista, ao Paulo Roberto (diretor executivo), que cuida de toda a parte comercial, e aos repórteres e fotógrafos (Aldi Mafra, Debora Monken, Kat Alves, Marcos Alcântara e Lou Lima), que fazem a cobertura dos eventos e dos acontecimentos em Barra Bonita. Para terminar, gostaria de lhe pedir um favor. Tente imaginar um lugar tranquilo, limpo, bem cuidado, florido, com jardins espalhados por todos os lugares, crianças brincando com segurança, os pets com um lugar dedicado a eles, com brinquedos, água etc. Tente imaginar, um lugar cercado de pessoas felizes por estarem naquele lugar, se confraternizando, se conhecendo e criando laços de amizade. Imagine um lugar onde você tenha a oportunidade de caminhar em poucos minutos e estar perto de cinemas, restaurantes e lojas. Um lugar que tenha pessoas dispostas a batalhar por seu bem-estar e segurança. Imaginou? Espero que tenha imaginado esse lugar belíssimo sendo exatamente aqui, em Barra Bonita. Essa é a nossa missão, transformar esse sonho em realidade, para isso, precisamos de união, engajamento, participação e boa vontade de todos. Você deseja fazer parte desse projeto? Barra Bonita, eu amo, eu cuido!

William Andrade Nogueira Pres. da Associação de Condomínios Nova Barra Bonita e morador.


8 aniversário revista

1 ANO COM VOCÊ

A Revista completa um ano. Nesse período, Barra Bonita foi o pano de fundo para várias entrevistas, registros importantes da comunidade e coberturas de eventos. Criamos um álbum de família para registrar momentos de alegria, fraternidade e muito carinho. Alguns moradores comentaram o que mais gostam na Revista. Confira.


9 aniversário revista Izabel de Jesus Abrantes (Varandas) mora há 11 anos em Barra Bonita e comentou sobre a Revista que recebe em casa: “eu a leio frequentemente. Quando se trata de segurança, nos interessa ainda mais. Essas matérias são importantes para ficarmos a par do que acontece dentro e fora do condomínio, o positivo e o negativo”.

A amiga de Izabel, Eliana Hull, que mora há 10 anos no Jardim do Alto, também deu a sua opinião: “eu adoro me exercitar na praça. Esse espaço é gostoso e muito confortável, sem contar que é bem bonito e cuidado, tem mais é que ser aproveitado. Por isso, gosto sempre de ficar sabendo sobre as atividades que acontecem na praça, seus horários, informações e, claro, os depoimentos dos moradores sobre tudo isso”.

Antonieta de Castro (La Vista) passeia sempre com sua cachorrinha, e de todos entrevistados nesta edição, ela é uma das moradoras mais recentes. Mesmo assim, ela fez questão de dar sua opinião sobre a Revista: “conheço bem a publicação, pois meu marido já saiu uma vez nela. Sobre as matérias que li, uma chamou mais atenção, a dos mosquitos. Nós, moradores, sofremos muito, porque eles não nos deixam em paz, estão por toda parte. Com certeza, esse é um dos nossos maiores problemas. Informação é tudo, ainda mais quando é trazida com qualidade”.

Adalto Martins Santos (Villa Venezia) é morador há 11 anos de Barra Bonita e entende o papel da Revista na comunicação entre a associação e os moradores: “a existência dela é essencial. Confesso que sou um tanto desligado quando a assunto é a vizinhança. É por meio da publicação que as pessoas tomam ciência do que está sendo realizado em benefício delas”.

Assim como Eliana, Sueili Eifler (Jardim do Alto) se exercita nos equipamentos da praça. A moradora, que vive no condomínio há 5 anos, aproveitou para elogiar a publicação e disse que depois que ela foi lançada muitos avanços aconteceram em Barra Bonita: “melhorou 100%. Todas as matérias são muito importantes e de grande relevância para nós, moradores. E essa é a 1ª vez que saio na Revista”.


10 artista plástico

ARTE PERTO DE CASA M

adeiras de demolição, papéis reciclados, jornais que seriam descartados, tudo se transforma em arte nas mãos de grandes talentos da região do Recreio. A galeria Giuliano Della Rovere, que inspira e transpira arte até no nome, tem sido procurada por diversos artistas para expor suas peças. São móveis, quadros, máscaras, obras que passaram pela avaliação do curador e artista Hilário Silva Neto, e tem como tema a natureza e a sustentabilidade. “A natureza sempre me chamou muita a atenção, e como a base da galeria é a sustentabilidade, tem muitos artistas que estão abraçando essa ideia, e vindo para cá”, disse a proprietária Cristina Sant’Anna. Ela se diz muito surpresa com a receptividade tanto dos artistas que não tinham onde expor suas obras, como das pessoas que estão interessadas pelas peças expostas. Um destes artistas, foi o italiano Salvatore Scimonnetti. Morando há 8 meses no Recreio, ele está com uma das suas obras expostas na galeria. O quadro “Esperança”, é inspirado na Amazônia e nas contradições que a floresta vive: ao mesmo tempo em que é o pulmão do mundo, sofre com a violência do desmatamento. Entusiasta do estilo surrealista abstrato, o pintor transmitiu para a tela toda sua emoção e sua leitura sobre a floresta.


12 artista plástico

“Pintando, eu pensei sobre a tristeza da economia passar por cima da natureza; com um lado que é triste sendo extinto e outro lado que é florescente. Além disto, o homem olhando para o céu imprime esperança. Eu coloquei todo o meu sentimento e minha paixão pela natureza no quadro”, explica. Salvatore descobriu seu talento para desenhar com 5 anos de idade, mas foi somente aos 18 que começou a pintar e a fazer cursos na Itália. No entanto, o artista não tinha a pintura como sua profissão. O italiano era

economista na empresa Baumann Federn AG, na Suíça, mas não estava feliz em seu emprego. Resolveu então largar tudo e seguir seu sonho. Nesta nova jornada guiada pelos pincéis, veio para o Brasil a convite de um amigo e se apaixonou pelo país. Aqui expôs suas obras e desenvolveu alguns trabalhos com o artista Sandro Donatello Teixeira, filho de Oswaldo Teixeira, fundador e primeiro diretor do museu de Belas Artes do Rio. Salvatore disse que as obras feitas em conjunto com Sandro serão exibidas na Suíça e na Sicília.


13 artista plástico Galeria 3º piso do Recreio Shopping

刀攀挀爀攀椀漀 搀漀猀 䈀愀渀搀攀椀爀愀渀琀攀猀  ⴀ 䄀瘀⸀ 搀愀猀 䄀洀爀椀挀愀猀Ⰰ ㄀㔀⸀㔀㜀㤀 ⴀ ㈀㐀㌀㜀ⴀ ㌀㤀㜀 䈀攀渀ǻ挀愀 ⴀ 刀⸀ 匀攀渀愀搀漀爀 䈀攀爀渀愀爀搀漀 䴀漀渀琀攀椀爀漀Ⰰ ㈀㠀  ㌀㘀 ⴀ ㌀㈀㠀㤀ⴀ㈀㤀㐀㐀

挀愀猀愀爀愀漀氀甀猀琀爀攀猀氀琀搀愀

挀愀猀愀爀愀漀开氀甀猀琀爀攀猀  眀眀眀⸀挀愀猀愀爀愀漀氀甀猀琀爀攀猀⸀挀漀洀⸀戀爀


18 lazer

ÁLBUM

de família

E vem chegando...

As festas de fim de ano estão batendo à porta. O Natal é muito esperado pelas famílias e as crianças aguardam ansiosas pelo bom velhinho. Confira alguns depoimentos:

Para Paula Ribeiro Gomes (Top Duplex), mãe de Luiz Henrique (1 ano), o Natal deste ano será regado a muitos brinquedos musicais e educativos para o filho: “acredito que por meio deles as crianças se desenvolvem com facilidade. O Luiz ama. Ele não pode escutar um barulho, que fica atento. Todos os anos eu passo o Natal no Méier com a minha mãe, mas desta vez estou pensando em chamar todo mundo pra passar aqui conosco. Aliás, Barra Bonita é muito aconchegante. Todos os anos, a minha tia se veste de Papai Noel. Estou doida pra ver qual será a reação dele”.

Christiane Castellan Ambrozio Lopes (Choice) levava a filha, Leticia (1 ano e 2 meses), para passear e disse que este será o segundo Natal da pequena: “ela vai ganhar um velocípede. Nessa data sempre reunimos a família, e na mesa não pode faltar o famoso panetone”.


19 lazer Daniela Andrade, moradora da região, é mãe de Victor Andrade (8 anos) e confessa que o filho é apaixonado por videogame: “nós costumamos passar o Natal na Igreja. Todos os anos, quando chega essa época, separamos os brinquedos que o Victor não usa mais, para levar para as crianças carentes”. Victor fez questão de dizer que, pra ele, é uma alegria doar seus brinquedos: “ano passado, eu levei um brinquedo para um menino. Ele ficou muito feliz. Este ano farei o mesmo”.

Desde pequeno, André (5 anos), tem personalidade e, quando perguntado sobre o que pedir ao Papai Noel este ano, ele não titubeia: “quero um videogame, uma pista da Hot Wheels e uma prancha. Vou preparar uma cartinha bem legal”. Escutando Michael Jackson, ele passeava com a mãe, Keila Moro (La Vista) e a irmã, Eva (3 meses). “Este Natal, em especial, será muito importante, pois é o primeiro da caçula. Desta vez, iremos para Santa Catarina passar com alguns familiares. Quando a Eva crescer passarei o mesmo que ensinei para o André, de que é importante acreditar no melhor das pessoas”, destaca Keila.


20 lazer

Patricia Dória e o filho, Gabriel (1 ano e 11 meses), adoram brincar na praça de Barra Bonita. “Ele já sai do elevador apontando pra cá e falando na pracinha”, comenta a mãe coruja. Embora tenha um play no prédio, ele gosta mesmo é do seu verdadeiro quintal de casa. Sobre o Natal de 2017, a moradora do Luau do Recreio, comenta: “este ano, ele vai ganhar um skatenet, pois, sempre que vamos à praça, o Gabriel pega emprestado das outras crianças”.

André Hildebrand (Up Life) e a filha, Lily (2 anos), eram pura animação no parquinho. O pai confessa que ela ainda não entende muito sobre o Natal, mas desde já admite que até acha o Papai Noel importante, mas que não quer incentivar o consumismo. Sobre o presente da pequena neste Natal, ele diz: “vai ganhar uma bicicleta de equilíbrio. O que importa, pra mim, é reunir a família, esse é o verdadeiro sentido do Natal”.

Cintia Gomes (Top Duplex) é mãe de Dante (2 anos e 2 meses) e informa: “este ano passamos por momentos difíceis e estamos nos recuperando. Meu filho até conhece o Papai Noel, mas não o incentivo ao consumismo. Para combater isso, realizamos frequentemente aqui na praça um encontro de mães, no qual compartilhamos lanches e, em algumas ocasiões, promovemos a troca de brinquedos entre as crianças. Fazemos o máximo pra não gastar muito”.


21 lazer Joyce Melo (Top Duplex), mãe de Heitor (2 anos e 8 meses) não gosta de incentivar o filho ao consumismo. “Sou de Pernambuco e o pai dele é da Bahia. Viemos há 3 anos para o Rio a trabalho. Ano passado passamos o Natal aqui, mas este ano vamos para Pernambuco. Nosso objetivo é sempre comemorar essa data com simplicidade, nada de exageros. Sobre o presente do Heitor pensaremos algo relacionado a viaturas de polícia ou caminhão de corpo de bombeiros, ele ama, não pode ver um na rua que me chama pra mostrar”.

SEU AMBIENTE PRONTO PARA SER USADO NO MESMO DIA, SEM QUEBRA QUEBRA

Pisos e revestimentos Pisos laminados (nacionais e importados) Pisos de madeira nobre (maciço e estruturado) Pisos Vinílicos Persianas (costinhas e tecidos) Moveis de Demolição Drywall Forros em geral Papel de parede Revestimento de parede Laminados auto-colantes (produzidos com garrafas PET ecológico) Acústica em geral Rua Mario Piragibe, 49 – Lins de Vasconcelos | Tel.: 2576 0046 Rua Érico Veríssimo 1000, loja 121 – Barra | Tel.: 3145 2004

www.lamiart.com.br

Mais de 40 anos no mercado


22 em cena

O SOLO DE UMA VIDA TEATRO, CINEMA, TV, ARTES PLÁSTICAS, FOTOGRAFIA, LITERATURA E MUITO MAIS. A SEÇÃO EM CENA ENTREVISTA MORADORES QUE SE DESTACAM NA ARTE. GENTE QUE VIVE AQUI E LEVA O SEU TRABALHO PARA TODA A CIDADE. NESTA EDIÇÃO, APRESENTAMOS O JORNALISTA ANTÔNIO CANELLA, QUE NÃO PERDE O COMPASSO NEM O RITMO.

E

le tem 55 anos, é casado, morador do Puerto Madero e apaixonado pelo que faz. Inicialmente, ele acreditou que a sua felicidade profissional viria pelo jornalismo, mas foi na música que encontrou refúgio e é a ela que dedica, atualmente, boa parte do seu tempo. Quando não está tocando seu saxofone, é motorista (Uber) para complementar a renda. “Eu me interessei pelo jornalismo porque me pareceu uma boa carreira. Mas hoje a profissão não faz mais a minha cabeça. Sinceramente? Foi apenas uma faculdade. Mas que me deu ferramentas para analisar e compreender melhor os fatos cotidianos. Não me arrependo, mas também não acho nada demais. Sempre fui muito mais músico do que jornalista. Já dirigir pra Uber, como eu tinha carro, foi algo natural e rentável”, comentou. Ele conta que foi amor à primeira vista. A música entrou no seu caminho aos 14 anos de idade, na Escola Villa Lobos: “lá fiz um curso de flauta transversal e passei também a estudar com um professor particular outro instrumento, o saxofone. No começo foi o som que ele produzia e aquele brilho dourado que me encantou. Comecei tocando saxofone soprano (aquele reto) e, uns 10 anos depois, comecei a tocar saxofone tenor também. Eu não consigo imaginar a minha vida sem a música e sem meus 4 instrumentos (saxofones tenor e soprano, e flautas transversais em Dó e em Sol)”. Já são 40 anos de envolvimento com o mundo musical e, de lá pra cá, muitos eventos e parcerias que ficaram marcados na trajetória de Antônio. “Tive a oportunidade de tocar em algumas das melhores casas do Rio, entre elas, Sofitel Copacabana, Centro de Referência da Música Carioca, Parque das Ruínas, Rio Scenarium e nas cidades de Volta Redonda, Teresópolis, Três Rios e Barra Mansa. O show mais marcante foi comemorar meus 40 anos tocando no Circo Voador. Tudo isso proporcionado pelas bandas nas quais eu


Uma parceria em especial na sua carreira foi inesquecível: “em agosto de 2010, tocando no show de um amigo, o cantor João Pinheiro, no Teatro Rival-Petrobras, tive a chance de me apresentar com Emílio Santiago e a cantora Rosana. Alguns meses depois da apresentação, Emilio faleceu. Ele era uma pessoa do bem, alegre, muito gente fina, generoso e extremamente musical. Uma grande perda”. Sobre o futuro, Canella comenta: “para o segundo semestre de 2018, eu e a banda Calangos Groove estamos preparando um novo álbum e logo a seguir será divulgada a agenda de shows em nosso site. Somente a música tem lugar em minha vida profissional no futuro. A minha vida não teria o menor sentido sem ela, pois foi ela a responsável por me levar a inúmeros lugares, me apresentar grandes amigos e me proporcionar momentos incríveis. Esse é meu estilo de vida. Sem a música na minha vida, eu pouco faria”.

E quando se trata da sua vinda para Barra Bonita, Antônio ressalta: “quando nos mudamos para cá, há cerca de 6 anos, foi um local que nos pareceu conveniente, pois era próximo de nossos locais de trabalho, muito agradável, com muito verde, e com uma boa vizinhança. A vista da varanda aqui de casa é ótima, encantadora”. Outras informações: calangosgroove.strikingly.com.

23 em cena

toco: banda instrumental Calangos Groove, meu projeto atual, e a instrumental Grooveclub, fundada por mim, e a pop music Megafone”, informou.


Vantagens CLUBE DE

O Clube de Vantagens da Associação de Condomínios Nova Barra Bonita foi criado para oferecer vantagens e descontos aos moradores associados. Para usufruir dos benefícios do nosso Clube, basta apresentar a carteirinha nos estabelecimentos conveniados e aproveitar os descontos concedidos. O associado que possuir a carteirinha terá direito aos descontos nas lojas parceiras. O empresário que desejar participar do Clube de Vantagens, deve entrar em contato pelo e-mail contato@novabarrabonita.org.br.


Ainda não fez sua carteirinha? Entre em contato conosco por meio do telefone 2025-2485 para maiores informações.


ANUNCIE AQUI! 3471-6799


Revista Barra Bonita  
Revista Barra Bonita  

Edição 12

Advertisement