Page 1

“Genial. O principa undergr l cartu nista ound do p a ís . Um mes do stor t re ytelling e da art Há poes e. ia em ca da quad ro.” Newswe ek

“Boring descobre o amor por meio

de uma garota misteriosa chamada Wanda; depois a perde e de alguma forma consegue encontrá-la novamente. Ele é baleado na cabeça (duas vezes) e acaba isolado em uma ilha com sua família repugnante. Enquanto isso, talvez o mundo esteja prestes a acabar para sempre. A propósito, já mencionei como esse quadrinho é tremendamente divertido?” Time

“Estranho, onírico e fascinante” The Globe and Mail

“Desolador, perverso e fetichista” VLS

DANIEL CLOWES (1961) é um

dos quadrinistas mais celebrados de todos os tempos. Suas ilustrações saíram em publicações como The New Yorker, Newsweek, Vogue, The Village Voice, entre outras. Com o cineasta Terry Zwigoff, adaptou Ghost World e Art School Confidential para o cinema. Os quadrinhos, as graphic novels e os filmes de Clowes receberam inúmeros prêmios, incluindo um Pen Award de Obra de Destaque em Literatura Gráfica, mais de uma dúzia de Prêmios Harvey e Eisner e uma indicação ao Oscar. Vive em Oakland, Califórnia, com a esposa, Erika, e o filho, Charles.

“Clowes criou uma narrativa em quadrinhos equivalente a uma peça de Beckett: é logo de cara divertido, triste, sombrio e profundamente ressonante”. The Onion

igia ing: um v David Bor alidade n o s Conheça r uma pe m e t e u q s uando ele de 19 ano entada. Q m r to as a e a sonhos, obsessiv dos seus ta o o r – a o g a brej conhece ir para o a de, m a a d ç r e e m ser v coisas co mais para e d m o b cia a mesmo. que pare mente, er aparente erdade oring, a v B id v a D de s (neste E no caso cias certa n tâ , s n u c s cir vingança é que, na freada de n e s e d a z ia ture org ato), a na caso, uma assassin e o ã mpre ç e a s h humil m acaba u a d a c e d primitiva na. vindo à to

“Para qualquer um que esteja

ciente do que aconteceu com a narrativa gráfica no último meio século, David Boring será uma revelação”. Chicago Tribune

“Boring prova ser um trabalho que captura

ISBN

9 7 885

978-8

5-828

6-495

82 8 649 5

1

-1

o sentimento de ser jovem e repleto de tédio e viver na América no final do século XX. Para os interessados no potencial dos quadrinhos, o trabalho de Clowes oferece possibilidades literárias emocionantes. Boring é tudo menos “chato”. Time


Tradução de Jim

Anotsu


Copyright © 2000 Daniel clowes Copyright © 2019 Editora Nemo Título original: David Boring Publicado originalmente nos Estados Unidos pela Pantheon Books, uma divisão da Random House Inc., Nova York, e simultaneamente no Canadá pela Random House Canada Limited, Toronto. Publicado originalmente em capa dura pela Pantheon Books em 2000. Trechos desta obra foram publicados originalmente na revista Eightball.

Eightball é publicada pela Fantagraphics Books. Todos os direitos reservados à Editora Nemo. Nenhuma parte desta publicação poderá ser reproduzida, seja por meios mecânicos, eletrônicos, seja via cópia xerográfica, sem a autorização prévia da Editora.

G E R E N TE EDITORIAL

Arnaud Vin E D I T OR E S ASSISTENTES

Carol Christo Eduardo Soares A S S IS T E NTE EDITORIAL

Pedro Pinheiro R E V I S ÃO

SAMIRA VILELA A D A PT A Ç Ã O DE CAPA E MIOLO

Guilherme Fagundes

CLOWES, DANIEL DAVID BORING / DANIEL CLOWES ; TRADUÇÃO DE JIM ANOTSU. -- 1. ED.-- SÃO PAULO : NEMO, 2019. TÍTULO ORIGINAL: DAVID BORING. ISBN 978-85-8286-495-1 1. HISTÓRIAS EM QUADRINHOS I. TÍTULO. 19-23811

CDD-741.5

ÍNDICES PARA CATÁLOGO SISTEMÁTICO: 1. HISTÓRIAS EM QUADRINHOS 741.5 MARIA ALICE FERREIRA - BIBLIOTECÁRIA - CRB-8/7964

A NEMO é uma editora do Grupo Autêntica

São Paulo Av. Paulista, 2.073, Conjunto Nacional . Horsa I 23o andar . Conj. 2310-2312 . Cerqueira César 01311-940 . São Paulo . SP TeL.: (55 11) 3034 4468

Belo Horizonte Rua Carlos Turner, 420 Silveira . 31140-520 Belo Horizonte . MG TeL.: (55 31) 3465 4500


COMO VOCÊ PÔDE

ME T R A IR ?


A

A

PELE DELA ERA MACIA E ELÁSTICA, COBERTA POR UMA PENUGEM AMARELA JUVENIL. SEU PORTE ELEGANTE E ATLÉTICO ERA BLÁ, BLÁ, BLÁ... ETC, ETC...

QUI, POR ALGUM MILAGRE DAS CIRCUNSTÂNCIAS, ESTAVA EU, PELADO, PRESTES A TER UMA RELAÇÃO SEXUAL COM ALGUÉM QUE O CONSENSO PADRÃO TERIA CHAMADO DE UMA MULHER REALMENTE BONITA.

E

LA HAVIA SIDO CONVIDADA PARA POSAR PARA UM CATÁLOGO DE ROUPAS ESPORTIVAS E ERA CONSIDERADA “MUITO PROMISSORA” POR SEUS PROFESSORES DE TEATRO.

N

ÃO ESTAVA INSATISFEITA COM AS MINHAS INVESTIDAS (MORDEU O LÁBIO E FEZ BARULHOS DE RESPIRAÇÃO), MAS EU SOUBE LOGO DE CARA QUE NÃO CONSEGUIRIA OUTRA CHANCE SE ELA NÃO FOSSE (NO MÍNIMO) COMPLETAMENTE ARREBATADA PELO MEU ENTUSIASMO.

A

CREDITO NA MÁXIMA DE “APROVEITAR O MOMENTO” NO TEMPO PRESENTE SEM ME PREOCUPAR COM LIGAÇÕES PASSADAS OU COM UMA RESOLUÇÃO TRÁGICA...

A

RESPIRAÇÃO PESADA PAROU E EU NÃO PUDE DEIXAR DE SENTIR QUE ELA IRIA SE LIVRAR DAQUELA SITUAÇÃO E FUGIR PARA UMA FESTA DA QUAL HAVIA ACABADO DE SE LEMBRAR, PARA INTERAGIR EM SEU AMBIENTE NATURAL ENTRE ATORES DE SEGUNDO ESCALÃO E FILHOS DE MILIONÁRIOS.

UMA HISTÓRIA EM TRÊS ATOS POR


S OU DAVID, SEU NARRADOR HOMÔNIMO.

DAVID JUPITER BORING, O PRIMEIRO. MEU PAI FOI UM CARTUNISTA (NÃO O CARA QUE DESENHOU S-------N NOS ANOS CINQUENTA). EU NASCI NO DIA 6 DE MAIO DE 1978 ÀS 9H10 DA NOITE.

H OJE É DIA 24 DE FEVEREIRO DE 1998, 2H40 DA MANHÃ. TRANSEI COM SEIS MULHERES DIFERENTES DESDE QUE ME MUDEI PARA A CIDADE. ANTES DISSO, NADA.

DEU SORTE?

ACHO QUE SIM...

ISSO É UM SIM?

TECNICAMENTE, SIM.

QUE ROMÂNTICO.


E SSA

É A DOT. MORAMOS JUNTOS AQUI. ELA TEM MAIS OU MENOS A MINHA IDADE. ESTÁ OLHANDO O LIVRO SECRETO DE RECORTES QUE ESTE NARRADOR COMPILOU NA JUVENTUDE.

VOCÊ AINDA NÃO DECOROU ISSO?

NÃO OLHO PRA ISSO HÁ MUITO TEMPO! ...VOCÊ REALMENTE É UM PERVERTIDO REPULSIVO, DAVID...

ESTOU TENTANDO ADIVINHAR QUAL É A SUA FAVORITA...

ELA? ESSA AQUI. NÃO...

SÉRIO? MAS É SÓ UM DESENHO... TÁ FALANDO SÉRIO?


E

ELA PARECE TÃO SÉRIA...

XISTE UM TERRENO BALDIO CHEIO DE LIXO PERTO DO NOSSO PRÉDIO. COMEÇOU COM UMA CAMADA ORDINÁRIA DE DESTROÇOS (PNEUS, UM SOFÁ, UM TAPETE), MAS À MEDIDA QUE O NÍVEL CONTINUAVA A SUBIR (A PRIMEIRA CAMADA JÁ ESTAVA QUASE SUBMERSA), OS OBJETOS DESCARTADOS PARECIAM MAIS E MAIS TEREM SIDO DEIXADOS ALI PELO SEU VALOR SIMBÓLICO...

NUNCA VOU ENTENDER SEU GOSTO PARA MULHERES...

BORING ! É O WHITEY! ...ACEITEI A SUA OFERTA!

ESTOU PENSANDO EM ME MUDAR... QUERO VER A CIDADE GRANDE! VOCÊ QUE OFERECEU, VOCÊ...

NEM VEM COM ESSA PRO MEU LADO, CARA! ESTOU QUASE ENTRANDO NO AVIÃO... SIM, ESTOU NO AEROPORTO DE GEYSERVILLE...

AGORA, SEU IDIOTA!

C RESCI

NO INTERIOR, EM MERRYVALE TOWNSHIP, COM MINHA MÃE (MEU PAI FUGIU QUANDO EU ERA NOVINHO. DAÍ EM DIANTE SUAS OBRAS FORAM PROIBIDAS, EMBORA EU TIVESSE GUARDADO ALGUMAS EDIÇÕES). FUI EDUCADO EM CASA ATÉ OS 14, QUE FOI QUANDO ME MANDARAM PARA O COLÉGIO LOCAL (AVANTE, HOOTOWLS). FOI LÁ QUE CONHECI WHITEY, UM CAIPIRA CÍNICO METIDO A COSMOPOLITA QUE HAVIA SIDO SACO DE PANCADA DA ESCOLA ANTES DA MINHA CHEGADA.

P

ASSEI MEU ÚLTIMO ANO NUMA ESCOLA PARA ALUNOS “EXCEPCIONAIS” EM LIVERBROOK, ONDE FUI MAL, MAS TIVE A SORTE DE CONHECER DOT, MINHA ÚNICA AMIGA DE VERDADE NESSA PORCARIA DE VIDA (ATÉ AGORA). FIZEMOS FILMES COM CÂMERAS SUPER-8 E CONVERSAMOS, COM INFINITOS DETALHES GINECOLÓGICOS, SOBRE AS MENINAS DA NOSSA SALA (E SOBRE UMA PROFESSORA DE MATEMÁTICA SEM SUTIÃ).

D

EPOIS DA FORMATURA, BOLEI UM PLANO PARA FUGIR DA MULETA UMBILICAL DA MINHA MONSTRUOSA MÃE E IR PARA A CIDADE (ONDE EU ESTAVA CERTO DE QUE ELA NUNCA ME VISITARIA) COM DOT (SUA ARQUI-INIMIGA, COM QUEM SÓ SE ENCONTROU DUAS VEZES E FINGIU GOSTAR).


N

ÃO VIA O WHITEY HÁ MAIS DE UM ANO, MAS ELE LIGAVA OCASIONALMENTE. NA ÚLTIMA VEZ EM QUE CONVERSAMOS, NUMA TENTATIVA FALHA DE RECEBER UM CONVITE ME BAJULANDO, ELE MENCIONOU QUE TINHA “UM BAITA PRESENTE DE CASA NOVA” PRA MIM...

ACREDITE EM MIM, VOCÊ NÃO QUER SABER...

ESSAS SÃO TODAS AS SUAS COISAS? TÁ CERTO. GOSTO DE VIAJAR COM POUCA COISA.

QUAL É A DESSE CHAPÉU?

ENTÃO... ONDE ESTÁ O MEU PRESENTE DE CASA NOVA?

HUM? DO QUE VOCÊ TÁ FALANDO?

AQUI.

É, BEM... CERTO...

UAU... VALEU.

É A MINHA MOEDA DA SORTE... CARREGO ELA COMIGO DESDE QUE O MEU PAI MORREU... SEI QUE NÃO SIGNIFICA MUITA COISA PRA VOCÊ, MAS EU... DE QUALQUER FORMA, ESPERO QUE TE DÊ SORTE...

AH, NADA... SÓ ACHEI QUE VOCÊ TIVESSE MENCIONADO ALGUMA COISA SOBRE UM PRESENTE...

TINHA ME ESQUECIDO DA INVEJÁVEL HABILIDADE DE IMPROVISAÇÃO QUE WHITEY TINHA. AS HISTÓRIAS DELE SÓ ERAM CRÍVEIS O SUFICIENTE PARA EVITAR DISCUSSÕES. NO CAMINHO PRA CASA ELE EXPLICOU QUE SUA CABEÇA HAVIA SIDO RASPADA EM UM TROTE BIZARRO DE INICIAÇÃO (ELE MORAVA EM UM QUARTO ALUGADO NA ÚNICA FRATERNIDADE DA FACULDADE BÍBLICA DE MERRYVALE), EMBORA, PROVAVELMENTE, TIVESSE SIDO ALGUM TIPO DE VINGANÇA ESTILO VELHO TESTAMENTO POR NÃO PAGAR O ALUGUEL. E AÍ, DOT... VOCÊ DEVE GOSTAR DE MÚSICA COUNTRY, NÃO É?

POR QUE DIZ ISSO?


editoranemo.com.br facebook.com/nemoeditora twitter.com/editoranemo

Profile for Grupo Autentica

David Boring  

onheça David Boring: um vigia de 19 anos que tem uma personalidade obsessiva e atormentada. Quando ele conhece a garota dos seus sonhos, as...

David Boring  

onheça David Boring: um vigia de 19 anos que tem uma personalidade obsessiva e atormentada. Quando ele conhece a garota dos seus sonhos, as...