Page 1

TRADUÇÃO DE

Beti Rabetti

IDEALIZAÇÃO E ROTEIRIZAÇÃO DOS

Inês Peixoto A PARTIR DA MONTAGEM DO Grupo Galpão QUADRINHOS POR

ENCENAÇÃO E DIREÇÃO ARTÍSTICA POR Gabriel

Villela

ILUSTRAÇÕES

Carlos Avelino Bruno Costa


TRADUÇÃO DE Beti

Rabetti

IDEALIZAÇÃO E ROTEIRIZAÇÃO DOS QUADRINHOS POR Inês

Peixoto A PARTIR DA MONTAGEM DO Grupo Galpão ENCENAÇÃO E DIREÇÃO ARTÍSTICA POR Gabriel

ILUSTRAÇÕES

Carlos Avelino e Bruno Costa

Villela


Copyright © 2019 Grupo Galpão Copyright © 2019 Editora Nemo Título original: I giganti della montagna Todos os direitos reservados à Editora Nemo. Nenhuma parte desta publicação poderá ser reproduzida, seja por meios mecânicos, eletrônicos, seja via cópia xerográfica, sem a autorização prévia da Editora.

editor responsável

idealização e roteirização dos quadrinhos

Arnaud Vin

Inês Peixoto (a partir da montagem do Grupo Galpão)

editores assistentes

Carol Christo Eduardo Soares

encenação e direção artística do espetáculo

assistente editorial

Pedro Pinheiro Samira Vilela

Carlos Avelino Santos dos Reis Bruno Costa colorização dos personagens

Carlos Avelino Santos dos Reis João Paulo Brasiliense

Inês Peixoto

Alberto Bittencourt Guilherme Fagundes

artes-finalistas dos quadrinhos

tradução

decupagem das cenas do roteiro

adaptação de capa e miolo

Carlos Avelino Santos dos Reis

Gabriel Villela Beti Rabetti

revisão

rafes

cenários e fundos coloridos

Carlos Avelino Santos dos Reis

desenvolvimento das cenas do roteiro decupado

Carlos Avelino Santos dos Reis

parceria:

patrocínio:

realização:

Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP) (Câmara Brasileira do Livro, SP, Brasil) Pirandello, Luigi, 1867-1936 Os gigantes da montanha / Pirandello ; idealização e roteirização de Inês Peixoto ; ilustrações de Carlos Avelino e Bruno Costa ; tradução de Beti Rabetti -- 1. ed. -- São Paulo : Nemo, 2019. Título original: I giganti della montagna. "Idealização e roteirização dos quadrinhos por Inês Peixoto a partir da montagem do Grupo Galpão dirigida por Gabriel Villela" ISBN 978-85-8286-498-2 1. Grupo Galpão (Grupo de teatro) 2. Histórias em quadrinhos 3. Peças teatrais - Adaptação 4. Teatro italiano I. Peixoto, Inês. II. Avelino, Carlos. II. Costa, Bruno. IV. Villela, Gabriel. V. Título. 19-23396

CDD-741.5

Índices para catálogo sistemático: 1. Peças teatrais : Adaptação : Histórias em quadrinhos 741.5 Maria Paula C. Riyuzo - Bibliotecária - CRB-8/7639

A NEMO É UMA EDITORA DO GRUPO AUTÊNTICA

São Paulo Av. Paulista, 2.073, Conjunto Nacional Horsa I . 23º andar . Conj. 2310-2312 Cerqueira César . 01311-940 . São Paulo . SP Tel.: (55 11) 3034 4468 www.editoranemo.com.br

Belo Horizonte Rua Carlos Turner, 420 Silveira . 31140-520 Belo Horizonte . MG Tel.: (55 31) 3465 4500

apoio:


O

A obra de Pirandello s gigantes da montanha é uma das principais obras escritas por Luigi Pirandello e um marco da dramaturgia do século XX.

Influenciado pelas vanguardas artísticas, especialmente pelo surrealismo, o dramaturgo italiano criou a fábula do encontro do mundo do teatro, encarnado pela companhia da Condessa Ilse, com o mundo da magia e do delírio, representado pela vila comandada pelo Mago Cotrone. No enredo da peça, arruinado economicamente e sem opções de sobrevivência, só resta ao teatro se reinventar pelos prodígios da poesia e da imaginação. Mas a Condessa acaba por recusar o convite do Mago, insistindo em apresentar a fábula mundo afora. A história acaba em tragédia com a companhia sendo massacrada pelos enigmáticos gigantes, um povo empreendedor, mas brutalizado pela força do pragmatismo.

Escrita e reescrita ao longo da década de 1930, a peça ficou inacabada devido à morte de seu autor em 1936. A cena final, na qual a companhia apresenta A fábula do filho trocado para os gigantes, não teve seus diálogos escritos pelo autor: os trechos foram apenas relatados ao seu filho, no leito de morte. Obra aberta, com múltiplas possibilidades de leituras, Os gigantes da montanha permanece como uma joia bruta, cercada de mistérios e de diferentes interpretações. A peça de Pirandello é uma exaltação delirante ao poder de transformação da poesia, do mundo dos sonhos e da imaginação. A montagem do Grupo Galpão, que contou com direção, cenografia e figurinos de Gabriel Villela, levou a peça para as ruas, realçando seus aspectos populares e de comunicação direta com o público. O espetáculo estreou em maio de 2013, na praça do Papa, em Belo Horizonte, para um público estimado em 5 mil espectadores.


Os gigantes da montanha

D na praça Roosevelt, em São Paulo, fomos presenteados

epois de uma apresentação de Os gigantes da montanha

com os desenhos de todos os personagens magistralmente retratados pelo pincel delicado e sensível de Carlos Avelino. O impacto do seu traço foi tão grande que nasceu dali o desejo imediato de traduzir a nossa adaptação da obra de Pirandello para uma história em quadrinhos pelas mãos apuradas do artista. Idealizada e roteirizada por Inês Peixoto, atriz que na montagem encarnou o papel da Condessa Ilse, a versão para esta HQ condensou os diálogos do espetáculo, criando uma fusão da montagem do Galpão com as descrições fantásticas do texto de Pirandello, traduzido por Beti Rabetti. Com o patrocínio da Casa Fiat e apoio da Fundação Torino, a obra de Pirandello ganha novos contornos, chegando a públicos mais amplos e deixando um registro inovador desse trabalho que foi um marco na trajetória de quase quatro décadas do Galpão.

Eduardo Moreira Diretor Artístico do Grupo Galpão

Dedicamos esta HQ ao querido companheiro de vida e arte, Gabriel Villela, que nos levou para a rua de mãos dadas com Pirandello.


No alto de uma montanha hรก um antigo casarรฃo chamado VILA LA SCALOGNA, habitado por estranhas criaturas comandadas pelo Mago Cotrone.

Tem gente vindo para cรก!

RE C

5

C

ronc...

RE

RE

C

ronc ronc

RE C


Os atores da companhia teatral da Condessa Ilse se aproximam do casarĂŁo assombrado.

Tem gente vindo para cĂĄ!

6


Rápido, mais raios e trovões!

Chamem Cotrone!

!!!

ONE!

OTR !!! C ! E N O COTR 7


Mas o que é isso? Vocês não têm vergonha? Vocês têm medo e querem amedrontar?

Estar aqui é como estar nas bordas da vida. A um comando as bordas se separam, entra o invisível, propagam-se fantasmas.

E trazem uma mulher na carroça!

Está tudo aqui, o sonho, a música, a oração, o amor. Todo o infinito que há nos homens… Imaginai!

Estão subindo em bando! São muitos!

8


Deve ser uma rainha destituída! Está nua, Duccio Doccia?

Nua? Não, acho que não.

Nua, seu bobo! Sobre uma carroça de feno…

Uma mulher nua, com os seios descobertos e os cabelos avermelhados, derramados como sangue de tragédia. Vamos! Acordem a imaginação!

Não vão querer agora se tornar razoáveis. Não se esqueçam que para nós não existem perigos, e velhaco é quem usa a razão! Justo agora que está chegando a noite, o nosso reino!

9


Continuam subindo?

É, mas se eles não acreditam em nada…

São bandidos?

Mas não, que bandidos! Quieta! Quando se é louco, tudo é possível. Talvez sejam eles.

Os relâmpagos não estão adiantando nada!

E é preciso que acreditem em você para que acredite em si mesmo? Ah, se não funciona é um desperdício. Apaguem!!!

10


Saudações, amigos, sou Cromo! E obrigado, vocês são ótimos. Nós não aguentávamos mais.

Obrigado? Por quê?

Pelos sinais que vocês fizeram para indicar que tínhamos alcançado a nossa meta!

? ??

Aí está! São eles mesmos!

Bendita seja ela!

11


editoranemo.com.br facebook.com/nemoeditora twitter.com/editoranemo

Profile for Grupo Autentica

Os gigantes da montanha  

Uma companhia teatral decadente chega a uma vila mágica povoada por fantasmas e governada pelo Mago Cotrone. Sua história convida os leitore...

Os gigantes da montanha  

Uma companhia teatral decadente chega a uma vila mágica povoada por fantasmas e governada pelo Mago Cotrone. Sua história convida os leitore...