Issuu on Google+


A TRAJETÓRIA DE UM MITO roteiro

Lionel Froissart desenho

CHRISTIAN PAPAZOGLAKIS ROBERT PAQUET cores

TANJA CINNA CHRISTIAN PAPAZOGLAKIS ROBERT PAQUET tradução

Fernando Scheibe

“Ele era tão educado e refinado fora do carro quanto podia ser agressivo no volante. Era de uma inteligência superior e tinha um controle extraordinário de seu cérebro. Um talento raro.” Frank Williams


Copyright © Éditions Glénat 2014 – Todos os direitos reservados Copyright © 2014 Editora Nemo Título original: Ayrton Senna: Histoires d’un mythe Todos os direitos reservados à Editora Nemo. Nenhuma parte desta publicação poderá ser reproduzida, seja por meios mecânicos, eletrônicos, seja via cópia xerográfica, sem a autorização prévia da Editora. Todas as marcas e logotipos representados nesta obra são propriedade exclusiva de seus respectivos detentores.

editor

Wellington Srbek preparação

Wellington Srbek revisão

Aline Sobreira Eduardo Soares letreiramento

Cleber Campos

Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP) (Câmara Brasileira do Livro, SP, Brasil) Ayrton Senna, a trajetória de um mito / roteiro Lionel Froissart ; desenho Christian Papazoglakis, Robert Paquet ; tradução Fernando Scheibe. -- São Paulo : Nemo, 2014. Título original: Ayrton Senna: Histories d’un mythe. ISBN 978-85-8286-100-4 1. Histórias em quadrinhos I. Froissart, Lionel. II. Papazoglakis, Christian. III. Paquet, Robert. 14-02512

CDD-741.5

Índices para catálogo sistemático: 1. Histórias em quadrinhos 741.5

A NEMO é uma editora do Grupo Autêntica

São Paulo Av. Paulista, 2.073, Conjunto Nacional, Horsa I, 23º andar, Conj. 2301 Cerqueira César . 01311-940 São Paulo . SP Tel.: (55 11) 3034 4468

Belo Horizonte Rua Aimorés, 981, 8º andar Funcionários . 30140-071 Belo Horizonte . MG Tel.: (55 31) 3214 5700

Televendas: 0800 283 13 22 www.editoranemo.com.br De certa forma, o círculo se fechou. Então, obrigado a Christian le Bazec por ter aberto as portas das edições Glénat para mim há quase vinte e cinco anos. E por ter me dado, assim, a possibilidade de escrever e publicar Itineráire d’un enfant gaté [Itinerário de um menino mimado], que contava a história de um certo Ayrton Senna. L. F. Obrigado a: Nedzad Kamenica por sua ajuda. Sonia, Elric e Eliot. C.P. & R.P.


o mago dA CHUVA


AYRTON !

Está sonhando acordado?!

Ah, é que eu nunca corri na chuva. Realmente não sei como vou me sair.

Fique calmo. Hoje você terá que pegar mais leve, com chuva, não adianta acelerar demais.

Darei o máximo nas partes rápidas, aproveitando minha vantagem de peso, e prometo não tentar o impossível nas curvas...

Ayrton, com chuva, a pista fica cheia de armadilhas, e é possível que você cometa erros. Mantenha a calma. Tente andar fora do traçado e pilotar com cuidado.

Mas eu só sei correr assim. Os outros pilotos são mais experientes... Vou tentar ficar no pelotão da frente e partir para a ofensiva no final da corrida. Até lá, devo ter aprendido, não?

Não quero ter que abandonar a prova.

Mônaco, 1984, aquecimento de domingo de manhã.

Não vai ser simples nestas condições...

Teria ganhado um tempo enorme para conhecer a pista e suas sutilezas se minha equipe de F3 tivesse aceitado arriscar mais no ano passado. E ontem nos treinos classificatórios não estava chovendo!

4


O carro parece enorme neste circuito!... E a brutalidade do turbo o deixa especialmente difícil de controlar!

Mas notei uma coisa... Se estiver chovendo, não precisarei de toda a potência. Diminuirei a pressão dos turbos, assim ganho em dirigibilidade e o carro fica bem macio, apesar da falta de aderência. A visibilidade no meio do tráfego será um problema...

5

Terá 12 carros na sua frente!

Não se preocupe, não é a primeira vez que corro debaixo de chuva. Corri vários anos na Inglaterra e, antes disso, tive que enfrentar muitas tempestades brasileiras quando ainda era piloto de kart...


pai!

Você tentou...

É agora, pai, está chovendo!!

Ayrton!

6

Rápido, rápido, me leve para o circuito... Ou, pelo menos, até o estacionamento do supermercado... ...por favor!

Vamos para casa! Olhe para você, todo molhado, assim vai se resfriar!


Domingo, após um adiamento de 45 minutos, é dada a largada.

Logo na primeira curva, o caos se instala. Vários carros batem, entre os quais as duas Renault!

Na frente, Prost e Mansell conseguem escapar.

A Toleman branca de Senna se enfia na confusão.

Bom... Ele conseguiu evitar as armadilhas da largada! E já está em nono depois de três voltas.

7


A seguir, ele vai ganhando posições regularmente, graças a suas ultrapassagens e aos erros de seus adversários.

Consegue até ultrapassar a Williams-Honda de Rosberg, que estava em quinto.

Sabe, pai, é estranho...

Agora é como se eu e o kart fôssemos apenas um. Tenho a impressão de estar em contato direto com a pista. É como se eu pudesse antecipar cada uma das reações dele.

É mágico.

Isso não tem nada de mágico.

E é realmente uma impressão. É apenas o resultado de seu trabalho. Você tem que saber que nada na vida lhe será dado de graça. Se você tem talento para alguma coisa, isso não basta. É preciso trabalhar com afinco, cada dia que deus nos concede.

O que está fazendo hoje vai lhe ser benéfico amanhã.

8


A direção entortou!

Não posso me permitir esse tipo de erro!

Talvez consiga ultrapassar Lauda, ele não parece muito à vontade na chuva. Mas para vencer Prost...

1’54’’755 1’54’’674... 1’54’’334,

éa melhor volta da corrida!

9

...A coisa vai ser quente!


editoranemo.com.br facebook.com/nemoeditora twitter.com/editoranemo


Ayrton Senna - A trajetória de um mito