Issuu on Google+

Como você deve saber, é aqui que os autores costumam colocar aquelas frases bonitas de pessoas chiques elogiando o livro. Não me sinto muito à vontade com isso. Dá a sensação de ser só uma tática para fazer as pessoas comprarem, e eu não acredito em truques baratos. Além do mais, você é inteligente demais para cair nessa. Na verdade, você é uma pessoa tão maravilhosa que pensei em usar este espaço para elogiá-la. Isso mesmo. Você! Aqui vão algumas coisas que eu gostaria de dizer:

“Que blusa linda! Combina tão bem com este livro!”

– Ellen DeGeneres “Adoro o seu jeito de segurar o livro. Acho que vocês nasceram um para o outro.”

– Ellen DeGeneres “Sabe o que eu mais amo em você? Que a gente se entende. E os seus olhos também.”

“[SUSPIRO!]”

– Ellen DeGeneres, ao reparar na sua beleza pela primeira vez

Ellen DeGeneres é uma querida comediante americana de stand up, apresentadora de televisão, autora de sucesso, atriz e parteira. É apresentadora do The Ellen DeGeneres Show desde 2003 e já apresentou tanto o Oscar quanto os Prêmios Emmy do Primetime. Ela te apresentaria à família se te conhecesse melhor.

Capa E serio estou brincando 270712.indd 1

“Você é meu leitor favorito. De todos os tempos. Para sempre. Shhh... não conte isso para os outros.”

– Ellen Degeneres

É sério... Estou brincando

– Ellen DeGeneres

Ellen Degeneres

Ah, oi! Que bom que você virou o livro.

Ellen Degeneres Best-seller do The New York Times Entre os mais vendidos da Amazon

É sério... Estou brincando

Seja bem-vindo ao meu livro. Dentro dele você encontrará uma ampla seleção de coisas maravilhosas – palavras, figuras, conselhos, petiscos, coisinhas, casinhos, artimanhas e, em alguns exemplares, quatrocentos dólares em dinheiro. Então talvez você queira comprar mais de um. Fico muito feliz por você estar com meu livro nas mãos agora, lendo a orelha – ou aba, ou seja lá como você chama esta partezinha extra do livro. Oreba, abrelha, olhaba... Sério, tanto faz. Não tenho espaço suficiente nesta orelha para listar todos os ótimos motivos para você ter este livro, mas posso garantir o seguinte: se você o comprar, vai se sentir uma pessoa melhor, vai ser mais feliz, mais bonita, mais alta e mais magra, seus cabelos terão mais brilho, você vai ser promovida no trabalho e vai se apaixonar louca e perdidamente. Como um bônus, gostaria de destacar que essa orelha serve também de marcador de páginas. Então você está pagando por um livro e levando um marcador absolutamente grátis! Fala sério! Onde mais você encontraria uma oferta dessas? Agora, antes de começar a ler, se quiser saber mais sobre mim, por favor, vá para a aba traseira. (“Aba traseira” soa estranho, não? Quanto mais a gente repete, mais dá vontade de se livrar dela com uma cirurgia plástica. De qualquer forma, por favor, siga em frente.)

01/08/12 14:15


É sério... Estou brincando


Ellen Degeneres É sério... Estou brincando

Tradução de Maya Bellomo Johnson


Copyright © 2011 by Crazy Monkey, Inc. Copyright das ilustrações © 2011 by Ross MacDonald Foto de capa © Michael Rozman Copyright desta edição © 2012 Editora Gutenberg editoração eletrônica

Tamara Lacerda tradução

Maya Bellomo Johnson preparação

Cecília Martins revisão

Lívia Martins Eduardo Soares editora responsável

Rejane Dias Revisado conforme o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa de 1990, em vigor no Brasil desde janeiro de 2009. Todos os direitos reservados pela Editora Gutenberg. Nenhuma parte desta publicação poderá ser reproduzida, seja por meios mecânicos, eletrônicos, seja via cópia xerográfica, sem a autorização prévia da Editora.

editora GUTENBERG ltda. São Paulo Av. Paulista, 2.073, Conjunto Nacional, Horsa I 11º andar, Conj. 1101 . Cerqueira César 01311-940 . São Paulo . SP Tel.: (55 11) 3034 4468

Belo Horizonte Rua Aimorés, 981, 8º andar . Funcionários 30140-071 . Belo Horizonte . MG Tel.: (55 31) 32142 5700

Televendas: 0800 283 13 22 www.editoragutenberg.com.br Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP) (Câmara Brasileira do Livro, SP, Brasil)

DeGeneres, Ellen É sério... Estou brincando / Ellen DeGeneres ; tradução de Maya Bellomo Johnson. -- Belo Horizonte : Editora Gutenberg, 2012. Título original: Seriously... I’m Kidding ISBN 978-85-65383-63-9 1. Comediantes - Estados Unidos - Biografia 2. DeGeneres, Ellen 3. Personalidades de televisão - Estados Unidos - Biografia I. Título. 12-06572

CDD-792.702.8092

Índices para catálogo sistemático: 1. Estados Unidos : Comediantes : Biografia 792.702.8092


Para os meus fãs – Sem brincadeira. Obrigada pelo apoio. É sério... Não estou brincando.


Agradecimentos

Foi difícil decidir como listar todas as pessoas importantes da minha vida e agradecer a todas elas. Eu ia colocá-las em ordem alfabética pelo sobrenome, mas não achei que seria justo com Catherine Zeta-Jones. Depois achei que talvez eu devesse listá-las da mais baixa à mais alta, ou da mais magra à mais gorda, mas isso também não me pareceu certo. Então decidi colocar todas elas da mais esperta à mais burra. Não, não é verdade. Esta lista não tem nenhuma ordem específica. Só porque uma pessoa vem primeiro não quer dizer que ela seja a mais importante. Tampouco quer dizer que ela seja a menos importante. Sou grata por todas elas. Então, em nenhuma ordem especial, eu gostaria de agradecer a: Minha mãe, meu pai, meu irmão, Craig Peralta, Eddy Yablans, Esther Newberg, Deb Futter, Eric Gold, Caryn Weingarten, Harley Neuman, Kevin Yorn, Hilary Estey McLoughlin, David McGuire, Ed Glavin, Mary Connelly, Andy Lassner, Lauren Pomerantz, Kevin Leman, Jason Gelles e todos os escritores no meu programa. Apesar de eu ter dito que a lista não está em nenhuma ordem específica, há uma pessoa que é a mais importante na minha vida: minha esposa, Portia. Obrigada. 7


Nota da autora

Queridíssimo leitor, Olá. Como vai? Fico feliz. Escuta, quero agradecer a você por ter comprado este livro. Estamos prestes a embarcar juntos em uma linda jornada – uma jornada única e especial. Sei que você deve assistir ao meu talk show, mas me comunicar por meio de um livro é diferente de me comunicar pela televisão. Tipo, no meu programa eu conto o que está acontecendo na minha vida e o que estou pensando todos os dias. Mas, neste livro, eu vou contar o que está acontecendo na minha vida e o que estou pensando – quer saber, não quero desperdiçar seu tempo com comparações bobas. Mas aposto que você deve estar pensando: “Ellen (ou ‘E’, dependendo de quão bem nos conhecemos), por que você está escrevendo outro livro depois de já ter se posto à prova ao redigir dois tomos de incrível, incrível sucesso?”. Bem, a verdade é que, desde que escrevi meu último livro, muitas coisas aconteceram na minha vida. Me casei. Consegui meu próprio talk show. Abri uma gravadora. Me tornei uma CoverGirl. Fui a Dory. Ganhei um Oscar.1 Ganhei a Maratona de Boston.2 Fato não confirmado no momento da impressão deste livro. Impossível estabelecer exata colocação e/ou envolvimento no momento da impressão.

1 2

9


Ellen DeGeneres

Iniciei uma pilha de adubo.3 E fui condecorada cavaleira pela rainha da Inglaterra.4 Vivi muitas coisas nesses últimos anos e tenho muito para compartilhar. Então espero que você se sente, relaxe e aproveite os capítulos que compus para este livro. Você vai ver que não deixei nada por revirar, nenhuma porta por abrir, nenhuma janela por quebrar, nenhum tapete por aspirar, nenhuma tecla por dedilhar. O que quero dizer é: que tal começarmos?

No quintal do meu vizinho. Não conte a ele. No momento da impressão, me disseram que isso nunca poderia acontecer, sob nenhuma circunstância. Mas você sabe o que dizem, e esta é uma importante lição de vida, leitor: nunca diga nunca! Eu disse “nunca diga nunca” ao cara britânico com o qual falei ao telefone. Ele disse que, nesse caso, poderia de fato dizer “nunca”, pois isso nunca poderá acontecer, visto que não sou uma “cidadã” “britânica”. Portanto, fato não confirmado no momento da impressão. 3 4

10


Escrever este livro

Ao longo do último ano, mais ou menos, desde que decidi escrever este livro, muitos têm me perguntado como tenho tempo para tanta coisa e por que inventei de escrever mais uma vez. A verdade é que, em junho do ano passado, eu estava no carro falando ao telefone com meu agente, passando por um túnel, e o sinal estava instável. Eu disse: “Te vi na pré-estreia com meu otorrino”. Meu agente achou que eu tivesse dito: “Tive uma ótima ideia para outro livro”. Quando finalmente esclarecemos esse hilário mal-entendido, eu já havia assinado uma papelada (quem tem tempo para ler aquilo tudo?) e estava contratada para escrever um livro. Alguns anos atrás aconteceu algo parecido. Eu disse a meu agente: “Quero um iate que fure os mares com você ao meu lado”, e ele achou que eu tivesse dito: “Quero ser parte do júri do American Idol”. Desde então arranjei um telefone novo. E descobri que o nome de meu agente é Marvin, não Blarvin. Mas a verdade é que estou feliz por ter decidido escrever este livro. Adoro escrever e sinto mesmo que aprendi muito sobre a vida, o amor e certas palavrinhas que começam com “L” desde meu último livro e há coisas que quero compartilhar com o mundo. Na verdade, é difícil escrever um livro. Não é tão difícil quanto extrair carvão ou ensinar adolescentes a dirigir, 11


Ellen DeGeneres

sei disso. Mas é difícil. Eu não achei que fosse tão difícil, pois estou na televisão todos os dias e falo por uma hora e geralmente tenho muito para dizer. Além do mais, escrevi outros livros - dois como eu mesma e vários outros sob meu pseudônimo Danielle Steel. Quando me sentei para começar a escrever, fiquei olhando para a folha em branco e tentei pensar em algumas estratégias para iniciar. Quando quero que um convidado no meu programa comece a falar e a contar uma boa história, eu lhe faço uma pergunta. Então me fiz uma pergunta que eu faria a um convidado: “Quando foi que você se apaixonou pelo Tim McGraw?”. Isso não me levou a lugar algum, e logo percebi que não deveria fazer perguntas tão específicas a Faith Hill. Então fiz outra pergunta: “O que fez você aceitar o papel de Precious?” Isso tampouco funcionou. Então comecei a pensar em você, leitor. Quem é você? O que está fazendo? O que está vestindo? (Mas não de um jeito estranho.) Achei que seria útil me colocar no seu lugar por um instante. Tipo, se você quiser saber o que estou fazendo agora mesmo, estou no carro, a caminho do trabalho, com a capota abaixada. Os faróis estão apagados. Estou usando uma boina – me ajuda a pensar e faz com que eu me sinta como uma francesa. É por isso que também estou fingindo fumar um canudo, e deve ser por isso que um ônibus cheio de turistas está me encarando. “Então, como meu leitor, você gostaria de ler sobre o quê?” – eu me perguntei. Talvez você queira saber sobre alguns dos destaques da minha vida e da minha carreira, mas fica difícil saber quais destaques seriam empolgantes para você versus os que são para mim. Por exemplo, alguns 12


É sério... Estou brincando

anos atrás liguei para minha operadora de cartão de crédito e consegui reverter uma multa por atraso que eu achava que eles não fossem reverter. Esse foi um momento grandioso para mim, pois você sabe como alguns atendentes podem ser mal humorados quando estão tendo um dia ruim. Mas não sei se isso se qualifica como o tipo de destaque que lhe interessaria. Deixei minha mente vagar por alguns dos momentos mais importantes da minha vida e entendi o que precisava fazer. Como não nada específico sobre você, a não ser que talvez tenha cabelos castanhos, decidi incluir algo para todos neste livro. Você vai encontrar alguns contos para adultos, páginas de colorir para as crianças e muitas coisas para todas as idades intermediárias. Você também vai encontrar dicas de autoajuda, alguns conselhos médicos (vindos de alguém sem nenhuma formação médica e sem autoridade para dar conselhos médicos), fatos sobre nutrição e poderá até aprender a ser mais feliz no seu dia a dia. Assim espero! Adendo

Há algumas coisas que eu gostaria de incluir neste livro, mas, em vez disso, decidi guardá-las para minha autobiografia. A seguir, uma lista de coisas sobre as quais você não lerá neste livro: • Detalhes do meu namoro com Javier Bardem. • Meus anos no reformatório. • Minha juventude como pioneira da disco. • Meu envolvimento no escândalo de dublagem de Milli Vanilli em 1990. • Minha meia-irmã recém-descoberta. • Meu vídeo pornô caseiro que vazou.

13


www.editoragutenberg.com.br twitter.com/gutenberg_ed www.facebook.com/gutenberged


É sério... Estou brincando