Issuu on Google+

Ano I - nº 2 - setembro de 2013 www.infojardimolimpia.com.br 5.000 exemplares - Distribuição gratuita

Neymar e Messi, juntos no milésimo gol

Shutterstock

Linha 4 - Amarela, as obras e a previsão de entrega da estação V. Sônia Divulgação - Metrô

O canteiro de obras da futura estação Vila Sônia

Leia na matéria a informação revelada pelo Metrô sobre o andamento das obras da estação de Vila Sônia, São Paulo-Morumbi, e as datas de abertura das estações. Leia mais na Pág. 3

Turismo

Neymar Jr. e o argentino Leoni Messi, do Barcelona, ao lado dos colegas da equipe

Neymar, atacante contratado há cerca de três meses pelo clube espanhol Barcelona, ao lado do colega argentino. Se vingar essa projeção, até o final de 2025 ambos conquistarão a marca dos mil gols. Leia mais na Pág. 4

Acredite, há vantagens em não ter dinheiro Quem nunca ouviu a máxima: quem não tem dinheiro não tem vícios? Pode-se dizer que isso é verdade. Quem dera fosse a mesma coisa com os políticos, que vivem

reclamando das arrecadações abaixo do esperado, mas continuam gastando mal as nossas contribuições.

Fotolia

Política à par te, existem muitas coisas para se fazer quando não se tem dinheiro... Continue lendo na Pág.4

Conheça Daniel Thompson, o Mochileiro das Maravilhas. Ele viajou duas vezes ao redor do planeta fotografando tudo e nos conta como foi essa incrível experiência. Leia nas Págs. 6 e 7


2

Destaques

www.infojardimolimpia.com.br

Editorial

BYE BYE MIAMI

Setembro traz novos colunistas

Duas palavras com o‘Pai do Butantã’

José Roberto Gregório

Setembro nem bem começou e já está em clima de comemoração, afinal, estreiam por aqui três grandes colunistas: Dado Abreu, Dora Lorch e Daniel Thompson, isso mesmo, os DDDs, assinando respectivamente esportes, comportamento e turismo. O ciclo de boas novas começou logo na distribuição, com leitores e anunciantes nos parabenizando pela beleza e acabamento gráfico do Info Jardim Olímpia. Tal mérito deve-se a nosso parceiro gráfico, a Studio4, que tão bem conduziu todas as propostas levadas a campo sem comprometer o cronograma estabelecido. Na capa, Antonio Parente fez bonito e sustentou a manchete como pai do Butantã. As dicas legais da SPtrans para os usuários que ainda não conheciam o serviço, entre outros assuntos. Do lado comercial, todos puderam notar que não estávamos para brincadeiras, e fechamos boas programações de anúncios para os próximos meses. Ouvimos a todos e não refugamos nas facilidades. Como nem só de anúncios se vive, valorizamos assim o ingresso dos citados colaboradores, reforçando nosso cast e evidenciando nossa proposta de produzir um Jornal único, ético e transparente.

O que é a Síndrome do Pânico?

LIGUE

Maria Barthaly

3798-2588

Antonio Carlos Parente Equipe InfoJO

Frequentemente, a pessoa que sofre de pânico é vítima de imcompreensão! É preciso entender que o transtorno do pânico não é “frescura” e sim uma doença como outra qualquer, que atinge boa parte da população mundial, acometendo pessoas de ambos os sexos, de qualquer classe social ou profissão. A Síndrome do Pânico faz parte de um transtorno de ansiedade, caracterizado pelo distúrbio dos neurotransmissores serotonina e noradrenalina, que fazem com que algumas partes do cérebro transmitam ao organismo informações incorretas de ameaça ou perigo (que na realidade não existe), desencadeando ataques de ansiedade e nervosismo. Se não houver tratamento, a pessoa poderá ter crises repetidas e apresentar ansiedade, tensão muscular, depressão, fobia e agorafobia (Medo de estar em lugares ou situações nas quais seja difícil sair, ou que não haja ajuda disponível na hipótese de ocorrer a crise), comprometendo desta forma, sua vida profissional, pessoal e afetiva. A compreensão por parte dos familiares e amigos é de suma importância, assim como o acompanhamento médico para tratar a depressão e a ansiedade. O tratamento psicoterápico e a terapia holística, por meio de seus métodos (Relaxamento, Regressão de Memória, Reiki, Aromaterapia, Massagem, Terapia Floral e etc), também são indicados. Para quem sofre com a síndrome do pânico, uma dica muito importante é trabalhar a respiração nos momentos de ansiedade. Durante a crise, a respiração ocorre de modo superficial, o que faz com que mude a química do sangue, que por sua vez, é interpretada pelo cérebro como uma situação de emergência. Por isso, as respirações lentas e profundas são importantes, pois ajudam a manter a quantidade de oxigênio no cérebro de maneira satisfatória, acalmando a mente e aliviando os sintomas.

Terapeuta Holística: Maria Barthaly “Espaço Esotéryc”Tel. 3875-4992 www.esoteryc.com.br

RESERVE JÁ O SEU ANÚNCIO PARA A EDIÇÃO DE OUTUBRO E SAIBA COMO ENCARTAR SEUS FOLHETOS.

Quase final do dia, ligamos para Antonio Carlos Parente e, muito simpático perguntou quem era. Nos identificamos como repórteres do InfoJO, e que gostaríamos de trocar duas palavras sobre sua nova vida como Pai do Butantã, título conquistado na matéria da edição de lançamento. Bem-humorado, relatou sua surpresa diante da fama e do sucesso do jornal. “Nossa, na escola que visitei fizeram até trabalho escolar com o jornal. E o danado nem bem foi lançado!” Baseado nesse testemunho, só temos a agradecer aos nossos amigos e incentivadores.

Espaço do leitor

• Olá, sou moradora do Bonfiglioli e gostaria de parabenizar o jornal pelas matérias. Adorei. Abç Beth

• Entrei em contato pelo e-mail de vcs e não tive resposta, na palavra crônicando o acento não está errado? Ou faz parte do clima de humor da crônica? Leonardson • Gostei bastante da reportagem com o Sr. Parente, ele é uma figura maravilhosa aqui no Butantã. Não é por acaso que todo mundo gosta dele. Ana Luiza. Agradecemos a todas as mensagens. Envie suas dúvidas ou comentários para: Redação: contato@ infojardimolimpia.com.br

EXPEDIENTE Contato: www.infojardimolimpia.com.br | contato@infojardimolimpia. com.br | Título: Jornal Info Jardim Olímpia | Periodicidade: mensal, com tiragem de 5.000 exemplares | Área de Distribuição: Butantã/São Paulo/SP/Br | Distribuição: grupo Info Jardim Olímpia Editor: José R. Gregório | Redação: Fati Gomes, Gabi Guedes Colunistas: Ronaldo Ferreira, Dado Abreu (esportes), Daniel Thompson (turismo), Maria Barthaly, Dora Lorch (esoterísmo/psicologia), Rodrigo Belmonte (coaching), Cesar Augusto Nardi Poor (imóveis), Antonio Carlos Egypto, Primaggio Mantovi (cinema) | Arte: Antonio Carlos Santos | Ilustrações/Crônicas: Grego | Marketing: Marcelo Barbosa | Vendas: Márcia Maria Ferraz da Costa | Gráfica: Studio4 - Gráfica Digital e Offset | www.studio4.com.br


Geral

www.infojardimolimpia.com.br

Conclusão das obras da estação V. Sônia e S. Paulo-Morumbi fica para 2015 José Roberto Gregório Divulgação - Metrô

Obras da estação Vila Sônia do Metrô a todo vapor

Segundo informações da assessoria de imprensa do Metrô, em 2014 a Linha 4-Amarela receberá mais três estações: Higienópolis-Mackenzie, Oscar Freire e Fradique Coutinho, enquanto em 2015 serão entregues as estações Vila Sônia e SPMorumbi. Tal declaração diverge da que dava como certa a entrega da estação São Paulo-Morumbi ainda

no ano de 2014. Os motivos oficiais da demora apontam para a complexidade das obras da estação Vila Sônia, que inclui um terminal de ônibus com integração à estação e a expansão do pátio de manutenção dos trens, bem como a extensão de 1,5 km até o município de Taboão da Serra. Parte dos moradores e comerciantes das áreas desapropriadas

dividem-se em críticas e descontentamento. Outra parcela aguarda ansiosamente a abertura das catracas para usufruir da rapidez do sistema integrado aos trens da CPTM. Uma questão comum entre os usuários da linha 4-amarela é o que será feito para diminuir o efeito “pinguim”, fenômeno observado quando os usuários enfileirados congestionam as catracas e acessos da interligação da Linha Verde com a Amarela nos horários de pico. Nestes momentos, milhares de pessoas dirigem-se para os trens com destino ao terminal Butantã numa verdadeira “marcha atlética”, em que não há vencedores. Com a inauguração de 3 novas estações, o sistema vai superlotar ainda mais, e então, de que forma a administração do Metrô tratará deste assunto? O cronograma de obras será respeitado? As tarifas serão adequadas ao bolso do usuário? Para estas e outras questões, dúvidas ou reclamações, acesse http:// www.metro.sp.gov.br/, ou ligue para a central de informações pelo Telefone: 0800-7707722, que funciona todos os dias, das 5h30 às 23h30.

Cesar Augusto Nardi Poo r Consultoria, Administração & Gestão Imobiliária CRECI-SP 68.530

• Locação e venda de imóveis • Gestão imobiliária • Administração de locações • Departamento jurídico especializado • Atendimento Personalizado desde 1998 Tel. 11 3817-4777 | Cel. 11 9.6977-4777 www.cesarpoor.com.br www.meuimovelnaweb.com.br cesar@cesarpoor.com.br

3

Há vantagens em não ter dinheiro Gabi Guedes

Quem nunca ouviu a máxima: quem não tem dinheiro não tem vícios? Pode-se dizer que isso é verdade. Quem dera fosse a mesma coisa com os políticos, que vivem reclamando das arrecadações abaixo do esperado, mas continuam gastando mal as nossas contribuições. Política à parte, existem muitas coisas para se fazer quando não se tem dinheiro. Primeiramente, vale você se encaixar em um dos perfis. Ou você tem um emprego e, logo, um salário, mas tem pouco dinheiro para gastar com bobagens, ou está desempregado, sem nenhuma fonte de renda. Para o primeiro caso, você tem uma vantagem, que é a possibilidade de pagar as suas contas no final do mês. Assim, não precisa se preocupar demais. Mas, mesmo assim, você cai no segundo caso, que é a falta de dinheiro para os supérfluos. Em uma situação emergencial, o fato de estar sem grana causa nas pessoas insights de criatividade, afinal, os problemas estão ali e a solução mais óbvia, não. Por isso, fizemos uma lista de vantagens que colocarão os jantares caros, as viagens à Europa ou um passeio pelo shopping com um cartão de credito sem limites no chinelo. Quem não tem dinheiro: • Não paga Imposto de Renda; • Anda mais a pé, o que é bom para a diminuição do trânsito e da poluição, além de manter o corpo saudável; • Pode começar a plantar o que vai comer. Deixa o planeta mais limpo, evita o desperdício e ainda tem uma nova moeda de troca para conseguir outros alimentos; • Encontra novas formas de diversão – um pôr do sol na praia ou uma caminhada no parque em boa companhia são melhores do que um passeio de lancha com amigos interesseiros; • Aprende a usar as mãos como uma ferramenta poderosa – na hora do sufoco, todo mundo é um ótimo chef de cozinha ou faz pequenos consertos em casa; • O melhor de tudo: tem tempo de dormir, sonhar e, quem sabe, descobrir o segredo para viver ainda melhor sem precisar ganhar uma fortuna.

Imóvel na planta vale a pena? Cesar Augusto Nardi Poor

Depende. Qual a intenção? Comprar e revender esperando lucro nas chaves? Comprar para obter renda? Nestes casos, devem ser analisados vários fatores, caso a caso. Se for para morar, aí pode valer a pena, mas nada é tão simples como parece nos plantões de vendas. Para valer a pena, deve-se observar alguns fatores. 1. A possibilidade de esperar até o final da obra para só depois realizar a mudança, é a melhor alternativa? 2. E se a obra seguir o padrão de atraso de 6 meses? 3. Um atraso eventual de seis meses,

pode me complicar? 4. As parcelas pagas até as chaves cabem no meu bolso? 5. Terei renda para financiamento e as parcelas intermediárias? Essas perguntas básicas são o começo para um bom negócio. Um profissional de mercado que ofereça uma boa análise e assessoria é sempre bem -vindo para evitar futuras dores de cabeça. Cesar Poor (cesar@canp.adv. br) é advogado atuante há 16 anos na área imobiliária, corretor de imóveis e aluno do Curso de Mediação Transformativa da Escola Superior do MP-SP.


4

Esporte

www.infojardimolimpia.com.br

Yay

Neymar tem boas chances de alcançar mil gols em sua carreira Dado Abreu

Neymar e Messi - Shutterstock

Neymar e Messi, projeções semelhantes Neymar, recém-contratado do Barcelona/Espanha

N

o dia de sua apresentação no Barcelona, ainda em junho, Neymar chegou falando em ajudar a grande estrela da companhia, Lionel Messi, dentro de campo, a continuar sendo o melhor jogador do mundo. A afirmação ser viu para calar possíveis questionamentos sobre um disputa do brasileiro com o argentino. Hoje, três meses depois, ainda é cedo para apontar o resultado da parceria, mas, se Neymar seguir

à risca o que prometeu, tanto ele quanto o craque argentino têm boas chances de alcançar uma marca que poucos jogadores na história do futebol conseguiram: os mil gols. Segundo uma projeção do portal Lance!, se mantiverem suas médias, ambos atingirão a marca com 33 anos. Neymar jogou 265 vezes como profissional (até o final de agosto), marcando 161 gols - média de 0,6 gol por par tida. Contudo, este número computa também o início de carreira, quando o

atacante ainda estava começando na equipe do Santos e não era titular. Se conseguir o desempenho de 2012, por exemplo, quando teve média de 0,9, atuando 80 vezes por temporada, Neymar pode chegar ao milésimo gol em 2024/25. E com Lionel Messi a projeção é semelhante. O argentino atingiria os mil gols em 2020, cinco anos antes de Neymar, exatamente a d i fe r e n ç a d e i d a d e entre os companheiros do Barcelona.

Veja projeção da evolução de gols de Neymar Antonio Carlos Santos

2024/25 2023/24 2022/23 2021/22 2020/21 2019/20 2018/19 2017/18 2016/17 2015/16 2014/15 2013/14

233

305

377

449

521

593

665

737

809

881

953

1025

Fernando Alonso, piloto da escuderia Ferrari

E agora, Fernando? Ronaldo Ferreira

Corrida atrás de corrida, Fernando Alonso dá show, anda mais que o carro, pilota feito um animal e, mais uma vez, vê o campeonato escorrendo entre os dedos. Já perdeu para Kimi Räikkönen, Lewis Hamilton, Jenson Button e Sebastian Vettel. É muita derrota para quem se acha o melhor. E talvez seja. Se tudo continuar como está, Vettel ganha seu 4º título, fácil. O dobro do Alonso. E Vettel continua em 2014 na melhor equipe. O furo do Räikkönen na Ferrari, dado pelo Eddie Jordan, ex-piloto e dono de equipe, pode se concretizar. Existem boatos de que a Ferrari pode definir sua dupla em Monza, no próximo fim de semana. Pode ser que o Alonso vá mesmo para outra equipe. Pode ser que a Ferrari esteja pressionando o espanhol por um contrato mais barato. A pergunta é: qual equipe não gostaria de assinar com um piloto como Alonso? Se eu mandasse na Red Bull, iria querer ele também. Assim, a Red Bull começaria a temporada 2014 com a mão na taça, só faltaria decidir qual dos seus pilotos seria o campeão: Vettel ou Alonso. Será? Ronaldo Ferreira, há 39 anos comentarista de F1 lá do sofá de casa. ronaldo.formula1@gmail.com


Esporte

www.infojardimolimpia.com.br

5

Divulgação Odebrecht

Arena Corinthians: 86% das obras executadas e gramado pronto ainda este mês Dado Abreu

E

m mais uma visita de inspeção antes da Copa do Mundo, o secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, visitou a Arena Corinthians no final do mês passado e saiu bastante satisfeito com o que viu. Principalmente com o estado do gramado. Esta foi a grande constatação da comitiva realizada em Itaquera, que contou ainda com a presença dos ex-jogadores Bebeto e Ronaldo, membros do Comitê Organizador Local (COL). Se durante a Copa das Confederações o descontentamento com o estado do gramado das novas arenas foi unissonante, no campo do Corinthians certamente não se ouvirá um “piu” sobre o assunto. Pudera:

a tecnologia adotada pelos responsáveis é de fazer inveja aos maiores rivais. Importada dos Estados Unidos, a grama do “Itaquerão” foi plantada exatamente um ano antes da abertura do Mundial, em 12 de junho, e já está em seu terceiro corte – no final deste mês já estará pronta. É uma espécie de inverno, como nos principais estádios da Europa, porém, um moderno sistema instalado abaixo do gramado permite o esfriamento das raízes para que ela não sofra nos meses mais quentes do ano. Além disso, o sistema também irriga e escoa a água por gravidade ou vácuo. “Está perfeito. Quem der canelada aqui tem que parar de jogar bola. O Andrés [Sanchez, responsável

do Corinthians pelo estádio] já tinha me falado que o gramado estava lindíssimo. É um prazer vir à Arena Corinthians... é impressionante”, exaltou Bebeto durante a visita, seguindo na linha do discurso do ministro do Esporte, Aldo Rebelo: “Nem acredito que seja natural. De tão perfeita, até parece grama artificial. E vai receber grandes jogos, como o maior clássico do futebol mundial, reunindo os gloriosos Sport Club Corinthians Paulista e Sociedade Esportiva Palmeiras”, brincou o ministro, reiterando ser palmeirense. Antes do início das obras, especulouse sobre a possibilidade de um gramado que não fosse verde, para que nada no

A avaliação do gramado foi mais do que satisfatória

novo estádio do Corinthians lembrasse o arquirrival Palmeiras. Contudo, e para o bem do futebol, a medida clubística não vingou e o que valeu foi a qualidade da relva. Afinal de contas, um belo estádio não se constrói apenas com camarotes luxuosos, cadeiras confortáveis e privadas inteligentes. Para o espetáculo ser completo, a bola precisa rolar.

E rolar bonita. Ponto positivo Outro ponto alto do estádio corintiano são os banheiros, praticamente iguais em todos os setores, independentemente do preço do ingresso. Possuem mármore nas pias, saídas automáticas de água e aparelhos de tevês nas paredes para que o torcedor atrasado possa acompanhar do lavatório o que ocorre

10 dicas para quem quer jogar boliche Dado Abreu

Você sabia que o boliche é um dos esportes mais praticados no mundo? Pois é. São mais de 130 milhões de adeptos em mais de 90 países. E o grande sucesso do jogo é que, para se jogar bem, não é necessário ter um bom preparo físico, força, agilidade, ou qualquer outra característica digna de um verdadeiro atleta. Tampouco ser o Fred Flintstone. O importante é ter habilidade e encontrar o jeito certo de jogar a bola. Aí, depois, é correr para o abraço e comemorar o strike! Preparamos algumas dicas para quem pretende se divertir no próximo final de semana. • A maneira correta de segurar a bola é introduzir o polegar no furo maior e os dedos médio e

Fotolia

O equilíbrio do jogador é fundamental para um bom arremesso

anular nos outros dois furos da bola. • Não segure tão forte para levantar a bola demais, nem tão fraco a ponto de soltá-la antes do ponto ideal. • Depois de colocar os três dedos na bola, a palma da outra mão deverá repousá-la, até você

iniciar o preparo do arremesso. • Vá até a linha-limite da pista e recue alguns passos, para reconhecer a distância que irá percorrer. • Aponte para o pino mestre, o do meio, com o polegar da mão que segura a bola, pois é ele que determina a direção da jogada.

• Movimente o braço como um pêndulo. • O braço livre é responsável pelo equilíbrio do corpo. Por isso, mantenha-o relaxado. • Não dobre o cotovelo na hora de soltar a bola. O braço deve terminar o movimento esticado. • Em vez de jogar ou empurrar a bola, apenas solte-a, de modo que ela saia deslizando pela pista. • Atenção para não ultrapassar a linha-limite da pista e queimar a jogada Dicionário do Bolicheiro: Approach: área da pista até a linha de falta, onde o jogador caminha fazendo os movimentos para o arremesso.

Dutch 200: uma partida de exatamente 200 pontos conseguida por meio de “strikes” e “spares” alternados. Five Bagger: quando se consegue cinco “strikes” consecutivos. Pino mestre: apelido do pino 1. Especialistas costumam dizer que o praticante erra a jogada quando a primeira bola não atinge o pino 1. Spare: quando os pinos que não foram derrubados no primeiro lançamento são derrubados no segundo arremesso da mesma jogada. Strike: quando todos os pinos são derrubados na primeira jogada.


6

Turismo

www.infojardimolimpia.com.br

Mochileiro das Maravilhas Daniel Thompson já deu duas voltas ao mundo, visitou 46 países, fez muitas amizades e provou um pouco de muitas coisas. Não quer parar! Daniel Thompson

Você gosta de viajar? Se a sua resposta é “sim”, empatamos! Na verdade, não conheço ninguém que não goste. Conheço quem não gosta de praia, frio ou até de pizza, mas viajar, de um modo geral, não. Não só gosto, como escolhi essa atividade como profissão. Não foi fácil, confesso, mas agora essa é a minha vida. Já foram mais de dez anos trabalhando no turismo, consultando, planejando, reser vando, cancelando, confirmando e muitos outros “andos” que vocês possam imaginar dentro desse mercado, que avança vorazmente e, muitas vezes, parece até sem controle, principalmente no nosso país. Há cinco anos, percebi que era hora de realizar um sonho, de fazer a minha viagem e de marcar a minha vida com algo único. Aconteceu a minha primeira volta ao mundo. Sete meses incríveis e a missão mais do que cumprida: nasceu o Mochileiro das Maravilhas e tudo isso começou, oficialmente.

Daniel Thompson

Daniel Thompson

Viajar faz você aprender, crescer, entender e repensar. É fácil dizer que a grama do vizinho é mais verde. É simples falar que aqui é bom e lá é ruim. Ou vice-versa. Eu amo viajar na viagem dos outros, nas fotos, em reportagens, vídeos e filmes que mostrem cultura, gastronomia, geografia, costumes, a vida de povos espalhados pelo planeta, ...

Estrada deserta no centro da Nova Zelândia, próximo a Arthur´s Pass Barco abandonado em uma das praias de Melbourne, na Austrália. Daniel Thompson

Dois dos mais de mil Moais da Ilha de Páscoa, considerada o “Umbigo do Mundo”

Paisagens diversas, energias diferentes

...mas chegar a algum lugar e participar disso tudo, passar, de certa forma, a fazer parte da história daquele espaço, registrar e confirmar (ou não!) pessoalmente um pouco de tudo aquilo que um dia vimos por meio de imagens e relatos, costuma ser, pelo menos para mim, inesquecível e inigualável. Chegueiaalgunsdoslugaresmais interessantesdoplaneta.Conheci culturasdistintaselendasinstigantes. Algumas,inclusive,quenãoestão totalmente desvendadas.

Daniel Thompson

Daniel com as mulheres-girafa da tribo Karen, no norte

Um dos incríveis templos visitados pelo mochileiro em Kyoto, no Japão


Turismo

www.infojardimolimpia.com.br

O mundo é miúdo, a beleza imensa Daniel Thompson

7

Turismo no ‘Butantan’ Fonte/imagens: http://www.butantan.gov.br/home/parque.php

Alameda do Parque Butantan

Quem somos London Bridge, um dos cartões postais de capital britânica.

Fot o

lia

Daniel Thompson

Mochileiro na caverna Pranang, Tailândia /2008

Algumas dessas experiências já passaram por sites, programas de televisão, revistas e agora estarão aqui, para mostrar a você, que é possível, com pouco ou com muito, indo pra perto ou pra longe, conhecer o mundo.

Daniel Thompson

Troco uma mala de rodinha por uma mochila, um táxi por uma carona, um jantar artificial em um restaurante cheio de estrelas por uma comida de rua, e convido você, leitor do INFO Jardim Olímpia, a viajar comigo mensalmente para conhecer um pouco do nosso planeta!

E aí, vai embarcar? Daniel Thompson é blogueiro, turismólogo e sonhador. Mantém o blog www.mochileirodasmaravilhas. com.br e é video-maker no portal UOL. Envie sua pergunta, sugestão ou comentário para ele!

Museu Biológico

Vinculado à Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, o Instituto Butantan é um dos maiores centros de pesquisa biomédica do mundo, responsável por 51 % de vacinas e 56% de soros para uso profilático e curativo do país. O Instituto desenvolve estudos e pesquisas relacionadas, direta ou indiretamente, com a saúde pública nas áreas de Biologia, Biomedicina, Farmacologia e Biotecnologia. Realiza também missões científicas no país e no exterior através da Organização Mundial e Panamericana da Saúde, Unicef e ONU. Além da contribuição médica e científica, o Butantan também promove atividades relacionadas à educação, como curso de pós - graduação, cursos técnicos, estágios de aperfeiçoamento, eventos e palestras acadêmicas. A Instituição, localizada na zona oeste de são Paulo, possui ainda um belíssimo parque com cerca de 80 hectares, onde mais de 60% dessa dimensão são de área verde. Seu parque recebe mais de 300 mil pessoas por ano, atraídas pela imagem centenária de qualidade e por seus museus, o Biológico, o Histórico e o de Microbiologia.

Nossa história Um surto de peste bubônica que se propagava no porto de Santos em 1899, levou o governo a adquirir a Fazenda Butantan para instalar um laboratório de produção de soro antipestoso, vinculado ao Instituto Bacteriológico (atual Adolpho Lutz). Esse laboratório foi reconhecido como instituição autônoma em fevereiro de 1901, sob a denominação de Instituto Serumtherápico, sendo designado para primeiro diretor, Vital Brazil Mineiro da Campanha, médico voltado para problemas de saúde pública. Graças ao idealismo de Vital Brazil, que além da produção de soros e vacinas também se preocupava em desenvolver pesquisas, o Instituto tornou-se internacionalmente reconhecido. Em 1914 foi inaugurado o prédio principal, com as condições necessárias para abrigar os laboratórios, em torno dos quais cresceu uma instituição que combina pesquisa e produção. Ingressos: Horário dos museus: De 3ª feira a domingo das 9:00 as 16:30 horas Horário da bilheteria: Das 08h:45 às 16h:15 Preços: Adultos: R$ 6,00 Crianças acima de 7 anos: R$ 2,50 Crianças até 7 anos: Isento Estudantes: R$ 2,50 Idosos (acima de 60 anos): Isento Grupos de Estudantes de Escolas Públicas com mais de 15 alunos, previamente agendados: Isento Pagamento somente em dinheiro. Reserva de visita: Tel. (11) 2627-9536/agendamento@butantan.gov.br


8

Cultura/Comportamento

www.infojardimolimpia.com.br

Literatura - Legião Urbana

Cinema - A sorte

e o Rock dos anos 1980 em suas mãos Noêmia Lopes - Agência Fapesp

Antonio Carlos Egypto

Divulgação

Estudo feito na Unesp e publicado em livro analisa a indústria cultural e os agentes envolvidos na consolidação do gênero no país (capa do álbum “Que país é este”) Capa do livro de Érica R. Magi

N

o campo das Ciências Sociais, o rock nacional não tem o mesmo prestígio de manifestações como a Bossa Nova e a MPB. Enfrenta até mesmo certa resistência por conta de seu estrangeirismo, de seu caráter de produto importado. Partindo dessa premissa e já inserida em um contexto em que tal cenário começa a se transformar, a cientista social Érica Ribeiro Magi lançou o livro Rock and Roll é o nosso trabalho: A Legião Urbana do underground ao mainstream. A obra parte do estudo de mestrado da autora, com apoio da FAPESP e defendido na Faculdade de Filosofia e Ciências da Universidade Estadual Paulista (FFC/Unesp), campus Marília (SP). “Meu objetivo era compreender o processo de consolidação do rock brasileiro na década de 1980 – por meio da escalada de sucesso da banda Legião Urbana, do underground, vivido em Brasília e São Paulo, ao mainstream, no Rio de Janeiro –, analisando a forma pela qual essa geração emergiu e construiu o seu espaço de trabalho na indústria cultural”, afirmou Magi à Agência FAPESP.Segundo ela, até a década de 1970, o rock feito no Brasil não estava nas paradas de sucesso (exceto por Rita Lee e Raul Seixas), nas capas dos cadernos de cultura e em programas de rádio e TV. O gênero, seus músicos e fãs estavam às margens do que era respeitado pela imprensa e valorizado pelas gravadoras. “Relacionar rock a trabalho e afastar a imagem dos roqueiros dos estigmas de ‘drogados’ e ‘inconsequentes’ foram princípios construídos e defendidos pela geração de bandas da década seguinte”, disse Magi. A legitimidade comercial e cultural veio da atuação de bandas como a Legião Urbana, de jornalistas e de produtores musicais, bem como da articulação entre esses diferentes atores sociais. Com base em jornais, revistas, programas de rádio e televisão e álbuns do grupo de Renato Russo, o estudo mostra como tais redes de sociabilidade deram origem a critérios de produção e avaliação musical – que, por sua vez, foram essenciais na consolidação do gênero no país. Ao longo do texto, a autora conclui que tal articulação entre agentes sociais diversos não seria possível da mesma forma nos dias de hoje. “Isso porque se consolidaram formas de produzir, criticar e divulgar o rock no Brasil que independem de relações de amizade ou de proximidade entre os agentes – ao menos quando falamos em mainstream. “Talvez ainda seja possível encontrar uma articulação parecida no ‘cenário independente’”, disse Magi. A produção e a crítica musical se profissionalizaram, ganharam formas próprias de expressão e até mesmo diplomas específicos. O gênero assumiu contornos de um “trabalho” propriamente dito, e tanto o mercado de trabalho quanto o sistema de ensino foram palcos de transformação. Magi segue pesquisando o percurso do rock brasileiro, agora no doutorado sobre “A indústria cultural e o ROCK brasileiro dos anos de 1980”, na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (FFLCH/USP), também com Bolsa da FAPESP. Rock and Roll é o nosso trabalho: A Legião Urbana do underground ao mainstream Autora: Érica Ribeiro Magi Lançamento: 2013 Preço: R$ 40 Páginas: 231 Mais informações: www.alamedaeditorial.com.br/rock-and-

Cartaz do filme argentino

A SORTE EM SUAS MÃOS (La Suerte En Tus Manos). Argentina, 2012. Direção: Daniel Burman. Com Jorge Drextler, Valeria Bertuccelli, Norma Aleandro, Luis Brandoni. 110 min. Há quem creia que o que tem de nos acontecer, acontece. A nossa vida pode já estar pautada por um destino ao qual não temos acesso, mas intuímos seus caminhos. Quem sabe nos coloquemos inconscientemente em sua rota. Ou, talvez, façamos escolhas que nos parecem não ter sido feitas por nós. Decidimos, sem nos

Você sabe a diferença entre Terapia e Coaching? Na Terapia procura-se entender eventos que ocorreram no passado, suas causas e efeitos, para entendê-los e ressignificálos. Desta forma é possível gerar hoje comportamentos que tragam melhores resultados. No Coaching o foco está no presente e no planejamento futuro.

darmos conta do que fizemos ou por que fizemos. Escolhas conscientes e planejadas também existem e, seguramente, direcionam nossos rumos, embora nem sempre se realizem como gostaríamos. Algumas vezes, apesar de nosso empenho, o que se dá é o fracasso da proposta ou da tentativa. Há casos em que nós mesmos solapamos nossas escolhas, inviabilizando-as com atitudes que as contradizem ou põem tudo a perder. De qualquer modo, pode-se dizer que a sorte está, de alguma forma, em nossas mãos. Estas são questões suscitadas pelo novo filme de Daniel Burman, um cineasta muito hábil em lidar com os incômodos e ambiguidades dos relacionamentos humanos, especialmente os familiares. “A Sorte Em Suas Mãos” é um filme inteligente, instigante, rico de sugestões e possibilidades. Como, aliás, todos os filmes do cineasta. Eu destacaria três outros trabalhos dele, de que gosto muito: “O Abraço Partido”, de 2004, “As Leis de Família”, de 2006, e “Dois Irmãos”, de 2010. São filmes que também tratam do cotidiano atual, com ironia e bom humor, sempre provocando Canstock Photo

Busca-se compreender os objetivos do cliente, seus maiores sonhos e desejos, e então cria-se um plano consistente explorando suas potencialidades para realizálos. Comportamentos anteriores que trouxeram bons resultados serão reforçados, os que não trouxeram serão ajustados

reflexões com base em elementos e situações concretos. O protagonista masculino do filme é o ótimo cantor e compositor uruguaio Jorge Drextler, que levou o Oscar pela canção El otro lado del río, incluída no filme de Walter Salles, “Diários de Motocicleta���, revelando mais um talento. Valeria Bertuccelli, muito expressiva e comunicativa, brilha num papel rico em sensações e sentimentos. E ainda tem a veterana e brilhante Norma Aleandro no elenco. Um filme envolvente e cativante, que quando acaba a gente ainda queria mais. Antonio Carlos Egypto Psicólogo,Sociólogo e Crítico de Cinema egypto@uol.com.br http://cinemacomrecheio. blogspot.com

Curtindo nosso Jornal? RESERVE JÁ O SEU ANÚNCIO PARA A EDIÇÃO DE OUTUBRO E SAIBA COMO ENCARTAR SEUS FOLHETOS. LIGUE

3798-2588 para que se caminhe rumo ao objetivo.O que você deseja? Entender melhor seu passado para viver melhor um novo presente? Ou quer criar um plano consistente para atingir seus sonhos, seus desejos, suas metas, desbloquear suas maiores potencialidades e utilizá-las a seu favor agora? Faça sua escolha. Acima de tudo, escolha pelo seu sucesso e felicidade já! http://www.facebook.com.br/ InstitutoRodrigoBelmonte


Comportamento

www.infojardimolimpia.com.br

Doutora, socorro! Tenho um filho adolescente! Dora Lorch

Doutora, socorro! Não sei mais o que fazer. Meu filho está terrível. Ele tem 13 anos e está me dando problemas, um atrás do outro. Não presta atenção nas aulas e está com notas vermelhas. Toda hora a direção da escola me chama por problemas de muita conversa, de falta de atenção. Não chega a desrespeitar os professores, mas está cabulando aulas. E não quer falar comigo de jeito nenhum. Fica quieto no canto dele, às vezes não quer comer. Eu falo com ele e parece que está sempre no mundo da lua. Doutora, o que é que eu faço? O que é que ele tem? Ter um filho adolescente é um desafio e tanto. É um teste para os limites, o controle e os motivos de qualquer pai. Um adolescente é um ser que começa a descobrir o que ele pode, o que ele consegue e o que ele aguenta sobre as atitudes. Por isso, testa a todo o momento os limites que a vida impõe. Testa quantos dias consegue ficar sem

tomar banho (e sem que a mãe perceba), o quanto consegue comer, quanto tempo consegue ficar acordado (todos passam pelo menos uma noite em claro para saber o que acontece. Como os hormônios estão entrando em cena, intensificando as mudanças físicas, também são constantes as explosões emocionais. Acredite, nem eles conseguem entender seu humor. Claro está que nesta empreitada, testam também os limites da escola, dos professores, às vezes conscientemente, outras sem perceber Nessa fase acontecem as grandes descobertas, entre elas a existência do sexo oposto! Descobrese o amor. A decepção. O medo de não ser aceito. O receio de ser rejeitado. A vergonha pelo que somos e pelo que não somos. Quem é alto queria ser mais baixo, quem é gordo queria ser mais magro. Tudo para ser aceito pelo grupo e pelo amado. Lidar com esta montanha russa de emoções não

é fácil. Mas, saber que todos os jovens passam por isso facilita e muito a vida dos pais. Saber que os jovens vão testar as normas, que temos que ser firmes nos princípios essenciais e relevar outras questões, como forma de negociação, é fundamental. Assim, é obrigatório ir para a escola, respeitar os pais e professores, mas é permitido perguntar os porquês das regras. - Amiga, acho que seu filho está apaixonado. É só isso o que ele tem. Paixão nesta idade deixa os meninos e meninas aluados, sem fome, sem conseguir se concentrar. Por isso eles vão tão mal em matemática. Por isso não falam conosco. Estão ocupados pensando na amada. Lembre seu filho de que essa paixão vai passar e do quanto é importante continuar estudando para o futuro dele. Dê espaço para que ele possa falar sobre estes sentimentos que o consomem. É preciso que nós, adultos, deixemos os jovens experimentarem, mas é bom estarmos vigilantes para que eles não passem por caminhos sem volta ou por caminhos que os marquem para sempre. Por isso, não é bom expulsar os filhos de casa, ou dizer que não vamos socorrêlos quando houver alguma implicação mais séria, na escola ou na polícia. Eles ainda são crianças, apesar de não reconhecerem. Tudo faz parte deste projeto de experimentação pelo qual o jovem passa. E passa. Depois ele amadurece. Dora Lorch é Psicóloga clínica e mestre em psicologia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). http://www.doralorch.com.br/

9

Cronicando com Grego

Homens na fase dos... POR QUÊS?!! Por que as mulheres gritam? Para entender melhor decidi perguntar à minha mulher o porquê dessa reação tão típica e curiosa. — Ora, queridinho, é impossível ver uma barata horrorosa e ficar indiferente, se vocês conseguem... parabéns. — Mas gritar como loucas desvairadas, quase perfurando nossos tímpanos parece um tanto exagerado. — Já que vocês são tão controladinhos, diga-me por que berram e xingam como doidos ao assistirem a uma partida de futebol? — É diferente, nós reagimos diante de estímulos importantes, nunca por... baratas insignificantes ou cenas de filmes de terror. — Pois saiba que somos sensíveis, vocês homens nem chorar sabem. — Ah, é?!! Puxe pela memória, fui às lágrimas ontem preparando aquela sopa de cebolas. — Viu só?! Além de machistas, são irônicos e desprovidos de emoção. Eu estava vendo que minha pergunta, além de não ser respondida, somaria-se a outra: "Por que as mulheres choram?". — Daqui a pouco você vai dizer que, nós, homens, devemos gritar e chorar pelas pobres baratinhas. — Pois saiba que nós, mulheres, somos muito especiais, sobretudo por tolerar filhotes de machistas insensíveis como vocês por nove meses em nossas barrigas. — Calúnia! Se eu fosse realmente insensível, em meu álbum de família não teria, estampada, a minha foto peladinho, descabelado e aos prantos! — Aposto que levou uns tapas de sua mãe pelos pontapés que deu em sua barriga no período em que ocupou o "quartinho" da placenta, possivelmente a última vez em que chorou na vida. — Chorei, mas não gritei! — Quer saber? Se continuarmos esse bate-boca sem fim, acabarei ficando brava pra valer. — Sei, sei! Como nas crises mensais de TPM. A propósito, por que vocês têm crises de TPM?... É, gente, não tem jeito, as mulheres são muito complicadas, e a minha não é diferente... tem manias estranhas, fases bizarras e faz muito barulho por nada. Ela só faltou sair no grito por causa de umas perguntinhas. Depois vai falar pra sogrona que sou egoísta, que só penso em futebol, que não me interesso pelas coisas dela e que sou muito machista... mulheres!!! Por que complicam tanto?!!!! Canstock Photo

Anuncie no Info Jardim Olímpia, Um jornal com Conteúdo!!!

Tel. 3798-2588


10

Passatempo

www.infojardimolimpia.com.br BARRIGUDINHA

CAÇA-PALAVRAS

www.coquetel.com.br

GREGO

© Revistas COQUETEL 2013

Procure e marque, no diagrama de letras, as palavras em destaque no texto.

ilustração: lui duarte

Natação contra desnutrição

A NATAÇÃO, que é um ESPORTE tão recomendado em casos de doença respiratória, quem diria, auxiliou na qualidade de vida de um MENINO de modo bem inusitado. Daniel Harrison, um GAROTO inglês, portador de AUTISMO, desenvolveu um tipo de FOBIA que poderia custar sua vida. Ele simplesmente passou a ter MEDO de comer desde que começou a ingerir alimentos SÓLIDOS. Isso se deu porque ele sofre refluxo gástrico, o que lhe causa dores no PEITO e ENJOOS. No entanto, como tinha dificuldade de expressar isso a seus PAIS, o menino, irritado, feria a si próprio, recusando-se a se alimentar. Tal situação melhorou por causa de um tratamento que incluía a atividade de NADO. Daniel, ambientando-se à piscina, também passou a se acostumar com a sensação de água no ROSTO e na BOCA, o que aos poucos o encorajou a mastigar mingau de arroz após anos rejeitando este e outros PRATOS.

O I I Z T N Y O P E S E X P W U I A I P K O E O A F O U U U T

U D O E N G V T T E N J O O S F V I P E I T O U F D E K X A N

O T E S F I X O A T J A A U I K S F E U S K I U A O E P F U E

B E A M D E A R I K N I F O E I O N I N E M C N G P M B A T E

C U I G I T U A A I A G O A A A D A O V C K J J X E M N B I O

T P E C W R Q G H I U X B U O N I D I R K O S O A U E A O S R

O R D P A O D R A A U L I A D X L K U W A I G R Q A E T A M B

U A W Z A P H O U B U I A K V F O E O N A C Q K P A I A I O B

M T G U O S E R F Ç O J A I Q U S B U P A O H O L V G Ç A N G

O O E M U E U A U B T C P T M O T N W C G O T S O R K Ã Z O K

O S I N V K X T N O A L A I B I W E I S X E U L U I T O S I B 41

CARRAPICHO

AVALONE

VETERINÁRIO

PRIMAGGIO

Horóscopo Maria Barthaly - Espaço Esoteryc

Solução A U T

I

S M O

N A T A Ç Ã O O O T S O R

S

E N J O O S

I A P I

F O B

L O S I

A

A C O

B

Labirinto

S O D N I N E M

Jogo dos erros

O T O R A G T R O P S E

Diretas e muito mais!

E

Quadrinhos

N

to

Lançamen

A

Achei!

P E I T O

TODOS OS MESES NAS BANCAS E LIVRARIAS

D

Jogos e Atividades

Áries No amor, período positivo. No trabalho e nas finanças, terá que fazer alguns ajustes para resolver questões pendentes. Na saúde, cuidado com o estômago. Controle a ansiedade e a alimentação.

Touro No trabalho e nas finanças aproveite, pois o período é positivo. No amor, altos e baixos, é preciso ter paciência! Na saúde, cabeça, nariz, olhos e garganta requerem mais atenção de sua parte.

Gêmeos No amor, fase de harmonia e cumplicidade. Aproveite! No trabalho, use a criatividade para sair da rotina e se destacar. Nas finanças, a fase é de contenção. Portanto, não contraia novas dívidas.

M E D

P R A T O S

O

Câncer

PLACAS EM CARTAZ Divulgação

No amor, evite que os conflitos internos abalem a relação ou a disposição para relacionar-se. No trabalho, produtividade. O período está favorável para negociações e aquisição de bens materiais.

Libra Neste período analise suas emoções e atitudes, tanto no amor quanto no trabalho. Seja criativo para lidar com as insatisfações e terá um resultado positivo imediato! Boa fase para as finanças.

Capricórnio No amor, perceba como está se posicionando. Muitas vezes é preciso recuar ou tomar novos rumos! No trabalho, não deixe que o cansaço ou o desânimo atrapalhe o seu desempenho. Procure relaxar!

Leão Período de crise e tensão, especialmente nas amizades, portanto, todo cuidado é pouco! Profissionalmente, é hora de arregassar as mangas para atingir as metas. Vá em frente e faça por merecer!

Escorpião

Virgem No amor, é preciso dedicar-se mais à pessoa amada. Lembre-se de que é dando que se recebe! No trabalho, não fuja das responsabilidades e encare de frente os desafios, seu valor será reconhecido!

Sagitário

No amor, a fase é de erotismo e romantismo. Aproveite! Mantenha atenção no trabalho e nas finanças, pois pequenos deslizes podem trazer-lhe grandes problemas! Também não abuse na alimentação.

No amor, você estará mais sensível e carente, por isso, cuidado para não exigir demais da pessoa amada e complicar ainda mais a relação. Já na profissão, a fase é de evolução. Aproveite-a!

Aquário

Peixes

No amor, a fase é de conquistas e sedução. No trabalho, será preciso lidar com novos desafios, que farão parte do seu crecimento. Nas finanças, cuidado para não gastar demais. Saúde regular.

No amor, o período é de grande sintonia com a pessoa amada. No trabalho, prepare-se, pois será exigido mais empenho de sua parte. Financeiramente, fase boa para investir ou poupar. Saúde boa.


Classificados/Crônica

www.infojardimolimpia.com.br

11

Acesse • anuncie • venda | contato@infojardimolimpia.com.br Antes de alterar a sua marca, ou comunicação

CONSULTE SEMPRE UM DESIGNER

I Q

nvestir em sua imagem é a melhor forma para atrair e manter os seus clientes.

uando pensar em atualizar a sua comunicação, valorize seu produto com profissionais de qualidade e preço justo.

fone: 981 479 855

www.facebook.com.br/InstitutoRodrigoBelmonte rodrigo.belmonte@uol.com.br

INFOJO - 3798-2588

(11) 9.8196-2400

RESERVE JÁ O SEU ANÚNCIO PARA A EDIÇÃO DE OUTUBRO E SAIBA COMO ENCARTAR SEUS FOLHETOS. LIGUE

3798-2588

PET SHOP CITY

BUSSOCABA Banho e Tosa • leva e traz medicamentos • Acessórios

Temos adestramento, Dog Walker e entregamos rações

É só l i gar!!!

TEL. 2888-7806

Av. Dr. Kenkiti Shimomoto, 810 Jd. Terra Nobre - Osasco - SP

Grego

O que você faria se tudo fosse possível? Acredite, só depende de você!

Curtiu nosso Jornal?


A gráfica Studio4 imprimiu este jornal e vai imprimir o que você precisar Ligue, diga que leu este anúncio e ganhe um desconto especial Há 20 anos contribuindo com os resultados de nossos clientes • Brindes • Material Corporativo • Material Promocional • Acabamentos especiais 11 2202-4000 vendas@studio4.com.br Rua Periperi, 142 - Socorro São Paulo - SP - 04760-060 www.studio4.com.br


Jornal Info Jardim Olimpia setembro