Page 1

Projecto Metas | Programa Escolhas | ADILO 2011


M

uito do trabalho de uma Junta de Freguesia implica também mediar escolhas. E isso porque é desde logo necessário fazer opções quanto ao modo de emprego dos recursos disponíveis, cada vez mais escassos para tão infinitas necessidades. Dessas opções, poucas nos são tão claras quanto as que nos levam a afectar recursos para a acção social, para o trabalho de ajuda aos mais carenciados, para o desenvolvimento do potencial humano dos nossos jovens, para o alargar dos horizontes daqueles cujas fronteiras vão pouco além dos limites de um bairro social, por exemplo… Idealmente, este esforço devia ser contínuo e crescente, o mais abrangente possível, o mais concreto e eficaz que nos fosse permitido efectuar. Mais do que corrigir o presente, preparar solidamente o futuro é que é o caminho para que o presente de amanhã seja mais risonho. A nossa condição de parceiros da ADILO e membros do consórcio do

Projecto Escolhas permite à Junta de Freguesia observar na sua área de ação o trabalho de um exército de ténicos competentes e dedicados a preparar o futuro, verdadeiro braço armado do desenvolvimento social em Lordelo do Ouro. Razões de sobra para nos associarmos de alma e coração a este Projecto, apoiando o trabalho desenvolvido, abrindo as portas e os recursos da Junta de Freguesia a este desígnio, fazendo das necessidades da ADILO muitas vezes as nossas Escolhas, sempre no intuito de com este esforço de todos, em comunidade, melhorar de facto a vida daqueles para quem trabalhamos. Técnicos cientificamente bem preparados, de uma sensibilidade muito especial e dotados de uma enorme dedicação colocam todos os dias o seu trabalho no potenciar de uma população socialmente deprimida e financeiramente diminuída.


Resulta daqui um esforço grande,

poucas vezes visível, de frutos que apenas anos depois serão colhidos. Abrem-se no entanto muitos sorrisos, muitas capacidades, muitas alterações da forma de pensar e ser de todos os que são tocados por este Projeto. Basicamente, estes são os fatores que a nós mostram que Projectos como este têm de manter-se e ser acarinhados. A juntar a isto, existe o modo de actuação do Projecto: envolvendo os próprios sujeitos na sua construção, recorrendo à comunidade como base para o desenvolvimento das actividades, estabelecendo parcerias que são verdadeiros sistemas de vasos comunicantes na freguesia e mesmo na Cidade, reunidas em torno do objetivo comum de fazer a diferença. Longe dos cânones habituais, constatamos em Lordelo um trabalho arrojado, inovador, com forte apoio nas artes, arriscando e desconstruindo, dando há muitos

anos e com competência efetiva concretização à hoje tão badalada inovação social. Há, naturalmente, muito caminho ainda a percorrer…. Arregaçar as mangas todos os dias é indispensável para isso. Mas sentimos que este é o caminho certo, que esta é uma estrada que devemos percorrer e, da nossa parte, orgulhosos da pequena parte que aportamos a este Projecto, mantêm-se toda a disponibilidade para o ver crescer, e chegar a cada vez mais pessoas. Resultarão daqui, para todos quantos trabalhamos e somos envolvidos por este trabalho, uma nova forma de estar na vida, mais capacidade de interagir e nos relacionarmos, mais capacidade de trabalhar em comunidade, maior facilidade de perceber que é possível derrubar muros, potenciar soluções, criar verdadeiras…

Autonomias!

Gabriela Queiroz (Presidente da Junta de Freguesia de Lordelo do Ouro)


_ Liga Zon


In di ce

,


Férias Ágeis As Férias Ágeis é uma atividade do projeto METAS, sendo a Ágil, a associação de jovens, responsável pela sua dinamização. Tem como objetivo proporcionar às crianças de idades compreendidas entre os 8 e os 15 anos, a oportunidade de realizarem novas atividades e terem umas férias diferentes. Este ano as Férias Ágeis realizaram-se entre 4 e 22 de Julho e aconteceram as seguintes atividades: Pintura de t-shirts, Wokshops Orquestra de Iphones e Sound to Sound, na Casa da Música, Cinema, Surf, Equitação, Peddy Paper pela cidade do Porto, Visita à Exposição Darwin e Jardim Botânico, Comemoração dos 10 anos do Programa Escolhas, no Palácio de Cristal e no Parque da Pasteleira, visita ao Sea Life e ao Jardim Zoológico da Maia e, para finalizar, a épica batalha de balões de água!!! Entre as atividades realizadas houve algumas que tiveram mais destaque junto dos jovens entre essas o Surf! As crianças e jovens desfrutaram de uma aula na praia de Matosinhos. Uma outra atividade que também teve grande sucesso, foi uma aula de Equitação, pois para muitos foi a primeira

##


#

vez que viram um cavalo e puderam aprender como se monta. No início tiveram uma explicação sobre como se equipa o animal e os cuidados a ter, quer em cima do animal, quer ao nível do tratamento que o animal precisa para estar saudável e pronto a montar. A visita ao Jardim Zoológico da Maia e a visita ao Sea Life, que acabou com um piquenique, foram também muito apreciadas pelo grupo. Para finalizar as três semanas de atividades houve uma “Guerra” de balões de água e esta atividade foi aquela que mais alegria trouxe aos jovens pois puderam correr e divertir-se à vontade. Fizemos vários jogos sempre promovendo o espírito de equipa e transmitindo-lhes que não existe um vencedor neste tipo de atividade e que todos juntos nos podemos divertir muito!!! Para nós, jovens da associação que dinamizámos estas férias é muito gratificante proporcionar novas experiências às crianças e jovens e perceber que estas atividades trouxeram um sorriso a muitos deles! Ágil Diogo Rêgo


Viagem a Mondim de Basto Como forma de compensar o trabalho realizado pelos jovens da Ágil e que connosco colaboram nas diversas atividades desenvolvidas ao longo do ano, foi feita uma proposta de viagem de férias em conjunto. Após algum tempo de indecisão em relação ao local, foi escolhido Mondim de Basto. Partimos no dia 1 de agosto, segunda-feira e regressámos dia 5 de agosto, sexta feira. Estes dias deram tempo para fazer de tudo um pouco: para dar uns mergulhos na piscina, para umas idas ao rio Cabril, onde existia uma corda para uns bons

momentos de divertimento, para todos se conhecerem melhor e para conviver. Tivémos ainda tempo para uma ida à FEIRA DA TERRA, uma feira artesanal que tem lugar todos os anos em Mondim. Todas as refeições foram preparadas pelos jovens com o apoio dos monitores presentes, refeições essas que eram feitas ao ar livre. Resumindo tudo isto numa frase, foi uma semana muito bem passada, em muito boa companhia, tendo todo o trabalho sido compensado! Agora temos que continuar a trabalhar! Ágil Cláudia Gomes


Desde 2007, a Ágil dinamiza, à semelhança de outras coletividades locais, uma barraquinha de S. João. Esta atividade é realizada todos os anos na altura das festas populares em Lordelo do Ouro, onde nós temos direito a um espaço destinado à venda de alimentos e bebidas com o objetivo de angariar dinheiro para realização de novas actividades. Este ano teve alguns pontos diferentes em relação aos anos anteriores, pontos esses que serviram para nos dar a conhecer como associação de jovens que somos, ativos e presentes na comunidade de Lordelo do Ouro. O que diferencia este ano dos anteriores é que contámos com a participação de jovens da comunidade, jovens esses que não tinham ligação nenhuma à Ágil até à data, e conseguimos envolve-los não só na barraquinha, mas também nas restantes atividades realizadas pela associação e mesmo nos órgão sociais! Uma outra diferença foi a realização de um dia direcionado para a população jovem, a que demos o nome de “Dia da Juventude”, realizado no dia 22 de Junho. Este dia foi repleto de atividades desde o início da tarde, com live painting, demonstração de Beat Box e competição de Bboying, até à noite com os concertos de duas bandas de jovens da freguesia ‘Os Ideais’ e ‘Colapso’ (Rui Reis) e ainda os Dealema! Foi um sucesso! Apareceram muitos jovens, e alguns menos jovens, e que curtiram muito o concerto. Para o ano há mais, está prometido!

Ágil Jonas Oliveira


De 19 a 24 de setembro, a Ágil participou num intercâmbio Juvenil "Unique Year of Learning" proposto pela INDUCAR, uma instituição do Porto que promove projetos de educação não formal. Este encontro realizou-se em Coy, Espanha e teve como objetivo estabelecer parcerias entre as várias instituições presentes, por forma a que estas elaborem projetos de implementação conjunta. Nesta primeira fase, participaram a Cátia e o Tiago, da direção da Ágil. Este intercâmbio foi muito enriquecedor, pois permitiu-me contactar com outros projetos, outras culturas, treinar o meu inglês e conhecer outras metodologias de trabalho com jovens, nomeadamente a educação não formal e novas dinâmicas de grupo. Esta experiência abriu-me novos horizontes no que diz respeito ao meu futuro, pois gostaria de um dia poder voltar a participar neste tipo de iniciativas, ou mesmo fazer voluntariado noutro país. Este projeto irá continuar e em janeiro na Lituânia pretendese elaborar um projeto em conjunto com outros países e por fim, em setembro, na Eslóvenia será a avaliação final. Ágil Cátia Silva


Nesta 4.ª geração do Programa Escolhas, foi solicitado a todos os projetos que elaborassem um recurso, um exemplo de boas práticas que pudesse ser transferido e aplicado por outros projetos e instituições. O projeto METAS propôs-se a elaborar um recurso relacionado com a constituição e dinamização de uma associação de jovens e num dos encontros para apresentar a proposta, constatámos que outros dois projetos tinham uma ideia similar: o Planeta Ameixoeira, de Lisboa e o Trilhos Inova, da Pampilhosa da Serra! Após troca de mails e reuniões para definir um recurso conjunto, decidimos juntar as três associações que surgiram no âmbito dos projetos. No fim de semana de 17 e 18 de setembro, a Ágil - Associação de Jovens de Lordelo do Ouro, a Associação Juvenil Tropa das Artes e a Associação Juvenil Trilhos com Sentido juntaram-se na Pampilhosa da Serra para partilhar a sua experiência na constituição da associação, quais as dificuldades sentidas e de que forma podem ajudar outros jovens que pretendem constituir e dinamizar uma associação. Foram dois dias de trabalho intenso, mas em que também houve tempo para conviver, passear e dar um mergulho na praia fluvial! Já houve um novo encontro, no Porto, para estruturar a apresentação do recurso e no final de novembro aconteceu em Lisboa a sessão de validação. Dos vários recursos apresentados o Programa Escolhas irá selecionar cerca de 30. Pode ser que o nosso seja um deles!!! Patrícia Costa


Olá! Diz-nos quem és? Onde moras? A tua idade? Sou o Pedro Cruz, tenho 20 anos, moro no bairro do Aleixo. Como conheceste este projeto? Conheço o Programa Escolhas desde os tempos do Aleixo. Na altura o Escolhas situava-se no bairro. Diz-nos algumas coisas que já tenhas feito com o projeto? Ui, tanta coisa. Mas coisas que nunca vou esquecer, são os torneios que organizávamos, as idas a teatros, os campismos, as festas e, claro, a criação da associação de jovens, a Ágil. Podes falar-nos um pouco da Ágil. Como surgiu? Antes de mais éramos um grupo de jovens que queria criar uma associação com o intuito de proporcionar coisas novas à comunidade. A certa altura o projeto Metas disponibilizou-se para nos ajudar na formação da associação. Obviamente que com esta ajuda as coisas tornaram-se muito mais fáceis, e foram muito mais rápidas. Depois de estar criada começamos por fazer algumas atividades nas escolas, e na comunidade. Diz-nos em que sentido o projeto METAS te marcou? Marcou-me a mim como marca os jovens que por aqui passam. Aqui no projeto obtive respostas que noutro local não encontraria. Aqui somos encaminhados a nível profissional e académico. Marca-me também pelas fantásticas atividades que pude fazer ao longo do projeto. Além de ti, os teus irmãos também usufruem de actividades do Projeto METAS. Achas que isso é bom para eles? Sem dúvida. O projeto METAS proporciona muitas coisas a estes jovens da comunidade, e como e óbvio os jovens só ficam a ganhar com isso. No caso da minha irmã, é acompanhada na escola pelas técnicas do Projeto, já no caso do meu irmão, esse também obtém as respostas aos problemas da escola, mas também usufrui das atividades que o projeto dinamiza no C.I.J.


Pedro, tu jogas futsal. Quando iniciaste a tua atividade desportiva? Comecei a praticar este desporto aos 6 anos. Onde e com quem e que costumavas praticar futsal? Praticava futsal na rua com os meus amigos, depois é que ingressei num clube. O que te fez escolher este caminho do futsal? Sinceramente, escolhi o futsal por influência de um tio meu. Ele jogava no Miramar e levou-me para lá. Estive lá cerca de 12 anos. Fala-nos de um jogo inesquecível? E fácil. Foi o meu primeiro jogo no principal escalão do futsal, jogo esse contra um grande em Portugal, o Benfica. Quais são os teus sonhos futuros? Atualmente jogo no Modicus de Sandim, mas tenho o sonho de um dia vir a jogar num grande clube em Portugal, e claro o sonho de vestir a camisola da nossa seleção. O que dirias a um jovem que iniciou agora o futsal? Diria para ele nunca desistir dos seus sonhos, e que se esforce sempre o máximo possível! Obrigado Pedro. Parabéns pelo teu sucesso! Renato Florim


Todos os anos o Programa Escolhas promove uma atividade global para todos os projetos. Já aconteceu o Comboio Escolhas, o Navio, entre outras, e este ano foi a Aldeia Escolhas. Realizou-se de 25 a 31 de agosto na aldeia da Reboleira, em Manteigas. Eu fui o jovem escolhido para representar o projeto METAS na aldeia! Foi uma experiência muito fixe para mim porque conheci pessoas novas, de projetos de todo o país, e continuo a manter contacto com elas. Também foi muito engraçado porque, sem contar, encontrei lá um professor meu. Pratiquei muitas atividades novas, como por exemplo “ski” na pista artificial, fiz uma longa caminhada pela serra. Num dos dias fizémos um peddy paper, em Salamanca (Espanha), local onde eu nunca tinha ido! Passeámos muito e achei a cidade bonita. Só houve uma coisa que não gostei na aldeia, que foi dançar as danças de roda… No princípio da atividade não queria ir, por não conhecer ninguém, mas ainda bem que fui porque conheci muitas pessoas. Foi altamente!

Rafael Oliveira


Integrado no programa oficial do Ano Europeu do Voluntariado, o Programa Escolhas lançou um desafio aos seus dinamizadores comunitários: a limpeza e embelezamento de espaços públicos através da remoção de tags, bombings e outro tipo de mensagens escritas sem valor acrescido. No dia 28 de setembro, o Renato, dinamizador comunitário do projeto METAS, com a colaboração de alguns jovens deitou mãos à obra. Depois de solicitadas as autorizações e compradas as tintas, começou a pintura. O local alvo da nossa intervenção foi um espaço junto ao parque infantil, perto da ADILO, na Urbanização das Condominhas. Patrícia Costa


Liga Zon

A Liga Zon Kids é um torneio oficial da Liga Portuguesa de Futebol, destinado a crianças dos 5 aos 12 anos. O projeto METAS teve o prazer de participar neste torneio pioneiro em Portugal, que aconteceu a 4 de Junho de 2011. Os jovens que representaram o projeto foram o Tiago Carvalho, Rodrigo Florim, Vítor Sousa, André Vasconcelos, Rui Felgueiras e Ruben Vieira, jovens que espalharam a sua magia pelos campos do Parque da Cidade! O balanço é positivo, mas para o ano contamos sair de lá com a taça nas mãos! Cláudio Silva

Há cerca de um ano alguns jovens desafiaram-me a mim e outros jovens para fazer um filme… Ao longo deste ano temos trabalhado no que podemos chamar de “work behind the cameras”, ou seja, a preparação do guião, storyboard, planos de filmagem, etc. Tem sido exigente, árduo, mas de grande aprendizagem e conseguimos planear o nosso trabalho de forma a que fosse possível nestes últimos meses iniciar a fase de rodagem. Tudo corre dentro do planeado. Os resultados têm-nos surpreendido e estamos muito motivados! Em breve teremos novidades!!!

Curta Metragem Pedro Santos


Antes de mais, tenho de dizer que o evento foi espetacular! Este ano a organização esmerou-se bastante para proporcionar um ótimo evento para as pessoas que por ali passaram, e que pelos vistos não foram poucas! Digo isto não só como apreciador de eventos, mas sim como artista, pois dinamizei um pequeno espetáculo de beatbox juntamente com o meu grupo “Human Beat”. Fomos apoiados em tudo o que fosse necessário, desde a alimentação até aos pormenores e percalços que pudessem surgir. Ser artista num evento como este foi um pormenor insignificante no próprio evento, pois passámos um pouco despercebidos no meio de grandes artistas que por lá passaram, mas para nós como grupo foi bastante importante pois atuar para tanta gente foi dar um grande passo e mostrou-nos que o sucesso só se atinge com esforço e dedicação! Segundo o que nos foi dito pelas pessoas que assistiam, adoraram a atuação e acharam algo bastante diferente do que já tinham visto e ouvido sobre Beatbox. Não posso terminar sem agradecer ao Centro de Iniciativa Jovem (CIJ) por nos dar esta grande oportunidade! Foi graças à parceria existente entre a ADILO e Serralves, que nos foi cedido o espaço para atuar no Serralves em Festa, e dessa forma abriu-nos uma grande porta para o mundo. Agradeço bastante a oportunidade e espero por mais no próximo ano! José Oliveira

Serralves em Festa 2011


jovem destaque

Nesta edição do Mmetas decidimos escolher como jovem destaque, o Cláudio Silva.

O Cláudio é um jovem que reside no bairro das Condominhas, no entanto viveu vários anos no bairro do Falcão. Ele contou-nos que veio ao CIJ – Centro de Iniciativa Jovem, porque ouviu os amigos comentarem algumas actividades que aconteciam neste espaço, e também porque o CIJ era muito falado no grupo dos Mediadores Jovens, do projeto ECOS, da Adilo. Por isso ficou curioso e decidiu vir conhecer o CIJ. A sua adaptação foi incrível, como acontece sempre em todas as atividades que o Cláudio participa. Começou por participar no Laboratório de Artes, uma atividade do Projeto METAS em parceria com Serralves e com passar dos tempos já estava a criar e dinamizar uma atividade. A 26 de março de 2011, teve a ideia de criar o Track do Som, evento com ligação ao Hip-Hop (beat-box), que foi um sucesso! Depois da realização deste evento o Cláudio tem vindo a envolverse regularmente nas iniciativas da Ágil, a associação de jovens e colaborou na barraquinha de São João, no Dia da Juventude, no campismo e no intercâmbio na Pampilhosa da Serra, para colaborar na elaboração do recurso escolhas! E claro, consegue conciliar tudo isto com a escola!

Bom trabalho Cláudio! Renato Florim


YOUR CREATIVE . . SPACE _


Edição online. http://issuu.com/gmsk/docs/mmetas

“MMetas” propriedade de. Metas - Mediar Escolhas Trabalhar Autonomias Programa Escolhas ADILO Agência de Desenvolvimento Integrado de Lordelo do Ouro +info 22 618 71 06 - 93 828 71 12 | metas2.pe@gmail.pt | adilo.pt Diretor. Renato Florim Corpo redatorial. Gabriela Q. Cláudio S., Diogo S., Rafael O., Jonas O Cláudia G Pedro S., Patricia C.,Renato F, Cátia S., José O Revisão de textos. Patricia Costa Design. T. Gomes Ilustrações. GON, KINO,KYOTE,CAKAÜ,CORI,GO MES, Rodrigo F. 4º edição por J.F. Lordelo do Ouro e Ágil Distribuição. Gratuita financiado por:

co-financiado:

Profile for Godmess

Mmetas Nº4  

Revista Mmetas nº4 do Projecto METAS do Programa Escolhas

Mmetas Nº4  

Revista Mmetas nº4 do Projecto METAS do Programa Escolhas

Profile for gmsk
Advertisement