Page 1

Mmetas nยบ3 Programa Escolhas / Projecto METAS / ADILO


IAL

work shop foto grafia

1

Billy X

Emory Douglas

Robert King

2

3

sextas

C/ARTE 4

5

6

7

8

9

mmetas 3 /|\ 2011


>Armanda Esteves

IAL

Directora do Agrupamento Dr. Leonardo Coimbra (Filho)

À escola hoje são pedidas inúmeras solicitações que vão muito para além do tradicional conceito de transmissão de conhecimentos. A escola pública encontra-se, actualmente, perante novos desafios que lhe são postos pela sociedade pós moderna, complexa e contraditória. Por outro lado, esta sociedade, que se fundamenta na informação e no conhecimento, proporciona-nos a globalidade mas, também, todos os problemas daí decorrentes. Para cumprir a sua missão de serviço público na formação de cidadãos activos e responsáveis, a escola tem que ser abrir à comunidade, fazendo parte integrante dela e articulando com todos os parceiros, com vista à obtenção de um objectivo comum.


O trabalho que tem sido desenvolvido nas escolas do nosso Agrupamento no âmbito do Projecto METAS - Mediar Escolhas e Trabalhar Autonomias no âmbito do Programa Escolhas, representa uma mais-valia para os nossos alunos e para a comunidade educativa. Ao nível do 1º ciclo, os técnicos do Projecto METAS dinamizam actividades de informática; em parceria com Serralves promovem actividades como “Cientistas no Parque” ou “Ambiente e Saúde”; desenvolvem workshops ao nível do teatro, da leitura e da expressão corporal; apoiam pedagogicamente os alunos com mais dificuldades através de estratégias diferenciadas. Uma das actividades que obteve grande sucesso junto à comunidade educativa foi a intervenção na EB1 da Pasteleira no âmbito do seminário de arte urbana, em que o artista Rigo 23 e um grupo de jovens do Programa Escolhas em colaboração com os alunos fizeram uma intervenção nos espaços exteriores de forma a torná-los mais apelativos e humanizados. Neste sentido, o Projecto METAS promove a diversificação de experiências culturais, artísticas, pedagógicas e de cidadania em articulação com a EB 2/3, em particular com o ProjectArte, nomeadamente a participação de ateliês na feira ecológica e a pintura de um mural alusivo ao 25 de Abril. Esta iniciativa conta com a colaboração da artista plástica – Margarida Coelho - antiga aluna desta escola. Deste modo, a escola aberta à sociedade, que integra e se integra é uma referência cultural e de cidadania que deve ser construída por todos e para todos.


O Instituto Português da Juventude, I.P.J. tem por missão apoiar a definição, execução e avaliação da política pública governamental da juventude, procedendo à sua concretização e promovendo a participação dos jovens em todos os domínios da vida social. Na Direcção Regional do Norte do IPJ existem cinco Lojas Ponto JÁ que são espaços públicos destinados a ti que és jovem, que disponibilizam toda a informação de interesse para a juventude, nomeadamente nas seguintes áreas:

ASSOCIATIVISMO CIDADANIA CULTURA EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO EMPREGO E EMPREENDEDORISMO HABITAÇÃO SAÚDE E SEXUALIDADE TECNOLOGIA TURISMO E TEMPOS LIVRES VOLUNTARIADO


ntude ional da Juve c a rn te In o n 11 de OA to de 2010 a s o g A e d 2 1 e iálogo e com decorre desd ob o tema: D s , 11 0 2 e d Agosto tua. preensão mú Slogan Nosso ano,

nossa voz s

Objectivo

ensão go e compre lo iá d o r a iz ções; Dinam • iões e civiliza lig re , s ra ltu u c es, entre geraçõ z, respeito ideais de pa s o r e v o m e; Pro • solidariedad e s o n a m u h s pelos direito m-se a ns a dedicare ve jo s o r a tiv n ação dos Ince • uindo a realiz cl in , o ss re g ro das promover o p to do Milénio n e im lv vo n se De Objectivos de s (ODM). a id n também Nações U ventude apela Ju a d l a n o ci a âmbito O Ano Intern actividades de m ie o p a e u q ns. aos Governos as com os jove d a n o ci la re l a cion local e interna


work shop foto grafia JOHNB.


No âmbito da parceria do projecto METAS com o Instituto Português da Juventude, surgiu o workshop de fotografia, que conta com o formador Miguel Ferraz. Este workshop acontece às quintas-feiras e tem como objectivo apresentar aos participantes várias técnicas, como a fotografia pinhole, o trabalho de laboratório e outros tipos de fotografia clássicos. Ao longo das sessões, os participantes construíram uma câmara pinhole, para compreender a importância da luz e explorar as diferentes possibilidades de tirar fotografias. O workshop inicou em Fevereiro , com a partricipação de cerca de 10 jovens e terminará no início de Junho com uma exposição dos trabalhos desenvolvidos.


black panthers

No contexto do ciclo “Arte, Política, Globalização”, em Serralves, visitaram o nosso projecto a convite do nosso amigo Rigo 23, Emory Douglas e Robert King, ( membros destacados dos Black Panthers um dos mais radicais e importantes grupos activistas americanos do Século XX ), assim como Billy X Jennings, historiador dos Black Panthers. Emory Douglas é o principal responsável pela criação das imagens que definiram o Partido dos Panteras Negras, as imagens que fizeram parte dos seus trabalhos são


hoje consideradas imagens icónicas de uma época agitada no que aos direitos da comunidade afro-americana diz respeito. As suas imagens ajudaram a mudar a história americana, criando a agitação necessária que a comunidade afro-americana necessitava para reclamar os seus direitos como americanos. Com os seus trabalhos Emory Douglas trouxe a arte para as ruas como arma contra os seus opressores. Tendo se tornado uma inspiração para o movimento de street art que viria a aparecer muitos anos mais tarde. Robert King passou 32 anos preso 29 deles em solitária e foi muitas vezes vítima de tortura. Robert tem uma historia fantástica ele é o exemplo vivo dos ideais do partido. Billy X é o historiador, colector, divulgador do movimento a sua casa é um museu da historia dos black panthers. Três pessoas fantásticas, que tivemos o prazer de receber, muito obrigado por nos terem visitado e pelas grandes pessoas que são. Podem saber mais sobre eles em www.blackpanther.org


Ă s sextas temos arte


Sextas com Arte

Em Setembro de 2010 e a propósito do seminário de arte urbana PACS (Public Art Community Spaces) promovido pela Ágil, sentimos a necessidade de criar aqui no CIJ um espaço de conversa e discussão, onde a experiência artística e pessoal dos convidados dariam o mote para as conversas que seriam apelidadas de SEXTAS com ARTE. Após vários meses e vários convidados, desde músicos a pintores passando por gente do cinema, esta actividade tem como objectivo dar a conhecer, pessoalmente e em contacto directo, algumas personalidades da arte que constituem referências culturais para os jovens. Estes serões visam também de alguma forma preparar e dispor os jovens que frequentam o CIJ para as actividades que lhes seguem (Seminário de arte urbana, Curta - metragem ). Notamos com muito agrado que as SEXTAS com ARTE são também uma forma de dar a conhecer o trabalho com a comunidade feito pelo projecto aos artistas convidados, que se têm manifestado muito surpreendidos com a qualidade da participação e adesão dos jovens. Até hoje passaram pelo CIJ : Rato 54, MC Berna, Maze, Dj Godzy, Rigo 23, Mundo, M. Almeida.


TrackDoSom

Somos três jovens do CIJ - Centro Iniciativa Jovem, de Lordelo do Ouro e pensámos organizar o TrackDoSom. Enquanto beatboxers, decidimos criar este evento para divulgar a cultura hip-hop e relembrar que o beat-box faz parte da mesma. O evento correu melhor do que esperávamos! Durante a tarde, decorreu o campeonato de beat-box, que contou com a presença de um júri da Casa da Música, pintura de uma tela e demonstrações de b-boying. À noite, foram os concertos, com a participação especial do Mc Berna! Estamos já a pensar no próximo evento, que será em breve, e terá como nome “TrackIISom”. Contaremos com presenças vindas de


M BERC NA

Lisboa. Não percam!!! Gostaríamos de agradecer a todos os que estiveram e participaram neste evento, e aos colaboradores que ajudaram no desenrolar da festa.

Cláudio Silva // João Sousa // Filipe Matoso


O Teatro do Oprimido foi criado por Augusto Boal e é uma metodologia teatral que reúne exercícios, jogos e técnicas teatrais. O teatro-fórum é uma técnica que permite a experimentação da realidade, através do confronto com histórias reais, para encontrar novas soluções e transformar a realidade. Fomos ao ciclo de TeatroFórum da PELE para ver as peças “Diz-crime-na-acção”, com jovens do projecto Escol-

has em Movimento e “Procurase futuro”, com jovens da iniciativa Bairros Críticos do Lagarteiro. A primeira peça era sobre um jovem chamado Mike que era homossexual e por isso era discriminado e vítima de bullying na escola. Tentamos ajudá-lo a lidar com o preconceito dos colegas e a dizer aos pais que não queria jogar futebol nem mudar de escola. “Procura-se Futuro” era sobre um jovem que tinha saído de uma comunidade terapêutica e es-


tava a tentar encontrar emprego mas não conseguia pois, por ser ex-toxicodependente, não lhe davam uma oportunidade. O público tentou arranjar estratégias para o ajudar a conseguir um emprego.

No dia 8 de Abril o NTO esteve no CIJ com o Teatro-Fórum “O que é que tu queres mais?” sobre a violência no namoro. Esta peça falava sobre um casal de namorados que por causa dos ciúmes começaram a discutir e essas discussões constantes levaram à violência. O público presente, muitas crianças, jovens e famílias, ajudou a Sofia a ser mais forte para lidar com o Jorge. Filipa Oliveira


O Escolhas Portas Abertas tem como objectivo mostrar à comunidade as actividades desenvolvidas pelo Projecto. De 11 a 14 de Dezembro aconteceram várias iniciativas. Convidámos a comunidade para assistir à apresentação das curtas metragens e exercícios de representação que têm sido realizadas no CIJ. No domingo, realizou-se um lanche

convívio, que contou com a presença de muitos idosos de Centros de Dia. Para além da apresentação de algumas actividades que se realizam no CIJ, alguns vizinhos e familiares dos jovens foram convidados para cantar Fado. Aconteceram ainda Workshops e Demonstração Arte Urbana. No metro da Casa da Música e em colaboração com o Projecto Escolhas em Movimento, foram apresentadas as actividades e a população foi convidada a experimentar as danças e pinturas.


O desafio foi lançado na rede Escolhas em Formação, a que responderam dezenas de jovens dinamizadores de todo o país, que enviaram uma grande variedade de logótipos: mais inovadores, conservadores, rudimentares ou elaborados,

que dificultaram a escolha final. A construção do logótipo vencedor envolveu as crianças e jovens do projecto Metas. A imagem vai acompanhar agora, até ao final de 2011, todas as comemorações alusivas a este aniversário de uma década do Escolhas.

FESTADE CARNAVAL

No dia 7 de Março realizou-se a Festa de Carnaval no CIJ. Durante a manhã as crianças e jovens, com a ajuda da equipa técnica, decoraram o espaço. Durante a tarde decorreu a festa, com muitos jogos tradicionais e Karaoke! Os jovens prepararam o lanche para todos: crepes de chocolate!


Este projecto nasce de um sonho. Até este ponto nada de pouco comum, ainda somos Humanos e é intrínseco sonharmos. Este sonho é especial, é um sonho colectivo, um sonho comunitário, um sonho alimentado de vontades e de perseverança, o sonho de crianças. Há um ano atrás, um grupo de meninas e meninos descobriram que a sua escola, camuflada sempre pelo cinzento alcatrão, tinham um talhão de vida, de terra, de Natureza! O que até aí tinha sido um pedaço de terra esquecida no grande mundo escolar tornou-se o tesouro de um grupo de crianças. Todos os dias, estivesse sol ou frio, estas crianças viviam com o pensamento posto na sua terra. Assim nasce a terra das crianças. Ao verem o entusiasmo deste grupo, depressa mais amigos se juntaram nesta paixão pela terra. E sonharam. Sonharam um lugar

onde podiam por sementes e ver as plantas nascer. Assim surgiu a nossa colorida maternidade das plantas, sonhada em conjunto com o Centro Ambiental da Pasteleira. Ao longo de um ano, ajudámos a nascer e crescer muitas flores, plantas e árvores. E os Guardiães da Terra das crianças também cresceram. Sonharam mais e maior. Arranjámos amigos imaginativos e cheios de vontade e, assim, construímos juntos o amanhã. Percebemos com o tempo e a experiência que podíamos ter uma horta na nossa escola. Sim, já fizemos muita coisa, semeámos, plantámos, aprendemos no CAP (Centro Ambiental da Pasteleira) sobre as árvores, as plantas, as espécies autóctones e reflorestámos um terreno baldio em Rio Tinto. Mas para haver mais animais e plantas (biodiversidade) pensámos


Hortada EB1da Pasteleira também em criar um charco (projecto Charcos com Vida). Depois de uma reunião com todos os nossos novos amigos, desenhámos juntos como será a nossa Horta. Esta foi pensada para obedecer aos princípios da Permacultura (método holístico para planejar, actualizar e manter sistemas de escala humana (jardins, vilas, aldeias e comunidades) ambientalmente sustentáveis, socialmente justos e financeiramente viáveis). Já somos muitos a acreditar neste projecto. Depois de construirmos a nossa Horta e o nosso Charco, de enxada na mão e vontade no sorriso, as sementes tornaram-se plantas na terra que lhes doámos, e observámos todos os dias a perfeita fragilidade do crescimento natural. Mas a beleza da natureza não ia além da horta espiral; todo o espaço precisava de uma magia como só os amigos fazem uns pelos outros. Fechámos os olhos e quando abrimos já o Tiago, o

John, o Pedro, o Pepe, o Cláudio e o Filipe Matoso, da ADILO, tinham transformado o cinzento e o sujo num mundo animal, com castores sedentos por cenouras e macacos distraídos, prontos a brincar connosco em cada momento possível. E agora, o passado está contado, o presente semeado…e o Futuro? Esse depende de ti que nos lês, que nos podes ajudar a manter e melhorar o espaço que ainda pede muito trabalho, já que o sonho é também muito e sempre constante. Se quiseres voluntariar-te basta aparecer na escola e falar connosco. Já que tivemos esta benesse de quererem que falássemos um pouco deste projecto, não podemos deixar de dizer que só conseguimos tudo isto graças a todos os que connosco sonham e sonharão, que a vossa vontade e força perpetue e cresça como as sementes que lançámos à terra.


Nesta edição do Mmetas, temos como jovem destaque, Diogo Silva, 20 anos, estudante de design gráfico na escola artística Soares dos Reis. É um dos jovens que mais reflecte a energia Escolhas, sendo descrito pelos amigos como uma pessoa activa, dinâmica, extrovertida, talentosa, irreverente, persistente e contestatária. Tem como principais interesses a dança, a pintura, o design, a representação e o humor! Colabora com o projecto através do hip-hop, actividade que já desenvolve há 4 anos e coopera também em muitas das actividades escolhas. Veste a camisola da Ágil - associação de jovens de Lordelo do Ouro desde o primeiro dia. Vê o projecto METAS e o Programa Escolhas como uma

oportunidade de interagir com a comunidade através das actividades propostas, muitas delas levadas a cabo pela Ágil, associação que já desenvolveu vários projectos entres os quais o seminário de Arte Urbana – PACS, projecto que acredita ter sido a apoteose do seu trabalho na comunidade. Considera a sua entrada na Ágil bastante útil pois

acha que a entrada de qualquer elemento que queira cooperar nas actividades propostas por esta associação trará algo de benéfico, não só para a comunidade na qual se foca o raio de acção das actividades, mas também para o grupo, pois ao realizar as actividades com sucesso aumentará a vontade em alcançar novos objectivos, que de início pareciam inalcançáveis. É um jovem que procura novos desafios e isso é também o que a Ágil procura, daí cooperar com associação em diferentes acções. Para terminar diz: “…que a Ágil está aberta a todos aqueles que queiram fazer a diferença…”


“MMetas” propriedade de. Metas - Mediar Escolhas Trabalhar Autonomias Tel.226187106 E-mail. metas2.pe@gmail.pt Site.www.adilo.pt Director. Renato Florim Corpo redactorial. Filipa G., John B.Pedro S.,Patricia C.,Renato F. Claudio S. Filipe M., João S. Diogo S. Liliana Revisão de textos. Patricia Costa Impressão. Tiragem. Distribuição. online Design. T.Gomes Edição online. http://issuu.com/gmsk/docs/mmetas 3º edição por Instituto Português da Juventude e Agrupamento de Escolas Dr.Leonardo Coimbra (filho)

Profile for Godmess

Mmetas nº3  

Revista Mmetas nº3 do Projecto METAS do Programa Escolhas

Mmetas nº3  

Revista Mmetas nº3 do Projecto METAS do Programa Escolhas

Profile for gmsk
Advertisement