Issuu on Google+

LENDAS URBANAS

Autores Natália Félix e Fábio José


Lendas Urbanas – 5ª MPSEA – Areia-PB

Lendas Urbanas Natália Félix – 8º ano Fábio José – 8º ano

Tem lendas assustadoras Em toda localidade Com muitas histórias velhas Consideradas verdade Frequentemente sem lógicas Que assustam muito a cidade Lendas urbanas famosas Assustando muita gente Que diz ter coração forte Mas um grande medo sente Quando dizem que aparece Assusta o povo descrente 2


Lendas Urbanas – 5ª MPSEA – Areia-PB

As lendas são fantasias Vindas da população Combinam fatos reais Na nossa imaginação Que todo mundo acredita E gente que diz que não Vemos em todo lugar Muitas delas diferentes Ressurgem em certos tempos, Mudam muito simplesmente Passando de boca em boca E animando muita gente Naquela localidade Quando tem as conversinhas, Coisas da população Falam muitas mentirinhas Para assustar nosso povo Com pequenas besteirinhas 3


Lendas Urbanas – 5ª MPSEA – Areia-PB

Nossa cidade de areia Tem muitas lendas urbanas Assustando gente boa E pessoas tão tiranas Alguns dizem: “é mentira!” Porque você não me engana Próximo do cemitério Uma barraca se via Vendendo cachorro-quente Por aquela freguesia Porém uma mulher veio E estranho ficou esse dia Foi comprar cachorro-quente Só que saiu sem pagar O vendedor a seguiu Para o dinheiro cobrar Ela entrou no cemitério Onde é que ela foi parar? 4


Lendas Urbanas – 5ª MPSEA – Areia-PB

Relata Dona Lourinha Muitas coisas engraçadas Parecem até mentiras Porque são tão inusitadas Fico sem acreditar Nas proezas relatadas Naquele dia difícil Um dinheiro precisava Sem saber o que fazer Pois a boia se acabava Saiu à procura de ajuda Queria ver se almoçava Uma coisa diferente Difícil acreditar É “cumadre fulozinha” Que vinha presentear A amiga Dona Lourinha Que estava por precisar 5


Lendas Urbanas – 5ª MPSEA – Areia-PB

Ainda diz Lucycleide Uma história real Aconteceu no bar dela Considerou um grande mal Homem vestido de branco Que lhe assustou sem igual Virando uma vez seu rosto Ninguém apareceu mais Ficou bastante assustada Quando viu só uns animais Onde foi parar o homem? Coisa maluca demais! Mas será isso verdadeiro?! Muito difícil saber Será coisa dos mais velhos? Estranho compreender Só sei que nunca mais vi Nem pretendo nunca ver 6


Lendas Urbanas – 5ª MPSEA – Areia-PB

Porque ele sempre diz isso Para assustar ou brincar? Dizem nada vem de lá Então é para bagunçar Essas muitas historinhas Nada nos deixa calar Será verdade meu Deus? Tire as dúvidas senhor E livra das maldições As pessoas com teu amor Deixa somente nas lendas O que esse povo inventou Fim

7


Lendas Urbanas – 5ª MPSEA – Areia-PB

FICHA TÉCNICA Nome: Lendas Urbanas Tema: Mistério Autores: Natália Félix – 8º ano Fábio José – 8º ano Revisão: Gilberto Batista Capa: Lauro Maia - 8º ano Local: Areia-PB Rimas: xaxaxa Estrofes: 16 de seis versos com sete sílabas.

© 2013 - Direitos reservados 8


Lendas Urbanas